Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16300)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019
    Julho, 2019




    .

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 29, 2012

    Milho Verde!!!

    20 Festa do Milho Verde foi lanada com sucesso
    Afinal se o campo no planta, a cidade no janta

    Foi com estas palavras que o presidente da FETAESC, Jos Valter Dresh definiu, durante o jantar de lanamento, nesta tera-feira, a importncia do evento para o municpio e para todo o Estado. O Sindicato dos Trabalhadores Rurais apresentou uma prvia, no Plaza Caldas da Imperatriz, do que ser a 20 edio da Festa do Milho Verde. A confraternizao reuniu empresrios, imprensa, associados, autoridades municipais e estaduais.

    A festa ser realizada entre os dias 9 e 11 de maro, no parque de Exposies Prefeito Orlando Becker, porm, a partir deste jantar de lanamento, a culinria de Santo Amaro da Imperatriz, especificamente a que tem como base o milho verde, estar em destaque nos prximos dias.

    As mais diversificadas receitas sero criadas pelas trabalhadoras rurais do municpio, apresentadas e apreciadas pelos visitantes desta grande festa gastronmica.
    Para enfatizar a importncia do evento o presidente do Sindicato, Edson Ricardo Rachadel destacou a atitude louvvel dos agricultores que h 20 anos resolveram transformar seu rduo trabalho em uma festividade que colabora, at hoje, com o sustento e qualidade de vida dos trabalhadores da regio.

    O Secretrio de Agricultura do Municpio e coordenador do evento neste ano, Odir Solano Folster afirmou que todos tm responsabilidade para garantir o sucesso e com isso convocou os Secretrios Municipais a suarem a camisa em prol da festa.

    O diretor geral da SDR da Grande Florianpolis, Flvio Bernardes levou aos participantes um abrao do Secretrio Renato Hinnig, a quem representou e garantiu apoio da Secretaria ao evento.
    O prefeito Edsio Justen reforou o pedido de ajuda aos Secretrios Municipais e ressaltou a importncia do ato para que os agricultores jamais desanimem e continuem realizando esta festa maravilhosa por muitos e muitos anos, comprometendo-se assim a auxiliar o evento no apenas com infraestrutura e mo de obra, mas tambm com recursos financeiros.

    Pamonha gigante
    A pamonha gigante est entre as grandes atraes da festa. Todo ano distribuda gratuitamente no ltimo dia do evento. Em 2011 pesou 541 quilos e foi confeccionada com cerca de seis mil espigas de milho. O processo para fazer a pamonha levou mais de 40 horas, entretanto, o tempo de consumo da iguaria fica, em mdia, em uma hora.

    O evento rene em um s lugar lazer, cultura e gastronomia tpica, envolvendo toda a famlia com msica, parque de diverses, exposio e venda de orqudeas, feira de artesanato e produtos diversos, praa de alimentao, desfile para escolha de rainha e princesas e muito mais.

    Programao
    A festa comea no dia 9, s 19h. A escolha da Rainha e Princesas tem incio s 21h. Neste ano 12 meninas, que foram apresentadas durante o jantar de lanamento, esto concorrendo aos ttulos: Letcia Amanda Steinbach; Tayna Ottersbach; Gessica Ottersbach; Camila D. Garcia; Bruna Vargas; Pmella Coelho; Luana dos S. Martendal; Thaiane dos S. Martendal; Tainara Machado; Fabiana Jose; Debora Jutel e Jaiana Machado Antero.
    Depois do desfile a noite segue com shows de Nosso Swing; Rodrigo Barreto e Grupo Legio.

    No sbado a festa abre mais cedo, s 11h, pois haver almoo colonial com gastronomia tpica e churrasco. Os visitantes podem conhecer a Exposio de Orqudeas, a feira multisetorial e de artesanato, a praa de alimentao e o parque de diverses. A noite ter Djs e shows com Bizarr; Grupo Em Cima da Hora e Tchelo. O show nacional fica por conta de Eric & Matheus, dupla que est em alta nas rdios com a msica P PEG.

    No domingo, ltimo dia, os portes abrem ainda mais cedo, a partir das 09h30. A tradicional missa campal comea s 10h. Neste dia toda a famlia tambm pode se reunir para apreciar almoo tpico e as outras atraes da festa. A partir das 15h a to esperada pamonha gigante, com cerca de 500 quilos, chegar ao parque e ser distribuda gratuitamente. A tarde segue com shows de Maiara Coelho; Gabriel Reis e Grupo Fronteiras.
    Informaes no www.festamilhoverde.com.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 29, 2012

    Boa notcia

    Prorrogado o prazo
    para inscriesem patrocnio
    de projetos culturais

    Foi prorrogado at 21/03 o prazo de inscrio no sistema de seleo dos Correios para o patrocnio de projetos culturais. A empresa est disponibilizando, por meio de edital, cerca de R$ 10 milhes para o patrocnio desses projetos. As inscries podem ser feitas no site www.correios.com.br.

    Os projetos, nas reas de Artes Cnicas Dana e Teatro, Artes Visuais, Artes Integradas, Audiovisual, Humanidades e Msica sero selecionados para o perodo de julho de 2012 a maro de 2013.

    Os patrocnios contemplam projetos a serem desenvolvidos nos Centros Culturais Correios do Rio de Janeiro, de Recife e de Salvador; nos Espaos Culturais Correios de Fortaleza e de Juiz de Fora e no Museu Nacional dos Correios em Braslia.

    A seleo de projetos culturais nos Correios feita por meio de editais pblicos desde 2004, o que confere transparncia destinao dos recursos, por meio de regras e critrios claros e objetivos para anlise e seleo das propostas. Outro benefcio o acesso democrtico de produtores e grupos culturais ao processo de seleo de patrocnios.

    Com essas aes, os Correios possibilitam o acesso dos cidados aos bens culturais, contribuindo para a valorizao da memria cultural brasileira e para o fomento e preservao da identidade cultural do Pas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 29, 2012

    Sintonia com a modernidade

    Seven na Campus Party 2012: mais atualizao e inovao tecnolgica
    Palestras, oficinas, debates e mais de 500 horas de contedos atualizados levaram a Seven Internet Campus Party, maior evento de inovao tecnolgica, internet e entretenimento eletrnico em rede do mundo. Neste ano, o diretor da empresa, Alexandre Neves, destacou a Semana IPv6 iniciativa que testou o funcionamento de redes e servios baseados nesse novo protocolo como um dos pontos principais da edio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 29, 2012

    Minas na Bolsa de Turiamo em Portugal

    SETUR PARTICIPA DA BTL EM LISBOA

    A Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais, em parceria com a Belotur e Embratur, participa, entre os dias 29 de fevereiro e 04 de maro, da Bolsa de Turismo (BTL), em Lisboa. Nesta edio, o Brasil pas anfitrio.

    BTL

    Considerada uma das principais feiras de turismo e negcios da Europa, a BTL - que est em sua 23 edio - apresenta um significativo nmero de participantes. Em 2011, o evento contou com a participao de mais de 990 expositores, envolvendo 43 pases. Para 2012, so esperados 75 mil visitantes.

    Mercado Portugus

    Portugal o nono pas emissor de turistas para o Brasil. De acordo com o Ministrio do Turismo, De acordo com o Anurio Estatstico da Embratur, em 2010, foi registrada a entrada de 189 mil turistas portugueses no Brasil. Ainda de acordo com a Embratur, 31,5% dos portugueses que viajam para o Brasil so motivados pelo lazer e 20% pelo turismo de negcios e eventos.

    Portugal o segundo pas que mais emite turistas para Minas Gerais. Em 2010, mais de 6 mil turistas portugueses visitaram o Estado. Minas Gerais possui, desde 2008, ligao direta com Portugal, por meio do voo operado pela TAP, com cinco frequncias semanais, que liga Belo Horizonte a Lisboa.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 29, 2012

    Coloque na agenda: 8 de maro em BH

    SERGIPE E PORTO DE GALINHAS
    TRAZEM NOVIDADES AO
    7 MINASTUR

    A Secretaria de Turismo de Sergipe (Setur) e a Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur) expem no 7 MinasTur um grande painel confeccionado com Renda Irlandesa, produzido pelas artess do municpio de Divina Pastora. Sergipe j tem tradio no Minastur e no poderamos ficar de fora deste grande evento. Estamos levando o segmento sol e praia, alm de divulgar ainda mais nossas tradies e arte, atravs da Renda Irlandesa, j que somos o nico estado a produzir esta arte em todo o Brasil, disse o secretrio de Turismo, Elber Batalha.


    J Porto de Galinhas estar bem representado por meio da Associao dos Hotis de Porto de Galinhas (AHPG) e as novidades mais recentes dos seus 11 empreendimentos associados.

    Dois dos principais resorts do balnerio, o Summerville Beach Resort e o Nannai Beach Resort, apresentam seus novos servios de spa, como o Kur Boutique (da empresa do grupo Kurotel Centro de Longevidade) e o Spa by LOccitane, respectivamente.

    Outra novidade o lanamento do Best Western Plus Viv Porto de Galinhas, primeiro hotel no Brasil da rede norteamericana e considerado um empreendimento verde em funo das iniciativas sustentveis. O mercado mineiro o segundo maior emissor de viajantes para Porto de Galinhas, perdendo apenas para o paulista, o que justifica nossa presena em peso no Minas Tur, justifica o presidente da AHPG, Otaviano Maroja.

    Minastur
    O maior evento de turismo da regio ser realizado dia 8 de maro, de 12h30 s 20 horas, na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte.

    So esperados mais de 1500 agentes de viagens que conhecero os produtos e servios de cerca de 450 expositores, entre hoteleiros, companhias areas, operadoras de viagem e fornecedores da cadeia produtiva do turismo nacional e internacional.

    O evento uma realizao da Promove Eventos, responsvel pelos maiores eventos do ramo de turismo profissional. Conta com patrocnio da CVC, TAM, BHC&VB e Secretarias de Turismo de Paraba, Sergipe e So Luis do Maranho; e apoio da Girau Operadora.

    SERVIO
    7 Minastur
    Data: 8 de maro
    Horrio: 12h30 s 20 horas
    Local: Serraria Souza Pinto - Avenida Assis Chateaubriand, 809, Floresta, Belo Horizonte MG
    Telefone: (64) 3636-2202
    Site: www.feiraspromove.com


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 29, 2012

    Alvio para Acio? Serra diz que pensa em Presidncia s 2018

    Depois de decidir entrar na corrida pela Prefeitura de So Paulo, o ex-governador Jos Serra (PSDB) afirmou a aliados que ainda no enterrou o sonho de ser candidato a presidente da Repblica. Disse, no entanto, que se vencer a disputa de outubro pretende cumprir os quatro anos do mandato de prefeito.

    Para os aliados, a declarao uma sinalizao de que Serra no est fora da disputa nacional. Na segunda-feira, 27, em entrevista ao Estado, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso declarou que a disposio de Serra a se candidatar a prefeito o revitalizava e que no o tirava da corrida presidencial, ao lado do senador mineiro Acio Neves (PSDB).

    Serra disse aos interlocutores que o eleitorado paulistano no perdoaria uma segunda renncia do cargo de prefeito. Em 2006, o ex-governador deixou a Prefeitura para disputar o governo do Estado. Em 2010, tambm abandonou o Palcio dos Bandeirantes nove meses antes do trmino do mandato para disputar a eleio presidencial.

    Leia mais emSerra ainda acalenta sonho da Presidncia

    Leia tambm um sonho voltar a ser prefeito de So Paulo, diz Serra




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 28, 2012

    Turismo no Mxico. Dia 6 de maro um grupo de jornalistas mineiros da ABRAJET(que eu, presido em Minas), com o presidente da ABRAJET So Paulo, Claudio Oliva segue para CANCN no Mxixo para um FANTUR Business. A parceria vai levar 7 jornalistas especializafdos em turismo a conhecer o potencial de negcios, divertimento e lazer de CANCN ( conhecendo o grupo ROYAL HOLIDAY) com visita a Cozumel. O nosso grupo, em parceria com a COPA AIRLINES sai do Aeroposto Tancredo Neves em Confins rumo ao Mxico - com escala no Panam. a primeira parceria "caf (SP) com leite(MG)", que eu presidente da Abrajet Minas e Claudio Oliva,Abrajet SP, concretizamos na nova fase das ales abrajetianas em todo o pas. Vamos cobrir todos os detalhes para voc que acompanha nosso BLOG DE NOTCIAS, os jornais MG Turismo, Edioo do Brasil, Turismo de Minas, jornal de Paraopeba e os sites da Abrajet. Fique atento!!!

                       Copa airlines passagens aereas promocionais

                                            
                                            

                                            

                                            

                                            

                                          

    A COPA AIRLINES. dirigida em Minas,
    pela competente e experimentada profissional
    JACQUELINE LEDO,
    a emprea que vai levar ida e volta
    a comitiva de jornalistas da Abrajet Minas
    e de So Paulo.
    Parceria indita
    que marca as novas administaes
    das Abrajets de Minas e de So Paulo.


                      
    Claudio Oliva e Joo Carlos Amaral
                      colocaram em prtica a famosa "poltica do caf com leite"
                     SP-MG no Turismo.

    Resultado: foi feita aprimeira parceria de uma viagem Business/Turstica internacional, india. Nossa Abrajet e a de SP levam seis jornalitas ao Royal Holiday em Cancn e Cozumel no perodo de 6 a 11 de maro, para conhecer e escrever, fotografar e divulgar o potencial e as belezas mexicanas. 

    Seguem na comitiva, pela COPA AIRLINES, saindo do Aeroposto Tancredio Neves em BH com escala no Panam: Joo Carlos Amaral (pre. Abrajet Minas), Carlos Oliva (Abrajet SP) e os diretores, Leila Mara, Walter Freitas, Srgio Moreira, Marden Couto e Srgio Neves.


    Tradio mexicana
    e praias exuberantes
    com a exclusividade de Los Cabos

    O paraiso dos mergulhadores
    tem atraes tambm para surfistas e turistas
    que procuram uma bela praia com sol durante o ano todo

                                       

    Um Mxico americanizado. a primeira impresso que se tem do corredor turstico de Los Cabos. Situado na Baixa Califrnia, as cidades de Cabo San Lucas e San Jos del Cabo so destino tanto para endinheirados quanto para os surfistas. A grande influncia norte-americana se mostra nas redes de fast food e nos servios, mas isso no significa a ausncia dos mariachis e da pimenta mexicana.

    Alm de toda a cultura do lugar, Los Cabos conhecido principalmente por seus resorts luxuosos beira-mar e seus exuberantes campos de golf, entre os melhores do mundo. O sol presente em praticamente todos os meses do ano num cenrio de rochas, cacto, areia e mar tambm importante para a recepo dos turistas, que so muitos. Mensalmente, o destino recebe cerca de 70 cruzeiros que desembarcam seus viajantes por pelo menos um dia nas praias da regio.

    Cada cidade separada por quase 30 km. Mas no s o corredor que as divide. Em San Jos possvel viver uma verdadeira experincia mexicana, com casas coloridas, o tpico ritmo rancheiro e a apimentada comida desde o tradicional desayuno at o final do dia. considerada a capital cultural do destino. Quem visita a cidade pode ficar horas em uma galeria de arte, cavalgar na praia, ou simplesmente aproveitar as areias para 'pegar uma cor'. L, tradio e tranquilidade prevalecem. No centro da cidade, voc pode percorrer ruas repletas de histria, rvores e estilo colonial.

    J Cabo San Lucas, no outro extremo, no conhecida como terra do nunca em vo. Representando o lado animado e festivo de Los Cabos, a cidade proporciona noite agitada tanto nos restaurantes de gastronomia internacional quanto nas casas noturnas. Mas o destino no s para os solteiros em busca de festa. cenrio tpico de lua de mel. Principalmente pela Praia dos Amantes, onde o contraste das areias brancas com o azul do mar e as rochas que o cercam do o tom romntico para os casais de turistas.

    Atrao o que no falta Desde a sua chegada a Los Cabos, feita pelo Aeroporto Internacional de Los Cabos a 13 km de San Jos, o ideal para aproveitar todos os cantos do corredor turstico alugar um carro. E logo na estrada que liga as duas cidades j comeam as atraes. Mirantes, restaurantes e praias compem o visual do viajante, preparando os olhos para o que vem a seguir.

    Unindo histria e exuberncia natural com maestria, a regio oferece atraes imperdveis antes mesmo de o turista chegar at o j famoso litoral mexicano. Em San Jos, por exemplo, o Los Cabos Centro Cultural parada obrigatria para quem quer conhecer um pouco da cultura local por meio das apresentaes de dana, teatro ou pela exibio dos costumes regionais.

    Mas no da pra negar que as praias merecem um capitulo a parte. Seja para os surfistas, que se arriscam nas ondas - no gigantes, mas radicais o suficiente - de Punta Palmilla ou Acapulquito, ambas em San Jos. Ou para os mergulhadores, que encontram em Los Cabos o maior e mais bonito aqurio do mundo - segundo o pesquisador Jacques Cousteau. As praias de Cabo Pulmo e El Mdano so as principais para a prtica do esporte com suas enseadas cheias de cavernas, uma flora extica e animais como arraias, lees-marinhos e golfinhos.

    Conforto garantido Cercada de grandes meios de hospedagem, Los Cabos tem alguns destaques. O Park Royal Los Cabos, do grupo mexicano Royal Holiday um dos principais. Situado no meio do campo de golf de San Jos del Cabo, um resort diferente principalmente pela dimenso de suas sutes e cozinhas. Ali, a qualidade dos servios e a boa localizao representam a prioridade pelo conforto.

    O resort faz parte da rede Park Royal, que ainda conta com outros 7 hotis no caribe mexicano e 1 em Porto Rico. A rede comandada pela Royal Holiday, uma companhia de frias programadas que atua no Brasil desde 2005, comercializando viagens em um sistema exclusivo de pontos aos seus associados. A empresa tem 180 destinos ao redor do mundo, alm de sua rede prpria. Los Cabos tem feito grande sucesso entre os scios no pas, que j so mais de 6 mil famlias. Tanto que, turistas brasileiros representam a terceira nacionalidade que mais visita o destino.

    O Park Royal Los Cabos fica no retorno Playa Auti, 27, em San Jos del Cabo. Mais informaes em http://park-royalhotels.com/.

    www.assimptur.com.br






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 27, 2012

    Atrao na Band

    TV Band estreia a srie de sucesso 24 Horas

    A TV Band exibe a partir desta segunda-feira, dia 27 de fevereiro, a 1 temporada da consagrada srie norte-americana "24 Horas". A srie mostra as 24 horas na vida do agente federal Jack Bauer (Kiefer Sutherland). A cada temporada, Jack deve evitar atentados contra os Estados Unidos como ameaas de bombas, vrus, tentativas de assassinatos, alm de prestar proteo aos integrantes do alto escalo do governo norte-americano.

    A srie, uma co-produo da FOX, sucesso de crtica mundial e j foi exibida em mais de 50 pases. Venceu diversos prmios, entre eles o Emmy Awards (Melhor Msica, edio, ator, diretor e mixagem) e o Globo de Ouro de melhor srie dramtica e melhor ator para Kiefer Sutherland.

    A Band exibe a 1 temporada de "24 Horas" de 27 de fevereiro a 6 de abril s segundas, teras, quintas e sextas, s 21h20.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Fevereiro 26, 2012

    A semana na Assemblia de Minas

    Oito eventos, entre audincias pblicas e visitas, esto programados para a semana de 27/2 a 2/3/12 na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O transporte em municpios da Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e a apurao de denncias sobre possvel manipulao de dados sobre a criminalidade no Estado so alguns dos temas que sero debatidos pelas comisses.

    Na segunda-feira (27), a Comisso de Direitos Humanos realiza nova audincia pblica na tentativa de solucionar o impasse que envolve a comunidade Dandara, no bairro Cu Azul, em Belo Horizonte. O objetivo buscar um consenso entre o Governo do Estado, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e os moradores da comunidade, que se veem ameaados de despejo. A reunio, solicitada pelo presidente da comisso, deputado Durval ngelo (PT), ser realizada no Auditrio, s 9h30.

    Em dezembro do ano passado, a comisso ouviu autoridades e moradores da comunidade, que criticaram a PBH pela resistncia em solucionar o conflito envolvendo a posse do terreno invadido. As mais de mil famlias que vivem no terreno, que pertence Construtora Modelo, defendem que a rea seja desapropriada pelo poder pblico.

    Transporte na RMBH- Com o objetivo de intermediar uma soluo para os taxistas que atuam no Colar Metropolitano da RMBH, especialmente na regio de Sete Lagoas, e obter esclarecimentos sobre a fiscalizao desses txis por parte de BHTrans, Polcia Militar e DER-MG, a Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte se rene na tera-feira (28), a partir das 10 horas. A audincia ser no Auditrio e foi solicitada pelo deputado Dulio de Castro (PMN).

    Mobilidade urbana - Na quarta-feira (29), a Comisso de Educao, Cincia e Tecnologia vai receber o estudante de arquitetura Kaiod Leonardo Biague, autor de um dos projetos vencedores do Prmio Jovem Cientista 2011, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientfico e Tecnolgico (CNPq), que trata de uma alternativa para o transporte pblico de Belo Horizonte, baseada na sustentabilidade. De acordo com o autor do requerimento que originou a reunio, deputado Carlin Moura (PCdoB), o objetivo conhecer o projeto e incentivar outros jovens a investir na rea da pesquisa. A reunio acontece no Plenarinho II, s 10 horas.

    Ainda na quarta (29), as Comisses de Direitos Humanos e de Segurana Pblica realizam audincia pblica conjunta para debater a possvel manipulao de dados nos Registros de Eventos de Defesa Social. A denncia de que estatsticas oficiais de criminalidade estariam sendo distorcidas pelo Governo do Estado. As denncias so graves. Precisamos de dados confiveis para definir polticas pblicas na rea de segurana, afirma o deputado Sargento Rodrigues (PDT), que solicitou a reunio juntamente com os deputados Durval ngelo e Rogrio Correia (PT). A audincia est marcada para as 10 horas, no Auditrio.

    Incluso - A Comisso de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficincia realiza, tambm na quarta-feira (29), uma visita Associao Mineira de Paraplgicos, com a finalidade de conhecer os trabalhos desenvolvidos pela entidade. Requerida pelos deputados Doutor Wilson Batista (PSD), Marques Abreu (PTB) e Sargento Rodrigues, a visita ser s 15 horas, na sede da Associao (Av. do Contorno, 2.655 - Santa Efignia).

    Comisso discute situao de expositores da Feira do Mineirinho

    O procedimento a ser adotado a fim de garantir a gerao de trabalho e renda para os expositores da Feira de Artesanato do Mineirinho ser discutida em audincia que a Comisso de Cultura realiza na quarta-feira (29), s 16 horas, no Auditrio. A reunio, que foi solicitada pelo deputado Rogrio Correia, tambm pretende analisar a possibilidade de transferir a feira provisoriamente para outro local durante as obras de reforma do estdio.

    Ainda na quarta (29), a cidade de Caet vai receber a Comisso de Transporte, Comunicao e Obras Pblicas, para debater a questo do transporte intermunicipal de passageiros. A reunio acontece s 20 horas, no Salo Paroquial So Francisco de Assis (Praa da Matriz , s/n, bairro Jos Brando), e atende a requerimento do deputado Clio Moreira (PSDB).

    O ltimo evento da semana ser realizado pela Comisso de Segurana Pblica, que visita na sexta-feira (2), s 15 horas, a Delegacia de Polcia de Mariana, para conhecer suas instalaes e o trabalho desenvolvido pelo delegado Luciano Teixeira Moreira. A visita foi requerida pelos deputados Joo Leite (PSDB) e Sargento Rodrigues e pela deputada Maria Tereza Lara (PT).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 25, 2012

    Brasileiros felizes da vida!!!!

    Populao brasileira
    a quarta mais feliz do mundo,
    diz pesquisa

    Estudo apontou que 30% dos brasileiros
    disseram estar muito felizes com suas vidas.
    A mdia global foi de 22%

    O Brasil o quarto pas mais feliz do mundo. Quem afirma o instituto Ipsos. Em estudo encomendo pela What Makes You Happy Magazine, o rgo apontou que 30% dos brasileiros disseram estar muito felizes com suas vidas. A mdia global foi de 22%, nos 24 pases estudados.

    Realizada em novembro de 2011, a pesquisa usa como critrio para aferir a felicidade a declarao dos prprios entrevistados. Entre as mais de 18 mil pessoas ouvidas, 77% se disseram felizes. O estudo apontou aumento da satisfao no mundo, apesar da crise econmica e conflitos recentes. Em 2007, data da pesquisa anterior, a mdia de muito felizes era de 20%, dois pontos percentuais abaixo da atual.

    Um dado interessante do estudo que a Amrica Latina foi a regio mais feliz do mundo. Segundo os dados, 32% dos habitantes se declarando muito felizes, contra 27% na Amrica do Norte e 24% na sia/Pacfico e frica/Oriente Mdio. Na Europa, foco de crise econmica recente, o nvel de felicidade est abaixo da mdia: apenas 15% se declaram muito felizes.

    Entre os 24 pases pesquisados, a Indonsia a nao mais feliz. Mais da metade da populao (51%) declarou-se muito feliz. Logo atrs vem a ndia e o Mxico, empatados com 43%. O Brasil, por sua vez, est em quarto, com 30%, ao lado da Turquia. Ainda assim, em relao a ltima pesquisa, o pas perdeu nove pontos percentuais do total de pessoas muito felizes. O paradoxo estabelecido pela Hungria. Somente 6% da populao se declarou muito feliz.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 25, 2012

    Caf!!!

    Atlas do Caf ir aumentar
    qualidade do produto no Brasil


    Para aumentar ainda mais a qualidade do caf brasileiro, a Fundao Ezequiel Dias (Funed) lanou o Atlas de Microscopia de Caf torrado e modo (Coffea sp). A obra servir como fonte de consulta e apoio tcnico para laboratrios que realizam anlises de vigilncia sanitria do produto. O compndio traz informaes sobre o processo produtivo do caf, plantio, colheita, alm de processamento e identificao de fraudes.

    De acordo com o presidente da Comisso de Sade da ALMG, deputado Carlos Mosconi (PSDB), ns estamos consumindo muito mais caf, devido melhoria na qualidade do produto. Minas um dos Estados brasileiros que mais produz caf. E cerca de 50% do caf produzido em Minas vem da regio Sul do Estado. Por isso, sabemos da responsabilidade em se produzir caf com um nvel de excelncia que agrade a todos os consumidores. Esse Atlas ir contribuir para que as fraudes existentes no mercado no perdurem, disse Mosconi.

    Fraudes. As impurezas encontradas no caf foram armazenadas em banco de imagens e esto disponibilizadas no Atlas. De acordo com a chefe do Servio de Microscopia da Funed, Virgnia Del Carmen, das 136 amostras de caf analisadas, 16% apresentaram impurezas acima da taxa permitida. Identificamos espcies vegetais utilizadas no meio do caf, como o milho, aa, triguilho, cacau, soja, feijo, cevada e arroz. Tambm encontramos cascas e paus.

    Para o presidente da Funed, Augusto Monteiro Guimares, esse trabalho representa o importante papel de Minas como referncia nas aes de promoo da sade da populao. O Atlas produzido pela Funed em parceria com a Anvisa ser distribudo, gratuitamente, para toda a Rede Nacional de Laboratrios de Sade Pblica, laboratrios parceiros em anlise de caf e instituies de ensino e pesquisa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    6 anos!!! Nver do nosso BLOG DE NOTCIAS, nesta sexta-feira. Agradeo a sua leitura e aos meus apoiadores business. Vamos em frente, sempre!!!

    6 ANOS!!! Nosso BOLG DE NOTCIAS est fazendo hoje 6 ANOS ininterrupto na Blogosfera.
    Nestes 2.190 dias editamos mais de 8.000 notcias lidas por
    cerca de 20 milhes de acessos no Basil e mais
    uma mdia de 50 paises espalhados pelo mundo.
    OBRIGADO, de corao, pelo seu acesso que nos mantm entusiasmado e incansvel no trabalho de formiguinha eletrnica na blogosfera.
    Continue a nos prestigiar e um amplo abrao

    Abaixo fotos de nossos leitores do BLOG DE NOTCIAS e que nos prestigiaram tambm - presencial - no Espao Cultural do jornal ESTADO DE MINAS, aqui em BH, quando lanamos nosso DVD CURSO "Socorro, Estou na TV" h 4 anos.

                                                                        TNEL DO TEMPO!!!

                       .































































                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    Pirapora

    Unidade atender os sete municpios da microrregio de Pirapora, que juntos tm uma populao estimada de 140 mil pessoas

    Unidade atender os sete municpios da microrregio de Pirapora,
    que juntos tm uma populao estimada de 140 mil pessoas



    O governador Antonio Anastasia inaugurou, nesta sexta-feira (24), em Pirapora (Norte de Minas), um centro de sade referncia em tratamento de doenas infectocontagiosas Aids e outras doenas sexualmente transmissveis, tuberculose, hansenase, entre outras. Batizado de Centro de Referncia de Promoo Sade Sexual Cristiano de Azevedo, a unidade atender os sete municpios da microrregio de Pirapora, que juntos tm uma populao estimada de 140 mil pessoas.
    O Governo do Estado investiu R$ 745 mil na implantao do centro de sade, que vai prestar servios de atendimento especializado a pessoas que vivem e convivem com portadores de HIV e demais doenas sexuais transmissveis, contando com o apoio de psiclogos, farmacuticos, assistente social, mdico clnico geral, terapeuta ocupacional, infectologista.
    Tambm em Pirapora, Anastasia inaugurou a sede prpria da Associao dos Municpios da Bacia do Mdio So Francisco (Ammesf). O Governo de Minas, por meio do Programa de Fortalecimento e Revitalizao das Associaes Microrregionais, investiu R$ 800 mil na construo da sede da Ammesf, que conta com 40 municpios associados.
    Esta uma entidade muito importante. Na realidade ela vocaliza necessidades que so de municpios comuns, e que o Estado, em parceria com as prefeituras, pode viabilizar, disse o governador durante a solenidade.
    A nova sede da Ammesf abriga a Superintendncia Municipal de Trnsito de Pirapora e o escritrio regional do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene). Anastasia ressaltou a importncia da nova sede para impulsionar o trabalho de atuao da instituio.
    A construo da sede prpria um passo importante para dar conforto aos funcionrios e, mais do que isso, para dar um local de referncia para a realizao dos projetos dos municpios dessa regio que, como as demais do Estado, merecem uma ateno especial do governo estadual, afirmou Anastasia.
    Revitalizao
    Desde 2009, o Governo de Minas destinou R$ 33,6 milhes ao Programa de Fortalecimento e Revitalizao das Associaes Microrregionais, que j beneficiou 42 associaes. Cada uma recebeu R$ 800 mil. As prprias entidades, de acordo com a necessidade, definem onde e como os recursos estaduais devem ser aplicados. O dinheiro aplicado, por exemplo, na compra de veculos, de maquinrio para terraplanagem, construo ou reforma de sede prpria e modernizao do escritrio de engenharia da entidade.
    Os municpios associados Ammesf so: Bocaiva, Botumirim, Buritizeiro, Braslia de Minas, Capito Enas, Cnego Marinho, Claro dos Poes, Corao de Jesus, Cristlia, Engenheiro, Navarro, Glaucilndia, Ibia, Ibiracatu, Icara de Minas, Janaba, Juramento, Lagoa dos Patos, Lassance, Lontra, Luislndia, Mamonas, Matias Cardoso, Mato Verde, Monte Azul, Montezuma, Nova Porteirinha, Pedras de Maria da Cruz, Pirapora, Ponto Chique, Rio Pardo de Minas, Santa F de Minas, So Francisco, So Joo da Lagoa, So Joo do Paraso, So Joo do Pacu, So Romo, Serranpolis de Minas, Uba, Verdelndia e Vrzea da Palma.
    Tambm participaram dos eventos em Pirapora os secretrios de Estado, Antnio Jorge de Souza Marques (Sade), Carlos Pimenta (Trabalho e Emprego), Gil Pereira (Desenvolvimento dos Vales Jequitinhonha, Mucuri e do Norte de Minas), o presidente da Ammesf, Reinaldo Landulfo Teixeira (prefeito de Capito Enas), o prefeito de Pirapora, Warmillon Fonseca Braga, deputados e autoridades da regio.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    Turismo

    Hostelling International
    divulga os melhores de 2011

    A rede HI Hostelling International, entidade centenria representativa mundial dos albergues da juventude acaba de divulgar o Ratings com os melhores Hostels do Brasil.

    A escolha foi feita atravs de votao dos milhares de hspedes (brasileiros e estrangeiros) que usufruram dos albergues da juventude do Brasil e colocaram uma pontuao no site www.hihostels.com da Federao Internacional dos Albergues da Juventude International Youth Hostel Federation.

    O questionrio de votao inclua notas em seis itens: Gentileza da Equipe, Qualidade do Servio, Conforto, Limpeza, Segurana e Localizao.

    Os Top 10 da HI Brasil so

    1 - PIPA HOSTEL Praia de Pipa - RN - www.pipahostel.com.br

    2 - ARRAIAL D AJUDA HOSTEL BA - www.arraialdaajudahostel.com.br

    3 - BARRA DA LAGOA HOSTEL FLORIANPOLIS SC www.alberguesfloripa.com.br

    4 - JERI BRASIL HOSTEL JERICOACOARA CE www.jeribrasil.com.br

    5 - PRAIA DO FORTE HOSTEL BA - www.albergue.com.br

    6 - VERDES MARES HOSTEL NATAL RN www.hostelverdesmares.com.br

    7 - RIO ROCKERS HOSTELS RIO DE JANEIRO RJ www.riorockeres.com.br

    8 - LUA CHEIA HOSTEL NATAL RN - www.luacheia.com.br

    9 - SAMPA HOSTEL SO PAULO SP - www.hostelsampa.com.br

    10 - LARANJEIRAS HOSTELS SALVADOR BA - www.laranjeirashostel.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    Para ler e pensar!!! Texto pinado do twitter do advogado Alexandre Atheniense, especialista no tema crimes pela internet,

    5 coisas que no se deve falar no Facebook
    Carol Fernandes
    Para o TechTudo

    preciso pensar com cuidado antes de divulgar informaes na Internet. Embora as interaes nas redes sociais sejam geralmente informais, no d para saber ao certo o alcance das suas publicaes. Por isso, o TechTudo selecionou algumas atitudes que devem ser evitadas no Facebook.

    Nunca fale mal da empresa que trabalha ou do chefe no Facebook (Foto: Divulgao)
    1. Evite falar besteiras para parecer engraado

    Empresas de RH tm utilizado o Facebook como parte dos seus processos seletivos. Escrever besteiras nas redes sociais pode acabar com a chance de ser efetivado em alguma empresa. Por isso, use o bom senso e procure utilizar o seu perfil no Facebook como um curriculum vitae.
    2. Nunca fale mal da empresa que trabalha ou do chefe

    No gostar do ambiente de trabalho ou do chefe no nenhum crime, mas escrever nas redes sociais que o "supervisor um mala", a "empresa ruim" e "no est com vontade de trabalhar", atrapalha a carreira profissional, ou pior, pode resultar em uma demisso. Lembre-se: apesar de voc no ter o chefe ou colegas de trabalho no Facebook, no significa que eles no consigam acessar as informaes que voc posta sobre o ambiente de trabalho.
    3. No revele seu paradeiro

    Evite falar, em tempo real, o que voc est fazendo, mesmo que as frias estejam timas. Contar onde e com quem voc est pode mesmo ser perigoso, j que criminosos podem monitorar o que voc divulga nas redes sociais.
    4. Evite postar no mural o que deveria ser dito de maneira privada

    Algumas pessoas adoram mostrar que so interessantes diante daqueles que as observam. Se voc vai dar uma festa e quer convidar algum, faa-o privadamente. Nem todo mundo precisa conhecer a lista de convidados e os detalhes da festa. Assim, voc evita uma grande exposio e possveis penetras.
    5. Procure no queixar-se

    Todo mundo tem dias ruins. Mas no preciso fazer do Facebook um dirio com desabafos e queixas. Se tem algo a dizer a algum, fale pessoalmente, no no mural. Se tudo deu errado, deixe para desabafar com um amigo de forma privada. No se torne uma pessoa inconveniente ao transformar as tragdias pessoais em pblicas.
    O TechTudo apoia o Brasil Sem Vrus, movimento que dissemina prticas de segurana e distribui antivrus gratuitamente. Estima-se que 80% dos brasileiros j estiveram com os computadores ameaados por vrus e ataques de hackers. Voc pode ajudar sua rede de amigos enviando uma vacina para eles. Seja voluntrio!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    Voc sabe com quem est falando? Vale conferir a publicao do barbacenense Mrio Aciib Siqueira publicado no Barbacena quem se porta? no Facebook. Para ler e pensar!!!

    Nesta semana, quero trazer um pouco de uma palestra do Educador, Filsofo e PalestranteMrio Srgio Cortella.

    E o assunto :Voc sabe com quem est falando?

    Voc conhece algum que costuma falar assim? Tem gente que sequer admite ser travado na porta giratria da agncia bancria!

    O que que voc responderia se algum lhe dissesse isso?

    Vamos refletir!

    O que um ser humano?

    Aristteles disse no sc. IV a.C. que o Homem um animal racional. Usamos isso at hoje. Fernando Pessoa tem outra definio: O Homem um cadver adiado;

    A cincia acredita que ns estamos num Universo que tem provavelmente um formato cilndrico, em funo da curvatura do Espao e que (muito provavelmente) um dos Universos possveis. Esse Universo teria surgido a 15 bilhes de anos, originado de uma grande exploso, que muitos conhecem como Big Bang.

    Esse cilindro era como se fosse uma mola comprimida entre seus dedos com muita fora e que de repente solta... Ela expande com muita fora jogando energia. Esse o nosso Universo, que continua em expanso. Basta olhar para o cu e ver que ao longo dos anos ele nunca o mesmo.

    E nesta expanso aceleradssima de matria e energia que se concentraram no que chamamos de estrelas e estas estrelas por sua vez, se agruparam no que chamamos de Galxias.

    A Cincia calcula que no nosso Universo haja por volta de 200 bilhes de Galxias. Uma dessas Galxias a nossa, a Via Lctea, que no to grande assim, afinal, ela tem aproximadamente 100 bilhes de Estrelas.

    Uma dessas Estrelas a nossa: o Sol.

    Em volta da Estrela Sol giram massas planetrias sem luz prpria. A terceira delas a partir do Sol a Terra.

    Ento o que a Terra?

    A Terra um Planetinha que gira em torno do Sol, que uma Estrelinha entre outras 100 bilhes de Estrelas compondo uma nica Galxia entre outras 200 bilhes de Galxias num dos Universos possveis.

    Vejam como ns somos importantes!

    Tem pessoas que pensam que Deus fez tudo isso s para que elas existissem.

    Imagina se fossemos fazer uma anlise de custo-benefcio... Todos esses Universos, Galxias, Estrelas e Planetas s para que ns existssemos aqui na Terra. E ainda tem gente que pensa ainda pior, pois acha que Deus fez tudo isso para elas, com o dinheiro que elas detm, o sotaque que elas usam, a religio que elas praticam, o cargo que elas ocupam numa Empresa, a cor da pele que elas tm, etc...

    A Cincia tambm sabe que neste nosso Planeta tem o que chamamos de Vida (ser que s tem vida aqui?). Esta mesma Cincia calcula que existam 30 milhes de espcies diferentes vivendo aqui, mas at agora s classificou cerca de 3 milhes. Uma dessas espcies a nossa, o Homo Sapiens.

    Ento vamos l! A nossa espcie uma entre 3 milhes j classificadas, que vivem num Planeta que gira em torno da Estrela Sol, que uma Estrelinha entre outras 100 bilhes de Estrelas compondo uma nica Galxia entre outras 200 bilhes de Galxias num dos Universos possveis.

    Essa espcie, em 2011 tem aproximadamente 6 bilhes e 800 milhes de indivduos. Um deles voc!

    Ento vamos l! Quem voc?

    um indivduo entre outros 6,8 bilhes de seres humanos que compem uma nica espcie entre outras 3 milhes j classificadas, que vivem num Planeta que gira em torno da Estrela Sol, que uma Estrelinha entre outras 100 bilhes de Estrelas compondo uma nica Galxia entre outras 200 bilhes de Galxias num dos Universos possveis.

    Ento quem voc? Quem sou eu? Quem sou eu para achar que o nico modo de fazer as coisas como eu fao, que o nico lugar bom pra nascer foi onde eu nasci, que a minha religio a melhor de todas, que o meu sotaque o correto, etc..

    Quem s tu?

    Tu s o vice-treco do sub-troo!

    Por isso que agora, todas as vezes que algum chega at mim e me pergunta Voc sabe com quem est falando? eu respondo Voc tem tempo? Senta aqui que vou tentar explicar com quem estou falando!

    Ver documento


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    Balano do carnaval em Minas

    CARNAVAL AQUECE A ECONOMIA DAS CIDADES HISTRICAS MINEIRAS

    Municpios contabilizaram bons resultados de ocupao hoteleira, movimentao financeira e fluxo de visitantes

    As cidades histricas de So Joo del-Rei, Diamantina, Ouro Preto, Tiradentes, Mariana e Sabar comemoram o aquecimento da economia durante o Carnaval 2012. Em uma parceria entre Governo de Minas e as prefeituras foi realizada a quarta edio do Carnaval das Cidades Histricas, entre 17 e 21 de fevereiro. O evento, alm de movimentar a cadeia produtiva do turismo e gerar ocupao e renda para as comunidades locais, atraiu milhares de folies de todas as partes do Brasil, garantindo a alegria e o divertimento durante os dias de folia.

    Ralph Justino, um dos coordenadores do projeto Carnaval das Cidades Histricas, avalia os bons resultados. De acordo com ele, o evento atraiu 350 mil folies nas seis cidades, possibilitou 3,5 mil postos de trabalho e a movimentao financeira de R$ 6 milhes nos seis municpios e, ainda, uma mdia geral de ocupao hoteleira de 85%. Foi um resultado muito positivo para Minas Gerais. Pretendemos que esses nmeros cresam a cada ano, enfatizou.

    O secretrio de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho, ressalta que a unio conjunta dos municpios noplanejamento do Carnaval favorece a atrao de turistas e possibilita uma programao integrada, onde um folio pode curtir as atraes e desfrutar da diversidade de Minas Gerais. Estamos muito felizes, pois conseguimos alcanar um nmero expressivo de pblico, movimentar a cadeia produtiva do turismo das localidades e ainda propiciar um Carnaval tranqilo e seguro para nossa populao e visitantes, disse.

    Em So Joo del-Rei, os turistas, estimados entre 50 e 60 mil pessoas, ocuparam 100% da hotelaria, de acordo com a secretria municipal de Turismo, Nina Capel. Principalmente com as dificuldades que nosso municpio sofreu aps as enchentes, nosso Carnaval surpreendeu. Recebemos um nmero significativo de folies. Foi um Carnaval diversificado, com matins, marchinhas e desfile de escolas de samba. Em todos os momentos e em todos os blocos, sempre muita gente e muita alegria, enfatizou Capel.

    Felipe Barbosa, secretrio municipal de Turismo de Tiradentes, afirma que o balano do Carnaval foi muito positivo e que a ocupao da rede hoteleira da cidade histrica girou em torno de 85%. Tivemos em nossa cidade um Carnaval super tranqilo, muitas crianas e famlias encheram as ruas de nosso centro histrico, disse Barbosa. O secretrio lembrou, tambm, que a grande aposta para o Carnaval 2012 foram os blocos caricatos, que movimentaram mais de 10 mil folies durante os festejos do Momo.

    Em Diamantina, a animao ficou por conta dos desfiles dos blocos caricatos. Destaque para os blocos Sapo Seco, Rato Seco e As Domsticas Aposentadas. O som da percusso das bandas Bat-Caverna e Bartucada animou a noite da moada. A secretria municipal de Turismo de Diamantina, Mrcia Betnia Horta, estima quecerca de 100 mil pessoas passaram pela cidade durante todo o Carnaval, o que possibilitou uma ocupao hoteleira em torno de 80% e a gerao de 2,5 mil postos de trabalho durante o festejo. Tivemos em Diamantina um Carnaval tranqilo. O projeto Carnaval das Cidades Histricas uma parceria muito estratgica com outros municpios mineiros. Queremos que Minas Gerais alcance uma evidncia no Carnaval do Brasil, assim como outros estados brasileiros, destacou a secretria.
    Em Ouro Preto, um dos mais tradicionais e procurados destinos tursticos de Minas, conhecido internacionalmente por sua riqueza e arquitetura colonial de estilo Barroco, bonecos gigantes e blocos caricatos, como da Praia, Caixo, e Z Pereira dos Lacaios, deram o tom do Carnaval 2012. No decorrer do feriado, houve tambm desfile de escolas de samba, shows com bandas locais e baile carnavalesco. O prefeito de Ouro Preto, ngelo Oswaldo, comemora o movimento do Carnaval e diz que a festa marcou a retomada do fluxo turstico aps as chuvas que atingiram a cidade em janeiro. Tivemos um dos melhores carnavais dos ltimos anos e recebemos turistas de diversos lugares do Brasil e do exterior. Sem dvida, o Carnaval em Ouro Preto e nas cidades histricas mineiras uma das melhores opes para o turista no pas.

    Carnaval das Cidades Histricas

    Lanado em 2009, o evento tem atingido nmeros expressivos de visitantes, com folies de diversas idades e regies, que buscam vivenciar a festividade com segurana e conforto nessas cidades que tm patrimnio histrico, artstico e cultural privilegiados. A Secretaria de Estado de Cultura (SEC), em parceria com a Promotoria Estadual de Defesa do Patrimnio Cultural e Turstico de Minas Gerais, promoveu uma cartilha com orientaes e cuidados para assegurar a integridade do patrimnio cultural e histrico de Minas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    Por qu no voltarmos a usar o Aeroporto da Pampulha? A indagao do presidente da revista Mercado Comum, economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira, em e-mail enviado ao nosso blog. T NESSA!!!

    Senhores,
    Tenho a satisfao de lhes encaminhar matria de minha autoria, anexa, publicada na edio de MercadoComum que circular a partir deste final de semana, com proposta para readequao e dinamizao do Aeroporto da Pampulha.

    Quem se interessar por acessar a edio digital completa de MercadoComum basta clicar no endereo abaixo e efetuar o seu download, lembrando que a partir do dia 01.03 esta edio de nmero 224, juntamente com as anteriores, podero ser acessadas diretamente de nosso site www.mercadocomum.com http://www.sendspace.com/file/ohqfwf
    Carlos Alberto Teixeira de Oliveira
    MercadoComum
    Presidente/Editor Geral


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    Artigo Especial: RIO +20

     

                                            

    Algo de bom para mostrar na Rio+20  
    Por Clsio Andrade, senador por Minas
    e presidente da CNT - Confederao Nacional do Transporte 
     

    A Poltica Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU,) aprovada pelo Congresso Nacional em dezembro e que entra em vigor no dia 21 de abril, pode ser mostrada como um bom exemplo brasileiro a ser exibido na Conferncia das Naes Unidas para o Desenvolvimento Sustentvel, a Rio+20.

    O evento que deve levar at 50 mil pessoas ao Rio de Janeiro em junho prximo dar nfase ao desenvolvimento sustentvel, ou seja, uma maneira integrada de observar a questo do meio ambiente, com compromisso com as geraes futuras e preocupao com melhoria das condies de vida do ser humano agora.

    A que entra a Poltica Nacional de Mobilidade Urbana, cuja implantao da alada principalmente dos municpios, mas no pode ser deixada s responsabilidade dos prefeitos e autoridades. A sociedade organizada e a mobilizao e conscientizao dos cidados so fundamentais para que o ser humano seja, de fato, o ator e alvo central dessa poltica.

    As longas jornadas de deslocamento dos trabalhadores e estudantes nos grandes centros urbanos so fator de desconforto e perda de produtividade, alm de custos. Para reduzir o tempo de deslocamento e o desconforto, a soluo o transporte coletivo e desestimulo ao transporte individual, para reduzir os congestionamentos.

    Os automveis ocupam 60% das vias pblicas e transportam apenas 20% dos passageiros. Os nibus transportam 70% dos passageiros e ocupam apenas 25% das vias e ainda dispensam estacionamento. As pesquisas existentes apontam os motores automotivos como responsveis por 60% a 70% da poluio.

    Com o aumento da frota, maior o congestionamento, multiplicam-se os efluentes txicos dos motores piorando a poluio ambiental em at 20%. Utilizando ferramentas da Poltica Nacional de Mobilidade Urbana, como pedgio em reas de trfego mais denso, proibio de trnsito por final alternado de placas, vias expressas e outros mecanismos, inclusive de tributao especfica para determinados veculos ou tipo de transporte, haver reduo substancial na poluio do ar dos grandes centros. E conforto e menos desgaste fsico para os passageiros.

    A PNMU oferece instrumentos para minorar essa situao ao promover a integrao entre os diferentes modos de transporte e obrigar o planejamento dos municpios com mais de 20 mil habitantes, que devero ter plano de mobilidade integrado ao plano diretor municipal. O Estatuto da Cidade torna obrigatrio o plano diretor, enquanto as cidades com mais de 500 mil habitantes esto obrigadas elaborao do Plano de Transporte e da Mobilidade.

    A PNMU ainda favorece a integrao de planejamento nas regies metropolitanas, justamente as que enfrentam as piores condies de trnsito e poluio. Com a conjugao desses marcos regulatrios e melhoria da qualidade do diesel nacional, muito se pode fazer pelo meio ambiente dos centros urbanos e para a sade e conforto dos habitantes das cidades. Nada, no entanto, vai se alterar sem que haja participao e cobrana cidad em benefcio das pessoas.   www.clesioandrade.com.br  

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 24, 2012

    O que esperar da Economia Brasileira em 2012. Confira matria da revista Mercado Comum de BH.

    Leia e pense!!!

    Nem pior, nem melhor. As taxas de crescimento permanecero muito prximas da estabilidade. Esta a previso dos economistas para o ano de 2012, se a crise de endividamento pblico na Europa e nos Estados Unidos no se acentuar. O crescimento global vai ficar concentrado nos pases emergentes, os Brics, principalmente na China, analisa o economista Carlos Alberto Teixeira, durante a palestra Economia Brasileira 2011/2012 - Retrospectiva, Vicissitudes e Perspectivas diante dos Cenrios de Crise Internacional, de Desindustrializao e de Reprimarizao.

    O evento reuniu, na noite do dia 12 de dezembro, no Espao Amadeus, em Belo Horizonte, empresrios como Aguinaldo Diniz Filho, Presidente da Associao Brasileira da Indstria Txtil (ABIT) e da diretoria executiva da Cia.

    Fiao e Tecidos Cedro Cachoeira; Srgio Soares Cavalieri, presidente do Conselho de Administrao do Grupo
    ASAMAR/AleSat; Cludio Gontijo, economista e Salim Mattar, CEO do grupo Localiza. Juntos, traaram um
    retrospecto da economia brasileira em 2011 e projetaram como ficar a situao do Brasil frente ao cenrio de
    mudanas e incertezas que acomete o comrcio global nos ltimos anos.

    No que diz respeito ao PIB Brasileiro, as projees para seu crescimento so de 2,6% em 2011 e 3,4% em 2012.
    Para Minas Gerais, os nmeros so de 2,6% e 2,8%, respectivamente. No mundo, esses percentuais devem ser
    de 2,96% e 3,16%. Isso porque o ambiente econmico internacional permanecer mais restritivo e instvel por
    um perodo mais prolongado do que se imaginava. Neste sentido, os Estados Unidos seguem com elevados ndices
    de desemprego e de endividamento das famlias. J na Zona do Euro, a necessidade de se definir um modelo de
    unio fiscal continuar latente.

    A boa notcia que, no Brasil, a demanda interna ainda favorecer o mercado. As importaes continuam a liderar
    em relao s exportaes, que devem ficar no patamar de 11% contra 4,8%, em 2011. A produo fsica cresceu
    1,3% no acumulado de 2010, ficando bem aqum das vendas do varejo, que apresentaram crescimento de 7%,
    mostrando que o consumo est muito mais aquecido que a produo no pas. Um dos principais fatores que
    explicam que hoje a bola da vez a existncia de nosso formidvel mercado consumidor, que a cada dia dele
    mais se incorporam novos contingentes, com um hbito consumista inserido nos melhores padres capitalistas
    ocidentais e com largo potencial de expanso, comenta Carlos Alberto.

    O incremento para a indstria em 2012, em Minas Gerais, est estimado em 1%. Fica o recado que diversificar
    a economia cada vez mais necessrio.

    preciso desenvolver a tecnologia e valor agregado dos produtos, pontua Carlos Alberto Teixeira de Oliveira. O
    economista tambm chamou a ateno para o problema da desindustrializao e reprimarizao da economia brasileira.

    Dados mostram que a participao da indstria de transformao no PIB reduziu-se de 18%, em 2002, para 16% em
    2010. Isso mostra que o pas tem, em termos comparativos, vis pr-minerao, pr-agropecuria e anti-indstria
    de transformao.

    J Aguinaldo Diniz Filho ressaltou a questo da concorrncia das empresas brasileiras com os produtos chineses. De
    acordo com ele, o setor txtil representa muito para o Brasil e est sofrendo uma presso muito grande. um
    setor que investe, tem gesto e moderno. Se o Brasil no for competitivo, ns no teremos indstria e comrcio
    competitivos. No plano interno podemos at nos sair bem, mas para integrar o comrcio global de forma mais efetiva
    temos que mudar de postura em relao China, opina.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 23, 2012

    PAPA Bento 16, adere ao Twitter.

    O Papa est querendo ficar pop. Nesta Quarta-feira de Cinzas, a rdio do Vaticano anunciou a sua estratgia para atrair o pblico mais jovem s celebraes da Quaresma: Bento XVI ser agora um usurio regular do Twitter, e publicar diariamente mensagens reflexivas no microblog.

    O Papa escreveu hoje, no primeiro dia da quarentena: A Quaresma nos oferece mais uma vez a oportunidade de refletir sobre a alma da vida crist: a caridade. Os tweets so publicados em quatro lnguas, e, conforme explicou o secretrio de comunicao da Igreja, muitas mensagens do Evangelho cabem em 140 caracteres. Ir segui-lo?


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 23, 2012

    A fora do Twitter. Sou um dos 500 milhes na rede.

    Twitter chega aos 500 mi de usurios
    O servio de microblog, que contabiliza cerca de 1 bilho de posts semanais,
    atingiu o meio bilho de usurios nesta semana

    O Twitter chegou aos 500 milhes de usurios nesta quarta-feira, 22, segundo a empresa de anlises Twopcharts. O meio bilho de usurios, no entanto, refere-se ao nmero de contas cadastradas, no necessariamente ativas. O ltimo nmero oficialmente divulgado pelo Twitter foi de 100 milhes de usurios e nenhum porta-voz da empresa comentou os dados da Twopcharts.

    A empresa admite que seus nmeros podem ser um tanto quanto imprecisos por se basearem em informaes limitadas. O microblog tem cinco anos de operao e, em mdia, mais de 140 milhes de tweets so enviados por dia (o que d quase 1 bilho de postagens semanais).

    Na comparao com as redes sociais mais populares, o Facebook tem mais de 800 milhes de usurios ativos e deve chegar a 1 bilho em breve. Segundo o prprio Facebook, j foram publicadas mais de 6 bilhes de fotos na rede desde a sua fundao (2007) e existem mais de 100 bilhes de fotos armazenadas em seus servidores. a maior plataforma de compartilhamento de imagens mundial.

    Uma outra grande rede, o Google +, anunciou que atingiu os 90 milhes de usurios em janeiro deste ano, sem revelar, no entanto, qual o percentual de contas que estavam ativas. O Google + tem mais de 1 milho de pginas e, at o momento, j foram compartilhadas 3,4 bilhes de fotos pela rede.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 23, 2012

    Mel

    Levantamento do Governo Federal indica
    que exportao de mel cresce em Minas Gerais
    Jequitinhonha e Mucuri
    destacam-se como regies produtoras.
    Estados Unidos so o principal destino.

    Divulgao/CBA

    Apicultura gera 13 mil empregos em Minas Gerais, grande parte em regime de economia familiar

    Caf, acar, carne e soja no foram os nicos produtos que se destacaram no cenrio das exportaes do agronegcio de Minas Gerais em 2011. De acordo com informaes da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuria e Abastecimento (Seapa), com base nos dados do Ministrio de Desenvolvimento, Indstria e Comercio Exterior (MDIC), as exportaes do mel vm se destacando em Minas Gerais e somaram US$ 1,7 milho em 2011, apontando um crescimento de 18% em relao ao ano anterior. O volume de exportaes tambm cresceu: foram 559 toneladas, o maior volume desde 2004, quando 290 toneladas do produto deixaram o pas.

    De acordo a assessora tcnica da Seapa, Mrcia Aparecida de Paiva Silva, a apicultura mineira favorecida em decorrncia ambiente natural propcio para o desenvolvimento da atividade. A atividade pode ser desenvolvida em consrcio com vrias culturas agrcolas, como espcies de rvores frutferas, silvicultura, caf, dentre outros, que so beneficiadas pela polinizao das abelhas, avalia.

    Segundo dados Federao Mineira de Apicultura (Femap), Minas Gerais produz quatro mil toneladas de mel por ano, que geram 13 mil empregos, grande parte em regime de economia familiar. So 4,5 mil apicultores, 85 associaes e quatro cooperativas que garantem condies ideais para a produo de produtos de extrema qualidade.

    Os fatores positivos para o estado so a resistncia e vitalidade das abelhas brasileiras aliadas diversidade da flora, a abundncia de recursos hdricos, o clima, a temperatura e a altitude adequadas, destaca o presidente da Femap, Irone Martins Sampaio.

    Jequitinhonha e Mucuri destacam-se na produo

    Minas Gerais o quinto maior produtor de mel do Brasil. A regio que mais produz Jequitinhonha/Mucuri, representando 22,7%, seguido por Central (15,2%), Sul de Minas (14,5%), Rio Doce (12,8%), Zona da Mata (11,3%), Norte de Minas (9,3%), Centro Oeste (6,4%), Tringulo (4,2%), Alto Paranaba (2,3%) e Noroeste (1,2%).

    Irone Sampaio, da Femap, destaca a orientao de entidades como a Emater e Idene que garantem qualificao junto aos produtores. Esse auxlio contribui muito para a formao e capacitao dos apicultores. So pequenos produtores que trabalham com vrias frentes de atividades rurais e precisam de algum para mostrar a importncia do conhecimento. Por isso estamos estimulando a criao de associaes apcolas nas diversas regies, explica.

    Estados Unidos so o principal destino

    O mel brasileiro teve como principal destino o Estados Unidos. As compras americanas aumentaram 66,4% entre 2010 e 2011. O pas comprou, em 2011, US$ 1 milho, correspondendo 58,7% da produo exportada, totalizando 327,2 toneladas. O segundo maior comprador o Reino Unido, com US$ 342,6 mil, o equivalente a 19,8% das exportaes do produto. O terceiro lugar ficou com a Alemanha, com US$ 245,7 mil (14,2%). Os demais pases importadores do produto mineiro so Blgica, Canad, Japo e Bolvia.

    O significativo consumo contribui para que os Estados Unidos se posicionem na liderana entre os principais importadores mundiais de mel, segundo dados da Organizao das Naes Unidas para Alimentao e Agricultura (FAO), comenta Mrcia Paiva Silva, da Seapa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 23, 2012

    Senador Clsio Andrade deixa PR e entra no PMDB dia 5 de maro durante Conveno no plenrio da ALMG.

    O Diretrio Estadual do Partido do Movimento Democrtico Brasileiro de Minas Gerais (PMDB-MG) realizar Conveno Extraordinria no dia 05 de maro de 2012, segunda-feira, das 14h s 18h; no Plenrio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, dentro do previsto no artigo 22. 1 e 2 do Captulo II, do Estatuto do PMDB.

    Na oportunidade, debateremos a Importncia do PMDB nas Eleies Municipais de 2012 e ser oficializada a filiao do senador Clsio Andrade ao partido em um evento que contar com a presena de lideranas estaduais e nacionais do PMDB

    Deputado Antnio Jlio
    Secretrio-geral
    PMDB-MG


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 23, 2012

    O vai ficar FICAR de bom aps a Copa para o setor hoteleiro em BH? Saiba no SINDHORB, dia 29 de fevereiro.

    Palestra abordar o legado Ps Copa do Mundo em 2014

    O especialista em turismo Virglio Carvalho
    avaliar os impactos dos grandes eventos
    no turismo, principalmente no setor hoteleiro

    Os desafios do setor de hotelaria aps a Copa do Mundo em 2014 e os impactos dos investimentos em todo o trade de turismo sero alguns dos temas abordados na palestra "O legado Ps Copa, Olimpadas e Grandes Eventos" que ser ministrada pelo especialista em turismo, Virglio Carvalho, no dia 29 de fevereiro, s 17h, na sede do Sindicato de Hotis, Restaurantes e Bares de BH (SINDHORB), na avenida Brasil, 510, Santa Efignia.

    Durante o evento, Virglio Carvalho, que professor do Curso de Gesto Mercadolgica em Turismo e Hotelaria na USP, falar sobre os desafios que o turismo brasileiro enfrentar aps a realizao dos grandes eventos previstos como a Copa do Mundo, Copa das Confederaes e Olimpadas.

    Todo o trabalho de Virglio Carvalho tem se baseado na experincia operacional passada para a gesto dos servios de Turismo, Restaurantes e Hotelaria. Nos ltimos anos, Virglio tem se dedicado ao treinamento e desenvolvimento de empresrios e trabalhadores do setor.

    A palestra ter como pblico alvo os associados do SINDHORB e representantes do Turismo municipal e estadual. As inscries so limitadas e podem ser feitas pelo e-mail: sindhorb@sindhorb.org.br. Mais informaes: (31) 3201-3144.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 23, 2012

    Turismo em Gramado. Festa vai receber 400 mil turistas.

    22 Festa da Colnia comea nesta quinta-feira
    Em 18 dias de festa, expectativa da comisso organizadora
    receber 400 mil visitantes

    Comea nesta quinta-feira, 23, e vai at 11 de maro a 22 Festa da Colnia de Gramado. O evento ocorre no ptio do Centro de Eventos ExpoGramado, que recebeu melhorias no complexo pavilhes. No total, so nove espaos cobertos e dois mil metros quadrados de rea construda. Gastronomia farta, produtos coloniais, bandas tpicas, jogos rurais, desfiles temticos e atraes culturais devem atrair um pblico de 400 mil visitantes em 18 dias de programao intensa.

    Alm de promover a integrao entre colonos e turistas, a Festa da Colnia a oportunidade da comunidade rural mostrar sua diversificada linha de produtos e sua cultura. O evento envolve 450 produtores rurais do municpio direta e indiretamente. So descendentes de alemes, italianos e portugueses que colonizaram Gramado e que tiram da terra o sustento para o lar.

    Para garantir a conforto de expositores e visitantes, a comisso organizadora investiu em melhorias na infra-estrutura. Alm de pavilhes com cobertura fixa, os acessos do parque foram pavimentados. O novo pavilho para o artesanato e as flores e o aumento da capacidade de produo dos fornos coloniais so outras novidades.
    Na rea gastronmica, a principal novidade so as Noites Especiais. Nas duas quartas-feiras da festa (29/02 e 7/03), os restaurantes tpicos das cozinhas alem e italiana tero cardpio diferenciado.

    Com foco no social, a Festa da Colnia trar benefcios para a APAE Gramado. Metade da verba arrecadada com o estacionamento do ExpoGramado ser revertida para a entidade. O acesso ao estacionamento custa dois reais e a cobrana ser feita pelos prprios alunos da escola especial.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 22, 2012

    Profisso perigosssima:JORNALISTA

    O risco de ser jornalista
    Escrito por Agncias

    Pelo menos 46 jornalistas foram assassinados em 2011 no mundo todo, denunciou ontem no Cairo o Comit para a Proteo dos Jornalistas (CPJ), que destacou o aumento da censura governamental atravs das novas tecnologias. No Brasil, dois jornalistas foram assassinados em 2011.

    Em entrevista coletiva para apresentar o relatrio anual sobre os ataques imprensa, o subdiretor do CPJ, Robert Mahoney, afirmou que as tentativas para o controle da informao se evidenciaram especialmente em pases rabes como a Sria, que viveram revoltas populares.
    O CPJ, por sua vez, no descarta que esse nmero possa aumentar, j que esto investigando outras 35 mortes, tambm registradas em 2011. A ideia apurar se esses casos estiveram relacionados com o trabalho jornalstico.
    Alm disso, o CPJ identificou 179 escritores, editores e fotgrafos presos at 1 de dezembro de 2011 no mundo, o que representa um aumento de 34% com relao ao ano anterior, segundo o relatrio.

    O texto destaca que, entre esses profissionais, 42 se encontram em prises no Ir, pas onde as autoridades desenvolvem uma campanha de intimidao contra a imprensa, iniciada aps as eleies presidenciais.
    O responsvel do CPJ ainda denunciou que 19 jornalistas foram assassinados em 2011 no Oriente Mdio, frente aos seis de 2010, e chamou a ateno sobre a situao destes profissionais na Sria.

    Nesse pas, durante as rebelies contra o regime de Bashar al Assad, quatro jornalistas foram assassinados no ltimo ano. Segundo Mahoney, em outros pases, como o Egito, houve um aumento significativo dos meios de comunicao que passaram a ser acompanhado por parte das autoridades.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 22, 2012

    Carnaval em BH? Teve sim. E dos bons!!!

    Canto da Alvorada bicampe do carnaval de BH
    Aps apurao tumultuada
    as escolas de samba e blocos caricatos vencedores
    j foram anunciados

    Integrantes da escola festejaram
    dentro da Cmara Municipal de Belo Horizonte

    Aps uma apurao tumultuada, foram definidos os vencedores do carnaval BH 2012. O vencedor do desfile das escolas de samba foi a Canto da Alvorada, que tambm venceu no ano passado. J nos blocos caricatos, o Por Acaso foi o grande vencedor. A contagem aconteceu na tarde desta quarta-feira de cinzas, na Cmara Municipal de Belo Horizonte.

    A apurao comeou com os blocos caricatos. O bloco Por Acaso foi o vencedor do Grupo A com 94,1 pontos, somente um dcimo a mais que o segundo colocado Mulatas do Samba, que ficou com 94 pontos. Inconformados com o segundo lugar os integrantes do grupo comearam um discusso com os integrantes do bloco vencedor. Eles questionavam uma possvel combinao de resultados.


    Integrantes de dois blocos entraram em confronto aps a divulgao dos vencedores
    A contagem dos votos para o desfile das escolas de samba comeou logo em seguida. A vencedora do Grupo A foi Canto da Alvorada, que ficou com 193,1 pontos. Em segundo lugar ficou Chame Chame com 189,9 pontos. A escola rebaixada ao Grupo B foi Bem Te Vi. No Grupo B somente uma escola desfilou e, para que ela vencesse, no poderia zerar nenhum quesito. A escola vencedora foi a Estrela do Vale.

    Os blocos caricatos Metralha do I.A.P.I e Acadmicos da Vila Estrela foram impedidas de desfilar por dois anos por descumprir normas estabelecidas no regulamento.

    Premiao

    A escola de samba vencedora do Grupo A recebe R$30 mil, segundo lugar R$ 15 mil e em terceiro lugar R$ 7,5 mil. A campe do Grupo B recebe R$15 mil.

    A premiao para os blocos caricatos vencedores de R$ 12,5 mil para o primeiro lugar, R$ 6.250 para o segundo e R$ 3.125 para o terceiro.

    Confira a pontuao dos blocos e escolas vencedoras e rebaixadas:

    Escola de samba - Grupo A

    1 - Canto da Alvorada 193,1
    2 - Chame Chame 189,9
    3 - Acadmicos de Venda Nova 187,4
    Escola rebaixada: Bem Te Vi (pontuao no divulgada)

    Grupo B (s uma escola desfilou)

    1 - Estrela do Vale (pontuao no divulgada)

    Blocos Caricatos Grupo A

    1 - Por Acaso 94,1
    2 - Mulatas do Samba 94
    3 - Bacharis do Samba 89,3
    Bloco rebaixado: Infiltrados do Santa Tereza 80,4

    Grupo B

    1 Aflitos do Samba 71,1
    2 Corsrios do Samba 64,9






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 22, 2012

    Fazer bonito na campanha eleitoral para prefeito e vereador!!! Eu tenho um videocurso que ajuda com dicas de como usar a IMAGEM nas aparies na TV e nos contaros visuais pela internet- o DVD "Socorro, Estou na TV". Mas o mercdo amplo como mostra a reportagem publicada apelo jornal Estado de Minas - que pinei do twitter hoje. Confira!!!

    Sites de consultoria poltica proliferam
    com ofertas de servios a oito meses das eleies

    Juliana Cipriani -

    Falar bem e conquistar votos pela palavra uma arte que nem sempre os candidatos dominam, mas isso est longe de ser um problema. Na internet, em sites de consultoria poltica, s preencher formulrios e receber pronto o material feito por especialistas da rea. O servio pode custar de R$ 200 a R$ 3 mil. O mercado das campanhas eleitorais para candidatos a vereador e prefeito em outubro j se movimenta. Alis, j no o termo ideal neste caso. A filosofia ensinada que quem quer conquistar uma cadeira no Executivo ou no Legislativo j est atrasado para comear a trabalhar sua imagem.

    Promessas de bons resultados esto ao alcance de todos. Solicite um discurso clicando aqui, diz um site. Os especialistas ensinam palavras-chave e do dicas de roupas para fazer corpo a corpo. Tudo precisamente calculado para garantir o seu voto. Um discurso simples e uma linguagem metafrica. a dica do especialista em marketing poltico Luiz Roberto Dalpiaz Rech, de Porto Alegre, h 28 anos no ramo. Est a o maior comunicador do mundo, que foi Jesus Cristo, para comprovar. Ele falava por parbolas. O ex-presidente Lula usava metforas. As pessoas entendem mais fcil, disse.


    Mas a sugesto genrica. Para elaborar um discurso mesmo, segundo Roberto, preciso encaixar as palavras ao perfil do pretenso poltico. Como regras bsicas, ele indica adotar uma fala positiva. Jamais fazer discursos depressivos e deve-se evitar a palavra no, que geralmente ignorada pelo inconsciente no meio da fala. Agora, prestou ateno? Ento, agora uma palavra indicada para trazer de volta a ateno do eleitor distrado. Roberto aconselha o candidato a no falar mal de concorrentes, mas, se o fizer, que use o mas e destile o veneno depois de dizer algo positivo. Isso anular tudo de bom que falou antes.

    Para estimular a participao do seu interlocutor, o poltico deve trabalhar canais sensoriais para trs tipos de espectadores. Use o verbo veja, para atrair pessoas mais focadas no visual, oua para os auditivos e sinta para os sinestsicos. O consultor fala ainda em ncoras, que so palavras, cheiros ou caractersticas que podem se tornar marcas dos candidatos. Toda a consultoria virtual. Tem candidato que assessorei sem nunca apertar sua mo, diz Roberto. O interessado diz o assunto que deseja abordar e preenche um formulrio de duas pginas com vrias perguntas antes de receber o discurso pronto.

    Uma assessoria poltica para campanha de vereador fica, em mdia, em R$ 8 mil . Mas o ideal, segundo os marqueteiros, planejar at dois anos antes, o que dobra os custos. Um discurso pela internet, segundo Roberto, pode custar de R$ 300 a R$ 1,5 mil. A reportagem achou preo menor. Em uma outra consultoria, o publicitrio Sullyvan Andrade cobra R$ 199,99 por lauda. Em seu site, ele ensina que deve haver introduo, desenvolvimento com problemas e solues e o resgate da autoestima do eleitor. Tambm preciso demonstrar f e sentimento de localidade. Segundo as dicas, o nome do candidato, o slogan e o nmero devem ser repetidos trs vezes.

    PARENTES E AMIGOS Outro especialista em assessoria poltica, Marco Iten tambm diz que uma campanha bem organizada para vereador deve comear cedo. conversar com vizinhos, parentes, amigos e conhecidos. H 30 anos no mercado, ele aconselha: Em um ambiente de mais disputa e uma certa resistncia ao poltico, chegar na frente importante. No h padro de preos, segundo ele. Em Belo Horizonte, por exemplo, a preparao de um candidato a vereador pode custar de R$ 50 mil a R$ 100 mil. Uma campanha inteira estaria na cifra dos milhes. Mas depende do perfil do candidato. Enquanto uns podem precisar de fonoaudilogo e media training, outros podem agregar segmentos importantes e, com isso, obter multiplicadores de graa.

    O discurso tambm depende do candidato e do eleitor. preciso conhecer o problema da localidade aonde se vai e tocar no assunto prometendo resultado. Postura e vestimenta adequadas contam tanto quanto as palavras e entonao. Se estiver falando com um pblico da terceira idade, por exemplo, Marco Iten ensina que se deve evitar falar em futuro. Assuntos mais ligados famlia, realizao, bem-estar e sade so ideais, alm de escutar mais do que falar. Para os jovens, discursos rpidos e linguagem prxima. Se puder mostrar intimidade com tecnologias e coisas prximas ao universo deles, melhor. Termos como juventude, trabalho, famlia e um toque de bom humor so indicados. A profisso do candidato tambm norteia o trabalho. Um jornalista, por exemplo, pode falar em conhecimento para transformar. J um mdico usaria palavras como vida, tratar e cuidar do eleitor.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 21, 2012

    Tendncia

    Publicidade virtual vai superar anncios impressos, at 2015
    Segundo pesquisa,
    so os mercados emergentes
    que vo garantir o crescimento do setor, neste ano

    No caso do Brasil,
    o aumento da publicidade on-line
    deve chegar a 23,8%


    SO PAULO A publicidade na internet brasileira dever superar os gastos com anncios impressos, em jornais e revistas, at 2015, seguindo a onda das economias mais desenvolvidas. A previso apontada pela Wark International Ad Forecast, servio que analisa o segmento no pas. O tempo gasto com as mdias digitais vem aumentando rapidamente, sendo assim, natural que os anunciantes migrem para onde se encontram os seus consumidores, explica o especialista Leandro Kenski, da Media Factory, agncia especializada em marketing digital.

    Segundo a pesquisa, divulgada neste ms, so os mercados emergentes que vo garantir o crescimento da publicidade, neste ano. Entre os 13 pases pesquisados pela Wark, o Brasil dever apresentar o quarto maior avano, 8,5%, atrs apenas de Rssia (16,5%), ndia (14%) e China (11,5%).

    Em 2011, a publicidade no Brasil ocupou a mesma posio, com avano de 7,1%. O perodo foi marcado por decrscimos em algumas das principais economias mundiais. Segundo o estudo, a internet puxa o crescimento dos anncios globalmente, com variao positiva nos pases pesquisados de 12,6%, seguida por TV (5,3%), outdoors (5,1%), cinema (3,8%) e rdio (2,9%).

    J os jornais e revistas devero apresentar leve queda em 2012, de 2% e 1,2% respectivamente. No caso do Brasil, o aumento da publicidade on-line dever ser de 23,8%, informa a pesquisa. J jornais e revistas devem avanar 3,6% e 6%, respectivamente. Todas as pesquisas recentes apontam que a velocidade de crescimento do investimento em mdias digitais, nos prximos trs anos, ser muito superior a outras mdias, explica Kenski.

    Embora os gastos com publicidade on-line nos pases pesquisados devam crescer menos em 2012, do que em 2011, quando o aumento foi de 16,6%, o segmento dever responder por 20% do total investido em anncios at o fim do ano, informa a Wark. Entre as chamadas economias desenvolvidas, Alemanha (-0,8%), Frana (-0,9%) e Itlia (-2,3%) apresentaro, neste ano, o pior desempenho de sua histria na comparao com o ano anterior.

    A participao do Brasil no total aplicado nos 13 pases examinados tem aumentado: de 3,1%, em 2003, para estimados 4,5%, em 2012. Os Estados Unidos, cuja fatia passou de 50,4% para 41,6%, nos ltimos dez anos, vem perdendo espao para pases emergentes. J a participao da China ter passado de 6,5%, em 2003, para 12,2% em 2012, segundo as sries histricas da Wark.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 21, 2012

    De olho no patrocnio dos Correios em JF

    Inscries de projetos para o Espao Cultural Correios Juiz de Fora
    Esto abertas as inscries no Sistema de Seleo para o patrocnio de projetos
    a serem realizados no Espao Cultural Correios Juiz de Fora.
    As inscries podero ser feitas no site dos Correios (www.correios.com.br) at 01/03/2012.
    O perodo de execuo dos projetos ser de julho de 2012 a maro de 2013, prorrogvel.
    Assessoria de Comunicao dos Correios em Minas Gerais
    mgascom@correios.com.br
    www.correios.com.br
    (31) 3249-2116


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 20, 2012

    Recomendo!!!

    CARNAVIOLA NA PRAA DA LIBERDADE
    Dia 21 de fevereiro tera-feira 16:00

    O CARNAVIOLA um show movido a viola caipira, que mistura calangos, lundus, folias, congados, maracatus, cirandas, batuques de viola, catiras, calangos, cocos, caterets e arrasta-ps, em um ritmo bem danante, capaz de contagiar folies de qualquer idade.
    O CARNAVIOLA apresentado por Tadeu Martins e animado pelos grandes violeiros CHICO LOBO e PEREIRA DA VIOLA, acompanhados por percusses, bateria, baixo, teclado, sanfona e guitarra havaiana, e leva ao pblico uma agradvel folia, que motiva a danar e soltar o corao caipira que todos ns guardamos no peito.
    Em 2011 o CARNAVIOLA recebeu o Prmio Rozini de Excelncia da Viola Caipira, na categoria Evento de Viola. Trata-se de uma premiao nacional, do IBVC Instituto Brasileiro da Viola Caipira - envolvendo os maiores expoentes da viola de todos os tempos, em 23 categorias, que contemplam toda a cadeia produtiva da viola caipira.
    Na Capital dos mineiros j est decretado, todos os anos o CARNAVIOLA acontecer na tera-feira de carnaval, na Praa da Liberdade, como marco oficial de encerramento do Carnaval da cidade.

    Amanh s 16 horas, voc tem um encontro marcado com o CARNAVIOLA.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 20, 2012

    Um mineiro brilhante

    Ronaldo Lemos exemplo de jovem profissional para revista Veja

    Ronaldo Lemos, professor e fundador da DIREITO RIO, alm de criador e coordenador do Centro de Tecnologia e Sociedade (CTS), teve o perfil publicado na revista Veja desta semana como um dos jovens profissionais brasileiros que fazem a diferena, no pas, em suas reas de atuao. A publicao do perfil faz parte do lanamento do Prmio Jovens Inspiradores, promovido pela Veja em parceria com a Fundao Estudar.

    Mineiro de Araguari, Lemos uma das principais referncias em tecnologia no Brasil. O CTS est frente de projetos como o Marco Civil da Internet em tramitao no Congresso que visa estabelecer direitos e deveres na utilizao da web no Brasil, e da representao no Brasil do Creative Commons, organizao sem fins lucrativos que oferece modelos para flexibilizao dos direitos autorais, desde que devidamente compactuados por seus detentores. O mestrado de Ronaldo Lemos, em Harvard, foi realizado com apoio da Fundao Estudar.

    O prmio Jovens Inspiradores vai selecionar estudantes ou recm-formados com esprito de liderana e compromisso permanente com a busca da excelncia. Os candidatos devem ter at 30 anos, ser universitrio ou formado entre 2009 e 2011 e ter esprito de liderana e potencial para assumir postos estratgicos para o desenvolvimento do pas.
    Fonte: FGV Notcias


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 20, 2012

    Artigo Especial

    As drogas e nosso futuro
    ​Jos Maria Couto Moreira*
    ​A sociedade brasileira est alarmada com as notcias recorrentes da multiplicao do trfico e consumo das drogas, principalmente o crack, que entorpecente de efeito imediato e arrasador para a sade. As autoridades policiais, conquanto atentas aos flagrantes e repressora quanto aos traficantes, no conseguem romper este crculo cruel e fatal para os que nele se encontram. At os viciados mostram-se j disponveis a um internamento, convictos do estrago que a droga produz para si e para sua famlia. Est a opinio pblica penalizada com as reportagens sobre o tema e inteiramente solidria com as vtimas do vcio.
    ​Esta guerra que o governo trava contra esta praga, contudo, no causa os efeitos que se podem esperar, porque, enquanto a polcia se entrega a combater produtores, traficantes e transportadores das drogas, tem ela de dividir-se com outras infraes que no escolhem hora e lugar, o que reduz a eficincia desejada. Os produtores e demais componentes desta cadeia para o mal, cuidam, lado outro, ardilosamente, de estabelecer novos mecanismos a embaralhar a fiscalizao nesta imensido continental.
    ​S uma alternativa, alm das providncias de constante represso, poderia agir como fator de eficincia. Trata-se de estabelecer legislao rigorosa para produtores e traficantes, sem compensaes ou vantagens que importem em cumprimento parcial da pena ou mesmo cumprimentos extra-carcerrios. O condenado no gozaria de franqueamentos que o permitissem, em hiptese alguma, afastar-se da sede da execuo da respectiva pena at seu cumprimento definitivo.
    ​A seguir, aos usurios, ainda que menor ou adolescente, estes inocentes que garantem a manuteno do negcio e da rede criminosa, seriam alvos de internao imediata, compulsria, at parecer mdico final e decisivo quanto cura. Sem este documento, permaneceria a restrio de liberdade. polcia militar e civil competiriam realizar esta tarefa de deter quaisquer pessoas em flagrante de consumo ou mesmo suspeita de estar fazendo uso da droga. Esta tarefa, principalmente nos grandes centros, constituiria esforo enorme, mas a causa justificaria as detenes, operadas sem violncia, porm, com energia. A verdade que, com a dcil legislao vigente, jamais a nao se ver livre deste mal, que a est fragilizando e apontando para um horizonte de ameaa segurana nacional.

    ​No podemos mascarar esta realidade, e tudo que se fizer para a erradicao do consumo de substncias alucingenas um ato de amor ptria, a ptria como territrio de homens saudveis, dispostos a constituir famlia e trabalhar para o bem de um povo. J nos cansamos de medidas de ocasio, paliativas, tradicionais, incuas. A efetiva restrio de liberdade para os consumidores, que nos afrontam com seu vcio preciso ter fim, e que esse fim se alcance cristamente, com respeito e amor a estas pobres criaturas. a hora da tutela legtima e inadivel do Estado.
    ​Em sntese: tolerncia zero para usurios e traficantes.
    ​*Procurador do Estado


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Fevereiro 19, 2012

    Turismo

    7 MINASTUR TER PARTICIPAES ESPECIAIS E
    EVENTOS PARALELOS

    O 7 Minastur, maior evento de turismo da regio, ser realizado dia 8 de maro, de 12h30 s 20 horas, na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte.

    Com estandes em destaque, Argentina e Israel faro participao especial no evento, apresentando novos roteiros para os agentes de viagem. No espao, o pblico ir conferir pacotes tursticos e poder tirar dvidas com os representantes dos pases.

    O Minastur ter tambm o 5 Festival do Po de Queijo, com degustao da iguaria do Estado. Organizado pela Girau Operadora, o Festival tem como intuito ressaltar o ttulo de BH como a Cidade do Po de Queijo.

    O 2 Salo de Ecoturismo e Aventura, promovido pela Associao Mineira de Ecoturismo (AMO-TE), ser uma mostra dos destinos do segmento em Minas Gerais. Alm da divulgao institucional sero comercializados equipamentos para a prtica do ecoturismo e do turismo de aventura.

    J o 4 Minas Sec Encontro das Secretrias Executivas -, ir promover em uma palestra de grande porte o encontro das principais secretrias de MG.

    A feira
    O Minastur tem como objetivo promover o encontro e interao dos agentes e operadoras de viagens nacionais e internacionais, alm de autoridades e tcnicos dos rgos oficiais de turismo.

    Desde a primeira edio a Feira teve seu sucesso comprovado. O evento est entre os cinco melhores do pas, com aprovao mdia de 98% dos expositores e 99% dos agentes de viagem.

    So esperados mais de 1500 agentes de viagens que conhecero os produtos e servios de cerca de 450 expositores, entre hoteleiros, companhias areas, operadoras de viagem e fornecedores da cadeia produtiva do turismo nacional e internacional.

    O evento uma realizao da Promove Eventos, responsvel pelos maiores eventos do ramo de turismo profissional. Conta com apoio da CVC, TAM, BHC&VB e Secretarias de Turismo de Minas Gerais, Paraba, Sergipe e So Luis do Maranho.

    SERVIO
    7 Minastur
    Data: 8 de maro
    Horrio: 12h30 s 20 horas
    Local: Serraria Souza Pinto - Avenida Assis Chateaubriand, 809, Floresta, Belo Horizonte MG


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 18, 2012

    Lamento a morte do mdico dr Eloy Dutra Cmara. Mineiro de Barbacena, formado pela UFMG.

    No enterro do dr Eloy no cemitrio da Boa Morte em Barbacena a presena do ex- senador Hlio Costa - amigo de longa data do renomado mdico - alm da prefeita Danuza Bias Fortes e do ex- prefeito Clio Mazzoni. Junto ao tmulo o professor Jos Augusto, o procurador de Justia Jos Maria Ferreira de Castro e a prefeita Danuza falaram sobre o trabalho meritrio desenvolvido pelo exmio cirurgio dr. Eloy e sobre como ele exerceu a medicina em favor dos mais carentes.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 18, 2012

    Nomeado

    Governador Antonio Anastasia nomeia controlador-geral do Estado
    O professor Plnio Salgado assume o cargo de controlador-geral do Estado

    O governador Antonio Anastasia nomeou o professor Plnio Salgado para o cargo de controlador-geral do Estado. O ato foi publicado na edio desta sexta-feira (17) do Minas Gerais Dirio Oficial dos Poderes do Estado.

    Especialista e mestre em Direito Administrativo pela Universidade Federal de Minas Gerais e administrador de Empresas pela Unio de Negcios e Administrao (UNA), Plnio Salgado professor de Direito da Faculdade Milton Campos. Familiarizado com a questo do controle, o professor fez sua dissertao de mestrado sobre o tema, com nfase no papel das CPIs. Esse trabalho deu origem obra Comisses Parlamentares de Inqurito CPI.

    Plnio Salgado foi professor tambm na Pontifcia Universidade Catlica (PUC-MG), na Faculdade de Direito da Universidade de Itana, na Universidade Fumec e nas academias de Polcia Civil e de Polcia Militar de Minas Gerais. Exerceu ainda os cargos de consultor tcnico do Governo de Minas Gerais,de assessor Jurdico da Presidncia do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MG) e de procurador geral da Copasa.

    Plnio Salgado fundador do Instituto Mineiro de Direito Administrativo (IMDA), tornando-se o primeiro presidente. Integra o Conselho Superior do Instituto Brasileiro de Direito Administrativo (IBDA), o Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAMG) e o Instituto Histrico e Geogrfico de Minas Gerais (IHG).

    Controladoria

    A Controladoria-Geral do Estado, rgo central do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo, tem por finalidade assistir diretamente o Governador no desempenho de suas atribuies quanto aos assuntos e providncias relativos, no mbito do Poder Executivo, defesa do patrimnio pblico, ao controle interno, auditoria pblica, correio, preveno e combate corrupo e ao incremento da transparncia da gesto no mbito da Administrao Pblica Estadual.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Pesando no nosso bolso


    Custo da construo em Belo Horizonte
    iniciou o ano em alta

    O Custo Unitrio Bsico de Construo (CUB/m - projeto-padro representativo R8-N) aumentou 3,93% em janeiro em relao ao ms anterior. Dos seus quatro grupos componentes, observou-se que o material registrou elevao de 0,59%, a mo de obra aumentou 7,28%, as despesas administrativas cresceram 2,04% e o aluguel de equipamentos apresentou estabilidade.

    Com esse resultado, o custo do metro quadrado de construo em Belo Horizonte, para o projeto-padro R8-N (residncia multifamiliar, padro normal, com garagem, pilotis, oito pavimentos-tipo e 03 quartos), que em dezembro era R$939,80 passou para R$976,74 em janeiro. O CUB/m um importante indicador de custos do setor e acompanha a evoluo dos preos de materiais de construo, mo de obra, despesas administrativas e aluguel de equipamentos. calculado e divulgado mensalmente pelo Sinduscon-MG, de acordo com a Lei 4.591/64 e com a Norma Tcnica NBR 12721:2006 da Associao Brasileira de Normas Tcnicas (ABNT).

    De acordo com o coordenador sindical do Sinduscon-MG, economista Daniel Furletti, o aumento mais expressivo do CUB/m em janeiro aconteceu em funo da alta registrada no custo com a mo de obra. A data base dos trabalhadores da Construo Civil em Belo Horizonte o ms de novembro. Como as negociaes aconteceram at o ms de dezembro, o maior reflexo do aumento ocorrido em funo da nova Conveno Coletiva de Trabalho aconteceu em janeiro. Furletti ainda lembra que, em dezembro, o custo com a mo de obra tambm cresceu. Naquele ms o CUB/m elevou-se 1,79% enquanto o custo com a mo de obra aumentou 3,65%, refletindo antecipaes dos aumentos salariais, destaca.

    Em relao alta do custo com materiais, o coordenador do Sinduscon-MG, ressalta que, apesar de ser a maior observada nos ltimos meses, ela pode ter refletido uma acomodao nos preos: No acreditamos que esta uma tendncia. O Brasil no possui ambiente econmico que possibilite descontrole de preos. O natural que os preos dos materiais caminhem de acordo com a poltica econmica e monetria do pas, dentro de um ambiente de maior estabilidade. Deve-se lembrar que as expectativas de inflao para 2012 j sinalizam arrefecimento e esperamos que o mesmo acontea com o custo da construo, destaca o coordenador.

    Da cesta de insumos que compem o clculo do CUB/m observou-se que 15 itens registraram elevaes em seus preos, 08 ficaram iguais e trs registraram quedas. Furletti destaca que o setor segue acompanhando atentamente a evoluo dos preos dos seus insumos.

    necessrio um acompanhamento contnuo dos preos, pois alguns materiais ainda se destacaram com altas relevantes, ressalta. Em janeiro os maiores aumentos foram: brita (+5,83%), porta interna semi-oca para pintura (+2,19%), areia (+2,13%), fechadura para porta interna (+2,13%), placa cermica (+2,09%), vidro liso transparente 4mm, colocado com massa (+1,85%) e bloco de concreto sem funo estrutural (+1,40%).

    Perodo 12 meses (fevereiro/11-janeiro/12): Nesse perodo, o CUB/m aumentou 7,89%, sendo que o custo com material registrou incremento de 4,92% e o custo com a mo de obra cresceu 11,19%. Os materiais que apresentaram as maiores elevaes de preos foram: brita (+36,56%), porta interna semi-oca para pintura (+14,00%), bloco de concreto sem funo estrutural (+13,79%), esquadria de correr (+13,00%), janela de correr em perfil de chapa de ferro dobrada (+11,94%), placa cermica (+11,88%) e vidro liso transparente 4mm, colocado com massa (+11,45%).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Band Minas sai na frente

    Band Minas
    aposta nas mdias digitais
    para levar mais contedo ao seu pblico

    Belo Horizonte, fevereiro de 2012-A Band Minas (TV Band, Rdio BandNews FM e Jornal Metro) aposta nas redes sociais em 2012 como uma forma de potencializar suas aes veiculadas nos seus canais de comunicao. Para incrementar as aes de inteligncia digital, a Band tem como parceira a Web Consult, empresa que auxilia as empresas em posicionamento e conquista de melhores resultados na internet atravs de solues de inteligncia digital.

    A Web Consult a responsvel pelo planejamento das aes de marketing digital da Band Minas como tambm pelo servio de SEO Search Engine Optimization, para otimizao e o reposicionamento dos sites da emissora junto a sites de busca, como o Google.

    O diretor de Marketing e Projetos Especiais da Band Minas, Leonardo Soltz, destaca que a medida faz parte do movimento de reestruturao e de reposicionamento das unidades de comunicao da Bandeirantes no estado. Essa mais uma parceria certeira que a Band Minas est contemplando para buscar um espao ainda maior no mundo digital. A convergncia dos veculos do grupo pela Web um caminho sem volta. Somos propagadores de notcias e informaes e entendemos que o meio digital fundamental para tal. Sero feitas promoes, gerao de contedo, divulgao da programao e, principalmente uma comunicao direta com o telespectador. Assim, a Band em Minas amplia sua rea de cobertura e completa o ciclo de comunicao. A escolha da Web Consult para tocar conosco esse projeto vem pela qualidade dos seus produtos, servios e pelo formato moderno e interativo com o qual se apresenta no mercado.

    Para o Diretor-Presidente da Web Consult, Leonardo Bortoletto, a parceria ir potencializar o efeito das aes j realizadas pelo Grupo e fomentar de maneira estruturada seu branding na web. Utilizaremos para isso aes de inteligncia digital, buscando pautar as estratgias mais eficazes por meio das tecnologias disponveis para uma comunicao voltada para resultados. Nossa meta alcanar os objetivos definidos pelo Grupo nos planejamentos estratgicos 2012 da TV Band Minas, Jornal Metro BH e Rdio Band News FM BH. Estamos muito felizes em fazer parte dessa revoluo e temos a certeza de que esse apenas o incio de uma parceria de sucesso!.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Fora de Minas. Banco BMG fechou 2011 com lucro lquido de quase 584 milhes de reais


    O Banco BMG, um dos pioneiros do crdito consignado no pas, fechou 2011 com lucro lquido de R$ 583,5 milhes. O resultado, 3,7% menor que o do ano anterior, foi afetado pela aquisio dos bancos Schahin (hoje Banco de Crdito Varejo) e GE (hoje Banco Cifra) em meados do ano passado. Ao longo de 2011, a instituio manteve o foco no crdito consignado, mas abriu espao para novos negcios, como crdito pessoal, CDC lojista e financiamento de automveis, relacionados aos ativos adquiridos. No total, o BMG concedeu R$ 10,993 bilhes em crdito no ano passado, 59% (R$ 6,493 bilhes) oriundos do crdito consignado e 31% (R$ 4,1 bilhes) vindos de operaes estruturadas, como descontos de recebveis para grandes empresas e clubes de futebol.

    O ano passado foi marcado pelas aquisies, que nos prepararam para crescer em 2012, afirma Mrcio Alaor de Arajo, vice-presidente-executivo do BMG. Este ano, a expectativa de aumentar a gerao de crditos para entre R$ 12 bilhes e R$ 13 bilhes. A participao do crdito consignado nessa produo tambm dever crescer, chegando a 65%. Segundo ele, apesar dos custos adicionais acarretados pela compra do GE e do Schahin, entre eles R$ 52 milhes na amortizao de gio e R$ 100 milhes em custo de pessoal, o resultado do ano foi considerado excepcional.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Minas ter fbrica da FOXCONN. Palavra do homem mais rico do Brasil, o mineiro Eike Batista.

    O empresrio Eike Batista, dono do grupo EBX e homem mais rico do pas, disse que a fbrica de telas sensveis ao toque que ser montada em sociedade com a taiwanesa Foxconn ter sede em Minas Gerais. Segundo ele, que no especificou a cidade, os estudos esto em fase adiantada e, alm da EBX e da Foxconn, o BNDES mostrou interesse no negcio. O investimento previsto de US$ 2,5 bilhes.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Ufa! Por 7 a 4 Supremo mantm validade da Ficha Limpa para as Eleies dste ano.

    Braslia O Supremo Tribunal Federal (STF) declarou nesta quinta-feira a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, que valer para as eleies deste ano. O placar final foi 7 votos a 4 para uma das principais inovaes trazidas pela lei a inelegibilidade a partir de deciso por rgo colegiado. No entanto, como a lei traz vrias inovaes, o placar no foi o mesmo para todos os pontos que acabaram mantidos pela

    Oposio e aliados aprovam deciso sobre Ficha Limpa

    O resultado foi proclamado depois de quase 11 horas de julgamento entre ontem e hoje. Celso de Mello e Cezar Peluso foram os ltimos ministros a votar. Eles reafirmaram posio por uma interpretao mais restrita da lei. Um dos principais pontos atacados por ambos foi a aplicao da Lei da Ficha Limpa a casos que ocorreram antes que a lei foi criada. A lei foi feita para reger comportamentos futuros. Como ela est, um confisco de cidadania, disse Peluso.

    Os ministros que votaram a favor da integralidade da lei foram Joaquim Barbosa, Rosa Weber, Crmen Lcia, Ricardo Lewandowski e Carlos Ayres Britto. Os outros ministros da Corte foram mais ou menos resistentes lei de acordo com a questo levantada. Antonio Dias Toffoli, por exemplo, s foi contra a regra que d inelegibilidade por rgo colegiado, aceitando todo o resto da lei.

    O julgamento de hoje d a palavra final do STF sobre a polmica criada assim que a Lei da Ficha Limpa entrou em vigor, em junho de 2010. O Supremo j havia debatido a norma em outras ocasies, mas apenas em questes pontuais de cada candidato. Agora todos os pontos foram analisados com a Corte completa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Indstria sustentvel

    Prmio para indstria sustentvel
    Abertas as inscries da verso brasileira de prmio europeu para projetos sustentveis

    As empresas e instituies que tm iniciativas sustentveis em execuo h trs anos, no mnimo, podem se inscrever na edio nacional do Green Project Awards (GPA), uma certificao de reconhecimento internacional. A candidatura a uma das quatro categorias do prmio deve ser feita pelo site www.gpabrasil.com.br/formularios/ at 30 de maro prximo. O Sistema Fiemg e a Confederao Nacional da Indstria (CNI) apoiam a realizao do GPA.

    As indstrias podem indicar seus projetos na modalidade de Produtos e Servios, nas reas de desenvolvimento social, ambiental, economia e tica. O julgamento dos projetos nesta categoria caber CNI. As outras trs categorias do GPA so: Iniciativa Jovem, Pesquisa e Desenvolvimento e Campanha de Mobilizao.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Perda. Em nome da ABRAJET Minas - da qual sou presidente - lamentamos a morte da colega cearense Ivonete Maia,.

    FALECEU UMA DAS FUNDADORAS DA ABRAJET/CEAR

    Desde tera-feira ltima, 14, no comeo da tarde, o jornalismo do Cear perdeu uma das suas mais competentes e ticas representantes. Faleceu aos 73 anos a jornalista Ivonete Maia, atual presidente da Associao Cearense de Imprensa e figura respeitada pela seriedade e dinamismo na maneira de ser como pessoa e profissional.

    Maria Ivonete Moreira Alves, natural de Jaguaruana, desde cedo dedicou-se ao jornalismo. Trabalhou nos peridicos O Nordeste, Gazeta de Notcias e O Povo, tambm exercendo a profisso como comunicadora nas rdios Assuno e Verdes Mares. Na sua vitoriosa trajetria, sempre formou na linha de frente da classe. Teve a honra de ser a primeira mulher a presidir um Sindicato de Jornalistas no Brasil, o Sindjorce (1981-86), e tambm a Associao Cearense de Imprensa, na A CI em dois mandatos: de 1989-92 e de 2008 at ontem. Juntamente com Iran Benevides, Edgony Bezerra, Edmundo Vitoriano, os trs j falecidos, mais Jos Mario Pinto, Ivonildo Lavor e Antnio Augusto, em 27 de fevereiro de 1984, fundou a hoje Associao Brasileira dos Jornalistas de Turismo; ABRAJET, Seccional do Cear.

    Mas Ivonete teve trajetria brilhante tambm como educadora. Formada em Letras, pela Faculdade de Filosofia do Cear e especializada na Universidade do Cear, e jornalismo pela UFC, a dinmica personalidade exerceu com competncia vrios cargos magistrio cearense, inclusive no Curso de Jornalismo da nossa universidade federal. Na sua terra natal, Jaguaruana, deixou a marca do seu trabalho como Secretria de Educao.

    s


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Decidido!!! Clsio no PMDB

    Senador Clsio Andrade
    vai se filiar ao PMDB dia 5 de maro.

    Em reunio na ALMG, entre a bancada estadual do PMDB Mineiro e o senador Clsio Andrade (sem partido), ficou definida sua filiao ao partido em grande evento a ser realizado em Belo Horizonte, no dia 5 de maro.

    No encontro com os deputados, o senador falou da importncia da grande estrutura partidria do PMDB, enaltecendo suas lideranas e militncia. "O PMDB o maior partido de Minas e do Brasil. Isso de suma importncia para um projeto maior como a conquista do Governo de Minas em 2014. Sou partidrio e a partir de minha filiao, vou respeitar as diretrizes do partido.

    Vamos trabalhar junto nos mesmos ideais", disse o senador. O secretrio-geral do PMDB de Minas, deputado estadual Antnio Jlio, afirmou que a filiao de Clsio fortalece a legenda no Congresso, pois ele passa a ser uma liderana nacional representando o PMDB Mineiro.

    "O PMDB ganhou muito com a filiao do senador Clsio, pois ele passa a ser o nosso interlocutor em Braslia, uma liderana peemedebista no Congresso, fortalecendo nossas propostas partidrias, alm de contribuir com as demandas do PMDB em favor de Minas. E o Clsio tambm ganha. Ele passa a fazer parte de um partido representado em praticamente todos os municpios mineiros", salienta.

    O evento para filiao do senador Clsio Andrade ao PMDB acontecer na Assembleia Legislativa de Minas Gerais e deve reunir lideranas nacionais como o vice-presidente da Repblica, Michel Temer, o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp, ministros de Estado, senadores, deputados federais e estaduais e lideranas peemedebistas de toda Minas Gerais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Poltica.

    AVANA MINAS O MAIS NOVO BLOCO PARLAMENTAR DA ASSEMBLEIA

    Um novo bloco parlamentar acaba de se formar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Trata-se do Avana Minas, formado pela bancada do PV e pelas representaes partidrias do DEM, PSB, PSC, PP, PMN e PTC. De acordo com o comunicado encaminhado Mesa da Assembleia, o deputado Tiago Ulisses (PV) foi indicado para lder do novo bloco. O comunicado foi feito na tarde desta quinta-feira (16/2/2012), em Reunio Ordinria do Plenrio.

    A Presidncia comunicou tambm a formalizao do bloco Transparncia e Resultado, integrado pelas Bancadas do PSDB, PSD e PTB e pelas representaes partidrias do PHS, PPS, PR, PRP, PRTB e PTdoB. O deputado Bonifcio Mouro (PSDB) foi indicado para a liderana do bloco. J o deputado Gustavo Valadares (PSD) foi indicado para lder da Maioria, segundo comunicao recebida pela Mesa.

    Na mesma Reunio, o Plenrio foi informado que foram recebidos e aprovados, nos termos da Deciso Normativa da Presidncia n 9, os Requerimentos ns 2.437 a 2.475/2012.

    A Presidncia tambm declarou encerrada a discusso, em 2 turno, dos Projetos de Lei 817 e 1.220/11; em 1 turno, do Projeto de Lei 353/11 e, em turno nico, da indicao, feita pelo governador do Estado, do nome de Augusto Monteiro Guimares para o cargo de presidente da Fundao Ezequiel Dias (Funed), uma vez que permaneceram em ordem do dia por


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Vai dar samba

    Fiemg acerta parceria com o BDMG

    A Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) assinou, na manh desta quinta-feira (16), na sede da Fecomrcio, em Belo Horizonte, contrato de parceria com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Com o convnio, as unidades da Fiemg em todo o estado passaro a atuar como correspondentes da instituio financeira, oferecendo crdito e demais servios bancrios para os micro, pequenos e mdios empresrios mineiros interessados.

    Com a descentralizao e a ampliao no atendimento, a expectativa que mais indstrias possam conhecer e utilizar os recursos oferecidos pelo banco, afirmou o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr. Para o presidente do BDMG, Matheus de Carvalho, o convnio, assinado tambm com a Federao do Comrcio de Bens, Servios e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomrcio Minas), com a Federao das Associaes Comerciais e Empresariais (Federaminas) e com a Federao dos Contabilistas (Fecon), ir ampliar a capilaridade da instituio, facilitando o acesso aos empresrios de todo o estado. Com as parcerias teremos coberturas em praticamente todos os municpios de Minas Gerais, garante.

    A ampliao das unidades de atendimento poder beneficiar, principalmente, os micro e pequenos empreendedores do interior. Isso porque, segundo Carvalho, esses empresrios tm mais dificuldades de se deslocar e buscar apoio financeiro. Com os novos postos de acolhimento, iremos reduzir a burocracia e otimizar o tempo de resposta das solicitaes recebidas, finaliza. Com a parceria, as instituies conveniadas podero, por exemplo, receber, formalizar e encaminhar propostas de crdito, entre outros servios.

    A iniciativa integra o projeto Correspondente Bancrio BDMG, lanado em 2011. Atualmente, mais de 40 cooperativas de crditos, com atuao em 200 municpios do estado, participam do convnio. Mais informaes sobre as novas parcerias e os benefcios para os empresrios mineiros podem ser obtidas no site www.bdmg.mg.gov.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 17, 2012

    Educao. Pagamento hoje

    Folha extra para pagamento de reposio ser creditada nesta sexta-feira
    Mais de 19 mil servidores da educao sero contemplados.
    Valor ultrapassa os R$ 10 milhes

    Ser paga nesta sexta-feira (17) folha extra referente a aulas de reposio de servidores envolvidos na integralizao do calendrio letivo do ano passado. O valor referente s aulas dadas nos meses de dezembro de 2011 e janeiro de 2012 que no haviam sido includas no ltimo contracheque pago no incio deste ms. A folha que ser paga nesta sexta contempla cerca de 19,8 mil servidores e o valor ultrapassa os R$ 10 milhes.

    O pagamento da reposio de aulas vem sendo feito, ms a ms, nos contracheques dos servidores envolvidos na reposio. Devido sobrecarga do Sistema de Administrao de Pessoal do Estado (Sisap) no ms de janeiro, por conta do reposicionamento dos servidores no Modelo Unificado de Remunerao, no houve tempo hbil para incluir todos os lanamentos das aulas repostas em dezembro e janeiro no contracheque regular.

    A emisso da folha extra de fevereiro foi uma medida tomada para complementar a quitao das aulas de reposio j ministradas. O pagamento das aulas de reposio s feito depois que a aula ministrada e taxada, ou seja, registrada no Sisap. Portanto, os servidores s recebem depois de reporem as aulas.

    As aulas que ainda no foram repostas sero taxadas e creditadas nos prximos contra cheques, medida que os servidores completem os calendrios de reposio. Todos os servidores envolvidos no processo de reposio recebero os valores que lhes so devidos. Aqueles que ainda no integralizaram o calendrio letivo de 2011 vo receber aps ministrarem as aulas restantes, afirma a secretria de Estado de Educao, Ana Lcia Gazzola.

    Prmio por produtividade

    No dia 28 de fevereiro haver outro pagamento extra para os servidores da Educao. Trata-se da segunda parcela do prmio por produtividade, referente ao ano de 2010. O Governo de Minas autorizou o pagamento do prmio dividido em duas parcelas iguais, sendo que a primeira foi paga no dia 30 de janeiro e a segunda ser creditada no prximo dia 28. Tm direito ao prmio por produtividade os servidores que trabalharam pelo menos trs meses ao longo do ano de 2010.

    O valor do prmio de produtividade calculado a partir da nota obtida no Acordo de Resultados, que levou em conta o cumprimento das metas estabelecidas para a Educao em 2010. A secretaria teve uma nota mdia de 9,26 pontos, o que significa um prmio de produtividade de 92,6% do valor da remunerao em dezembro de 2010. Escolas e superintendncias regionais de ensino (SREs) tm sua nota calculada a partir de critrios especficos, como a proficincia nas avaliaes externas da educao. Logo, a nota obtida no acordo de resultados varivel para cada escola ou SRE.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 16, 2012

    Iniciativa do BDMG

    Federaes empresariais
    vo atuar como correspondentes bancrias do BDMG

    Entidades a elas filiadas
    podem levar crdito para empresrios
    de todas as regies

    Em solenidade realizada nesta quinta-feira, 16, na sede da Fecomrcio,o presidente do BDMG, Matheus de Carvalho assinou contrato com as federaes das Associaes Comerciais e Empresarias (Federaminas), do Comrcio de Bens, Servios e Turismo (Fecomrcio), dos Contabilistas (FECON) e das Indstrias (FIEMG) abrindo limite potencial para que os sindicatos, associaes e regionais a elas filiados possam trabalhar como correspondentes bancrios do BDMG.

    Em seu pronunciamento, Matheus de Carvalho disse que o momento importante para o Banco, pois a partir da assinatura dos contratos, o BDMG tem mais condies de cumprir sua meta de levar crdito para o empresrio mineiro, onde quer que esteja. O objetivo criar uma rede para cobrir todo o Estado. J estamos trabalhando com as cooperativas de crdito e a partir de agora, com as federaes, podemos levar nossas linhas de financiamento e condies adequadas para todos os municpios. Dentro de um ou dois anos espero estar aqui novamente para comemorar os resultados dessas parcerias afirmou.

    O presidente da Fecomrcio, Lzaro Luis Gonzaga, lembrou a importncia da integrao das entidades patronais e do governo fortalecendo a economia de Minas e dando oportunidade aos empresrios de todas as regies. Rogrio Marques No, presidente da FECON, disse que os contabilistas j trabalham levando as solues financeiras do BDMG para os empresrios no interior e que agora, a oportunidade de trabalhar como correspondente bancrio, um marco desta parceria.

    Wander Luiz Silva, presidente da Federaminas, disse que muito bom ver frente do BDMG um executivo que conhece e entende as demandas das micro e pequenas empresas, haja vista sua passagem pelo SEBRAE/MG por quatro anos. Esse convnio j nasce forte porque todas essas federaes tm muitas entidades filiadas. Com certeza, a partir de agora, o dinheiro estar disposio de todas as empresas disse. Olavo Machado Jnior, presidente da FIEMG falou sobre a importncia da congregao de foras das classes empresariais. Aqui em Minas temos um banco de desenvolvimento que neste momento fortalece a nossa unio. Vamos trabalhar juntos pelo fortalecimento de Minas Gerais conclamou a todos.

    Alcance dos correspondentes bancrios BDMG

    A Fecomrcio atua em todas as regies do Estado representada por 29 sindicatos filiados e 20 sindicatos conveniados. A FIEMG, por sua vez, atua em 11 regionais estrategicamente distribudas em Minas e a ela esto filiados mais de 130 sindicatos. A Federaminas congrega mais de 400 associaes comerciais em diversas regies mineiras e a FECON congrega cerca de 50 mil contabilistas em seus 29 sindicatos filiados.

    O projeto Correspondente Bancrio BDMG foi lanado em meados de 2011, inicialmente direcionado s cooperativas de crdito. J so 44 contratadas e treinadas, que chegam a 200 municpios com seus postos de atendimento. Agora, as federaes passam a desempenhar tambm o papel de Correspondente Bancrio BDMG, podendo transferir esta prerrogativa para seus sindicatos filiados e conveniados, associaes e regionais que julgarem conveniente, sempre com a anuncia e o acompanhamento da equipe do BDMG. Contratos com outras entidades parceiras sero firmados nos prximos dias para que o objetivo do Banco de estar cada vez mais presente em Minas e mais prximo de seu cliente, seja alcanado.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 16, 2012

    Turismo

    SECRETRIA NACIONAL DE POLTICAS DE TURISMO
    DO MINISTRIO DO TURISMO
    ANUNCIA QUE IR ADOTAR METODOLOGIA
    DE MINAS GERAIS


    O secretrio de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho, recebeu em seu gabinete, na manh desta quinta-feira (16/02), a secretria Nacional de Polticas de Turismo do Ministrio do Turismo, Ana Isabel Mesquita. Na ocasio, o secretrio apresentou a Poltica de Regionalizao do Turismo em Minas Gerais e criao da Metodologia da Matriz de Posicionamento das Associaes de Circuitos Tursticos.

    A Metodologia da Matriz de Posicionamento das Associaes de Circuitos Tursticos ir gerar indicadores capazes de nortear as estratgias de atuao do Estado, das Associaes de Circuitos Tursticos e de entidades parceiras em aes voltadas para o desenvolvimento das regies tursticas mineiras.

    De acordo com a secretria Nacional de Polticas de Turismo do Ministrio do Turismo, Isabel Mesquita, Minas Gerais vem dando exemplo de boas prticas de gesto turstica. Minas Gerais foi um dos estados pioneiros no Programa de Regionalizao e a implantao da Metodologia ser mais um exemplo a ser seguido pelo Ministrio e por outros destinos brasileiros, destacou.

    De acordo com o secretrio Patrus Filho, a nova metodologia subsidiar a elaborao e execuo de um plano de apoio e solues de sustentabilidade aos Circuitos Tursticos Em Minas Gerais, trabalhamos articulados com todas as reas de governo buscando solues para as diferenas. Portanto, precisamos de programas que atendam s necessidades de cada uma das cidades.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 16, 2012

    Furo!!! Fato novo na Sucesso na Prefeitura de BH. Montada estratgia que apazigue o PT. O vice de Mrcio Lacerda ser dongrupo do ex- ministro Patrus Ananias - ele mesmo - ou o deputado Andr Quinto. Articulao teria sido montada em Braslia, aonde estive esta semana.

    A estratgia visa a volta do PT administrao de BH em 2014. O atual prefeito Mrcio Lacerda se for eleito ficaria na PBH at 2014, quando sairia para ser candidato a vice do ex- prefeito Fernando Pimentel.

    uma engenharia poltica interesante montada, segundo minha fonte- numa reunio em Braslia que colocou no mesmo espao a presidenta Dilma, o ministro Pimentel e o presidente nacional do PT Rui Falco.
    Detalhe: reparei que nos ltimos dias
    o grupo do atual vice-prefeito de BH, Roberto Carvalho,
    est na moita!!!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 16, 2012

    Cachaa com pedigree!!!

    Itabirito e Ouro Preto tm cachaas certificadas
    Cinco cachaas de alambique, de quatro marcas diferentes, foram certificadas em 2011

    Cinco cachaas de alambique das cidades de Itabirito e Ouro Preto, de quatro marcas diferentes, foram certificadas em 2011. O procedimento, realizado pelo Governo de Minas por meio do Instituto Mineiro de Agropecuria (IMA), atesta a qualidade do produto.

    As cachaas so produzidas artesanalmente, com fermento natural e destiladas em alambique de cobre. Para obter a certificao, necessrio, primeiramente, aderir ao projeto junto ao IMA e optar pelo sistema produtivo da cana (orgnico, sem agrotxico ou convencional). Mas as cachaarias s so certificadas se o processo de produo utilizado atender aos procedimentos de boas prticas, adequao social e responsabilidade ambiental.

    Produtor da cachaa Senhora do Engenho, de Itabirito, Paulo Eduardo Gonalves Simes, j seguia padres de qualidade que atenderam aos requisitos do IMA e, aps aderir ao projeto, recebeu a certificao. A anlise da minha cachaa mostrou que eu j trabalhava dentro dos padres, ento fui certificado. Agora faltam poucos procedimentos de controle para eu conseguir o selo do Inmetro, conta ele, que j considera o certificado do IMA uma prova de qualidade. um selo muito importante, fornecido pelo Governo do Estado. um atestado de qualidade indiscutvel, define. A Senhora do Engenho produzida desde 2004, mas s entrou no mercado em 2008 e, hoje, tem uma produo anual de 5 mil litros. Minha produo pequena exatamente para no perder a qualidade, comenta Simes, que pretende lanar, ainda este ano, uma nova cachaa com cinco anos de envelhecimento.

    Para o diretor geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, o programa de certificao da cachaa traz vantagens para produtores, exportadores e consumidores. A certificao uma maneira de atestar a qualidade e agregar valor ao produto, to popular em Minas, mas que ganha novos mercados atravs do programa de certificao. O que gera tambm, maior competitividade dos produtores, garante a qualidade da bebida e propicia melhores opes aos consumidores finais, destaca.

    Desde o incio do programa de certificao do Estado, em 2008, receberam o certificado 176 estabelecimentos, sendo 221 em 2011. A expectativa para 2012 que o nmero de cachaas certificadas em Minas Gerais aumente em pelo menos 10%.

    Cachaas de alambique certificadas em 2011 em Itabirito e Ouro Preto

    - Lukana - Ouro Preto

    - Cachaa de Minas - Ouro Preto

    - Cachaa P de Morro - Itabirito

    - Senhora do Engenho Prata - Itabirito

    - Senhora do Engenho Ouro - Itabirito



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 16, 2012

    O jornalista CSAR ROMERO, Colunista do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora, ser homenageado hoje pelo Escritrio Dcio Freire & Associados.

    A homenagem ser s 19:30 nas novas instalaes do Escritrio do advogado Dcio Freire. O Escritrio atua h 10 anos em Juiz de Fora. A homenagem um reconhecimento ao trabalho de Csar Romero na imprensa de JF.
    Homenagem muita justa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 16, 2012

    Caranavl em BH

    ANASTASIA PARTICIPA
    DE LANAMENTO DO CARNAVAL 2012

    Apenas nas cidades histricas de Minas Gerais, a expectativa que a folia atraia cerca de 500 mil turistas,
    gerando emprego e movimentando a economia dos municpios

    O governador Antonio Anastasia participou, nesta tera-feira (14/02), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, do lanamento do Carnaval 2012. O Governo de Minas vai realizar aes, por meio das secretarias de Estado de Turismo, Cultura, Sade, Defesa Social e Desenvolvimento Social, alm de instituies como Cemig e Hemominas, visando garantir a tranquilidade dos cidados e a preservao do patrimnio histrico mineiro.

    Mais de 33 mil policiais Militares, Civis e Bombeiros vo trabalhar durante o Carnaval, com foco na proteo ao cidado. Na rea da sade, est prevista a distribuio de guia do viajante saudvel. Campanhas de conscientizao contra o uso de lcool e drogas, contra a violncia infantil e domstica e contra doenas sexualmente transmissveis, incluindo a distribuio de 3,4 milhes de preservativos, sero intensificadas. Aes de estmulo doao de sangue, de combate homofobia e de valorizao dos direitos humanos tambm sero implementadas. A Cemig participa do Carnaval de Belo Horizonte, apoiando blocos e escolas de samba da capital mineira.

    Para o governador Antonio Anastasia, o trabalho integrado vai garantir mais segurana e tranquilidade ao cidado. Segundo ele, os acessos s cidades que foram afetadas pelas chuvas e tm potencial turstico esto prontos, sem qualquer problema de interrupo nas estradas.

    As cidades mineiras, especialmente as cidades histricas, esto prontas para receber o Carnaval. Todas as pessoas querem participar da folia, se divertir, com toda estrutura. Vamos lembrar nas campanhas que o Carnaval em Minas Gerais vai ser de diverso, de paz, de tranquilidade nas estradas e nas cidades, disse.

    Cidades Histricas

    Durante a solenidade, foi assinado Acordo de Cooperao Tcnica entre o Governo de Minas e o Ministrio Pblico estabelecendo aes integradas com vistas realizao do Carnaval das Cidades Histricas e sua valorizao como produto turstico cultural relevante de Minas Gerais. Pelo acordo ser possvel o compartilhamento de informaes e estratgias, a articulao institucional, a assessoria tcnica recproca e o estabelecimento de uma matriz de responsabilidades institucionais. Seis municpios mineiros - So Joo del Rei, Ouro Preto, Mariana, Tiradentes, Sabar e Diamantina, esto inseridos no projeto do Carnaval das Cidades Histricas, que est na quarta edio.

    O secretrio de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho, lembrou ser importante a preservao do patrimnio histrico mineiro. Ao mesmo tempo, ressaltou a relevncia do Carnaval para o desenvolvimento econmico das regies.

    Nas cidades histricas que participam do projeto so esperados cerca de 500 mil visitantes. A estimativa que tenhamos uma movimentao nesses municpios prxima a R$ 30 milhes, principalmente na economia local, envolvendo pequenos comerciantes, donos de hotis, pousadas, restaurantes, vendedores ambulantes. O Carnaval tambm importante socialmente, porque gera em torno de 5 mil empregos durante o perodo, distribui renda e d oportunidades, afirmou.

    Clima de Carnaval

    O trreo do Prdio Gerais, na Cidade Administrativa, local do lanamento do Carnaval 2012, foi tomado por baterias de escolas e blocos da capital e do interior. Portas-bandeira, bonecos gigantes e passistas tambm se apresentaram. Estandes das entidades pblicas envolvidas, com orientao para os folies foram montados para dar informaes aos interessados.

    Tambm participaram do evento os secretrios de Estado Lafayette Andrada (Defesa Social), Eliane Parreiras (Cultura), Desenvolvimento Social (Cssio Soares), alm do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, o procurador geral de Justia, Alceu Marques, o presidente da Cemig, Djalma Morais, prefeitos de cidades histricas, entre outras autoridades.

    Principais aes do Governo de Minas

    Defesa Social

    Aumento de efetivo Em todo o Estado, 33 mil policiais militares, civis e bombeiros, incluindo policiamento ostensivo nas cidades histricas, estaro nas ruas. O efetivo da Polcia Civil ser reforado e haver planto 24 horas nas delegacias.

    Fiscalizao nas estradas - As rodovias estaduais ganharo o reforo de 800 policiais militares e de policiais rodovirios federais, que participaram do Plano Integrado Carnaval 2012. Alm das blitzen repressivas, sero distribudos, panfletos com dicas para segurana no trnsito. Para coibir o excesso de velocidade, alm dos radares fixos j existentes, sero colocados em ao 18 radares mveis da PM e quatro da PRF.

    lcool e excesso de velocidade - Os 383 bafmetros da Polcia Militar sero utilizados para represso ao trnsito de motoristas alcoolizados, alm de outros 140 aparelhos da PRF. Em Belo Horizonte, a Campanha Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida, vai realizar 12 blitzen durante o carnaval. Belo Horizonte contar com reforo de 330 policiais militares na fiscalizao do trnsito.

    Bombeiros - os bombeiros desenvolvero atividades preventivas em 150 municpios mineiros, com um efetivo de 1,5 mil militares. Haver reforo nas cidades com maior fluxo de turistas, bases nas principais rodovias e em balnerios. Para a operao, sero disponibilizadas 340 viaturas.

    Preveno ao uso de drogas e lcool Dois nibus vo percorrer cerca de trinta cidades, a partir de quinta-feira (16/02), no contexto da campanha Expresso legal, carnaval sem drogas. Com o objetivo de conscientizar os folies, sero distribudos 450 mil kits com leques, adesivos e materiais informativos sobre abuso de lcool e drogas, alm de 100 mil preservativos.

    Transporte

    Transporte clandestino o DER contar com 256 fiscais e 103 veculos caracterizados com acesso remoto internet, para fiscalizao dos motoristas regulares e clandestinos e verificar preventivamente a situao das vias. Haver 22 pontos onde sero desenvolvidas aes educativas, com orientao e distribuio de materiais informativos.

    Transporte de cargas e passageiros ser fiscalizado pela Agncia Nacional de Transportes Terrestres, que contar com 36 servidores nos terminais rodovirios de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre, Uberlndia, Uberaba e Tefilo Otoni.

    Sade

    Dengue - a Fora Tarefa Carnaval nas Cidades Histricas DENGUE percorrer nove municpios onde h alto risco de infestao da dengue: So Joo del Rei, Pompu, Pirapora, Sabar, Ouro Preto, Itabirito, Mariana, Diamantina e Abaet. O caminho Dengue Mvel far a troca de material escolar por garrafas pet, latinhas, pneus e outros objetos que possam acumular gua. Em 2011, o nmero de casos notificados em Minas caiu 77%. O incentivo a novas aes fundamental em razo do vero, das chuvas, o surgimento de novos tipos da doena.

    Sade do Viajante o Guia do Viajante Saudvel ser enviado para as secretarias Municipais de Sade e Turismo, para distribuio em hotis. As peas incentivam hbitos saudveis de higiene, buscam reduzir acidentes e doenas associadas viagem. Sero 200 mil cartilhas bilngues portugus e ingls e 50 mil adesivos de banheiro.

    DST/AIDS O slogan da campanha Curta o carnaval com camisinha. Sero distribudos 3,4 milhes de preservativos masculinos e 58 mil gis lubrificantes. Sero distribudos 500 mil cartazes sobre a importncia do uso da camisinha.

    Hemominas - Campanha da Hemominas chama a populao para coletas extras de sangue para garantir atendimento adequado nos hospitais durante o feriado. No perodo que antecede feriados prolongados, h uma queda no comparecimento de doadores de 30% nas 20 unidades do Estado. Os endereos, horrios de funcionamento e notcias sobre coletas extras esto no site www.hemominas.mg.gov.br.

    Assistncia Social

    Campanha Proteja Nossas Crianas - Durante o carnaval sero distribudos adesivos e panfletos sobre a campanha nas cidades e rodovias que cortam o Estado. O nmero do Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19), estar disponvel.

    Campanha do Lao Branco - Sero distribudas cartilhas sobre a Lei Maria da Penha e adesivos para fortalecer a Campanha do Lao Branco Homens de Minas pelo fim da violncia contra as mulheres. O lema da campanha em Minas Jamais cometer um ato de violncia contra as mulheres e no fechar os olhos frente a essa violncia.

    Turismo
    O Governo de Minas est monitorando a situao nas cidades tursticas afetadas pelas chuvas de dezembro e janeiro. Todas elas esto prontas para receber os turistas, com acesso liberado e a situao normalizada. Esse monitoramento feito por meio de contato com as prefeituras e secretarias municipais de turismo, circuitos tursticos e rgos responsveis pela manuteno das estradas. O resultado do monitoramento est no Portal do Turismo Mineiro, no endereo www.minasgerais.com.br.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 15, 2012

    Camisinha no Carnaval

    O objetivo da campanha Curta o carnaval com camisinha
    estimular o uso da camisinha em qualquer situao

    Alm de preservativos,
    cartazes e folders informativos
    tambm sero distribudos

    Com a chegada do carnaval, muita gente se prepara para os dias da festa, mas se esquece de tomar algumas precaues, como a preveno s Doenas Sexualmente Transmissveis (DST/Aids). Por isso, para alertar a populao, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Sade (SES), em parceria com Organizaes no Governamentais, promove uma srie de aes que objetivam conscientizar a populao para o uso frequente da camisinha, independente da idade, sexo, raa e orientao sexual. Durante o Carnaval, sero distribudos 4 milhes de preservativos masculinos em todo o Estado e para as 60 entidades civis cadastradas.

    Com o slogan Curta o carnaval com camisinha, a campanha visa estimular o uso do preservativo em qualquer situao. Em Minas Gerais, o total de casos notificados at janeiro de 2012 soma 31.559. A tendncia geral da epidemia da doena no Estado a heterossexualizao, a feminizao, a interiorizao e a pauperizao.

    De acordo com a coordenadora estadual de DST/Aids, Fernanda Junqueira, do nmero total de casos, 45% ocorrem em jovens na faixa etria de 20 a 34 anos. Temos que nos preocupar. O nosso objetivo realmente chamar a populao para a necessidade do uso do preservativo em todas as relaes, pois a nica maneira de se evitar no s a Aids, mas tambm uma srie de outras doenas, reforou. Atualmente, os heterossexuais correspondem a 51,28% dos casos notificados e os homossexuais correspondem a 15,11%.

    O Ministrio da Sade estima que, hoje, tenhamos conhecimento de cerca de 50% dos nmeros da epidemia, o que refora a necessidade do diagnstico precoce tambm como forma de se prevenir.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 15, 2012

    Coloque na agenda cultural para depois do carnaval:1, 2 e 3 de maro no Ptio Espanhol.

    ESTRIA NACIONAL:
    AHTEIA

    O espetculo, concebido por
    Emerson Calado (Cordel de Fogo Encantado) e
    Mrcia Gelape (Garcia y Lorca Tablao Flamenco Itinerante),
    recita, canta e dana o serto,
    formando uma teia de informaes culturais origem do nome

    Acontece nos dias 1, 2 e 3 de maro, quinta a sbado, s 21h30, no Ptio Espanhol (Av. Contorno, 4035 So Lucas BH MG), a estria nacional do espetculo AHTEIA.
    Surge uma nova perspectiva artstica diante de pesquisas e vivncias de Emerson Calado (Cordel de Fogo Encantado - Recife/PE) e Mrcia Gelape (Cia de Dana Garcia y Lorca). Juntamente com Tonino Arcoverde (compositor - Recife/PE), Joaquim Izidro (msico - Recife/PE) e Noemi Gelape (GarciaLorca Produes) concretiza-se a formao de uma teia de conhecimentos e experincias individuais. Cada um traz consigo sua arte e sua origem que compem um mosaico inovador, dando vida a banda e ao espetculo Ahteia.

    A unio dos msicos do Nordeste brasileiro com o teatro e dana em Minas, remete a similaridade cultural entre os dois estados devida aos processos de migrao dos sefarditas (judeus espanhis vindos de Andaluzia) que chegam at Minas Gerais. O Estado torna-se ento o maior no mundo com em nmero de descendentes de sefarditas.

    Atheia tem: Direo geral: Emerson Calado e Mrcia Gelape; Direo artstica: Mrcia Gelape; Direo musical: Emerson Calado e Produo: Noemi Gelape.
    No elenco: Ana Sampaio, Anderson da Matta, Dud Carnero, Eduardo Passalo, Juliana ris, Alejandro Garcia, Bruno Mendes, Mrcia Gelape e Noemi Gelape. Execuo musical: Emerson Calado e Tonino Arcoverde.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 15, 2012

    Balano de 2011 do BDMG

    Apoio aos municpios um dos destaques do Balano do BDMG 2011
    83% dos financiamentos para o setor em Minas passaram pelo Banco

    O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) terminou 2011 com desembolsos de R$1.366,4 milhes, conforme balano que ser publicado nesta quinta-feira, 16, nos principais jornais. Um dos destaques a maior atuao junto aos municpios mineiros que receberam R$ 195 milhes, dos quais R$ 165 milhes provenientes do Novo Somma, linha criada com capital prprio do Banco. Segundo dados da Secretaria do Tesouro Nacional, 83% dos financiamentos para os municpios de Minas passaram pelo BDMG destaca o presidente da instituio, Matheus de Carvalho.

    Tambm foi destaque em 2011 a implantao do modelo de Correspondentes Bancrios via Cooperativas de Crdito, com o apoio dos sistemas SICOOB e UNICRED e da OCEMG. Embora o projeto tenha sido implantado em meados do ano, foram contratadas ainda em 2011, 44 cooperativas, alcanando cerca de 200 municpios mineiros onde possuem postos de atendimento. Para este ano, alm da continuidade das parcerias com as cooperativas de crdito, o modelo ser ampliado para entidades de classe do setor empresarial, contratos que comeam a ser assinados ainda este ms com a Federao das Indstrias (FIEMG), Fecomrcio, Federaminas e Federao dos Contabilistas (FECON).

    Para 2012, ano em que o BDMG completa 50 anos, as metas sero ainda mais desafiadoras. Alm da multiplicao de sua base de clientes, o BDMG busca o aprimoramento de solues financeiras para empresas que querem crescer com inovao e sustentabilidade e apoiar mais decisivamente a implementao de projetos e polticas pblicas, incluindo a atrao de grandes investimentos. Paralelamente, o Banco passa por um processo de aprimoramento interno para se tornar mais gil, acessvel, sustentvel e mais rentvel.

    Estamos convencidos de que devemos levar mais crdito para as empresas de todas as regies, especialmente as de micro, pequeno e mdio portes e para aquelas que querem investir em inovao. Alm de iniciarmos com os correspondentes bancrios no ano passado, firmamos parceria com a Fapemig ( Fundao de Amparo Pesquisa de Minas Gerais) criando linhas de financiamento para apoiar empresas inovadoras lembra o presidente que defende que s uma economia que apoia a inovao ter empregos de qualidade.


    Desempenho econmico-financeiro
    O desempenho econmico-financeiro do BDMG em 2011 comprova o crescimento da Instituio comparativamente ao ano de 2010. Os ativos totais, com saldo de R$ 2.840 milhes cresceram 21% em relao aos R$ 2.346 milhes do ano anterior. Tambm o patrimnio lquido que no ano passado foi de R$ 1.151 milhes, evoluiu em 13% em relao aos R$ 1.023 milhes de 2010. O lucro lquido de R$ 82 milhes em 2011 ficou no mesmo patamar de 2010, quando o lucro foi de R$ 84 milhes.

    O presidente chama a ateno para o fato de que em 2011 nas operaes realizadas com recursos prprios e recursos de repasse, o saldo foi de R$ 2.130 milhes, um crescimento de 40% em comparao ao saldo de R$ 1.518 milhes apresentado em dezembro de 2010. Lembrou, ainda, que o BDMG voltou em 2011 a captar recursos no mercardo, alavancando funding para fazer frente expanso de suas operaes de financiamento.
    Outras frentes de atuao do Banco so a estruturao de fundo de investimento em direito creditrio (FDIC) e a continuidade da poltica de investimentos em fundos de investimento em participaes (FIPs) e fundos de investimentos em empresas emergentes (FIEEs) voltados sustentabilidade e ao desenvolvimento de tecnologias.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 15, 2012

    Carnaval em BH


    Desfiles dos blocos caricatos e das escolas de samba, festas em todas as regies da cidade e a animao dos blocos de rua que enfeitam a cidade com muita irreverncia e criatividade so alguns dos ingredientes que faro do Carnaval 2012 o melhor dos ltimos anos em Belo Horizonte.

    A Estao do Samba, que ser montada na Praa da Estao, na avenida dos Andradas, entre os viadutos Santa Tereza e Floresta, ser palco de dez blocos caricatos e seis escolas de samba que desfilam no domingo e na segunda-feira, dias 19 e 20, a partir das 19h. No mesmo local, a partir das 16h de sexta, shows diversos, que se estendero por todo o Carnaval, incluindo baterias de escolas de samba e diversos grupos e cantores, como o espetculo de Beth Carvalho, na sexta, s 22h30.

    Todos os espetculos oferecidos pela Prefeitura so gratuitos. Somente para os desfiles de domingo e segunda-feira sero necessrios convites, distribudos nos postos de informao da Belotur, entre eles o da rua Pernambuco, 282, na rodoviria e nos mercados Central e das Flores (avenida Afonso Pena, 1.055, Centro). Confira na pgina 2 a programao completa dos eventos de Carnaval em Belo Horizonte.

    Com o intuito de reforar as baterias, fantasias e alegorias, a Belotur anunciou o aumento de at 100% nos auxlios concedidos pela Prefeitura de Belo Horizonte s agremiaes e de 50% nos valores dos prmios aos melhores blocos e escolas. A reduo no tempo dos desfiles, que sero de, no mximo, 50 minutos para as escolas de samba e 40 minutos para os blocos caricatos, daro maior dinamismo ao espetculo, tornando-o ainda mais atrativo para o pblico. A cada ano, nossa misso deixar o Carnaval de Belo Horizonte mais interessante, trazendo novas atraes que tornam a folia mais animada e bonita. importante que o pblico se envolva e participe fazendo deste momento uma festa completa, disse o prefeito Marcio Lacerda.
    Outra novidade dos desfiles de Carnaval deste ano aumento do nmero de jurados que iro avaliar quesitos como bateria, samba enredo, evoluo e fantasias, entre outros. Sero dez jurados para os blocos e 20 para as escolas de samba, o dobro do Carnaval passado.

    Programao

    As comemoraes do Carnaval em Belo Horizonte comearam na semana passada, no Music Hall. Na sexta, dia 10, o Baile dos Artistas marcou a abertura oficial do Carnaval na cidade. O evento, que realizado h mais de 20 anos, resgata a tradio dos antigos bailes carnavalescos da capital mineira, reunindo artistas de diversas reas e profissionais ligados ao segmento das artes, alm dos folies em geral. Esse baile o nico da cidade que segue as tradies de bailes de Carnaval de salo. A banda foi muito elogiada pelo pblico e, como sempre, no teve qualquer problemas, confuso ou algo que prejudicasse a folia, contou uma das organizadoras do evento, Clermem Gosling. De acordo com o presidente da Belotur, Fernando Rios, a variedade da programao deste ano pode mudar a ideia de quem acredita que Belo Horizonte no comemora a festa.

    Folia para todas as idades

    Do incio do ms at tera-feira, dia 21, shows e bailes populares promovidos pela Prefeitura esto festejando o Carnaval nas nove regies de Belo Horizonte. Muita festa e animao para os folies com as tradicionais marchinhas de Carnaval e concursos de fantasias. O pblico infantil e o da terceira idade tambm fazem parte da festa, com uma programao especial voltada para esses segmentos.

    Estao do Samba

    Grande novidade no Carnaval de 2012, a Estao do Samba abriga entre os dias 17 e 21, sexta e tera, alm dos desfiles dos blocos caricatos, das escolas de samba, shows com artistas locais e nacionais, praa de alimentao e decorao especial, que inclui um palco de 16m x 12m e telo. Alm de Beth Carvalho, a Velha Guarda da Portela, os grupos Z da Guiomar, Copo Lagoinha, Bantuquer e Bangalafumenga e a cantora Aline Calixto so destaques da programao.

    Cerca de cem banheiros qumicos e 12 barracas e bares estaro disposio para receber um pblico estimado de 15 mil pessoas durante os cinco dias de evento. nibus e metr tero horrios especiais para o atendimento ao pblico.

    Confira a programao especial do Carnaval 2012 em BH


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 14, 2012

    Novidade no BDMG

    Os contratos
    vo ser assinados
    ainda esta semana

    As federaes das Associaes Comerciais e Empresarias (Federaminas) do Comrcio de Bens, Servios e Turismo (Fecomrcio) e das Indstrais (FIEMG) vo trabalhar como Correspondentes Bancrios BDMG. Os contratos sero assinados nesta quinta-feira, 16, ao meio dia, na sede da Fecomrcio. As trs instituies tm grande penetrao no Estado e h alguns anos j trabalham como parceiras do BDMG. A partir de agora, como j acontece com 42 cooperativas de crdito contratadas, sero remuneradas por cada cliente captado.

    A Fecomrcio atua em todas as regies do Estado representada por 29 sindicatos filiados e 20 sindicatos conveniados. A FIEMG, por sua vez, atua em 11 regionais estrategicamente distribudas em Minas e a Federaminas congrega mais de 400 associaes comerciais em diversas regies mineiras, representando aproximadamente 180 mil empresrios, vinculados a todos os segmentos da economia.

    Para o presidente Matheus de Carvalho, este mais um passo dado pelo Banco para que seus financiamentos estejam disposio de todas as empresas de Minas, especialmente as de micro, pequeno e mdio portes, independente da regio ou setor que atua. meta do BDMG para este ano duplicar o nmero de clientes. Vamos somar nossos esforos e apoiar aqueles que so os grandes responsveis pelo crescimento da economia mineira e pela gerao de empregos, uma das prioridades do governo Anastasia, disse.

    O projeto Correspondente Bancrio BDMG foi lanado em meados de 2011, inicialmente direcionado s cooperativas de crdito. J so 44 contratadas e treinadas, que chegam a 200 municpios com seus postos de atendimento. Agora, as federaes passam a desempenhar tambm o papel de Correspondente Bancrio BDMG, podendo transferir esta prerrogativa para seus sindicatos filiados e conveniados, associaes e regionais que julgarem conveniente, sempre com a anuncia e o acompanhamento da equipe do BDMG. Contratos com outras entidades parceiras sero firmados nos prximos dias para que o objetivo do Banco de estar cada vez mais presente em Minas e mais prximo de seu cliente, seja alcanado.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 14, 2012

    Senador Clsio Andrade vai se filiar ao PMDB dia 5 de maro.

    Em reunio nessa segunda-feira, 13, na ALMG, entre a bancada estadual do PMDB Mineiro e o senador Clsio Andrade (sem partido), ficou definida sua filiao ao partido em grande evento a ser realizado em Belo Horizonte, no dia 5 de maro.

    No encontro com os deputados, o senador falou da importncia da grande estrutura partidria do PMDB, enaltecendo suas lideranas e militncia. "O PMDB o maior partido de Minas e do Brasil. Isso de suma importncia para um projeto maior como a conquista do Governo de Minas em 2014. Sou partidrio e a partir de minha filiao, vou respeitar as diretrizes do partido.

    Vamos trabalhar junto nos mesmos ideais", disse o senador. O secretrio-geral do PMDB de Minas, deputado estadual Antnio Jlio, afirmou que a filiao de Clsio fortalece a legenda no Congresso, pois ele passa a ser uma liderana nacional representando o PMDB Mineiro.

    "O PMDB ganhou muito com a filiao do senador Clsio, pois ele passa a ser o nosso interlocutor em Braslia, uma liderana peemedebista no Congresso, fortalecendo nossas propostas partidrias, alm de contribuir com as demandas do PMDB em favor de Minas. E o Clsio tambm ganha. Ele passa a fazer parte de um partido representado em praticamente todos os municpios mineiros", salienta.

    O evento para filiao do senador Clsio Andrade ao PMDB acontecer na Assembleia Legislativa de Minas Gerais e deve reunir lideranas nacionais como o vice-presidente da Repblica, Michel Temer, o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp, ministros de Estado, senadores, deputados federais e estaduais e lideranas peemedebistas de toda Minas Gerais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 14, 2012

    Oportunidade para os municpios mineiros: ICMS ESPORTIVO. Inscres at 31 de maro

    Os municpios que participam do processo para receber os ICMS Esportivo em 2013e que j possuem representantes nomeados podem enviar, at o dia 31 de maro deste ano, informaes sobre o Conselho Municipal de Esportes; Inventrio Esportivo Municipal e as atividades esportivas realizadas no municpio.

    Em relao ao conselho, deve- se comprovar a atividade do rgo em 2011, atravs dos documentos da lei ou decreto de criao do rgo; regimento interno; portaria ou decreto de nomeao dos membros; termo ou ata de posse dos membros e atas de reunies ordinrias e extraordinrias de 2011. Cada um dos conselheiros municipais deve ser cadastrado junto ao Conselho Estadual do Desporto, por meio do Sistema de Informao do ICMS Esportivo.

    As informaes sobre o Inventrio Esportivo Municipal devem conter dados sobre as instituies, dirigentes, estruturas, oramento e hotis. No caso das atividades esportivas, os municpios devem encaminhar relatrio sobre os campeonatos realizados, as atividades desenvolvidas, como escolinhas de esporte, programas scio-educativos, entre outros. Tais iniciativas podem ser promovidas tanto por iniciativa do poder pblico, quanto por organizaes particulares, cabendo ao municpio ser capaz de comprovar, por meio de documentao especfica, a efetiva realizao dos eventos.

    Orientamos todas as cidades participantes a adiantarem ao mximo o envio das informaes, uma vez que so levantamentos que demandam tempo, aconselhou o superintendente de Polticas Esportivas, Alexandre Miguel de Andrade Souza.

    Para outras informaes, acesse o Sistema de Informao do ICMS Esportivo: http://icms.esportes.mg.gov.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 14, 2012

    Governador Anastasia, o vice Alberto Pinto Coelho e vrios secretrios de Estado prestigiaram o mais novo cidado de BH - coronel Martins. Fui l prestigiar meu amigo.

    A solenidade foi realizada
    ontem noite
    na Cmara Municipal de BH

    O governador Antonio Anastasia participou, nesta segunda-feira (13), na Cmara Municipal de BH, da solenidade de entrega do Ttulo de Cidado Honorrio de Belo Horizonte ao chefe do Gabinete Militar e coordenador estadual de Defesa Civil de Minas Gerais, coronel Luis Carlos Dias Martins. Formado em Direito pela PUC Minas, coronel Martins integra os quadros da Polcia Militar h 29 anos. Tem especializao em Gesto Estratgica e Segurana Pblica, pela Fundao Joo Pinheiro, e em Gesto em Segurana Pblica, pela UFMG.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 13, 2012

    O mais novo Cidado de BH - coronel MARTINS, chefe do gabinete militar do governador Anastasia.

    A solenidade ser nesta segunda, 20:00, na Cmara Municiapl da capital. O ttulo foi indicao do vereador Pablito. Estaremos l como presidente da ABRAJET MG e como amigo do coronel Martins - cuja famlia de Alto Rio Doce.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 13, 2012

    Presidente da Assemblia Legislativa, deputado Dinis Pinheiro, diz: " DVIDA DE MINAS IMPAGVEL"

    O Brasil tem 25 estados em situao de calamidade e uma federao fantasiosa e capenga. Assim o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), definiu o cenrio que envolve as dvidas dos estados com a Unio, consideradas impagveis. Em entrevista coletiva imprensa, nesta segunda-feira (13/2/12), pouco antes do Debate Pblico A Renegociao da Dvida dos Estados com a Unio, ele antecipou parte das discusses previstas para o Plenrio e defendeu a renegociao dos dbitos.

    Dinis ponderou que a Unio vem fazendo uma verdadeira agiotagem com os Estado, porque paga juros menores do que aqueles cobrados nas dvidas dos entes federados. Esse quadro inaceitvel. Temos muitos recursos e prerrogativas na Unio e, por outro lado, encargos e dificuldades para estados e municpios, avaliou. A situao, segundo ele, requer de todos muita responsabilidade e patriotismo. Por isso, o movimento suprapartidrio que se inicia em Minas e ser levado tambm a outros estados.

    A expectativa, de acordo com o presidente, realizar mais quatro encontros regionais, articulados pelo Colegiado de Presidentes das Assembleias Legislativas e pela Unio Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). Questionado sobre a necessidade de uma auditoria da dvida, Dinis Pinheiro enfatizou que o foco das discusses a renegociao. Segundo ele, j existe um posicionamento uniforme entre os Estados quanto necessidade de reduo da taxa de juros.

    Presidente do Legislativo paulista
    prev embate poltico

    O deputado Barros Munhoz, presidente da Assembleia de So Paulo, prev uma renegociao dura com a Unio. Por isso, defende que os estados tenham uma proposta objetiva e concreta, definida em Minas, Estado que, segundo ele, agrega os demais e uma sntese do Brasil. De acordo com Munhoz, quando os contratos foram feitos, no final da dcada de 1990, a condio era boa para os estados porque a taxa acordada representava um tero dos juros da poca.

    Hoje isso irreal e nenhum estado suporta, contraps. So Paulo, segundo o parlamentar, devia R$ 40 bilhes, pagou R$ 71 bilhes e deve R$ 171 bilhes. Ele espera que o Congresso e a presidente Dilma Rousseff sejam sensveis ao quadro de destruio da federao. Essa a questo mais importante para todos os Estados, grandes ou pequenos, ricos ou pobres, completou.

    A mudana do cenrio econmico em relao ao perodo dos contratos com a Unio foi enfatizada tambm pelo presidente da Assembleia do Rio de Janeiro, deputado Paulo Melo. No se trata de defenestrar o acordo, que foi benfico naquele momento. Mas a realidade mudou, reforou. A prova disso, de acordo com o parlamentar, so os juros menores cobrados pelo BNDES nos financiamentos a empresas privadas. O Brasil empresa a 4%. menos da metade dos juros cobrados dos Estados, disse.

    Para Melo, o que salva os estados de um comprometimento ainda maior o teto para pagamento dessa dvida, que de 13% da Receita Lquida Real, no caso do Rio de Janeiro. Porm, esse teto ser extinto em 2028. Ento voc vai ter pago mais do que devia, vai dever mais do que pagou e no ter o teto, anteviu. Para o deputado preciso negociar a taxa de juros e o indexador dos contratos, que desumano nos dias de hoje.

    Anistia O presidente da Unale, Luis Schafer, foi alm e defendeu a anistia para estados mais pobres. O governo Lula, em 2006, anistiou pases como Gabo e Bolvia. Temos estados do Norte do Brasil que preservaram florestas e no foram anistiados, tm dvida alta, comparou. A Unale, segundo ele, apoia a discusso dos juros, mas quer tambm que os estados possam, em vez de pagar a dvida Unio, investir em suas prprias necessidades, como educao e sade. Outras autoridades convidadas para o Debate Pblico A Renegociao da Dvida dos Estados com a Unio estiveram presentes durante a coletiva.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 13, 2012

    Vem a - de 28 a 30 de maro - no Ouro Minas em BH, o CONGRESSO ESTADUAL DOS DEFENSORES PBLICOS.

    GOVERNADOR ANTNIO ANASTASIA,
    CONFIRMA PRESENA NO CONGRESSO ESTADUAL
    DOS DEFENSORES PBLICOS DE MINAS GERAIS
    E II ENCONTRO NACIONAL DOS DEFENSORES DO JRI

    O governador de Minas Gerais, Antnio Augusto Anastasia, confirmou presena no Congresso Estadual dos Defensores Pblicos de Minas Gerais e II Encontro Nacional dos Defensores do Jri.

    O evento acontece entre os dias 28 e 30 de maro no Ouro Minas Palace Hotel em Belo Horizonte, uma iniciativa da Associao dos Defensores Pblicos de Minas Gerais (ADEP-MG) e conta com o apoio da Defensoria Pblica de Minas Gerais.

    A proximidade do Governador de Minas com a Defensoria Pblica ficou clara em seu pronunciamento durante a solenidade de posse de 38 defensores pblicos, ocorrida na sexta-feira 27/01. No nos faltar criatividade, empenho, esforo e dedicao para continuarmos, como fizemos ao longo dos ltimos anos, superando as dificuldades e fazendo a Defensoria Pblica o rgo do Estado que teve o seu oramento multiplicado pelo maior nmero de vezes em relao aos demais rgos.

    Tenho certeza que o futuro sorrir cada vez mais promissor a essa instituio, que um verdadeiro orgulho dos mineiros, em primeiro lugar, e mais importante, pelo valor do seu capital humano, pela qualidade dos seus quadros e da sua gente, disse o governador de Minas.

    Antnio Anastasia ser o responsvel pela abertura oficial do evento na noite de 29 de maro, quando falar aos Defensores Pblicos de todo o pas. A presena do governador mais do que justificvel uma vez que desde 2003, ainda na gesto do ento governador Acio Neves, poca em que Anastasia acumulava os cargos de secretrio de Estado de Planejamento e Gesto e secretrio de Estado de Defesa Social de Minas Gerais, o nmero de defensores em Minas Gerais aumentou mais de 80%.

    Em 2003 havia 333 defensores no Estado. Com os recm nomeados, hoje so 605 profissionais. O oramento da Defensoria Pblica de Minas Gerais cresceu seis vezes nos ltimos oito anos, passando de R$ 25 milhes, em 2003, para R$ 158 milhes em 2011.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 13, 2012

    TSE est decidindo sobre o uso do microblog TWITTER nas eleies de 2012. Vale conferir o twitte da publicitria Karla Ricco que remete a artigo especial sobre o tema de autoria do jornalista Fernando Rodrigues. PARA LER & PENSAR!!!

    As redes sociais naseleies
    Por karlaricco


    O julgamento do TSE,
    sobre a legalidade da utilizao antecipada
    das redes sociais nas eleies,
    o tema que Fernando Rodrigues
    trata em seu artigo de hoje.

    A principal questo a ser decidida o uso livre do twitter, ferramenta que permite a divulgao, em tempo real, das aes dos candidatos e seus apoiadores. A discusso promete ser ampla e acalorada, j que o placar est 3 a 2 contra a rede social. Ainda faltam 2 votos.

    Confira abaixo a matria
    com a opinio do jornalista Fernando Rodrigues.

    TSE decide sobre Twitter em eleies nesta semana
    Fernando Rodrigues

    Tribunal dir se uso legal antes da propaganda eleitoral

    placar est 3 a 2 contra a rede social; faltam 2 votos

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve continuar nesta semana o julgamento sobre a legalidade de mensagens de cunho eleitoral no Twitter antes de 6 de julho data em que a propaganda eleitoral passa a ser permitida. O tribunal ter sesses plenrias na 3 (14.fev.2012) e na 5 feira (16.fev.2012).

    O placar est 3 a 2 contra a possibilidade de veicular apoio aos candidatos no microblog. Gilson Dipp interrompeu o julgamento na ltima 3 (7.fev.2012) e deve votar primeiro. Depois ser vez do presidente da corte, Ricardo Lewandowski.

    Votaram a favor do uso livre do Twitter na pr-campanha Carmen Lcia e Dias Toffoli. Foram contra Marcelo Ribeiro, Aldir Passarinho e Henrique Neves. Marco Aurlio no votar porque era substitudo interinamente por Toffoli, que j votou. Nancy Andrighi substituiu Aldir Passarinho na corte e no votar.

    Resumo do caso
    A polmica comeou em 2010: em 4.jul.2010, antes do incio do perodo de propaganda eleitoral permitida, o ex-deputado federal Indio da Costa (ex-DEM; atual PSD) pediu votos no Twitter para ele e Jos Serra (PSDB). Indio era candidato a vice-presidente da Repblica na chapa presidencial encabeada por Serra.

    Os tweets de Indio foram: A responsabilidade enorme. Mas conto com o seu apoio e com o seu voto. Serra Presidente: O Brasil pode mais; Vou dar tudo de mim. Vamos para as ruas eleger Serra Presidente; A mobilizao aqui na rede far a diferena, conto com voc; e Juntos aqui na rede faremos a diferena.

    O Ministrio Pblico Eleitoral (MPE) pediu e, em 18.jul.2010, o ministro do TSE Henrique Neves aplicou multa de R$ 5 mil contra Indio por propaganda eleitoral antecipada. Ele considerou como propaganda antecipada somente o tweet que pedia votos.

    Polmica
    O julgamento em curso ocorre porque Indio da Costa recorreu da deciso. Em 2010, a defesa do poltico alegou que no houve propaganda antecipada porque consistiu numa troca de ideias em ambiente restrito e que a utilizao do Twitter no pode ser considerada como ato que leva ao conhecimento geral uma candidatura e as suas propostas. Trata-se, bem se v, de uma interlocuo entre pessoas que se dispuseram a falar sobre os temas que so de livre escolha, numa comunidade previamente estabelecida.

    J o ministro Henrique Neves, que aplicou a multa contra Indio da Costa, considerou que o acesso independe de cadastro, as mensagens so instantaneamente copiadas para as pginas dos seguidores e, possivelmente, so replicadas para tantas outras. Na deciso pela multa, ele alegou que na mensagem em que pede votos, Indio da Costa foi alm.

    Em contraposio, o ministro Dias Toffoli disse, segundo divulgado pelo site do TSE, que mensagens postadas no Twitter so conversas entre pessoas, comparveis a conversas telefnicas. Para ele, interferir nessa relao interferiria numa seara absolutamente individual.

    Opinio do Blog
    Ser um avano para o pas se o julgamento do TSE terminar com uma deciso favorvel ao livre uso de redes sociais, a comear pelo Twitter. A tomar a Constituio ao p da letra, candidatos e no candidatos tm o direito constitucional de escrever o que quiserem a qualquer tempo e hora, inclusive mensagens de apoio a polticos fora do perodo de campanha.

    Na realidade, vigora no Brasil um jogo de hipocrisia consentida. A legislao eleitoral do pas pavimenta esse caminho: fixa prazos rgidos para cidados poderem dizer em pblico que so candidatos a um cargo eletivo. At o dia 5 de julho, ningum candidato. A partir da meia-noite desse dia, como num passe de mgica, os candidatos surgem e podem assim se apresentar.

    A rigor, essa lei flagrantemente inconstitucional. Se alguma entidade com poder de ajuizar uma ao no Supremo Tribunal Federal quiser, certamente ter sucesso derrubando os aspectos da lei eleitoral que determinam uma censura no caso de candidatos que queiram se declarar como tal quando bem desejarem.

    A rigor, o que no pode prefeitos, vereadores, deputados, senadores, governadores e presidente fazerem campanha no horrio de expedientes. Mas noite, sem usar o dinheiro pblico, no causariam nenhum dano. E cidados sem cargo pblico no deveriam ter impedimento de fazer campanha no horrio em que desejassem.

    Mas lei eleitoral s assim por convenincia de quem est no poder. Primeiro, foi a ditadura militar (1964-1985), a quem interessava campanhas bem delimitadas e restritas. Na democracia ps-1985, os sucessivos governos viram vantagens em manter as campanhas polticas enrijecidas por um calendrio engessado.

    Durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), a lei eleitoral foi mudada para diminuir o tempo de propaganda eleitoral de 60 para 45 dias. tambm dessa poca a restrio ao uso de camisetas e bons com o nome de um candidato. Essa proibio certamente tambm inconstitucional coloca o Brasil como nico pas na galxia que impede um poltico e seus apoiadores de usarem vesturio com inscries pedindo voto.

    Trata-se de anomalia a favor dos mais poderosos. O poltico sem recursos pouco pode a no ser confeccionar algumas camisetas no fundo do quintal de sua casa, de forma artesanal. No Brasil, isso crime eleitoral.

    Como tambm poder ser um crime, a depender do TSE, um cidado pedir votos para outro no Twitter quando bem entender.

    Se o TSE derrubar a proibio ao livre uso das redes sociais as coisas no se tornam perfeitas, mas pelo menos o pas passa a entrar em um caminho mais normal e menos esquizofrnico no que diz respeito a regras.

    Sobre karlaricco
    Publicitria. Trabalhou em diversas agncias brasileiras, entre elas: Setembro, CasaBlanca, Fischer Amrica, Lowe e Y&R Brasil. Atua como consultora em comunicao social e marketing poltico. Aprecia bons amigos, boa comida, bons vinhos e boas viagens. Mora em So Paulo, casada com o economista Ivan Guimares.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Fevereiro 12, 2012

    De olho no Aeroporto Itamar Franco

    O governador Antonio Anastasia em Juiz de Fora, que o trmino nas obras de adequao dos terrenos no entorno do recm-inaugurado Aeroporto Itamar Franco ficaro prontas at o final do semestre.

    De acordo com o governador, o processo de licitao j foi encerrado e a empresa responsvel pela retirada de um dos morros prximos pista de pouso j foi contratada.

    As adequaes fazem parte das mudanas necessrias para a internacionalizao e o incio da atividade cargueira no aeroporto, demanda dos cidados e empresrios da Zona da Mata. Fizemos a licitao e a empresa j est contratada. At o meio desse ano o morro ser retirado, declarou o tucano.

    O Aeroporto Regional Presidente Itamar Augusto Cautieiro Franco fica entre os municpios de Goian e Rio Novo, a 30 quilmetros de Juiz de Fora, e foi concebido, principalmente, para carga e logstica.

    Foram investidos R$ 92,7 milhes na implantao do aeroporto que conta com a segunda maior pista de pouso do Estado, com 2.530 metros. Segundo dados da prefeitura de Juiz de Fora, a taxa de ocupao mdia de 80% dos voos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Fevereiro 12, 2012

    Grupo Bahamas investe 23 milhes para gerar 500 empregos


    Governador Anastasia
    inaugura as instalaes
    do novo centro de distribuio do Grupo Bahamas
    em Juiz de Fora

    O governador Antonio Anastasia participou, neste sbado (11/02), em Juiz de Fora, na Zona da Mata, da inaugurao do novo Centro de Distribuio do Grupo Bahamas, 3 maior grupo do setor supermercadista mineiro. Com investimentos de R$ 23 milhes, a nova unidade ir gerar 500 novos empregos diretos e resultar em reduo de custos e maior agilidade para o abastecimento das lojas do grupo no Estado.

    Durante seu pronunciamento Antonio Anastasia apontou o crescimento do grupo Bahamas como smbolo do desenvolvimento da regio da Zona da Mata e de Minas Gerais, destacando os ndices econmicos estaduais como fundamentais para que a indstria brasileira alcanasse.

    O governador citou dados divulgados, nesta sexta-feira (10/02), pelo IBGE que apontam Minas Gerais como principal responsvel pelo aumento de 4,2% na remunerao dos empregados da indstria nacional em 2011, em comparao a 2010.

    A indstria brasileira s atingiu esse ndice porque em Minas Gerais a remunerao subiu 10%. Da mesma forma a balana comercial brasileira tanto de 2010, como de 2011, s teve supervit graas s exportaes de Minas Gerais. O supervit mineiro foi exatamente o supervit nacional. Portanto, esse reconhecimento da nossa economia que ns precisamos cada vez mais ter, afirmou o governador.

    De acordo com Jovino Campos, diretor do Grupo Bahamas, o novo centro de distribuio, localizado s margens da BR-040, no trevo para Caxambu, ir sustentar a expanso do grupo, que pretende dobrar de tamanho at 2015, alcanando um faturamento de R$ 2 bilhes. Atual 20 empresa do ranking nacional de supermercados, o Bahamas quer chegar ao primeiro lugar em Minas e estar entre os dez primeiros do Brasil.

    Com 29 anos de atividade, o Bahamas emprega 5 mil pessoas e conta 28 lojas - 19 em Juiz de Fora, duas em Cataguases, duas em Barbacena, uma em Viosa, Ponte Nova, Ub, Alm Paraba e So Joo Del Rei. A inteno chegar a 50 lojas at 2016.

    O centro de distribuio ocupa rea total de 380 mil m, com 25 mil m de rea construda. No prdio funciona o centro de distribuio, escritrio central, departamentos comercial e financeiro. A capacidade de carregamento de 100 caminhes dirios.

    Estiveram presentes cerimnia de inaugurao o secretrio de Defesa Social, Lafayette Andrada, o secretrio de Sade, Antnio Jorge de Souza Marques, alm do prefeito de Juiz de Fora, Custdio Mattos, e autoridades da regio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Fevereiro 12, 2012

    De olho no Proacesso

    Cidades participantes do ICMS Esportivo tm at dia 31 de maro para encaminhar documentao
    Aconselha-se adiantar ao mximo o envio das informaes, uma vez que os levantamentos demandam tempo
    Os municpios que participam do processo para receber os ICMS Esportivo em 2013e que j possuem representantes nomeados podem enviar, at o dia 31 de maro deste ano, informaes sobre o Conselho Municipal de Esportes; Inventrio Esportivo Municipal e as atividades esportivas realizadas no municpio.

    Em relao ao conselho, deve- se comprovar a atividade do rgo em 2011, atravs dos documentos da lei ou decreto de criao do rgo; regimento interno; portaria ou decreto de nomeao dos membros; termo ou ata de posse dos membros e atas de reunies ordinrias e extraordinrias de 2011. Cada um dos conselheiros municipais deve ser cadastrado junto ao Conselho Estadual do Desporto, por meio do Sistema de Informao do ICMS Esportivo.

    As informaes sobre o Inventrio Esportivo Municipal devem conter dados sobre as instituies, dirigentes, estruturas, oramento e hotis. No caso das atividades esportivas, os municpios devem encaminhar relatrio sobre os campeonatos realizados, as atividades desenvolvidas, como escolinhas de esporte, programas scio-educativos, entre outros. Tais iniciativas podem ser promovidas tanto por iniciativa do poder pblico, quanto por organizaes particulares, cabendo ao municpio ser capaz de comprovar, por meio de documentao especfica, a efetiva realizao dos eventos.

    Orientamos todas as cidades participantes a adiantarem ao mximo o envio das informaes, uma vez que so levantamentos que demandam tempo, aconselhou o superintendente de Polticas Esportivas, Alexandre Miguel de Andrade Souza.

    Para outras informaes, acesse o Sistema de Informao do ICMS Esportivo: http://icms.esportes.mg.gov.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Fevereiro 12, 2012

    ARTIGO ESPECIAL

    ​Um aparte, presidente !

    ​Jos Maria Couto Moreira*

    ​Proclamou o presidente do STF, de sua sede gestatria, na abertura dos trabalhos anuais, que o Poder Judicirio atual o melhor que j serviu ao pas.
    ​Distanciou-se muito o preclaro ministro da verdade histrica. O STF e o Brasil j testemunharam o pontificado de eminentes juzes que verdadeiramente derramaram sobre o pas sentenas ousadas, cleres, oportunas, patriticas e corajosas, e que se fizeram credores de nossa admirao por seu contedo social, s vezes, ou por acendrado apego ao ditame moral.

    ​Outrora, quando o Brasil ainda no se encontrava sob o jugo da moralidade como altar de todas as causas, instalada como princpio sntese da administrao pblica pela Carta de 88 (embora parte do STF ainda insiste em ignor-la neste patamar), a composio do Supremo se orientava no sentido de que o Imperativo Categrico, tese do insupervel Kant, era potestativa ao apreciar as questes, e a tinha como primaz de suas decises. Naquele perodo, o encontro do judicirio com a tica era a preliminar invencvel.

    ​No recente julgamento sobre os alcances da lei da Ficha Limpa, meritria iniciativa popular, o nclito STF rendeu-se a uma atinncia desprezvel, ao considerar a incidncia temporal como prevalente ao primado da moralidade. Este episdio bastante para que o povo, de onde vem o rudo democrtico e fulminante, desconsidere a opinio do presidente Peluso. O STF o grande farol a iluminar a justia brasileira. o colegiado em que se inspira toda a magistratura nacional para grafar decisoriamente uma convico pessoal, alicerada, contudo, antes na moral, e depois, no direito, acepes, alis, que se confundem.

    ​O povo brasileiro no merece ser inculpado por presses, mas por sede de justia. As ruas se manifestam como podem, embora perdure seu respeito ao Supremo Tribunal como ltimo asilo da verdade. Quando o povo se ressente de uma deciso e contesta e enfrenta aquele Tribunal porque ele tambm tem sua deciso conformada em seu sentimento mais profundo. a este fenmeno to universal que o ministro Peluso intitula de crise. No, esta reao popular, absolutamente legtima, simples manifestao democrtica, garantida constitucionalmente. Estas vozes que se multiplicam revelam nada alm que a dinmica de uma nao participativa, o que saudvel ao pas. Crise fenmeno transnacional e luz da sociologia configura-se como decorrente de uma justa expectativa no concretizada, e surge em qualquer campo de atividade onde o homem intervenha ou protagoniza o papel que lhe pertence.

    ​Ainda, o fato de o crescimento no nmero dos processos aforados, destacado pelo presidente, no se credita celeridade de nosso aparelho judicial, mas to exclusivamente necessidade social de uma resposta a uma populao de taxa demogrfica progressiva aliada a uma economia de notvel crescimento.
    ​Nada mais.

    ​​*Procurador do Estado


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 11, 2012

    Tancredo. Famlia quer saber tudo sobre a morte dele h quse 30 anos.

    Quase 27 anos aps a morte obscura de Tancredo Neves, eleito presidente da Repblica em 1985, a famlia dele quer que as circunstncias da internao e falecimento venham tona.

    Para isso, entrou na Justia Federal, em Braslia, com pedido de um habeas data para que o Conselho Federal de Medicina, o Conselho Regional de Medicina de So Paulo e o Conselho Regional do Distrito Federal entreguem todas as sindicncias, inquritos tico-disciplinares, documentos e depoimentos dos mdicos referentes ao atendimento prestado ao presidente.

    A inteno de se esclarecer as circunstncias e causa da morte, com a possvel responsabilizao da equipe mdica. Tancredo Neves foi eleito presidente, por meio do voto indireto de um colgio eleitoral, em 1985, mas no chegou a assumir a cadeira. Morreu no dia 21 de abril do mesmo ano, em So Paulo. A tenso do momento tinha como pano de fundo o fim da ditadura militar.

    Tancredo seria o primeiro presidente aps o perodo de chumbo. Sua internao foi cercada de mistrios. No dia 14 de maro, dois dias antes a da posse, foi internado em estado grave no Hospital de Base, em Braslia, para tratar de antigas dores abdominais.

    Depois, foi levado ao Incor, em So Paulo. Assumiu o Executivo federal, poca, Jos Sarney. Na ltima quarta-feira (8), familiares do ex-presidente Tancredo Neves entraram na Justia para requerer os documentos acerca da morte.

    O Conselho Federal de Medicina abriu procedimento para apurar as circunstncias do falecimento. Porm, as concluses nunca vieram a pblico. Os advogados da famlia so Juliana Porcaro Bisol, Bruno Prenholato e Cludia Duarte. Eles ainda contam com o apoio do historiador Lus Mir. O habeas data mdico do presidente Tancredo Neves possibilita definir as responsabilidades dos mdicos envolvidos nesse caso. tambm uma reparao histrica para aqueles momentos difceis que a sociedade brasileira teve que enfrentar, quando o presidente, o lder da redemocrati-zao e primeiro civil a ser eleito depois de 21 anos de ditadura, foi mal diagnosticado e mal operado (sem necessidade) s vsperas de sua posse na Presidncia da Repblica, afirmaram os representantes da famlia.

    Lus Mir autor de livro sobre o episdio que resultou na morte de Tancredo Neves. Para ele, o presidente poderia ter sido salvo se erros primrios no tivessem ocorrido com a equipe mdica que cuidou do caso.

    Os documentos, junto com os pronturios mdicos j em posse da Famlia Neves, fecham esse trgico captulo da histria brasileira, alm de recuperar a verdade mdica, tica, sobre as responsabilidades dos mdicos envolvidos no atendimento prestado a Tancredo, entenderam os representantes da famlia.

    O presidente foi diagnosticado com uma apendicite aguda com abscesso e suspeita de peritonite. Em entrevista recente, Mir disse que se via na ecografia um tumor, com necrose, gs e lquido (suspeita de infeco).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 11, 2012

    De olho na COPA DE 2014

    Governador Anastasia
    destaca importncia
    da Copa do Mundo para Minas

    Cidades candidatas
    lotam Centro de Convenes
    para Seminrio de Centros de Treinamento de Selees

    Anastasia durante pronunciamento
    durante III Seminrio de Centros de Treinamento de Seleo (CTS)

    O governador Antonio Anastasia participou, nesta sexta-feira (10), no Centro de Convenes de Uberlndia, no Tringulo Mineiro do III Seminrio de Centros de Treinamento de Seleo (CTS). O evento reuniu cerca de 200 pessoas e contou ainda com a presena do secretrio de Estado Extraordinrio da Copa do Mundo,Sergio Barroso, do ex-jogador da Seleo Brasileira de Futebol, campeo mundial em 1994 e 2002, Cafu, e de entidades parceiras e representantes da maioria das cidades mineiras candidatas a CTS.

    A Copa da Mundo em Minas uma oportunidade nica e particular para ns mineiros, que temos tido nos ltimos anos um desenvolvimento econmico grande. Teremos a chance inequvoca de projetar Minas Gerais de forma internacional e mostrar ao mundo nossas tradies.O Estado inteiro est mobilizado e a Copa do Mundo um bom negcio, cujas oportunidades no podemos perder. Se soubermos aproveitar bem, teremos Minas em outro patamar. Temos de deixar de ser tmidos e mostrar Minas para o mundo, afirmou Anastasia.

    Para Sergio Barroso, os municpios mineiros esto empenhados em fazer o melhor para receber a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Isso fica claro quando percebemos o entusiasmo das cidades mineiras candidatas, que se revela na preparao para receber turistas e selees internacionais durante a Copa do Mundo. J estamos gerando resultados e isso que vamos mostrar para todo o mundo, disse o secretrio, durante aabertura do evento.

    E a divulgao internacional de Minas Gerais foi o ponto defendido por Cafu durante sua palestra. Esse o momento de se preparar, mas tambm de mostrar para todos, como o estado rico e tem recursos para receber qualquer seleo de futebol do planeta. Pela minha experincia de ter disputado quatro Copas do Mundo, sei que esse evento gera benefcios para todos, principalmente com a gerao de empregos. O Mundial passa, mas o legado que fica para sempre, disse o ex-jogador.

    Para Peter Keen, consultor do governo britnico, as naes mudam com eventos de grande porte bem-sucedidos. O esporte um caminho para o desenvolvimento social de um pas. Essa a hora de potencializar equipamentos esportivos para mudar a realidade do pas, comentou. Em sua palestra, ele apresentou programas de desenvolvimento social internacional, com incentivos do Banco de Interamericano de Desenvolvimento (BID). So exemplos que podem e devem ser seguidos pelos brasileiros, pontuou.

    Qualificao

    Na segunda parte do evento, palestrantes abordaram a preparao de micro e pequenas empresas, alm da necessidade de capacitao profissional, desenvolvimento dos empresrios do segmento de bens, servios e turismo, e aes de promoo e divulgao para o Mundial. Queremos capacitar e qualificar os mineiros para se prepararem para as oportunidades que j esto sendo criadas com a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, disse Lzaro Luiz Gonzaga, presidente do Sebrae-MG, Sistema Fecomrcio-MG, Sesc-MG, Senac-MG e Sindicatos.

    A assessora de Relaes Institucionais da Secretaria de Estado Extraordinria da Copa do Mundo (Secopa), Mariana Bahia, apresentou o projeto do Governo de Minas para as copas das Confederaes da FIFA 2013 e do Mundo da FIFA Brasil 2014.

    Cidades candidatas

    As 19 cidades mineiras candidatas a CTS so: Arax, Caet, Caxambu, Divinpolis, Extrema, Formiga, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Lagoa Santa, Montes Claros, Patos de Minas, Poos de Caldas, Sacramento, Sete Lagoas, Uberaba, Uberlndia e Varginha.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 11, 2012

    Nem s de sandwich vivemos ns...

    McDonalds Brasil estreia no Facebook
    Fan Page chega rede recheada com contedo olmpico

    Agora, o McDonalds Brasil passa a interagir com os consumidores tambm pelo Facebook. Patrocinadora oficial dos Jogos Olmpicos at 2020, a marca lana a fan page McDonaldsBrasil com um contedo totalmente voltado ao maior evento esportivo do mundo. Com a mensagem Momentos Simplesmente nicos, o novo espao abordar, de forma divertida, contedos oficiais do Comit Olmpico Internacional, incluindo informaes sobre os fatos mais relevantes da histria dos Jogos Olmpicos e, consequentemente, do esporte.

    O objetivo da plataforma antecipar para os clientes conectados, de todas as idades, a experincia olmpica, fazer com que conheam, se identifiquem e compartilhem as histrias por trs do evento que vo muito alm da competio, e, com isso, disseminar mensagens relacionadas aos valores da marca como superao, amizade e solidariedade por meio do contedo esportivo relevante. Os valores atrelados vida ativa esto alinhados com os valores do McDonalds. Ns queremos, inclusive, ser a porta de entrada de muitas crianas para o mundo dos Jogos Olmpicos. Queremos aproximar geraes por meio deste contedo criado especialmente para nossa fan page. Queremos instigar, despertar o interesse das crianas que hoje tm oito e que em 2016, por exemplo, tero 12 anos, comenta Roberto Gnypek, Diretor de Planejamento de Marketing, da Arcos Dorados, empresa que administra a marca McDonalds no Brasil.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 11, 2012

    Emenda d soneto

    Mosconi quer debater na ALMG
    regulamentao da Emenda 29

    O deputado Carlos Mosconi (PSDB) apresentou na 1 reunio ordinria da Comisso de Sade da ALMG deste ano, realizada no dia 08/02, um requerimento para que seja realizada uma audincia pblica para debater a Lei Complementar n141/ 2012, que regulamenta a chamada Emenda 29. Autor da emenda em sua forma original, Mosconi lamenta a posio da Unio sobre a medida.

    Depois de 11 anos, a Emenda 29 foi regulamentada pela presidente Dilma Rousseff retirando toda a responsabilidade da Unio com a sade. A obrigatoriedade do custeio para o setor ficou a cargo dos Estados e dos municpios, que vo ter que gastar 12% e 15%, respectivamente, do oramento anual na sade, disse Mosconi, que tambm o presidente da comisso.

    O governo federal no possui um piso fixo de investimento. A Unio aplicar em sade somente o correspondente ao valor empenhado no oramento anterior, acrescido de, no mnimo, o percentual da variao nominal do Produto Interno Bruto (PIB) ocorrida no ano anterior ao da lei oramentria anual. A proposta inicial era que ela investisse 10% na sade.

    Vetos. A proposta foi sancionada, no dia 16 de janeiro, com 15 vetos. Entre os principais trechos da lei vetados por Dilma, est o que descarta recursos adicionais para a sade, caso haja uma reviso positiva do PIB. A justificativa da Unio que a necessidade de constante alterao nos valores a serem destinados sade pela Unio pode gerar instabilidade na gesto fiscal e oramentria.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 10, 2012

    Barbacena no topo

    Barbacenense o novo comandante da PM
    em Minas Gerais

    Mrcio Martins Santana substitui o coronel Renato Vieira de Souza, que entra para a reserva, depois de 30 anos de servios pretados corporao

    O coronel Mrcio Martins Santana, natural de Barbacena, assumiu o comando da Polcia Militar (PM) de Minas Gerais, na manh desta quinta-feira (26). Santana substitui o coronel Renato Vieira de Souza, que entra para o quadro de reservas da PM, depois de 30 anos de servios pretados corporao. A cerimnia de troca de comando foi realizada em Belo Horizonte.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 10, 2012

    FURO!!! Ex- miss Brasil, a juizfornana Natlia Guimares, pretende se candidatar a deputada em 2014. Foi o que ela me disse na inaugurao da nova convessionria da Lder - grupo pilotado pelo empresrio e deputado Braulio Braz.

    Inteligente, Natlia vai se formar em Jornalismo pelo Pitgoras da Cidade Jardimfoi a garota propaganda do grupo Lider de Muria na inagurao da Mega Concessionria que fica na av. de entrada para o Aeroporto da Pampulha. O terreno e a sede custaram um investimento de 40 milhes de reais.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 10, 2012

    Encontro do Conselho Nacional da Abarajet ser em Gravata - Pernambuco dia 30. Prograao extra comea dia 29.

    A Abrajet Nacional realizar em maro sua primeira reunio do Conselho Diretor, composto pela Diretoria, Conselhos Fiscal e de tica e mais os presidentes das diretorias seccionais dos Estados. Ser no dia 30, na agradvel cidade de Gravat, Pernambuco.

    O evento, que conta com o respaldo do
    presidente da Abrajet Hlcio Estrella, est sendo organizado pelo jornalista Luiz Felipe Moura, coordenador da entidade para a Regio Nordeste e ter o apoio do Governo do Estado e da Secretaria de Turismo de Gravat, dirigida pelo jornalista Ricardo Guerra, que, na ocasio far uma palestra sobre turismo, principalmente da cidade serrana, um dos parasos tursticos de Pernambuco.

    PROGRAMAO EXTRA Antes da reunio, no dia 29 os componentes do Conselho da Abrajet estaro em Nova Jerusalm para assistir ao grandioso espetculo da Paixo de Cristo, que se desenvolve na cidade cenogrfica do agreste pernambucano.
    Em Gravata, o grupo conhecer os pontos tursticos e participar de muitas atividades. No sbado, 31, na volta para o regresso s cidades de origem, os jornalistas do Conselho tero opo de visitar Olinda e a praia de Porto de Galinhas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 10, 2012

    Reforma no secretariado de Anastasia. Quanto sada do secretrio de Defesa Social Lafayette Andrada - ele nos disse ontem noite na inaugurao da nova concessionria da Lder , que nada est definido. Ainda. Digo eu: ele continua cotado para lder do governo na ALMG. Mas espera a desincompatibizao do atual lder Luiz Humberto para concorrer prefeitura de Uberlndia.

    O governador Antonio Anastasia deu posse nesta quinta-feira (9) aos novos secretrios de Estado de Desenvolvimento Social e extraordinrio de Regularizao Fundiria. O deputado Wander Borges deixou a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese), sendo substitudo pelo deputado estadual Cssio Soares, para assumir a Secretaria Extraordinria de Regularizao Fundiria (SEERF).

    Em seu discurso o governador exaltou a atuao de Wander Borges frente da Sedese. O secretrio Wander implantou projetos fundamentais que tratam da incluso, projetos importantes, pioneiros no Brasil, extremamente destacados. Eu queria agradecer seu esforo junto com a sua equipe e cumprimentar a toda a equipe da Sedese em todo o Estado, que vem realizando um trabalho referncia no Brasil. Por isso, solicitei ao secretrio Wander que leve esse seu conhecimento para uma rea tambm complexa, que a regularizao fundiria, afirmou Anastasia.

    Ao secretrio Cssio Soares, o governador desejou xito frente da pasta de Desenvolvimento Social. Quero cumprimentar ao deputado Cssio pela sua formao, pelo seu preparo intelectual, pela sua habilidade e, sobretudo, pela sua disposio. A Secretaria de Desenvolvimento Social est muito azeitada, merc do belo trabalho do secretrio Wander e da equipe, e tenho certeza que o secretrio Cssio vai dar continuidade a esse trabalho, trazendo tambm, o que fundamental, a sua prpria marca, o que prprio da nossa humanidade. Vai aperfeioar, vai avanar e ns teremos, com certeza, um ponto extremamente positivo nas questes sociais, disse.

    Na presena do vice-governador Alberto Pinto Coelho e da maioria dos secretrios de Estado, que estiveram presentes cerimnia, o governador lembrou o fim ltimo da misso do Governo, a prestao de servios pblicos de qualidade. Secretrio Cssio vai perceber agora que estamos dentro de um Governo que totalmente integrado e harmnico, que funciona como uma boa engrenagem. natural que, como todo governo, ainda mais no segundo Estado da Federao em populao e em riqueza, ns tenhamos problemas complexos. Isso faz parte do nosso cotidiano. Por isso, o desafio de superao desses entraves, desses bices para podermos cada vez melhor prestar um servio pblico de qualidade, afirmou.

    Em entrevista Anastasia reafirmou que as mudanas no secretariado so rotineiras, parte da administrao pblica, e que a competncia para quaisquer mudanas sua. Volto a dizer a mesma coisa, as mudanas do Governo elas so normais, cotidianas. Ora secretrio, ora adjunto, ora subsecretrio, outros cargos, o cotidiano do Governo. Quando houver necessidade ou quando o secretrio tambm solicitar a sada, ns fazemos as substituies, lembrou.

    Os secretrios

    Cssio Soares deputado estadual, filiado ao PSD. Na Assembleia Legislativa, foi vice-lder do bloco Transparncia e Resultado de apoio ao Governo do Estado e integrou as comisses de Constituio e Justia e Segurana Pblica, alm de ter sido suplente da comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria.

    Cssio formado em Economia pelo Centro Universitrio Unifacef de Franca (SP). Cursou tambm o Programa de Desenvolvimento de Gestores Pblicos na Fundao Dom Cabral, em Belo Horizonte. Comeou atuar na poltica em Passos, em grupos de jovens, clubes de servios e voluntariados e movimentos sociais.

    Em 2005, trabalhou como assessor parlamentar na Cmara Municipal de Passos. Em 2007, assumiu a chefia de gabinete do secretrio de Defesa Social, Maurcio Campos Jnior. Em 2009, assumiu cargo de subsecretrio de Inovao e Logstica da Secretaria de Estado de Defesa Social, cargo no qual permaneceu at 2010, quando se desincompatibilizou para se candidatar a deputado.

    Wander Borges, filiado ao PSB, tambm deputado estadual. contador e administrador, ps-graduado em Auditoria e Controle Externo, tcnico mecnico, tcnico metalrgico e ex-funcionrio do Banco Credireal. inspetor licenciado do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG).

    Iniciou na vida pblica como vereador mais votado em Sabar (1993/1996). Em 1996, foi eleito prefeito do municpio e reeleito, em 2000, com 94,37% dos votos, sendo o prefeito com maior percentual de votos no Estado e o segundo do Brasil. Durante o seu mandato na prefeitura de Sabar, ocupou a presidncia da Associao dos Municpios da Regio Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel).

    Wander Borges exerceu os cargos de subsecretrio de Estado do Trabalho e Ao Social no primeiro mandato do governador Acio Neves e de presidente do Conselho Estadual de Assistncia Social. Em 2006, elegeu-se para o primeiro mandato como deputado estadual, sendo reeleito em 2010.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 9, 2012

    Pra quem gosta de CINEMA. Recomendo!!!

    Sexta comea mostra de filmes inditos
    ou que ficaram pouco tempo em cartaz em BH

    O Cine Humberto Mauro, no Palcio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro), apresenta entre sexta-feira, dia 10, e o dia 29 deste ms, uma juno indita de duas mostras realizadas pela Fundao Clvis Salgado ao longo dos ltimos seis anos, Inditos em BH e Passou Batido em BH. Com o objetivo de levar ao pblico mineiro obras que no foram exibidas ou que estiveram pouco tempo em cartaz na cidade, a Inditos/Passou Batido em BH traz, em 19 dias de exibio, 15 filmes produzidos entre 2004 e 2011.

    Para o gerente do Cine Humberto Mauro, Rafael Ciccarini, a unio das duas mostras ir proporcionar uma programao vasta e qualificada ao pblico que costuma frequentar o cinema e atrair novas pessoas, que tero uma boa oportunidade para conferir produes de grande relevncia no cinema nacional e mundial inditas em Belo Horizonte ou que no tiveram o devido destaque e ateno quando de suas poucas exibies. Atendemos, dessa forma, a uma demanda da cidade, trazendo, alm dos filmes de repertrio, produes que se veem a cada dia com menos possibilidades de exibio com o recente fechamento de salas independentes em Belo Horizonte, disse.

    Abrindo a programao, amanh sero mostrados Singularidades de uma Rapariga Loura (do centenrio diretor portugus Manoel de Oliveira, um dos mais importantes cineastas europeus), s 17h; Turn (quarto longa do diretor Mathieu Amalric, uma comdia francesa que presta homenagem ao burlesco) s 19h; e Morada (documentrio da mineira Joana Oliveira sobre uma senhora vive a angstia de poder ter sua casa desapropriada h mais de 50 anos), s 21h.

    Ao longo da exibio da mostra, destaque para filmes inditos na cidade, como o documentrio As Canes, de Eduardo Coutinho (diretor de "Babilnia 2000", "Edifcio Master", "Pees" e "Santo Forte"), e As Praias de Agnes, da cineasta e roteirista belga Agnes Varda, ambos com exibies durante o feriado de Carnaval. Ainda entre os dias 18 e 22, no Carnaval, estaro em cartaz Medianeras: Buenos Aires na Era do Amor Virtual (longa de estreia do argentino Gustavo Taretto),Transeunte (primeira fico da carreira de Eryk Rocha, premiado no 43 Festival de Cinema de Braslia e no 3 Festival de Cinema Latino-Americano), Esses Amores (do francs Claude Lelouch, diretor de Crimes de Autor e Um Homem, Uma Mulher) , A Alma do Osso (do reconhecido cineasta e artista plstico belo-horizontino Cao Guimares),Trabalhar Cansa (selecionado para o Festival de Cannes 2011) ,Estado de Stio (codireo de oito produtores mineiros) e Um Lugar Qualquer (da americana Sofia Coppola, diretora de As Virgens Suicidas, Maria Antonieta e Encontros e Desencontros).

    Completam a lista de obras selecionadas para a mostra, como Lola (do filipino Brillante Mendoza), Outubro (filme que marca a estreia dos irmos peruanos Diego e Daniel Vega Vidal no longa-metragem e premiado no Festival de Cannes) e Remies do Rio Negro (documentrio longa metragem sobre as misses salesianas no Alto Rio Negro, no Amazonas).

    Sucesso

    As mostras Inditos em BH e Passou Batido em BH tm um histrico de sucesso de pblico na programao do Cine Humberto Mauro. Em uma nica edio, realizada entre maio e junho de 2011, a Inditos em BH teve 153 sesses, que foram vistas por mais de 3 mil pessoas. Realizada desde 2006, a Passou Batido BH teve, ao longo dos ltimos anos, cinco edies, que foram vistas por quase 8 mil pessoas.

    A Inditos/Passou Batido em BH uma realizao da Fundao Clvis Salgado com patrocnio do Ita. A entrada para as sesses custa R$ 5 (inteira) e R$2,50 (meia) e j esto venda na bilheteria do Palcio das Artes, pelo site Ingresso.Com, ou, ainda, nos pontos de vendas externos aos espaos da FCS: no Quiosque Americanas.com Blockbuster Gutierrez (rua Andr Cavalcanti, 214, Gutierrez) e no Quiosque Americanas.com Shopping Cidade (rua Tupis, 317/337 Centro).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 9, 2012

    Oportunidade!!!

    Processo seletivo para Engenheiros, Arquitetos e Gegrafos
    Publicado em 12/01/2012 17:13:07

    A prefeitura municipal de Belo Horizonte est com processo seletivo aberto para Engenheiros, Arquitetos e Gegrafos e conforme edital divulgado esto disponveis no total 83 vagas, sendo elas: 57 vagas para arquiteto, duas para engenheiro ambiental, 12 para engenheiro civil, duas para engenheiro agrnomo e 10 para gegrafo. O processo seletivo contar com 2 etapas, a primeira ser uma prova objetiva de mltipla escolha e a segunda uma prova discursiva.

    As inscries sero efetuadas exclusivamente pela internet atravs do endereo eletrnico da FUNDEP , por meio do link correspondente s inscries do Edital 06/2011 - Engenharia e Arquitetura/PBH, entre s 10:00h do dia 26 de janeiro de 2012 e s 19:00h do dia 24 de fevereiro de 2012 horrio oficial de Braslia/DF. A taxa de inscrio tem o valor nico de R$90,00(Noventa reais) para todos os cargos/especialidades.
    Os vencimentos iniciais so:

    Arquiteto e Engenheiro R$2.321,52 + Gratificaes totalizando at R$2.000,00, nos termos da Lei n 9.550/2008 por 6(seis) horas dirias.

    Analista de Polticas Pblicas/Gegrafo R$ 3.134,24 por 8(oito) horas diria

    O edital est disponvel no Dirio oficial do Municpio pelo link:
    http://portal6.pbh.gov.br/dom/iniciaEdicao.do?method=DetalheArtigo&pk=1071782


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 9, 2012

    Anncios e compras,pela internet. Pinado do twitter do jornalista Schubert Arajo da Multitexto. PARA LER E PENSAR...

    Voc criou um anncio mobile impressionante.
    O target est clicando nele.
    Tudo est indo de acordo com o planejado!

    Bom, mas o que acontece depois?

    bem provvel que o internauta deixe de interagir com o anncio se no houver nada interessante em seguida. Por esse motivo, marcas e annciantes tm que redobrar a ateno. As compras a partir de dispositivos mveis com acesso internet tem apresentado crescimento exponencial. Um estudo do eMarketer revela que em 2012 cerca de 73 milhes de usurios com mais de 14 anos vo navegar ou pesquisar por produtos e servios a partir de telefones celulares e smartphones. O mercado deve se preocupar com o processo completo, ou seja, desde o momento em que o internauta clica no anncio at quando ele completa uma compra.

    Se voc est querendo converter o investimento do seu anncio mobile em dinheiro, sugiro que considere os seguintes pontos:

    - Mantenha um site mobile: At parece bvio, n? Servios como Mobify, Wirenode ou Onbile, alm de converterem seu website convencional em uma verso mobile, conseguem ajudar voc a construir uma nova pgina rapidamente. Para ter certeza que possui boa navegabilidade, pense como os usurios de mobile esto utilizando seu site. Alm disso, mantenha as informaes mais relevantes em locais de fcil acesso.

    - Considere a compra por comparao: Nunca foi to fcil verificar informaes a partir de mltiplas fontes. Se voc tem uma oferta especial, as melhores opes, frete grtis e um excelente servio de atendimento ao consumidor as chances de um consumidor desistir de efetuar a compra caem drasticamente. Porm no deixe de verificar tambm as razes pelas quais, apesar de o espao da tela ser limitado, a busca realizada pelo usurio o levou exatamente para o seu site mobile.

    - Invista em segurana: Enviar as informaes do carto de crdito a partir de um telefone celular ainda parece ser uma ideia estranha, mas cada vez mais pessoas se acostumam a fazer isso. Para que seus consumidores em potencial tenham no tenham medo de realizarem esse tipo operao, passe todas as informaes sobre segurana de pagamento que o site mobile possui.

    - Oferea descontos: Se o seu cliente prefere ver o produto pessoalmente na loja fsica antes de adquiri-lo, um cupom mobile ou um carto de desconto poderia ajud-lo a efetuar a compra. Tente integrar seus aplicativos de cupom de desconto para mobile ou promova a utilizao de QR codes. Descarte a possibilidade de distribuir cartes de desconto de pltico. Encontre uma soluo que combine mais com o sculo 21 para realizar esse tipo de ao.

    - Analise as avaliaes: Antes de finalizarem a compra, muitos consumidores do uma olhada nas avaliaes de produtos e servios. Se h comentrios negativos, encontre uma maneira de respond-los e tente fazer com que suas avaliaes atinjam a mdia de 4 a 5 estrelas. Basta uma crtica negativa para que tudo v por gua abaixo.

    Na prxima vez em que vir um anncio, d um clique para saber at onde ele vai levar voc. Ento faa as seguintes perguntas. simples de usar? Voc desiste logo de cara e sua ateno se desvia para outra coisa? Fique atento ao processo completo para ter certeza que a soluo proposta por sua campanha capaz de ultrapassar as expectativas que seu anncio mobile oferece.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 9, 2012

    Inovao na construo civil em BH

    Comunidade da Construo de Belo Horizonte
    Recursos compartilhados e ambiente colaborativo
    promovem melhorias nos canteiros de obras.

    As construtoras de Belo Horizonte tero mais oportunidade de treinamento em sistemas construtivos base de cimento. Com o incio do 5 Ciclo de atividades a Comunidade da Construo de Belo Horizonte, programa liderado pela Regional Minas da Associao Brasileira de Cimento Portland ABCP/MG em parceria como Sindicato da Indstria da Construo no Estado de Minas Gerais Sinduscon-MG, abre espao para participao das construtoras em trs grupos de trabalho: Alvenaria Estrutural com Blocos de Concreto, Revestimento de Argamassa e Estruturas de Concreto.

    Com durao de 12 meses, o novo ciclo prope o estudo aprofundado dos sistemas construtivos por meio de reunies, visitas tcnicas e fruns de discusso.

    A inovao deste ciclo o Programa de Desenvolvimento de Construtoras PDC voltado para pequenas e mdias construtoras que desejam aprimorar seu trabalho em Alvenaria Estrutural, sistema responsvel por mais economia e agilidade nas obras, principalmente no segmento econmico e supereconmico.

    O trabalho da Comunidade da Construo integrado com o mercado e os recursos so compartilhados. Para participar cada construtora contribui com R$ 350,00 por ms e pode inscrever at seis funcionrios para integrar as atividades.

    A primeira reunio do 5 Ciclo ser realizada dia 16 de fevereiro, s 16h, no auditrio do Sinduscon-MG, Rua Marlia de Dirceu, 226, 4 andar, bairro de Lourdes, na capital mineira. Interessados podem entrar em contato com a ABCP/MG no telefone (31)3223.0721 ou email abcpmg@terra.com.br. Mais informaes no site www.comunidadedaconstrucao.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 9, 2012

    Para ver a BANDA passar!!!


    Governo de Minas entrega instrumentos
    para 26 bandas da Zona da Mata
    Por meio do Programa Bandas de Minas,
    foram entregues 155 instrumentos para grupos da regio

    O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), entregou 802 instrumentos de sopro, metal e percusso a 126 corporaes musicais contempladas por meio do Edital 2011 do programa Bandas de Minas. Na Zona da Mata, 26 bandas foram beneficiadas, com a entrega de 155 instrumentos musicais.

    Alm da doao de instrumentos musicais, o Programa Bandas de Minasvai realizar cursos/oficinas de capacitao e aperfeioamento artstico, e o lanamento de um CD, que ser gravado com a participao de bandas agraciadas nesta edio.

    As bandas civis representam uma instncia de valorizao da cultura popular, e contam com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura, por meio de convnio com a Codemig, que garante a doao de instrumentos musicais e a democratizao do acesso a diferentes repertrios.

    Novidade

    Uma das mudanas implementadas em 2011 foi a criao de um edital especfico para o programa. Segundo a secretria de Estado de Cultura, Eliane Parreiras, este um mecanismo que favorece o relacionamento institucional entre os grupos e a secretaria, estimula o cadastramento das bandas, democratiza o processo de seleo, entre outros benefcios. A criao do edital foi uma maneira de estabelecer um relacionamento formal entre essas corporaes e a Secretaria de Estado de Cultura, para detectarmos o nmero de bandas existentes em Minas, se elas esto ou no ativas, e se representam instituies jurdicas ou no, explica.

    Nesta edio, o programa recebeu 350 projetos de 323 municpios mineiros. De acordo com Eliane Parreiras, o sucesso do nmero de inscries ocorreu graas ao estreito dilogo entre a SEC e as corporaes musicais. A equipe tcnica da secretaria realizou um atendimento minucioso, auxiliando desde a emisso de documentos e certides, at no esclarecimento de dvidas sobre registros, comenta. O processo foi extremamente democrtico, justamente por levar em conta as limitaes de cada corporao, bastando a elas apenas estarem devidamente legalizadas junto secretaria, completa.

    Investimento crescente

    Minas Gerais um dos estados brasileiros que abriga o maior nmero de corporaes musicais e, a cada ano, novas instituies participam do programa. Das cerca de 800 bandas civis distribudas pelo territrio mineiro, 753 esto cadastradas na Secretaria de Estado de Cultura, sendo que 537 delas j foram beneficiadas com a entrega de 7.435 instrumentos musicais, nos ltimos oito anos (2003 a 2011). Os recursos destinados ao programa ultrapassam a soma de R$ 5,67 milhes.

    Tradio das bandas em Minas

    De carter popular e espontneo, as corporaes musicais so consideradas patrimnio do povo mineiro, por serem guardis de uma tradio que data do sculo 18, no perodo aurfero. As bandas civis no Estado agregam cerca de 30 mil msicos.

    A importncia das bandas em Minas tambm se d pelo fato de que essas corporaes desempenham aes de carter tcnico-musical e comunitrio, atraindo em torno de si a formao de verdadeiras escolas de msica, oferecendo a todas as comunidades a oportunidade de exercitar talentos e descobrir vocaes artsticas transmitidas h geraes.

    Justamente por entender que as bandas so elementos primordiais de construo de relaes culturais e histricas nas comunidades, o Governo de Minas reserva ateno especial a esse segmento da cultura, por meio do Programa Estadual de Apoio s Bandas de Msica.

    Relao das bandas contempladas na Zona da Mata pelo Edital 2011:

    Alm Paraba Sociedade Musical Carlos Gomes

    Amparo da Serra Corporao Musical Lira N. S. do Amparo

    Araponga Corporao Musical Corao de Jesus

    Argirita Sociedade Musical Lira 1. de Maio

    Bias Fortes Sociedade Musical Padre Silveira

    Carangola Sociedade 21 de Abril

    Cipotnea Corporao Musical Santa Ceclia

    Coimbra Lira Coimbrense

    Dores do Turvo Corporao Musical Nossa Senhora dasDores

    Ervlia Corporao Musical Lira So Jos

    Faria Lemos Corporao Musical Jos Ferreira

    Guararᠠ Banda de Msica Guarar

    Itamarati de Minas Corporao Musical Santa Ceclia

    Lamim Corporao Musical Divino Esprito Santo

    Leopoldina Lira Musical 1. de Maio

    Leopoldina Banda Musical Princesa Leopoldina

    Paiva Corporao Musical "Santa Rosa"

    Paula Cndido Corporao Musical Monsenhor Lisboa

    Pedra do Anta Corporao Musical So Sebastio

    Raul Soares Corporao Musical Raulsoarense

    Santana de Cataguases Sociedade Musical Lira Santanense

    Santo Antnio do Grama Corporao Musical Nelson Borges

    Santos Dumont Sociedade Musical Carlos Gomes

    Sem Peixe Corporao Musical Nossa Senhora das Graas

    Senador Firmino Corporao Musical N. S. da Conceio

    Tabuleiro Sociedade Musical Santa Terezinha


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 9, 2012

    Assemblia de Minas recolheu quae 13 toneladas de donativos para as vtimas da chuva

    Oquarto e ltimo lote de donativos da campanha do projeto Assembleia Solidria, destinado s vtimas das chuvas no Estado, reuniu 404,5 quilos, que foram recolhidos e pesados nesta quarta-feira (8/2/12), no hall de entrada da ALMG. O material foi encaminhado para a Cruz Vermelha, que far a destinao para as reas afetadas. No total,foram arrecadadas 12,7 toneladas de donativos ao longo de toda a campanha.

    Desde 11 de janeiro deste ano oprojeto Assembleia Solidriavinha contribuindo com a entrega de donativos para a Cruz Vermelha. No primeiro lote, foram encaminhadas 3,5 toneladas; na segunda remessa (em 18 de janeiro), foram enviadas 5 toneladas; e no terceiro lote, recolhido em 1 de fevereiro, foram encaminhadas 3,76 toneladas.

    O projeto Assembleia Solidria consiste em um conjunto de aes para mobilizar cidados, entidades da sociedade civil e instituies pblicas e privadas em torno de causas sociais. O projeto realizado em parceria com as entidades dos funcionrios da ALMG (Aplemg, Aslemg, Cofal e Sindalemg).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 9, 2012

    Talento mineiro


    Pesquisador da Fhemig tem artigo publicado em revista cientfica internacional
    Estudo comprovou a eficcia da fortificao da gua,
    com acrscimo de ferro e vitamina C,
    para reduo da anemia e incremento nutricional
    em crianas atendidas em creches de Belo Horizonte

    O coordenador do Ncleo de Inovaes Tecnolgicas e Propriedade Intelectual, da Gerncia de Ensino e Pesquisa da Fundao Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), Flvio Diniz Capanema, um dos autores da pesquisa intitulada gua de Ferro, publicada em dezembro do ltimo ano na revista cientfica Food and Nutrition Bulletin, da Universidade das Naes Unidas. A pesquisa comprovou a eficcia da fortificao da gua, com acrscimo de ferro e vitamina C, para reduo da anemia e incremento nutricional em crianas com idade entre seis meses e seis anos, atendidas em creches de Belo Horizonte.

    De um total de cerca de 3 mil crianas que beberam a gua, foram avaliadas 318, que tiveram o sangue analisado cinco meses antes e depois do consumo da gua fortificada. Para assegurar que as crianas consumissem a mistura, os bebedouros convencionais foram substitudos por filtros com a gua fortificada. O lquido tambm foi usado para preparar as refeies. De acordo com o pesquisador, a gua no possui efeitos colaterais importantes.

    A relao custo-benefcio um dos grandes atrativos do projeto gua de Ferro. O custo muito baixo, a efetividade muito alta e a administrao simples, afirma Flvio Capanema. Com poucos recursos, possvel evitar que crianas desenvolvam doenas graves, com sequelas irreversveis, visto que a deficincia de ferro pode acarretar danos mentais, retardar o crescimento e diminuir a resistncia do organismo.

    A prevalncia de anemia caiu significativamente de 29,3%, antes da fortificao da gua, para 7,9% ao final do estudo, com um expressivo aumento dos nveis de hemoglobina. Foi tambm observada reduo dos ndices de prevalncia de dficit no crescimento e baixo peso.

    Fortificao o mtodo mais efetivo

    Anlises recentes revelam que a anemia um srio problema de sade pblica no Brasil, afetando 53% das crianas abaixo de 5 anos de idade. Devido a essa alta incidncia, a fortificao dos alimentos com ferro considerada o mais efetivo mtodo para combater a anemia.

    A Organizao Mundial de Sade (OMS)recomenda como medidas bsicas para a preveno e controle da anemia, a educao nutricional voltada para o aumento do consumo de alimentos ricos em ferro, programas para o controle de doenas parasitrias, adoo de suplementos alimentares e o enriquecimento de alimentos com ferro.

    Reconhecimento

    A pesquisa foi realizada em 2005/2006 e ganhou o reconhecimento do meio acadmico e do poder pblico, tendo conquistado o primeiro lugar no 1 Encontro Latino-Americano de Alimentos Enriquecidos com Ferro e o VII Seminrio Estadual do Sistema de Vigilncia Alimentar e Nutricional em Ateno Bsica, realizados em 2008, em Belo Horizonte. A publicao recente na revista internacional refora o reconhecimento da relevncia do trabalho. A pesquisa teve apoio financeiro da Fapemig e da Eletrobrs/Centrais Eltricas de Furnas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 8, 2012

    Turismo




    LEVANTAMENTO MOSTRA OCUPAO HOTELEIRA DE JANEIRO NAS CIDADES TURSTICAS MINEIRAS AFETADAS PELAS CHUVAS

    Depois das chuvas que atingiram Minas Gerais no incio de janeiro, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur/MG), continua o trabalho de monitoramento da situao das 26 cidades tursticas afetadas. Estimativa realizada durante todo o ms de janeiro aponta que a mdia da diminuio da taxa de ocupao hoteleira ficou em torno de 13,3% nesses municpios.

    O secretrio de Estado de Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho, esclarece que o trabalho realizado pelo Governo do Estado e parceiros para divulgao da situao de normalidade nos municpios tursticos atingidos foi importante para que os prejuzos com os cancelamentos das viagens fossem minimizados.

    Agradeo imprensa, entidades do trade, prefeituras, circuitos tursticos que participaram da iniciativa de informar sociedade que as cidades afetadas pelas chuvas em janeiro esto com acessos e atrativos tursticos sem restries e, por isso, esto de portas abertas para receber o visitante. Sem essa iniciativa, a queda da taxa de ocupao hoteleira poderia ter sido maior, ressalta Patrus Filho.

    Casos semelhantes ocorridos no Rio de Janeiro no ano passado trouxeram prejuzos maiores s cidades atingidas pelas chuvas. Angra dos Reis, por exemplo, que passou por deslizamentos de terra com dezenas de vtimas no Revillon, de 2010 para 2011, apresentou reduo de 53% das reservas no ms de janeiro de 2011. J o municpio de Petrpolis, que sofreu com a mesma situao, teve 79% das reservas do mesmo ms canceladas e 87,25% de cancelamentos no Carnaval do ano passado, segundo pesquisa do Petrpolis Convention & Visitors Bureau.

    Boas perspectivas

    Em Ouro Preto, um dos mais tradicionais e procurados destinos tursticos de Minas Gerais, conhecido internacionalmente por sua riqueza e arquitetura colonial de estilo barroco, que teve queda de barreiras e sua estrada de acesso obstruda pelas chuvas, houve uma queda no percentual de ocupao hoteleira de cerca de 20% em relao a janeiro do ano passado.

    Agora, as autoridades locais tm boas perspectivas. Estamos otimistas, pois na segunda quinzena de janeiro o municpio j teve uma boa procura por hospedagens, principalmente por famlias. Para fevereiro, nossos 100 hotis e pousadas de pequeno porte, que totalizam dois mil leitos, tm garantia de 60% de suas reserva, enfatizou a presidente regional da Associao Brasileira da Indstria de Hotis Regional / Circuito do Ouro(ABIH), Snia Vianna.

    Felipe Barbosa, secretrio Municipal de Turismo de Tiradentes, afirma que as chuvas no trouxeram grandes danos ao turismo da cidade, de forma que a ocupao dos leitos totalizados no municpio no foi afetada.

    Segundo ele, a ocupao hoteleira da cidade gira agora em torno de 85%. Logo aps as chuvas, nosso municpio realizou um de seus principais eventos, que a Mostra de Cinema. A iniciativa aqueceu o movimento local, proporcionou lotao mxima da rede hoteleira e ainda, foi uma oportunidade de mostrarmos que nossa a cidade continua linda e com todos os seus atrativos disposio do pblico, enfatizou Barbosa.

    Levantamento

    Das 224 cidades mineiras que decretaram situao de emergncia at o momento, 26 tm o turismo como uma de suas principais atividades econmicas. So elas: Alfenas, Barbacena, Brumadinho, Capitlio, Conceio do Mato Dentro, Congonhas, Coronel Xavier Chaves, Diamantina, Divinpolis, Formiga, Governador Valadares, Itabirito, Lavras, Lima Duarte, Mariana, Moeda, Montes Claros, Muria, Nova Lima, Ouro Preto, Pirapora, Prados, Santa Brbara, Santos Dumont, So Joo del Rei e Tiradentes.

    A Secretaria de Estado de Turismo realiza, desde o incio das chuvas em janeiro, monitoramento da situao desses municpios quanto aos acessos e atrativos tursticos. O levantamento atualizado est disponvel no endereo www. minasgerais.com.br.

    Essas cidades tero prioridade nas aes de promoo e de divulgao do Governo do Estado para a recuperao da normalidade referente s atividades tursticas.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 8, 2012

    Cmara de BH aprovou projeto que prev gratuidade de estacionamento em Shopping nas primeiras 4 horas.Mas cliente tem que gastar mnimo de 30 reais...

    A Cmara Municipal de Belo Horizonte aprovou nesta tera-feira projeto de lei que prev a gratuidade de estacionamento para clientes de shoppings da capital. O Projeto de Lei 1851/11, de autoria do vereador Lo Burgus de Castro (PSDB), regulamenta a cobrana de estacionamento nos shopping e hipermercados para seus consumidores. A proposta defende a gratuidade de estacionamentos em shoppings centers em at quatro horas de permanncia, desde que comprovada despesa mnima de R$ 30.

    De acordo com o projeto, a gratuidade do estacionamento s ser efetivada mediante apresentao de notas fiscais que comprovem compras ou outras despesas efetuadas no shopping. O beneficio vale para as primeiras quatro horas. Caso permanea por mais tempo, o consumidor deve pagar o valor correspondente ao perodo excedente.

    O autor argumenta que O objetivo principal desta lei que toda a populao frequentadora de shoppings da cidade seja beneficiada com a supresso da cobrana, uma vez que o custo j est embutido nos preos dos produtos e servios postos sua disposio, destaca. A maioria dos shoppings da capital cobra estacionamento.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 8, 2012

    Em Minas presidirios criam peixe na Dutra Ladeira. Governador Anastasia foi l ver.

    O governador Antonio Anastasia acompanhou, nesta tera-feira (07), juntamente com o ministro da Pesca e Aquicultura, Luiz Srgio Nbrega de Oliveira, e o secretrio de Defesa Social, Lafayette Andrada, a retirada dos primeiros peixes criados por detentos do Presdio Antnio Dutra Ladeira, em Ribeiro das Neves. Ao todo, esto sendo retiradas do aude da unidade 1,5 mil tilpias, que equivalem a aproximadamente 1,2 mil quilos de peixe.

    Minas Gerais o primeiro estado do pas a produzir peixes em unidade prisional. A iniciativa, parceria entre o Governo de Minas e o governo federal, tem o objetivo de facilitar a reintegrao social dos detentos, que passam a ter uma qualificao profissional. Os presos recebem remisso da pena em um dia a cada trs trabalhados.

    Anastasia destacou o carter de ressocializao do projeto, alm da possibilidade de auxiliar entidades carentes, que recebero os peixes coletados no aude. Segundo o governador, a inteno , a partir da primeira experincia, em Neves, expandir o programa para outras unidades prisionais do Estado.

    Estamos diante de um projeto aparentemente simples, mas com um resultado muito efetivo. Ele ocupa os presos e, ao mesmo tempo, permite a criao de uma profisso que vai crescer no futuro, o criatrio de peixes. um projeto que atende a todos, muito positivo. Ns vamos estend-lo para outras unidades que tenham possibilidade de ter nos seus terrenos tambm reservatrios de gua e tenho certeza que um modelo que ir para o Brasil afora, afirmou o governador.

    Os peixes coletados sero doados ao Banco de Alimentos de Ribeiro das Neves, montado pelo Ministrio do Desenvolvimento Social e Combate Fome, em 2007. O banco far a distribuio dos peixes para 22 instituies (entre creches, lares de idosos, Associaes de Paes e Amigos de Excepcionais e obras sociais) e sete Centros de Referncia de Assistncia Social (Cras).

    O secretrio Lafayette Andrada afirmou que o projeto faz parte da busca do Governo de Minas por humanizar os presdios do Estado, garantindo aos detentos condies de trabalho aps cumprirem a pena.

    Minas Gerais vem realizando, de maneira muito consciente, a ressocializao e humanizao do sistema prisional por meio do trabalho. Temos parcerias com quase 300 empresas que do trabalho a cerca de 12 mil detentos. Isso representa 40% da nossa populao de presos condenados, ndice maior que qualquer outro Estado da federao. As estatsticas nos incentivam a continuar nesse caminho quando mostram que a reinsero no sistema prisional daqueles que trabalham mnima, disse Andrada.

    Novos tanques

    Durante a solenidade, foram entregues pelo Ministrio da Pesca, quatro novos tanques redes, que tambm sero instalados no Presdio Dutra Ladeira, aumentando para dez o nmero desse equipamento na unidade.

    O ministro Luiz Srgio Nbrega de Oliveira destacou a posio de Minas Gerais como grande produtor de alimentos e apontou o programa como forma de se perseguir disponibilidade e qualidade alimentar para a populao. Ele destacou ainda a importncia da parceria entre as diferentes esferas governamentais para o sucesso e a expanso do programa.

    Vejo esse projeto com muita alegria, uma experincia pioneira, que tenho muita esperana possa ser copiada. Ns queremos consolidar em Minas Gerais, nos lagos e reservatrios, porque um Estado grande produtor de alimentos em nosso pas - de leite, carne bovina - e, certamente, ser tambm um grande produtor de peixes. Ns precisamos incentivar e aqui deu resultados porque temos excelente convergncia de fatores, com a presena do Governo do Estado, do Governo Federal, da universidade, explicou o ministro.

    Os presos que participam do projeto fizeram um curso de piscicultura, ministrado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Um doutorando da universidade acompanha o trabalho com visitas regulares ao presdio.

    A criao de tilpias acontece na Dutra Ladeira, como projeto piloto, desde julho do ano passado, quando os primeiros 1,5 mil alevinos - filhotes de peixes logo aps o nascimento - foram colocados no aude da unidade.

    Em outubro, outra remessa com a mesma quantidade de peixes foi depositada no local. Por fim, uma terceira remessa de 1,5 mil alevinos foi colocada no tanque na semana passada. H ainda uma quarta remessa que ser colocada no aude em maro.

    Entre outros, participaram da solenidade o secretrio de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Adriano Magalhes, o prefeito de Ribeiro das Neves, Walace Ventura, e o superintendente Federal de Pesca e Aquicultura de Minas Gerais, Wagner Benevides.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 7, 2012

    No clima do carnaval em BH. Isso mesmo...confira!!!

    AS FORMOSAS
    PUXAM O BLOCO ATRS DO JACARɔ
    NA PAMPULHA

    O Carnaval 2012 em BH, marca a estria do Bloco Atrs do Jacar.
    Idealizado pela cantora e professora de canto, Celinha Braga - que comemora 15 anos da Celinha Braga Oficina de Msica - localizada na Pampulha, o Bloco Atrs do Jacarnasce para resgatar os tradicionais blocos de carnaval e suas marchinhas, valorizando ainda mais a regio da Pampulha, em proposta de bom humor. O nome escolhido faz aluso ao famoso jacar existente na Lagoa da Pampulha.

    Atrs do Jacar.tem concentrao, no dia 12 de fevereiro,domingo, s 14h, em frente Celinha Braga Oficina de Msica (Av. Alfredo Camarate, 279 - 1 quarteiro da Lagoa, quase ao lado do Promove);

    O Bloco Atrs do Jacar nasce puxado pelo grupo As Formosas Babaya, Lu Braga e Celinha Braga.
    Da sada, s 16h, seguir pela Alfredo Camarate at a orla da Lagoa, rumo Praa So Francisco de Assis, ao lado da Igrejinha. L, o bloco tocar durante 30 minutos e a seguir, haver roda de samba com Dod Rodrigues.
    O evento conta com o apoio da PBH-Regional Pampulha.
    Na Praa haver barraquinhas com comidas e bebidas.

    A Marchinha Atrs do Jacar composta por Claudia Passos, j o hit decorado pelo bloco:
    Atrs do Jacar
    Cludia Passos
    Pampulha no s mais um carto postal
    A Pampulha agora tambm tem seu carnaval
    E se a lagoa anda cheia de aguap
    No me importa, assim mesmo eu saio atrs do jacar!
    Pampulha do JK
    Do Niemeyer, do Mineiro
    Da Igrejinha, do Parque Guanabara
    Pampulha arte, ousadia e diverso
    Tem lugar pr quem gosta de correr
    E tambm pr quem s caminha
    E quem traz a msica no corao
    Vem correndo pro cordo da Oficina da Celinha.

    As fantasias tero a cara da Pampulha!
    Estaro presentes capivaras, Juscelino, Iemanj, So Francisco de Assis, Niemeyer e muito mais.
    Presena tambm confirmada a da cantora Dona Jandira, entre outras personalidades do meio musical e claro, do Jacar (representado por Analu, percussionista vide Z da Guiomar, Quatro na Roda, Frito na Hora e as Formosas, entre outros).
    O Bloco convida: fantasia, garrafa dagua e muita alegria Atrs do Jacar!!!
    Acesso livre.
    Assessoria de imprensa: Mrcia Francisco (031) 91659778


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 7, 2012

    TURISMO

    SETUR PARTICIPA DO 18 WORKSHOP
    E TRADESHOW CVC

    A Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais participa, nos dias 8 e 9 de fevereiro, do 18 Workshop e Tradeshow CVC, no Expo Center Norte, em So Paulo. No evento, que destinado exclusivamente aos profissionais do trade turstico, sero apresentados roteiros mineiros areos e rodovirios que so trabalhados pela operadora como, Belo Horizonte, Cidades Histricas, Serra da Canastra, Serra do Cip e Regio das Malhas, no Sul de Minas.

    Workshop e Tradeshow CVC

    Reconhecido como um dos maiores eventos do turismo nacional, o 18 Workshop & Trade Show CVC rene hotis, companhias areas, receptivos, fornecedores, locadoras de automveis, parques temticos e rgos de turismo nacionais e internacionais, alm das principais lideranas do turismo e grandes empresrios do setor. Nesta edio, so esperados 600 expositores de mais de 20 pases, e a visita de 10 mil agentes de viagens de todo o Brasil.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 7, 2012

    Novo presidente do TRE de Minas.

    Desembargador Brando Teixeira, vice-presidente e corregedor, em sesso do TRE-MG. 17/03/2011. Foto: Cludia Ramos ASCOM/TRE-MG 
    Desembargador Jos Altivo Brando Teixeira,
    assume nesta quarta, a presidncia do TRE de Minas


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Fevereiro 7, 2012

    TRE de Minas empossa novo presidente na quarta-feira - JOS ALTIVO BRANDO TEIXEIRA - mineiro de Ub - vai presidir as Eleies Municipais deste 2012.


    Amanh, quarta-feira (8), o desembargador Jos Altivo Brando Teixeira toma posse no cargo de presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais. Na mesma ocasio, o desembargador Antnio Carlos Cruvinel toma posse nos cargos de vice-presidente do Tribunal e de corregedor regional eleitoral. A solenidade est marcada para as 17 horas, no auditrio do TRE (av. Prudente de Morais, 320 3 andar).

    O desembargador Brando Teixeira assume a Presidncia do TRE em substituio ao desembargador Kildare Carvalho, que encerra seu binio frente do Tribunal. Brando Teixeira exerce, desde julho de 2010, a vice-presidncia e a corregedoria do TRE.

    Desembargador Brando Teixeira
    Nascido em Ub, em 23 de julho de 1943, Jos Altivo Brando Teixeira desembargador do Tribunal de Justia de Minas Gerais desde setembro de 2001. Graduou-se em Direito pela UFMG em 1969. Foi juiz de Direito em Porteirinha, Lavras, Conceio do Mato Dentro e Belo Horizonte, onde atuou como juiz eleitoral na 31 Zona (1989/91).

    Integrou o Tribunal de Alada do Estado de 1991 a 2001, quando foi promovido a desembargador do Tribunal de Justia. No perodo em que esteve na corregedoria regional eleitoral, tambm presidiu o Colgio de Corregedores da Justia Eleitoral.

    Mestre e ps-graduado em Direito Administrativo pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais, foi professor na Faculdade de Direito de Varginha e na Pontifcia Universidade Catlica de Minas Gerais (PUC-MG). Dentre suas publicaes esto Petio Inicial Defesa e Sentena no Processo Civil Brasileiro, no Boletim Tcnico da Escola de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e Preliminares, Mrito e Carncia de Ao, separata, na Revista Cincia Jurdica.

    Desembargador Antnio Carlos Cruvinel
    O desembargador Antnio Carlos Cruvinel, membro substituto da Corte Eleitoral mineira desde maro de 2010, nasceu em Sacramento (Tringulo Mineiro), em 18 de dezembro de 1947.

    Graduou-se em direito pela Faculdade de Direito de Franca (SP), em 1972, e ingressou na magistratura em 1977, tendo sido juiz de direito e eleitoral nas comarcas de Prata e Itabirito e juiz de direito e diretor do Foro em Divinpolis.

    Foi o juiz diretor do Foro Eleitoral de Belo Horizonte nas eleies de 1992, ano em que passou a integrar o Tribunal de Alada de Minas Gerais. desembargador do Tribunal de Justia de Minas Gerais desde dezembro de 2001. Advogou para a Fazenda Pblica do Estado de Minas Gerais e atuou como professor em diversas faculdades e escolas do Estado.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Carros da CITROEN com taxa de juros 0% na Chamonix e Grenoble neste ms de fevereiro, aqui na capital mineira.



    MPF/DIVULGAO
    A eficiente e simptica diretora da Concessionria Chamonix-Citroen em BH,
    Daniele Fernandes.

    Citron amplia oferta de taxa 0% em fevereiro

    A Citron comea o ms de fevereiro com nova estratgia comercial, oferecendo financiamento com taxa 0% a.m. tambm para o C3 Picasso nas verses equipadas com cmbio manual. Uma ampla campanha multimdia, denominada Carro Completo de Verdade, ser lanada neste final de semana para comunicar as novas condies de financiamento para o varejo, que envolvem tambm os modelos C3, AIRCROSS, C4 Hatch e C4 Pallas.

    Durante todo o ms, os modelos da marca podero ser pagos em 24 parcelas, com uma pequena variao no valor da entrada. Para o compacto-premium C3 e para a premiada minivan C3 Picasso, por exemplo, o cliente paga 40% do valor do veculo no fechamento do negcio, financiando o restante com juro 0% a.m. por dois anos.
    Para todas as verses do SUV Compacto AIRCROSS, a parcela de entrada passa para 55%, porcentual que sobe para 60% no caso dos financiamentos para a gama C4 Hatch/C4 Pallas.

    Alm da veiculao de anncios na mdia impressa, a marca ter um comercial de 30 segundos nas TVs abertas e a cabo para divulgar a oferta da taxa 0% a.m. para o C3 Picasso, C4 Hatch, C4 Pallas e AIRCROSS. O filme tambm ressaltar todas as qualidades do campeo de vendas C3, como a grande quantidade de equipamentos de srie - que inclui ar condicionado, direo eltrica, painel digital, banco do motorista com regulagem de altura, computador de bordo, retrovisores dianteiro e esquerdo com regulagem eltrica, vidros eltricos dianteiros e traseiros, entre outros. Tambm comunicar as amplas vantagens de financiamento oferecidas pelo Banco Citron.




     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Plebiscito para o horrio de VERO!!! Voc a favor ou contra?

    O Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 541/11, em anlise na Cmara, convoca plebiscito para decidir sobre a adoo do horrio de vero no Pas. Conforme a proposta, do deputado Joo Campos (PSDB-GO), o eleitorado seria chamado a responder sim ou no pergunta: Voc a favor da adoo do horrio de vero no territrio brasileiro?

    A proposta prev que, no caso de a populao se manifestar contra o horrio de vero, caber Presidncia da Repblica editar decreto revogando a medida ou ao Parlamento aprovar projeto de lei com essa finalidade.

    A consulta seria realizada pela Justia Eleitoral, juntamente com a primeira eleio seguinte aprovao do PDC, nos estados onde atualmente adotada a medida. Hoje, o horrio especial abrange os estados das regies Sul, Sudeste e Centro-Oeste, alm da Bahia.

    O projeto faculta Justia Eleitoral veicular campanha sobre o assunto nos meios de comunicao, destinando o espao s manifestaes favorveis e contrrias.

    Ainda conforme o texto, o plebiscito seria considerado aprovado ou rejeitado por maioria simples, de acordo com o resultado enviado pelos tribunais regionais eleitorais ao Tribunal Superior Eleitoral.

    Institudo inicialmente em 1942, o horrio de vero adotado anualmente em parte do Pas, entre o terceiro domingo de outubro e o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. Nos estados abrangidos, a hora adiantada em 60 minutos em relao hora legal, com o objetivo de economizar energia eltrica a partir do melhor aproveitamento da luz natural.

    Tramitao
    O projeto ser analisado pelas comisses de Cincia e Tecnologia, Comunicao e Informtica; de Finanas e Tributao; e de Constituio e Justia e de Cidadania. Depois, ser votado no Plenrio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Poltica "Caf com Leite" no mercado publicitrio de MG/SP. frente o mineiro JOS DE ASSIS TITO.

    Mdia Provider e WWRede
    firmam parceria de negcios

    O mercado publicitrio ganha mais uma facilidade com a unio operacional da Mdia Provider, sediada em Belo Horizonte, e a WWRede, de So Paulo. O empreendimento tem como objetivo oferecer informaes consistentes aos anunciantes e agncias de publicidade sobre os diversos veculos de comunicao, e ainda assessorar no planejamento, distribuio e fiscalizao de campanhas publicitrias.

    Tradicional no mercado de mdia, a Mdia Provider tem como funo facilitar o trabalho do mdia, das pessoas e dos meios envolvidos no processo de veiculao de uma campanha publicitria. Com o foco na comercializao e intermediao de negcios em comunicao, a WWREDE representa comercialmente emissoras de rdio e jornais, programas de rdio, TV, marketing de relacionamento, shows, eventos e projetos incentivados pelo ICMS e Rouanet. A associao permitir que a Mdia Provider passe a ter presena mais efetiva em So Paulo, assim como a WWRede inicia uma nova unidade de negcios de Belo Horizonte.

    No catlogo das empresas, alm dos tradicionais suportes, como mdia exterior, rdio e televiso, jornais e revistas, novos produtos sero oferecidos ao mercado. A praa mineira receber uma nova ferramenta exclusiva e credenciada pelo Facebook para desenvolvimento de negcios. Por sua vez, So Paulo ter suporte na inteligncia, planejamento, negociao, distribuio e checking para os ncleos de mdia utilizados pelas agncias e anunciantes de Minas.

    Para o diretor da Mdia Provider, Jos de Assis Tito, a velocidade com que as mudanas de consumo ocorrem se faz necessrias aes econmicas, geis, seguras na comunicao. "As experincias acumuladas pelas empresas, somada com o grupo de profissionais com quem trabalhamos, nos garantem um diferencial de mercado de grande valia para o anunciante. para atender a essas necessidades e mudanas que estamos preparados", destaca Tito.

    Segundo Maurilio Macedo, diretor da WWRede, o grande ganho desta operao a convergncia, movimento que exige cada vez mais profissionalismo. "H muita convergncia nesta associao que, ao meu ver, passa pelo caminho de falar a mesma linguagem que o mercado de agncias e anunciantes utilizam: profissionalismo e eficincia. convergir a realidade do mercado de So Paulo junto a Minas Gerais e vice-versa, numa demonstrao clara que o nosso foco buscar solues em comunicao para atender a estratgia definida e aprovada pelo anunciante e agncia', destaca Macedo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Encontro de parceiros polticos no Palcio Tiradentes, aqui em BH

     
    A reunio do senador Acio Neves
     e o governador Anastasia a primeira 
    neste ano de eleies municipais.
    Afinal Acio articula
    para disputar a presidncia da Repblica em 2014.
    E Minas o segundo colgio eleitoral de pas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Mais uma mulher, mineira, no poder em Braslia.

    Sai Hargreaves. Entra a ex- secretria executiva do senador Acio Neves, Maria Teresa Ftima Barbosa. Agora chefe do Escritrio do governo de Minas em Braslia.

    hargreaves



    Maria Tereza de Ftima Barbosa e Henrique Hargreaves


    Sempre simptica e efeciente, a mineira de Patrocnio Maria Teresa de Ftima Barbosa trabalhou bem nos bastidores o apoio da ir para o lugar do ex- secretrioe amigo do saudoso Itamar Franco, Henrique Hargreaves - que pediu para sair depoia de 8 anos no cargo de reprsentante do governo mineiro em Braslia.

    Conheo Hargreaves e Maria Teresa ha muito tempo. Tenho bom trnsito com os dois. Portanto, desejo felicidades ao advogado Hargreaves e sucesso para Maria Teresa. Competncia ela tem de sobra!!!



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Anote a: dia 13, s 14:00. Debate sobre a DVIDA DE MINAS com o governo federal - que chegou a 70 bilhes de reais

                     

                      Deputado Dinis Pinheiro, presidente da Assembleia Legislativa de Minas
                      abre agenda do Parlamento em busca de sada
                      para a dvida do Estado.

    Com o objetivo de discutir a renegociao da dvida dos Estados do Sudeste com a Unio, em busca de condies mais adequadas s suas situaes econmicas, a Assembleia promove debate pblico no dia 13/02/2012, das 14 s 18 horas, no Plenrio. A iniciativa da Comisso Especial da Dvida Pblica, da ALMG, presidida pelo deputado Adelmo Carneiro Leo (PT), a pedido do deputado Bonifcio Mouro (PSDB).

    A finalidade do evento , tambm, definir um plano estratgico de mobilizao dos Estados em torno da renegociao e um cronograma de encontros a serem realizados nas demais regies brasileiras, com vistas a articular um movimento federativo sobre o tema.

    A proposta inicial realizar mais quatro encontros: no Nordeste, no Norte, no Centro-Oeste e no Sul do Pas. Dvida - As dvidas dos Estados com a Unio foram contradas nos termos da Lei Federal 9.496, de 1997, que permitiu ao Governo Federal comprar os ttulos pblicos que os Estados haviam lanado no mercado, at ento. Em fevereiro de 1998, Minas Gerais fez o contrato da renegociao.
     
    Definiu-se que o ndice Geral de Preos - Disponibilidade Interna (IGP-DI), somado a 7,5% de juros, seria usado na correo da dvida. O contrato, vlido por 30 anos, estabeleceu, ainda, que Minas no poderia comprometer mais que 13% da receita lquida real do Estado no pagamento dessa dvida.

    Atualmente, Minas deve um valor em torno de R$ 70 bilhes, no total. Cerca de 85% desse montante est comprometido com a esfera federal. Para o conselheiro do Tribunal de Contas (TCEMG) Sebastio Helvcio, "o custo dessa dvida muito alto para o Estado, e o seu pagamento est aqum do razovel".
     
    Propostas - A reduo do valor dos juros cobrados e a troca de indicadores para a correo da dvida so algumas das propostas para a renegociao com a Unio. No h consenso, no entanto, entre os Estados brasileiros sobre qual seria a melhor forma para a nova renegociao.
    Minas Gerais um dos quatro Estados do Pas mais endividados e um dos quatro que paga taxa de juros maior. Na regio Sudeste, So Paulo e Rio de Janeiro possuem dvidas maiores que Minas, mas possuem receita maior e um custo da dvida menor. Os dois Estados pagam taxa de 6% de juros.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Comeou hoje o Ano Letivo em Minas

    Comea nesta segunda-feira (6) o ano letivo de 2012 para mais de 90% das 3.779 escolas da rede estadual de ensino.Cerca de 2,4 milhes de estudantes de todas as regies do Estado se preparam para retomar os estudos e os compromissos com os livros, pesquisas e bibliotecas e, principalmente, com os professores.

    De acordo com a subsecretria de Educao Bsica, Raquel Elizabete, as fortes chuvas que caram sobre Minas Gerais no incio deste ano foram motivo de preocupao para o incio do ano letivo. Os estragos, em todo o Estado, foram grandes, mas a Secretaria de Estado de Educao articulou um esquema especial para fazer reparos e obras de emergncias nas unidades escolares atingidas pelas fortes chuvas, destaca Raquel Elizabete. Ao todo, foram liberados R$ 947 mil adicionais para 13 escolas.

    A subsecretria est otimista. Para ela, o ano de 2012 j comea com grandes desafios. Logo no primeiro semestre, os estudantes tero a oportunidade de conferir os resultados obtidos no Programa de Avaliao da Rede Pblica da Educao Bsica (Proeb), informa Raquel Elizabete. Em 2011, foi aplicado R$ 1,9 milho de provas no Estado e a previso que os resultados sejam divulgados em maro. O Proeb avalia os nveis de conhecimento dos estudantes do 5 e 9 anos do ensino fundamental e do 3 ano do ensino mdio, em Portugus e Matemtica.

    A expectativa de que os resultados do Proeb sigam a tendncia de crescimento observada nos ltimos nmeros do Programa de Avaliao da Alfabetizao (Proalfa), divulgados no ano passado. Os resultados do Proalfa 2011 apontaram que 88,9% dos estudantes do 3 ano do ensino fundamental no Estado sabem ler, escrever e interpretar em um nvel considerado recomendvel de acordo com padres internacionais. Em 2006, quando o Proalfa foi aplicado pela primeira vez, esse ndice era de 48,6%, lembra a subsecretria. As provas da prxima edio do Proalfa esto prevista para o segundo semestre.

    Alunos campees

    O ms de reincio do ano letivo de 2012 marca tambm a divulgao dos resultados da ltima Olimpada Brasileira de Matemtica das Escolas Pblicas (Obmep). As provas, realizadas em agosto e novembro de 2011, envolveram alunos de todos os 853 municpios mineiros e esses jovens esto na expectativa dos prximos resultados. Minas foi o primeiro estado em nmero de medalhas de ouro nas ltimas quatro edies da competio, cujos resultados j foram divulgados. As inscries para a 8 edio da Obmep devem acontecer logo no incio do ano letivo.

    Para quem comea o 3 ano do ensino mdio este ano, o foco certamente ser o Exame Nacional do Ensino Mdio (Enem). O exame porta de entrada para as principais universidades do pas. Os estudantes da rede pblica estadual deram exemplo, em 2011, de como o esforo na escola pode recompensar. No ltimo vestibular da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), de acordo com a Comisso Permanente do Vestibular da Universidade, 32% dos aprovados so estudantes da rede estadual de ensino.

    Temos conquistado um ndice de aprovao em vestibulares, em todo o Estado, muito significativo, e o resultado alcanado na UFMG, a maior universidade de Minas Gerais, reflete a permanente melhoria de qualidade de nossa educao. Alunos, professores, pais e tcnicos, enfim, todo o sistema, esto fazendo um timo trabalho, destaca Raquel Elizabete.

    A subsecretria lembra, ainda, que 2012 ser um ano decisivo para o Ensino Mdio na rede estadual. A partir desta segunda-feira comea o projeto Reinventando o Ensino Mdio, realizado como projeto piloto em 11 escolas da regio Norte da capital. Novas opes de formao comearo a ser oferecidas aos 6 mil alunos dessas escolas, com foco em Comunicao Aplicada, Tecnologia da Informao e Turismo, explica. Nossa expectativa tornar o ensino mdio mais instigante, desafiador, completa Raquel Elizabete.

    Nos esportes, os estudantes da rede estadual tero a oportunidade de participar dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg). Em 2011, alunos de mais de 20 escolas da rede estadual de ensino foram classificados para participar da etapa nacional dos Jogos Escolares. Est prevista para fevereiro a divulgao das sedes dos jogos em 2012.

    Reposio de aulas

    Do total de 3.779 escolas estaduais, 271 unidades escolares continuam a reposio das aulas e vo dar incio ao calendrio letivo aps o dia 6 de fevereiro. As escolas que fizerem a reposio em fevereiro e maro devem dar, ao fim da reposio, ao menos uma semana de recesso antes do incio do ano letivo de 2012.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Indo a So Paulo eta semana - recomendo!!! ITAU CULTURAL


    O Ita Cultural abre sua programao 2012 com a exposio Convite Viagem Rumos Artes Visuais 2011/2013, em cartaz a partir de 9 de fevereiro. A mostra, com curadoria de Agnaldo Farias, resultado do mais recente edital do programa Rumos Artes Visuais, que entre 1.770 projetos inscritos selecionou mais de 100 trabalhos de 45 artistas de todo o Brasil.

    Agnaldo Farias contou com a ajuda dos curadores Ana Maria Maia, Felipe Scovino, Gabriela Motta e Paulo Miyada e dos curadores viajantes Alejandra Muoz, Carlos Franzoi, Jlio Martins, Luiza Proena, Marcelo Campos, Matias Monteiro, Sanzia Pinheiro e Vnia Leal.

    A exposio um convite a uma viagem pelo Brasil e pela diversidade da produo de arte contempornea do pas. Todas as linguagens artsticas esto representadas, da pintura fotografia, do vdeo instalao.

    Dos dias 9 a 11 de fevereiro, s 18h, haver transmisso pelo site do Ita Cultural (itaucultural.org.br) de palestras que fazem parte de um seminrio para os artistas selecionados. No dia 9, a conversa com Carmela Gross (mediao Ana Maria Maia). No dia 10, Edson de Souza ser o palestrante de O Esprito das Formas Utpicas: Arte, Utopia, Psicanlise, com mediao de Gabriela Motta. No dia 11 o bate-papo por conta de Dora Longo Bahia (mediao Agnaldo Farias).


    Convite Viagem Rumos Artes Visuais 2011/2013
    quinta 9 de fevereiro a domingo 22 de abril
    tera a sexta 9h s 20h
    sbado domingo feriado 11h s 20h
    pisos 1, -1 e -2
    entrada franca
    Ita Cultural | Avenida Paulista 149 Paraso [prximo Estao Brigadeiro do Metr]
    informaes: 11 2168 1777 | youtube.com/itaucultural | twitter.com/itaucultural | facebook.com/itaucultural | atendimento@itaucultural.org.br | itaucultural.org.br



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Fevereiro 6, 2012

    Debate em BH

    Judicirio brasileiro
    ser tema de seminrio internacional na UFMG

    O Observatrio da Justia Brasileira (OJB), sediado na UFMG, promove o seminrio internacional Cenrios da Justia no Brasil, entre os dias 27 e 29 de fevereiro. O evento, que ter lugar no Conservatrio UFMG, pretende servir de vitrine s pesquisas finalizadas e em andamento no mbito do Observatrio, criando reflexo e debate sobre o Judicirio.
    O seminrio ser dividido em trs partes: cerimnia de abertura, apresentao das pesquisas desenvolvidas em 2010 e 2011, e observatrio da justia na Amrica Latina.

    O encontro aberto ao pblico e no exige inscrio. O Conservatrio fica na avenida Afonso Pena, 1534, Centro de Belo Horizonte.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Fevereiro 5, 2012

    Mudana na prtica

    Servidores da Educao j esto recebendo salrios pelo modelo unificado de remunerao
    Vencimentos dos professores com licenciatura plena , proporcionalmente, 85% superior ao piso salarial nacional estabelecido pelo Ministrio da Educao (MEC)

    A exemplo dos demais servidores estaduais, todos os profissionais do sistema de ensino do Estado tiveram seus salrios antecipados. Por determinao do governadorAntonio Anastasia, no sbado (4), a Secretaria de Estado de Educaodisponibilizou cerca de 400 mil pagamentos, que seriam pagos no dia 7 de fevereiro.

    Este o primeiro contracheque no qual os servidores da Educao recebem seus vencimentos com base no modelo unificado de remunerao, projeto do Governo do Estado aprovado pela Assembleia Legislativa no final do ano passado.

    Pelo novo modelo, os professores posicionados na carreira no nvel de licenciatura plena (atual nvel de ingresso) ganharo, pelo menos, R$ 1.320,00 por uma jornada de 24 horas semanais uma remunerao 85% superior proporcionalmente ao piso nacional estabelecido pelo Ministrio da Educao (MEC), que de R$ 1.187,00 para uma jornada de 40 horas semanais.

    As mudanas no processo de remunerao dos professores representam um aporte de mais de R$ 2,1 bilhes na folha de pessoal da Educao. At 2015, a folha anual da pasta chegar a R$ 9,8 bilhes. Esse valor corresponde a um aumento de 58% da folha em relao a dezembro de 2010 e de quase 200% em relao a 2003.

    Primeira parcela de reajuste

    O pagamento de janeiro, creditado neste sbado (4), traz tambm a primeira parcela do aumento escalonado previsto para os servidores da educao at 2015. O reajuste ser concedido em quatro etapas anuais, de 25%, e ser acumulativo nos salrios dos servidores da educao.

    Com o modelo unificado de remunerao, 65% dos professores recebero reajuste superior a 50% com relao aos valores recebidos em dezembro de 2010. Alm disso, sero concedidos reajustes anuais aos profissionais da Educao, de acordo com a poltica remuneratria do Governo do Estado. O primeiro reajuste j est assegurado para abril de 2012.

    Prmio por produtividade

    Na ltima semana, os servidores da educao receberam tambm a primeira parcela do prmio por produtividade a que tm direito, referente ao ano de 2010.

    Dos 397.381 servidores estaduais que receberam o prmio, 243 mil so da Educao. O beneficio foi dividido em duas parcelas iguais. A segunda parcela ser paga no dia 28 de fevereiro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Fevereiro 5, 2012

    Culinria de boteco

    INAUGURAO COCANA GOURMET

    Inaugurada ontem (31/01), a choperia Cocana Gourmet localizada na Avenida Portugal, a nova casa do grupo Cocana, que j possui um restaurante na orla da Lagoa da Pampulha.

    Com o intuito de oferecer aos clientes o que h de melhor na culinria de botecos, a casa traz diversos petiscos assinados pelo chef Eduardo Queiroz, alm da carta de cervejas especiais.

    Segundo empresria Luciana Prates foram investidos cerca de R$ 1 milho na casa que possui 1.500 m, com capacidade para atender 160 pessoas e conta com 33 funcionrios.

    Aliando o rstico ao moderno, a decorao arrojada e o ambiente remete a uma grande varanda. A cozinha est localizada no centro e as mesas e cadeiras dispostas ao redor, criando uma interao entre a choperia e os clientes.

    O Cocana Gourmet oferece delcias como: Jab Cocana (carne de sereno desfiada envolvida em manteiga, cebola, farinha do norte e mandioquito), a R$ 32,80, e a Lula Veneziana (anis de lula salteados em alho e flambados em vinho branco), a R$ 34,00, alm de outros.

    Para beber: oito tipos de chopes a partir de R$ 4,70, cervejas especiais como a Amstel Plus (R$ 5,80), Edelweiss (R$ 7) e Muphys Irish Stout (R$ 16), coquetis, destilados, entre outros.

    COCANA GOURMET
    Endereo: Av. Portugal, 2075, Santa Amlia, Belo Horizonte - Minas Gerais, CEP: 31555-000
    Telefone: (31) 3427-7315
    Horrios de funcionamento:
    Segunda a Sexta-feira: a partir de 17h
    Sbados, domingos e feriados: a partir de 12h
    Formas de pagamento: dinheiro e carto de dbito
    Reservas: sim
    Acesso para deficientes: sim
    Estacionamento: Sim
    Site: www.cocana.com.br



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Fevereiro 4, 2012

    Defensora Pblica Geral de Minas, Andra Tonet, como presidente do CONDEGE recebeu os(as) defensores gerais de todo o pas em BH.


    Foi realizada nesta sexta-feira (03), na sede da Defensoria Pblica em Belo Horizonte, a reunio ordinria do Conselho Nacional de Defensores Pblicos-Gerais (Condege), presidido pela Defensora Pblica-Geral de Minas Gerais, Andra Abritta Garzon Tonet.

    Presentes os Defensores Pblicos Paulo Andr Defante (Mato Grosso do Sul), Andra Maria Alves Coelho (Cear), Antnio Roberto Figueiredo Cardoso (Par), Lus Cesar Rossi Francisco (representando a DPG de So Paulo), Dion Nbrega Leal (Acre), Jussara Maria Barbosa Acosta (Rio Grande do Sul), Maria Clia Nery Padilha (Bahia), Ftima Maria Alcntara do Amaral Meira (representado a DPG de Pernambuco), Nilson Bruno Filho (Rio de Janeiro), Andr Luiz Pietro (Mato Grosso), Raimundo Jos de Oliveira Veiga (Sergipe), Stlio Dener de Souza Cruz (Roraima), Mariana Albano de Almeida (Maranho), Srgio Parigot de Souza (Paran) e Haman Moraes Crdova (Defensoria Pblica da Unio).

    A presidente do Condege, Andra Tonet, saudou a todos, manifestando a alegria de receb-los em Minas Gerais. Ela se dirigiu em especial a Srgio Parigot de Souza, do Paran, pela sua primeira participao em reunio do Conselho como titular do cargo de Defensor Geral daquele estado. A DPG ressaltou que a vitria do Paran uma vitria de todas as demais Defensorias. No se pode pensar em democracia, em estado cidado sem o fortalecimento da Instituio no Brasil, afirmou.

    A Defensoria Pblica do Paran foi regulamentada em maio de 2011. Quase a totalidade dos estados brasileiros possui a Instituio. Somente em Santa Catarina a Defensoria Pblica ainda no foi implantada.

    Discusso da pauta

    Abrindo dos trabalhos do colegiado, Andra Tonet informou que, na quinta-feira (02), a Receita Federal liberou o CNPJ do Condege. Ela disse que o registro como pessoa jurdica um avano para o colegiado.

    Outro ponto debatido foi sobre a contratao da Casa da Moeda para a expedio das carteiras de identidade de Defensores Pblicos. O Defensor Geral do Rio de Janeiro, Nilson Bruno Filho, encarregado das negociaes, informou que j est tudo acordado para a execuo do trabalho, dependendo agora que cada unidade estadual formalize seus pedidos para a expedio das carteiras.

    No perodo da tarde ser feita uma homenagem Defensora Analyse Santos de Freitas, do Par, pelo trabalho desenvolvido durante sua gesto frente do colegiado. Alm disso, um representante da Comisso de Direitos Humanos do Colegiado ir apresentar aos participantes um relatrio das discusses ocorridas durante o encontro da Comisso.

    Comisso de Direitos Humanos

    Durante os dias 1 e 3 de fevereiro a Comisso de Direitos Humanos do Condege esteve reunida para deliberar sobre questes para a regulamentao de seu funcionamento. Foram discutidos tambm, pontos relacionados finalidade desta comisso, que subsidiar o Condege para o fortalecimento de sua atuao e regulamentar uma poltica institucional comum de Direitos Humanos.

    Nesta sexta-feira, a Comisso visitou o Centro Nacional dos Direitos Humanos, para pessoas em situao de rua e catadores de material reciclvel. No local Defensores visitantes conheceram o trabalho desenvolvido dentro da unidade. Alm disto foi firmado um compromisso de apoio mtuo para a garantia dos Direitos Humanos. Os Defensores garantiram trabalhar em prol de uma atuao conjunta com o Centro, no s dentro da comisso, mas tambm, nas Defensorias Pblicas estaduais.

    Participaram dos trabalhos Defensores representando os estados do Piau, Bahia, Rio de Janeiro, Esprito Santo, Par, Cear, Pernambuco, Sergipe, So Paulo, Minas Gerais e Maranho e, tambm da Defensoria Pblica da Unio.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 3, 2012

    Coluna de TURISMO do jornalista Srgio Moreira - diretor regional sudeste da Abrajet

    BH como Capital da Moda
    Foi sancionada pelo prefeito Marcio Lacerda, no dia 12 de janeiro a Lei que declara o Municpio de Belo Horizonte Capital da Moda.

    Este projeto, pretende incentivar ainda mais o turismo na capital. A nova Lei proporcionar o incremento da atividade econmica da indstria e do comrcio, colocando Belo Horizonte no circuito nacional e internacional da moda, o que, sem dvida, gerar mais emprego e desenvolvimento econmico e tecnolgico para Capital, que j uma das capitais do pas consideradas como bero da moda graas exportao de profissionais como Ronaldo Fraga e Victor Dzenk.

    Estilos variados e marcas importantes j podem ser encontrados em vrios bairros da cidade. BH j palco de semanas da moda. A nova lei ir impulsionar o turismo e trar mais eventos relacionados moda para Capital mineira, com cerca de 2 milhes 500 mil habitantes.

    Voo BH- Mxico pela Copa Airlines

    O Aeroporto Internacional Tancredo Neves, liga a capital mineira para vrios destinos, um deles so os vos da Copa Airlines que voa da capital mineira para o Mxico, passando pelo Panam. O turista aproveita o vo direto para conhecer um Mxico americanizado. a primeira impresso que se tem do corredor turstico de Los Cabos. Situado na Baixa Califrnia, as cidades de Cabo San Lucas e San Jos del Cabo so destino tanto para endinheirados quanto para os surfistas. A grande influncia norte-americana se mostra nas redes de fast food e nos servios, mas isso no significa a ausncia dos mariachis e da pimenta mexicana. Alm de toda a cultura do lugar,

    Los Cabos conhecido principalmente por seus resorts luxuosos beira-mar e seus exuberantes campos de golf, entre os melhores do mundo. O sol presente em praticamente todos os meses do ano num cenrio de rochas, cacto, areia e mar tambm importante para a recepo dos turistas, que so muitos. Mensalmente, o destino recebe cerca de 70 cruzeiros que desembarcam seus viajantes por pelo menos um dia nas praias da regio.

    Conforto garantido Cercada de grandes meios de hospedagem, Los Cabos tem alguns destaques. O Park Royal Los Cabos, do grupo mexicano Royal Holiday um dos principais. Situado no meio do campo de golf de San Jos del Cabo, um resort diferente principalmente pela dimenso de suas sutes e cozinhas. Ali, a qualidade dos servios e a boa localizao representam a prioridade pelo conforto. O resort faz parte da rede Park Royal, que ainda conta com outros 7 hotis no caribe mexicano e 1 em Porto Rico.

    A rede comandada pela Royal Holiday, uma companhia de frias programadas que atua no Brasil desde 2005, comercializando viagens em um sistema exclusivo de pontos aos seus associados. A empresa tem 180 destinos ao redor do mundo, alm de sua rede prpria. Los Cabos tem feito grande sucesso entre os scios no pas, que j so mais de 6 mil famlias. Tanto que, turistas brasileiros representam a terceira nacionalidade que mais visita o destino. O Park Royal Los Cabos fica no retorno Playa Auti, 27, em San Jos del Cabo. Mais informaes em http://park-royalhotels.com/.


    Hotel Los Cabos da Royal Holiday

    Los Cabos uma cidade voltada para o lazer- Cada cidade separada por quase 30 km. Mas no s o corredor que as divide. Em San Jos possvel viver uma verdadeira experincia mexicana, com casas coloridas, o tpico ritmo rancheiro e a apimentada comida desde o tradicional desayuno at o final do dia. considerada a capital cultural do destino. Quem visita a cidade pode ficar horas em uma galeria de arte, cavalgar na praia, ou simplesmente aproveitar as areias para pegar uma cor. L, tradio e tranquilidade prevalecem. No centro da cidade, voc pode percorrer ruas repletas de histria, rvores e estilo colonial.

    Cabo San Lucas - J Cabo San Lucas no outro extremo, no conhecida como terra do nunca em vo. Representando o lado animado e festivo de Los Cabos, a cidade proporciona noite agitada tanto nos restaurantes de gastronomia internacional quanto nas casas noturnas. Mas o destino no s para os solteiros em busca de festa. cenrio tpico de lua de mel. Principalmente pela Praia dos Amantes, onde o contraste das areias brancas com o azul do mar e as rochas que o cercam do o tom romntico para os casais de turistas.

    Atrao o que no falta Desde a sua chegada a Los Cabos, feita pelo Aeroporto Internacional de Los Cabos a 13 km de San Jos, o ideal para aproveitar todos os cantos do corredor turstico alugar um carro. E logo na estrada que liga as duas cidades j comeam as atraes. Mirantes, restaurantes e praias compem o visual do viajante, preparando os olhos para o que vem a seguir. Unindo histria e exuberncia natural com maestria, a regio oferece atraes imperdveis antes mesmo de o turista chegar at o j famoso litoral mexicano.

    Em San Jos, por exemplo, o Los Cabos Centro Cultural parada obrigatria para quem quer conhecer um pouco da cultura local por meio das apresentaes de dana, teatro ou pela exibio dos costumes regionais. Mas no da pra negar que as praias merecem um capitulo a parte. Seja para os surfistas, que se arriscam nas ondas - no gigantes, mas radicais o suficiente - de Punta Palmilla ou Acapulquito, ambas em San Jos. Ou para os mergulhadores, que encontram em Los Cabos o maior e mais bonito aqurio do mundo - segundo o pesquisador Jacques Cousteau. As praias de Cabo Pulmo e El Mdano so as principais para a prtica do esporte com suas enseadas cheias de cavernas, uma flora extica e animais como arraias, lees-marinhos e golfinhos.

    USHUAIA - UM PARAISO NO SUL/INVERNO MGICO

    Venha descobrir um verdadeiro paraso depois de tantos quilmetros de Patagnia desrtica onde no s as belezas naturais do lugar e as diferentes atividades que se podem realizar, mas tambm um mundo de descobrimentos, de mistrios, de mitos e de fantasia. Dessa maneira fazer trekking, cavalgar ou navegar deixa de ser um passeio convencional e faz com que o turista descubra a emoo de passar pelos mesmos lugares que antes passaram os indgenas, ou conhecer a regio dos naufrgios com todas as suas lendas, ou navegar por onde passaram os primeiros exploradores e aventureiros! Alm de desfrutar da melhor neve da Amrica do Sul na temporada mais extensa do cone sul!

    Esportes na neve, uma das muitas atraes de Ushuaia, na Terra do Fogo, um destino clssico consagrado internacionalmente h mais de 25 anos pelos europeus e norte-americanos, e cada vez mais tambm pelos brasileiros. Unindo Pennsula Valds, El Calafate e Ushuaia num roteiro de muita beleza, magia e experincias inesquecveis voc ter todas as dicas imperdveis para armar os melhores roteiros de acordo ao gosto brasileiro. Consulte seu agente de viagem.

    Minas Turismo Gerais jornalista Srgio Moreira - sergmoreira@ig.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 3, 2012

    Boa oportunidade!!!

    Citron amplia oferta de taxa 0% em fevereiro

    A Citron comea o ms de fevereiro com nova estratgia comercial, oferecendo financiamento com taxa 0% a.m. tambm para o C3 Picasso nas verses equipadas com cmbio manual. Uma ampla campanha multimdia, denominada Carro Completo de Verdade, ser lanada neste final de semana para comunicar as novas condies de financiamento para o varejo, que envolvem tambm os modelos C3, AIRCROSS, C4 Hatch e C4 Pallas.

    Durante todo o ms, os modelos da marca podero ser pagos em 24 parcelas, com uma pequena variao no valor da entrada. Para o compacto-premium C3 e para a premiada minivan C3 Picasso, por exemplo, o cliente paga 40% do valor do veculo no fechamento do negcio, financiando o restante com juro 0% a.m. por dois anos.
    Para todas as verses do SUV Compacto AIRCROSS, a parcela de entrada passa para 55%, porcentual que sobe para 60% no caso dos financiamentos para a gama C4 Hatch/C4 Pallas.

    Alm da veiculao de anncios na mdia impressa, a marca ter um comercial de 30 segundos nas TVs abertas e a cabo para divulgar a oferta da taxa 0% a.m. para o C3 Picasso, C4 Hatch, C4 Pallas e AIRCROSS. O filme tambm ressaltar todas as qualidades do campeo de vendas C3, como a grande quantidade de equipamentos de srie - que inclui ar condicionado, direo eltrica, painel digital, banco do motorista com regulagem de altura, computador de bordo, retrovisores dianteiro e esquerdo com regulagem eltrica, vidros eltricos dianteiros e traseiros, entre outros. Tambm comunicar as amplas vantagens de financiamento oferecidas pelo Banco Citron.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 3, 2012

    Hospital do Cncer em Barbacena. Os recursos foram autorizados no final de 2011 pelo governador Anastasia. O valor do convnio assinado pela Secretaria de Sade do Estado com o Ncleo do Cncer de Barbacena, foi de R$ 3.000.000,00. Esta semana 7 empresrios estiveram no terreno de quase 6 mil metros quadrados interessados em participar da licitao aberta pelo Ncleo, presidido pelo mdico Jlio Csar Andrade, pres. do Ncleo do Cncer.


    Secretrio de Sade de Minas, Antonio Jorge
    e o vereador Amarlio de Andrade na assinatura
    do convnio no gabinete do secretrio
    na Cidade Administrativa Tancredo Neves,
    aqui em BH


    O advogado Claudio Motta,
    doador do terreno
    para a construo do Hospital do Cncer
    e JCA, conselheiro fundador
    do Ncleo do Cncer de Barbacena.

    Estiveram presentes, no ato de assinatura, o mdico e presidente do Ncleo, Jlio Csar de Andrade; o vereador de Barbacena e fundador do Ncleo, Amarlio Augusto de Andrade; o jornalista e conselheiro fundador do Ncleo, Joo Carlos Amaral; o conselheiro e doador do terreno onde vai ser construdo o hospital, Cludio Motta e o presidente do Conselho Diretor do Hospital Mrio Pena, Osmnio Pereira.

    Na sada do Centro Administrativo da capital, o vereador Amarlio de Andrade demonstrou satisfao e alegria de levar avante um projeto idealizado pelo falecido arcebispo de Mariana, Dom Luciano Mendes de Almeida, que visa prioritariamente beneficiar a populao da cidade e regio. Segundo ele, o convnio s foi possvel com o empenho pessoal do Governdor Antonio Anastasia e o trabalho de inmeros voluntrios.

    O Ncleo Regional de Barbacena
    de Voluntrios de Preveno e Combate ao Cncer de Barbacena
    foi fundado em 3 de setembro de 2001.
    uma entidade filantrpica de direito privado,
    assistencial e sem fins lucrativos.
    A rea de 5.931 m2, onde vai ser construda a unidade,
    foi recebida em doao pela famlia Motta
    e est situada no bairro Monsenhor Mrio Quinto.

    Fonte: Agncia Estado de Minas
    Gabinete do Vereador




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 3, 2012

    VIVO doa celeulares para Defesa Civil de Minas

    E/D: Major Edylan; diretor da Vivo, Carlos Cipriano; coronel Lus Martins; coronel Fabiano e o assessor do governador, Jos Emlio

                                         Major Edylan; diretor da Vivo, Carlos Cipriano;
                                         coronel Lus Carlos Martins; coronel Fabiano
                                         e o assessor do governador, Jos Emlio

    As aes de enfrentamento ao perodo chuvoso em Minas contam agora com mais um importante reforo. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec-MG) recebeu, nesta quinta-feira (2), a doao de 20 aparelhos celulares da operadora Telefnica/Vivo. A empresa de telefonia j parceira da Cedec-MG desde setembro de 2011. Alm dos aparelhos, a Telefnica/Vivo repassar, pelo perodo de trs meses, crditos mensais a cada linha cedida Defesa Civil.

    Desde o incio do perodo chuvoso no Estado, a Telefnica/Vivo gerencia um sistema especial de envio de mensagens em formato SMS com alertas meteorolgicos, tanto para clientes da operadora, quanto para agentes de Defesa Civil de municpios espalhados por todas as regies de Minas.
    Os servios j prestados pela companhia representam um importante aliado nos trabalhos desenvolvidos pela Cedec, conforme afirma o coordenador estadual de Defesa Civil e chefe do Gabinete Militar do Governador, coronel Luis Carlos Martins. Segundo ele, essa nova parceria estabelecer, no Estado, um novo marco no auxlio s misses humanitrias da Cedec.

    "As aes da Defesa Civil sero potencializadas significativamente por meio desta iniciativa, que trar mais agilidade comunicao junto aos municpios", afirmou o coronel Martins, que recebeu, nesta quinta-feira, o diretor regional da Telefnica/Vivo em Minas Gerais, Carlos Cipriano, em reunio no Palcio Tiradentes, na Cidade Administrativa.

    De acordo com o diretor, essa nova parceria tem o objetivo de se somar s aes realizadas pela Defesa Civil Estadual, sobretudo, junto aos moradores de cidades atingidas pelas chuvas. "Essa no primeira vez em que nos aliamos ao poder pblico em prol da sociedade. Desde outubro, a operadora est encaminhando SMS aos clientes com alertas meteorolgicos, conforme parceria firmada com a Defesa Civil at abril. J foram enviados mais de 600 mil mensagens de mobilizao. A operadora ainda, parceira, da Secretaria de Estado de Sade em diversas aes de combate dengue", disse.

    Cipriano destacou ainda que a Telefnica/Vivo est mobilizada para dar sua contribuio rede de solidariedade s vtimas das chuvas em Minas. "Esta parceria faz com que a companhia esteja ao lado do cidado at em momentos adversos. A proatividade do Governo de Minas um estmulo para que a empresa continue exercendo seu papel social junto populao mineira", completou.
    Os aparelhos cedidos pela companhia telefnica sero distribudos aos agentes da Defesa Civil, tanto para o atendimento emergencial quanto para o apoio operacional nas eventuais ocorrncias. "Temos conseguido minimizar os danos em perodos adversos, mesmo diante de um volume de chuvas sem precedentes na histria. Os aparelhos celulares sero essenciais para dar mais agilidade s medidas preventivas, j que representam um auxlio para a comunicao entre a Cedec e os rgos pblicos municipais", destacou o coronel Martins.

    "A Telefnica/Vivo d mais um importante passo para que, inclusive, outras empresas possam se sensibilizar com este tipo de iniciativa. Ao colaborar com as aes da Defesa Civil, a empresa pratica o pleno exerccio da cidadania", enalteceu o coronel. Alm da Telefnica/Vivo, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil mantm parcerias com a Coca Cola Femsa e o Grupo Iveco.

    Medidas preventivas
    Desde o incio do ano passado, o Governo de Minas vem realizando uma srie de aes preparatrias para o enfrentamento ao perodo chuvoso, com foco nas medidas preventivas. A capacitao de agentes para atuao em situaes de risco e os treinamentos para criao de Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (Comdec) nas cidades mineiras esto entre as principais providncias tomadas pelo Estado.

    Nos ltimos oito anos, o nmero de Comdecs quase dobrou em Minas saltando de 374, em 2004, para 696 atualmente. O governo disponibiliza suporte tcnico permanente a todas as Comdecs, alm de promover reunies tcnicas quinzenais para avaliao das medidas de enfrentamento s chuvas. Em outubro do ano passado, o Governo de Minas lanou o Plano de Emergncias Pluviomtricas 2011/2012, que abrange detalhamentos sobre os recursos humanos e logsticos de todos os rgos do Estado, com constante apoio s prefeituras. 

    As aes do Estado tambm incluem a prorrogao de prazo para recolhimento do ICMS, a remisso do pagamento de IPVA e inmeras facilidades para pagamento das contas de gua e luz nas cidades atingidas pelas chuvas.

    O Governo assegurou, ainda, a reconstruo de pelo menos 650 casas destrudas pelas enchentes, criou linhas de crdito especiais do BDMG para empresrios e produtores rurais e decidiu adiantar os recursos do Piso Mineiro de Assistncia Social aos municpios em situao de emergncia.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 3, 2012

    Educao

    Antonio Anastasia e secretria Ana Lcia Gazzola durante inaugurao da Escola de Formao e Desenvolvimento Profissional de Educadores

                                         Antonio Anastasia e secretria Ana Lcia Gazzola
                                         durante inaugurao da Escola de Formao 
                                         e Desenvolvimento Profissional de Educadores

    O governador Antonio Anastasia inaugurou, nesta quinta-feira (02), a Magistra, Escola de Formao e Desenvolvimento Profissional de Educadores. A escola oferecer cursos de formao e aprimoramento para professores e demais profissionais da educao, entre eles inspetores escolares, auxiliares de servios gerais e gestores. A Magistra funcionar na antiga sede da Secretaria de Estado de Educao (SEE), no bairro Gameleira, em Belo Horizonte.

    "A Magistra algo fundamental para termos, de fato, em Minas Gerais, uma iniciativa singular para aprimorarmos ainda mais nosso sistema de ensino. Felizmente, em Minas, ns temos apresentado, nos ltimos anos, indicadores extremamente positivos e auspiciosos na nossa educao pblica, a despeito da enorme heterogeneidade de nosso Estado. A Magistra vem, ento, para aperfeioar ainda mais esses resultados", afirmou o governador, durante a solenidade.

    Antonio Anastasia proferiu a aula inaugural da Magistra, quando fez um histrico da educao no Brasil, desde o descobrimento, no sculo XV, passando pelo incio da universalizao do acesso na dcada de 1980 e os esforos do Governo de Minas nos ltimos anos para a melhoria da qualidade do ensino.

    "Em Minas Gerais continuaremos a avanar, a colher nmeros extremamente positivos em relao educao. Sabemos que eles ainda esto aqum das necessidades internacionais, das necessidades das empresas com novas tecnologias e criam uma nova economia que ns, em Minas, estamos perseguindo exausto. Por isso mesmo, essas inovaes so fundamentais e a Magistra ser indubitavelmente a pedra fundamental sobre a qual se construir esse novo esforo em prol da qualidade e do prestgio da nossa educao pblica", disse o governador.

    Compromisso com a educao
    Os cursos na Magistra sero voltados aos mais de 276 mil profissionais efetivos e designados, chegando s 3.779 escolas estaduais, espalhadas por todo o Estado. A escola atender tambm profissionais das redes pblicas municipais. A secretria Ana Lcia Gazzola falou da importncia da iniciativa, fundamental para a construo de um ensino pblico de qualidade.

    " justamente em nossas escolas, mais especificamente nas escolas pblicas, que o futuro do Estado e da nao est sendo decidido. Enquanto dirigentes da educao, a responsabilidade poltica que nos cabe clara, decisiva e intransfervel. Trata-se da construo continuada de um ensino pblico capaz de estender a parcelas sempre maiores de nossa populao o direito ao conhecimento, fonte maior de cidadania na contemporaneidade", disse a secretria.

    Para a diretora da Magistra, ngela Dalben, a incorporao da escola ao sistema de ensino pblico em Minas reflete o comprometimento do Governo com uma educao de qualidade como forma de melhoria da qualidade de vida da populao.

    "Este empreendimento reflete a importncia conferida formao dos profissionais da educao entendida na perspectiva de um bem social e de poltica pblica. Reafirma o compromisso do Governo de Minas com uma poltica orgnica de formao continuada de professores, por meio da definio concreta de instncias capazes de promover a reflexo dos problemas educacionais e mobilizar alternativas inovadoras para solucion-los", explicou ngela.

    Museu da Escola
    Antes da solenidade, Anastasia cortou a fita inaugural do novo espao do Museu da Escola, agora chamado Museu Ana Maria Casasanta, que conta com um acervo de cerca de seis mil peas que ajudam a contar a histria da educao em Minas Gerais.

    Entre as peas h carteiras, uniformes, quadros negros, cartilhas de leitura e at palmatrias. O governador tambm visitou, na Magistra, a antiga Biblioteca do Professor, que recebeu o nome do escritor Bartolomeu Campos Queirs. A biblioteca tem um acervo de 50 mil livros, incluindo desde ttulos atuais at material de pesquisa e documentos sobre a histria da educao no Estado.
    Estiveram presentes solenidade os secretrios de Estado de Planejamento e Gesto, Renata Vilhena; de Sade, Antnio Jorge de Souza Marques; de Cultura, Eliane Parreiras; de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues; de Esporte e da Juventude, Braulio Braz; e de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas, Gil Pereira. Representantes do setor educacional, entre eles os reitores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Cllio Campolina, e da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), Dijon Moraes, tambm participaram da inaugurao.

    Formao continuada
    Para o desenvolvimento dos cursos presenciais, a sede da Magistra conta com quatro salas de aula que atendero cerca de 160 educadores, dois laboratrios de informtica, alm de um auditrio com capacidade para 98 pessoas. A expectativa que, ainda no segundo semestre de 2012, outras seis salas de aula sejam montadas.

    A escola oferecer cursos que podem atender a necessidades gerais do Estado e outros sero criados para regies ou temas especficos, de acordo com as necessidades detectadas.
    A partir desta quinta-feira (02), j esto disposio dos profissionais da educao 33 cursos, sendo dez na rea que trabalha o Currculo Bsico Comum, dez relacionados aos temas transversais, dez no campo da gesto e trs abordando a vertente Escola, Famlia e Sociedade.
    Dentre os cursos disponveis esto "Evoluo das Ideias da Fsica", "Geometria por meio de atividades interacionais", "Educao Ambiental: Possibilidades de integrao das reas de conhecimento", "Histria e Cultura Afro-brasileira e Indgena", "Identificao e enfrentamento de conflitos e violncias no meio escolar", "Desmistificando a rede: atores, entidades, programas, polticas e servios na proteo criana e adolescente". O servidor interessado deve acessar o site da Magistra (http://magistra.educacao.mg.gov.br).

    A partir desta segunda-feira (06), a Magistra realiza seu primeiro curso de capacitao presencial para 94 educadores, diretores e coordenadores de 11 escolas estaduais de Belo Horizonte que desenvolvero, em 2012, o projeto "Reinventando o Ensino Mdio". O curso ter a durao de uma semana, com 40 horas-aula.

    Alm dos cursos presenciais e a distncia, a Magistra firmou parceria com a Secretaria de Estado de Sade, permitindo que as reunies entre educadores que acontecem na Escola de Formao, chamadas de "Rodas de Conversa", sejam produzidas no formato televisivo e transmitidas s unidades escolares e s Superintendncias Regionais de Ensino, por meio do Canal Minas Sade. Cerca de 92% das escolas pblicas estaduais j instalaram as antenas que recebem o sinal do Canal Minas Sade. Ainda neste semestre, todas as escolas devero ter o equipamento montado.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Fevereiro 3, 2012

    Na TV Assemblia

    Sala de Imprensa
    aborda mercado de trabalho
    da classe mdia


    O programa Sala de Imprensa, que foi ao ar nesta quinta-feira (2/2/12), s 21 horas, analisa os impactos do fortalecimento da classe mdia no mercado de trabalho. Tambm ser discutida a necessidade de criao de novas polticas pblicas voltadas para os trabalhadores da classe C, diante da ascenso das camadas populares. Para debater o assunto, o programa recebe o professor de economia da UFMG Mrio Rodarte e as jornalistas Zulmira Furbino, do jornal Estado de Minas, e Cristiane Arajo, do Sindicato da Indstria da Construo Civil (Sinduscon-MG).

    O professor lembra que polticas pblicas j adotadas levaram a essa nova realidade, mas outras aes do Estado devem ser implementadas para fazer ajustes entre patres e empregados. Entre as mudanas, ele aponta um novo padro de rotatividade no mercado de trabalho. Mrio Rodarte ressalta que, duas dcadas atrs, as empresas substituam funcionrios em busca de mo de obra mais barata, baixando os custos com menores salrios. Agora, o trabalhador no tem tanto receio de ficar desempregado e acaba mudando mais de emprego, experimentando outros trabalhos e fazendo novas exigncias.

    O Sala de Imprensa ser reapresentado
    na sexta-feira (3), s 12 horas;
    no sbado (4), s 21 horas;
    e no domingo, s 18 horas.
    A TV Assembleia
    transmitida pelo canal 35
    da TV aberta em Belo Horizonte
    e regio metropolitana, e canal 11 pela TV a cabo. 
    Para as cidades no interior do Estado,
    consulte a
    sintonia


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 2, 2012

    Coronel LUIZ CARLOS MARTINS receber Ttulo de Cidado Honorrio de BH. Ser dia 13 de fevereiro, 20:00 na Cmara de BH.

    O ttulo foi proposto pelo vereador Pablito.O mais novo belohorizontino, cel Martins chefe do gabinete militar do governador Anastasia e coordenador da Defesa Social. Recebemos o convite estaremos presentes.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 2, 2012

    Deputados mineiros voltam ao trabalho. Sesso teve vrios temas importantes. Presidente Dinis Pinheiro defendeu soluo para a dvida de Minas com a Unio. Confira os detalhes!!!

    Ao discursar na instalao da 2 sesso legislativa da 17 legislatura, na tarde desta quarta-feira (1/2/12), o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), manifestou a preocupao da Casa com o excessivo e crescente endividamento com a Unio. Lembrando que o Legislativo mineiro o primeiro, entre os 23 estados endividados, a criar uma Comisso Especial da Dvida Pblica, o presidente defendeu a reviso e repactuao da dvida junto ao Governo Federal.

    Dinis Pinheiro anunciou tambm, em seu pronunciamento, a criao, em breve, de duas Comisses Especiais no Parlamento mineiro: a primeira destinada a tratar dos problemas relacionados s constantes enchentes, com o objetivo de colher informaes e propor a adoo de mecanismos de preveno s autoridades da Unio, dos Estados e dos municpios. A segunda, vinculada necessidade de preveno e combate ao trfico e consumo de drogas, particularmente do crack, que, segundo o deputado, est se caracterizando como verdadeira epidemia em Minas Gerais, assim como em todo o Pas.

    Para levar adiante essas tarefas, considerou fundamental a parceria no s entre os diversos nveis de governo, mas tambm com os representantes da sociedade e dos demais rgos pblicos.

    Debate pblico - Sobre o endividamento do Estado, Dinis Pinheiro lembrou que o assunto foi tratado na reunio da Unio Nacional dos Legislativos Estaduais (Unale), realizada nesta tera-feira (31/1/12) em Porto Alegre (RS), da qual participou. O tema ser discutido tambm na XVI Conferncia Nacional da entidade, marcada para o dia 29 de maio, em Natal (RN). Alm disso, lembrou, a questo ser analisada pelo legislativo mineiro, em debate pblico no prximo dia 13, com a presena de representao da Unale e das Assembleias Legislativas de diversos estados.

    Esperamos, com a mobilizao dos Legislativos Estaduais, reforar o movimento pela renegociao das dvidas com o Governo Federal, tendo em vista as dificuldades financeiras dos Estados e a necessidade de repensarmos nosso modelo de federalismo, que concentra recursos e poderes na esfera da Unio, em detrimento da autonomia financeira e administrativa dos entes federados, disse. Para demonstrar a discrepncia a que se referiu, ressaltou que de toda a arrecadao tributria do Pas, nada menos do que 70% vo para os cofres da Unio, ficando o restante para ser distribudo entre os Estados e Municpios.

    Chuvas e drogas - Dinis Pinheiro convocou todos os deputados da Casa, alm de parlamentares que representam o Estado na Cmara dos Deputados e no Senado, alm de prefeitos e vereadores dos municpios mineiros, a somarem esforos no sentido de encarar de frente, com coragem e determinao, as causas dos transtornos provocados pelas chuvas populao mineira. Necessitamos de recursos financeiros, de planejamento, de polticas pblicas e, acima de tudo, de vontade poltica no apenas para amenizar os impactos das chuvas, mas tambm, e principalmente, para preveni-los, por meio de investimentos em infraestrutura, da ocupao ordenada dos espaos urbanos e da imprescindvel preservao ambiental, disse, acrescentando que no se pode aceitar que as enchentes sejam vistas apenas como algo inesperado e provocado apenas pelos fenmenos da natureza.

    Ele tambm chamou a ateno para a necessidade de os poderes pblicos e a sociedade se unirem na luta pela preveno e combate s drogas e, particularmente, ao crack, cujo consumo vem aumentando progressivamente no Estado e no Pas.

    Balano destaca diretriz de combate pobreza
    Alm de projetar as aes para o ano que se inicia, o presidente da Assembleia fez tambm um balano das atividades realizadas pelo Legislativo mineiro ao longo do ano passado, destacando a diretriz estabelecida para nortear a conduta da Casa: ser a voz dos mineiros no enfrentamento das desigualdades e na promoo da cidadania. Diretriz que, segundo afirmou, dever ser fortalecida e consolidada em 2012.

    Ao fazer o retrospecto, destacou, entre os eventos institucionais, o Seminrio Legislativo Pobreza e Desigualdade, coroado com a promulgao da Emenda Constitucional n 86, que inclui a erradicao da pobreza e a reduo das desigualdades sociais e regionais entre os objetivos prioritrios de Minas Gerais. Lembrou ainda que muitas das propostas aprovadas durante o seminrio foram incorporadas, na forma de emendas, ao Plano Plurianual de Ao Governamental e ao Oramento do Estado.

    Tambm foram destacados o Frum Tcnico Segurana nas Escolas: por uma Cultura de Paz e o Frum Democrtico do Estado, integrante do Direcionamento Estratgico, instrumento de planejamento de longo prazo pelo qual a Assembleia busca aprimorar sua atuao e ser reconhecida como o poder do cidado na construo de uma sociedade melhor.

    Projetos - Entre os projetos aprovados, destacou o que institui o Fundo de Erradicao da Misria e o que deu origem Lei da Bolsa Reciclagem, de alcance social e ambiental, destinada a compensar os catadores de material reciclvel, por meio de suas cooperativas, pelos servios prestados comunidade.

    Outro destaque apontado por ele foi a criao da Comisso Permanente de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficincia e o projeto de resoluo que instituiu, na Casa, a Poltica de Acessibilidade para a Pessoa com Deficincia ou com Mobilidade Reduzida. Destacou tambm a criao da Comisso Permanente de Esporte, Lazer e Juventude e da Comisso Extraordinria para o Acompanhamento da Reforma Poltica. Dinis tambm mencionou o projeto Assembleia Solidria, idealizado em parceria com as entidades representativas dos servidores do Legislativo mineiro, que resultou na arrecadao de toneladas de donativos para pessoas carentes, entre elas as vtimas das enchentes.

    Outras aes - No mbito do Direcionamento Estratgico, o presidente Dinis Pinheiro destacou ainda diversas outras aes do Parlamento mineiro, entre elas o lanamento do novo Portal da Assembleia, destinado a ampliar a interlocuo do Poder Legislativo com a sociedade; a modernizao e expanso da TV Assembleia, com a aquisio de equipamentos digitais e o incio da transmisso, em sinal aberto, para a Regio Metropolitana de Belo Horizonte; e o desenvolvimento do projeto Assembleia Sustentvel, incluindo a coleta seletiva de lixo e medidas para reduo do consumo de papel e de copos descartveis.

    A Reunio Solene de abertura dos trabalhos legislativos, no Plenrio da Assembleia, teve incio com a interpretao do Hino Nacional, pelo grupo Cantarte. Alm do presidente Dinis Pinheiro, a mesa foi composta pelos 1, 2 e 3 vice-presidentes da ALMG, deputados Jos Henrique (PMDB), Incio Franco (PV) e Paulo Guedes (PT), pelos 1 e 2 secretrios, deputados Dilzon Melo (PTB) e Jayro Lessa (DEM), e pelos seguintes convidados: secretrio de Estado de Governo, Danilo de Castro, representante do governador Antonio Anastasia; procurador geral de Justia adjunto jurdico, Geraldo Flvio Vasques, representando o procurador geral de Justia do Estado, Alceu Jos Torres Marques; e secretrio municipal de Relaes Institucionais, Marcello Guilherme Abi-Saber, representando o prefeito Mrcio Lacerda.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Fevereiro 2, 2012

    Palestra com MAX GEHRINGER na Fumec em BH, dia 7.

    Aula magna
    com Max Gehringer
    fecha Campanha do Vestibular FUMEC 2012

    No dia 07 de fevereiro, s 19h, no Minascentro, a Universidade FUMEC recepciona seus calouros com uma palestra de peso. O administrador, escritor e colunista da Rede Globo, Max Gehringer inaugura o semestre letivo da instituio com aula magna sobre empreendedorismo, negcios, oportunidades e carreira.

    Gratuito, o evento est inserido no planejamento e fecha a Campanha do Vestibular FUMEC 2012, que teve como mote Bem-vindo ao mundo de quem quer mais. A hashtag #euquero, inserida em todas as peas da campanha acompanhada de frases de efeito retiradas do manifesto #euquero, tambm produzido para a campanha, ser repetida na camiseta que ser o passaporte para participar da aula magna. Cada calouro receber a sua, com o #euquero mais o nome do curso que ele ir fazer.

    A palestra e o trabalho de consultor de carreiras de Gehringer se identificam com uma frase marcante da campanha: #eu quero me preparar para o mundo real. Esse tambm tem sido tema recorrente de suas colunas e programas de TV. No quadro Meu Primeiro Emprego, por exemplo, veiculado em 2011 no Fantstico, da Rede Globo, Max aconselhou jovens recm-formados em busca de sua primeira oportunidade profissional.

    COBERTURA DA IMPRENSA:

    Max Gehringer ir conceder entrevista coletiva no Minascentro, s 18h50, impreterivelmente. Os interessados devem enviar nome completo e veculo que representam at o dia 06 de fevereiro para cadastro no email imprensa@fumec.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 1, 2012

    Artigo Especial

    Qualificao
    como instrumento
    para a autoestima

    A profissionalizao transforma vidas e pessoas, alm de movimentar a economia brasileira
    A intermediao de mo de obra um assunto atual, efervescente, que a cada dia vem ganhando espao em esferas dos Governos Estaduais, otimizando a instalao de departamentos setoriais dentro dos Estados, com a finalidade de assegurar a empregabilidade a um nmero significante de pessoas qualificadas pelos programas demandados pelo Governo Federal.

    Como coordenadora de insero do Instituto Mundial de Desenvolvimento e da Cidadania (IMDC) gratificante sentir que o Governo Federal vem trabalhando intensamente para promover a criao de oportunidades de trabalho, emprego e renda para as pessoas em situao de maior vulnerabilidade frente ao mundo de trabalho, por meio de qualificao scio-profissional com vistas insero na atividade produtiva, dando-lhes, ainda, a oportunidade da retomada da dignidade e da cidadania, a conscientizao de suas capacidades e competncias.
    Assim, dentro de sala de aula, observo a cada visita, o pulsar latente daqueles alunos, com os olhos no mais ofuscados, mas com muito brilho, na esperana de que, a partir daquela etapa vencida, podero se tornar cidados capazes de enfrentar os desafios do mundo profissional.

    Histrias e depoimentos emocionantes marcaram a minha vida. Pessoas que, antes, no tinham perspectiva profissional e que, aps o curso, conseguiram enxergar que, alm de ter valido a pena o sacrifcio de enfrentar uma sala de aula, aps um dia de servio, quer seja em suas prprias residncias, quer seja em servios eventuais, conseguiram perceber que as oportunidades no so fantasmas, mas sim realidades.

    Depoimentos de pessoas que j no acreditavam que poderiam viver um mundo melhor. Daquelas que da doena passaram para a sade atravs da experincia do conviver com outras pessoas que tambm tinham suas particularidades, seus problemas e seus desejos e que souberam passar por tudo isto com a maior serenidade: da oportunidade de saber que todos vivem alegrias, tristezas, turbulncias e que tudo suportvel, porque no tem nada que o ser humano no se adapte. E que a vida uma busca constante, no somente do bem material, mas do bem maior que a sade de corpo e de esprito. E para que a sade nos seja concedida precisamos estar constantemente exercitando a nossa pacincia, a nossa confiana e o nosso desejo de viver a vida em sua intensidade.

    A tarefa de diminuir o ndice de desemprego rdua, tendo em vista que se inicia quando entramos em sala de aula e colocamos toda a nossa energia positiva com a finalidade de motivar a permanncia dos alunos, naquele momento, ainda sem muita segurana de que aquele processo lhes assegurar a subida de mais um degrau na escala.

    Quando entramos em sala de aula e percebemos um olhar esperanoso, nos conscientizamos da responsabilidade assumida com a promoo dessas pessoas que j sofreram tudo suportvel a um ser humano.
    Fantstico mesmo, e que aconteceu com milhares de pessoas que passaram pelos Programas de Qualificao, foi perceber o antes, onde eram rfos, frgeis e, depois, dignificados, conscientes e, sobretudo, munidos de uma ferramenta maior que o aprendizado para a escolha de seu prprio caminho, iluminado, primeiro, pela f, depois, pela vontade de viver intensamente a vida que lhes foi ofertada.

    A equipe do IMDC, ao final de cada programa, recebe o GRANDE PRMIO: a oportunidade de colaborar com o desenvolvimento dos participantes dando-lhes condies para gerar emprego e renda, tirando-lhes da vulnerabilidade frente ao mundo, sobretudo, a retomada da dignidade.

    Mrcia Tolentino
    Coordenadora de Insero do IMDC


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 1, 2012

    IPSEMG

    Mudanas
    no modelo de Assistncia Sade do Ipsemg
    j esto em vigor


    Novas regras,
    que foram negociadas com sindicatos
    e aprovadas pela Assembleia Legislativa,
    visam melhorar atendimento aos usurios



    Novas regras visam o aprimoramento dos servios de sade
    oferecidos aos beneficirios do Ipsemg

    J esto em vigor as novas regras de assistncia sade do Instituto de Previdncia dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) estabelecidas pela Lei Complementar 121/2011, aprovada pela Assembleia Legislativa em dezembro. As mudanas que foram negociadas com diversos sindicatos que representam os servidores pblicos visam melhorar o atendimento aos usurios (servidores, dependentes e pensionistas) e, ao mesmo tempo, proporcionar o equilbrio financeiro do Instituto.

    Entre os benefcios para os servidores est a manuteno da gratuidade do plano para os dependentes com idade at 21 anos, que atualmente somam mais de 100 mil. Alm disso, foi ampliado o limite de idade dos filhos dependentes, independente se so estudantes ou solteiros. Os filhos com idade entre 21 e 35 anos podero ser beneficirios, pagando, como contribuio, o valor do piso de R$ 30,00.

    Outra alterao na legislao beneficia especialmente professores e demais servidores que tm mais de um cargo no Estado. Atualmente, existem aproximadamente 33 mil servidores nessa condio. No modelo anterior, esses profissionais eram obrigados a contribuir mais de uma vez. Com a nova Lei, ser cobrada apenas uma contribuio, prevalecendo o valor do vnculo de maior remunerao.

    Ampla negociao

    As alteraes no modelo de Assistncia Sade Ipsemg foram negociadas e aprovadas por diversos sindicatos que representam servidores pblicos de vrias categorias.
    Antes do envio das propostas Assembleia Legislativa foram feitas vrias reunies para discutir as medidas, das quais participaram as seguintes entidades: Sindicato nico dos Trabalhadores na Sade (Sind-Sade), Sindicato dos Trabalhadores no Servio Pblico de Minas Gerais (Sindpblicos), Sindicato dos Servidores do Ipsemg (Sisipsemg), Sindicato dos Tcnicos de Tributao, Fiscalizao e Arrecadao (Sinffaz), Sindicato dos Mdicos (Sinmed), Sindicato dos Especialistas em Educao (Sindesp G), Associao Sindical dos Trabalhadores em Hospitais (Asthemg) e Associao dos Servidores do Instituto Mineiro de Agropecuria (Assima).

    Sustentabilidade financeira

    Um dos objetivos das alteraes no modelo de Assistncia Sade Ipsemg equilibrar as finanas do Instituto e, consequentemente, viabilizar a sua sustentabilidade a mdio e longo prazo. Uma das mudanas estabelecidas pela nova lei a instituio de um piso de contribuio no valor de R$ 30. J o teto de contribuio passa dos atuais R$ 232 para R$ 250. Atualmente, 359 mil beneficirios do Ipsemg no contribuem e 161 mil contribuem com valores entre R$ 1 e R$ 30.

    A proposta prev ainda que os dependentes que no so filhos como cnjuge, companheiro, pensionista e outros contribuiro com o valor de 3,2% da remunerao do titular. Para este caso, tambm ser aplicado o piso de R$ 30. O somatrio das contribuies do segurado e dos dependentes nesta situao no poder exceder o teto de R$ 250.

    Importante ressaltar que a assistncia sade dos servidores um benefcio facultativo, ou seja, que podem ou no ser adotados pelos estados. Em algumas unidades da federao como Amap, Amazonas, Esprito Santo, Maranho, Rio Grande do Norte, Rondnia, Roraima, Sergipe e Tocantins decidiram no oferecer essa prestao de servios aos servidores. "O Governo de Minas no s optou por oferecer este benefcio como est trabalhando para aprimor-lo e torna-lo sustentvel", afirma a presidente do Ipsemg, Jomara Alves da Silva.

    Novo modelo

    Alm disso, o novo modelo de Assistncia Sade Ipsemg se aproxima muito do adotado em outros Estados brasileiros. Na Bahia, por exemplo, o valor mnimo de contribuio por usurio de R$ 26, contra os R$ 30 que esto sendo sugeridos em Minas. J o valor mximo de contribuio em Minas ser de R$ 250, contra R$ 290 na Bahia.

    No caso da contribuio mxima, Minas ter um dos valores mais baixos do pas (R$ 250), na comparao com outros Estados. No Par, por exemplo, a contribuio mxima de R$ 500, no Mato Grosso de R$ 323, em Santa Catarina R$ 320 e em Gois, R$ 295.

    O Ipsemg encerrou o ano de 2011 contabilizando a realizao de mais de 11 milhes de procedimentos (consultas, exames, internaes e cirurgias) contra 9,1 milhes registrados em 2010 e 6,3 milhes executados em 2005.

    Cada beneficirio realizou, em mdia, 2,4 consultas por ano e 3,6 exames por consulta.
    "Com as novas regras, ser possvel manter o plano de sade dos servidores e seus dependentes inscritos e oferecer servios com mais qualidade e segurana", conclui a presidente do Instituto, Jomara Alves da Silva.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 1, 2012

    Boa iniciativa da vereadora Elaine Matosinho na Cmara de BH

    Tramitam na Cmara Municipal projetos da vereadora Elaine Matozinhos (PTB) voltados promoo e ao estmulo da prtica de esportes em Belo Horizonte.

    Pronto para ser votado no Plenrio em 1 turno, o PL 526/09, de Elaine Matozinhos (PTB), cria incentivo fiscal para pessoa jurdica que patrocinar a participao de atleta local em campeonato municipal, estadual, nacional ou internacional. O texto prev que o valor investido seja descontado integralmente do pagamento do IPTU ou do ISSQN devidos pela empresa, observando-se o limite de R$ 2 mil. O atleta beneficiado dever estar devidamente cadastrado em rgo e entidade competentes eprestar conta dos valores recebidos mediante a apresentao de comprovantes das despesas.

    Da mesma autora, o PL 674/09 institui poltica de incentivo aos atletas praticantes de desporto de rendimento em modalidades esportivas ou paradesportivas, a ser implementada mediante a concesso mensal de Bolsa-Atleta.

    Os benefcios sero concedidos pelo perodo de um ano, permitida a renovao, para atletas nascidos ou residentes em BH, vinculados federao estadual de suas modalidades e que no recebam salrio ou patrocnios de entidade esportiva ou outras fontes.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 1, 2012

    CORREIOS

    Concurso Internacional de Cartas
    est com inscries abertas

    Podem participar estudantes de escolas pblicas e privadas

    Os Correios recebem a partir desta quarta-feira (1 de fevereiro) inscries para o 41 Concurso Internacional de Redao de Cartas, promovido pela Unio Postal Universal (UPU), entidade que rene operadores postais de 191 pases. O objetivo do concurso desenvolver a habilidade de composio dos jovens de at 15 anos, contribuir para o fortalecimento das relaes de amizade internacionais e aprimorar a comunicao por meio da escrita. O tema desse ano Escreva uma carta a um atleta ou a uma personalidade esportiva que admira para lhe dizer o que significam os Jogos Olmpicos para voc.

    As redaes precisam ser escritas em lngua portuguesa, ter relao estrita com o tema e conter no mximo 800 palavras. Alm disso, as cartas devem ser redigidas de prprio punho, com caneta esferogrfica de tinta preta ou azul. Preferencialmente, devem ser escritas no formulrio de redao do concurso, disponvel para impresso no endereo www.correios.com.br. No portal dos Correios tambm esto disponveis as fichas de inscrio e regulamento do Concurso. As inscries vo at 16 de maro e podem ser feitas apenas pelas escolas, pblicas ou privadas. Cada instituio de ensino tem a possibilidade de inscrever at duas redaes para participar do concurso.

    Premiao A realizao do concurso no Brasil fica a cargo dos Correios e desenvolvido em quatro fases: escolar, estadual, nacional e internacional. Sero premiados os trs primeiros colocados nas etapas estaduais, o primeiro colocado da etapa nacional e os trs primeiros colocados na etapa internacional. TV de LED de 32, notebook, computador, impressora e som porttil so alguns dos prmios que aluno e escola podero ganhar. Em 2011, foram 5.563 redaes inscritas de 4.365 escolas participantes.

    O Brasil j venceu a fase internacional, que acontece desde 1972, em trs oportunidades. S a China, que tem cinco medalhas de ouro, est frente dos brasileiros. O resultado do concurso ser divulgado no final de abril.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 1, 2012

    Vem a em maio o Seminrio de Mdias Sociais. Ser em Mossor, Eio Grande do Norte. FRENTE A ABIME.

    Durante reunio com o vice-governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, realizado na ltima segunda-feira em Natal, o presidente da Associao Brasileira de Imprensa de Mdia Eletrnica (ABIME-RN), colunista Salomo Medeiros acompanhado do vice-presidente da ABIME-RN, Blogueiro Wallace Maxsuel falou da programao do Seminrio Potiguar de Mdias Sociais que ser realizado nos dias 15,16 e 17 de Maio de 2012 no Garbos Recepes e Eventos na cidade de Mossor no Rio Grande do Norte.

    Para o vice-presidente da ABIME-RN, blogueiro Wallace Maxsuel A reunio com o vice-governador Robinson Faria foi muito positiva e tivemos a certeza que o Seminrio Potiguar de Mdias Sociais vai superar todas as nossas expectativas, enfatizou ele. Na reunio foi apresentada a relao dos dez palestrantes ao vice-governador Robinson Faria que ressaltou a importncia de se promover um evento grandiosidade e da magnitude do Seminrio Potiguar de Mdias Sociais,confirmando sua presena.

    J o presidente da Associao Brasileira de Imprensa de Mdia Eletrnica (ABIME-RN), colunista Salomo Medeiros falou dos preparativos e da grande repercusso que o Seminrio Potiguar de Mdias Sociais est tendo em nvel de Brasil,quando em menos de uma semana o Seminrio Potiguar de Mdias Sociais foi notcias em mais de quarenta sites, blogs, portais de notcias e jornais em vrios estados brasileiros, alm dessa divulgao ser feito uma ampla divulgao, incluindo 40 mil panfletos, 2 mil cartazes,com distribuio em pontos estratgicos da cidade de Mossor no estado do Rio Grande do Norte e o cadastro de 137 sites, blogs, portais de notcias no Rio Grande do Norte e fora para a divulgao do Seminrio Potiguar de Mdias Sociais

    Seminrio Potiguar de Mdias Sociais ser um dos maiores eventos do Norte/Nordeste, disse o presidente da ABIME-RN, colunista Salomo Medeiros

    Alm da sua magnitude, o Seminrio Potiguar de Mdias Sociais mostrar em trs dias de durao ao pblico as ferramentas e as estratgias de como usar as mdias sociais, principalmente no ano de 2012 quando acontecem as eleies municipais no Brasil e que ser de grande importncia para obter bons resultados e comunicarem com os leitores.

    Na relao de patrocinadores do Seminrio Potiguar de Mdias Sociais, a rede de hotis Villa Oeste, Hotel Thermas, Hotel Sabino e Hotel Garbos sero os hotis oficiais de hospedagens dos palestrantes, diretoria da ABIME-RN e participantes de outras regies do estado do Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Alagoas, Cear, Paraba e Rio de Janeiro.

    Entre os participantes do Seminrio Potiguar de Mdias Sociais so esperados um grande pblico de universitrios da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Universidade Federal Rural do Semi-rido (UFERSA), Universidade Potiguar (Unp), Facene e Mater Christi.

    J na segunda-quinzena de Fevereiro de 2012, a empresa de desenvolvimento de sites da cidade de Macei, no estado de Alagoas, a 3B Comunicao, do executivo Bruno Alves estar lanando o site da Associao Brasileira de Imprensa de Mdia Eletrnica (ABIME-RN) abrindo as inscries para o Seminrio Potiguar de Mdias Sociais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Fevereiro 1, 2012

    Alerta

    PODER PARALELO: MUNICPIO PROIBIDO
    DE DAR ASSISTNCIA JURDICA

    O municpio mato-grossense Nova Olmpia foi proibido, por deciso liminar, de prestar assistncia jurdica a moradores. A deciso da 3 Vara da Comarca de Barra do Bugres fruto de uma Ao Civil Pblica da Defensoria Pblica do Mato Grosso, que acusou a prefeitura de Nova Olmpia de ter uma "defensoria pblica municipal".

    Os defensores pblicos Leandro Fabris Neto e Rafael Pereira Cardoso alegaram, na ao, que a assistncia jurdica prestada pelos municpios vedada pela Constituio Federal, "ainda mais quando a Comarca provida dos servios prestados pela Defensoria Pblica do estado".

    O assessor jurdico do municpio, Jonas Rachid Murad Filho, porm, afirma que no se trata de uma defensoria pblica paralela, mas, sim, de um advogado preenchendo cargo de livre nomeao dentro da Secretaria de Assistncia Social. "A Lei da Assistncia Social (Lei 8.742) permite que se crie o cargo do advogado da assistncia social. O trabalho dele assistir s pessoas que precisam de orientao."

    Acontece, segundo Murad, que por conta da demanda de moradores, o advogado passou a atuar em aes de penso alimentcia e reconhecimento de paternidade. "No tem comarca na cidade, estamos agregados a Barra do Bugres, a 40 km de distncia, e, como a cidade essencialmente agrcola, 90% da populao est abaixo da classe C e no tem dinheiro para ir outra cidade."

    Depois da liminar, o advogado disse que o profissional nomeado, cujos vencimentos so de cerca de R$ 2,8 mil, continuar trabalhando na Secretaria de Assistncia Social, porm, sem mais atender populao nas questes relacionadas a aes judiciais. A deciso judicial prev a suspenso do pagamento ao profissional, mas, segundo Murad, a prefeitura vai recorrer.

    Marcos de Vasconcellos, reprter da revista Consultor Jurdico.

    Fonte: Revista Consultor Jurdico (25/01/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail