Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16267)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019



    _______________________________________________________________
    .

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 30, 2008

    Vem a o O DIA DO AMRICA FUTEBOL CLUBE de Belo Horizonte. Comisso da Assemblia de Minas deu parecer favorvel para o dia 30 de abril - data da fundao do Clube - ser transformado no Dia do COELHO. Projeto do deputado Alencar da Silveira do PDT.

    A Comisso de Educao, Cincia, Tecnologia e Informtica da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou parecer ao projeto que institui o Dia do Torcedor do Amrica, a ser comemorado em 30 de abril, data de fundao do clube. O Projeto de Lei (PL) 1.980/08, do deputado Alencar da Silveira Jr. (PDT), foi analisado na reunio da manh desta quarta-feira (30/04/08).

    A Comisso de Educao aprovou ainda requerimento da deputada Ana Maria Resende (PSDB) para a realizao de audincia pblica em Montes Claros, para debater a violncia cometida pela Polcia Militar contra estudantes que faziam manifestao na prefeitura pela meia passagem no transporte coletivo local. Segundo a parlamentar, a tropa de choque da PM cometeu excessos contra jovens de 13 e 14 anos que apenas cobravam uma promessa de campanha do prefeito.

    Tambm foram aprovadas outras 23 proposies que dispensam apreciao do Plenrio. Dois projetos sujeitos apreciao do Plenrio foram retirados de pauta.

    Presenas - Deir Marra (PR), presidente; Maria Lcia Mendona (DEM), vice; Ana Maria Resende (PSDB), Carlin Moura (PCdoB) e Vanderlei Jangrossi (PP).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 30, 2008

    RODA VIVA.

    ALERTA em BETIM. Almocei hoje com o deputado Ivair Nogueira, do PMDB, de Betim. Deixou claro que est costurando uma aliana do PMDB com outras pequenas, mais importantes legendas de Betim. 
    que at agora no foi fechado um entendimento com o grupo do prefeito Carlyle Pedrosa, do PSDB, que ter como candidato o deputado estadual Rmulo Veneroso.  
    Ivair nos disse que - sendo ele candidato a prefeito pelo PMDB - a eleio em Betim poder ter dois turnos.
    L, pela primeira vez, o nmero de eleitores passa de 200 mil. Da... Ivair a noiva poltica mais disputada. De um lado pelo PSDB de Carlyle. Do outro o PT da deputada federal e ex-prefeita de Betim, Maria do Carmo Lara.


    JUIZ DE FORA. Encontramos ontem no Diamond Mall, aqui em BH, com o jovem vereador Bruno Siqueira, filho do ex-presidente da Copasa, Marcelo Siqueira, hoje diretor da Codemig - homem de confiana do ex-presidente Itamar Franco. O vereador, Bruno Siqueira, foi fez um treinamento de mdia conosco no "Socorro, Estou na TV", antes de assumir o cargo de vererador pelo PMDB de Juiz de Fora.
     

    BIG. Estivemos na belssima festa que a BIG GRANDES IDIAS fez para lanar seu portiflio, que ficou um primor de forma e de contedo.
    O ambiente do lounde do Kug Bier no Belvedere, aqui em BH, reuniu personalidades do mundo poltico, empresarial, artstico, executivo. Msica mineira, da melhor qualidade, - um buffet farto e delicioso. Os scios da BIG - agncia que atende a Prefeitura da capital - receberam os convidados em alto estilo.
    Anotamos as presenas do casal Nereide Beiro/Marco Antnio, ela assessora-chefe de Comunicao da PBH; o deputado Welinton Prado,do PT;
    o diretor comercial da Rede Globo Minas, Antnio Sabino; Wagner Espanha, gerente de publicidade do jornal Estado de Minas; deputado federal Saraiva Felipe, ex-ministro da Sade; Carlos Don da Rede Itatiaia de rdio; Lcio Portela, da Rede TV;
    o delegado de Crime de Informtica, Osrio Trtius acompanhado pela bela Regiane Nascimento, executiva do Centro Internacional de Comrcio da FIEMG e colaboradora do nosso BLOG DE NOTCIAS; o casal Fernada/Adolpho Flusmann, diretor regional da empresa de higienizao industrial e hospitalar, ATMOSFERA; o jornalista Humberto Alves Pereira do Jornal da Cidade;
    Ricardo Castilho, homem forte da VALE em Minas, responsvel pelas relaes intitucionais da empresa com o mercado e com a Assemblia Legislativa.. 
    Altivo Oliveira, diretor regional da EMRATEL; Jos Aparecido Ribeiro, Administrador de Empresas e estudioso dos problemas de BH; o artista plstico e arquiteto, Srgio de Paula; o mdico cardiologista, Eduardo Bastianeto, mdico do ex-ministro Jos Israel Vargas...
    Bem, as fotos publicarei em breve...
    Aguarde!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 29, 2008

    Cenas de um Casamento!

    Foi o casamento do empresrio Rmulo Breda
     - leia-se Iguana Filmes -
     e a designer de Interiores, Simone Mafra,  no Mix Garden.
    As fotos VALEM POR MIL PALAVRAS.





     













       Comentrios

    #1. carla - (carlaameno@yahoo.com.br)
    Um casal perfeito e abenoado por DEUS!!
    Quem compareeu sabe!!
    Foi um conto de fadas!!

    #2. Denio - (deniosan@hotmail.com)
    Tive o privilgio de participar, foi lindo!

    #3. MRIAN DE OLIVEIRA NASCIMENTO OLIVEIRA NASCIMENTTO - (mirianonascimento@hotmail.com)
    Ei Simone

    Ficaram realmente lindas as fotos mas no s as fotos.Na verdade foi uma linda cerimnia e uma agradabelssima festa.
    Fiquem com Deus.
    Beijos
    Mrian

    #4. Gustavo Mafra - (gustavommc@gmail.com)
    Maravilhoso, lindo e perfeito uma noite muito especial tudo perfeito.
    Beijos de seu irmo,
    Gustavo Mafra.
    #1. Cynthia - (cyfurtado@gmail.com)
    As fotos esto so maravilhosas quanto o casal. Adoro vocs!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 29, 2008

    Os 100 anos da imigrao japonesa. O deputado estadual, CHICO UEJO, do PSB, est no Japo a convite do Ministrio das Relaes Exteriores do Japo, participando das comemoraes dos 100 anos dos japoneses no Brasil. Chico Uejo - descendente de japoneses que chegaram ao Alto Paranaba h um sculo. Ele filho do prefeito de So Gotardo.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 29, 2008

    PINGA FOGO. Quatro parlamentares ocuparam a tribuna do plenrio presidente JK da Assemblia Legislativa, nesta tera-feira. Confira.

    Quatro deputados fizeram uso do artigo 70 do Regimento Interno e discursaram sobre temas diversos. O primeiro foi Paulo Guedes (PT), que se referiu ao 1 de maio, Dia do Trabalhador, como uma data em que as comemoraes sero diferentes, devido a vrias aes do Governo Federal que possibilitaram, por exemplo, o aumento do poder de compra do salrio mnimo, o aumento do emprego formal, das reservas cambiais e a diminuio da pobreza. "Em cinco anos, 10 milhes de brasileiros saram da pobreza absoluta e 20 milhes saram das classes D e E para a classe C", falou. Guedes pediu ainda que os parlamentares voltem a discutir o projeto de lei que ganhou o nome de ICMS Solidrio.

    Elisa Costa (PT) complementou a fala do deputado enumerando uma srie de dados positivos a partir de iniciativas do Governo Federal. Entre eles, destacou uma conquista do movimento sindical. "Lula reconheceu a legalidade das centrais sindicais", disse. "A luta do momento uma bandeira histrica, a reduo da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais." Citando a rea da educao e o aumento do nmero de empregos, Elisa afirmou que Lula est "garantindo a ampliao dos direitos sociais ao povo brasileiro".

    O deputado Domingos Svio (PSDB) se disse surpreso com os discursos. "Ainda somos campees de misria e de corrupo. Temos os juros mais altos do mundo. No estamos em um mar de rosas. Achar isso aceitar que somos ingnuos", falou. Referindo-se s eleies municipais em Belo Horizonte, ele afirmou que considera que o PSDB tem condio de lanar nome prprio, de fazer coligao com o PMDB ou com qualquer outro partido. "Vamos dar para BH o que o governo Acio est dando para Minas Gerais".

    "Se o Acio acatar suas sugestes, teremos uma reviravolta", disse Getlio Neiva (PMDB). Ele informou que a bancada do PMDB unnime na aceitao de uma candidatura prpria em Belo Horizonte, em Tefilo Otoni e em todas as principais cidades do Estado. Neiva tambm pediu agilidade na votao do ICMS Solidrio e comentou a tramitao do projeto de lei sobre organizao judiciria. "J temos a convico de que as emendas dos deputados sero acatadas em grande parte", comentou, ao afirmar que tratou do assunto com o governador e com o presidente do TJMG, Orlando Ado.

    Os deputados Antnio Jlio, Adalclever Lopes e Svio Souza Cruz, todos do PMDB, apartearam o deputado, falando sobre as eleies e criticando o deputado federal Ciro Gomes, que declarou em entrevista Folha de S. Paulo que a poltica em Minas "entabulada por setores que representam a escria poltica".

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 29, 2008

    PARCEIROS HOMOSSEXUAIS. Na Assemblia de Minas projeto de Lei Complementar, de autoria do governador Acio Neves, que visa assegurar direito de Previdncia dos Servidores Pblicos para parceiros homossexuais. Confira.

    Foi recebido nesta tera-feira (29/4/08) pelo Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais projeto de lei complementar do governador Acio Neves que visa assegurar direitos de parceiros do mesmo sexo com a alterao da Lei Complementar 64, de 2002, que institui o Regime Prprio de Previdncia dos servidores pblicos do Estado.
    De acordo com justificativa que acompanha a mensagem, "o reconhecimento da unio estvel entre companheiros do mesmo sexo j se encontra referendado em jurisprudncia emanada de nossos tribunais superiores e, na prtica, o Instituto Nacional do Seguro Social viabilizou os procedimentos para concesso de benefcios previdencirios ao companheiro homossexual".
    Outro projeto de lei complementar encaminhado pretende alterar dispositivos da Lei Complementar 71, de 2003, que, entre outros temas, trata da avaliao de desempenho individual.
    O projeto tem o objetivo de alterar a sua periodicidade, inserindo a possibilidade de avaliao do servidor ocupante exclusivamente de cargo de provimento em comisso, com algumas excees, no elenco dos contemplados pela lei, alm de estabelecer composio paritria da comisso de avaliao, esta para atender solicitao da Coordenao Intersindical. 

                                                                        OUTRO ASSUNTO.
    Tambm foi enviado pelo governador projeto de lei que d a denominao de Escola Estadual Professor Minervino Cesarino escola da Penitenciria Regional de Uberaba. Ainda na reunio, foi encerrada a discusso de trs projetos de lei.
    So eles: o Projeto de Lei (PL) 2.214/08, do governador, em turno nico, que autoriza a abertura de crdito suplementar para o Tribunal de Justia (TJMG) no valor de R$ 196,43 milhes;
    o PL 683/07, do deputado Weliton Prado (PT), em 2 turno, que especifica os locais de que trata a Lei 11.666, de 1994, que estabelece normas para facilitar o acesso dos portadores de deficincia fsica aos edifcios de uso pblico;
    e o PL 734/07, do deputado Andr Quinto (PT), em 1 turno, que institui o Certificado Incluso e o Selo Incluso.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 29, 2008

    ARTIGO ESPECIAL. O montesclarense, Wagner Gomes, consultor empresarial, nos enviou artigo sobre os 75 anos do ex-deputado e advogado Genival Tourinho, tambm mineiro de Montes Claros no norte de Minas.


                                                                             A Linha do Tempo
                                                                               Wagner Gomes

    "Acreditar em algo e no viv-lo desonesto."
    -
    Mahatma Gandhi, religioso indiano

    Mrio Genival Tourinho completa 75 anos em 04.05.2008. Trs quartos de sculo, vividos por inteiro. E hoje sua imagem est sacralizada e o seu vulto paira como um dos heris da Nao.
    S que esses heris modernos, de to modestos, levam uma vida bem diferente daquela de quando se projetaram e se agigantaram aos olhos de todos ns. Houve um tempo em que a brutalidade do regime militar massacrava quase toda a esquerda brasileira, principalmente aqueles que sonhavam h quarenta anos.
    Neste ano, 2008, comemora-se 40 anos de 1968, o ano dourado em que nada aconteceu ou tudo aconteceu.
    O ano que se tornou encantado no mundo inteiro. No Brasil, as grandes passeatas e os grandes festivais de msica assustavam o regime ento vigente, clamando por liberdade, culminando com a monumental passeata dos cem mil que fez o Rio de Janeiro pulsar de civismo e entusiasmo, em 26.06.1968.
    Acuado, o regime de ento escancarou a ditadura militar, com a edio do Ato Institucional No. 5, em 13 de dezembro de 1968. Um jovem montes-clarense, de bravura indmita, assistia a tudo aquilo com uma enorme indignao, pois era o primeiro suplente de Deputado Federal, em um ambiente propcio a cassaes de mandatos.
    Destemido e corajoso, Genival Tourinho assume em 1969, pela primeira vez, o mandato que a suplncia lhe reservava, com a f inquebrantvel de quem luta por um sonho. O ambiente era hostil, mas sua figura transcendia ao do poltico comum, pois desde aquela poca entendia que o homem pblico no aquele que orbita em torno do governo, mas sim aquele que se posta de tal forma comprometido aos anseios do seu eleitorado, aos quais ele dever sacrificar at sua integridade fsica, se necessrio for.
    Assim, a luta contra a radicalizao poltica brotada em 1968 se tornou o ponto de partida de Genival, e a principal bandeira de toda sua trajetria pblica. Esse homem sem medo sacrifica sua prpria reeleio em 1970, para pregar abertamente a campanha "Anule o Seu Voto" em represlia aos anos de chumbo.
    Por tudo isso, sua imagem se fortaleceu e ele retoma a vida parlamentar em 1974, seguindo sua cruzada em defesa da abertura poltica e da anistia geral, ampla e irrestrita.
    Segundo relatos daquela poca, tal qual um paladino, botava a boca no mundo, denunciando ameaas integridade fsica de diversos polticos, a exemplo de Brizola e Juscelino, aos quais sempre defendeu.
    Reconhecido e respeitado, sua fama extrapola e chega ao exterior como um dos cones que imaginavam um Brasil e um mundo mais justos, menos violentos, mais democrticos e livres. Ganhou de vez a antipatia do regime ao denunciar a Operao Cristal, acusando o General Bandeira - um militar polmico, de instigar a colocao de bombas nas bancas de jornais e na OAB -, com quem, corajosamente, travou spera discusso, ao afirmar que o mesmo havia perdido sua capacidade de saber diferenciar entre o que autntico e o que fraude.
    As denncias incluam, ainda, o nome do General Milton Tavares (So Paulo). Claro que, nessa luta, Genival no estava sozinho. Muitos brasileiros ilustres tambm pressionavam de suas tribunas pela abertura.
    A certa altura, por volta de 1980, Golbery do Couto e Silva, rendendo-se s evidncias, sentenciava que a abertura s estava sendo possvel aps a diviso da frente oposicionista. Centrando foras na liquidao de movimentos grevistas, dizia ser necessrio coibir manifestaes agressivas e imprprias (referindo-se aos parlamentares).
    E em lugar de atender a chamada ala dura do regime, apela para o caminho da "lei e da justia que foram institudas pelo governo militar". Assim, enquadram o atual Presidente Lula na Lei de Segurana Nacional por ter comandado a greve metalrgica de maro de 1980 e Genival Tourinho por "ofensas" s Foras Armadas, imaginando deix-lo sem voz. Posteriormente, o Almirante de Esquadra Jlio de S Bierrenbach sacudiu o Tribunal Militar em 2 de outubro de 1981 ao votar contra o arquivamento do caso da exploso das bombas no Rio Centro, alegando que se tivessem apurado as denncias do Genival aquele ato terrorista no teria acontecido.
    Por tudo isso, Genival Tourinho merece ser festejado e homenageado. Devemos relembrar e celebrar sua luta em um tempo que se foi mas que estar sempre presente na histria da Nao -, pois ela era dirigida memria dos irmos que caram e visava cessar as atrocidades denunciadas.
    Sua trajetria tem inegvel riqueza, e por isso hoje o reverenciamos. Sade, Genival Tourinho! Receba, em seu aniversrio, o reconhecimento de todos os brasileiros. Voc nos ensinou que precisamos identificar e desarticular as redes de iluses que se formam ao nosso redor. Deus lhe proteja e lhe faa feliz.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 29, 2008

    Ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa prestigiou o lanamento do sistema digital pela Rede Globo Minas, aqui na capital. O ministro destacou "que a implantao da Tv Digital vem superando nossas expectativas - todas as emissoras vo conseguir entrar em operao antes do prazo".

                            Emissora lana TV Digital em Belo Horizonte 

    Quatro meses depois de consignado o
    canal, a Globo Minas  j comea operar novo sistema

    A emissora de televiso Globo Minas comemora 40 anos e lana canal digital em Belo Horizonte. a segunda emissora a operar o sinal digital na capital mineira. H duas semanas, a Rede TV inaugurou suas transmisses digitais naquela cidade. A cerimnia de lanamento na sede da TV Globo Minas e contou com a presena do ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa.
    Em 27 de dezembro de 2007, o ministro assinou a consignao dos canais digitais para seis emissoras na cidade: TV Minas, TV mega (Rede TV), Rdio e TV Alterosa (associada ao SBT), Record, TV Globo e Bandeirantes.
    De acordo com o cronograma de implantao da TV Digital, depois de consignado o canal, a emissora tem at seis meses para apresentar o projeto de instalao da estao transmissora digital e, depois da aprovao do projeto, mais 18 meses para iniciar as transmisses. Assim, a Globo Minas est mais de um ano e meio frente do prazo limite.
    "A implantao da TV Digital vem superando nossas expectativas; todas as emissoras vo conseguir entrar em operao antes do prazo", afirmou Hlio Costa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 29, 2008

    Expresso Cidadania percorreu 13 municpios Minas fora. O projeto itinerante da Assemblia de Minas levou conscientizao poltica a cerca de 15 mil jovens mineiros. Projeto ser encerrado com msica - rap e rock - quinta-feira, dia 1 de maio, no horrio de 16h s 19 horas na Praa da Estao, aqui em BH.

    Depois de quase dois meses percorrendo 13 municpios do interior, envolvendo mais de 15 mil jovens em atividades de reflexo sobre a poltica, chegou a hora da diverso para os participantes do Expresso Cidadania. Detonautas, Manitu e Milcia Hip Hop fazem show nesta quinta-feira (1/5/08), das 16 s 19 horas, na Praa da Estao, marcando o encerramento das do projeto itinerante da Assemblia Legislativa de Minas Gerais para conscientizao poltica de estudantes de 16 e 17 anos. O show, gratuito, promovido pela ALMG em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Coordenadoria da Juventude. O objetivo levar ao maior nmero possvel de pessoas a mensagem central do Expresso: "jovens conscientes fazem um Pas melhor".
    Msica na veia - Desta vez, a pauta do Expresso traz muito rap, reggae e rock'n roll. Fundada em 1994, a Milcia Hip Hop nasceu no Barreiro, com um estilo de msica voltado para a conscientizao juvenil e a insero da juventude na vida pblica do Pas. No cenrio do hip hop, desde a poca do instinto BH Canta e Dana, o grupo j se apresentou em outros Estados, como So Paulo, Rio de Janeiro, Cear e Gois.
    O pblico vai danar tambm ao som do Manitu, banda mineira formada no fim de 2001, que tem na bagagem mais de 450 shows, quatro CDs, clipes e msicas com presena constante entre as mais tocadas nas rdios da Capital e interior de Minas.
    J os fs do rock nacional vo sair do cho ao som do Detonautas. Sucessos no faltam desta banda liderada pelo vocalista Tico Santa Cruz e formada em 1997, aps um bate-papo sobre msica em chats na internet. O grupo sabe que no pode deixar de tocar sucessos como Voc me faz to bem, Quando o sol se for, Ladro de gravatas e O dia que no terminou. Alm disso, sero apresentadas as novidades do mais recente CD, O retorno de Saturno.
    Expresso - O projeto Expresso Cidadania envolve estudantes de nvel mdio da rede pblica, participantes do Programa de Educao Afetivo-Sexual (Peas) da Secretaria de Estado de Educao, alm de diretores e professores da rede pblica, com apoio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MG), do Ministrio Pblico, da Federao das Indstrias de Minas Gerais (Fiemg), do Servio Social da Indstria (Sesi) e do Governo do Estado, atravs das Secretarias de Educao e de Esporte e Juventude, alm de Cemig e Copasa.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 29, 2008

    Olha a o colrio que vem de Juiz de Fora. Da coluna do csar Romero da Tribuna de Minas.


    Bruna Siqueira no La Rocca

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 28, 2008

    Ser aberto amanh um dos maiores eventos de moda do ano, em BH. O Minas Trend Preview. O desfile de abertura ser, amanh, tera-feira, dia 29 no Grande Teatro do Palcio das Artes. Ser o Oi Fashion Music. Depois - a partir de quarta-feira - tudo acontece na Lagoa dos Ingleses. Vai at domingo, dia 4. Confira a programao do MINAS TREND PREVIEW, enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS pela Regiane Moreira Nascimento do Centro Internacional da FIEMG.

    MINAS TREND PREVIEW
    EDIO PRIMAVERA / VERO


    • 29 de abril de 2008 - tera-feira:

      • 20h - Desfile de Abertura - Oi Fashion Muisc - CONVITE ESPECIAL

      • Local: Grande Teatro - Palcio das Artes

    • 30 de abril de 2008 - quarta-feira:

      • Local: Alphaville - Lagoa dos Ingleses

      • 17h - Palestra : Marketing de Moda - Nathalie Paldacci Professora do Instituto Marangoni de Paris

      • 19h - Coquetel de Inaugurao das Exposies(CONVITE ESPECIAL Eu No Sou de Plstico - curadoria de Lilian Pacce.
         
        Estado de Minas 80 anos da moda Curadoria Anna Marina e Renato Loureiro Local: Lounge Impar Lagoa dos Ingleses

    • 01 de maio de 2008 - quinta-feira:

      • Local: Alphaville - Lagoa dos Ingleses

      • 10h - Abertura do Salo de Negcios

      • 17h - Palestra A Moda a Vida - Regina Guerreiro - Auditrio

      • 19h - Desfile Performance de Calados, Bolsas e Acessrios - Salo de Desfiles - CONVITE ESPECIAL

      • 20h - Encerramento do Salo de Negcios

    • 02 de maio de 2008 - sexta-feira:

      • Local: Alphaville - Lagoa dos Ingleses

      • 10h - Abertura do Salo de Negcios

      • 15h - Lanamento do Caderno PERFIL Inspiraes e Tendncias Vero 08/09 SENAI- Auditrio

      • 17h - Palestra "PREVIEW OUTONO/ INVERNO 2009" - Ellen Massucci Leite - ABIT - Auditrio

      • 19h - Desfile Didtico - Salo de Desfiles - CONVITE ESPECIAL

      • 20h - Encerramento do Salo de Negcios

    • 03 de maio de 2008 - sbado:

      • Local: Alphaville - Lagoa dos Ingleses

      • 10h - Abertura do Salo de Negcios

      • 15h - Desfile Performance Calados, Bolsas e Acessrios - Salo de Desfiles - CONVITE ESPECIAL

      • 19h - Desfile Didtico - Salo de Desfiles - CONVITE ESPECIAL

      • 20h - Encerramento do Salo de Negcios

    • 04 de maio de 2008 - domingo:

      • Local: Alphaville - Lagoa dos Ingleses

      • 10h - Abertura do Salo de Negcios

      • 17h - Desfile Didtico - Salo de Desfiles - CONVITE ESPECIAL

      • 20h - Encerramento do Salo de Negcios



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 28, 2008

    REBELIO no PT municipal contra deciso do Diretrio Nacional. Petistas de BH ignoram proibio de coligao com oPSDB. E lanam as pr-candidaturas - a chapa Mrcio de Lacerda(PSB) e Roberto Carvalho, (PT) para disputar a Prefeitura de BH. Pinamos a notcia - em destaque -na primeira pgina do Hoje em Dia, desta segunda-feira. Vale conferir!


                                                               Lacerda, Pimentel e Roberto Carvalho 
                                                                comemoram aprovao da chapa
                                                                    (Foto: Maurcio de Souza)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 28, 2008

    A BIG GRANDES IDIAS - agncia que dentre outras, atende a conta da Prefeitura de BH - faz BIG FESTA nesta segunda-feira para lanar para o mercado seu belssimo Portiflio. Logo no requintado convite que recebemos a frase: "Pense Bem. Pense BIG". E mais: venha conhecer nossas idias. Compartilhar nossos valores e sentir conosco o orgulho de ser mineiro. Lanamento do Portiflio da Big Grandes Idias. UMA HOMENAGEM AOS CRIADORES E AS GRANDES IDIAS QUE NASCERAM EM MINAS PARA ILUMINAR O BRASIL. Ser hoje, dia 28 de abril, 20 horas no Lounge do KRUG BIER. Av. Paulo Camilo Pena, 736 no Belvedere, aqui em BH. Recebendo os convidados os scios da BIG: Paulo lvares, Ricardo Fantoni, Mrio Ribeiro, Roberto Bastianeto e Wagner Bennaton.


    Foto arquivo do nosso BLOG feito no ltimo churrasco
    que fomos na rea priv da BIG.
     Da esquera para a direita: o diretor de arte, BOCA,
    e um amigo dos scios da BIG GRANDES IDIAS,
    os irmos Ricardo e Paulo lvares,
    que hoje noite vo receber os convidados
    no Lounge do Kug Bier no Belvedere no lanamento
    do portiflio da agncia.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 28, 2008

    Amanh, tera-feira, Comisso de Defesa do Consumidor da Assemblia de Minas, vai debate os problemas da TELEFONIA CELULAR no Estado.

    Recentes mudanas editadas pela Agncia Nacional de Telecomunicaes (Anatel) no sistema de telefonia celular que tm causado problemas aos consumidores sero debatidas em audincia pblica da Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, nesta tera-feira (29/4/08). A reunio foi solicitada pelo presidente da comisso, deputado Dlio Malheiros (PV), e ser realizada no Plenarinho I, s 10 horas.
    De acordo com a assessoria de Dlio Malheiros, na audincia pblica, vrios problemas constatados atualmente no servio de telefonia celular sero debatidos com as operadoras e com a Anatel. Entre eles, o arredondamento na cobrana das ligaes at 30 segundos feito pelas operadoras. Segundo a assesoria, toda ligao entre 1 e 30 segundos tem a cobrana feita pelo teto, ou seja, 30 segundos. Dlio Malheiros considera que esse arredondamento ilegal e informou que j foi ao ministro das Comunicaes, Hlio Costa, cobrar um atitude da Anatel.
    Outro problema que ser debatido a questo dos contratos de fidelidade. Segundo a assessoria do parlamentar, a legislao brasileira determina que o prazo mximo do contrato de fidelidade de 12 meses. Entretanto, existem operadoras de telefonia celular que vm ultrapassando esse limite. Dlio Malheiros pretende tambm debater as dificuldades enfrentadas pelo consumidor para rescindir os contratos, para trocar de operadora e para cancelar um servio.
    Convidados - Foram convidados para participar da audincia pblica o promotor de Justia de Defesa do Consumidor, Jos Antnio Baeta de Melo Canado; o gerente regional da Anatel em Minas Gerais, Jos Dias Coelho Neto; o representante da CTBC Celular e Telecom, Weber Pimenta de Melo; o representante de Relaes Industriais da Oi, Maurcio Couto Frana; o diretor da Tim Maxitel em Minas Gerais, Luiz Gonzaga Leal; a representante da Telemig Celular, Margareth de Almeida Cadete; a representante da Claro, Lvia Rocha; e o coordenador do Procon Assemblia, Marcelo Barbosa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 27, 2008

    Os 40 anos da Rede Globo Minas - onde fui reprter poltico durante 16 anos. A Globo lanou suas transmisses de TV em SINAL DIGITAL durante solenidade que reuniu o vice-presidente da Repblica, Z Alencar; o governador Acio Neves; o prefeito de BH, Fernando Pimentel e ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa.

                                                        
         Pimentelprestigia 
           lanamento da TV Digital


    Fernando Pimentel participou da comemorao dos 40 anos da TV Globo Minas e do lanamento, pela emissora, das transmisses de TV em sinal digital. Na solenidade, que teve a presena tambm do vice-presidente Jos Alencar, do ministro das Comunicaes, Hlio Costa, e do governador Acio Neves, Pimentel salientou que Belo Horizonte a segunda cidade do Brasil a emitir e receber o sinal da TV digital.  

    "Ser a segunda cidade para ns um orgulho porque significa que Belo Horizonte j tambm referncia nesse setor, ns que temos sido referncia em tantos programas importantes, em tantas polticas pblicas importantes para o Brasil", disse.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 27, 2008

    Socorro, Estou na TV. Amanh, segunda-feira, vou fazer palestra para os pr-candidatos a vereador do Partido Verde. Ser s 18 horas no estdio da TVC no bairro Sion, aqui em BH. Quem nos convidou foi o vice-prefeito de BH, nosso amigo Ronaldo Vesconcelos. Devero participar da palestra cerca de 60 filiados do PV, aqui na capital. O objetivo, segundo Ronaldo Vasconcelos, dar aos pr-candidatos do PV, orientaes bsicas de como se comportar diante das cmeras. Gestos, posturas, roupas adequadas, interatividade com o telespectador, dico... enfim, preparar os pr-candidatos para a campanha na TV e dando queles que forem eleitos vereador condies adequadas para atuar nos programas da TV Cmara de BH. Programa que transmitido pela TV Assemblia. Uma hora durante a semana e duas horas nos finais de semana. EM TEMPO: agradeo ao meu amigo Ronaldo Vasconcelos a oportunidade de fazer palestra "Socorro, Estou na TV" para os membros do PV.


    O vice-prefeito de BH,
     Ronaldo Vasconcelos do PV
    e o prefeito de Conceio da Barra
    - balnerio no norte do Esprito Santo -
    Manoel Pereira da Fonseca,
    o popular !Manoel P de Boi".
    Os dois polticos se encontram
     durante a entrega do Trofu MG Turismo
    no auditrio do Othon Palce.
    O prefeito da Barra  recebeu
    o Trofu DESTINO TURSTICO
    no Esprito Santo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 27, 2008

    O deputado estadual Eros Biondini ser lanado pr-candidato a prefeito de BH. O PHS - Partido Humanista da Solidariedade - est fazendo conveno nacional hoje, at s 13 horas no plenrio da Assemblia de Minas. Ligue na TV Assemblia e acompanhe!

    A conveno foi aberta s 10 da manh. Presentes: o presidente nacional do PHS, Paulo Roberto Matos; o presidente estadual, deputado federal Miguel Martini e o presidente do PHS municipal de BH, deputado Eros Biondini. Presente tambm o fundador do PHS, Philippe Gudon.

    O PHS foi criado em BH em maro de 1997. Tem diretrios em 1.751 municpios do pas. 42 vereadores - em BH tem um parlamentar - o vereador Fred Costa.
     
    No tem nenhum senador. Tem dois federais: Miguel Martini, de Minas e Felipe Bornier, do Rio. E um estadual, Eros Biondini.

                                                                              Candidaturas
                                                                          a prefeito pelo PHS.
    O objetivo do PHS lanar candidatos a prefeito em 10 cidades. Aqui em Minas, alm de BH, onde o pr-candidato o deputado Eros Biondini, o partido vai lanar candidato em Juiz de Fora, o empresrio Luiz Sorano, que est na presente na Conveno Nacional desta manh no plenrio presidente JK, aqui em Belo Horizonte.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 27, 2008

    Olha a o colrio deste domingo de sol em BH. Amanda Chang faz parte do portiflio do colunista Csar romero da Tribuna de Minas de juiz de Fora.


    Amanda Chang totalmente
    demais no Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 26, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O flagrante - colhido no 21 de abril em Ouro Preto - foi publicado pelo nosso amigo, o colunista Idinando Borges, do barbacenaonline.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 26, 2008

    Para LER e PENSAR!!!

                                     ARTIGO ESPECIAL escrito pelo nosso amigo, o dr. Willer Ps,
                                                 diretor de Meio Ambiente da Anglogold Ashanti.
                                                     Vale observar os detalhes das informaes
                                               e das argumentaes da mente brilhante do dr. Willer
                                    sobre um assunto que mexe l no fundo de nossas conscincias.
                                                                           Vale conferir!.

                                                       MEIO AMBIENTE, PRESERVATIVOS
                                                                E POLTICAS PBLICAS.

                                                                           *Willer Ps

    Freqentemente, e at por dever de ofcio, o governo anuncia aes nas mais diversas reas de interesse pblico. Entretanto, seja na rea de segurana, educao, infra-estrutura ou sade pblica, raramente se observa nas iniciativas governamentais a interface com a vertente ambiental. Na verdade, a rea ambiental ainda vista muito mais como um setor agregado, no qual se dificulta e burocratiza os processos de implementao de projetos das reas pblica e/ou privada.

    Uma gesto integrada com o meio ambiente traz ganhos patentes para a sociedade. Dois bons exemplos disso so as polticas de limpeza pblica, em que a orientao para reciclagem faz do Brasil um dos pases que mais so reciclados plsticos e metais no mundo e, as aes da iniciativa privada, principalmente as mineradoras, mesmo em minoria, que implementam aes na rea de educao ambiental, com trabalhos realizados junto s escolas pblicas locais.

    Na rea de sade pblica, o descompasso com a rea ambiental marcante. Um dos exemplos mais flagrantes da desvinculao com as questes ambientais est associado s campanhas contra a Aids e doenas sexualmente transmissveis (DST). Desde 1985, tem-se preconizado que a melhor arma contra a contaminao pelo HIV, uma vez que a abstinncia impensvel, o uso de preservativos. S no Brasil, dados preliminares demonstram que cerca de um bilho de unidades de preservativos foram usados em 2003. A esse dado se computam a distribuio gratuita do governo, ONG's e vendas no varejo. As vendas so responsveis por mais de 50% dessa estimativa. Segundo informaes tomadas nos balces de farmcias e drogarias, os preservativos so os itens, por unidade, mais vendidos.

    Os EUA distriburam prximo de 1,8 bilhes de unidades em 2003. A China, com uma populao de aproximadamente 1,3 bilhes de habitantes, no s distribui preservativos, como tambm um dos maiores exportadores desse artefato para o mundo. Considerando que, em mdia, cada preservativo pesa 3 gramas, so milhares de toneladas de borracha natural de altssima qualidade (todo material usado na fabricao de preservativos de grau mdico) que no Brasil, no tido uma correta destinao final. E a vai um dado interessante, no Brasil, grande parte do material usado na fabricao de preservativos vem das reservas extrativistas do Acre, onde se tem o critrio da sustentabilidade como alma mater.

    Entretanto, grande parte desse material acaba nas tubulaes dos vasos sanitrios e, conseqentemente, nas estaes de tratamento de esgoto (caso exista), criando grandes dificuldades na operao, com sensvel aumento de custos. Isso tudo sem se levar em conta o potencial de contaminao j que todos os preservativos esto envoltos em lubrificantes base de silicone e alguns at com substncias espermicidas. Certamente, esses dados fariam Chico Mendes rolar na tumba.

    A nossa grande dificuldade est na busca de alternativas para reutilizao desse material. O prprio preconceito quando a esse resduo de uso sexual dificulta qualquer poltica de reciclagem. Imaginem, culos de natao ou mesmo luvas feitos com borrachas recicladas de preservativos: voc usaria? Obviamente, tudo isso no passa de exerccio mental. Na verdade, a mesma mdia, que sob orientao do Ministrio da Sade, preconiza com freqncia um ritual para uso dos preservativos com gestos e pessoas insinuantes, poderia, com a mesma naturalidade, orientar os usurios quanto ao descarte correto aps o uso.

    Outra sugesto seria a incluso junto embalagem de uma segunda embalagem, onde o preservativo, aps o uso, poderia ser devidamente embalado e descartado. Enquanto no acham soluo para este simples problema, inclusive a busca para reutilizao desse precioso material, digo a borracha, milhes de preservativos continuaro sendo descarregados em vasos sanitrios pelo Brasil a fora. Certamente, as vrias vertentes religiosas podero, com esses argumentos, ter mais um aliado contra este instrumento acessorio de prazer e coibio da fertilidade humana. Mas o assunto est longe de ser resolvido na esfera da justia divina e/ou por aes de cunho moralista-religioso.
     
    Cabe sim, ao poder publico, orientar os usurios para um descarte sadio e ambientalmente correto, com a mesma energia com que o fazem para o seu uso. E cabe, tambm, aos centros de pesquisas e universidades, principalmente as pblicas, que, hoje em regime de latncia econmica e conseqentemente de cabeas pensantes, ser imaginativas e trazer alternativas para a sociedade. Enquanto isso no ocorre, estaremos convivendo com a visualizao diria dessas "embalagens do amor" espalhadas por escuras praas publicas, dando trabalho aos varredores e operadores de estaes de tratamento de esgoto.
    Parece que ningum vai querer botar a mo nesse negcio.

    *WILLER PS:
    O autor PhD em Qumica Ambiental pela Georgia Institute of Technolog-USA,
    diretor de Meio Ambiente da Anglogold Ashanti para a Amrica Latina,
    Conselheiro da Associao Brasileira de Engenharia Sanitria - ABES-MG e
    Ex-Presidente da Fundao Estadual de Meio Ambiente - Feam-MG.
     whpos@hotmail.com







                        Comentrios

    #1. Murilo Prado Badar - (murilo@engenhariaecologica.com.br)
    Muito bom o artigo. redundncia elogiar Willer.Parabns e abraos.
    #2. celsocastilhodesouza - (celsocastilho@ccbe.com.br)
    Caro Joo.

    Parabns pela publicao do artigo do Willer.Willer continua sempre atento e atualizado, sobre as questes maiores do Brasil.
    Celso Castilho de Souza



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 26, 2008

    EXPRESSO CIDADANIA da Assemblia de Minas chega segunda-feira a BH.

    A etapa final do Expresso Cidadania, em Belo Horizonte, e dois encontros regionais do Seminrio Legislativo Minas de Minas, em Divinpolis e Itana, so os eventos de destaque na agenda da Assemblia Legislativa de Minas Gerais na semana de 28 de abril a 2 de maio. Tambm esto programadas uma visita e seis audincias pblicas de comisses, alm de uma reunio com convidados na Cipe So Francisco. Temas de interesse social, como sade, segurana, telefonia e transporte pblico, estaro em debate.
    Depois de 13 encontros em cidades-plo de Minas Gerais, o projeto itinerante Expresso Cidadania tem trs dias de atividades na ALMG (Hall das Bandeiras), onde deve reunir mais de 4 mil alunos, em trs turnos, a partir de 8h30. Na segunda e tera-feiras (28 e 29/4), estudantes de oito escolas estaduais da Capital, de Lagoa Santa, de Sabar e de Contagem participam da programao, que inclui palestras, oficinas, teatro, enquete com votao em urna eletrnica e emisso de documentos. J na quarta-feira (30), o projeto atende 15 escolas municipais de Belo Horizonte.
    O Expresso realizado em parceria com o TRE-MG e a Secretaria de Estado da Educao, com o objetivo de estimular a participao poltica dos jovens e o exerccio consciente do voto aos 16 e 17 anos.
    O outro evento da semana o seminrio legislativo sobre a atividade minerria, que tem etapas regionais em Divinpolis, na segunda-feira (28), e em Itana, na tera (29). O objetivo colher subsdios para elaborao de uma poltica minerria estadual orientada para a sustentabilidade e para o aprimoramento da poltica nacional. A etapa final ser em junho, na ALMG. At l, sero realizados 11 encontros no interior.
    Em Divinpolis, o encontro acontece na Federao das Indstrias (Fiemg), na Rua Engenheiro Benjamim de Oliveira, 144-A, Esplanada. Em Itana, ser no Centro de Desenvolvimento Empresarial, na Rua Capito Vicente, 129, Centro. Em cada etapa regional, h palestras, reunies em grupos de trabalho e eleio de 12 delegados que representaro a regio na etapa final, em Belo Horizonte. As atividades comeam s 8h30 e se estendem at 17 horas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 25, 2008

    O OUTRO LADO DA NOTCIA. Nota foi enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS pelo site www.gestaopublica. com br

                                                                                  Lula poder articular 
                                                                                 aliana de PT e PSDB 
                                                                                    em Belo Horizonte



    Embora a Executiva Nacional do PT tenha proibido nesta quinta-feira (24) uma coligao com o PSDB Prefeitura de Belo Horizonte em torno da candidatura do empresrio Mrcio Lacerda (PSB), em Braslia, corre a informao de que o presidente Luiz Incio Lula da Silva atuar nos bastidores para viabilizar a aliana do PT com o PSDB na eleio municipal de Belo Horizonte.
    O veto contraria a negociao entre o atual prefeito da capital mineira, Fernando Pimentel (PT), e o governador de Minas, Acio Neves (PSDB).
    Lula teria discordado da deciso da Executiva Nacional petista que veta tal aliana. que Lacerda do PSB, um aliado tradicional do PT e de Lula. Na avaliao do Palcio do Planalto, "o PT nacional mirou em Acio, mas acertou o PSB dos aliados Ciro Gomes, deputado federal e vice-lder nas pesquisas sobre a sucesso de 2010, e Eduardo Campos, governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB"
    Ciro Gomes deve conversar com o presidente do PT, Ricardo Berzoini, sobre o veto. Ele no entende uma "hostilidade desse tipo a um partido aliado".

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 25, 2008

    O COLRIO desta sexta-feira - vem da coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Marina Loures nos domnios do Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 25, 2008

    Telefonia Celular. Audincia Pblica na Assemblia de Minas discute o assunto semana que vem.

    Recentes mudanas editadas pela Agncia Nacional de Telecomunicaes (Anatel) no sistema de telefonia celular que tm causado problemas aos consumidores sero debatidas em audincia pblica da Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, nesta tera-feira (29/4/08). A reunio foi solicitada pelo presidente da comisso, deputado Dlio Malheiros (PV), e ser realizada no Plenarinho I, s 10 horas.
    De acordo com a assessoria de Dlio Malheiros, na audincia pblica, vrios problemas constatados atualmente no servio de telefonia celular sero debatidos com as operadoras e com a Anatel. Entre eles, o arredondamento na cobrana das ligaes at 30 segundos feito pelas operadoras. Segundo a assesoria, toda ligao entre 1 e 30 segundos tem a cobrana feita pelo teto, ou seja, 30 segundos. Dlio Malheiros considera que esse arredondamento ilegal e informou que j foi ao ministro das Comunicaes, Hlio Costa, cobrar um atitude da Anatel.
    Outro problema que ser debatido a questo dos contratos de fidelidade. Segundo a assessoria do parlamentar, a legislao brasileira determina que o prazo mximo do contrato de fidelidade de 12 meses. Entretanto, existem operadoras de telefonia celular que vm ultrapassando esse limite. Dlio Malheiros pretende tambm debater as dificuldades enfrentadas pelo consumidor para rescindir os contratos, para trocar de operadora e para cancelar um servio.
    Convidados - Foram convidados para participar da audincia pblica o promotor de Justia de Defesa do Consumidor, Jos Antnio Baeta de Melo Canado; o gerente regional da Anatel em Minas Gerais, Jos Dias Coelho Neto; o representante da CTBC Celular e Telecom, Weber Pimenta de Melo; o representante de Relaes Industriais da Oi, Maurcio Couto Frana; o diretor da Tim Maxitel em Minas Gerais, Luiz Gonzaga Leal; a representante da Telemig Celular, Margareth de Almeida Cadete; a representante da Claro, Lvia Rocha; e o coordenador do Procon Assemblia, Marcelo Barbosa.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 24, 2008

    TNEL DO TEMPO!!! Os Trs Mosqueteiros da rea de Meio Ambiente do governo Itamar Franco em Minas. Um trio competente e respeitado em todos os nveis da rea de meio ambiente no Estado. O ministro Paulino Ccero hoje presidente do poderoso SINDIFER; Celso Castilho, presidente do CCBE e secretrio executivo do Comit de Desenvolvimento de Ilha Grande no Rio de Janeiro - homem de confiana do poderoso presidente da VALE, Roger Agnelli. E o doutor Willer Ps - Homem de Ouro da Anglogold Ashanti. Respeitado e com trnsito livre na rea ambiental do Estado. Membro do Copam e com uma das maiores e respeitadas redes de relacionamento - que vai do vice-governador prof. Anastasia, passando pelo vice-prefeito de BH, Ronaldo Vasconcelos - at a imensa legio de amigos e admiradores que deixou na Feam, onde foi presidente. Sem falar no trnsito que o dr. Willer tem no Poder Legisaltivo, a comear pelo presidente, deputado Alberto Pinto Coelho, Fbio Avelar, dr. Viana... s para citar alguns parlamentares. Sem nenhum favor, Willer Ps, tem uma aguada sensibilidade poltica, trnsito e competncia tcnica como engenheiro qumico ambiental e sabe conquistar as mentes e coraes no mundo poltico e empresarial. Numa palavra: um executivo globalizado, nota 10!

    Momento de descontrao.
    Da esquerda para a direita: o ex-ministro
     e ex-secretrio da Agricultura do governo Itamar Franco em Minas, Paulino Ccero;
    o presidente do Consrcio Capim Branco Energia, Celso Castilho,
    ex-secretrio de Meio Ambiente de Itamar Franco
     e o diretor de Meio Ambiente para a Amrica Latina da Anglogold Ashanti,
     engenheiro qumico ambiental, Willer Ps.
    Grandes amigos deste blogueiro.

     

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 24, 2008

    Reflexos do 21 de abril em Ouro Preto. Pinado da coluna do meu amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    O governador Acio Neves
     e o cardiologista Carlos Carvalhaes Machado,
    um dos trs mdicos mineiros agraciados com a
    Medalha da Inconfidncia, em Ouro Preto.
    O homenageado biquense,
    morou muitos anos em So Paulo
     e h algum tempo veio para Juiz de Fora,
    onde atua em hospitaise clnicas.
    Membro da Sociedade Brasileira
    de Cardiologia, fez estgios em Houston
    e Boston (EUA) e em Londres.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 24, 2008

    VALE A PENA REVER!!!

    CENAS DE UM BELO CASAMENTO
     no Mix Garden no Jardim Canad,
    pertinho da capital mineira. 
     O simptico casal Rmulo Breda e Simone Mafra,
     realizou um dos mais belos e requintados casamentos de 2007.

    Felicidade ao casal. Nosso presente de casamento
    a publicao de algumas cenas do casamento de Simone e Rmulo
     aqui no nosso BLOG DE NOTCIAS. Foi nota 1.000.

    Trocaram alianas em cerimnia realizada no Mix Garden,o publicitrio Rmulo Breda, diretor da produtora Iguana Filmes e a design de Interiores Simone Mafra.  A unio foi realizada sob  a presena de familiares, amigos e diversas personalidades da publicidade mineira.

     A
    banda Zeeper foi a escolhida para animar a festa que rolou at de madrugada regada a muito champanhe .

     
    O destino escolhido pelo casal
    para as npcias foi a cidade Pucn no Chile.

     




     







        Comentrios

    #1. carla - (carlaameno@yahoo.com.br)
    Um casal perfeito e abenoado por DEUS!!
    Quem compareeu sabe!!
    Foi um conto de fadas!!





    #2. Denio - (deniosan@hotmail.com)
    Tive o privilgio de participar, foi lindo!

    #3. MRIAN DE OLIVEIRA NASCIMENTO
    (mirianonascimento@hotmail.com)
    Ei Simone
    Ficaram realmente lindas as fotos mas no s as fotos.Na verdade foi uma linda cerimnia e uma agradabelssima festa.
    Fiquem com Deus.
    Beijos
    Mrian



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 24, 2008

    Interior de Minas entra na era da telefonia celular.









    Programa Minas Comunica
    concludo em 127 municpios

     









       

    Omar Freire/Imprensa MG

    O governador Acio Neves anunciou, nesta quarta-feira (23), a concluso da ativao do servio de telefonia mvel em 127 municpios includos no lote da operadora Claro dentro do Programa de Universalizao do Acesso a Servios de Telecomunicao de Minas Gerais (Minas Comunica), que levar sinal de telefonia a 100% dos municpios mineiros. Durante a solenidade, a Claro tambm doou 254 kits de smartphones (telefone celular com computador de mo) destinados a modernizar o trabalho da Polcia Militar nos 127 novos municpios das regies Central e Zona da Mata atendidos pela operadora dentro do Minas Comunica.


    Em seu pronunciamento, o governador destacou a importncia e o pioneirismo do Minas Comunica, que vai garantir a cobertura de telefonia celular e transmisso de dados em todos os 853 municpios do Estado, beneficiando 2,5 milhes de pessoas. 


    Estamos tentando encontrar, de forma criativa, a partir de uma confiana mtua entre o setor pblico e o setor privado, alternativas para antecipar solues, que muito provavelmente viria com o tempo. O acesso telefonia celular um instrumento de desenvolvimento econmico, de desenvolvimento social das regies que precisavam e no detinham esse sinal. Cada vez mais que pudermos construir parcerias, eu no tenho dvidas de que ganham os cidados mineiros, disse.


    Alm da Claro, a Vivo (Telemig Celular) tambm j concluiu o trabalho em seu lote de 134 municpios. Das 151 cidades sob a responsabilidade da Oi, 120 j foram atendidas. A previso da empresa concluir at o dia 30 de abril, cinco meses antes do prazo final estabelecido no contrato entre as empresas e o Governo do Estado. O Minas Comunica conta com um investimento da ordem de R$ 282 milhes, sendo que o governo de Minas aporta R$ 163,5 milhes a ttulo de fomento s operadoras, que vo aplicar mais R$ 118,5 milhes de recursos prprios.


    Parcerias


    Acio Neves ressaltou tambm o papel das parcerias com o setor pblico, que tm permitido importantes avanos no desenvolvimento econmico e social do Estado. Segundo ele, o Estado continuar a buscar alternativas criativas para antecipar solues em vrias reas.


    Alm do vanguardismo e do pioneirismo, essa iniciativa traz em seu bojo um gesto que agrada muito aos mineiros: a compreenso de que as empresas no podem hoje estar isoladas e se sentir solitrias, desgarradas do meio em que atuam e de onde buscam os seus resultados. O gesto da Claro, ao oferecer ao Estado, em especial rea de Defesa Social, esses kits que permitiro instrumentalizar melhor os agentes pblicos de segurana no enfrentamento da criminalidade, mais um gesto de compreenso do altssimo papel social que empresas do porte da Claro devem ter em relao ao meio em que vivem, afirmou o governador.


    Os 254 aparelhos smartphones doados pela Claro iro auxiliar a comunicao entre os policiais que fazem rondas e plantes noturnos e facilitar a localizao e acionamento deles para o atendimento de emergncia populao. Alm dos aparelhos, a Claro vai doar os chips e cerca de R$ 50 mil em crditos entre os meses de abril e dezembro de 2008, o que representar crdito mensal mdio de R$ 20 por aparelho. A empresa tambm oferecer capacitao para todos os usurios. O investimento total ser de aproximadamente R$ 270 mil.


    Segurana prioridade


    Acio Neves afirmou que os aparelhos telefnicos incrementaro o trabalho da Polcia Militar nos municpios atendidos pela operadora. Segundo ele, a rea de segurana pblica tem sido tratada como prioridade pelo Governo do Estado. De 2003 a 2007, Minas investiu R$ 16,6 bilhes na poltica de segurana pblica do Estado que tem se tornado referncia em todo o pas.


    Esses novos instrumentos disponibilizados rea de Defesa Social sero muito bem aplicados, como tm sido aplicados os recursos dessa rea. A segurana pblica tem sido por ns, em Minas Gerais, tratada com absoluta prioridade. Somos o Estado brasileiro que mais recursos oramentrios investe proporcionalmente ao total do seu oramento em segurana pblica em torno de 13,5% do nosso oramento , mas no s apenas o volume que importa. a qualidade da aplicao. Temos hoje uma organizao na rea de segurana pblica que tem permitido, ao longo dos ltimos anos, indicadores decrescentes de crimes violentes em todo o Estado, afirmou.


    Comunicao facilitada


    O secretrio de Estado de Defesa Social, Maurcio Campos Jnior, explicou que os aparelhos telefnicos sero distribudos para unidades da Polcia Militar porque a corporao est presente em todos esses 127 municpios, a maioria deles de pequeno porte. Com os aparelhos, os policiais responsveis pelo policiamento ostensivo nas ruas podero se comunicar com mais agilidade s unidades e s corporaes de grandes centros, alm de ter acesso a banco de dados da PM e internet.


    Os homens da Polcia Militar de ponta que tero disposio esse equipamento. Isso naturalmente facilitar o acesso e comunicao destes com as prprias corporaes de grandes centros, assim como a banco de dados, enfim, uma grande avano para a Polcia Militar dessas pequenas cidades. A Polcia Militar fez todo o desenho e a estratgia da utilizao dos aparelhos, que ser dentro de limites estabelecidos. Nesse primeiro ano, existe uma espcie de franquia de valor mensal para esta utilizao e depois vai ser incorporado no custeio da prpria Polcia Militar, disse.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 23, 2008

    Trnisto catico da capital!! Prefeitura se mexe.







    Prefeitura apresenta estudo
    de intervenes virias na capital



    O prefeito Fernando Pimentel apresentou nesta tera-feira, dia 22, os estudos do Programa de Estrutura Viria de Belo Horizonte (Viurbs), que visa, entre outros objetivos , melhorar o sistema de vias da cidade.
    A proposta prev a implantao de 148 intervenes para criar alternativas transversais de trnsito de uma regio a outra, descongestionando o hipercentro da capital. Apesar de o Viurbs ser um planejamento para mdio e longo prazo, com intervenes previstas em cerca de dez anos, Pimentel anunciou que o programa servir de referncia para a indicao de obras a serem escolhidas pela populao por meio do Oramento Participativo Digital ainda este ano.
     
    O custo total do Viurbs est avaliado em R$ 2,5 bilhes.

    O prefeito destacou a importncia do planejamento da cidade de forma organizada e sustentvel. A Belo Horizonte planejada pela comisso de Aaro Reis atravessou magnificamente bem o sculo XX. A que foi feita depois, sem nenhuma preocupao com o que viria nos anos subseqentes foi desastrosa, deixou para ns uma bagagem enorme de problemas que estamos resolvendo agora. No incio do sculo XXI, quando Clio de Castro e eu fomos eleitos, ns tnhamos uma enorme conscincia do nosso desafio : preparar a cidade para o sculo XXI. Estamos deixando para o municpio o arcabouo de um planejamento urbano consistente, eficiente para cem anos, avaliou.
     
    Fernando Pimentel tambm ressaltou que o Viurbs vem se somar a outras iniciativas bem sucedidas desenvolvidas na capital, como os programas Nascentes, de recuperao dos cursos d'gua de Belo Horizonte, e Vila Vila, de eliminao das reas de risco e urbanizao de favelas. "Ns fomos dotando a cidade de todos os instrumentos de planejamento e intervenes urbanas que a qualifica como uma das cidades do mundo melhor preparadas para o desafio do sculo XXI",afirmou.

    O prefeito salientou ainda que a administrao municipal no se limita a fazer o diagnstico dos problemas , mas desenvolve aes para alcanar os objetivos predeterminados. Ele citou, no aspecto virio, as obras nas avenidas Antnio Carlos e Cristiano Machado.

    De acordo com o prefeito, preciso fazer uma reflexo sobre o papel da cidade neste sculo, que j no tem mais sua funcionalidade original, de duzentos anos atrs , de ocupao urbana para o desenvolvimento econmico e a organizao da mo-de-obra . "A humanidade tem que descobrir para que servem as cidades.

    Isso no uma tarefa fcil. No momento atual, as cidades servem de algo desfuncional do ponto de vista da sobrevivncia, servem para gerar poluio, tenso social, problema de transito e de trfego, violncia e criminalidade. Ns temos que transformar isso, porque as cidades tm que servir para nos gerar vida feliz, confortvel, segura, justa, harmoniosa , com oportunidades iguais para todos."
    Transporte coletivo

    A otimizao do transporte coletivo um dos destaques do Viurbs. Segundo Pimentel , o planejamento virio no pode ficar centrado nos automveis, mas em todas as formas de deslocamento, inclusive de pedestres.
    "O que est sendo previsto uma matriz , um modelo virio que permita a incluso de qualquer nova tecnologia de transporte coletivo. Tomem a avenida Antnio Carlos como exemplo, com quatro pistas exclusivas para esse tipo de transporte, assim como outras intervenes previstas no Viurbs" , pontuou.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 23, 2008

    "A gesto pblica PROFISSIONAL pode gerar sustentabilidade" - disse o vice-governador de Minas, prof. Antnio Anastasia na abertua do Frum de Investidores Sociais, aqui em BH.









    Anastasia fala sobre gesto
    para sustentabilidade em Frum

     









    Carlos Alberto/Secom-MG

    O vice-governador Antonio Augusto Anastasia fez uma palestra sobre Gesto para a Sustentabilidade nessa tera-feira (22), na abertura do Frum de Investidores Sociais (FIS), em Belo Horizonte. A gesto pblica profissional pode gerar sustentabilidade. O ideal para a populao ter os servios pblicos funcionando. Essa no a realidade brasileira, mas possvel reverter o quadro com maior preocupao com a gesto, disse Anastasia durante a palestra.


    Segundo o vice-governador, o Brasil vem se preocupando mais com a gesto pblica nos ltimos dez anos, com dois grandes passos que foram a Lei de Responsabilidade Fiscal e o fim da inflao. Assim, o pas passou a ter condies de implementar uma administrao mais moderna, permitindo que os servios pblicos fossem concretos e medidos em prol do cidado, afirmou.


    A falta de uma burocracia estvel e da idia de continuidade na gesto pblica, de acordo com Anastasia, so os principais ingredientes para a sustentabilidade na administrao pblica. Os valores de sustentabilidade na gesto pblica no viro com algum ato poltico, mas com a conscientizao da sociedade. Sustentabilidade deve ser algo que tenha valor para a sociedade e algo que ela saiba cobrar, finalizou o vice-governador.


    O Frum de Investidores Sociais organizado pelo Instituto Hartmann Regueira h cinco anos, com o objetivo de proporcionar transferncia de conhecimento para o Terceiro Setor, alm de ampliar as relaes entre governo, empresas e organizaes sociais. Na edio de 2008, o FIS tem como tema a Sustentabilidade e as Metas do Milnio, com prioridade para discusses sobre o trip da sustentabilidade: economicamente vivel, socialmente justo e ambientalmente correto.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 23, 2008

    Deputado Lafayette de Andrada e Luciana Andrada Amaral foram presenas ilustres na inaugurao do Independncia Shoppig, em Juiz de Fora. O registro foi pinado da coluna do meu amigo Csar Romero da Tribuna de Minas.


    Cludio Ferreira e o deputado
    Lafayette Andrada (com Luciana

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 23, 2008

    A Polmica est no ar: FMI teme que biocombustveis tomem reas que poderiam ser destinadas ao plantio de alimentos. Vamos passar o assunto a limpo - hoje s 21 horas - na TVAssemblia. Ligue na NET: canal 11. Interior de Minas: UHF de sua cidade. Na Internet: www.almg.gov.br ( click na caixa TV Assemblia on line.

    Eu vou ancorar o Assemblia Debate desta quarta-feira, s 21 horas.
    Foram convidados: o empresrio Luiz Custdio d Siamig/Sindacar; o presidente da FETAEMG, Vilson;os deputados Luiz Humberto Carneiro, do PSDB e Almir Paraca,do PT.
    O Assemblia Debate tem uma hora de durao.
    Voc no pode perder.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 22, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. No 21 de abril em Ouro Preto, o encontro de duas geraes de polticos mineiros. O vice-presidente Z Alencar e o governador Acio Neves. Um j est l. O outro diz que est preparado para um grande projeto de mudanas no pas, em 2010. Fotos de Guilherme Bergamini da Assemblia de Minas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 22, 2008

    O FATO E A FOTO. A esto os 14 deputados estaduais mineiros, logo aps serem condecorados com a Medalha da Inconfidncia, em Ouro Preto.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 22, 2008

    Medalha da Inconfidncia: 14 deputados estaduais foram condecorados pelo governador Acio Neves, no 21 de abril em Ouro Preto.

    O presidente da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), e 14 deputados estaduais participaram, nesta segunda-feira (21/4/08), da solenidade de entrega da Medalha da Inconfidncia, principal condecorao do Governo do Estado. A medalha foi entregue em Ouro Preto, na Praa Tiradentes. Os 14 agraciados com a Medalha de Honra so os deputados Carlin Moura (PCdoB), Deir Marra (PR), Delvito Alves (DEM), Domingos Svio (PSDB) - promoo, Doutor Rinaldo (PSB), Incio Franco (PV), Juninho Arajo (PRTB), Paulo Guedes (PT), Rmulo Veneroso (PV), Ronaldo Magalhes (PSDB) - promoo, Ruy Muniz (DEM), Vanderlei Jangrossi (PP), Vanderlei Miranda (PMDB) e Walter Tosta (PMN).
    Tambm receberam a medalha o procurador-geral-adjunto da ALMG, Maurcio da Cunha Peixoto, e a ex-diretora de Processo Legislativo Cludia Sampaio Costa. Criada em 1952 pelo ento governador Juscelino Kubitscheck, a Medalha da Inconfidncia entregue sempre no dia 21 de abril com quatro designaes: Grande Colar (Comenda Extraordinria), Grande Medalha, Medalha de Honra e Medalha da Inconfidncia. Ela foi criada para homenagear personalidades que contriburam para o desenvolvimento de Minas Gerais e do Brasil.
    Em 2008, foi feita uma homenagem aos 20 anos da Assemblia Nacional Constituinte. O governador Acio Neves presidiu a solenidade, e o orador oficial foi o vice-presidente da Repblica, Jos Alencar. O presidente da ALMG preside o Conselho Permanente da Medalha.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 22, 2008

    INDEPENDNCIA SHOPPING- o primeiro grande shopping de JUIZ DE FORA - foi inaugurado hoje. A cobertura completa do investimento em todos os seus detalhes ganhou um Caderno Especial do colunista Csar Romero da Tribuna de Minas. Vale o registro do fato histrico-econmico aqui no nosso BLOG. Confira!!!

    Olavo Prazeres 21/04/08
    INAUGURAO HOJE
    Shopping deve incrementar vendas em at 25%
    Foi inaugurado hoje, s 14h,o Independncia Shopping.
    O empreendimento abre suas portas com grande expectativa de incrementar o faturamento
    do setor entre 20% e 25%.
    O Sindicato do Comrcio de
    Juiz de Fora avalia que o horrio diferenciado de funcionamento
    e as novidades do investimento serviro como atrativo para os consumidores de Juiz de Fora
    e regio. Com 150 lojas, os
    dois andares do shopping traro marcas locais e outras de renome nacional. 


    Nmeros refletem a grandiosidade da obra
    A magnitude da construo do Independncia Shopping pode ser atestada pelos surpreendentes nmeros. Segundo informaes do engenheiro Rogrio Cotta, gerente geral da obra, s o servio de terraplenagem movimentou 400 mil metros cbicos, algo em torno de 940 caminhes trucados por dia.
    O volume de concreto chegou a 28 mil metros cbicos, equivalente a quatro mil caminhes betoneiras. Foram utilizadas 2.500 toneladas em barras de ao e a estrutura metlica consumiu 260 toneladas.
    Pela primeira vez, em Juiz de Fora, uma obra contou com trs gruas de grande porte.
    O novo centro de compras e lazer tem 150 lojas e um estacionamento com 1.300 vagas.
    Dentro da poltica de prestigiar empresas da cidade, coube Alubrs fornecer todo o alumnio do Independncia Shopping. Segundo o diretor Carlos Eduardo Horta, foram utilizadas 20 toneladas de alumnio ou 16 quilmetros de perfis.
    S os vidros do shopping e das lojas Renner e Saraiva representam 3.300 metros quadrados ou 67 toneladas.
    Segundo os empreendedores do Independncia Shopping, o consumo de gua no pico dever chegar a 250 mil litros por dia.
    Foram gastos dez mil metros quadrados em pisos no 'mall' de circulao do Independncia Shopping. J o piso intertravado em reas externas chega a 20 mil metros quadrados. As vias asfaltadas e recapeadas somam sete mil metros quadrados.
    Para o paisagismo, foram plantados 68.500 metros quadrados de grama esmeralda.
    A capacidade do sistema de ar condicionado de 1.050 TR e a carga eltrica instalada de 8 mil kva, distribuda em 52 quilmetros de cabos eltricos.
    Para fazer toda a cobertura do Independncia Shopping, foram precisos sete mil metros quadrados de telhas.
    Os forros e divisrias consumiram 25 mil metros quadrados de gesso acartonado. S nas vitrines das lojas foram gastos 3.900 metros quadrados de vidros temperados.

                                                         Passado, presente e futuro de um sonho

    "A chegada do Independncia Shopping comprova o potencial de crescimento de Minas Gerais - o terceiro estado em faturamento no setor de shoppings no Pas, com mais de R$ 4 bilhes em vendas no ano passado. Toda a populao da cidade e dos municpios vizinhos ser beneficiada, pois comprovado que os shoppings promovem o desenvolvimento urbano, gerando postos de trabalho, valorizao imobiliria e contribuem para o aumento da arrecadao tributria. Com a viso estratgica e arrojada de empreendedores, como Renato Machado, que os shoppings vm apresentando, em todas as regies do Pas, uma evoluo constante. So iniciativas como essa que garantem o destaque internacional do setor."
    Luiz Fernando Veiga
    juizforano, diretor-executivo da Associao
    Brasileira de Shopping Centers - Abrasce


    "No incio do sculo passado, o meu av Arthur Vieira deu incio construo em Juiz de Fora da primeira galeria comercial do estado (Galeria Pio X), inspirao de tantas outras que transformaram o Centro da cidade no maior shopping a cu aberto da regio. Como herdeiro desse patrimnio e parte participante do crescimento de Juiz de Fora, me sinto orgulhoso ao ver quase cem anos depois o surgimento deste mega empreendimento, como seqncia ao sonho de Arthur Vieira."
    Roberto Gerheim Villela Vieira
    empresrio


    "O empresrio Jos Isaac Peres era o "mago dos shoppings" realizou o Barra Shopping, Morumbi Shopping, BH Shopping, o Shopping Cascais, em Portugal, entre outros. A meu convite, em visita a Juiz de Fora, em 1979, quando eu era prefeito, ele apontou o mesmo local, onde se ergue hoje o Independncia e vislumbrou ali um shopping altura daqueles, diante do orgulhoso empresrio Antnio Carlos Saraiva, loteador do Cascatinha. Mas um levantamento da economia da cidade, com 290 mil habitantes, no recomendava o investimento. Hoje, vejo com alegria aquela projeo realizada, como um empreendimento vitorioso, com a malha rodoviria pronta para atender a demanda do mercado, abrangendo regies da Zona da Mata, Vertentes, Sul de Minas e Vertente Oeste."
    Francisco Antnio de Mello Reis
    ex-prefeito e diretor da Fundao Museu Mariano Procpio


    "Hoje uma data histrica para Juiz de Fora. Estamos convictos que o Independncia Shopping ser uma grande alavanca para o desenvolvimento de nossa cidade. Esse mega investimento a consolida como um grande plo regional de compras."
    Alosio Barbosa
    presidente da Associao Comercial


    "O primeiro shopping center que conheci foi o Sears Roebuck, nos anos 40, na Praia de Botafogo, no Rio, onde s no se vendia caixo, costumavam dizer. Cinqenta anos depois, vejo o nosso shopping abrir as portas. Que seja bem-vindo, mas no solto foguetes... afinal ali vo estar inmeros concorrentes, entre eles, meu filho e neto, ambos Eduardo, que abriro trs lojas. Em ltima anlise, o Independncia vai nos estimular, os comerciantes tradicionais, a repensar nossos mtodos."
    Domingos Delmonte
    87 anos, o mais antigo comerciante em atividade no ramo de calados


    "A chegada do Independncia Shopping fortalece vivamente o nosso comrcio, tanto no novo e modernssimo espao quanto em todo o Centro da cidade, sendo grande gerador de oportunidades de trabalho para todos. Por tudo isso, parabns aos empreendedores e ao povo de Juiz de Fora e regio."
    Luiz Geraldo Sorano
    presidente da Agncia de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Regio

     
    "A inaugurao do Independncia Shopping , sobretudo, a comprovao do potencial de Juiz de Fora e de seu comrcio, historicamente marcado como um dos grandes responsveis pelo crescimento da cidade. tambm a extenso de sucesso da atividade diria em cada loja, em cada empreendimento, na arte de atender bem, de acreditar na nossa regio. E o resultado de tudo isso mais opes para os consumidores, mais empregos, mais oportunidades."
    Vandir Domingos da Silva
    presidente da Cmara dos Diretores Lojistas



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 22, 2008

    BHTRANS acertou na msca!!!







    Estacionamento rotativo
    ter 20 minutos grtis
    em toda cidade



    O estacionamento rotativo em Belo Horizonte poder ser utilizado gratuitamente por at 20 minutos . A medida, implantada pela Prefeitura por meio da BHTrans, comea a valer na prxima quarta-feira, dia 23, quando ser lanada, tambm, uma nova tecnologia no talo do rotativo. As informaes relativas a data e horrio passam a ser raspadas e no mais escritas a caneta e cada folha do novo talo traz uma rea especial com um bnus destinado ao estacionamento gratuito. Em Belo Horizonte existem 14.154 vagas fsicas que geram 65.420 vagas rotativas.

    A liberao dos 20 minutos para o estacionamento levar mais facilidade e economia para os motoristas. Para ir rapidamente a um banco ou em outro local, por exemplo , eles podero utilizar o bnus e estacionar gratuitamente em qualquer rea onde haja o rotativo, evitando custos desnecessrios. A soluo reduzir as possibilidades de fraude. As folhas antigas em circulao ainda podero ser usadas.

    Segunda reduo

    As medidas esto includas na srie de alteraes promovidas pela BHTrans relativas essa modalidade de estacionamento. O horrio da cobrana do rotativo - que era de 7 s 19 horas - foi reduzido para o perodo entre 8 e 18 horas, alterao que valeu tambm para os sbados, quando o talo passou a ser cobrado de 8 s 13 horas, em vez de 7 s 14 horas. No ano passado, o uso foi liberado em oito quarteires de vias da Savassi aos sbados.

    O estacionamento rotativo possibilita a democratizao do uso da via, ampliando a oferta de vagas nas regies de grande concentrao de comrcio, servios e lazer, alm de contribuir para melhorar a qualidade de vida , com o aumento da fluidez do trnsito.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 22, 2008

    Com descartar EMBALAGENS DE AGROTXICOS. O assunto ser debatido hoje tarde na Copmisso de Poltica Agropecuria da Assemblia de Minas.


    As solues viveis para o correto descarte das embalagens de agrotxicos sero debatidas, nesta tera-feira (22/4/08), em audincia pblica da Comisso de Poltica Agropecuria e Agroindustrial da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. A reunio, solicitada pelo presidente da comisso, deputado Vanderlei Jangrossi (PP), tambm tem o objetivo de esclarecer os produtores rurais sobre as regras relativas utilizao desses produtos. O encontro ser s 15 horas, no Plenarinho II.
    Na justificativa do requerimento para a realizao da audincia pblica, o deputado Vanderlei Jangrossi lembra que a expanso do setor agrcola traz benefcios economia, mas pode agredir o meio ambiente. "A expanso do setor agrcola no Estado de Minas Gerais traz grandes benefcios para a economia, mas por outro lado devemos atentar para um desenvolvimento sustentvel da agricultura com a preocupao de adotar prticas que no agridam o meio ambiente", alertou. O parlamentar destaca ainda a importncia da discusso para evitar o descarte incorreto das embalagens, que so altamente txicas e podem gerar danos ao meio ambiente e sade da populao.
    Foram convidados o secretrio de Estado de Agricultura, Pecuria e Abastecimento, Gilman Viana Rodrigues; o diretor-geral do Instituto Mineiro de Agropecuria (IMA), Altino Rodrigues Neto; o presidente da Emater/MG, Jos Silva Soares; o gerente regional da Vigilncia Sanitria de Belo Horizonte, Hilton Brant; e a coordenadora do Centro de Apoio Operacional (CAO) Meio Ambiente, promotora Shirley Fenzi Berto.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 21, 2008

    OLHO NO OLHO!

    Um detalhe que me chamou a ateno na solenidade de entrega da Medalha da Inconfidncia hoje em Ouro Preto: o governador Acio Neves percorreu todas fileiras cumprimentando cada um dos homenageados com a maior condecorao mineira.
    SEMPRE OLHO NO OLHO ele dava uma palavra simptica aqui, um abrao mais afetuoso al.
    Acertou na dose: isto porque em anos anteriores o protocolo do governo no previa que o governador percorresse todas as fileiras. S as altas personalidades,que recebiam das mos dele a Medalha e que eram cumprimentadas pessoalmente.
    O governador voltava ao palanque, aguardando at o final que outras autoridades escaladas para colocar a medalha nos homenageados. Ano passado e este ano no.
    O governador percorreu as fileiras e deu mais de 250 apertos de mo, sempre olho no olho.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 21, 2008

    DIA DE TIRADENTES, em Ouro Preto, rene 3 mil pesssoas. A solenidade foi presidida pelo governador de Minas, Acio Neves. O orador oficial foi o presidente da Repblica em exerccio, Z Alencar, condecorado eplo governador com o Grande Colar da Inconfidncia, concedido a chefes de Estado. No seu discurso o vice presidente Z Alencar anunciou que o governo Lula vai duplicar o trecho da rodovia entre Cachoeira do Campo e Ouro Preto e constuir trs trevos na chegada da cidade histrica. Confira os detalhes da solenidade que teve as presenas do ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa, do presidente do PMDB, Michel Temer, do presidente da Assemblia de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho e de dezenas de outras personlidades polticas, empresariais e artistcas como o ator Thiago Lacerda, que declamou na Praa Tiradentes o poema "Estatuto do Homem" do escritor e poeta Thigo de Mello. Foi uma emocionante homenagem LIBERDADE. E aqui vale lembrar Tancredo Neves, av de Acio no discurso de posse em 1983 no governo de Minas. Disse ele: O PRIMEIRO COMPROMISSO DE MINAS COM A LIBERDADE". E eternamente ser, digo eu.









    Tributo liberdade
    emociona solenidade
    em Ouro Preto

     









    Carlos Alberto/Secom MG

    A emoo marcou o encerramento da Semana da Inconfidncia, realizada na Praa Tiradentes, em Ouro Preto, neste 21 de Abril. Mais de 3 mil pessoas assistiram de perto a tradicional solenidade de entrega da Medalha da Inconfidncia realizada pelo Governo de Minas para comemorar o Dia de Tiradentes. Este ano, a cerimnia homenageou os 20 anos da Assemblia Nacional Constituinte e da Constituio de 1988, momento marcante da histria poltica brasileira, e fez um tributo emocionante liberdade, um dos principais anseios dos inconfidentes mineiros.

    Ao chegar Praa Tiradentes, acompanhado do presidente da Repblica em exerccio Jos Alencar, o governador Acio Neves o condecorou com o Grande Colar da Inconfidncia, concedido especialmente a chefes de estado. Em seguida, o governador realizou os procedimentos oficiais da cerimnia. Ele passou em revista tropa formada por soldados da Guarda de Honra da Polcia Militar e, aps o disparo de 21 tiros de fuzil, depositou flores em frente ao monumento a Tiradentes.

    Logo depois, o ator Thiago Lacerda, acompanhado de treze cadetes da Polcia Militar, representando os inconfidentes mineiros, conduziu a chama da Liberdade at o monumento a Tiradentes, ao som de trecho da pea O Guarani, de Villa-Lobos. Ele entregou a tocha ao governador Acio Neves que acendeu a Pira da Liberdade. O governador tambm assinou ato de transferncia da capital Belo Horizonte para Ouro Preto.

    Um dos momentos mais marcantes da solenidade foi quando a cantora mineira Marina Machado cantou o Hino Nacional capela. Simultaneamente, em trs teles, era exibido um vdeo com imagens de momentos importantes da poltica brasileira desde o fim da ditadura militar, o Movimento Diretas J, a Morte de Tancredo Neves at a promulgao da Constituio Federal de 1988. O filme encerra com o discurso do deputado Ulysses Guimares durante a sesso do Congresso Nacional.

    Ideal de liberdade

    A cerimnia teve como orador oficial o presidente da Repblica em exerccio, Jos Alencar. Tambm discursou na Praa Tiradentes o prefeito de Ouro Preto, ngelo Oswaldo. Em seu discurso, o governador Acio Neves ressaltou a importncia do ideal de liberdade e destacou que o maior desafio e fazer com que a democracia se estenda a todos os brasileiros.

    "Nosso desafio de hoje fazer com que os bens mais essenciais da nossa jovem democracia se estendam a todos os brasileiros. A todos, sem exceo. E s o faremos quando formos capazes de, uma vez mais, nos aglutinarmos, como ontem, em torno de causas comuns como aquela grandiosa causa da liberdade", disse.

    Estatuto do Homem

    Aps o discurso do governador, do alto de um placo montado aos ps do monumento a Tiradentes, no meio da praa, o ator Thiago Lacerda declamou o poema "Estatuto do Homem", do escritor Thiago de Mello, em uma emocionante homenagem liberdade.

    Ao final da solenidade, quatro cantores mineiros - Babaya, Marina Machado, Daniel Maia e Anthonio - interpretaram canes que marcaram momentos da poltica brasileira como Corao Civil e Notcias do Brasil, F Cega, Faca Amolada, de Milton Nascimento, Fernando Brant, Ronaldo Bastos, Brasil 500, de Vander Lee, e Aquarela do Brasil, Ary Barroso.

    O diretor teatral, Gabriel Vilella, responsvel pela direo artstica da cerimnia, explicou que a leitura do poema foi escolhida por ser uma traduo potica dos anseios de liberdade. "O Estatuto do Homem uma traduo potica das aspiraes e dos anseios de liberdade. Talvez uma carta universal de conceitos que ningum metabolizou to bem como o esprito de liberdade como o Thiago de Mello", disse.

    Segundo Vilella, a tradicional solenidade ganhou, nos ltimos anos, um carter artstico com a participao de artistas e cantores para celebrar o momento histrico. "A liturgia oficial est ganhando carter mais nobre porque ela est comungando com msicas que embalaram a multido, embalaram o iderio democrtico brasileiro, especialmente nesse ano em que comemoramos os 20 anos da Constituio. Preenchemos a praa com informaes artsticas que correspondem realidade cultural brasileira", afirmou Vilella.

    Emocionado por encenar em praa pblica, o ator Thiago Lacerda, disse ter se sentido honrado em participar de uma cerimnia to representativa para a histria do pas. " uma honra muito grande, um prazer muito grande, e estou muito feliz em ter sido convidado para participar desta solenidade. Deu arrepios e fiquei muito nervoso l em cima. muita responsabilidade estar ali falando em nome o povo. Toda a marcha com o fogo da inconfidncia e recitar o poema. um sentimento enorme de alegria, de gratificao, de dever cumprido", disse.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 21, 2008

    Da srie:UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. No site do prefeito de BH: www.fernandopimentel.com.br est a foto abaixo,onde ele do PT, era vice de Clio de Castro, do PSB. Agora Pimentel inverte os papis - apia um filiado do PSB, para disputar a cadeira de prefeito da capital. O nome do empresrio Mrcio de Lacerda, que como ele, Pimetel, foi militante de esquerda. O empresrio Mrcio de Lacerda, com quem troquei idias num rpido encontro no Aeroporto Tancredo Neves, h dois meses, nos disse "que foi vizinho de frente do Pimentel na priso militar em Juiz de Fora". Vale conferir o site do prefeito, que tem o pensamento poltico dele, gravado em artigos e entrevistas, al colocados. Alis, o site do prefeito tima fonte de consulta para saber o que pensa o poltico Pimentel. Vale conferir uma entrevista exclusiva que o prefeito deu para o correto jornal O TEMPO, que est no site dele. Confira!


    Foto arquivo do site do prefeito Fernando Pimentel.
    Ele e o dr.BH, Clio de Castro
    nos bons tempos na PBH,
     antes de Clio ser vitimado pela doena,
    que lamentavelmente, o tirou da vida pblica.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 21, 2008

    A ARTE DE SABER OUVIR! Apontado como o nome apoiado por Pimentel e Acio para a cabea de chapa numa dobradinha do PSB com o PT, no perde tempo. Segue no aprendizado de como fazer poltica em Minas. Ouvir, ouvir, ouvir... at ficar rouco. H pouco tempo eu registrei um flagrante histrico - Mrcio Lacerda conversa ao p de ouvido com o senador tucano Eduardo Azeredo, ex-prefeito de BH. A legenda da foto poderia muito bem ser: "Mrcio, eu sou voc,ontem". Afinal digo eu: Azeredo foi a grande surpresa em 90, quando virou vice na vitoriosa chapa de Pimenta da Veiga que derrotou o petista Virglio Guimares do PT na disputa pela PBH. E acabou virando prefeito de PBH na saida de Pimenta para disputar - perdeu - o Palcio da Liberdade para Hlio Garcia. Vale o registro do nosso BLOG, lembrando que a corrida est s comeando. Tudo indica que a chapa ser mesmo Lacerda/Carvalho. Isto do lado do PT/PSB. S que os outros partidos pensam em marcar presena. O PMDB trabalha para lanar um nome. Dois so falados: os deputados Svio Souza Cruz e Leonardo Quinto. J o PHS, que faz conveno nacional em BH, dia 27, vai lanar o nome do deputado Eros Biondini - foi o que o prprio deputado nos garantiu. No Partido Verde, o vice-prefeito de BH, Ronaldo Vasconcelos nos disse que candidatssimo. So falados ainda no PV, os nomes dos deputados Dlio Malheiros e Antnio Roberto. Isto s para citar trs partidos - PMDB, PHS e PV. Vamos esperar: "o tempo o senhor da razo".

     







                           Comentrios

    #1. Jos Aparecido Ribeiro - (jaribeirobh@gmail.com)
    Joo

    A lgica da poltica Mineira as vezes me incomoda e a razo muito simples. Reconheo a minha insignificancia perto dos caciques que lideram a poltica da nossa Cidade, mas no me julgo inferior a nenhum deles, sobretudo por que conheo a cidade como muitos deles se quer imaginam. Nunca na histria da Cidade, BH precisou tanto de um bom Prefeito. A nossa Polis padece da falta de obras estruturais que desde JK no acontecem. Os nomes citados at ogora no possuem experincia na gesto de Cidades e s atendem aos caprichos do Governador Acio e do Prefeito Fernando Pimentel. No que ambos no meream o nosso respeito e apoio, ao contrrio, esto fazendo um governo brilhante e progressitas. Mas temos que admitir que governar uma Cidade com os problemas que BH ter que enfrentar sobretudo na questo de transito, transporte coletivo, obras e segurana, exige "cunho" e MUITA VOCAO PARA A COISA PBLICA. No basta ter sido exilado, possuidor de um bom curriculo e um bom empresrio. preciso rememorar Plato na sua teoria da Raa de Ouro. Ser que os nomes propostos pelo nosso querido Governador e o nosso competente Prefeito possuem o manto da abnegao e da vocao para a posio de Governante de uma Cidade como a nossa? Ser que pertencem de fato e de direito Raa de Ouro que Plato tanto recomendou para o exerccio da conduo da Polis?
    Penso que no, pois se fosse, j teriam se manifestado diante do caos que a cidade vive nos temas transito, transporte coletivo, segurana e obras. No se faz um Poltico da noite para o dia por decreto, este dom lapidado ao longo da vida e nasce das experiencias como gestor da coisa pblica. Uma coisa ser poltico legislativo, empresrio, militante etc, e outra coisa ser um gestor de problemas de uma Cidade com cinco milhes de pessoas, hoje e para daqui a 50 anos,como JK foi. Acho que tanto o Prefeito Fernando Pimentel quando o Governador Acio Neves precisam urgentemente ler a "Repblica de Plato" e por que no dizer um pouco da histria de "Pericles" para saberem quais so os pr requisitos que um Prefeito precisa lanar mo para ocupar o cargo.
    Tenho certeza que tanto o PT quanto o PSDB e os demais partidos devem possuir em seus quadros individuos com conhecimento da Cidade e um pouco mais de histria na GESTO DA CIDADE. Se de fato a opinio e a indicao do nosso Governador e do nosso Prefeito prevalecer, sugiro que o candidato comee a conversar logo com motoristas de taxi, passageiros de onibus, transeuntes, vtimas de flanelinhas, policiais militares, donas de casa etc, e trate logo de conhecer quais so os verdadeiros problemas da cidade, at para que ele possa rebater seus possveis adversrios e pensar na BH que precisamos para ontem...
    Um abrao
    Jos Aparecido Ribeiro
    Estudioso dos Assuntos da Cidade
    Bacharel em Turismo, Administrador, Licenciado em Filosofia, MBA Marketing.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 21, 2008

    Pedra no sapato! O ex-deputado Rogrio Correia continua a bater na tecla contra a coligao PT/PSB, tendo na cabea de chapa ocupada pelo empresrio Mrcio de Lacerda tendo na vice o petista deputado estadual Roberto Carvalho. Mas o fato que vai de vento em popa a dobradinha apoiada pelo prefeito Fernando Pimentel e o governador Acio Neves. Continua valendo o "juris esperniandis" de quem no concorda com a deciso dos dois maiores cabos eleitorais da capital.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 21, 2008

    "MINAS DE MINAS". Um dos mais importantes seminrios de todos os tempos em nosso Estado, ser lanado amanh pela Assemblia Legislativa.

    O Seminrio MINAS DE MINAS ser lanado no Salo Nobre da Assemblia Legislativa. O Seminrio est marcado para ser levado no plenrio da Assemblia, de 9 a 12 de junho. Antes os organizadores do Seminrio vo percorrer 11 cidades mineradoras espalhadas pelo interior de Minas.

    A Assemblia Legislativa de Minas Gerais lana nesta tera-feira (22/4/08), s 15h30, no Salo Nobre, o Seminrio Legislativo Minas de Minas, que discutir os amplos aspectos da cadeia produtiva da minerao no Estado.
    O objetivo do evento buscar subsdios para elaborar uma poltica minerria estadual orientada para a sustentabilidade e para aprimorar a poltica nacional. Participam do seminrio representantes de empresrios, trabalhadores, acadmicos e da sociedade civil.
    A primeira fase, de interiorizao, comea em Itabira, na prxima quarta-feira (23), e se estende por outras dez cidades, com palestras de especialistas, debates e discusses em grupos. Todas as sugestes sero consolidadas na etapa final, entre os dias 9 e 12 de junho, no Plenrio da ALMG, em Belo Horizonte.
    Essa a primeira vez que a Assemblia debate em todo o Estado a produo mineral, atividade que ajudou a definir os limites e a prpria histria de Minas Gerais.
    O tema tambm se enquadra nos eixos de atuao propostos pela Mesa da ALMG, quando da posse do presidente Alberto Pinto Coelho (PP), que so o desenvolvimento social, as vocaes e potencialidades mineiras e o pacto federativo. "Esse um setor fundamental para o desenvolvimento do nosso Estado, gerador de empregos e de riquezas.
    Esperamos que o seminrio possa trazer sugestes para aprimorar as atividades e, tambm, para iniciativas de proposies de lei", salienta Alberto Pinto Coelho.
    O seminrio, sugerido por parlamentares de regies ligadas minerao, foi construdo em parceria com instituies e organismos pblicos de meio ambiente, ONGs, entidades de classe empresariais e profissionais, representantes de parlamentares e de municpios mineradores e assessores tcnicos da ALMG. Foram formadas comisses tcnicas interinstitucionais (CTIs) e elaboradas propostas iniciais, que sero debatidas no interior e na etapa final do seminrio, em Belo Horizonte.
    Discutir os vrios lados da questo a preocupao da Assemblia e o chamado da instituio para que todos os segmentos participem e apresentem suas sugestes.

                                                                     Fase de interiorizao
                                                                   contempla 11 municpios


    O debate ser feito em 11 encontros regionais, que comeam por Itabira, maior produtor de minrio de ferro do Estado. Depois, o evento chega a Poos de Caldas (25/4); Divinpolis (28/4); Itana (29/4); Sete Lagoas (6/5); Congonhas (8/5); Arax (13/5); Paracatu (15/5); Muria (20/5); Tefilo Otoni (27/5); e Governador Valadares (29/5). Em cada uma dessas cidades, sero eleitos 12 delegados que participaro da etapa final em Belo Horizonte.
    Os temas a serem discutidos em palestras, debates e grupos de trabalho so: histrico e a importncia socioeconmica e ambiental da minerao no Estado; sistema federativo e a legislao; poltica tributria; perspectivas do setor - cenrios e estratgias de sustentabilidade para o desenvolvimento mineral; conhecimento do potencial mineral; governana ambiental; gesto ambiental da minerao; desafios de sustentabilidade; problemas trabalhistas; questo fundiria; e compromisso com o futuro.
    O documento-sntese das proposies apresentadas no interior ser novamente discutido por grupos de trabalho durante o seminrio em Belo Horizonte. E na plenria final, delegados escolhidos pelos participantes votaro as propostas, que sero encaminhadas para o presidente da Assemblia.

                                                                  

                                                                  

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 20, 2008

    Amanh, dia 21, OURO PRETO a cidade da LIBERDADE. O governador Acio Neves vai presidir a solenidade com a prena de seis governadores e seis ministros. O orador oficial ser o vice-presidente Z Alencar.









    Inconfidncia:
    solenidade faz
    homenagem Constituinte


     


    O governador Acio Neves preside, nesta segunda-feira (21), s 10 horas, na Praa Tiradentes, em Ouro Preto, a solenidade de entrega da Medalha da Inconfidncia. Na edio deste ano, a cerimnia marcar homenagem aos 20 anos da Assemblia Nacional Constituinte. O orador oficial ser o vice-presidente da Repblica, Jos Alencar.

    Criada em 1952, pelo ento governador Juscelino Kubitscheck, a Medalha da Inconfidncia entregue sempre no dia 21 de abril com quatro designaes: Grande Colar (Comenda Extraordinria), Grande Medalha, Medalha de Honra e Medalha da Inconfidncia. Foi criada para homenagear personalidades que contriburam para o desenvolvimento de Minas Gerais e do Brasil. Neste ano, sero entregues 252 medalhas.

    Entre os agraciados esto os ministros de Cincia e Tecnologia, Srgio Resende, da Sade, Jos Gomes Temporo, e dos Esportes, Orlando Silva; as governadoras do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, e do Par, Ana Jlia Carepa; os senadores Antnio Carlos Magalhes Jnior (DEM/BA) e Roseana Sarney (PMDB/MA), os deputados federais Aldo Rebelo (PCdoB/SP) e Manuela Pinto Vieira DAvila (PCdoB/RS); o presidente do BNDES, Luciano Coutinho; os empresrios Carlos Jereissati, Eike Batista e Antnio Ermrio de Moraes Filho; os atores Ney Latorraca e Daniel de Oliveira; os msicos Paulo Xisto e Fernanda Takai; o cineasta Jos Padilha, entre outros.

    Cerimnia

    O governador far a revista tropa assim que chegar Praa Tiradentes, acompanhado do vice-presidente Jos Alencar. Juntos, eles seguem pelo tapete vermelho e posicionam em frente esttua do mrtir da Inconfidncia Mineira, onde, tradicionalmente, so rendidas as homenagens imagem e histria de Tiradentes.

    O governador e o vice-presidente retornam ao palanque e Acio Neves assina o ato de transferncia da capital do Estado para Ouro Preto e realiza a entrega das medalhas.

    Aps os discursos, ser exibido um vdeo com imagens da Constituinte e ser feita uma homenagem a Ulysses Guimares.

    O ator Tiago Lacerda far uma interveno ltero-cnica e os cantores Babaya, Marina Machado, Anthonio e Daniel Maia interpretam canes mineiras. A direo artstica da solenidade de Gabriel Vilella.

    Constituinte

    No dia 1 de fevereiro de 1987, foi instalada a Assemblia Constituinte, presidida pelo deputado Ulysses Guimares. Aps 18 meses de trabalho, os congressistas promulgaram em 5 de outubro de 1988 a oitava Constituio Brasileira. A Assemblia foi composta por 559 constituintes (487 deputados e 72 senadores), representantes dos 23 estados que existiam poca e do Distrito Federal.

                                                          TNEL DO TEMPO:


    O 21 ABRIL EM OURO PRETO
     em 2007 foi assim.

                                                                    



























                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 20, 2008

    Socorro, Estou na TV - nosso media trainning - chega ao universo das Eleies 2008. Nosso primeiro cliente, este ano, foi o mdico Vismrio Camargos, filiado ao PR de Varginha. Ele costura uma ampla aliana - chamada de G7 - na disputa pela prefeitura do municpio. Como l em Varginha 70% se ganha na TV, com propostas de governo, o dr. Vismrio no perdeu tempo. Veio ao nosso estdio, aqui em BH e fez o curso Socorro,Estou na TV. Um dia inteiro diante da cmera treinando posturas, gestos, padres de roupa adequados para o vdeo, colocao da voz - tudo treinado diante da telinha. Foi nota 10. Agora ele est full time na busca da construo de uma frente de partidos l em Varginha, com o apoio do empresrio e 1 suplente de senador e ex-vice-governador de Minas no primeiro mandato de Acio Neves, Clsio Andrade - nosso primeiro cliente no curso Socorro, Estou na TV - em 1996.

     





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 20, 2008

    O COLRIO deste domingo nublado em BH, da coluna do Csar Romero da Tribuna de Juiz de Fora. A bela Sabrina Martins veste a camiseta da FEIJOADA DO CABELIN 2008. Ser dia 7 de junho no Espao La Rocca,em JF. Estaremos l!!!


    Sabrina Martins Paschoa veste a camiseta
    da Feijoada 2008, short da grife Ellus 'by' Arpel
    e acessrios Priscilla Stiebler,
    com produo de Fabiane Manganelli Alencar







        Comentrios

    #1. Jose Aparecido Ribeiro - (jaribeirobh@gmail.com)
    Joo

    Estou chegando a concluso que esta camera do "Cabelinho" tem um poder mgico de destacar a feminidade e a leveza das mulheres que ela clica. Ou ser que o faro dele que diferente e sabe perceber nas Mulheres o que elas tem de belo?
    Precisamos decifrar este engma...

    Um abrao
    Z


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 19, 2008

    DENGUE. Depois do feriado - na quarta-feira - a Comisso de Sade da Assemblia de Minas, vai ouvir as autoridades estaduais e municipais sobre as medidas de preveno e combate dengue.

    A Comisso de Sade da Assemblia Legislativa de Minas Gerais volta a discutir os planos de ao dos governos estadual e municipais de preveno e combate da dengue. A reunio ser nesta quarta-feira (23/4/08), s 9h15, no Plenarinho I. O requerimento dos deputados Dlio Malheiros (PV) e Carlos Pimenta (PDT). Foram convidados para o debate representantes do governo estadual, das prefeituras de Belo Horizonte, Pedra Azul e guas Formosas e de entidades mdicas, alm do Colegiado de Secretrios Municipais de Sade (Cosems).
    De acordo com a Secretaria de Estado de Sade, nos trs primeiros meses de 2008, foram 13.122 casos notificados; duas mortes por dengue hemorrgica e uma por complicaes decorrentes da doena. Segundo o jornal Hoje em Dia, a Secretaria Municipal de Sade de BH contabilizava, at a ltima quinta-feira (17), 2.243 casos. O maior nmero de doentes est na regio Nordeste: 1.432.
    O deputado Dlio Malheiros quer saber o que est sendo feito para impedir uma possvel epidemia no incio de 2009. Segundo informaes do gabinete do deputado, relatrio do Ministrio da Sade atesta que Minas um dos estados que podem sofrer com a epidemia da doena no prximo vero. Na opinio do parlamentar, esse o momento de agir. "Os milhares de casos de dengue dos ltimos meses so conseqncia do que foi feito ou no durante o ano passado. fundamental agirmos a partir de agora para reduzir os ndices em 2009 e, principalmente, impedir que pessoas morram por causa da doena", defende.
    O deputado Carlos Pimenta, tambm autor do requerimento da reunio, pretende cobrar das autoridades aes para conter o avano da dengue. Ele esteve na regio de Pedra Azul em maro, representando a Comisso de Sade, e constatou centenas de notificaes. O parlamentar quer saber quais so os nmeros da doena em Minas.
    Ao participar de um debate na Comisso de Sade, em fevereiro deste ano, o gerente de Vigilncia Ambiental da SES, Francisco Lemos, reconheceu que erradicar o mosquito transmissor, Aedes aegypti, hoje uma misso impossvel. O importante control-lo e reduzir sua infestao. Falta de saneamento bsico e aquecimento global foram alguns dos fatores apontados por ele para explicar esse quadro. Eliminado em 1955, o mosquito reinfestou o Brasil em 1976.
    Dados de 2007 - Em 12/4/07, a comisso ouviu autoridades de sade que garantiram ser a dengue uma doena sob controle no Estado. Naquela poca, havia epidemias localizadas em algumas cidades do interior, mas a constatao era de reduo do nmero de casos em Minas graas ao das prefeituras e do governo estadual. No primeiro trimestre de 2007, foram notificados 12 mil casos da doena, contra 20 mil ocorrncias no mesmo perodo de 2006. Em maro de 2007, o ndice de infestao domiciliar pelo mosquito era de 1,8% na Capital - acima do ndice ideal (1%), mas inferior medio de janeiro daquele ano, quando chegou a 4,7%. No vero de 1998, BH enfrentou uma epidemia de dengue, com cerca de 90 mil casos.
    Convidados - Os convidados da reunio desta quarta-feira (23) so os secretrios de Estado de Sade, Marcus Pestana, e de Sade de Belo Horizonte, Helvcio Miranda Magalhes Jnior; o presidente do Colegiado de Secretrios Municipais de Sade (Consems), Mauro Guimares Junqueira; os prefeitos de guas Formosas, Wellington Luz Abrantes, e de Pedra Azul, Ricardo Mendes Pinto; os presidentes da Sociedade Mineira de Infectologia, Carlos Ernesto Ferreira Starling, e da Associao Mdica de Minas Gerais, Jos Carlos Vianna Collares Filho; e o superintendente de Epidemiologia da Secretaria de Estado de Sade (SES), Benedito Scaranci Fernandes.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 18, 2008

    Presidente Lula em Minas. Veio ontem, anunciar recursos do PAC. Foi recebeido pelo prefeito de BH, Fernando Pimentel e o governador em exerccio, prof. Antnio Anastasia.







    Presidente Lula
    visita as obras de urbanizao
    da Vila So Jos



    O presidente Luiz Incio Lula da Silva esteve em Belo Horizonte e Ribeiro das Neves, na regio metropolitana, onde assinou novas ordens de servio e contrato do Programa de Acelerao do Crescimento (PAC), do Governo Federal. Na capital, o presidente Lula visitou as obras de urbanizao da Vila So Jos, na regio Noroeste, executadas com recursos do PAC, e assinou a ordem de servio para a requalificao urbana e ambiental do Ribeiro Arrudas.

    Na Vila So Jos, o presidente, acompanhado pelo prefeito Fernando Pimentel, pelo vice-presidente Jos Alencar, pelos ministros das Cidades , Mrcio Fortes, e da Casa Civil, Dilma Roussef, e por outras autoridades, assentou tijolos de um dos prdios em construo e foi muito aplaudido pela comunidade. "Pelo descaso que sempre se teve com os pobres nesse pas, o que estamos fazendo aqui uma reparao histrica. Este um bom comeo para os pobres voltarem a ter esperana . No percam a esperana, porque este pas voltou a olhar para vocs", afirmou Lula. "No queremos um pas dividido entre ricos e miserveis, queremos um pas onde todos possam viver com dignidade, que o pobre tenha respeito por parte do Estado , que o Estado leve a ele as coisas que ele precisa. Pimentel, quero te dar os parabns pelo trabalho que vem sendo feito em Belo Horizonte. Quero vir aqui inaugurar esta obra e, com muito prazer, ver o sorriso do sonho realizado do povo pobre da Vila So Jos", disse o presidente.
    O prefeito agradeceu Lula pelo carinho e ateno dedicados Belo Horizonte e pelos recursos que o Governo Federal tem investido na capital e em toda Minas Gerais. "Nunca houve um presidente to acessvel aos prefeitos e aos municpios, to disposto a ajudar as cidades, quanto o presidente Lula, independente de partido poltico. E para Belo Horizonte, que passou tantos anos sem ateno dos antigos governos federais, ser tratada com a distino que temos sido, s cabe uma palavra: obrigado", afirmou.

    Vila So Jos
    As intervenes na Vila So Jos comearam em 2007, como parte do Vila Viva, o maior programa de urbanizao de vilas e favelas do pas. Sero investidos R$ 115 milhes , sendo R$ 11,5 milhes dos cofres municipais, na construo das unidades habitacionais de dois e trs quartos para abrigar os moradores. Cerca de 2,4 mil famlias sero reassentadas nos 1.408 apartamentos e nas moradias viabilizadas por meio do Programa de Remoo e Reassentamento em Funo de Risco ou Obras Pblicas (Proas).
    As obras tambm vo possibilitar a ligao das avenidas Pedro II, Tancredo Neves e Joo XXIII que, interligadas, se tornaro mais uma opo de acesso regio Norte e aos municpios da regio metropolitana. Ainda fazem parte das intervenes na Vila So Jos a implantao de reas de lazer e convivncia - com quadra poliesportiva, playground , arquibancada e pista de cooper - , a abertura e urbanizao de ruas, a canalizao do crrego So Jos, a construo de redes de gua e de esgoto e a distribuio de energia eltrica e de telefonia. A Prefeitura j reservou uma rea onde sero instaladas uma escola e equipamentos de sade.
    O morador Francisco da Silva definiu a urbanizao da vila como um grande sonho realizado. "O PAC no s uma obra , mas uma transformao de nossas vidas. Toda a comunidade passar a ter uma moradia digna, avanando na conquista da cidadania", disse.

    Ribeiro Arrudas
    Em Belo Horizonte e Contagem, o projeto contratado inclui a recuperao de trecho do Ribeiro Arrudas, na regio Oeste da capital, na divisa com o municpio vizinho, alm da construo de mais 2,7 quilmetros da avenida Tereza Cristina, paralela ao ribeiro. Tambm est prevista a construo de quatro pontes sobre o Arrudas e trs viadutos ligados s principais avenidas da regio.
    As famlias que vivem na beira do crrego sero reassentadas e beneficiadas com a construo de centro comunitrio e parque com rea de 145 mil metros quadrados, jardins e reas de lazer . Cerca de 600 famlias iro para apartamentos e outras 235 sero reassentadas em moradias j existentes. Dos R$ 205 milhes investidos, R$ 155 milhes so do Governo Federal, R$ 25 milhes do governo do Estado e R$ 12,5 milhes de cada Prefeitura , Belo Horizonte e Contagem. Ao todo, 13,8 mil famlias sero beneficiadas.

    Todas as obras do PAC
    em Belo Horizonte
    esto em andamento

    Todas as obras do Programa de Acelerao do Crescimento (PAC) em Belo Horizonte, com investimentos totais de R$ 524 milhes incluindo a contrapartida da Prefeitura, j esto em execuo . A cidade foi a primeira a dar incio aos empreendimentos como assinalou ontem o prefeito Fernando Pimentel durante a solenidade com a presena do presidente Luiz Incio Lula da Silva na Vila So Jos, regio Noroeste da cidade. "Enquanto em todo o pas o presidente visita municpios para assinar ordens de servio, aqui ele pode ver o servio em andamento. O canteiro de obras est a, e s um dos muitos que o PAC espalhou pela cidade toda. Aqui a gente trabalha, presidente, como o senhor quer e recomenda sempre, fazendo do Brasil um pas de todos, para todos", afirmou .
    Na capital mineira, alm das intervenes na Vila So Jos, os recursos do PAC so aplicados na extenso do Programa Vila Viva para o Aglomerado Morro das Pedras (Oeste), Pedreira Prado Lopes (Noroeste), Vila Califrnia (Noroeste), Conjunto Taquaril (Leste) e na complementao das obras do Vila Viva no Aglomerado da Serra (Centro -Sul).
    Os valores so aplicados, ainda, na construo de mil moradias em oito conjuntos habitacionais, no tratamento e drenagem do crrego Santa Terezinha, na canalizao da avenida Belm, alm da construo da Estao de Transbordo de Resduos Slidos no aterro sanitrio e intervenes do programa Nascentes, de saneamento e recuperao ambiental. O PAC vai viabilizar tambm o projeto de canalizao do ribeiro Arrudas e concluso da avenida Teresa Cristina, com extenso de cerca de 2,7 quilmetros , em parceria com o Governo do Estado e com a Prefeitura de Contagem.
    As obras, que incluem saneamento, abertura de ruas, reassentamento de famlias de reas de risco, construo de conjuntos habitacionais e implantao de parques , vo envolver mais de cinco mil trabalhadores e devem ser concludas em cerca de trs anos.
    Belo Horizonte foi referncia para o lanamento do PAC de reurbanizao de vilas e favelas, em junho de 2007, depois da visita do presidente Lula s obras do Vila Viva no Aglomerado da Serra, em abril do mesmo ano.

    Lula assina ordens de servios do PAC
    na Regio Metropolitana

    Depois de autorizar o incio de obras do Programa de Acelerao do Crescimento (PAC) Urbanizao de Favelas e Saneamento na capital, o presidente da Repblica, Luiz Incio Lula da Silva, acompanhado de sua comitiva e do prefeito Fernando Pimentel, seguiu para Ribeiro das Neves, Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), para assinatura de ordens de servios do Programa em outros sete municpios.
    Na solenidade de ontem, o presidente destacou a importncia do PAC para a populao mais carente do Brasil. " justamente para o homem mais necessitado que o PAC se destina. Para o homem que mora na regio metropolitana de uma das principais capitais brasileiras e acha que mora no fim de mundo. Este homem chama este lugar onde mora de fim de mundo, porque muitas vezes os governantes deste pas conseguem olhar no mapa e ver tudo, menos o povo pobre que precisa de to pouco e que s vezes no recebe" , afirmou Lula.
    Na ocasio, tambm foi assinado o contrato do PAC com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) para garantir a expanso das redes de abastecimento de gua e de coleta de esgotamento sanitrio, que beneficiar mais de 4 milhes de habitantes de 18 cidades, entre elas, Belo Horizonte. Os investimentos do programa somados aos do contrato com a Copasa totalizam R$ 1,164 bilho e contemplam, alm da capital , Betim, Campos Altos, Capim Branco, Contagem, Esmeraldas, Ibirit, Juatuba, Lagoa Santa, Matozinhos, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Raposos, Ribeiro das Neves, Rio Manso , Sabar, Santa Luzia, So Jos da Lapa, Vespasiano e Uberaba.
    O presidente Lula informou que, at 2010, Minas Gerais receber investimentos de R$28 bilhes, provenientes do governo Federal, seja via emprstimo com Caixa Econmica Federal e Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES) ou recursos do oramento da Unio. Atualmente, no Estado, as obras do PAC j foram iniciadas em 14 municpios, com projetos orados em R$1,675 bilho.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 18, 2008

    Inovao: Citren sai na frente e usa modernidade da rede de internet para vender imagem. Notcia enviada pelo jornalista Schubert Arajo, - da Multitexto - que em BH, atende a concessionria Chamonix.

    Citron lana ao inovadora de Marketing envolvendo Internet e celular

     Formato integrado de mdia permite interatividade entre o cliente e a rede de concessionrias
     A Citron do Brasil iniciou
    uma ao inovadora de marketing envolvendo a Internet e o telefone celular. Neste formato integrado de mdia, o usurio interage com a pea colocando o nmero do celular e o CEP de sua residncia, e imediatamente a pessoa recebe um SMS - Short Message Service ou servio de mensagem curta - com o endereo da concessionria mais proximo de sua casa.
     "Os resultados superaram nossas expectativas, prevamos 5 mil cadastros em um ms e, em apenas 2 dias, tivemos 2 mil cadastros. Ainda esta semana estaremos enviando a lista com os interessados para a rede de concessionrios", comemora A d r i a n a Santoniello, do Departamento de Marketing da Citron Brasil.
    Na internet, a veiculao est sendo feita no Terra, IG, UOL, MSN, Globo.com, Yahoo, Web Motors, Quatro Rodas, AutoInforme e Interpress..
    E  por qu no anunciar no  nossso BLOG DE NOTCIAS? www.joaocarlosamaral.com
    Pense nisso!!!


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 18, 2008

    MUITO CURIOSO!!!











    Minas Gerais
     j tem presos usando
    tornozeleiras eletrnicas

     









    Carlos Alberto/Secom MG

    O condenado Carlos Barbosa o primeiro preso mineiro a ser monitorado com uso de tornozeleira eletrnica. Nesta quinta feira (17), em audincia na Vara de Execues Criminais do Frum Lafayette, em Belo Horizonte, diante dos juzes Herbert Cordeiro e Milton Salles, ele concordou com as exigncias legais para o cumprimento do restante de sua sentena em domiclio e saiu do local com o equipamento instalado.


    Se for para voltar a estar ao lado de minha famlia, eu aceito. bem melhor do que ficar na priso. Quero esquecer o passado, afirmou Carlos Barbosa. Ele foi condenado por assalto mediante ameaa e cumpriu quase um ano dos cinco de sentena que recebeu da Justia. Na segunda audincia, o detento Wallison Ferreira tambm concordou com as exigncias legais e saiu do Frum com a tornozeleira.


    Ficar sempre em casa, no danificar o equipamento e comunicar qualquer alterao Central de Monitoramento so as principais exigncias do compromisso firmado entre os presos e os magistrados. No caso de Wallison, o sistema est adequado inclusive ao horrio de seu trabalho.


    A fase de testes do projeto de monitoramento remoto de presos em Minas Gerais servir para as anlises sobre como o sistema poder ser implantado, um estudo que envolve a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), Ministrio Pblico, Defensoria Pblica e Tribunal de Justia.


    De acordo com o secretrio de Defesa Social, Maurcio Campos Jnior, presente audincia, o esforo conjunto desses rgos tem o objetivo principal de melhorar as condies de reinsero social dos presos, j que, com o sistema, eles podem voltar ao convvio familiar. Ele ressaltou que a progresso de penas prevista na legislao e que o monitoramento remoto de presos mais um mecanismo agregado fiscalizao do cumprimento da sentena judicial.


    Outras vantagens, conforme ressaltou o secretrio, so maior facilidade para a fiscalizao do cumprimento da pena, abertura imediata de vagas no sistema prisional e reduo de gastos. Em mdia, o monitoramento remoto de presos dever custar R$ 600 por ms, enquanto um detento em penitenciria tem custo aproximado mensal de R$ 1.800.


    Os testes sero feitos em dez presos que cumprem pena em regime semi-aberto e devero durar cerca de 60 dias. Para selecionar os detentos, foram estabelecidos critrios como: pena remanescente inferior a cinco anos; no responder a outros processos criminais; no ter cometido crime contra a pessoa; estar elegvel para cumprimento de pena em regime aberto; e, ter infra-estrutura adequada em sua residncia (linha telefnica e energia eltrica).


    O secretrio Maurcio Campos Jnior destacou que so amplas as possibilidades de uso do sistema, para condenados e presos provisrios. Ele estimou que, apenas na regio metropolitana de Belo Horizonte, aproximadamente 2.500 presos teriam potencial para o monitoramento remoto. No entanto, lembrou, so necessrias avaliaes sobre as condies familiares dos detentos e at de infra-estrutura de suas residncias.


    Sobre a segurana dessa tecnologia de vigilncia, o secretrio contou que um modelo adotado em 28 pases. Os equipamentos possuem sensores capazes de detectar o calor do corpo humano e qualquer movimento.


    Dois tipos de tecnologia sero testados: Sistema de Posicionamento Global (GPS) e Identificador de Radiofreqncia (IRF). Os equipamentos so cedidos para os testes. Somente aps essa fase experimental ser definido como os equipamentos sero utilizados e para presos de qual situao prisional mais adequado. Aps a definio do sistema a ser adotado, ser aberta licitao para a compra de equipamentos.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 17, 2008

    De Braslia, agora a pouco, nos ligou o chefe de gabinete do ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa - o nosso amigo, l de Barbacena, o advogado Jos Artur Filardi.


    O simptico casal Patrcia/advogado Z Artur Filardi,
    frequentador do delicioso restaurante CHEZ LICHEA,
     em nossa Barbacena nos finais de semana,
    quando os afazeres dele
     na chefia de gabinete do ministro Hlio Costa, 
     em Braslia, permitem.

    Ficamos satisfeito de saber que o Z Artur acompanha nosso BLOG DE NOTCIAS, l de Braslia. Isto mostra que est havendo uma profunda mudana na mdia - com os blogs se tornando fontes de informao, que se caracterizam pela velocidade e a credibilidade com levam as informaes aos seus leitores.
    E mais - eles podem interagir, em tempo real, mandando seus comentrios sobre os assuntos que lhes interessam. O nosso BLOG DE NOTCIAS - por exemplo - lido tambm pelo governador Acio Neves e seu vice-governador, Antnio Anastasia; o ministro e senador Hlio Costa - que nos envia comentrios, como o fez em relao notcia que demos aqui sobre o Seminrio "MINAS DE MINAS"; o jurista internacional Antnio Augusto Canado Trindade, que ser ano que vem, juiz da Corte Internacional de Haya na Holanda; o Embaixador do Brasil na Guin Bissau, Joo Batista Rosa; o desembargador Reynaldo Ximenes, o advogado Expedito Euzbio da Silva...
    Tambm acessam nosso BLOG polticos, empresrios, advogados, profissionais liberais, estudantes universitrios, prefeitos, vereadores - um pblico em torno de 8 mil a 10 mil por dia. Um verdadeiro fennemo, que nos assusta e nos encanta. E aumenta nossa responsabilidade. Vamos em frente!!!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 17, 2008

    LUTA CONTRA A PRESSO ARTERIAL ALTA!!! Iniciativa do SINDUSCON de Minas, ser feita nos canteiros de obras na capital. Confira!

                                                               Luta contra a Hipertenso nos
                                                                  canteiros de obras de BH
                                                             comea nesta sexta-feira, dia 18

    Comea amanh (sexta-feira), dia 18 de abril, mais uma campanha de luta
    contra a Hipertenso Arterial nos canteiros de obras de Belo Horizonte,
    promovida pelo Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas
    Gerais (Sinduscon-MG) e seu "brao social", o Servio Social da Indstria da
    Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Seconci-MG).
    A campanha se dar atravs da realizao de palestras para operrios de
    obras da capital at o dia 28 de abril e faz parte de uma srie de
    iniciativas realizadas em diversas cidades para marcar o "Dia Nacional de
    Preveno e Combate Hipertenso Arterial", a ser comemorado no dia 26 em
    todo o Pas. (Ver programao abaixo).
    Nestes dias, mdicos do Seconci-MG/Sinduscon-MG visitaro canteiros de obras
    de empresas associadas s duas entidades para falar aos operrios sobre a
    Hipertenso, doena assintomtica, que pode levar morte.
    Durante as palestras, os profissionais da rea mdica do Seconci-MG
    orientaro os trabalhadores sobre os sintomas da doena, os danos que ela
    causa ao organismo, as formas de preveno e o seu controle.
    Alm disso, osmdicos mediro a presso arterial dos operrios e aqueles que apresentarem
    valores acima do recomendado sero encaminhados sede do Seconci-MG para
    controle e tratamento da doena.
    Especialmente no dia 26 (sbado), a palestra contar tambm com
    a presena de familiares dos operrios da empresa EPO Engenharia
    Planejamento e Obras Ltda. A inteno formar multiplicadores e, com isto,
    prevenir a doena. Neste dia, sero beneficiadas cerca de 250 pessoas.
    Aproveitando a oportunidade nos canteiros de obras, o Sinduscon-MG e o
    Seconci-MG abordaro outro tema bastante atual e que merece maior ateno de
    todos: a Dengue. Nas visitas s obras, as entidades distribuiro material
    informativo tambm sobre essa doena.
    As construtoras interessadas em levar a campanha de luta contra a
    Hipertenso Arterial para seus canteiros devem contactar o Departamento de
    Servio Social do Seconci-MG/Sinduscon-MG pelo telefone (31) 3449--80005 ou
    pelo e-mail social@seconci-mg.org.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 17, 2008

    Seminrio MINAS DE MINAS ser lanado dia 22 no Salo Nobre da Assemblia Legislativa. O Seminrio est marcado para ser levado no plenrio da Assemblia, de 9 a 12 de junho. Antes os organizadores do Seminrio vo percorrer 11 cidades mineradoras espalhadas pelo interior de Minas.

    A Assemblia Legislativa de Minas Gerais lana nesta tera-feira (22/4/08), s 15h30, no Salo Nobre, o Seminrio Legislativo Minas de Minas, que discutir os amplos aspectos da cadeia produtiva da minerao no Estado.
    O objetivo do evento buscar subsdios para elaborar uma poltica minerria estadual orientada para a sustentabilidade e para aprimorar a poltica nacional. Participam do seminrio representantes de empresrios, trabalhadores, acadmicos e da sociedade civil.
    A primeira fase, de interiorizao, comea em Itabira, na prxima quarta-feira (23), e se estende por outras dez cidades, com palestras de especialistas, debates e discusses em grupos. Todas as sugestes sero consolidadas na etapa final, entre os dias 9 e 12 de junho, no Plenrio da ALMG, em Belo Horizonte.
    Essa a primeira vez que a Assemblia debate em todo o Estado a produo mineral, atividade que ajudou a definir os limites e a prpria histria de Minas Gerais.
    O tema tambm se enquadra nos eixos de atuao propostos pela Mesa da ALMG, quando da posse do presidente Alberto Pinto Coelho (PP), que so o desenvolvimento social, as vocaes e potencialidades mineiras e o pacto federativo. "Esse um setor fundamental para o desenvolvimento do nosso Estado, gerador de empregos e de riquezas.
    Esperamos que o seminrio possa trazer sugestes para aprimorar as atividades e, tambm, para iniciativas de proposies de lei", salienta Alberto Pinto Coelho.
    O seminrio, sugerido por parlamentares de regies ligadas minerao, foi construdo em parceria com instituies e organismos pblicos de meio ambiente, ONGs, entidades de classe empresariais e profissionais, representantes de parlamentares e de municpios mineradores e assessores tcnicos da ALMG. Foram formadas comisses tcnicas interinstitucionais (CTIs) e elaboradas propostas iniciais, que sero debatidas no interior e na etapa final do seminrio, em Belo Horizonte.
    Discutir os vrios lados da questo a preocupao da Assemblia e o chamado da instituio para que todos os segmentos participem e apresentem suas sugestes.

                                                                     Fase de interiorizao
                                                                   contempla 11 municpios

    O debate ser feito em 11 encontros regionais, que comeam por Itabira, maior produtor de minrio de ferro do Estado. Depois, o evento chega a Poos de Caldas (25/4); Divinpolis (28/4); Itana (29/4); Sete Lagoas (6/5); Congonhas (8/5); Arax (13/5); Paracatu (15/5); Muria (20/5); Tefilo Otoni (27/5); e Governador Valadares (29/5). Em cada uma dessas cidades, sero eleitos 12 delegados que participaro da etapa final em Belo Horizonte.
    Os temas a serem discutidos em palestras, debates e grupos de trabalho so: histrico e a importncia socioeconmica e ambiental da minerao no Estado; sistema federativo e a legislao; poltica tributria; perspectivas do setor - cenrios e estratgias de sustentabilidade para o desenvolvimento mineral; conhecimento do potencial mineral; governana ambiental; gesto ambiental da minerao; desafios de sustentabilidade; problemas trabalhistas; questo fundiria; e compromisso com o futuro.
    O documento-sntese das proposies apresentadas no interior ser novamente discutido por grupos de trabalho durante o seminrio em Belo Horizonte. E na plenria final, delegados escolhidos pelos participantes votaro as propostas, que sero encaminhadas para o presidente da Assemblia.

                                                                   Minas Gerais destaque
                                                              na produo mineral do Brasil

    Minas Gerais lder em produo mineral no Brasil, com 44% de participao, conforme dados do ltimo Anurio Mineral Brasileiro do Departamento Nacional de Produo Mineral (DNPM), de 2007. O Estado faturou, em 2006, quase R$ 14 bilhes com o setor.
    A cadeia produtiva mineral - da extrao indstria de transformao de laminados, lapidados e aglomerados - representa 31% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual, sendo 3,1% a extrativa e 27,9% a de transformao. A previso de investimentos de US$ 40 bilhes at 2010 na cadeia produtiva.
    Dados da Federao de Indstrias de Minas Gerais (Fiemg) revelam tambm que a indstria extrativa mineral (minerao e metalurgia) do Estado quase triplicou as exportaes de 2005 para 2007, saltando de US$ 3,5 bilhes para US$ 8,4 bilhes. Em relao arrecadao da Compensao Financeira pela Explorao de Recursos Minerais (Cfem), o Estado recebeu, em 2007, mais de R$ 265 milhes, segundo o DNPM.
    Minas ainda o maior produtor de minrio de ferro, com 71% da produo nacional. O Estado contribui decisivamente para que o Brasil figure como segundo maior produtor de minrio de ferro do mundo, somando 322 milhes de toneladas em 2006 ou 18,81% da produo mundial.
    A produo nacional inferior apenas da China, que alcana 520 milhes de toneladas.
    Outros dados de destaque do setor no Estado, conforme informaes da Companhia de Desenvolvimento Econmico de Minas Gerais (Codemig):
    . Quase 50% da produo nacional de ouro tem origem em Minas Gerais;
    . O Estado responsvel por aproximadamente 53% da produo brasileira de minerais metlicos e 29% de minrios em geral; alm produzir 75% do nibio do mundo;
    . Mais de 300 minas esto em operao, em mais de 250 municpios mineiros;
    . Nos 250 municpios que apresentaram atividades de minerao regular, a mo-de-obra empregada de cerca de 30 mil empregos diretos, dos quais 2,5% de nvel superior, estando excludo o pessoal ligado a garimpos, a lavra rudimentar e terceirizao nas lavras (Sindiextra).

                                                                          Saiba mais 
                                                             sobre o Seminrio Legislativo 
                                                                     Minas de Minas 
                                                                 em www.almg.gov.br.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 17, 2008

    Crescem as infraes de trnisto em BH. O uso de celular ao volante cresceu em 108%. Foram registrados pela BHTRANS 42 mil casos.

    Infraes de trnsito como avano de sinal e excesso de velocidade registradas em Belo Horizonte, na comparao do anos de 2003 e 2007, apresentaram, respectivamente, crescimento de 40% e 50%.
    O nmero de motoristas usando celular no volante teve aumento ainda mais expressivo: se em 2003 houve 20 mil infraes desse tipo, 2007 teve a marca de 42 mil casos, o que corresponde a um aumento de 108%.
    Os nmeros foram passados hoje (17) pelo comandante da 1 Cia. Independente de Trnsito de Minas Gerais, coronel Roberto Lemos, em audincia pblica da Comisso de Direitos Humanos.
    A reunio integrou a srie de debates que a comisso tem feito, desde o ano passado, para buscar sugestes de aes que possam diminuir a violncia e os acidentes de trnsito no Estado.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 17, 2008

    O COLRIO desta quinta-feira em dose qudrupla. Afinal no s de poltica e economia vivem os nossos leitores. A beleza suaviza a dureza da vida e enche os olhos da alma. O registro das belas do Csar Romero, colunista da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. Foto feita l na sofisticada Privilge - do empresrio de viso Octvio Fagundes, que foi meu diretor regional na Rede Globo de Juiz de Fora, nos anos 80.


    Juliana Almeida, Andra Barra,
    Regiane Werneck e Sayonara Barra
    clicadas na alegre noite do Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 16, 2008

    Viagem do governador Acio Neves aos Estados Unidos. Ele mostrou o famoso CHOQUE DE GESTO aos executivos do Banco Mundial em Washington. O governador disse aos americamos: " conseguimos introduzir, no seio da gesto pblica brasileira, uma motivao que antes no existia. E essa motivao est levando qualidade, est levando obteno de resultados".











    Acio Neves
    apresenta no BIRD
    modelo inovador de gesto de Minas

     











    Ruben Gamarra/Imprensa MG
     

    O governador Acio Neves apresentou nesta tera-feira (15), em Washington (EUA), na Conferncia da Rede Mundial de Gesto Econmica e Reduo da Pobreza do Banco Mundial (World PREM Conference), do Banco Mundial (Bird), o inovador modelo de gesto pblica implantado desde 2003 em Minas Gerais.
    A palestra do governador aconteceu a convite do presidente do Bird, Robert Zoellick, com o intuito de apresentar aos diretores, tcnicos e analistas do banco os programas Choque de Gesto e Estados para Resultados como exemplos a serem seguidos por outros estados e pases na busca de parcerias com o Bird.
    Para Acio Neves, Minas est mostrando, com exemplos concretos, que no existe um caminho mais curto para melhorar a qualidade de vida das pessoas que no seja a gesto de qualidade. "Isso absolutamente transformador na gesto pblica brasileira.
    Se me perguntassem o que de tudo isso que est acontecendo, qual a experincia que ns tiraramos como a mais vigorosa, eu diria que essa: conseguimos introduzir, no seio da gesto pblica brasileira, uma motivao que antes no existia. E essa motivao est levando qualidade, est levando obteno de resultados", afirmou Acio Neves.
    Em sua apresentao, Acio Neves mostrou que o modelo de gesto implantado em Minas foi embasado em dois programas.
    O primeiro, conhecido como Choque de Gesto, possibilitou a organizao das contas do Estado, tirando Minas Gerais de um dficit de R$ 2,4 bilhes, em 2003, sem recursos para pagar a folha salarial e praticamente nenhum investimento para a situao atual, em que o investimento do Estado em 2008 ser de R$ 9 bilhes.
    Eficincia e qualidade no gasto
    Para o governador, o segundo programa implementado em Minas - Estado para Resultados - trouxe gesto pblica brasileira o conceito de eficincia e qualidade nos gastos pblicos, quando foram estipuladas metas e resultados para cada uma das reas de atuao do Estado
    "A gesto de qualidade e o equilbrio fiscal so pressupostos absolutamente fundamentais e insubstituveis para que a gente possa dar prioridade melhoria da qualidade de vida das pessoas.
    O que estamos colhendo hoje em Minas Gerais , em boa parte, fruto daquilo que foi feito no incio do governo quando combinamos um duro e forte ajuste fiscal com aes voltadas para o desenvolvimento", afirmou o governador.
    Para aumentar os investimentos e garantir o cumprimento das metas firmadas, todas as secretarias assinaram compromissos com o governador.
    O cumprimento das metas representa para os servidores de cada uma das pastas o pagamento de prmios por produtividade. Segundo o governador, apenas em 2008, esto disponveis US$ 150 milhes para serem distribudos entre o funcionalismo e rgos que atingirem as metas pactuadas.
    Os programas Choque de Gesto e Estado para Resultados so considerados exemplares pelo BIRD por possurem mecanismos que permitem a verificao dos resultados e o cumprimento de metas.
    Resultados
    Os investimentos realizados pelo Governo de Minas nos ltimos anos j apresentam significativos resultados em diversas reas. Acio Neves apresentou equipe do BIRD o que j foi alcanado na infra-estrutura, educao, sade, segurana, saneamento bsico e meio ambiente.
    O governador apresentou tambm alguns exemplos de avanos e pioneirismo nas aes do Estado. Ele explicou que na recuperao de rodovias j foi adotada em Minas Gerais uma Parceria Pblico Privada (PPP), modelo indito no setor rodovirio no Brasil.
    A modelagem est sendo estendida para novos trechos rodovirios e para o sistema prisional. A malha rodoviria do Estado est sendo recuperada e mantida pelos programas Pro-MG Pleno (recuperao da malha rodoviria estadual) e pelas PPPs. Novos trechos esto sendo construdos pelo Proacesso, que est levando asfalto a 225 municpios que ainda no contavam com ligao pavimentada.
    Nos setores sociais, os resultados so positivos na Educao, com melhoria dos nveis de leitura e de escrita dos alunos, reduo da evaso escolar e o aumento do ensino fundamental de oito para nove anos. Na sade, Minas j conseguiu reduzir as taxas de mortalidade infantil e o nmero de internaes em hospitais pblico devido poltica de preveno.
    Na segurana, a taxa de crimes violentos por 100 mil habitantes caiu de 108,59 em 2003 para 85,52 em 2007. Segundo o governador, a integrao das Polcias Civil e Militar foi um dos pontos fundamentais para o alcance desses resultados.
    No meio ambiente, o resultado mais positivo a reduo de 30% no desmatamento das reas nativas. At 2010, a meta de crescimento na rea plantada em Minas Gerais.
    Parceria
    Alm de recuperar suas contas e chegar a um investimento previsto em R$ 9 bilhes neste ano, o Governo de Minas, com o Choque de Gesto, tambm recuperou a sua capacidade de endividamento e a confiana dos organismos de fomento internacional.
    Entre os emprstimos firmados, Minas est em fase final de contratao do maior emprstimo a um estado brasileiro sem contrapartida financeira: US$ 900 milhes, junto ao Banco Mundial. A exigncia do banco o cumprimento pelo Estado de metas e resultados pactuados nas reas de educao, sade, meio-ambiente, infra-estrutura e controle fiscal.
    Em 2006, Governo de Minas e o BIRD firmaram o primeiro contrato (valor de US$ 170 milhes) sem a contrapartida financeira. Os investimentos foram realizados em infra-estrutura, garantias para PPP (Parceria Pblico-Privada), saneamento, reforma e modernizao administrativa.
    O governador falou para uma platia formada por cerca de cem tcnicos e analistas do Banco Mundial, alm do diretor John Briscoe e seu antecessor no cargo, Vinod Thomas, com quem Minas negociou o primeiro financiamento, primeiro concedido a um Estado sem contrapartida financeira.
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 16, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS.


    Os competentes executivos: Cristiana Kumaira, diretora da CLARO em Minas
     e Altivo de Oliveira, diretor regional da Embratel no Estado,
    trocam idias durante o coquetel da festa onde o presidente da CLARO, Joo Cox,
    recebeu o Ttulo de Cidado Honorrio de BH.
    Lembrando que a CLARO e a EMBRATEL
     so do grupo mexicano Telmex,
    do poderoso Carlos Slim.







       Comentrios

    #1. Jos Aparecido Ribeiro - (jaribeirobh@gmail.com)
    Joo
    Esta dupla a prova que as mega empresas podem manter seus centros de decises em Minas Gerais e mais especificamente em BH. S quem vive aqui sabe o que importante e quem so as pessoas que formam opinio. No adianta dirigir empresas de longe e achar que os relatrios e os nmeros dizem tudo, eles dizem parte, mas a instrumentalidade dos nmeros muitas vezes escondem os caminhos para a consolidao de uma marca e a penetrao desta com perenidade. Parabns  Embratel e  Claro por manter no comando das suas regionais dois craques que so de Minas Gerais e sabem transitar como a Cristiana e o nosso colega Altivo de Oliveira. Minas Gerais, para quem no sabe, um mundo um pouquinho diferente do restante do Brasil...
    Um Abrao
    Jos Aparecido Ribeiro
    estudioso dos Assuntos de BH
    Administrador, Bacharel em Turismo, Licenciado em Filosofia



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 16, 2008

    Noite movimentada no restaurante A FAVORITA, aqui em BH. Polticos, empresrios e socialites foram degustar um bom vinho - a noite estava com um friozinho gostoso - e apreciar a cozinha internacional do chef Rattner.

    Numa mesa estavam degustando uma entrada de camares ao alho e depois uma boa boa carne bovina, o deputado estadual do PSB, Chico Uejo, acompanhado do presidente do PSB em Uberlndia, Gilberto Fonseca e o pr-candidato a vereador pelo DEM, Joo Bittar Neto, filho do deputado federal Joo Bittar.
    Em outra mesa, o diretor da Casa de Cultura Fiat, Jos Eduardo Lima Pereira com um grupo de intelectuais e artistas. Anotamos tambm as presenas do mdico oncologista, Andr Murad. 
    O competente delegado de Crimes de Informtica, nosso amigo, Osrio Trsius - mineiro de Uberaba, mas que comeou a carrreira em Uberlndia, antes de vir para a capital - com quem degustamos um excelente malbec, argentino, claro.
    Pilotando outra mesa de executivos, o empresrio Geraldo Strambi; o ecopnomista Srgio Birchal, que foi economista chefe da Fiemg; a advogada Cotinha, nossa amiga, acompanhada do filho, degustando uma isca de filet ao molho de gorgonzola, que provei e estava timo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 16, 2008

    Olha a, o COLRIO desta quarta-feira. Sabe de onde vem? Acertou! Vem da coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de juiz de Fora.


    Ana Paula Rezende mostra
    seu charme no Privilge







       Comentrios

    #1. Jose Aparecido Ribeiro - (jaribeirobh@gmail.com)
    Joo
    Quando a gente acha que no possvel o Cesr Romero apresentar uma Mulher mais bela e delicada ele vem e apresenta a Ana Paula Resende... Fico me perguntando o que impede nosso amigo de montar um concurso de beleza?
    Ana Paula alm de bela possui uma leveza e uma doura que salta aos olhos e revela uma feminidade envolvente...
    Parabns para ela por cuidar to bem do corpo e possuir uma energia delicada e ao Cabelinho pelo alto nvel da seleo.
    Um abrao
    Z
    #2. Cesar Romero - (cesaromero@terra.com.br)
    Meu caro Joo Carlos, valeu pelo espao dado a coluna, destacando, como voc muito bem define "o colrio do dia".
    Aproveito para agradecer ao Jos Aparecido Ribeiro as referncias feitas as belas da coluna. Aparea em JF para conferir muitas outras, principalmente, na Feijoada 2008, dia 7 de junho, no La Rocca.
    Um agrande abrao, Cesar



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 16, 2008

    Assemblia de Minas aprova projeto sobre as OCIPs - Organizaes da Sociedade Civil de Interesse Pblico. Projeto do deputado Vanderlei Miranda, do PMDB.

    Foram aprovados trs projetos, entre eles, o PL 2.162/08, do deputado Vanderlei Miranda, que modifica a Lei 14.870, de 2003, que dispe sobre as organizaes da sociedade civil de interesse pblico (Oscips).
    O projeto acrescenta pargrafo ao artigo 12 da lei, determinando que, nos casos de a entidade ter sido qualificada com base na experincia de seus dirigentes e estiver em atividade um conselho de poltica pblica da rea do objeto da parceria, a celebrao do termo ficar condicionada aprovao prvia de dois teros dos seus membros.
    Tambm foram aprovados os PLs 342/07, do deputado Doutor Viana, que estabelece diretrizes para facilitar o acesso de pessoa portadora de deficincia fsica, visual ou com mobilizao reduzida em espao pblico; e 1.828/07, do deputado Dalmo Ribeiro Silva, que autoriza doao de imvel ao DER.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. PHS ter candidato a prefeito de BH. Nome cotado o do deputado Eros Biondini, que anunciou hoje a Conveno Nacional do PHS, dia 27, aqui na capital mineira.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    O deputado estadual EROS BIONDINI, ser candidato a prefeito de BH, pelo PHS - Partido Humanstico Social. A Conveno Nacional do PHS ser dia 27 de abril, aqui em BH.

    A deciso de ter um nome na disputa pela Prefeitura de BH, j est tomada. Mas ser anunciada durante a conveo nacional do PHS, aqui na capital mineira.
    O nome escolhido foi do deputado estadual Eros Biondini, que conhece bem os problemas de BH.
    Vamos aguardar!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    EM PRIMEIRA MO. Executiva nacional do PT veta deciso do PT municipal de coligao com o PSDB para disputar a Prefeitura de BH. A deciso final ser dia 24, em Braslia, quando a Executiva Nacional do PT, vai dar a palavra final depois de ouvir as partes.

    A deciso da Executiva Nacional foi lida agora a pouco no plenrio da Assemblia Legislativa, pelo deputado Andr Quinto, do PT. Segundo ele, a Executiva Nacional aprovou por 11 votos a 1, resoluo considerando que a a deciso do PT municipal de BH, dia 13, est em desacordo com a poltica de alianas definida plo diretrio nacional do PT.
    Prev que qualquer coligao com partidos fora da base aliada para as eleies nas capitais e em cidades com mais de 200 habitantes, tem que submetida  aprovao da Executiva Nacional. Assim, dia 24, a Executiva Nacional vai ouvir as partes e depois deliberar.







                          Comentrios

    #1. Jos Aparecido Ribeiro - (jaribeirobh@gmail.com)
    Joo
    Fico sem entender esta atitude do PT municipal de coligar um nome como Mrcio Lacerda e o da ex Reitora da UFMG para o cargo de Prefeito. No os conheo e no posso dizer a respeito da carreira poltica de ambos, mas imagino que no sejam pessoas experientes em gesto de cidades, pois se fossem, possivelmente eu conheceria, pois estou sempre envolvido nos assuntos da cidade e os conheo um pouquinho para te dizer que o PT tem nomes autorizadissimos para falar pela cidade e quem sabe serem indicados para administr-la. Um deles o do Secretrio da Regional Centro Sul, o Professsor Fernando Cabral, que membro do partido e conhece a cidade e seus problemas bem mais do que os dois indicados para esta coligao. Fica a sugesto e a esperana de que o prximo Prefeito seja uma pessoa vocacionada e conhecedora da cidade de BH que urge por gente copetente que possua histria de servios prestados a ela.
    Um abrao
    Jos Aparecido Ribeiro
    Estudioso dos Assuntos da Cidade



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    Prmio Ray Kroc - nome do fundador da rede McDonald`s - ser entreque esta semana a dez gerentes brasileiros da rede de fast food. A notcia vem do jornalista Schubert Arajo da Multitexto.

    De Juiz de Fora,
    o funcionrio Francisco de Assis dos Santos Jr
    j est de malas prontas para a viagem


    Nesta tera-feira (15/04), dez gerentes brasileiros do McDonald's, entre
    eles o mineiro de Juiz de Fora, Francisco de Assis dos Santos Jr, viajam aos
    Estados Unidos para receber o Prmio Ray Kroc - um reconhecimento aos
    profissionais que obtiveram os melhores resultados durante o ano. A entrega
    dos prmios ser feita pelo presidente do McDonald's na Amrica Latina, Jose
    Armario, durante a Conveno Mundial da corporao, em Orlando, nos Estados
    Unidos. Alm da viagem - com direito a acompanhante -, os vencedores
    recebero premiao em dinheiro, um trofu e um pin (pequeno broche com a
    logomarca do evento).

    O Prmio Ray Kroc, que leva o nome do fundador da rede McDonald's, tem como
    objetivo demonstrar o reconhecimento da empresa aos gerentes que se
    destacaram em quesitos como Excelncia Operacional, Gesto de Pessoas e
    Consolidao do Negcio. O programa faz parte da poltica de incentivos da
    corporao que busca estimular o aperfeioamento profissional de seus
    funcionrios.
     "Os dez vencedores mostraram que possvel alcanar a
    excelncia com muita dedicao e fora de vontade. Eles esto de parabns e
    o McDonald's est orgulhoso com as conquistas destes funcionrios", afirma
    Luis Bueno, diretor de Recursos Humanos do McDonald's.








                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    SUGISMUNDO!!! Veja como est a TERRA vista do espao - lixo s formando um anel em torno do nosso planeta. Que pena!










    Agncia Espacial Europia (ESA)
    A foto mostra resduos de aeronaves, satlites e outros artefatos na rbita da Terra


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    O SINAPRO de Minas, presidido pelo publicitrio Juliano Sales, informa as mudanas na propaganda de cervejas na mdia. Mais detalhes; no www.sinapro.com.br ( nosso parceiro aqui no nosso BLOG DE NOTCIAS).

    Novas regras do CONAR
    para publicidade de cervejas



    Os jovens publicitrios, Adolpho Rezende, vice-presidente do Sinapro
     e o presidente da entidade, Juliano Sales,
    sempre atentos ao que acontece no mundo da publicidade.
    Fazem um eficiente trabalho frente do Sinapro, aqui em Minas.

    A partir do dia 10 de abril, entraram  em vigor algumas alteraes nos anexos A, P e T do cdigo do Conselho Nacional de Auto-Regulamentao Publicitria - Conar. Essas mudanas, segundo a entidade, objetivam tornar mais claros quase todos os itens dos anexos em questo, alm de ser uma resposta da categoria ao polmico Projeto de Lei 2733/2008 que amplia a restrio da publicidade de bebidas com teor alcolico entre 0,5 e 13 graus na escala Gay-Lussac, como cervejas, vinhos, espumantes e coolers.
    O Projeto de Lei, enviado pelo executivo ao Congresso Nacional, mudaria a legislao em vigor n 9294/1996 que veta a publicidade de destilados entre 6h e 21h30 igualando a cerveja e o vinho aos destilados e, assim, a publicidade dessas bebidas tambm seria restrita.
    Porm, as alteraes nos anexos do Conar querem esclarecer os critrios de fiscalizao da entidade com relao publicidade de bebidas alcolicas. Essas mudanas so sutis, como a substituio de "evitar a explorao do erotismo" por "apelos sensualidade no constituiro o principal contedo da mensagem".
    Tambm foi acrescido o artigo 12 aos anexos A e P que diz: "Interpretao: em razo da natureza do produto, o Conar, os anunciantes, as agncias de publicidade, as produtoras de filmes publicitrios e os veculos de comunicao adotaro a interpretao mais restritiva para as normas dispostas neste anexo".
    Porm, o Conar espera que a liberdade de expresso seja respeitada. Segundo nota enviada para a imprensa, o rgo disse: "o Conar defende o direito de anunciar produtos e servios lcitos, em conformidade com as leis e com a tica. Estamos acostumados a lidar com o contraditrio, com os grupos de presso legtimos e respeitamos manifestaes democrticas. Aprendemos tambm a distinguir os movimentos ideolgicos, que miram a publicidade, mas tm por objetivo suprimir a liberdade de expresso. Alguns ativistas chegaram ao extremo de pregar a extino do Conar, ou seja, sentem-se vontade para cassar direitos da sociedade civil. Esperamos que a falta de racionalidade dos ativistas seja compensada pelo compromisso do Congresso Nacional com a Constituio e com o respeito s liberdades pblicas".
    Na semana passada, o Movimento Propaganda Sem Bebida, favorvel ao Projeto de Lei 2733/2008, entregou ao presidente da Cmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, um manifesto assinado por 600 mil pessoas. O movimento tem o apoio da Associao Brasileira de Estudos do lcool e outras Drogas (Abead), o Conselho Regional de Medicina do Estado de So Paulo (Cremesp) e a Unidade de lcool e Drogas (Uniad) da Universidade Federal de So Paulo (Unifesp), alm de outras 300 entidades da sociedade civil. Segundo pesquisas divulgadas pelo movimento, os adolescentes esto bebendo cada vez mais e se iniciando no lcool mais precocemente. Para os defensores do projeto, a propaganda estimula novos consumidores, principalmente os jovens que so mais sensveis a esse tipo de apelo.
    Mas na Cmara, a indstria da bebida tambm tem o seu lobby. O deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) disse ser contra a aprovao do projeto. "O povo escolhe o que certo e o que errado. O livre arbtrio do indivduo e no do Estado", disse. O superintendente do Sindicato Nacional da Indstria de Cerveja (Sindicerv), Marcos Mesquita, diz "que se a proposta for aprovada, a verba de publicidade do setor cair para zero". Ainda segundo ele, "as fbricas da bebida investem cerca de R$ 800 milhes em divulgao por ano. Para algumas agncias de publicidade, seria mortal. Para algumas emissoras, seria terrvel".
    De acordo com o Ibope Monitor, os investimentos publicitrios da indstria de cerveja totalizaram R$ 276,43 milhes no terceiro trimestre do ano passado, um crescimento de 146% em relao ao mesmo perodo do ano anterior. Tais desembolsos representaram 52,65% do total investido pelo setor de bebidas.
    Divisor de opinio entre os defensores da publicidade de bebida alcolica e os que desejam sua proibio, o Projeto de Lei 2733/2008 j est no Plenrio em grau de urgncia constitucional, pois est com o prazo de tramitao vencido. Segundo o presidente da Cmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, a proposta deve ser votada aps a anlise das 12 medidas provisrias que trancam a pauta.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    Encontro de dois ilustres UBAENSES.

    O diretor regional da Embratel em Minas, Altivo de Oliveira e o jornalista Milton Luca de Paula, presidente da Amirt - Associao Mineira de Rdio e Televiso. Os dois se encontraram, pela primeira vez, no coquetel oferecido pelo mais novo Cidado de BH, o presidente da CLARO, Joo Cox na Cmara Municipal. Altivo e Milton Luca descobriram que so conterrneos, l de Ub, terra de Ary Barroso...


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    COLRIO em dose dupla desta tera-feira, vem da coluna do jornalista Csar Romero na Tribuna de Minas de Juiz de Fora. A nova Miss Brasil - tambm Natlia - uma tambm bela mulher. Confira!


    A nova Miss Brasil, Natlia Anderle
    e Rebeca Feline.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    Montes Claros dever ser a primeira cidade do Interior de Minas a ter a TV Digital. o que informa o deputado estadual Luiz Tadeu Leito, do PMDB. O ancio foi feiro pelo ministro das Co0municaes, senador Hlio Costa que vistou Montes Claros, recentemente.











    Hlio Costa traz telecentros
    para o Norte de Minas
     

    Em um auditrio da Sociedade Rural de Montes Claros repleto de prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais votados no norte de Minas, o ministro das comunicaes, Hlio Costa, assinou convnios para instalao de telecentros - centros de incluso digital e acesso internet pelo sistema wi-fi - em quase uma centena de municpios da regio.
    O deputado estadual Luiz Tadeu Leite que veio de Braslia na comitiva do ministro Hlio Costa demonstrou, em seu pronunciamento, o grande apreo do norte de Minas pelo senador e relevou pesquisa do Instituto DataTempo no qual o nome de Hlio Costa aparece em primeiro lugar para o governo de Minas, com 50% das intenes de voto. Isto, segundo Tadeu, demonstra o grande carinho que Montes Claros e a regio norte-mineira tm para com o ministro das comunicaes.
    Alm de ter conversado informalmente com prefeitos, deputados e outras lideranas presentes, o ministro Hlio Costa informou que Montes Claros poder ser uma das primeiras cidades a receber o sistema de TV digital, atravs da InterTV, afiliada da Rede Globo de Televiso.
    O almoo oferecido pelo empresrio Wilson Cunha aconteceu no Hotel Monterey, tambm repleto de autoridades e correligionrios.



    :: TV Digital ser priorizada por Hlio Costa em Montes Claros




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 15, 2008

    CHOQUE DE GESTO. Governador Acio Neves est hoje em Washington com agenda marcada no Banco Mundial.









    Conferncia do BIRD
    conhece modelo de gesto de Minas

     


    foto arquivo.


    O governador Acio Neves apresenta nesta tera-feira (15), em Washington (EUA), aos diretores, tcnicos e analistas do Banco Mundial (BIRD) que atuam nos projetos da instituio no mundo, o modelo de gesto implantado em 2003 em Minas Gerais (Choque de Gesto). Acio Neves participar da Conferncia da Rede Mundial de Gesto Econmica e Reduo da Pobreza (World PREM Conference), principal reunio da instituio, na condio de convidado do presidente do BIRD, Robert Zoellick.
    A World Prem Conference, realizada a cada dois anos, promove debate sobre novas tendncias econmicas e, tradicionalmente, mostra prticas de boa governana. A experincia de Minas foi a nica em gesto pblica selecionada e o objetivo do BIRD apresent-la aos seus diretores, tcnicos e analistas.
    Eficincia no setor pblico
    O Choque de Gesto, implantado em Minas em 2003, criou no Brasil uma nova percepo de gesto pblica, rompendo com a imagem de que o Estado sinnimo de ineficincia, desperdcio e irresponsabilidade. Alm de garantir planejamento nas aes administrativas, o ousado modelo de gesto permitiu que o Estado superasse um dficit fiscal de R$ 2,4 bilhes naquele ano e atingisse, em 2008, um volume de R$ 9 bilhes em investimentos diretos previstos (administraes direta e indireta).
    Com o Choque de Gesto foram adotadas medidas para reduzir gastos da administrao pblica e melhorar a arrecadao sem, no entanto, aumentar os impostos. Com o equilbrio das contas, o Governo de Minas recuperou a sua capacidade de investir e, desde 2004, tem priorizado as reas de segurana, educao, sade e infra-estrutura.
    Tambm foi adotada uma nova poltica de valorizao dos servidores estaduais que passaram a receber os salrios em dia e a contar com planos de carreira em todas as categorias. Acio Neves apresentar em detalhes o modelo de organizao administrativa do Estado, os 52 Projetos Estruturadores adotados e os Acordos de Resultados que permitiram a fixao de metas anuais para cada um dos projetos.
    Durante a World Prem Conference, o governador mostrar tambm os avanos conquistados com o Choque de Gesto, o equilbrio das contas pblicas (Dficit Zero), a recuperao do crdito internacional e a retomada dos investimentos em reas consideradas prioritrias como infra-estrutura, sade, educao e segurana.
    Segunda gerao do Choque de Gesto
    Aps adotar medidas emergenciais e organizar as contas do Estado, o Governo de Minas criou, em 2007, um novo modelo de coordenao de gesto, denominado "Estado para Resultados" com o objetivo de organizar as aes por reas de resultados e garantir populao servios pblicos com alta qualidade e mximo ndice de cobertura com menores custos. Como o Estado para Resultados, tambm conhecida como "Choque de Gesto de Segunda Gerao", secretarias e rgos da administrao passam a formar um sistema coordenado, onde no existiro mais processos realizados de forma autnoma e desconectada da estratgia geral.
    Os programas "Choque de Gesto" e "Estado para Resultados" so considerados exemplares pelo BIRD por possurem mecanismos que permitem a verificao dos resultados e o cumprimento de metas. No incio de 2007, o Governo de Minas firmou compromissos e metas para cada rea de governo para os cinco anos seguintes. Durante o encontro do BIRD, Acio Neves apresentar o planejamento das aes para cada rea de atuao.
    Financiamento com o BIRD
    Durante a conferncia, Acio Neves falar sobre a parceria do Governo de Minas e o BIRD no financiamento de US$ 900 milhes, a ser firmado no prximo ms. o maior emprstimo em volume de recursos para um estado sem contrapartida financeira. Nesse caso, a contrapartida estatal em resultados a serem obtidos pelo Estado na educao, sade, meio-ambiente, infra-estrutura e controle fiscal.
    Minas Gerais retomou a negociao de emprstimos internacionais em 2004, depois de dez anos sem acesso a esses financiamentos. Os emprstimos foram negociados especialmente com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Banco Mundial. Desde 2004, o Estado conseguiu contratar US$ 355 milhes, sem contabilizar a nova operao a ser finalizada em maio.
    Em 2006, Governo de Minas e o BIRD firmaram o primeiro contrato (valor de US$ 170 milhes) sem a contrapartida financeira. Os investimentos foram realizados em infra-estrutura, garantias para PPP (Parceria Pblico-Privada), saneamento, reforma e modernizao administrativa.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 14, 2008

    Deputados pedem audincia ao governador em exerccio de Minas, prof. Antnio Anastasia. Assunto: servidores administrativos da Segurana do Estado esto sem reajuste salarial h 15 anos.

    Sem reajuste salarial h 15 anos, servidores administrativos da rea de segurana do Estado foram ouvidos nesta segunda-feira (14/4/08) pelos deputados da Comisso de Segurana Pblica da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, em reunio realizada no Plenrio. A comisso aprovou requerimento solicitando audincia com o vice-governador Antonio Anastasia, com o objetivo de buscar o atendimento das reivindicaes da categoria. O requerimento foi assinado pelos deputados Paulo Cesar (PDT), Sargento Rodrigues (PDT) e Dlio Malheiros (PV).
    O longo perodo de defasagem salarial e as difceis condies de trabalho desses servidores foram admitidas at mesmo por representantes do governo, que disseram ser necessrio algum tempo para buscar solues legais e tcnicas para o problema. O deputado Sargento Rodrigues lamentou a ausncia de representantes da Subsecretaria de Administrao Prisional e do Corpo de Bombeiros.
    Rodrigues acusou as diversas secretarias de Estado e outros rgos do governo de negligenciarem a situao e as queixas desses servidores. "Esta a primeira audincia pblica especfica para os servidores administrativos. Eles esto sem pai nem me, no sabem em que porta bater. A resposta sempre a mesma: s outro rgo pode resolver seus problemas", afirmou. O presidente do Sindicato dos Servidores da Polcia Civil (Sindpol), Antnio Marcos Pereira, disse que se no houver um resultado concreto da audincia com o vice-governador, a categoria ir discutir uma paralisao.
    O deputado Paulo Cesar disse que o pequeno nmero de servidores administrativos da segurana, que seriam pouco mais de mil, torna mais vivel e urgente o atendimento de suas reivindicaes. "A partir de hoje seremos representantes de vocs junto ao Estado", afirmou o parlamentar. J o deputado Dlio Malheiros ressaltou as condies precrias que esses servidores enfrentam em delegacias e estabelecimentos prisionais sucateados.
    Salrio-base chega a R$ 324,26
    A vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitencirios, Anita Fernandes Tocafundo, revelou que alguns servidores administrativos ganham hoje uma remunerao bruta de R$ 681,00, e um salrio-base de R$ 324,26. Nenhum dos reajustes oferecidos para os policiais civis e militares nos ltimos anos foi estendido para os colegas administrativos. "Em uma penitenciria, os administrativos so servidores sujeitos ao mesmo grau de periculosidade dos agentes penitencirios", afirmou. Anita apresentou as reivindicaes de equiparao salarial entre os cerca de 400 servidores administrativos da Subsecretaria de Administrao Prisional e os agentes penitencirios, e da jornada opcional de oito horas para esses servidores.
    Entre as queixas apresentadas por servidores que usaram a palavra, esto a falta de condies de trabalho em delegacias que no tm sequer papel higinico; falta de condies para aperfeioamento profissional; atraso no reposicionamento na carreira, previsto na reforma administrativa instituda pelo Estado; e desigualdade salarial em relao a servidores contratados por meio de convnios com prefeituras e outros rgos, que exercem as mesmas funes.
    A principal queixa apresentada, no entanto, foi mesmo a defasagem salarial. Tnia Alves, que psicloga da Polcia Civil, disse ter entrado na instituio ganhando salrio equivalente ao de delegado-geral de Polcia, mas hoje ganha o mesmo que um auxiliar de necropsia. Seu salrio-base de R$ 815, e chega a R$ 1,2 mil com os seis quinqunios. "E eu fico at constrangida, porque sou uma dos que esto em melhor situao entre os administrativos", afirmou ela. J o vice-presidente do Sindpol, Denilson Martins, lembrou o valor irrisrio do abono-famlia, de R$ 0,24 por filho.
    O assessor de Planejamento Institucional da Chefia da Polcia Civil, Joaquim Francisco Neto, disse que vrias reivindicaes dos servidores administrativos da instituio j esto sendo estudadas, tais como a carga-horria de 40 horas semanais, a progresso funcional e o auxlio-vestimenta, que seria a verso civil para o auxlio-farda concedido aos policiais. Ele disse que a Polcia Civil apia a reivindicao de que esses servidores sejam enquadrados na Lei Complementar 84, de 2005, que organizou as carreiras da Polcia Civil, mas que ainda necessrio encontrar uma forma legal para que isso se efetive. Segundo ele, estas e outras reivindicaes esto sendo discutidas com a Secretaria de Planejamento e Gesto, mas algo que leva tempo. "No estou justificando, mas quando assumimos, havia servidor administrativo que no sabia o nome da carreira a que pertencia", argumentou.
    A diretora de Carreiras e Remunerao da Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto, Luciana Meireles, afirmou que o reposicionamento dos servidores administrativos na carreira j deveria estar ocorrendo, mas que isso depende do registro eletrnico dos dados funcionais dos servidores, trabalho que ainda est sendo feito, e que levar tempo.
    J a chefe de seo de Pessoal Civil da Polcia Militar, capit Niuza Ferreira de Alvarenga Maciel, admitiu problemas como o baixo valor do vale-transporte pago para esses servidores, mas ressalvou que ele fixado por decreto, que no pode ser desrespeitado. " verdade que no d para pagar uma passagem", afirmou.
    Aprovado requerimento sobre presdio em Neves
    Em reunio extraordinria realizada imediatamente antes da audincia pblica com os servidores administrativos, a Comisso de Segurana Pblica aprovou seis proposies que dispensam a apreciao do Plenrio. Entre elas, o Requerimento 2.148/08, de autoria da Comisso de Direitos Humanos, para que seja formulado apelo ao procurador-geral de Justia do Estado, ao Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justia Criminal e de Execuo Criminal e 4 Promotoria de Justia da Comarca de Ribeiro das Neves com vistas elaborao de estudos sobre a constitucionalidade e a legalidade da minuta de edital cujo objeto a construo e gesto do complexo penal a ser implementado nesse municpio, mediante contrato de parceria pblico-privada, atualmente objeto de consulta pblica, para futuro questionamento judicial.
    Outros dois requerimentos foram recebidos durante a reunio. O primeiro, de autoria dos deputados Durval ngelo (PT) e Joo Leite (PSDB), solicita que seja realizada reunio conjunta das Comisses de Segurana Pblica e de Direitos Humanos para debaterem os convnios celebrados entre as prefeituras e as Polcias Civil e Militar. Outro requerimento, do deputado Deir Marra (PR), solicita visita conjunta das duas comisses cadeia pblica de Patrocnio, tendo em vista as condies precrias que a mesma se encontra, a situao de superlotao e as tentativas de fugas ocorridas. Os requerimentos no foram votados.
    Presenas - Deputados Sargento Rodrigues (PDT), presidente da comisso; deputado Paulo Cesar (PDT), vice; Dlio Malheiros (PV) e Leonardo Moreira (DEM). Tambm participou da reunio a diretora da Superintendncia Central da Poltica de Recursos Humanos, Naide Souza Roquette.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 13, 2008

    Noite da CLARO!!!


    JOO COX, presidente da CLARO,
     agora belohorizontino!!!

    SOLENIDADE concorrida foi no plenrio da Cmara Munciapal de BH. Foi a entrega do Ttulo de Cidado Belohorizontino ao baiano JOO COX, presidente da CLARO. A Cmara de Bh ficou lotada de executivos, polticos, empresrios e jornalistas. Foram prestigiar o novo cidado de Bh, Joo Cox, os deputados eetaduais Joo Leite e Eros Biondini; o ex-deputado Kemil Kumaira, ex-presidente da Assemblia de Minas e atual diretor de Relaes Institucionais da Copasa; o diretor regional da Embratel, o ubaense Altivo Luiz de Oliveira; a diretora da CLARO em Minas, Cristiana Kumaira; Gustavo Caram, homem do marketing da Claro; Claudio Murilo Viana Gomes, gerente de Vendas Corporativas da Claro; Claudia Kumaira, do cerimonial da Assemblia de Minas e irm da diretora da Claro em Minas Cristiana Kumaira; o diretor de redao do jornal Hoje em Dia, Carlos Lindemberg; Luiz Tito, diretor Comercial do jornal O Tempo; o presidente da AMIRT, Milton Luca de Paula, que revelou ter nascido em Ub ( o que causou satisfao no diretor regional da Embratel, Altivo de Oliveira, que entrou um conterrneo ilustre. E muita gente pensa Milton Luca de Ouro Fino); o Administrador de Empresas - Jos Aparecido Ribeiro, ex-presidente da ABIH-MG; o jornalista Paulo Csar de Oliveira, editor da Revista Encontro e o filho dele, Paulinho Csar, tambm diretor da Encontro; os publicitrios Euler Andrade e Chico da Filadelfia; Paulo Navarro cobrindo o coquetel, dentre outros.



    O TTULO da Cmara de BH para o presidente da CLARO,
     o executivo JOO COX, presidente da CLARO - telefonia celular -
    que em Minas dirigida pela Cristiana Kumaira, foi entregue pelo autor da homenagem o vereador Fred Costa.
     






    Sr. Joo Cox

    Sr. Joo Cox frente da presidncia da Claro desde 1 de agosto de 2006, Joo Cox formado em economia pela Universidade Federal da Bahia, com especializao em economia pela Universit du Quebec Montreal e CPS pela Oxford University. Ao longo de sua carreira, ocupou importantes posies em companhias como Odebrecht e Desenbanco - Banco de Desenvolvimento, chegando a CEO da Telemig Celular e da Amaznia Celular. Foi, ainda, membro de Conselho de Administrao de diversas empresas do Brasil, Argentina, Holanda e Israel.







    FLASHES DO COQ










                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 13, 2008

    BIG GRANDES IDIAS mostrou em petit comit seu portiflio a uma grupo de multiplicadores de opinio.Foi durante um descontrado encontro na rea contgua da agncia, que fica no Belvedere, aqui em BH. Os scios da BIG que atende,entre outras contas, a da Prefeitura de BH, coceberam um bonito e luxuoso portiflio, destacando o ESPRITO DE MINAS, marca registrada da BIG. Figuras histricas como Guimares Rosa, JK, Tiradentes, as nossas montanhas e o casario de nossas cidades coloniais emolduram as idias que movem a BIG. Defin o protflio como: BIG!!! O portiflio ser lanado oficialmente para o mercado, dia 28 de abril, num coquetel no KRG Beer no Belvedere. Detalhes do portiflio eu conto depois. Aguarde!




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 13, 2008

    Ibrahim El-Koury faz 71 e recebe no Stio dele em Benfica, perto de Juiz de Fora. A cobertura da festa do meu amigo Csar Romeroda Tribuna de Minas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 12, 2008

    INCLUSO DIGITAL: ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa lanou programa de Banda Larga, em solenidade com a presena do presidente Lula, em Braslia. Confira detalhes, que vem do barbacenaonline.














    Internet de alta velocidade
    chega s escolas pblicas do Brasil







     
















    Antnio Cruz/ABrBraslia


    O Ministro das Comunicaes, Hlio Costa, fala durante cerimnia de anncio do compromisso das operadoras de telefonia com a implantao de banda larga nas escolas pblicas



    Braslia O clima no lanamento do Programa Banda Larga nas Escolas, realizado tera-feira (8) em Braslia, foi de vitria. O governo comemorou o acordo feito com as operadoras de telefonia para conectar as 55 mil escolas urbanas pblicas do Brasil, no perodo de no mximo trs anos. O evento contou com a presena do presidente Luiz Incio Lula da Silva e dos ministros da Casa Civil, das Comunicaes e da Educao, alm do presidente da Anatel.

    O impacto positivo da tecnologia na educao j pode ser sentido em Tiradentes, cidade de 15 mil habitantes no interior de Minas. A diretora da Escola Municipal Marlia de Dirceu, Hrice Glayse Conceio, assegura que os professores esto mais animados com o atual sistema de educao. Agora, a escola possui um laboratrio com 20 computadores; antes existia apenas um videocassete e uma TV.





    "O computador foi fundamental para interessar os alunos e professores que estavam desmotivados; agora eles podem acessar em tempo real em todas as reas de conhecimento e interagir em diversos padres culturais, porque possuem uma linguagem tecnolgica atual", disse a diretora.

    O ministro Hlio Costa explicou que o municpio recebeu o desafio de servir de modelo do programa de incluso digital. " um marco do setor de comunicaes no Brasil. Com muito orgulho, tenho a oportunidade de poder levar uma experincia bem-sucedida para todo lugar". A prxima etapa do projeto levar a conexo para as escolas rurais.

    A ministra Dilma Roussef afirmou que graas iniciativa do ministro e dos tcnicos dos ministrios que participaram da elaborao da proposta foi possvel implantar com sucesso o projeto de modernizar as escolas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 12, 2008

    Em tempos de nuvens carregadas em JF, nada como um COLRIO do Csar Romero da Tribuna de Minas, para dar um chamego em nossos coraes e mentes.


    Ana Carolina Peixoto no Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 12, 2008

    Enquanto isso em Juiz de Fora a Tribuna de Minas abre manchete.

    Vice assume PJF; Bejani
    pode ser solto at amanh

    O vice-prefeito Jos Eduardo Arajo (PR) assumiu a PJF na manh de ontem, dois dias depois de o prefeito Alberto Bejani (PTB) ter sido preso na Operao Pasrgada, da Polcia Federal. No entanto, Bejani pode reassumir o seu cargo. Segundo
    o procurador geral do municpio, Leon Gilson Alvim, caso
    Bejani seja solto, poder voltar Prefeitura. "Ele pode
    voltar ao cargo, porque no h nenhum impedimento".

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 12, 2008

    Os 40 anos da Associao do Instituto de Criminalstica de Minas. Assemblia fes aReunio Especial para comemorar a data. Homenagem foi do deputado Arlen Santiago do PTB de Montes Claros. Alta cpula da Polcia comapareceu. Presentes o secretriod e Defesa Social, Maurcio Campos, o chefe de Polcia,Marco Antonio Monteiro de Csdtro, os ex-secrestrio de Segurana, Mrcio Domingues (do governo Itamar Franco) e Santos Moreira ( governo Eduardo Azeredo).

      
      




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 12, 2008

    Deputados de OLHO no LIXO de Governador Valadares.

    A Comisso de Meio Ambiente e Recursos Naturais da Assemblia Legislativa de Minas Gerais estar em Governador Valadares, no Rio Doce, nesta segunda-feira (14/4/08). Um dos objetivos da viagem averiguar as precrias condies de funcionamento do aterro sanitrio e apurar irregularidades que teriam sido detectadas pela Superintendncia Regional de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel (Supram), a requerimento da deputada Elisa Costa (PT). O aterro est interditado desde 17 de janeiro, segundo o gabinete da deputada. Outro objetivo conhecer os problemas do meio ambiente e a atuao da Supram Leste, a requerimento do presidente da comisso, deputado Svio Souza Cruz (PSDB). Quem viaja a deputada Elisa Costa e o deputado Almir Paraca (PT).
    Programao - A programao em Valadares a seguinte: s 14 horas, a comisso visitar o aterro sanitrio e, s 15 horas, segue para a Cmara Municipal (rua Marechal Floriano, 905 - Centro), onde ser promovida uma audincia pblica. So convidados: secretrio adjunto de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Shelley de Souza Carneiro; prefeito e presidente da Cmara, Jos Bonifcio Mouro e Paulinho Costa; diretora Operacional da Supram Leste, Maria Helena Batista Murta; promotor de Defesa do Meio Ambiente Leonardo Castro Maia; secretrio de Obras de Valadares, Alosio Germano da Silveira; presidente do Conselho Municipal de Conservao e Defesa do Meio Ambiente, Renato Leite; e presidente da Associao dos Catadores de Materiais Reciclveis Natureza Viva (Ascanavi), Jeci Lima dos Santos.
    Em 2007, a Comisso de Meio Ambiente esteve em trs Suprams: de Montes Claros, no Norte; de Paracatu, no Noroeste; e de Varginha, no Sul de Minas. Em 2008, a primeira regional a ser visitada Governador Valadares. As outras Suprams a serem ainda visitadas so as seguintes: Uberlndia, no Tringulo; Araua, no Jequitinhonha; Ub, na Zona da Mata; e Divinpolis, no Centro-Oeste.
                                                                   Deputada cobra providncias;
                                                                      questo do lixo discutida
                                                                        pela ALMG desde 2005

    Segundo a deputada Elisa Costa, o aterro sanitrio transformou-se num depsito de lixo. "O resduoslido no teve tratamento adequado pela prefeitura; no foi feita a cobertura necessria e exigida pela legislao, provocando a formao de lagoas pela reteno de gua, verdadeiros criadouros de mosquitos", aponta a deputada. Essa constatao, acrescenta a assessoria do gabinete parlamentar, foi feita pelos tcnicos da Supram, que fiscalizaram o aterro de Valadares e o interditaram desde 17 de janeiro.
    Elisa Costa alerta que a falta de tratamento adequado prejudica a populao, provoca proliferao de doenas e prejudica o trabalho dos catadores de material reciclvel, "que tm papel fundamental na reciclagem e na preservao ambiental". Os aterros sanitrios controlados so uma obrigao de todos os municpios que possuem populao acima de 50 mil habitantes.
    Em 2005, os deputados estiveram em Valadares duas vezes para discutir a questo do lixo. Em 21/6/05, a comisso foi cidade a requerimento da deputada Elisa Costa. O prefeito Bonifcio Mouro assegurou que o aterro teria continuidade, fez crticas administrao anterior e informou que uma nova clula estaria paralisada porque no haviam sido atendidas condicionantes ambientais. Sobre a denncia de que desempregados e crianas estariam entrando no aterro para recolher materiais, o prefeito alegou que o local aberto e precisaria de uma cerca forte de 5 km de extenso para evitar a entrada. A empresa de segurana que vigiava o aterro havia rescindido o contrato, alegando falta de interesse financeiro. A Prefeitura informou sobre licitao para a segurana.
    A deputada Elisa Costa apontou, na audincia de 2005, o desestmulo Associao dos Catadores de Materiais Reciclveis Natureza Viva (Ascanavi). Eles conseguiam renda de R$ 350 por ms na gesto anterior e denunciaram que seu rendimento teria cado para R$ 100 a R$ 180. A razo apontada pelo prefeito que o antecessor teria deixado uma dvida de R$ 4 milhes com a empresa Viasolo, que fazia o recolhimento do lixo, e que esta teria interrompido a coleta seletiva e mudado os horrios de recolhimento, levando tudo para a compactao.
    Em 4/10/05, a Assemblia de Minas voltou a Governador Valadares, na programao regional do Seminrio Legislativo Lixo e cidadania - polticas pblicas para uma sociedade sustentvel. O prefeito Bonifcio Mouro informou, no encontro, que as obras do aterro sanitrio estavam em estgio avanado. Reclamou da falta de apoio do governo federal e que a licena ambiental teria levado mais de um ano para ser liberada. A administrao anterior iniciou as obras, mas o dinheiro da Unio - R$ 1,5 milho - foi insuficiente para concluir o aterro, disse. Para terminar a obra, a prefeitura tinha conseguido do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) R$ 2 milhes a fundo perdido.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 12, 2008

    CHOQUE DE GESTO! Governador Acio Neves mosta Minas nos EUA em reunio do Banco Mundial.







    Governador apresenta
    modelo de gesto de Minas no Bird













    Arquivo/Wellington Pedro
     




    Governador apresenta, em Washington, o modelo de gesto implantado em Minas. Acio Neves ser o nico governante a participar do encontro do Banco Mundial, que discutir a experincia mineira em outros projetos do Bird.


    O governador Acio Neves apresenta nesta tera-feira (15), em Washington (EUA), aos diretores, tcnicos e colaboradores do Banco Mundial (Bird) que atuam nos projetos da instituio no mundo, o modelo de gesto implantado em 2003 em Minas (Choque de Gesto). Acio Neves participar da principal reunio do banco na condio de convidado do presidente da instituio, Robert Zoellick, e ser o nico governante presente ao encontro. O Governo de Minas e o Bird so parceiros num financiamento nico no mundo em que a contrapartida estatal no financeira, e sim em resultados a serem obtidos pelo Estado na educao, sade, meio ambiente, infra-estrutura e controle fiscal.

    Acio Neves apresentar em detalhes o modelo de organizao administrativa do Estado, os 52 projetos estruturadores adotados e os Acordos de Resultados que permitem a fixao de metas anuais para cada um dos projetos. O objetivo do Bird adequar o modelo inovador de gesto de Minas a programas desenvolvidos em diferentes pases. Trata-se da principal reunio da instituio, realizada a cada dois anos, e onde tradicionalmente so mostradas prticas de boa governana e debatidas novas tendncias econmicas. A experincia de Minas foi a nica em gesto pblica selecionada na Amrica do Sul.

    Moldes do financiamento

    O governador falar tambm sobre o financiamento no valor de US$ 1 bilho, a ser firmado no prximo ms, onde a contrapartida do Governo do Estado ser feita no cumprimento de 24 metas, ano a ano, at 2010.  Os principais investimentos previstos sero em educao, sade, meio ambiente, infra-estrutura e novos ajustes fiscais.

    Os programas "Choque de Gesto" e "Estado para Resultados" so considerados exemplares pelo Bird por possurem mecanismos que permitem a verificao dos resultados e o cumprimento de metas. Em 2006, Governo de Minas e o Bird firmaram o primeiro contrato (valor de US$ 170 milhes) sem a contrapartida financeira. Os investimentos foram realizados em infra-estrutura, garantias para PPP (Parceria Pblico-Privada), saneamento, reforma e modernizao administrativa.

    O Governo de Minas firmou, no incio de 2007, compromissos e metas para cada rea de governo para os cinco anos seguintes. Durante o encontro do Bird, Acio Neves apresentar o planejamento das aes para cada rea de atuao.

    Crdito Internacional

    Minas Gerais retomou a negociao de emprstimos internacionais em 2004, depois de dez anos sem acesso a esses financiamentos. Os emprstimos foram negociados especialmente com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Banco Mundial. Desde 2004, O Estado conseguiu contratar R$ 429,5 milhes, sem contabilizar a nova operao a ser finalizada em maio.

    O Choque de Gesto implantado em Minas em 2003 permitiu que o Estado superasse um dficit fiscal de R$ 2,4 bilhes naquele ano e atingisse, este ano, um volume de R$ 9 bilhes em investimentos diretos previstos no Oramento, no contabilizados os gastos com custeio da administrao.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 11, 2008

    Situao dos servidores administrativos da Secretaria de Defesa Social ser discutida, segunda-feira, na Comisso de Segurana Pblica da Assemblia Legislativa de Minas.

    As condies de trabalho dos servidores administrativos que compem os quadros da Defesa Social sero debatidas, nesta segunda-feira (14/4/08), pela Comisso de Segurana Pblica da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Requerida pelo presidente da comisso, deputado Sargento Rodrigues (PDT), os parlamentares vo ouvir e analisar as reivindicaes dos servidores. A reunio acontece, s 14h30, no Auditrio.
    Segundo informaes da assessoria do deputado Sargento Rodrigues, os servidores administrativos dos quadros da Defesa Social, como os funcionrios do Hospital Militar e do Colgio Tiradentes, tm procurado o gabinete h algum tempo, com vrias reivindicaes, entre elas a concesso de benefcios e reajustes salariais, nos mesmos termos do que vm sendo conquistado pelos policiais. Apesar de fazerem parte dos quadros das Polcia Militar e Civil, esses servidores no so policiais e no recebem, portanto, os aumentos e os benefcios que vem sendo concedidos pelo Governo do Estado. Ainda de acordo com a assessoria do parlamentar, existem categorias, como a classe administrativa da Polcia Civil, que esto h muito tempo sem aumento salarial, sendo que muitas vezes esses servidores realizam servios de policiais, devido ao dficit de pessoal.

    Convidados - Foram convidados para participar da reunio a secretria de Estado de Planejamento e Gesto, Renata Vilhena; o subsecretrio de Estado de Administrao Prisional, Genlson Ribeiro Zeferino; o comandante-geral da Polcia Militar do Estado de Minas Gerais, Hlio dos Santos Jnior; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, Jos Honorato Ameno; e o chefe da Polcia Civil de Minas Gerais, Marco Antnio Monteiro de Castro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 11, 2008

    O COLRIO de hoje vem de Juiz de Fora. Leia-se: coluna do nossos amigo Csar Romero da Tribuna de Minas.


    Nbia Sbarzi fazendo pose para os flashes

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 10, 2008

    Prefeito Pimentel falou hoje sobre urbanizao de vilas e favelas nos Estados Unidos - na Universidade de Michigan. Amanh, sexta-feira, Pimentel vai para Chicago. Em encontro marcado com o prefeito Richard Daley, discurte projetos de cooperao com o municpio.







    Vila Viva tema de palestra
    do prefeito de BH,
    na Universidade de Michigan


    O Vila Viva , maior programa de urbanizao de vilas e favelas do pas, executado em Belo Horizonte pela Prefeitura em parceria com o Governo Federal, foi tema, nesta quinta-feira, dia 10, de palestra ministrada pelo prefeito Fernando Pimentel na Universidade de Michigan , nos Estados Unidos. O relato sobre a interveno levada a curso pela administrao municipal em seis aglomerados e vilas da capital foi acompanhado por um grupo de cerca de 100 estudantes de ps-graduao, professores, mestres e doutores da universidade .

    O convite para a palestra "Vila Viva: o programa que transforma favelas em bairros" partiu do Departamento de Estudos para a Amrica Latina e Caribe e da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da universidade, uma das cinco melhores dos Estados Unidos, e marcou o inicio da parceria entre a instituio de ensino superior e a Prefeitura. Ao final da exposio, professores de outras reas, como sade e cincias sociais, demonstraram grande interesse pelo tema, abrindo perspectiva para a cooperao tambm com outras reas da universidade.
    Como desdobramento da visita do prefeito, uma delegao de 15 estudantes do programa de Ps-Graduao em Arquitetura e Urbanismo, coordenado pelo professor Fernando Lara - natural da capital mineira e membro do quadro permanente da Universidade de Michigan - vir a Belo Horizonte estudar as intervenes executadas pela Prefeitura nos aglomerados e vilas. Tambm ficou definido que o trabalho dos alunos ser editado em uma publicao especial e que ser avaliada, ainda, a possibilidade de implementao de um dos projetos propostos por eles.
    Na sexta-feira, dia 11, o prefeito segue para Chicago, onde se encontra com o prefeito da cidade, Richard Daley, para discutir projetos de cooperao com o municpio. Um ponto especfico a ser tratado o envolvimento de governos locais norte-americanos na Rede de Cidades pelos Objetivos do Milnio, coordenada pela Prefeitura de Belo Horizonte e que tem o objetivo de viabilizar o cumprimento das metas definidas pela Organizao das Naes Unidas (ONU).
    Transformao
    O Vila Viva foi ampliado em 2007 e ganhou impulso com a parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal, que possibilitou a aplicao de recursos do Programa de Acelerao do Crescimento (PAC). No total, so R$ 465,7 milhes investidos na requalificao urbanstica e ambiental dos aglomerados da Serra e do Morro das Pedras, Vila So Jos, Pedreira Prado Lopes, Vila Califrnia e Taquaril, que sero transformados em bairros. O programa beneficia cerca de 125 mil pessoas, o que equivale a 25% do total da populao de vilas e favelas da cidade.
    No Aglomerado da Serra, foram entregues, no ano passado, 152 apartamentos e outros 466 esto sendo construdos . Dos 1.600 metros da avenida Cardoso, mais da metade esto duplicados e pavimentados , diversas ruas foram abertas e dezenas de becos urbanizados. A inaugurao, em dezembro , do complexo esportivo do Aglomerado reuniu a comunidade em uma grande festa. O estdio conta com campo de futebol gramado, arquibancadas para 1.500 pessoas, alambrados , vestirios, iluminao, tribuna de imprensa e quadra poliesportiva.

                                                                   Prefeito Fernando Pimentel
                                                        acerta parcerias e novos investimentos
                                                                          para Belo Horizonte


    Perspectivas de novos negcios, cooperao com a cidade americana de Newark e parceria com a Universidade de Michigan. Estes so alguns dos resultados da agenda administrativa do prefeito Fernando Pimentel nos Estados Unidos, que comeou no ltimo dia 7 e segue at o prximo domingo, incluindo os estados de Nova York, Nova Jersey, Michigan e Chicago. Nesta quinta-feira, dia 10, o prefeito apresentou o modelo de interveno de vilas e favelas adotado em Belo Horizonte no programa VilaViva.
    As atividades foram iniciadas na segunda-feira, 7, em Nova York, com uma visita ao escritrio da empresa Google , que sinalizou a pretenso de expandir os investimentos na capital mineira e colaborar com iniciativas da Prefeitura. No segundo dia, Pimentel assinou protocolo que prev o desenvolvimento de projetos de cooperao com a cidade de Newark, no Estado de Nova Jersey. Na quarta-feira, ficou acertada a parceria da Prefeitura com a Universidade de Michigan, que prev, entre outras aes, a visita a Belo Horizonte de alunos do curso de Ps-Graduao em Arquitetura e Urbanismo para que eles estudem o programa de interveno em vilas e favelas, o Vila Viva, executado pela atual administrao . 

                                                                           Investimentos

    Recebido pelo vice-presidente de Pesquisa e Projetos Especiais, Alfred Spector, e pelo diretor de Engenharia da Google, Craig Nevill, no escritrio em Nova York, Pimentel foi informado sobre os planos de expanso da empresa em Belo Horizonte, onde a Google j possui um laboratrio de desenvolvimento de softwares e novas tecnologias. A visita ainda abriu a perspectiva de colaborao entre a empresa e a Prefeitura em iniciativas da cidade, como Oramento Participativo Digital, utilizao de aplicativos e tecnologias na Rede Municipal de Educao e nos sistemas de geoprocessamento.
    A viagem tambm resultou na assinatura de um protocolo de cooperao entre as cidades-irms Belo Horizonte e Newark. Entre as possveis parcerias esto um vo direto entre o municpio americano e a capital mineira, o credenciamento de hospitais de Belo Horizonte para tratamento de americanos e a colaborao entre as duas prefeituras no mbito das Parcerias Pblico-Privadas (PPP). As alternativas foram tratadas por Pimentel, em mesa-redonda, com os principais empresrios da cidade, na qual ele apresentou as perspectivas do Brasil e do municpio. No encontro, ficou definida a visita de autoridades e empreendedores de Newark para conhecer a capital e manter contatos com o empresariado local.
    Outra parceria firmada foi entre Belo Horizonte e a Universidade de Michigan, uma das cinco melhores instituies americanas de ensino superior. Na reunio de Fernando Pimentel com o diretor da faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade, Doug Kelbaugh, ficou acertada a vinda de 15 alunos do curso de ps-graduao da rea para estudar o Vila Viva, programa de urbanizao de vilas e favelas da capital, desenvolvido pela atual administrao do municpio .
    A chegada dos estudantes est prevista para o dia 15 de maio. Eles vo permanecer na cidade durante um ms. O incentivo aos programas desenvolvidos com universidades de grande expresso nacional ou internacional j faz parte da poltica de gesto adotada pela Prefeitura.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 10, 2008

    Governador Acio Neves. Viagem aos Estados Unidos. Vai nesta sexta-feira. Fica 8 dias.

    Amanh, o governador Acio Neves, viaja aos Estados Unidos para uma reunio no Banco Mundial. Vai em busca de recursos para investimentos em Minas.
    O pedido de licena para viajar por 8 dias aos EUA,  foi lido hoje no plenrio da Assemblia Legislativa de Minas.
    O governador Acio Neves fica nos Estados Unidos de 11 a 19 de abril.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 10, 2008

    CHOQUE GESTO mineira!!!









    Acio apresenta em Goinia
    resultados do Choque de Gesto

     









       

    Carlos Alexandre/Governo de Gois

    O governador Acio Neves participou nesta quinta-feira (10), em Goinia (GO), das comemoraes dos 50 anos de fundao da Associao Goiana de Municpios (AGM). Acio Neves fez uma apresentao sobre os principais resultados obtidos em Minas Gerais nos ltimos anos, aps a implantao do Choque de Gesto, que possibilitou a retomada dos investimentos no Estado.

    "Digo sempre que o Brasil precisa qualificar melhor a gesto pblica. O grande desafio hoje no mais a busca somente dos recursos, mas como gastar adequadamente esses recursos, como transformar em benefcios palpveis, concretos para a populao que ns administramos. E acho que somos uma gerao que tem essa oportunidade de trocar experincias, de incorporarmos nas nossas administraes projetos de outras administraes", disse Acio Neves, em entrevista.
    Durante a palestra, que foi acompanhada por 400 convidados, o governador lembrou das dificuldades enfrentadas em Minas para a realizao de investimentos, em 2003, que levaram adoo de medidas de reduo de gastos com a mquina administrativa e de melhoria na aplicao do recurso pblico para recuperar a capacidade de investimento do Estado. Com a implantao dessas aes, Minas recuperou a sua capacidade de investir. Para 2008, esto previstos investimentos de R$ 9 bilhes, entre recursos do Tesouro do Estado e das empresas estatais.
    Acio Neves explicou que o Governo de Minas tem realizado os seus investimentos prioritariamente nas reas de segurana, educao e infra-estrutura. Entre os programas citados pelo governador est o Proacesso e o Minas Comunica.
    Infra-estrutura
    O Proacesso foi criado em 2003 para levar ligao asfltica a 225 municpios mineiros que ainda no contavam com essa infra-estrutura. Todo o projeto receber investimentos de R$ 2,5 bilhes, recursos do Tesouro do Estado, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do banco japons Jbic. Cerca de 1,5 milho de pessoas sero beneficiadas. O programa atende pequenos municpios, sendo a maioria com menos de 10 mil habitantes. Entre as 225 cidades que sero atendidas pelo programa, em 168 as obras j esto sendo realizadas ou j esto concludas.
    J o Minas Comunica foi lanado em abril de 2007 para levar sinal de telefonia celular a 412 cidades mineiras que ainda no contavam com o servio. O programa est sendo implantado em parceria com as operadoras de telefonia e restam apenas 91 municpios para serem atendidos. O financiamento de US$ 50 milhes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
    Os emprstimos firmados com organismos internacionais para programas como o Proacesso e o Minas Comunica s voltaram a ser liberados para Minas Gerais depois que o equilbrio financeiro foi alcanado em 2004.
    Homenagem
    A Associao Goiana de Municpios homenageou o governador com a Medalha Vereador Messias de Souza Costa. A comenda foi entregue pelo presidente da entidade, Joaquim Alves de Castro Neto, prefeito da cidade de Jussara, e pelo vice-presidente George de Trindade, prefeito de Trindade.
    Assistiram palestra do governador os senadores Marconi Perillo (PSDB) e Demstenes Torres (DEM), o vice-governador de Gois, Ademir de Oliveira Menezes, alm de dezenas de deputados federais e estaduais e prefeitos de todo o Estado de Gois.
    AGM
    A Associao Goiana de Municpios conta com 218 prefeituras associadas ativas, de um total de 246 municpios localizados em Gois. A entidade foi criada em 1958, por iniciativa de um grupo de vereadores de Goinia. Ela tem como objetivo estudar os problemas de interesse dos municpios, promover o intercmbio de conhecimentos e informaes entre os municpios do Estado de demais unidades da federao, prestar assessoramento tcnico aos associados.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 10, 2008

    Ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa, tem agenda cheia nesta quinta-feira, em Montes Claros - norte de Minas. Vai se reunir com cerca de 100 prefeitos da regio. As informaes foram enviadas ao nosso BLOG DE NOTCIAS pelo deputado estadual do PMDB, Luiz Tadeu Leite.











    Ministro Hlio Costa reunir
    prefeitos em Montes Claros.

    Na reunio de hoje, dia 10 de abril, em Montes Claros, o Ministro das Comunicaes Hlio Costa ir encontrar prefeitos de mais de cem cidades norte-mineiras e, na oportunidade, sero assinados convnios para implantao de telecentros - centros de incluso digital e cidadania - em diversas delas.
    O prprio ministro comunicou ao Deputado Luiz Tadeu Leite ontem, a sua visita a Montes Claros, adiantando que dar oportunidade para manifestao das autnticas lideranas da regio. No ensejo, provavelmente estar junto com Hlio Costa a Ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, para participar das solenidades.
    O deputado Luiz Tadeu Leite foi um dos principais apoiadores da campanha do senador Hlio Costa, sendo um de seus mais prximos interlocutores na esfera poltica estadual, inclusive dentro do PMDB.



    :: O deputado Luiz Tadeu Leite e o ministro Hlio Costa
    que usa um cocar dado a ele por um chefe indgena do norte de Minas na ltima visita que o ministro-senador fez a So Joo das Misses.
    A foto - indita - do site www.tadeuleite.com




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 10, 2008

    Deputado Dalmo Ribeiro Silva, do PSDB, recebe solidariedade durante reunio no plenrio presidente JK. Ele disse que a busca da Polcia Federal em seu gabinete "se restringiu aos objetos do assessor, j que no tem nenhum envolvimento dele - parlamentar - nem da Assemblia com o caso". As informaes vem do site www.almg.gov.br

    Em pronunciamento na Reunio Ordinria de Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, o deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) esclareceu o ocorrido na manh desta quarta-feira (9/4/08) em seu gabinete na ALMG.
    De acordo o parlamentar, aps receber informaes de que agentes da Polcia Federal o aguardavam, com mandado de busca e apreenso nos pertences do assessor Jac Souza Soares, ele colaborou com a investigao e abriu as portas do seu gabinete. A operao resultou no recolhimento de duas agendas do servidor.
    Dalmo Ribeiro deixou claro que a busca se restringiu aos objetos do assessor, j que no h nenhum envolvimento dele nem da Assemblia com o caso.
    Ele agradeceu ainda a solidariedade prestada pelos colegas e informou que no haver exonerao do servidor enquanto a investigao no for concluda. O deputado recebeu a solidariedade dos colegas Hely Tarqnio (PV), Sargento Rodrigues (PDT), Lafayette de Andrada (PSDB), Carlos Mosconi (PSDB), Fbio Avelar (PSC), Paulo Guedes (PT), Sebastio Helvcio (PDT), Jayro Lessa (DEM), Wander Borges (PSB), Arlen Santiago (PTB), Carlos Pimenta (PDT), Ademir Lucas (PSDB), Ana Maria Resende (PSDB), Durval ngelo (PT), Fahim Sawan (PSDB), Antnio Jlio (PMDB), Eros Biondini (PHS), Vanderlei Miranda (PMDB), Carlin Moura (PCdoB), Irani Barbosa (PSDB), Vanderlei Jangrossi (PP), Doutor Rinaldo (PSB), Andr Quinto (PT), Getlio Neiva ( PMDB), Rmolo Aloise (PSDB) e Joo Leite (PSDB).
    Aps as manifestaes dos parlamentares, que duraram aproximadamente duas horas, Dalmo Ribeiro Silva reiterou o agradecimento, lembrando que qualquer deputado est sujeito a acontecimentos como esse.
    "Deso da tribuna com o corao confortado pelas manifestaes de solidariedade dos colegas. Minha famlia sabe da minha dedicao como homem pblico e chefe de famlia", destacou.
    O parlamentar tambm enfatizou que a Polcia Federal mostrou-se satisfeita com sua cooperao durante a busca. Dalmo agradeceu ainda administrao da ALMG pela seriedade com que tratou o episdio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 10, 2008

    Olha a o COLRIO desta quinta-feira. do arquivo de belas do colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Sabrina Martins no Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 10, 2008

    JOO COX, presidente da CLARO, agora belohorizontino!!!

    SOLENIDADE concorrida ontem noite na Cmara Munciapl de BH. Foi a entrega do Ttulo de Cidado Belohorizontino ao baiano JOO COX, presidente da CLARO. A Cmara de Bh ficou lotada de executivos, polticos, empresrios e jornalistas. Foram prestigiar o novo cidado de Bh, Joo Cox, os deputados eetaduais Joo Leite e Eros Biondini; o ex-deputado Kemil Kumaira, ex-presidente da Assemblia de Minas e atual diretor de Relaes Institucionais da Copasa; o diretor regional da Embratel, o ubaense Altivo Luiz de Oliveira; a diretora da CLARO em Minas, Cristiana Kumaira; Gustavo Caram, homem do marketing da Claro; Claudio Murilo Viana Gomes, gerente de Vendas Corporativas da Claro; Claudia Kumaira, do cerimonial da Assemblia de Minas e irm da diretora da Claro em Minas Cristiana Kumaira; o diretor de redao do jornal Hoje em Dia, Carlos Lindemberg; Luiz Tito, diretor Comercial do jornal O Tempo; o presidente da AMIRT, Milton Luca de Paula, que revelou ter nascido em Ub ( o que causou satisfao no diretor regional da Embratel, Altivo de Oliveira, que entrou um conterrneo ilustre. E muita gente pensa Milton Luca de Ouro Fino); o Administrador de Empresas - Jos Aparecido Ribeiro, ex-presidente da ABIH-MG; o jornalista Paulo Csar de Oliveira, editor da Revista Encontro e o filho dele, Paulinho Csar, tambm diretor da Encontro; os publicitrios Euler Andrade e Chico da Filadelfia; Paulo Navarro cobrindo o coquetel, dentre outros.


    O TTULO da Cmara de BH para o presidente da CLARO,
     o executivo JOO COX, presidente da CLARO - telefonia celular -
    que em Minas dirigida pela Cristiana Kumaira, foi entregue pelo autor da homenagem o vereador Fred Costa.
     





    Sr. Joo Cox

    Sr. Joo Cox frente da presidncia da Claro desde 1 de agosto de 2006, Joo Cox formado em economia pela Universidade Federal da Bahia, com especializao em economia pela Universit du Quebec Montreal e CPS pela Oxford University. Ao longo de sua carreira, ocupou importantes posies em companhias como Odebrecht e Desenbanco - Banco de Desenvolvimento, chegando a CEO da Telemig Celular e da Amaznia Celular. Foi, ainda, membro de Conselho de Administrao de diversas empresas do Brasil, Argentina, Holanda e Israel.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 9, 2008

    Corre...corre...corre... RAQUEL CAPANEMA. isso mesmo. A jornalista Raquel Capanema, minha colega de TV Assemblia, viaja amanh noite para Londres. Vai participar da Maratona da capital inglesa no prximo domingo, que vai reunir atletas do mundo todo.

    A jornalista Raquel Capanema uma atleta - alm de bela - preparada para enfrentar os desafios de uma maratona, como a de Londres, onde a teperatura prevista de 10 a 12 graus acima de zero.

    Conversei com ela, agora a pouco, e sent que a atleta est vendendo sade e com um esprito livre, aberto ao desafio nas ruas londrinas, concorrendo com milhares de maratonistas. Numa disputa dessas, bom lembrar " que o caminho se faz ao caminhar".

    A constncia nos passos, o ritmo da respirao, a tranquilidade esperitual e a exploso dos msculos na hora certa - o que esperamos da nossa amiga, a Raquel Capanema.

    Que ela seja to boa maratonista como reprter. Sempre ligada, ousada na hora certa e com o equilbrio que ns mineiros gostamos tanto. Numa palavra: d-lhe Raquel. Vamos ligar na BBC para, quem sabe, acompanhar a maratona londrina. Sucesso!!!







                         Comentrios

    #1. ze emilio - (zeemilioafonso@yahoo.com.br)
    Que ela corra como a notcia.
    Abraos


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 9, 2008

    Uma das maiores empresas imobilirias do pas, chega a BH. A LOPES CONSULTORIA DE IMVEIS, que vai investir 1 bilho de reais no mercado de BH, tem coquetel marcado para hoje noite no Hotel Mercure.

    A apresentao da LOPES Consultoria de Imveis ser feita durante um coquetel, s 19h30m, na sede da LOPES, que fica ao lado do Hotel Mercure. a mais nova empresa paulista, que chega a Minas, no boom imobilirio que a capital vive hoje.
    Desejo sucesso nos negcios e estrei l no coq, atendendo ao convite recebido. E sugiro vic assessar o site da empresa: www.lopes.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 9, 2008

    O COLRIO de ombros de fora, desta quarta-feira - vem mais uma vez da coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Carlinha Assis realando
    os ombros de fora

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 9, 2008

    Jantar do PMDB hoje em Braslia na casa do senador em exerccio Wellington Salgado no ter bancada estadual do PMDB mineiro. Como demos em primeira mo,ontem s 15h30m, o lder da bancada Gilberto Abramo, divulgou nota, que voc pode ler abaixo. No vai ao jantar com o governador e o senador Hlio Costa, que foi avisado por telefone da deciso, logo aps a reunio da bancada ontem.














                                                          Jantar no!!! EM PRIMEIRSSIMA MO:
                                                                  bancada estadual do PMDB decide,
                                                                               por ampla maioria,
                                                                   a NO COMPARECER ao jantar
                                                                                hoje em Braslia,
                                                           na residncia do senador Wellington Salgado,
                                                         que ter apresena do governador Acio Neves
                                                            e o senador Hlio Costa. A nota, assinada
                                                  pelo lder da bancada do PMDB na Assemblia de Minas,
                                                             deputado Gilberto Abramo. Leia a nota.

                                                                              NOTA IMPRENSA

    " A bancada Assemblia Legislativa do Estado, reunida em 08/04/2008, por ampla maioria de seus membros decidiu no comparecer ao jantar a ser oferecido amanh, quarta-feira, em Braslia, na residncia do senador em exerccio Wellington Salgado, pelo ministro Hlio Costa que, claro, j foi comunicado da deciso.

    Mesmo reconhecendo a importncia do Ministro no nosso partido e entendendo natural a participao do Governador nas homenagens do partido que incluem o seu av - ex-governador Tancredo Neves - a bancada teme que sua eventual participao em evento, que contar com a presena do governador Acio Neves, possa ser explorada como disposio de participar dos entendimentos em curso entre o governador e o prefeito da capital em torno da sucesso municipal.

    A bancada estadual do partido, coerente com os anseios das bases, renova seu compromisso com a candidatura prpria, que alm de indispensvel nossa chapa de vereadores, fundamental por irradiar pata mais 60% do territrio de Minas reforando nossas candidaturas pelo Estado afora.
     
    Por oportuno, a bancada torna pblica sua solidariedade pr-candidatura do deputado Svio Souza Cruz, que renova sua deciso de levar seu nome conveno municipal do partido".

                                                            Belo Horizonte, 08 de abril de 2008.
                                                                           Gilberto Abramo,
                                                                   lder da bancada do PMDB
                                                                              na Assemblia.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 8, 2008

    Amanh, o vice-prefeito de BH, Ronaldo Vasconcelos, preside reunio de Comit que cuida de Mudanas Climticas.

                                   LEO DE COZINHA E OFICINAS MECNICAS
                                           NA PAUTA DO COMIT MUNICIPAL 
                                                  DE MUDANAS CLIMTICAS.


     

    Na prxima quinta-feira (10/04), o Comit Municipal Sobre Mudanas Climticas e Ecoeficincia (CMMCE), que coordenado pelo Vice-Prefeito, Ronaldo Vasconcellos, realiza a sua 9 Reunio Ordinria. Vai reunir 18 representantes das administraes municipal e estadual, Cmara dos Vereadores e sociedade civil. Seguindo a tendncia de realizar cada encontro na sede de um dos rgos envolvidos, a reunio acontece no Plenrio JK da Cmara Municipal de Belo Horizonte, Avenida dos Andradas, 3.100 Santa Efignia, a partir das 10 horas.

    A misso do Comit a de buscar aes objetivas para o desenvolvimento de polticas pblicas de combate ao aquecimento global, reduo da poluio do ar e incentivo utilizao de formas de energias renovveis e no poluentes na capital. Embora no tenha objetivos deliberativos, mas sim de aconselhamento e ligao das atividades dos vrios rgos municipais nesta luta pelo meio-ambiente, o Comit j contabiliza algumas vitrias.

    Alm de um balano da participao do Comit no recente Frum das guas de Minas Gerais e do relato do andamento dos dois grupos de trabalho sobre "Energias Renovveis" e "guas Pluviais" a reunio tem dois temas importantes na pauta. Primeiro a apresentao, pela Vereadora Luzia Ferreira do relatrio sobre os estudos para a elaborao de um projeto dando destinao correta ao leo de cozinha usado na capital que, atualmente, em sua grande maioria e descartado, indevidamente, na rede de esgotos sanitrios, causando enormes danos ecolgicos, alm de entupimentos, refluxo e at rompimento das redes de coleta.

    O segundo tema em debate ser a apresentao do "Projeto de Gesto Ambiental do Setor de Reparao Automotiva". O objetivo, segundo a Secretria Executiva do (CMMCE), Anna Maria Louzada, o de prevenir /eliminar/ mitigar os impactos negativos ao meio ambiente, gerados pelas atividades do setor das oficinas mecnicas de micro, pequeno e mdio porte. O projeto coordenado pela "Assora" (Associao das Oficinas Reparadoras de Automveis de Minas Gerais).

    Na ausncia de seu coordenador, Vice-Prefeito Ronaldo Vasconcellos, esta 9 reunio do Comit, ser dirigida pela Secretria Municipal Adjunta de Meio Ambiente, Flvia Mouro, que tambm deve falar sobre a sua participao Seminrio Nacional de Gesto Sustentvel nos Municpios, realizado, recentemente, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 8, 2008

    Jantar no!!! EM PRIMEIRSSIMA MO: bancada estadual do PMDB decide, por ampla maioria, a NO COMPARECER ao jantar, amanh, em Braslia, na residncia do senador Wellington Salgado, que ter apresena do governador Acio Neves e o senador Hlio Costa. A nota, assinada pelo lder da bancada do PMDB na Assemblia de Minas, deputado Gilberto Abramo. Leia a nota.

                                                                          NOTA IMPRENSA

    " A bancada Assemblia Legislativa do Estado, reunida em 08/04/2008, por ampla maioria de seus membros decidiu no comparecer ao jantar a ser oferecido amanh, quarta-feira, em Braslia, na residncia do senador em exerccio Wellington Salgado, pelo ministro Hlio Costa que, claro, j foi comunicado da deciso.

    Mesmo reconhecendo a importncia do Ministro no nosso partido e entendendo natural a participao do Governador nas homenagens do partido que incluem o seu av - ex-governador Tancredo Neves - a bancada teme que sua eventual participao em evento, que contar com a presena do governador Acio Neves, possa ser explorada como disposio de participar dos entendimentos em curso entre o governador e o prefeito da capital em torno da sucesso municipal.

    A bancada estadual do partido, coerente com os anseios das bases, renova seu compromisso com a candidatura prpria, que alm de indispensvel nossa chapa de vereadores, fundamental por irradiar pata mais 60% do territrio de Minas reforando nossas candidaturas pelo Estado afora.
     
    Por oportuno, a bancada torna pblica sua solidariedade pr-candidatura do deputado Svio Souza Cruz, que renova sua deciso de levar seu nome conveno municipal do partido".

                                                            Belo Horizonte, 08 de abril de 2008.
                                                                           Gilberto Abramo,
                                                                   lder da bancada do PMDB
                                                                              na Assemblia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 8, 2008

    Governador Acio Neves foi a Ribeiro das Neves na Regio Metropolitana de BH.







    Valores de Minas
    lana quarta edio
    do programa no Estado













    Omar Freire/Imprensa MG
     





    Governador Acio Neves participou do lanamento da quarta edio do Programa Valores de Minas. A novidade neste ano a incluso de 106 alunos que participam, em Ribeiro das Neves, do programa Poupana Jovem.

        


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 8, 2008

    MISSO empresarial e poltica de Minas est em busca de negcios nos Emirados rabes. A misso termina na sexta-feira, dia 11. frente da Misso Empresarial esto o presidente da Fiemg, Robson Andrade, o vice-governador de Minas, prof. Antnio Anastasia, o presidente da Assemblia de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho. Leia detalhes das etapas cumprida at agora e as perspectivas de negcios. As ninformaes foram enviadas ao nosso BLOG DE NOTCIAS por Regiane Moreira Nascimento do Centro de Negcios Internacionais da FIEMG. Agradeo a colaborao da Regiane.

    A delegao de empresrios e autoridades do governo mineiro, em misso de negcios no mundo rabe, teve um dia de muito trabalho neste domingo, 6 de abril, na Cidade do Cairo, capital do Egito. O presidente da Fiemg, Robson Andrade, foi recebido pelo ministro de Indstria e Comrcio daquele pas, Rachid Mohamed Rachid, em encontro ocorrido no Hotel Grand Hyatt.
    O ministro egpcio acompanhou atentamente as apresentaes do presidente da Fiemg e do vice-governador de Minas Gerais, Antnio Anastasia. Rachid mostrou-se impressionado com o potencial de negcios entre Minas e o Egito e revelou a inteno de visitar o Brasil no prximo ms de agosto. "A recepo foi muito boa e a inteno do ministro de retribuir a visita ainda em agosto de 2008 mostra que nossas possibilidades de negcios podem crescer ainda mais", destacou Andrade.
    O Egito passa por uma fase de transio em busca de maior insero no mercado globalizado internacional e tem no ministro Rachid uma das suas principais foras. Durante as rodadas de negcio, foram feitos cerca de 280 encontros entre a delegao mineira e 58 empresrios locais. Tais encontros foram previamente marcados e se estenderam at a noite.
    Os empresrios mineiros sentiram uma grande possibilidade de negcios principalmente nos segmentos de carnes, lcteos, confeces infantis, biqunis, equipamentos para tratamento de resduos slidos, equipamentos e materiais eltricos. Muitos empresrios tambm manifestaram interesse de se instalarem em Minas Gerais. A idia deles ter aqui um ponto de partida para o mercado latino-americano. A visita do ministro Rachid ao nosso estado pode ser decisiva para isso tambm.
    O evento foi apoiado pela Embaixada do Brasil, Federao das Cmaras de Comrcio e Associao dos Empresrios do Egito. Entre outros, estavam presentes, pelo lado egpcio, alm do ministro Rachid, o dirigente da Federao das Cmaras, Alaa Ezza, e os presidentes da Associao dos Empresrios, Adel Gazarin, e do Conselho de Negcios Brasil-Egito, Ashraf El Attal, que tambm o cnsul-honorrio do Brasil em Alexandria. Por Minas Gerais, alm de Anastasia e Andrade, o embaixador Elim Fonseca Dutra, o secretrio-geral da Cmara de Comrcio rabe-Brasileira, Michel Alaby.
    Tambm participaram os presidentes da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho, e do Sebrae, Roberto Simes; o secretrio estadual da Agricultura, Gilman Vianna, o sub-secretrio de Relaes Internacionais da Secretaria de Desenvolvimento, Luiz Antnio Athayde, e 63 empresrios mineiros, de diferentes setores da indstria.
    A misso mineira encerra-se no prximo dia 11, quando retorna para casa. Antes do Egito, eles visitaram empresas e entidades empresariais de Dubai, nos Emirados rabes. " uma misso multisetorial. Achamos que o mundo rabe de muita importncia e que Minas ainda est muito tmido para esse mercado", afirmou o gerente do Centro Internacional de Negcios (CIN) da Fiemg, Carlos Abijaodi.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 8, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Comisso de Meio Ambiente da Assemblia de Minas viu de perto como est situao na rea de um bota-fora no bairro Jardim da Torre, municpio de Nova Lima, logo depois do BH Shopping. Confira as fotos e as informaes, logo abaixo.

     
     
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 8, 2008

    Deputados de OLHO no Bota-Fora em Nova Lima. Comisso de Meio Ambiente quer que o governo de Minas assuma a responsabilidade pelo licenciamento no Bairro Jardim da Torre. A Prefeitura de Nova Lima embargou o bota-fora de materiais de construo na ltima sexta-feira. Os deputados da Comisso de Meio Ambiente estviveram no local.

    Deputados da Comisso de Meio Ambiente e Recursos Naturais da Assemblia Legislativa de Minas Gerais querem que o Governo do Estado assuma a responsabilidade pelo licenciamento de um bota-fora de resduos de construes, que estaria provocando danos ambientais em Nova Lima. A licena foi concedida pela prefeitura daquele municpio Top Empreendimentos e est funcionando no bairro Jardim da Torre, prximo a uma rea de proteo ambiental (APA). Na manh desta segunda-feira (7/4/08), os deputados visitaram o local e, tarde, realizaram audincia pblica na Assemblia para esclarecer a situao. O aterro est sob embargo da prefeitura desde sexta-feira (4), aps as denncias.
    A recomendao de que o empreendimento passe a ser fiscalizado pela Supram foi teor de um dos trs requerimentos do presidente da comisso, deputado Svio Souza Cruz (PMDB), aprovados na reunio. Segundo o parlamentar, essa transferncia se justifica porque o empreendimento est em uma rea de fronteira entre municpios, localizada em terrenos situados na APA-Sul, e tem como co-responsvel a prpria prefeitura, pois o aterramento tambm serve como obra de conteno de uma via pblica do bairro, conforme informao do prprio secretrio municipal de Meio Ambiente, Antnio Henrique dos Santos, presente na audincia.
    Um outro requerimento pede que a prefeitura de Nova Lima encaminhe cpia do processo de licenciamento do bota-fora, termo de embargo com justificativa e a planta da rea mostrando a via de acesso que estaria sendo beneficiada. O terceiro requerimento solicita uma audincia pblica para discutir a observncia das normas ambientais vigentes, em especial a Lei Estadual 12.503, de 1997, que cria o Programa Estadual de Conservao da gua.
    Estragos e riscos - Moradores da regio prxima ao bota-fora denunciam que os despejos de terra feitos pela Top Empreendimentos j provocaram estragos na rea. Segundo Marcos Pires de Vasconcellos, que mora no bairro h 20 anos, a "terra j cobriu muitas rvores, assoreou cursos dgua e coloca em risco nascentes localizadas na regio".
    Moradores da regio prxima ao bota-fora denunciam que os despejos de terra feitos pela Top Empreendimentos j provocaram estragos na rea. Segundo Marcos Pires de Vasconcellos, que mora no bairro h 20 anos, a "terra j cobriu muitas rvores, assoreou cursos dgua e coloca em risco nascentes localizadas na regio".
    O empresrio Rodrigo Vilaa, tambm vizinho do aterro, disse que o material vem de construes vizinhas e opinou que essas empresas que contratam a Top tambm sejam responsabilizadas pela destinao final dos resduos.
    O secretrio de Meio Ambiente de Nova Lima, Antnio Henrique, acabou caindo em contradio em seu depoimento. Primeiro informou que o licenciamento foi para uma "obra de engenharia de conteno de via pblica" e, aps ser questionado pelo deputado Svio Souza Cruz, voltou atrs e afirmou que a licena foi concedida para a construo de um aterro.
    O material, segundo ele, tambm vai ajudar a estabilizar a Rua Otaviano de Miranda, que fica numa rea acidentada e uma das principais vias do municpio. Segundo ele, a empresa deixou de cumprir algumas condicionantes ambientais previstas na licena, sem citar quais, e estava trabalhando com o documento vencido.
    Svio Souza Cruz lembrou que, se a obra reconhecida como pblica, ela deve ser de responsabilidade da prefeitura, que em sua opinio precisa ser vista ento como "co-empreendedor". "Se o empreiteiro faz uma obra municipal, o empreendedor a prefeitura", completou. J o vice-presidente da comisso, deputado Fbio Avelar (PSC), questionou o entendimento de que a rua citada pelo secretrio seja importante, pois a rea praticamente desabitada. "Sinceramente no consegui enxergar importncia nesta via", afirmou.
    O deputado Wander Borges (PSB) reconheceu que o aterramento da rea trar mais segurana para a populao local, mas sugeriu que a prefeitura desse mais ateno a outras demandas dos moradores, como melhorar outras vias de acesso e cuidar da segurana.
    O representante da Top Empreendimentos que participou da reunio, Luiz Roberto Camargo, admitiu que preciso fazer alguns ajustamentos para atender s exigncias da prefeitura, que se resumem recuperao da rea. Ele garantiu que um aterro controlado e que a empresa s admite depositar na rea "terra limpa".
    Presenas - Deputados Svio Souza Cruz (PMDB), presidente; Fbio Avelar (PSC); Wander Borges (PSB) e Antnio Carlos Arantes (PSC).
    Deputados Svio Souza Cruz (PMDB), presidente; Fbio Avelar (PSC); Wander Borges (PSB) e Antnio Carlos Arantes (PSC).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 8, 2008

    SENAR faz 15 anos. E recebe homenagem da Assemblia Legislativa de Minas. A reunio especial foi pedida pelo deputado Luiz Humberto Carneiro, do PSDB de Uberlndia.

    Os 15 anos de fundao do Servio Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e os servios prestados ao desenvolvimento da agricultura e da pecuria foram destacados em homenagem no Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais na noite desta segunda-feira (7/4/08). A iniciativa foi do deputado Luiz Humberto Carneiro (PSDB), que elogiou a atividade de profissionalizao do homem do campo e sua integrao na sociedade com plena cidadania.
    "O Brasil tem no campo sua maior riqueza. Nosso desempenho agrcola est entre os maiores do mundo, e cresceu 76% nos ltimos dez anos. O supervit da agropecuria em 2007 superou os US$ 25 bilhes", disse o deputado, acrescentando que o Senar participa desse esforo de desenvolvimento, "levando capacitao para mais de 700 mil produtores e trabalhadores rurais, com mais de 300 instrutores autnomos, que vo aonde o trabalhador rural est - das comunidades mais tradicionais aos assentamentos da reforma agrria".
    Carneiro realou as qualidades de trs nomes da agricultura mineira, comeando por Antnio Ernesto Salvo, que na Federao da Agricultura e Pecuria do Estado de Minas Gerais (Faemg) e na Confederao Nacional da Agricultura (CNA) lutou para tirar do Ministrio do Trabalho o treinamento do homem do campo, dando-lhe agilidade e dinamismo de acordo com as necessidades de cada atividade e cada regio. Elogiou tambm Roberto Simes e Gilman Rodrigues Viana, pelos servios prestados ao campo mineiro.
    Um vdeo exibido na reunio informou que o Senar uma entidade privada ligada Faemg, sustentada por recursos da reteno de um percentual da comercializao de produtos agrcolas. O presidente da solenidade, deputado Jos Henrique (PMDB), juntamente com o deputado Luiz Humberto Carneiro, entregou ao superintendente do Senar Minas, Antnio do Carmo Neves, uma placa comemorativa da ocasio
    Agronegcio est em expanso, apesar das barreiras
    Carmo Neves disse que a idia de que o campo um lugar de atraso ficou no passado. "Hoje somos o 3 maior exportador de produtos agrcolas do mundo, competindo com os Estados Unidos e com a Unio Europia, sem subsdios. O agronegcio alimenta o crculo virtuoso do desenvolvimento, mesmo enfrentando barreiras ambientais, fiscais e trabalhistas, e continua em expanso. Em Minas, o setor passa por enorme modernizao e apresenta ganhos de produtividade, especialmente no caf, no leite e no setor sucro-alcooleiro", informou. O Senar Minas, segundo Carmo Neves, realizou 52.500 treinamentos nestes 15 anos, sendo que em 2007 foram oferecidos 6.500, atingindo 97 mil pessoas.
    O deputado Jos Henrique disse que o Senar "contribui para o desenvolvimento atravs da educao e detecta novas necessidades para atend-las rapidamente, seja nos ramos tradicionais, seja nos setores da silvicultura, agroindstria, fruticultura, floricultura ou turismo rural". O servio tambm est atento para estimular o artesanato com matria-prima local e material reciclado, segundo o deputado. "O projeto Semeando pretende atingir 3 milhes de alunos e envolver 150 mil professores do ensino fundamental, levando conceitos de tica, cidadania e meio ambiente ao jovem do campo", anunciou.
    Presenas - Participaram da reunio os deputados Vanderlei Jangrossi (PP), Ademir Lucas (PSDB) e Antnio Carlos Arantes (PSC), alm do deputado Jos Henrique (PMDB). Compuseram a mesa o secretrio-executivo do Senar, Daniel Kuppel Carrara; o diretor-tesoureiro da Faemg, Joo Roberto Puliti; e o representante da CNA, Roberto Constantine Sobrinho.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 8, 2008

    Amanh, dia 9, lana o Projeto "Balco de Direitos 2008" para atender a populao carente. Confira!

    A Defensoria Pblica do Estado de Minas Gerais lana nesta quarta-feira, 09 de abril, o projeto 'Balco de Direitos 2008' que tem como objetivo atender a populao carente, levando servios essenciais para reconhecimento do cidado na sociedade. Neste ano, o mutiro vai percorrer cinco cidades do Vale do Rio Doce entre os dias 27 de maio e 01 de junho: Governador Valadares, Matias Lobato, Frei Inocncio, Galilia e Engenheiro Caldas.  

    Os principais servios que sero oferecidos nas cidades do Vale do Rio Doce so a emisso de documentao civil bsica (certido de nascimento, cdulas de identidade e carteira de trabalho), emisso de CPF, assistncia jurdica, converso de unio estvel em casamento, cortes de cabelo, aferio de presso arterial e teste de glicose.  

    De acordo com o defensor pblico e coordenador do Setor de Projetos da DPMG, Varlen Vidal, "o mutiro do Balco de Direitos vem facilitar o acesso da populao carente documentao civil bsica, sendo necessria a formao de parcerias, como as firmadas com a Polcia Civil e o Sindicato dos Oficiais de Registro Civil (Recivil) em relao carteira de identidade e certides".  

    Servio:  

    Lanamento do Balco de Direitos
    Dia: 09 de abril, quarta-feira
    Horrio: 15 horas
    Local: Defensoria Pblica do Estado de Minas Gerais

     Rua Paracatu, 304 - 3 andar Barro Preto - Belo Horizonte


     




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    COISA RARSSIMA: conta de luz da Cemig tem REDUO. A reduo saiu hoje, anunciada em Braslia pela ANEEL. Confira todos os detalhes enviados pelo www.mg.gov.br









    Tarifas de energia
    da Cemig tm
    reduo mdia de 12,2%

     

    A Agncia Nacional de Energia Eltrica (Aneel), rgo federal que regula o setor de energia, definiu, em reunio pblica realizada nesta segunda-feira (7), o ndice negativo mdio de 12,2% para o reajuste das tarifas de energia eltrica da Cemig, que vigoram a partir dessa tera-feira (8) at abril do ano que vem. Para os consumidores residenciais da Cemig, o reajuste negativo ser de 17,1%. Na mesma reunio, a Aneel determinou reajuste negativo mdio para as concessionrias Enersul (-7,18%) do Mato Grosso do Sul, e Cemat (-8,08%) do Mato Grosso.
    A Aneel, ao definir um reajuste negativo para as tarifas da Cemig e outras duas empresas, segue uma tendncia iniciada no ano passado de reduzir as contas de energia eltrica das concessionrias. No ano passado, a Aneel j havia determinado reajuste negativo para as tarifas da Elektro (-20,65%), Bandeirante (-13,9%), CPFL (-13,6%) e Eletropaulo (-12,66%), todas de So Paulo, e, ainda, Celpa (-13,6%), do Par, Escelsa (-12,45%), do Esprito Santo, e Coelce (-9,42%), do Cear.
    As contas de energia eltrica so reajustadas anualmente pela Aneel, em datas diferentes para cada concessionria. A cada cinco anos, ocorre a chamada reviso tarifria, que est acontecendo agora com a Cemig. Na anlise das contas da reviso tarifria, a Aneel considera os custos gerenciveis e no-gerenciveis de cada concessionria.
    Na primeira reviso tarifria da Cemig, ocorrida especificamente em 2003, a Aneel determinou um reajuste de 31,52%. Naquela poca, influiu para a determinao desse ndice a inflao do perodo, a taxa de cmbio do dlar e encargos do setor. Tambm em 2003, a Aneel promoveu reajustes  de outras concessionrias com ndices bem prximos ao patamar definido para a Cemig como: 33,86% para a Cataguases (MG), 25,25% para a Celesc (SC), 28,47% para a Celpe (PE), 31,49% para a Coelba (BA), 31,29% Coelce (CE), 31,18% para a Energipe (SE), 32,59% para a Enersul (MS) e 25,27% para a Copel (PR).
    Cemig
    A Cemig a maior distribuidora de energia eltrica da Amrica Latina, com cerca de 6,5 milhes de consumidores. Desse total, 5,1 milhes so consumidores residenciais. A conta de energia eltrica que chega casa do consumidor residencial da Cemig incorpora uma srie de tributos, taxas e encargos. So pelo menos dez impostos, taxas e encargos federais, o ICMS, que o imposto estadual, e a Contribuio para Custeio da Iluminao Pblica, que repassada para os municpios.
    Em Minas Gerais, as contas com consumo at 90 kWh/ms esto isentas pelo Governo estadual de pagar o imposto estadual ICMS. De um total de 5,1 milhes de consumidores residenciais, cerca de 2,8 milhes so isentos, ou quase 60%. Entre os consumidores isentos, esto ainda cerca de 1,9 milho de famlias de baixa renda, que alm de pagarem uma tarifa mais baixa tambm esto isentas do imposto estadual.
    Com essa iseno, um consumidor de baixa renda com consumo at 90 kWh/ms vai pagar uma tarifa de R$ 2,99 (consumo at 30 kWh/ms) a R$ 16,43 (consumo de 90 kWh/ms). Nessa faixa de iseno de ICMS, esto tambm 900 mil consumidores tpicos que pagam uma tarifa que varia de R$ 11,57 a R$ 34,71. O impacto integral da reduo comear a ser sentido nas contas da Cemig que vencem em 3 de junho, quando j sero consideradas as novas tarifas para todo o perodo de medio.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    HELIBRS - a Fbrica de helicpteros, que fica em Itajub, sul de Minas - recebeu a visita de deputados da Comisso de Indstria e Comrcio da Assemblia de Minas. O governo do Estado detm 16% das aes da Helibrs. Confira as fotos da visita dos parlamentares.

     
     





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    RESIDNCIA MDICA no d conta de atender a demanda dos formandos em MEDICINA. O Debate Pblico foi hoje durante toda a tarde. Quem presidiu os trabalhos foi o deputado e mdico Carlos Mosconi, presidente da Comisso de Saude da Assemblia de Minas.

    Com mais de 30 anos de existncia no Brasil, o instituto da residncia mdica, criado em 5 de setembro de 1977, vem sofrendo crticas de diversos setores envolvidos com a questo. No Debate Pblico Residncia mdica no Estado, nesta segunda-feira (7/4/08), no Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, ficou patente que a residncia no atende demanda de todos os formados em Medicina. Representantes dos Governos Federal e Estadual e de universidades mostraram que o nmero de vagas existentes para graduao nesse curso quase o dobro da quantidade de vagas na residncia, o que tem levado a distores no seu processo seletivo.
    O secretrio de Gesto do Trabalho e da Educao na Sade do Ministrio da Sade, Francisco Eduardo de Campos, posicionou-se contrariamente necessidade de todos os formados em Medicina fazerem residncia. Segundo ele, "admitir a universalizao da residncia tambm admitir que o curso de Medicina dure nove, e no mais seis anos". De acordo com Campos, essa postura tem impactos claros nos custos da formao dos novos mdicos. Um curso mais longo, afirma ele, faz com que os novos profissionais queiram cobrar mais caro por seus servios, para compensar o investimento que fizeram, provocando outras distores. "Os mdicos acabam pedindo exames teraputicos e propeduticos muitas vezes desnecessrios dentro da realidade brasileira", disse.
    Planejamento - Noutro momento, Francisco Campos destacou que necessrio criar mais polticas pblicas para a residncia mdica no Pas, visando um maior planejamento da sade. Ele citou como exemplo o Canad, onde o poder pblico define o nmero de vagas em medicina para cada provncia, bem como o nmero de especialidades oferecidas, estabelecendo percentuais para formao em especialidades bsicas e outras. De modo oposto, no Brasil no h qualquer definio nesse sentido, o que leva a grandes distores, como o descompasso entre o nmero de profissionais formados em determinada especialidade e a necessidade de cada regio do Pas. Isso ocorre, por exemplo, com a formao de pediatras, excessiva na viso do secretrio, em detrimento de geriatras, extremamente necessrios num pas que est envelhecendo como o Brasil.
    Nem todos os formados precisam fazer residncia
    A professora e coordenadora do curso de Medicina da Unifenas, Rosa Malena Delbone de Faria, reforou o problema da defasagem entre o nmero de estudantes de Medicina e a quantidade de vagas na residncia. Hoje, segundo ela, so 17.154 vagas para graduao nas 175 escolas de Medicina no Brasil (104 privadas, 44 federais, 24 estaduais e trs municipais), e apenas 10.743 vagas para residncia mdica. Essa defasagem tem gerado uma grave distoro, representada, na opinio de Rosa Malena, pelos cursinhos preparatrios para o teste que precede a entrada na residncia. Essas provas, na viso da professora, so meramente cognitivas e no avaliam o conhecimento prtico do aluno. Rosa Malena acredita tambm que nem todos os formados precisam fazer residncia. A formao de seis anos j lhes possibilita atuar no sistema pblico em programas de ateno primria e secundria de sade.
    Fhemig - O diretor de Ensino e Desenvolvimento de Pessoas da Fundao Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Christiano Cando, apresentou dados sobre o funcionamento da residncia mdica nessa instituio. Ele informou que Minas Gerais conta hoje com 49 unidades onde funcionam residncia mdica, sendo12 da rede Fhemig (nove hospitais na Capital e trs no interior). So 2.621 vagas na residncia, sendo que a mdia de 12,4 candidatos por vaga nas 28 especialidades oferecidas. Ele mostrou ainda que, com a abertura das novas escolas mdicas, o nmero de formados por ano saltar de 1.726 para 3.164, s em Belo Horizonte.
    O presidente da Comisso de Sade e autor do requerimento que originou o debate, deputado Carlos Mosconi (PSDB), destacou que o problema com a residncia mdica est dentro do contexto da crise da sade no Brasil. "Pesquisa recente mostra que a maior preocupao do brasileiro atualmente com a sade, o que mostra a gravidade da questo". E condenou o vestibular para ingresso na residncia mdica, que obriga o aluno a praticamente sair de sua imerso nos estudos para se preocupar com cursinho e prova para residncia.
    Debates - Na fase de debates, o presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM), Herman Von Tiesenhausen, disse que a principal preocupao da entidade hoje com a formao dos mdicos. E acrescentou que, com o aumento do nmero de formados, o acesso residncia mdica no Estado, que atualmente de 52% do total, vai cair para apenas 37%. Sobre o assunto, o presidente do Sindicato dos Mdicos, Cristiano da Matta Machado, criticou a ampliao, a seu ver desnecessria, do nmero de escolas mdicas no Pas. E sugeriu que, em contrapartida, esses novos estabelecimentos ofeream maior nmero de vagas para residncia mdica.
    O presidente da Comisso Estadual de Residncia Mdica, Reginaldo Aparecido Valcio, tambm falou em nome do presidente da Associao Mdica de Minas Gerais, Jos Carlos Vianna Collares Filho. Para ele, preciso ter outra forma para atender a demanda dos recm-graduados que no a residncia. "Outro ponto central o estmulo carreira do preceptor e ao credenciamento das instituies", falou Valcio. O diretor da Faculdade de Medicina da UFMG, Francisco Jos Penna, lembrou a importncia da qualidade da graduao, no s dos cursos de ps e da residncia. Ele apresentou, entre as propostas em desenvolvimento pela faculdade, a que sugere uma residncia nica formatada para atender o Sistema nico de Sade (SUS) e outra de ampliao do internato rural, inclusive com estudantes de outras reas do conhecimento.
    Deputado defende que todas as escolas tenham residncia mdica
    O deputado Doutor Rinaldo (PSB) frisou a necessidade de que todas as faculdades de Medicina tenham residncia mdica. Ele lembrou alguns consensos do encontro: "H um nmero pequeno de vagas e isso deve ser resolvido. Outro ponto que as escolas precisam formar profissionais por inteiro, tm que ter compromisso com essa continuidade da formao do aluno", disse. Falando das iniciativas governamentais, o promotor Antnio Joaquim, que atua no Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Sade, falou da necessidade de um modelo de planejamento integrado "para que os recursos na rea da sade sejam bem gastos e no desperdiados".
    O secretrio do CRM, Joo Batista Gomes, mostrou-se indignado ao informar que o conselho no tem acesso a algumas grades curriculares de cursos de Medicina. " um crime abrir faculdade sem hospital universitrio", argumentou. Christiano Cando, da Fhemig, teve apoio dos presentes ao citar a interiorizao das residncias como um passo importante para a soluo do problema da falta de vagas. "Cidades grandes como Governador Valadares, Tefilo Otoni e Varginha no tm programas de residncia mdica", falou.
    Outro ponto de consenso foi citado pela professora Rosa Malena de Faria, que v no que chamou de "desospitalizao da residncia", ou seja, atividades voltadas tambm para a rea ambulatorial, um dos caminhos para a soluo do problema. Mdicos presentes na platia se manifestaram a favor de que todas as escolas de medicina tenham um hospital-referncia. Tiesenhausen contraps que cidades como Tefilo Otoni e Governador Valadares no tm residncia mdica, mas seus profissionais fizeram residncia em Belo Horizonte e so competentes para serem preceptores nessas cidades.
    O presidente da comisso, deputado Carlos Mosconi, fez uma avaliao positiva dos trabalhos. Disse que h consenso com pequenas variaes em todas as posies colocadas no debate, mas manifestou "uma certa angstia por receio de que as coisas no saiam como deveriam". Para ele, a residncia no acompanha a evoluo da Medicina como deveria. "Desde que eu era estudante de Medicina, no final da dcada de 60, ouo a mesma conversa. Por que no aumentam as ofertas de residncia, se tantos as querem e o sistema precisa? Na verdade, o profissional de sade no Brasil um heri, que consegue oferecer servios de boa qualidade a despeito das condies de trabalho e de salrio", opinou.
    Mosconi disse que a Comisso de Sade vai organizar as diversas sugestes do debate por origem e encaminh-las para os diversos rgos, especialmente para o Conselho Nacional de Residncia Mdia, para que a questo possa ser resolvida a contento.
    Presenas - Deputados Carlos Mosconi (PSDB), presidente; e Doutor Rinaldo (PSB).




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Produtores de lcool combustvel reclamam de "pesada carga tributria em Minas". O presidente da Comisso de Agropecuria da Assemblia, deputado Vanderlei Jangrossi, anotou as reclamaes.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    Setor produtivo de lcool em Minas reclama da pesada carga tributria. A reclamao foi feita na Audincia Pblica feita epla Comisso de Agropecuria, que foi a Uberaba. L se realizou o CONCANA, tendo frente o presidente do SIAMIG/SINDACAR, Luiz Custdio Cotta Martins.

    A pesada carga tributria sobre o lcool e equipamentos agrcolas o principal entrave para o crescimento da atividade sucroalcooleira no Estado. As queixas e sugestes de produtores, usineiros e representantes do setor foram apresentadas na noite desta quarta-feira (2/4/08), em Uberaba, durante audincia pblica realizada pela Comisso de Poltica Agropecuria e Agroindustrial da Assemblia Legislativa de Minas Gerais.
    O Tringulo Mineiro responde atualmente por 79% da produo de cana no Estado, o equivalente a 12 milhes de toneladas por ano, e detm ainda 79% da produo de acar e 68% de lcool. Mas o Imposto sobre Circulao de Mercadorias e Servios (ICMS) mais alto cobrado em Minas, levando-se em conta o de outros Estados, ameaa o negcio.
    "A alquota de ICMS em So Paulo de 12%, Gois abaixou para 15%, e Minas continua com 25%. O resultado que o lcool combustvel sai daqui para ser vendido 20% mais barato em So Paulo. Quem mora em Uberaba vai abastecer em Igarapava", lamentou o diretor da Associao dos Fornecedores de Cana da Regio de Campo Florido (Canacampo), Slvio de Castro Cunha.
    "O ICMS sobre mquinas agrcolas tambm muito alto, e a mecanizao da lavoura irreversvel. Por isso preciso reduzir a carga destes produtos tambm", acrescentou Slvio, que tambm coordenador do III Concana, congresso internacional que terminou nesta quinta-feira (3), em Uberaba.
    J o produtor Agnelo Neves, da cidade de Frutal, queixou-se dos encargos sobre as microdestilarias. "Os produtores de cachaa artesanal pagam R$ 2 por litro vendido por conta do Selo do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), alm de 18% de ICMS. Um absurdo!", reclamou.
    O deputado Fahim Sawan (PSDB) considerou uma "vergonha" o fato de os motoristas de Uberaba serem obrigados a abastecer seus carros no Estado de So Paulo para aproveitar os preos mais em conta praticados nas cidades vizinhas.
    Empregos - Sawan e os deputados Getlio Neiva (PMDB) e Vanderlei Jangrossi (PP), presidente da comisso, garantiram que as consideraes apresentadas pelos participantes sero levadas em conta durante a tramitao de projetos relacionados ao setor, entre eles o PL 1.312/07, do deputado Almir Paraca (PT), que dispe sobre a eliminao gradual do uso de fogo nas plantaes de cana-de-acar.
    Os parlamentares mostraram-se ainda preocupados com o avano da mecanizao no campo. So Paulo, por exemplo, pretende mecanizar toda a colheita da cana at 2014. "Isso tem que ser feito de forma muito cuidadosa, para no gerar um grande problema social, pois os trabalhadores dependem da colheita da cana", alertou Vanderlei Jangrossi.
    Segundo o vice-presidente da Federao da Agricultura e Pecuria do Estado de Minas Gerais (Faemg), Rivaldo Machado Borges, os cortadores chegam a ganhar R$ 1.200 por ms, precisam dessa renda e no saberiam fazer outra coisa. Ele criticou ainda o excesso de exigncias ambientais, "cujas leis, de efeito cascata, prejudicam do produtor ao cortador de cana".
    Requerimentos - No fim da reunio, a Comisso de Poltica Agropecuria aprovou trs requerimentos, todos de autoria coletiva dos deputados Vanderlei Miranda, Getlio Neiva e Fahim Sawan. O primeiro deles para que seja enviado ofcio Secretaria de Estado de Transportes e Obras Pblicas (Setop) e ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), pedindo a pavimentao de um trecho de 24 quilmetros da MGT-462, entre as BRs 262 e 452, para facilitar o escoamento da produo agrcola da regio.
    O segundo pede Secretaria de Estado de Fazenda a reduo da alquota de ICMS incidente sobre o lcool combustvel vendido ao consumidor, bem como o estudo da antecipao da devoluo do ICMS sobre mquinas e implementos agrcolas.
    J o terceiro requerimento solicita que seja enviado ofcio ao governador Acio Neves e ao secretrio de Agricultura, Pecuria e Abastecimento, Gilman Viana Rodrigues, a fim de que agilizem a regulamentao da Lei 15.456, de 2005, que institui a poltica estadual de incentivo s microdestilarias de lcool e beneficiamento de produtos derivados da cana-de-acar.
    Presenas - Deputados Vanderlei Jangrossi, presidente; Fahim Sawan e Getlio Neiva.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    LUZ PARA TODOS, programa do governo federal leva o represente do programa na regio sudeste e Gois, ex-deputado Edson Resende Assemblia de Minas. Ele falou na Comisso de Assuntos Municipais. Programa retorna em breve.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. A Propaganda Mineira tem suporte no seu sindicato. frente dos trabalhos do SINAPRO os jovens, Adolpho Resende (vice-presidente) e Juliano Sales (Presidente).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    Investimento na rea social. Prefeito de BH, Fernando Pimentel e o secretrio de Estado de Desenvolvimento Social, Custdio de Mattos assinam convnio, em que o Estadio vai repassar quase 10 milhes de reais, em quatro anos, para investimento em programas que atendem crianas, adolescentes, idosos e migrantes. Confira!











                                                               















    Prefeitura assina convnio
    com Estado para execuo
    de programas sociais

    Os servios sociais desenvolvidos pelo governo do Estado passaro a ser executados pela Prefeitura.
    O convnio de municipalizao das aes de proteo populao que se encontra em vulnerabilidade social, relacionadas ao Sistema nico de Assistncia Social (Suas), pelo prefeito Fernando Pimentel e pelo secretrio de Estado de Desenvolvimento Social, Custdio Mattos.
    O acordo prev repasse superior a R$ 9,8 milhes, nos quatro anos de vigncia, para aplicao em programas que atendem crianas, adolescentes, idosos e migrantes.
    Durante a solenidade, o prefeito avaliou que Belo Horizonte j realiza um bom trabalho na assistncia social e tambm em outras reas, mas assinalou que ainda possvel aprimorar. Ns estamos conseguindo atingir os objetivos aos quais nos propusemos quando viemos para a militncia poltica e para a vida pblica, como reduzir as desigualdades sociais e promover o desenvolvimento econmico com justia.
    No resolvemos tudo ainda , mas j avanamos muito. Todas as pessoas carentes da cidade, sem exceo, so atendidos por alguns dos nossos programas ou, at ento, do Estado, seja na rea social, da sade ou da educao, disse.
    O secretrio municipal de Polticas Sociais, Jorge Nahas, considerou que a incorporao dos servios do Estado ao conjunto de aes do municpio vai aperfeioar ainda mais o atendimento socioassistencial na capital.
    Ns estamos evoluindo de um sistema disperso, baseado muito na filantropia, na caridade e em aes individuais, para um sistema vinculado s outras polticas sociais, com financiamento adequado e profissionalismo na gesto, definiu. Outras cidades mineiras, segundo o secretrio Custdio Mattos , tambm devem firmar o convnio.
    Ele assinalou que a municipalizao dos programas atende s exigncias da Lei Orgnica de Assistncia Social (LOAS), do Suas e da Constituio Federal de 1988.
    Novas atribuies
    Com o convnio, a Prefeitura fica responsvel por abrigar crianas e adolescentes de Belo Horizonte nas 14 unidades do programa Casa Lar, que servem de moradias provisrias para vtimas de violncia.
    Est prevista, ainda, a transferncia de 1.100 vagas, especialmente dos ncleos do programa Curumim, para o Programa de Socializao Infanto-Juvenil .
    Os inscritos com idades entre seis e 14 anos continuaro participando de aes esportivas , culturais e de apoio pedaggico, com a programao ampliada e otimizada pela Prefeitura .
    Em2007, a iniciativa beneficiou aproximadamente 13 mil crianas e adolescentes .
    Para os idosos, a administrao municipal passa a oferecer o Servio de Acolhimento Institucional, que alm da acolhida, proporciona apoio e acompanhamento em perodo integral.
    O atual abrigo, localizado na regio do Barreiro, conta com servios mdicos , psicolgicos, de fisioterapia, enfermagem e cuidadores.
    Tambm fica sob coordenao do municpio o programa de apoio e orientao populao migrante que, entre outras aes, concede passes para retorno do migrante ao local de referncia e encaminhamento para acolhimento ou abrigamento, quando necessrio.






    Comentrios

    #1. Celmilo - (celmilogusmo@yahoo.com.br)
    Convnio para programas sociais? ISSO TUDO MUITO BOM, PRICIPALMENTE PARA O IDOSO, POIS AS PESSOAS MAIS VELHAS, DOENTES OU NO, MERECEM MAIS RESPEITO. VEJO DE PERTO ALGUMAS SITUAES QUE FAMLIAS ABORTAM SEUS PAIS. ESQUECEM DELES COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO OU CONTRIBUIDO PARA QUE ELES TENHAM TIDO OU TENHAM NASCIDO. Oferecer o Servio de Acolhimento Institucional, proporciona apoio e acompanhamento em perodo integral. Conta com servio mdico,psicolgico, fisioterapia, enfermagem e cuidador.
    NOTA 10 PREFEITO E SECRETRIO.
    NOTA 10 PRA VOC TAMBM CARO AMIGO JOO CARLOS.
    Um abrao, Celmilo e Andra





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    Hoje dia 7 de abril o DIA DO JORNALISTA. Recebemos e agradecemos mensagens de parabns do SINDUSCON de Minas e da SUPRA Comunicao, com o slogan "07 DE ABRIL, DIA DO JORNALISTA. NO TEM MELHOR NOTCIA DO QUE ESTA".





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    Deputados de olho na RESIDNCIA MDICA. O Debate Pblico est comeando agora - 14h20m - no plenrio da Assemblia Legislativa de Minas. Ligue a na TVA. Canal 11 na NET e na Internet : www.almg.gov.br

    Com o objetivo de discutir a situao do ensino de Medicina nos hospitais pblicos e privados de Minas Gerais, a Comisso de Sade da Assemblia Legislativa de Minas Gerais realiza, na prxima segunda-feira (7/4/08), um debate pblico sobre "Residncia Mdica no Estado". O debate ter incio s 14 horas, no Plenrio, e contar com a presena do secretrio de gesto do Trabalho e da Educao na Sade do Ministrio da Sade, Francisco Eduardo de Campos, alm de outros profissionais de rea da sade e de professores universitrios. Ele ir falar sobre as novas diretrizes dos Ministrios da Educao e da Sade para a residncia mdica no Brasil.
    Segundo dados do Ministrio da Educao, foram cadastradas em 2008, em Minas Gerais, 2.482 vagas de residncia mdica nos hospitais pblicos e particulares nas diversas especialidades mdicas. Entretanto, o autor do requerimento para realizao do debate e presidente da Comisso de Sade, deputado Carlos Mosconi (PSDB), considera que o atual sistema de residncia no tem acompanhado as necessidades da sade brasileira. "H carncia de profissionais em vrias especialidades, faltam preparo e interesse dos estudantes, alm de locais de treinamento adequado. Isso tudo forma um quadro preocupante, que se arrasta h anos. Agora temos que avaliar a situao e procurar solues", afirmou o parlamentar.
    Segundo Mosconi, algumas especialidades sofrem mais com a carncia de pessoal especializado, como psiquiatria, anestesiologia, neurologia clnica e otorrinolaringologia. O problema se agrava nos municpios longe dos grandes centros urbanos. "Hoje no h mdicos no interior do Estado, principalmente no Norte e no Jequitinhonha. E mesmo com a oferta de bons salrios, as vagas no so preenchidas, pois falta gente com formao", avaliou. O deputado considera ainda que os seis anos de graduao no so suficientes para deixar o estudante pronto para a vida profissional, sendo que seria importante que as escolas de Medicina oferecessem residncia pelo menos nas reas consideradas bsicas, como clnica geral, pediatria, ginecologia e cardiologia.
    Residncia mdica
    - De acordo com informaes do Ministrio da Educao, a residncia mdica foi instituda no Brasil por meio do Decreto 80.281, de 1977, e constitui uma modalidade de ensino de ps-graduao destinada a mdicos, sob a forma de curso de especializao. A residncia mdica funciona em instituies de sade privadas e particulares, que sejam credenciadas pelo Comisso Nacional de Residncia Mdica (CNRM), sob a orientao de profissionais mdicos. Apenas aps ter cumprido o programa de residncia integralmente e dentro de uma determinada especialidade, conferido ao mdico residente o ttulo de especialista.
                                                                                   Programao:
    14h - Abertura
    Deputado Carlos Mosconi
    - presidente da Comisso de Sade e autor do requerimento pelo debate
    14h30 - Palestras
    As novas diretrizes dos Ministrios da Sade e da Educao para a residncia mdica no Pas
    Francisco Eduardo de Campos
    - secretrio de Gesto do Trabalho e da Educao na Sade do Ministrio da Sade
    A residncia mdica e as demandas do sistema de sade
    Christiano Cando
    - diretor de Ensino e Desenvolvimento de Pessoas da Fhemig
    A defasagem entre o nmero de estudantes de medicina e o de vagas na residncia mdica
    Rosa Malena Delbone de Faria
    - professora e coordenadora do Curso de Medicina da Unifenas
    16h - Debatedores
    Herman Alexandre Vivacqua Von Tiesenhausen - presidente do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais
    Cristiano Gonzaga da Matta Machado - presidente do Sindicato dos Mdicos do Estado de Minas Gerais
    Jos Carlos Vianna Collares Filho - presidente da Associao Mdica de Minas Gerais
    Francisco Jos Penna - diretor da Faculdade de Medicina da UFMG
    Reginaldo Aparecido Valcio - presidente da Comisso Estadual de Residncia Mdica de Minas Gerais
    17h - Debate
    18h - Encerramento



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    POLTICA. Artigo Especial enviado ao nosso BLOG DE NOTCIAS pelo Administrador e Conselheiro Fiscal de Empresas, Wagner Gomes, mineiro de Montes Claros no norte de Minas.

                                      Acio Neves, o Peripattico...

                              "aquele que ensina enquanto caminha", 
                                   como fazia o filsofo Aristteles
                                             na Antiga Grcia.

                                   

                                                    *Wagner Gomes


     

    No que eu tenha vises de acontecimentos futuros, mas torna-se cada vez mais interessante exercitar a criatividade, procurando imaginar como ser o cenrio das prximas eleies presidenciais. No nosso pas, reina a perspectiva do mais absoluto inter-relacionamento de interesses pessoais, para pautar as convenincias polticas.
    O que agora est na mira de nossos polticos bombardear o instituto da reeleio. No interessa a eles saberem o que pensa o povo de tudo isso. J decidiram que devem encaminhar ao parlamento um projeto de lei revogando a reeleio.
    No passa pela cabea de nenhum deles fazer um plebiscito sobre o tema. Creio que eles se surpreenderiam com o resultado. A esperteza do candidato Jos Serra tanta que ao se manifestar contrrio reeleio, tenta cooptar os demais candidatos para somar esforos em diversas frentes no Congresso, defendendo um nico mandato de cinco anos.
    Ele se julga, dentre os pr-candidatos, o mais preparado para exercer a Presidncia. Com habilidade, e cacifado por ter sido o primeiro governador eleito no primeiro turno pelo voto direto no Estado de So Paulo, apresenta a tese de um nico mandato sem reeleio, tentando cooptar o atual mandatrio mineiro, que assim sairia para o sacrifcio do confronto, com o imbatvel Lula, em 2014 ou 2015, s Deus sabe.
    Recentemente foi contra o renascimento da Sudene, ampliando sua rejeio no Nordeste. Ainda nesse embate, outro presidencivel, Ciro Gomes, embora possua um perfil qualificado, notadamente no ramo econmico, revela, com alguma dose de ingenuidade, uma certa incontinncia verbal no campo poltico.
    Mas uma liderana importante, e tem excelente trnsito no Nordeste. Avesso ao Jos Serra, tem sido visto com freqncia em Minas Gerais. Recentemente, fala-se tambm na executiva do poder pblico, Dilma Rousseff, que vem acumulando prestgio no governo Lula desde que montou o novo modelo do sistema eltrico do Brasil, visando garantir o suprimento de energia para os prximos anos.
    Muitos asseguram que a ministra uma pessoa enrgica, mas aberta a discusses. Por isso mesmo, o Presidente Lula ensaia alguns passos no sentido de lhe conferir maior visibilidade no Pas. Da a conseguir jog-la nos braos do povo, outra histria...
    Enquanto isso, comendo mineiramente pelas bordas, o Governador Acio Neves comea a exercitar o seu peripatetismo, incorporando, ao seu modo de ser e de agir, muito do estilo de seu av.
    Alm da romaria de visitas polticas que vem recebendo, tem-se apresentado, por onde anda, com um arguto sentido de medida e bom senso, sedimentando, pouco a pouco, sua ampla imagem de pr-candidato com esprito aglutinador. Por direcionar suas viagens recentes, com uma boa freqncia, aos quatro cantos do Pas, da extraio minha comparao ao movimento filosfico denominado peripattico.
    E o governador mineiro vai ter que ensinar ao Brasil que ele, efetivamente, possa se tornar a melhor opo na sucesso do Presidente Lula, com um estilo acessvel a todos os eleitores.
    Vem disparando recados aos aliados tucanos e ao mundo poltico. A aliana com o PT das alterosas, mais que algo domstico, revela ao Pas a velha raposice mineira e escancara Nao a verdadeira dimenso de dois de seus grandes lderes atuais, que assim demonstram enxergar que o PT e o PSDB possam se encontrar antes do infinito. Notem que essa aliana se d em torno de um nome ligado ao ex-ministro Ciro Gomes.
    No precisa ser nenhum futurlogo para enxergar no Prefeito Fernando Pimentel um potencial candidato ao Governo de Minas em 2010, com o apoio de Acio, que receberia, em reciprocidade, o apoio do PT Presidncia do Brasil.
    Resta cooptar para essa engenharia poltica o maior lder do PT mineiro, Ministro Patrus Ananias, que tem a gravitar por sua volta, extensa densidade eleitoral. Estimulou Geraldo Alckmin a sair candidato a Prefeito de So Paulo, opondo-se ao que pretendia o Governador Jos Serra.
    Costurou, sem alarde, a vitria de Jos Anbal que, ao se tornar o novo lder da bancada tucana, interrompe anos de domnio da ala serrista na Cmara.
    Outro recado, j transmitido, sem tergiversao, o de que, caso se sinta obstacularizado, deslealmente, em seu partido, outra via partidria surgir naturalmente. A mineiridade que herdou de seu av (ou seria a mineirice?), no lhe permite dar murro em ponta de faca.
    Sua imagem de jovem dinmico e manhoso ao mesmo tempo, soma-se de excelente administrador, e isso j vem despertando o interesse de sagazes lderes polticos, a exemplo de Lula, Delfin Neto, Michel Temer e do prprio Ciro Gomes, que vm nele enxergando o Admirvel Homem dos Neves.
    E o governador mineiro no de atropelar calendrio. Por isso mesmo, como diria o j velho Presidente Collor, o tempo o senhor da razo.
    Assim, Acio Neves, com mais potencial de crescimento nas pesquisas de intenes de voto, enxerga que as prvias para a escolha do candidato do PSDB tendem a se materializar, beneficiando a coerncia de se tentar viabilizar como candidato por seu prprio partido.
    E em Minas, fincada no Sudeste, pode estar sendo germinada aquela que seria a soluo sntese para a Presidncia do Brasil, em 2010, ano em que se comemorar o centenrio de nascimento de Tancredo Neves.
    A propsito, se algum dos senhores ainda no digeriu o termo peripattico, informo-lhes que significa, grosso modo, aquele que ensina caminhando. O termo surgiu do hbito dos mestres (professores) da poca da Grcia antiga de realizar, com seus estudantes, discusses enquanto passeavam.
    Ento, metaforicamente, ouso substituir mestre por candidato, e estudantes por eleitores. S falta agora ao candidato Acio passear bastante pelo Pas. E discutir suas idias com os eleitores.







                          Comentrios

    #1. Marco Antonio - (mamsr@uai.com.br)
    Tambm toro para que o Acio seja o prximo Presidente do Brasil ,pricipalmente pela tica com que conduz sua trajetria poltica...Em quase 6 anos, ainda no tivemos um escndalo em Minas Gerais, o que convenhamos, no comum no Brasil de hoje.
    Penso, entretanto, que h um longo caminho a percorrer....Acho ,inclusive que nosso Governador tem andado pouco pelo Brasil.Ele tem que se mostrar mais, sem cair no risco de uma exposio extempornea e excessiva.Vamos torcer para que tudo d certo!!!

    Parabns pelo excelente artigo.#2. Marcelo Reis - (Email no informado)
    Vi seu artigo e depois ele sumiu. Muito bom como sempre. Parece que voce vive e respira poltica, para estar por dentro de tantos detalhes. Parabns. E d-lhe Acio.

    #3. Mrio Alaor - (marioalaor@yahoo.com.br)
    Parabens pelo artigo, o assunto foi muito bem delineado.Todavia, acho muito dificil a viabilizao da sua candidatura pelo PSDB. Acredito que ela possa ocorrer pelo PMDB com apoio de Lula.








    #4. J. Sant ' Ana - (Email no informado)
    Wagner,
    Li o seu artigo no blog e o vi no Hoje em Dia. Parabns mais uma vez. A cada artigo voc se supera. Foi uma anlise perfeita da situao
    poltica atual.
    Um abrao,
    Sant'Ana
    #5. rico - (ecfurtado@terra.com.br) - (Email no informado)
    Suas qualidades de administrador e escritor j esto consolidadas e plenamente reconhecidas, mas, nesse artigo, nosso estimado Wagner Gomes revel-se um exmio analista poltio. Parabns!





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    PERSONAGEM que comea a semana sem arredar p na indicao do nome do empresrio Mrcio de Lacerda como candidato do PT/PSDB Prefeitura de Beag. Como apuramos: a poeira vai baixar e a... at a revista VEJA j d como certo o nome de Lacerda, indicado pelo grande eleitor na capital, o prefeito Fernando Pimentel, dobradinha poderosa eleitoralmente com o governador Acio Neves. A conferir!


    Foto arquivo: prefeito Fernando Pimentel continua costura
     para viabilizar o nome de Mrcio Lacerda(PSB)
     e  deputado Roberto Carvalho(PT)
     na chapa apoiada por ele
     e pelo governador Acio Neves 
    Prefeitura de BH, em outubro.

    ENQUANTO isso...
     outro dia l no Aeroporto Internacional Tancredo Neves
    na chegada do vo direto da TAP
    ns registramos uma animada conversa casual 
    do secretrio Mrcio Lacerda com dois polticos experientes
    em administrao municipal.
    Um, o senador  Eduardo Azeredo, ex-prefeito de BH. 
    O outro, o atual prefeito de Ouro Preto ngelo Osvaldo.
     Afinal  sempre bom ouvir quem sabe de poltica -
     deve ter pensado o secretrio.
    Pelo sim, e pelo sim, melhor ficar preparado
    j que o cavalo est passando arreado...

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    DE OLHO nas Estradas Estaduais. Governo Acio Neves vai aplicar 176 milhes de reais durante quatro anos para recuperao e manuteno das nossas estradas. Confira!









    ProMG recupera
    1.028 quilmetros
    de rodovias estaduais

     

    A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Pblicas (Setop) autorizou nos ltimos dias investimentos da ordem de R$ 176 milhes destinados recuperao e manuteno, durante quatro anos, de 1.028 quilmetros de rodovias estaduais. Estes trechos esto sob jurisdio das coordenadorias regionais do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de Itajub e Poos de Caldas , no Sul de Minas.
    Sero beneficiados diretamente com esta ao do Governo de Minas 56 municpios. Os recursos so provenientes do Tesouro Estadual e da Contribuio de Interveno no Domnio Econmico (Cide)  e foram disponibilizados por meio do Programa de Recuperao e Manuteno Rodoviria do Estado de Minas Gerais (ProMG), um dos 57 projetos estruturadores do Estado.
    "Neste programa a empresa vencedora da licitao no executa apenas os servios iniciais, ela tambm fica responsvel pela manuteno. um contrato de quatro anos, garantindo pistas em bom estado e com boa sinalizao, aumentando assim a segurana dos usurios", explicou o secretrio de Estado de Transportes e Obras Pblicas, Fuad Noman.
    De acordo com o gerente do ProMG e secretrio-Adjunto, Joo Fleury, "com o programa o Governo de Minas otimiza os recursos com a conseqente reduo dos custos de transportes, j que ao terminar o contrato com a empresa h a garantia de que a rodovia estar em boas condies". "Outro avano do ProMG o novo conceito de gesto de contratos, que busca atingir e manter padres de desempenho definidos pelo DER, assegurando conforto e segurana permanentes nas rodovias estaduais", concluiu.
    Os padres de desempenho so definidos a partir de indicadores/ocorrncias (buracos, deformaes plsticas, eroso de taludes, falta de placas), prazo para correo destes e multas na ausncia de correo em tempo apropriado.
    De toda a malha rodoviria pavimentada de Minas Gerais, num total de 23.750 quilmetros, cerca de 15.700 quilmetros esto sob jurisdio estadual, o que corresponde a 66% das rodovias que cortam o Estado. Todos os investimentos autorizados tm recursos garantidos para sua efetivao, no apenas para o incio, mas para a concluso das obras.
    Gesto Inovadora
    O ProMG inovou o sistema de gerenciamento de rodovias estaduais. Neste programa a empresa vencedora da licitao no executa apenas os servios iniciais, ela tambm fica responsvel pela manuteno, garantindo pistas em bom estado e com boa sinalizao, aumentando assim a segurana dos usurios.
    Mais de 2.500 km de rodovias estaduais j esto dentro da lgica de recuperao e manuteno permanente. A meta da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Pblicas atender 21 das 40 regionais do DER at 2010.  Atualmente, o ProMG desenvolvido nas CRGs de Belo Horizonte, Formiga, Oliveira, Passos, Par de Minas, Itajub e Poos de Caldas. 



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    UM MINEIRO recebe amanh homenagem em Nova York.

    Magistrado mineiro ser homenageado, tera-feira, dia 8, nos Estados Unidos.
    ANTNIO AUGUSTO Canado TRINDADE,
    vai receber o prestigioso
    "W. Friedemann Mamorial Award".
    A solenidade ser na Universidade de Columbia
    em Nova York. Parabns!





    O magistrado mineiro Antnio Augusto Canado Trindade,
     ex-Presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos,
     e candidato oficial do Brasil Corte Internacional de Justia (de Haia)
    desde fevereiro de 2007, depois de receber em Washington D.C.
    o Award Anual de 2007 da Sociedade Americana de Direito Internacional (ASIL),
      - o primeiro latino-americano a receb-lo, - ser agora distinguido, em Nova York.
    A solenidade ser
    no prximo dia 8 de abril de 2008,
    com o prestigioso "W. Friedmann Memorial Award",
    o principal reconhecimento acadmico do mundo
    do Direito Internacional nos Estados Unidos.
    A solenidade ter lugar na tradicional Universidade de Columbia em Nova York,
     e contar com a presena de numerosas autoridades de distintos pases.









       Comentrios

    #1. EXPEDITO EUZBIO DA SILVA - (advocacia@expeditoeuzebio.com)
    Parabns ao ilustre colega e amigo Antnio Augusto Canado Trindade, o maior jusinternacionalista da atualidade, pela merecida homenagem. Pena no podermos estar em Nova York no dia 08 de abril para comemorarmos juntos. Mas, certamente, em 2009, estaremos na Haia, para a posse dele na Corte Internacional de Justia.
    Parabns tambm a voc, amigo Joo Carlos Amaral, por divulgar to importante acontecimente em seu blog, que est cada dia melhor.
    Expedito Euzbio da Silva, Mrcio Decat de Moura, Adauto de Sousa e Ruy Barbosa Fernandes (turma Ministro Slvio de Figueiredo Teixeira, de 1971, da Faculdade de Direito da UFMG)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Abril 7, 2008

    Quinta-feira, dia 10, o ministro da Cincia e Tecnologia, Srgio Rezende, vem a BH. Vai visitar o CETEC e a UFMG. Ser recebido pelo secretrio de Estado do governo Acio Nves, Alberto Portugal e o presidente do Cetec, Alfredo Gontijo de Oliveira. Notcia enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS pelas assessoras de comunicao do CETEC, Cibele Ferreira e Priscila Armani. Confira detalhes!

    O Secretrio de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes), Alberto Portugal e o Presidente do CETEC - Fundao Centro Tecnolgico de Minas Gerais, Alfredo Gontijo de Oliveira, recebem o Ministro da Cincia e Tecnologia, Srgio Rezende. Na parte da manh, s 09:30 horas, o ministro visitar o CETEC, para verificar o trabalho que a instituio realiza para o desenvolvimento de tecnologias de produo de biocombustveis. O Ministro ir passar pelo Laboratrio de Emisses Veiculares e pelo Laboratrio de Biocombustveis da instituio.
    O presidente do CETEC, Alfredo Gontijo de Oliveira, acredita que a visita do Ministro instituio demonstra a relevncia que a Fundao possui em nvel federal. Segundo ele, a visita do Ministro Srgio Resende estratgica e muito importante em nosso processo de reestruturao. Queremos estreitar laos com o Ministrio, especialmente com relao ao SIBRATEC Sistema Brasileiro de Tecnologia. Queremos ser uma das instituies estaduais a cumprir a misso de promover o desenvolvimento e a inovao. A meta transformar o CETEC no espao governamental de promoo da incubao da inovao, ou seja, o local usado pelas empresas para aumentarem sua competitividade.
    O Laboratrio de Emisses Veiculares realiza ensaios qualitativos e quantitativos para medio das emisses de escapamento em dinammetro de rolos e anlises das emisses evaporativas de veculos em cmara selada. Nesse laboratrio, a principal demanda dos clientes do CETEC homologar veculos de montadoras quanto ao que estabelece o Proconve - Programa de Controle de Poluio do Ar por Veculos Automotores. Ou seja, as anlises do CETEC informam se o veculo est ou no dentro das exigncias ambientais de circulao ou no. Testes com biocombustveis tambm so feitos nessa instalao.
    Biocombustvel na pauta do dia
    O Laboratrio de Biocombustveis produz o combustvel utilizado nos testes em motores e de emisso veicular realizados pelo CETEC. Esta planta piloto possui capacidade de produo de biodiesel de 1.000 litros/dia. O biodiesel produzido a partir do etanol, pela via etlica, o que gera melhores rendimentos e qualidade do combustvel produzido. Tambm so realizadas pesquisas para produo de biocombustvel usando como matria prima o girassol, amendoim, soja, algodo, mamona e babau.
    O Laboratrio foi montado com recursos de R$ 1,3 milhes provenientes da CEMIG, ANEEL Agncia Nacional de Energia Eltrica, FINEP Financiadora de Estudos e Projetos e FAPEMIG - Fundao de Amparo Pesquisa do Estado de Minas Gerais.
    Aps visitar o CETEC, o Ministro visitar o campus da UFMG e o Centro de Microscopia Eletrnica da Universidade. Depois do almoo, ele inaugura a Unidade de Pesquisa e Produo de Radiofrmacos (UPPR) para medicina nuclear no CDTN - Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear. Ele ser acompanhado pelo Secretrio de Estado de Cincia e Tecnologia, Alberto Portugal, e Presidente do CETEC Alfredo Gontijo de Oliveira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Abril 6, 2008

    EXPRESSO CIDADANIA da Assemblia de Minas, chega nesta segunda-feira a So Joo del Rey. Confira detalhes!

    O Expresso Cidadania, projeto itinerante da Assemblia Legislativa de Minas Gerais em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) e a Secretaria de Estado de Educao, estar em So Joo del-Rei nesta segunda e tera-feiras (7 e 8/4/08). O projeto tem o objetivo de estimular a participao poltica entre os jovens de 16 e 17 anos, promover o exerccio do voto, envolver os profissionais de educao, oferecer informaes sobre os Poderes e estimular a aproximao entre o Legislativo e a sociedade.
    Em So Joo del-Rei, as atividades sero realizadas na quadra do Lar de Amparo e Promoo Humana (R. Dr. Eloy Reis, 4 - Bairro Matozinhos), em dois turnos, das 8 s 12 horas e de 19h30 s 22 horas. Participaro das atividades os alunos das Escolas Estaduais Dr. Garcia de Lima, Governador Milton Campos e Professor Iago Pimentel. A programao do Expresso Cidadania inclui palestras, esquete teatral, distribuio de cartilhas e oficinas de fotografia, vdeo e redao para web. O material produzido alimenta o blog do projeto (www.expressocidadania.blogspot.com).
    Durante o evento, os alunos tambm utilizaro urnas eletrnicas para registrar sua opinio sobre dois temas: a reserva de cotas para negros em universidades e a reduo da maioridade penal. Os estudantes tambm tero oportunidade de tirar o ttulo de eleitor e a carteira de identidade. Para isso devem levar documentos originais (certido de nascimento ou identidade).
    O presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), ressalta que o Expresso Cidadania uma contribuio do Legislativo para renovar a poltica brasileira. " necessrio que aqueles que tenham qualificao e interesse em militar na poltica o faam, para que possamos nivel-la por cima. As mudanas de qualidade, as mudanas estruturais de toda a sociedade ocorrem atravs das decises no campo poltico", afirma o deputado.
    Proporo de eleitores jovens pequena
    Os adolescentes votaram pela primeira vez na disputa eleitoral de 1989 e estrearam em grande estilo: foram 3,5 milhes de eleitores menores de 18 anos em todo o Pas. Em Minas, foram 420.060. De l para c, os nmeros oscilaram muito, mas nunca voltaram a atingir os ndices de participao de 1989. Em 2007, a contagem populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica (IBGE) registrou 474.140 pessoas com 16 ou 17 anos em Minas. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no entanto, registrava apenas 203.958 eleitores em janeiro de 2008, menos da metade do total.
    Os eleitores jovens correspondem a 1,48% do total de eleitores no Estado. Em So Joo del-Rei, segundo informaes do TRE, existem 929 eleitores na faixa de 16 e 17 anos, ou 1,46% do total do municpio, que em fevereiro chegava a 63.682.
    As prximas cidades a serem percorridas pelo Expresso Cidadania so Juiz de Fora (10 e 11 de abril), Tefilo Otoni (15 de abril), Governador Valadares (17 e 18 de abril), Ipatinga (23 e 24 de abril), um encontro reunindo estudantes de Sabar, Lagoa Santa e Contagem (28 e 29 de abril) e o evento final em Belo Horizonte (30 de abril).
    Alm dos parceiros citados, o Expresso Cidadania tem o apoio do Ministrio Pblico Estadual, Secretaria de Estado de Esportes e Juventude, Cemig, Copasa, Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Servio Social da Indstria (Sesi), Unio Nacional dos Estudantes (UNE), Unio Estadual dos Estudantes (UEE), Unio Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e Unio Colegial de Minas Gerais - Belo Horizonte (UCMG).
    As atividades envolvem estudantes das escolas participantes do Programa de Educao Afetivo-Sexual, que fazem parte de um sistema articulado pela Secretaria de Estado de Educao voltado para o incentivo ao protagonismo juvenil.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 5, 2008

    TTULO da Cmara de BH para o presidente da CLARO, o executivo JOO COX, presidente da CLARO - telefonia celular - que em Minas dirigida pela Cristiana Kumaira, desde que h um ms, o ex-diretor regional da empresa, rik Fernandes, foi promovido para o cargo de diretor nacional de marketing da Claro, se mudando para So Paulo. A Homenagem, com o Ttulo de Cidado Honorrio de Belo Horizonte a Joo Cox, tem como autor o vereador Fred Costa. Ser quarta-feira, dia 9, s 20 horas na Cmara Municipal de BH. Parabns ao Joo Cox, CLARO!!!




    Sr. Joo Cox

    Sr. Joo Cox frente da presidncia da Claro desde 1 de agosto de 2006, Joo Cox formado em economia pela Universidade Federal da Bahia, com especializao em economia pela Universit du Quebec Montreal e CPS pela Oxford University. Ao longo de sua carreira, ocupou importantes posies em companhias como Odebrecht e Desenbanco - Banco de Desenvolvimento, chegando a CEO da Telemig Celular e da Amaznia Celular. Foi, ainda, membro de Conselho de Administrao de diversas empresas do Brasil, Argentina, Holanda e Israel.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 5, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Marinha foi homenageada pelo Parlamento Mineiro.Requerimento foi dodeputado Joo Leite do PSDB. Quem recebeu a placa comemorativa foi o Ministro da Marinha, Jlio Soares Neto. Ele sobrinho neto do mineiro de Ub, ex-governador de Minas e ex-ministro civil da Marinha, Raul Soares. Confira as fotos!

     


      
      
      
      


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 5, 2008

    Deputados de OLHO na crise na UNICOR - Universidade Vale do Rio Verde de Trs Coraes - sul deMinas. O pedido de Audincia Pblica, marcada para dia 8, tera-feira, foi pedida pelo deputado Padre Joo, doPT.

    A crise da Universidade Vale do Rio Verde de Trs Coraes (Unincor), que possui unidades em vrias regies do Estado, ser debatida em reunio conjunta das Comisses de Educao, Cincia, Tecnologia e Informtica e de Administrao Pblica da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, nesta tera-feira (8/4/08). A reunio foi solicitada pelo deputado Padre Joo (PT) e ser realizada s 16h15, no Plenarinho I.
    De acordo com o deputado, os meios de comunicao do Sul de Minas tm noticiado que a universidade, mantida pela Fundao Comunitria Tricordiana de Educao, est prestes a falir. As acusaes so de improbidade administrativa, desvios de verba, enriquecimento ilcito, convnios mal feitos e investimentos injustificveis.
    Padre Joo informou ainda, que a Unicor pode perder judicialmente o seu curso de medicina, que no reconhecido pelo Ministrio da Educao e todo o investimento feito no Hospital Mrio Penna, que faz parte do complexo hospitalar-assistencial que integra o campus da Faculdade de Medicina, em Belo Horizonte. "Queremos com essa reunio obter esclarecimentos sobre a situao da universidade, que preocupa todos os que estudam na Unincor", concluiu.
    Em entrevista concedida pelo interventor do Tribunal de Justia de Minas Gerais na Unincor de Trs Coraes, Tufi Neder, publicada no site da instituio, ele confirma a gravidade da situao da universidade e diz que as providncias esto sendo tomadas. O interventor tambm informa que o comit gestor composto por professores da universidade foi mantido e todos esto trabalhando juntos para traar estratgias que minimizem os problemas at a posse de um novo reitor. "Grandes decises e medidas devero ser tomadas pela prxima administrao", concluiu.
    Convidados - Foram convidados para a reunio conjunta o presidente a Fundao Tricordiana de Educao - Unincor Trs Coraes, Ubsclender Carneiro Pereira; o presidente do Conselho Estadual de Educao, Monsenhor Lzaro de Assis Pinho; a representante do Conselho Municipal de Educao de Trs Coraes, Maria Terezinha da Consolao Teixeira dos Santos; o diretor do Sindicato dos Professores - subsede Varginha, Aristides Ribas de Andrade; a reitora da Universidade Tricordiana de Educao de Trs Coraes, Joana Beatriz Barros Pereira; e o interventor do Tribunal de Justia de Minas Gerais na Unincor de Trs Coraes, Tufi Neder.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 5, 2008

    Assista hoje, sbado, na TVA o Programa Assemblia Debate. O tema RESIDNCIA MDICA". Eu ancoro o debate hoje s 22h30m, amanh, domingo,s 13 horas. E na segunda-feira, 23 horas.. Vale conferir!









    Assemblia Debate


    O sistema de residncia mdica brasileiro o assunto desta semana. Os deputados Carlos Mosconi (PSDB), Carlos Pimenta (PDT), o presidente da Comisso Estadual de Residncia Mdica Reginaldo Aparecido Valcio e o diretor da Faculdade de Medicina da UFMG Francisco Jos Pena discutem perspectivas de mudana na rea. O Assemblia Debate vai ao ar,hohe, sbado, s 22h30, domingo, s 13h, e segunda, s 23h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 5, 2008

    O COLRIO deste sbado chuvoso aqui em Beag, foi pinado da coleo de belas fotos da coluna de Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


         Luza Dias David

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Abril 5, 2008

    Secretrio de Sade de Minas, deputado estadual Marcos Pestana, foi a Barbacena para levar recursos Santa Casa de Mericrdia, um Hospital Filantrpico fundado h 156 anos. O meu amigo Idinando Borges do barbacenaonline.com.br (registrou o fato histrico).










    O Prefeito Martim Andrada, o Secretrio Marcus Pestana e o deputado Bonifcio
    Andrada com as simpticas funcionrias do hospital.






    Desde 2007, os hospitais beneficiados pelo programa Pr-Hosp esto destinando 50% dos recursos para "livre vinculao", custeio dos hospitais; 40% para investimentos e 10% para melhorias na gesto. Dia 3, o Secretrio da Sade de Minas Gerais, Marcus Pestana, que da vizinha Juiz de Fora, esteve em Barbacena na Santa Casa de Misericrdia para a Inaugurao de diversos melhoramentos e o aporte de mais recursos do programa para a construo do PA "Pronto Atendimento" que ocupar uma rea de 800 m2. Ele estava acompanhado dos deputados: Bonifcio Andrada e Lafayette Andrada. Foi o anfitrio do evento, o Prefeito Martim Franscico Borges de Andrada e a dinmica executiva do hospital, Adriana Frana com o corpo clnico e diversas autoridades da rea de sade, inclusive o Diretor do Demasp, o mdico Fernando Maluf.















    O vereador Amarlio Andrade
    e o
    Secretrio Marcus Pestana

    O histrico prdio
    da Santa Casa

    O Secretrio Marcus cumprimentando a diretora Adriana Frana observados pelos deputados,
    Bonifcio e Lafayette Andrada.
    A Santa Casa um hospital filantrpico, fruto de idealismo de seus fundadores e dona de uma bonita histria de 156 anos. A entidade conta com a credibilidade e a f da Irmandade de Santo Antnio e provedores abnegados s causas humanitrias. O atual provedor o deputado Bonifcio Andrada, que a exemplo de seus ancestrais, atua em prol de constantes melhorias para a instituio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 4, 2008

    Mudanas nos Planos de Sade - ampliao de procedimentos aos clientes determinada pelo governo federal - levou Comisso de Sade da Assemblia de Minas, o mdico Emerson Fidelis Campos, presidente da Federao das Unimeds. O convite foi feito pelo presidente da Comisso de Sade, deputado e mdico, Carlos mosconi, do PSDB. A concluso foi de que pode haver aumento nos preos dos planos para cobrir as novas despesas.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Abril 4, 2008

    MARINHA est sendo homenageada agora (14:10) no plenrio da Assemblia de Minas. A homenagem atravrs de requerimento do deputado Joo Leite, do PSDDB. Est presente o Ministro da Marinha, Jlio Soares de Moura Neto, sobrinho-neto de Raul Soares, ex-presidente de Minas e o primeiro civil a comandar a Marinha. Ligue na TVA e assista. Em BH, canal 11 a cabo) e na Internet: www.almg.gov.br

    A Reunio Especial de Plenrio em homenagem Marinha do Brasil e memria do ex-presidente mineiro, Raul Soares de Moura, primeiro civil a ocupar a pasta ministerial desta Arma. O evento foi solicitado pelo deputado Joo Leite (PSDB). O parlamentar ressaltou a importncia da Marinha e de como ela tem contribudo para manter a soberania do Pas.
    A dupla homenagem, Marinha e ao ex-presidente mineiro, Raul Soares, guarda uma curiosidade. Alm de a Arma ter sido comandada por um civil, poca do governo de Epitcio Pessoa (1919 a 1922), a Marinha tem como comandante atual o almirante de esquadra, Jlio Soares de Moura Neto, sobrinho-neto de Raul Soares.
    No roteiro da solenidade, est prevista, alm da entrega de placa pela Assemblia ao representante da Marinha, a situao inversa, com a entrega de uma placa ALMG, pela Marinha. Tambm a Cmara de Belo Horizonte homenagear a Marinha do Brasil na mesma solenidade. A banda da Marinha far apresentao.
    A Marinha do Brasil uma das trs foras armadas do Pas, ao lado do Exrcito e da Aeronutica. Por meio de lei complementar, a Marinha recebeu algumas atribuies subsidirias, entre elas, a segurana da navegao, a salvaguarda da vida humana e a implementao e a fiscalizao do cumprimento de leis e regulamentos no mar e em guas interiores, com o objetivo de coibir infraes e enfrentar as chamadas "novas ameaas": os crimes transnacionais (contrabando, trfico de drogas e de armas), o terrorismo, os crimes ambientais e a pesca irregular.
    Atualmente, no cumprimento de sua misso constitucional, em especial na imposio da lei nas guas Jurisdicionais Brasileiras (AJB), principalmente nas reas de explorao e explotao de petrleo e gs, a Marinha emprega, primariamente, todos os meios navais, exceto submarinos, como elementos informativos na fiscalizao das AJB. A Marinha tambm faz todo o patrulhamento da Amaznia por meio de navios ou aes presenciais. So 4,5 milhes de quilmetros quadrados de rea a ser vigiada, para coibir aes como pirataria, contrabando, despejos ilegais de material poluente e explorao da fauna.
    Do ponto de vista econmico, 95% de todo o comrcio exterior brasileiro realizado por via martima, o que significa, entre exportaes e importaes, algo em torno de U$ 100 bilhes por ano. De acordo com o centro de comunicao da Marinha, alm da questo de segurana nacional, uma de suas mais significativas atividades a presena dos militares nos pontos mais remotos do Pas, levando amparo s comunidades mais carentes, sobretudo pela atuao dos Pelotes de Fronteira, do Correio Areo Nacional e dos Navios de Assistncia Hospitalar.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 3, 2008

    Bancos tero que explicar reajuste de tarifas Comisso de Defesa do Consumidor da Assemblia de Minas. Os aumentos chegaram, em alguns casos, a 150% - dizem os deputados.

    A Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou nesta quinta-feira (3/4/08) requerimento do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB). O parlamentar solicita audincia pblica para discutir a atitude de bancos, que segundo ele, anunciaram reajustes das tarifas bancrias, chegando em alguns casos a 150% em relao a janeiro do ano passado. Conforme regulamentao do Conselho Monetrio Nacional (CMN) e do Banco Central (BC), h impedimento do aumento das tarifas num prazo inferior a seis meses.
    A Lei 14.689, de 2003, que dispe sobre obrigatoriedade da informao ao consumidor de alterao no peso, nmero de unidade ou no volume do produto comercializado no varejo, tambm ser tema de reunio da comisso. Segundo o autor do requerimento, deputado Leonardo Moreira (DEM), a reunio pertinente na medida em que h inobservncia das normas contidas na lei por parte dos fabricantes, importadores e fornecedores.
    Foi aprovado ainda requerimento dos deputados Antnio Jlio (PMDB), Clio Moreira (PSDB) e Dlio Malheiros, para a formulao de voto de congratulaes ao deputado Vital do Rego Filho em razo da sua posse como presidente da Comisso de Defesa do Consumidor da Cmara dos Deputados.
    Presenas - Deputados Dlio Malheiros (PV), presidente; Antnio Jlio (PMDB) e Clio Moreira (PSDB).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 3, 2008

    BELEZA e POLTICA. Foi a visita, esta semana, da Miss Minas Gerais Globo 2008, Monique Curi Assemblia de Minas. Foi recebida pelos deputados Dr. Viana - 1 vice-presidente da Asssemblia - e por Ademir Lucas, do PSDB.

      


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 3, 2008

    T CERTO! Mas t ESQUISITO!!! A mdia diz hoje: embola sucesso Prefeitura de BH. Presidente Lula indica que preciso reavaliar o caso, que preocupa o Planalto. Foi o resultado da reunio do prefeito Pimentel com o presidente Lula, l em Braslia. E agora?


    Foto arquivo: prefeito Fernando Pimentel continua costura
     para viabilizar o nome de Mrcio Lacerda(PSB)
     e  deputado Roberto Carvalho(PT)
     na chapa apoiada por ele
     e pelo governador Acio Neves  Prefeitura de BH, em outubro.
    Ontem o prefeito Pimentel esteve em Braslia com o presidente Lula.
    As verses so muitas e as repercusses tambm.
    Confira!

    Para o deputado Andr Quinto, do PT mineiro, ficou claro que o prefeito Pimentel ter que reavaliar a posio inicial em relao ao nome indicado por ele - o empresrio Mrcio de Lacerda, atual secretrio de Desenvolvimento Econmico do governo Acio Neves.Coligao sim! Nome? A o riscado outro. Fala-se, que pode ser o da ex-reitora de UFMG, Ana Lcia Gazola, que tem a simpatia do ex-ministro Patrus Ananias. E do prprio deputado Andr Quinto.
    Ele do PSB, partido que foi para os holofotes, com fora, a partir do momento em que o prefeito Fernando Pimentel levou o nome de Mrcio Lacerda para a mesa de entendimentos com o governador de Minas, Acio Neves. 
    O presidente do PSB, deputado Vander Borges, a  partir da, est articulando 24 horas por dia, para que o desejo do prefeito Fernando Pimentel se realize, dentro do PSB, mas Borges cauteloso, e em nenhum momento atroplou o processo, sempre dizendo que a deciso do nome do PSB deciso soberana da maioria dos membros da executiva.
    bom lembrar aqui, que alm do empresrio Mrcio de Lacerda, outro nome lembrando do PSB da professora Ana Maria Gazola.
    E agora pouco, eu conversei com o deputado Roberto Carvalho, nome citado para vice, numa chapa PT/PSDB/PSB. O deputado nos disse que tem muita verso, por a, conflitante com os fatos.
    Segundo ele, na reunio com o do prefeito Pimentel, com o presidente Lula, desevolveu-se o seguinte. O presidente disse que a coligao do PT com o PSDB est certa. Mas tem rudo. Pediu que o prefeito corrija esses rudos.
    Mais nada? Mais nada disse Roberto Carvalho. E completou: no vai haver mudana de nome definido pelo prefeito de BH. Ser mesmo o empresrio Mrcio de Lacerda. E usou uma imagem da roa. Disse: quando voc est numa estrada de cho, poeirenta, o que acontece. Voc passa, a poeira lenate. E depois, vai baixando, baixando...
    No final da rpida conversa conosco ele disse: olha ns os delegados do PT que vamos definir no dia 13 e depois no dia 27. Ponto final!
    E no PSDB, a primeira baixa. O deputado Joo Leite no vai apoiar a chapa PT/PSDSB.Vai trabalahar para alguns nomes que buscam cadeiras na Cmara de BH.

    Concluso; no tem. Poltica isto mesmo. Principalmente, aqui em Minas, aonde vale a sabedoria das raposas polticas, como o udenista Magalhes Pinto:"Poltica como nuvem. Voc olha, v uma figura. Olha de novo e j mudou.
    " Recomento olhar as nuvens!!!
     Do cu poltico, claro!




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 3, 2008

    O COLRIO desta quinta-feira vem mais uma vez do portiflio do nosso amigo, o colunista Csar Romero da Tribuna de Minas.


    Marcela Tinti, modelo juizforana que faz sucesso no Rio, participa de um ensaio de
    seis pginas na revista Um (universo masculino) que chega as bancas dia 15, trazendo na capa Dbora Nascimento -
    musa da Portelinha, na novela Duas Caras

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Abril 3, 2008

    Agncia Mineira chega na frente em concorrncia internacional para atender projeto de Associao Educacional Espanhola. Nossos parabns ao jornalista Schubert Arajo, profissional de ponta.

    Multitexto ganha concorrncia para produzir a segunda edio da revista da Rede Brasileira de Cidades Educadoras

     Ano passado agncia tambm venceu a disputa para elaborar a primeira edio

     A Multitexto Comunicao Empresarial, em concorrncia internacional comandada pelo jornalista Schubert Arajo, foi novamente a agncia selecionada pela Secretaria Municipal de Assuntos Internacionais da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) para produzir a segunda edio da revista da Rede Brasileira de Cidades Educadoras, vinculada Associao Internacional das Cidades Educadoras (AICE), que tem sede em Barcelona, na Espanha. Atualmente, Belo Horizonte a coordenadora da Rede Brasileira de Cidades Educadoras. 

     
    Ano passado, a Multitexto tambm venceu a concorrncia, que teve a participao de outras trs agncias, para criar a primeira edio.

    Prevaleceu o critrio tcnico ao invs de meramente o fator preo. 
    Participaro desta segunda edio brasileira, que ter como tema "Reabilitao Urbana: A Cidade Inclusiva", um total de nove cidades (Belo Horizonte (MG), Caxias do Sul (RS), Dourados (MS), Gravata (RS), Jequi (BA), Santo Andr (SP), So Carlos (SP), So Paulo (SP) e Sorocaba (SP).

    A revista ser apresentada aos participantes do X Congresso Internacional de Cidades Educadoras, que acontece de 24 a 26 de abril prximo, no Palcio de Convenes do Anhembi, em So Paulo. Este ser o primeiro encontro internacional da AICE a realizar-se na Amrica Latina.









                                                  


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    Ao fundo o Painel Eletrnico da Assemblia de Minas, mais moderno, dentro da tecnologia de terceira gerao. No primeiro plano, da esquerda para a direita, o deputado Luiz Tadeu Lima, de costa Ana Maria Resende e de frente Arlen Santiago - todos da bancada do norte de Minas. Eles e seus colegas j esto usando o novo equipamento de votao eletrnica no plenrio pres. JK, aqui em BH.

      


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    Modernidade chega ao Painel Eletrnico da Assemblia de Minas.

    A Assemblia Legislativa de Minas Gerais conta, desde tera-feira (1/4/08), com um novo painel eletrnico de votaes no Plenrio. Depois de 15 anos de sua implantao, o painel passou por uma modernizao e atualizao de seu software e hardware. O sistema confere mais agilidade, transparncia, segurana e sigilo ao processo de votao, informaes completas sobre a presena de deputados no Plenrio ou nas Comisses e sobre as reunies em andamento, alm de proporcionar melhor controle do tempo utilizado pelos parlamentares em seus pronunciamentos.
    Foram implantados displays programveis com os nomes e partidos dos 77 deputados estaduais que, antes, eram impressos em placas acrlicas que precisavam ser removidas a cada alterao no corpo parlamentar, com a utilizao de andaime.
    A mesa da Presidncia tambm ganhou dois quadros sinpticos, aparelhos que permitem ao deputado que dirige os trabalhos acompanhar a votao, verificar o tempo dos discursos, o nmero de deputados presentes e todas as outras informaes permitidas pelo sistema. No Plenrio e nas Comisses tambm foram atualizados os equipamentos para registro de presena dos parlamentares.
    As duas tribunas do Plenrio ganharam, ainda, relgios cronmetros para que os oradores acompanhem a contagem de tempo de seus pronunciamentos. Alm dos novos equipamentos, o software tambm foi atualizado.
    O trabalho foi desenvolvido pela empresa Visual Sistemas Eletrnicos, de Belo Horizonte, lder nacional do mercado de painis e avisos eletrnicos. A empresa atende a clientes como o Senado Federal, Assemblias Legislativas de Gois, Cear e Tocantins, Cmaras Municipais do interior de So Paulo e bancos em todo o Pas. O custo total foi de R$ 564.335,40.
    De acordo com o assessor da Diretoria de Processo Legislativo, Fernando Nascimento, responsvel tcnico pelo projeto, o servio foi contratado diretamente, conforme permitido pelo inciso I do artigo 25 da Lei Federal 8.666, que regulamenta as licitaes. Ele explicou que a Visual a nica empresa nacional capacitada a prestar assistncia neste tipo de sistema de votao.
    Segundo ele, a reforma foi feita para assegurar melhor qualidade no servio prestado pela Assemblia. "Procuramos aliar segurana e economicidade para inserir o parlamento mineiro no mundo da convergncia digital", explicou.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    FESTIVAL DA LOUCURA de Barbacena. Informaes do site barbacenanews.com

    Comea nesta quinta o 3 Festival da Loucura
    Abertura oficial ser s 19h


                                                     


    Pitty, uma das atraes musicais


                      Cristvam Abranches / Luiz Lcio / Daniele Ribeiro


     

    Um festival indito no pas comea nesta quinta-feira, dia 3, em Barbacena: o Festival da Loucura, em sua terceira edio. A programao dos quatro dias do evento vai envolver uma parte cientfica e outra musical, com shows de Marcelo D2, Pitty, Rodrigo Nzio, Du Conde, Bar de Papo, bandas Luxria e Manac, Ranier e Cazuza Cover.

    Destaques da parte cientfica, segundo o mdico psiquiatra e vice-prefeito Jairo Toledo, sero as mesas redondas, uma com o tema "Nunca houve um homem como Heleno", que vai focalizar a vida de Heleno de Freitas, craque de futebol, que morreu em Barbacena, vtima de sfilis e outras com os temas "O Alienista, Comemorao do Centenrio de Machado de Assis" e "Van Gogh, o Artista e o Sujeito".
    A programao marca tambm a divulgao do resultado do concurso Memorial das Rosas. Jairo Toledo enfatiza que o concurso aconteceu em nvel nacional, com mais de 20 propostas inscritas de vrios estados, como Rio Grande do Sul, Paran e So Paulo.

    A abertura oficial ser s 19h, na praa da Estao, com a presena do prefeito Martim Andrada e do secretrio de Estado da Sade, Marcos Pestana. Logo aps acontece a abertura das exposies culturais nas tendas armadas nas imediaes do palco principal e no prdio do Centro Ferrovirio de Cultura. s 22h comea o show de Marcelo D2.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    Vem a, em maio o 25 Congresso Mineiro dos Municpios. Ser de 5 a 7 de maio no Expominas. Inscries de graa. Confira detalhes!



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    MISSO MINEIRA est nos Emirados rabes. frente da Misso, que rene 47 empresrios, esto o vice-governador Antnio Anastasia e o presidente da FIEMG, Robson Andrade. As informaes foram enviadas ao nosso BLOG DE NOTCIAS por Regiane Moreira Nascimento do Centro Internacional de Negcios da FIEMG, pilototado pelo competente Carlos Abjaldi. *Agradeo a contribuio!








    O vice-governador de Minas, prof. Ant|nio Anastasia -
    que est se tornando um verdadeiro EMBAIXADOR DE MINAS
    (esteve h pouco tempo frente de uma outra misso, s que na Austrlia),  
    est desde ontem nos Emirados rabes
     na Misso Empresarial liderada pela Fiemg.

    Uma delegao composta por 47 empresrios mineiros, liderada pelo vice-governador de Minas Gerais, Antnio Anastasia, e pelo presidente da Fiemg, Robson Andrade, iniciou nesta tera-feira, 1 de abril, uma viagem de negcios aos Emirados rabes e Egito.
     " uma misso multisetorial. Achamos que o mundo rabe de muita importncia e que Minas ainda est muito tmido para esse mercado", afirmou o gerente do Centro Internacional de Negcios (
    CIN) da Fiemg, Carlos Abijaodi.
    A misso, cujo objetivo prospectar negcios no mercado rabe, composta por empresrios e presidentes de sindicatos dos setores de alimentos, mveis, txtil, fertilizantes, calados, material de construo, papel e celulose, borracha, softwares, eletroeletrnico, metal e mecnica, produtos mdicos e purificadores de gua.
    Como membros do governo mineiro, tambm o
    deputado estadual Alberto Pinto Coelho, presidente da Assemblia Legislativa; os secretrios de Estado da Agricultura, Pecuria e do Abastecimento, Gilman Viana, e do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Jos Carlos Carvalho; e o subsecretrio de Assuntos Internacionais, Luiz Antnio Athayde.

    O primeiro compromisso aconteceu na Cmara de Comrcio e Indstria de Dubai (Dubai Chamber), que contou com a presena do novo presidente (desde maro passado), Abdul Rahman Saif Al Ghurair.
    No encontro, a delegao brasileira manteve contatos comerciais com 52 empresas dos Emirados, contatadas atravs de divulgao nos jornais locais. O subsecretrio Athayde apresentou uma palestra sobre o potencial de negcios entre Minas Gerais e Emirados rabes, ressaltando que o estado responde por cerca de 10% da economia nacional.
    tarde, a comitiva acompanhou uma conferncia sobre a Zona Franca de Jebel Ali, onde foram instaladas cerca de 3,5 mil empresas estrangeiras, especialmente asiticas, europias e americanas.
    O Brasil est presente na Zona Franca, com quatro empresas e um centro de distribuio da Cmara de Comrcio rabe-brasileira e a Agncia Brasileira de Promoo de Exportaes e Investimentos (Apex).
    A Zona Franca de Jebel Ali ser alvo de visita nesta tera-feira, 2. L, os brasileiros conhecero tambm o porto, contguo Zona Franca, que trabalha 24 horas, liberando o navio em, no mximo, seis horas. Trata-se do segundo maior porto do mundo em movimentao de conteineres, atrs apenas do de Singapura.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    Nota pinada pelo nosso BLOG DE NOTCIAS da influente coluna do jornalista paulo Csar de Oliveira do jornal Hoje em Dia. Para Ler e Pensar!

                                                                         Mobilizao

    O Sindicato dos Servidores da Polcia Civil do Estado de Minas Gerais (Sindpol/MG) comea mobilizao por melhorias salariais, j falando na possibilidade de greve, assunto que estava debaixo do colcho desde maio do ano passado.
    A assemblia da categoria est marcada para o dia 11 de abril e, na pauta da convocao, est includa a discusso da greve.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    Baixos Salrios. Servidores Administrativos da Polcia Civil esto ocupando agora (14h26m) as galerias do plenrio da Assemblia Legislativa de Minas. Nas faixas eles mostram que na Polcia Civil os salrios da categoria deles, so de 324,00 - um verdadeiro "caso de polcia" - diz uma das faixas colocadas pelos manifestantes nas galerias da ALMG.

    O deputado Sargento Rodrigues, do PDT, presidente da Comisso de Segurana Pblica, ocupou o microfone e anunciou que o assunto ser debatido em uma Audincia Pblica, que ser marcada para os prximos dias.
    J o deputado Welinton Prado do PT,  ocupou a tribuna com diversos contracheques dos servidores administrativos da Polcia Cicil em Minas. O deputado mostrou, por exemplo, um contracheque de um chefe de sesso, com vencimento bsico de 97,00 - e o funcionrio tem 30 anos de servio. Defendeu um aumento imediato para os servidores administrativos da Polcia Civil.
    O deputado petista apresentou requerimento ao governador Acio Neves e aos secretrios de Defesa Social e Chefia de Polcia Civil solicitando: reestruturao de cargos e salrios, assistncia mdica pela rea de sade da Polcia Civil, carga de trabalho de 40 horas semanais e promoo funcional pelo Conselho Superior de Polcia, e no pela Secretaria de Planejamento.
    O deputado Getlio Neiva, do PMDB, defendeu um movimento nacional para alterar a Lei de Responsabilidade Fiscal, que impede expandir a folha de pagamento de servidores em todo o pas.
    Ele chamou a ateno tambm para os salruios dos delegados de polcia em Minas, que segundo o deputado, de apenas 2.940,00. Pediu mudana nessa situao.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    PLANOS DE SADE. Audincia Pblica na Assemblia Legislativa de Minas, discutiu hoje o polmico assunto.

    Os impactos financeiros das novas coberturas mdicas previstas na resoluo normativa da Agncia Nacional de Sade Suplementar (ANS), que entraram em vigor hoje (2), foram o principal foco da audincia pblica realizada pela Comisso de Sade.
    Os deputados debateram a ampliao das coberturas previstas na Lei 9.961, de 2000, que trata do rol de procedimentos mdicos, e manifestaram preocupao com o aumento dos custos. Alm da novidade de novas coberturas, os deputados foram informados de ao judicial da Unimed Brasil sobre a responsabilidade de aumento de despesas.
    Autor do requerimento da audincia, o deputado Carlos Mosconi (PSDB) disse que o objetivo foi ouvir a ANS, as seguradoras de sade e os clientes.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    CONTAS DO GOVERNADOR de 2007. Os documentos foram entregues ao segundo vice-presidente da Assemblia, deputado Z Henrique, PMDB. Agora aguardar a anlise dom Poder Legislativo e a votaoem plenrio, ainda neste primeiro semestre.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Abril 2, 2008

    Adiada para amanh votao do parecer da Lei Complementar que trata da Organizao e a Diviso Judicirias do Estado. Leia com ateno para entender o caso!!!

    A Comisso de Assuntos Municipais e Regionalizao da Assemblia Legislativa de Minas Gerais adiou para a prxima quinta-feira (3/4/08) a votao do parecer de 1 turno do Projeto de Lei Complementar (PLC) 26/07, que altera a Lei Complementar 59, de 2001, sobre a organizao e a diviso judicirias do Estado. Em reunio nesta tera-feira (1/4), o relator da matria e presidente da comisso, deputado Weliton Prado (PT), distribuiu avulsos (cpias) de seu parecer, em que opina pela aprovao do projeto com as emendas 1 e 2, da Comisso de Constituio e Justia (CCJ), e emendas 3 a 23, que apresentou. De autoria do Tribunal de Justia, a proposio prev, originalmente, a criao de 210 cargos de juiz, a instituio do critrio populacional para a classificao das comarcas e a criao das comarcas de Fronteira e Juatuba, entre outras determinaes.
    De acordo com o relator, mais de 60% das emendas parlamentares foram acatadas, com o objetivo de facilitar a vida do cidado. "Queremos facilitar o acesso Justia, sobretudo no interior", explicou. Segundo ele, a Comisso de Assuntos Municipais se deteve sobre aspectos como criao de comarcas e varas, aumento do nmero de cargos de juiz e transferncia de municpios entre comarcas, deixando outros temas para as Comisses de Administrao Pblica e de Fiscalizao Financeira e Oramentria. Os deputados Wander Borges (PSB) e Lafayette de Andrada (PSDB) anunciaram a apresentao de novas emendas. Vrios servidores do Judicirio acompanharam a reunio.
    Entenda o contedo das principais emendas
    Uma das alteraes propostas pelo relator diz respeito ao nmero de cargos de juiz e s cidades beneficiadas. A emenda n 3 prev a criao de 282 cargos, e no os 210 propostos originalmente. O objetivo, de acordo com Weliton Prado, tornar a Justia mineira mais eficiente e propiciar o julgamento mais rpido dos processos. J a quarta emenda cria mais duas comarcas, uma em Matip e outra em Pains, atendendo, segundo o parecer, antiga reivindicao dos moradores dessas cidades. As emendas de ns 5 a 8 tratam de transferncia de municpios entre comarcas, por meio de alteraes no artigo 44 da proposio.
    Outra alterao diz respeito criao de Juizado de Violncia Domstica e Familiar contra a Mulher, prevista na Lei Federal 11.340, de 2006, a Lei Maria da Penha. O projeto original prev a criao desse juizado apenas em Belo Horizonte, mas as emendas ns 9 a 11 estendem o benefcio a Ipatinga, Ribeiro das Neves e Uberlndia. O relator salienta que as trs cidades so comarcas de entrncia especial segundo os critrios propostos no prprio projeto ( populao maior que 250 mil habitantes). Por outro lado, a ltima emenda altera esse critrio, reduzindo de 250 mil para 150 mil o nmero de habitantes necessrio para que a comarca seja de entrncia especial. Conseqentemente, as comarcas com populao inferior a 150 mil e com duas ou mais varas sero enquadradas na segunda entrncia, e aquelas com um s juiz, de primeira entrncia.
    Est prevista ainda a criao, em Belo Horizonte, de uma vara criminal especializada em crimes contra o idoso (emenda n 13) e de outra especializada em crimes contra a criana e o adolescente (emenda n 14). Outra alterao, que atende demanda dos servidores do Judicirio, est contida na emenda n 12. Ela mantm na Lei Complementar 59 o artigo 337, que assegura a algumas categorias de servidores a possibilidade de participar de concurso para ingresso na magistratura. J a emenda n 17 fixa prazo de 180 dias para o TJMG criar cmara especial para processar e julgar aes penais contra agentes polticos. Para isso, ela altera a redao do artigo 340 da lei. Outras emendas ampliam a estrutura das secretarias de juzo e o nmero de auditorias na Circunscrio Judiciria Militar de Belo Horizonte.
    Tramitao - Na CCJ, o PLC 26 foi considerado constitucional e recebeu duas emendas. A primeira aprimora o pargrafo 1 do artigo 45, facilitando a interpretao da norma. J a segunda d nova redao ao artigo 48 do projeto, determinando que o Tribunal de Justia, em 90 dias contados da data de vigncia da futura lei, encaminhar ALMG projeto criando cargos de assessor de juiz nas unidades jurisdicionais do Sistema de Juizados Especiais e em todas as comarcas de Minas, mediante indicao dos respectivos juzes titulares. Originalmente, o artigo estabelecia apenas o prazo de 180 dias para o TJMG encaminhar projeto sobre recrutamento de juzes leigos do Sistema de Juizados Especiais.
    Presenas - Deputados Weliton Prado (PT), presidente; Wander Borges (PSB), Padre Joo (PT) e Lafayette de Andrada (PSDB).




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    A FORA DA NOVA MDIA - senador Hlio Costa conectado com nosso BLOG DE NOTCIAS.

    Repercute em Braslia a matria que publicamos abaixo sobre a situao mineral no Estado. Receb E-mail do senador Hlio Costa, ministro das Comunicaes, sobre o assunto. Isto demosntra que o senador Hlio Costa est ligadissimo nas coisas de Minas e confere nosso BLOG DE NOTCIAS diariamente. Agradeo a ateno do senador, nosso amigo l de Barbacena, e prometo aprimorar nosso trabalho aqui na blogosfera. Confira a matria sobre o Seminrio Minas de Minas e comentrio do senador Hlio Costa, do PMDB.

                                         Deputados DE OLHO no setor mineral. Em JUNHO,
                  ser realizado o Seminrio MINAS de MINAS na Assemblia Legislativa de Minas.
                                                       O Seminrio ser de 9 a 12 de junho. 
                                                          DETALHE: agora em abril e maio
                                                       sero realizados Encontros Regionais
                                                              em 11 municpios mineradores
                                                  para coletar sugestes do interior deo Estado.

    Um dos mais importantes setores da economia do Estado, a indstria mineral, ser foco do Seminrio Legislativo Minas de Minas, a ser realizado pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais de 9 a 12 de junho. O objetivo coletar subsdios de representantes de empresrios, trabalhadores, acadmicos e da sociedade civil para a elaborao de uma poltica minerria estadual, alm de contribuir para aprimorar a poltica nacional. "Esperamos que esse seminrio possa trazer sugestes para aprimorar as atividades desse setor e, tambm, para iniciativas de proposies de lei", afirma o presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho (PP).
    Durante os meses de abril e maio, sero realizados encontros regionais em 11 municpios mineradores, para recolher as contribuies do interior. A primeira reunio ser dia 23 de abril, em Itabira, que o maior produtor do Estado. A agenda a seguinte: 25/4, Poos de Caldas; 28/4, Divinpolis; 29/4, Itana; 6/5, Sete Lagoas; 8/5, Congonhas; 13/5, Arax; 15/5, Paracatu; 20/5, Muria; 27/5, Tefilo Otoni; e 29/5, Governador Valadares.
    O seminrio est sendo construdo em parceria com instituies e organismos pblicos de meio ambiente, organizaes no-governamentais, entidades de classe empresariais e profissionais, representantes de parlamentares e de municpios mineradores. Os debates comearam a tomar forma no dia 11 de fevereiro, com a instalao das comisses tcnicas interinstitucionais (CTIs), compostas por representantes das instituies organizadoras e que vo discutir e apresentar propostas que sero debatidas nas reunies regionais.
    Um documento-sntese das proposies ser novamente discutido por grupos de trabalho durante o seminrio e, na plenria final, delegados escolhidos pelos participantes votaro as propostas do encontro, que sero encaminhadas para o presidente da Assemblia. "Nossa proposta nessa gesto fazer com que a Assemblia seja a caixa de ressonncia daquilo que mais importante e fundamental para o desenvolvimento do nosso Estado", comenta Alberto Pinto Coelho, ao reforar a importncia do seminrio.
    Minas lidera produo nacional
    Minas Gerais lder em produo mineral no Brasil, com 44% de participao, conforme dados do ltimo Anurio Mineral Brasileiro do Departamento Nacional de Produo Mineral (DNPM), de 2006. Naquele ano, o Estado faturou quase R$ 14 bilhes com o setor.
    A cadeia produtiva mineral - da extrao indstria de transformao de laminados, lapidados e aglomerados - representa 31% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual: 3,1% a extrativa e 27,9 a de transformao. Importante ressaltar, que o minrio est presente em praticamente todos os produtos usados no dia-a-dia como, por exemplo, adubos, computadores, artefatos agrcolas, automveis, eletrodomsticos, utenslios em geral, entre muitos outros.
    O Estado grande produtor de diferentes bens minerais, com destaque para minrio de ferro (198 milhes de toneladas: R$ 11,4 bilhes), ouro (14,8 toneladas: R$ 522 milhes), fosfato (871 mil toneladas: R$ 277 milhes) e calcrio (23 milhes de toneladas: R$ 251 milhes).
    Em relao ao minrio de ferro, Minas Gerais o maior produtor, com 71% da produo nacional. O Brasil o segundo maior produtor de minrio de ferro do mundo, somando 322 milhes de toneladas em 2006, representando 18,81% da produo mundial. Perde apenas da China, que produz 520 milhes de toneladas.
    Dados da Federao de Indstrias de Minas Gerais (Fiemg) revelam que a indstria extrativa mineral (minerao e metalurgia) do Estado quase triplicou as exportaes de 2005 para 2007, saltando de US$ 3,5 bilhes para US$ 8,4 bilhes.
    Outros dados de destaque, conforme informaes da Companhia de Desenvolvimento Econmico de Minas Gerais (Codemig):
    . Quase 50% da produo nacional de ouro tem origem em Minas Gerais.
    . O Estado responsvel por aproximadamente 53% da produo brasileira de minerais metlicos e 29% de minrios em geral.
    . Os produtos minerais e de origem mineral representam 50% de todas as exportaes do Estado.. Minas Gerais o maior produtor de ferro, ouro, zinco, nibio, fosfato, grafita, ltio e calcrio. Produz 75% do nibio do mundo.
    . Mais de 300 minas esto em operao. A atividade est presente em mais de 250 municpios mineiros.
    . Das 100 maiores minas do Brasil, 40 esto localizadas no Estado.
    . 67% das minas classe A (produo superior a 3 milhes de toneladas/ano) esto localizadas no Estado.
    . Dos dez maiores municpios mineradores, sete esto em Minas, sendo Itabira o maior do Pas.. Minas Gerais arrecada R$ 153 milhes da Contribuio Financeira sobre Explorao Mineral (CFEM), o que corresponde a 46,9% do total nacional.

    Deputados DE OLHO no setor mineral. Em JUNHO, ser realizado o Seminrio MINAS de MINAS na Assemblia Legislativa de Minas. O Seminrio ser de 9 a 12 de junho. DETALHE: agora em abril e maio sero realizados Encontros Regionais em 11 municpios mineradores para coletar sugestes do interior deo Estado.











                       Comentrios

    #1. hcosta - (heliocosta@mc.gov.br)
    Carssimo Joo Carlos
    tima matria com os dados da questo mineral. Seria oportuno lembrar que nosso estado est sendo exportado para a China. Que os buracos nas nossas montanhas de ferro esto aumentando e que a Usiminas est propondo fazer um siderrgica em Cubato, So Paulo, em joint venture com o Japo. Precisamos do valor agregado do minrio. Hoje ele o nosso bem mais precioso em Minas. Defender nosso rico solo defender Minas.
    Um grande abrao do amigo e admirador,
    Senador Hlio Costa
    #1. celmilo - (celmilogusmao@yahoo.com.br)
    S Mineiro para saber o que Minas de Minas.
    As notcias esto muito boas!
    Um abrao forte
    Celmilo e Andrea
    #2. Jose Aparecido Ribeiro - (jaribeirobh@gmail.com)
    Joo
    Este comentrio importante e oportuno do nosso Ministro e Senador Hlio Costa, mostra que ele est atendo e defendendo os interesses do nosso Estado. Parabns ao Ministro e a voc pelo destaque da matria, pela sua imparcialidade e objetividade na exposio do assunto. Acrescenta-se ao comentrio do Ministro que onde o Minrio passa, as estradas esto destruidas. De BH a Conselheiro Lafaiete, que "caminho da roa" dele e seu, existem nada mais nada menos do que 423 buracos. As crateras que ele cita nas montanhas so buraquinhos perto das que esto no asfalto. mais um motivo para os justificados comentrios do Ministro e providencias urgentes para que Minas pare de perder sua justa compensao.
    Um abrao
    Jos Aparecido Ribeiro
    Administrador e Estudioso dos Assuntos da Cidade.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    EM primeira mo!!! *PAINEL ELETRNICO do plenrio da Assemblia de Minas ganha novo visual. Os nomes do 77 deputados e deputadas aparecem agora nas cores vermelho (para registrar a ausncia), verde (presena do parlamentar) e laranja(o orador que estiver falando na tribuna) - um visual que chama a ateno e facilita conferir o nome e o partido de cada parlamentar. Mudana que veio em boa hora!

    Nas mesas os teclados foram trocados. Agora so digitais e com as letras e nmeros em tamanho maior para facilitar a visualizao nas votaes com o uso do painel eletrnico. O terminal de votao dos parlamentares com display grfico.
    Ou seja, a comunicao agora em IP - via rede - o que vai tornar as votaes mais rpidas, j que est eliminado o velho problema de, vez por outra, o parlamentar ir ao microfone para comunicar ao presidente que tinha votado, mas o painel no havia registrado o voto.
    Isto causava demora, j que o presidente da sesso tinha que gastar tempo ouvindo e mandando registrar o voto do reclamante. 
    Viva ateconologia, que chega com fora na poltica! 


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    ESTA NOTCIA VOC S VAI LER NOS JORNAIS DE AMANH!!! *O governador Acio Neves se reuniu hoje no Palcio da Liberdade, aqui em BH, com o embaixador americano Clifford Sobel. Discutiram a agenda do governador, que vai dia 15 a Washington, para uma reunio com o presidente do Banco Mundial, em busca de um emprstimo de 1 bilho de dlares para investimentos em Minas. Quem tambm estava no Palcio da Liberdade, era o secretrio de Desenvolvimento Econmico, Mrcio de Lacerda - ATENO: como ele gosta de ser chamado. Negou que j tenha sido convidado para ser o candidato a prefeito de BH na coligao PT/PSDB. , ele est aprendendo ARTE DA POLTICA MINEIRA. Negar, nengar, at que o fato possa ser e pomposamente anunciando. Ou seja, as costuras estejam reforadas. No partido dele, o PSB, o presidente em Minas, deputado Vander Borges era todo sorriso, agora tarde, no plenrio da Assemblia. Para ele fato consumado: Mrcio de Lacerda ser mesmo o nome. ENQUANTO ISSO l em Braslia: agora noite, o prefeito Fernando Pimentel tem um OLHO NO OLHO com o presidente Lula, o vice- Z Alencar e os ministros, senador Hlio Costa, do PMDB, o ministro e deputado federal Patrus Ananias do PT e o ministro chefe da Secretaria da Presidncia da repblica, Luiz Dulci. Ser o divisor de guas. No vai faltar adrenalina, j que o vce Z Alencas e os trs ministros reclamaram com o presidente Lula, que no foram chamados para conversar sobre a sucesso na prefeitura de BH. *OUTRO ASSUNTO: o secretrio de Desenvolvimento Econmico de Minas, Mrcio de Lacerda recebeu no gabinete dele representantes da Linkstrn, que atua na rea de controle ambiental, da Mangels - setor metalrgico - e da Emabar - laticnios e doces - que anunciaram investimentos de quase 234 milhes de reais no estado. Confira!











    Minas recebe mais R$ 233,6 milhes
    em investimentos privados

     









    Carlos Alberto/Secom MG

    Trs investimentos no valor total de R$ 233,6 milhes e que devero provocar a gerao de mais de 600 empregos diretos na regio metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), em Trs Coraes, no Sul de Minas, e em Lagoa da Prata, na regio Centro-Oeste do Estado, foram anunciados, nesta segunda-feira (31). Representantes da Likstrm, que atua na rea de controle ambiental, da Mangels, do setor metalrgico e da Embar, do segmento de laticnios e doces, estiveram na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econmico para a assinatura de protocolos de intenes.

     "So empresas bem-sucedidas em seus segmentos, bastante competitivas, e que, com a assinatura desses protocolos, reafirmam sua confiana em Minas Gerais. Nosso papel o de fazer com que esses investimentos no encontrem entraves, dando suporte s empresas, a fim de que os projetos tambm se revertam em benefcios para a populao do Estado", afirmou o secretrio de Desenvolvimento Econmico, Marcio de Lacerda, ao assinar os documentos. O secretrio lembrou que os novos investimentos decorrem do bom ambiente de negcios existente hoje em Minas proporcionado pela ao do Governo.
    Likstrm
    A Likstrm Engenharia Indstria e Comrcio, especializada em controle ambiental, j tem uma unidade fabril no municpio de Ipaba, no Vale do Ao. Ela investir R$ 70 milhes na implantao de outra unidade, dessa vez na RMBH. Tendo clientes nas reas de papel e celulose, siderrgicas, termoeltricas e fabricantes de cimento, zinco, alumnio e cobre, a empresa fornece tecnologia, servios e equipamentos que reduzem ou eliminam a emisso de resduos. 
    "Alm do mercado, o que atrai em Minas a mo-de-obra qualificada. Temos a meta de, no mdio prazo, fazer com que nossa unidade seja independente e que grande parte dos nossos equipamentos sejam fabricados em Minas. O protocolo que assinamos hoje foi um grande passo nesse sentido", afirmou o diretor da Likstrm, Joo Marcelino de Andrade. Os investimentos geraro 40 empregos diretos.
    " um mercado em expanso, j que a palavra de ordem no mundo atualmente sustentabilidade ambiental. uma empresa brasileira, muito especializada, de alta tecnologia e competitividade, e que tem muito a oferecer s empresas mineiras", disse o secretrio Marcio de
    Lacerda.
    Mangels
    Com o objetivo de viabilizar a expanso da unidade industrial no municpio de Trs Coraes, a Mangels Indstria e Comrcio investir R$ 79 milhes para incrementar a produo de rodas de alumnio, alm de tanques de combustvel e ar para caminhes e cilindros domsticos para GLP.
    A empresa um dos maiores fabricantes de rodas da Amrica Latina. Com o investimento na planta de Trs Coraes, que produz rodas de alumnio para autos, destinadas aos mercados interno e externo, seja para montadoras ou para reposio (aftermarket), a Mangels pretende ampliar a produo dos atuais 90 mil mensais para 230 mil, fazendo com que a linha tenha capacidade para cerca de 2,8 milhes de unidades/ano. O nmero de empregos passar de 1,4 mil para cerca de 1,8 mil.
    "O momento para o setor de autopeas promissor. Nunca se vendeu tantos veculos, as montadoras esto em pleno processo de expanso e o mercado de peas como as produzidas pela Mangels exerce extrema atratividade para o consumidor", comentou o secretrio Marcio de Lacerda.
    "Nossa nfase maior no segmento rodas, com nfase no mercado interno, mas parte dos investimentos programados tambm ser destinada para a nossa outra unidade na cidade", explicou o procurador da empresa, Antnio de Pdua Spinelli. A Unidade Cilindros, tambm localizada em Trs Coraes, produz cilindros de baixa presso, tanques para ar e combustvel para caminhes e nibus, servios de requalificao, cilindros para GLP.
    E
    mbar
    A Embar Indstrias Alimentcias est investindo R$ 84,6 milhes em sua unidade de Lagoa da Prata. O projeto, iniciado no ano passado e que deve ser concludo at o fim de 2009, tem como objetivo incrementar a produo de leite em p, leite condensado, creme de leite, bebidas lcteas, doce de leite, caramelos e balas mastigveis.
    A empresa vai destinar R$ 70 milhes a sua linha de laticnios, sobretudo em obras de construo e implantao, na compra de mquinas e equipamentos, e na aquisio de veculos como carretas, caminhes-ba e caminhonetes. O restante ser usado para incrementar a produo de confeitos e doces, com a maior parte destinada compra de novos equipamentos. Um dos principais objetivos do projeto de expanso aumentar a produo para atender o mercado nordestino, grande comprador de leite em p. 
    O projeto vai resultar na gerao de 200 empregos diretos, que se somaro aos 1,1 mil existentes. Mas o impacto social na gerao de empregos ser muito abrangente. "Vamos aumentar nossa captao de leite para atender ao aumento da demanda das nossas linhas. Atualmente, captamos 1,1 milho de litros/ms, num raio de at 470 quilmetros da fbrica. Com a expanso vamos captar 1,7 milho de litros/ms", afirmou o diretor administrativo e financeiro da Embar, Hamilton da Rosa Antunes.
    " uma empresa tradicional, de grande porte e que est agregando valor cadeia produtiva do leite em Minas. A meta do Governo de Minas ajudar a iniciativa privada mineira a ter a mesma potncia no setor de laticnios com idntica fora que produzimos leite in natura", afirmou o secretrio.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    Enfrentando a telinha!!!

    Socorro, Estou na TV!!!
    O curso foi ministrado por ns para o mdico cadiologista,
    dr. Vismrio Camargos - mineiro de Malacacheta -
    mas que exerce a medicina h muitos anos em Varginha no sul de Minas.
    Ele tem planos de disputar - numa coligao - a Prefeitura de Varginha. Como l 70% da eleio so disputados pela TV, o dr. Vismrio atendeu a recomendao de nos procurar, feita por um dos nossos primeiros clientes do curso "Socorro, Estou na TV", o nosso ex-vice-governador de Minas, Clsio Andrade, atual primeiro suplente de senador, de Eliseu Rezende.

     RESULTADO: o dr. Vismrio Camargos saiu do media trianning com nota 10, com louvor,
    pelo interesse, capacidade de captar as informaes com velocidade,
    raciocnio rpido, voz de bartono, bem colocada.
    Fica o registro e nosso muito obrigado ao nosso cliente,
    dr. Vismrio, mulher dele, Clia Andrade
     e ao Marclio Soares da Virtual Cinema e Vdeo,
    que tambm nos recomendou
     para dar o curso ao dr. Vismrio.








                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    MUDANAS NO CLIMA!!! o tema da III Conferncia Estadual do Meio Ambiente. A abertura ser amanh, dia 2, no SESC Venda Nova. - perto de BH. Vai at sexta-feira.

    As mudanas do clima e os efeitos causados ao meio ambiente o 
    tema da III Conferncia do Meio Ambiente de Minas Gerais, que ser 
    realizada de 2 a 4 de abril no SESC (Bairro de Venda Nova), em Belo 
    Horizonte. A MINISTRA DO MEIO AMBIENTE, MARINA SILVA, SER 
    REPRESENTADA PELO PRESIDENTE DO IBAMA, BAZILEU ALVES MARGARIDO. Tambm 
    participaro da conferncia o presidente da Agncia Nacional das 
    guas, Jos Machado e o coordenador-executivo da Conferncia Nacional 
    do Meio Ambiente (CNMA / MMA), Geraldo Vitor de Abreu. A conferncia  
    um espao democrtico, de carter transversal e que envolve a 
    participao de todos os segmentos da sociedade: empresarial, 
    governamental e sociedade civil.

       As conferncia municipais e regionais so preparatrias para a 
    etapa estadual. Em 2007, foram realizados nove Conferncias Regionais 
    em diferentes regies de Minas Gerais, nas quais foram eleitos 
    delegados que participaro da etapa estadual e definiro as 
    proposies com base nas discusses realizadas em todo o Estado. O 
    documento final ser encaminhado para a III Conferncia Nacional de 
    Meio Ambiente, que acontecer de 7 a 11 de maio, em Braslia. Cerca de 
    400 pessoas conferncia j foram realizadas em todo o pas, 
    mobilizando mais de 50 mil pessoas.

       A III CEMA est a cargo da Comisso Organizadora Estadual (COE), 
    Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel 
    (Semad) e Ibama/MG. Tambm compem a Comisso representantes da 
    sociedade civil, setor empresarial e governos municipais.

       NACIONAL - As mudanas climticas trazem implicaes para a vida em 
    todas suas formas, acelerando os problemas e prejudicando a qualidade 
    de vida. As secas prolongadas, as enchentes, a diminuio da 
    biodiversidade, entre outros comeam a ser sentidos em todo o mundo. A 
    III CNMA ter o desafio de debater uma das principais preocupaes 
    ambientais do planeta: as mudanas climticas. O tema, que at ento 
    estava restrito comunidade cientfica, governos e ambientalistas, 
    ganhou mais visibilidade aps a divulgao dos relatrios do Painel 
    Intergovernamental sobre Mudana Climtica (IPCC). Atualmente, o mundo 
    inteiro se debrua na busca de solues para enfrentar os impactos 
    causados pelo aquecimento global.

       At abril de 2008 estaro ocorrendo conferncias do meio ambiente 
    em todo o pas. Nesses fruns, diferentes setores da sociedade 
    discutem suas preocupaes e responsabilidades, bem como apresentam 
    reivindicaes e sugestes. Ao final desses trabalhos, os delegados 
    indicados pelos grupos regionais participam da plenria nacional, onde 
    so aprovadas deliberaes ao MMA e recomendaes a outros rgos e 
    instituies de governo.

    Suzane Dures -Celular em Belo Horizonte: (31) 8309-3265Assessora de imprensa
    Conferncia Nacional do Meio Ambiente - CNMA
    Departamento de Cidadania e Responsabilidade Socioambiental /DCRS
    Secretaria de Articulao Institucional e Cidadania Ambiental /SAIC
    Ministrio do Meio Ambiente/MMA



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    O COLRIO desta tera-feira em dose dupla. Vem da coluna do meu amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Betina Mojen e Natalia Carrato fazendo
    posse para os flashes na noite da W 100

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    Vem a o 10 Prmio IMPRENSA EMBRATEL. Em Minas, quem pilota a Embratel, o mineiro de Ub, ALTIVO DE OLIVEIRA, diretor regional da Empresa. A nota sobre o Prmio Imprensa Embratel ns pinamos da coluna de Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

    At o dia 20 de junho esto abertas as inscries para o 10 Prmio Imprensa Embratel, que tem como objetivo reconhecer e estimular reportagens que representem uma efetiva contribuio para a incluso social e a promoo do desenvolvimento sustentvel, gerando cidadania para a populao e uma radiografia realista e construtiva do Brasil.
    Com o incentivo da Lei Rouanet, do Ministrio da Cultura, e da Lei de Incentivo Cultura do Governo do Estado do Rio de Janeiro, o prmio vai distribuir R$ 166 mil.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    Partidos j buscam nomes para compor chapas de vereadores em BH. Aqui na capital so 41 cadeiras. O PV,por sua vez, fez mutiro de filiao esta semana. E entre os que vo disputar nas urnas para vereador, est o Administrador de Empresas, JOS APARECIDO RIBEIRO, que atuou com sucesso como executivo ds Arco Engenharia e na presidncia da ABIH. Profundo conhecedor de BH, Z Aparecido, vai defender a bandeira das mudanas no trnsito de Bh que est catico e na segurana pblica. Ele foi um dos idealizadores no tempo do coronel Severo dos CONCEPS na regio de Lourdes.


    Z Aparecido Riberiro, o jornalista Hlio Fraga,
    o diretor nacional da CLARO em SoPaulo, rik Fernandes,
     que brilhou no trabalho feito para a operadora em Minas,
    que foi passaporte para o importante cargo
    que agora exerce na capital paulista.







       Comentrios

    #1. Jose Aparecido Ribeiro - (jaribeirobh@gmail.com)
    Joo

    Obrigado pela delicadeza do comentrio. De fato estou filiado ao PV e vejo grandes possibilidades de entrar na vida pblica. Gosto de BH, estudo esta cidade de forma sistemtica j h 20 anos e acho que posso contribuir para melhorar um pouco o caos que se abateu sobre o transito, o transporte coletivo e a segurana.
    Espero contar com a sua ajuda para isso. Dizem que quem tem Padrinhos no morre pago. Na foto estou ao lado de trs, todos de peso. O que no aparece est atrs da cmera e desta maneira me ajudar a compor a Cmara de BH.
    um abrao
    Z


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Abril 1, 2008

    POLTICA MUNICIPAL. Partido Verde diz que ter candidatura prria Prefeitura de BH.

                                 MUTIRO DE FILIAES DO PARTIDO VERDE 
                                                         SUPERA EXPECTATIVA

                                              E LEVA EXECUTIVA A SE DECIDIR
                                                    POR CANDIDATURA PRPRIA.

             "Mesmo os clculos mais otimistas de nossas lideranas foram amplamente superados. Talvez isto explique porque o PV foi o partido que mais cresceu nas eleies passadas e, certamente, vai continuar crescendo". As declaraes so do Vice-Prefeito, Ronaldo Vasconcellos, responsvel pela organizao  do "Mutiro de Filiaes", que aconteceu nesta segunda-feira (31/03), na nova Sede Estadual do PV (Rua Padre Marinho, 293 Santa Efignia fone: 3241-7124), durante toda tarde.

               Cerca de 500 militantes foram dar apoio iniciativa e o nmero de novas filiaes superou a casa das 300.

               Alm de Vasconcellos, um dos pr-candidatos do partido Prefeitura de BH,  estiveram presentes as principais lideranas do Partido em Minas Gerais, como o Presidente Estadual do PV, Deputado Federal Jos Fernando Aparecido, o Presidente Municipal, Vereador Ovdio Teixeira, o Deputado Federal Antnio Roberto, o Deputado  Estadual Dlio Malheiros, o ex-Deputado Federal Leonardo Matos e membros da Executiva Estadual e Federal do PV, como Antnio Faria, Guilherme Dumont e Antnio Machado.  
                Embora o encontro fosse dirigido mais especificamente aos membros do partido no mbito municipal, tambm estiveram presentes os presidentes das comisses provisrias de vrias cidades da RMBH e do interior, como de Nova Lima, Ribeiro das Neves, Jaboticatubas, Contagem, Vespasiano e Ouro Preto.

                Segundo Ronaldo Vasconcellos, mais do que um "Mutiro de Filiaes", provando a unidade partidria e o interesse das novas geraes da poltica pelas idias e programas defendidos pelo Partido Verde, o encontro serviu para que os pr-candidatos s eleies municipais (dezenas deles tambm compareceram) e a militncia do partido pudessem afinar o discurso, discutir os rumos e trocar idias sobre o atual quadro poltico em Minas e no Brasil.

               Tendo em vista os resultados do encontro, a Executiva Municipal do PV se reuniu no final da noite, segundo o seu presidente, Vereador Ovdio Teixeira, decidiu oficialmente pelo lanamento de uma candidatura prpria prefeitura de Belo Horizonte.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail