Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16300)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019
    Julho, 2019




    .

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2012

    Momento histrico!!! O empresrio mineiro Elias Raid - leia-se Grupo Vime - homenageou seu amigo o general Rafael Catumbila, que foi adido militar do governo de Angola no Brasil. O general retornou ao seu pas e assumiu a direo nacional do governo angolano. , segundo Raid, o quarto homem na linha de poder em seu pas. HOJE, dia 31, dia de eleio em Angola.0 presidente Jos Eduardo Santos candidato reeleio. Aqui no Brasil, falei com Elias Raid: ele est hoje em Itamonte, sul de Minas cuidando da implantao do centro de referncia de esporte no Hotel Villa Alpina - seu mais novo investimento na regio sul mineira.

     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2012

    Minas tema para o Madrid Fusin - o maior Festival Gastronmico do planeta

    Diretora do Madrid Fusin
    destaca escolha de Minas Gerais
    como tema do evento em 2013


    Uma das criadoras do maior festival gastronmico do mundo,
    Lourdes Plana ressalta potencial da culinria mineira
    e fala sobre a evoluo da gastronomia internacional



    Glria Paiva, da Agncia Minas
    A gastronomia de Minas Gerais vai ser o tema central da edio de 2013 do Madrid Fusin, considerado o maior festival de gastronomia do mundo. Em entrevista exclusiva Agncia Minas, a diretora-executiva do evento, Lourdes Plana, explica os motivos da escolha. "Levamos em conta a tradio da culinria mineira e o esforo que est sendo feito para promover a gastronomia do Estado", afirma.

    Lourdes Plana veio a Minas Gerais para formalizar a participao do Estado no evento, que ser realizado na capital espanhola em janeiro do prximo ano, e tambm para participar do Festival de Gastronomia de Tiradentes. Na entrevista, a diretora do Madrid Fusin fala sobre a criao do festival e os grandes momentos do evento em suas dez edies, destacando, ainda, as transformaes recentes ocorridas nas gastronomias mundial e brasileira, que passam a ter status de patrimnio cultural.

    De acordo com Lourdes Plana, os benefcios da valorizao da cultura gastronmica de um pas ou regio so inegveis e, com a globalizao e uma nova moda que volta os olhos ao tema, a gastronomia torna-se uma grande oportunidade para o desenvolvimento social, cultural e econmico.
    No caso da Espanha, por exemplo, a notoriedade de sua culinria, conquistada por nomes como Ferran Adri e Andoni Aduriz, vem atraindo turistas e estimulando a compra de produtos e servios do ramo. Tudo isto aquece a economia e alcana desde os grandes restaurantes at as pequenas pousadas e produtores, s cooperativas de produtos tpicos, aos rgos reguladores da qualidade, em uma longa cadeia produtiva.

    Mas como fazer para que a gastronomia de um pas se torne este elemento transformador? Para Lourdes Plana, o intercmbio, o compartilhamento e a ousadia para criar so a r
    esposta. O que a motiva, ela conta, "mexer com a conscincia dos cozinheiros".

    Ela uma grande admiradora dos chefs espanhis que romperam as regras da escola francesa e passaram a compartilhar seus "segredos", a inventar novas tcnicas, a pesquisar ingredientes desconhecidos e a trocar experincias com chefs pelo mundo. Este, afirma ela, o esprito do Madrid Fusin.
    Confira, a seguir,
    os principais trechos da entrevista
    com Lourdes Plana.

    Com a escolha de Minas Gerais como tema do Madrid Fusin 2013, esta a primeira vez que um Estado subnacional tema do evento. Por que a culinria mineira foi escolhida?
    O Brasil j foi representado no Madrid Fusin por chefs brasileiros de renome. Mas com relao a Minas, tudo comeou quando tive contato com pessoas da regio e eles me contaram sobre o Festival de Gastronomia de Tiradentes, sobre o histrico e a tradio da culinria mineira e sobre o esforo que est sendo feito para promover a gastronomia deste Estado. O Brasil muito grande e tem uma variedade imensa de culturas culinrias. quase como a Europa inteira e por isso pensamos: por que no comear com um estado dentro de um pas deste tamanho?
    Qual a sua viso sobre as culinrias mineira e brasileira?
    Percebo que a cozinha brasileira vem subindo de nvel h alguns anos nas mos de chefs como Alex Atala. uma culinria que vem se afinando, refinando e tornando-se internacional. Em Minas, ainda h muita tradio, mas tambm h uma gerao reinventando a cozinha. Hoje, h grandes cozinheiros no Brasil o que antes era difcil de ver. O Brasil um pas com potencial imenso, por sua variedade de produtos, cozinhas e regies. Creio que Minas tambm tem este potencial.
    Como surgiu o Madrid Fusin?
    Eu era diretora de uma revista especializada em gastronomia chamada Restauradores. Uma vez fui a um congresso sobre o tema em San Sebastin (Espanha), chamado "Lo mejor de la gastronomia" e isto me deu a idia de propor ao meu editor, Manuel Quintanero, e a Jos Carlos Capel, que era meu amigo e proprietrio de uma empresa de comunicao focada em gastronomia, a montar algo parecido. Mas na nossa concepo, deveria ser um encontro internacional, porque neste momento do mundo precisvamos continuar olhando no s para o que fazamos na Espanha, mas tambm para o que era feito no resto do mundo. O objetivo era unir cozinheiros espanhis aos nomes internacionais. 

    "O Brasil um pas com potencial imenso,
    por sua variedade de produtos, cozinhas e regies.
    Creio que Minas tambm tem este potencial"


    O Madrid Fusin  talvez o mais importante evento deste tipo no mundo e comeou em 2003. Como ele evoluiu desde ento?
    Nestes quase dez anos, ns viajamos a lugares dos mais diversos, como Hong Kong, Cingapura, Austrlia, Amrica do Sul, Amrica do Norte e Europa para fazer pesquisas, conhecer produtos, restaurantes e chefs e, principalmente, trazer estes chefs aos encontros do Madrid Fusin. Por isso, o evento virou um encontro mundial para ver e ser visto, para servir e experimentar as novidades. A cidade de Madri virou um ponto de encontro para os gastrnomos. Mas a verdade que nunca pudemos imaginar que chegaramos aonde chegamos.
    O que o Madrid Fusin conseguiu transformar, dentro do cenrio gastronmico mundial, na sua opinio?
    O que nos motiva movimentar a culinria mundial, mexer com a conscincia dos cozinheiros. Nestes dez anos, percorremos um caminho internacional impressionante, muito rapidamente. Graas aos congressos e encontros, criamos um cenrio em que os chefs passaram a contar seus "segredos" e a trocar experincias. At ento, a escola francesa predominava e defendia que no se podia revelar nada. Por isso, no se avanava, no havia evoluo. Mas os chefs espanhis foram os primeiros a romper com esta regra e a adotar a cultura do compartilhamento. Alguns representantes desta gerao que ensinou muito ao mundo so Ferran Adri, Juan Mari Arzak e Andoni Aduriz. Isto um orgulho muito grande para ns.
    Como funciona este "intercmbio gourmet" do Madrid Fusin?
    So dezenas de pases todos os anos. J recebemos chefs do Canad, Estados Unidos, Mxico, Venezuela, Brasil, Peru, Austrlia, Singapura, China, Japo, Tailndia, Turquia e de quase todos os pases europeus. Ns, da organizao, pesquisamos, conversamos com amigos, nos informamos e convidamos os chefs que queremos ver no evento. Uma vez viajamos Coreia do Sul e conhecemos tcnicas espetaculares. Ento decidimos trazer chefs coreanos e, posteriormente, o governo do pas quis participar ativamente. Quando isso acontece, fantstico. A cozinha coreana entrou para valer no cenrio internacional, ganhou presena em restaurantes na Espanha e recebeu uma publicidade muito importante. Agora, a cozinha coreana est na moda na Europa e se utiliza produtos e receitas coreanas em muitos lugares.

    "As pessoas vem o movimento e pensam:
    algo est acontecendo na Espanha, vamos provar."


    A Espanha se expandiu muito, nos ltimos anos, na promoo e fortalecimento de sua gastronomia. Do seu ponto de vista, o que provocou este fenmeno?
    Primeiramente, os cozinheiros. A cozinha espanhola sempre se destacou, porque temos uma grande quantidade de matria-prima, produtos variados, culinrias diferentes em cada regio e sempre comemos muito bem. Mas ela no era to conhecida e entrou na moda com a nova cozinha espanhola, que criou um estilo prprio no mundo, com seus representantes que citei anteriormente e que agora tm seguidores em toda parte. A cozinha clssica ainda existe, mas as novas tcnicas desenvolvidas na Espanha realmente mudaram a gastronomia mundial. Um congresso como o Madrid Fusin, o primeiro deste porte, contribuiu bastante ao trazer chefs e jornalistas estrangeiros para conhecer esta realidade. H trs anos, fizemos um grande encontro no Japo de cozinha espanhola. H cinco anos, fizemos outro em Nova York e estas aes vo criando a publicidade da nossa gastronomia em cozinhas do resto do mundo. As pessoas vem o movimento e pensam: algo est acontecendo na Espanha, vamos provar.
    Qual a importncia, para a cultura gastronmica brasileira, de participar de festivais como Madrid Fusin?
    Hoje, o Brasil vive um momento parecido com o Peru e o Mxico, em que sua culinria comea a ser modernizada e conhecida pelo mundo. E isto se torna um grande atrativo para estes pases. Chefs como o peruano Gastn Acurio e o dinamarqus Ren Redzepi, o nmero um do mundo, ainda no eram to conhecidos quando vieram ao Madrid Fusin pela primeira vez. A cozinha peruana passou a ser conhecida na Europa aps sua participao, e com o Mxico aconteceu a mesma coisa. Antes, a cozinha mexicana, no mundo todo, era conhecida como a "Tex Mex". Fomos descobrindo, aos poucos, que a cozinha real daquele pas no tem nada a ver com este termo e muito mais ampla. E pela riqueza da culinria mexicana e nossas boas relaes com o pas, j fizemos trs edies do evento no Mxico.
    Saiba mais sobre o Madrid Fusin neste link.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2012

    Da srie: Uma foto vale por mil palavras



    Reunio entre a presidente da FNMCS, Fernanda Lima,
    Defensora Pblica Geral, Andra Tonet,
    a SubDefensora Pblica Geral,
    Ana Cludia da Silva Alexandre
    e a Chefe de Gabinete,
    Christiane Procpio
    ,
     
    para tratar da parceria
    da Defensoria Pblica de Minas Gerais
    com a FNMCS para a realizao
    do VIII Congresso Mundial de Mediao.

    O Congresso em BH
    comeou dia 27 e termina hoje dia 31
    com intensa participao
     da Defensoria Pblica de Minas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2012

    Talento novo na equipe do elegante Mes Amis no luxuoso bairro de Lourdes, em BH.

    Chega BH o Young Chef Henry Marcell.
    Est na equipe do Chef Eric Marty do restaurante Mes Amis.
    Ele trabalhou com seu talento e arte na equipe
    que preparou o menu para a degustao de vinhos portugueses - harmonizados pelo winer expert Rui Falco -  promovida pela www.essenciadovinho.com  de Portugal.
    Estive na degustao - magnfica - como presidente da Abrajet Minas.

    Desejo Sucesso ao Henry!!!




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2012

    Queda no mercado imobilirio de BH - registra o Sinduscon. Confira todos detalhes.

    12 de dezembro o aniversrio de Belo Horizonte. 106 anos.


    Mercado imobilirio de Belo Horizonte
    registrou queda no primeiro semestre de 2012
      

    o De acordo com a Pesquisa Construo e Comercializao, realizada mensalmente pelo Instituto de Pesquisas Econmicas, Administrativas e Contbeis (Ipead/UFMG) e divulgada pelo Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG)

    As principais variveis de desempenho do segmento imobilirio na capital mineira (vendas, lanamentos e Velocidade de Vendas) registraram queda no primeiro semestre de 2012, comparativamente a igual perodo de 2011:
    o nmero de unidades vendidas caiu 21,86%,
    o nmero de unidades lanadas reduziu 27,99%
    e a Velocidade de Vendas apresentou retrao
    de 5,43 pontos percentuais.

    Assim, o mercado de imveis novos em Belo Horizonte encerrou os primeiros seis meses de 2012 com um ritmo de atividades menos vigoroso, sentindo os impactos do menor ritmo de atividades do cenrio econmico nacional.  

    o De acordo com a pesquisa do Ipead/UFMG o Valor Global de Vendas (VGV) das 1.844 unidades vendidas no primeiro semestre de 2012 foi de R$812,03 milhes. J o VGV das 2.360 unidades vendidas em igual perodo de 2011 totalizou R$960,5 milhes. Isso significa que, em termos nominais, o VGV das vendas reduziu 15,46%.  
    o Todas as faixas de valores registraram reduo de vendas de apartamentos, com destaque para as unidades de R$250 mil at R$500 mil que apresentaram queda de 28,18% ao passar de 1.320 unidades comercializadas nos primeiros seis meses de 2011 para 948 unidades em igual perodo de 2012.

    A queda nas vendas em todas as faixas de valores a consolidao do menor dinamismo das atividades do segmento imobilirio.   o Nos primeiros seis meses de 2012 as vendas superaram o nmero de lanamentos.

    Neste perodo as vendas totalizaram 1.844 unidades e os lanamentos 1.587 unidades, demonstrando que o empresrio construtor manteve cautela, diante das adversidades apresentadas.

    Enquanto de janeiro a junho de 2011 foram lanados 2.204 apartamentos, em iguais meses de 2012 os lanamentos totalizaram 1.587 unidades, representando uma queda de 27,99%.  

    A reduo dos lanamentos pode ter refletido o ajuste do segmento imobilirio ao menor ritmo das vendas.  

    o Assim como foi observado nas vendas, todas as faixas de valores de apartamentos, de acordo com o resultado da pesquisa do Ipead/UFMG, detectaram reduo no nmero de lanamentos nos primeiros seis meses do ano. A maior queda nos lanamentos foi observada nos imveis com valores de R$100 mil a R$250 mil (-35,17%). Um fator que tambm ajuda a compreender estes nmeros o alto preo dos terrenos.    

    Isso tem levado os construtores da capital a investir nas cidades da Regio Metropolitana de Belo Horizonte. Alternativa encontrada para o atendimento das unidades com preos mais acessveis.   xDesagregando as vendas e os lanamentos por trimestre, observa-se que a reao esboada pelo segmento imobilirio no primeiro trimestre de 2012 no se consolidou no segundo trimestre e certamente a dinmica da economia contribuiu para este resultado.

    Deve-se lembrar que no perodo abril a junho a economia mundial emitiu mais sinais de enfraquecimento, demonstrando que a crise internacional no ter uma soluo to rpida. Foram destaques no perodo as anlises de que a Europa vai demorar alguns anos para sair da crise e vivenciar longo ciclo de baixo crescimento. xAlm disso, a economia americana demonstrou que continua anmica e a China sinalizou desacelerao.  

    Aliada a todas essas incertezas da economia mundial, a economia nacional manteve-se em ritmo fraco, demorando a reagir aos estmulos adotados pelo Governo Federal. Aconteceu uma rpida deteriorao das expectativas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), com apostas inferiores a 2%. Assim, a economia nacional demonstrou dificuldade em retomar o ritmo de crescimento e certamente essas expectativas impactaram no mercado imobilirio.

    o Apesar do resultado apresentado no primeiro semestre de 2012, as expectativas so positivas para o segmento. A continuidade da expanso do financiamento imobilirio (com reduo da taxa de juros e a ampliao do prazo de financiamento), a gerao de vagas formais, a reduo da taxa de juros da economia (taxa Selic), baixas taxas de desemprego e o crescimento da renda sinalizam que o mercado tem as condies bsicas para voltar ao seu processo de expanso.

    Portanto, mantida as condies atuais, o mercado dever continuar o seu processo de expanso iniciado nos ltimos anos, caminhando para um ritmo de crescimento sustentado.   o Alguns dados divulgados recentemente sinalizam que a economia nacional j comeou a esboar reao.
     
    o caso, por exemplo, do ndice de Atividade Econmica (IBC-Br) calculado e divulgado pelo Banco Central. Em junho o referido indicador apresentou incremento de 0,75% em relao ao ms anterior, a maior alta mensal observada nos ltimos 15 meses. Dados positivos tambm no comrcio varejista e na maior gerao de vagas com carteira assinada tambm podem estar demonstrando que a economia nacional d sinais do incio da sua recuperao.

    Assim, apesar do cenrio internacional ainda continuar gerando preocupao, espera-se que o crescimento nacional se acelere nos prximos trimestres sustentado, principalmente, pela criao de emprego formal, expanso da renda e do crescimento do crdito. Alm disso, deve-se considerar o estmulo monetrio (reduo da taxa de juros).

    Ressalta-se, ainda, a sinalizao positiva do Governo Federal, estimulando os investimentos (Programa de Investimentos em Logstica, que foi lanado em agosto/2012 com o objetivo de aumentar a escala dos investimentos pblicos e privados em infraestrutura de transportes).  

    Comparativo do primeiro semestre de 2012 com a mdia da srie histrica da pesquisa ( (primeiro semestre de cada ano, desde 1995)   o Considerando a mdia histrica (primeiro semestre de cada ano, desde 1995), verifica-se que, de 1995 a 2011 (janeiro a junho), o nmero de unidades vendidas na capital mineira, em termos mdios, foi de 1.827 unidades.

    No primeiro semestre de 2012 as vendas corresponderam a 1.844 unidades, nmero que fica levemente superior (+0,93%) a esta mdia histrica.  

    o Em relao Velocidade de Vendas os nmeros registrados no perodo de Janeiro a Junho de 2012 tambm esto levemente superiores a mdia histrica do perodo 1995-2011.  

    Enquanto de janeiro a junho/12 a mdia da VV foi de 13,17%, a mdia histrica deste indicador para o primeiro semestre, corresponde a 11,34%.   o Para os lanamentos o resultado do primeiro semestre de 2012 praticamente indica estabilidade em relao mdia histrica.

    Enquanto nos primeiros seis meses de 2012
    foram lanadas 1.587 unidades,
    a mdia histrica corresponde a 1.592 unidades.

    A anlise destes dados
    confirma um maior processo de acomodao
    do segmento imobilirio em Belo Horizonte.  

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2012

    Degustao nota 1 milho!!!

    No restaurante Mes Amis,
    no elegante bairro de Lourdes, aqui em BH,
    participamos da degustao de vinhos portugueses,
    com harmonizao do menu, feito pelo jornalista
    e somelier portugus Rui Falco.
    O requintado jantar foi comandado
    pelo chef ric Marty do Mes Amis
    (nascido em Andorra,
    pequeno e charmoso pas
    que fica entre Espanha e Frana).














     




    O especialista em vinhos portugueses Rui Falco
    fez harmonizao do jantar no restaurante francs Mes Amis, em BH.




    Ao som de um bem executado violino
    com msica de Vivaldi, Puccini, Ravel...
    o delicioso jantar no Mes Amis em BH.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2012

    Empresaa portuguesa Nanium vai ivestir 30 milhes de reais em fbrica em Juiz de Fora. Sero criados 150 empregos diretos e 40 indiretos

    Vice-governador
    assina protocolo de intenes
    com fabricante de semicondutores






    Wellington Pedro/Imprensa MG

    Para o vice-governador, o grande desafio de Minas  transformar seu potencial em inovao, tecnologia e na agregao de valor

    Para o vice-governador,
    o grande desafio de Minas
    transformar seu potencial em inovao,
    tecnologia e na agregao de valor



    O vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, assinou, nesta quarta-feira (29), protocolo de intenes com a empresa portuguesa Nanium Participaes S.A, para a implantao de uma unidade industrial em Juiz de Fora, na regio da Zona da Mata. O projeto prev a produo de semicondutores direcionados para o mercado brasileiro e pases do Mercosul.

    Minas Gerais rene uma srie de predicados, como a localizao geogrfica privilegiada, prxima a 78% do mercado consumidor brasileiro. Temos ainda uma gesto premiada e reconhecida por organismos internacionais. O grande desafio do Estado transformar o seu potencial em benefcios que se traduzam cada vez mais em inovao, tecnologia e na agregao de valor, destacou o vice-governador.

    A empresa ir investir R$ 30 milhes na implantao da nova unidade industrial, com a gerao de 150 empregos diretos e outros 40 indiretos. O empreendimento ir gerar empregos altamente qualificados, com a formao de gestores, engenheiros, tcnicos e operadores de produo, em parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que sero treinados no Brasil e em Portugal, explica Jos Miranda Chaves Netto, diretor-executivo da Nanium Participaes.  

    Alm do protocolo com o Governo de Minas, a Nanium ir assinar uma carta de Intenes com a UFJF, estabelecendo que, na primeira fase do projeto, a unidade ser instalada temporariamente no campus da universidade. J na segunda fase, ser construda uma unidade industrial definitiva no futuro Parque Cientfico e Tecnolgico da UFJF. Em contrapartida, a Nanium dever disponibilizar acesso s informaes relativas a semicondutores adotadas em seu processo produtivo, alm de transferir o conhecimento de processo aos pesquisados e alunos da UFJF.

    O projeto ter incio em outubro de 2012 e tem trmino previsto para meados de 2017. Na primeira etapa, sero fabricados mdulos de memria Dram e mdulos de Flash (como Pen drives). Na segunda etapa, que dever ocorrer 12 meses aps a concluso da primeira, sero iniciadas as atividades de produo de componentes em sala limpa (como cartes de memria) para o mercado de desktops, notebooks e tablets.

    A empresa

    A Nanium S.A. foi fundada em 1996 no municpio de Vila do Conde, em Portugal, para produzir e prestar servios no segmento de eletrnica. A companhia atua ainda nas reas de servios, equipamentos, processo, produto e fabricao de semicondutores.

    A empresa iniciou suas atividades como Siemens Semicondutores S.A. e, depois de algumas alteraes, passou a ser designada por Nanium S.A., com composio acionria constituda por 17,88% do Estado Portugus, por intermdio do Ministrio dos Negcios Estrangeiros, e 41,06% dos Bancos Esprito Santo e Comercial Portugus.

    A Nanium possui tambm know-how na fase de packaging (ou encapsulamento) dos chips, os crebros dos equipamentos eletrnicos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2012

    Indstria da Construo se reuniu na Fiemg para discutir prximo Minascon











    Empresrios
    e dirigentes sindicais da indstria da construo se reuniram nesta
    quarta-feira (29), na sede da Fiemg, em Belo Horizonte. Os
    empreendedores debateram sobre a prxima edio do Minascon, que
    acontece em junho de 2013, e sobre o cenrio econmico do setor.

    O
    presidente da Cmara da Indstria da Construo (CIC), Teodomiro Diniz
    Camargos, apresentou dados do setor. Vamos crescer mais que o pas,
    acima de 4%, destacou o empresrio. Para ele, o anncio do Governo
    Federal de realizar parcerias com a iniciativa privada para construo
    de rodovias e ferrovias positiva. Sero R$ 133 bilhes investidos em
    infraestrutura.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2012

    Arax entrega 6 mil assinaturas para o Assine + Sade. Meta da Assemblia de Minas coletar 1 milho e meio de assinaturas.



    O municpio de Arax (Alto Paranaba) entregou, nesta quinta-feira (30/8/12), seis mil assinaturas para a campanha Assine + Sade,
    em mais um evento da Caravana da Sade da Assembleia Legislativa de
    Minas Gerais. O objetivo do movimento recolher assinaturas em favor do
    projeto de lei de iniciativa popular que determina o investimento de
    10% da receita corrente bruta da Unio na rea. A reunio foi requerida
    pelo presidente da Comisso de Sade, deputado Carlos Mosconi (PSDB).


    O presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), anunciou que o
    Parlamento mineiro j obteve 300 mil assinaturas e que conta com o apoio
    de 13 assembleias legislativas em todo Pas. Segundo ele, o Estado de
    Roraima j coletou 40 mil assinaturas para a campanha. O parlamentar
    disse que a contribuio da populao de Arax ir reforar o
    compromisso de Minas com o bem-estar de todo o povo brasileiro.


    "Contamos com o esprito generoso dos araxaenses para continuarmos
    avanando nesta luta. Queremos chegar a 1,5 milho s em Minas. Vamos
    ajudar o Brasil a cuidar de todos os brasileiros", ressaltou.
    Para o deputado Carlos Mosconi, Arax j demonstrou que abraou a
    causa.

    Ele resgatou a histria do financiamento da sade pblica no
    Brasil e afirmou que hoje o Ministrio da Sade tem um oramento de R$
    70 bilhes, "sendo que, se atualizarmos o valor destinado rea h 20
    anos, chegamos ao montante de R$ 80 bilhes. No podemos aceitar essa
    conta: a populao aumentou e os recursos diminuram". Ele afirmou que a
    proposta vivel e que corresponde aos anseios dos cidados.


    "Convoco os araxaenses a serem coautores desse projeto. Essa campanha
    no de um partido, ou melhor, do partido da sade do povo
    brasileiro. Sei que vocs faro a diferena". Com essas consideraes o
    deputado Bosco (PTdoB) agradeceu a mobilizao de toda a cidade. Ele
    lembrou que a nica maneira de enfrentar as dificuldades da sade com
    gesto eficiente e recursos financeiros. "Por isso, esperamos
    sensibilizarmos cada cidado para termos um oramento justo para a sade
    em todos os nveis de governo", concluiu.


    Apoio
    A promotora de Justia Mara Lcia Silva
    Dourado disse que o movimento vem em boa hora, pois o Pas est
    assistindo ao crescimento da "judicializao da sade". Ela explicou que
    a populao j no est batendo s portas das instituies de sade,
    mas s portas do Poder Judicirio, do Ministrio Pblico e da Defensoria
    Pblica. "As pessoas esto descrentes e, por isso, tm procurado
    assistncia por meio da Justia, o que deixa os tribunais ainda mais
    morosos.

    Essa iniciativa pode reduzir significativamente a demanda por
    medicamentos, cirurgias e demais procedimentos mdicos via judicirio,
    ao dar condies de aumentar a rede de atendimento. Eu j assinei",
    enfatizou.


    J o superintendente regional de sade de Uberaba, Iraci Jos de
    Souza Neto, disse acreditar que os municpios da regio devem fortalecer
    o movimento. Ele informou que o Estado tem se adequado para cumprir o
    percentual que lhe cabe e que mais do que "justo que a Unio tambm
    seja obrigada a investir percentual fixo na sade.

    Vamos garantir,
    dentre outras melhorias, uma boa remunerao aos profissionais da rede
    pblica", questo que, segundo ele, preocupante na regio.
    De acordo com Gustavo Persichini da Associao Mineira de Municpios
    (AMM), a ALMG demonstrou coragem ao abraar a causa e vai fazer histria
    ao mudar o financiamento da sade pblica no Brasil. "Se o projeto se
    tornar lei, sero mais R$ 25 bilhes para a sade, sobretudo os
    muncipios mais pobres precisam desse investimento", concluiu.


    Histrico
    A mobilizao se iniciou aps a
    regulamentao da Emenda Constitucional 29, de 2000, por meio da Lei
    Complementar 141, de 2012. Ela obriga os Estados e os municpios a
    investirem, respectivamente, 12% e 15% de suas receitas na rea da
    sade.


    O texto original previa que a Unio deveria investir 10% de seus
    recursos, mas esse dispositivo foi vetado pela presidenta Dilma
    Rousseff. Entre as iniciativas mineiras que integram a campanha est a
    Caravana da Sade, que j visitou os municpios de Poos de Caldas (Sul
    de Minas), Uberaba e Uberlndia (Tringulo), Montes Claros (Norte),
    Itana (Centro-Oeste) Governador Valadares (Rio Doce), Juiz de Fora
    (Zona da Mata) e Conselheiro Lafaiete (Regio Central).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2012

    Defensoria participa de evento jurdico em Arax - nome que significa "lugar de onde primeiro se avista o sol"

    Ontem dia  29 e hoje, 30 de agosto,
    acontece, em Arax, a XIV Semana Jurdica,
    realizao do Centro Universitrio Uniarax.

    A Defensoria Pblica de Minas Gerais ser representada na abertura do evento pelo Defensor Pblico titular da Defensoria Especializada de Direitos Humanos, Coletivos e Socioambientais (DPDH), Jos Ribamar Rubim Jnior, que proferir a palestra "A Evoluo dos Direitos Humanos: questes relevantes", s 19 horas.

    A Semana conta tambm com o apoio da Subseo local e da Escola Superior de Advocacia da OAB/MG.

    Clique aqui para ver a programao completa do evento.


    uniaraxa semana-cabeca


    Fonte: Ascom / DPMG (29/08/2012)



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2012

    Vetor norte - lado do Aeroporto Tancredo Neves - vai receber obras

    Palavra do Governador: Anastasia anuncia conjunto de obras para o Vetor Norte de Belo Horizonte


    Construo de estradas vai melhorar o acesso ao Aeroporto de Confins. Trincheiras e Viadutos vo melhorar a mobilidade urbana na Avenida Cristiano Machado 

    No Palavra do Governador desta semana, Antonio Anastasia anuncia a realizao de um conjunto de obras no Vetor Norte da Regio Metropolitana de Belo Horizonte. So intervenes que integram as obras de mobilidade para a Copa de 2014, que vo melhorar o trnsito e incrementar o turismo.

    O Governo de Minas vai investir cerca de  R$ 572 milhes nas obras. A construo de estradas e entroncamentos vai melhorar o acesso ao Aeroporto de Confins. "Atravs da MG-424 vamos criar uma outra forma de chegar ao aeroporto, com mais rapidez e segurana. Vamos tambm melhorar o acesso Serra do Cip e isso certamente vai melhorar a questo do turismo. Ns teremos obras que vo atender Copa do Mundo, mas, prioritariamente, que vo facilitar o acesso ao Vetor Norte como um todo", ressalta o Governador.

    Sero realizadas tambm obras na avenida Cristiano Machado, principal via de ligao entre o centro da capital e o Vetor Norte da Regio Metropolitana. "Esto previstas na Cristiano Machado trs grandes intervenes: uma trincheira na regio do Vilarinho, onde hoje h um grande acmulo de automveis, e mais dois viadutos e uma trincheira para permitir que os demais grandes cruzamentos que remanescem na Cristiano Machado no acesso at o Vetor Norte sejam suprimidos, retirando dali os sinais de trnsito", informa Anastasia.

    Para o governador, este conjunto de obras que se junta a outras, como as da modernizao do Mineiro e obras virias na capital esto preparando Minas Gerais para a Copa das Confederaes em 2013 e a Copa do Mundo de 2014.

    "So investimentos muito positivos. Uma oportunidade para ns vendermos a imagem de desenvolvimento de Minas Gerais, para atrairmos turistas, no s para a Copa, mas para o ps-Copa e, fundamentalmente, para deixarmos um grande legado de infraestrutura", conclui o governador.

    O Palavra do Governador pode ser reproduzido por qualquer veculo de imprensa, sem nus e de forma espontnea. O programa disponibilizado todas as quintas-feiras nas modalidades texto (para jornais impressos e online), udio (para rdio e podcasts/web) e vdeo (em qualidade HD).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2012

    Projeto ProXXima Pocket

    JCHEBLY vai transmitir
    com exclusividade para o pblico mineiro
    as prximas edies do ProXXima Pocket 2012

    Projeto indito uma parceria com a ProXXima

    A JCHEBLY ir transmitir ao vivo e com exclusividade para o pblico mineiro, por meio da tecnologia live streaming, as prximas edies do ProXXima Pocket 2012. Criado h cinco anos, o projeto promove palestras e debates, trazendo para o pblico cases e tendncias da comunicao digital.

    O projeto foi idealizado pela Revista ProXXima - produto da Meio & Mensagem e acontece em So Paulo. O evento tem como pblico alvo, profissionais e estudantes de publicidade. A primeira transmisso exclusiva ser na sala de cinema do Boulevard Shopping, no dia 17 de setembro, com o tema Internet Multitelas - Aquela internet que voc conhecia morreu.

    Leonardo JChebly, diretor executivo da empresa, ressalta a importncia do projeto. Essa a primeira vez que a ProXXima autoriza a reproduo simultnea do Pocket em Belo Horizonte. O pioneirismo e exclusividade da transmisso do evento na cidade so de extrema importncia para a JCHEBLY. A ao refora o nosso conceito de estar em constante busca por informao e novidades para o nosso pblico, destaca Melo.

    As inscries para acompanhar o evento j esto abertas. Para garantir uma vaga, necessrio se cadastrar na pgina da JCHEBLY no facebook - www.facebook.com/jchebly - Os sorteios acontecero nas semanas que antecedem o evento.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    DataTempo CP2 mostra retrato da disputa em Juiz de Fora

    Margarida (PT) 38,4%
    assume a liderana
    na disputa em Juiz de Fora

    Bruno Siqueira (PMDB)
    26,7%


    Prefeito Custdio Mattos (PSDB)
    aparece na terceira colocao
    com
    15,8%



    Pesquisa realizada pelo Instituto DataTempo/CP2, nos dias 14 e 15 de agosto, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, mostra a ex-reitora Margarida Salomo (PT) na liderana da corrida pela prefeitura. Ela tem 38,4% das intenes de voto contra 26,7% do concorrente mais prximo, o deputado estadual peemedebista Bruno Siqueira.

    Em terceiro lugar, aparece o atual prefeito de Juiz de Fora, Custdio Mattos (PSDB), com 15,8% da preferncia dos pesquisados. O candidato do PCB Laerte Braga tem 0,4%, exatamente o mesmo percentual de Marcos Paschoalin, o concorrente do PRP. A candidata do PSTU, em Juiz de Fora, Victoria Mello, tambm registra a mesma porcentagem.

    De acordo com a pesquisa, so 11,3% os indecisos. Afirmam que no pretendem votar em ningum 4,6%. Pretendem anular o voto 1,6%.

    Confrontos. O levantamento simulou trs cenrios para um eventual segundo turno. A candidata petista Margarida Salomo vence o tucano Custdio Mattos e o peemedebista Bruno Siqueira. No embate direto com Mattos, Margarida fica com 54,5% das intenes de voto, e o adversrio, 20,2%. No confronto de Margarida com Bruno Siqueira, ela tem 44,2%, e o peemedebista, 35,6%.

    Na simulao entre Siqueira e Mattos, o deputado derrota o prefeito. Bruno Siqueira tem 52,5%, e Custdio Mattos, 21,6%.

    A maioria dos votos, em Juiz de Fora, j est consolidada. Perguntados se a deciso sobre a escolha do candidato definitiva, 55,5% afirmam que no mudariam o voto. Outros 44,5% dizem que podem mudar o voto e escolher outro candidato.

    O prefeito Custdio Mattos o candidato mais rejeitado, segundo a pesquisa. J Margarida Salomo e Laerte Braga tm o mesmo ndice de rejeio. Marcos Paschoalin praticamente empata com Margarida e Braga nesse quesito. Bruno Siqueira quem tem menor rejeio, de acordo com o levantamento.

    Espontnea. No levantamento espontneo, em que no so apresentados os nomes dos candidatos, a liderana de Margarida Salomo permanece. Ela citada por 27,3% dos entrevistados. Bruno Siqueira aparece em seguida com 16,6% das intenes de voto. O prefeito Custdio Mattos foi lembrado por 12,1%.

    Nesse cenrio grande o nmero de indecisos e de pessoas que no sabem em quem votar: 30, 3%.
    Foram realizadas 500 pesquisas em todas as faixas etrias, salariais e de formao escolar.

    Fonte: Site do Jornal O
     Tempo 










                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    Datafolha faz retrato da disputa em BH: Mrcio Lacerda 46%, Patrus 30%.

    O prefeito e candidato reeleio Marcio Lacerda (PSB) mantm ampla vantagem sobre o ex-ministro Patrus Ananias (PT) na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte. O candidato do PSB aparece 16 pontos percentuais frente do petista, segundo pesquisa Datafolha realizada em parceria com a TV Globo.
    Com apoio do ex-governador e senador tucano Acio Neves, Lacerda tem 46% das intenes de voto, contra 30% de Patrus, que tem o ex-presidente Luiz Incio Lula da Silva como principal cabo eleitoral.
    Faltando 39 dias para o pleito e uma semana aps o incio da propaganda eleitoral no rdio e na TV, a diferena a favor de Lacerda oscilou um ponto para baixo em relao verificada pelo Datafolha na pesquisa anterior, de 19 e 20 de julho.








    Folhapress
    Os candidatos Marcio Lacerda (PSB) e Patrus Ananias (PT)
    Os candidatos Marcio Lacerda (PSB)
    e Patrus Ananias (PT)

    Os eleitores indecisos so 9% do total,
    uma oscilao negativa de trs pontos
    em relao pesquisa anterior.
    Os brancos so 10%.
    Os outros cinco candidatos
    que concorrem prefeitura da capital mineira
    somam 4% das intenes de voto.

    A margem de erro do levantamento de trs pontos percentuais, para mais ou para menos. O Datafolha ouviu 827 eleitores nesta tera-feira (28) e quarta-feira (29), e a pesquisa est registrada na Justia Eleitoral sob o nmero MG-00294/2012.

    Em relao pesquisa de julho, Lacerda oscilou positivamente dois pontos (de 44% para 46%), enquanto as intenes de voto em Patrus oscilaram trs pontos --passou de 27% para 30%.
    Os dois candidatos continuam com ndice de rejeio parecido.
    O ex-ministro rejeitado por 19% do eleitorado; o prefeito, por 17%.

    Entre as intenes de voto nos demais candidatos, Vanessa Portugal (PSTU) a que aparece frente, com apenas 3%. Atrs dela, com 1%, est a candidata do PSOL, Maria da Consolao. Pep (PCO), Dr. Alfredo Flister (PHS) e Tadeu Martins (PPL) no atingiram 1%.
    Pep, cujo programa eleitoral diz para o trabalhador "no levar a srio as eleies", o mais rejeitado: 33%.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    Corrida pela Prefeitura de So Paulo. Sai mais uma pesquisa DataFolha. Russomano 31%. Serra 22%. Haddad 14%. Confira

    O candidato do PRB, Celso Russomanno, assumiu a liderana isolada na disputa pela Prefeitura de So Paulo. Ele manteve 31% das intenes de voto depois da primeira semana de propaganda eleitoral em rdio e TV, aponta o Datafolha.
    Jos Serra, do PSDB, caiu cinco pontos percentuais e agora aparece em segundo lugar com 22%. Fernando Haddad, do PT, subiu seis pontos e ocupa a terceira posio com 14%.

    Ratinho Junior e Luciano Ducci dividem liderana em Curitiba, diz Datafolha
    Disputa pela Prefeitura de Porto Alegre tem empate tcnico, aponta Datafolha
    Paes mantm liderana isolada no Rio, aponta Datafolha
    Com apoio de Acio, Lacerda mantm liderana com folga em BH
    Candidato do PSB d salto em pesquisa e empata com petista em Recife

    Gabriel Chalita, do PMDB, oscilou para 7%, e Soninha Francine, do PPS, para 4%. Paulinho da Fora (PDT) tem 2%. Ana Luiza (PSTU) e Carlos Gianazzi (PSOL) aparecem com 1%, e os demais no pontuaram.
    A pesquisa mostra que a rejeio a Serra subiu cinco pontos e alcanou o maior ndice desde o incio da campanha: 43% dos eleitores dizem que no pretendem votar nele "de jeito nenhum".
    Nas ltimas duas eleies paulistanas, em 2004 e 2008, s o ex-prefeito Paulo Maluf (PP) superou este patamar de rejeio.

    SURPRESAS
    H uma semana, antes do incio do horrio eleitoral, Russomanno j aparecia 4 pontos frente de Serra (31% a 27%), mas os dois estavam tecnicamente empatados na liderana.
    Tucanos e petistas apostavam numa queda do candidato do PRB, que tem pouco mais de dois minutos de TV, mas isso no ocorreu.
    A queda de Serra surpreende at os petistas, que no esperavam v-lo com menos de 25% das intenes de voto. H dois anos, a cidade deu a ele 40% dos votos para presidente no primeiro turno.
    Entre os motivos mais citados para a alta da rejeio do tucano, esto o desgaste com a derrota de 2010, a reprovao ao prefeito Gilberto Kassab (PSD) e o fato de ele ter renunciado prefeitura em 2006, aps ter prometido cumprir todo o mandato.
    A alta de Haddad j era esperada com a exposio do ex-presidente Lula em seu programa eleitoral. Mesmo assim, os petistas contavam com uma subida mais modesta nesta primeira semana.
     
    O Datafolha ouviu 1.069 eleitores entre os dias 28 e 29. O levantamento foi realizado em parceria com a TV Globo e foi registrado na Justia Eleitoral sob o n 582/2012. A margem de erro de trs pontos para mais ou para menos.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    Defensoria parceira da Assemblia no Assine + Sade

    Nesta segunda (27/08),
    o Assessor Interinstitucional da Defensoria Pblica
    do Estado de Minas Gerais (DPMG), Eduardo Cyrino Generoso,
    representou a Instituio em reunio
    da Campanha Assine + Sade
    realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

    Crdito foto: Ricardo Barbosa / ALMG
    A 712006


    Movimento da ALMG e diversas entidades parceiras, entre elas, a Defensoria Pblica, pela ampliao de recursos para a sade pblica, a Campanha Assine + Sade ganhou dimenso nacional com a adeso de 12 Estados e do Distrito Federal.


    Durante a reunio, presidentes das comisses de Sade de 13 Unidades da Federao se comprometeram a contribuir com a busca de 1,5 milho de assinaturas para que seja apresentado ao Congresso Nacional um projeto de lei de iniciativa popular determinando a aplicao mnima de 10% dos recursos da Unio na rea da sade objetivo da Campanha Assine + Sade.


    Defensoria Pblica participa de reunio da campanha em Conselheiro Lafaiete


    Na quinta-feira (23/08) aconteceu a reunio de interiorizao da Campanha Assine + Sade em Conselheiro Lafaiete. A Defensoria Pblica foi representada pelo Coordenador Local da Defensoria Pblica de Conselheiro Lafaiete, Defensor Vicente Augusto Sacramento Ferreira (foto).


    Conselheiro Lafaiete contribuiu com mais de cinco mil assinaturas para a campanha que busca coletar apoio por mais recursos da Unio.

    Crdito foto: Gulherme Dardanhan / ALMG
    A 711757 Foto Guilherme Dardanhan ALMG

    Defensor Pblico Vicente Augusto
    Sacramento Ferreira
    representa a Instituio durante o encontro

    A 711718 Foto Guilherme Dardanhan ALMG

    Defensor Vicente (1, direita) acompanha os trabalhos


    Como participar


    O cidado interessado em participar da campanha deve assinar o abaixo-assinado, informando seu nome completo, endereo e ttulo de eleitor. Quem no souber o nmero do ttulo de eleitor, poder informar a data de nascimento e nome completo da me.


    Quem quiser pode clicar aqui para imprimir o formulrio para coleta de assinaturas, que est disponvel no site da Assembleia.


    Defensores Coordenadores devero encaminhar as assinaturas coletadas para o Gabinete


    Daqui em diante, todos os Defensores Coordenadores, na Capital e no Interior, devero encaminhar no ltimo dia do ms os formulrios assinados para o Gabinete da DPMG. Os formulrios devero ser acompanhados por um ofcio de encaminhamento chefia de gabinete constando o nmero de assinaturas coletadas mensalmente.


    Campanha continua at que meta seja alcanada


    A Assembleia continuar com a campanha de coleta de assinaturas em todo o Estado, at que a meta nacional de 1,5 milho de assinaturas seja alcanada. A prxima reunio ser em Arax, no dia 30.


    Fonte: Ascom / DPMG, com informaes da ALMG (29/08/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    Hoje s 22:30 na TV Assemblia. Vai ao ar a campanha Assine + Sade no programa Mundo Poltico.

    A campanha Assine + Sade, coordenada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e diversos parceiros, assunto do programa Mundo Poltico, da TV Assembleia, desta quarta-feira (29/08). O presidente da Comisso de Sade da ALMG, deputado Carlos Mosconi (PSDB), traou um perfil do movimento que j tem a adeso de 12 Estados e do Distrito Federal.

    Em Minas Gerais, as assinaturas j ultrapassam 300 mil. Ao todo, sero necessrias 1,5 milho de assinaturas (1% do eleitorado brasileiro) para a criao de um projeto de lei de iniciativa popular, determinando que a Unio invista mais recursos na sade.

    "A primeira preocupao do brasileiro a sade. Com a campanha, estamos mostrando que o cidado pode e deve mudar a realidade do sistema pblico de sade. O projeto suprapartidrio. Uma caneta no pode vetar 1,5 milho de canetas de populares que querem um atendimento mdico  de qualidade", afirmou Mosconi.

    Emenda 29 -
    A proposta pretende reconstituir a Emenda Constitucional 29 (EC-29), aprovada em 2000, que definiu que a Unio deveria investir 10% do seu oramento no setor; os Estados, 12%; e os municpios, 15%. Na regulamentao da EC-29, ocorrida em janeiro ltimo, os 10% da Unio foram retirados, ficando a responsabilidade de percentuais oramentrios para os Estados e municpios.

    "A Unio arrecada 70% da carga tributria do pas. Se investisse 10% do seu oramento em sade, isso representaria cerca de R$ 30 bilhes a mais para a rea. Esse valor no representa nenhuma varinha mgica, mas colocaria o Brasil em um nvel mdio de qualidade e eficincia na sade", informou Mosconi, que tambm autor da EC-29 em sua forma original.

    Iniciativa - Para participar o cidado deve assinar o abaixo-assinado, informando seu nome completo, endereo e ttulo de eleitor. Quem no souber o nmero do ttulo, pode informar sua data de nascimento e nome completo da me. O formulrio pode ser impresso no site www.almg.gov.br.

    O Mundo Poltico vai ao ar s 22h30, com reprise nesta quinta-feira s 8h e 13h. Na sexta-feira, acompanhe os melhores momentos s 22h30; sbado, s 17h; e domingo, s 23h30.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    Big Ideias no Festival Gastronmico de Tiradentes








     | Por: Divulgao
    Paulo lvares pilota a BIG

    Festival acolhe o Voil

    Na Tiradentes do Festival de Cultura e Gastronomia Internacional, as marcas Colisevm, Voil e Big Ideias se unem para dar vida a um espao sazonal que constitui novidade bem recebida na cena do evento. Na gastronomia, o talento corre por conta do Voil, centro gastronmico que ha pouco se instalou na capital.

    A ambientao tem o toque do Colisevm, marca de famosos moveis exclusivos sanjoanenses. Parceira da iniciativa, a Big Ideias entra com programao cultural, sinalizao e papelaria, assinando flyer, cartaz, cardpios e jogos americanos.  O evento vai ate 2 de setembro.   


    Senac tem duplo espao no evento

    O Senac cumpre a sua parte no Festival de Tiradentes oferecendo mini cursos e palestras de chefs internacionais. E contribui para movimentar o evento em dois espaos distintos.

    O primeiro, um auditrio para aulas. O segundo, uma atraente  pousada escola, onde acontecem, alm de palestras e aulas, festins para convidados.  Como cliente Big, o Senac contou com a agncia nos cuidados com a ambientao.  A Big assina back drop, painel, testeira, convites, cardpio, e-mail marketing e ainda o brinde, uma ecobag.


     


     



     


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    A Fora da Internet: Ibope diz que quase 85 milhes de brasileiros(as) acessam a rede.


                                                  future of internet1 250x187 future of internet
                                                              ta mundo pequeno!!!

    O nmero de pessoas com acesso internet no Brasil chegou no segundo trimestre a 83,4 milhes de pessoas, segundo uma pesquisa do Ibope Nielsen divulgada nesta quarta-feira. Os dados levam em conta o acesso a qualquer ambiente, como casas, trabalho, escolas e lan houses.

    O nmero representa um crescimento pequeno com relao ao trimestre anterior, de apenas 1%. Com relao ao mesmo perodo do ano passado, o aumento de 7%.

    Segundo a pesquisa, em julho, ms de frias, o nmero de usurios ativos em casa ou no local de trabalho diminuiu 4,4% em relao ao ms anterior e ficou em 48,3 milhes de pessoas. Na comparao com julho de 2011, o crescimento do nmero de usurios ativos foi de 8%. O total de pessoas com acesso em casa ou no local de trabalho de 68 milhes.

    O acesso a sites esportivos cresceu 2,3% no ms e chegou a 21,9 milhes de usurios nicos, enquanto os sites de fotos cresceram 3,2% e atingiram 14,1 milhes de usurios. Nos ltimos meses, cresceu a visitao a sites de servios de fotografias que permitem melhorar fotos de celular para publicao em redes sociais, segundo o Ibope.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    Poema JazzBand. Nesta quarta, 20:30 no Centro Cultural da UFMG - prximo a Estao Ferroviria em BH - um evento imperdvel. O conhecido jornalista Carlos Barroso ( hoje na TV BHNews) vai mostrar seus belos poemas. Desejo sucesso!!!



     | Por: Andr Fossati

    Poema
    JazzBand  

    LEITURA DE POEMAS DE CARLOS BARROSO COM PARTICIPAO DO JORNALISTA E SAXOFONISTA DURVAL GUIMARES, DO ENGENHEIRO E MSICO FELIPPE LATELLA E DO MSICO MARCELO DILLA.  

    DIA: 29/08/12 (QUARTA-FEIRA),
    S 20H30.   LOCAL: CENTRO CULTURAL DA UFMG AVENIDA SANTOS DUMONT, 174, ANTIGA ESCOLA DE ENGENHARIA, PRXIMO PRAA DA ESTAO.  

    O projeto Msica & Poesia recebe nesta quarta-feira (29-08-2012), s 20h30, no Centro Cultural da UFMG, o jornalista e escritor Carlos Barroso, com a performance PoemaJazzBand.

    A leitura de poemas ter a participao de convidados o jornalista e saxofonista Durval Guimares, o msico e engenheiro Felippe Latella e Marcelo Dilla, que j liderou vrios projetos musicais.

    Os poemas integram miniantologia de publicaes do autor Poetrecos, Carimbalas, Sos e Usura e participao nas revistas "CemFlores", "Aqui", "DezFaces", "Ato", "Germina", "Barkaa", entre outras. Alm da apresentao mesclando poesia e msica, o autor que comentarista poltico da "BHNewsTV" e colunista da revista "MatriaPrima" lanar os objetos Redoma e Livraria e far exposio de objetos e poemas visuais.

    O jornalista Durval Guimares tem larga experincia em publicaes. Foi diretor da Gazeta Mercantil por 20 anos e criador de projetos editoriais para os jornais "O Tempo" e "Pampulha". Ex-diretor do curso de Jornalismo da PUC-Minas, tambm criador e editor-geral da revista MatriaPrima. Durval tem paixo clssica pelo jazz.   Marcelo Dilla, musico profissional, participou da orquestra Carlos Gomes, cofundador do grupo Boca de Sino, fundador e lder da banda Creedence , alm de outros projetos musicais.  

    Felippe Latella engenheiro, mas sempre manteve intenso dilogo com a msica. Pertenceu s bandas Boca de Sino e Creedence Cover, alm de ter participado de outros projetos e experincias musicais. Msica & Poesia tem por objetivo promover espetculos que relacionem performance potica, outras manifestaes artsticas e a msica.

    A iniciativa da Faculdade de Letras (FALE) da UFMG em parceira com o Centro Cultural. CONTATOS: Centro Cultural da UFMG (031) 3409-8291 Carlos Barroso (031) 9972-2738


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    Ex-presidente da VALE, Eliezer Batista - pai do empresrio Eike Batista - fez palestra para o empresariado industrial de Minas. Veio a convite da Fiemg, dentro do Projeto Dirigente.





    As principais lideranas da indstria mineira acompanharam,
    na tarde da sexta-feira (24), no Ourominas Palace Hotel,
    em Belo Horizonte, a palestra do ex-presidente da Vale,
    Eliezer Batista. Considerado o engenheiro do Brasil,
    o pai do Eike Batista, empresrio mais rico do pas,
    falou sobre suas principais aes
    durante sua gesto frente mineradora,
    e exemplificou como a aplicao da distncia econmica,
    conceito criado pelo mineiro de Nova Era,
    pode impulsionar o desenvolvimento das indstrias mineiras.

    A palestra integrou parte da programao do Projeto Dirigente, uma iniciativa da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), realizada de 23 e 25 de agosto. O objetivo foi debater, com os lderes empresariais, as propostas para a indstria mineira, e fortalecer o associativismo e a atuao conjunta dos empresrios.

    Presidente da Companhia Vale do Rio Doce, atualmente Vale, nos anos de 1961 a 1964 e 1979 a 1986. Eliezer Batista implementou a distncia econmica, conceito at ento indito no contexto empresarial mundial, e que permitiu empresa vender minrio de ferro s indstrias do Japo a um preo comercialmente competitivo. Na poca, o nico mercado disponvel era o Japons.

    Tnhamos que atravessar o mundo com o nosso minrio, e ainda vende-lo a um preo que fosse menor do que o oferecido pelos pases concorrentes, destacou Batista. Para isso, p empresrio adotou uma srie de medidas, que tornaram a commodity brasileira competitiva, ao mesmo tempo em que possibilitou o crescimento da empresa, at ento mais restrita ao territrio nacional. Foram projetados e construdos novos navios, capazes de transportar 100 mil toneladas de minrio, um volume at ento nunca visto no contexto naval.

    Alm disso, os navios eram capazes de armazenar petrleo e retornavam do oriente carregados com o combustvel, o que otimizava financeiramente o uso da frota da empresa. Foi por meio dessas aes que o transporte martimo passou a se tornar altamente competitivo.

    Essa experincia, garantiu Batista, foi o passo inicial de um conceito que se tornaria mundialmente conhecido anos mais tarde, o da logstica integrada, destacada por autores reconhecidos nas escolas de negcios, como Michael Porter. Logstica integrada a aplicao, no contexto empresarial, de noes avanadas de custos, transporte e de entrega porta a porta, tudo isso trabalhado de maneira integrada, diz.

    Em seguida, a mestre em Unio Europeia pelo Programa de Doutoramento em Economia da Universidade de Granada, na Espanha, e esposa de Elieser Batista, Inguelore Scheunemann, falou sobre a Gesto Integrada de territrio, que foi o tema de livros recentemente lanados pela autora. Segundo a pesquisadora, as empresas precisam refletir e buscar o crescimento no apenas econmico de suas operaes, como, tambm, o desenvolvimento social, ambiental e cultural das comunidades de seus entornos, como fez a Vale nos projetos de Carajas e de Tubaro, exemplificou  Scheunemann.

    A viso de desenvolvimento j pressupe uma inata preocupao com as questes sociais e ambientais, alm, claro, da vertente econmica. O que gostaria de destacar a igualmente importante influncia da cultura neste processo. Os trs pilares do desenvolvimento s so possveis se as empresas levarem em considerao a dimenso cultural do ambiente em que est inserido.

    No tenho dvidas de que a cultura o quarto pilar do conceito, ressaltou. Para ela, as empresas, de diferentes portes e segmentos, precisam analisar profundamente a cultura do territrio em que esto operando. S assim, podero desenvolver suas atividades de acordo com as necessidades da empresa e, tambm, da comunidade atingida. Sem isso, as companhias perdem um dos seus principais ativos, a sua identidade organizacional, o que pode gerar uma ruptura com a sociedade de uma maneira geral, afirmou.


    Ela apresentou ainda os passos iniciais de uma metodologia recm-criada, que busca planejar e mensurar a gesto integrada do territrio, e que contribui para que as empresas otimizem suas operaes nos contextos econmico, ambiental, social e cultural. Precisamos, tenho certeza, compreender os territrios onde estamos inseridos e acho que as propostas de desenvolveram um passo fundamental rumo a esse desenvolvimento, finalizou na oportunidade o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr.

    Reunies Setoriais

    No perodo da tarde, os lderes industriais, formados por presidentes de sindicados de todo o estado e por dirigentes da Fiemg, se reuniram em sete grupos temticos. O objetivo foi o de debater as demandas e diretrizes estratgias dos setores produtivos, discutindo, ao mesmo tempo, as oportunidades inseridas em nas cadeias produtivas das reas de alimentos, eletroeletrnica, minero metalrgica, moda, qumica farmacutica, madeira e construo, alm do setor grfico.

    Os encontros serviram para mostrar um panorama dos segmentos, com dados econmicos capazes de indicar possveis recomendaes para os empresrios dos setores. Alm disso, foram estabelecidas propostas estratgicas, que uniram os sindicatos e a Fiemg em prol do desenvolvimento da indstria mineira. Em uma das reunies setoriais, a da moda, por exemplo, foram traados planos para os prximos meses, como o de criar uma agenda de debates com os governos estadual e federal, para discutir os impostos e encargos que alavancam e sobrecarregam o crescimento das empresas do setor.

    O objetivo unir os empresrios e os representantes polticos em um movimento suprapartidrio, capaz de demonstrar como a importao dos produtos chineses est solapando a indstria txtil nacional, fechando milhares de postos de trabalho e reduzindo, significativamente, este segmento no pas. Isso se d porque os altos custos associados produo do setor no pas tornam os produtos brasileiros pouco competitivos. Alm do debate, foram propostas outras aes estratgicas, como a salvaguarda, que tem o objetivo de proteger parte da produo txtil nacional.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2012

    Turismo

    Para promover o Brasil como destino de eventos, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) realiza hoje (29), o Seminrio Brasil Destinos de Eventos. Este ano, a Embratur j lanou o Programa de Apoio Captao e ou Promoo de Eventos Internacionais, que est aberto para inscries, com R$ 1,9 milhes disponveis para instituies interessadas.

    Temas como Estratgias de Apoio Captao e Promoo de Eventos Internacionais, Prospeco de Eventos, Legislao dos Convnios, Celebrao e Prestao de Contas de Convnio, Mega Eventos Esportivos, entre outros, constam do seminrio.

    Est prevista a participao dos Conventions Bureaux de diversas cidades do Brasil, secretarias de turismo, representantes de entidades ligadas ao segmento de eventos, centros de convenes, organizadores de eventos e representantes do Ministrio do Turismo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 28, 2012

    Msica. FestivalCircuito Msica da Cidade 2012 em Juiz de Fora. Desejo sucesso!!!

    Noite instrumental
    marca a estreia do festival Circuito Msica da Cidade 2012
    Msicos premiados, o violeiro Fabrcio Conde e o violonista Maurcio Ribeiro
    so as primeiras atraes do evento

    O Parque Halfeld, no centro de Juiz de Fora, recebe a primeira dobradinha do Circuito Msica da Cidade 2012. Em tarde dedicada musica instrumental, o violeiro Fabrcio Conde divide o palco com o violonista Maurcio Ribeiro, no sbado, 1 de setembro. Os shows comeam s 16h e tm entrada franca. O evento que se estende at dezembro uma iniciativa da Cooperativa da Msica de Minas Gerais Comum. Com aes cada vez mais consistentes, a cooperativa atua promovendo constante dilogo e intercmbio com o que produzido no estado.

    A proposta do festival aproximar a produo musical do maior municpio da Zona da Mata e de outras cidades mineiras, alm de estreitar as relaes entre pblico/artista. Portanto, a programao que ir reunir 20 atraes musicais, trar, a cada show, um artista ou grupo juiz-forano e um das demais localidades.

    A noite de estreia conta com dois grandes nomes da msica instrumental do estado. O compositor juiz-forano Fabrcio Conde apresenta o show ncora, viola brasileira, acompanhado de trio, em que canes e histrias populares ganham vida atravs de sua viola caipira. J o violonista belo-horizontino Maurcio Ribeiro traz em seu repertrio msicas prprias, de carter instrumental, tendo os ritmos brasileiros como principal linha condutora.

    O Circuito Msica da Cidade promove ainda, outras inciativas para fomentar a cena musical do estado. Na quarta-feira, dia 29 de agosto, o projeto PARE, OLHE e ESCUTE abre espao para um artista local se apresentar. Num formato mais intimista e informal, o show acontece na Galeria Arte em Bar e apresenta, a partir das 20 horas, Roger Resende. Samba e MPB a tnica do cantor e compositor que divulga o CD "Borand meu Camar.

    Na sexta-feira, dia 31, acontece o CONVERSA EM CENA, um momento de integrao e trocas solidrias, no Anfiteatro Joo Carrio na Sede da FUNALFA, s 16h. A ideia receber msicos, produtores, jornalistas e pblico em geral para conversar sobre a produo da msica em Minas, desde o cenrio atual at possveis desdobramentos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 28, 2012

    Mudana no SIAMIG: sai Luiz Custdio. Entra Mrio Campos. Nota sobre o assunto foi enviada ao nosso blog pela Assesoria de Comunicao da entidade.

    A Associao das Indstrias Sucroenergticas de Minas Gerais SIAMIG comunica o desligamento da entidade do Secretrio-Executivo, Luiz Custdio Cotta Martins. O cargo foi assumido interinamente pelo atual gerente Executivo, Mrio Ferreira Campos Filho.

    Mrio Campos formado em economia, com MBA em Finanas pelo IBMEC, e trabalha na entidade h 09 anos.
    Luiz Custdio permanece como coordenador do Frum Nacional Sucroenergtico (FNS), com sede em Braslia.
    A SIAMIG uma entidade que congrega 43 usinas produtoras de acar, etanol e bioeletricidade em Minas Gerais, com um trabalho institucional e suporte em diversas reas.

    A SIAMIG permanece no seu propsito de priorizar o atendimento Imprensa, a fim de ampliar o conhecimento e tornar transparentes as aes para o pleno desenvolvimento sustentvel do setor no estado de Minas Gerais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 28, 2012

    S.O.S Sade

    Encontro nacional defende
    mais recursos para a sade

    Doze Estados e o Distrito Federal participaram, nessa segunda-feira (27/08), do Encontro Nacional de Presidentes de Comisses Estaduais de Sade, realizada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O tema do evento foi a campanha Assine + Sade, que busca mais recursos para o setor. O encontro foi presidido pelo presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), e pelo presidente da Comisso de Sade de Minas Gerais, deputado Carlos Mosconi (PSDB).

    Os presidentes de comisses se comprometeram a conseguir 1,5 milho de assinaturas que sero apresentadas ao Congresso Nacional para a criao de um projeto de lei de iniciativa popular, determinando que a Unio invista 10% na sade. De acordo com o deputado Carlos Mosconi, o projeto de lei simples e pretende, to somente, reconstituir a Emenda Constitucional 29 (EC-29), aprovada em 2000, que definiu que a Unio deveria investir 10% do seu oramento no setor; os Estados, 12%; e os municpios, 15%.

    Na regulamentao da EC-29, ocorrida em janeiro deste ano, os 10% da Unio foram retirados, ficando a responsabilidade de percentuais oramentrios para os Estados e municpios. O que o projeto prope agora recompor os 10% que deveriam ser investidos pelo governo federal, ente que arrecada 70% da carga tributria do pas, disse Mosconi, que tambm autor da EC-29 em sua forma original.

    O presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro, afirmou que o encontro foi a garantia definitiva do sucesso da campanha, que suprapartidria. Sabemos que essa luta do povo brasileiro. Por isso, esse projeto ser assinado por 1,5 milho de pessoas, de Norte a Sul do pas, que querem um atendimento de sade de qualidade. Pinheiro tambm explicou que os US$ 385 per capta aplicados pelo Brasil anualmente em sade, coloca o pas na 76 posio, atrs de quase todos os pases da Amrica Latina.

    Inspirao. O presidente da Comisso de Sade de Santa Catarina, deputado Volnei Morastoni (PT), e tambm representante da Unio Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), disse ter ficado entusiasmado com a campanha em Minas. Os mineiros esto dando um exemplo de unio em prol da melhoria dos servios de sade no Brasil. Santa Catarina j comeou a campanha, mas depois de presenciar os esforos realizados em Minas, samos inspirados para fazermos cada vez mais.

    Alm de Santa Catarina, estiveram presentes os deputados do Mato Grosso do Sul, Paraba, Bahia, Alagoas, Rio Grande do Norte, Esprito Santo, Roraima, Rondnia, Amazonas, Rio Grande do Sul, Maranho e o Distrito Federal. Participaram do evento tambm diversos deputados estaduais mineiros e representantes de entidades parceiras da campanha Assine + Sade.

    Adeso. Depois da reunio, os parlamentares seguiram para o Hospital Luxemburgo, unidade do Instituto Mario Penna, que aderiu campanha. Ao todo, Minas Gerais j possui cerca de 300 mil assinaturas. Para participar o cidado deve assinar o abaixo-assinado, informando seu nome completo, endereo e ttulo de eleitor. Quem no souber o nmero do ttulo de eleitor, pode informar sua data de nascimento e nome completo da me. O formulrio pode ser impresso no site www.almg.gov.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 28, 2012

    TURISMO. Jornalistas visitam Pernambuco


    Jornalistas de So Paulo, Braslia, Minas Gerais e Paran desembarcam no Recife na prxima quarta-feira (29) para participar de um fampress a convite da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), em parceria com a Associao de Hotis de Porto de Galinhas (AHPG). Na chegada haver um almoo de relacionamento com executivos do marketing nacional da Empetur e depois seguiro para um city tour pelo Recife e Olinda. noite tero como destino a Praia de Porto de Galinhas.

    Em Porto de Galinhas os profissionais de comunicao iro participar de diversos passeios nas principais atraes tursticas da cidade, alm de conhecer toda a cultura e gastronomia local. No dia 30 de agosto, eles participaro de eventos de esportes nuticos e passeio na Vila. Aproveitando ainda a estadia faro tambm passeios de buggy e jangadas e visitas ao Projeto Hyppocampus e ao Atelier de Carcar.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 28, 2012

    Cedro 140 anos


    Indstria e Comrcio  , Trabalho, Emprego e Renda
    COMPANHIA CEDRO E CACHOEIRA HOMENAGEADA POR SEUS 140 ANOS

    Pelos seus 140 anos de fundao, a Companhia de Fiao e Tecidos Cedro e Cachoeira foi homenageada em Reunio Especial no Plenrio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais nesta segunda-feira (27/8/12). A solicitao para a cerimnia foi do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) e do ex-deputado e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Doutor Viana.

    Dalmo Ribeiro Silva, representando o presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), disse que a Cedro e Cachoeira uma das principais empresas txteis do Pas, com capital 100% brasileiro". Ele falou sobre a trajetria da companhia, cuja origem remonta a 1872, ano em que os irmos Caetano, Bernardo e Antnio Cndido Mascarenhas inauguraram a Fbrica do Cedro, na atual cidade de Caetanpolis (Regio Central do Estado). A essa fbrica pioneira se juntariam outras unidades produtoras de fios e tecidos. "A empresa cresceu, prosperou, solidificou-se em tradio, profissionalismo e competncia, fazendo parte da histria de Minas, do Brasil e do mundo", afirmou o parlamentar.

    A empresa considerada pioneira na industrializao do Brasil e a primeira companhia de capital aberto privado do Pas. Hoje, o grupo Cedro Txtil composto tambm pelas Companhias de Fiao e Tecidos Santo Antnio e Cedronorte. O grupo produz 168 milhes de metros quadrados de tecidos por ano. So quatro fbricas e dois centros de distribuio, alm da sede em Belo Horizonte, empregando ao todo cerca de 3 mil pessoas. Para Dalmo Ribeiro Silva, "a Cedro reala, acima de tudo, o fundamento da famlia, e reafirma, em 140 anos de existncia ininterrupta, o estreito relacionamento que une empreendedorismo, fora de vontade e muito trabalho".

    mpeto realizador O diretor-presidente da instituio, Aguinaldo Diniz Filho; o presidente do Conselho de Administrao da empresa, Cristiano Ratton Mascarenhas; e o ex-diretor-presidente da companhia (1977-2000), Silvio Diniz Ferreira receberam do deputado Dalmo Ribeiro Silva e do ex-deputado Doutor Vianna a placa referente homenagem.

    Em seu pronunciamento, Aguinaldo Diniz Filho disse que, atualmente, a quinta gerao da famlia que est na direo da empresa. Ele agradeceu a homenagem prestada pela Assembleia e falou sobre o surgimento da companhia. Foi da coragem e do mpeto realizador que a empresa nasceu, pontuou. Ele contou que, na poca da criao, a Cedro e Cachoeira se fundamentou em pesquisas e em estudos de mercado. Ela antecipou em mais de 100 anos o que hoje prtica de gesto em grandes grupos, afirmou.

    Na viso do diretor-presidente, a companhia sempre foi vocacionada ao pioneirismo. Mantemos a competitividade em um mundo em que crises econmicas intensificam a concorrncia, destacou. Em sua opinio, isso se deve a trabalho, inteligncia e comprometimento.

    Durante a solenidade, foi exibido um vdeo institucional sobre a empresa. Os presentes assistiram, ainda, a uma apresentao musical da banda Euterpe Santa Luzia, que, sob a regncia do Maestro Valdomi Carneiro do Nascimento, interpretou a msica Amigos Para Sempre.

    Compuseram, tambm, a mesa o segundo vice-presidente do Tribunal de Justia do Estado, Jos Antonino Baa Borges; o presidente da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Jnior; o vice-presidente da Associao Comercial de Minas (ACMinas), Fbio Guerra Lages; e o presidente da Cmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Bruno Falci.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2012

    Programa HORA DO FAZENDEIRO e da Rdio Inconfidncia fazem 75 anos. ltima comemorao ser quarta, dia 29 no Teatro da Assmblia Legislativa de Minas

    Encerramento das comemoraes dos 75 anos do programa
    A Hora do Fazendeiro e da Rdio Inconfidncia

    Programa especial acontece no dia 29 de agosto,
    no Teatro da Assembleia,
    com programao especial

    A Rdio Inconfidncia encerra as comemoraes dos seus 75 anos e de seu programa mais antigo, A Hora do Fazendeiro, no prximo dia 29 de agosto, quarta-feira, com programa especial de auditrio, no Teatro da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, a partir das 17h, com atraes especiais: shows de Chico Lobo e o Tenor Joo di Souza, Joo Arajo, Pinho e o Trio Fivela de Ouro. Transmisso do evento, ao vivo, atravs das ondas da Rdio Inconfidncia AM 880 (OC 6010 e OC 15190), ou pela rdio online (www.inconfidencia.com.br).

    Lanado quatro dias aps a inaugurao da Rdio Inconfidncia, no dia 7 de setembro de 1936, o programa A Hora do Fazendeiro foi criado para unir o campo e a cidade, por meio de uma programao baseada em notcia, msica, folhetim e educao. E hoje, aps sete dcadas e meia e sem interrupes de transmisso, continua assim: dialoga diretamente com o homem do campo e traz, diariamente, dicas e informaes essenciais para os produtores rurais, entrevistas com tcnicos agrcolas e pecurios, alm da autntica msica sertaneja de raiz.

    Servio
    A Hora do Fazendeiro Encerramento das comemoraes de 75 anos
    Data: 29 de agosto de 2012
    Horrio: 17h s 19h

    Local: Teatro da Assembleia Legislativa de MG
    Rua Rodrigues Caldas, 30 - Santo Agostinho BH
    Ingressos: Convites sorteados no programa e para convidados
    Informaes: (31) 3298-3400


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2012

    Estive no sbado e domingo no Festival Internacional de Gastronomia em Tiradentes. Fiquei na Pousadas da Artes bem em frente ao cenrio montado para a degustaes e o Primeiro Forum de Gastronomia e Cultura do Senac Minas. Degustei paella selvagem, jantamos no Tragaluz, no Atrs da Matriz - de Santo Antonio - uma bela supresa. Ambiente colonial e 12 tipos de pratos base de bacalhau. Almoo no restaurante tpico mineiro do Celso na Praa das Forras. Conversei com os chefes Edson Puiati, chefe do setor de Gastronomia do Senac Minas, Ivo do Vecchio Sogno, com o criador - h 15 anos - do Festival Ralf Justino - candidato a prefeito de Tiradentes - e Rodrigo Ferraz. DEGUSTEI no sbado noite o Festim do Senac. Delicioso e correto. Com pesar voltei a BH no domingo noite. Recomendo a todos dar um pulo l em Tiradentes. O Festival vai at dia 02 de setembro.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2012

    Nesta segunda Encontro de Blogueiros no BI Internacional

    Tio Flvio Cultural promove palestras gratuitas
    e encontro de blogueiros no BI Internacional
    e no IEC- PUC Minas

    "Branding como estratgia de negcios"
    e "Marketing Cultural" so alguns dos temas
    a ser apresentados nos dias 27 e 29 de agosto

    O Projeto Tio Flvio Cultural, instituio dirigida pelo educador Flvio Tfani, promove na prxima segunda (27) e quarta-feira (29), trs palestras e um encontro de blogueiros. A programao da segunda-feira comea a partir das 19h na BI Internacional, localizado no prdio do Colgio Arnaldo no bairro Santa Efiggina.

    Flvio Tfani apresenta a palestra "Branding como estratgia de negcios". Em seguida Pr Loredo, da  Dito, empresa de servios digitais, apresenta a palestra "Como potencializar blogs atravs do facebook".

    A programao termina com um encontro de blogueiros. Na quarta, a partir das 19h, o evento no IEC-PUC Minas, na Praa da Liberdade, o tema ser sobre "Marketing Cultural". Os palestrantes sero a diretora do Sou BH e do site de agenda cultural, Rom Livre, Patrcia Lisboa, e o professor universitrio e diretor da empresa Pizzicato, Bruno Fernandes.

    As inscries so gratuitas e limitadas,
    e podem ser realizadas no site:
    www.flaviotofani.com.br/tioflaviocultural

    O projeto Tio Flvio Cultural uma reunio de formadores de opinio, vindos de diversas reas do saber para discutir e debater, temas atuais do Brasil e do mundo, no formato de palestras temticas, talks e peas de teatro, sempre de forma gratuita.

    A ideia promover o intercmbio de experincias profissionais; disseminar novas culturas de relaes profissionais; estimular novas posturas; desenvolver pessoas e organizaes e promover o networking entre os participantes.   Servio I: Palestra: Flvio Tfoli "Branding como estratgia de negcios"              
    Pr Loredo - "Como potencializar blogs atravs do facebook" Data: 27 de agosto (segunda-feira), s 19h Local: BI Internacional - Av. Bernardo Monteiro, 1199 Funcionrios, BH/MG - prdio do Colgio Arnaldo  

    Servio II: Palestra: Patrcia Lisboa e Bruno Fernandes "Marketing Cultural" Data: 29 de agosto (quarta-feira), s 19h Local: IEC-PUC-MG - Av. Brasil, 2023 6 andar - Praa da liberdade    


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2012

    Indstria Mineira se rene no Projeto Dirigente.



    Dois momentos marcaram a abertura do Projeto Dirigente, da Fiemg, na noite desta quinta-feira (23), no Ourominas Palace Hotel, em Belo Horizonte. O presidente da Case New Holland, do Grupo Fiat, Valentino Rizzioli, recebeu a comenda da ordem do Mrito Industrial, da Confederao Nacional da Indstria (CNI). Logo em seguida, o ex-presidente do Banco Central do Brasil, Henrique Meirelles, apresentou ao empresariado mineiro a palestra Perspectivas da economia brasileira.

    Meirelles apresentou um quadro otimista para o Brasil. Para ele, o principal desafio do pas a produtividade. J resolvemos questes como a da estabilizao da nossa economia, do desemprego e a da queda dos juros e dos spreads bancrios, que comearam a ceder. Agora, preciso aumentar a competitividade dentro e fora das fbricas. Isso se faz com investimentos em inovao, educao e infraestrutura, afirmou. O executivo do setor financeiro contou que os brasileiros pagaram um alto preo quando as reformas econmicas foram adotadas, a partir de 2003. Hoje, no entanto, temos um crescimento slido. possvel planejar em longo prazo, garantiu.

    A perspectiva positiva de Meirelles para a economia nacional se sustenta no equilbrio da dvida pblica brasileira cerca de 36% do Produto Interno Bruto (pases da Europa, como a Espanha chegam a mais de 70%) , na boa sade dos bancos do pas e nas reservas internacionais elevadas. Para este ano, ele prev crescimento do PIB de pouco menos de 2%. Para 2013, a sua projeo de 4%. No haver crise. Na pior das hipteses, cresceremos a taxas razoveis, pontuou.

    Valentino Rizzioli

    Rizzioli recebeu das mos dos presidentes da Fiemg, Olavo Machado Jr., e da CNI, Robson Braga de Andrade, a comenda da ordem do Mrito Industrial. O ttulo concedido, desde 1958, a personalidades cuja vida profissional seja marcada por servios prestados indstria e ao Brasil. Ele se junta a pessoas como Juscelino Kubitschek, Fernando Henrique Cardoso, Luis Incio Lula da Silva, Jos de Alencar, Jorge Gerdau, Norberto Odebrecht e Eliezer Batista.

    Emocionado, o homenageado lembrou sua trajetria, da Itlia ao Brasil, para trabalhar na fbrica da Fiat, em Betim. Hoje, uma das maiores indstrias de automvel do mundo, comemorou. Rizzioli destacou ainda a implantao, em Montes Claros, da Case New Holland, prevista para entrar em operao em 2014, gerando 2,7 mil empregos no Norte do estado.

    Com muito orgulho, fizemos a indicao do Valentino Rizzioli para receber essa homenagem, aprovada de imediato e por unanimidade pelos nossos companheiros da CNI, contou Machado Jr. O presidente da Fiemg destacou a carreira construda pelo empresrio, em 50 anos no Grupo Fiat. Sabemos e reconhecemos como foi e fundamental h mais de trs dcadas, lembrou. Ele destacou o trabalho pela mineirizao dos fornecedores da Fiat, importante para o surgimento de dezenas de empresas bem sucedidas na cadeia produtiva do setor. Hoje, geram riqueza, empregos, inovao e desenvolvimento tecnolgico em Minas Gerais, disse.

    Para Andrade, a homenagem a Rizzioli engrandece a prpria CNI. H todo o merecimento, pela atuao em Minas Gerais e no Brasil. O caso da Fiat em Betim uma histria de sucesso, afirmou. A secretria de Estado de Desenvolvimento Econmico de Minas Gerais, Dorotha Werneck, tambm se disse orgulhosa pela comenda entregue. A Fiat mudou Minas. Rizzioli faz parte da histria do estado, garantiu.

    Projeto Dirigente

    O Projeto Dirigente tem como objetivo agrupar os lderes empresariais para debater propostas para a indstria mineira. O objetivo fortalecer a atuao conjunta dos empresrios e o associativismo, por meio dos sindicatos patronais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2012

    Fbria de cimento da Holcim em Barroso ter o maior moinho vertical do planeta

    Governador Anastasia
    participa de lanamento
    das obras de expanso
    e modernizao da Holcim


    Fabricante de cimentos
    vai investir R$ 1,4 bilho para triplicar
    capacidade produtiva da planta industrial em Barroso,
    que ter o maior moinho vertical do mundo





    Omar Freire / Imprensa MG

    Antonio Anastasia destacou que Minas se equiparou a So Paulo no consumo de cimento

    Antonio Anastasia destacou que Minas se equiparou a So Paulo no consumo de cimento


    O governador Antonio Anastasia participou, nesta sexta-feira (24), em Barroso, na regio Central do Estado, do lanamento oficial das obras de expanso e modernizao da fbrica da Holcim, a sexta maior fabricante de cimentos no pas. Com o projeto, que ir triplicar a capacidade produtiva, a Holcim ter, em Barroso, o maior moinho vertical de cimento do mundo, com capacidade de produo de 450 toneladas por hora.

    A capacidade de produo anual da unidade passar de 1,2 milho para 3,6 milhes de toneladas de cimento. A multinacional vai investir cerca de R$ 1,4 bilho na expanso, com a gerao de 100 empregos diretos (totalizando 298 funcionrios) e 800 empregos indiretos, aps a fbrica entrar em operao.

    A expectativa que as obras sejam concludas at o fim de 2014. A rea construda passar de 34 mil m para 175 mil m. Durante a construo da nova planta industrial, sero gerados mais de dois mil postos de trabalho. A licena ambiental para a obra foi concedida em abril deste ano e j esto sendo realizadas aes como a limpeza da rea e preparo do terreno.

    Termmetro de prosperidade


    O governador Antonio Anastasia foi recebido pelo presidente do Grupo Holcim, Bernard Fontana, e pelo presidente da Holcim Brasil, Otmar Hbscher. E ele recebeu do executivo da empresa um livro comemorativo dos 100 anos de atividade do Grupo Holcim e descerrou a placa alusiva ao incio das obras. Em seu pronunciamento, Anastasia ressaltou que Minas Gerais, maior produtor de cimento do pas, vai aumentar sua capacidade produtiva com a expanso da Holcim e de outras empresas do ramo.

    O governador destacou que, alm da liderana na produo, o Estado tambm aumentou sua participao no consumo de cimento no Brasil, se equiparando a So Paulo.

    "Com a expanso da Holcim e de outras, vamos aumentar a produo. um fato auspicioso, porque, nos ltimos anos, Minas Gerais, conseguiu tambm um lugar de destaque no consumo de cimento. Segundo informaes do prprio setor, chegamos a equiparar ao Estado de So Paulo. No passado, Minas no consumia, per capita, a metade do que era consumido em So Paulo. J temos uma posio de igualdade. Isso demonstra de fato esse grau de prosperidade, de desenvolvimento, de progresso e de incluso", afirmou.

    Desenvolvimento inclusivo


    Antonio Anastasia lembrou ainda que o Governo de Minas participa do projeto de expanso da Holcim por meio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), que financiar cerca de R$ 250 milhes. Em parceria com a Holcim, a Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), a Mendes Jnior, responsvel pelo obra, e a prefeitura municipal do suporte para a realizao de cursos de capacitao para contratao de mo de obra." um esforo em conjunto para termos, de fato, um desenvolvimento inclusivo em uma regio que crescer ainda mais", completou.

    O governador salientou que nas ltimas semanas o Estado recebeu "notcias extraordinrias". Alm do aumento do grau de investimentos de Minas Gerais, feito pela agncia de classificao de risco internacional Standard & Poors (S&P), permitindo ao Estado atrao investimentos robustos, houve na rea da educao o reconhecimento do Ministrio da Educao. O Estado ficou em primeiro lugar no Ideb entre os alunos do 5 ano do ensino fundamental. "Para um Estado com dimenses to grande como Minas, isso extremamente positivo. Mas no um esforo apenas do governo, de toda a sociedade", afirmou.

    O presidente do Grupo Holcim, Bernard Fontana, ressaltou o apoio do Governo de Minas ao projeto e disse que com o projeto todos ganham. "Cada investimento que fazemos em um pas, traz consigo desafios. A modernizao e ampliao da unidade de Barroso no diferente. Com esses mais de um bilho de reais investidos, aumentaremos a nossa capacidade de atender as crescentes necessidades de nossos clientes, buscando gerar valor mtuo a todos as nossas partes interessadas" afirmou.

    O presidente da Holcim Brasil, Otmar Hbscher, ressaltou que a parceria com Minas Gerais e com Barroso tem sido prspera, trazendo benefcios para toda a comunidade da regio. "Nosso compromisso com Barroso, com Minas Gerais e o Brasil de que nossa parte ser feita sempre com responsabilidade e cuidado, na expectativa de um futuro promissor e sustentvel para todos ns", completou.

    Holcim no Brasil


    De acordo com o gerente do projeto de expanso, Pedro Lluch, a nova linha de produo ser instalada ao lado da atual fbrica e ser abastecida pelas minas de calcrio Mata do Ribeiro (a 7,3 km da planta) e Capoeira Grande (a 1 km).

    A fbrica de cimentos em Barroso foi inaugurada pela Companhia de Cimento Portland Paraso, em 1955, e foi adquirida pela Holcim, em 1996. Na unidade, so produzidos trs tipos de cimentos, que abastecem o mercado varejista e concreteiras de Minas Gerais, So Paulo e Rio de Janeiro.

    Sediada na Sua, atua em mais de 70 pases. No Brasil, onde est desde 1951, possui cerca de 2 mil empregados e fbricas de cimento em Barroso e em Pedro Leopoldo, na RMBH, e no Rio de Janeiro. Juntas, as unidades tm capacidade produtiva de 5 milhes de toneladas por ano.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2012

    Inaugurado Museu da Energia em Cataguases




    imagem.title




    Vice-governador destacou importncia da preservao da memria e da histria que faz parte de Minas

    Vice-governador
    destacou importncia da preservao da memria
    e da histria que faz parte de Minas


    O vice-governador Alberto Pinto Coelho participou, nesta sexta-feira (24), em Cataguases, na Zona da Mata mineira, da inaugurao das novas instalaes do Museu Energisa e do Centro de Memria da Zona da Mata. Inaugurado em 1985, pelo governador Aureliano Chaves, o museu, que retrata a evoluo histrica da empresa e da eletricidade, passou por reformas e ganhou novas salas.

    Durante a solenidade, o vice-governador destacou a importncia da preservao da memria e da histria que faz parte de Minas Gerais.  "O Museu e o Centro de Referncia da Zona da Mata so obras que merecem aplausos. A Energisa uma companhia centenria, da qual nos orgulhamos muito. Trata-se de uma empresa de qualidade e de excelncia, que, com sua presena na sociedade, produz o conhecimento, alm da preservar a  memria e a histria, que algo muito importante. O museu da Energisa vai alm disso, pois conta a importante histria da Zona da Mata mineira", ressaltou Alberto Pinto Coelho.

    O presidente da Energisa, Ivan Botelho, relembrou a histria da Energisa. "Hoje a populao pode conhecer como foi criada a Energisa, que mostra a capacidade empreendedora do povo mineiro, que inaugurou a luz nas cidades de Cataguases, Leopoldina e Rio Novo, entre outras. Esperamos que esse museu seja desfrutado por todos que acreditam na histria da nossa terra e de seus pioneiros", disse Ivan Botelho.

    Alberto Pinto Coelho conheceu as novas instalaes do museu, acompanhado da presidente da Fundao Cultural Ormeo Junqueira Botelho, Mnica Botelho. A Fundao responsvel pelo novo projeto museogrfico.

    Museu Energisa


    Localizado em um casaro estilo art nouveau, o Museu Energisa um espao destinado a um abrangente panorama do histrico de evoluo da empresa e da economia regional por ela gerada, em paralelo histria da prpria eletricidade. Nas salas do casaro, adaptado para receber as novas instalaes, o visitante poder conhecer a trajetria das descobertas humanas no campo energtico da grande exploso que deu origem ao universo at as modernas hidreltricas.

    O museu tem foco voltado para a evoluo da Empresa, o processo histrico que se inicia em 1905, com a criao da Cia Fora e Luz Cataguases-Leopoldina, antiga denominao da Energisa segue com a criao da pioneira Usina Maurcio, na primeira dcada do sculo passado; tem continuidade com a inaugurao da Usina de Ituer, em 1923, e da Nova Usina Maurcio, em 1941; e chega j neste sculo s modernas  as pequenas centrais hidreltricas.

    Alm de uma srie de imagens histricas, fotografias e filmes exibidos em monitores nas vrias salas, estaro expostos equipamentos utilizados na construo das Usinas, como teodolitos, bssolas, altmetros e ampermetros. As salas apresentam, em sequncia, a longa e bem-sucedida trajetria da empresa hoje presente em quatro estados brasileiros (Minas Gerais, Paraba, Sergipe e Rio de Janeiro) e que atende a uma populao de mais de 8 milhes.

    No mesmo prdio, tambm foi inaugurado o Centro de Memria da Zona da Mata, um espao aparelhado com monitores que disponibilizam arquivos digitalizados de jornais, fotos e iconografia da regio, alm de uma sala multiuso, Para marcar a abertura, est sendo exibida a exposio "A Moda da Mata", abordando usos e costumes na regio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 25, 2012

    Direto do Festival Internacional de Gastronomia de Tiradentes

    Dia de sol, cu sem nenhuma nuvem. Faz frio agora pela manh. Champagne ameniza a temperatura.
    Estamos na Praa das Forrras. Tem belohorizontino pr todo lado. Todos ns felizes.

    s 9 da noite estarei no Festim do Senac. frente o talentoso chef Edson Puiati.
    Desta vez, o governador Anastasia, no estar no Festim. Ficou em BH para prestigiar o nver do Automvel Clube.

    Depois conto mais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2012

    Em tempo de Festival Internacional de Gstronomia de Tiradentes - que comea hoje e vai at dia 10 de setembro. Uma das estrelas mineiras o chef EDSON PUIIATI, mineiro de Barbacena. Ele comanda no Senac o setor de gastronomia. E neste sbado estar no Espao Gastronmico do Senac em Tiradentes recebendo personalidades para o tradicional Festim da entidade - comandada em Minas pelo dinmico e inquieto Lzaro Gonzaga, mineiro de Coromandel. EM TEMPO: convidado que fui, esdtarei no Festim, amanh, como presidente da ABRAJET Minas - Associao dos Jornalistas de Turismo. Depois eu conto !!!


    Foto arquivo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2012

    Governador abriu agenda para a beleza da mulher mineira. Recebeu no Palcio da Liberdade, a nova miss MG Thiessa Sikert, de Uberaba




    Lcia Sebe/Imprensa MG

    O governador Antonio Anastasia e a Miss Minas Gerais 2012, Thiessa Sickert

    O governador Antonio Anastasia e a Miss Minas Gerais 2012, Thiessa Sickert



    O governador Antonio Anastasia recebeu, nesta quinta-feira (23), no Palcio da Liberdade, a Miss Minas Gerais 2012, Thiessa Sickert. Natural de Uberaba, no Tringulo mineiro, Thiessa tem 19 anos e foi eleita miss no ltimo dia 8 de agosto.



    Anastasia cumprimentou Thiessa pela vitria e desejou sorte no concurso Miss Brasil 2012, que acontece, no dia 29 de setembro, em Fortaleza (CE). Minas Gerais uma terra de mulheres muito bonitas e estamos tendo esse testemunho pela nova miss Minas Gerais, que veio da bela cidade de Uberaba. Thiessa ganhou o ttulo em uma eleio que foi disputada e vai agora defender nosso Estado no Miss Brasil. Temos muita confiana e convico na sua vitria, no s pela sua beleza, mas fundamentalmente pelos seus valores, sua inteligncia e sua simpatia, afirmou.


    Para o governador, o evento mais uma boa oportunidade para divulgar o nome de Minas. uma forma de divulgar o Estado, de levar os valores culturais, histricos, gastronmicos, de fomentar o turismo. A miss tambm uma embaixadora, ela leva o conhecimento e o nome do Estado a todo o Brasil. E com sua beleza, Thiessa vai irradiar a simpatia mineira por todo o Brasil, afirmou Anastasia.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2012

    Promotores de Justia se reunem com secretrio de Defesa Social, Rmulo Ferraz, para alinhar estratgias no enfrentamento violncia

    Encontro de representantes
     das 18 Regies Integradas de Segurana Pblica
    teve foco no enfrentamento violncia
    e no compartilhamento de aes




    Divulgao/Seds

    Os 29 promotores alinharam estratgias de enfrentamento  violncia e conheceram vrias aes

    Os 29 promotores alinharam estratgias de enfrentamento violncia e conheceram vrias aes


    Promotores de Justia de todas as regies de Minas Gerais se reuniram nesta quarta-feira (22) com o secretrio de Estado de Defesa Social, Rmulo de Carvalho Ferraz. No evento, 29 promotores, recm-nomeados como representantes do Ministrio Pblico nas 18 Regies Integradas de Segurana Pblica (Risps) de Minas, alinharam estratgias de enfrentamento violncia e conheceram aes que vem sendo desenvolvidas para a reduo da criminalidade no Estado.

    O secretrio apresentou os pontos cumpridos e em andamento do Plano Integrado de Enfrentamento Violncia, lanado em maio, e destacou como a atuao do Poder Judicirio e do Ministrio Pblico, cada vez mais perto das foras policiais, tm contribudo para as quedas sucessivas de criminalidade que o Estado obteve nos ltimos meses.

    Em maio, o Governo de Minas assinou um Termo de Cooperao com o Ministrio Pblico e com o Poder Judicirio para que as duas instituies se envolvam ainda mais na dinmica da represso e preveno da criminalidade violenta. Desde ento, todas as reunies da segurana pblica do Estado tm contado com a presena de promotores, incluindo as reunies pelo interior do Estado da metodologia Igesp (que j aconteceram em Ipatinga, Montes Claros, Passos, Divinpolis, Uberaba e Uberlndia), do Colegiado de Integrao e as do Comit Interdisciplinar de Monitoramento dos Crimes Violentos.

    Com a reunio desta quarta-feira, a Secretaria de Estado de Defesa Social (S
    eds) formalizou a figura do representante do Ministrio Pblico na estrutura das Regies Integradas de Segurana Pblica (Risps). Todos os nomeados (veja quadro) compartilharo informaes de inteligncia, priorizao de casos e estratgias com os comandantes regionais da Polcia Militar e com os chefes de Departamento da Polcia Civil em todas as 18 Risps de Minas. 

    Trabalho pela segurana
    Durante a reunio, Rmulo Ferraz destacou projetos anunciados no Plano Integrado de Enfrentamento Violncia que j esto em andamento, como a implantao de trs novos Centros de Preveno Criminalidade, com o programa Fica Vivo e Mediao de Conflitos, na regio metropolitana da capital. Os recursos conseguidos junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES) e Banco Interamericano para o Desenvolvimento (BID) para financiamento de aes no sistema prisional, da ordem de R$ 200 milhes, tambm foram destacados.

    "Em novembro, ser inaugurada a primeira unidade prisional pblico-privada do pas. O uso das tornozeleiras eletrnicas por detentos do regime aberto e semiaberto tambm se iniciar neste ano. E est em andamento, para inaugurao no ano que vem, a implantao de seis novas APACs", ressaltou o secretrio.

    Outros projetos que ainda esto em andamento, como a pactuao com o Ministrio Pblico para o fomento da implantao de medidas de meio aberto, com os municpios, para adolescentes em conflito com a lei, tambm foram apresentados.
     
    "Estas medidas antecedem a internao, so de responsabilidade de municpio, e precisam ser mais articuladas. Nossa meta que todos os municpios com mais de 15 mil habitantes, possam, a mdio prazo, contar com este tipo de medida socioeducativa", destacou o secretrio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2012

    Operadora CLARO lana 4G em Bzios, Parati e Campos do Jordo






    • Claro lana 4G em trs cidades do RJ e SP






    A operadora de telefonia mvel pertencente Amrica Movil, a Claro, anunciou que lanou a rede 4G em trs cidades do Brasil: em Bzios e Parati, no Rio de Janeiro, e Campos do Jordo, em So Paulo.

    "Estamos lanando as primeiras cidades de 4G no Brasil. Criamos um circuito de experincia para nossos clientes", disse o presidente da empresa Carlos Zenteno a jornalistas nesta quarta-feira, durante evento do setor em So Paulo.

    As redes lanadas no so de teste, afirmou a Claro, para tanto, ainda no podem ser usadas comercialmente, o motivo deve-se ao fato que ainda necessrio uma formalizao com o governo.

    Zenteno disse tambm que a empresa pretende levar a rede 4G para todas as cidades que iro receber, em 2013, a Copa das Confederaes.  O executivo tambm explicou a escolha das cidades que receberam a rede 4G, elas foram escolhidas tambm por serem cidades tursticas e assim, a operadora tem a possibilidade de mostrar os seus servios para consumidores de outros locais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2012

    SENAC apresenta surpresa no Festival Gastr de Tiradentes.


    No Festival Internacional de Gastronomia de Tiradentes,
    que comea hoje e vai at dia 10 de setembro.
    O FORUM INTERNACIONAL DE GSTRONOMIA DO SENAC Minas
    presidido pelo mineiro de Coromandel Lzaro Gonzaga.
    Vale conferir!!!

    Vem a o 1 Frum Senac Gastronomia e Cultura, que ser realizado durante o XV Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes. O festival comea no dia 24 de agosto e vai at 2 de setembro. No Frum, sero realizadas palestras, oficinas e debates com profissionais renomados do segmento gastronmico. Profissionais e alunos do Senac tambm participam dos debates.

    Em Tiradentes, as aes sero concentradas no Espao Senac Gastronomia (Largo dos Chefs), que fica na Praa da Rodoviria, e na Pousada Escola. A perspectiva que 80 mil pessoas estejam na cidade histrica para acompanhar os eventos.

    Palestrantes internacionais Entre os principais chefes de cozinha estrangeiros que participarodoFrum Internacional de Gastronomiaesto Jordi Roca, da Espanha, o chileno Matias Palomo, o venezuelano Sumito Estvez, e o peruano Diego Muoz. Eles promovero debates sobre os seguintes temas, respectivamente:As Sobremesas do Celler,Inovando a Cozinha Chilena,As Razes da Cozinha VenezuelanaeOs Melhores Ceviches do Mundo.

    Prata da Casa Os chefes de cozinha do Senac tambm prometem fazer bonito no Frum. Entre as palestras que eles vo ministrar estA Regionalizao da Gastronomia, que ser promovida no dia 25 de agosto. Participam desse debate Edson Puiati e Hans Eberhard Aichinger, ambos do Senac, e Teresa Coro, que representa o Instituto Maniva, do Rio de Janeiro. No mesmo dia,entre outras atividades,est a palestraA Arte de Servir, que vai contar com a participao de Izaias Sobrinho, Maicon Rodrigues Oliveira de S e Flvio Augusto de Paiva Gomes, todos tambm do Senac.Aprogramaodo Frum Internacional de Gastronomia abrange os dois finais de semana do Festival e as inscries sero feitas no local, por ordem de chegada.

    Foco na comunidade De 27 a 30 de agosto, o Senac preparou tambm uma programao especial, com palestras e oficinas que iro proporcionar aos produtores, empresrios, atendentes de estabelecimentos locais e toda a comunidade o aperfeioamento de tcnicas e conhecimentos. As informaes detalhadas sobre essas atividades podem ser conferidas no site: www.mg.senac.br

    De acordo com o gerente de Gastronomia do Senac, Edson Puiati,oeventoproporciona umarica troca de experincias entre os participantes. O Festival abre espao para que instrutores, alunos do Senace pblico em geralpossam vivenciar a prtica de servios relacionados ao segmento, por meio da interface com profissionais de renome do ramo gastronmico, avalia.

    Confira abaixo a programao do Frum em Tiradentes:

    25/08/2012

    10 horas - As sobremesas do Celler - Chef Jordi Roca - Rest. El Celler de Can Roca, Girona, Espanha

    Local: Pousada Escola Senac

    11 horas - Cozinha de Confraria - Nestor Oliveira

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    11h15- A Nova Gerao do Par - Chef Thiago Castanho - Rest. Remanso do Bosque, PA

    Local: Pousada Escola Senac

    12h15- Jornalismo Gastronmico Marcelo Fiza Jornal O Tempo

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    12h30 -Cozinha Autoral e Contempornea - Chef Alberto Landgraf - Rest. Epice, SP

    Local: Pousada Escola Senac

    14h45- A Arte de Servir: o diferencial da gastronomia - Izaas Jos Sobrinho, Maicon Rodrigues Oliveira de S e Flvio Augusto de Paiva Gomes Senac, MG

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    15h30- Culinria Japonesa em Pernambuco - Chef Andr Sabur - Rest. Quina do Futuro, PE

    Local: Pousada Escola Senac

    16 horas - O Poder da Crtica Gastronmica - Colman Andrews (revista Saveur e NYT), Josimar Melo (Folha de SP) e Silvia Laporte (Estado de Minas) e Guta Chaves

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    16h45- Vinhos de Sobremesa - Nelton Fagundes Sommelier da Decanter

    Local: Pousada Escola Senac

    17h15- A regionalizao da gastronomia - Teresa Coro (Inst. Maniva e Rest. O Navegador/RJ), Edson Puiati e Hans Eberhard Aichinger (Senac)

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    18h30- Cervejas Especiais e Cultura - Marco Antonio Falcone (Falke Bier) e Letcia Borges (Casa da Cerveja SP)

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    26/08/2012

    11 horas - Histria da Gastronomia Mineira Leandro Pena Cato - PhD em Histria

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    11 horas - Cozinha Bomia Carioca - Chef Katia Barbosa - Rest. Aconchego Carioca, RJ

    Local: Pousada Escola Senac

    12h15- Desconstruindo a Amaznia - Chef Felipe Schaedler - Rest. Banzeiro, AM

    Local: Pousada Escola Senac

    12h15- Queijos Mineiros - Elmer Ferreira Luiza de Almeida (Emater) e Rusty Marcellini (rdio CBN e blog BH)

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    01/09/2012

    10 horas - Equilbrio entre a Cozinha Caseira e de Autor - Chef Toms Olivera - Rest. CasaMar, Santiago, Chile

    Local: Pousada Escola Senac

    10h30- Cozinha Regional Norte de Minas - Senac Regional Norte

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    11h15- A Nova Estrela de Lima - Chef Virgilio Martnez - Rest. Central, Lima, Peru

    Local: Pousada Escola Senac

    12 horas - Debate: Cozinha Mineira - Patrimnio do Mundo - Eduardo Avelar, Eduardo Maia, Beth Beltro, Felipe Rameh, Pablo Oazen

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    12h30- Os Melhores Ceviches do Mundo - Chef Diego Muoz - rest. Astrid y Gastn - Lima, Peru

    Local: Pousada Escola Senac

    15h30- Apresentao Academia Brasileira de Gastronomia - Enio P. Miranda - Membro fundador ABG

    Local: Pousada Escola Senac

    15h15- Agroindstria canavieira, os segredos da cachaa mineira Armando del Bianco Coopifor - Agroindstria Canavieira

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    16h30- DEBATE: Fraternidade Sul Americana - Chefs Sul Americanos, Chef Alex Atala, Rosana di Turi (jornalista/Venezuela), Daniel Greve (jornalista/Chile) e Catherine Contreras (Diario El Comercio/Peru)

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    16h45- Vinhos de Portugal - A descoberta das Castas Portuguesas - Rui Falco, Sommelier, Vinhos de Portugal

    Local: Pousada Escola Senac

    02/09/2012

    10h30- As Razes da Cozinha Venezuelana - Chef Sumito Estvez - Rest. Sumito, Caracas, Venezuela

    Local: Pousada Escola Senac

    11 horas - Memrias Gastronmicas, Patrimnio Imaterial e Terroir - Guta Chaves (editora Gourmet Life e Prof. Antropologia da Alimentao) e Dolores Freixas

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    11h45- Apresentao Academia Brasileira de Gastronomia - Enio P. Miranda - Membro fundador ABG

    Local: Pousada Escola Senac

    11h45- Inovando a Cozinha Chilena - Chef Matas Palomo - Rest. Sukalde, Santiago, Chile

    Local: Pousada Escola Senac

    12h15- Profuso de Sensaes - Chef Tadeu Lubambo (rest. Camamo) e Chef Gabriela Sales (pesquisadora)

    Local: Espao Senac - Largo dos Chefs

    13 horas - Os Ingredientes Indgenas - Chef Nelson Mndez - Rest. Biarritz, Caracas, Venezuela

    Local: Pousada Escola Senac

    Eduardo Nunes
    Assessoria de Imprensa
    Rua Dr. Sette Cmara,75
    Luxemburgo - Belo Horizonte/MG
    31 3292 8660 8409


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2012

    Caravana da Sade da Assemblia de Minas recebeu 5 mil assinaturas em Conselheiro Lafaiete

    A Caravana da Sade, coordenada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), esteve nesta quinta-feira (23/08) em Conselheiro Lafaiete.

    O presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), e o presidente da Comisso de Sade da ALMG, deputado Carlos Mosconi (PSDB), receberam das mos do deputado Glaycon Franco (PRTB) cerca de cinco mil assinaturas recolhidas no municpio.

    O encontro ocorreu no auditrio da 2 Subseo da OAB/MG.
    Para o presidente Dinis Pinheiro, os cidados de Conselheiro Lafaiete esto dando um exemplo em busca de melhores servios de sade.

    "Essas assinaturas vo contribuir para a criao de um projeto de iniciativa popular que ser entregue no Congresso Nacional para que a Unio invista mais em sade. Aqui, em minhas mos, est o desejo de cinco mil mineiros que querem mais atendimento mdico de qualidade", enfatizou.

    A Caravana tem como objetivo divulgar a campanha Assine + Sade, que tenta retomar a Emenda Constitucional 29 (EC-29), em sua forma original. A EC-29 preconizava, na sua aprovao, em 2000, que os trs entes federados deveriam investir em sade: a Unio deveria gastar 10% do seu oramento no setor; os Estados, 12%; e os municpios, 15%. Com a regulamentao da proposta em janeiro deste ano, a obrigatoriedade dos percentuais oramentrios ficou apenas para os Estados e municpios.

    Segundo o presidente da Comisso de Sade, deputado Carlos Mosconi, houve a degola da EC-29. "A Unio, que arrecada 70% da carga tributria brasileira, no quer assumir a sua responsabilidade em financiar a sade brasileira. A campanha Assine + Sade quer que o Governo Federal invista os 10% anteriormente proposto. Isso representaria cerca de R$40 bilhes a mais para o setor", disse Mosconi, que tambm o autor da EC-29, em sua forma inicial.

    O deputado Glaycon Franco, representante de Conselheiro Lafaiete no parlamento mineiro, afirmou que a Unio deveria investir todo o dinheiro que fosse necessrio para solucionar os problemas de sade no pas. De acordo com o prefeito Jos Milton de Carvalho, Conselheiro Lafaiete arca com 30% do seu oramento somente para tentar sanar as dificuldades no setor existentes no municpio. "Se a Unio investisse na sade, no precisaramos viver com um oramento apertado", desabafou.

    Mobilizao. Para participar da campanha, o cidado deve assinar o abaixo-assinado, informando seu nome completo, endereo e ttulo de eleitor. Quem no souber o nmero do ttulo de eleitor, pode informar sua data de nascimento e nome completo da me. O formulrio tambm pode ser impresso no site www.almg.gov.br, e depois encaminhado ao Centro de Atendimento ao Cidado da ALMG (rua Rodrigues Caldas, 30 - Santo Agostinho).

    No Estado, a mobilizao tem ganhado o apoio de diversas instituies sensveis causa, como a Associao Mdica de Minas Gerais (AMMG), Associao Mineira de Municpios (AMM), Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Federassantas, Conselho Regional de Medicina (CRM-MG), OAB-MG, entre outros.

    Na prxima segunda-feira (27/08), a ALMG vai realizar um Encontro Nacional dos presidentes de Comisses de Sade de todas as Assembleias Legislativas do pas para mobilizar todo o Brasil na campanha. No prximo dia 30, a Caravana da Sade segue para Arax.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2012

    Balano da atuao do BDMG

    Desembolsos do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais
    crescem 31% no primeiro semestre de 2012

    Perodo marcado pela elaborao de projetos especiais e pelo desenvolvimento de novo modelo de distribuio, com vistas a facilitar o acesso ao crdito

    Belo Horizonte, agosto de 2012 Os resultados do primeiro semestre de 2012 do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), publicados hoje (23), refletem sua nova estratgia de atuao. Os desembolsos totais do BDMG apresentaram evoluo no primeiro semestre do ano, com crescimento de 31% em relao ao mesmo perodo do exerccio passado, alcanando R$ 619,3 milhes.

    Para o segmento de micro e pequenas empresas, o BDMG desembolsou R$ 127,4 milhes no primeiro semestre deste ano, 41% a mais que no mesmo perodo de 2011. Em julho de 2012, essas liberaes superaram o total aportado durante todo o ano de 2011, ultrapassando os R$ 150 milhes.

    A maior parte dos desembolsos (R$ 345 milhes) foi destinada ao setor industrial, em especial aos segmentos de minerais no metlicos, produtos alimentcios, mquinas e equipamentos. Os ativos totais do BDMG aumentaram 26%, passando de R$ 2,462 bilhes no primeiro semestre de 2011 para R$ 3,092 bilhes no mesmo intervalo deste ano.

    Uma das diretrizes do BDMG ser parceiro do Estado e dos municpios, oferecendo apoio crescente s administraes municipais. O Banco registrou aumento expressivo de 116,6% em desembolsos para municpios no primeiro semestre de 2012, ante igual perodo do ano passado, saltando para R$ 94,1 milhes. Desse total, R$ 72 milhes foram disponibilizados por meio do Programa BDMG Novo Somma. Os recursos, de capital prprio do Banco, foram destinados compra de mquinas e equipamentos para intervenes em vias pblicas, e obras de infraestrutura e de tratamento de resduos slidos urbanos. O BDMG tambm repassou recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES) para aquisio de mquinas e nibus escolares.

    O patrimnio lquido da instituio financeira apurou incremento, de 13%, evoluindo de R$ 1,099 bilho para R$ 1,243 bilho nos perodos comparados. Um dos fatores que contriburam para esse desempenho foi o aumento do lucro lquido (27%), de R$ 26 milhes para R$ 33 milhes nos intervalos analisados. A carteira prpria de operaes de crdito, realizadas com recursos prprios e de repasses, teve crescimento substancial (45%), de R$ 1,648 bilho para R$ 2,394 bilhes.

    Os focos principais do BDMG so multiplicar a base de clientes de micro e pequeno portes, ser parceiro do Estado e municpios, buscar novas forma de atuao para contribuir com o desenvolvimento socioeconmico do Estado priorizando iniciativas nas reas de inovao e sustentabilidade ambiental e aprimorar o atendimento ao cliente, facilitando o acesso a recursos financeiros e agilizando as concesses de crdito.

    Acesso ao crdito O Banco tem criado condies para facilitar o acesso ao crdito, especialmente para as micro e pequenas empresas. O BDMG desenvolveu um novo modelo de distribuio, baseado numa rede de Correspondentes Bancrios espalhados por todo o estado, na plataforma digital BDMG Web que estar disposio ainda este ano e no call center, recentemente reformulado.

    Por meio de parcerias com cooperativas de crdito e entidades empresariais, o Banco passou a contar com 130instituies credenciadas como Correspondentes Bancrios, que j proporcionaram o recebimento de 349 propostas de financiamento. J o BDMG Web e o call center permitiro que a instituio esteja cada vez mais prxima do cliente, agilizando e facilitando a concesso de crdito.

    Novas formas de atuao O Banco tambm concentrou esforos na elaborao de projetos especiais nas reas de mercado de capitais, parcerias pblico-privadas (PPPs) e meio ambiente. O BDMG assessorou o projeto de concesso da Rede Multisservios da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), estruturou a emisso de debntures da Minas Gerais Participaes (MGI) e a concesso de empreendimento imobilirio do Parque Tecnolgico de Belo Horizonte (BH-TEC).

    O BDMG investe ainda em fundos de empresas emergentes (FIEE) e de participaes (FIP), colaborando para o surgimento de negcios inovadores. Na modalidade de fundos de venture capital (capital de risco), o BDMG apoia o FIEE HorizonTI (empresas de TI da Regio Metropolitana de Belo Horizonte), o FIP Brasil Sustentabilidade (projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo) e FIP Brasil TI DLM (empresas brasileiras de TI). J o Fundo de Investimento em Direitos Creditrios (FIDC) oferece crdito de curto prazo, a baixo custo, s empresas ligadas a cadeias produtivas mineiras. Como parte da poltica de atrao de investimentos para o Estado, o BDMG tem atuado na participao acionria via subsidirias em empreendimentos que buscam se instalar em Minas Gerais.

    Na avaliao do presidente do BDMG, Matheus Cotta de Carvalho, os resultados do primeiro semestre de 2012 condizem com a nova estratgia do Banco. Temos buscado aumentar cada vez mais a agilidade dos processos internos e consolidar um modelo de parcerias que aproxime o BDMG ainda mais dos clientes. Uma das nossas atenes so os clientes que mais necessitam do crdito, como as micro, pequenas e mdias empresas, finaliza.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2012

    Comea nesta sexta o Festival Internacional de Gastronima de Tiradentes. Estarei l no sbado e domingo, como presidente da Abrajet Minas No sbado participo do Festim do Senac, a convite do chef du cusine barbacenense Edson Puiatti.

    O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, em parceria com o Sistema Fecomrcio Minas, Fiemg, Faemg e Sebrae Minas apoia a realizao da 15 edio do Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes, que acontece entre os dias 24 de agosto e 2 de setembro.


    Durante o festival, a Setur MG participa da "Feira dos Produtos e Produtores" que tem o objetivo de mostrar ao visitante a importncia da cadeia produtiva da gastronomia, do produtor at a chegada do alimento mesa dos restaurantes. Esta uma das aes que objetivam posicionar Minas Gerais internacionalmente como o Estado da Gastronomia. Alm disso, a Setur apresentar os destinos tursticos do Estado por meio do Portal do Turismo mineiro (www.minasgerais.com.br).

    O Festival

    Durante dez dias, a cidade de Tiradentes entra no clima do evento, que se divide entre os disputados festins - jantares especiais preparados por chefs brasileiros e internacionais - e atividades gratuitas como cursos, workshops, degustaes, shows, exposies e teatro. Os restaurantes, considerados os melhores de comidas tpicas de Minas Gerais, tambm preparam pratos especiais em comemorao ao evento.

    Este ano, o festival ter como tema "Uma viagem pela gastronomia regional", e traz o universo de sabores de vrios estados para as mesas do evento e as ruas da cidade.  Uma equipe de pesquisadores percorreu 51 cidades em seis estados brasileiros: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Cear, Amazonas e Rio Grande do Norte, num total de 18.194 quilmetros.

    O objetivo da expedio foi realizar mapeamento da cadeia produtiva e revelar a riqueza da gastronomia brasileira e seu potencial econmico, mostrando toda a cadeia gastronmica: produto, produtor, centro de distribuio (mercados, feiras, supermercados, restaurantes, etc.) e consumidor final. A pesquisa foi documentada em fotos, vdeos e dirios de bordo e o contedo est disponvel no site www.gastronomiatiradentes.com.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2012

    hoje, 20:00 na Casa Bernardi em BH. Evento para comemorar os 20 anos do escritrio de advocacia Dcio Freire & Associados.

    Na inaugurao do escritrio Dcio Freire Advogados e homenagem ao jornalista Csar Romero em Juiz d 
    Tnel do Tempo: quando da inaugurao do escritrio
    em Juiz de Fora,
    Dcio Freire o anfitrio, o jornalista Csar Romero e o
    empresrio Jovino Campos.

    O HOMENAGEADO desta noite pelo
    Escritrio Dcio Freire & Associados.

    Conselheiro Carlos Alberto Reis de Paula(Imagem:Divulgao)
    Ministro Carlos Alberto Reis de Paula


    Os 20 anos do Escritrio Dcio Freire & Associados.
    O advogado Dcio Freire movimenta a semana no meio jurdico, empresarial e poltico da capital.
    Na quinta, dia 23, s 20:00 recebe na Casa Bernardi em homenagem ao ministro Carlos Alberto Reis de Paula, nico mineiro que faz parte do CNJ - Conselho Nacional de Justia.

    De Juiz de Fora vem o jornalista Csar Romero e o empresrio Jovino Campos - que adquiriu um possante helicptero para agilizar seus desclocamentos de negcios.
    Em tempo: Jovino est levando seu supermercado Bahamas para Uberlndia.

    Conhea a histria da trajetria
    do self made man Dcio Freire
    e de seu renomado Escritrio de advocacia
    que est completando 20 anos.
    Fonte: revista Viver Brasil


    O escritrio de advocacia Dcio Freire & Associados completa 20 anos em 2012 em plena expanso. Mais duas unidades sero criadas neste ano, em Macei e em Cuiab. No final de 2011 foi inaugurada uma unidade em Rio Branco, no Acre, ampliando a atuao no Norte e Nordeste, regio onde j domina o mercado atravs de seus escritrios localizados em Manaus, no Amazonas, e em Teresina, no Piau, ocupando a segunda posio no ranking de cada um desses estados. Apenas em 2011 foi registrado crescimento estimado em 35% com a incorporao de mais 100 advogados estrutura, 54 apenas em dezembro, em funo de contrato iniciado no Rio de Janeiro reunindo novos 10 mil processos. O escritrio tem 458 advogados.


    Atualmente, a estrutura formada por 17 escritrios, sendo 16 no Brasil e um em Miami, nos EUA, alm de duas representaes em Portugal e na China.

    O escritrio pioneiro na criao de unidades especializadas. Um exemplo so unidades de direito penal e do consumidor, mantidas de forma independente, mas com total controle e filosofia da administrao central do escritrio. 



    O desafio do Dcio Freire & Associados sempre foi o de atender com a pessoalidade de um escritrio pequeno, de forma personalista e com estrutura e grande porte que assegure ao cliente a eficincia e a agilidade. como explica o scio-fundador, advogado Dcio Freire: "Criamos reas altamente especializadas em todas as matrias do direito. como se voc tivesse vrios escritrios-butiques. S que todos com a mesma filosofia. Todos agindo de forma integrada. Todos interagindo entre si."



    Amplia-se muito a segurana da empresa abordar determinado tema ou problema, considerando, de forma especializada, todos os riscos. Por exemplo: se uma empresa tem problema na rea ambiental, no pode nunca consider-lo de forma isolada, ou seja, h de considerar tambm os aspectos penais, necessitando tambm da avaliao criminal do assunto. Dcio Freire ressalta, portanto, que se torna muito mais prtico, econmico e eficiente se existe um escritrio com especialistas em todas as reas e que interagem entre si. "Temos especialistas mesmo. Por qu? Porque um nico escritrio. Voc tem segurana de informaes."



    Essa forma de trabalhar tem dado certo. Dcio Freire conta que, certa vez, o vice-presidente de uma grande empresa mundial de petrleo sintetizou: "Vocs, da Dcio Freire, conseguem uma coisa surreal ter uma das maiores estruturas do pas e me atender como um escritrio pequeno". E Freire completa: "Atendemos pessoalmente, por meio de uma estrutura totalmente organizada. 



    O advogado Gustavo Soares Giordano, diretor-scio do escritrio, afirma que, para 2012, a expectativa de crescimento ainda maior na rea de direito de energia, que se consolidou nacionalmente em 2011, inclusive, elevando o nome do escritrio ao mais admirado do Brasil nesse setor, com registros pessoais aos advogados que compem a equipe como sendo os profissionais mais admirados pelas empresas que atuam no ramo. A pesquisa foi feita pela revista Anlise.



    A tendncia a de continuidade desse crescimento. Essa sinalizao pode ser percebida desde o incio de janeiro de 2012, segundo Gustavo Giordano. S nos primeiros 15 dias do ano, oito novos contratos na rea de direito de energia foram firmados. Concentra a assessoria jurdica a empresas que atuam no mercado de energia eltrica, trmica, nuclear, elica e petrolfera desde a atuao regulatria junto Agncia Nacional de Energia Eltrica (Aneel) e Agncia Nacional do Petrleo), passando por questes tributrias e ambientais especficas para este tipo de atividade. Gustavo Giordano afirma que o escritrio acompanha uma infinidade de processos administrativos em nome de empresas desse ramo perante o Ministrio das Minas e Energia, Aneel e ANP.

    Mas tambm trabalhos especficos em reas do direito que so peculiares para a atividade dessas empresas, principalmente ambiental, criminal e tributria. E, ainda, todo o conhecimento em questes societrias envolvendo essas empresas. Ciente desse potencial, o escritrio h quatro anos passou a investir em pessoal e desenvolvimento de pesquisa. H at um departamento de direito de energia com conhecimento tcnico muito apurado. 


    A rea de direito minerrio tambm recebeu grande ateno em 2011 e j vem sendo desenvolvida h quase cinco anos.

    O escritrio faz consultoria jurdica a empresas detentoras de alguns dos maiores projetos em desenvolvimento no pas na rea minerria. Entre eles, os dois maiores projetos de mineroduto do mundo, atualmente em construo em Minas. O crescimento desta rea provocou grande incremento de equipe e de estrutura. Do final de 2010 para o final de 2011, a rea, segundo Gustavo, triplicou de tamanho. 


    Boas perspectivas se abrem tambm com a realizao dos

    grandes eventos esportivos, como a Copa de 2014. Desde a preparao, sobretudo no aquecimento das parcerias pblico-privadas, um dos carros chefes da consultoria do Dcio Freire & Associados, ao assessoramento na expanso da infraestrutura como da rea hoteleira.

    Gustavo informa que o escritrio tem uma infinidade de fundos e empresas estrangeiras que vm sendo assessorados na implementao de projetos. Novas perspectivas tambm se abrem com a privatizao dos aeroportos. "No h hoje nenhuma rea do direito empresarial em que no atuemos e acreditamos que o extraordinrio momento econmico do pas no vai arrefecer at 2016". 


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2012

    Tim, TIM...Sade!!!

    Vinhos de Portugal faz rodshow no Brasil passando por BH. Dia 30, quinta-feira vamos  degustar os famosos vinhos num jantar de harmonizao com o conceituado crtico de vinhos Rui Falco. No requintado restaurrante Mes Amis em Lourdes. O convite foi enviado de Portugal ao nosso blog por Jos Joo Santos da Vinportugal, (essenciadovinho) entidade que divulga vinhos portugueses em todo o planeta.

    Vinhos de Portugal
    promovidos em 12 cidades brasileiras 
     

    A ViniPortugal, entidade responsvel pela promoo dos vinhos portugueses no exterior, est realizando uma ao promocional dos vinhos portugueses no Brasil, um dos principais mercados de importao de vinhos daquele pas.

    Desde finais de julho e at 6 de setembro, a ViniPortugal promove aes de formao para profissionais da hotelaria, restaurao, supermercados, emprios e lojas da especialidade com o objetivo de explicar e sensibilizar para as principais caratersticas que tornam os vinhos portugueses dos mais apetecveis de todo o mundo.








    Rui Falco | Portugal

    Jornalista e crtico de vinhos revista WINE
    -A Essncia do Vinho




    As aes so ministradas por Rui Falco, um dos mais conceituados crticos portugueses de vinho, colaborador da revista WINE-A Essncia do Vinho, tambm presente no Brasil, e autor de um guia anual sobre vinhos. 


    Divulgao

    No calendrio segue-se Belo Horizonte,
    onde na prxima quinta-feira, dia 30,
    se realizar um jantar de harmonizao enogastronmica
    entre os vinhos de Portugal e as criaes do restaurante Mes Amis.


    Ainda em BH, dias 29 e 30 deste ms, no hotel Ouro Minas Hotel Belo Horizonte, decorrero duas sesses de formao, entre as 10:00 e as 16:00, com inscries gratuitas para todos os interessados que ainda se habilitaro a ganhar uma viagem at Portugal para conhecer de perto algumas das regies, castas, terroirs e vincolas do pas luso.

    Os interessados podero solicitar a inscrio, gratuita mas sujeita a confirmao prvia, por email, para: lilianamagalhaes@essenciadovinho.com

    Alm de Belo Horizonte, seguir-se-o Salvador da Bahia (dias 3 e 4 de setembro) e Fortaleza (dias 5 e 6). Foram entretanto j realizadas aes promocionais no Rio de Janeiro, So Paulo, Nitroi, Ribeiro Preto, Campinas, Curitiba, Florianpolis, Londrina e Braslia.

    Portugal exportou mais de oito milhes de litros de vinho para o Brasil em 2011, o que faz do mercado brasileiro o quarto principal destino das exportaes de vinhos portugueses. Portugal surge igualmente na quarta posio entre os vinhos mais importados pelo Brasil, logo a seguir ao Chile, Argentina e Itlia.

    A campanha promocional e de formao da ViniPortugal
    est sendo produzida pela empresa Essncia do Vinho Brasil



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2012

    A palavra de quem decide.

    Palavra do Governador:
    Anastasia responde perguntas dos mineiros
    sobre segurana pblica, ensino superior
    e atraes para o turista na Copa.

    "Ns temos a riqueza das guas minerais, temos o ecoturismo, a nossa culinria e gastronomia to reconhecidas, um grande acervo a favor do turista que vir para a Copa do Mundo e para a Copa das Confederaes".
                                                                                                                                                           Antonio Anastasia
    Hoje, governador, ns vamos fazer mais uma vez o programa junto com os cidados mineiros, de diversas regies do Estado. Eles vo fazer perguntas ao senhor sobre os temas relacionados s suas regies ou s suas prprias cidades. Governador, ns temos aqui uma pergunta, que da Luziene Ribeiro, que estudante l em Lavras, no Sul de Minas.

    Meu nome Luziene Ribeiro, sou estudante daqui de Lavras. Gostaria de perguntar ao governador. Anastasia, voc acha que Minas Gerais est preparada para receber os turistas que viro para a Copa do Mundo?
    Antonio Anastasia: Minha cara Luziene, sim. Eu acredito que sim. Ns temos hoje em Minas Gerais em primeiro lugar no s uma grande infraestrutura fsica, com rodovias, aeroportos, mas, mais do que tudo, ns temos o nosso temperamento, o nosso carter, a personalidade mineira, caracterizada pela hospitalidade, pela gentileza.

    Temos um grande patrimnio histrico, mais da metade do patrimnio histrico brasileiro est em Minas Gerais. Ns temos a riqueza das guas minerais to prximas a de Lavras, nas nossas estncias do Sul de Minas. Ns temos o ecoturismo, ns temos a nossa culinria e gastronomia to reconhecidas, ou seja, temos j um grande acervo a favor do turista que vir para a Copa do Mundo e para a Copa das Confederaes.
     
    claro, temos de avanar mais, temos de qualificar ainda melhor os nossos servios, melhorar a nossa rede hoteleira, aprimorar os nossos aeroportos. um trabalho que estamos fazendo por toda Minas Gerais para fazermos bonito na Copa do Mundo e atrairmos, a partir de ento, mais turistas para nosso Estado.

    A prxima pergunta,
    governador, do Charles Martins,
    estudante l de Uberaba.


    Meu nome Charles Martins e sou estudante de zootecnia em Uberaba e quero saber o que o governador est fazendo pelo ensino superior em Minas.

    Antonio Anastasia: Minas Gerais um Estado muito feliz no ensino superior. Temos 14 universidades federais pblicas no Estado, sendo que dentre as dez melhores universidades federais do Brasil, cinco so em Minas Gerais, inclusive a primeira, que a Universidade Federal de Lavras. Isso muito nos orgulha. Temos tambm duas grandes universidades do Estado, a Unimontes, no Norte de Minas, e a Universidade do Estado, a UEMG.

    No caso da UEMG, estamos em um processo de ampliao com a absoro de algumas unidades no interior. E o ensino superior recebe do Estado uma ateno muito especial por meio da Fapemig, a Fundao de Amparo Pesquisa, com bolsas de estudo, com projetos de pesquisa, tanto que ns temos melhorado muito o nmero de patentes registradas no Estado e temos melhorado tambm percentualmente, em relao ao Brasil, o nmero de mestres e doutores.

    Claro que a ns estamos sempre acoplando a pesquisa com a aplicao da pesquisa no mundo prtico. E para isso os nossos parques tecnolgicos j inaugurados em Belo Horizonte, em Viosa e brevemente em Itajub. Teremos logo tambm em Lavras. De tal modo que ns possamos levar o conhecimento gerado na universidade para as empresas, gerando empregos e mais riquezas para os mineiros.

    A nossa ltima pergunta do Jos Carlos Sampaio,
    motorista na cidade de Pot.

    Eu sou Jos Carlos Sampaio, motorista, trabalho na cidade de Pot. Queria perguntar ao Dr. Anastasia sobre a segurana na nossa cidade.
    Antonio Anastasia: A cidade de Pot recebe o meu abrao. L estive, meu caro Jos Carlos, a na sua cidade, inaugurando o terminal rodovirio e tambm outras obras como Unidades Bsicas de Sade, e sabemos que Pot, prximo a Tefilo Otoni, tambm sofre o efeito da criminalidade que temos hoje em todo o Brasil, especialmente motivado pelo trfico de drogas.

    O que ns temos cada vez mais a internalizao dos nossos efetivos da Polcia Militar e da Policia Civil para o interior e a criao das reas Integradas, das Risps, que so regies aonde as polcias Militar e Civil trabalham em conjunto, lado a lado, com processos de inteligncia para apontar onde a criminalidade est aumentando e, claro, coibir e diminuir, inclusive, atravs de processos preventivos, com a participao da sociedade e de cada cidado.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2012

    Dinheiro novo. Minas recebe cinco novos investimentos no valor total de 42 milhes de reais.

    Investimentos vo gerar 954 empregos,
     sendo 464 diretos e 490 indiretos




    Divulgao/Sede

    Maior investimento ser feito pelo Grupo Poloar, proprietrio da empresa M.P.T, que ir investir R$ 30 milhes

    Maior investimento
    ser feito pelo Grupo Poloar,
    proprietrio da empresa M.P.T,
    que ir investir R$ 30 milhes


    Minas Gerais ir receber cinco novos investimentos, no valor total de R$ 42,4 milhes e gerao de 954 empregos (464 diretos e 490 indiretos). O anncio foi feito pelas empresas Poloar, Endobrax, Thermoprat Indstria e Comrcio de Embalagens Ltda., Cooperativa dos Produtores Rurais de Santo Antnio do Monte Ltda. e HM Comrcio Importao e Exportao Ltda. que assinaram protocolo de intenes com o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), rgo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econmico de Minas Gerais (Sede).

    O maior investimento ser feito pelo Grupo Poloar, proprietrio da empresa M.P.T, que ir investir R$ 30 milhes na implantao de um centro de distribuio em Extrema, no Sul de Minas. O novo empreendimento ser destinado exclusivamente comercializao de equipamentos de climatizao, na modalidade comrcio eletrnico (e-commerce).

    Segundo o cronograma do projeto, que teve incio em abril deste ano, a previso de concluso para outubro de 2012. "Estamos negociando o local do empreendimento em Extrema para que, em breve, possamos iniciar as operaes em Minas, que tem uma localizao bastante estratgica para o nosso negcio", comenta o proprietrio da empresa, Luiz Barbosa santos Cardozo.

    O novo investimento ir gerar 125 empregos diretos e outros 75 indiretos. O Grupo empresarial Poloar, proprietrio da empresa M.P.T atua no segmento de climatizao e foi fundado em 1979, na capital paulista. Com a instalao, em 2004, da nova sede na cidade de So Paulo, a Poloar conseguiu atingir a agilidade necessria para atender a crescente demanda em toda a Grande So Paulo, nas filiais no interior paulista e tambm das principais regies metropolitanas nos demais Estados. Nesta nova fase, a empresa aposta nas vendas virtuais, atravs de seu site, onde tem apresentado resultados satisfatrios.

    Equipamentos mdicos

    Sem fbrica similar no Brasil e com a meta, de longo prazo, de abastecer o Mercosul, a Brazilian Endoscope Indstria e Comrcio de Equipamentos Mdicos Ltda (Endobrax) est implantando sua primeira unidade industrial em Belo Horizonte destinada fabricao e comercializao de equipamentos e acessrios mdico-hospitalares. A empresa, que pretende iniciar sua produo ainda este ano, ir fabricar equipamentos mdicos como sondas para endoscopia, pinas, monitores, instrumentos cirrgicos e oxmetros.

    A Endobrax j possui registro da Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria (Anvisa) e importou os equipamentos necessrios montagem do empreendimento. A expectativa de que a produo seja iniciada ainda este ano, a partir do protocolo de intenes assinado com o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi).

    Com sede prpria, a Endobrax, que j comercializava os acessrios mdico-hospitalares, est investindo R$ 1,22 milho na aquisio de mquinas, equipamentos e obras civis. Sero gerados 65 novos empregos diretos e 80 indiretos para a produo de 3.290 equipamentos por ano. Durante a assinatura do protocolo, o diretor administrativo da Endobrax, Cleber Batista de Sousa, salientou que a longo prazo, o objetivo aumentar o faturamento da empresa. "Trabalhamos para j no primeiro ano crescermos e, a longo prazo, nossa meta de um aumento de 50% no faturamento e uma mdia de 25% de crescimento ao ano. Nosso projeto inclui a importao de componentes e montagem, mas com a aglutinao de peas e softwares nacionais, agregando valor aos nossos produtos, com a colaborao de mo de obra qualificada formada na prpria empresa", destacou.

    Embalagens

    Com investimento de R$ 4,95 milhes, a Thermoprat Indstria e Comrcio de Embalagens Ltda ir expandir sua unidade industrial, localizada na cidade de Extrema, no Sul de Minas, destinada fabricao de embalagens metlicas. Sero gerados 100 novos empregos diretos e 35 indiretos com a produo e comercializao de bandejas descartveis de alumnio e rolinhos de alumnio. O projeto tem trmino previsto para dezembro de 2014, com incio da produo em 2015.

    A Thermoprat uma empresa 100% brasileira, fundada em 1995, que atua na produo de embalagens descartveis de alumnio, exclusiva para alimentos. Sua matriz est localizada em Campo Limpo Paulista, no Estado de So Paulo.

    Leite

    Tambm assinou protocolo de intenes com o Indi a Cooperativa dos Produtores Rurais de Santo Antnio do Monte Ltda. (Coopersam) que ir implantar uma unidade agroindustrial no municpio da regio Centro-Oeste de Minas, para produo e comercializao de queijos mussarela, prato, Minas padro, frescal e ricota. Com investimento de R$ 6,05 milhes e a gerao de 84 empregos diretos e 205 indiretos, sero fabricados tambm requeijo, iogurte, leite fermentado e manteiga.

    O projeto j est em execuo e dever entrar em operao no segundo semestre de 2013. Em dois anos, a previso de que dever processar cerca de 120 mil litros de leite por dia, com foco no mercado de fatiados. Atualmente, a Coopersam trabalha com 230 produtores ativos.

    O projeto visa dar continuidade cadeia produtiva do leite, agregando valor matria prima e incentivando a produo leiteira e o seu desenvolvimento na regio. A Coopersam iniciou suas atividades em 1999 no municpio de Santo Antnio do Monte. Hoje a cooperativa comercializa o leite in natura, tendo como principal cliente a empresa Embar Indstria Alimentcia Ltda.

    Lmpadas

    J a HM Comrcio Importao e Exportao Ltda., que atua no segmento de comercializao de lmpadas da China com marca prpria, est investindo R$ 200 mil na implantao de um centro de distribuio,em Belo Horizonte. O novo empreendimento ir contribuir com a expanso do negcio, tornando a empresa mais competitiva.
     
    "Queremos expandir as nossas vendas para outros Estados", afirma o scio proprietrio da empresa, Frederico Nunes Mansur.
    A expectativa da empresa que, ainda em setembro deste ano, o projeto esteja concludo para que em breve a empresa possa ingressar com seus produtos em outros Estados.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2012

    FIEMG e CNI prestigiaram homenagem da Assemblia Legislativa de Minas aos 70 anos da VALE.






    A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) homenageou nesta segunda-feira (20/8), em reunio especial, os 70 anos de fundao da Vale. A solenidade foi requerida pelo deputado Gustavo Corra e pelo ex-deputado e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Doutor Viana.

    O presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., fez parte da mesa de convidados para a cerimnia, junto com o vice-governador do estado, Alberto Pinto Coelho, o diretor-presidente da Vale, Murilo Ferreira, o presidente da Conferao Nacional da Indstria, Robson Braga de Andrade,  e o presidente do Sindicato da Indstria Mineral do Estado de Minas Gerais (Sindiextra) e vice-presidente da Fiemg, Jos Fernando Coura, entre outras autoridades. "A Vale o carro-chefe da economia nacional e mineira. Qualquer homenagem que se faa a essa empresa mais do que justa. Imagine como estaria o Brasil sem a Vale", disse o presidente da Fiemg.

    O deputado Corra lembrou as circunstncias histricas que contriburam para o surgimento da Vale, criada para fornecer minrio de ferro para os pases aliados que lutavam contra o nazifascismo. Ele tambm citou nmeros que confirmam a importncia da empresa para a economia do estado e do Brasil.
     
    "Nascida e criada em Minas Gerais, hoje a Vale gera 160 mil empregos diretos e indiretos e tem faturamento anual de US$ 80 bilhes".

    O diretor-presidente da Vale lembrou que nesses 70 anos a empresa investiu US$ 126 bilhes, sendo que U$ 83 bilhes nos ltimos 10 anos. Soma que possibilitou o aprimoramento da infraestrutura do Brasil.

    Ele tambm informou que nessas sete dcadas foram extrados cinco bilhes de toneladas de minrio de ferro. "Minas Gerais contribui com 2/3 de nossa produo. Investiremos US$ 5 bilhes em diversos projetos no estado", adiantou.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2012

    Minas recebe prmio da revista britnica World Finance, por melhor programa de parceria pblico-privadas do planeta.

    Premiao foi concedida
    pela revista britnica World Finance,
    em Londres





    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O contrato pioneiro de Parceria Pblico-Privada em Minas foi o da Rodovia MG-050

    O contrato pioneiro de Parceria Pblico-Privada em Minas
    foi o da Rodovia MG-050


    O Governo de Minas foi agraciado, em Londres, com o Prmio de Melhor Programa de Parcerias Pblico-Privadas do Mundo em 2012.  A premiao foi concedida pela revista britnica World Finance, uma publicao especializada em finanas e reconhecida internacionalmente. Ao comentar o prmio, o governador Antonio Anastasia afirmou que, alm da credibilidade internacional do programa mineiro, a premiao pode atrair a ateno de novos investidores internacionais tanto para outras licitaes de PPP, quanto para novos empreendimentos no Estado.

    "Minas foi a primeira unidade da federao a criar o arcabouo jurdico para a contratao por meio de Parceria Pblico-Privada. Com isso, foi possvel acumular conhecimento e desenvolver propostas inovadoras, estabelecer critrios e garantias, capazes de atrair interessados em participar deste importante momento que vive o Estado, cuja obstinao a gerao de emprego e renda para a populao, por meio de uma economia diversificada e, cada vez mais, inserida no mundo globalizado", afirmou o governador.

    Prmio destaca inovaes


    Desde 2007, a World Finance premia organizaes em todo o mundo que so lderes em seus setores. O prmio conferido com base em critrios de engenharia contratual inovadora, ou seja, criatividade na busca por solues financeiras, jurdicas e operacionais novas, sucesso dos projetos implementados, desenvolvimento de tecnologias de gesto de contratos e qualidade tcnica da carteira para o futuro. Entre as categorias de premiaes  esto Melhor Banco, Melhor Consultoria de Gesto e Melhor Empresa do Setor de leo e Gs. Este ano, pela primeira vez, foi includa uma categoria governamental: Melhor Programa de Infraestrutura/PPP.

    Ao receber a premiao, em Londres, a secretria de Estado de Desenvolvimento Econmico, Dorothea Werneck, lembrou que o Governo de Minas tem uma carteira de contratos de PPP de cerca de R$ 2,2 bilhes e que a previso de outros R$ 10 bilhes para os prximos quatros anos."Os nmeros indicam que estamos trilhando o caminho certo. Mesmo com a qualidade tcnica do nosso programa continuamos aprimorando boas prticas internacionais para a unidade de PPP", afirmou.

    Dorothea Werneck destacou que Minas Gerais adotou, a partir de 2003, novas polticas pblicas, incluindo ferramentas de gesto de infraestrutura econmica e social. "Este prmio marca o sucesso de um modelo que reconhecido em todo o Brasil. No por acaso, Minas Gerais foi classificada recentemente em 'Grau de Investimento' pela agncia norte-americana Standard & Poor's, o que consolida o ambiente favorvel de negcios em nosso Estado", afirmou a secretria.


    PPPs desenvolvidas em Minas


    Atualmente, quatro contratos de PPPs esto em execuo no Estado. O pioneiro foi o da Rodovia MG-050. O projeto compreende a explorao da Rodovia MG-050, do entroncamento BR-262 (Juatuba) - Itana - Divinpolis Formiga - Piumhi - Passos - So Sebastio do Paraso (Divisa MG/SP da Rodovia BR 265).

    J o projeto do Complexo Penal, cuja primeira unidade prisional dever ser concluda ainda este ano, prev a disponibilizao de trs mil vagas prisionais, divididas em cinco unidades, sendo trs para o regime fechado e duas para o regime aberto.

    As parcerias pblico-privadas tambm chegaram s Unidades de Atendimento Integrado (UAI) e foram responsveis pela implantao, gesto, operao e manuteno de seis UAIs nos municpios de Betim, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlndia e Varginha.

    Outro sucesso comprovado das PPPs a que envolve as obras do Mineiro, visando atender demanda de preparao para a Copa do Mundo em 2014. Mediante concesso administrativa da operao e manuteno, o projeto est sendo precedido de obras de reforma, renovao e adequao do complexo do Mineiro.

    Novas parcerias previstas


    Em setembro prximo, ser realizada audincia pblica para receber as sugestes que nortearo a PPP de Resduos Slidos e, em 11 de outubro, dever ser iniciado o processo licitatrio. A PPP para transbordo, tratamento e disposio final de resduos slidos da Regio Metropolitana e do Colar Metropolitano de Belo Horizonte.

    A RMBH ser primeira das Amricas a garantir correta destinao desses resduos, com aproveitamento energtico (gerao de energia eltrica a partir do lixo). Os 46 municpios includos no projeto produzem cerca de trs mil toneladas de lixo por dia, o que corresponde a um tero do lixo produzido no Estado.

    Tambm por meio de PPP est prevista a construo do Entorno Virio da Cidade Administrativa. O projeto inclui a implantao, pavimentao, recuperao, operao, manuteno, conservao e melhoramento das vias, em um prazo de 25 anos. Concluda a consulta pblica, o projeto est incorporando sugestes para lanar o edital.

    Em maro, foi lanado o Procedimento de Manifestao de Interesse (PMI) para o projeto do Centro Empresarial Gameleira. A modelagem, que dever ser concluda at dezembro, prev que a iniciativa privada contribua com estudos tcnicos para a estruturao do modelo de concesso que abrange a reestruturao de um novo Parque de Exposies associado construo e operao de um novo Centro de Convenes funcionalmente integrado ao Expominas.


    O empreendimento ser implantado onde est o Parque Bolvar de Andrade e visa atender ao aumento da demanda por espaos para a realizao de eventos como feiras e convenes, com padres internacionais.

    Em conjunto com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), a Unidade Central de PPP do Governo de Minas aguarda publicao do edital do projeto para ampliao do Sistema Rio Manso. O objetivo a execuo das obras de ampliao do Sistema Produtor Rio Manso, um dos responsveis pelo fornecimento de gua tratada populao da RMBH.

    Ser de responsabilidade do futuro concessionrio a prestao dos servios, consistentes na operao e manuteno eletromecnica das unidades de aduo; a manuteno civil e hidrulica, a conservao de reas verdes, a limpeza, asseio e conservao predial, a vigilncia e a segurana patrimonial de todo o sistema.

    At julho de 2013, dever ser concluda a modelagem do PMI do projeto de implantao ferroviria na Regio Metropolitana de Belo Horizonte, mais conhecida como Transporte sobre Trilhos. Trs grandes ramais ferrovirios devero ser operados: Divinpolis -Betim Belo Horizonte - Sete Lagoas (Lote 01), Belo Horizonte Brumadinho guas Claras Eldorado (Lote 02) e Belo Horizonte Nova Lima Conselheiro Lafaiete Ouro Preto (Lote 03). Proposta abrange tambm a implantao e operao de um servio estruturador do transporte coletivo sobre trilhos para atendimento da Regio Metropolitana do Vale do Ao (Lote 04).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 22, 2012

    Comea hoje no Expominas o Minastransport.


    Encontro reunir as principais lideranas
    do transporte rodovirio de cargas do pas, transportadores,
    empresrios e fornecedores da cadeia produtiva do setor

    Comea hoje, dia 22 de agosto, no Expominas, o mais importante evento do setor de transporte de Minas Gerais, a Minastranspor 2012 e o 15 Encontro Mineiro dos Transportadores Rodovirios de Cargas.

    A abertura oficial do evento ser s 14h e conta com a participao de secretrios de estado, lideranas nacionais, polticas e empresariais do setor. O pblico poder participar das palestras com o tema O futuro passa por aqui, com Dorothea Werneck, secretria de Desenvolvimento Econmico do Estado de Minas Gerais e Carlos Melles, secretrio de Estado de Transportes e Obras Pblicas. Alm de conferir o lanamento do livro Transportador Mineiro Histria pioneira.

    No segundo dia, 23 de agosto, quinta-feira haver seminrio com discusses econmicas, sob a coordenao do economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira, da Revista Mercado Comum, Neste debate ter a presena do Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Dr. Carlos Alberto Reis de Paula, que far palestra sobre a Regulamentao da profisso do motorista.

    No encerramento, dia 24 de agosto, alm da solenidade de entrega da Medalha de Mrito do Transporte Rodovirio, haver palestra motivacional com o consultor da Ferrari, Klaus Waisswenzer, especialista em alta performance e capacitao de pessoas.

    Este ano, a Minastranspor ocupar 15 mil metros quadrados, com 65 expositores fornecedores da cadeia produtiva do transporte. Dentre elas so: montadoras, concessionrias, empresas de implementos rodovirios, rastreadores e gerenciamento de frotas e de risco e empresas de software. A expectativa de seus organizadores de gerar negcios acima de 200 milhes de reais.

    Fabola Pimenta
    (31) 3211.7507|(31) 9893.6537|fabiola@interfacecomunicacao.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 22, 2012

    Ranking positivo

    UFMG mantm ndice de produo cientfica

    A UFMG uma das 10 universidades brasileiras com maior produo cientfica no perodo 2006-2010 indexadas na base Scopus da Elsevier. A informao foi divulgada ontem, dia 20 de agosto, pelo Scimago Institutions Rankings SIR World Report 2012. A universidade manteve-se em sexto lugar entre as universidades brasileiras, a nona na Amrica Latina e a 329 no mundo. Foram avaliadas 3.290 instituies de todos os continentes.

    A UFMG manteve sua posio com elevao de sua produo. Estamos entre as principais instituies brasileiras em produo cientifica, destacou o pr-reitor de Pesquisa, Renato de Lima Santos.

    A USP a primeira colocada no Brasil, seguida da Unicamp, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, UFRJ e UFRS em quinto lugar.

    O SIR Mundial Reports 2012 a classificao mais abrangente de instituies de pesquisa no mundo. Juntas, as 3.290 instituies so responsveis por mais e 80% da produo cientfica mundial durante o perodo de 2006 a 2010.

    Os dados do ranking esto em http://www.scimagoir.com/pdf/sir_2012_world_report.pdf.

    Cedecom - Assessoria de Imprensa
    31 3409.4476 / 31 3409.4189
    assessoriadeimprensa@ufmg.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 21, 2012

    TV Assemblia assina - nesta quarta, 11:00 da manh - convnio para novos programas "Estado de Direito" visando educao para a cidadania. Vo assinar o documento: a Defensoria Pblica, OAB, Tribunal de Contas, Associao do Ministrio Pblioco e MP.


    Veiculao de programas relacionados educao para a cidadania e prestao de servios de interesse pblico. Esse o objetivo de convnio que a TV Assembleia, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, assina com cinco entidades da rea jurdica nesta quarta-feira (22/8/12), s 11 horas. A solenidade ser no Salo Nobre e contar com a presena do presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB).


    De acordo com o diretor de Rdio e Televiso da ALMG, Rodrigo Lucena, o novo programa se chama "Estado de Direito". Sero exibidas produes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Associao Mineira do Ministrio Pblico, Ministrio Pblico, Tribunal de Contas do Estado e Defensoria Pblica.


    O programa ter durao de 30 minutos e ser exibido s segundas-feiras, s 19 horas, com trs reprises ao longo da semana. A primeira produo veiculada ser da Associao Mineira do Ministrio Pblico, no dia 27 de agosto. Cada entidade produz os prprios vdeos e responsvel pelos contedos veiculados.


    O convnio est previsto na Deliberao 2.482, de 2010, que dispe sobre parcerias da Diretoria de Rdio e Televiso com rgos e entidades pblicos e privados. A vigncia do convnio de cinco anos.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 21, 2012

    VALE faz 70 anos e homenageada pelo Parlamento Mineiro.

    ... Deputados Gustavo Corra e Dinis Pinheiro, o presidente da Vale Murilo Ferreira e o vice-governador Alberto Pinto Coelho ...

    Papel da Vale para Minas
    salientado durante homenagem

    As contribuies da Vale para o desenvolvimento do Estado e do Pas foram destacadas em Reunio Especial no Plenrio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na noite desta segunda-feira (20/8/12). A solenidade, presidida pelo deputado Dinis Pinheiro (PSDB), homenageou os 70 anos da empresa e foi solicitada pelo deputado Gustavo Corra (DEM) e pelo ex-deputado e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Doutor Viana.

    O deputado Dinis Pinheiro afirmou que a Vale conseguiu conciliar os desenvolvimentos econmico e tecnolgico com valores como responsabilidade, transparncia e solidariedade. Ele lembrou que a empresa marcou sua famlia porque seu pai fez parte do quadro de colaboradores.

    O deputado Gustavo Corra ressaltou que a Vale colabora para o reconhecimento do Estado e do Pas devido a seu trabalho com os recursos naturais em 37 pases, gerando cerca de 160 mil empregos diretos e indiretos. O parlamentar tambm mencionou o investimento da empresa em sustentabilidade e cultura.

    Para o vice-governador Alberto Pinto Coelho, a instituio marcada pelo pioneirismo de suas aes, como a construo de ferrovias, a antecipao de processamento de dados no Porto de Tubaro, em Vitria (ES), e a descoberta da mina de Carajs, no Par.

    Crescimento - O diretor-presidente da Vale, Murilo Ferreira, afirmou que, em 70 anos, a empresa investiu 126 bilhes de dlares e viabilizou a construo e expanso de infraestrutura para o fortalecimento do Brasil e de outros pases. Os investimentos no 2 trimestre deste ano somaram quase US$ 4,3 bilhes, cerca de 16% a mais que no 1 trimestre.

    Os recursos foram destinados execuo de projetos; pesquisa e desenvolvimento; e sustentao das operaes da empresa.



    Murilo Ferreira recebeu placa alusiva homenagem,
    entregue pelo vice-governador,
    pelo presidente da ALMG
    e pelo deputado Gustavo Corra.

    Trajetria

    A mineradora comeou suas atividades em 1942, em Minas Gerais, quando o ento presidente do Brasil, Getlio Vargas, criou a Companhia Vale do Rio Doce, hoje apenas sob o nome de Vale. No ano da inaugurao, a empresa produziu 40 mil toneladas de minrio de ferro.

    Atualmente capaz de produzir essa quantidade em apenas uma hora. Em 1949, a empresa j era responsvel por 80% das exportaes desse mineral no Brasil.

    A privatizao ocorreu em 1997, quando os ganhos da organizao aumentaram significativamente.

    No primeiro ano como empresa privada, a Vale aumentou o lucro em 46% sobre o resultado de 
    1996.

     ... Robson Andrade, Marcos Montes, Luiz Fernando Faria, Fernando Coura e Virglio Guimares ...
    Robson Andrade, Marcos Montes, Luiz Fernando Faria,
    Fernando Coura e Virglio Guimares

    ... PCO, Fernando Coura e Murilo Ferreira ...
    PCO, Fernando Coura, presidente do IBRAM e Sindiextra e Murilo Ferreira,
    presidente da Vale.



    ... Roberto Fagundes, Carlos Bracher e Olavo Machado ...
    Roberto Fagundes, Carlos Bracher e Olavo Machado

    ... Srgio Cavalieri, Alosio Mrquez, Thiago Ulisses e Dr. Viana ...
    Srgio Cavalieri, Alosio Marques, Thiago Ulysses e dr. Viana.

    ... Carlos Anzio, Paulno Ccero de Vasconcelos, Fernando Coura, Joo Mizael e Antnio Padovezi ...
    Carlos Ansio, ex-ministro Paulino Ccero, Fernando Coura, Joo Mizael

    ... Vnia Somavilla, Adriana Pinheiro e Margareth Gelnini (Fotos Tio Mouro)
    Vania Somavilla, Adriana Pinheiro e Margareth

    ... Adriana e Dinis Pinheiro, Lucy e Luciana Coura, Guilherme Ramos ... 
    Fotos Tio Mouro.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 21, 2012

    Eleies 2012. Sai mais um retrato do momento eleitorasl para a prefeitura de So Paulo. Pnei a pesquisa feita pelo Datafolha. Vale conferir. Detalhe: a avaliao de que a campanha eleitoral no rdio e TV vai alterar o quadro em SP. E nas outras grandes cidades. Recentemente o socilogo mineiro Marcos Coimbra, da Vox Populi, em artigo que l no jornal Estado de Minas de BH, disse "que se olharmos as pesquisas feitas nessa mesma poca nas eleies de 2008, s acertaram 20% dos resultados. Os numeros foram alterados pelas campanhas no rdio e TV". Bem, agora esperar, acompanhar e conferir o resultado das urnas em 7 de outubro.

    Pela primeira vez, Celso Russomanno (PRB)
    aparece numericamente frente do tucano Jos Serra
    na disputa pela Prefeitura de So Paulo.

    Pesquisa Datafolha realizada ontem
    mostra Russomanno com 31% das intenes de voto,
    4 pontos a mais que Serra.

    Como a margem de erro da pesquisa de 3 pontos
    para cima ou para baixo, eles continuam tecnicamente empatados.

    Anlise: Falta de informao de eleitor petista ajuda candidato do PRB
    Anlise: Horrio eleitoral deve provocar grandes mudanas na pesquisa

    Em relao ao levantamento anterior, de 19 e 20 de julho, Russomanno cresceu 5 pontos. No mesmo perodo, Serra caiu 3.

    Esta a ltima pesquisa de inteno de voto para prefeito de So Paulo antes do incio do horrio eleitoral gratuito no rdio e na TV, que comea hoje.

    Na disputa pela terceira colocao h quatro candidatos tecnicamente empatados. O petista Fernando Haddad tem 8% das intenes de voto; Gabriel Chalita (PMDB) tem 6%; Soninha Francine (PPS), 5%; e Paulinho da Fora (PDT), 4%.

    As intenes de voto em Russomanno crescem constantemente desde o fim do ano passado.
    Na pesquisa realizada entre os dias 7 e 9 de dezembro, ele tinha 16%, dois pontos abaixo de Serra. Marcou 17% em janeiro, subiu para 19% em maro, passou para 21% no meio de junho, 24% no fim daquele ms e 26% em julho.

    ESPONTNEA
    Celso Russomanno tambm aparece na liderana da pesquisa espontnea, aquela que indica a consolidao das intenes de votos nos candidatos.

    Quando o eleitor convidado a responder em quem pretende votar sem a apresentao de um carto com os nomes dos candidatos, Russomanno atinge 15%. Nessa simulao, Serra alcana 13%.

    Serra e Russomanno tambm lideram em taxa de conhecimento. O primeiro conhecido por 98% dos eleitores. O segundo, por 94%.

    REJEIO

    O Datafolha tambm investigou a rejeio dos candidatos.
    S 12% dizem que no votariam em Russomanno de jeito nenhum.

    J a rejeio a Serra continua ascendente.
    Em junho, ele liderava por esse critrio com 32%.
    Em julho, seu ndice de rejeio subiu para 37%.
    Na pesquisa de ontem, oscilou mais um ponto para cima
    e chegou a 38%.








    Editoria de Arte/Folhapress




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 21, 2012

    Eleies 2012. Comeou nesta tera o horrio eleitoral no rdio e TV. Em BH os primeiros a ocupar o espao foram os candidatos a vereador. Amanh, quarta, a vez dos candidatos a prefeito. Por sorteio, o primeiro ser Patrus Ananias do PT.

    De acordo com a Lei n 9.504/1997 (Lei das Eleies),
    a propaganda ser exibida durante 45 dias
    e ser encerrada no dia 4 de outubro.

    Em Belo Horizonte,
    a propaganda em bloco do horrio eleitoral gratuito foi aberto,
    conforme sorteio realizado em audincia pblica,
    pelos candidatos a vereador do Partido da Causa Operria (PCO).

    Entre os candidatos a prefeito, Patrus Ananias (PT/Coligao Frente BH Popular) ser o primeiro a aparecer na propaganda eleitoral gratuita. Nesta tera-feira, os candidatos a prefeito esto tendo apenas a propaganda em inseres, j que os blocos destinados aos candidatos a prefeito e a vice-prefeito so veiculados s segundas, quartas e sextas-feiras.
    O presidente da Comisso de Propaganda Eleitoral de Belo Horizonte, Luiz Carlos Corra, tem a expectativa de uma campanha de alto nvel: "espero que os candidatos se dediquem a esclarecer sobre suas propostas, sem que haja ataques pessoais".

    O horrio destinado divulgao, em rede,
    da propaganda eleitoral, ser da seguinte forma:

    Candidatos a prefeito e vice-prefeito - s segundas, quartas e sextas-feiras:
    - das 7h s 7h30 e das 12h s 12h30, no rdio;
    - das 13h s 13h30 e das 20h30 s 21h, na televiso;

    Candidatos a vereador - s teras, quintas-feiras e sbados:
    - das 7h s 7h30 e das 12h s 12h30, no rdio;
    - das 13h s 13h30 e das 20h30 s 21h, na televiso.

    As inseres, destinadas apenas s candidaturas a prefeito e vice-prefeito, sero veiculadas entre 8 e 24 horas, de acordo com o plano de mdia j estabelecido, conforme as normas em vigor.

    Confira os tempos de cada partido
    ou coligao em Belo Horizonte


    Novidade para Contagem
    Dessa vez, os candidatos a Contagem
    tambm tero a propaganda eleitoral gratuita no rdio e na TV,
    conforme prev o artigo 48 da Lei 9.504/97, introduzido pela Lei 12.034/2009.

    A propaganda de Contagem ser exibida
    pela TV Assembleia,
    que poder ser assistida das seguintes formas:
    canal 35 (aberto) por meio de antena externa
    ou antena interna de UHF, canal digital 61.2
    (televisor com receptor digital,tambm aberto)
    ou por meio do canal 11 da NET.

    As Rdios Amrica (AM) e UFMG (FM),
    cujas concesses so do municpio de Contagem,
    tambm iro transmitir o programa.
    Leia mais sobre o assunto


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 21, 2012

    Fiemg leva empresrios para negcios no Chile e Peru





    O Sistema Fiemg est organizando uma delegao de empresrios mineiros para buscar parcerias e oportunidades de negcios no Chile e Peru. A misso, que acontece de 21 a 26 de outubro, voltada para os setores de alimentos e bebidas, casa e construo, eletroeletrnicos, mquinas e equipamentos, frmacos, sade humana e biotecnologia.

    As empresas participantes tero oportunidade de se reunir com compradores qualificados e selecionados pela Fiemg, em rodadas de negcios que acontecero nos dois pases. As inscries terminam dia 5 de setembro. Informaes pelo telefone: 3263-4722.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2012

    Em Recife o Congresso da Associao Interamericana de Defensorias Pblicas.







    V Congresso da AIDEF
    tem participao macia de Defensores Pblicos mineiros
    PDF Imprimir E-mail


    A 7795750460 fd33db79c8 z


    Mais de 800 Defensores Pblicos brasileiros e estrangeiros
    de pases de todo o continente americano
    esto reunidos desde quarta-feira (15/08),
    em Fortaleza (CE)
    para o V Congresso da Associao Interamericana
    de Defensorias Pblicas (AIDEF).


    O evento, que acontece at esta sexta (17/08), discute temas como a atuao desses profissionais em prol da efetivao dos Direitos Humanos na Amrica, a luta pela autonomia da Defensoria Pblica nas Amricas e o cumprimento da Resoluo 2656 da Organizao dos Estados Americanos (OEA).


    Durante o Congresso, esto sendo apresentados oito painis e uma conferncia com 20 expositores brasileiros e estrangeiros, entre palestrantes, painelistas e debatedores, especialistas renomados internacionalmente.


    Esta a quinta edio do evento que acontece a cada dois anos. Neste ano, o Congresso est sendo promovido pela Associao Nacional dos Defensores Pblicos (Anadep).


    A Defensoria Pblica de Minas Gerais foi representada na abertura do evento pela Defensora Pblica-Geral em exerccio, Ana Cludia da Silva Alexandre. Na viso da Defensora Geral, o Congresso discute temas importantes no cenrio atual das Defensorias da Amrica, como o modelo de atuao das Defensorias no acesso Justia e efetivao dos Direitos Humanos.


    A Defensoria mineira incentivou a participao dos Defensores Pblicos no Congresso e, por meio da Resoluo n 89/2012, autorizou a participao dos profissionais da Instituio, que compareceram de forma expressiva no evento.

    A 7795636832 b71b7a1922
    Defensora Geral em exerccio,
    na Cludia da Silva Alexandre (3 posio, direita)
    acompanha a abertura do evento

    Homenagem

    Ao final da abertura, o presidente da Anadep, Andr Castro, convidou os ex-presidentes da Instituio para entregar para a professora Maria Aparecida Caovila uma homenagem pelo empenho junto ao movimento da sociedade civil organizada pela criao da Defensoria Pblica do Estado de Santa Catarina, aprovada por lei no ltimo dia 02 de agosto de 2012.
     
    A 7795676822 0ccfd64259 z
    Compuseram a mesa de honra na abertura do Congresso, o Coordenador Geral da AIDEF, Andr Luiz Machado Castro; o presidente da Comisso Interamericana de Direitos Humanos, Jos Jess Orozco Henrquez; a Ministra da Justia e Cidadania do Cear, Mariana Lobo Botelho Albuquerque; o diretor de Assuntos Legislativos da Organizao dos Estados Americanos (OEA), Dante Negro; o secretrio de Reforma do Judicirio do Ministrio da Justia, Flvio Crocce Caetano; o secretrio de Assuntos Legislativos do Ministrio da Justia, Marivaldo Pereira; a presidente em exerccio do Conselho Nacional de Defensores Pblicos-Gerais (Condege), Norma Brando de Lavenre Dantas; a Defensora Pblica-Geral do Estado do Cear, Maria Andrea Alves Coelho;  a representante da Procuradoria-Geral de Justia do Cear, Vnia Fontenele; e o presidente da Associao dos Defensores Pblicos do Cear (Adpec), Adriano Leitinho. Tambm esteve presente o deputado federal  Mauro Benevides

    Destacam-se ainda a participao do Ministrio das Relaes Exteriores do Brasil, a Corte Interamericana de Direitos Humanos e a Interamerican Bar Associacion.

    Clique aqui para ver a galeria de fotos.

    Fonte: Ascom / DPMG, com informaes da Anadep (17/08/2012)



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2012

    CNI mede nvel de humor












    Aps queda,
    otimismo do empresrio
    cresce em agosto





    Braslia - Aps forte queda em julho frente a junho, a confiana do empresrio cresceu 1,2 ponto em agosto sobre o ms anterior,  atingindo 54,5 pontos. Mesmo com esse aumento, o otimismo dos industriais neste ms est 1,8 ponto abaixo do registrado em agosto do ano passado.

    As informaes so do ndice de Confiana do Empresrio Industrial (ICEI), divulgado pela Confederao Nacional da Indstria (CNI) nesta quinta-feira, 16 de agosto. Os indicadores variam de 0 a 100. Valores acima de 50 pontos indicam condio melhor ou expectativa otimista e abaixo, falta de confiana.

    De acordo com o levantamento, o aumento do otimismo dos empresrios de um ms para o outro no assegura mudana na trajetria de queda do ndice, que vem ocorrendo desde o incio de 2010.

    A confiana em agosto em relao a julho subiu para os industriais de todos os portes de empresas e praticamente de todas as regies, com exceo do Nordeste, cujo indicador ficou estvel em 57,7 pontos, o mais elevado na comparao regional. Entre os segmentos industriais, houve alta no ICEI para a indstria de transformao e de construo. J o ndice da indstria extrativa caiu 3 pontos em agosto frente a julho, registrando 54,1 pontos.

    Dos 28 setores da indstria de transformao pesquisados, o madeireiro e o de manuteno e reparao registraram falta de confiana, com ndices abaixo de 50 pontos.

    Pessimismo O ICEI afere tambm o sentimento dos industriais em relao s condies atuais da economia e da empresa e as expectativas para os prximos seis meses. Sobre as condies atuais da economia e da empresa, eles continuam pessimistas. O ndice registrou 46 pontos em agosto e se mantm abaixo da linha dos 50 pontos.

    J as expectativas dos empresrios sobre o futuro continuam positivas. O componente do ICEI que capta as perspectivas dos empresrios para os prximos seis meses teve alta de 0,7 ponto sobre julho, registrando, neste ms, 58,7 pontos.
     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2012

    Caixa dos advogados mineiros faz 70 anos.







    Defensoria Pblica
    participa da comemorao dos 70 anos
    da Caixa de Assistncia dos Advogados de MG

    PDF Imprimir E-mail

    A Chefe de Gabinete da Defensoria Pblica de Minas Gerais (DPMG), Defensora Pblica Christiane Neves Procpio Malard, representou a Defensoria Pblica Estadual na solenidade de comemorao dos 70 anos da Caixa de Assistncia dos Advogados de Minas Gerais (CAA/MG).

     A oab1
    Advogado Geral do Estado, Mrio Antnio Rebelo Romanelli;
    Chefe de Gabinete da DPMG, Christiane Procpio;
    e o presidente da OAB/MG, Lus Cludio Chaves

    O 70 aniversrio de fundao da CAA/MG foi comemorado no auditrio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Minas e contou com a presena de diretores, conselheiros da Ordem, funcionrios, advogados e autoridades ligadas ao Poder Judicirio.


    A oab5
    Chefe de Gabinete da Defensoria Pblica
    (DPMG),Christiane Neves Procpio Malard
    2 posio, direita) compe mesa durante a cerimnia

    A 230
    Advogada Monica de Cascia Lima e Silva;
    presidente da Caixa de Assistncia,
    Walter Cndido dos Santos; Christiane Procpio;
    Defensor Pblico Nikolas Stefany Macedo Katopodis;
    e a advogada Denise Cndido Lima e Silva


    Fonte: Ascom / DPMG (16/08/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2012

    Boa oportunidade. Sai edital de concurso da CEMIG.

    A Companhia Energtica de Minas Gerais (Cemig) divulgou nesta tera-feira, 12, dois editais de concurso pblico oferecendo 800 vagas no total, com o objetivo de recompor seu quadro de empregados. O Edital 01/2012 oferece 173 vagas para os cargos de Eletricista de Linhas e Redes Areas, Eletricista de Transmisso, Eletricista de Redes Subterrneas de Distribuio, Eletricista de Manuteno, Operador de Usina e Mecnico de Manuteno, com remunerao inicial de R$ 1.280,00.

    H vagas disponveis para Belo Horizonte e para todas as regies do Estado. Os candidatos devero optar pela regio de trabalho no ato da inscrio e podero se candidatar apenas para um cargo.

    J o Edital 02/2012 oferece 351 vagas para cargos de nvel universitrio e 276 vagas para cargos de nvel tcnico administrativo-operacional, com remuneraes que variam de R$ 1.950,00 a R$ 5.287,00. H uma diversidade de cargos e cidades de trabalho. O candidato dever informar sua escolha no ato da inscrio.

    Os benefcios concedidos atualmente pela Cemig so: participao nos lucros e resultados, planos de sade e odontolgico, previdncia privada, seguro de vida em grupo, vale-alimentao ou vale-refeio.

    Os cargos, nmero de vagas, requisitos necessrios para concorrer e outras informaes podem ser conferidos, na ntegra, nos editais publicados no jornal Minas Gerais (dirio oficial do Governo do Estado) e disponibilizados no Portal Cemig e no site da Fundao de desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).

    As inscries do Edital 01/2012 vo de 16 de agosto de 2012 a 14 de setembro deste ano, e a taxa de inscrio de R$ 40,00. J as inscries do Edital 02/2012 vo de 21 de agosto de 2012 a 19 de setembro, e a taxa de inscrio varia de R$ 40,00 a R$ 80,00. As inscries somente podero ser feitas por meio do site da Fundep (www.gestaodeconcurso.com.br), entidade responsvel pela execuo dos dois concursos pblicos. O perodo estabelecido para os pedidos de iseno da taxa de inscrio de 13 a 20 de agosto deste ano, para ambos os editais.

    As provas relativas ao Edital 01/2012
    sero aplicadas no dia 21 de outubro deste ano
    e as provas relativas ao Edital 02/2012 acontecem
    no dia 11 de novembro de 2012.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2012

    TRE de Minas decide sobre polmica nas Eleies em Uberaba

    TRE registra Paulo Piau
    como candidato a prefeito em Uberaba

    O TRE-MG, por unanimidade, na sesso desta sexta-feira (17), deferiu o registro dos candidatos a prefeito e a vice-prefeito em Uberaba Paulo Piau Nogueira e Almir Pereira da Silva (ambos do PMDB), da Coligao Uberaba Merece Mais (PMDB / PR / PP / PC do B / DEM / PSC / PMN). Tambm decidiu excluir o PT do B e manter o PMDB nessa coligao e deferir os registros dos candidatos a vereador desse partido Cleber Humberto de Souza Ramos, Antnio Carlos Nunes, Leonzia Lopes, Maurcio Magalhes e Claide Panigua.

    A Corte Eleitoral decidiu, ainda, indeferir os registros dos outros candidatos do PMDB aos cargos majoritrios Rodrigo Mateus Signorelli (prefeito) e Rafael Mendes (vice). Foram realizadas duas convenes para lanamento de candidaturas em Uberaba e o Tribunal decidiu que a realizada pela Comisso Interventora, no dia 17 de junho, foi vlida, enquanto a outra, realizada no dia 30 de junho, foi presidida por filiado sem legitimidade para tanto.

    No caso dos processos dos registros dos candidatos a prefeito e dos dois partidos polticos da Coligao, a relatora, juza Alice Birchal, proferiu seus votos (REs 32619, 32704, 32886, 34962, 35047, 35132) com as seguintes consideraes:

    Registro indeferido de Rodrigo Mateus Signorelli a convocao de conveno revelia do membro legitimado para faz-lo no pode representar a vontade majoritria do rgo partidrio; na espcie, a ata da conveno revela que a conveno municipal PMDB Uberaba Eleies Municipais 2012 foi presidida pelo Sr. Paulo Affonso Silveira, designado pelos participantes da conveno, que segundo informao do stio eletrnico do TSE, apenas o 10 suplente de delegado conveno regional; Em face do exposto, nego provimento aos recursos para manter as decises recorridas e indeferir os requerimentos de registros de candidatura de Rodrigo Mateus de Oliveira Signorelli, a prefeito, e Rafael Mendes, candidato a vice-prefeito.

    Incluso do PMDB da Coligao Uberaba Merece Mais e deferimento dos registros de Paulo Piau e Almir Pereira da Silva. Conveno realizada por Comisso Interventora. pacfico na jurisprudncia eleitoral que atos de natureza intrapartidria em perodo eleitoral e que tenham potencial de influenciar no pleito passam a ser apreciados por esta Justia Especializada. Conveno realizada por rgo legtimo para representar o partido e praticar o ato. Deliberaes da conveno aprovadas pelos rgos superiores do PMDB. Requerimento de registro assinado pelo Presidente do Diretrio Municipal restitudo funo de representante do partido na mesma data. Registro deferido para o partido integrar a coligao.

    Excluso do PT do B da Coligao Uberaba Merece Mais. Quanto ao PT do B - Conveno realizada por rgo legtimo. A Comisso Provisria, considerada legtima, que realizou conveno partidria em 10/6/2012 foi destituda em 11/6/2012, realizando-se nova conveno em 29/6/2012. Essa ltima conveno, que deliberou a integrao do partido Coligao Uberaba Merece Mais, foi considerada invlida.

    J quanto ao caso dos cinco vereadores do PMDB que haviam tido seus registros indeferidos como consequncia da excluso do partido na Coligao Uberaba no Rumo Certo (para os cargos proporcionais), o relator do processo, juiz Maurcio Ferreira (voto RE 13911), citou que pelo disposto no art. 10, da Resoluo TSE n 23.373/2011 e pela comprovao de ter a Executiva Nacional ratificado os termos e atos interventivos do Diretrio Estadual no Municipal, inconteste prevalecer os efeitos da conveno realizada pela Comisso Intervencionista por representar a vontade do rgo partidrio superior em detrimento do nimo do rgo inferior.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2012

    Fique de olho!!!

    Roberto Fagundes  o presidente da ACMinas / Reproduo

    1. Presidentes da entidades do turismo mineiro, frente Roberto Fagundes, presidente do Convention Bureau, entregam documento ao candidato reeleio nesta segunda, 19:00 no restaurante Patuscada em BH. Como presidente da Abrajet Minas assinarei o elenco de reivindicaes e sugestes para melhorar o turismo na capital mineira.

    2. Estou lendo o livro mais vendido no momento no planeta: "Os 50 Tons de Cinza" da escritora britnica, E.L.James. Detalhe: pela internet, comprei a obra com desconto de 15 reais. E mais, baixei na hora. Viva a internet!!!

    3. "Como se faz um Bispo". O jornalista J.D.Vital lana hoje, 19:30 no auditrio da Cemig em BH sua obra de mais de 400 pginas. Vital grande figura humana. Lidei com ele, quando eu era reprter de poltica da Rede Globo e ele, secretrio de Comunicao dos governadores Tancredo Neves e Hlio Garcia.


    Sempre um Papo com J. D. Vital


     "Como se Faz um Bispo Segundo o Alto e o Baixo Clero" (Civilizao Brasileira Grupo Editorial Record).
    Baseado em extensa pesquisa oral e bibliogrfica, a obra surpreende pelas informaes e pelas polmicas suscitadas. O autor rene informaes pouco conhecidas sobre o processo de sagrao de um bispo. Das aulas no seminrio at as cerimnias litrgicas, passando pela deciso do papa at as maquinaes nos bastidores, Vital lana luz sobre uma das principais peas do xadrez catlico: o bispo.

     




















    Andra Tonet











    3. Nesta quarta, 11:00 da manh, no Salo Nobre da ALMG, ser assinado convnio entre a Defensoria Pblica de Minas e a TV Assemblia. Objetivo colocar no ar um programa da Defensoria semanal, com durao de 30 minutos. frente a Defensora Pblica Geral de Minas, Andra Tonet, reeleita - com 77% dos votos -  para mais um mandato de dois anos.

    Na inaugurao do escritrio Dcio Freire Advogados e homenagem ao jornalista Csar Romero em Juiz d
    O advogado Dcio Frerie, anfitrio desta semana aqui em BH.
    No centro Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora
    e o empresrio Jovino Campos.
    Foto arquivo internet, blog do PCO

    4. Os 20 anos do Escritrio Dcio Freire & Associados.
    O advogado Dcio Freire movimenta a semana no meio jurdico, empresarial e poltico da capital.
    Na quinta, dia 23, s 20:00 recebe na Casa Bernardi em homenagem ao ministro Carlos Alberto Reis de Pala, nico mineiro que faz parte do CNJ - Conselho Nacional de Justia.

    De Juiz de Fora vem o jornalista Csar Romero e o empresrio Jovino Campos - que adquiriu um possante helicptero para agilizar seus desclocamentos de negcios.
    Em tempo: Jovino est levando seu supermercado Bahamas para Uberlndia.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 19, 2012

    Setor turstico tem reunio com o candidato do PSB Mrcio Lacerda. Ser as 19:00 no rsstaurante Patuscada. aqui em BH. frente Roberto Fagundes presidente do BH Convention Bureau. Estarei como presidente da Abrajet Minas.

    Objetivando uma maior interao do setor turstico com o candidato Mrcio LACERDA
    convocamos os presidentes das entidades representativas da cadeia produtiva do turismo
    a estar presentes no prximo dia 20/08, Segunda feira, s 19 no restaurante Patuscada,
    situado na Av. Bernardo Monteiro, 1.548
    para juntos entregrarmos ao candidato, em mos,
    as nossas principais demandas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 18, 2012

    Eleies 2012. Disputa pela prefeitura de Barbacena. Pesquisa DataTempo/CP2 registra o candidato Toninho Andrada com 48,6%. A prefeita Danuza Bias Fortes com 17,4%. Adailton Marques com 4,7%. Indecisos 21,3%.

    O favorito na disputa o ex-prefeito Antnio Carlos (1993-1996), mais conhecido como Toninho Andrada (PSDB), que renunciou presidncia do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE) para disputar uma nova eleio.

    Pesquisa DataTempo/CP2 indica a liderana do tucano,
    com 48,6% das intenes de voto,
    contra 17,4% da atual prefeita, Danuza Bias Fortes (PMDB).
    A terceira via Adailton Marques (PSOL),
    que tem 4,7%. Os indecisos ainda somam 21,3%.

    O grupo dos que no sabem em quem votaro ainda maior (43,9%) na modalidade espontnea, na qual os nomes dos candidatos no so apresentados. Dentre as opes, Toninho tambm est na frente, com 34,0%. Danuza citada por 13,8% enquanto Adailton tem 0,8%.

    Rejeio.
    A candidata reeleio, cuja gesto no bem-avaliada pelos barbacenenses, o nome que sofre maior rejeio no preo. Dos entrevistados, 45,7% declararam que no votariam nela em qualquer hiptese. O representante do PSOL rejeitado por 20,3%, e outros 13,2% disseram que no escolhero Andrada. J 8,6% afirmaram que poderiam votar em qualquer um.

    O resultado reflete a opinio mdia do eleitorado sobre o desempenho de Danuza na prefeitura. Na avaliao de 18,9%, a administrao boa ou muito boa. Para outros 35,3%, ela regular. Mas 43,6% avaliam-na como ruim ou muito ruim.

    Das pessoas ouvidas pelo DataTempo/CP2 em Barbacena, 34,8% aprovam a administrao da peemedebista, contra 59,0% que desaprovam. As principais reclamaes feitas pela populao dizem respeito ao atendimento da sade pblica, ao estado das ruas, ao desemprego e criminalidade.


    Fonte: Publicado em Destaque Na Imprensa, PSDB, Eleies 2012 |


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 18, 2012

    Eleies 2012. Ibope fez segunda rodada de pesquisa para prefeito de BH. Mrcio 46% X Patrus 23%

     




    Na segunda rodada da pesquisa Ibope/Rede Globo
    sobre as eleies de Belo Horizonte, divulgada nesta quinta-feira (16/8) pelo "MGTV",
    o prefeito de Belo Horizonte e candidato reeleio pela coligao "BH Segue em Frente", Marcio Lacerda, ampliou a liderana sobre o segundo colocado.
    Marcio aparece com 46% de inteno de voto,
    contra 23% do candidato da Frente BH Popular.
    Na pesquisa anterior, divulgada no dia 3 de agosto,
    Marcio aparecia com 43%, contra 21% do principal concorrente.

    O nmero de votos brancos e nulos e de eleitores
    que no sabem em quem votar caiu.
    Na primeira simulao, eram 15% de brancos e nulos.

    Agora, o ndice oscilou para 13%.
    O ndice de eleitores
    que ainda no decidiram
    em quem votar caiu de 19% para 15%.

    Numa simulao de segundo turno, Marcio
    seria reeleito com 48% dos votos,
    enquanto o concorrente ficaria com 28%.

    A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 15 de agosto. Foram ouvidas 805 pessoas em Belo Horizonte. A margem de erro mxima de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.
    A pesquisa est registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), sob o nmero 00235/2012.

    Prximo prefeito

    A pesquisa tambm perguntou, independentemente da inteno de voto dos entrevistados, quem ser o prximo prefeito. Dos respondentes, 63% apontaram o candidato Marcio Lacerda. O candidato da Frente BH Popular apareceu em segundo lugar, com 17%. Maria da Consolao foi citada em 1% das respostas. J 19% dos entrevistados no souberam opinar ou no responderam.

    Pesquisa espontnea

    O Ibope tambm perguntou em quem os entrevistados votariam para prefeito espontaneamente, ou seja, sem a apresentao dos nomes de candidatos. Nesta situao, Marcio Lacerda alcanou 34% de citaes e o candidato do PT foi lembrado por apenas 17% dos entrevistados. J 13% afirmaram que votariam em branco ou nulo e 35% no souberam opinar ou no responderam.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 18, 2012

    Defensoria Pblica de Minas participa de reunio do Conselho Nacional dos Defensores Pblicos Gerais em Fortaleza, Cear.







    PDF Imprimir E-mail





    Na quarta-feira (15/08), a Defensora Pblica-Geral de Minas Gerais em exerccio, Ana Cludia da Silva Alexandre, e o Assessor Interinstitucional da DPMG, Eduardo Ciryno Generoso, participaram da VI Reunio Ordinria do Conselho Nacional dos Defensores Pblicos Gerais (Condege) realizada em Fortaleza (CE).


    Durante a reunio, foram discutidos temas de interesse das Defensorias de todo o Brasil, entre eles o financiamento pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES) para projetos de modernizao e aparelhamento das Defensorias Pblicas dos Estados e do Distrito Federal.

    A prxima reunio ordinria
    do Conselho ser no ms de setembro,
    em So Luis (MA).

    a SAM 0693
    Defensores Gerais durante a VI Reunio Ordinria


    Fonte: Ascom / DPMG (17/08/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 18, 2012

    Minerao. Feira de equipamentos EQUIPO MAINING deve gerar 400 milhes em negcios.






    Foi realizada nesta tera-feira (14), no Mega Space, em Santa Luzia, na Grande BH, a abertura da Equipo Mining 2012, o maior evento de demonstrao ao vivo de minerao, processamento mineral e manuteno industrial das Amricas. Promovida pelas revistas Minrios & Minerales e O Empreiteiro, a feira est na sua 11 edio, a terceira realizada em Minas Gerais antes era sediada em So Paulo.

    A Equipo Mining referncia entre os profissionais da minerao, tanto pelo lanamento de novos equipamentos, cujo desempenho pode ser verificado em dois espaos reservados para testes, e pela oportunidade de fazer contato com especialistas. Este ano, deve-se gerar R$ 400 milhes em negcios.


    Fernando Coura,
    presidente do Sindiextra e Ibram.

    "No h mineradoras aqui, e sim a cadeia de minerao,
    os fornecedores desse setor que gera mais de 2 milhes de empregos.
    Essa feira marca Belo Horizonte como a capital brasileir
    a da minerao", disse o presidente do Sindicato
    da Indstria Mineral do Estado de Minas Gerais (Sindiextra)
    e vice-presidente da Fiemg Jos Fernando Coura.

    As principais empresas fornecedoras do setor tm estandes na feira, onde lanam novos produtos. Caso da brasileira Wolf que fabrica mquinas para perfurao de rocha. O gerente comercial Joo Campos est otimista e no acredita que o preocupante cenrio internacional v prejudicar os negcios que espera fechar durante os dias do evento, que vai at 17 de agosto.

    "Estivemos presentes em todos os anos da feira, que tima para fazer contatos e prospectar novos clientes. Este ano estamos lanando o kit hidrulico. Com ele, o cliente no precisa comprar a mquina inteira, leva apenas o kit e pode instal-lo na escavadeira e us-la de acordo com a demanda de trabalho", explicou.

    O otimismo tambm compartilhado pelo gerente comercial da chinesa XCMG, Henrique Pereira. Ele est apostando no crescimento das vendas dos seus equipamentos, que chegaram recentemente a BH a revendedora tem seis meses. Ele conta que a primeira vez que a XCMG participa da feira, e est achando uma tima oportunidade para divulgar sua marca e fazer negcios. "Somos lderes no mundo em venda de guindastes. Temos qualidade e preo competitivo. A XCMG est investindo no Brasil, est construindo uma fbrica em Pouso Alegre (MG) e no Porto de Suape, no Recife", contou.

    Cerca de 20 mil profissionais do setor devem passar pela feira, que este ano rene 100 expositores. O otimismo dos expositores tem fundamento. Em termos de investimento esperado pelo setor, avalia-se que as mineradoras devem investir cerca de R$ 150 bilhes at 2016.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 18, 2012

    Dinheiro para segurana. Minas grande parceiro, diz presidente do BID, Luiz Alberto Moreno.

    Governo mineiro
    e organismo internacional
    comearam novas tratativas
    para investimentos
    de cerca de R$ 160 milhes
    na rea de segurana pblica





    Omar Freire/Imprensa MG

    Presidente do BID, Luis Alberto Moreno, e a representante do BID no Brasil, Daniela Carrera-Marquis, em visita  Cidade Administrativa

    Presidente do BID, Luis Alberto Moreno,
    e a representante do BID no Brasil,
    Daniela Carrera-Marquis,
    em visita Cidade Administrativa


    O governador Antonio Anastasia recebeu, nesta sexta-feira (17), em audincia, o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno. Foi uma visita de cortesia, na qual o presidente apresentou ao governador a nova representante do BID no Brasil, Daniela Carrera-Marquis, que assumiu a funo no ltimo dia 6 de agosto.

    Minas Gerais mantm com o BID, segundo Moreno, uma relao prxima, de parceria que ajuda no desenvolvimento do Estado e dos cidados.

    "Minas um grande parceiro do BID. A ideia da formao do BID foi de um mineiro, um grande brasileiro que veio de Diamantina, que JK. Eu tenho uma grande lembrana aqui de Belo Horizonte. A minha primeira reunio anual como presidente do BID foi aqui. Esperamos, para frente, trabalhar vrias coisas, como apoios em temas tecnolgicos, em temas que o Estado quer desenvolver para que possa ir mudando a sua base produtiva", afirmou.

    Durante a reunio, Anastasia e Moreno comearam conversaes para novos crditos que sero utilizados em projetos relacionados segurana pblica. O tema, desafio de todo o pas, tem sido tratado como prioridade pelo governador.

    "Ns j temos um emprstimo aprovado pela Assembleia em tratativas destinadas segurana pblica no valor de US$ 80 milhes, cerca de R$ 160 milhes, que deve ser liberado at o final deste ano. Agora, com essas novas autorizaes que o Governo Federal est permitindo ns temos a possibilidade de novos emprstimos para investimentos", disse o governador.

    Para Anastasia, importante manter bom relacionamento com instituies como o BID para que o Governo possa ter recursos para investir no desenvolvimento do Estado. "Sabemos que os recursos dos estados no so suficientes para grandes investimentos porque a despesa com custeio e pessoal muito alta.


    Os recursos para os investimentos, normalmente, so obtidos atravs de financiamentos junto a organismos internacionais como o Banco Mundial, o BID ou, no Brasil, junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social). Temos essas possibilidades e, certamente, teremos novas operaes para o prximo ano e para 2014 para fazer investimentos em saneamento, habitao, estradas", explicou o governador.

    Para o presidente do BID, Minas sabe investir bem os recursos que recebe, por isso possvel que novas operaes sejam realizadas. "Ns teremos aqui muitas coisas. Agora, estamos trabalhando um tema muito importante de grande impacto, referente a um crdito para segurana pblica. Tambm falamos com o governador e a sua equipe sobre diversos projetos que eles tm. Certamente preciso uma conversa com a Federao e com o Tesouro Nacional, mas o BID sempre tem sido um parceiro de Minas", afirmou Moreno.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2012

    Ibope faz retrato do momento na corrida pela Prefeitura de Juiz de Fora. Pinado do jornal Tribuna de Minas.

    Tribuna de Minas



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2012

    Liderana do presidente da FIEMG reconhecida. Evento da revista Mercado Comum - pilotada pelo economista Carlos Alberto Teixeira - foi no Automvel Clube de BH, "o mais britnico"

    Olavo Machado Jr.
    recebe homenagem da Assemg
    Associao dos Economistas







    Foi realizada nesta segunda-feira (13), na sede do Automvel Clube de Minas Gerais, em Belo Horizonte, a cerimnia de entrega do VI Prmio Minas Gerais de Desenvolvimento Econmico, promovido pela Associao dos Economistas de Minas Gerais (Assemg) e pela Revista Mercado Comum.

    Os homenageados contriburam, de alguma forma, com seu trabalho e dedicao para o desenvolvimento do estado e do pas. Um dos homenageados foi o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr. Recebo este prmio com honra e muita alegria. Vou procurar fazer por merecer esta homenagem. Na verdade, o que venho fazendo o trabalho natural do presidente da federao do estado, o que inclui a promoo do progresso de Minas e do Brasil, disse Olavo Machado Jr.

    A escolha dos homenageados foi feita por uma comisso especial constituda pela Revista Mercado Comum e foi referendada pela Assembleia Geral Extraordinria da Assemg. O presidente e editor geral da Revista Mercado Comum, Carlos Alberto Teixeira de Oliveira, falou sobre a escolha do presidente da Fiemg.

    Trata-se de um prmio tcnico, cujos nomes so indicados pelos leitores da revista e so referendados por todos os economistas do estado. O Olavo Machado Jr. uma das personalidades mais expressivas de Minas quando se fala em desenvolvimento do estado e do Brasil. Ainda mais neste momento em que se discute a importncia da indstria na



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2012

    Minas de olho no choque de capitalismo da presidente Dilma

    Anastasia participa do lanamento de programa que investir em rodovias e ferrovias de Minas


    Anastasia participa
    do lanamento de programa
    que trar novos investimentos
    em rodovias e ferrovias de Minas


    Governador lembrou programas como ProMG
    e Caminhos de Minas que vm dotando o Estado
    de estradas com boas condies de trfego



    O governador Antonio Anastasia participou nesta quarta-feira (15/08), em Braslia, da solenidade de lanamento do Programa de Investimentos em Logstica: Rodovias e Ferrovias, pela presidente Dilma Rousseff. O programa do governo federal prev o investimento de R$ 133 bilhes, por meio de concesso iniciativa privada de 7,5 mil quilmetros de rodovias federais e de dez mil quilmetros de ferrovias.
    O Programa de Investimentos em Logstica prev, em territrio mineiro, a duplicao da BR-040, entre Juiz de Fora e Braslia; todo o trecho mineiro da BR-116; a BR-262 de Joo Monlevade divisa com o Esprito Santo; os trechos das BR-153 BR-050. No modal ferrovirio, foi anunciada ligao Belo Horizonte a Salvador e do trecho de Gois ao norte do Estado do Rio de Janeiro, passando, em Minas, por Curvelo e Corinto. Segundo o ministro dos Transportes, Paulo Srgio Passos, as obras que j esto em andamento por meio do Programa de Acelerao do Crescimento (PAC) continuaro sendo executadas por ele.
    Anastasia lembrou que, h muitos anos, as rodovias federais que cortam Minas Gerais precisam de investimentos, por isso, espera a execuo dessas parcerias que contribuiro para o desenvolvimento e o escoamento da produo das regies Norte, Central e do Tringulo Mineiro. So os maiores trechos troncais e os investimentos tero reflexos muito positivos no apenas para a economia, mas para a segurana e a qualidade de vida, afirmou.
    O Governo de Minas vem investindo na melhoria das condies de trfego nas rodovias sob sua jurisdio. Por meio do ProMG, que j tem contrato para recuperao e manuteno 7.430 quilmetros de vias pavimentadas, das quais 5.779 quilmetros j foram recuperados, foram investidos mais de R$ 1,2 bilho. Ao citar o Programa de Recuperao e Manuteno Rodoviria do Estado de Minas Gerais, o governador disse esperar que programa federal signifique uma nova fase para as rodovias federais em Minas.  
    Anastasia falou tambm sobre o Caminhos de Minas, outro programa rodovirio, cuja meta construir 7.775 quilmetros em 234 trechos de rodovias, beneficiando diretamente mais de 300 municpios e sete milhes de pessoas. No ltimo dia 6, o governador anunciou o ncio de obras de quatro trechos, autorizao de licitao para obras em 56 e licitao para elaborao de projetos para dez. Somando aos trs trechos j em obras, essas autorizaes perfazem 1.995 quilmetros de rodovias, trazendo benefcios para quatro milhes de mineiros. Os investimentos para as 63 obras iniciadas, autorizadas ou em licitao chegam a R$ 3,2 bilhes.
    Sobre as obras ferrovirias, o governador destacou a importncia do modal para um estado minerador como Minas Gerais. Uma melhor logstica reduz custos, tornando os produtos mineiros e brasileiros mais competitivos, completou.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2012

    Primeiro passo na busca de uma ferrovia para o norte de Minas

    Minas contrata consrcio internacional
    para estudar viabilidade de ferrovia
    na Regio Norte


    O principal objetivo
    ampliar o escoamento de produtos daquela regio,
    incluindo minrio de ferro e outras commodities



    Leonardo Horta/Sede

    Luiz Antnio Athayde e Gil Pereira durante a solenidade de assinatura do contrato com o consrcio

    Luiz Antnio Athayde e Gil Pereira
    durante a solenidade de assinatura do contrato
    com o consrcio



    O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econmico (SEDE), assinou nesta quinta-feira (16) contrato com o consrcio DB International GmbH, que ser responsvel pela realizao de estudos de viabilidade econmica e o desenvolvimento de uma nova logstica de infraestrutura ferroviria na regio do grande Norte do Estado. O principal objetivo ampliar o escoamento de produtos daquela regio, incluindo minrio de ferro e outras commodities produzidas em Minas Gerais.

    O projeto vai abranger as regies Noroeste e Norte e dos vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce. Alm dos estudos da viabilidade socioeconmica para implantao de uma nova ferrovia, o levantamento  poder apontar, se for o caso, retificaes de traados para promover o uso mais intenso do transporte ferrovirio.
    Financiamento do Banco Mundial
    O estudo foi orado em R$ 2,1 milhes, e est sendo financiado pelo Banco Mundial (Bird). O prazo previsto para a concluso dos levantamentos de dez meses, contados a partir da data assinatura do contrato. O consrcio contratado formado pela empresa alem DB International GmBh e as brasileiras Setepla Tecnometal Engenharia Ltda. e Geotec Consultoria Ambiental Ltda.
    De acordo com o Subsecretrio de Investimentos Estratgicos da SEDE, Luiz Antnio Athayde, 37 grupos participaram da concorrncia pblica para a contratao dos estudos. A concretizao do projeto ser de fundamental importncia para o desenvolvimento, no somente daquela regio, mas de todo o Estado, afirmou o subsecretrio.
    Ao citar alguns importantes aportes da iniciativa privada realizados na regio desde 2003, o secretrio de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas, Gil Pereira, que esteve presente assinatura do contrato, afirmou que, com a melhoria da infraestrutura local, o Norte de Minas ser um novo centro de investimentos de Minas e do Brasil.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2012

    Balano da Lei Seca na capital mineira

    Campanha Sou pela Vida.
    Dirijo sem Bebida completa um ms
    com blitze dirias em Belo Horizonte


    No perodo de 14 de julho a 13 de agosto deste ano,
    foram abordados 2.844 condutores,
    com 128 autuaes por embriaguez ao volante



    Renato Cobucci/Imprensa MG

    Desde o incio da campanha Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida, 23.773 veculos j foram abordados

    Desde o incio da campanha Sou pela Vida.
    Dirijo sem Bebida, 23.773 veculos j foram abordados



    No perodo de 14 de julho a 13 de agosto deste ano, quando a campanha Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida completou um ano e passou a realizar abordagens dirias na capital mineira, 2.844 motoristas foram abordados. Desses, 128 receberam autuaes por embriaguez ao volante, sendo 93 infraes e 35 crimes de trnsito.

    Os nmeros so superiores aos do ms anterior, quando as blitze eram realizadas de quinta-feira a domingo, com foco no final de semana. De 14 de junho a 13 de julho de 2012, foram abordados 1.786 motoristas, com 120 autuaes por embriaguez.

    Para o subsecretrio de Promoo da Qualidade e Integrao do Sistema de Defesa Social, Robson Lucas da Silva, a realizao de blitze dirias um marco significativo. Trata-se da resposta do poder pblico visando conscientizar a sociedade sobre a importncia do cumprimento da Lei Seca todos os dias e no apenas nos finais de semana. A campanha, que tem tanto o lado repressivo quanto o educativo, faz parte, cada vez mais, da rotina dos belo-horizontinos.

    Desde o incio da campanha Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida, em julho do ano passado, um total de 23.773 veculos j foram abordados. Quinhentos e cinco motoristas foram autuados por crime de trnsito, por dirigirem com nvel de lcool no sangue acima de 0,34 mg/l, e outros 1.407 por infrao de trnsito, por dirigirem com ndice de lcool no sangue entre 0,14 e 0,33 mg/l ou por se recusarem a soprar o bafmetro. Todos eles perdem o direito de dirigir por um ano e pagam multa de R$ 957,50, sendo que os autuados por crime de trnsito so tambm processados conforme determina o Cdigo de Trnsito Brasileiro (CTB).

    A campanha


    As aes do Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida so realizadas de forma integrada entre a Polcia Militar, Polcia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Guarda Municipal e BHTrans. Semanalmente, uma equipe com representantes das corporaes envolvidas nas blitze se rene para definir os prximos locais de abordagens, baseada na avaliao de pontos onde h grande concentrao de bares, eventos e tambm onde, estatisticamente, acontecem mais acidentes com pessoas alcoolizadas ao volante.

    A Secretaria de Estado de Defesa Social coordena a campanha, que resultado do trabalho do Comit Gestor de Trnsito, criado em fevereiro do ano passado pelo governador Antnio Anastasia para diminuir o nmero de vtimas do trnsito. O comit composto por instituies ligadas ao trnsito, como Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG), Agncia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Polcia Rodoviria Federal (PRF). 



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2012

    Exposio de Artes Visuais no Palcio das Artes.

    Alunos criaram as peas da exposio Antiarte
    Microrrevolues Dirias



    Divulgao

    A exposio  considerada um dos eventos mais importantes do Valores de Minas

    A exposio considerada um dos eventos
    mais importantes do Valores de Minas



    A partir da frase do filme Edukators, Todo corao uma clula revolucionria, os alunos de Artes Visuais do Programa Valores de Minas, criaram as peas da exposio Antiarte Microrrevolues Dirias. Esta a stima mostra desde a criao do programa, que ficar em cartaz de 16 a 30 de agosto, no espao MariStella Tristo, no Palcio das Artes.

    A mostra realizada todos os anos, sempre aberta ao pblico, como oportunidade para que alunos, ex-alunos, estudantes, familiares possam conhecer e interagir com obras e instalaes criadas pelos alunos do Programa ao longo do primeiro semestre, nas oficinas de Artes Visuais.

    A exposio considerada pela coordenadora do programa, Samira vila, como um dos eventos mais importantes do Valores de Minas. O jovem escolhe a obra e, a partir da, se prope a uma reflexo para seu projeto de vida, a aguar o senso esttico e criar o quer mostrar. Ela explica que so todas obras autorais, contemporneas, que permitem a democratizao da arte por meio do desenho, escultura, instalaes e intervenes com o pblico, alm de fotografia e moda, entre outros recursos. A ocupao de galerias e espaos com intervenes e interaes artsticas possibilita ao jovem dialogar com os espaos e com as pessoas, cumprindo o objetivo do Programa que a arte e a cidadania, avalia a coordenadora. 

    A ideia da mostra comeou com a proposta de Hlio Oiticica que define antiarte como uma arte experimental, fora dos padres convencionais, convidando e provocando experincia de passar de espectador a participador, explica o Coordenador de Artes Visuais, Carlos Normando.  Outro aspecto ressaltado por ele a ressignificao dos objetos. No se trata de um reuso e sim dar aos objetos um novo significado, definiu.

    Valores de Minas: arte, cultura, cidadania


    O Valores de Minas um programa do Servas e Governo de Minas com o apoio do Conselho Estadual dos Direitos da Criana e do Adolescente Cedca, por meio do Fundo para a Infncia e Adolescncia FIA  e oferece, a cada ano, a mais de 500 jovens de 14 a 24 anos, estudantes de escolas pblicas da rede estadual, oportunidades de crescimento pessoal e formao cidad, por meio de atividades e experincias em teatro, circo, msica, dana, artes plsticas. Tambm constam do currculo aulas de histria da arte, literatura, tica e cidadania.

    Em 2011, o programa recebeu 570 jovens, sendo 500 participantes do Mdulo 1, selecionados entre 2.391 inscritos. O programa tem ainda capacidade multiplicadora. Ao final de cada ano, o Programa recebe, no Mdulo II, cerca de 70 jovens que se destacaram no ano anterior, para a ampliao de experincias visando a formao de monitores e artes cnicas e msica, tornando-os multiplicadores de sua experincia em suas escolas e comunidades. Em 2012, o programa recebeu mais de 3.500 inscries, destas foram selecionados 500 alunos para o mdulo I. O mdulo ll teve 71 participantes selecionados e outros 20 alunos participam de um projeto experimental, totalizando 591 participantes.

    Para participar os alunos recebem uniforme, vale-transporte, lanche e almoo. Durante o ano, as atividades so dividas em trs etapas. Na primeira, os alunos frequentam as cinco oficinas de artes oferecidas; na segunda, escolhem a rea de maior interesse e, na ltima criam e apresentam um espetculo que integra todas as linguagens vivenciadas.

    O espetculo, apresentado ao final de cada ano, tem a participao dos alunos em todas  as fases, desde a elaborao do roteiro, trilha sonora, produo do cenrio, figurino e adereos, alm de atuar. At 2011, foram apresentados sete espetculos, aplaudidos por mais de 25 mil pessoas, elogiados pelo pblico e crtica: Delrio Barroco, Estrada dos Sonhos, Opara, Sempre Alegre Miguilim, "Metrpole", O Heri e a Armadura e A Lira e o Tambor, stimo espetculo do programa Valores de Minas, foi assistido por mais de 4.000 pessoas.

    Servio:

    Exposio Valores de Minas 2012 Antiarte - Microrrevolues Dirias
    Data: De 16 a 30 de agosto
    Abertura Apresentao de coral formado por ex-alunos com a msica "Canto de um povo de um lugar", de Caetano Veloso, s 19h.
    Exposio De tera a sbado, de 9h30 s 21h; domingo de 16h s 21h.
    Local Palcio das Artes, Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro Espao MariStella Tristo



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 16, 2012

    Dia Nacional da Construo Social 2012 investe na valorizao do trabalhador


    Evento vai oferecer a cinco mil trabalhadores
    servios de sade, lazer, esporte, cultura e cidadania
    no prximo sbado, dia 18, em Betim

    No dia 18 de agosto, sbado, a sexta edio do Dia Nacional da Construo Social ser realizada no Clube do Trabalhador do Sesi, em Betim, para cerca de cinco mil trabalhadores da Indstria da Construo e seus familiares, oferecendo-lhes servios de sade, lazer, esporte, cultura e cidadania.

    O objetivo da ao, organizado em Minas Gerais pelo Servio Social da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Seconci-MG), Sindicato da Indstria da Construo Pesada no Estado de Minas Gerais (Sicepot-MG) e Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), promover a melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores, sensibilizar os empresrios para a prtica da responsabilidade social e fomentar a construo do patrimnio tico dessa importante Indstria.

    Neste ano, o tema central do evento ser a Valorizao do Trabalhador. Em Betim, os operrios podero se ver em fotos nos canteiros de obras onde trabalham, que sero distribudas em um grande varal, logo na chegada ao Clube do Trabalhador.

    Neste ano, vrias novidades foram acrescentadas ao, como vacinao gratuita contra Poliomielite, Ttano, Febre Amarela, Hepatite B e Rota Vrus; alm de emisso de carteira de trabalho (nova ou segunda via).

    Outra novidade ser o Show de Talentos da Construo, um concurso no qual os trabalhadores tero um tempo para mostrar os seus talentos. O concurso da Rainha e a Princesa da Construo Mineira, sucesso na edio passada, continua este ano e avaliar as candidatas das empresas, que devero estilizar uniformes de profissionais do setor, tambm como forma de homenage-los.

    Sero realizadas, das 9 horas s 15 horas, oficinas de gerao de renda, campanhas e circuito de sade, com aferio de presso e ndice de Massa Corporal (IMC), sesses de massoterapia, exames e orientaes sobre a preveno do cncer de mama, sobre nutrio, higiene bucal e limpeza de dentes, dengue e doenas sexualmente transmissveis, alm de distribuio de preservativos. Entre outras atividades e servios oferecidos esto: servios de beleza, torneios de truco e de futebol society, programao especial para o pblico infantil com Rua de Lazer, alm de esquetes teatrais, alimentao e sorteios de brindes diversos. Para o sorteio, os participantes devero responder perguntas ligadas ao setor. Entre os prmios sorteados esto TVs, aparelhos de DVD, notebooks, micro-ondas e pares de ingressos para espetculos.

    Promovido nacionalmente pela Cmara Brasileira da Indstria da Construo (CBIC), por meio do seu Frum de Ao Social e Cidadania (FASC), em parceria com o SESI, Frum dos Seconcis (Servio Social da Construo Civil) e entidades pblicas e privadas, o Dia Nacional da Construo Social acontecer simultaneamente em 28 localidades de 20 unidades da Federao e deve atender mais de 100 mil pessoas.

    O evento conta com o patrocnio nacional da Votorantim Cimentos e, em Minas Gerais, os patrocnios de Fiemg/SESI e Paulo Lasmar Advogados Associados os apoios do SUS/Betim, SEPADI Betim, Centro Mineiro de Referncia em Resduos, SERVAS/FEAM, Copasa, Cemig, Mobiliza SUS/Secretaria Municipal de Sade de BH, Cortical Minas, Prefeitura de Betim/Secretaria Municipal de Sade, Superintendncia Regional do Trabalho e Emprego de Minas Gerais, Holcim, Dizplay Sports, Interativa Comunicao, tica Diniz, Unipac e Vilma Alimentos.

    SERVIO

    Dia Nacional da Construo Social
    Data: 18 de agosto de 2012 (sbado)
    Horrio: 09 s 15 horas
    Local: Clube do Trabalhador Francisco Netto Motta SESI Betim (BR 381 Km 436, Bairro Olhos Dgua, Betim)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 16, 2012

    Artigo Especial enviado ao nosso Blog de Notcias pela assessoria de comunicao do escritrio de advocacia Dcio Freire & Associados - um dos mais conceituados do pas e que est completando 20 anos.

    MINAS GERAIS AUTORIZA A COMPENSAO DE DBITOS COM PRECATRIOS

    Por Naiara Campos Ferreira Marques*

    A compensao de precatrios a modalidade de extino de obrigao pecuniria entre quem credor e ao mesmo tempo devedor da Fazenda Pblica. Como o Estado de Minas Gerais eventualmente se empenha em quitar seus precatrios com o objetivo de diminuir sua dvida, seus credores anseiam por novas possibilidades de acordo no sentido de compensar seus respectivos dbitos.

    Nesse sentido, foi permitida a compensao de dbitos com precatrios do Estado a partir da publicao da Lei Estadual n 19.407/10, que autoriza a liquidao de seus dbitos por meio da compensao com precatrios judiciais, alimentcios e comuns, mediante acordos diretamente com seus credores, que sero efetivados pela Advocacia-Geral do Estado.

    Regulamentando a matria, foi publicado no dia 03 de agosto de 2012 o Decreto Estadual n 46.015, que, alterando o Decreto 45.564/11, disciplina os procedimentos a serem observados para a compensao de dbitos lquidos e certos constitudos contra credor de precatrio.

    Uma vez atendidas todas as normas estabelecidas na norma, ser possvel realizar a compensao do crdito de precatrio com dbito lquido e certo, que tenha sido inscrito ou no em Dvida Ativa, inclusive aqueles com processo de execuo ajuizado, constitudos contra o credor originrio, seu sucessor ou cessionrio.
    Embora autorizada a utilizao dos precatrios no Estado, devem ser observadas as seguintes regras, todas previstas no art. 3 do Decreto 46.015/12:

    no caso de dbito inscrito em Dvida Ativa possvel a compensao somente quando a inscrio for anterior ao dia 30 de novembro de 2010;
    o precatrio a ser compensado deve estar livre de pendncia judicial, discusso sobre sua titularidade,valor, ou impugnao por qualquer interessado;
    no haver compensao sobre valores de precatrios que tenham sido objeto de pagamento, inclusive da parcela a ser compensada;
    a compensao do crdito principal no abranger o valor dos honorrios sucumbenciais constantes do precatrio, devidos ao advogado, nem o crdito dos honorrios contratuais quando destacados do montante da condenao por deciso judicial;
    o devedor poder utilizar o mesmo precatrio para quitar mais de um dbito, at o valor atualizado do precatrio;
    caso o valor atualizado do crdito do Estado seja superior ao valor atualizado do precatrio, o interessado dever efetuar, at ltimo dia til do ms em que ocorrer a formalizao da compensao, o pagamento vista ou parcelado do dbito remanescente.

    Assim sendo, o Decreto Estadual n 46.015/2012 um estmulo reduo do passivo fiscal, tendo em vista que vai viabilizar de forma gil a quitao de dbitos.

    * Acadmica de Direito, Gedip da rea Tributria,
    Cursando na Pontifcia Universidade Catlica de Minas Gerais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 16, 2012

    BDMG inova.

    Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais
    patrocina espao de inovao HUB-BH

    Belo Horizonte, agosto de 2012 Como parte de sua estratgia de apoio inovao no Estado, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) um dos patrocinadores do HUB Belo Horizonte (HUB-BH). O espao ser inaugurado no dia 17 de agosto e ter a presena do assessor de Inovao e Sustentabilidade do BDMG, Carlos Fernando da Silveira Vianna.

    O HUB uma organizao internacional criada em 2005 em Londres e dedicada a promover o empreendedorismo e a inovao em rede. Em 2008, o HUB chegou ao Brasil, com uma unidade em So Paulo. A iniciativa mineira comeou a ser promovida em 2010 por um grupo de empreendedores focados em cocriao de redes, ambientes, e negcios de alto impacto social. Em novembro de 2011 o HUB-BH foi aprovado na rede internacional do HUB, com exclusividade, para trazer esse empreendimento cidade. Em dezembro de 2011 foi inaugurada a filial de Curitiba.

    Hoje o HUB est presente em cerca de 40 pases, em todos os continentes. J so mais de 5 mil empreendedores conectados e colaborando na rede internacional. O HUB um espao projetado para discusso de ideias, conhecimento e esprito empreendedor. O BDMG pretende utiliz-lo para divulgar suas aes voltadas para as reas de empreendedorismo e inovao, como linhas de financiamentos e apoios e parcerias institucionais.

    Servio
    Inaugurao do HUB-BH
    Dia 17 de agosto, s 19h
    Rua dos Aimors, 487, 2 andar Funcionrios Belo Horizonte


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 16, 2012

    Definida programao do Congresso Nacional da Abrajet em Imbituba, litoral de Santa Catarina. L o presidente da Abrajet no Estado, nosso colega Alberto Gonalves e sua equipe capricharam na organizao para receber os jornalistas especializados em turismo de todo o pas. Como presidente da Abrajet Minas parabenizo o Alberto e desejo sucesso absoluto. confira a programao!!!

    XXIX CONGRESSO NACIONAL DA ABRAJET
    IMBITUBA SC
    De 20 a 23 de Setembro de 2012

    PROGRAMAO

    Dia 20/09/2012 - QUINTA FEIRA
    Recepo dos Congressistas no Aeroporto Internacional Herclio Luz em Florianpolis.
    Translado de nibus para o Hotel Silvestre em Imbituba, conforme horrio de chegada
    ao Aeroporto.

    20h00 - Abertura do XXIX Congresso Nacional da Abrajet

    20h05 -Palavra do Presidente da Abrajet-SC, Jornalista Alberto Gonalves de Souza

    20h10 - Palavra do Presidente da Abrajet Nacional, Jornalista Helcio Estrella

    20h15 - Palavra do Secretrio de Turismo do Estado de Santa Catarina

    20h30 - Palavra do Prefeito Municipal, Sr. Roberto Martins seguida de Palestra.

    TEMA DA PALESTRA
    O JORNALISTA ESPECIALIZADO E O FOMENTO DO TURISMO

    HOMENAGENS:
    20h40 - Inicio da Cerimnia de Homenagem com entrega do Prmio ABRAJET, a Perso-
    nalidades e Instituies de destaque no Turismo Nacional e do Estado de Santa
    Catarina.

    HOMENAGEM ESPECIAL:
     Empresria da Hotelaria, Sra. Marih de Fonseca Meirelles, do Hotel e Resort Catussaba de Salvador.

     PERSONALIDADE TURSTICA DO ANO
    Governador de Pernambuco
    Sr. Eduardo Campos

     EMPRESA TURSTICA DO ANO
    Azul Linhas Areas
    Sr. David Neeleman

     ENTIDADE TIRSTICA DO ANO
    Fedrao Nacional dos Conventions Bureau
    Sr. Joo Luiz Moreira de Souza

     PREMIO ABRAJET/SC
    Nomes sero escolhidos com antecedncia, durante o IV Frum de Turismo da
    ABRAJET/SC previsto para 24,25 e 26 de Agosto, em Florianpolis.
    Aps a Cerimonia de Entrega das Homenagens, ser convocada a reunio do Conselho
    para o diaseguinte, e em seguida ser servido um coquetel, aos presentes.

    Dia 21/09/2012 - SEXTA FEIRA
    07h30 - Caf da Manh

    09h00 - Inicio do Fantour (Cidades prximas)

    09h30 - Laguna(Visita ao Marco do Tratado de Tordesilhas, Museu Anita Garibaldi,
    Casario Colonial,Cb. S.Marta)

    10h50 - Capivari de Baixo (Visita a Usina Termo Eltrica da Tractebel, a maior da
    Amrica Latina)

    11h50 - Visita a Catedral em Tubaro e termas da Guarda.

    13h15 - Almoo.
    Gravatal ( Suas guas quentes e seus Hotis de nvel Internacional)

    14h30 - Bom Jardim da Serra(Serra do Rio do Rastro a 1.560 metros de altitude)

    16h45 - Visita a Urussanga e suas vincolas, com degustao de seus premiados vinhos.

    19h30 - Retorno ao Hotel.

    20h30 - Jantar

    Dia 22/09/2012 - SBADO
    08h00 - Caf da Manh

    09h30 - Abertura do da Reunio do Conselho Nacional
     Discusso da Pauta
     Assuntos Gerais
    13h00 Almoo

    14h45- Reabertura do Congresso:
     Discusso da Pauta
     Assuntos Gerais
     Eleio e Posse da Nova Diretoria Nacional

    16h30 Observao das Baleias Franca

    19h00 - Encerramento do Congresso

    20h30 - Jantar

    Dia 23/09/2012 - DOMINGO
    09h00 - Caf da Manh

    10h30 - City tour pelo municpio de Imbituba e suas Belas e Premiadas Praias.
    Para quem viaja,Retorno aoAeroporto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 15, 2012

    Frias programadas- planejando na linha do tempo

    Frias programadas da Royal Holiday
    o programa certo para os tempos de crise

    A empresa continua melhorando em Belo Horizonte
    para crescer cada vez mais entre os mineiros

    O conceito de frias programadas exclusivo do grupo mexicano no Brasil ideal para os tempos de crise e de altos ndices de inadimplncia tal como este em que o pas vive atualmente. Com mais de 80 mil associaes ao redor do mundo, a Royal Holiday comercializa programas de crditos onde seus associados podem planejar antecipadamente toda a sua viagem de frias, que j item de necessidade entre os brasileiros das classes A, B e cada vez mais da C.

    Com unidades de negcios em 9 grandes cidades brasileiras, a empresa consolidou sua marca no mercado turstico do Brasil principalmente no ltimo ano - tendo inaugurado 3 delas entre 2011 e 2012. Para o mercado total das frias programadas da Royal Holiday, o pas representa 52% da associao na Amrica do Sul.

    O grande diferencial da Royal Holiday para os servios de timesharing est na flexibilidade tanto na escolha do destino, da temporada, quanto do tempo de viagem e quantidade de pessoas, sejam amigos ou familiares, em mais de 180 destinos em todo o mundo para as mais de 6 mil famlias associadas. Assim como o planejamento antecipado, permitindo que a famlia garanta suas frias do futuro e esteja assegurada para viajar em possveis momentos de crises econmicas e variaes do cmbio.

    "Ao associar-se Royal Holiday, o cliente passa a ter o mais alto padro de qualidade e servios. A partir da, com total controle sobre seus crditos, ele escolhe local para onde quer viajar, decide por quanto tempo, em que hotel e com quantas pessoas ele vai se hospedar. Ele pode convidar amigos ou familiares e passar frias nos melhores hotis, resorts, vilas, condomnios e cruzeiros pelo mundo todo, por muitos anos", completa a Diretora de Comunicao, Cristina Bellini.

    A empresa em BH - Atuando na capital mineira desde 2008, a Royal Holiday recentemente passou por uma remodelao em seu modelo de apresentao na cidade, de acordo com as normas do Ministrio Pblico. A reformulao da atuao em Minas Gerais deu-se aps Termo de Ajustamento de Conduta onde a empresa comprometeu-se, principalmente, a manter a transparncia e boa-f no momento da comercializao de seu programa.

    Antes mesmo do TAC assinado, a Royal j atuava de maneira clara entre os convidados a conhecerem a marca. Alm de serem informados da necessidade de irem a uma das unidades de negcios da Royal, o casal informado sobre permanncia mnima de 90 minutos, por meio do Regulamento entregue. Ao serem contatados, essas informaes so reforadas e acrescentadas outras como "a apresentao ser feita por um consultor atravs de fotos, vdeos e folders".

    Atualmente so mais de 8 mil scios brasileiros e efetivamente mais da metade de toda a Amrica do Sul. So mais de 100.000 em todo o mundo. Como parte do compromisso Royal Holiday com os scios, e com a finalidade de proteger seus interesses garantindo a disponibilidade de hospedagem, o clube auditado a cada ano pela reconhecida companhia PRICEWATERHOUSECOOPERS que confirma que no somente existe muito mais inventrio disponvel (habitaes em hotis e condomnios) que scios ativos, como tambm que cubra a venda de "programa de frias" pelos seguintes anos.

    Com isto, os scios podem ficar tranquilos de que sempre haver disponibilidade e sempre podero viajar. As reservas esto sujeitas a disponibilidade porque existem algumas datas e destinos de maior demanda que se reservam com maior antecedncia e podem no estar disponveis para algum cliente em particular. O clube opera de acordo com a regre de "primeiro em tempo, primeiro em direito", com o qual as reservas so feitas e se confirmam de acordo ordem de solicitao.

    A Royal Holiday sugere a seus scios que ao planejar suas frias nas temporadas de maior demanda, solicitem 3 opes de destinos ou datas para que sempre possamos confirmar suas viagem quando a solicita.

    Em Belo Horizonte, a unidade fica no bairro de Savassi, na Rua Paraba, num pontos mais privilegiados da capital mineira e tem como Gerente de Vendas Takedgy Amano. Ele comanda uma equipe de 30 funcionrios em uma instalao com tima decorao que privilegia funcionalidade e comodidade.

    www.royal-holiday.com.br

    Eliria Buso
    (11)4329-6529
    imprensa@assimptur.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 15, 2012

    Feriado hoje em BH

    Feriado com tempo nublado.
    Da varanda do meu ap
    vejo a Serra do Curral com nuvens escuras
    e o sol tentando furar o bloqueio.
    Mantenho a rotina de atualizar nosso blog.

    Acabei de ler no meu iPad os jornais Hoje em Dia
    que oferecido de graa
    dentro do esprito dos novos tempos, da internet.

    E o Estado de Minas que compro pelo APP por quase 1 dlar.

    Em busca do discurso...
    No Estado de Minas tem um artigo
    do ex- deputado Israel Pinheiro Filho
    falando sobre os desafios de Mrcio e Patrus
    em busca de um discurso adequado
    para a campmha pela PBH. Vale ler.

    Sensus
    Falei por telefone com o dono do Instituto de Pesquisas mineiro Sensus.
    Ricardo Guedes que est fazendo campanha em Angola
    disse-me que no tem previso de pesquisa em BH
    para ser divulgada sbado.

    Defensoria Pblica de Minas na TV Assemblia, vem a.

    Receb boa notcia: depois de um ano e meio de articulaes
    consegu a liberao de um programa semanal de 30 minutos
    na grade da TV Assemblia.

    O programa ser da Defensoria Pblica de Minas
    que teve sua defensora geral, a dra. Andra Tonet
    reeleita com 77% dos votos. Ponto final.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 14, 2012

    Tnel do Tempo.






    O ex-prefeito de Desterro do Mello,
    o advogado Ruy Amaral Fernandes
    e o secretrio de Turismo de Minas,
    deputado Agostinho Patrus.
    Foto do meu arquivo

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 14, 2012

    Defensoria de Minas: suporte mulher vtima de violncia.







    Palestra e debate
    marcam a comemorao
    dos sete anos de atuao do Nudem/BH
    PDF Imprimir E-mail





    Em comemorao aos sete anos de atuao da Defensoria Especializada na Defesa da Mulher Vtima de Violncia de Belo Horizonte (Nudem/BH), na sexta-feira (03/08), vrios profissionais ligados rede de proteo mulher compareceram Defensoria Pblica para assistir palestra Defensoria Pblica e sua atuao na defesa da mulher vtima de violncia, proferida pela presidente da Comisso Parlamentar Mista de Inqurito da Violncia Contra a Mulher do Congresso Nacional, deputada federal Maria do Socorro J Moraes.


    nudem12012

    Debate e reflexo durante as comemoraes
    dos sete anos de criao do Nudem/BH


    Histria


    Ao abrir o evento, o Assessor Interinstitucional Eduardo Generoso, autor do projeto que criou a Especializada em 2005, rememorou a histria do Nudem e lembrou a participao das colegas, em especial Alessandra Pereira Eler, Umbelina Lopes e Maria Helena Campos, que iniciaram as atividades do Ncleo, e os servidores que fizeram parte de sua trajetria, possibilitando sua atuao.


    Em sua fala, a coordenadora da Especializada, Defensora Pblica Laurelle Carvalho de Arajo, fez uma homenagem a todas as mulheres ao ler parte da crnica A mulher e a beleza das idades, de autoria de Fabiana Pinto. Ao fazer um breve balano sobre o Nudem/BH, Laurelle informou que desde sua fundao em 2005, at junho deste ano, a Especializada efetuou 28.630 atendimentos realizados pelos Defensores e pelo setor psicossocial.


    Analisando o problema da violncia contra a mulher, a coordenadora falou sobre o mal causado pela agresso psicolgica e os casos em que o agressor faz com que a mulher acredite ser culpada e merecedora da violncia sofrida.


    Compromisso


    Laurelle fez um agradecimento a cada um dos Defensores e servidores que fazem parte do Ncleo e reafirmou o compromisso da Especializada em trabalhar para trazer de volta a felicidade para as mulheres vtimas de violncia garantindo o princpio constitucional da dignidade humana.


    Presente no evento, a Defensora Pblica-Geral, Andra Abritta Garzon Tonet, fez uma breve retrospectiva do papel desempenhado pela mulher desde os primeiros tempos e falou sobre a dependncia econmica a qual muitas mulheres so submetidas.


    Titular da Defensoria Especializada 2 Instncia e Tribunais Superiores Criminal, Andra Tonet discorreu sobre as espcies de crime geralmente cometidos pelo gnero feminino, que so, em sua maioria, de trs tipos: em prpria defesa, para encobrir alguma infrao cometida pelo companheiro ou ainda, seguindo a trilha j traada pelo homem.


    Reflexo


    Ao fazer uma anlise sobre a questo cultural e secular da submisso feminina, a Defensora Geral props uma reflexo sobre a forma com que as crianas esto sendo educadas, convidando os presentes a pensarem sobre seu papel na perpetuao da cultura de submisso a qual muitas mulheres ainda esto sujeitas.


    Ao final de seu pronunciamento, Andra Tonet mencionou que, embora os sete anos de atuao do Nudem/BH seja um momento de comemorao, seria melhor que, em pleno sculo XXI, o rgo no fosse necessrio. Hoje um dia de festa, mas se estamos aqui comemorando porque ainda existe a violncia contra a mulher, finalizou a DPG.


    Durante sua palestra, a deputada federal J Moraes abordou a funo constitucional da Defensoria Pblica em sintonia com poltica de proteo mulher vtima de violncia e os desafios estruturais das Defensorias Pblicas no enfrentamento da violncia de gnero. Aps a palestra, os participantes debateram o tema.


    Participaes


    nudem22012

    Participaram ainda do evento,
    a presidente do Conselho Estadual da Mulher, Jovita Levi Ginja;
    a delegada de polcia aposentada
    e fundadora das Delegacias de Mulheres
    e do Idoso em Belo Horizonte, vereadora Elaine Matozinhos;
    e o presidente da Adep-MG, Felipe Augusto Cardoso Soledade,
    expressivo apoiador das iniciativas do Nudem/BH


    Fonte: Ascom / DPMG (09/08/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 14, 2012

    Secretrio de Estado de Meio Ambiente de Minas, vai sexta-feira Almenara, a convite da Fiemg.

    Almenara debate
    sustentabilidade
    e desenvolvimento






    O secretrio de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Adriano Magalhes, o convidado do Sistema Fiemg para palestrar na prxima edio do Seminrio Plano de Desenvolvimento Industrial e Regional. O evento ser em Almenara, no Vale do Jequitinhonha, nesta sexta-feira, 17 de agosto, a partir de 9h30. O titular da pasta inicia os debates, que ter foco no setor de rochas ornamentais.

    Magalhes falar com empresrios locais at 12h. Na parte da tarde, outros trs palestrantes aprofundam a discusso sobre desenvolvimento sustentvel para o setor de rochas ornamentais. s 14h, o consultor da Associao Brasileira da Indstria de Rochas Ornamentais (Abirochas), Cid Chiodi, falar sobre a insero de Minas Gerais no mercado do setor. Em seguida, s 14h50, a subsecretria de Estado de Gesto e Regularizao Ambiental Integrada, Maria Cludia Pinto, apresenta a palestra "Licenciamento ambiental em propriedades com problemas de escritura pblica ou sem reserva legal averbada". O fechamento do evento ser feito pelo superintendente estadual do Departamento Nacional de Produo Mineral (DNPM), Celso Luiz Garcia, que tratar do novo cdigo de minerao.

    A srie de Seminrios realizados pelo Sistema Fiemg, que chega nesta semana a Almenara, debate com empresrios, polticos e sociedade civil organizada as melhores estratgias para o desenvolvimento industrial local, discutindo, ao mesmo tempo, assuntos de interesse e de potencial econmico de cada regio do estado.

    O Plano de Desenvolvimento Industrial e Regional realizado, em Almenara, pela Fiemg, VB Comunicao e Sindicato Intermunicipal das Indstrias de Beneficiamento de Mrmores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (Sinrochas). Conta com o apoio do Sebrae-MG e da Fundao Joo Pinheiro.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 14, 2012

    Parceria em "Alta Tenso"

    Governo de Minas
    assina protocolo
    para criao
    de laboratrio de testes
    de alta tenso em Itajub


    Em parceria com Senai,
    instalao ter investimentos de R$ 128,5 milhes;
    seu objetivo apoiar o desenvolvimento
    do setor eletroeletrnico do Estado



    O governador Antonio Anastasia e o presidente do Sistema Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Jnior, assinaram, nesta segunda-feira (13), na Cidade Administrativa, um protocolo de intenes para o desenvolvimento do projeto de implantao de um laboratrio de testes de alta tenso e alta potncia, em Itajub, no Sul do Estado. O objetivo da parceria, a ser implementada pelo Servio Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), apoiar e promover o desenvolvimento da indstria do setor eletroeletrnico no Estado.

    "Essa parceria fundamental. Teremos um laboratrio de altssima tecnologia que ir, a partir de 2016, quando ele estiver pronto, servir a Minas e ao Brasil. Em Itajub, estamos concluindo o parque tecnolgico, tambm com o objetivo de agregar conhecimento, que vem da universidade para pass-lo para o setor privado. J temos parques em Viosa e Belo Horizonte e, brevemente, em Lavras", disse o governador.

    Com previso de investimentos de R$ 128,5 milhes e inaugurao prevista para janeiro de 2016, o laboratrio vai atender crescente demanda por ensaios e testes, proporcionando maior facilidade para o desenvolvimento de novos equipamentos, fazendo testes em transformadores, painis e quadros, linhas de transmisso, pra-raios e disjuntores. A expectativa de que, em funcionamento, sejam gerados cem empregos de mo de obra especializada em engenharia.

    "A estratgia de instalar um laboratrio como esse em Itajub pela capacidade da universidade, que uma das melhores escolas de eletricidade do pas. Itajub est em um eixo que liga as maiores empresas produtoras de equipamentos eltricos (So Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais). A indstria mineira e a nacional tero a sua qualidade e seu desenvolvimento garantidos, pelos recursos que vamos oferecer nesse laboratrio", afirmou o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jnior.

    No Brasil, h somente um laboratrio desse tipo, instalado no Centro de Pesquisa de Energia Eltrica do Pas e da Amrica (Cepel), no Rio de Janeiro, comandado pela Eletrobrs.

    Instalaes de grande amplitude


    Mantido pelo Senai, o laboratrio idealizado pelo Sindicato da Indstria de Aparelhos Eltricos, Eletroeletrnicos e Similares do Estado de Minas Gerais (Sinaees) e conta com a parceria da Confederao Nacional da Indstria (CNI). Ser instalado em uma rea de 230 mil metros quadrados, cedida pela Prefeitura de Itajub.

    O Governo de Minas, por meio das secretarias de Estado de Desenvolvimento Econmico (Sede) e da Cincia, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), vai apoiar o Senai no acompanhamento das obras de construo e implementao do laboratrio.

    O projeto do laboratrio, um investimento aproximado de R$ 7,4 milhes, ser desenvolvido pela Kema, empresa norte-americana e holandesa, especializada em energia e sustentabilidade, lder em negcios, tcnica e consultoria, ensaios, certificao e controle, gesto de riscos e verificao.  




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 14, 2012

    Personalidades de diversos segmentos da economia mineira receberam nesta segunda o Prmio MG da Revista MERCADO COMUM e Associao dos economistas. Foi no Automvel Clube. Como presidente da Abrajet stove no evento que lotou o mais britnico

    VI PRMIO MINAS
    GERAIS DE DESENVOLVIMENTO ECONMICO
    ASSEMG/MERCADOCOMUM 2012

    Comisso especial constituda pela revista MercadoComum selecionou os nomes indicados pelos leitores e os encaminhou ao Conselho da Medalha para serem referendados atravs de Assemblia Geral Ordinria da ASSEMG -Associao dos Economistas de Minas Gerais, convocada especialmente para esse fim e ocorrida em 17 de abril ltimo.

    Neste ano, o Conselho da Medalha foi presidido pelo economista Paulo Eduardo Rocha Brant e contou, como membros, os seguintes economistas: Cludia Recchioni; Cludio Gontijo; Frederico Penido; Joo Eduardo Ges; Jos Joaquim Lima de Campos e Mauro Santos Ferreira.

    Aps exame pelos presentes Assembleia Geral, levando-se principalmente em conta, alm de outras consideraes os relevantes servios prestados em prol do desenvolvimento econmico-social de Minas Gerais e do Brasil, foram escolhidos os agraciados com o VI Prmio Minas Gerais de Desenvolvimento Econmico ASSEMG/ MERCADOCOMUM - 2012.

    A premiao uma iniciativa da ASSEMG Associao dos Economistas de Minas Gerais e da Revista MercadoComum, ora iniciando o seu 20 ano de circulao. Trata-se tambm de uma promoo do Conselho Regional de Economia de Minas Gerais. Conta j com os apoios especiais do IBEF-MG-Instituto Brasileiro de Executivos de Finanas de Minas Gerais e da ADVB-MG-Associao dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil Captulo Minas Gerais.

    O Prmio Minas Gerais de Desenvolvimento Econmico ASSEMG/MERCADOCOMUM tem como grande propsito homenagear os cidados que contriburam, com o seu trabalho e dedicao, para o desenvolvimento de nosso Estado e Pas.

    A solenidade de premiao, com coquetel e seguida de jantar aos participantes ocorrer s 20 horas do dia 13 de agosto de 2012 segunda-feira, nos sales do Automvel Clube de Minas Gerais, em Belo Horizonte.
    MercadoComum Revista Nacional de Economia e Negcios circular com uma edio especial sobre o evento, descrevendo a biografia e a trajetria de cada um dos agraciados. Todos eles sero retratados nessa edio especial, com nfase no descritivo de suas trajetrias profissionais, relatando as suas participaes na vida comunitria e, em particular, na sociedade na qual se encontram inseridos. A lista dos agraciados a seguinte:

    1. MEDALHA PRESIDENTE JUSCELINO
    KUBITSCHEK DE OLIVEIRA
    ARTFICE DO DESENVOLVIMENTO BRASILEIRO

    Desenvolvimentista Brasileiro de 2012:
    Murilo Pinto de Oliveira Ferreira Presidente da Vale S.A.

    Desenvolvimentista Mineiro de 2012:
    Olavo Machado Jr. Pres. FIEMG Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais

    Homenagem Especial:
    Hindemburgo Chateaubriand Pereira Diniz
    (BDMG-Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S.A.-50 Anos)

    2. MEDALHA JOAQUIM JOS DA SILVA XAVIER TIRADENTES
    ECONOMISTA DESTAQUE DE MINAS GERAIS DE 2011:

    Srgio Bruno Zech Coelho Presidente do Minas Tnis Clube
    VI PRMIO MINAS GERAIS DE DESENVOLVIMENTO ECONMICO
    Junho

    3. MEDALHA PRESIDENTE
    TANCREDO DE ALMEIDA NEVES
    LIBERDADE, DEMOCRACIA
    E DESENVOLVIMENTO:
    Deputado Diniz Pinheiro Presidente da
    Assembleia Legislativa de Minas Gerais
    Ex-Ministro Arlindo Porto
    Ex-Ministro Roberto Lcio Rocha Brant
    Ex-Senador Ronan Tito de Almeida

    4. MEDALHA PRESIDENTE ITAMAR
    AUGUSTO CAUTIERO FRANCO
    ESTABILIDADE E CRESCIMENTO
    ECONMICO:
    Alosio Marcos de Vasconcelos Novais
    Ex-Presidente da Eletrobrs S.A.
    ngela Maria Prates Pace Silva de Assis
    Presidente da Junta Comercial de Minas
    Djalma Bastos de Morais, presidente da
    Cemig Cia. Energ. M. Gerais
    Jos Pedro Rodrigues de Oliveira
    Ex-Presidente de Furnas S.A.

    5. MEDALHA JOS ALENCAR
    GOMES DA SILVA
    DINAMIZADORES DO PROGRESSO:
    Jos Fernando Coura Presidente do
    IBRAM e Sindiextra
    Luiz Brando da Silveira Presidente
    da Voga
    Marcelo Landi Matte Diretor Rede
    Globo-MG
    Valentino Rizzioli Vice Presidente da Fiat
    Automveis S.A.
    Wander Francisco Costa Presidente da
    FETCEMG

    6. MEDALHA BERNARDO
    VI PRMIO MINAS GERAIS DE DESENVOLVIMENTO ECONMICO
    Junho / Julho 2012 125
    1. Jos Alencar Gomes da Silva - Desenvolvimentista de 2007
    2. Acio Neves - Economista Destaque de 2008 3. Joo
    Batista de Abreu, Economista Destaque de 2008 4. Solenidade
    de Premiao 5. Agraciados com a Premiao 6. Fernando
    Pimentel - Desenvolvimentista Mineiro de 2011 7. I Prmio -
    2006 8. Carlos Alberto T. Oliveira, Alberto Pinto Coelho, Renata
    Vilhena e Jadir Barroso 9. Carlos A. T. Oliveira, Alusio Pimenta,
    Joo Camilo Penna, Aparecido de Oliveira e Jadir Barroso 10.
    Dorothea Werneck, Economista Destaque de 2011.

    MASCARENHAS
    CONSTRUTORES DO DESENVOLVIMENTO:
    Bernardo Figueiredo de Oliveira
    Ex-Presidente da ANTT
    Cristiano Ratton Mascarenhas Economista,
    Pres. do Conselho Administrativo Cedro e
    Cachoeira
    Eduardo Borges de Andrade Diretor Grupo
    Andrade Gutierrez
    Flvio Decat de Moura Presidente de Furnas S.A.
    Jos da Costa Carvalho Neto - Presidente
    Eletrobras S.A.
    Luiz Custdio Cotta Martins Presidente do
    SIAMIG
    Marcos Villela de SantAnna Presidente do
    Grupo Santana
    Paulo Srgio Ribeiro da Silva Presidente da
    Tora Transportes
    Rubens Menin Teixeira de Souza Presidente
    MRV Engenharia

    7. MEDALHA ECONOMISTA PAULO CAMILO
    DE OLIVEIRA PENNA
    RECONHECIMENTO PELO DESEMPENHO DA
    ATIVIDADE ECONMICA
    Alfredo Jos Assumpo Economista e Presidente
    da FESA-Global Recruiters
    Andr Gimenez Saint-Martin Economista,
    Vice-Presidente da Icatu Seguros
    Esterlino Luciano de Campos Medrado, Economista e
    Empresrio
    Heloisa Menezes, Economista do Ministrio do
    Desenvolvimento Ind e Comrcio Exterior
    Jlio Onofre Mendes de Oliveira Diretor do BDMG
    Lauro Batista Machado Economista, diretor do
    Banco Pottencial S.A.
    Silvnia de Arajo Economista Chefe da Fecomercio
    Robson Rocha Vice-Presidente do Banco do Brasil
    S.A.

    8 MEDALHA DARCY RIBEIRO
    DESTAQUES DA EDUCAO:
    Adelaide Coelho Baeta, professora da UFMG
    Fabrcio Augusto de Oliveira, Economista
    e Professor
    Mrio Vieira Lopes Presidente IBS/FGV Minas

    9 MEDALHA GOVERNADOR ISRAEL
    PINHEIRO
    DESTAQUES DO EMPREENDEDORISMO DE MINAS
    GERAIS:
    Delson de Miranda Tolentino Pres.Cons. Del. da
    AMR-Assoc. Min.Reabilitao
    Helcio Guerra - Presidente da AngloGold Ashanti
    Jos Miguel Tavares Roque Martins Economista,
    Presidente Design Resorts
    Mauro Tunes Empresrio
    Ricardo Vescovi de Arago Presidente da Samarco
    Minerao S.A.
    Wagner Furtado Veloso Presidente da Fundao
    Dom Cabral

    10 MEDALHA ECONOMISTA LCIO COSTA
    COUTO
    DESTAQUES DO SETOR PBLICO DE MINAS GERAIS:
    Adriano Magalhes Chaves Secretrio de Meio
    Ambiente e Des. Sustentvel
    Elisa Maria Costa Prefeita de Governador Valadares
    Fbio Caldeira de Castro Silva Vereador de Belo
    Horizonte
    Maria Jos Haueisen Prefeita de Tefilo Otoni

    11 MEDALHA ECONOMISTA FERNANDO
    ANTNIO ROQUETE REIS
    DESTAQUES DA COMUNICAO DE MINAS
    GERAIS:
    Hiram Firmino Editor, Revista Ecolgico
    Teodomiro Braga Diretor, Rede Bandeirantes
    Valrio Fabris Presidente, Radio Inconfidncia



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 14, 2012

    Na agenda desta tera: mineiros com at dez anos de idade tem agora chance de ter registro de nascimento

    Posse do comit criado para erradicar o sub-registro ser tera-feira (14)
    Nove secretarias de Estado fazem parte do comit,
    com coordenao da pasta de Desenvolvimento Social

    Mais de 12 mil mineiros, com at dez anos de idade, no possuem registro civil de nascimento. Alm disso, h um nmero expressivo de pessoas sem a documentao bsica; carteira de identidade, CPF, cujas estatsticas oficiais no alcanam. Para combater este problema, o Governo de Minas criou o Comit Gestor Estadual de Polticas de Erradicao do Sub-registro Civil de Nascimento e Ampliao do Acesso Documentao Bsica.

    O Comit envolve nove secretarias de estado, com coordenao da pasta de Desenvolvimento Social (Sedese). Na tera-feira (14), na Cidade Administrativa, Palcio Tiradentes, na sala Cludio Manoel, s 14h, os 18 membros tomam posse. Cssio Soares, titular da Sedese, ser o presidente do comit.

    Capacitar profissionais para atuao nas unidades interligadas de registro civil de nascimento, realizar mutires em diversas comunidades tradicionais: Quilombolas, indgenas e ciganas, e estruturar unidades para emisso dos registros so algumas das metas estabelecidas pela Sedese para eliminar o problema.

    Fazem parte do comit as secretarias de Estado de Desenvolvimento Social; Planejamento e Gesto; Sade; Educao; Extraordinria para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e do Norte de Minas; Defesa Social; Regularizao Fundiria; Fazenda e Cultura.

    Servio:

    Posse dos membros do Comit Gestor Estadual de Polticas de Erradicao do Sub-registro Civil de Nascimento e Ampliao do Acesso Documentao Bsica

    Local: Cidade Administrativa - Palcio Tiradentes na sala Cludio Manoel

    Data: 14/08 Tera-feira (14h)

    Mais informaes: Assessoria de Comunicao da Sedese: 31 3916 8234/ 8239


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 14, 2012

    Apostando no avano tecnolgico

    Governo do Estado lana Programa de Incentivo Inovao
    Inteno selecionar at 25 projetos de pesquisa coordenados por pesquisadores da UFMG; inscries j esto abertas

    Pesquisadores de todas as reas da UFMG podem se inscrever, at o dia 14 de setembro, na segunda edio do Programa de Incentivo Inovao. Lanado pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes).

    Em parceria com o Servio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG), o programa promovido na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por meio da INOVA, incubadora de empresas de base tecnolgica que apoia projetos de diversas reas do conhecimento, vinculada Coordenadoria de Transferncia e Inovao Tecnolgica (CTIT).

    Com o objetivo de identificar projetos de pesquisa que podem se transformar em inovao tecnolgica para o mercado, o Governo de Minas e as demais entidades envolvidas investiro o montante de R$ 750 mil para a implantao do Programa este ano.

    Nesta edio, sero selecionados at 25 projetos coordenados por pesquisadores da prpria universidade, mas que podem envolver outras instituies como parceiras. As inscries j esto abertas e so feitas pelo site da Inova, sendo que os interessados devero enviar obrigatoriamente o formulrio por e-mail.

    Os selecionados passaro por duas etapas. Na primeira, sero elaborados Estudos de Viabilidade Tcnica, Econmica, Comercial, de Impacto Ambiental e Social (EVTECIAS) dos projetos inovadores.

    Posteriormente, 10 projetos sero escolhidos, os quais recebero o montante de R$ 30 mil cada, para o desenvolvimento de prottipos de produtos, processos ou servios. Tambm sero realizados Planos de Negcios Estendidos (PNEs), ou seja, um plano de negcios tradicional acrescido de um planejamento tecnolgico.

    Alm disso, tambm ser apoiada a elaborao de Plano de Negcios para Centros Tecnolgicos (PNCT) aprovados na Chamada Interna da PRPq-PACT 01/2012.

    Critrios para seleo

    Sero considerados elegveis os projetos cujos produtos, processos ou servios atendam pelo menos uma das seguintes condies: possuir potencial para aplicao prtica com possibilidade de transferncia de tecnologia para outras empresas; ou possibilitar a criao de uma nova empresa de base tecnolgica.

    Para mais informaes, acesse o edital neste link.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2012

    Reforo







    Dois novos
    Defensores Pblicos
    empossados
    PDF Imprimir E-mail





    Em cumprimento ao art. 50, 1 da LC 65/2003, tomaram posse, nesta sexta-feira (10/08), no cargo efetivo de Defensor Pblico de Classe I Nvel I, os candidatos nomeados por meio da Resoluo n 077/2012, Kcila Maria de Castro e Andr Luiz de Miranda Souza.


    Os novos Defensores Pblicos foram empossados pela Defensora Pblica-Geral em exerccio, Ana Cludia da Silva Alexandre, durante a 8 Sesso Ordinria do Conselho Superior da Defensoria Pblica de Minas Gerais.


    a DSC05148
    Novos Defensores Andr Luiz de Miranda Souza
    e Kcila Maria de Castro (3 e 4 posies, esquerda)
    e membros do Conselho Superior da DPMG



    Fonte: Ascom / DPMG (10/08/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2012

    Visita de Dilma a Minas. Parceria produtiva.

    Anastasia defende parcerias
    entre governos
    para gerar benefcios
    populao


    Governador participa em Rio Pardo de Minas,
    ao lado da presidente Dilma Rousseff,
    de evento de ampliao do Programa Brasil Sorridente,
    do governo federal





    Wellington Pedro/Imprensa MG

    Anastasia e a presidente Dilma Rousseff participaram de ampliao do Brasil Sorridente

    Anastasia e a presidente Dilma Rousseff
    participaram de ampliao do Brasil Sorridente


    O governador Antonio Anastasia participou, nesta sexta-feira (10/08), em Rio Pardo de Minas (Norte do Estado), ao lado da presidente da Repblica, Dilma Rousseff, do evento de ampliao do Programa Brasil Sorridente. Durante a solenidade, foi anunciada a doao de dez consultrios odontolgicos, de uma Unidade Odontolgica Mvel e de novos equipamentos para o Laboratrio de Prtese Dentria do municpio.

    Em pronunciamento, Anastasia destacou a importncia de se estabelecer parcerias entre os governos federal, estadual e municipal, com o objetivo de alcanar resultados que beneficiem a populao.

    "Rio Pardo de Minas um exemplo dessa dedicao. Uma parceria entre os diversos nveis de governo e, fundamentalmente, a preocupao com o brasileiro que, no passado, no tinha condies de receber aquilo que o mais natural do ser humano, que o seu sorriso, abrir a boca e sorrir tranquilo, e desse belo sorriso ter sade, ter nimo e ter esperana," disse o governador.

    O governador ressaltou que, alm do atendimento de qualidade na sade e nos demais servios pblicos, o Norte mineiro ganhar mais benefcios para melhorar a vida da populao. "Essa a esperana que temos aqui no Norte de Minas. Essa regio est atravessando um momento econmico muito bom.

    Estamos trazendo empresas para explorar o minrio de ferro. Isso significa mais infraestrutura, emprego e desenvolvimento. Mas vai significar tambm a necessidade de mais polticas pblicas, mais investimentos na sade, na educao e na segurana", afirmou Antonio Anastasia.

    Brasil Sorridente

    Lanado em 2004 pelo governo federal, o Programa Brasil Sorridente tem como objetivo a promoo, preveno e recuperao da sade bucal dos brasileiros. Segundo o Ministrio da Sade, o aumento da oferta de servios pblicos de sade bucal e de aes preventivas reduziram o nmero de extraes, em 400 mil dentes, por ano, em todo o pas.

    A presidente Dilma Rousseff falou da importncia das aes de promoo da sade bucal dos cidados e disse que preciso focar no trabalho de preveno das doenas dentrias nas pessoas desde a infncia.

    "No passado, os mais velhos perdiam os dentes porque no tratavam, porque no tinham dinheiro, porque no podiam pagar o dentista. Agora, ningum mais pode perder dente, no podemos deixar que jovens percam os dentes ou que crianas no tenham acesso ao dentista. Ento, vou fazer um apelo, junto com o mutiro da prtese, ns temos que falar tambm de um mutiro para tratar dos dentes de cada criana", afirmou.

    Investimentos do Governo de Minas em sade bucal

    O Governo de Minas criou, em janeiro de 2011, uma Diretoria de Sade Bucal, no mbito da Secretaria de Estado de Sade, que responsvel pela organizao da Rede de Ateno em Sade Bucal, visando o avano do acesso (contnuo e integral) a este tipo de assistncia no Estado.

    A Diretoria atua em aes de financiamento dos Centros de Especialidades Odontolgicas (CEO) nos municpios mineiros; de ateno sade bucal em ambiente hospitalar, cursos de formao, pesquisas e monitoramento das aes. Para 2012, esto previstos investimentos de R$ 5,26 milhes.

    O governador Anastasia ressaltou ser fundamental que as pessoas tenham uma sade bucal de qualidade e, consequentemente, melhor qualidade de vida. "Nesse projeto Brasil Sorridente, ns estamos perdendo o medo da cadeira do dentista, isso muito importante, porque estaremos todos no Centro de Especialidades Odontolgicas", disse Anastasia.

    O Governo do Estado repassa para os municpios que possuem Centros de Especialidades Odontolgicas 50% do valor que repassado a eles pelo Ministrio da Sade. Em Minas, so 82 CEOs, dos quais 13 no Norte do Estado. Para este ano, est previsto o repasse de R$ 2 milhes.

    Para financiar a Ateno Sade Bucal em ambiente hospitalar da rede SUS-MG/Pro-Hosp, localizados nos 19 municpios polo das macrorregies de sade, o Estado repassa recursos para implantao e aquisio de equipamentos e para manuteno, por municpio. Este ano, devero ser repassados R$ 2,5 milhes.

    Antonio Anastasia afirmou que a populao tem o direito de receber todos os investimentos necessrios em sade e destacou que a o semirido mineiro merece total empenho do governo.
    "Ns, mineiros, estamos muito felizes de receber mais uma vez a presidente no territrio mineiro, sobretudo aqui no Norte de Minas.

    Essa terra merece sempre uma ateno especial, pois tem algo que Minas Gerais oferece ao Brasil de maneira to carinhosa: o povo, a gente sertaneja, trabalhadora, dedicada, querida e amiga", afirmou.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2012

    Santa Casa e Hospital da Baleia aderem ao Assine+sade da ALMG.


    O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), visitou, na manh desta sexta-feira (10/8/12), a Santa Casa e o Hospital da Baleia, em Belo Horizonte. O objetivo foi promover a adeso das duas instituies ao movimento Assine + Sade, que pretende colher 1,5 milho de assinaturas em todo o Pas para motivar a tramitao do projeto de lei federal, de iniciativa popular, que vai propor investimento de 10% da receita corrente bruta da Unio  na sade pblica.

    Os deputados Carlos Mosconi (PSDB), presidente da Comisso de Sade da ALMG, e Dlio Malheiros (PV), presidente da Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte, tambm participaram dos eventos.

    A campanha, feita em parceria com a Associao Mineira dos Municpios (AMM) e a Associao Mdica Brasileira (AMB), j visitou sete cidades e colheu mais de 242 mil assinaturas em todo o Estado. Segundo Dinis Pinheiro, a adeso dos dois estabelecimentos vai dar mais vigor campanha, que pretende fazer da sade prioridade no Brasil. "Esperamos que tanto a Santa Casa como o Hospital da Baleia, que fazem um trabalho admirvel, tenham mais recursos e, assim, melhorar a vida das pessoas, especialmente as mais pobres", disse.

    Ele lembrou que est sendo feita uma peregrinao pelo Estado e pelo Pas e que, no dia 27 de agosto, os presidentes das assembleias legislativas estaro em Belo Horizonte para aderir ao movimento. "Hoje, cerca de 150 pases investem mais em sade que o Brasil. A sade precisa ser tratada com respeito e prioridade", reforou.

    O deputado Carlos Mosconi endossou as palavras do presidente da ALMG, e afirmou que o prximo passo contabilizar as assinaturas e levar para Braslia. Ele destacou que a parceria com a AMM vai tornar ainda mais fcil a coleta das assinaturas.

    "A Santa Casa um hospital emblemtico. Por ser filantrpico, atende em sua maioria pacientes dos SUS, que est com a tabela de pagamento muito defasada. A instituio, portanto, sobrevive com muito pouco e realiza um trabalho modelo", salientou.

    Em cinco anos a realidade pode mudar se Unio investir mais

    O presidente da Associao Mdica de Minas Gerais, Lincoln Lopes Ferreira, disse, na visita Santa Casa, que a situao da sade crtica devido ausncia de recursos. Ele destacou que os 6% da receita que so investidos hoje pelo Governo Federal so insuficientes para equipar os hospitais e atender efetivamente a sociedade. " possvel mudarmos em cinco anos a realidade da sade no Brasil, desde que a Unio invista mais, por isso o movimento Assine + Sade to importante", alertou.

    A diretora da Fundao Benjamin Guimares, provedora do Hospital da Baleia, Tereza Guimares Paes, afirmou que o aumento de 6% para 10% no investimento da Unio em sade representa um aporte de R$ 30 bilhes a mais todos anos no SUS. Para ela, portanto, a soluo no passa pela competncia dos estabelecimentos filantrpicos na gesto e sim no crescimento das verbas para o setor. "Os recursos so escassos, por isso o sucesso do movimento essencial para a sobrevivncia destas instituies", concluiu.

    Dia D O presidente da AMM, ngelo Roncalli, destacou que o dia 10 de agosto marca o que a entidade chama de Dia D da Sade, quando esto sendo feitas atividades nos 853 municpios do Estado para colher assinaturas para a campanha da ALMG. Ele explicou que esto sendo montados estandes em todos os centros e postos de sade, para sensibilizar a populao a aderir ao movimento.

    "Tenho certeza de que a Unio no ter como no aprovar o projeto de iniciativa popular que ir tramitar com a assinatura de 1,5 milho de brasileiros. Podemos e vamos mudar a histria da sade no Brasil", disse.

    O provedor da Santa Casa, Saulo Levindo Coelho, foi categrico ao afirmar que o aumento no aporte do Governo Federal a nica soluo para os hospitais que atendem pelo SUS. A ALMG, AMM e Associao Mdica esto de parabns e a Santa Casa est 100% presente no movimento a partir do dia de hoje", finalizou.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2012

    Novo terminal da Vale em Araguar.

    Alberto Pinto Coelho
    participa de inaugurao
    do Terminal Integrador
    do Grupo Vale, em Araguari


    Vice-governador
    destacou a safra recorde de gros em Minas
    com 12 milhes de toneladas e o momento
    que o Estado vive na gesto pblica





    Jos Carlos Paiva/Imprensa MG

    O vice-governador participou da inaugurao do Terminal da VLI- Empresa Logstica do Grupo Vale

    O vice-governador participou da inaugurao
    do Terminal da VLI- Empresa Logstica do Grupo Vale


    O vice-governador Alberto Pinto Coelho participou, nesta sexta-feira (10), em Araguari, no Tringulo Mineiro, da inaugurao do Terminal da VLI- Empresa Logstica do Grupo Vale. Construdo em uma rea superior a 460 mil metros, o Terminal Integrador de Araguari um dos maiores terminais de transbordo da Amrica Latina, com capacidade instalada para movimentar 1 milho de toneladas de gros por ms, alm de 340 mil toneladas de fertilizantes.

    A solenidade contou com a participao do ministro dos Transportes, Paulo Srgio Passos, do diretor geral da Agncia Nacional de Transportes Terrestres, Ivo Borges; do diretor executivo de Logstica e Pesquisa Mineral da Vale, Humberto Freitas; e do diretor-presidente da VLI, Marcelo Spinelli.

    Em seu discurso, Alberto Pinto Coelho salientou a importncia da logstica no momento em que Minas bate recorde na safra de gros. "Minas, pelo segundo ano consecutivo, em 2012, bate recorde na produo de gros, atingindo 12 milhes de toneladas. Neste contexto, investir em logstica tornou-se, no mercado  globalizado de nossos dias, a chave de abertura e de segurana do mercado internacional. Araguari e Minas Gerais colocam-se, portanto, na vanguarda de um novo tempo da economia brasileira.", frisou o vice-governador.

    Segundo a VLI, a estrutura do novo terminal aumentar a capacidade de escoamento para os produtores brasileiros, com impacto especial nas regies Centro-Oeste e Sudeste, por onde passa grande parte da produo do agronegcio nacional. Alm disso, a integrao com a malha ferroviria, de forma a evitar manobras para formao das composies e carregamento dos vages, garantir a agilidade necessria para que as cargas cheguem com uma rapidez ainda maior ao destino final o Complexo Porturio de Tubaro.

    O diretor-presidente da Vale, Murilo Ferreira, salientou que a inaugurao do terminal em Araguari um passo muito importante para a empresa, no que se refere logstica do pas. "A Vale uma das empresas privadas que mais investe na infraestrutura nacional por meio de uma cadeia que integra mina, ferrovia e porto. Acreditamos que contribumos fortemente nas exportaes brasileiras.
    A criao da VLI, que a responsvel por este terminal, foi uma deciso estratgica da Vale para concentrar os artigos de operaes e suprimentos de cargas em geral e garantir mais foco no negcio. Isso foi um passo muito importante", afirmou Murilo Ferreira.

    Alberto Pinto Coelho destacou que nesta semana o governador Antonio Anastasia anunciou nova etapa do programa Caminhos de Minas. O programa prev investimentos de R$ 3,2 bilhes e os recursos sero utilizados para pavimentao de 1.955,6 quilmetros de rodovias, beneficiando diretamente 107 municpios, entre eles Araguari.

    O vice-governador falou ainda sobre as aes de desenvolvimento do governo nas cidades mineiras e citou investimentos em diversas reas como a sade. "A ao desenvolvimentista e de Extrema parceria do governo mineiro se faz presente em Araguari com investimentos em diversos setores como infraestrutura viria e na sade. Nos ltimos anos, investimos no municpio mais de R$ 12 milhes na rea primordial da sade. Como exemplos, cito os R$ 3,9 milhes destinados implantao da Policlnica Municipal, recentemente inaugurada, e R$ 3,5 milhes aplicados em melhorias na Santa Casa, alm das seis UTIs neonatais, uma referncia na regio", frisou.

    Momento de Minas

    O vice-governador ressaltou a modernizao da gesto administrativa do Estado observada nos ltimos dez anos, com uma nova viso do papel governamental como coordenador e estimulador da ao econmica e da transformao social, em parceria com a livre iniciativa, com sociedade civil, poderes Executivo e Legislativo, trouxe reconhecimento de agncias internacionais.


    "Temos consolidadas, em Minas, as bases de um desenvolvimento, pautado, sobretudo, em um ambiente de gesto governamental e de dinamismo social, gerando mais empregos de qualidade e maior renda. Tudo isso fez a conceituada agncia internacional de classificao, a Standard & Poors, conferir a Minas Gerais o Investiment grade e a notao BR AAA, ou seja, a mais alta em termos de confiabilidade para os negcios com parceiros internacionais", afirmou Alberto Pinto Coelho.

    O vice-governador falou ainda sobre o modelo de Parceria Pblico-Privada, referncia para o Brasil. "Temos, hoje, um estado indutor do desenvolvimento por excelncia, em ao participativa e solidria.

    Por isso, a chamada PPP teve em Minas Gerais o primeiro campo experimental de pleno sucesso, servindo de referncia para a adoo do mesmo modelo pelo governo federal", disse Alberto Pinto Coelho.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2012

    Proacesso chegou a mais de 200 municpios de Minas.

    Proacesso transforma a realidade
    de mais de 200 municpios


    Em oito anos de existncia,
    programa asfaltou 5.000 quilmetros de estradas
    e investiu R$ 3,6 bilhes, dando um importante retorno populao




    Em oito anos de existncia, o Proacesso, que ser concludo no prximo ano, levou asfalto a mais de 220 municpios e transformou a economia e a vida nestas localidades.

    Com mais de 5.000 quilmetros de pavimentao e investimentos de R$3,6 bilhes, a iniciativa do Governo do Estado j d um importante retorno populao em forma de desenvolvimento econmico e de benefcios sociais.

    "O Proacesso faz as viagens ficarem mais rpidas, os fretes mais baratos e os municpios contemplados passaram a atrair mais investimentos", afirma o secretrio de Estado de Transportes e Obras Pblicas, Carlos Melles.

    Este foi justamente o objetivo do programa desde sua criao em 2004: melhorar os acessos a vrias cidades que eram ligadas apenas por estradas de terra.

    Impulso ao desenvolvimento e ao turismo


    No Norte de Minas, uma regio com um dos ndices de Desenvolvimento Humano (IDH) mais baixos do Estado, cidades que tem na agropecuria sua principal fonte de renda, como Itacambira e Botumirim, saram de uma situao de quase total isolamento, aps terem seus acessos pavimentados.

    J em localidades de grande atrao turstica, como a cidade de Monte Verde, no Sul do Estado, e Santana do Riacho, na Serra do Cip, o Proacesso tambm est promovendo mais segurana e facilidade de acesso, o que facilita o fluxo de turistas e aquece a gerao de empregos e renda.

    Para o governador Antonio Anastasia, o Proacesso foi um dos projetos rodovirios mais exitosos e ambiciosos do Estado. " um programa revolucionrio, que traz uma mudana na vida das pessoas, no s em conforto, segurana e qualidade de vida, mas tambm na possibilidade de atrair empresas para estas cidades, que tinham muita dificuldade de gerar renda e emprego de qualidade, afirma.

    Caminhos de Minas


    De acordo com o Governador, o Programa Caminhos de Minas, anunciado no ltimo dia 06 de agosto, o prximo passo desta estratgia.

    "Agora, precisamos ligar as cidades e as regies entre si. Identificamos 234 trechos que precisam de asfaltamento, e vamos dar incio a este ambicioso programa que tambm vai significar mais oportunidades de negcios e gerao de empregos e renda em toda a Minas Gerais", observa.

    O Programa Caminhos de Minas j abriu licitao para suas oito primeiras obras. J os ltimos 19 trechos previstos do Proacesso tero suas obras concludas at 2013.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2012

    Justa comemorao. Os 140 anos da Cedro e Cachoeira, pilotada pelo empresrio Aguinaldo Diniz, esto sendo comemorados altura da empresa, que gera milhares de empregos e uma tradio do setor txtil mineiro e brasileiro. Ontem foi celebrada missa solene na Igreja da Boa Viagem, aqui em BH. Com big festa na Alta Vila. Parabns ao Aguinaldo e sua equipe. Desejo mais sucesso ainda!!!

     
    Aguinaldo Diniz, presidente da Cedro

    Tnel do tempo

    Foto arquivo do nosso BLOG

    O advogado Carlos Alberto Penna,
    o diretor-presidente da CEDRO TEXTIL,
    Aguinaldo Diniz Filho,
    presidente da ABIT e JCAmaral
    nos sales de festas do Mercure Hotel aqui em BH,
    ha trs anos, nas comemoraes dos 137 anos da CEDRO TEXTIL



    No MinasTrend Preview, Bernardo e seu pai Aguinaldo Diniz.


    UM olho na CEDRO
    e outro na ABIT
    O empresrio preside com competncia a
    Associao Brasileira da Indstria Txtil e de Confeco.
    Abaixo matria pinada da internet
    sobre um importante evento que foi realizado 
    tendo frente o presidente da Abit, Aguinaldo Diniz,








    Presidente da ABIT abre cerimnia de lanamento da Frente
    A ABIT, entidade que  capitaneou e coordenou o lanamento da Frente  Parlamentar Mista para o Desenvolvimento da Indstria Txtil e de Confeco, nomeada de "Jos Alencar", em homenagem ao ex-vice-presidente.

    O lanamento ocorreu em Braslia, no dia 05 de abril e teve a Associao como uma das instituies integrantes do grupo de trabalho escalado para orientar a coordenao da Frente quanto s demandas mais urgentes e as questes mais estratgicas, municiando os parlamentares com dados estatsticos e acompanhando os coordenadores nas audincias com autoridades.

    Aguinaldo Diniz Filho, presidente da ABIT, abriu a cerimnia. "As reivindicaes da Indstria Txtil e de Confeco so voltadas ao imediato restabelecimento de sua competitividade, ameaada por fatores alheios ao processo produtivo, como a perversa carga tributria que coloca em risco as indstrias nacionais. Mais do que um legtimo desafio, esta uma exigncia a ser enfrentada, em perfeita unio, pelos empresrios e trabalhadores juntamente com os nossos governantes", afirmou Diniz Filho.



    Na oportunidade, os parlamentares assumiram publicamente o compromisso de lutar, principalmente, pela desonerao da folha de pagamento e pelo fortalecimento da indstria de confeco.
    Os polticos tambm iro desenvolver aes em prol da reverso do dficit da balana comercial, do combate s importaes desleais e competio desigual e da manuteno e gerao dos empregos, dificuldade citada pelo presidente da ABIT.
    Os deputados e senadores iro batalhar ainda pela acelerao da implementao da agenda de competitividade brasileira.



    A Frente conta com a assinatura de mais de 250 parlamentares. Para Diniz Filho, o lanamento da Frente foi um ato significativo. "Tenho certeza de que o trabalho dos deputados e senadores ser to eficaz e produtivo quanto o dos parlamentares que a integraram na legislatura anterior, cujas conquistas e desafios enaltecemos e agradecemos.

    A Frente, hoje reinstalada, um exemplo do quanto a sinergia entre o Poder Legislativo e a sociedade benfica para o Brasil", afirmou.


    A Frente Parlamentar Mista para o Desenvolvimento da Indstria Txtil e de Confeco tem como coordenador-geral o deputado Henrique Fontana Jnior (PT-RS) e como coordenador no Senado Federal Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC). Sua atual formao ser mantida at 2014.



    Agora CONHEA um pouco
    sobre a tradicional CEDRO
    nos seus 140 anos:

    Cedro


    CEDRO tem 140 anos de tradio




    Com 140 anos de tradio, a Cedro uma das principais empresas txteis do pas, com capital 100% brasileiro e produo de 168 milhes de metros quadrados de tecidos por ano. Nossos principais produtos so denims, brins e telas, que compem o mix tanto na linha Moda quanto na linha Profissional e nos Tecidos Tcnicos.

    Para assegurar a qualidade dos produtos, a excelncia no atendimento e a expanso permanente do nosso parque fabril, mantemos uma poltica fundamentada em tradio, grande versatilidade e alta tecnologia.

    Sediada em Belo Horizonte, a empresa gera cerca de trs mil postos de trabalho, em nossas quatro fbricas localizadas nas cidades de Sete Lagoas, Caetanpolis e Pirapora.

    As duas Centrais de Distribuio, localizadas em Contagem e em Pirapora, MG, so totalmente informatizadas para garantir a excelncia no atendimento ao cliente bem como a entrega dos produtos no menor prazo, em qualquer parte do pas ou do exterior.

    Negcio
    Vestir.
    Misso
    Criar valor com tecidos e servios de qualidade, contribuindo para o sucesso dos nossos clientes.
    Viso
    Ser a melhor empresa txtil do Brasil.

    Valores

    • CONSTRUO DO FUTURO - Desenvolver e perpetuar a Cedro inspirado no pioneirismo dos fundadores.

    • SUCESSO DO CLIENTE - Considerar sempre as necessidades do cliente no que fazemos.

    • GERAO DE VALOR - Garantir o crescimento sustentado e o retorno do capital investido.

    • VALORIZAO DAS PESSOAS - Desenvolver e reconhecer as pessoas e o trabalho em equipe.

    • RESPONSABILIDADE SOCIAL - Atuar na melhoria das condies de vida da sociedade e na preservao do meio ambiente.

    • COMPROMETIMENTO - Empenhar-se com entusiasmo, persistncia e responsabilidade.

    • INTEGRIDADE - Perenizar a tradio de seriedade e idoneidade.

    • TRANSPARNCIA - Ter atitudes e comunicar de forma franca, clara e gil.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2012

    Economia regional: Desterro do Mello mostra potencial econmico . Vai at domingo a Exposio Agropecuria do municpio. Vou pr l para conferir!!!

    Comeou quarta, dia 8
    e vai at dia 12, domingo,
    a Exposio Agropecuria de Desterro do Mello.
    A cidade fica a 200 kms de BH
    32 de Barbacena - no caminho do meio da Estrada Real
    na zona da mata.

    O prefeito Mrio Tafuri preparou ampla programao.
    Ns estaremos noite de sexta para assisitir os shows,
    rever os amigos e degustar as execelentes cachaas do Mello,
    o queijo branco e os tira-gostos inigualveis.


    Acompanhe a programao:
    www.desterro do melo.mg.gov.br

    A cidade histrica, teve a honra de ser conhecida
    pelo heri Tiradentes,
    que se hospedava na Fazenda do Ba
    nas suas idas para o Rio de Janeiro
    na segunda metade do sculo XVIII.
    DETALHE: meu bisav - Randolpho Martins do Amaral
    foi o primeiro chefe poltico de Desterro do Mello
    e seu primeiro Juiz de Paz.
    E o filho dele, Joo Benedito Amaral, seu primeiro prefeito.





    Prefeitura de Desterro do Melo
    realiza sua 23 Exposio Agropecuria
    e Torneio Leiteiro







    Centro da cidade, Por Rodrigo Antunes 


    Parque de Exposies: palco da festa at domingo.







                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2012

    Em Juiz de Fora FIEMG regional debate o futuro sutentvel.

    Seminrio discute
    Responsabilidade Social







    Com o atual cenrio econmico, pensar estrategicamente em uma gesto responsvel pensar em sustentabilidade. Para debater esse tema, o Sistema Fiemg promoveu, por meio do Sesi-MG e em parceria com a Fiemg Regional Zona da Mata, o Seminrio de Responsabilidade Social Futuro Sustentvel e o Equilbrio do Desenvolvimento. Durante todo o dia, empresrios, estudantes, representantes da sociedade civil, de institutos e organizaes discutiram sobre questes ligadas ao futuro sustentvel nas empresas e indstrias da regio.

    Em seu discurso de abertura, o presidente do Sindimetal-JF, Jos Tadeu Feu Filgueiras, representando o presidente da Fiemg Regional Zona da Mata, Francisco Campolina, destacou a importncia do tema. Esse fenmeno, denominado responsabilidade social empresarial vem sendo discutido, incessantemente, no meio empresarial e acadmico, e despertando a importncia da atuao socialmente responsvel pelas organizaes em geral, declarou.

    Em seguida, a coordenadora do conselho de sustentabilidade da Fiemg, Marisa Resende, apresentou as 14 diretrizes de sustentabilidade propostas pela entidade para indstrias mineiras. A conferncia magna foi proferida pelo vice-presidente do conselho de sustentabilidade da Fiemg, Srgio Cavalieri. A situao econmica do brasileiro melhorou e com isso os hbitos mudaram e o consumo cresceu, o que gera impacto para o meio ambiente. O planeta no suporta 7 bilhes de pessoas, alertou Cavalieri.

    Dia do Voluntariado, incluso social no mercado de trabalho de egressos do sistema prisional, falta de mo de obra qualificada para suprir as demandas das empresas, coleta seletiva, projetos socioambientais praticados pelas empresas e reaproveitamento dos resduos gerados nas indstrias em projeto sociais, foram alguns dos temas abordados nas trs mesas de debates realizadas ao longo do seminrio. Em todos os debates, o pblico presente participou ativamente enviando perguntas aos palestrantes.

    O evento contou tambm com uma apresentao de dana da Casa do Pequeno Artista, a participao do grupo Ato Teatro Empresarial e uma mostra no local de artesanato e produtos originados das parcerias de indstrias com projetos sociais. Cerca de 100 litros de leite longa vida foram doados pelos participantes e sero encaminhados a instituies de caridade locais.

    Joice Castilho
    Analista de Comunicao Fiemg Regional Zona da Mata



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2012

    A fora que vem do interior.

    Afonso Gonzaga eleito
    delegado do Setor Empresarial







    A contribuio de Minas Gerais para a I Conferncia Nacional de Desenvolvimento Regional (CNDR) foi definida entre os dias 1 e 3 de agosto na Conferncia Estadual realizada na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. Na ocasio foram debatidos temas estratgicos para a construo de polticas e promoo de aes que levem reduo das desigualdades regionais. Entre eles, governana, financiamento do desenvolvimento regional, participao social e dilogo federativo, e desigualdades regionais e critrios de elegibilidade. A Conferncia um evento do Ministrio da Integrao Nacional, em parceria com o Instituto de Pesquisa Econmica Aplicada (Ipea), governos estaduais e Confederao Nacional da Indstria CNI.

    A Conferncia de Minas elaborou um caderno de propostas do estado para a CNDR e tambm para a Conferncia Macrorregional do Sudeste, alm de eleger os 20 delegados dos setores envolvidos nas discusses. Destes, seis so representantes do poder pblico; seis da sociedade civil, quatro do segmento empresarial; e quatro do setor de ensino, pesquisa e extenso.

    Afonso Gonzaga, presidente da Fiemg Regional Centro-Oeste, vice-presidente da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais, membro do Conselho Temtico de Integrao Nacional da CNI em Braslia, foi eleito Delegado representante do setor empresarial na Conferncia. Aps trs dias de trabalhos no Auditrio Juscelino Kubitschek, com a participao de mais de 400 pessoas foram discutidos 05 Princpios e 20 diretrizes, que sero levadas s Conferencias Macrorregionais entre os dias 17 de outubro e 15 de Novembro e em seguida na Conferencia Nacional, entre os dias 12 e 14 de dezembro em Braslia,  onde sero aprovados e faro parte de conjunto de aes para a reformulao e formatao  no PNDR (Plano Nacional de Desenvolvimento Regional). Gonzaga defende a instituio do Fundo Nacional de Financiamento para Investimentos aos moldes j existentes como Sudeco, Sudene, Sudam  e  outros que, hoje, atendem aos estados do Norte e Nordeste, com objetivo de criao de empregos  e rendas e educao profissional, desonerao total de taxas e  tributos para todo segmento empresarial no seu primeiro ano de funcionamento.

    Participaram da Conferncia representantes das secretarias de Estado de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), Desenvolvimento Econmico (Sede) e Desenvolvimento Regional e Poltica Urbana (Sedru), do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), do Sebrae, da CNI, do IEL Minas, da Fiemg, entre outras entidades e instncias pblicas e privadas. Os prximos estados a realizar os eventos para territorializao do Plano Brasil Maior so Mato Grosso do Sul e Esprito Santo, ainda em agosto.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2012

    Industriais se mobilizam em Minas.

    Cmara Automotiva
    discute bitributao




    Uma divergncia relacionada s competncias tributrias da Unio e dos governos municipais vem prejudicando empresas do setor automotivo nacional que praticam a industrializao por encomenda. Essas indstrias, que prestam servios de transformao a outras da cadeia produtiva, muitas vezes acabam sendo bitributadas, e alm de pagar o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que um tributo federal, so cobradas tambm pelo Imposto sobre Servios (ISS), de mbito municipal. O assunto foi discutido nesta quinta-feira (9) em seminrio promovido pela Cmara Automotiva Mineira, da Fiemg. "Isso acontece porque as prefeituras entendem que o que essas indstrias fazem encaixa-se no conceito de prestao de servios estabelecido na lei do imposto", explicou a advogada Clarissa Viana, uma das palestrantes do evento.

    Ela alertou que o ISS, apesar de ter alquota menor, mais oneroso do que o IPI, uma vez que esse imposto no cumulativo e gera crditos tributrios para a indstria. O tema j chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF), que dever analisar uma Ao Direta de Inconstitucionalidade (Adin) proposta pela Associao Mineira de Embalagens, relacionada ao mesmo problema.

    O seminrio contou ainda com palestras sobre gerenciamento de informaes e melhoria de desempenho nas empresas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2012

    Novidade. Roteiro espiritual movimenta TURISMO no Tringulo Mineiro

    O percurso tem incio em Uberaba,
    passa por Arax e encerrado em Sacramento;
    2 mil turistas por ms vo at a regio,
    considerada bero do espiritismo no Brasil




    Circuito Turstico dos Lagos

    A Gruta dos Palhares est entre os atrativos para os turistas

    A Gruta dos Palhares
    est entre os atrativos para os turistas



    A busca pela espiritualidade o que move cerca de duas mil pessoas, todo ms, at a cidade de Sacramento, no Tringulo Mineiro. A regio considerada bero do espiritismo nacional. Uberaba, por exemplo, a terra do corao de Chico Xavier, e a cidade de Carlos Baccelli, Celso de Almeida Afonso e Alaor Borges Junior, trs dos principais mdiuns do pas.



    no Tringulo tambm que foram fundadas a primeira escola esprita do Brasil o Colgio Allan Kardec , e o primeiro centro esprita rural, dois dos principais atrativos que integram a rota turstica religiosa. Formatado com o apoio do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), o roteiro tem incio em Uberaba, passa por Arax e encerrado em Sacramento.

    Entre os atrativos, os turistas tm acesso ao Hospital do Pnfigo Dona Aparecida, Centro Esprita Irm Valquria, Mausolu Chico Xavier, Casa Esprita Antusa, Museu Chico Xavier (ltima casa do mdium em vida), asilo Andr Luiz, Centro Esprita Aurlio Agostinho, Casa do Caminho, Centro Esprita Sacramento Dona Heigorin e Museu Eurpedes Barsanulfo (um dos mdiuns mais estudados do pas). Outras opes so conhecer a Gruta dos Palhares e a Chcara Tringulo, onde acontece, todos os dias, h 104 anos, o culto das 9h, um culto esprita.

    Daniela Scripilliti, de So Paulo, j realizou o passeio por trs vezes. Em duas delas, levou os filhos. Tambm j apresentou a rota a uma amiga e ex-cunhada. No s visitar lugares bonitos, conhecer a histria do espiritismo. Gostei muito do Museu Barsanulfo, muito preservado e possui uma energia muito boa. impressionante como todo o trabalho dele foi mantido, mesmo com pouqussimos recursos, relata ela, que simpatizante da religio esprita.  Daniela tambm destaca o jardim do Colgio Allan Kardec. Tem um espao para meditao, um astral muito legal, diz.

    Frederico Crema Leis, proprietrio da Maritaca Turismo, que opera o roteiro religioso, explica que, em geral, os visitantes realizam o passeio em busca de mais informaes sobre o espiritismo. O turista vai para conhecer os ensinamentos de Eurpedes Barsanulfo e Chico Xavier. um pblico muito alternado. Outro dia recebemos um casal suo e um casal de jovens; e na ltima semana veio um nibus da terceira idade, conta.

    Mesmo com diversidade turstica, rota religiosa se destaca


    O roteiro espiritual do Tringulo Mineiro integra o Circuito Turstico dos Lagos, que constitudo de 17 municpios, nove deles em Minas Gerais e oito em So Paulo. Alm do roteiro espiritual, o Circuito conta com atrativos voltados para o Lazer Nutico e Pesca, nas cidades de Rifaina, Igarapava e Miguelpolis; Ecoturismo e Aventura, nas cidades de Sacramento, Pedregulho e Buritizal; Negcios e Eventos, em Uberaba; Turismo Rural, em Conquista, alm do segmento Cultural, em que diversos municpios ainda preservam resqucios de sua antiga arquitetura e expressam suas manifestaes culturais.

    Segundo Manuel Pedro Leal, presidente da Associao do Circuito Turstico dos Lagos, a diversidade de opes oferecidas gera oportunidades de turismo na regio, mas o roteiro espiritual se destaca. No se pode negar que o atrativo principal da regio envolve o aspecto religioso e espiritual, no entanto, os demais segmentos vm constantemente se fortalecendo e, gradativamente, se consolidando, relata.

    Ele avalia que os visitantes que buscam o roteiro religioso tm um propsito especfico, de usufruir de experincias que despertem seus sentimentos de f. So motivadas pela curiosidade em conhecer e vivenciar cidades conhecidas por sua histria e forte aspecto religioso e espiritual que paira no ambiente, envolvendo os visitantes nas comunidades locais, ou ainda, inspiradas pelas histrias de f proporcionadas por um religioso local.

    O brasileiro, por natureza, um povo de notvel tolerncia religiosa, atitude respeitosa e convvio pacfico entre pessoas com diferentes percepes de mundo. Agregado a isso, a regio possui uma infraestrutura turstica capaz de atender a essa demanda. Por isso, acreditamos que as pessoas que realizam o roteiro espiritual so fontes de estmulo para as pessoas que ainda no conhecem o roteiro. Muitas delas voltam constantemente aos destinos que visitaram, comenta.

    Turismo religioso no Estado


    Na ltima semana, o governador Antonio Anastasia assinou decreto que declarou como Atrativo Turstico de Especial Relevncia o conjunto paisagstico, artstico e cultural do Santurio Estadual Nossa Senhora da Piedade, em Caet, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte. O ato vai de encontro inteno do governo mineiro de fomentar aes de preservao dos conjuntos religiosos, histricos e culturais do Estado, alm de fomentar o turismo e atrair recursos, gerando mais empregos de qualidade, mais cultura e mais renda para os mineiros.

    O segmento de turismo religioso um dos que mais cresce no mundo. Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas da Universidade de So Paulo mostra que existem cerca de 15 milhes de brasileiros interessados em destinos religiosos. Mais de 8,1 milhes de viagens domsticas no Brasil so motivadas pela f.

    Uma Pesquisa de Demanda Turstica realizada pela Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais em 2011, mostrou o perfil dos visitantes motivados pelo turismo religioso em Minas. Segundo os dados, 68,2% so do prprio estado de Minas Gerais, 17,2% de So Paulo, 5,1% do Esprito Santo, e 4,5% do Rio de Janeiro; 40,8% possuem renda familiar at R$ 2.040,00; 40,8% possuem ensino mdio; e 28,9% viajaram com grupos de excurso.

    J a mdia de permanncia no destino de 2,6 dias; o gasto mdio dirio individual no destino de R$ 62,84; 53,2% se hospedam em hotis e pousadas; 88% afirmaram que a viagem em Minas Gerais atendeu ou superou as expectativas; e 93,9% pretendem retornar cidade nos prximos dois anos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2012

    Boa notcia: safra de gros bate recorde. Produo de cana de acar cresce em Minas.

    bigphoto 

    O crescimento da produo de gros no Estado
    o maior do Sudeste e o 4 melhor do pas;
    no setor sucroalcooleiro,
    Minas o segundo maior produtor



    A safra de gros do Estado de Minas Gerais ser um recorde este ano: sero 12,1 milhes de toneladas, 14% a mais que no ano passado. J a produo de cana-de-acar do Estado destinada ao setor sucroalcooleiro dever atingir 53,6 milhes de toneladas, o que representa um crescimento de 6,6% em relao safra anterior. Os nmeros fazem parte da previso da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgada quinta-feira (09).

    No setor de gros, o levantamento da Conab indica que o crescimento em Minas o maior entre todos os Estados da regio Sudeste e o quarto melhor de todo o pas, atrs apenas dos Estados do Centro-Oeste. O desempenho mineiro tambm supera a mdia nacional, que dever ter um aumento de apenas 1,9% e uma produo de 165,9 milhes de toneladas.

    O recorde na produo de gros divulgado pela Conab dado como certo, pois a colheita em Minas est praticamente encerrada.
    "A produo de Minas Gerais foi beneficiada pelo clima favorvel nas principais regies produtoras. O preo atraente de alguns gros, na poca do plantio, tambm incentivou os produtores a investirem nos tratos culturais e em tecnologia", explica o secretrio de Elmiro Nascimento.

    O destaque da safra mineira em 2012 foi o milho, principal gro cultivado no Estado. O crescimento da produo em relao ao ano passado foi de 19,5%. A colheita de milho este ano ser de 7,8 milhes de toneladas, um outro recorde para a cultura.

    A soja tambm registrou bom desempenho, com um crescimento de 5% e uma produo de 3,1 milhes de toneladas. A safra de soja em Minas, em 2012, tambm ser a maior j registrada no Estado. O crescimento mineiro contraria a tendncia nacional. O pas ter uma reduo na safra de 11,8%. A safra de feijo tambm vai crescer este ano em Minas Gerais. Sero produzidas 644,2 mil toneladas. O aumento em relao ao ano passado de 10,6%.

    Crescimento da produo sucroalcooleira
    Sobre a produo sucroalcooleira, o levantamento da Conab tambm indica que Minas Gerais dever produzir este ano cerca de 3,7 milhes de toneladas de acar. O volume ser 15,4% maior que o do ano passado. J a produo de etanol dever ter uma reduo de 6,7% e registrar 1,9 bilho de litros. De acordo com o levantamento, Minas mantm o segundo lugar nacional na produo de cana-de-acar, atrs de So Paulo.

    "Os dados indicam a tendncia de que as usinas esto preferindo investir na produo de acar por causa dos melhores preos em relao ao etanol", explica o secretrio de Agricultura, Pecuria e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Nascimento.

    23 novas usinas desde 2003
    Em nove anos, o nmero de usinas em funcionamento em Minas mais que dobrou: aumentou de 20 unidades em 2003 para 43 este ano a maioria com produo de acar e etanol. A regio do Tringulo Mineiro conta com 23 usinas, seguida do Noroeste, com cinco.

    Este crescimento, que est diretamente ligado ao aumento da produo, encontra respaldo em uma srie de aes do Governo do Estado que apiam os empreendimentos do setor.

    Alm disso, o Governo de Minas Gerais investe na infra-estrutura necessria para o adequado escoamento da produo de gros e de derivados da cana-de-acar. Um exemplo o Programa de Pavimentao de Ligaes e Acessos Rodovirios aos Municpios (Proacesso), lanado em 2004, que j pavimentou mais de 5 mil quilmetros de rodovias e atendeu a 201 municpios.

    O Proacesso teve um investimento total de R$ 3,6 bilhes, e entre 2012 e 2013, vai asfaltar os ltimos 19 trechos previstos.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 9, 2012

    Rumo certo

    Em Frum do Sebrae, presidente do BDMG reafirma
    o compromisso com as micro e pequenas empresas

    Belo Horizonte, agosto de 2012 O presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Matheus Cotta de Carvalho, reafirmou nesta quarta-feira (8) o compromisso da instituio com as micro e pequenas empresas. O executivo participou do III Frum Brasileiro de Garantias de Crdito para Micro e Pequenas Empresas, organizado pelo Sebrae Nacional em Belo Horizonte, e disse que o papel do BDMG fundamental na criao de mecanismos para facilitar o acesso ao crdito.

    As micro e pequenas empresas so to importantes quanto os grandes empreendimentos no contexto de intensificar o crescimento econmico do Pas, disse o presidente. O BDMG se movimentou para este fim no ltimo ano, alinhado ao papel das micro e pequenas empresas no crescimento nacional. A principal ao para facilitar esse acesso certamente foi a criao de uma rede de Correspondentes Bancrios em todo o Estado, completou.

    O presidente afirmou ainda que o atual contexto de mudana e facilitao de acesso ao crdito coincide com a realizao do Frum. Estamos estudando a questo das Sociedades de Garantias de Crdito junto com o Sebrae como mais um mecanismo, criando facilidades para que as garantias sejam oferecidas corretamente. Tudo isso para ajudar na criao de um ambiente mais igualitrio para todos, acrescentou.

    Durante o evento, o BDMG assinou convnio com o Sebrae para a utilizao do Fundo de Aval s Micro e Pequenas Empresas (FAMPE). Com o convnio, o fundo poder ser utilizado como garantidor de operaes de crdito de at R$ 80 mil, contratadas pelas micro e pequenas empresas. O valor a ser garantido pelo fundo ter carter complementar ao aval dos scios, quando o patrimnio for insuficiente para cobrir o ndice de garantia definido na poltica de crdito do BDMG. Estamos nos comprometendo a passar a usar o FAMPE, mecanismo que vai ser oferecido por meio dos Correspondentes Bancrios BDMG. Ele vem para complementar as garantias exigidas pelo Banco, facilitando a vida do empresrio, disse.

    J o presidente do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae, Roberto Simes, lembrou que Minas Gerais tem a mais recente Sociedade de Garantias de Crdito, na regio do Vale do Rio Doce, e que outras duas esto sendo criadas.

    Para o vice-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES), Joo Carlos Ferraz, as micro e pequenas empresas enfrentam desafios como qualidade, eficincia, inovao e sustentabilidade, bem como acesso ao mercado, insumos e crdito. Ferraz ressaltou que os bancos de desenvolvimento tm o papel de indutores, de serem capazes de entender as demandas e desenvolver instrumentos apropriados para atend-las.

    Assessoria de Imprensa BDMG


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 9, 2012

    Indito. Pela WEBTV Barbacena os trs candidatos a prefeito de Barbacena sero sabatinados este ms.

    Os trs candidatos Prefeitura de Barbacena Adailton Marques (PSOL), Toninho Andrada (PSDB) e Danuza Bias Fortes (PMDB) participaro do "Voc Decide 2012: Sabatinas", na TV Barbacena (www.tvbq.com.br), primeira e maior WebTV (televiso pela internet) da cidade de Barbacena (MG).

    Como informado pela TV Barbacena na ltima semana, Adailton Marques foi o primeiro a receber o convite, no dia 30 de julho e aceitou imediamente. Toninho Andrada recebeu o convite no dia 31 de julho por intermdio de sua assessoria, que confirmou a participao do candidato no "Voc Decide 2012: Sabatinas". A candidata Danuza Bias Fortes tambm recebeu o convite no dia 31 de julho e, aps uma srie de conversas entre a TV Barbacena e sua assessoria, a participao foi confirmada na segunda-feira (06).

    Datas de exibio

    As datas de exibio das sabatinas do Voc Decide 2012 j esto definidas.
    De acordo com as regras do programa:

    o primeiro sabatinado ser Adailton Marques, no dia 11 de agosto.

    Em seguida vem Toninho Andrada, no dia 18 de agosto

    E Danuza Bias Fortes fecha a rodada de sabatinas no dia 25 de agosto.

    Todas as sabatinas sero exibidas aos sbados, s 20h30,
    na TV Barbacena (www.tvbq.com.br)
    e no webcanal Barbacena News (barbacenanews.tvbq.com.br).

    A ordem de exibio das sabatinas
    foi feita pela ordem alfabtica dos nomes completos dos candidatos.
    As regras podem ser visualizadas em http://www.tvbq.com.br/eleicoes/2012/sabatinas.htm.

    O pblico poder comentar as sabatinas no Google Plus, Orkut e Twitter atravs da hashtag #vcdecide.

    "Os eleitores de Barbacena ganham"

    Com a confirmao da participao dos trs prefeiturveis, o editor-chefe e mediador do "Voc Decide 2012: Sabatinas", Ricardo Rios, diz que quem ganha com as adeses so os eleitores de Barbacena.

    "Pela primeira vez, nossas sabatinas atingem a adeso de todos os candidatos. E quem ganha com isso so os eleitores de Barbacena, que podero comparar as ideias e propostas de cada um dos trs prefeiturveis da cidade", disse.

    Sobre Barbacena

    Localizada na macrorregio do Campo das Vertentes, Barbacena uma das 20 maiores cidades de Minas Gerais. Com uma populao de cerca de 130 mil habitantes, a cidade possui uns dos 310 maiores PIBs (Produtos Internos Brutos) do Brasil, de acordo com projeo do IBGE feita em 2009.

    O que o "Voc Decide: Sabatinas"?

    Realizado desde 2008 pelos webcanais da rcs comm. TV Barbacena e Barbacena News, o "Voc Decide: Sabatinas" faz uma srie de entrevistas com os candidatos majoritrios nas eleies. Em 2008, 66% dos candidatos a prefeito de Barbacena foram sabatinados por Ricardo Rios. Em 2010, a TV Barbacena e o Barbacena News realizaram sabatinas com os candidatos ao Governo de Minas Gerais. Dos candidatos convidados pela emissora, 60% participaram das sabatinas. O "Voc Decide: Sabatinas" conhecido por sua imparcialidade, ao fazer as mesmas perguntas todos os candidatos e no haver edies no programa.

    Sobre TV Barbacena:

    TV Barbacena a primeira e maior WebTV (televiso pela internet) da cidade de Barbacena (MG). Com uma programao de qualidade e um jornalismo pautado na neutralidade, foi vencedora do Prmio iBest, na categoria Regional-MG.

    Release tambm disponvel em:
    http://www.tvbq.com.br/arquivosnotas/2012/nota096.htm

    Atenciosamente,

    Assessoria de Imprensa TV Barbacena/Barbacena News
    tvbarbacena@tvbq.com.br
    http://www.tvbq.com.br
    TV Barbacena: campe do Prmio iBest 2008 - Categoria Regional MG


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2012

    Exp de Desterro do Mello mostra potencial econmico do interior mineiro.

    Comeou nesta quarta, dia 8
    e vai at dia 12, domingo,
    a Exposio Agropecuria de Desterro do Mello.
    A cidade fica a 200 kms de BH
    32 de Barbacena - no caminho do meio da Estrada Real
    na zona da mata.

    O prefeito Mrio Tafuri preparou ampla programao.
    Ns estaremos noite de sexta para assisitir os shows,
    rever os amigos e degustar as execelentes cachaas do Mello,
    o queijo branco e os tira-gostos inigualveis.


    Acompanhe a programao:
    www.desterro do melo.mg.gov.br

    A cidade histrica, teve a honra de ser conhecida
    pelo heri Tiradentes,
    que se hospedava na Fazenda do Ba
    nas suas idas para o Rio de Janeiro
    na segunda metade do sculo XVIII.
    DETALHE: meu bisav - Randolpho Martins do Amaral
    foi o primeiro chefe poltico de Desterro do Mello
    e seu primeiro Juiz de Paz.
    E o filho dele, Joo Benedito Amaral, seu primeiro prefeito.




    Prefeitura de Desterro do Melo
    realiza sua 23 Exposio Agropecuria
    e Torneio Leiteiro








    Parque de Exposies: palco da festa at domingo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2012

    Empresrio Srgio Cavalieri assume vice-presidncia de entidade latino-americana.



    Srgio Cavalieri ser homenageado no Automvel Clube

    pela posse na vice-presidncia da Uniapac/ADCE para a Amrica Latina  

    Hoje, quarta-feira, dia 8 de agosto, no Automvel Clube de Belo Horizonte, o presidente da Associao de Dirigentes Cristos de Empresas de Minas Gerais (ADCE-MG) e da ADCE Brasil, Srgio Cavalieri, ser homenageado pela posse na vice-presidncia da Uniapac/ADCE para Amrica Latina.

    O empresrio foi nomeado para ocupar o cargo durante o 24 Congresso Mundial da Uniapac/ADCE que aconteceu em abril desse ano na Frana.  A Uniapac uma entidade internacional que congrega as Associaes de Dirigentes Cristos de Empresa em mais de 32 pases. A prxima edio do congresso ser em Belo Horizonte.

    Cavalieri se diz lisonjeado pela homenagem, mas no a toma somente para si. "A indicao para a Vice Presidncia e a homenagem que ora me prestam o reconhecimento do trabalho das vrias regionais da ADCE no Brasil e comprova a importncia que temos no cenrio econmico, poltico e social mundialmente.

    O Brasil tem avanado muito no tema da Responsabilidade Social Empresarial e graas ao trabalho persistente de entidades como a ADCE, pioneira neste tema no pas, praticamente todas as empresas tm hoje em dia este assunto na sua pauta diria e nas suas decises empresariais", afirma o empresrio.  

    Nascido em So Paulo, Cavalieri engenheiro e se tornou uma das principais lideranas empresariais de Minas Gerais. Ele faz parte da terceira gerao da famlia que fundou o Grupo ASAMAR em 1932.

    Atualmente ocupa a presidncia do conselho de administrao da ALE Combustveis S.A. e membro dos conselhos de administrao das empresas Codeme Engenharia, Metform Produtos de Ao, Alvorada Petrleo e Ativas Data Center.

    Tambm vice-presidente da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), presidente da ADCE-MG e da ADCE Brasil, membro do Conselho Temtico Permanente de Responsabilidade Social da Confederao Nacional da Indstria (CNI), do Conselho Universitrio da PUC Minas.

    E do Conselho Consultivo Internacional da Fundao Dom Cabral. cidado honorrio de Montes Claros e de Belo Horizonte, foi eleito Industrial do Ano pela FIEMG em 2009, ganhou as medalhas do Grande Colar do Mrito Legislativo da Cmara Municipal de Belo Horizonte, da Inconfidncia e a Medalha Jucelino Kubitscheck, concedidas pelo Governo de Minas Gerais.   


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2012

    Exrcito apresenta Programa Mecenas na Fiemg


    O Programa Mecenas, do Exrcito Brasileiro,
    foi apresentado nesta tera-feira (8)
    em palestra do general de Diviso
    e diretor do Patrimnio Histrico e Cultural
    do Exrcito Eduardo Jos Barbosa -
    realizada na sede antiga da Fiemg.

    "O Programa Mecenas
    consiste em captar contribuies financeiras
    para projetos culturais do Exrcito,
    com base na Lei Rouanet",
    explicou o general Barbosa.

    Empresrios e militares assistiram palestra, na qual foram informados que pessoas fsicas e jurdicas podem participar do Programa Mecenas. O general Barbosa explicou que a Lei Rouanet garante que as contribuies de empresas para projetos aprovados pelo Ministrio da Cultura podem ser totalmente abatidas do imposto devido. Pessoas fsicas podem deduzir at 6% do valor do imposto, tambm de forma integral. "Mas o abate no imposto de renda s permitido para empresas que declaram o lucro real. Mas os empresrios tambm podem participar como pessoa fsica, mas devem optar pela declarao completa", avisou.

    O general Barbosa tambm apresentou os projetos que esto participando da captao de recursos. Entre eles estava o casaro da Fazenda Ribeiro das Rosas, em Juiz de Fora, que est em pssimo estado de conservao e precisa de obras emergenciais. A construo, erguida em 1751, est numa rea sob jurisdio do Exrcito e remanescente do Caminho do Ouro, no qual funcionou como posto de coleta de impostos. a segunda casa mais antiga do municpio. "Um dos nossos objetivos, alm de conservar nosso patrimnio histrico e cultural, pode compartilh-lo com a populao. Esses documentos, obras de arte, museus, edifcios, bibliotecas, fortes, armas e equipamentos esto espalhados por todo o territrio nacional", disse.

    Para contribuir com o Programa Mecenas ou obter mais informaes: (21) 2519-5103 ou www.mecenas.ensino.eb.br.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2012

    Faturamento da Indstria cai em Minas


    O faturamento da indstria mineira continua negativo no acumulado de janeiro a junho de 2012, como mostra a pesquisa Indicadores Industriais da Fiemg, divulgada hoje. A queda de 3,51% em relao ao mesmo perodo do ano passado, o que praticamente inviabiliza uma retomada de crescimento do setor at o final do ano, segundo o presidente do Conselho de Poltica Econmica e Industrial da entidade, Lincoln Gonalves Fernandes.


    A diminuio do faturamento deve-se, em parte, ao aumento de concorrncia no mercado interno, como explicou Fernandes. Por outro lado, as horas trabalhadas cresceram 1,26% no perodo, o que sinaliza incremento de produo na indstria. "O aquecimento do segundo semestre, porm, no dever ser suficiente para compensar as perdas acumuladas at agora", disse ele.

    Por causa disso, a Fiemg j revisou para baixo seus indicadores para o final do ano. A previso de que o faturamento feche 2012 com queda de 3,08% e a produo fsica diminua 0,27%.

    O ndice de Confiana do Empresrio Industrial de Minas Gerais (ICEI MG), tambm divulgado hoje, confirma que o otimismo est em baixa no setor. De 55,4 pontos em junho deste ano, o ICEI MG caiu para 52,1 pontos em julho. "Embora ainda positivo, porque acima de 50 pontos, o ndice de Confiana vem recuando, o que mostra queda na atividade industrial nos prximos meses", alertou o gerente de economia da Fiemg, Guilherme Veloso Leo.

    Outro indicador de nimos na indstria, pesquisa Sondagem Industrial revela que as empresas continuam com estoques finais acima do planejado e com produo e emprego em queda. As expectativas para os prximos seis meses, porm, so positivas, especialmente em relao ao aumento de demanda e de exportaes. A maioria das empresas entrevistadas pretende manter o quadro de empregados e ampliar as compras de matrias primas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2012

    OAB de Minas homenageou o governador

    A medalha homenageiapessoas ou instituiesque se destacam em atividadesno mundo da Justia e do Direito



    O governador Antonio Anastasia recebeu, na noite de tera-feira (07), a Medalha Professor Raymundo Cndido, na sede da seo mineira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MG), em Belo Horizonte. A medalha destinada a homenagear pessoas ou instituies que se destacam em suas atividades no mundo da Justia e do Direito.


    Na mesma solenidade, foram entregues carteiras da Ordem a 30 novos advogados, que tiveram como paraninfo o governador Anastasia. Tambm foi empossada a Comisso de Direito Notarial e Registral da OAB-MG.
    Antonio Anastasia destacou o trabalho realizado desenvolvido pelo Estado para valorizar a advocacia pblica em Minas.
    "Fizemos um esforo muito grande, iniciado ao tempo do governador Acio Neves, para restabelecer os parmetros e dignidade dessas funes, na Advocacia Geral do Estado, na Defensoria Pblica do Estado e nas carreiras que integram, na rea jurdica, a administrao pblica", disse Anastasia


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2012

    Prdio antipichao em BH

    Prdio histrico da Imprensa Oficial ganhar pintura especial antipichao


    Obra, que integra as comemoraes dos 120 anos da instituio, tem o apoio do Ministrio Pblico, dentro do projeto "Nossa Cidade Mais Limpa"



    A Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, seguindo a determinao do Governador Antonio Anastasia, d incio nesta semana a um processo de revitalizao da fachada de seu edifcio-sede, localizado no centro do Belo Horizonte. O histrico prdio, que foi construdo juntamente com a capital mineira no final do sculo XIX, ganhar uma pintura especial lavvel, que possibilita a imediata remoo de pichaes. A edificao ser toda "envelopada" at o final dos trabalhos, quando, em um nico momento, ter sua fachada apresentada sociedade.

    A iniciativa que integra as comemoraes dos 120 anos da Imprensa Oficial conta com o apoio da Promotoria Estadual de Defesa do Patrimnio Cultural e Turstico de Minas Gerais, por meio do projeto "Nossa cidade mais limpa".

    "Alm de resgatar a marcante e imponente presena do edifcio no centro de Belo Horizonte, a ao faz parte de um programa mais amplo de resgate da instituio e de suas aes dentro do cenrio cultural mineiro e brasileiro", afirma o diretor-geral da Imprensa Oficial de Minas Gerais, Eugnio Ferraz.

    De acordo com Ferraz, a tinta especial que ser utilizada na pintura, que chegou ao mercado recentemente, enseja uma soluo na preservao dos prdios pblicos histricos, alm da conservao dos grandes centros urbanos, sem a poluio visual das pichaes.

    A revitalizao imediata da fachada do prdio, que tombado pelo patrimnio histrico, foi autorizada pela Diretoria de Patrimnio Cultural da Fundao Municipal de Cultura de Belo Horizonte, visando preservao e conservao do monumento.

    Vrias aes marcam os 120 anos da Imprensa Oficial
    Diversas outras aes sero realizadas ao longo do ano de 2012 em comemorao aos 120 anos da Imprensa Oficial e do Dirio Oficial "Minas Gerais". O objetivo de todas elas ser destacar o eixo histrico-arquitetnico, com restauraes, revitalizaes fsicas e reformas dos edifcios que compem a estrutura da autarquia.

    Os eixos administrativo e industrial-tecnolgico tambm sero fortalecidos por meio de aes com foco na modernizao dos processos e de pessoal, na melhoria do atendimento sociedade, no aumento da autoestima dos servidores e na modernizao tecnolgica da planta industrial, com adequaes, ajustes e acrscimos nos equipamentos grficos.

    A direo da Imprensa Oficial planejou ainda uma vasta programao artstica e cultural para marcar os 120 anos de criao da instituio.  As aes nesta rea foram iniciadas em novembro do ano passado, com o lanamento de um selo comemorativo dos Correios. Em abril deste ano, nas solenidades do 21 de abril em Ouro Preto, foi lanada uma edio facsimilar das primeiras edies do Suplemento Literrio, publicadas originalmente no ano de 1966. Na ocasio foi lanada tambm uma medalha comemorativa, cunhada pela Cada da Moeda do Brasil uma rara e valorizada pea de colecionismo.

    A programao atual composta por diversos outros projetos culturais que contemplam incentivos a novos escritores, oficinas culturais, inaugurao de um memorial da imprensa, espaos culturais para exposies e mostras, reabertura de biblioteca e rea de leitura oferecida ao pblico, lanamento de um encarte no "Minas Gerais" dedicado ao leitor infantil, alm de uma nova formatao do caderno "noticirio" do Minas Gerais.  Sero realizados tambm eventos contemplando a msica e a literatura mineiras, incluindo aes culturais externas ao edifcio da Imprensa Oficial.

    "A ideia integrar cada vez mais o histrico prdio sociedade, com a implantao de um corredor cultural no centro de Belo Horizonte, no qual as artes e a cultura tenham presena e espao de cidadania permanentes", afirma o diretor-geral da Imprensa Oficial, Eugnio Ferraz.

    Na opinio do coordenador das Promotorias do Patrimnio de Defesa do Patrimnio Cultural e Turstico de Minas Gerais, Marcos Paulo de Souza Miranda, essas iniciativas da Imprensa Oficial representam um timo exemplo de como os administradores pblicos podem inserir o vis cultural  em suas aes de gesto. "Quem sai ganhando, ao final, a sociedade, que passa a ter a oportunidade de conhecer e valorizar  nossas heranas culturais", ele conclui.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2012

    Ato pblico

    Servidores Pblicos
    fazem ato conjunto nesta quinta-feira, em BH

    Nesta quinta-feira, 09 de agosto, s 9 horas, servidores do Ministrio da Fazenda, Sade, Incra, DNPM, IBGE entre outros realizam um Ato Pblico conjunto em frente sede do Ministrio da Fazenda em Belo Horizonte. A atividade faz parte do Dia Nacional de Lutas que acontece em todos os estados, nesta semana que antecede as datas marcadas pelo governo para se reunir com as categorias do funcionalismo.

    O governo comunicou s entidades que adiaria as reunies para construir solues e marcou a semana de 13 a 17 de agosto para a retomada da negociao.

    O Ato Pblico em frente ao Ministrio da Fazenda em Belo Horizonte vai reunir servidores de vrios setores para protestar contra os atos arbitrrios do governo como os decretos que autorizam o corte de ponto e a substituio de servidores em greve, e tambm contra a falta de resposta do governo pauta de reivindicaes entregue h meses. E como protesto os servidores vo distribuir bananas populao, durante a Feira da Dilma.

    A tendncia que as atividades se intensifiquem nesta e na prxima semana, pois a campanha salarial aproxima-se de um momento crucial na medida em que o prazo do governo para entregar o projeto de Lei Oramentria Anual LOA - ao Congresso se esgota em 31 de agosto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2012

    Diploma para ser jornalista obrigatrio, decidiu o senado por 60 votos a 4. Agora depende da Cmara Federal.


    O Senado aprovou nesta tera-feira (7), em segundo turno, a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que torna obrigatrio o diploma de nvel superior em jornalismo para o exerccio da profisso. Com a aprovao, por 60 votos a 4, a proposta segue para votao na Cmara dos Deputados.

    A votao da PEC uma resposta deciso do STF (Supremo Tribunal Federal), de junho de 2009, que derrubou a necessidade do diploma para os jornalistas.

    Os parlamentares entenderam que a Constituio deve estabelecer a exigncia do diploma de curso superior em jornalismo, expedido por "instituio oficial de ensino".

    A PEC havia sido aprovada pelo Senado, em primeiro turno, em novembro do ano passado. Desde ento, esperava pela anlise dos parlamentares --que acabaram concluindo a anlise da matria somente nove meses depois de sua primeira aprovao.

    O texto da PEC estabelece que no ser exigido diploma para o colaborador --aquele que, sem relao de emprego, produz trabalho de natureza tcnica, cientfica ou cultural, relacionado sua especializao.

    A proposta tambm assegura que os jornalistas sem diploma que atuam na rea possam continuar exercendo normalmente as suas funes, desde que comprovem que j trabalhavam antes da aprovao da PEC.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 7, 2012

    Lei das sacolinhas plsticas. O presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior fala sobre o polmico assunto.

    A deciso do Ministrio Pblico de Minas Gerais de proibir a venda de sacolas biodegradveis em Belo Horizonte recoloca em pauta o debate sobre a legislao municipal que, desde 2011, veda a distribuio das chamadas sacolinhas nos supermercados e em quaisquer outros estabelecimentos comerciais da cidade. uma histria com muitos captulos e que cobra da sociedade, sobretudo do poder pblico, um eplogo que atenda a todos, especialmente ao consumidor que no tem mais como carregar suas compras. Est faltando dilogo.

    O primeiro captulo veio com a edio da legislao municipal que, a partir de abril de 2011, proibiu a utilizao das sacolinhas, acusadas de causar danos ao meio ambiente. Imediatamente, como segundo captulo desta histria, nasceu um novo comrcio, das chamadas sacolas ecolgicas e biodegradveis, vendidas a preos variveis, de acordo com o perfil do estabelecimento comercial e da renda do consumidor quem no pode pagar obrigado a se virar, utilizando caixas de papelo usadas, quase nunca disponveis e quase sempre contaminadas, ou carregar quilos e quilos de mercadorias nas prprias mos.

    Agora, com a deciso do Ministrio Pblico de Minas Gerais, entramos no terceiro captulo. A argumentao a de que as sacolinhas anunciadas como ecolgicas e biodegradveis so uma fraude. De fato, estudo realizado pelo Centro Tecnolgico Newton Paiva mostrou que 80% das amostras coletadas no eram biodegradveis, comprovando, portanto, o prejuzo ao consumidor que pagava por um produto que no trazia nenhum benefcio ao meio ambiente. Pior, sabe-se que para a biodegradao de um produto ser eficiente necessrio sua destinao a usinas de compostagens que inexistem em Belo Horizontes e nas demais cidades brasileiras. Assim, a deciso do Ministrio Pblico corrige parte dos equvocos da legislao.

    O impasse est na mesa e exige, de todos, abertura para o dilogo que supere a linha do confronto e nos conduza ao entendimento. No se questiona a motivao do legislador municipal, fundamentada nos cuidados com o meio ambiente e tambm no se discute a iniciativa do Ministrio Pblico, igualmente legtima. No entanto, preciso buscar solues que contemplem o interesse de todos, especialmente dos milhes de consumidores que pagam o preo deste imbrglio.

    H solues, sim, que certamente passam pela educao ambiental que leva ao consumo responsvel, sem exageros e sem desperdcio. Um exemplo o Programa de Qualidade e Consumo Responsvel de Sacolas Plsticas, criado pelo Instituto Socioambiental dos Plsticos (Plastivida), pelo Instituto Nacional do Plstico (INP) e pela Associao Brasileira da Indstria de Embalagens Flexveis(ABIEF). O Programa se ampara na crena, verdadeira, de que a educao promove a conscientizao, enquanto o banimento das sacolas promove a adaptao o jeitinho que nem sempre leva aos melhores resultados.

    Criado em setembro de 2007, est presente em vrios estados brasileiros, com amplo sucesso, e engloba aes da indstria, do comrcio e do poder pblico em benefcio da populao e do meio ambiente. Seu foco principal a reduo do desperdcio por meio da educao ambiental e do incentivo ao uso de sacolas plsticas certificadas que so fabricadas dentro da norma ABNT 14.937 e identificadas com o Selo de Qualidade do Programa, o que garante que as sacolas certificadas sejam mais resistentes e suportem at 6 quilos de produtos. Assim, o consumidor no precisa colocar uma sacola dentro da outra para transportar suas compras ou ench-las somente at a metade. Com isso contribui definitivamente para a reduo do desperdcio.

    Os resultados obtidos so excelentes: at o fim de 2011, registrou-se uma reduo de cinco bilhes de sacolas plsticas nos supermercados brasileiros, ou seja, 27,9% em relao a 2007, quando o consumo foi de 17,9 bilhes. O princpio fundamental a atuao abrangente, trabalhando com formadores de opinio, nos supermercados, junto aos consumidores e no sistema educacional, visando formar o consumidor do futuro, a partir do treinamento e capacitao de professores e conscientizao dos alunos.

    Temos, portanto, dois caminhos: insistir no impasse que leva ao confronto e falta de solues ou caminhar pela via do dilogo e do bom senso que leva ao entendimento. A indstria mineira j fez a sua opo, com o lanamento do Programa Minas Sustentvel, cujo objetivo , exatamente, estimular e apoiar formas de produo compatveis com as aspiraes da sociedade, amparado na crena, verdadeira, de que a educao efetivamente produz conscientizao. No Minas Sustentvel cabe, perfeitamente, o Programa de Qualidade e Consumo Responsvel de Sacolas Plsticas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 7, 2012

    Da srie: Notcia boa tambm d audincia. Novas estradas asfaltadas - Programa Caminhos de Minas - vai asfaltar quase 2 mil quilmetros beneficiando 107 municpios e 4 milhes de pessoas.


    Gil Leonardi/Imprensa MG

    imagem.title


    O governador Anastasia
    anunciou nesta segunda-feira (06/08), no Auditrio Juscelino Kubitschek, na Cidade Administrativa, o incio de novas obras e licitaes para projetos do programa Caminhos de Minas. Foram anunciados o incio de trabalhos em quatro trechos e a abertura de licitao para 56 rodovias. Trs trechos includos no programa j esto em andamento. O governador anunciou a licitao para elaborar projetos executivos em dez outros trechos.

    O Governo do Estado est investindo R$ 3,2 bilhes nesta etapa do programa Caminhos de Minas, recursos que sero utilizados para pavimentao de 1.955,6 quilmetros de rodovias, beneficiando diretamente 107 municpios e 4 milhes de pessoas.

    Para Anastasia, asfaltar as estradas significa prosperidade e desenvolvimento. "Com esse grande programa, o Caminhos de Minas, que se inicia, atravs das licitaes e das obras, estamos fazendo a integrao histrica de regies do Estado, diminuindo distncias, fazendo economia, e, sobretudo, fomentando em Minas um ambiente de bons negcios, para atrairmos grandes empresas, ampliar aquelas que j esto aqui e cumprir a prioridade absoluta de nosso governo, que gerar empregos de qualidade para os mineiros", afirmou o governador.

    O Caminhos de Minas, lanado em 2010, tem como objetivo ampliar e melhorar a infraestrutura logstica dos municpios e regies. o maior programa rodovirio na histria de Minas Gerais, envolvendo a implantao de 7.775 novos quilmetros de rodovias, distribudos por 234 trechos, beneficiando diretamente 303 municpios e 7,3 milhes de mineiros.

    O programa vai impulsionar a comunicao nas diversas regies do Estado, alm de desviar trfego das rodovias troncais, propiciando maior segurana e mais tranquilidade e rapidez no deslocamento de pessoas, bens e cargas, com reflexo direto no desempenho da economia mineira.

    Por exemplo, com a construo dos trs trechos "Bom Jesus do Amparo - Nova Unio", "Nova Unio - Taquarau de Minas e Contorno de Nova Unio" e "Taquarau de Minas - Entroncamento para Santa Luzia/Jaboticatubas", ser possvel aos moradores desses municpios chegarem a Belo Horizonte sem precisar trafegar pela BR-381, uma das mais movimentadas do Estado.

    Na solenidade, Anastasia lembrou-se de quando surgiu a ideia de implantao do Caminhos de Minas, que atende reivindicaes histricas de vrias regies do Estado.

    "Ns tnhamos uma expresso, at com uma palavra inglesa, chamada links faltantes, ou seja, as ligaes entre as cidades, porque ns todos sabemos que depois de uma obra feita, h a necessidade de que outra seja realizada", disse ele.

    Explicando que, aps a realizao do Programa de Pavimentao de Ligaes e Acessos Rodovirios aos Municpios (ProAcesso), lanado em 2004, pelo Governo do Estado, com o objetivo de ligar por asfalto os 225 municpios que ainda no tinham ligao asfltica, surgiu a necessidade de criao do Caminhos de Minas

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Agosto 7, 2012

    TRE de Minas tem novo ouvidor

                                      

    Em sesso realizada nesta segunda-feira (6), na Sala de Sesses, tomou posse como novo ouvidor eleitoral o juiz da Corte Maurcio Pinto Ferreira (foto), em substituio ao tambm juiz Maurcio Soares, que ocupava o cargo desde maio de 2010.
    Desde sua criao, em maio de 2009, at o dia 6 de agosto de 2012, o setor recebeu 5.365 chamados (por internet, carta-resposta, telefone, ou presencial), dentre denncias, reclamaes, elogios e sugestes aos servios prestados pela Justia Eleitoral mineira.

    O novo ouvidor foi saudado pelo presidente do TRE, desembargador Antnio Carlos Cruvinel, e pelo ex-ombudsman, Maurcio Soares, que disse: "Vossa Excelncia fez uma excelente escolha, pois a Ouvidoria estar em boas mos, j que o juiz Ferreira tem o dom do trato com o pblico; desejo a ele muito sucesso".

    Ao se despedir do cargo, o juiz Maurcio Soares salientou que "nesses anos em que estive frente do setor, pude constatar que a Ouvidoria do Tribunal se tornou referncia nacional; prova disso foi a presena de TREs de vrios Estados que vieram aqui buscar subsdios; isso fruto da dedicao e do timo trabalho dos servidores do Setor, com quem aprendi muito e a quem muito agradeo".

    O novo ouvidor, Maurcio Ferreira, foi empossado no TRE-MG no dia 21 de julho, na classe de juiz de direito. O magistrado ficar no cargo de ouvidor pelo perodo de um ano, durante os quais ter a atribuio de receber reclamaes, denncias, sugestes, crticas e elogios da populao e de servidores do Tribunal sobre os servios prestados pela Justia Eleitoral mineira.

    Histrico da Ouvidoria Eleitoral

    A Ouvidoria do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, instituda pela Resoluo 748/2009, possui a finalidade de atuar como canal permanente de comunicao entre a sociedade e os servidores da Instituio com as unidades da Justia Eleitoral do Estado.

    Do total de 5.385 chamados recebidos desde sua instalao - todos com respostas encaminhadas aos autores - 1.063 foram denncias, 2.317 reclamaes, 579 elogios e 1.406 sugestes.

    Mas no s por meio de da internet ou telefone que a Ouvidoria se aproxima da sociedade. Em 2009 e 2010, oito cidades mineiras - Salinas, Campo Belo, Rio Piracicaba, Manhumirim, Joaquim Felcio, Joansia, Quartel Geral e Patos de Minas - receberam a visita do setor para audincias pblicas.

    Exerceram a funo de ombudsman durante este perodo os juzes Mariza de Melo Porto e Maurcio Soares.

    Acesse a pgina da Ouvidoria na internet


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2012

    Incluso digital na tica do senador mineiro Acio Neves.

    Artigo do senador Acio Neves
    Folha de So Paulo, 06/08/2012

    A partir da estratgia de municipalizao traada pela Constituio de 1988, o Brasil pde avanar muito em duas reas fundamentais: a sade e a educao. Com ajuda das prefeituras, tivemos a implantao paulatina do Sistema nico de Sade e a grande jornada pela universalizao do ensino fundamental e da pr-escola.

    Por que no adotar caminho semelhante para acelerar o combate excluso digital?

    Um estudo da Fundao Getulio Vargas (FGV), conduzido pelo economista Marcelo Neri, mostra a enorme desigualdade entre os municpios brasileiros quando se trata do uso de computadores, telefones fixos e celulares e banda larga, pela populao. uma realidade agora acentuada com a febre de smartphones e tablets.

    H uma grande pertinncia na abordagem desse tema no atual momento brasileiro, com a eleio municipal e o debate de planos de governo entre milhares de candidatos e milhes de eleitores.

    So conhecidas boas histrias de sucesso de prefeituras que trabalham para ampliar efetivamente a incluso digital em seu territrio, em parceria com os governos estaduais ou federal.

    A pesquisa da FGV traz projees feitas para 2012, mostrando que a maioria dos brasileiros usa a internet com a finalidade de comunicao (33,3%), lazer (27,5%), educao (26,4%) e informao de jornais ou revistas (23,3%), transaes financeiras (5,3%), compras de bens e servios (6,16%) e interao com autoridades pblicas ou rgos de governo (6,1%).

    Essa ltima categoria alcana um percentual ainda muito pequeno, o que indica a falta de comunicao e interao entre o setor pblico e a sociedade civil, um problema crnico no Brasil. A situao mais grave nas classes de renda e escolaridade mais baixas.

    Desde 2000, temos um programa de governo eletrnico para melhorar as relaes da administrao com os cidados, empresas e rgos do prprio setor pblico, em busca do aprimoramento da qualidade dos servios prestados.

    A iniciativa ganhou mais relevncia agora, articulada com outros avanos, como a obrigatoriedade da prestao de contas governamentais em vrias esferas e a crescente transparncia exigida pela sociedade, que permitem um controle social mais efetivo, alm da indispensvel participao dos cidados nas polticas pblicas.

    O pas que ultrapassou a casa dos 250 milhes de celulares e bomba nas redes sociais deve priorizar o desafio da incluso digital por meio de uma grande pacto que rena diferentes instncias de governos, entidades e iniciativa privada.

    Oferecer condies para um maior acesso informao e ao novo mercado de trabalho pode ser um caminho eficaz para comearmos a resgatar a grande dvida que temos com a nossa juventude.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2012

    Nesta tera, dia 7, o BDMG sedia evento de private equity, em BH.

    O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) sedia nesta tera-feira (7) o Encontro com a Indstria de Private Equity e Venture Capital. Realizado pela Associao Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP), o evento ir discutir formas de capitalizao de empresas inovadoras via fundos de venture capital (capital de risco).

    O assessor especial em Mercado de Capitais do BDMG, Walter Elias Furtado,
    participa do encontro, que ter ainda as presenas
    do gerente do Centro de Inovao IBM, Ricardo Mansano,
    do diretor jurdico da Confrapar, Bernardo Portugal,
    do CEO da Devex Mining, Guilherme Bastos Alvarenga, entre outros convidados.

    Servio
    Capitalizao de empresas inovadoras via fundos de Venture Capital - Belo Horizonte
    Auditrio do BDMG: Rua da Bahia, 1600, Lourdes, Belo Horizonte
    8h30 as 12h35
    Informaes: Alexandra McDarby: amcdarby@abvcap.com.br
    Christian de Castro: ccastro@abvcap.com.br
    Tel: (11) 3106-5025 ou (21)3970-2432

    Programao

    8h30 - 9h - Credenciamento e Welcome Coffee
    9h - 9h05 Abertura: Walter Elias Furtado, Assessor Especial em Mercado de Capitais do BDMG
    9h05 - 9h25 - Capitalizao de Empresas Inovadoras via Fundos de Participao: Bernardo Portugal, Conselheiro ABVCAP e Diretor Jurdico da Confrapar
    9h25 - 9h45 - Difundindo a Cultura da Inovao: a Atuao da FINEP no fomento s empresas inovadoras: Rochester Gomes - Chefe do Departamento de Capital Semente - DCS da FINEP
    9h45 - 10h05 - Programa de Empreendedorismo IBM: Ricardo Mansano, Gerente do Centro de Inovao IBM
    10h05 - 10h20 - Como preparar sua empresa para ser investida: Flvio Marinho Vidigal, Scio da PVB Advogados
    10h20 - 10h30 - Perguntas e Respostas
    10h30 - 10h50 - Coffee Break
    10h50 - 11h20 - Como Atrair Investimentos de Fundos de Participao? Principais Fatores Considerados durante a Anlise de Investimento: Carlos Eduardo Guillaume, Scio Diretor da Confrapar; Eduardo Regueira, Diretor Financeiro da FIR Capital; Gustavo Junqueira, Diretor de Operaes da Inseed Investimentos. Moderador: Walter Elias Furtado, Assessor Especial em Mercado de Capitais do BDMG
    11h20 - 11h35 - Perguntas e Respostas
    11h35 - 12h05 - Alavancando Negcios com Capital Empreendedor Depoimentos de Empresas que Cresceram com Aporte de Venture Capital: Guilherme Bastos Alvarenga, CEO da Devex Mining; Jose Luiz Carvalho, CEO da NetCom
    Maralino Ribeiro, Diretor de Operaes da Acser Automao S.A.
    12h05 - 12h20 - Perguntas e Respostas
    12h20 - 12h35 - Apresentao do Venture Forum e Encerramento: Christian de Castro, Consultor de Empresas da ABVCAP

    Assessoria de Imprensa BDMG


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2012

    Artigo Especial. Para ler e pensar!!!

    O venerando papel do STF.

    Quando se nega um direito constitucional a quem quer que seja,
    nenhum outro direito se haver como certo,
    restando por terra a garantia do julgamento justo.
    Assim, no se revela esse o papel do Supremo Tribunal Federal (STF),
    mas o venerando de conceder a todos o direito de jurisdio imparcial
    com ampla defesa e contraditrio.

    A deciso fundamentada exigvel uma obrigao legal do Supremo, ao qual no se pode dar o pretenso exame por uma sentena rida e desprovida de sustentao elementar. O STF onipotente no momento da sentena, mas, a partir da, a solido lhe parceira, ficando conscincia do povo o julgamento implacvel de sua ao.

    solar a clareza da compreenso de que, por mais nobres e irretocveis que sejam as decises do STF, ainda assim, estas se formam e se ajustam por mentes humanas, venerandas, mas perfeitamente falveis. Da a indispensvel obrigao legal de que as decises estejam acompanhadas de argumentos slidos e baseadas em robustas provas carreadas nos autos.

    O Supremo, conquanto irretratvel no seu proceder, acima de todos na autoridade constitucional, no h que desmerecer o julgamento da opinio pblica e no h tambm, sob hiptese alguma, de ceder a presses advindas dessa. A condenao aceitvel no Estado democrtico a da Suprema Corte, isenta, justa, imparcial e, por conseguinte, sustentada no contingente probatrio.

    Nos venerandos papis do STF, alm de processar e julgar, no consta o de dar ouvidos aos prolatores do apocalipse. O ato de condenar ou absolver compete aos juzes, de posse das provas, de forma fundamentada, mediante anterior concesso de paridade de armas entre acusao e defesa.

    As lides enfrentadas pelos membros da Suprema Corte no prescindem da necessria interpretao legal, bem como no abdicam da guarida de seus direitos constitucionais. A Justia incumbe aos magistrados a aplicao da lei, ficando aos seus encargos a responsabilidade e o arbtrio da deciso que entenderem correta. Os erros, se cometidos, por autores humanos que so, por certo havero de merecer a reflexo da conscincia nacional.

    A prepotncia da infalibilidade judicial no encontra amparo na Constituio e no convence os operadores do direito. A suspeio um ato singular de respeito dignidade do cargo. A humildade no retira os valores da verdade. Os litgios cessam quando proferida a sentena irreparvel. A obedincia Constituio dever de todos - juzes, advogados, litigantes e povo.

    O Supremo no apenas isso, mas tudo isto: a esperana, a certeza, a segurana, a integridade, a prova, a acusao, a defesa, a justia, o direito e o dever da justa aplicao da lei.

    Dessa forma, no somente agora, mas, sempre que se apresentarem os conflitos, a Suprema Corte, no papel de guardi da Constituio, ser chamada a exercer suas atribuies constitucionais de maneira firme, exemplar, prudente e responsvel.

    Enviado ao nosso BLOG por
    Wilson Campos
    (Advogado/Ps Graduado em Dir. Tributrio e Trabalhista
    Membro da Comisso de Dir. Tributrio da OAB/MG).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2012

    Sangue novo. O competente executivo Gio Ahmad assumiu a direo comercial da Agncia 909 Comunicao. Desejo sucesso.


    O executivo Gio Ahmad acaba de assumir a Direo Comercial da agncia 909 Comunicao com o objetivo de fortalecer a atuao da empresa em novos mercados, especialmente Belo Horizonte, Rio de Janeiro e So Paulo. Ahmad natural de Belo Horizonte e est h dois anos e meio em Juiz de Fora, atuando na rea de hotelaria. Agora, vai investir no segmento da comunicao, levando sua experincia comercial para esta rea.

    Para Ahmad o novo desafio encarado como uma grande oportunidade de crescimento profissional. Na verdade, Ahmad j trabalhou no segmento de comunicao, quando exerceu a funo de jornalista colaborador do Htelier News, principal site do segmento de Hotelaria da Amrica Latina. O novo Diretor Comercial da 909 Comunicao j foi apresentado equipe de colaboradores da agncia e inicia suas atividades na empresa nesta segunda, 06 de Agosto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2012

    Vale da Eletrnica no sul de Minas fez Feira Industrial. Em 2011 as 142 empresas da regio de Santa Rita do Sapuca, geram 11 empregos eum faturamento de 1 bilho e 700 mil reais no ano passado.






    Comeou na quarta-feira (1) a 12 Feira Industrial do Vale da Eletrnica, Fivel 2012, que foi at sexta, 3 de agosto. A cerimnia de abertura foi realizada no campus do Instituto Nacional de Telecomunicaes (Intel), em Santa Rita do Sapuca, onde os 88 estandes da feira ocupam 1.200 metros quadrados. Representando a Fiemg estavam o presidente em exerccio da instituio, Edvaldo Almada, e o chefe de gabinete do Sistema Fiemg e assessor de Relaes Sindicais Antonio Marum.

    O presidente do Sindicato das Indstrias de Aparelhos Eltricos, Eletrnicos e Similares do Vale da Eletrnica (Sindvel), Roberto de Souza Pinto, em seu pronunciamento, falou sobre os trs pilares que servem de base ao Vale da eletrnica. "O primeiro a academia, que forma, prepara e capacita pessoas. O segundo a inovao tecnolgica, que nos incentiva a exercer a pesquisa, desenvolver novos produtos e adequ-los s demandas do mercado. O terceiro o padro dos produtos feitos aqui. Todos que so passveis de homologao so homologados", disse.

    Ele tambm comentou o crescimento da indstria na regio. Lembrou que nos anos 80 havia apenas 17 fbricas. Com o apoio das incubadoras e do Sindvel, hoje h na regio 142 empresas, todas associadas ao sindicato, gerando 11 mil empregos, com faturamento, em 2011, de R$ 1,7 bilho e 13 mil produtos em linha, operando nos segmentos de aparelhos para radiodifuso, telecomunicaes, informtica, TI, equipamentos eletromdicos entre outros. Ele, porm, destacou a importncia da sustentabilidade do negcio. "No basta ter o melhor produto, melhor design, produto compacto ou o melhor preo. Hoje os empresrios tem que dedicar parte do seu tempo e investir recursos na preservao do meio ambiente e tambm cuidar da rea social do seu entorno", lembrou.

    Edvaldo Almada, representando o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., contou que um dos encargos repassados por Machado Jr. para os dias em que ficaria frente da instituio foi estar presente na 12 Fivel, o que mensura a importncia dada por ele ao evento. Ele disse que Minas e os mineiros tm orgulho de ter a Fivel em seu estado, vistos os benefcios que ela traz para a indstria mineira, com seus produtos de primeira linha e avanos tecnolgicos. "Em nome da presidncia da Fiemg, viemos aqui para reafirmar nosso apoio s atividades aqui desenvolvidas", disse.

    A secretria de Estado de Desenvolvimento Econmico, Dorothea Werneck, representando o governador Antonio Anastasia, disse acompanhar o desenvolvimento da Fivel. Lembrou da importncia da unio dos trs setores para o desenvolvimento econmico no s da regio mas tambm de Minas e do pas. "Esto aqui os governos federal, estadual e municipal. Tambm est a academia e seus estudantes. E, por fim, os empresrios. Esse grupo representa mais significativamente o que chamo de trabalho conjunto. Vocs tm tudo aqui, especialmente essa coisa chamada resultado. Aqui o bero da inovao", disse.

    Diretor-superintendente do Sebrae-MG, Afonso Maria Rocha lembrou que o Sebrae completa 40 anos em 2012 e contou que est sendo preparado um livro como parte das comemoraes. E nessa publicao, adiantou, Santa Rita do Sapuca ter um captulo muito importante. "Trouxemos muito conhecimento para esta cidade, onde tambm aprendemos muito. Hoje, estamos trazendo para as empresas aqui instaladas uma viso mais desenvolvida da gesto do negcio", contou.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2012

    Artigo Especial. "O maior brasileiro de todos os tempos"


    ​Jos Maria Couto Moreira*

    ​O Sistema Brasileiro de Televiso SBT,
    est promovendo um concurso junto aos internautas
    para, em livre escolha, possam indicar o maior brasileiro
    de todos os tempos.

    ​Embora, possivelmente,
    no tenha despertado para o enorme equvoco que esteja cometendo,
    aquela emissora est, na verdade, com tal certame,
    prestando um desservio ao pas.

    ​Ora, leitores, como alcanar um nome com este galardo, se h inteira liberdade para que o consultado no mea razo ou critrio para uma escolha desta natureza, que, afinal, estimulada mais pela emoo do que pelo merecimento real ?

    Na primeira etapa, que aponta os dez mais votados, esto presentes de Ayrton Senna a Juscelino, de Pel a Getlio. Ora, ainda est em tempo de o STB redirecionar a escolha para que haja validade na consulta. Veja o leitor que no surgiram como maiores preferncias o nome de grandes brasileiros como Oswaldo Cruz, sanitarista responsvel pela vida de milhes de brasileiros, como o foi, tambm, nesta seara, benemrito da humanidade, o cientista Carlos Chagas, que tambm livrou milhes de patrcios da morte pela picada do mosquito encontrado nas subhabitaes de nossos sertes, e ensinou ao pas como proceder para evitar o mal, identific-lo e trat-lo.

    Como, em um concurso de abrangncia nacional, em que se busca to-somente a benemerncia, se pode esquecer de um Adolpho Lutz, que se exps aos perigos do tropicalismo para aliviar as pragas radicadas na linha do Equador ? Como, tambm, no se lembrar de Vital Brasil, pioneiro nos estudos da imunologia, nome reconhecido mundialmente ?

    ​Tanto quanto cabe neste espao,
    uma srie de grandes brasileiros
    que se dedicaram vida e como conserv-la no possvel aqui citar.

    ​Entre os primeiros dez anunciados pelo SBT, cada um atuando em sua rea, so todos eles grandes brasileiros. Contudo, no se pode medir sua qualidade nica de maior brasileiro porque no comparvel o xito e a benemerncia de um Oswaldo Cruz com um estadista como Juscelino Kubitschek, promotor de uma revoluo em nosso desenvolvimento.

    O que o SBT est realizando, de boa-f, certo, favorecer o encontro de um nome que no ser o maior brasileiro, mas um dos maiores, possivelmente at um dolo, mas, no ser por tal lembrana, que decorrer da pura emoo, que o pblico reconhecer um vulto maior como quer aquela emissora. E perder a grande oportunidade de revelar a seus espectadores a informao, que talvez ainda no a possuam, dos nomes que demonstradamente se empenharam pela vida, que nosso dom mais precioso, e se incluram no respeito at da comunidade internacional.

    Como o SBT ir declarar, por hiptese, que o mrtir da Liberdade, o Tiradentes, perca sua heroicidade diante de um nome vinculado ao esporte, que nos trouxe apenas alegrias momentneas ? Como valorar a dedicao de um Santos Dumont, que deu asas ao antigo sonho de voar, e afinal se despediu da vida pelo desvio de seu invento como arte de matar ?

    ​*Procurador do Estado


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 5, 2012

    Presidente da Abrajet de Santa Catarina d detalhes sobre o Congresso Nacional da entidade que ser realizado em IMBITUBA nos dias 20 e 21 de setembro. No Congresso ser eleita a nova diretoria a Abrajet Nadional.

                   Compra Coletiva Imbituba Ofertas e Descontos Compra Coletiva Imbituba   Ofertas e DescontosImbituba - SC

    CONHEA UM POUCO DE IMBITUBA

     Imbituba uma bela e jovem cidade porturia do litoral sul catarinense, distante cerca de 70 km de Florianpolis, colonizada por aorianos, italianos e outras etnias. (Segue vdeo wetransfer, sobre Santa Catarina)        
            
    Terra de povo ordeiro e trabalhador, dona de beleza mpar e rica gastronomia premiada internacionalmente. Alm de belas praias urbanas, o municpio conta ainda com a belssima Praia do Rosa, reduto de surfistas internacionais e ricas e belas pousadas, que oferecem conforto incomparvel, no setor e bem junto a deslumbrante natureza do local, considerada a mais bela Baia do Mundo.                 

    Nosso Congresso Nacional da Abrajet, estar inserido nas festividades da Semana da Baleia Franca, o que enriquecer ainda mais nossa programao, que ser definida at o dia 10 prximo.                 No entanto podemos adiantar que, est programada abertura solene, com coquetel j na quinta feira dia 20, com a presena de cerca de 130 jornalistas especializados em turismo, autoridades, convidados, acadmicos e o Trade Turstico.                

    Durante cerimnia de abertura, sero homenageadas dez personalidades ligadas ao setor turistico, entre  nacionais(quatro) e estaduais( seis,que sero votadas na prxima reunio de diretoria da ABRAJET/SC), com o I PREMIO ABRAJET/SC DE TURISMO.                

    Dentre as personalidades nacionais j nominadas  pela ABRAJET/NACIONAL,podemos destacar, o Governo de Pernambuco, atravs do seu chefe do executivo, AZUL Linhas Areas, Dr. Joo Luiz Moreira, Presidente da Confederao Nacional dos Conventions Bureau e Dona Marih Meirelles de Fonseca, Empresria da Hotelaria Baiana (Catussaba Hotel e Resort).                

    Aps a abertura solene na cidade de Imbituba, no dia seguinte, dia 21 os Jornalistas Congressistas, podero conhecer atravs de um fantour, as belezas e os atrativos da Regio Turstica dos Encantos do Sul, comeando pela bela e histrica Laguna(Bero de Anita Garibaldi e suas belas lagoas), Capivari de Baixo(sede da maior usina termoeltrica da Amrica Latina-Tractebel Energia), Tubaro(cidade das guas termais), Gravatal(suas guas quentes e seus hotis de nvel internacional), Urussanga(com suas vincolas) e a Serra do Rio do Rastro no municpio de Bom Jardim da Serra, a 1560 metros de altitude.                

    Aps ento, pretendemos retornar no sbado pela manh para a cidade anfitri, ou seja Imbituba, onde todos participaro das reunies de trabalho, com eleio da nova DIRETORIA DA ABRAJET/NACIONAL. Na noite de sbado todos sero brindados com  Show Nacional.

    Os detalhes ainda esto sendo viabilizados, o que nos prximos dias sero definitivamente anunciados. Portanto, FAA SUA INSCRIO, pois estamos ansiosos para receber a todos com aquele GRANDE E CARINHOSO ABRAO CATARINA.

    Alberto Gonalves de Souza      
    Pres.ABRAJET/SC

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 5, 2012

    TURISMO. Embratur tem novo diretor


    Tufi tem trajetria poltico-administrativa em Joinville
    e no governo estadual de Santa Catarina

    O administrador catarinense Tufi Michreff Neto
    assumiu a Diretoria de Administrao e Finanas da Embratur
    (Instituto Brasileiro de Turismo). 

    O novo diretor se reuniu durante o dia da posse  com o presidente do Instituto, Flvio Dino, diretores e assessores da presidncia para se interar da agenda e do planejamento das prximas aes. "Estou muito feliz com esse novo desafio da minha vida.

    Tive experincia no Poder Executivo em nvel municipal e estadual e agora a primeira experincia no executivo federal", disse o diretor. "A Embratur e o nosso pas vive um grande momento, e eu espero vir somar ao esforo de promoo internacional do Brasil".

    Bacharel em Administrao pela Faculdade Estcio de S de So Jos, em Santa Catarina, Tufi foi secretrio parlamentar no gabinete do deputado federal Mauro Mariani (PMDB-SC) at agosto deste ano e foi diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Urbanizao pela Prefeitura Municipal de Joinville de 2009 a 2011.

    Durante quatro anos (de 2005 a 2009), Tufi se dedicou ao Governo do Estado de Santa Catarina ocupando cargos no Departamento de Transportes e Terminais (DETER) da Secretaria de Estado da Infraestrutura. L foi gerente de Administrao e Recursos Humanos, diretor Administrativo e Financeiro, gerente de Administrao, Finanas e Contabilidade e, por fim, diretor de Transportes.  

    Alm disso, nos anos anteriores, foi assessor parlamentar na Cmara de Vereadores de Joinville, coordenador de Assuntos da Juventude na Secretaria de Educao e coordenador de Administrao e Financeiro na Casa da Cultura, ambos pela Prefeitura Municipal de Joinville. Tufi passou ainda pela Assemblia Legislativa do Estado de Santa Catarina como assessor parlamentar.  

    "O meu objetivo poder contribuir com a experincia que adquiri ao longo da minha vinda, principalmente na rea administrativa e financeira, nas atividades desenvolvidas pelo Instituto e colaborar com as aes previstas no Plano Aquarela, dando todo suporte necessrio", disse o diretor.

    DIRETORIA DE ADMINISTRAO E FINANAS - DAFIN de competncia da Diretoria de Administrao e Finanas coordenar e supervisionar a execuo das atividades relacionadas com os sistemas federais de planejamento e de oramento, de administrao financeira, de contabilidade, de administrao dos recursos de informao e informtica, de pessoal civil e de servios gerais. Fonte: Embratur

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 4, 2012

    Fim de privilgio na Assemblia de Minas.

    Fim de ajuda de custo
    e de reunio extra para deputado lei

     


    Foi publicada nesta sexta-feira (3/8/12), no Dirio Oficial "Minas Gerais", a sano da Lei 20.337, que extingue o pagamento, aos deputados, de duas parcelas de ajuda de custo, no incio e no fim de cada ano, e de participao em reunies extraordinrias. Essas alteraes foram propostas pela Mesa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, durante a tramitao do Projeto de Lei (PL) 3.329/12, de sua autoria.

    A justificativa que, alm de estabelecer uma reduo na despesa da Assembleia Legislativa, essas medidas integram um conjunto de aes que tm sido adotadas pela Casa para a fixao de um sistema mais apropriado de remunerao dos deputado.

    A partir de agora, somente sero pagas duas ajudas de custo aos deputados no perodo de quatro anos.  A votao de emenda nesse sentido, em 12 de julho, foi por unanimidade, a partir de um acordo assinado por lderes de bancada.

    Uma parcela ser paga no incio e outra no final do mandato dos deputados. O valor lquido da ajuda de custo de R$ 13.612,50, que corresponde ao valor do subsdio descontados os valores referentes ao Imposto de Renda e Previdncia.

    J o pagamento da participao dos deputados em reunies extraordinrias, agora extinto pela lei, j havia sido suspenso por determinao da Mesa desde abril do ano passado. Agora, os dispositivos que previam o pagamento foram revogados definitivamente (pargrafo 1 do artigo 2; o inciso I do caput do artigo 3; e os pargrafos 1 e 2 do artigo 3 da Resoluo 5.200, de 2001).

    A lei tambm reajusta em 4,4% os vencimentos dos servidores do Legislativo no ano de 2012, a partir de 1 de abril, e j est em vigor.

    Emenda
    que veda posse de suplente
    s no recesso promulgada

    A Mesa da Assembleia promulgou a Emenda Constituio Estadual (EMC) 90, de 2012, que veda a posse de suplentes de deputado durante o recesso parlamentar. A emenda teve origem em Proposta da Emenda Constituio (PEC) 8/12, encabeada o deputado Ulysses Gomes (PT) e assinada por outros 26 parlamentares.

    Promulgada em 13/7/12, a emenda altera o artigo 59 da Constituio Estadual. Com a modificao, a convocao de suplentes de deputado no recesso somente pode ocorrer na hiptese de convocao extraordinria da Assembleia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 4, 2012

    De volta

    Centro de Equoterapia
    retoma as atividades,
    com parceria entre Secretaria de Sade
    e Polcia Militar


    Mtodo teraputico utiliza cavalos
    na reabilitao de pacientes
    com deficincias neuromotoras
     ou sequelas de acidente vascular
    e traumatismo craniano



    Divulgao

    A equoterapia  um mtodo teraputico que utiliza o cavalo numa abordagem interdisciplinar das reas de educao, sade e equitao

    A equoterapia um mtodo teraputico
    que utiliza o cavalo numa abordagem interdisciplinar
    das reas de educao, sade e equitao


    A partir deste ms sero retomados os atendimentos equoterpicos no Centro de Equoterapia do Regimento de Cavalaria Alferes Tiradentes (Cercat), em Belo Horizonte. O tratamento desenvolvido graas parceria da Secretaria de Estado de Sade (SES) e Fundao Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) com a Polcia Militar.

    A equoterapia um mtodo teraputico que utiliza o cavalo numa abordagem interdisciplinar das reas de educao, sade e equitao. A Fhemig designou sete novos profissionais para o projeto sendo um fonoaudilogo, trs fisioterapeutas, um psiclogo, um ortopedista e um terapeuta ocupacional. Oito militares tambm atuam na atividade, totalizando 15 pessoas envolvidas nas atividades dirias. Os animais e o centro de equoterapia so da prpria PM.

    A equoterapia um mtodo de reabilitao para pessoas com deficincias neuromotoras e pacientes com seqelas de acidente vascular e traumatismo craniano. A tcnica utiliza o cavalo como um meio de alcanar objetivos teraputicos, pois age simultaneamente no sistema orgnico e psicolgico, alm de beneficiar o comportamento social.

    J nas primeiras sesses, o paciente apresenta melhora sensvel e uma grande interao com o animal. O Cercat atende uma mdia de 37 patologias diferentes, dentre elas, sndrome de west, sndrome de down, hiperatividade, autismo,  paralisia cerebral e hidrocefalia, entre outras.

    O secretrio de Estado de Sade em exerccio, Breno Simes, ressalta a importncia da manuteno dessa iniciativa, que favorece no s aos moradores da capital, mas tambm aos da Regio Metropolitana de Belo Horizonte. Ainda de acordo com ele, " visvel a importncia desse tipo de tratamento no auxlio e promoo da recuperao dos pacientes que requerem tratamentos especiais", completa.

    Responsabilidade social

    Na solenidade de reabertura, nessa quarta-feira (1), o presidente da Fhemig, Antnio Carlos de Barros Martins, afirmou que esse um projeto de responsabilidade social de grande relevncia, tendo em vista os benefcios aos participantes. "Pela importncia teraputica desse trabalho, ele contribui muito para o cumprimento da misso assistencial da Fhemig", afirmou. A iniciativa favorece no s aos moradores da capital, mas tambm os da regio metropolitana de BH.

    Segundo o comandante do policiamento especializado da PM, Coronel Carvalho, os servidores contratados tm capacidade para atuar de acordo com a nova legislao e proporcionar significativa melhora da qualidade de vida aos pacientes. " gratificante estarmos presentes na vida dessas pessoas e ajud-las no aspecto da sade. muito salutar para a PM estar envolvida nesse trabalho to grandioso", enfatiza.

    H grande demanda pela terapia com cavalos, principalmente devido comprovao da eficcia do tratamento no caso de crianas debilitadas. Cada sesso dura cerca de 40 minutos, sendo os dez primeiros voltados para a apresentao inicial, em que a criana afaga e brinca com o animal, para se familiarizar com ele.

    A iniciativa gratuita e voltada para o pblico em geral. A maioria dos pacientes oriunda de hospitais da rede pblica. Desde sua fundao, o Cercat j realizou quase 60 mil atendimentos. Atualmente, 250 pessoas esto sendo atendidas. O retorno principal a recuperao dos pacientes e a melhoria da qualidade de vida deles e da famlia: dados indicam que a melhoria dos atendidos pode chegar a 80%.

    Treinamento

    A Fhemig est oferecendo um treinamento para os servidores que atuaro no projeto, visando a capacitao profissional da equipe. O curso ser realizado na Associao Nacional de Equoterapia (Ande-Brasil), em Braslia, de 20 a 24 de agosto.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Agosto 4, 2012

    Em Juiz de Fora em debate o futuro da zona da mata mineira


    Legenda: Foto - Joice Castilho



    A Fiemg Regional Zona da Mata recebeu nesta quinta-feira (02), o simpsio Rotas para o Futuro - Plano de Desenvolvimento Industrial e Regional, um projeto do Sistema Fiemg que roda o estado para discutir temas de interesse de cada regio. A palestra proposta para a Zona da Mata foi sobre financiamento e desenvolvimento, proferida pelo presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Matheus Cotta de Carvalho.

    O pblico formado em sua maioria por empresrios, autoridades e lideranas institucionais lotou o auditrio. A abertura do evento foi feita pelo presidente da Fiemg Regional Zona da Mata, Francisco Campolina, que reforou a necessidade do desenvolvimento industrial da regio. Temos certeza que com a continuidade do Projeto Rotas para o Futuro e a atuao efetiva da Fiemg, estaremos criando caminhos que resultaro no pleno desenvolvimento da indstria local, afirmou.

    Em sua palestra, Matheus Cotta de Carvalho falou sobre os altos custos para as empresas se instalarem no pas e destacou que os incentivos fiscais so apenas um dos elementos de atrao. gua, energia, garantia de oferta, estrutura econmica e social, segurana, logstica e ocupao ordenada do territrio so aspectos decisivos para as empresas se instalarem em uma regio, em vrios desses itens Juiz de Fora se situa bem, pontuou. A desburocratizao do processo de liberao de crdito foi outra questo comentada por ele. O BDMG tem procurado criar condies de acesso ao crdito para os micro e pequenos empresrios, explicou.

    O presidente da instituio destacou tambm o trabalho realizado pelo Correspondente Bancrio BDMG e Posto de Informaes BNDES, situado na Regional. A Fiemg tem se destacado na proatividade da liberao de crdito e vem atuando firmemente na regio, ressaltou. Em 2012, o Posto j intermediou na Zona da Mata um total de R$57.126.634,50 em operaes aprovadas e liberadas.

    Logo aps a palestra, o presidente do BDMG participou de um debate, com um grande nmero de perguntas do pblico, mediado pelo presidente da Fiemg Regional ZM, Francisco Campolina, e com a participao o Gerente Regional Macro Leste do Sebrae-MG, Joo Roberto Marques Lobo, o secretrio municipal de agropecuria e abastecimento, Airdem Gonalves de Assis, e o diretor do Centro de Pesquisas Aplicadas da Fundao Joo Pinheiro, Roberto Marinho.

    Plano de Desenvolvimento Industrial e Regional

    A srie de eventos do Plano de Desenvolvimento Industrial e Regional rene lideranas empresariais e polticas locais, dirigentes sindicais, formadores de opinio, representantes acadmicos e instituies de apoio s regionais do Sistema Fiemg. O objetivo que juntos, possam discutir os temas propostos e construir rotas e solues para o desenvolvimento sustentvel das regies de Minas Gerais. O Plano de Desenvolvimento Industrial e Regional realizado em parceria com a VB Comunicao, o Sebrae-MG e a Fundao Joo Pinheiro.

    Joice Castilho Analista de Comunicao
    Fiemg Regional Zona da Mata



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 3, 2012

    Da srie: uma foto vale por mil palavras

                        

    O DESEMBARGADOR e presidente do TJ, Joaquim Herculano,
    com o jornalista e presidente da ABRAJET-MG, Joo Carlos Amaral
    (Foto: Waldez Maranho)

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 3, 2012

    Governador empossou a Defensora Pblica Geral de Minas, Andra Tonet - eleita com 77,09% dos votos.

    Durante a solenidade,
    o governador destacou
    os avanos conquistados
    pela instituio desde 2003





    Omar Freire/Imprensa MG

    Andra Abritta Garzon Tonet durante pronunciamento de posse

    Andra Abritta Garzon Tonet
    durante pronunciamento de posse


    O governador Antonio Anastasia empossou, nesta quinta-feira (2), em solenidade no Palcio Tiradentes, a defensora Andra Abritta Garzon Tonet no cargo de defensora pblica-geral. Andra foi reconduzida ao cargo para o binio 2012 - 2014, j que exerceu a funo de 2010 a 2012.

    Anastasia destacou a relevncia do papel da Defensoria Pblica dentro do cenrio institucional de Minas Gerais. Segundo ele, "ao longo dos ltimos anos, no houve nenhuma instituio no Estado de Minas Gerais que mais avanou em termos de consolidar sua posio no s administrativa e financeira, mas, sobretudo, de respeito da sociedade do que a Defensoria Pblica".

    A Defensoria presta assistncia jurdica, judicial e extrajudicial, integral e gratuita aos necessitados, compreendendo a orientao jurdica e a postulao e defesa de seus direitos e interesses em todos os graus e instncias.

    Andra Tonet encabeou a lista como a mais votada nas eleies, que foram realizadas no dia 19 de julho e teve a votao de 585 defensores. Com 451 votos, Andra obteve 72,16% dos votos.

    "O nosso projeto continuar crescendo e firmar a nossa autonomia, que preciosa para o defensor pblico e para a Defensoria Pblica. O Governo tem uma viso otimista e clara sobre essa questo. Hoje, no h controvrsia acerca da autonomia da nossa Defensoria Pblica. No h dvidas sobre o seu status jurdico e poltico", destacou a defensora pblico-geral, ao relembrar as conquistas da instituio desde 2003.

    Avanos

    De um oramento de R$ 25 milhes, em 2003, a Defensoria avanou para R$ 182,6 milhes de oramento, em 2012. No ano passado, realizou 407 mil atendimentos em todo o Estado.

    Para o governador Anastasia, em poucos anos, a Defensoria Pblica passou a ter "um protagonismo muito ativo, um papel de grande destaque e relevncia no mbito das questes pblicas de Minas Gerais, resultado, felizmente, de um processo permanente de amadurecimento da nossa civilizao".

    Perfil

    Natural de Coronel Fabriciano, no Leste de Minas, Andra Tonet formada em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professora de Direito Penal, lecionou na PUC e em diversos cursos preparatrios para carreira jurdica. Ingressou na Defensoria Pblica por meio do concurso pblico de 1994, tendo atuado no I Tribunal do Jri e na 6 Vara Criminal da Comarca de Belo Horizonte. Desde 1998, est lotada perante o Tribunal de Justia, onde titular da 2 Defensoria Especializada de 2 Instncia e Tribunais Superiores - Criminal.

    Tambm participaram da solenidade, o vice-governador Alberto Pinto Coelho, o presidente do Tribunal de Justia do Estado de Minas Gerais, desembargador Jos Herculano Rodrigues, o procurador-geral de Justia do Estado de Minas Gerais, Alceu Jos Torres Marques, e o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, conselheiro Wanderley vila. 




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 3, 2012

    Mulheres so maioria do eleitorado mineiro

    Minas Gerais
    tem 433 mil eleitoras a mais
    do que eleitores


    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta segunda-feira (30) as estatsticas atualizadas do eleitorado brasileiro. Os dados confirmam Minas Gerais como o segundo maior colgio eleitoral do pas, com 15.019.136 cidados. Destes, 48,505% (7.284.971) so do sexo masculino e 51,391% (7.718.443), femininos. 


    Minas permanece com sete municpios com mais de 200 mil eleitores, com chances de um segundo turno de eleies: Belo Horizonte (1.860.172), Contagem (432.894), Uberlndia (444.792), Juiz de Fora (386.662), Betim (256.683), Montes Claros (246.711) e Uberaba (213.388).

    Com relao a Governador Valadares, o municpio tem, hoje, exatos 199.692eleitores aptos a votar em outubro.  Por 309 inscries, no ultrapassou a faixa de 200 mil, o que daria a perspectiva de um segundo turno de eleies.
    Jovens e idosos em Minas 


    As estatsticas do TSE tm outros dados que chamam a ateno. Em Belo Horizonte, o nmero de eleitores com mais de 70 anos, que em 2010 era de 144,5 mil, saltou para 275,5 mil, em 2012. Destes, pouco mais de 160 mil so do sexo feminino. Em contrapartida, o nmero de eleitores da Capital, na faixa entre 16-17 anos, diminuiu de 15 mil, em 2010, para 13 mil, em 2012. 
    Enquanto na Capital o nmero de jovens entre 16-17 anos diminuiu, em Minas saltou de 247,3 mil para quase 290 mil, confirmando a tendncia de aumento dessa faixa etria no Estado nas eleies municipais.   
    O nmero de idosos com mais de 70 anos passou para quase 1,2 milho (era pouco menos de 1,1 milho, em 2010). Ainda comparando, quase 35% dos eleitores do Estado no completaram o ensino fundamental. Na Capital, 28% do eleitorado tambm se encontra nessa condio.

    Evoluo do eleitorado jovem em Minas Gerais (arquivo PDF) 
    Confira essas e outras estatsticas relativas ao eleitorado do Estado e do Pas no endereo: http://www.tse.jus.br/eleicoes/estatisticas .


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 3, 2012

    Sai aumento de 5,1% de reajuste anual para os servidores do Judicirio de Minas

     

    Foi publicada, no Dirio do Executivo desta quinta-feira (2/8/12), a Lei 20.333, de 1 de agosto de 2012, que fixa o percentual de reviso anual dos vencimentos e proventos dos servidores do Poder Judicirio do Estado referente ao ano de 2012. Originada do Projeto de Lei (PL) 3.298/12, que tramitou na Assembleia Legislativa de Minas Gerais e foi aprovado pelo Plenrio em 12 de julho, a nova lei estabelece o percentual de 5,1% como ndice para a reviso anual dos vencimentos dos servidores do Judicirio Estadual.

    O Tribunal de Justia, na justificativa da medida, destaca que o reajuste se refere recomposio remuneratria, em razo de perdas inflacionrias, e que o acrscimo no se estende aos servidores inativos, cujos proventos so reajustados conforme as regras do artigo 40 da Constituio Federal de 1988. Os valores tm efeito retroativo a 1 de maio deste ano.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 3, 2012

    Minas vai representar o Brasil no maior Congresso de Gastronomia do mundo em Madrid.

    Madrid Fusion
     rene jornalistas
    e chefs internacionais renomados;
    caf, cachaa e queijo iro simbolizar a cultura mineira



    O Estado de Minas Gerais foi escolhido para representar o Brasil no Madrid Fusion, um Congresso de Gastronomia que rene jornalistas internacionais e os melhores chefs do mundo. Alm da autenticidade e da tradio da sua gastronomia, Minas Gerais foi selecionada pelo fato de ser o primeiro Estado a apresentar - de forma clara - a convergncia de esforos para alavancar, ainda mais, a cultura gastronmica local. Nesta ao, o Governo Estadual e a iniciativa privada mostram, mais uma vez, sua unio para posicionar Minas Gerais como o "Estado da Gastronomia".

    As federaes do Comrcio (Fecomrcio Minas), das Indstrias (Fiemg) e da Agricultura e Pecuria (Faemg) se unem ao governo do Estado e apiam a iniciativa. Os detalhes da participao mineira sero acertados durante a visita dos organizadores do Madrid Fusion ao Estado, no final do ms, durante a realizao do 15 Festival de Gastronomia de Tiradentes.

    Na prxima edio do Madrid Fusion, entre os dias 21 e 23 de janeiro de 2013, na Espanha, o caf, o queijo e a cachaa so os produtos escolhidos para representar a culinria mineira. O Estado foi escolhido durante a 10 edio do Madrid Fusion, realizada em Guanajuato, no Mxico.

    O evento

    O Madrid Fusion a reunio da cpula internacional da gastronomia de alto nvel e o mais importante evento do ramo no mundo. O encontro rene renomados chefs para apresentar as ltimas inovaes no campo da gastronomia. Outros pases como Mxico, Peru, Coria do Sul, Austrlia e Singapura j foram convidados para o Festival. Realizado anualmente, o Madrid Fusion teve a sua primeira edio em 2002, na Espanha. Em 2011, o Congresso reuniu mais de 1.100 jornalistas, o que demonstra o poder da gastronomia na sociedade.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 1, 2012

    Comit da Bacia do rio So Francisco tem novo gestor

    Anivaldo de Miranda o novo presidente do CBHSF

    Os membros titulares do Comit da Bacia Hidrogrfica do Rio So Francisco, reunidos em Braslia para a XXI Plenria do colegiado, elegeram na manh de hoje, dia 1 de agosto, o seu novo presidente: Anivaldo de Miranda Pinto. Ele foi eleito por unanimidade e sob aplausos da plateia, tendo sido a nica candidatura proposta durante a plenria, ocorrida no auditrio da Agncia Nacional de guas- ANA.

    Representante do Frum de Defesa Ambiental (FDA), de Alagoas, Anivaldo de Miranda ter um mandato temporrio de aproximadamente um ano. Sua eleio ter o objetivo de completar o mandado iniciado por Geraldo Jos dos Santos. Uma nova eleio, desta vez pelo perodo regulamentar, ocorrer em 2013. At l, Anivaldo pretende restituir normalidade o funcionamento institucional do Comit, promovendo aes de acompanhamento rigoroso da aplicao dos recursos gerados pela cobrana da gua do Rio So Francisco.

    A plenria teve o quorum necessrio para a eleio desde o seu incio e contou com a presena de representantes dos governos da Bahia, Minas Gerais, Alagoas, Sergipe e Pernambuco, alm de integrantes de organismos federais, incluindo os Ministrios da Integrao, Meio Ambiente, Planejamento e Minas e Energia. A coordenao dos trabalhos esteve a cargo de Roberto Lobo, coordenador da CTAI (Cmara Tcnica de Articulao Institucional), responsvel pelo processo eleitoral no mbito do comit.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 1, 2012

    Artigo Especial do senador Acio Neves na Folha de SP

    Criada na antevspera do final do primeiro ciclo da Era Vargas, a Consolidao das Leis do Trabalho (CLT) cumpriu misso fundamental ao regular as relaes entre trabalhadores e empregadores em um pas que ensaiava os passos na construo de uma economia industrializada, moderna e diversificada.

    Sete dcadas depois, as aceleradas transformaes que ocorrem em nvel global mostram que o mundo das relaes trabalhistas cobra da sociedade um novo olhar, contemporneo, compromissado com o futuro e sustentado por polticas pblicas e empresariais objetivas, capazes de abrir oportunidades para um maior nmero de brasileiros.

    O desafio hoje outro e est na criao de um ambiente que incentive a gerao de empregos de qualidade e remova distores histricas inaceitveis, conforme mostra o relatrio, da Organizao Internacional do Trabalho, Perfil do Trabalho Decente no Brasil.

    O estudo indica que precisamos avanar muito para corrigir discrepncias que penalizam mulheres, negros -homens e mulheres- e tambm trabalhadores domsticos.

    Os salrios pagos s mulheres no perodo abrangido pelo estudo -at 2009- eram 17,3% menores que a remunerao dada aos homens. Tambm a taxa de formalidade feminina era menor que a dos homens -50,7% contra 57,7%.

    No caso dos trabalhadores negros, as discrepncias so mais perversas, com salrio 30% menor que o pago a um trabalhador branco na mesma funo. A situao ainda pior para mulheres negras, que recebiam apenas 40,3%.

    Penalizando a todos, permanece elevada a informalidade no emprego. A taxa de formalidade, embora tenha crescido, ainda era de 54,3% em 2009, deixando ao relento quase a metade dos trabalhadores brasileiros.

    No caso dos empregados domsticos, a situao mais crtica, com a taxa girando em pouco mais de 6% em alguns Estados do nordeste -empregos ocupados principalmente por mulheres predominantemente negras. Nesta categoria, o mais alto ndice de formalizao chega a 38% apenas em So Paulo.

    Os 2.496 dispositivos pendurados na CLT ao longo dos ltimos 70 anos -922 artigos, mais a legislao acessria e smulas de tribunais- mostram-se incuos para reverter esse cenrio e comprovam que passou da hora de se instalar um debate para modernizar as relaes trabalhistas no pas.

    Lembro que esta uma entre tantas reformas estruturais que o Brasil continua devendo aos cidados e que acabaram sublimadas ou pela falta de vontade poltica ou pela urgncia de matrias que interessam de perto ao governismo e ao seu projeto de poder.

    Uma dcada depois, as antigas reformas constitucionais continuam sendo as novas reformas ainda por se fazer.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail