Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16300)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019
    Julho, 2019




    .

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 31, 2013

    Lei Seca, segundo captulo: ao volante s poder beber gua. Confira!!!


    Em janeiro deste ano,
    foram instaurados 148 inquritos de embriaguez
    e conduo de 228 motoristas com apresentao desses sintomas

    Foi realizada nesta quarta-feira (30), na sede do Departamento de Trnsito de Minas Gerais (Detran-MG), uma reunio com integrantes dos rgos fiscalizadores e executivos de trnsito para o alinhamento dos procedimentos a serem adotados para o cumprimento da Resoluo 432, divulgada na tera-feira (29).

    Foram definidos, durante o encontro, os seguintes procedimentos para as Polcias Civil e Militar: a aquisio de etilmetros, de equipamentos de udio e vdeo para serem usados durante as fiscalizaes, de unidades itinerantes. Alm disso, est prevista a ampliao da fiscalizao para as patrulhas de bairro. As corporaes estudam, ainda, a possibilidade da permanncia de mdico-legista para atender os plantes da Coordenao de Operaes Policiais do Detran-MG, para o atendimento mdico aos condutores com suspeita de embriaguez.

    A Resoluo 432reduz os percentuais dos testes de alcoolemia feitos com bafmetro e no exame de sangue do condutor, que passa a ser punido administrativamente se apresentar qualquer ndice de concentrao de lcool no sangue. No encontro, foram alinhados os procedimentos nas esferas municipal, estadual e federal para a continuidade e intensificao das blitze de trnsito, para a reduo significativa dos ndices de embriaguez ao volante em todo o Estado de Minas Gerais e punio rigorosa ao condutor que insista em aliar lcool e direo.

    Participaram da reunio o subsecretrio de Integrao e Qualidade do Sistema de Defesa Social, Robson Lucas da Silva, o chefe do departamento de Trnsito de Minas Gerais, Oliveira Santiago Maciel, o tenente coronel Alessandro Crosara Petronzio, o major da Polcia Militar, Agnaldo Lima de Barros, os representantes do Departamento de Polcia Rodoviria Federal, Zilda Cludia Leles e Dcio Gusman Filho, e da Companhia de Trnsito da Polcia Militar, capito Glauco Marcolino e sargentos Geraldo Rosa de Carvalho e Paulo Srgio Barbosa e da Secretaria de Estado de Defesa Social, Caroline Arajo Guimares.

    Para o chefe do Detran, Oliveira Santiago Maciel, os rgos integrantes do Sistema Nacional de Trnsito no Estado so pioneiros na aplicao efetiva da Lei Seca e no rigor de sua aplicao com a priso e punio de condutores infratores.

    Ele reiterou que os procedimentos j adotados nas esferas especficas tm permitido intensificar as fiscalizaes e blitze, a identificao de condutores com sintomas de embriaguez e sua punio nas esferas criminal e administrativa. O maior beneficiado a prpria sociedade, pois a sensao de segurana no trnsito traduzida pelos esforos do Governo Estadual e das Polcias Civil e Militar no combate efetivo da embriaguez ao volante fator fundamental para a paz social e a reduo do risco de acidentes com mortes, pondera.

    Mudanas na lei

    A Resoluo 432 veio disciplinar os sinais que indicam alterao da capacidade psicomotora do condutor em razo da influncia de lcool ou substncia psicoativa que determine dependncia.

    Uma das principais mudanas foi a diminuio do ndice de tolerncia, cujo ndice caiu de 0,10 miligramas de lcool por litro de ar alveolar expirado para 0,05 mg/l. Com a nova lei, o condutor que tiver qualquer concentrao de lcool no sangue tambm responder pela infrao administrativa e pode ter o direito de dirigir suspenso por um ano.

    J na esfera criminal, o condutor parado numa blitz ou fiscalizao que fizer o teste do bafmetro estar incorrendo no crime de embriaguez caso o ndice seja igual ou superior a 0,34 mg/l de lcool por litro de ar expelido. O mesmo acontecer se ele se submeter a exame de sangue e o ndice for igual ou superior a 6 dg/l de lcool por litro de sangue.

    O texto da lei deixa claro que se o motorista se negar a fazer o teste do bafmetro ou o exame de sangue, o relatrio preenchido pelo agente da autoridade de trnsito com detalhes sobre os sinais ou sintomas de embriaguez passa a ser considerado meio de prova contra ele, quepode responder tanto pelo crime quanto pela infrao administrativa.

    Punies aumentaram em 2012

    As punies so as mesmas previstas pela Lei 12.760 e em vigor desde 21 de dezembro de 2012, que passou o valor da multa de R$ 957 para R$ 1.915,40, alm da admisso de provas testemunhais, vdeos e fotografias para comprovar que o motorista est sob efeito de lcool.

    Nesse caso, a infrao gravssima e o condutor perde sete pontos na carteira,paga umamulta, tem recolhida sua Carteira Nacional de Habilitao eseu veculo retidoat apresentao de condutor habilitado. Caso contrrio, o veculoser levado para o depsito e haver a instaurao de procedimento administrativo por embriaguez, em que o condutor tem o direito de dirigir suspenso por 12 meses.

    A multa aplicada em dobro, em caso de reincidncia do condutor em at 12 meses. Criminalmente, o condutor pode ser detido de seis meses a trs anos pelo crime.

    Tolerncia Zero

    Antes mesmo da resoluo, em dezembro do ano passado, a Coordenao de Operaes do Departamento de Trnsito de Minas Gerais, integrante da Campanha Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida, promovida pela Secretaria de Estado de Defesa Social, intensificou a instaurao de inquritos policiais de embriaguez.

    Em janeiro deste ano, foram instaurados 148 inquritos de embriaguez e228 motoristas foram conduzidos com apresentao desses sintomas, o que demonstra a firmeza do Detran-MG no combate embriaguez no trnsito.

    Desde a segunda quinzena de julho de 2011, com a implantao da Lei Seca no Estado, a unidade especializada j instaurou 317 inquritos policiais, autuou 1.742 motoristas e recolheu 1.633 habilitaes.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 31, 2013

    Nesta sexta, 10 da manh, deputados estaduais voltam do recesso parlamentar. Confira!!!

    A Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza na sexta-feira (1/2/13), s 10 horas, Reunio Solene de Plenrio que marca o incio dos trabalhos parlamentares em 2013. Em seguida, promove Reunio Especial na qual tomam posse a Mesa da ALMG eleita para o binio 2013-2015 e trs novos deputados. Um quarto parlamentar deixa de ser suplente para ser efetivado.
    A Reunio Solene destina-se exclusivamente instalao da 3 Sesso Legislativa da 17 Legislatura. Cada sesso legislativa corresponde a um ano e a legislatura o perodo de quatro anos para o qual os deputados so eleitos.



    Na Reunio Especial do Plenrio, que comea imediatamente aps a instalao da sesso legislativa, haver a posse da nova Mesa da ALMG, eleita em 5 de dezembro de 2012. Trs parlamentares foram reeleitos para seus cargos: o presidente da Assembleia, Dinis Pinheiro (PSDB); o 1-vice-presidente, Jos Henrique (PMDB); e o 1-secretrio, Dilzon Melo (PTB). Tambm continuar compondo a Mesa, na condio de 3-secretrio, o deputado Alencar da Silveira Jr. (PDT), que na atual composio o 2-secretrio. Os novos integrantes so os deputados Hely Tarqinio (PV), 2 vice-presidente; Adelmo Carneiro Leo (PT), 3-vice-presidente; e Neider Moreira (PSD), 2 secretrio.
    Essa Mesa vai dirigir a Assembleia Legislativa de 1 de fevereiro de 2013 a 31 de janeiro de 2015.
    Novos parlamentares Ainda na Reunio Especial, trs deputados sero empossados em vagas abertas pela eleio de parlamentares s prefeituras de seus municpios. O jornalista Mrio Henrique Caixa (PCdoB) assume a cadeira antes ocupada pelo prefeito de Contagem (Regio Central), Carlin Moura, do mesmo partido. O mdico e empresrio Leondio Bouas (PMDB) entra na vaga do tambm colega de partido Bruno Siqueira, que tomou posse como prefeito de Juiz de Fora (Zona da Mata). Bouas foi deputado por dois mandatos (1995-1999 e 2003-2007).
    A eleio do ex-deputado Dlio Malheiros (PV) como vice-prefeito de Belo Horizonte provoca duas mudanas. Rmulo Veneroso (PV), que hoje ocupa uma vaga de suplente, ser efetivado. Isso abre espao para a posse do engenheiro e empresrio Juarez Tvora, por ter se tornado o primeiro na suplncia do PV. Ele j exerceu mandato de deputado, entre dezembro de 2008 e janeiro de 2010 e em janeiro de 2011. Uma das vagas do partido ocupada por suplente porque o titular, Agostinho Patrus Filho, est licenciado para exercer o cargo de secretrio de Estado de Turismo.
    Outros dois novos deputados assumiram as funes ainda em dezembro, uma vez que os titulares das cadeiras optaram por renunciar antes de tomar posse nas prefeituras de seus municpios. Cabo Jlio (PMDB) ocupou a vaga de Antnio Jlio (PMDB), agora prefeito de Par de Minas (Regio Central), e Juninho Arajo (PTB) entrou no lugar de Delvito Alves (PTB), novo prefeito de Una (Noroeste).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 31, 2013

    Presidente da FIEMG Olavo Machado Jr visitou o TRT em BH

    Interao com Justia do Trabalho






    O presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior, visitou nesta tera-feira (29) o Tribunal Regional do Trabalho da 3 Regio (TRT/MG). Acompanhado pela gerente de Relaes Trabalhistas, Vernica lvares, ele foi recebido pela presidente do TRT/MG, desembargadora Deoclecia Amorelli. Na ocasio, o Olavo Machado Junior oficializou o convite aos magistrados para conhecer de perto os projetos desenvolvidos pela entidade em benefcio da indstria mineira.

    A importncia da parceria entre as instituies, como o Programa Trabalho Seguro, que formula e executa projetos e aes nacionais voltados preveno de acidentes de trabalho, tambm foi reafirmada pelo presidente. O objetivo da visita foi aproximar a



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 31, 2013

    Sangue novo

    Posse dos novos membros
    dos Conselhos Sesi/Senai/IEL




    Nesta quarta-feira (30), foi realizada a Primeira Reunio de Conselhos Regionais Sesi/Senai/IEL do ano, na sede do Sistema Fiemg. Na ocasio, tomaram posse os novos representantes do Ministrio do Trabalho, Valmar Gonalves de Souza, e dos trabalhadores Cludio de Jesus Ferreira. O Presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior, deu boas vindas aos novos conselheiros


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 31, 2013

    Trofu Tel Santana

    Governador Anastasia participa da 12 edio do Trofu Tel Santana
    Evento de premiao dos melhores do futebol mineiro homenageou o novo Mineiro

    Anastasia entregou os trofus de Craque do Ano e Melhor Meio Campo ao jogador Ronaldinho Gacho
    O governador Antonio Anastasia participou, na noite dessa tera-feira (29), no Palcio das Artes, em Belo Horizonte, da cerimnia de entrega do Trofu Tel Santana aos melhores do futebol mineiro em 2012, escolhidos por votao popular. A premiao teve como tema o novo estdio Mineiro. O grupo cultural Arautos do Gueto, do Morro das Pedras, na capital, abriu o evento com uma performance que levou o pblico a sensao de estar em meio a uma grande torcida, com batuques e gritos de O Mineiro voltou!.

    Fiquei muito satisfeito com essa homenagem ao Estdio Governador Magalhes Pinto, o Mineiro, que um patrimnio dos mineiros e dos brasileiros, em um evento muito importante que o Trofu Tel Santana, j tradicional, e que tambm comemora os melhores do futebol mineiro, ressaltou o governador.

    Antonio Anastasia, juntamente com o diretor-presidente dos Dirios Associados, lvaro Teixeira da Costa, entregou os trofus de Craque do Ano e Melhor Meio Campo ao jogador Ronaldinho Gacho, do Atltico. O governador destacou o momento do futebol mineiro.

    O futebol mineiro vive uma fase muito feliz. Temos agora, com o novo Mineiro e o novo Independncia, equipamentos de primeiro mundo para que o futebol em Minas Gerais, que j grandioso, fique cada vez mais desenvolvido, mais robusto, tambm mais pacfico e, ao mesmo tempo, dando alegria aos torcedores de Minas Gerais e, claro, conquistando ttulos, disse Anastasia.

    O vice-governador Alberto Pinto Coelho tambm participou da solenidade e entregou o Trofu Tel Santana de Destaque do Interior ao Arax Esporte Clube, que conquistou o mdulo II do Campeonato Mineiro de 2012 e, neste ano, subiu para a diviso de elite estadual.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 31, 2013

    Taxa de desemprego em queda

    A taxa de desemprego total na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH)
    no ano de 2012 manteve a trajetria de declnio
    e passou dos 7,0% registrados em 2011 para 5,1%.

    O nmero o menor da srie histrica da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED-RMBH), iniciada em 1996. Entre as sete Regies Metropolitanas avaliadas pela PED (Belo Horizonte, Distrito Federal, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador e So Paulo), a de Belo Horizonte mantm a menor taxa de desemprego desde junho de 2011.

    Na RMBH, o nvel de ocupao aumentou 2,0% em 2012, enquanto a Populao Economicamente Ativa (PEA) permaneceu estvel (2.368 mil pessoas). O aumento em 45 mil postos de trabalho e a estabilidade da PEA resultaram na reduo do contingente de desempregados em 45 mil pessoas. O total de desempregados foi estimado em 121 mil pessoas e o de ocupados, em 2.247 mil. As informaes foram divulgadas nesta quarta-feira (30) pela Fundao Joo Pinheiro, Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), Dieese e Fundao Seade.

    Comparando os anos de 2011 e 2012 o desemprego aberto diminuiu de 6,0% para 4,7%, enquanto o desemprego oculto total caiu de 1,0% para 0,4%. A reduo da taxa para 0,4% indita e, por ser to baixa, deixa de ser estatisticamente relevante. Considera-se desemprego oculto aquele em que a pessoa realiza algum trabalho precrio e est procura de uma nova colocao, ou aquele que procurou efetivamente nos 12 meses anteriores, mas deixou de faz-lo nos ltimos 30 dias por desestmulo do prprio mercado, mas ainda necessita de trabalho.

    No caso da RMBH, o que temos observado que a reduo da taxa o resultado do aquecimento de todos os setores, com destaque para a construo civil, incentivada tambm pelo fato da capital sediar a Copa em 2014. Outro fator importante para queda deste indicador a estabilidade da PEA pelo segundo ano consecutivo, o que indica que no houve uma entrada significativa de pessoas no mercado de trabalho, explica o coordenador da PED pela Fundao Joo Pinheiro, Plnio Campos.

    Setores

    O crescimento de 2,0% no nvel ocupacional em 2012 resultado do incremento de ocupaes observado em todos os principais setores analisados. O setor de servios cresceu 1,5%, com 19 mil empregos a mais no ano, a construo civil apresentou aumento de 7,9% (15 mil novos postos de trabalho), o setor de comrcio e reparao de veculos teve incremento de 2,7%, com 11 mil vagas e a indstria de transformao cresceu 1,4% (4 mil novos empregos).

    No setor privado, verificou-se incremento de 56 mil (5,1%) entre os empregados com carteira assinada e reduo de 10 mil postos entre os trabalhadores sem carteira (7,0%). No perodo, houve aumento de 3,8% no contingente de trabalhadores autnomos e redues de 0,7% no emprego domstico e de 1,5% no agregado demais posies.

    Rendimentos

    Em comparao aos valores de 2011, o rendimento mdio real dos ocupados diminuiu 2,5% e o dos assalariados, 3,1%, seguindo a tendncia de decrscimo que j havia sido registrada em 2011. Em 2012, a remunerao mdia dos ocupados foi estimada em R$ 1.460 e a dos assalariados, em R$ 1.431.

    Dezembro/2012

    O ms de dezembro de 2012 registrou ligeiro acrscimo na taxa de desemprego total na RMBH, passando de 4,9% registrados em novembro para 5,3% da Populao Economicamente Ativa (PEA). O acrscimo no nmero de ocupaes (13 mil, ou 0,6%) foi menor do que o nmero de pessoas que se inseriram no mercado de trabalho (23 mil, ou 1,0%), resultando no crescimento do nmero de desempregados (10 mil, ou 8,5%). No perodo, a taxa de desemprego aberto passou de 4,6% para 4,9%.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 30, 2013

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS

    A GovernadorDSC00579
    Defensora Geral Andra Tonet
    e o governador Antonio Anastasia


    A Acio NevesDSC00581
    Senador Acio Neves e a Defensora Pblica Geral
    Andra Tonet


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 30, 2013

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS



    No Dia da Austrlia no Hotel Mercure em BH:
    JCA, Marcela Formiga oficial de pesquisa da embaixada,
    o embaixador Brett Hackett e Antnio Claret Guerra.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 30, 2013

    Defensoria Pblica de Minas participou da Inaugurao da primeira Penitenciria construda em Parceria Pblico Privada pelo governo de Minas.

    Em cerimnia presidida pelo governador Antonio Anastasia nesta segunda-feira (28/01), a defensora pblica geral, Andra Abritta Garzon Tonet, representou a Instituio na solenidade de inaugurao da Unidade I do Complexo Prisional Pblico-Privado em Ribeiro das Neves, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

    A penitenciariarn
    Defensora pblica geral Andra Abritta Garzon Tonet (1 posio, sentada esquerda) compe mesa durante a cerimnia


    Alm da defensora geral, a solenidade contou com a presena da chefe de gabinete da DPMG, Christiane Neves Procpio Malard; do assessor Interinstitucional, Eduardo Cyrino Generoso; da coordenadora da rea Criminal da capital, defensora pblica Roberta de Mesquita Ribeiro; do coordenador do Programa "Libertas Quae Sera Tamen", defensor Guilherme Tinti de Paiva; e dos defensores pblicos em atuao na comarca de Ribeiro das Neves, Bruna Helena Neves Oliveira, Guilherme Rocha de Freitas, Alexandre Martins da Costa do Nascimento, Cristiane Moura Avelar, Bruno Csar Canola, Dante Otvio Simeo Gontijo e Izabela de Rezende Coutinho.

    a Defensores corretaDSC00583
    Defensores pblicos presentes cerimnia


    A unidade prisional a primeira penitenciria do Brasil contratada por meio de parceria pblico-privada (PPP) e representa um modelo inovador de gesto penitenciria no sistema prisional do pas.


    Durante a cerimnia, o governador do Estado, Antonio Anastasia, declarou que "essa inovao das PPPs fundamental, porque conseguimos conciliar as questes formais, prprias do processo de execuo penal, com aquilo que h de mais moderno em gesto privada, especialmente nas questes relativas quilo que o cerne dessa PPP, que a reinsero da pessoa na sociedade, dando a ela trabalho e educao".


    Complexo


    O complexo ser composto por cinco unidades trs de regime fechado e duas de semiaberto -, com 3040 vagas para detentos do sexo masculino. Exceto em casos especiais, o complexo ser ocupado por preso apto a trabalhar e a estudar e que j cumpre pena em presdios da RMBH. Cada unidade do regime semiaberto contar com oito salas de aula, seis galpes de trabalho e um centro de atendimento de sade. As unidades do regime fechado tero tambm um centro de convivncia para os familiares dos presos. Os detentos tero ainda acesso a assistncia mdica, social, odontolgica e jurdica, alm de consultas psiquitricas e de terapia ocupacional.


    Em mdia, o preso ficar 12 horas fora da cela, frequentando a sala de aula, trabalhando nas oficinas, recebendo atendimento mdico-odontolgico-jurdico e realizando atividades fsicas e de lazer.


    Tambm participaram da solenidade o senador Acio Neves; o vice-prefeito de Ribeiro das Neves, Geraldo Lima; o secretrio de Estado de Defesa Social, Rmulo Ferraz; entre outras autoridades.

    A GovernadorDSC00579
    Defensora Geral Andra Tonet
    e o governador Antonio Anastasia


    A Acio NevesDSC00581
    DPG acompanhada pelo senador Acio Neves

    a Eros Biondini e Celia PitchonDSC00576
    Deputado federal Eros Biondini; ouvidora-geral do Estado,
    Clia Pimenta Barroso Pitchon; e a defensora geral Andra Tonet


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 30, 2013

    Dia 1 de fevereiro, deputados estaduais mineiros retornam do recesso.


    Dinis Pinheiro foi reeleito presidente para mais dois anos
    no comando do Parlamento Mineiro


    ALMG abre trabalhos
    com posse da Mesa
    e de novos deputados


    Os integrantes da Mesa para o binio 2013-2015
    assumem os cargos em 1 de fevereiro, em Reunio de Plenrio.



    Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza na sexta-feira (1/2/13), s 10 horas, Reunio Solene de Plenrio que marca o incio dos trabalhos parlamentares em 2013. Em seguida, promove Reunio Especial na qual tomam posse a Mesa da ALMG eleita para o binio 2013-2015 e trs novos deputados. Um quarto parlamentar deixa de ser suplente para ser efetivado.
    A Reunio Solene destina-se exclusivamente instalao da 3 Sesso Legislativa da 17 Legislatura. Cada sesso legislativa corresponde a um ano e a legislatura o perodo de quatro anos para o qual os deputados so eleitos.

    Na Reunio Especial do Plenrio, que comea imediatamente aps a instalao da sesso legislativa, haver a posse da nova Mesa da ALMG, eleita em 5 de dezembro de 2012. Trs parlamentares foram reeleitos para seus cargos: o presidente da Assembleia, Dinis Pinheiro (PSDB); o 1-vice-presidente, Jos Henrique (PMDB); e o 1-secretrio, Dilzon Melo (PTB). Tambm continuar compondo a Mesa, na condio de 3-secretrio, o deputado Alencar da Silveira Jr. (PDT), que na atual composio o 2-secretrio. Os novos integrantes so os deputados Hely Tarqinio (PV), 2 vice-presidente; Adelmo Carneiro Leo (PT), 3-vice-presidente; e Neider Moreira (PSD), 2 secretrio.
    Essa Mesa vai dirigir a Assembleia Legislativa de 1 de fevereiro de 2013 a 31 de janeiro de 2015.
    Novos parlamentares Ainda na Reunio Especial, trs deputados sero empossados em vagas abertas pela eleio de parlamentares s prefeituras de seus municpios. O jornalista Mrio Henrique Caixa (PCdoB) assume a cadeira antes ocupada pelo prefeito de Contagem (Regio Central), Carlin Moura, do mesmo partido. O mdico e empresrio Leondio Bouas (PMDB) entra na vaga do tambm colega de partido Bruno Siqueira, que tomou posse como prefeito de Juiz de Fora (Zona da Mata). Bouas foi deputado por dois mandatos (1995-1999 e 2003-2007).
    A eleio do ex-deputado Dlio Malheiros (PV) como vice-prefeito de Belo Horizonte provoca duas mudanas. Rmulo Veneroso (PV), que hoje ocupa uma vaga de suplente, ser efetivado. Isso abre espao para a posse do engenheiro e empresrio Juarez Tvora, por ter se tornado o primeiro na suplncia do PV. Ele j exerceu mandato de deputado, entre dezembro de 2008 e janeiro de 2010 e em janeiro de 2011. Uma das vagas do partido ocupada por suplente porque o titular, Agostinho Patrus Filho, est licenciado para exercer o cargo de secretrio de Estado de Turismo.
    Outros dois novos deputados assumiram as funes ainda em dezembro, uma vez que os titulares das cadeiras optaram por renunciar antes de tomar posse nas prefeituras de seus municpios. Cabo Jlio (PMDB) ocupou a vaga de Antnio Jlio (PMDB), agora prefeito de Par de Minas (Regio Central), e Juninho Arajo (PTB) entrou no lugar de Delvito Alves (PTB), novo prefeito de Una (Noroeste).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 29, 2013

    Novo prdio

    Governador participa da inaugurao
    da sede do Tribunal de Justia Militar
    de Minas Gerais


    O prdio, cedido
    pelo Governo de Minas em 2010,
    foi revitalizado
    e passa a abrigar as duas instncias do TJMMG




    O governador Antonio Anastasia participou, nesta tera-feira (29), da solenidade de inaugurao da nova sede do Tribunal de Justia Militar de Minas Gerais (TJMMG). O prdio, cedido pelo Governo de Minas em 2010, foi revitalizado e passa a abrigar as duas instncias do TJMMG, proporcionando melhores condies de trabalho aos seus jurisdicionados, operadores de Direito, servidores e colaboradores. Durante a cerimnia, o governador foi homenageado pelos membros do Tribunal pela colaborao que vem dando para o melhor trabalho rgo.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 29, 2013

    Entidades empresariais se unem em nome das demandas de Minas junto ao governo federal

    Convergncia para 2013






    O empresariado mineiro continua unido pela Agenda de Convergncia para o Desenvolvimento de Minas Gerais. Nesta tera-feira, 29 de janeiro, lderes das entidades de classe empresariais se reuniram na sede da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em Belo Horizonte, e acertaram como ser a atuao para levar ao Governo Federal as demandas consideradas prioritrias para o estado.

    Participaram da reunio os presidentes da Fiemg, Olavo Machado Jr., da Associao Comercial e Empresarial de Minas Gerais (Acminas), Roberto Fagundes, da Cmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), Bruno Falci, do Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (Ciemg), Jos Agostinho da Silveira Neto, da Federao da Agricultura e Pecuria do Estado de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simes, da Federao das Cmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL-MG), Jos Csar da Costa, da Federao do Comrcio de Bens, Servios e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomrcio Minas) e do Servio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG), Lzaro Luiz Gonzaga, da Federao das Empresas de Transporte de Carga do Estado de Minas Gerais (Fetcemg), Vander Francisco Costa e do Sindicato e Organizao das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg), Ronaldo Scucato.

    Agenda Minas

    O documento elaborado no ltimo ano pelas entidades de classe empresariais de Minas Gerais contm 18 projetos considerados prioritrios para o estado, reunidos em cinco grupos: projetos de investimentos da Petrobras no estado, que representa 10% do faturamento da empresa e recebe 1% de seus investimentos; projetos de infraestrutura a serem executados com parcerias pblico-privadas; projetos de infraestrutura a serem executados com recursos do Plano de Acelerao do Crescimento (PAC); projetos de educao, sade, economia do conhecimento, defesa social e cultura; outras prioridades especficas, como a instalao do Tribunal



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 29, 2013

    McDonald's lana cardpio premium e amplia demanda por vagas

    McDonalds abre 105 vagas em Minas Gerais

    So 64 vagas em Belo Horizonte,
    21 oportunidades em Juiz de Fora, na Zona da Mata,
    e outras 20 em Betim, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte

    Em janeiro o McDonalds abriu 64 vagas em Belo Horizonte, 21 em Juiz de Fora e outras 20 oportunidades de emprego na cidade de Betim para atendentes nos perodos diurno, noturno e madrugada.

    Os interessados em trabalhar no turno diurno devem ser maiores de 16 anos e com escolaridade a partir de Ensino mdio cursando. J para as vagas o perodo noturno ou madrugada necessrio ter 18 anos completos e ter escolaridade a partir de 6 ano do Ensino Fundamental. No exigida experincia anterior e o incio imediato.

    As inscries podem ser feitas no portal www.mcdonalds.com.br acessando em "Trabalhe Conosco o link Cadastre seu Currculo" ou entregando o currculo em um dos restaurantes McDonalds. O candidato tambm recebe o feedback no prprio dia.

    Entre os benefcios oferecidos pela empresa esto alimentao no local, seguro de vida, assistncia mdica e odontolgica, vale-transporte, treinamento inicial e contnuo e plano de carreira. Anualmente, a Arcos Dourados investe R$ 40 milhes em treinamento e capacitao pessoal. Com 91 % de seu quadro de funcionrios formado por jovens com at 25 anos, a Arcos Dourados reconhecida como porta de entrada para o mercado de trabalho. A empresa no exige experincia, por isso representa uma importante porta de entrada para quem busca seu primeiro emprego formal.

    Sobre a Arcos Dorados
    A Arcos Dorados a maior franquia McDonalds do mundo, tanto em vendas totais do sistema como em nmero de restaurantes. A Companhia a maior rede de servio rpido de alimentao da Amrica Latina e Caribe, com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias de restaurantes McDonalds em 20 pases e territrios, incluindo Argentina, Aruba, Brasil, Chile, Colmbia, Costa Rica, Curaao, Equador, Guiana Francesa, Guadalupe, Martinica, Mxico, Panam, Peru, Porto Rico, St. Croix, St. Thomas, Trinidad & Tobago, Uruguai e Venezuela. Diretamente ou por meio de franquias, a Companhia opera mais de 1.880 restaurantes da marca McDonalds na regio, com mais de 90.000 funcionrios atendendo cerca de 4,3 milhes de clientes todos os dias. Reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar, a Arcos Dorados est listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia visite nosso site www.arcosdorados.com.


    Multitexto Comunicao Empresarial


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 28, 2013

    Um evento simblico em BH nesta segunda. O dia Nacional da Austrlia foi comemorado no Hotel Mercure em Lourdes. O prprio embaixador da Austrlia, Brett Hackett compareceu para prestigiar o evento, mostrando as riquezas do pas e o interesse pela cultura e economia mineiras. Estive l. Detalhe: nesse dia 28 de janeiro, s que de 1788, um navio brasileiro carregado de cachaa chegou ao porto da Austrlia, no primeiro negcios realizados entre os dois paises. Da...



    No evento Dia Nacional da Austrlia
    no Hotel Mercure em BH: JCA
    e o Embaixador da Austrlia Brett Hackett.






    No Dia da Austrlia no Hotel Mercure:
    JCA, Cassia Ximenes, Rodrigo e Antnio Claret Guerra.









    No Dia da Austrlia no Hotel Mercure em BH: JCA,
    Marcela Formiga oficial de pesquisa da embaixada,
    o embaixador Brett Hackett e Antnio Claret Guerra.









    No evento do Dia Nacional da Austrlia no Hotel Mercure em BH:
    Antnio Claret Guerra, o em embaixador da Austrlia Brett Hackett
    e Baques Sana, da Estrada Estrada Real









    O gerente geral do Hotel Mercure em BH,
    Alexander Borges no Dia Nacional da Austrlia.







    No evento do Dia Nacional da Austrlia
    no Hotel Mercure em BH: o embaixador do pas
    e os funcionrios da Embaixada.








                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 28, 2013

    Nver em alto estilo na Fazenda de Beto Amaral na serra da Conceio em Desterro do Mello.




    Na Fazenda da Serra da Conceio em Desterro do Mello:
    nver de Alberto Amaral - funcionrio do Ministrio da Agricultura -
    foi comemorado em grande estilo. Convidado, fui l abra-lo.
    Beto estava acompanhado, da sempre simptica mdica,
    dra.Consolao - que se destaca na rea de dermatologia
    em Conselheiro Lafayette.
    Outro detalhe: tive a satisfao de encontrar no churrasco
    com o primo Mrcio Amaral, radicado h anos no Rio de Janeiro,
    aonde atua no SERPRO.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 28, 2013

    Defensoria Pblica de Minas, obtm importante e justa conquista.

    O governador Antonio Anastasia
    alterou o decreto que dispe sobre as Normas do Cerimonial
    do Governador do Estado de Minas Gerais.


    Com a alterao,
    a Defensoria Pblica do Estado de Minas Gerais (DPMG)
    passa a ser includa, oficial e formalmente,
    na Ordem Geral de Precedncia - ordem pela qual se estabelece
    a ordem hierrquica, em especial de autoridades e de smbolos oficiais -
    em cerimnias realizadas pelo Governo Estadual.



    O Decreto NE n 806, de 21 de dezembro de 2012
    foi publicado na Imprensa Oficial de Minas Gerais no dia 22 de dezembro.


    a DSC08511

    A alterao do decreto, que refora a posio de autonomia conquistada pela Instituio, foi pauta de reunio realizada em novembro, em que participaram a defensora pblica geral, Andra Abritta Garzon Tonet; a chefe de gabinete da DPMG, Christiane Neves Procpio Malard; o assessor interinstitucional da DPMG, Eduardo Cyrino Generoso; e o secretrio geral do governador, Eduardo Magalhes.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 28, 2013

    Indito!!! Hoje, 14:00. Em Ribeiro das Neves na Regio Metropolitana de BH.

    Governador inaugura
    primeira PPP no sistema prisional
    do pas


    O Complexo Prisional Pblico Privado (PPP)
    ser composto por cinco unidades trs de regime fechado
    e duas semiabertos




    O governador Antonio Anastasia inaugura oficialmente, nesta segunda-feira (28), a Unidade I do Complexo Prisional Pblico Privado (CPPP), em Ribeiro das Neves, Regio Metropolitana de Belo Horizonte. Com esta entrega, o Governo de Minas inaugura um modelo inovador de gesto penitenciria, pois ser a primeira Parceria Pblico-Privada (PPP) no sistema prisional do pas.
    O Complexo Prisional Pblico Privado (PPP) ser composto por cinco unidades trs de regime fechado e duas semiabertos , com 3.040 vagas para presos do sexo masculino. Para regime fechado, sero 1.824 vagas e para o semiaberto, 1.216, sendo ocupado por preso apto a trabalhar e a estudar, que j cumpre pena em presdios da RMBH. O edifcio-sede do complexo formado pelas reas de administrao; almoxarifado central; oficina de manuteno; lavanderia; cozinha e padaria.
    A Unidade I do Complexo Prisional Pblico Privado (PPP) ser de regime fechado e ter a capacidade para 608 presos, em celas individuais e para quatro e seis pessoas inclusive para detentos com algum tipo de deficincia. A transferncia de presos comeou no dia 18 de janeiro. J foram transferidos 75, que vieram do Presdio Antnio Dutra Ladeira (Ribeiro de Neves) e do Presdio So Joaquim de Bicas I (So Joaquim de Bicas).
    O projeto integra o Programa de Ampliao e Modernizao do Sistema Prisional e tambm se insere no Choque de Gesto, em implementao desde 2003, pelo Governo de Minas. O modelo da PPP Penitenciria em Minas baseado no sistema prisional ingls.
    Evento: Inaugurao oficial da Unidade I do Complexo Prisional Pblico Privado (CPPP)
    Local: Rua Esplanada, s/n, Vrzea Alegre, Fazenda Mato Grosso Ribeiro das Neves
    Dia: 28/01/2013 (segunda-feira)
    Horrio: 14h


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 28, 2013

    Novo MINEIRO em vdeo.

    Agncia Minas
    mostra em vdeo todas as novidades
    do Mineiro


    Totalmente modernizado e reformado,
    estdio vai ser palco da abertura do Campeonato Mineiro;
    confira um tour virtual na Agncia Minas




    Prestes a sediar o clssico de reabertura, o Mineiro est pronto para receber os torcedores. Mais moderno e bem equipado, o estdio est cheio de novidades. Uma delas o sistema de sinalizao que vai facilitar o acesso durante as partidas. Alm de placas, totens, pinturas e adesivos modernos, cada setor recebeu uma cor: vermelho, amarelo, roxo e laranja.
    Em um tour pela arena com a reportagem da Agncia Minas, o secretrio de Estado extraordinrio para a Copa do Mundo, Tiago Lacerda, destacou a funcionalidade das novas catracas eletrnicas e as novidades nas vendas de ingressos. So catracas ultramodernas. No estdio, 106 catracas esto distribudas pelos seis portes. A Minas Arena tambm vai adotar um sistema muito moderno de venda de ingressos pela Internet. A ideia que ao longo de 2013 seja implementada a vem da de ingresos em casas lotricas em todo o Estado, informa.
    O estacionamento com quase 3 mil vagas, sendo 1.800 cobertas, outa facilidade que o torcedor ir encontrar no estdio. O lugar tambm ser marcado - as mais de 60 mil cadeiras so numeradas. Alm disso, o campo foi rebaixado em 3,4 metros para melhorar a visibilidade. No anel superior, a viso privilegiada e o setor foi o nico da estrutura antiga preservado durante as obras.
    O anel superior existe como sempre foi, fora a instalao das novas cadeiras. um local de onde se pode ter uma boa viso tambm da nova cobertura, afirma Tiago Lacerda.
    Novinho e nos padres da Fifa, o gramado uma atrao parte. O tipo da grama, chamada de bermuda celebration, foi escolhido pelos tcnicos da FIFA. As dimenses do campo tambm foram alteradas para seguir as dimenses de gramado hoje na Europa. Antes, o Mineiro tinha 110 metros por 75. Agora so 105 por 68. Houve uma pequena reduo para adequar o estdio aos padres europeus e da FIFA, explica o secretrio.
    Assista ao vdeo ao lado para ver a reportagem da Agncia Minas sobre o tema.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 28, 2013

    Investindo no conhecimento globalizado

    Governador entrega certificados
    para participantes de curso
    de capacitao na ndia


    Curso realizado em parceria do Governo de Minas
    com a Infosys qualificou estudantes, professores e profissionais
    que atuam na rea de Tecnologia da Informao




    O governador Antonio Anastasia entregou, nesta sexta-feira (25), no Palcio Tiradentes, certificados de concluso de capacitao a 59 estudantes, professores e profissionais que participaram do programa de capacitao na Infosys, empresa lder global em consultoria, tecnologia e terceirizao, na cidade indiana de Mysore.
    Em junho de 2012, o governador formalizou parceria com a Infosys para implantao de programa de capacitao de estudantes, professores e profissionais que atuam na rea de Tecnologia da Informao (TI), em centro de treinamento da empresa na ndia. Foi a primeira vez que a Infosys promoveu esse tipo de treinamento para estudantes e profissionais do Brasil.
    Eu tenho dito que Minas Gerais tem um grande patrimnio mineral, agrcola, histrico, cultural, mas o patrimnio maior que temos o capital humano dos mineiros. E esse capital humano que deve ser cada vez mais aperfeioado, qualificado e aprimorado, no s em Minas com as nossas excepcionais universidades federais, estaduais e privadas, mas tambm no exterior, defendeu Anastasia.
    Foram selecionados 18 profissionais do setor, 20 professores universitrios e 21 estudantes do ltimo semestre de universidades pblicas e privadas de Minas Gerais. O grupo embarcou no fim de julho ltimo para a ndia. O objetivo do governo de Minas foi melhorar as chances dos profissionais mineiros no mercado, alm de procurar auxiliar na ampliao de seus conhecimentos.
    Eu acredito que esses 59 mineiros que estiveram na cidade de Mysore no s tiveram a oportunidade nica de estar naquilo que hoje o estado da arte mais avanado em termos da tecnologia, mas, mais do que isso, tiveram a oportunidade de conviver com a cultura indiana que to rica, afirmou o governador, lembrando da viagem que realizou ao pas indiano, a partir da qual a parceria se estabeleceu.
    Anastasia visitou a sede da empresa, quando o CEO S.D. Shibulal ressaltou a inteno de ampliar a atuao da multinacional em Minas Gerais. A sede da empresa no Brasil est instalada em Nova Lima, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).
    A Infosys foi responsvel pelo custeio do treinamento e hospedagem dos selecionados. Coube ao Estado, por meio de recursos da Fundao de Amparo Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e da Secretaria de Estado de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), o custeio de passagens areas, traslados internos na ndia, uma ajuda de custo e seguro sade. O valor total do investimento do Governo de Minas no programa foi de US$ 300 mil.
    Eu quero mais uma vez agradecer parceria da Infosys, Fapemig, Fundao Dom Cabral, mas saudando de modo especial a esses 59 jovens de todas as idades que foram l se aperfeioar durante esses quatro meses e que retornam a Minas Gerais com o objetivo de aplicar agora seus conhecimentos. Eu tenho certeza que a Infosys, cada vez mais enraizada no Brasil e presente em Minas Gerais, onde est a sua sede, poder contribuir muito para o nosso desenvolvimento, porque ainda temos muito que aprender, disse o governador.
    Para o diretor geral da Infoys no Brasil, Herr Puneet Singh Gill, a parceria da empresa com o Governo do Estado ajuda a enfrentar um dos principais desafios do Brasil: a falta de mo de obra qualificada. Certa vez Albert Einstein disse: se os fatos no se adequam teoria, mude os fatos. Quando cheguei ao Brasil, em 2005, li um artigo em uma revista em que o ttulo era apago de talentos. E desde ento tenho ouvido falar sempre sobre esse assunto. Hoje, o que estamos fazendo aqui justamente mudando os fatos, afirmou.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 27, 2013

    Comando ampliado na Record Minas



    O competente Wagner Espanha
    assumiu recentemente a Superintendncia do Grupo RECORD Minas.
    Agora ele  comanda a rea comercial e de marketing da TV, jornal Hoje em Dia e portal HD. Wagner e eu trabalhamos na Rede Globo.
    Ele no Comercial. Eu na reportagem poltica.
    Desejo mais sucesso ainda o Wagner.
    Competncia ele tem, de sobra.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 27, 2013

    Cineasta mineira estria filme, o longa, "DISPAROS" em BH dia 1 de fevereiro. Confira detalhes!!!

    DISPAROS ESTREIA EM BELO HORIZONTE

    Primeiro longa de Juliana Reis
    venceu 3 prmios no FESTIVAL DO RIO 2012,
    dentre eles Melhor Ator Coadjuvante para Caco Ciocler

    No dia 1 de fevereiro,
    entra no circuito de cinema de Belo Horizonte DISPAROS,
    primeiro longa da diretora e roteirista mineira Juliana Reis.

    Distribudo pela H2O Filmes e produzido por DiversidArte Produes e Escrevendo & Filmes, DISPAROS estrelado por Caco Ciocler, Gustavo Machado, Dedina Bernardelli e Julio Adrio.

    O filme participou do ltimo Festival do Rio, em 2012, na Mostra Competitiva da Premire Brasil, e venceu 3 prmios nas categorias: Melhor Fotografia Gustavo Hadba, Melhor Montagem - Pedro Bronz e Marlia Moraes e Melhor Ator Coadjuvante - Caco Ciocler.

    Segundo Ilda Santiago, diretora do Festival do Rio, a presidente do Jri Lucy Barreto se referiu a Juliana Reis como a Kathryn Biggelow brasileira (vencedora do Oscar por The Hurt Locker), por serem duas cineastas a realizarem filmes de gnero masculino sob a tica feminina.

    Baseado em fatos reais, DISPAROS um thriller poltico e social, com uma trama de ao policial, que tematicamente, destrincha o instante na vida de um indivduo confrontado com a violncia urbana e examina o quanto dessa violncia no carregada para dentro do espao privado das relaes interpessoais. A perplexidade o fio condutor deste relato, a partir de uma narrativa imparcial e sem julgamento.
    Como sobrevivem e evoluem as relaes humanas quando expostas a altos ndices de violncia urbana e barbrie social? Como as relaes de pais, mes e filhos, maridos e mulheres, namorados e parceiros homossexuais so afetadas em suas vidas cotidianas? Estas so as principais questes abordadas em DISPAROS, que no perde o foco testemunhal e onisciente sobre a violncia urbana. A histria tambm sustentada pelo olhar dos personagens secundrios, como o do atropelador do assaltante, o motoboy cmplice que foge mancando, a jovem turista que, em defesa do bandido moribundo, quase linchada.

    "DISPAROS se enquadra dentro de uma nova perspectiva e tendncia do nosso cinema, de se fazer crnica do nosso tempo e espao; um cinema ancorado e impulsionado pela vida na qual est inserido e da qual emerge. Um filme brasileiro, onde o brasileiro se enxerga e se v. E se pensa. Acredito que a dramaturgia no geral, e o cinema em particular, tem na capacidade de servir de espelho para quem assiste, uma poderosa arma de transformao dos indivduos", comenta Juliana Reis.

    Haver uma sesso especial de pr-estria
    na quarta feira 30 de janeiros as 20hs no SESC Palladium.

    SERVIO
    ESTREIA
    DATA: 01/02
    DURAO: 82 min.

    SINOPSE
    Saindo de uma sesso de fotos para um guia gay do Rio, Henrique assaltado por dois motoqueiros armados. E assiste, estupefato, ao atropelamento dos ladres, por algum motorista solidrio.
    De alma lavada, Henrique recupera sua cmera e segue seu caminho. Mas retorna buscar o carto de memria com as fotos que fez, cado durante o incidente. Ele passa assim a acusado do crime de omisso de socorro, do qual seu agressor a vitima.
    Dali, Henrique levado para a DP e, em seguida, para a emergncia do Souza Aguiar, tentando se inocentar, ainda que sentindo-se cada vez menos inocente.

    FICHA TCNICA
    Direo e Roteiro: Juliana Reis
    Empresas Produtoras: Diversidarte Produes, Escrevendo & Filmes, Synapse, Estdios Quanta
    Produo: Henrique Saladini, Juliana Reis
    Direo de Fotografia: Gustavo Hadba
    Montagem: Pedro Bronz, Marlia Moraes
    Trilha Original: Mariana Camargo
    Direo de Arte: Denis Netto
    Figurino: Bia Salgado
    Direo de Produo: Paola Vieira
    Casting: Guilherme Gobbi
    Som Direto: Bruno Fernandes, lvaro Correia
    Desenho de Som: Franois Wolf
    Durao: 82 minutos
    Elenco:
    Gustavo Machado - Henrique
    Caco Ciocler Inspetor Freire
    Julio Adrio Dr. Guido
    Dedina Bernardelli Silvana

    SOBRE JULIANA REIS
    Jornalista mineira, viveu 16 anos na Frana. Mestre em cinema (Paris 8), realizou 5 curtas e institucionais para a UNESCO e SOS Racisme. Recebeu prmio pela adaptao de Julio Cortazar, e subvenes do CNC, e da Kodak.

    No Brasil desde 2005, escreve fices para Henrique Saladini, Joo Jardim e Murilo Salles. Tradutora de La Dramaturgie e professora de roteiro da Escola de cinema Darcy Ribeiro e Faculdade de Artes do Paran. DISPAROS seu primeiro longa como diretora.

    SOBRE GUSTAVO MACHADO


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Janeiro 26, 2013

    Festival de cinema de Tiradentes

    O Cine-Tenda, que fica no largo da rodoviria, ser palco, neste sbado (26), do encerramento da 16 Mostra de Cinema de Tiradentes. Na programao, exibio de uma retrospectiva da Mostra, anncio dos vencedores, seminrios, premiaes e a entrega do Trofu Barroco. O Centro Cultural Sesi Yves Alves foi a sede da Mostra e um dos parceiros na realizao do evento, que teve incio no dia 18/01. Durante seu perodo de realizao, foram exibidos 131 filmes brasileiros em 54 sesses gratuitas com um pblico estimado de 30 mil pessoas.

    Na abertura, todos os parceiros do evento foram homenageados e Thiago Maia, gerente de Cultura do Sesi-MG, recebeu a honraria em nome da instituio. essencial que o Sesi esteja presente na Mostra mais importante do pas no que se refere ao lanamento de novas produes da stima arte. O Sesi e a Fiemg sempre apoiaram, com diversas aes e produtos, a indstria audiovisual do estado de Minas Gerais, comentou Maia.

    Fora de Centro foi o tema deste ano e a atriz paranaense, Simone Spoladore, a homenageada. A escolha se deu, principalmente, por suas escolhas de atuao e seu destaque no cinema nacional. Foram exibidos os seguintes filmes da atriz: Nove Crnicas para Um Corao aos Berros (DF), de Gustavo Galvo, A Memria que Me Contam (RJ), direo de Lcia Murat e Sudoeste (SP), do diretor Eduardo Nunes. Alm disso, foram convidados crticos e cineastas para debaterem sua trajetria no cinema.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 25, 2013

    Novo Partido de Marina Silva e Z Fernado pode se chamar PARTIDO DA REDE. A data de lanamento j est marcada: 16 de fevereiro em Braslia.




    Furo!!!
    Vem a novo partido poltico!!!
    Encontrei o ex-deputado Z Fernando - filho do
    meu saudoso amigo embaixador Z Aparecido de Oliveira
    na Livraria Leitura no Ptio Savassi.
    Ele nos disse que o novo partido que ele e a ex-senadora Marina Silva esto criando
    ser lanado dia 16 de Fevereiro em Braslia.
    O nome?
    A escolha pode ser feita pela
    Internet: www.sonhaticos.com

    Quatro nomes esto concorrendo: Partido da Rede,
    Partido Semear, Partido Brasil Vivo
    ou Partido da Luta Independente.
    O mais cotado PARTIDO DA REDE.
    A conferir!!!





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 25, 2013

    Minas sai na frente!!!

    Governador inaugura primeira PPP
    no sistema prisional do pas na segunda
    dia 28 de janeiro



    O Complexo Prisional Pblico Privado (PPP)
    ser composto por cinco unidades trs de regime fechado
    e duas semiabertos




    O governador Antonio Anastasia inaugura oficialmente, nesta segunda-feira (28), a Unidade I do Complexo Prisional Pblico Privado (CPPP), em Ribeiro das Neves, Regio Metropolitana de Belo Horizonte. Com esta entrega, o Governo de Minas inaugura um modelo inovador de gesto penitenciria, pois ser a primeira Parceria Pblico-Privada (PPP) no sistema prisional do pas.
    O Complexo Prisional Pblico Privado (PPP) ser composto por cinco unidades trs de regime fechado e duas semiabertos , com 3.040 vagas para presos do sexo masculino. Para regime fechado, sero 1.824 vagas e para o semiaberto, 1.216, sendo ocupado por preso apto a trabalhar e a estudar, que j cumpre pena em presdios da RMBH. O edifcio-sede do complexo formado pelas reas de administrao; almoxarifado central; oficina de manuteno; lavanderia; cozinha e padaria.
    A Unidade I do Complexo Prisional Pblico Privado (PPP) ser de regime fechado e ter a capacidade para 608 presos, em celas individuais e para quatro e seis pessoas inclusive para detentos com algum tipo de deficincia. A transferncia de presos comeou no dia 18 de janeiro. J foram transferidos 75, que vieram do Presdio Antnio Dutra Ladeira (Ribeiro de Neves) e do Presdio So Joaquim de Bicas I (So Joaquim de Bicas).
    O projeto integra o Programa de Ampliao e Modernizao do Sistema Prisional e tambm se insere no Choque de Gesto, em implementao desde 2003, pelo Governo de Minas. O modelo da PPP Penitenciria em Minas baseado no sistema prisional ingls.
    Evento: Inaugurao oficial da Unidade I do Complexo Prisional Pblico Privado (CPPP)
    Local: Rua Esplanada, s/n, Vrzea Alegre, Fazenda Mato Grosso Ribeiro das Neves
    Dia: 28/01/2013 (segunda-feira)
    Horrio: 14h


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 25, 2013

    CONTA DE LUZ mais barata!!!

    Cemig acata deciso da Aneel
    e reduz tarifas residenciais
    em 18,14%

    O consumidor vai perceber a variao
    decorrente da reviso tarifria na fatura no
    prximo ms de maro


    A Agncia Nacional de Energia Eltrica (Aneel) aprovou a reduo da conta de energia eltrica para todos os consumidores de energia do pas. A partir da Resoluo Homologatria 1.422, a Aneel publicou as novas tarifas para as empresas de distribuio de energia eltrica. A maioria delas, ou 55 das 63 companhias, teve uma reduo entre 18 e 19% na tarifa de consumo residencial, incluindo a Companhia Energtica de Minas Gerais (Cemig), cuja reduo foi de 18,14%. Esse percentual muito prximo da reduo para os consumidores residenciais de outras empresas, como os da paulista Eletropaulo (-18,25%), da paranaense Copel (-18,12%), da fluminense Light (-18,10%) e da CPFL Paulista (-18,07%).
    Na mdia geral, o impacto do reajuste para os consumidores da Cemig, incluindo os consumidores livres, cativos de mdia e alta tenso, como indstrias e setor de servios, foi uma reduo de aproximadamente 22%.
    Essa mudana na tarifa corresponde a uma reviso tarifria extraordinria promovida pelo rgo regulador nas empresas de distribuio. As revises extraordinrias ocorrem quando h mudanas significativas nos custos dos componentes tarifrios, para mais ou para menos, e que precisam ser repassados para os consumidores. A nova tarifa ficar em vigor at o prximo dia 7 de abril, quando a Cemig passar por uma reviso tarifria ordinria, igualmente prevista no contrato de concesso, e novas tarifas sero publicadas.
    Percepo da reduo na fatura
    O consumidor vai perceber a variao decorrente da reviso tarifria extraordinria na fatura em maro prximo. Isso acontece porque as datas de leituras das contas de energia so distribudas ao longo do ms, de forma que, em fevereiro, os consumidores pagaro a parcela do consumo ocorrido antes de 24 de janeiro, com a tarifa antiga, e a outra parte do consumo, posterior mesma data, com a tarifa nova.
    Por exemplo, o consumidor cuja leitura for realizada em 8 de fevereiro prximo, ter, em fevereiro, metade de sua energia (equivalente a 15 dias de consumo, de 9/1 a 23/1) faturada pela tarifa anterior e a outra metade (equivalente ao mesmo perodo de tempo, de 24/1 a 7/2), pela tarifa agora publicada. A partir de maro, todos os consumidores recebero a contas com as novas tarifas.
    Consumidores de baixa renda
    Os consumidores classificados como baixa renda so clientes beneficiados por um subsdio, pagando valor inferior ao custo da energia consumida. At 30 kWh mensais, o benefcio resulta num desconto aproximado de 65%. Para o consumo entre 31 e 100 kWh, 40%, e para a faixa de 101 a 220 kWh de 10%. A reduo das tarifas dos consumidores de baixa renda pela reviso extraordinria a mesma do residencial pleno, ou seja, 18,14% em relao tarifa anterior.


    Impostos na fatura
    Conforme determina a Constituio Federal, a Cemig obrigada a realizar a cobrana de tributos diretamente na conta do consumidor e repass-los s autoridades competentes. Os tributos federais de PIS/Pasep e Cofins foram mantidos na tarifa.
    Tambm permanece o ICMS, um tributo estadual, que cobrado diretamente na fatura do consumidor e repassado integralmente ao Governo do Estado. No caso de Minas Gerais, os consumidores residenciais com consumo inferior a 90 kWh/ms so isentos desse tributo.
    Reviso tarifria de abril de 2013
    A nova tarifa permanecer em vigor at 7 de abril deste ano. No dia 8 de abril, quando a Cemig passar por reviso tarifria ordinria, igualmente prevista no contrato de concesso, novas tarifas sero publicadas. Na reviso tarifria de abril deste ano, os custos gerenciveis da concessionria, compostos pelos custos operacionais, remunerao dos investimentos na rede eltrica e demais custos essenciais adequada prestao do servio, considerando novos critrios de eficincia e justa remunerao dos investimentos, sero revistos. Alm disso, custos no gerenciveis sero recalculados para a cobertura dos prximos 12 meses, seguindo as regras de reajuste e reviso em vigor.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 25, 2013

    Poltica na tradicional Savassi em BH



    No novo restaurante ATHELIER na Savassi -
    mezanino onde foi A Travessa
    - o vereador Leo Burgus, presidente da Cmara de BH
    e o deputado federal Luiz Tib.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 25, 2013

    Indito!!! De olho em quem maltrada animais...

    Minas Gerais abre
    sua primeira delegacia especializada
    em crimes contra a fauna


    Com mdia estimada de 30 denncias por ms,
    rgo sediado em Belo Horizonte
    vai investigar abusos e maus tratos contra animais



    Elisa Barros/Divulgao Co Viver

    Na ONG Co Viver, cerca de 30 animais por ms so resgatados do abandono ou dos maus tratos

    Na ONG Co Viver,
    cerca de 30 animais por ms
    so resgatados do abandono ou dos maus tratos



    Esta semana, comeou a funcionar, em Belo Horizonte, a primeira delegacia do Estado especializada em investigaes de crimes contra a fauna. Localizada no bairro Carlos Prates, o rgo, que conta com uma delegada, quatro investigadores e um escrivo, ser responsvel por investigar denncias de maus tratos e abusos contra animais silvestres, domsticos ou domesticados.
    Segundo a delegada Olvia de Ftima Braga Melo, que no momento est respondendo pela Delegacia Especializada de Investigao de Crimes Contra a Fauna, a unidade foi criada para atender a uma demanda da sociedade e das organizaes no governamentais (ONGs) de proteo aos animais. Um abaixo-assinado com mais de 50 mil assinaturas foi levado ao conhecimento do governador que, sensibilizado com a situao, encaminhou o tema para a Polcia Civil, explica Olvia.
    A competncia da delegacia est prevista na Lei 9.605 de 12 de fevereiro de 1998, que prev punio para os crimes contra a fauna. O artigo 32 define que praticar atos de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domsticos ou domesticados, nativos ou exticos considerado crime, com pena de deteno de trs meses a um ano e multa, esclarece a delegada.
    Segundo a lei, considerado abuso utilizar indevidamente o animal, como impor a um cavalo, por exemplo, trabalho excessivo, alm das suas condies. Outros exemplos so imposio de trabalho a fmeas prenhas ou a animais muito jovens, imposio de sofrimento fsico e mental ou emprego exagerado de castigos para adestramento. Os maus tratos incluem deixar o animal sem gua ou alimento, alm de ferir, machucar, mutilar ou agredir um animal.
    Mais agilidade nas apuraes
    Antes, a investigao desse tipo de crime era feita nas delegacias regionais. Somente em Belo Horizonte, a mdia de denncias de cerca de 30 por ms. Para a delegada Olvia Melo, a criao da delegacia especializada vai trazer mais agilidade nas apuraes, o que permitir salvar mais vidas e retirar os animais de situaes degradantes ou insalubres mais rapidamente.
    Se h a denncia de um co maltratado por um vizinho, por exemplo, preciso ser gil na apurao para retir-lo desta situao e at mesmo evitar sua morte. A delegacia vai trazer mais celeridade na investigao e no encaminhamento do procedimento ao juzo competente, explica a delegada.
    A fundadora e presidente da ONG Co Viver, em Contagem, Mariza Catelli, aprovou a iniciativa da Polcia Civil. Acho que ajuda bastante, porque as pessoas que fazem denncias tero a quem recorrer, avalia. A Co Viver resgata, mensalmente, cerca de 30 animais. Destes, em torno de 90% conseguem ser encaminhados para a adoo. No nosso dia-a-dia, vemos que o crime de abuso e maus tratos muito recorrente. E vale lembrar que o abandono o pior de todos eles, observa.
    Para denunciar maus tratos ou abusos a animais, basta ligar no 181 Disque-Denncia, caso o denunciante deseje se manter annimo, ou se dirigir at a Delegacia Especializada de Investigao de Crimes Contra a Fauna, na Rua Piratininga, 105, Carlos Prates. Orientaes podem ser consultadas pelos telefones (31) 3212-1339 ou (31) 3212-1356.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 25, 2013

    Coloque na sua agenda!!!

    Capacitao acontecer na sede da entidade, em Contagem

    Satisfao e superao das expectativas do cliente tema de capacitao oferecida pelo Ciemg, no dia 30 de janeiro. O curso ser realizado na sede do Centro, em Contagem (Avenida Babita Camargos, 766, Cidade Industrial) e ministrado pelo mestre em administrao Pedro Xavier, de 19h s 21h.

    Xavier especialista em anlise de sistemas e gesto estratgica de vendas. Ele divide o curso nos temas: Necessidades e desejos dos consumidores; Criao de Valor e Entender para atender o cliente. As incries esto abertas e as vagas so limitadas.

    O valor da inscrio de R$ 60 para associados Ciemg e sindicados filiados Fiemg, e R$ 90 para os demais interessados. Inscries e mais informaes: (31) 3362-5666 ou www.fiemg.com.br/ciemg.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 24, 2013

    Oportunidade!!!

    Informativo American Airlines :
    Tarifas promocionais saindo de Belo Horizonte para
    MIAMI a partir de 569 US$
    ORLANDO a partir de 569 US$
    NEW YORK a partir de 799 US$
    5 x sem juros no carto.
    *Tarifas para emisses at 28/01/2013
    Classe de reserva O

    Viagens iniciadas a partir de 10/02/2013
    Estadia mnima de 7 e mxima de 90 dias
    Toda viagem deve estar completa at 15/04/2013
    Tarifas sujeitas a alteraes sem prvio aviso
    Essas tarifas no incluem taxas nem impostos
    Consulte perodo de blackout e demais regras tarifrias
    O


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 24, 2013

    Cooperao Tcnica

    Durante o V Frum de Promoo da Paz Escolar (Forpaz), realizado em Belo Horizonte nos dias 29 e 30 de novembro, a Defensoria Pblica de Minas Gerais (DPMG) e a Secretaria Estadual de Educao (SEE) assinaram um termo de cooperao tcnica que formaliza as aes desenvolvidas em parceria pelas instituies, com o objetivo de capacitar educadores e alunos em mediao de conflitos, cultura de paz e articulao em rede.


    Por meio do TCT, a Defensoria Pblica e a Secretaria oficializaram as aes, j existentes e em execuo, voltadas capacitao de professores e alunos para se tornarem mediadores no mbito escolar com a superviso da Defensoria Pblica. O TCT contempla ainda, a realizao de encontros regionais do Forpaz, com vistas sensibilizao em mediao de conflitos e articulao em rede. O trabalho de mediao desenvolvido em 12 escolas pblicas da regio metropolitana.

    a DSC08911
    Defensora geral, Andra Tonet; e secretria de Estado de Educao,
    Ana Lcia Gazzola, formalizam a parceria entre as instituies



    Coeso de solues


    A secretria de Estado de Educao, Ana Lcia Gazzola, ressaltou os benefcios colhidos pelo Forpaz. Por meio do Forpaz, estamos tendo a oportunidade de construir uma coeso de solues, baseadas em uma cultura da paz, dilogo e democracia e, de reconfigurar as foras da escola, criando uma nova agenda positiva e de respeito diversidade e s diferenas afirmou a secretria.


    Mesc


    A defensora pblica geral, Andra Abritta Garzon Tonet, lembrou a criao do Forpaz, em 2007, pela Defensoria Pblica, atravs dos defensores Roberta de Mesquita Ribeiro, Wellerson Eduardo da Silva Corra e Vrlen Vidal e destacou a importncia da articulao em rede para promoo da paz. O problema da violncia na escola no problema da escola, mas sim de todos ns e deve ser dividido por vrios parceiros, declarou.


    Andra Tonet falou sobre o Projeto de Mediao de Conflitos no Ambiente Escolar (Mesc) desenvolvido pela Defensoria Especializada em Direitos Humanos, Coletivos e Socioambientais (DPDH), sob a coordenao da defensora pblica Francis de Oliveira Rabelo Coutinho e parabenizou-a pela iniciativa. O projeto j est sendo desenvolvido em 12 escolas e formar a primeira turma de jovens no ms de dezembro.

    a DSC08896
    Andra Tonet: no se pode pensar em uma nova estrutura social
    e na evoluo do Direito enquanto cincia sem a mediao.
    A mediao o caminho, a nova proposta do sculo XXI
    para a soluo de conflitos



    V Frum


    O V Frum de Promoo da Paz Escolar (Forpaz) contou com a participao de cerca de 500 diretores de escolas, educadores, e representantes de diversos rgos do poder pblico.

    AA DSC08794
    Coordenadora do Forpaz, defensora pblica
    Roberta de Mesquita Ribeiro (4 posio, esquerda),
    compe mesa na abertura do evento



    Integrando a programao do encontro, na quinta-feira (28/11), o defensor pblico, Wellerson Eduardo da Silva Corra, coordenador da Defensoria Especializada da Infncia e Juventude Cvel, junto com a promotora de Justia Maria Elmira Evangelina do Amaral Dick e o juiz de Direito Carlos Frederico Braga da Silva, proferiu a palestra Sistema de garantia dos direitos da criana e do adolescente.

    AA DSC08828
    Defensor pblico
    Wellerson Eduardo da Silva Corra



    A coordenadora do Forpaz, Defensora Pblica Roberta de Mesquita Ribeiro, e o professor da Faculdade de Educao da Universidade Federal de Minas Gerais, Walter Ude, participaram da mesa Promoo da Paz Escolar e Articulao em Rede no Contexto Escolar, cuja coordenao ficou a cargo da secretria adjunta de Educao, professora Sueli Pires.


    Ainda na quinta (30/11), a Defensora Pblica e coordenadora do projeto Mesc, Francis Coutinho, trabalhou o tema A Mediao de Conflitos como Tcnica Facilitadora do Trabalho em Rede: compreendendo as diferenas para transformar conflitos e prevenir violncias.

    Crdito foto: Brbara Camargo ACS/SEE
    A francis foto barbara Camargo ACS SEE
    Integrando a mesa da coordenadora do Mesc,
    defensora Francis Coutinho (3 posio, direita),
    diretores de escolas relataram suas experincias



    A tarde foi encerrada com uma emocionante apresentao do Grupo Teatral Vida Nova, composto por dez detentos da Penitenciria Jos Maria Alckimin.


    2 dia


    No dia 30, a secretria Ana Lcia Gazzola discorreu sobre o tema As polticas pblicas da educao e a promoo da paz nas escolas. Aps a palestra, a secretria e a defensora geral mediaram um debate com o pblico presente.


    Educao e Segurana Pblica: preveno e proteo e Justia Restaurativa, suas dimenses e a influncia em uma cultura de responsabilidade tambm foram pautas das mesas da tarde de quinta.


    No segundo dia do encontro, os participantes conferiram uma apresentao musical da banda da Guarda Municipal e uma encenao de teatro de bonecos conduzida pelo arte-educador Chico dos Bonecos.


    Este foi o quinto encontro do Forpaz realizado neste ano. Juiz de Fora, Patrocnio, Divinpolis e Itajub j receberam o frum.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 24, 2013

    Novo tempo no Mineiro

    Mineiro
    ter a partir de agora
    assentos numerados nos jogos


    Todas essas indicaes como cor,
    setor e bloco constaro no ingresso,
    que ter ainda, um mapa do estdio



    Sylvio Coutinho/Divulgao

    O torcedor vai encontrar placas de sinalizao e contar com o apoio de mais de 400 assistentes para achar seu lugar

    O torcedor vai encontrar placas de sinalizao
    e contar com o apoio de mais de 400 assistentes
    para achar seu lugar



    Uma das grandes novidades que o torcedor encontrar no prximo dia 3 de fevereiro, no clssico entre Cruzeiro e Atltico, a numerao dos assentos em todas as dependncias do estdio Mineiro. As reas do Mineiro foram divididas e identificadas por cores: amarelo (sul), vermelho (leste), laranja (norte) e roxo (oeste). Todas essas indicaes (cor, setor e bloco) constaro no ingresso, que ter ainda, um mapa do estdio. Entendemos que se trata de uma mudana cultural e queremos participar desse processo junto com o torcedor para que em breve, esse novo comportamento se torne um hbito, afirma o secretrio de estado da Copa do Mundo de Minas Gerais, Tiago Lacerda.
    Quando chegar ao Mineiro, por um dos estacionamentos ou diretamente nas catracas da esplanada, o torcedor vai encontrar placas de sinalizao indicativa e vai contar ainda com o apoio de mais de 400 assistentes de torcedor (Posso Ajudar). Eles auxiliaro os torcedores a localizarem seus assentos dentro do estdio, em caso de dificuldade.
    Assentar na cadeira indicada no ingresso ser o novo padro de operao do Mineiro. Se por algum motivo o torcedor ocupar um lugar de nmero diferente, ele poder ser convidado pela equipe de operao do estdio a mudar para o assento correto. O ingresso poder ser adquirido tanto na internet, quanto nos postos instalados nas esplanadas norte e sul do Mineiro e tambm nos pontos de venda indicados pelos clubes.
    Queremos proporcionar conforto e segurana ao torcedor, e para isto, importante que todos adquiram seus ingressos prximos de quem desejam assistir ao jogo. Todos ganham com este novo comportamento, que ser iniciado desde a primeira partida, destaca o presidente da Minas Arena, Ricardo Barra.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 24, 2013

    Juiz de Fora vai ganhar novo HOTEL: ser construdo ao lado do Hospital Monte Sina.

    Assinado contrato da Rezende Incorporaoes de JF,
    que vai construir o Hotel Linx Federal JF,
    e que ser administrado pela GJP Hotis & Resorts,
    do mega empresrio Guilherme Paulus, fundador da CVC.

    A assinatura foi na sede da GJP Participaoes em Santo Andr - SP na segunda feira dia 21.01. A JR & MvS Consultores, do Administrador especialista em hotelaria Jos Aparecido Ribeiro e. Maarten Van Sluys, o promeiro, ex-presidente da ABIH-MG por dois mandatos e executivo com 25 anos de experiencia no setor hoteleiro. Ambos responsveis pela consultoria do projeto e pela indicao da GJP.

    O hotel ser construdo na porta da UFJF, ao lado do Hospital Monte Sinai, e ter 168 suites na categoria 3 estrelas, com salas de ventos, piscina, academia, sauna, Restaurante internacional e funcionar em regime de pool hoteleiro. Modelo que permite a participao de investidores em modelo de SCP (Sociedade em Contas de Participao) o que abre para que pequenos investidores sejam proprietrio do hotel e tenha dividendos bem maiores do que os convencionais.

    A parceria foi celebrada pela Rezende Incorporaes
    e j na prxima semana comea a venda das unidades hoteleiras
    que custaro em media, R$240 mil.

    Jos Aparecido Ribeiro
    Consultor e Desenvolvedor Hoteleiro
    JR & MvS Consultores
    31 9953 7945


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 24, 2013

    Governador faz balano do Madrid Fusin...maior Festival Gastronmico do Planeta.

    Antonio Anastasia
    destaca boas perspectivas
    aps participao de Minas
    no Madrid Fusin


    Estado foi o principal destaque
    do maior festival de gastronomia do mundo esta semana,
    ajudando na internacionalizao e na divulgao global
    da culinria e cultura mineira; assunto o tema
    desta edio do Palavra do Governador




    Mais um passo importante est sendo dado esta semana no grande esforo de internacionalizao que o Governo de Minas vem desenvolvendo nos ltimos anos. No programa Palavra do Governador desta quinta-feira (23), Antonio Anastasia faz uma avaliao da participao mineira no maior festival de gastronomia do mundo, o Madrid Fusin, e explica como o tema pode colaborar para a atrao de mais turistas, negcios e investimentos para o Estado, alm de tornar a cultura e a culinria de Minas mais conhecidas em todo o mundo.

    Esta uma grande iniciativa no s do Governo, mas de toda Minas Gerais. Uma parceria entre o Poder Pblico mineiro e as entidades empresariais, dando destaque e prestgio a um dos maiores valores patrimoniais de nosso povo, que a nossa gastronomia, a culinria mineira. O Madrid Fusin significa o Oscar da gastronomia internacional. o maior evento internacional da gastronomia, onde se renem os grandes chefes, onde so discutidas as tendncias gastronmicas, um tema que fundamental para o turismo. Basta lembrar o que a gastronomia fez pela Espanha nos ltimos anos e como ela contribuiu com o turismo espanhol. fundamental para Minas Gerais mostrar as suas riquezas gastronmicas, os ingredientes, a diversidade culinria que, tenho certeza, sero um grande atrativo a mais para o nosso turismo, afirma Anastasia.

    O festival na capital espanhola se encerrou na ltima quarta-feira (23), mas uma srie de eventos gastronmicos paralelos acontece em Madri at o final de semana. Mais uma vez, nestes encontros, a participao mineira ser destaque. Fazer da culinria de Minas referncia mundial o objetivo do Governo do Estado e, para isso, uma grande parceria foi firmada com entidades da sociedade civil.

    Na realidade, a atividade gastronmica, culinria, no uma atividade governamental. uma atividade empresarial. Portanto, ao Poder Pblico cabe, como estamos fazendo, estimular, fomentar, apoiar. E a liderana do processo deve caber s entidades empresariais. Ento, em uma boa parceria, mais uma que realizamos em Minas, com as federaes empresariais da indstria, do comrcio, da agricultura e o Sebrae, ns realizamos esse grande esforo, esse verdadeiro mutiro para termos essa participao, explica Anastasia.

    O Madrid Fusin um importante passo para fazer Minas Gerais mais conhecida em todo o mundo. Junto a outros eventos que ainda sero realizados este ano no Estado, o congresso vai colaborar para que a cultura mineira seja propagada alm fronteiras.

    Nestes grandes eventos que teremos em 2013, a Copa das Confederaes, a Jornada Catlica da Juventude Universitria, em Belo Horizonte, o grande Congresso Internacional do Caf - eventos de grande repercusso em Minas Gerais -, claro que a nossa gastronomia ser a grande anfitri, fazendo com que as pessoas voltem e trazendo reconhecimento internacional de nosso Estado, afirma o governador.

    O Palavra do Governador pode ser reproduzido por qualquer veculo de imprensa, sem nus. O programa disponibilizado todas as quintas-feiras nas modalidades texto, udio e vdeo (em qualidade HD).

    Veja aqui a Galeria de Fotos do Palavra do Governador.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 24, 2013

    Longevidade.CORREIOS esto completando trs sculos!!!

    350 dos Correios sero comemorados por todo o pas ao longo do ano
    Poucas instituies tm o orgulho de comemorar 350 anos. O orgulho ainda maior quando notamos que os Correios demonstram, com sua evoluo, que souberam se adaptar aos tempos, permanecendo ativos e produtivos por sculos, renovando-se a cada desafio.

    No incio de sua existncia em 1663 o Brasil monarquista ainda praticava a escravatura. Duas guerras mundiais, vrias revolues, mudanas de cenrio poltico e muitos outros conflitos alteraram a face do nosso Pas. A tecnologia passou por avanos altamente significativos, como o advento do telgrafo, da telefonia, do rdio e da televiso; dos veculos automotores, da navegao area, das viagens espaciais e da Internet. A tudo isso os Correios testemunharam, ao mesmo tempo que atualizavam constantemente sua prpria histria de enorme tradio- que pode ser visualizada em nosso site, atravs do link http://www.correios.com.br/sobreCorreios/empresa/historia/default.cfm

    Em todos esses anos, milhes de pessoas diversas geraes de brasileiros trabalharam e conduziram a atividade postal brasileira. A existncia de uma instituio com essa histria, com esse porte e com a qualidade de servio que garante os ndices de confiana e respeito que os Correios recebem da populao exceo em nosso pas por tudo isso, acreditamos que este aniversrio motivo de satisfao e orgulho para qualquer um de nossos empregados e para todos os brasileiros, que so os verdadeiros donos da Empresa.

    Ao longo do ano,vriasatraes sero patrocinadas pela empresa: o Festival LollaPalooza, de 29 a 31 de maro, no Jockey Club de So Paulo; o musical Rock in Rio, at 28 de abril no Rio, e em So Paulo de 7 de junho a 4 de agosto; o circo Tihany Espetacular, com apresentaes em So Paulo, Rio e Belo Horizonte; e a turn nacional Sei de Nando Reis e Os Infernais.

    Evento em Belo Horizonte
    Os Correios lanam nesta sexta-feira (25) dia do carteiro s 16h, em Belo Horizonte (no Ouro Minas Palace Hotel Av. Cristiano Machado, 4.001, bairro So Paulo), selo comemorativo em ocasio de seus 350 anos.O lanamento integra a primeira ao da empresa para comemorar a data no Estado.

    A emisso Correios 350 Anos: Histria, Pessoas e Ao foi concebida em uma folha de 24 selos, destacando fatos relevantes no contexto dos 350 anos da Instituio, abordados a partir de trs pilares: os principais marcos histricos, o desenvolvimento tecnolgico e as pessoas que fazem a histria dos Correios no Brasil. A folha segue ordem cronolgica, a partir de 1663, com o incio da atividade postal regular no Brasil, culminando em 2013, momento da comemorao dos 350 anos. Encerrando a folha de selos, v-se a logomarca oficial dos 350 anos dos Correios. A tcnica utilizada foi fotografia e computao grfica.

    O evento conta ainda com uma palestra do especialista em gesto, estratgia e liderana, Oscar Motomura, alm de um coquetel para os convidados.
    Eventos em todo o Brasil
    Em comemorao aos 350 anos dos Correios, a empresa promover diversos eventos gratuitos por todo o Brasil a partir desta quinta-feira (24). As aes levaro cultura e entretenimento populao, firmando a imagem dos Correios como empresa cidad e comprometida com a responsabilidade e o desenvolvimento social do Pas.

    Na quinta-feira (24), em So Paulo, acontece o show O Selo e a Msica Popular Brasileira, no Prdio Histrico dos Correios, no Vale do Anhangaba. No mesmo dia ser aberta a exposio Correios 350 Anos, nas estaes de metr Corinthians-Itaquera, Paraso e Arthur Alvim. At dia 28 de fevereiro, usurios e visitantes podero conhecer a trajetria e o funcionamento dos servios postais brasileiros. Em Braslia haver solenidade com autoridades para celebrar a data, com o lanamento do selo Correios 350 Anos: Histria, Pessoas e Ao.

    Na sexta-feira (25), Dia do Carteiro, ocorre o Parada Musical: shows gratuitos em cinco capitais (Curitiba, Braslia, Rio de Janeiro, Salvador e Manaus). O hotsite do evento transmitir os shows ao vivo. Ainda na sexta, na capital paulista, acontece o World Bike Tour Brasil, passeio ciclstico que visa incentivar a prtica esportiva, a incluso social e a proteo do meio ambiente.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 23, 2013

    Prefeito de Baebacena TONINHO ANDRADA comea bem. Vai pagar salrios atrasados!!!



    Prefeito se rene com diretora do Sindicato dos Servidores Municipais Servidores a reivindicam o pagamento dos salrios atrasados e Toninho Andrada anuncia que pagar o salrio dos aposentados de outubro e a folha integral de dezembro

    Na tarde da ltima tera-feira, dia 22, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Barbacena, Almir de Paulo Ferreira, acompanhado dos 19 membros da sua diretoria foram recebidos em audincia pelo Prefeito Toninho Andrada e os secretrios municipais, de Finanas, Jos Francisco Milagres Primo e de Governo, Jos Augusto Penna Naves.

    Na pauta da reunio, solicitada pelos servidores, a questo dos atrasos de pagamento da gesto anterior, com nfase na situao dos aposentados e pensionistas, que segundo o presidente Amir " vivenciam uma situao dramtica, com tantos meses sem receberem seus benefcios". O prefeito e o secretrio de Finanas fizeram uma breve explanao sobre a grave situao financeira encontrada na Prefeitura, com muitas dvidas ainda sendo levantadas.

    Em seguida, o Prefeito reafirmou que vai priorizar o reequilbrio das contas municipais e de imediato vai quitar o ms de outubro em atraso com os aposentados e pensionistas e o ms de dezembro integralmente, para os servidores do Demae,   Demasp, professores e demais efetivos. Ao final do encontro, Toninho Andrada disse que pretende manter um relacionamento prximo, respeitoso e transparente com os servidores.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 23, 2013

    Entre mineiros!!!

    Na FIEMG
    Visita do ministro
    Fernando Pimentel







    O presidente em exerccio da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Marco Antnio Soares da Cunha Castello Branco, recebeu o ministro do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio Exterior, Fernando Pimentel. A reunio foi realizada no dia 18 de janeiro na sede da entidade industrial. O ministro aceitou convite para participar de reunio da Diretoria Executiva da Fiemg, que ser realizada



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 23, 2013

    Minas na Espanha

    Produtos mineiros
    se destacam no Madrid Fusin








    Cachaa, geleia, queijo, caf e gua mineral. Os produtos da Estrada Real, tpicos da culinria mineira, esto em alta na Europa. O Estado representa o Brasil no XI Madrid Fusin, o maior festival gastronmico do mundo, que acontece at quarta-feira (23), em Madri, na Espanha.

    O evento foi aberto na manh desta segunda-feira (21). O Sistema Fiemg parceiro do Governo de Minas nessa ao de promoo, que tem ainda apoio da Fecomrcio Minas, Faemg e Sebrae-MG.

    Aqui estamos com muito orgulho, representando o Brasil e, mais que isso, mostrando que a gastronomia mineira uma gastronomia internacional, disse o governador AntonioAnastasia na abertura do evento.
    O superintendente do Sesi, Cludio Marcassa, e o diretor geral do Instituto Estrada Real, Baques Vladimir Carvalho Sanna, integram a equipe que acompanha o governador Anastasia no XI Madrid Fusin.

    Segundo Cludio Marcassa, esta uma oportunidade de divulgar os produtos mineiros e incentivar a exportao. Baques Sannarefora que a ocasio tambm importante para a divulgaodas atraes da Estrada Real, atraindo turistas estrangeiros.

    Um dos principais estantes do Madrid Fusin o de Minas Gerais. A gua oficial do evento tambm do Estado. Empresrios, jornalistas internacionais e os melhores chefs do mundo esto tendo oportunidade de saborear, alm da comida mineira, a gua mineral



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 23, 2013

    Coloque na sua agenda!!!

    Abertas inscries
    para especializao em gesto pblica
    na Fundao Joo Pinheiro


    O processo seletivo
    ser realizado no dia 21 de fevereiro,
    das 19h s 22h, no Campus Brasil



    Esto abertas, at 8 de fevereiro, as inscries para a Ps-graduao Lato Sensu em Gesto Pblica (Proap), oferecida pela Escola de Governo Paulo Neves de Carvalho da Fundao Joo Pinheiro. A especializao explora os diversos aspectos da gesto pblica e os elementos essenciais reflexo crtica frente s tendncias e desafios contemporneos e tem como pblico-alvo os profissionais com formao em nvel superior, que atuem em diferentes esferas de governo e instituies parceiras.
    A ps-graduao ofertada h mais de 10 anos pela FJP e tradicionalmente reconhecida pelos professores de renome da fundao e de outras instituies pblicas. Os alunos tero 360 horas de aulas presenciais com diversas disciplinas que englobam uma viso mais ampla da administrao pblica e, no final, se especializaro no tema que mais se interessarem, garante a coordenadora do X Proap, Carolina Portugal.
    Os interessados em participar do processo seletivo devero entregar na Secretaria de Registro e Controle Acadmico, no Campus Pampulha (Alameda das Accias, 70, So Luiz), das 9h s 16h, a documentao solicitada no edital publicado no site da Escola de Governo e o comprovante do pagamento da taxa de inscrio. A estrutura curricular dos cursos e os formulrios podem ser acessados no site www.eg.fjp.mg.gov.br
    O processo seletivo ser realizado no dia 21 de fevereiro, das 19h s 22h, no Campus Brasil (Avenida Brasil, 674, Santa Efignia). As aulas ocorrero regularmente trs vezes por semana, entre segundas e quintas-feiras, no Campus Brasil, de 18h40 as 22h40. O resultado da seleo estar disponvel a partir do dia 04 de maro e as aulas comearo no dia 1 de abril.
    O investimento de 18 parcelas de R$ 665,96 (seiscentos e sessenta e cinco Reais e noventa e seis centavos). O aluno integrante do quadro da Administrao Pblica Estadual poder requerer bolsa de estudos junto ao seu rgo ou instituio de origem, aplicando-se as condies estabelecidas na Resoluo Seplag n 27, de 28 de junho de 2007. Outras informaes pelos telefones (31) 3448-9595 ou (31) 3238-1323 3238-1319.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 22, 2013

    Ol!!! Po de queijo encanta o paladar em Madrid


    hmmmmm!Po de queijo
    compe as mesas dos convidados
    do Madrid Fusin


    O mais popular sabor mineiro
    o tema do terceiro vdeo da srie especial "Minas,
    o estado da gastronomia",
    exibida pela Agncia Minas esta semana



    O mais popular sabor mineiro, o po de queijo, foi levado pelos chefs convidados ao festival Madrid Fusin como um dos destaques da culinria de Minas Gerais. Um dos principais representantes da cultura mineira quitanda dos tempos antigos, consumida primeiramente nas fazendas que tinham fartura de leite e, claro, de queijo. No Madrid Fusin, maior evento gastronmico do mundo, a iguaria foi servida no coquetel de abertura.
    A mistura, que o tema do terceiro vdeo da srie "Minas, o estado da gastronomia", leva basicamente queijo, polvilho e ovos. A iguaria atravessou sculos e hoje faz parte do cardpio dirio de muita gente, desde pequenas lanchonetes at hotis de luxo em todo o Estado e fora dele.
    Em um estabelecimento cinco estrelas de Belo Horizonte, o po de queijo servido em todas as refeies. "O po de queijo aqui feito 24 horas. Qualquer hspede que queira comer basta pedir", diz o chef de cozinha do hotel, Juliano Marques.
    De produto artesanal feito mo nas fazendas, o po de queijo passou hoje ao status de um produto industrial, consumido em larga escala. Uma fbrica de Contagem, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) existe h 20 anos e detm 44% do mercado nacional de po de queijo, sendo comercializando principalmente para a regio Sudeste do pas.
    Mas o produto atravessou as fronteiras e as exportaes representam hoje 8% das vendas da fbrica. Ele comercializado na Europa, Estados Unidos e em outros pases da Amrica do Sul. Em cinco anos, a empresa estima que as vendas para o exterior representem 30% do faturamento.
    Segundo o diretor de marketing da companhia, Ricardo de Oliveira Machado, o produto bem aceito e comea a se tornar conhecido. "Hoje, nos principais mercados do mundo, o po de queijo ainda um produto tnico, mais consumido por latinos e brasileiros. Nosso desafio romper essa barreira, fazer com que nos EUA seja um produto que vai pra mesa do americano, ou na Europa, do europeu. A nossa viso empresarial globalizar o po de queijo, como aconteceu com a pizza e a massa italiana", explica Machado.
    Clique no vdeo ao lado para assistir reportagem especial da Agncia Minas e conhecer mais sobre esta iguaria.
    O festival Madrid Fusin acontece de 21 a 23 de janeiro, na capital espanhola. Este ano, a culinria de Minas Gerais foi escolhida para representar o Brasil e ser homenageada no encontro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 22, 2013

    CACF.

    CAFETERIA VILLA CAF COMPLETA TRS ANOS
    No corao da Savassi, estabelecimento comercializa 100 xcaras de espresso por dia

    O Villa Caf, indstria brasileira de caf gourmet, comemora o sucesso de sua primeira cafeteria-conceito, inaugurada dia 25 de janeiro de 2010.

    Para celebrar, na data ser oferecida ao cliente a promoo do Cappuccino Gelado em Dobro. O cliente compra um e ganha outro. O drink que um dos mais vendidos leva na receita espresso, leite e chantily. A taa de 300 ml custa R$ 7,90.

    A cafeteria funciona como um laboratrio para criao de novos produtos, que so oferecidos aos clientes da indstria Villa Caf. A barista Rbia Duarte a responsvel pelo mix de produtos: Testamos receitas, apresentao e aceitao no mercado, e ento passamos aos nossos clientes, que so em sua maioria cafeterias e restaurantes.

    Villa Caf
    Fundado em 2007, o Villa Caf origina-se das centenrias fazendas da famlia, Santa Helena e Dom Bosco, no municpio de Carmo da Cachoeira, Sul de Minas Gerais, regio internacionalmente reconhecida pela qualidade do caf cultivado.

    O blend do Villa Caf composto por gros 100% arbica, criteriosamente selecionados e beneficiados dentro dos mais modernos padres de qualidade existentes, envolvendo tecnologia de ponta e mo de obra especializada.

    Produtos e Servios
    A empresa oferece diversos produtos ao mercado como, por exemplo: caf torrado e modo, torrado em gros e em sachs; cappuccino tradicional, chocolate e light, em potes ou sachs; cookies com gotas de chocolate; acar; adoante base de sucralose; pastilhas de chocolate, canecas; kits de presente, etc.

    O diferencial da marca a gama de servios que disponibiliza a seus clientes cafeterias, restaurantes, empresas -, que vai desde consultoria para carta de cafs e treinamento para a equipe de baristas, at a locao, venda e assistncia tcnica autorizada de mquinas profissionais e portteis, e utenslios para baristas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 22, 2013

    TUDO, mas tudo mesmo o Cachaa Gourmet. Confira!!!

    Faturamento do Cachaa Gourmet estimado em R$1 milho
    Em sua 5 edio, evento conta com a participao de
    35 restaurantes e 40 marcas de cachaa

    Com a proposta de enfatizar a importncia da cachaa de alambique para a cultura, a gastronomia e a economia do Estado, o Festival Cachaa Gourmet estimula a produo de pratos e coquetis que utilizam a cachaa como ingrediente, mostrando o potencial e a versatilidade da bebida, que ultrapassa a funo de aperitivo. Neste ano, o evento estima um faturamento de R$1 milho com a venda dos pratos, das cachaas e dos passeios que sero oferecidos.

    At o dia 3 de fevereiro, cada restaurante oferece um prato exclusivo da culinria mineira, tendo a cachaa como um dos ingredientes. Os preos dos pratos variam de R$10,00 a R$70,00 e, com base nos dados da ltima edio, estima-se que cada estabelecimento ir comercializar 650 pratos desenvolvidos para o Festival, durante o perodo de realizao do evento (um ms). Alm disso, sero vendidos mais de trs mil litros da branquinha ao longo da 5 edio do Cachaa Gourmet.

    Cada restaurante vai utilizar uma marca diferente de cachaa na preparao do prato, de modo que o pblico tenha a oportunidade de conhecer vrias marcas da bebida. A melhor criao ser eleita pelo pblico e por um jri especializado, que votar nos quesitos: sabor, harmonizao, apresentao, criatividade e originalidade.

    O Cachaa Gourmet conta com patrocnio da Belotur, da Krug Bier, da Consal e com apoio da Ampaq, do Clube Mineiro da Cachaa, da Agncia Libertas, do BHC&VB, do SINDHORB, do Cachaa Express, do Chef a Chef, do BH Eventos e do Sou BH.

    Rota da Cachaa
    Nesta edio, o evento traz como novidade a Rota da Cachaa, passeio que oferecido ao pblico, com o objetivo de apresentar o processo de produo e envelhecimento das principais cachaas mineiras. So trs opes de roteiros, sendo eles: uma oficina de coquetis base de cachaa; uma visita a algumas fazendas produtoras de cachaa em Minas e um roteiro que inclui visita s fazendas e oficina sobre a elaborao de pratos e drinques base de cachaa. O preo dos roteiros varia entre R$ 78 e R$ 135, por pessoa.

    A iniciativa desenvolvida em parceria com a Libertas Turismo Receptivo e os interessados podero agendar o roteiro, que ser fechado com o mnimo de quatro pessoas. Os participantes podero ainda degustar pratos e drinques dos restaurantes participantes, que foram elaborados, exclusivamente, para o festival, tendo a cachaa como um dos ingredientes.

    Produo em Minas destaque
    Minas Gerais lder na produo de cachaa de alambique, produzindo 240 milhes de litros da bebida, por ano, o que representa 60% da produo nacional, segundo a Associao Mineira de Produtores de Cachaa de Qualidade (Ampaq). Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica (IBGE) apontam a existncia de 8500 alambiques no Estado, sendo que apenas 10% so registrados no Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento (MAPA). Isso mostra que alm da sua importncia histrica e cultural, a cachaa de alambique desempenha papel significativo na economia de Minas, gerando aproximadamente 116 mil empregos diretos.

    Restaurantes/ Pratos/ Cachaas/ Preo

    1- Amarelim: Coxinha Cobiada - Cachaa Cobiada Ouro/ R$ 30 (serve 2 pessoas)
    2- Asa Grill:Pinga no Lombo Cachaa Dona Beja/ R$ 32,90 (prato individual)
    3- Bar Aqui tudo Bom:Costelinha Aqui Tudo Bom Cachaa Dose Clssica/ R$ 33,00 (serve 2 pessoas)
    4- Bar do Bigode: Lombinho na Senzala Cachaa Senzala/ R$ 24,90 (prato individual)
    5- Bar do Joo:Cachaa no Lombo Cachaa Poes/ R$ 29,90 (serve 2 pessoas)
    6- Bistr Folha Gourmet:Joelho de porco Fum Cachaa Menina Branca/ self service 24,90 Kg
    7- Butiquim Medalho e Cia:Galop Cambaleante Cachaa Coluninha/ R$ 15,90 (prato individual)
    8- Butiquim Ouro Preto:Isca de Fil Flambado -Cachaa Guaraciaba Premium/ R$ 30,90 (serve 2 pessoas)
    9- Butiquim Seu Jorge:Costelinha do Bonito Cachaa Joo Andante/ R$ 46,50 (serve 2 pessoas)
    10- Casa Infinita:Era pros Nobres Cachaa Januria/ R$ 39,00 (prato individual)
    11- Casaro de Minas:Risoto Louco Cachaa Cobiada Prata/ R$ 47,90 (serve 2 pessoas)
    12- Chapa Mgica:Ressaca de Maminha Surprise Cachaa Requinte/ R$ 12,90
    13- Choperia Krug:Ma de Peito ao Molho de Cachaa Cherry Cachaa Cherry/ R$ 34,00 (serve 2 pessoas)
    14- Churrascaria e Pizzaria Engenho:Tutu Embriagado Cachaa Passatempo de Minas/ R$ 30,90 (serve 2 pessoas)
    15- Churrascaria Espeto do Manoel 1:Carne de Sol Alegre com Pur de Aipim Cachaa Taruana Ouro/ R$ 25,90
    16- Churrascaria Espeto do Manoel 3:Carne de Sol Alegre com Pur de Aipim Cachaa Taruana Prata/ R$25,90
    17- Clube Mineiro da Cachaa: Linguia Potica - Cachaa Poesia/ R$ 37,00 (serve 2 pessoas)
    18- Esprito de Porco:Babalu de Cachaa com Linguia Espiritual Cachaa Magnfica/ R$ 26,00 (serve 2 pessoas)
    19- Ftima Bahia: Costelinha na Sapucaia Cachaa Sapucaia Florida Ouro/ R$ 28,99 Kg
    20- Jardim de Minas:Rabada Envergonhada Cachaa Velha Aroeira/ self service de segunda sexta R$ 36,90 Kg; sbado, domingos e feriados R$ 44,90 Kg
    21- Man e Maria:Fil Mignon ao Molho Quatro Queijos Ardente Cachaa Garrancho
    Fil mignon ao molho quatro queijos com cachaa/ R$ 36,90 (seve 2 pessoas)
    22 - Maria Fumaa: Costelinha Maria Fumaa ao Molho de Alho e Cachaa Cachaa Barreiras/ self service R$ 38,90 Kg
    23- Massa Demais:Navegar Preciso Cachaa Domina/ R$ 19,80 (serve 2 pessoas)
    24- Matusalm:Costelinha Brazeada na Cachaa Cachaa Pontal Clssica/ R$ 19,90 (prato individual)
    25- Mercadinho do Chal:Porqueta ao p da Serra Cachaa Chapada das Geraes/ Preo: R$ 70,00 (serve 3 pessoas)
    26- Migliori:Pizza Quatro Queijos Moda da Posse Cachaa da Posse/ Pizza mdia R$ 34,90, grande R$ 40,90 e gigante R$ 46,90
    27- Petisqueira do Jacar:Costelinha Milagrosa Cachaa Milagre de Minas/ R$ 32,90 (serve 2 pessoas)
    28- Recanto da Trara:Trara Moda Recanto Cachaa Gavio do Vale/ R$ 64,90 (serve 3 pessoas)
    29- So Benedito:Almndega de Carne Seca Embriagada Cachaa Leblon/ R$ 18,00 (prato individual) e Almndega de Carne Seca Embriagada Cachaa Leblon Signature/ R$ 18,00 (prato individual)
    30- Topo do Mundo:Lombo Serra da Moeda Cachaa Onda Clara/ R$ 38,00 (prato individual)
    31- Via Gerais: Via Mina das Geraes Cachaa Pendo/ R$ 29,90 (prato individual)
    32- Via Gerais 2: Via Mina das Geraes Cachaa Pendo/ R$ 29,90 (prato individual)
    33- Viana Grill:Lembrana de Minas Cachaa Dedo de Prosa/ R$ 26,90 (prato individual)
    34- Xico da Kafua: Lombinho com Cachaa na Gota de Minas Cachaa Gota de Minas/
    R$ 60,00 (serve 2 pessoas)
    35- Xico Dona Clara:Costelinha do Xico Cachaa Taverna de Minas/ R$ 28,90 (serve 2 pessoas)

    As demais cachaas: Cachaa Casa Bucco Ouro, Cachaa Harmonie Schnaps, Cachaa Seiva Missioneira, Cachaa Velho Alambique e Cachaa Ponto Alto so utilizadas pelos restaurantes para a produo de coquetis, para o concurso que ser realizado na festa de encerramento, no dia 23 de fevereiro.

    SERVIO:
    5 Festival Cachaa Gourmet
    Data: De 3 de janeiro a 3 de fevereiro de 2013
    Local: nos 35 restaurantes participantes
    Site: www.festivalcachacagourmet.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 22, 2013

    ARTIGO ESPECIAL

    Os Olhos que tudo veem
    por Leo Soltz

    No obstante ao fato de estamos todos conectados em uma grande rede mundial de computadores ns, meros mortais, passamos a consumir de tais prerrogativas tecnolgicas e por conta disso sermos observados por uma srie de aplicativos que gentilmente aceitamos em nossos computadores e Smarts Phones. Hoje, mais de 700 mil deles esto prontinhos para serem baixados a um simples toque. Muitos tm, contudo, em seus algoritmos e mtodos contextos de rastros que possibilitam localizar presena, saber em que posio estamos neste exato momento e outras formulas que nos deixam bem expostos dentro deste novo mundo.

    O mais interessante que queremos tudo isso. A exposio algo que nos fascina. haja visto que apenas no canal Facebook temos mais de 1 bilho de usurios teclando por volta de seis horas dirias. No plano fsico demonstramos que este fascnio no de hoje. O inicio de mais uma edio do BBB, um show de horrores que a televiso brasileira teima em repetir, demonstra que ns somos os grandes responsveis pelo que a sociedade vem acompanhando. A audincia.

    Neste universo paralelo somos todos mais importantes e temos voz, ops, teclas, por enquanto. Alm de receber inmeras informaes, de todo o tipo (boas e ruins) conseguimos dizer aquilo que pensamos, construir algum tipo de raciocnio lgico ou mesmo abstrato sobre um tema ou sobre algum. Ou ainda, bater um papinho ou falar dos outros. Tudo possvel. A internet nos trouxe a um mundo de ver e sermos vistos. Por todos os cantos esta atitude revolucionou a maneira com a qual nos portamos, vestimos, somos e agimos.
    Com metade da populao do mundo conectada - quase trs bilhes de pessoas, a internet vem construindo novas pontes de aproximao. Porem, trs consigo alguns muitos problemas como a pedofilia, o uso irrestrito de informaes facilmente coletadas em sites, blogs, chats e contatos interpessoais, estelionato, spam e at atividades terroristas.

    As discusses sobre os marcos regulatrios para coibir as praticas abusivas no mundo web vm demonstrando uma extensa falta de conhecimento por parte de quem as pretende colocar em prtica. um mundo novo e com ele novas praticas e legislaes precisam ser adotadas. Prticas construtivistas que objetivem regular, de forma Bellow the Line e no interferindo nos aplicativos e fechando as portas para a criatividade. A curva entre os aspectos de regulao e a liberdade de expresso torna-se o prximo grande desafio que aflige aqueles que construram o mundo WWW. um grande imbrglio. Para completar, governos de esquerda e totalitaristas como a Argentina, Venezuela, China e at mesmo os que se dizem mezo liberais como Brasil vem transportando para o Senado e a Cmara esta misso.

    Como se regular sem o claro entendimento fosse a melhor forma de prover uma soluo adequada.
    Mesmo porque a cartilha de liberdade que este atual governo segue ora permeia a direita, ora a esquerda. As recentes e miditicas decises que estas duas casas do legislativo vm tomando, e at algumas cmaras de cidades, com expressivo contingente de vereadores, nos mostram que o buraco mais embaixo.
    Sempre digo que se no tivermos uma viso de longo prazo para a educao em todos os nveis - vale para este tema de forma oportuna, no conseguiremos virar a prxima pgina. O resultado pontual e sem o devido envolvimento dos diversos players do setor apenas demonstrar mais uma vez a fragilidade dos nossos lideres sic.
    esperar para ver...

    Leo Soltz empresrio nos setores de tecnologia e entretenimento. Casado, pai de Sophie escreve para sensibilizar pessoas e deixar um mundo melhor para sua filha e por indignao s mazelas do dia a dia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 21, 2013

    Esprito de reprter no me larga nem durante os momentos de lazer. Como ocorreu no sbado em Braslia, quando, como turista, visitei com outros turistas os plenrios da Cmara dos Deputados e Senado da Repblica, em recesso.



    Furo!!!
    Direto de Braslia.
    Voc v, pela primeira vez,
    as cabines aonde os deputados federais
    vo votar na escolha do novo presidente da Cmara.
    Mesmo turista o reprter poltico
    que tenho dentro de mim entrou e ao.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 21, 2013

    Cena rara!!!



    Poder e Beleza em Braslia
    depois de forte chuva.
    Em cima do Palcio do Planalto
    a natureza mostrou seu trao colorido
    e em curva como preferia o gnio Niemeiyer.
    Beleza!!!





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 21, 2013

    Beleza rara!!! Aps a chuva forte de sbado tarde em Braslia, um espetculo maravilhoso - captado pelo iphone pela engenheira ambiental, milnha filha Natlia Amaral.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 21, 2013

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS



    No plenrio da Cmara dos deputados em recesso em Braslia:
    aproveitei para ocupar uma 513 cadeiras.
    Estou treinando para em 2015 assumir uma vaga de deputado
    se os eleitores(as) colocarem seus votos no meu nome/nmero.
    Sonhar e agir - o segredo do sucesso.







    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 21, 2013

    50 ANOS de DESTERRO DO MELLO!!! Dia 1 de maro, a cidade - que fica a 200 kms de BH e 32 de Barbacena - no caminho do meio da Estrada Real na zona da mata, vai fazer 50 ANOS que virou cidade. HISTRIA: apesar de jovem como municpio constitudo, Desterro de Mello tem sua origem na poca da formao da capitania de Minas Gerais. Os primeiros habitantes do local provavelmente foram os ndios Carijs. A cidade mantm suas tradies culturais e possui um grande potencial para o turismo ecolgico e de aventuras. Pertence ao Circuito Nascente do Rio Doce e est na rea de influncia da Estrada Real.Em 1761 chegou ao local, onde hoje so terras do municpio de Desterro do Mello, o portugus Antnio Jos de Melo, condenado a cumprir pena na Colnia. DETALHE: meu bisav Randolpho Martins do Amaral foi o doador das terras para a construo da cidade e foi seu primeiro Juiz de Paz. Randolpho foi tambm quem conseguiu do ento governador de Minas, Bias Fortes, a construo da "primeira estrada de automvel", ligando Barbacena a Desterro do Mello. HOJE, o nome de Randolpho Amaral denominao da MG 265 - asfaltada pelo governador Acio Neves.

    Mrcia  Da Escola / Mrcia  Cristina  Machado
    A professora Mrcia Amaral
    primeira mulher a ocupar o cargo
    de prefeita de Desterro do Mello,
    prepara ampla programao para
    comemorar os 50 anos de emancipao
    poltica e administrativa do municpio
    dia 1 de maro. Estaremos l.


    Serra da Conceio - um espetculo no caminho para Desterro do Mello.
    Por aqui passava TIRADENTES com sua tropa de burros 
    indo para o Rio de Janeiro - caminho alternativo chamado atualmente,
    Caminho do Meio da Estrada Real.

    Conta a professora aposentada de Histria do Brasil,
    Ana Maria Amaral, que o TIRADENTES
    se hospedava em Desterro do Mello na Fazenda do Ba.



    Cachoeira - Desterro do Melo - MG 

    Quando adolescente, eu nadei muito na chamada por ns "represa",
    hoje denomido Parque do Xopot - que atra turistas
    de toda regio da Mata e Vertentes.
    Parque feito pelo ex-prefeito Ruy Fernandes.

    Atrativo da bela Cachoeira das Andorinhas






    Desterro do Melo

    Desterro do Melo e seus 50 anos 

    Localizado na Zona da Mata Mineira,
    o municpio de Desterro do Melo
    se prepara para comemorar
    os seus 50 anos de emancipao poltico administrativa,  
    no prximo dia 01 de maro.


    A prefeita Mrcia Amaral, primeira mulher a ocupar a cadeira do Poder Executivo, trabalha com sua equipe na reorganizao do Governo e no planejamento de atrativos que vo marcar as comemoraes do Aniversrio da Cidade.

    De acordo com a prefeita, uma srie de atividades culturais, esportivas, shows e um bolo de 50 metros esto sendo preparadas para festejar a data. Ainda, de acordo com a prefeita, o Governo do Municpio contratou renomado escritrio de arquitetura da Capital Mineira para desenvolver um marco que deixar registrado o cinquentenrio do Municpio, a ser instalado no centro da cidade.

    Nesta semana a prefeita lanou oficialmente a logomarca dos 50 anos, que ser utilizada na comunicao institucional do Municpio em 2013. "Estamos, dentro de nossas possibilidades, preparando uma grande festa para comemorar este momento histrico: os 50 anos de Desterro do Melo.

    Teremos um final de semana com muitos atrativos, que esto distribudos numa programao que esperamos agradar a todos os muncipes e visitantes" concluiu a prefeita. No incio de fevereiro, o Governo Municipal espera divulgar, de forma oficial, a programao da sua Festa de 50 anos. I

    Integrante do Caminho do Meio da Estrada Real, Desterro do Melo se destaca na regio por suas belezas naturais, Parques, Praas, culinria e um povo alegre e acolhedor.  

    Conhea a histria de Desterro do Mello 
    Desterro do Melo - Marco da Estrada Real - Danilo Cimino
    Marco da Estrada Real

    Apesar de jovem como municpio constitudo, Desterro de Melo tem sua origem na poca da formao da capitania de Minas Gerais. Os primeiros habitantes do local provavelmente foram os ndios Carijs. A cidade mantm suas tradies culturais e possui um grande potencial para o turismo ecolgico e de aventuras. Pertence ao Circuito Nascente do Rio Doce e est na rea de influncia da Estrada Real.

    No incio do sculo 18, o bandeirante paulista Joo Siqueira Afonso, que descobriu ouro s margens do rio das Mortes e em Aiuruoca, tambm andou por essas terras.

    Em 1761 chegou ao local, onde hoje so terras do municpio de Desterro do Melo, o portugus Antnio Jos de Melo, condenado a cumprir pena na Colnia. De acordo com o seu momento de vida, Jos de Melo escolheu como sua protetora Nossa Senhora do Desterro; essa invocao a Maria referente fuga da Sagrada Famlia So Jos, Nossa Senhora e o Menino Jesus para o Egito.

    O portugus principiou uma atividade agrcola pastoril que acabou se transformando na Fazenda do Melo. Fato comum nas Minas Gerais, o fazendeiro doava as terras para a construo de uma capela e ao redor dessa surgia um povoado que, com o passar dos anos, se tornava distrito e finalmente a elevao cidade.

    Assim aconteceu com Desterro do Melo; suas origens esto no povoado surgido nos arredores da fazenda e da capela.

    Em 1842 o povoado foi elevado categoria de distrito. Ao longo do sculo 19, a localidade pertenceu a vrios municpios. Em 1832 pertencia a Alto Rio Doce, que na poca tinha o nome de So Jos do Xopot. Quatro anos mais tarde, passou a pertencer a Barbacena. Em 1871 as terra so transferidas para Mercs e, no mesmo ano, tambm pertenceu a Rio Pomba. A capela foi elevada freguesia com a denominao invertida de Melo do Desterro pela Lei n 1.180, de 10 de outubro de 1871.

    Em 30 de dezembro de 1962, pela Lei estadual n 2.764, o distrito foi emancipado de Barbacena, e a instalao do municpio aconteceu em 30 de maro de 1963. 
                             Fotos: Danilo Cimino



    Desterro do Melo - Igreja Matriz Nossa Senhora do Desterro - Danilo CiminoIgreja Matriz Nossa Senhora do Desterro

    Desterro do Melo - Det. da Igreja Matriz N. Sra. do Desterro - Danilo CiminoDetalhes da Igreja Matriz N. Sra. do Desterro

    Desterro do Melo - Interior da Ig. Matriz de N. Sra. do Desterro - Danilo CiminoInterior da Ig. Matriz de N. Sra. do Desterro

    Desterro do Melo - Capela do Rosrio - Danilo CiminoCapela do Rosrio

    Desterro do Melo - Marco da Estrada Real - Danilo CiminoMarco da Estrada Real

    Desterro do Melo - Desterro do Melo - Pint. mural - aspecto da cidade - Danilo CiminoDesterro do Melo - Pint. mural - aspecto da cidade
    Desterro do Melo - Via Verde - Serra da Conceio - Danilo CiminoVia Verde - Serra da Conceio

    Desterro do Melo - Pedra do Macaco - Danilo CiminoPedra do Macaco

    Desterro do Melo - Praa Carlos Jaime - Serra da Conceio - Danilo CiminoSerra da Conceio


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 20, 2013

    A vez de Minas!!! Comea nesta segunda o Madrid Fusin- o maior Festival Gatronmico do Planeta.

    Produtos mineiros em exposio na Europa

    A culinria mineira poder ser saboreada na Europa entre os dias 21 e 23 de janeiro. O Estado representar o Brasil no XI Congresso Internacional Gastronmico Madrid Fusin, em Madri, na Espanha. O evento atrai empresrios, jornalistas internacionais e os melhores chefs do mundo. Pela primeira vez, o Madrid Fusin ter chefs mineiros como convidados. Doze deles foram selecionados.

    O Estado foi escolhido para representar o Brasil no Madrid Fusin por ser o primeiro a apresentar de forma clara a convergncia de esforos para alavancar a gastronomia local. O Sistema Fiemg parceiro do governo de Minas nessa ao de promoo, que tem ainda apoio da Fecomrcio Minas, Faemg e Sebrae.

    O superintendente do Sesi, Cludio Marcassa, e o diretor geral do Instituto Estrada Real, Baques Vladimir Carvalho Sanna, integram a equipe que ir assessorar o governo do Estado durante o Madrid Fusin. Minas ter um estande no festival onde sero expostos e comercializados seus produtos.

    Segundo Baques Sanna, os participantes do Madrid Fusin tero a oportunidade de conhecer, por exemplo, produtos da Estrada Real como a gua mineral de Caxambu e a de Cambuquira, alm da cachaa de Nova Unio. A culinria mineira ser representada ainda pelo caf e o queijo.

    Queremos divulgar a Estrada Real para atrair os turistas que viro a Belo Horizonte, principalmente, em funo da Copa das Confederaes (junho de 2013) e da Copa do Mundo (meados de 2014), informou Baques.

    De acordo com Cludio Marcassa, esta ser ainda uma oportunidade de mostrar os produtos do Estado aos empresrios europeus. Uma forma de incentivar a exportao, ressaltou.

    Em agosto de 2012, representantes da diretoria do Madrid Fusin estiveram em Minas para apreciar e avaliar o trabalho de chefs do Estado. Eles participaram de um almoo com o governador Antonio Anastasia e puderam degustar um cardpio variado preparado por chefs mineiros. Na ocasio, os representantes visitaram ainda alguns restaurantes e o Mercado Central de Belo Horizonte.

    O Estado foi escolhido para representar o Brasil neste XI Madrid Fusin durante a 10 edio do congresso, realizada em Guanajuato, no Mxico. O evento acontece anualmente e teve sua primeira edio em 2002, na Espanha.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 20, 2013

    Taxa de juros mantida em 7,25% supreende presidente da FIEMG!!!

    Olavo Machado fala sobre deciso do Copom

    O presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior, recebeu sem surpresa a deciso do Copom de manter a taxa Selic em 7,25%. Embora ele considere que h espao para nova reduo e que esta leve a uma queda correspondente do spread praticado pelo mercado. Leia a ntegra da nota abaixo.

    A manuteno da taxa Selic em 7,25% era esperada, uma vez que a taxa de juros real no Brasil alcanou um patamar prximo dos nveis internacionais e a poltica monetria continua sendo a principal varivel econmica para o governo conter as presses inflacionrias que se apresentam no momento. Acreditamos, entretanto, que ainda h espao para alguma reduo e esperamos que o governo no deixe de fazer uso dessa poltica para estimular nossa economia, que continua apresentando enormes dificuldades de crescimento.

    Devemos lembrar que uma taxa de juros mantida em patamares reduzidos e estabilizados por um perodo prolongado, ao propiciar uma baixa remunerao real aos agentes financeiros, estimula a deciso de realocao de recursos at ento aplicados em ativos financeiros para ativos reais. Portanto, eleva-se a oferta de recursos investidos na economia real, em geral, com maior potencial na gerao de emprego e renda.

    O outro lado positivo da manuteno de uma baixa taxa de juros bsica contribuir para reduzir os custos de capital de giro e investimentos das empresas, desde que tenha reflexo nas taxas de juros finais cobradas das empresas.

    Sob este ponto de vista, embora a taxa de juros bsica da economia tenha reduzido fortemente no ltimo ano, ainda no vimos uma queda correspondente do spread praticado pelo mercado e, portanto, das taxas finais ofertadas s empresas e famlias. Este tem sido um grande obstculo para o empresrio brasileiro. No adianta lutarmos para que a taxa bsica de juros reduza se o juro final cobrado do empresrio e do consumidor tambm no se tornar mais atraente.

    Atualmente, por exemplo, enquanto a taxa Selic encontra-se estabilizada em 0,58% ao ms (7,25% ao ano), o desconto de duplicatas, uma modalidade de crdito de grande uso pelas empresas, alcana taxa mdia de 2,40% ao ms (ou 33% ao ano), segundo o BACEN. Ou seja, a diferena entre o custo de captao do dinheiro pelo banco e a receita bruta obtida na operao de crdito supera 300% de margem.

    Precisamos por isso, aprofundar as discusses em torno dos spreads bancrios praticados no Brasil. Isso implica no somente a discusso em relao s margens dos bancos, fato que o governo vem conduzindo de forma adequada pela via do estmulo concorrncia no setor, mas a prpria questo da carga tributria incidente sobre o crdito bancrio.

    H quase duas dcadas vivemos em uma economia com inflao estabilizada e pilares macroeconmicos estveis. A relao dvida/PIB tem reduzido sistematicamente, a inadimplncia no preocupa e o prprio risco-pas hoje um dos mais baixos da histria. Por esses e outros fatores, no vemos o porqu de ainda ser praticado no Brasil um dos maiores spreads do mundo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 20, 2013

    Vencedores!!!

    Sai resultado do Concurso Estrada Real

    O Instituto Estrada Real (IER) divulgou nesta tera-feira, 15 de janeiro, o resultado do Concurso Estrada Real. Os vencedores nas categorias fotos, vdeos e poesias, tanto do jri tcnico como do popular, esto no site do projeto, www.concursoestradareal.com.br.

    O projeto Concurso Estrada Real Imagens e Poesia, proposto pelo Sesi-MG e executado em parceria com o IER, foi aprovado pela Lei Estadual de Incentivo Cultura de Minas Gerais e conta com patrocnio da Souza Cruz.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 20, 2013

    Oportunidade!!!

    Aberta a temporada de estgios na Gerdau

    O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) est selecionando estudantes para o Programa Futuro Gerdau Estgios 2013. As inscries esto abertase podem ser feitas por meio do site: www.estagioiel.com.br/gerdau .

    Podemparticipar alunos dos nveis tcnico e superior. A carga horria do estgio a mesma para os dois nveis, de 8h s 14h, de segunda sexta-feira. Sero oferecidas vagas para a Usina Presidente Arthur Bernardes, em Ouro Branco.

    Para o nvel tcnico o contrato de estgio de seis meses, podendo ser renovado por mais seis meses, at chegar ao mximo de um ano. Podem participar estudantes que ao mesmo tempo estejam cursando o 1 e 2 mdulos do curso tcnico e tenham completado 18 anos at o incio do estgio. O valor do benefcio mensal para este nvel de R$ 579,00.

    So oferecidas vagas nos seguintes cursos de nvel tcnico: Metalurgia, Mecnica, Eltrica, Eletrnica, Minerao, Qumica, Enfermagem, Segurana do Trabalho, Eletromecnica, Administrao, Logstica, Eletrotcnica, Instrumentao, Automao e Eletroeletrnica.

    Para o nvel superior o contrato de estgio tambm de seis meses, podendo ser renovado por mais seis meses, porm, at chegar ao mximo de dois anos. Podem participar estudantes que ao mesmo tempo estejam cursando o penltimo ou o ltimo ano da faculdade e que tenham completado 18 anos at o incio do estgio.

    So oferecidas vagas nos cursos de Direito, Engenharia Metalrgica, Engenharia Mecnica, Engenharia Eltrica, Engenharia Civil, Psicologia, Administrao e Jornalismo. Para o nvel tcnico. O valor do benefcio para quem cursa o penltimo ano de curso superior de R$ 839,00. Para os alunos do ltimo ano a remunerao de R$ 1.013,00.

    A Gerdau far o transporte dos estagirios em veculo da empresa para as cidades de Belo Horizonte, Ouro Branco, Ouro Preto, Congonhas e Conselheiro Lafaiete. A empresa oferece ainda seguro de vida, alimentao, plano de sade e convnio farmcia.

    Com mais de 110 anos de atuao, cerca de 40 mil colaboradores e presena industrial em 14 pases, a Gerdau lder na produo de aos longos nas Amricas e uma das maiores fornecedoras de aos longos especiais no mundo. A empresa atende aos setores de construo civil, indstria e agropecurio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Janeiro 19, 2013

    SINAPRO abre possibilidades para o talento mineiro se manifestar!!!

    PRMIO MINAS DE COMUNICAO 2013
    O Sindicato das Agncias de Propaganda do Estado de Minas Gerais - Sinapro-MG informa que, no incio de fevereiro, estaro abertas as inscries para o Prmio Minas de Comunicao - Edio 2013.

    O evento uma iniciativa das entidades que compem o mercado de comunicao do Estado de Minas Gerais, Sindicato das Agncias de Propaganda do Estado de Minas Gerais SINAPRO-MG, Associao Mineira de Propaganda - AMP, Clube de Criao Publicitria de Minas Gerais - CCPMG, Associao Mineira de udio e Vdeo - AMAV, Grupo dos Profissionais do Rdio - GPR, Sindicato das Empresas de Publicidade Exterior no Estado de Minas Gerais - SEPEX-MG, Associao Mineira das Agncias Digitais - AMADI e Associao de Designers Grficos do Brasil ADG Brasil - Regional Minas Gerais, com realizao anual, objetivando a contribuio, o estmulo criatividade, o desenvolvimento e a memria da propaganda mineira, seus profissionais e anunciantes.

    As inscries podero ser feitas do dia 1 ao dia 22 de fevereiro de 2013, das 13 s 18 horas.
    ATENO! As inscries feitas, no perodo de 25 de fevereiro a 1 de maro, sofrero um acrscimo de 10% nos valores das peas, inclusive para as agncias filiadas ao Sinapro-MG.
    Para os participantes fora de Belo Horizonte vale a data da postagem.
    Valores das inscries para as Agncias filiadas ao SINAPRO-MG em dia com as suas obrigaes sociais:
    - Peas isoladas
    R$ 180,00
    - Peas seqenciais ou que necessitem de teaser (mnimo 2 e no mximo 5)
    R$ 160,00 (por pea)
    - Campanha integrada: mnimo 3 e no mximo 5 peas, sendo que obrigatrio pelo menos 3 (trs) peas de meios de comunicao diferentes.
    R$ 540,00 (a campanha)
    Valores das inscries para Empresas, Pessoa Fsicas ou Jurdicas e demais profissionais no filiados ao SINAPRO-MG:
    - Peas isoladas
    R$ 220,00
    - Peas seqenciais ou que necessitem de teaser (mnimo 2 e no mximo 5)
    R$ 200,00 (por pea)
    - Campanha integrada: mnimo 3 e no mximo 5 peas, sendo que obrigatrio pelo menos 3 (trs) peas de meios de comunicao diferentes.
    R$ 600,00 (a campanha)
    Todas as inscries devero ser feitas exclusivamente atravs do preenchimento das fichas disponveis no link Prmio Minas de Comunicao 2013, no site www.sinapromg.com.br e do envio do material inscrito, conforme as normas do regulamento.

    Para o envio do material fiquem atentos s especificidades de cada categoria e de cada subcategoria, que esto descritas nos respectivos regulamentos. As fichas de inscrio e os resumos de inscrio devero ser entregues tambm digitalizadas. Alm disso, todo o material enviado tambm deve ser entregue em uma verso digitalizada.

    Para mais informaes, favor enviar um e-mail para: eventos@sinapromg.com.br
    Este endereo de e-mail est protegido contra spambots. Voc deve habilitar o JavaScript para visualiz-lo.
    A participao da sua agncia fundamental para o sucesso da iniciativa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Janeiro 19, 2013

    Sade em Minas. Fala governador!!!

    Antonio Anastasia:Tudo bem, muito obrigado!

    Governador, sempre que a gente quer desejar boas coisas para os nossos amigos, a gente deseja sade. A sade o bem maior das nossas vidas, no verdade? E, por diversos motivos, quando acometidos por alguma enfermidade, as pessoas precisam de um transplante para continuar a viver saudveis e felizes. Da a importncia da doao de rgos, no mesmo, governador?

    Antonio Anastasia: verdade. A sade o nosso principal bem e h um grande esforo do poder pblico para que a sade, cada vez mais, esteja disposio do cidado mineiro. Mas, claro, sabemos que muito importante na sade a figura da solidariedade. E a solidariedade se faz tambm atravs dos transplantes. Muitas vezes, aquela determinada doena, para a sua cura completa, exige um transplante de determinado rgo. Ora transplante do rim, da crnea, do fgado, de diversos rgos humanos onde a tecnologia mdica j avanou. Mas para isso, preciso - repito - a solidariedade, a manifestao de vontade solidria daquela pessoa que quer, aps o seu falecimento, ser um doador. muito importante que a pessoa que queira manifeste isso para a sua famlia, que faa esse registro de tal modo que a famlia possa, nesse momento, fazer a doao, porque ela estar fazendo um bem no s em vida, mas tambm depois da prpria vida, legando uma parte do seu corpo para trazer a sade a um concidado.

    Como est a situao de Minas Gerais hoje em relao ao nmero de transplantes realizados, governador?

    Antonio Anastasia:Bem, o nosso programa, chamado MG Transplantes, uma referncia nacional. Inclusive h uma equipe mdica muito reconhecida, aplaudida e premiada que um grande orgulho de Minas Gerais. O MG Transplantes alcanou a marca de 25 mil aes nos ltimos anos, o que um dado muito importante, e aumentou em 350% o nmero das suas aes de doadores. Isso fundamental, porque demonstra que h mesmo esse envolvimento por parte da sociedade mineira em favor dos transplantes. Em Minas Gerais, h uma logstica muito preparada para fazer o transporte rpido dos rgos que so doados, o que tambm muito importante, a rapidez da hora exata do acometimento do fato para a cirurgia. E essa rede completa que existe, area e terrestre, coordenada pelo MG Transplantes, da Secretaria de Estado de Sade, que faz um belssimo trabalho.

    No transplante de crneas, governador, Minas alcanou, no final do ano passado, um nmero histrico.

    Antonio Anastasia: verdade: a chamada lista zero, quer dizer, no h espera em termos de crnea. No momento da necessidade, existe uma lista pronta para a pessoa receber a doao. Isso muito positivo, o que demonstra no s como ns avanamos em termos tecnolgicos, mas tambm a solidariedade to firme dos mineiros.

    Governador, nesta poca, por causa das frias, do incio do ano e mesmo da chegada do Carnaval, o banco de estoque de sangue nos hospitais acaba diminuindo. Apesar de ser uma referncia nacional nesta rea, a Fundao Hemominas precisa muito do apoio da populao tambm, no ?

    Antonio Anastasia: verdade. A Fundao Hemominas est comemorando 28 anos de existncia de servios bem prestados a Minas Gerais, presente no interior e no s na capital. Ela faz um trabalho de excelente qualidade, mas depende fundamentalmente da solidariedade de que eu falava h pouco. O sangue no se fabrica. O sangue necessariamente vem de doao, doao de ns, seres humanos. E nesse perodo de incio de ano, de frias, costuma cair em at 30% o nmero de doaes.

    Ento muito importante que as pessoas faam as doaes, apresentem-se voluntariamente. H um programa feito pelo Hemominas chamado NaVeia, que demonstra exatamente quais so as facilidades, que no h nenhum risco sade - ao contrrio -, quais so os procedimentos para os doadores, quem pode doar, quem no pode faz-lo. Se a pessoa tiver essa vontade de ajudar o prximo, aqui vai o nosso pedido, o nosso apelo: procurar a unidade do Hemominas e fazer a doao de sangue, pois, certamente, ele estar salvando uma vida.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 18, 2013

    AA de cara nova nova!!! A H PICHIONNI que representa a American Airlines em Minas informa que a empresa americana est de visual novo a partir desta sexta. Confira!!!


    AMERICAN AIRLINES ESTREIA VISUAL NOVO E MODERNO

    Os to esperados logotipo e esquema de cores so anunciados hoje
    enquanto a American se prepara para o voo inaugural de seu flagship 777-300ER


    FORT WORTH, Texas, Quinta feira, 17 de Janeiro de 2013 - um novo ano e um novo visual para a American Airlines, no momento em que a empresa divulga seu novo logotipo e combinao de cores externas dos seus avies, incluindo a aeronave Boeing Flagship 777-300ER programada para voar em 31 de janeiro. Alm disso, a American planeja receber novos avies este ano, como parte de sua histrica encomenda de 550 novas aeronaves. O lanamento do logotipo e esquema de cores o passo adiante na jornada da American na construo de uma experincia de viagem mais moderna para seus passageiros.

    "Com a encomenda das aeronaves em julho de 2011 cresceu a expectativa de melhorias tanto na sua parte externa como na interna, o que reflete o progresso que alcanamos para modernizar nossa companhia area", disse o presidente e CEO da American Tom Horton. "Enquanto avaliamos se uma fuso poderia aumentar os pontos fortes da American, permanecemos firmes em cada passo que damos na renovao da empresa. O dia de hoje representa um importante marco no avano dessa jornada, ao anunciar um novo e atualizado visual pela primeira vez em mais de 40 anos."

    A American Airlines se prepara para receber a entrega de centenas de aeronaves novas e mais leves, com a utilizao de materiais compostos que precisam ser renovados, pois a aparncia de metal polido no ser mais utilizada. A importncia da seleo da pintura foi essencial para honrar o legado da imagem do pssaro de prata da American. Foi escolhida uma pintura de mica prateada como uma forma de


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 18, 2013

    Saindo na frente: modelo de inovao mineiro

    BDMG Web inspira criao do sistema Badesc Fcil

    Plataforma lanada em setembro
    tambm foi conhecida por outras instituies brasileiras de fomento

    O BDMG Web, sistema indito e inovador criado em setembro de 2012 pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) para facilitar o acesso ao crdito, inspirou a Agncia de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), que lanou o Badesc Fcil, programa destinado a agilizar a concesso de crdito s micro e pequenas empresas.

    Uma equipe da Badesc conheceu in loco o funcionamento do BDMG Web. Gostamos muito do que vimos no processo do BDMG, por isso solicitamos a cesso da plataforma de software e a aplicamos no nosso sistema, com uma interface grfica especfica, explica o presidente da Badesc, Nelson Santiago.

    Os processos feitos pelo Badesc Fcil so via internet e esto disponveis para financiamentos entre R$ 15 mil e R$ 100 mil. O piso de R$ 15 mil foi determinado devido s parcerias que a instituio mantm com Organizaes da Sociedade Civil de Interesse Pblico (OSCIPs), que atuam em operaes de microcrdito. Os financiamentos sero concedidos exclusivamente com o aval dos scios, sem a necessidade de garantias reais, e tero prazos de at 30 meses, podendo haver at seis meses de carncia.

    Ainda de acordo com Santiago, as operaes tradicionais levavam dois meses, em mdia. Com o Badesc Fcil, as concesses de crdito ocorrero em aproximadamente sete dias. Para 2013, a expectativa da Badesc realizar 1 mil operaes crdito por meio da nova plataforma, com tquete mdio de R$ 60 mil. Esse montante de R$ 60 milhes corresponde a cerca de 15% do nosso desembolso total em 2012. Em nmero de operaes, porm, vamos triplicar, saltando de 300 para 1,3 mil operaes por ano, completa Santiago.

    Para o gerente do Departamento de Micro e Pequenas Empresas do BDMG, Rodrigo Neves, alm da Badesc, a Desenbahia, o Banco Regional de Braslia e o Bandes recorreram ao BDMG a fim de conhecer a aplicabilidade e o funcionamento do BDMG Web. o BDMG na ponta em termos tecnolgicos, o Banco inovando, mostrando que tem gente bem preparada e capaz de fazer o melhor, diz.

    Em atividade desde setembro do ano passado, o BDMG Web utilizado nas operaes de empresas com faturamento anual de at R$3,6 milhes. A ferramenta analisa o crdito, determina as caractersticas do financiamento (de R$ 2 mil a R$ 300 mil) e emite o contrato em menos de uma hora. O sistema reduziu o prazo de liberao dos recursos de 48 dias para sete dias, em mdia


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 18, 2013

    Lanamento de hotel que ser construdo pela ARCO/Construtora Chequer em Viosa na Zona da Mata, movimentou a noite do elegante e delicioso restaurante italiano SAATORi em Lourdes, aqui na capital mineira. O Hotel San Diego Viosa fica pronto em 2015. Investimento de 10 milhes de reais. Confira !!!



    Vice-governador Alberto Pinto Coelho
    prestigiou o lanamento hotel SAN Diego de Viosa.







    Tancredo Augusto Neves, presidente da PROMINAS
    que administra o Minascentro em BH.
    Toquei um dedo de prosa com ele sobre os tempos
    que eu cobr pelas Rede Globo
    o governo  do pa i deledr. Tancredo Neves.









    Flvia Arajo, o casal Suely/Claret Guerra
    e o empresrio Ruy Arajo da Arco.









    No lanamento em BH do Hotel San Diego
    que ser construdo em Viosa: Flvia/Andr Badar.









    JCA e o empresrio Ruy Arajo da ARCO. Dr. Ruy adora Paris e Roma.
    Alis sobre Roma ele est terminando um livro sobre a CIDADE ETERNA.
    Lanamento este ano no Automvel Clube de BH.









    JCA, Ernani, Rodrigo Mangerotti
    da ARCO Francisco Carvalho e Marden Couto.









    A reitora da UFV e o Chef do restaurante Saatori BH.









    JCA, a reitora da Universidade Federal
    de Viosa e Claret Guerra.









    JCA e o competente gestor da ARCO Rodrigo Mangerotti .









    Os investidores da Chequer Engenharia e da ARCO.








                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 17, 2013

    Festival de Teatro em Ouro Preto vai de 14 de janeiro a 7 de fevereiro. Confira!!!

    Em janeiro, o Teatro toma conta da Fundao de Arte de Ouro Preto | Faop. Uma parceria entre o Departamento de Artes Cnicas | Deart da Ufop e a Faop realiza oficinas de teatro no Ncleo de Arte durante o perodo de 14 de janeiro a 7 de fevereiro. No total, so oferecidas 30 vagas gratuitas para crianas (a partir dos 7 anos) e adultos. As aulas acontecem s segundas e s quintas-feiras, das 14h s 17h.

    As oficinas so ministradas por quatro estagirias do curso de Licenciatura em Artes Cnicas da Ufop, sob a orientao do professor Davi de Oliveira Pinto. Para ele, essa experincia est sendo muito proveitosa tanto para os alunos da oficina quanto para as graduandas em Artes Cnicas que podem exercer o papel de professor. O Ncleo de Arte, com sua arquitetura e as diversas obras artsticas que abriga, muito inspirador e impulsiona as atividades teatrais das oficinas. Possibilita, ainda, o dilogo entre as vrias formas de Arte, como o desenho e o teatro, aponta Davi.

    Alm do incentivo na formao do aluno de Artes Cnicas, o diretor de Promoo e Extenso Cultural da Faop, Celmar Atades Jnior, destaca que as oficinas oferecem uma opo de atividade artstica em Ouro Preto para crianas e jovens no perodo de frias escolares. tambm uma oportunidade de estreitarmos o contato e formarmos parcerias importantes entre uma Fundao cuja misso valorizar a arte em todas as suas dimenses e um Departamento da Ufop que tambm focado na arte, acrescenta.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 17, 2013

    ARTIGO ESPECial

    GERAO PERDIDA!!!

    Gertrude Stein foi uma escritora, poetisa e feminista estadunidense que, vivendo em Paris, teria sido a primeira a se referir a lost generation, termo que mais tarde veio a ser popularizado por Ernest Hemingway, um de seus amigos, em dois de seus mais famosos livros:

    O Sol Tambm se Levanta e A Movable Feast. S que eles se referiam a uma gerao constituda por um grupo de celebridades literrias e das artes que viveram em Paris e em outras regies da Europa, ainda no tempo da 1 Guerra Mundial e no comeo da Grande Depresso. Esse prembulo me leva a pensar no grande dilema que hoje assalta os jovens dos pases ricos, aqueles que se situam entre os 20 e 30 anos.

    Com bagagem acadmica invejvel, pois estudaram muito mais que a gerao que os antecedeu, esses jovens encontraram um terreno frtil para se desenvolverem atrelados s mais modernas tecnologias de comunicao, falando fluentemente diversos idiomas e vivendo em um mundo pleno de liberdades. Ainda assim, no encontram oportunidades de trabalho, em sua origem, em que possam testar as habilidades adquiridas com tanto entusiasmo e esperana, que se vo esfacelando ao sabor da nua e crua realidade que os cerca.

    Diante da crise que se acentua a cada dia, o mal-estar que ataca essa gerao reflete a sensao que asfixia os seus melhores sonhos de juventude. Esse panorama, que se alastra pelos pases ricos, ainda no aportou no Brasil, que, paradoxalmente, est flertando com o pleno emprego, gerado pelo recente crescimento econmico pelo qual passou.

    Esse descompasso do chamado mundo rico com os pases emergentes est gerando um novo fenmeno que desemboca na imigrao desses jovens talentos. Na era do ps-tudo, a gerao perdida busca encontrar seus prprios caminhos e, no caso do Brasil, ao aqui chegar, no se sente estranha neste mundo novo, que assume dimenses de paraso.

    A principal caracterstica do estilo literrio de Gertrude Stein, criadora da expresso gerao perdida, era constituda por suas frases inacabadas, que mais tarde eram retomadas para que, atravs de suas repeties, o sentido se completasse. Imagino que essa viso seja hoje compartilhada por essess intrpidos jovens que deixam a Europa e os Estados Unidos, afugentados pela ideia de se tornarem refns da crise, das medidas de austeridade e dos crescentes nveis de desemprego.

    A Organizao Internacional de Migraes (OIM) revelou que 107 mil europeus deixaram o continente, aps a ecloso da crise, em direo, principalmente, a pases latino-americanos, como o Brasil. Esse profissional, empenhado em demonstrar que merece a chance de ser absorvido pelo mercado global de trabalho, vai agregar imenso valor na outra ponta.

    Essa fuga da gerao perdida, ou da gerao desperdiada, transforma-se em um movimento virtuoso, ao permitir evitar o desperdcio desses talentos, habilidades e qualificaes, cuja criao nos poupa o investimento de recursos sem, em contrapartida, ocupar vagas de nossos patrcios, em funo do quase pleno emprego que por aqui, ainda, observamos. J o lado perverso dessa fuga de crebros revela que, pelo menos, um em cada cinco universitrios de 48 pases menos desenvolvidos vai para o exterior em busca de oportunidades, segundo relatrio da Conferncia das Naes Unidas sobre Comrcio e Desenvolvimento, em Genebra.

    De acordo com a entidade, h cerca de 2 milhes de imigrantes intelectuais procedentes de pases menos desenvolvidos. Nesse caso, esse fenmeno contribui para acentuar as desigualdades internacionais, dificultando a disponibilidade dos trabalhadores qualificados e afetando, assim, as reais perspectivas de crescimento dos pases em desenvolvimento.

    Wagner Gomes, administrador de empresas


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 17, 2013

    Prefeito de Barbacena vai disputar presidncia da AMM. E j colocou o p na estrada. Comeou por Juiz de Fora.

    O prefeito de Barbacena pr-candidato presidncia da AMM - Associao Mineira dos Municpios. Eleio marcada para maio. Nesta estratgia de cabalar votos, Toninho Andrada est hoje em Juiz de Fora, visitando o jovem prefeito de JF, Bruno Siqueira. Desejo sucesso ao Toninho!!!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 16, 2013

    Tendncia veloz: 88% das empresas esto nas redes Sociais. Confira matria pinada do Flipboard



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 16, 2013

    Presidente da FIEMG, Olavo Machado Jr. recebeu camisa do craque MESSI, camisa 10 do Barcelona. Olavo, mineiro ciente dos nosos valores artsticos, retribuiu presenteando o ex-diretor de Futebol do Barcelona Antonio Pags, com um quadro do genial pintor Carlos Bracher. Golao!!!

    Esporte
    um grande aliado
    da educao








    O ex-diretor de futebol do F. C. Barcelona, Antonio Pags, comparou a metodologia adotada pelo Sesi, que tem o esporte como um aliado da educao, utilizada pelo clube espanhol, principalmente em relao sua categoria de base. "Alm de treinar o atleta, o Barcelona se preocupa com sua formao intelectual. A metodologia de vocs (Sesi) parecida, pois tem como prioridade a formao do cidado", disse.

    Antonio Pags visitou a sede do Sistema Fiemg na tarde desta tera-feira (15). Ele foi recebido pelo presidente da Casa, Olavo Machado Junior, a quem presenteou com uma camisa do Barcelona, a 10, usada pela estrela do time espanhol, o argentino Messi. Em retribuio, ele recebeu do presidente da Fiemg gravuras do artista mineiro Carlos Bracher.

    Alm do futebol, a arte outra paixo do espanhol. Antonio Pags tambm um grande colecionador. Sua coleo de obras de arte rene, entre outras, peas de Mir e Salvador Dali. Na sede da Fiemg, ele teve a oportunidade de conhecer um pouco sobre o trabalho desenvolvido pelas escolas do Sesi, que oferecem educao integral com valores fundamentais para a formao humana.

    Na ocasio, o gerente de Cultura do Sesi, Thiago Arajo Maia, destacou a importncia da cultura como ferramenta de gesto para a indstria na formao do trabalhador. Ele lembrou que o Sesi disponibiliza tambm uma srie de cursos e formao de grupos artsticos em suas 53 unidades distribudas em 47 municpios do Estado. So 65 opes de cursos nas reas de artes plsticas, dana, msica, teatro, circo e cinema digital.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 16, 2013

    Em Barbacena, o novo prefeito Toninho Andara recebeu a visita do comandante da EPCAR, Brigadeiro Waldesio Ferreira Campos. Na pauta: visita de cortesia, o comandante ressaltou a importncia da pareceria entre a Prefeitura e a tradicional EPCAR - Escola Militar que est em Barbacena desde 1949. Detalhe: eu sou testemunha de que a EPCAR de importncia econmica e estratgica para nossa cidade. Gera empregos, ensino e mantm o Aerporto da Base Militar como importante ponto de apoio ao setor areo - em caso de fechamento do tempo para pouso em outros aeroportos da regio. Desejo sucesso ao prefeito e ao brigadeiro na parceria estratgica iniciada.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 16, 2013

    Giro por Paris...



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 16, 2013

    Oporrtunidade!!!

    AngloGold Ashanti
    abre programa de estgio








    O Instituto Euvaldo Lodi (IEL), instituio do Sistema Fiemg, ir selecionar estudantes para o Programa de Estgio AngloGold Ashanti 2013. As inscries podero ser feitas de 15 a 27 de janeiro, por meio do site www.estagioiel.com.br/anglogold.

    A empresa est disponibilizando 87 vagas em suas unidades de Nova Lima, Sabar, Santa Brbara e Baro de Cocais para os nveis tcnico e superior. A AngloGold far o transporte dos estagirios em veculos prprios e oferece ainda seguro de vida, alimentao, alm de assistncias mdica e odontolgica.

    Os estgios tero durao mnima de seis meses e mxima de dois anos para os cursos tcnicos de Automao, Edificaes, Eltrica, Eletromecnica, Eletrotcnica, Geologia, Instrumentao Industrial, Mecnica, Mecatrnica, Minerao, Qumica e Segurana do Trabalho. O estudante dever estar cursando a partir do segundo mdulo do curso tcnico. A carga horria de seis horas e a remunerao de R$ 560,00.

    J os estagirios dos cursos superiores devero estar cursando a partir do 4 perodo (para os cursos de 8 perodos) e a partir do 6 perodo (para os cursos de 10 perodos) do curso de graduao. A carga horria de seis horas e a remunerao de R$ 800,00.

    Podero se inscrever alunos dos seguintes cursos superiores: Administrao, Cincias Contbeis, Geologia, Histria, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Minas, Engenharia Eltrica, Engenharia Mecnica, Engenharia Metalrgica, Engenharia Qumica, Jornalismo ou Relaes Pblicas.

    Os candidatos inscritos no site passaro por triagem de currculo. Os selecionados sero submetidos, em uma segunda etapa, a uma entrevista coletiva com dinmica de grupo, teste psicolgico, entrevistas tcnicas e exames mdicos. H mais de 40 anos, o IEL seleciona e insere estagirios em indstrias de todo o estado.

    A AngloGold Ashanti uma das maiores produtoras de ouro do mundo. Com sede em Joanesburgo, na frica do Sul, ela possui 20 operaes em dez pases. A empresa conta com 63 mil colaboradores em todo o mundo. Em Minas Gerais, as atividades so concentradas na minerao de ouro, produo de cido sulfrico, gerao de energia, entre outros. As unidades brasileiras representam 48% da produo da empresa na Amrica e 9,9% da produo mundial de ouro



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 16, 2013

    REVASCULARIZAO DO MIOCARDIO. Vale conferir matria pinada do site do HOSPITAL SOCOR de BH, que tem como presidente o cardiologista Castinaldo Bastos.




    Em trabalho conjunto e pioneiro, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV) e a Sociedade Brasileira de Hemodinamica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI) vo somar esforos para elaborar as Diretrizes Brasileiras de Revascularizao Miocrdica - 2012 e ainda um documento com a proposta de normatizar a indicao de STENTS no Brasil.

    A informao do presidente da SBC, Jadelson Andrade, que reuniu na sede da SBC/So Paulo os presidentes da SBCCV, Walter Gomes Jr, da SBHCI, Marcelo Queiroga e que se fizeram acompanhar dos diretores cientficos das respectivas sociedades, Luis Alberto Piva Mattos (SBC), Fabio Jatene (SBCCV) e Pedro Lemos (SBHCI). O objetivo da histrica reunio foi o de criar um conceito de maior interatividade entre a SBC e estes dois importantes departamentos com objetivo de delinear aes conjuntas a serem desenvolvidas nos prximos dois anos de interesse dos seus associados.

    Dentre os assuntos discutidos foi aprovado a proposta de elaborao conjunta pelas trs instituies da Diretriz Brasileira de Revascularizao do Miocardio 2012.

    propsito que esta diretriz que pela primeira vez ser elaborada dentro deste contexto, possa ter o mesmo impacto para a cardiologia brasileira e de toda a America Latina que a recente Diretriz de Revascularizao publicada pela ESC obteve na Europa.

    Na reunio foi aprovada a composio do corpo editorial da Diretriz que ser composto de membros da SBC, SBHCCV e SBHCI cuja temtica e composio do corpo de trabalho ser enviada ao conselho de Diretrizes da SBC para aprovao e liberao do inicio das atividades.

    Em paralelo a construo da diretriz foi igualmente aprovado a elaborao de um documento a ser enviado ao Ministrio da Sade e Agencia Nacional de Sade (ANS) contemplando a normatizao da indicao dos STENTS no Brasil como uma importante contribuio destas instituies acerca da aplicao deste relevante instrumento teraputico para tratamento das Sndromes Coronarianas.

    Neste documento afirmam os editores estaro definidas claramente a indicao dos Stents eluidos e no eluidos e que ser utilizado como importante parmetro de conduta para todos os cardiologistas brasileiros e onde podero ser observados pelas seguradoras e rgos pblicos, todos os critrios de indicao, contribuindo definitivamente para agilizao na sua liberao quando indicados, favorecendo a rpida resoluo do quadro clinico dos pacientes, com impacto na reduo da morbi-mortalidade cardiovascular por doena isqumica do corao no Brasil.

    A primeira reunio do Grupo de trabalho dos organizadores e editores da Diretriz ocorreu na sede da SBC SP. Na oportunidade foram formatados os temas que comporo as diretrizes, distribudos os temas pelos editores que sero os coordenadores dos grupos de trabalho, e aprovada a agenda de trabalho.

    A meta que a Diretriz fique pronta para ser apresentada no Congresso Brasileiro de Cardiologia em Recife

    Composio do grupo de organizadores e editores da Diretriz Brasileira de Revascularizao do Miocrdio:

    Coordenao Geral: Jadelson Andrade (BA) e Luiz Alberto Mattos (SP)
    SBHCI: Marcelo Queiroga (PB), Pedro Lemos (SP) e Alexandre Abizaid (SP)
    SBCCV: Walter Gomes (SP), Fbio Jatene (SP), Ricardo Lima (PE)
    SBC: Antonio Carlos Palandri Chagas (SP), Gilson (BA) Roberto Esporcatte (RJ)



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 16, 2013

    Viosa na zona da mata, a 220 kms de BH, vai ganhar um Hotel San Diego em 2015. Investimento da parceria Arco/Construtora Chequer ser de 10 milhes de reais. Lanamento nesta quinta em BH. Confira!!!

     

    HOTIS ARCO IR ADMINISTRAR MAIS UM EMPREENDIMENTO

    San Diego Sutes Viosa ser inaugurado em 2015


    Em parceria com a Construtora Chequer Negcios Imobilirios e investidores, a rede mineira de Hotis Arco lana o San Diego Sutes Viosa. A solenidade ser realizada na prxima quinta-feira (17/01), no restaurante Saatore, anexo ao San Diego Sutes Lourdes, em Belo Horizonte.
    Segundo o empresrio Jorge Chequer foram investidos cerca de R$ 10 milhes na construo do hotel: "A cidade de Viosa, que fica na Zona da Mata, a 225 km de Belo Horizonte, tem grande demanda de turismo de negcios, com a realizao constante de eventos cientficos e acadmicos da Universidade Federal de Viosa (UFV)".
    O empreendimento est localizado no centro da cidade num complexo que alm do hotel contar com salas comerciais. O prdio ter 13 andares, 78 sutes de 28 m, 100 vagas de garagem, centro de convenes para at 400 pessoas, espao para eventos sociais com vista para cidade e varanda, rea de lazer com piscina, sauna e fitness center, e restaurante aberto ao pblico.
    De acordo com Rodrigo Mangerotti, superintendente da rede de Hotis Arco, aps pesquisa de mercado, detectamos a oportunidade, buscamos parceiros, e estamos levando para a regio, todos os benefcios da administradora: "A expectativa que a taxa de ocupao esteja em 60% e que a diria mdia gire em torno de R$ 160", afirma o executivo.
    O hotel que se enquadra na categoria midscale gerar cerca de 400 empregos diretos e indiretos. As obras do San Diego Sutes Viosa se iniciaram em junho de 2012 e a previso de inaugurao para 2015.
    Hotis em construo
    Alm do San Diego Sutes Viosa, esto em construo mais seis hotis: San Diego Sutes Pampulha (previso de inaugurao 1 semestre de 2013), San Diego Express Palmares (previso de inaugurao 1 semestre de 2014), San Diego Sutes Governador Valadares (previso de inaugurao 1 trimestre de 2014), San Diego Sutes Sete Lagoas (previso de inaugurao 2 semestre de 2014), San Diego Sutes Colatina - ES (previso de inaugurao 1 semestre de 2015), e San Diego Express Aeroporto Pampulha (previso de inaugurao 1 semestre de 2014).
    Hotis Arco
    Oriunda do grupo Arco Engenharia, com 43 anos de mercado e mais de 6 mil unidades comercializadas e entregues nos estados de MG, SP e RJ, h 15 anos surgiu a Hotis Arco, administradora hoteleira.
    O grupo composto por seis hotis divididos pelas bandeiras San Diego Sutes hotis executivos com servios diferenciados, San Diego Express hotis econmicos e Nigara Flat.
    Atualmente, a Arco administra os seguintes hotis: Niagara Flat, San Diego Sutes Lourdes Belo Horizonte, San Diego Sutes Ipatinga, San Diego Sutes Uberlndia, San Diego Sutes Passos e San Diego Express Vespasiano.
    Dos quatro hotis escolhidos pela Fifa em Minas Gerais para atender as selees nas Copas das Confederaes e do Mundo, trs so da Hotis Arco: San Diego Sutes Lourdes BH, San Diego Sutes Ipatinga e San Diego Sutes Uberlndia.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 16, 2013

    Novidade nos CORREIOS: Motos eltricas!!!

    Correios testa motos eltricas na entrega de cartas e encomendas

    Os Correios iniciaram na semana passada testes com motocicletas eltricas em Belo Horizonte (MG). Duas motos modelo Scooter, com tecnologia alem e design italiano, j esto operando na distribuio de cartas e encomendas. Na prxima semana, mais duas iro trabalhar na entrega em So Paulo (SP). Os testes so uma parceria com a empresa Riba Motos Indstria e Comrcio, do grupo VMOTO/E-MAX, e sero realizados at o final de maro.

    Usar veculos eltricos faz parte da poltica de sustentabilidade dos Correios, que visa atingir um desempenho ambiental correto, por meio do gerenciamento dos impactos ambientais e da busca contnua de melhoria de processos, servios e produtos oferecidos pela empresa.

    Aes sustentveis Nesse sentido, a empresa j utiliza veculos eltricos de calado em Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS) e pretende expandir neste ano o uso do veculo para cidades de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

    Entre outras aes sustentveis, os Correios tambm realizam a Coleta Seletiva Solidria, que promove a separao dos resduos reciclveis descartados (papel, vidro, plstico, metal e orgnico) e a sua destinao s associaes/cooperativas de catadores de materiais reciclveis; mantm o programa EcoPostal (que destina uniformes e malotes sem condies de uso para cooperativas que os transformam em roupas, mochilas e sandlias) e promovem o descarte adequado de resduos especiais como pneus, computadores, lmpadas fluorescentes, leo lubrificante e baterias de veculos.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 15, 2013

    ARTIGO ESPECIAL enviado ao nosso blog pelo empresrio imobilirio Renan Peixoto

    Por que considero o Quintas do Morro
    um investimento diferenciado


    Sempre gostei de viajar e j dei uma volta ao mundo em que visitei 42 pases. Ao planejar minhas viagens, sempre reservei algumas horas para conhecer o mercado imobilirio dos locais por onde passava. Visitando escritrios imobilirios e percorrendo empreendimentos, percebi que os condomnios mais valorizados estavam prximos de um campo de golfe. Fiquei impressionado ao constatar que, apenas na cidade de Qubec, no Canad, com 650 mil habitantes, existem 18 campos de golfe. Percebi que esse esporte integra a cultura de pases desenvolvidos, fazendo parte dos hbitos de muitos de seus habitantes.

    Os Estados Unidos tm em torno de 15 mil campos de golfe, o Japo com 9 mil, a Frana conta com 600, enquanto no Brasil temos 110. Dubai, cidade famosa pela grandiosidade de sua arquitetura e empreendimentos, est construindo um ambicioso condomnio (investimento total de US$ 1,1 bilho) em uma rea de 5 milhes de metros quadrados - com 22 palcios, 65 manses e 100 casas luxuosas, tem como ncora um campo de golfe com 18 buracos. O campo Al-Rawaya ser o primeiro projetado pelo campeo Tiger Woods.

    Alm de ser consultor imobilirio, advogado e investidor em imveis, sempre busquei um lugar aprazvel para morar na regio de Belo Horizonte. Percebo o imvel em dois ngulos o de morar bem e ser um bom investimento, com valorizao e liquidez. Tive residncia no Retiro das Pedras e hoje tenho uma casa no condomnio que h dcadas referncia desse esporte em Minas o Morro do Chapu Golfe Clube. Com 50 anos, o condomnio top da regio metropolitana de Belo Horizonte e o mais valorizado.

    Surge, agora, bem ao lado do Morro do Chapu Golfe Clube, o Quintas do Morro Condomnio. Com um detalhe: um mesmo campo de golfe, melhor e mais valorizado, com a ampliao para 18 buracos com 05 lagos e magnfico paisagismo. Convidado a assumir as vendas do Quintas do Morro, me entusiasmei com a alta qualidade do empreendimento. Adquiri o lote 12 da quadra 01 pela localizao, por ser um condomnio com apenas 191 lotes em uma rea de 2 milhes de m, regio mais bonita e valorizada da capital, duas portarias (segurana), credibilidade dos empreendedores, qualidade do projeto urbanstico e paisagstico, preservao do verde, 1 milho de metros quadrados de reserva ecolgica particular com cascatas e lagos realmente impressionante, vista deslumbrante, qualidade dos vizinhos, projetos arquitetnicos das residncias a serem edificadas... e pelo uso do campo de golfe. Vou manter minha casa no Morro do Chapu Golf Clube e pretendo alugar mobiliada/decorada para executivos estrangeiros e amantes do golfe. J contratei o projeto de arquitetura e, em breve, construirei minha nova residncia no Quintas do Morro. Em minha opinio, o condomnio Quintas do Morro tem duas grandes qualidades: um local maravilhoso para se morar e um timo investimento.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 15, 2013

    Defensora Pblica Geral pretigia posse do prefeito de BH Mrcio Lacerda

    A defensora pblica geral, Andra Tonet, participou da solenidade de posse do prefeito reeleito de Belo Horizonte, Mrcio Lacerda e de seu vice, Dlio Malheiros e ainda dos 41 vereadores que atuaro no Legislativo Municipal at 2016.
    A cerimnia aconteceu na Cmara Municipal da Capital, no dia 01 de janeiro e contou, tambm, com a presena do vice-governador do Estado, Alberto Pinto Coelho, representando o governador Antonio Anastasia, alm de deputados federais, secretrios municipais e outras autoridades.


    Divino Advincula

    Posse Prefeito e Vice - Divino Advincula 24

    DPG Andra Tonet junto com o prefeito empossado de Belo Horizonte,
    Mrcio Lacerda, o vice, Dlio Malheiros
    e o vice-governador do Estado, Alberto Pinto Coelho



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 15, 2013

    Cotta presidente AMIG.



    O novo presidente da AMIG
    Associao das Cidades Mineradoras de MG
    eleito hoje Celso Cotta prefeito de Mariana.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 14, 2013

    Festival da Pinga, da boa!!!

    Cachaa Gourmet




    De 3 de janeiro a 3 de fevereiro, Belo Horizonte recebe a 5 edio do Festival Cachaa Gourmet, que neste ano conta com a participao de 40 restaurantes e a mesma quantidade de marcas de cachaa. A novidade desta edio a Rota da Cachaa, passeio que ser oferecido ao pblico, com o objetivo de apresentar o processo de produo e envelhecimento das principais cachaas mineiras.
    Por meio desta iniciativa, desenvolvida em parceria com a Operadora e Receptivo de Turismo Happy Travel, os interessados podero agendar o roteiro, que ser fechado com o mnimo de oito pessoas. Ao final do passeio, o pblico ter direito a degustar o prato e o drinque de um dos restaurantes participantes, que foram elaborados, exclusivamente, para o festival, tendo a cachaa como um dos ingredientes.
    Cada restaurante vai utilizar uma marca diferente de cachaa, de modo que o pblico tenha a oportunidade de conhecer vrias marcas da bebida. A melhor criao ser eleita pelo pblico e por um jri especializado, que votar nos quesitos: sabor, harmonizao, apresentao, criatividade e originalidade.
    Jurados

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 14, 2013

    Na ACMinas

    Reunio do presidente da Belotur
    com jornalistas da Abrajet-MG




    O presidente da Belotur, jornalista, historiador e psiclogo Mauro Werkema,participou de reunio festiva da Associao Brasileira de Jornalistas de Turismo(Abrajet-MG) na Associao Comercial de Minas. Estiveram presentes o presidente da ACMinas, Roberto Fagundes, que empresrio de turismo, e Antnio Claret Nametala, presidente do BH Convention Bureau. Mauro Werkema fez brilhante palestra, elogiada por todos, a respeito do potencial turstico de Belo Horizonte, os desafios da cidade no setor de turismo e os planos do prefeito Mrcio Lacerda para a nova gesto frente da Capital (2013/2016).

    O presidente da Abrajet-MG o jornalista Joo Carlos Amaral, que dever, em 2013, ser reeleito para um novo mandato, devido sua correta e competente gesto. Os fundadores da entidade em Minas so o saudoso nio Fonseca e este reprter, poca, iniciante no turismo, com 28 anos de idade.

    O presidente da Belotur, Mauro Werkema, (ao centro), com os jornalistas Antnio Claret Guerra (fundador da entidade em Minas) e o presidente e Joo Carlos Amaral



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 14, 2013

    O Fato e a foto.


    O novo prefeito de Juiz de Fora (MG) Bruno Siqueira, e Maria Elvira



    *Maria Elvira Salles Ferreira, conselheira do CDES-Conselho de Desenvolvimento Econmico e Social da Presidncia da Repblica, e Jeanete Mazzieiro, secretria executiva do Frum de Mulheres do Mercosul, participaram das programaes da abertura da 14 Cpula Social do Mercosul e das atividades da RMAAM-Reunio de Ministras e Altas Autoridades do Mercosul em Braslia. No Brasil, a entidade presidida pela ex-senadora Emlia Fernandes. Maria Elvira foi uma das fundadoras do Frum de Mulheres do Mercosul e a atual reresentante internacional da entidade.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 14, 2013

    Novidade!!! Sedex 12

    Correios implanta SEDEX 12
    So 17 estados que passam a contar com o novo servio

    A partir desta segunda-feira (14), os Correios ampliaro a famlia SEDEX. Ser implantado o SEDEX 12 servio de remessa de documentos e mercadorias com entrega garantida at as 12 horas do dia til seguinte nos estados da Bahia, Cear, Esprito Santo, Gois, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Par, Pernambuco, Paran, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e So Paulo (interior). Nesses estados, haver tanto a captao como a distribuio do SEDEX 12. So mais de mil localidades atendidas.

    J nos estados de Alagoas, Piau, Rio Grande do Norte, Paraba e a capital de So Paulo, ocorrer somente a captao desse servio.

    Com o novo servio, o cliente ter acesso a facilidades como trs tentativas de entrega em dias consecutivos (sendo a primeira at as 12 horas do dia til seguinte ao da postagem), possibilidade de rastreamento do objeto postado, aviso de tentativa de entrega e indenizao automtica por extravio, dano ou avarias.

    O SEDEX 12 mais uma soluo que visa atender s necessidades do cliente para entrega de encomendas com hora marcada, segurana, qualidade e capilaridade que somente os Correios oferecem.

    De abril a junho de 2012 e julho a outubro de 2012 foram realizadas, respectivamente, a 1 e 2 fases (teste piloto). Essa etapa que comea agora a 3 e ltima (implantao definitiva).

    Este novo servio no estar disponvel em localidades que j tenham a distribuio do SEDEX 10.


    Departamento de Relacionamento Institucional


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 14, 2013

    Mais opo para pagar IPTU e IPVA


    Banco Postal recebe pagamento de tributos como IPTU e IPVA

    Comeou este ms a cobrana dos impostos sobre a Propriedade de Veculos Automotores (IPVA) e a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) em grande parte do Pas. O pagamento desses tributos obrigatrio e pode ser realizado nas agncias dos Correios que possuem o Banco Postal, em todo o Brasil. O pagamento pode ser feito em dinheiro - para tributos de at R$ 500,00 por operao - ou via dbito em conta no valor de at R$ 2.000,00, para correntistas do Banco do Brasil.

    Os carns do IPVA e IPTU/TLP, ou documentos de arrecadao (DAR), so entregues pelos Correios de acordo com os prazos determinados por cada Secretaria de Estado de Fazenda. O contribuinte que no receber os carns em sua residncia deve buscar orientaes na secretaria de seu Estado, portando o nmero de inscrio do imvel, que pode ser obtido em carns de exerccios anteriores.

    Veja a lista com as agncias que possuem o Banco Postal no link


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 13, 2013

    Seis empresas se interessam pela construo do METR da capital.

    Metrominas encerra consulta pblica
    para obras do metr de Belo Horizonte


    Metr de BH



    Ao todo, foram encaminhadas 32 contribuies
    e questionamentos de pessoas fsicas,
    e seis de empresas interessadas
    na Parceria Pblico-Privada


    Terminou nessa quinta-feira (10), a Consulta Pblica para implantao da Parceria Pblico-Privada (PPP), que ir promover a realizao de obras e operao do metr de Belo Horizonte. Foram 32 contribuies e questionamentos de pessoas fsicas, e seis de empresas interessadas.
    A partir de agora, as propostas encaminhadas sero analisadas pela equipe tcnica da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Pblicas (Setop) e da Metrominas Trem Metropolitano de Belo Horizonte S.A. para, em seguida, realizar a audincia pblica, quando sero definidos os parmetros para o edital de licitao da PPP do Metr, de acordo com a modelagem elaborada pela Metrominas. A previso de que o edital da PPP seja publicado assim que assinado acordo com o governo federal.
    A Consulta Pblica foi aberta em 12 de dezembro, e disponibilizada por meio da Unidade Central de PPP do Estado, vinculada a Secretaria de Desenvolvimento Econmico (Sede), a Setop e a Metrominas.
    Consulta Pblica
    A Consulta Pblica um sistema criado pela lei de PPP, uma etapa preliminar obrigatria futura licitao, com o objetivo de auxiliar na elaborao e coleta de opinies da sociedade e mercado sobre temas de importncia para o projeto. Esse sistema permite intensificar a articulao entre a representatividade poltica e a sociedade, permitindo a formulao e definio de politicas pblicas.
    Em paralelo ao lanamento do edital da PPP do Metr, a Metrominas est em fase de contratao do projeto bsico de engenharia para as obras das linhas 1 (reforma, modernizao e expanso), 2 e 3 (implantao), o que dever contribuir para dar mais agilidade a todo o empreendimento.
    Parceria Pblico-Privada
    A implantao da PPP do metr contempla na linha 1 a realizao das obras de expanso do trecho entre as estaes Eldorado e Novo Eldorado, alm da operao e manuteno deste trecho, melhoria das estaes, modernizao do sistema eltrico e aquisio de novos trens e composies mais modernas.
    Na linha 2 sero executados os servios de implantao, operao e manuteno no trecho compreendido entre as estaes Barreiro e Nova Suia e implantao das estaes de embarque e desembarque de passageiros.
    Para a linha 3 as aes da PPP do Metr estaro concentradas na operao e na manuteno no trecho entre as estaes Savassi e Lagoinha. Porm, as obras de implantao ficaro sob a responsabilidade da Metrominas, que dever realizar um processo de licitao especfico, para atender a esta linha subterrnea.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Janeiro 12, 2013

    BALANO 2012. Presidida por Dinis Pinheiro Assemblia de Minas cria Fundo Estadual do Caf.

    Fecaf - A Assembleia aprovou, ainda, a criao do Fundo Estadual do Caf (Fecaf), disposto na Lei 20.313. Sua finalidade dar suporte financeiro a planos, programas, projetos e aes relacionados cadeia produtiva do caf no Estado.

    O Fecaf era um antigo pleito dos cafeicultores de Minas Gerais. Em audincia pblica realizada pela Assembleia para discutir o projeto, os grupos interessados propuseram diversas sugestes que foram, em parte, acolhidas na lei. O projeto de lei que deu origem norma o 2.781/12, do governador do Estado.

     Dia do Barroco Outra proposio importante aprovada em 2012 foi o PL 3.396/12, do presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que deu origem Lei 20.470, que cria o Dia do Barroco Mineiro. A lei tambm declara 2014 como o ano de comemorao do bicentenrio de Aleijadinho, um dos maiores representantes do barroco.

    O Dia do Barroco Mineiro ser comemorado anualmente em 18 de novembro, quando devero ser realizadas atividades que valorizem, preservem e divulguem o patrimnio histrico, artstico e cultural associado ao barroco mineiro, obra de Antnio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, e aos demais artistas desse estilo. A ALMG j formalizou parceria com o Governo do Estado para a elaborao de um roteiro turstico do barroco mineiro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Janeiro 12, 2013

    Lio de Mestre. O ex- ministro Joo Camilo Penna escreve hoje no jornal Estado de Minas sobre a estratgia da China na nova exonomia mundial. Artigo de flego, que pinei do EM para LER E PENSAR!!!

    Lies da China para competir

    A China, grande e profunda, em 4 mil anos de histria registrada, passou por invases, fomes, humilhaes e retomadas. Como bambus, os chineses vergam e voltam. Em 18 dos ltimos 20 sculos, foi a maior economia do mundo, logo voltar a ser a primeira em PIB, mas no em poder. Hoje, a segunda, com 12% do PIB e 20% da populao mundial em territrio da grandeza dos EUA e na mesma faixa de latitudes.

    No buscam os chineses colnias, contentam-se com comrcio mundial e investimento externo. Seguem os ensinamentos de Aprendizado e harmonia, de Confcio, e da constatao de que o poder baseia-se em recursos econmicos e cientfico-tecnolgico. Crescem com viso milenar e esperana sem nsia. Realizam trabalhos coletivos superando tempos de vida individual. O Partido Comunista pratica socialismo chins, um quase capitalismo. Planejam ir de uma economia de baixos salrios para uma de alta tecnologia.

    Presente no Conselho de Segurana da ONU e na Organizao Mundial do Comrcio (OMC), a China tem o maior comrcio, US$ 3 trilhes. Cresceu de 7% na indstria mundial em 2000 para 17% em 2011, enquanto o Brasil ficou parado em 1,7%.

    So carctersticas da China: um governo autocrtico; ampla mo de obra; escala de produo, inovao, cincia e tecnologia; atrao de capitais estrangeiros; boa infraestrutura, grande crescimento, excesso de Estado, m distribuio de renda; desemprego, um filho por casal; corrupo, poluio. Desvaloriza a moeda em at 25%, atrai capitais, inclusive pela busca de salrio baixo. Investiu fora US$ 250 bilhes e recebeu US$150 bilhes. Falta gua. Investe muito com sua mo de obra na frica, onde o Brasil emprega africanos e leva a Embrapa.

    Em 2011, exportamos-lhe US$ 44 bilhes, 88% em minrios e produtos bsicos; enquanto importamos US$ 30 bilhes, sendo 60% de manufaturados. O preo mdio da exportao China de US$ 120/tonelada, e aos EUA US$ 800/tonelada. Colonialismo chins! A China investiu no Brasil cerca de US$ 49 bilhes.

    So caractersticas do Brasil: democracia, legislao no competitiva e sem ateno ciencia e tecnologia. Enquanto a China unipartidria, tem legislao competitiva, inovao, desenvolvimento cientfico. A China crescia mais de 10%ao ano, hoje, entre 6% e 7%. O Brasil, de 1900 a 1980, teve um dos melhores crescimentos do mundo e a China vivia em revolues. Em 1981 o Brasil entrar em baixo crescimento e a China acelerar. De 1994 a 2002, o Brasil crescia media da Amrica Latina, 2,3% ao ano. De 2003 a 2010, a 3,8%ao ano; a AL, a 4,8%. Em 2012, o Brasil a 1%, e a AL, a 3,2%.

    O Brasil tem 8,550mil km, 195milhes de habitantes, 1,6 engenheiros por 10 mil habitantes. PIB de US$ 2,5trilhes. Tributos, 37% do PIB. Poupana, 18% do PIB, PIB per capita US$ 12.800, e 38 ministros, nomeados por indicaes polticas. A China tem 9,6 mil km, 1,33 bilho de habitantes, 4,6 engenheiros por cada 10 mil habitantes. PIB de US$ 8,8 trilhes. Tributos representam 24% do PIB, a poupana de 45%do PIB; e o PIB per capita, US$5.800. Tem 22 ministros, com cientistas e engenheiros. Frase do empresrio Aguinaldo Diniz: Queria ver preos de txteis chineses, se produzidosno Brasil!

    A China, com supervit em conta-corrente e reservas de US$ 3,2 trilhes, preocupa-se com o abismo fiscal dos EUA, que arrecada US$ 3trilhes e gasta US$ 4,2 trilhes ao ano dficit 8% do PIB ; emite moeda e desvaloriza o dlar. A China investe reservas, compra ativos e commodities, agrega valor, exporta a baixo preo, sofre aes antidumping.

    Indstrias daqui, sob impostos altos, moeda valorizada e custo Brasil, ao competir com custos chineses e moeda desvalorizada, perdem mercado interno e em terceiros pases, umas fecham ou vo para l. Na China, a indstria de transformao atinge 40% do PIB. No Brasil, ela caiu, em tendncia mundial, de 25% do PIB a 13% em 2011; a sua exportao caiu. Na expanso industrial entre 2011 e 2012, o Brasil o 25 dos emergentes. Cabe ao governo desvalorizar o real, prestigiar a defesa comercial, reduzir a despesa publica e a tributao, com diminuio da presso inflacionaria; e prover mais infraestrutura. Cabe ao empresrio a competitividade interna.

    O governo chins quer liderana, harmonia e poder brando. Espera-se que cuide do meio ambiente. Hoje, EUA e China, inebriados, apoiam-se mutuamente em um consumismo ameaador. J com grande reserva, a China volta ao mercado interno pobre. Investimentos caem de 48% do PIB para 34% em 2025, o consumo vai de 52% do PIB para 66%. Listou em 2012 produtos que poder comprar aqui. Para competir no mundo, lembremo-nos de que o conhecimento vem da prxis. Dialoguemos e negociemos com a China e outros pases, com o FMI e a OMC, sobre desvalorizaes e distores no comrcio exterior. Faamos o que nos cabe para maior produtividade e a competitividade que dela deriva.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 11, 2013

    Eleio. Carnaval em BH


    A BELOTUR realiza, no prximo sbado (12/01), s 19 horas,
    na Serraria Souza Pinto, a Eleio da Corte Real Momesca
    do Carnaval de Belo Horizonte 2013.

    Durante o evento, que abre oficialmente o calendrio da folia na capital mineira, sero escolhidos o Rei, a Rainha e a Princesa do Carnaval. A Corte Real Momesca ter a responsabilidade de comandar e animar toda a programao oficial do Carnaval da cidade.

    Os principais quesitos a serem avaliados nos 32 candidatos sero alegria, simpatia, facilidade de expresso, domnio da arte de sambar e esprito carnavalesco.

    Ressalta-se que a eleio contar com concorrentes de todas as regies da capital mineira e o jri ser composto por personalidades do meio cultural e turstico, alm de formadores de opinio. Portanto, solicitamos especial ateno em reservar sua agenda para participar conosco do primeiro festejo momesco de 2013.

    Desejosos de que o Carnaval de Belo Horizonte seja uma oportunidade de entretenimento e lazer para a nossa populao, alm de fonte de desenvolvimento e renda para a comunidade, renovamos nossos votos de elevada estima e considerao.

    Mauro Guimares Werkema
    Presidente da Belotur
    Diretor Presidente


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 11, 2013

    Da srie: UMA IMAGEM VALE POR MIL PALAVRAS. Nova deputada federal do PT de Juiz de Fora - foi candidata a prefeita - visitou o diretor-presidente do jornal Tribuna de Minas, Juracy Neves.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 11, 2013

    Feira Industrial em Hannover na Alemanha. Coloque na agenda!!!

    Misso CeBIT est com inscries abertas



    A Confederao Nacional da Indstria (CNI), com o apoio da Federao das Indstrias de Minas Gerais (Fiemg), e da Federao das Indstrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), organiza a Misso Empresarial Prospectiva Feira CeBIT, que ser realizada de 3 a 11 de maro deste ano, em Hannover, na Alemanha. A misso tem o apoio do Programa AL-Invest e a Apex-Brasil.

    As inscries esto abertas at o dia 24 de janeiro. Os interessados em participar da misso devem preencher a ficha de inscrio e enviar para o e-mail pcomercial@fiemg.com.br. As vagas so limitadas e as dvidas podem ser tiradas pelo tel 31 3263-4725/4718.

    A CeBIT considerada o maior evento mundial de Tecnologia da Informao e Comunicao (TIC) e tem como pblico alvo empresas interessadas em importar, exportar, estabelecer parcerias e atualizar-se nos novos lanamentos tecnolgicos mundiais do segmento. A feira especializada em tcnica de informao, software, solues e servios on-line, telecomunicao, tcnica de comunicao e de escritrio, tcnica de bancos, tcnica de segurana, proteo de dados, investigao e desenvolvimento, prestaes de servios, multimdia.

    Os pacotes de viagem esto sendo comercializados pela Softsul. Informaes pelo e-mail operacoes@softsul.org.br, tel 51 3346-4422. O investimento de 2.250 euros, mais taxas de embarque.
    Para mais informaes sobre a CeBIT 2013, acesse: http://www.cebit.de/home

    Clique aqui para baixar a ficha de inscrio



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 11, 2013

    Fala governador!!!



    Rede de aeroportos
    vai levar maior desenvolvimento
    ao interior do Estado, afirma Anastasia


    No Palavra do Governador desta semana,
    Antonio Anastasia fala sobre o investimento de R$ 235 milhes
    na construo e revitalizao de terminais regionais em 17 municpios mineiros



    A melhoria da infraestrutura aeroporturia de Minas Gerais o destaque desta edio do programa Palavra do Governador. Nesta semana, o governador Antonio Anastasia anunciou investimentos de R$ 235 milhes nos aeroportos de 17 municpios mineiros, dando incio segunda etapa do Programa Aeroporturio do Estado de Minas Gerais (ProAero). Os recursos sero aplicados at 2014. Os aeroportos de Januria, Pirapora e Tefilo Otoni sero os primeiros a receberem as obras, estimadas em R$ 24 milhes.
    "Minas Gerais um Estado geograficamente muito grande e, por isso mesmo, h necessidade de estarmos ligados por aeroportos, para permitirmos no s a aviao regional, mas tambm a chamada aviao geral, que permite a viagem de empresrios que vo investir nessas cidades", explica Anastasia.
    O governador de Minas lembra que, de 2003 a 2011, o programa recebeu investimentos de cerca de R$ 370 milhes, dos quais R$ 50 milhes do Governo Federal. Neste perodo, foram realizadas obras em 23 terminais aeroporturios.
    Dos novos investimentos, R$ 100 milhes tero como fonte o Banco do Brasil e R$ 127 milhes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES). O restante, cerca de R$ 8 milhes, ser aportado por meio do Programa Federal de Auxlio a Aeroportos (PROFAA), vinculado Secretaria de Aviao Civil da Presidncia da Repblica o valor de R$ 8 milhes j inclui 20% de contrapartida do Estado.
    "Esses recursos j so provenientes dos emprstimos que obtivemos graas ao equilbrio fiscal de Minas Gerais, obtido ao longo dos ltimos anos. Desse modo, com muita satisfao, estamos lanando esse programa, que um programa muito importante, para permitir cada vez mais a interiorizao de nosso desenvolvimento", declara o governador.
    Nesta segunda etapa do ProAero, esto previstas, alm da construo do aeroporto de Itajub, intervenes em 16 aerdromos, como a ampliao e reforma de pistas, implantao de balizamento noturno, construo de terminal de passageiros, de ptio de aeronaves e de seo contra incndio, compra de Caminhes Contra Incndio (CCI), de instrumentos de preciso e de equipamentos das salas de controle de voos, entre outras aes.
    Antonio Anastasia tambm destacou a parceria com oGoverno Federal que, no fim de 2012, anunciou um programa de investimentos em aeroportos regionais que contemplar 33 terminais mineiros, com investimentos de mais de R$ 800 milhes. "Isso muito bom, porque significa de fato que ns teremos uma grande rede de aeroportos seguros e preparados para receber os voos que vo levar no s transporte, mas, insisto, desenvolvimento econmico para as nossas regies", completa.
    O Governo Federal tambm anunciou o plano de conceder iniciativa privada, ainda neste ano, a operao do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins.
    "Como Minas Gerais um Estado que no tem porto martimo, o aeroporto internacional para ns fundamental, por ser estratgico para o nosso desenvolvimento e especialmente para exportao de bens de alto valor agregado. A gesto privada certamente vai permitir uma nova estratgia e novos investimentos.
    Alis, o Governo de Minas h alguns anos, contratou s prprias custas um projeto muito ambicioso junto a Cingapura para fazer o chamado Master Plan. Ou seja, o plano estratgico de desenvolvimento de Confins, que permitir que esse aeroporto, pela sua localizao e pela possibilidade de aumento de sua rea construda, seja em alguns anos o aeroporto mais moderno do Brasil", conclui Anastasia.
    O Palavra do Governador pode ser reproduzido por qualquer veculo de imprensa, sem nus. O programa disponibilizado todas as quintas-feiras nas modalidades texto, udio e vdeo (em qualidade HD).
    Veja aqui a Galeria de Fotos do Palavra do Governador


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 11, 2013

    Importante. Fique atento!!!

    Secretaria do Planejamento
    prorroga inscries
    para concurso de mdico perito
    e gestor governamental


    Prazo termina dia 16 de janeiro
    e provas esto previstas para 3 de fevereiro,
    em Belo Horizonte



    Ainda d tempo de se inscrever no concurso pblico da Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto (Seplag) e Fundao Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) para mdico perito (nvel III grau A) e gestor governamental fisioterapeuta (nvel III, grau A). As inscries foram prorrogadas por mais uma semana, at 16 de janeiro, segundo aviso n 1, da Seplag, publicado na edio desta quinta-feira (10/1) do Dirio Oficial Minas Gerais.
    A remunerao inicial para o cargo de mdico perito com carga horria de 20 horas semanais de R$ 3.864,63, valor que contempla reajuste de 30,23% concedido recentemente, por meio do artigo 36 da Lei Estadual n 20.591, de 28 de dezembro de 2012. Outros dois aumentos j esto previstos pela lei, sendo o prximo em agosto deste ano, quando a remunerao inicial passar para R$ 4.251,09. Em agosto de 2014, o valor ser de R$ 4.676,20 para 20 horas semanais.
    Para o cargo de gestor governamental, a remunerao inicial de R$ 1.421,48 para 30 horas semanais. As inscries devem ser feitas pela internet, exclusivamente, endereo eletrnico www.funcab.org, onde est disponvel o edital do concurso publicado em dezembro no Minas Gerais. Aps o perodo de inscries, ficaro disponveis no site da Funcab o endereo, salas e horrio das provas.
    A data prevista para a realizao das provas objetivas 3 de fevereiro, em Belo Horizonte. Aps as provas objetivas, os aprovados passaro pela etapa de avaliao de ttulos, com carter classificatrio, que computar a experincia profissional tanto no setor pblico quanto na iniciativa privada. Mais informaes podem ser obtidas no site www.funcab.org.

    Gestor Governamental Nvel III, grau A
    Escolaridade exigida: Graduao em Fisioterapia, cumulada com ps-graduao lato sensu em qualquer rea da formao
    Carga Horria semanal: 30 h
    Remunerao Inicial: R$ 1.421,48
    Vagas ofertadas: 17
    Valor da Inscrio: R$ 70,00

    Mdico Perito Nvel III, grau A
    Escolaridade exigida: Graduao em Medicina, cumulada com ps-graduao lato sensu ou residncia mdica
    Carga Horria semanal: 20 h
    Remunerao Inicial: R$ 3.864,63
    Vagas ofertadas: 80
    Valor da Inscrio: R$ 78,00





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 11, 2013

    Colocando a mo no bolso. Vem a o IPVA!!!

    Datas de vencimento
    para pagamento do IPVA 2013
    comeam nesta segunda-feira (14)


    Desde dezembro, 506,5 mil contribuintes
    j quitaram integralmente o imposto;
    pagar vista d desconto de 3%



    Comea nessa segunda-feira (14) o pagamento do IPVA 2013 em Minas Gerais, com o vencimento da 1 parcela ou cota nica dos veculos com placas de final 1. Desde o incio de dezembro, 506.519 contribuintes j quitaram integralmente o IPVA 2013 e outros 113.518 pagaram a primeira parcela, totalizando 620.037 pagamentos efetuados.
    Em comparao com o ano de 2012, a tabela do IPVA 2013 apresentou reduo mdia de 11% da base de clculo adotada, baseada em estudos da Fundao Instituto de Pesquisas Econmicas (FIPE), e de 7,87%, se considerados os peridicos especializados do setor, circunstncia que tornam os valores adotados bem prximos da realidade do mercado de automveis. A alquota de 4% aplicada aos automveis a mesma praticada nos estados de So Paulo e Rio de Janeiro.
    Quem quitar o imposto vista, conforme a escala de vencimento pelo final da placa do veculo, tem desconto de 3%. O valor da Taxa de Renovao do Licenciamento Anual de Veculo (TRLAV), no valor de R$ 71,30, que vence no dia 31 de maro, poder ser paga no dia 1 de abril. O atraso no pagamento das parcelas do IPVA 2013 gera multa diria de 0,3% e, aps trinta dias, de 20%, com a cobrana de juros pela taxa Selic.
    O contribuinte pode pagar o IPVA 2013 diretamente nos terminais de Auto Atendimento ou nos guichs dos bancos credenciados, informando o nmero do Renavam do veculo.
    A emisso gratuita da Guia de arrecadao do IPVA poder ser feita tambm pelo site da Secretaria de Estado da Fazenda. Do total arrecadado com o IPVA, 20% sero repassados ao Fundo de Manuteno e Desenvolvimento da Educao Bsica (Fundeb) e de Valorizao dos Profissionais de Educao. Do restante, 40% sero destinados ao caixa nico do Estado e 40% para o municpio de licenciamento do veculo.
    As consultas aos valores do IPVA 2013 podem ser feitas pelo Renavam ou marca/modelo, no site da Secretaria de Estado de Fazenda ou pelo telefone 155 do LIGMINAS para todo Estado de Minas Gerais.

    Escala de vencimentos






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 10, 2013

    Reduo dos apages de 20% - diz Pedro Mateus, o mineiro de Bias Fortes- diretor de Planejamento e Expanso da Eletrobras. Ele deu entrevista ao jornal da TV do Piau. Vale conferir!!!

    Eletrobras garante que apages j reduziram 20% e troca redes
    Gestor explicou que rede atual desatualizada e nova rede protegida.

    A Eletrobras est fazendo a troca dos fios e equipamentos que compem a rede de alta tenso em Teresina. Segundo o diretor de Planejamento e Expanso da empresa, Pedro Mateus de Oliveira, os pequenos apages j diminuram em 20% com a medida.

    Ele explicou que a rede atual desatualizada e muito antiga. A rede nova protegida. "Se um galho cair em cima do fio pode passar dois ou trs dias que no haver interrupo no fornecimento", afirmou o diretor em entrevista ao Jornal do Piau.

    A substituio da rede est iniciando pelas subestaes.
    Depois ser levada ao centro e aos bairros.

    Ainda de acordo com o diretor, o procedimento demorado por conta das exigncias burocrticas. "A troca no pode ser rpida porque a legislao manda que o desligamento seja avisado com 10 dias de antecedncia e os profissionais s podem trabalhar por trs horas", comentou.

    Tarifa

    O diretor garantiu que a diminuio no valor da tarifa ser j a partir de fevereiro em todo o pas. Todas as contas tero desconto de 20%.

    Pedro Mateus de Oliveira
    DIRETOR DE PLANEJAMENTO E EXPANSO
    Empresas de Distribuio da Eletrobrs


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 10, 2013

    BRISTOL FAZ 25 anos!!!

    Rede mineira Bristol Hotels completa 25 anos de atividades e acelera crescimento
    J so operados 28 empreendimentos e, at 2015, 33 novas unidades tero investimentos de R$ 700 milhes

    A Bristol Hotels, fundada em maio de 1987 em Belo Horizonte, comemora 25 anos ideali- zando, viabilizando e administrando hotis. Nesse quarto de sculo, a empresa consolidou sua presena no mercado e deu um salto ao se aliar rede paulista Plaza inn (28 hotis 11 destinos), formando o grupo Allia Hotels.

    A Bristol Hotels conquistou tambm forte expanso no sudeste e Centro oeste, com a captao de 33 novos empreendimentos hote- leiros em minas gerais (capital e interior), es- prito santo (capital e interior), so Paulo (interior) , Rio de Janeiro (capital e interior), gois (interior), maranho (interior) e tocan- tins (capital).

    A maioria desses empreendimentos ser da categoria econmica e voltado para a clien- tela executiva, embora no conjunto de capta- o da Bristol consta um grande hotel 5 estrelas, em Belo Horizonte, e sete hotis upscales, contemplando a nova matriz de classificao, e trs hotis do segmento de lazer.

    em minas gerais, a partir de Belo Hori- zonte, ser implantado o Bristol stadium Hotel, em construo bem prximo ao com- plexo mineiro/mineirinho e que ser o pri- meiro 5 estrelas da rede, com 337 apartamentos e rea de eventos para 1.000 pessoas; o Bristol Convention Hotel, no bairro gameleira, muito prximo ao expominas, o maior centro de convenes da capital; o Bris- tol Center Hotel, um 4 estrelas com 200 apar- tamentos e rea de eventos para 400 pessoas, e o Bristol Palladium Hotel, em construo tambm na Regio Central, em frente ao sesc Paladium.

    Expanso para o Interior de Minas
    Na grande Belo Horizonte, em Betim, est previsto o Bristol Betim Hotel, tambm um 4 estrelas a ser erguido em meio a um grande complexo contemplando escritrios, residen- cial e shopping, com 162 apartamentos e salas de eventos para at 500 pessoas; em lagoa santa, a 8 km do saguo do Aeroporto inter- nacional de Confins, est sendo erguido o Bris- tol lagoa santa Hotel e em itabirito o Bristol itabirito Hotel, com 126 uHs, voltado para lazer, eventos e executivos de negcios.

    No Vale do Ao o upscale Bristol itabira Hotel, que est com suas obras bem adianta- das e os dois midscale Bristol ipatinga Hotel, em fase de acabamentos, e o Bristol monle- vade Hotel. Bem ao Norte, o Bristol montes Claros Hotel.

    No esprito santo sero mais 12 novos ho- tis, sendo dois na capital e o restante na grande Vitria e interior, incluindo um resort nas montanhas capixabas.

    o esprito santo foi o segundo estado onde a Bristol Hotels se consolidou como operadora hoteleira, principalmente em sua capital Vi- tria, a partir da qual j iniciou sua expanso. sero dois hotis supereconmicos, o Bristol easy Hotel Reta da Penha e o Bristol easy Hotel Jardim Camburi, ambos em constru- o; na grande Vitria, em Vila Velha, o Bris- tol easy Hotel Vila Velha, tambm supereconmico, e em serra o Bristol easy Hotel serra e o Bristol mestre lvaro Hotel, um supereconmico e outro midscale que sero construdos de forma geminada e tero, juntos, 213 apartamentos.

    Bem ao Norte, no balnerio de Concei- oda Barra, est em fase final de acabamen- tos o c Bristol Cricar Hotel; em so mateus o

    Jos Adalto Silva, presidente de Bristol Hotels
    Bristol easy Hotel; em linhares o Bristol easy Hotel e em Aracruz o Bristol easy Hotel.
    Ao sul do estado sero dois em Cachoeiro de itapemirim, um supereconmico, o Bristol easy Hotel e um midscale, o Bristol Cachoeiro Hotel; nas montanhas, em domingos martins, ser o Bristol Vista Azul Hotel, podendo aten- der at 400 pessoas. seu lanamento como negcio imobilirio (hotel e segunda residn- cia) ocorreu no ms passado em Vitria, com ampla repercusso no mercado, no s pela beleza do projeto, mas pela representativi- dade que ter na regio das montanhas.
    Bristol chega capital fluminense

    A cidade do Rio de Janeiro tambm foi conquistada, com a construo em curso do Bristol easy Hotel lapa/Rio, no cora. A ex- panso prossegue em maca; depois, em Cam- pos. No Norte e Nordeste a Bristol se estabelecer ainda em Palmas (to), erguendo o Bristol Palmas Hotel, um midscale de 156 apartamentos e, ainda, o Bristol easy Hotel - imperatriz, no maranho.

    J no interior de so Paulo, o grupo Allia Hotels estar acrescentando mais hotis sua grade futura, com trs projetos de empreen- dimentos econmicos em Roseira, sorocaba e Ribeiro Preto.
    sero os hotis All inn Roseira, All inn sorocaba e All inn Ribeiro Preto, da ban- deira econmica da Allia.
    Em busca da excelncia

    em cada empreendimento que passa a fazer parte da Bristol Hotels, os detalhes de operao e atendimento so tratados de forma singular, buscando, mais do que a ex- celncia, surpreender os hspedes com a qua- lidade em tudo que ele toma contato desde a hora em que ele chega at o momento de volta para seu destino.
    Nesse contexto, a Bristol possui a certifi- cao de qualidade iso 9001:2008 em todos os seus hotis, garantindo ao hspede as me- lhores condies no que diz respeito a servios e atendimento.

    Ao assumir a presidncia no final de 2009, reestruturamos a empresa, mantivemos a con- fiana dos investidores com resultados expres- sivos e focamos seu desenvolvimento, por entender o momento como ideal. e todas as nossas expectativas foram superadas, afirma Jos Adalto silva, presidente da Bristol Hotels.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 9, 2013

    Royalties do perrleo para a sade!!!

    Provedor da Santa Casa BH
    defende que royalties do petrleo
    sejam destinados tambm para a sade

    Belo Horizonte, janeiro de 2013 O provedor da Santa Casa BH e vice-presidente da Confederao das Santas Casas de Misericrdia, Hospitais e Entidades Filantrpicas (CMB), Saulo Levindo Coelho, continua empenhado na discusso para que parte dos royalties do petrleo tambm sejam destinados sade. A proposta vem recebendo apoio de empresrios e deputados federais.

    Publicada no final do ano passado pelo Governo Federal, a Medida Provisria 592/2012 prev que um percentual dos royalties, recolhidos em futuros contratos de produo de petrleo, sejam destinados somente educao. Na reunio da diretoria executiva da CMB, realizada em dezembro de 2012 em Braslia, o provedor ressaltou a necessidade de investimentos na sade pblica e seus benefcios para a populao que utiliza o Sistema nico de Sade.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 9, 2013

    Gibi da Lei Maria da Pwnha verso para computador!!!

    Lei Maria da Penha ganha verso indita e educativa
    para jogo de computador
    A expectativa alcanar os mais de 3 milhes de estudantes
    do ensino fundamental e mdio da rede pblica de Minas Gerais

    Gibi faz parte da campanha "Maria da Penha vai s Escolas", lanado em 2012 pela Sedese

    O Projeto Maria da Penha vai s Escolas vai virar jogo de computador, com uma linguagem popular, ldica e divertida, com foco nas crianas e adolescentes com idade entre 6 e 17 anos.

    O piloto da iniciativa ser lanado no segundo semestre deste ano e tem como objetivo construir uma cultura de respeito e valorizao da mulher, contribuindo para acabar com as prticas machistas, racistas e demais manifestaes preconceituosas.

    A expectativa alcanar os mais de 3 milhes de estudantes do ensino fundamental e mdio da rede pblica de Minas Gerais e os mais de 9 mil profissionais da educao, que vo ser capacitados para o manuseio do software no cotidiano escolar.

    O projeto foi selecionado como destaque, em 2012, a partir do Ciclo de Inovao promovido pelo Ncleo Central de Inovao e Modernizao Institucional, da Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto (Seplag), e ser transformado em um software educativo.

    Entre 85 projetos, fomos contemplados entre os quatro selecionados pela Seplag. De forma interativa, por meio do computador, a criana vai conseguir ter acesso a essa forma atual de desenvolver a conscientizao nas escolas, destaca secretrio de Estado de Desenvolvimento Social, Cssio Soares.

    Lanado em agosto de 2012 pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), o projeto Maria da Penha vai s Escolas alcanou mais de 40 mil alunos em 52 municpios mineiros.

    A iniciativa, realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Educao (SEE), busca despertar nos jovens a importncia das questes ligadas aos direitos humanos, especialmente as que envolvam o combate violncia contra a mulher.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 8, 2013

    Decolando!!!

    Anastasia anuncia R$ 235 milhes
    para construo e revitalizao
    de aeroportos regionais


    Segunda etapa do Programa Aeroporturio
    de Minas Gerais (ProAero) prev obras
     em 17 municpios mineiros em 2013 e 2014



    O governador Antonio Anastasia anunciou nesta tera-feira (8), no Palcio Tiradentes, investimentos de R$ 235 milhes para a melhoria da malha aeroporturia de Minas Gerais, este ano (2013) e em 2014, dando incio segunda etapa do Programa Aeroporturio do Estado de Minas Gerais (ProAero).
    Na ocasio, ele assinou despacho governamental determinando a emisso de ordem de servio para incio das obras de reforma nos aeroportos de Januria, Pirapora e Tefilo Otoni, que somam R$ 24 milhes.
    Outro despacho governamental autorizou licitao de obras em Itajub, Patos de Minas, Governador Valadares, Almenara e Caxambu, no montante de R$ 117,6 milhes; licitao de projetos executivos para a reforma e ampliao dos aeroportos em Par de Minas, Serro, Trs Coraes e Poos de Caldas, cujas obras esto estimadas em R$ 42,3 milhes; e licitao de estudos de viabilidade e projetos executivos para reforma e ampliao dos aeroportos de Itambacuri, Muria e Pouso Alegre, com estimativa de investimentos de R$ 43,2 milhes, em obras.
    Tambm est includa nesse despacho autorizao para a aquisio de equipamentos para os aeroportos de Diamantina, Patos de Minas e So Joo Del Rey (R$ 8,5 milhes). As intervenes vo beneficiar diretamente 17 municpios.
    Antonio Anastasia salientou que os recursos da segunda etapa do ProAero fazem parte de um total investimentos do Governo de Minas, de R$ 8 bilhes, a ser aplicado nos prximos anos, em diversas aes e polticas pblicas.
    "Minas Gerais se empenhou muito desde o incio do governo Acio Neves para colocar em ordem e em dia as nossas finanas pblicas. Graas a esse esforo vigoroso, Minas alcanou um patamar de reconhecimento nacional e internacional. E pode, graas ao equilbrio financeiro, receber do Governo Federal um limite de crdito para levantar recursos junto a bancos brasileiros e internacionais para fazermos um vigoroso, indito, auspicioso e empreendedor programa de investimentos. Teremos, nos prximos dois anos, cerca de R$ 8 bilhes para investimentos no Estado nas mais diversas frentes e setores: estradas, aeroportos, habitao, saneamento, segurana, sade. Todas as polticas pblicas recebero alocao de recursos do Estado", afirmou.
    O governador tambm destacou a importncia de investir em infraestrutura aeroporturia em Minas, estado com o maior nmero de municpios, segundo em populao e quarto em extenso territorial.
    "Minas precisa de uma boa infraestrutura para levar o transporte e o desenvolvimento aos mineiros. A existncia de aeroportos regionais, em boas condies, permitir cada vez mais a expanso da nossa linha de aviao regional. O fundamental que esses aeroportos tambm sirvam como portal de atrao de empresas. E essa nossa obsesso: gerar empregos, riqueza, prosperidade e desenvolvimento", completou.
    A prefeita de Almenara, Fabiany Ferraz, falou em nome dos prefeitos presentes solenidade. Ela lembrou que, desde 2003, o Governo de Minas investiu R$ 369 milhes no programa de melhoria dos aeroportos regionais, com realizao de obras em 23 terminais aeroporturios. "Este novo recurso ampliar nossa malha aeroporturia, tornando, assim mais fcil o acesso de transporte para os mineiros. O Estado de Minas tem mostrado excelentes resultados para a populao", afirmou.
    Ampliao e reforma
    As intervenes vo beneficiar diretamente 17 municpios e incluem ampliao e reforma de pistas, implantao de balizamento noturno, construo de terminal de passageiros, de ptio de aeronaves e de seo contra incndio, compra de Caminhes Contra Incndio (CCI), de instrumentos de preciso e de equipamentos das salas de controle de voos, entre outras aes. O Departamento de Obras Pblicas, vinculado Secretaria de Transportes e Obras Pblicas (Setop), ficar responsvel pela contratao dos servios.
    Dos novos investimentos, R$ 100 milhes tero como fonte o Banco do Brasil e R$ 127 milhes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES). O restante, cerca de R$ 8 milhes, ser aportado por meio do Programa Federal de Auxlio a Aeroportos (PROFAA), vinculado Secretaria de Aviao Civil da Presidncia da Repblica. O valor de R$ 8 milhes j inclui 20% de contrapartida do Estado.
    Continuidade ao ProAero
    Com estes investimentos, o Governo de Minas d continuidade ao Programa Aeroporturio do Estado de Minas Gerais (ProAero), que busca a adequao, ampliao, melhoria e revitalizao da malha aeroporturia do Estado, objetivando dar acesso aerovirio a todas as regies de Minas. Essa malha constituda por 93 aerdromos, dos quais 14 com aviao comercial regular: Aeroporto Internacional Tancredo Neves, Pampulha, Montes Claros, Uberlndia, Uberaba, Governador Valadares, Ipatinga, So Joo Del Rei, Varginha, Arax, Patos de Minas, Diamantina, Juiz de Fora (Serrinha) e Presidente Itamar Franco (Zona da Mata).
    De 2003 a 2012, o programa recebeu investimentos de R$ 369 milhes, dos quais R$ 50 milhes do Governo Federal. Foram realizadas obras em 23 terminais aeroporturios: Arax, Capelinha, Cludio, Curvelo, Diamantina, Divinpolis, Frutal, Governador Valadares, Guanhes, Guaxup, Ituiutaba, Iturama, Lavras, Manhuau, Passos, Piumhi, Poos de Caldas, So Joo Del Rei, Oliveira, Ouro Fino, Ub, Viosa e Aeroporto Regional da Zona da Mata.
    Clique aqui e veja as intervenes especficas por municpio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 8, 2013

    Dengue em Montes Claros preocupa. Leia matria enviada pelo jornalista Fabiano Fagundes


    Prefeito recm-empossado de Montes Claros vtima do surto de dengue na cidade - Ruy Muniz (PRB) anunciou em uma rdio local que contraiu a doena, mas continua trabalhando normalmente. Filas em hospitais e postos de sade da cidade aumentam a cada dia. - Montes Claros, no Norte de Minas, enfrenta um surto de dengue. O prprio prefeito recm-empossado da cidade, Ruy Muniz (PRB), uma das pessoas contaminadas pela doena, conforme declarao dele a uma rdio da cidade no ltimo fim de semana.

    No entanto, o chefe do executivo continua trabalhando normalmente, segundo a sua assessoria. Nos ltimos dias, aumentaram as filas nos hospitais e postos de sade da cidade, com pessoas reclamando que vrios integrantes de sua famlias esto com o sintoma da febre.

    O secretrio municipal de Sade, Geraldo Edson de Souza Guerra, disse que ainda est resultado de novo Levantamento de ndice Rpido do Aedes Aegypti (Liraa) na cidade, j iniciado. Mas, admitiu que a cidade vive realmente um surto da dengue.
     
    "Andei por vrias partes da cidade e recebi reclamaes dos moradores com sintomas da dengue em diferentes bairros", informou Geraldo Edson. Na segunda-feira,juntamente com equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), ele esteve no bairro Renascena, uma das regies mais afetadas.

    O secretrio anunciou que a Prefeitura prepara um mutiro contra a dengue para retirar o lixo das ruas e dos lotes vagos, com o objetivo de acabar com os focos do mosquito transmissor. A Municipalidade tambm solicitou o apoio do Governo do Estado, visando reforar o combate aos focos com pulverizao - o "fumac". Alm do trabalho de 123 agentes de sade, a administrao municipal quer contar com o apoio da populao.

    "`Pedimos aos moradores que nos avisem sobre a localizao das ruas e residncias com mais casos de dengue, a fim de que possamos fortalecer o combate nos locais e interromper a transmisso da doena", afirmou Geraldo Edson, lembrando que 80% dos focos do mosquiot Aedes Aegypti esto dentro dos domiclios. De acordo com Centro de Controle de Zoonoses, durante o ano de 2012 foram notificados 836 casos da molstia na cidade.
     
    O nmero um pouco inferior ao registrado em 2011 (857 notificaes). Porm, a preocupao com o aumento dos casos dos ltimos dias, decorrente das ltimas chuvas, registradas em novembro e incio de dezembro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 8, 2013

    Impacto no TURISMO. Flash do balano dos trabalhos na Assemblia de Minas em 2012. Confira!!!

    Um projeto importante foi transformado na Lei 20.341, que determina que hotis, pousadas, penses e outros meios de hospedagem localizados no Estado mantenham ficha de identificao das crianas e dos adolescentes que neles se hospedarem. A norma foi criada para auxiliar no combate explorao sexual e violncia contra crianas e adolescentes no Estado, com a identificao dos agressores e agenciadores e, at mesmo, na localizao de crianas e adolescentes desaparecidos.
    Tambm merece destaque a Lei 20.379, que promoveu alteraes relativas cobrana de emolumentos e taxa de fiscalizao judiciria. Entre as mudanas promovidas por essa lei esto prever isenes e redues de emolumentos e Taxa de Fiscalizao Judiciria para imveis adquiridos ou financiados pelo beneficirio do Promorar-Militar e do Programa Minha Casa, Minha Vida; e alterar as diversas tabelas que compem o Anexo da Lei. Houve, ainda, incluso de novas disposies, a fim de, por exemplo, prever isenes relativas expedio de certides requisitadas pelo Juzo Eleitoral e por rgos pblicos.
    A Lei 20.470, que institui o Dia do Barroco Mineiro, a ser comemorado anualmente no dia 18 de novembro, fruto de um projeto aprovado no ltimo ms de novembro. Na nova data devero ser realizadas, anualmente, atividades que valorizem, preservem e divulguem o patrimnio histrico, artstico e cultural associado ao barroco mineiro, obra de Antnio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, e aos demais artistas desse estilo.
    A ALMG j formalizou parceria com Governo do Estado e a Assembleia para elaborao de um guia que vai sugerir as principais cidades barrocas mineiras, aps levantamento da Secretaria de Estado de Turismo, e integrar os programas promovidos oficialmente pelo governo ao turista estrangeiro que visitar o Pas na Copa de 2014.
    Desdobramentos Matrias importantes aprovadas no ano passado, tiveram desdobramentos importantes em 2012. Um exemplo a Emenda Constituio 86, de 2011, que inclui a erradicao da pobreza e a reduo das desigualdades sociais e regionais como um dos objetivos prioritrios do Estado de Minas Gerais. J o Fundo de Erradicao da Misria, criado pela Lei 19.990, tambm de 2011, j recebeu recursos da ordem de R$ 200 milhes para financiar programas e aes para combater a pobreza extrema at 2015.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 8, 2013

    Mudana no comando da Anglo American - diz portal do IBRAM - que presidido pelo competente engenheiro, Fernando Coura - mineiro de Dom Silvrio.

    Companhia, que acaba de vender unidade no Amap,
    quer substituir CEO Cynthia Carroll



    A mineradora Anglo American est perto de contratar Mark Cutifani, o CEO da rival AngloGold Ashanti, como seu novo presidente, disseram duas fontes familiarizadas com a situao. Cutifani deve substituir Cynthia Carroll, que disse em outubro que renunciaria ao cargo de CEO sob presso dos investidores por causa da queda no valor das aes e greves na frica do Sul.


    Cutifani o favorito e um anncio poderia vir antes de meados de janeiro, disse uma das fontes, mas nenhuma deciso final foi tomada. Caso seja contratado, ele seria apenas o segundo no sul africano a dirigir o grupo, depois de Carroll,no que analistas e investidores dizem que um dos trabalhos mais difceis no setor de recursos minerais.


    A Anglo American se recusou a comentar. A AngloGold no foi imediatamente contatadas para comentar.


    Na sexta passada, a Anglo American chegou a um acordo para vender 70% de sua operao de minrio de ferro no Amap para a Zamin Ferrous Ltd. A Cliff Natural Resources, scia da Anglo nesse complexo, com os 30% restantes, tambm vendeu sua participao. O anncio foi feito por meio de um comunicado, emitido pela sede da companhia vendedora, em Londres.Detalhes sobre valores da venda no foram divulgados.


    A venda ainda precisa da aprovao regulatria, ressaltou a Anglo, que no ano passado tinha avaliado a mina em US$ 1,5 bilho. Segundo a companhia, a mina foi adquirida em 2008 mesmo ano da aquisio do projeto Minas-Rio,atualmente o maior da companhia voltado para o minrio de ferro, com capacidade para produzir 26,5 milhes de toneladas da matria prima por ano.


    Brasil Econmico

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 8, 2013

    Economia. A palavra da vez INOVAO!!! Diz ministro de Cincia e Tecnologia.

    Legislao deve mudar para favorecer interao entre setores pblico e privado, afirma Raupp





    Em debate no ENAI, ministro de Cincia e Tecnologia defendeu o fortalecimento das parcerias entre empresas e universidades e disse que o cenrio brasileiro em inovao promissor


    O ministro de Cincia e Tecnologia, Antnio Raupp, defendeu mudanas na legislao brasileira para promover interao entre empresas pblicas e privadas em projetos de pesquisa. A declarao foi dada durante o 7 Encontro Nacional da Indstria (ENAI), organizado pela Confederao Nacional da Indstria (CNI), em Braslia. Segundo ele, a relao entre as duas esferas permitiria avanos importantes em inovao, mas a legislao no est plenamente estabelecida. Entendo que estamos em uma bela fase para deslanchar. No estamos no marco zero, estamos no meio do caminho com perspectiva de andar, disse com otimismo.

    Segundo Raupp, programas do governo de apoio inovao, que contaram com recursos da Fundao de Apoio a Pesquisa, Ensino e Extenso (Finep) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES), estimularam, por exemplo, a cooperao entre empresas e universidades. Esse na avaliao do ministro um caminho importante para fortalecer a pesquisa e o desenvolvimento no pas. Joo Alberto Denegri, diretor de Inovao da Finep, observou que h uma reao muito positiva por parte dos empresrios em relao a essas polticas.

    Cerca de 2,3 mil empresas realizam pesquisa e desenvolvimento no Brasil. Desse total, entre 700 e 800 possuem laboratrios, muitas delas em parceria com universidades. So caractersticas que apontam desenvolvimento, argumentou Denegri, que defendeu maior integrao entre as diferentes estratgias de governo, como unir em um mesmo programa linhas de crdito, subveno, financiamento, entre outros. Isso algo novo e que devemos explorar mais, afirmou.

    Presidente da Cristlia, empresa do setor farmacutico, Ogari Pacheco, lembra que a relao entre empresas e universidades, apesar dos bons resultados, muitas vezes conflituosa devido a distancia entre os interesses acadmicos e corporativos. Construmos um conceito cientfico muito voltado captao de projetos e pouco ao desenvolvimento, critica.

    A indstria farmacutica brasileira, de acordo com Pacheco, vive um cenrio econmico positivo, de aumento de demanda, principalmente por parte do governo federal. Contudo, os produtos so fabricados no Brasil a partir de princpios ativos importados. As matrias-primas chinesas e indianas so muito competitivas. Mas enquanto houver mercado haver investimento, diz. A Cristlia investe 7% do seu faturamento em pesquisa e desenvolvimento.

    O debate Poltica Industrial e Tecnolgica: Qual o balano? contou ainda com a presena do secretrio-executivo do Ministrio de Desenvolvimento, Indstria e Comrcio (MDIC), Alessandro Teixeira, e do presidente da Associao Brasileira da Indstria de Plstico (Abiplast), Jos Ricardo Roriz Coelho. O ENAI vai at amanh, 6 de dezembro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 7, 2013

    Turismo: coloque na agenda!!!

    XXIII Prmio MG TURISMO e XVII Trofu Mulher Influente sero no Ouro Minas Palace Hotel dia 13 de maio de 2013




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 7, 2013

    Digno do livros dos recordes!!!

     

    Recorde no Poder Legislativo

    Amarilio Andrade
    assume a Cmara Municipal de Barbacena
    pela 12 vez

    Vereador eleito por unanimidade tambm o que mais empossou prefeitos: Vicente Arajo, Martim e Toninho Andrada


    O vereador Amarlio de Andrade (PSC) acumulou recordes na noite de posse nos poderes Legislativo e Executivo. Ao ser eleito para presidente foi o nico da chapa que obteve 15 votos, a unanimidade entre seus pares. Ao tomar posse como presidente, se tornou o barbacenense que mais ficou frente da Mesa Diretora, com 12 mandatos. Ele superou Fernando Victor de Lima e Costa que havia presidido a Casa por 11 mandatos.

    Ao dar posse ao prefeito Toninho Andrada, ele se tornou tambm o presidente que mais empossou o chefe do Poder Executivo. Em 1977 quando foi presidente pela primeira vez, Amarlio empossou Vicente Arajo como prefeito. Em 2005, novamente como presidente do Poder Legislativo, deu posse a Martim Andrada e agora em 2013, no seu 12 exerccio da presidncia, empossou Toninho Andrada, como prefeito e Mrio Raimundo de Melo como vice-prefeito.

    O vereador, que advogado e professor, fez um discurso lembrando sua trajetria poltica em quatro dcadas de atuao na Cmara Municipal que o levou a ser eleito vice-prefeito e convidado para cargos no governo de Minas Gerais. Ele dedicou suas vitrias e seus recordes, ao povo, sua famlia, e Deus que meu deu foras para vencer um cncer e me d energia para construir o primeiro hospital para portadores de neoplasias malignas em Barbacena, declarou.

    Para o cargo de vice-presidente do Legislativo, foi eleito o vereador Carlos Alberto S Grise, na funo de secretrio da mesa, o vereador Tadeu Jos Gomes e para tesoureiro foi eleito o vereador Jos Jorge Emdio.

    A nova mesa diretora foi eleita durante a cerimnia de posse dos 15 vereadores eleitos em outubro passado, para a legislatura 2012/2016.

    De acordo com o presidente, Amarlio Andrade, a Cmara Municipal ter sesses extraordinrias nos dias 09, 10 e 11 de janeiro. As reunies sero para atender a convocao do prefeito Toninho Andrada e tem por objetivo a deliberao do Legislativo a respeito da reforma administrativa proposta pelo prefeito neste ms de janeiro.

    Darcy Emdio

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Janeiro 7, 2013

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS



    Em Juiz de Fora dando uma volta como carona no PUMA 78
    do meu amigo jornalista Kaka Guilhermino.
    78 HPs de potncia e adrenalina.






    Cabelos ao vento.
    No PUMA do Kak em Juiz de Fora.


    Foto: Cabelos ao vento. No PUMA do Kak em Juiz de Fora. Em tempo: escrev Pulmann. Errado.  PUMA ( felino tipo uma ona).







    Um pouco da histria do
    PUMA 
    O FELINO BRASILEIRO!!!


    No foi o primeiro conversvel nacional que foi fabricado em srie, mas era a nica opo, pois o Karmann Ghia tinha deixado de ser fabricado nesta verso. O Puma foi o segundo. Esta capota foi motivo de muitas crticas por parte dos proprietrios. Quando chovia era difcil dizer se tinha mais gua l fora do que dentro. Isto com a capota fechada de vedao precria. A estrutura tambm merecia crticas.
    O modelo fechado j era barulhento, principalmente nas verses com motor mais bravo. Ouvia-se o trabalho de respirao dos carburadores como se ele estivesse no habitculo. Era difcil conversar l dentro se a velocidade era alta l fora.
    No modelo aberto a estrutura balanava bastante, principalmente as portas. Estes problemas foram amenizados no decorrer dos anos. As cores eram berrantes variando do verde, amarelo, vermelho. E o aeroflio preto posicionado na traseira no era nem um pouco discreto. Este adorno um tanto quanto desnecessrio no ficaria por muito tempo. Pesava o conjunto harmonioso do spyder. A produo total dos esportivos elevava-se ano a ano e em 1973 chegou na casa dos 800 veculos.

    Em 1972 foi exposto no salo do automvel o Puma GTO que mais tarde teria seu nome trocado para GTB. Na fase de testes o nome de cdigo era P8, usava o timo motor Chevrolet 3,8 litros de 125 HP SAE. A carroceria era diferente da definitiva. J existia o Pontiac GTO, modelo bravo americano do grupo GM talvez por isso a troca do nome.
    Debaixo do cap do GTB estava o j consagrado e potente motor que equipava os Chevrolet Opala Gran Luxo e SS. Era o seis cilindros em linha e 4,1 litros e 140 HP SAE a 4000 rpm. A carroceria tambm era de fibra de vidro com a frente bem longa e a traseira curta. Grade do radiador com dois frisos horizontais, grupo tico tambm dos Opalas.
    As cores metlicas como o prateado e o dourado eram as preferidas. Os vidros verdes, bancos e volante esportivos faziam parte dos itens de srie. Como o irmo menor era ideal para duas pessoas e o espao atrs poderia ser utilizado apenas para pequenos percursos. A instrumentao do painel era bem completa e trazia velocmetro, conta-giros, voltmetro, relgio de horas e marcadores de temperatura do leo e da gua.
    Vinha equipado com rodas exclusivas da Puma Os pneus tambm eram novidade no mercado nacional, o Pirelli E70. Era um carro esporte bonito e imponente. Tinha fila de espera para compr-lo. Mas seu desempenho no era muito superior se comparado aos Opalas, Dodge Dart e Charger da poca. Estes eram mais baratos que ele.
    O GTB s era mais barato que o Ford Landau que era o carro mais caro da poca. Um ano depois chegaria o Maverick GT para entrar na briga.
    A velocidade mxima era de 171 km/h e fazia de 0 a 100 km/h em 12,5 segundos. Media 4,3 m de comprimento e pesava cerca de 950 kg.
    A nica mudana sofrida at 1978
     foi a mudana de frisos verticais na grade
    e passou a adotar o motor 250-S
    para torn-lo mais esperto.
    E
    ste modelo, nem seu sucessor no foram exportados.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 6, 2013

    Mariana Vidigal Amaral colou grau em Odontologia em Juiz de Fora. Foi pela Faculdade Suprema. Formatura foi realizada em clima descontrado no elegante Cine Thetro Central um dos cinco melhores palcos do pas.




    Cine Theatro Central o espetacular palco da turma de 27 odontlogos da Suprema.
    Entre eles Mariana Amaral.



    A nova cirurgi dentista Mariana Amaral
    que colou grau pela Faculdade Suprema de Juiz de Fora:
    a av dela, dona Conceio e o pai Chiquinho Amaral, meu irmo.
    Foto: A nova cirurgi dentista Mariana Amaral que colou grau pela Faculdade Suprema de Juiz de Fora: a v dela, dona Conceio e o pai Chiquinho Amaral, meu irmo.

    Mariana Vidigal Amaral colou grau pela Faculdade Suprema de Juiz de Fora
    em Odontologia.
    Desejo sucesso!!!






    Na colao de grau da cirurgi dentista Mariana Amaral em Juiz de Fora
    - ela se Barbacena: JCA, a decoradora Cida Amaral
    e as primas Mariana Amaral
    e a Engenheira Ambiental Natlia Amaral.


    Na colao de grau da cirurgi dentista Mariana Amaral em Juiz de Fora
    - ela se Barbacena: JCA, a decoradora Cida Amaral
    e as primas Mariana Amaral
    e a Engenheira Ambiental Natlia Amaral.












    Helena, a cirurgi dentista Mariana Amaral
    e o empresrio Luiz Paulo(Neca) Amaral












    Minha irm Maria Jos prestigiou a formatura
    de Mariana Amaral.












    As primas vestiram a faixa
    com o nome da formanda Mariana Amaral.
    Em plena rua Halfeld centro de Juiz de Fora.









    A aniversariante Vitria Amaral e JCA.
    Sou padrinho e tio dela. Parabns pelo nver!!!!








                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 6, 2013

    Tio JOVINO PONCIANO FEZ 90 anos e comemorou em grande estilo. Em Juiz de Fora um exemplo de longevidade com lucidez e bom humor!!!



    Jovino Ponciano meu tio fez 90 anos.
    A com a filha Angela Maria.




    Foto: Jovino Ponciano comemora os 90 anos dele em festa com a famlia em Juiz de Fora.








    Na festa de 90 anos de Jovino Ponciano em Juiz de Fora.
    Meu tio chega aos noventa com lucidez e bom humor.
    Felicidades!!!









    Nos 90 anos de Jovino
    Ponciano em Juiz de Fora:
    JCA, Jovino Ponciano e a decoradora Cida Amaral








                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 6, 2013

    A hora e a vez do talento

    Abertas as inscries
    para o 4 Prmio SES de Jornalismo


    Podem ser inscritos materiais jornalsticos produzidos
    entre 1 de outubro de 2012 e 18 de fevereiro de 2013


    Com o tema "Dengue tem que acabar. hora de todo mundo agir: experincias positivas no combate ao mosquito Aedes aegypti em Minas Gerais", a Secretaria de Estado de Sade abriu as inscries para 4 Prmio SES de Jornalismo. Com abragncia nacional, a iniciativa vai premiar os profissionais de comunicao que trabalharam com o tema.
    O Prmio SES-MG de Jornalismo tem como objetivo estimular a publicao de matrias relativas aos programas do Sistema nico de Sade (SUS), bem como reconhecer e premiar os trabalhos jornalsticos que se destaquem por tornarem acessveis ao pblico informaes sobre o SUS.
    Sero premiadas sete categorias: jornal, revista, rdio, televiso, fotografia, mdia digital (contedo jornalstico postado em meios ou plataformas digitais) e acadmico de jornalismo. A premiao de R$ 5 mil. Concorrem ao prmio as coberturas sequenciais de eventos ou outras formas de publicao veiculadas no perodo de 1 de outubro de 2012 a 18 de fevereiro de 2013.
    O candidato dever se inscrever por meio do envio dos documentos comisso de julgamento via sedex at o dia 18 de maro de 2013, data limite para postagem.
    Endereo: A/C Comisso de Julgamento do "4 Prmio SES/MG de Jornalismo" Rodovia Prefeito Amrico Gianetti, s/n (Assessoria de Comunicao Social), Bairro Serra Verde, CEP: 31630-901- Belo Horizonte, Minas Gerais.
    Clique aqui para acessar o edital.
    Mais informaes podem ser obtidas atravs do email
    premio@saude.mg.gov.br ou pelos telefones: (31)3916-0614 / 0615 / 0616 / 0617.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 6, 2013

    Turismo: coloque na agenda!!!

    Novos prazos para projeto de promoo do Turismo

    Foto

    O prazo para envio de projetos para concorrer s linhas de financiamento do Programa de Turismo de Negcios e Eventos de Belo Horizonte foi ampliado.

    Os interessados tero at o dia 15 de janeiro de 2013 para enviarem seu projeto referente linha 1, Criao de Diferenciais Competitivos e at 31 outubro de 2013 para as demais linhas.

    A poltica formada por 5 linhas de apoio e podem ser acessadas pelo site www.turismodenegociosbh.com.br, na aba Poltica de Apoio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 6, 2013

    Defensoria Pblica em Ub participou de posse do prefeito reeleito Vadinho Baio

    No municpio de Ub, na Zona da Mata, o defensor pblico Srgio Augusto Riani do Carmo, representou a Instituio na posse do prefeito reeleito Vadinho Baio e de seu vice, Eduardo Vieira e dos vereadores da cidade. Para presidir a Cmara Municipal de Ub no binio 2013-2014, foi eleita a vereadora Rosngela Alfenas.


    posse uba2

    Defensor Pblico Srgio Riani e demais autoridades de Ub,
     durante a sesso que deu posse ao prefeito reeleito Vadinho Baio.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 6, 2013

    Economia

    Indstria mineira cresce acima da mdia nacional

    A produo industrial em Minas Gerais, at outubro de 2012, apresenta resultado modesto, mas bem superior mdia brasileira. Dados do Balano da Economia Mineira e Brasileira, divulgados nesta quarta-feira, 20 de dezembro, pela Fiemg, mostram que a indstria geral do estado cresceu 0,3% no acumulado de janeiro a outubro, enquanto a nacional registrou menos 1,1%.

    Em Minas, a indstria de transformao cresceu 1,03% nos dez primeiros meses deste ano, contra uma queda de 3,01% do Brasil, no mesmo perodo. De acordo com o presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior, a produo industrial brasileira dever cair 2,3% em 2012 e em Minas este indicador dever crescer perto de 1,0%.

    O resultado para a indstria, tanto brasileira quanto mineira, em 2012 foi muito tmido, apesar do consumo de uma srie de bens industriais ter apresentado crescimento bem maior, disse Olavo Machado Junior.

    Segundo ele, os setores que se destacaram em Minas Gerais e que explicam o melhor desempenho industrial no estado foram a indstria de alimentos, que deve fechar o ano com pequeno crescimento, frente a uma queda superior a 2% no Brasil, refino de petrleo e lcool (crescimento de 5,8% at outubro), produtos qumicos (19,9%), produtos de metal (5,8% at outubro) e veculos automotores, que no perodo citado j acumulou crescimento de 3,5% em Minas contra uma queda de 13,8% no Brasil.

    As expectativas para 2013, porm, so positivas. Os empresrios esperam com otimismo que as medidas de estimulo economia anunciadas pelo governo surtam efeitos mais concretos a partir do ano que vem. H uma inrcia natural a ser vencida at que as mudanas sejam sentidas, avaliou o presidente da Fiemg.

    Entre elas est, por exemplo, a desonerao da folha de pagamentos das empresas, a reduo das tarifas de energia e o incentivo atividade porturia. A estimativa que o faturamento da indstria mineira aumente 4,7% em 2013. As estratgias do Sistema Fiemg para chegar a esse resultado baseiam-se, principalmente, em dois pilares: apoiar a retomada da competitividade, agregando valor aos produtos mineiros, e investir na qualificao dos trabalhadores.

    A partir de janeiro de 2013, um novo documento, lanado pela entidade, passar a divulgar, mensalmente, anlise da economia mineira e brasileira e seus efeitos sobre a indstria do estado.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Janeiro 6, 2013

    Rota Turstica da cachaa

    5 EDIO DO CACHAA GOURMET COMEOU !!!
    Rota turstica da cachaa a grande novidade desse ano


    De hoje at o dia 3 de fevereiro, Belo Horizonte recebe a 5 edio do Festival Cachaa Gourmet, que neste ano conta com a participao de 34 restaurantes e 40 marcas de cachaa. A novidade desta edio a Rota da Cachaa, passeio que ser oferecido ao pblico, com o objetivo de apresentar o processo de produo e envelhecimento das principais cachaas mineiras.

    So trs opes de roteiros, sendo eles: uma oficina de coquetis base de cachaa; uma visita a algumas fazendas produtoras de cachaa em Minas e um roteiro que inclui visita s fazendas e oficina sobre a elaborao de pratos e drinques base de cachaa. O preo dos roteiros varia entre R$ 78 e R$ 135, por pessoa. A iniciativa desenvolvida em parceria com a Operadora e Receptivo de Turismo Happy Travel e com a Libertas Turismo Receptivo e os interessados podero agendar o roteiro, que ser fechado com o mnimo de dez pessoas. Os participantes podero ainda degustar pratos e drinques dos restaurantes participantes, que foram elaborados, exclusivamente, para o festival, tendo a cachaa como um dos ingredientes.

    Cada restaurante vai utilizar uma marca diferente de cachaa, de modo que o pblico tenha a oportunidade de conhecer vrias marcas da bebida. A melhor criao ser eleita pelo pblico e por um jri especializado, que votar nos quesitos: sabor, harmonizao, apresentao, criatividade e originalidade.

    O objetivo do Festival difundir a cachaa como um ingrediente que pode dar sabor especial aos pratos, alm de exaltar a importncia dessa bebida genuinamente brasileira, e fomentar o mercado.

    O Cachaa Gourmet conta com patrocnio da Krug Bier, e com apoio da Ampaq, do Clube Mineiro da Cachaa, da Agncia Libertas, do BHC&VB, do SINDHORB, do Cachaa Express, do Chef a Chef, do BH Eventos, do Turismo de Minas e da Primeiro Plano Comunicao.

    Restaurantes/ Pratos/ Cachaas

    - Amarelim: Coxinha Cobiada - Cachaa Cobiada Ouro
    - Asa Grill: Pinga no Lombo Cachaa Dona Beja
    - Bar do Bigode: Lombinho na Senzala, Cachaa Senzala
    - Bar do Joo: Cachaa no Lombo Cachaa Poes
    -Butiquim Medalho e Cia: Galop Cambaleante Cachaa Coluninha
    - Butiquim Ouro Preto: Isca de Fil Flambado - Cachaa Guaraciaba Premium
    - Butiquim Seu Jorge: Costelinha do Bonito Cachaa Joo Andante
    - Casa Infinita: Era pros Nobres Cachaa Januria
    - Casaro de Minas: Risoto Louco Cachaa Cobiada Prata
    - Chapa Mgica: Ressaca da Maminha Surprise Cachaa Requinte
    - Choperia Krug: Ma de Peito ao Molho de Cachaa Cherry Cachaa Cherry
    - Churrascaria Espeto do Manoel 1: Carne de Sol Alegre com Pur de Aipim, Cachaa Taruana Prata
    - Clube Mineiro da Cachaa: Linguia Potica - Cachaa Poesia
    - Churrascaria Espeto do Manoel 3: Carne de Sol Alegre com Pur de Aipim, Cachaa Taruana Ouro
    - Espirito de Porco: Babalu de Cachaa com Linguia Espiritual Cachaa Magnfica
    - Folha Gourmet: Joelho de porco Fum Cachaa Menina Branca
    - Jardim de Minas: Rabada Envergonhada Cachaa Velha Aroeira
    - Man e Maria: Fil Mignon ao Molho Quatro Queijos Ardente Cachaa Garrancho
    - Maria Fumaa: Costelinha Maria Fumaa ao Molho de Alho e Cachaa Cachaa Barreiras
    - Massa Demais: Navegar Preciso Cachaa Domina
    - Matusalm: Costelinha Brazeada na Cachaa Cachaa Pontal
    - Mercadinho do Chal: Porqueta Desossada Cachaa chapada das Geraes
    - Migliori: Pizza Quatro Queijos a Moda da Posse Cachaa da Posse
    - Petisqueira do Jacar: Costelinha Milagrosa Cachaa Milagre de Minas
    - Ponto da Picanha: Costelinha Aqui Tudo Bom Cachaa Dose Clssica
    - Recanto da Trara: Trara Moda Recanto Cachaa Gavio do Vale
    - Restaurante Engenho: Tutu Embriagado Cachaa Passatempo de Minas
    - Restaurante Ftima Bahia: Costelinha na Sapucaia, Cachaa Sapucaia Florida Ouro
    - So Benedito: Almndega de Carne Seca Embriagada Cachaa Leblon
    - Topo do Mundo: Lombo Serra da Moeda Cachaa Onda Clara
    - Via Gerais: Minas do Geraes Cachaa Pendo
    - Viana Grill: Lembrana de Minas Cachaa Dedo de Prosa
    - Xico Dona Clara: Costelinha do Xico Cachaa Taverna de Minas

    As demais cachaas: Cachaa Gota de Minas, Cachaa Casa Bucco Ouro, Cachaa Harmonise Schnatts, Cachaa Seiva Missionria, Cachaa Velho Alambique e Cachaa Ponto Alto, sero utilizadas pelos restaurantes para a produo de drinques e coquetis.


    SERVIO:
    5 Festival Cachaa Gourmet
    Data: De 3 de janeiro a 3 de fevereiro de 2013
    Local: nos 34 restaurantes participantes
    Site: www.festivalcachacagourmet.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Janeiro 5, 2013

    Medida certa para ajuda meio ambiente

    Copasa reserva R$ 450 milhes
    para despoluir a Bacia do Rio Paraopeba

    Programa contempla contempla a implantao de sistemas e tratamento de esgoto em Ibirit e mais sete municpios

    A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) tem direcionado esforos para despoluir a Bacia do Rio Paraopeba, um dos mais importantes mananciais do Estado.

    Com recursos da ordem R$ 450 milhes, o Programa Paraopeba contempla a implantao de sistemas de coleta e tratamento de esgotos sanitrios nos oito municpios contemplados pelo Programa Paraopeba (Betim, Conselheiro Lafaiete, Congonhas, Ibirit, Igarap, Mateus Leme, So Joaquim de Bicas e Mrio Campos).

    Desde julho de 2012, a Copasa trabalha na ampliao do sistema de coleta de esgoto de Ibirit. Contudo, isoladamente, a ao da Companhia no ser capaz de revitalizar as guas que alimentam o Rio.

    Paralelamente s obras, a Copasa visa, sobretudo, conscientizar a populao local, desde moradores a donos de indstrias, sobre a importncia de se ligar os imveis s redes de esgoto j existentes e em implantao na cidade.

    Tal atitude ajuda a diminuir ou at mesmo evita uma srie de malefcios causados pelo no direcionamento correto do esgoto, como poluio do solo, contaminao das guas superficiais e subterrneas e disseminao de doenas.

    Quando me mudei para c era s fossa, o mau cheiro era insuportvel, at constrangedor. Depois da implantao da rede e das ligaes, acabou esse problema, declara o operador de produo Derimar Lima Santana, morador do Bairro Recanto Verde.

    A rede era um desejo de todo mundo aqui do bairro. E agora que se concretizou, todos devem aderir e ligar suas casas. Alguns ainda usam fossa, outros jogam a gua direto na rua e toda essa sujeira traz muitas baratas e ratos, lembra o operador de veculo industrial e vizinho de Derimar, Deusdete Aparecido Felcio. Ele ainda conta que se mudou para a regio h dois anos porque sabia que o saneamento chegaria ao local. Isso valorizou muito nosso bairro, acrescenta.

    Educador ambiental e diretor da ONG Natureza Viva, de Ibirit, Anderson Mouro alerta: no adianta fazer a rede de esgoto se as pessoas no ligarem seus imveis a ela. Apesar do valor adicional que ser cobrado na conta de gua pela coleta e tratamento do esgoto, acredito que, se pensarmos nos benefcios de um rio limpo, esse investimento vale a pena.

    Lido diariamente com casos de infeces, gastroenterites e diarreias crnicas ou de repetio, muitas vezes causadas pelo contato com a gua contaminada. O maior problema que essas enfermidades podem evoluir para a desnutrio e imunodeficincia, principalmente nas crianas. Assim, aumenta-se o nmero de internaes e, consequentemente, as infeces e doenas oportunistas, tais como pneumonia, gastrite, entre outras, explica o diretor do Hospital de Ibirit, Roberto Picinin Jnior.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Janeiro 4, 2013

    Empossado o novo presidente da AMAGIS Associao dos Magistrados Mineiros - desembargador HERBERT CARNEIRO. Foi na sede da Amagis em BH. Prestigiaram aposse da nova diretoria o vice-governador Alberto Pinto Coelho e o secretrio de Governo Danilo de Castro - alm juzes da capital e interior e desembargadores.







    Herbert Carneiro toma posse
    e defende valorizao da magistratura
    PDF Imprimir E-mail






    03-Jan-2013
    Unio e valorizao dos juzes mineiros.
    Essa foi a tnica do discurso de posse
    do novo presidente da Amagis, Herbert Carneiro,
    que aconteceu nesta quinta-feira, 3, na seda da Associao,
    em Belo Horizonte.

    posseherbert-1.jpgA diretoria eleita para o trinio 2013-2015 foi empossada em sesso administrativa que contou com a presena de diversas autoridades do Judicirio, alm do vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, e do secretrio de Estado, Danilo de Castro. A posse solene acontecer em maro.

    Herbert Carneiro disse que seu primeiro compromisso com a defesa intransigente dos direitos, da independncia, da segurana e da sade dos magistrados. Para tanto, ele salientou que a diretoria foi composta por valorosos colegas, que conhecem e vivem a magistratura e so dedicados s suas causas. "Haveremos de lutar sempre, de maneira compartilhada, com dilogo e entendimento na busca de nossos objetivos comuns", disse o novo presidente, complementando que a construo das conquistas deve ser permanente e coletiva para ser legtima e vitoriosa.

    Para a gesto que se inicia, um dos pontos de trabalho destacados por Herbert Carneiro foi a questo do reajuste dos subsdios. "Nenhuma outra categoria est h sete anos com os salrios congelados. No reivindicamos reajuste, mas to somente a reposio das perdas, que, no perodo, ultrapassam os 30% de defasagem. Isso direito constitucional e no deve ser tratado como favor ou meio de troca", afirmou.

    Herbert Carneiro fez um registro de reconhecimento ao ex-presidente Bruno Terra, que deixa a Amagis aps trs anos de mandato. "Sua correta, equilibrada e continuada gesto de um modelo e projeto que mantm, de maneira construtiva e eficiente, nossa Associao no cumprimento fiel de sua misso maior: a defesa intransigente dos interesses associativos dos juzes mineiros", disse Herbert Carneiro, que tambm agradeceu o apoio incondicional recebido de sua famlia. Para ler o discurso na ntegra,
    clique aqui.
    posseherbert-2.jpg
    O vice-governador de Minas Gerais declarou que acompanha de perto e sabe da importncia do trabalho desenvolvido pela Amagis, no sentido de defender os interesses da magistratura. "A diretoria empossada, tendo frente o desembargador Herbert Carneiro, est credenciada para fazer valer a importncia da magistratura mineira e obter novas conquistas", afirmou Alberto Pinto Coelho, destacando ainda a relevncia da correo dos subsdios e da melhoria das condies de trabalho dos magistrados, denominados por ele como sacerdotes da paz e da justia social.

    Bruno Terra externou a satisfao de presidir a Amagis nos trs ltimos anos e agradeceu a todos que participaram dos trabalhos nesse perodo. "Sempre tivemos o compromisso de um com o seu sucessor de entregar a Amagis administrativamente bem posicionada, politicamente reconhecida, financeiramente em condies de arcar com os compromissos que sero assumidos pela prxima administrao. Tenho a felicidade de ver que hoje, muito mais que um patrimnio da magistratura, a Amagis se insere no mbito da poltica maiscula", afirmou Bruno Terra.

    posseherbert-3.jpgO secretrio de Governo do Estado de Minas Danilo de Castro ressaltou caractersticas importantes do novo presidente da Amagis. "O Dr. Herbert de uma capacidade reconhecvel, uma pessoa ntegra e que tem uma aceitao em todos os Poderes constitudos. Eu espero que ele faa uma grande gesto como tem sido a conduta dele, at hoje, na magistratura mineira."

    De acordo com o ex-presidente da Amagis e secretrio-geral da AMB, desembargador Nelson Missias, o presidente empossado "ir liderar a magistratura com o sentimento de que algo muito importante deve ser feito nesta quadra difcil pela qual passamos e tem o estofo moral e a capacidade intelectual para dirigir os destinos da magistratura mineira e fazer com que isso posa se disseminar por todo o Brasil".

    O vice-presidente Financeiro, juiz Luiz Carlos Rezende e Santos, falou de sua positiva passagem pela Amagis Sade e, com boas expectativas, espera repetir os mesmos resultados na nova pasta assumida hoje. "Vou torcer para que ns tenhamos a mesma felicidade daqui a trs anos, como essa que estamos tendo agora ao deixar a Amagis Sade, com os mesmos bons resultados". Alm disso, o vice-presidente destacou a importncia de tentar recuperar as perdas financeiras, que magistrados esto experimentando ao longo dos ltimos sete anos.

    O juiz Maurcio Soares, que assumiu a vice-presidncia de Sade, citou os principais desafios dos prximos trs anos. "O principal desafio manter a excelncia do plano de Sade que, a meu ver, foi muito bem mantida pelo meu antecessor, Luiz Carlos, e abrir o leque de forma a atender, da melhor maneira possvel, todos os associados", revelou Soares.

    posseherbert-5.jpgPara a vice-presidente Administrativa, Luzia Divina de Paula Peixoto, o momento de unio de toda a magistratura mineira, uma vez que os propsitos so comuns classe, e, segundo ela, neste ano ser votada a Lei de Organizao e Diviso Judiciria, e a Lei Orgnica da Magistratura Nacional tambm dever entrar na pauta.

    Para o diretor secretrio, Morvan Rbelo de Rezende, a eleio do desembargador Herbert Carneiro para a presidncia da Amagis representa a extenso do trabalho que vem sendo desenvolvido nos ltimos 12 anos. "Tenho certeza que o desembargador Herbert uma das pessoas mais qualificadas para reivindicar os benefcios que a magistratura mineira necessita", afirmou.

    A juza Maria das Graas Rocha Santos, subdiretora-secretria da Amagis, revelou que a grande a expectativa para o trabalho na Associao. "O desembargador Herbert uma pessoa democrtica e aberta a discusses e acredito que ser uma gesto que dar voz a todos os juzes", disse a magistrada.

    Alm da posse da nova diretoria, durante a sesso administrativa tambm forma eleitos como presidente, vice-presidente e secretrio do Conselho Deliberativo da Amagis o juiz Jos Alusio Neves da Silva, o juiz Jos Roberto Sterse e o juiz Antnio Carlos Parreira, respectivamente.



    JCA e novo presidente da Amagis,
    desembargador Herbert Carneiro, que conheo
    desde os tempos de Rede Globo e por quem tenho admirao.
    Desejo sucesso na gesto da Amagis!!!







    Jos Carlos Matos diretor da Cemig, JCA,
    o novo pres. Amagis Desembargador Herbert Carneiro,
    o ex-presidente da Amagis Nelson
    Messias e o psiclogo Alosio Andrade.









    Na posse do novo presidente da Amagis:
    dona Ivoniles, me do novo pres. Amagis Herbert Carneiro
    e a mulher dele Denise Carneiro.










    JCA, os desembargadores Herbert Carneiro
    novo presidente da AMAGIS
    e o Corregedor de Justia Audebert Delage.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 3, 2013

    Posse do novo presidente da Amagis hoje 18:00


    Amagis: posse da nova diretoria nesta quinta-feira, 3
    A nova diretoria da Amagis, presidida pelo desembargador Herbert Carneiro, ser empossada nesta quinta-feira (3/1). A posse administrativa acontecer s 18h, no auditrio da Associao (rua Albita, 194, 2 andar, Belo Horizonte).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 3, 2013

    02 de janeiro de 2013 - Morreu nesta quarta-feira, o jornalista Eduardo Lima. Uma das maiores vozes do rdio brasileiro. Eduardo estava internado, recuperando-se de complicaes aps uma cirurgia cardaca. 60 anos, 13 filhos, nascido em Montes Claros, Eduardo apresentou o "Viva a Tarde", na Rdio Itatiaia, e sua marca era o bordo: "quem inteligente est ouvindo a gente". O radialista trabalhou em vrias emissoras de rdio e TV, participou como cantor em diversos CD's, fez teatro e, no cinema, foi roteirista, diretor e ator. Ele colaborou em parcerias musicais com vrios artistas mineiros. Nos ltimos anos participava do TV VERDADE, aqui na Alterosa. E sua ltima apario foi no prprio TV VERDADE. Eduardo Lima fez uma crnica em homenagem aos 20 anos da morte da menina Mrian Brando. O velrio acontece na Cmara Municipal de Belo Horizonte.

    Lamento a morte dele.

    Em memria de Eduardo Lima (Goya)
    No Cu com Diamantes...
    Por Mrcia Vieira

    Que Liz Taylor o qu?! Montes Claros tem Goya! Tinha Goya. No! Sempre teremos o Goya, na memria, no corao, em fotos, paisagens, textos e canes. Eduardo "Goya" Lima, nasceu aqui, ficou por aqui e um dia foi ali, experimentar o clima da montanha, a poltica de fato. Colocou sua voz no mundo, emocionou e se emocionou. Virou lenda. Certa vez, caminhando com uma amiga nas imediaes do quarteiro/praa da Matriz, fez uma senhora retroceder dois passos, virar-se em sua direo e perguntar: "Eduardo Lima, voc? Conheci pela voz!". Foi um festival de abraos, carinhos e declaraes da f ao assustado, mas feliz Eduardo Lima.

    No foi apenas pela voz firme e certeira que tornou-se mito. Seus casamentos e filhos, em nmero extenso e pouco comum, deram o que falar. Virou matria de revista, motivo de curiosidade e inquietao. A Lyz Taylor do serto no tinha olhos cor de violeta. Eram olhos menores, quase apertados por detrs das lentes, mas quando falava, eles cresciam e fitavam profundamente o seu interlocutor. Os braos acompanhavam a fala e o gestual no era comedido. Nada nele era comedido. Viveu intensamente e de se supor, partiu com a mesma intensidade.

    Como todo ser humano que valida as emoes, certamente teve l seus desafetos, mas o nmero de afetos provvel e infinitamente maior. Os rasantes na cidade em que nasceu aconteciam com pompa, independentemente de circunstncia. Alegre, lcido e animado, reuniu a nata da saudvel loucura montes-clarense quando do lanamento de seu CD no Centro Cultural. Encontro descontrado, festivo, cheio de relatos e confidncias. Esticou a noite com uma turma de bons, velhos e novos amigos. Dia seguinte ao lanamento, chegou atrasado para uma entrevista. Azar do relgio que cisma em correr mais do que as pessoas aceleradas. Foi recebido pelos colegas, alguns do incio da carreira de radialista, com todo zelo e carinho e concedeu entrevista de mais de uma hora para o "Mrcia Vieira em Revista", programa que ia ao ar pela Rdio Terra.

    Respondia a tudo e muito mais. Difcil foi compactar e selecionar os momentos mais marcantes. Pessoas incrveis e emocionais no merecem edio. O mundo em que vivemos tem dessas coisas. Quer limitar e colocar rdeas em quem no cabe em si. O Eduardo, o Goya,fugiu das limitaes, vou, foi abrir os braos em outro horizonte, falar em outra frequncia, emocionar as estrelas, talvez encontrar um "amor de outro mundo" e dar origem a novos anjos. O certo que ele est agora no cu com diamantes, como cantou o Beto Guedes:

    voz,
    que pedra de tal firmamento
    e ainda se escuta luzir
    a todo momento....
    E est aqui mas se foi
    Virou estrela
    A nossa estrela no cu..



    Bye, Goya! At a prxima entrevista ou encontro casual nos arredores do quarteiro!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Janeiro 3, 2013

    Cemig investiu 82 milhes de reais em papis da Suzano - uma das empresas que construram as Usinas Amador Aguiar 1 e 2 no Tringulo Mineiro. Uma em Indianpolis com 250 megawatts e outra na divisa de Araguar com Ublerlndia de 200 megawatts.

    Cemig adquire ativos
    da Suzano Papel e Celulose
    no Consrcio Capim Branco


    Na transao, a Companhia definiu
    que poder adquirir a totalidade do percentual da Suzano
    estimado em R$ 320 milhes



    A Companhia Energtica de Minas Gerais Cemig concluiu, na ltima sexta-feira (28/12), a compra dos ativos da Suzano Papel e Celulose S.A no Consrcio Capim Branco Energia. A Empresa assegurou a parcela de uma participao de 25% na participao de 17,89% da Suzano nos ativos da Usina, que representou o valor de R$ 82 milhes. Na transao, a Companhia definiu, tambm, que poder adquirir a totalidade do percentual da Suzano estimado em R$ 320 milhes -, caso as outras consorciadas no exeram seus direitos de primeira oferta no prazo de at 30 dias, conforme previsto no Instrumento Particular de Constituio do Consrcio.
    A participao da Suzano no Consrcio de 17,8947%, representando 81 MW de potncia instalada e 51 MW mdios de energia assegurada das usinas hidreltricas Amador Aguiar I e Amador Aguiar II. Alm da Suzano, integram o Consrcio a CEMIG Capim Branco com 21,0526%, a Vale S.A. com 48,4211% e a Votorantim Metais Zinco S.A. com 12,6316%.
    O presidente da Cemig, Djalma Bastos de Morais revela que a empresa continuar a poltica de expanso. Esperamos seguir sendo um consolidador no setor. Vamos ser agressivos na questo das aquisies, participando dos leiles de transmisso e gerao, tentando viabilizar ativos que possam agregar valor Cemig, afirma.
    A transao, ainda, est sujeita celebrao dos documentos definitivos e aprovaes da Agncia Nacional de Energia Eltrica - ANEEL e do Conselho Administrativo de Defesa Econmica - CADE.
    Grupo Cemig
    Com 60 anos de existncia, a Cemig um dos mais slidos grupos do segmento de energia eltrica do Brasil e se posiciona como um dos principais vetores de consolidao do setor eltrico brasileiro. Possui participaes em 114 sociedades, 15 consrcios e um fundo de participao, com ativos e negcios em 22 Estados brasileiros e no Distrito Federal, alm do Chile.
    Atualmente, a Cemig a maior empresa integrada do setor de energia eltrica do Brasil, sendo o maior grupo distribuidor, responsvel por aproximadamente 12% do mercado nacional. ainda o terceiro maior grupo transmissor, com 10.060 km de linha, e o terceiro maior grupo gerador, com um parque formado por 65 usinas hidreltricas, trmicas e elicas, e capacidade instalada de 7.038 GW. , ainda, a maior fornecedora de energia para clientes livres do Pas, com 25% do mercado. Conta com mais de 115 mil acionistas em mais de 40 pases e aes negociadas nas Bolsas de Valores de Nova York, Madri e So Paulo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 2, 2013

    COMO antecipei aqui, o novo presidente da Cmara Municipal de Barbacena, o vereador AMARLIO ANDRADE do PSC. Foi eleito por unanimidade!!! DETALHE: a dcima segunda vez que ele o ocupa o segundo mais importante cargo do municpio - que fica no histrico casaro colonial Palcio da Revoluo Liberal.


    Da esquerda para a direita:
    o presidente ELEITO da Cmara de Barbacena,
    vereador Amrlio Andrade, JCA
    e o advogado Claudio Mota na
    Cidade Tancredo Neves em BH.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 2, 2013

    Destaque mineiro no Congresso Nacional. Da srie: Notcia boa, tambm d audincia.

     

    Pesquisa realizada Instituto de Estudos Sociais e Polticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP/UERJ), publicada na Revista Veja do dia 26 de dezembro, traz o deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG) como o parlamentar mineiro que mais trabalhou em favor de um Brasil moderno e competitivo em 2012. Na pesquisa, Azeredo aparece como o terceiro deputado federal mais bem avaliado no ranking nacional, contando com a melhor pontuao dentre os colegas tucanos de todo o pas.

    Sete deputados do PSDB se destacaram na relao dos 20 primeiros colocados do levantamento. No topo da lista dos tucanos est Eduardo Azeredo (MG), e na sequncia Izalci (DF), Cesar Colnago (ES), Otavio Leite (RJ), Domingos Svio (MG), Antonio Imbassahy (BA) e Ruy Carneiro (PB). Dentre os 20 melhores classificados, cinco so mineiros. Em primeiro Azeredo, seguido por Gilmar Machado (PT), Miguel Corra (PT), Domingos Svio (PSDB) e Paulo Piau (PMDB).

    O estudo foi realizado a partir do posicionamento de deputados e senadores em relao a nove eixos fundamentais, que vo desde uma carga tributria menor e sistema tributrio mais simples, passando pela diminuio da burocracia e propostas de leis trabalhistas mais igualitrias. A classificao foi realizada de acordo com o posicionamento dos parlamentares em relao a 142 proposies, selecionadas como as mais relevantes em tramitao no Congresso.

    Contexto

    Eduardo Azeredo favorvel a adoo de mecanismos de gesto mais modernos. "Em diversas oportunidades defendi as parcerias pblico-privadas para a realizao de obras de infra-estrutura no pas. No caso de Minas, por exemplo, fui a favor da concesso da BR-381 e do aeroporto de Confins iniciativa privada, alm de defender a modernizao de estradas, portos e aeroportos", disse Azeredo.

    O PL84/99, relatado pelo parlamentar, foi aprovado em novembro pela Cmara tipificando delitos como a clonagem de cartes de crdito e o racismo praticado pela rede mundial de computadores, alm de crimes de ordem militar. No ano passado, Azeredo comemorou tambm a notcia da abertura do Consulado Americano em Minas e da maior agilidade na concesso dos vistos.

    Duas outras propostas de Azeredo esto diretamente ligadas aos eixos que nortearam a pesquisa: so projetos que propem alteraes no Regimento Interno da Cmara dos Deputados buscando a diminuio da burocracia em processos de tramitao referentes a acordos internacionais e aprovao de concesses de rdios e TVs.. Azeredo, que preside a Comisso de Cincia e Tecnologia, Comunicao e Informtica (CCTCI) da Cmara, defendeu no perodo a efetiva aplicao dos recursos do Fundo de Universalizao dos Servios de Telecomunicao (FUST) e do Fundo de Fiscalizao das Telecomunicaes (FISTEL), para regies no Brasil, sobretudo rurais, sem acesso internet ou telefonia celular.

    O parlamentar ainda autor do PL 87/2010, que dispe sobre a contratao de servios de terceiros conciliando empregados e empregadores; do PL 4.571/2008 que regulamenta a concesso do benefcio da meia-entrada para estudantes e idosos em espetculos culturais e eventos esportivos; e ainda de dois projetos para o avano da educao, com foco no acesso universidade. O primeiro permite a utilizao dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Servio (FGTS) para pagamento de parcelas de anuidade escolar do trabalhador ou de seus filhos dependentes at 24 anos e o outro eleva os valores e cria faixas dedutveis do Imposto de Renda para despesas com educao, com diferenciao para os nveis de ensino.

    Em implantao, a Lei do Air Bag, tambm de autoria de Azeredo, prev que em 2013 todos os novos modelos lanados saiam de fbrica com o dispositivo. Ainda em 2013, dos modelos em fabricao, 60% j tero que ser equipados at atingir a totalidade em 2014. Eduardo Azeredo tambm foi um dos defensores da Emenda 29 como forma de aumentar recursos para a sade.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 2, 2013

    Na posse do prefeito reeleito de BH, MRCIO LACERDA fez pronunciamento de meia hora. Vale conferir o que pensa o homem que vai administrar a capital mineira por mais quatros. PUBLICO na ntegra o discurso dele, para quem que saber mais sobre as idias de um empresrio que virou administrador pblico de uma das mais importantes metrpoles do pas. Confira!!!





    Foto: O vereador LEO BUGUS foi eleito presidente da Cmara de BH. Ele foi presidente nos anos de 2011 e 2012. Agora continua frente do Legislativo municipal.



    No primeiro dia de 2013, durante solenidade na Cmara Municipal, no bairro Santa Efignia,
    Marcio Lacerda foi empossado para o segundo mandato como prefeito de Belo Horizonte. Na mesma ocasio, foram empossados o vice-prefeito Dlio Malheiros e os 41 vereadores que atuaro no Legislativo Municipal no perodo de 2013 a 2016.
    Durante o evento, Marcio fez um balano da sua primeira gesto ao destacar melhorias nas reas social, de educao e sade, e ressaltou ainda as principais metas para 2016, como a entrega das obras do BRT e a ampliao do metr.
    A capital mineira possui cerca de 200 obras em andamento, como o BRT e intervenes necessrias para minimizar os impactos das enchentes. "2012 foi o ano em que o metr saiu do papel em Belo Horizonte. O trabalho de sondagem j est sendo feito e neste ano queremos lanar o edital das obras, fruto de uma parceria entre os governos Federal e Estadual, as prefeituras de Belo Horizonte e Contagem, e a iniciativa privada", frisou Marcio ao destacar que uma das prioridades de governo reduzir o tempo perdido em engarrafamentos e aumentar a oferta de um transporte pblico eficiente.
    "A Rede Municipal de Educao superou as metas do ndice de Desenvolvimento da Educao Bsica (Ideb) e Belo Horizonte j alcanou as metas previstas para 2014. O nosso desafio termos uma escola municipal comparada s melhores do mundo, que oferea educao de altssima qualidade para todos", disse. De acordo com pesquisa feita pelo Ministrio da Sade, a capital mineira tem o melhor ndice de desempenho do Sistema nico de Sade (SUS) entre cidades com populao superior a 2 milhes de habitantes.
    Marcio destacou ainda que a capital mineira teve posio de destaque tambm na Conferncia das Naes Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentvel (Rio+20), quando representou todos os municpios associados ao Iclei. Na rea social, Belo Horizonte foi apontada como segunda melhor capital do Brasil para se viver do ponto de vista do desenvolvimento social e entre as grandes capitais com mais de 2 milhes de habitantes ocupa o primeiro lugar, conforme estudo apontado pela Fundao Getlio Vargas em dezembro do ano passado.
    A solenidade de posse contou com a presena do vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, representando o governador Antonio Anastasia, alm de deputados federais, secretrios municipais e outras autoridades.



    Foto: Acabam de chegar na Cmara de BH PARA TOMAR POSSE O PREFEITO MRCIO LACERDA E O VICE DLIO MALHEIROS. Estou acompanhando tudo para nosso Face News.


    Marcio Lacerda
    Marcio Araujo de Lacerda, administrador de empresas, casado, trs filhos, nasceu em 22 de janeiro de 1946, em Leopoldina, Minas Gerais. Passou a infncia e a adolescncia em Inhapim e, aos 17 anos, mudou-se para Belo Horizonte, onde estudou na Escola Tcnica Federal. Dois anos depois, iniciou o curso de Administrao na UFMG.
    Sua trajetria como empresrio comeou nos anos 70, quando criou duas empresas de telecomunicaes, com atuao em 16 estados brasileiros, alm de Chile e Bolvia. Em 2003, assumiu a funo de secretrio-executivo do Ministrio da Integrao Nacional e, em 2007, a de secretrio de Estado de Desenvolvimento Econmico de Minas Gerais. Em 2008, venceu as eleies municipais e, desde 2009, administra a capital do estado de Minas Gerais.
    Dlio Malheiros
    Dlio de Jesus Malheiros tem 51 anos, casado e tem dois filhos. Nasceu no dia 9 de abril, em Itamarandiba, Minas Gerais. Formou-se como advogado em 1989 e, ainda estudante da Faculdade Milton Campos, comeou a dedicar-se ao Direito do Consumidor.
    Criou e foi o primeiro coordenador do Procon da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, alm de ter sido um dos defensores da criao do Cdigo de Defesa do Consumidor, promulgado em 1990. Em 2004, ingressou na poltica ao eleger-se vereador pelo Partido Liberal.
    Em agosto do ano seguinte, filiou-se ao Partido Verde. Foi eleito deputado estadual em 2006 e no primeiro ms de mandato na Assembleia, Dlio Malheiros foi indicado para presidir a Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assembleia Legislativa. Em 2010, ele foi reeleito como o deputado estadual mais votado em Belo Horizonte e, em 2012, venceu as eleies municipais para vice-prefeito.


    Foto: Agora o prefeito reeleito de BH Mrcio Lacerda discursa ao tomar posse na Cmara. Falou que BH nunca teve um volume to grande de obras. A populao reconhecendo o acerto de sua administrao e o reelegeu. Lacerda agradeceu o apoio de Lula, Dilma, Anastasia e ao lder maior da campanha dele, o senador Acio Neves. E que passada a disputa ser mais um vez o prefeito de todos os que moram na nossa capital mineira.


    ntegra do discurso
    do prefeito Marcio Lacerda

    "Boa tarde. Em primeiro lugar gostaria de agradecer a presena de todos nessa solenidade e dizer que me sinto muito honrado por estar compartilhando com cada um a grande emoo que esse momento significa para mim. Meu sincero muito obrigado!
    Meus senhores e minhas senhoras,
    Quando em 1956, o presidente Juscelino Kubitschek pisou pela primeira vez no solo onde seria construda Braslia deixou registrada uma frase que se tornaria clebre pelo seu carter visionrio: "Deste Planalto Central, desta solido que em breve se transformar em crebro das mais altas decises nacionais, lano os olhos mais uma vez sobre o amanh do meu pas e antevejo esta alvorada, com f inquebrantvel e uma confiana sem limites no seu grande destino".
    Aqui, do cenrio das nossas montanhas, recorro s palavras daquele que para ns um exemplo to marcante de empreendedorismo e coragem, para abordar esse grande desafio que a gesto de uma cidade do porte de Belo Horizonte. Tarefa que exige, como nos ensina o nosso eterno presidente, coragem, viso de futuro e, igualmente, muita disposio para trabalhar, focado no sentido maior da misso.
    Obstculos sempre surgiro, mas liderana pressupe assumir riscos, que diferente de correr riscos, de forma coerente aos objetivos que a tarefa implica. Inclui a capacidade de ser objetivo, mantendo o foco nos resultados. Igualmente, ser capaz de transcender as eventuais frustraes, colhendo delas o precioso fruto do aprendizado.
    Desde a infncia, no interior de Minas, internalizei, a partir do convvio familiar e dos relacionamentos favorecidos pelo ambiente de uma pequena cidade, valores ticos e de honradez, e uma pulsante vocao para aprender e ajudar: o tempo fora da escola geralmente me encontrava entrando na carpintaria, no armazm, na oficina mecnica, no posto de abastecimento, na relojoaria, ajudando e aprendendo. Aprendendo e ajudando. E havia tambm o tempo para a pescaria no rio que corria nos fundos da casa, momentos em que, sem o saber, aprendia a refletir e a exercitar a pacincia e o respeito pela natureza.
    O incio da minha juventude foi marcado pela indignao frente s injustias, s desigualdades e ao autoritarismo, o que me levou militncia poltica.
    Posso dizer aos senhores e s senhores, que os quase quatro anos de priso poltica foram de amadurecimento da minha cidadania, uma forja dura, mas que fortaleceu minha alma frente aos compromissos com a vida do meu pais.
    Anos mais tarde, j como empresrio, o grande desafio era a batalha diria frente aos turbulentos tempos de instabilidade econmica. No foi tarefa fcil, conduzir empresas, mantendo o foco no crescimento, na inovao, e nas boas condies de trabalho para os colaboradores.
    Durante todo o tempo, vivi o desafio constante de compatibilizar a intensa atividade profissional com a relao familiar, com a estruturao de uma famlia feliz, equilibrada e harmnica, sendo que Regina, minha mulher, e eu, trabalhvamos juntos.
    No entanto, hoje posso dizer ao senhores e s senhoras, que, ao longo dos meus quase 67 anos de vida, o maior desafio comeou aqui mesmo, nessa tribuna, quatro anos atrs, e se renova hoje: a responsabilidade como prefeito de Belo Horizonte.
    H quatro anos, aqui nessa casa do povo, firmei pela primeira vez o compromisso pblico com a populao da nossa capital de fazer o meu melhor pelo desenvolvimento da cidade.
    Eleito em 2008 com o apoio de uma coligao ampla, capaz de atrair a ateno do pais pelo seu ineditismo poltico, conseguimos trabalhar em harmonia at as eleies de 2012, quando a aliana se desfez. Agradeo aqui a todos que fizeram parte da equipe da prefeitura nesses quatro anos, e que contriburam para o sucesso de nosso trabalho, defendendo os interesses de Belo Horizonte.


    Foto: Plenrio e galerias da Cmara lotados na posse do prefeito e dos 41 vereadores.
    Os 41 vereadores acompanharam atentos
    o discurso de Lacerda
    Chego hoje a esta tribuna, frente populao, com a conscincia tranqila. Nesses quatro anos, enfrentamos dificuldades de todo tipo.
    Mas ultrapassamos muito dos obstculos, e me sinto feliz em poder dizer que hoje temos uma Belo Horizonte melhor.
    Procuramos fazer com que nossas aes conciliassem eficcia administrativa com responsabilidade social, combinao esta que uma demanda que, cada vez mais, a sociedade exige do poder pblico.
    Fizemos a opo por uma administrao baseada em ferramentas modernas de gesto, participativa e transparente, que valoriza as parcerias, e prioriza a incluso social.
    Belo Horizonte, por meio de parcerias com o governo federal, com o governo estadual, com a iniciativa privada, est tendo o maior volume de obras da sua histria. Nunca se fez tanta obra em Belo Horizonte em um governo. E quando falamos em um grande volume de obras, no estamos falando s de obras virias. Estamos falando da infraestrutura social, que melhora na prtica a vida das pessoas.
    Agradecemos ao Governo Federal, nas pessoas do ex-presidente Lula, e da presidenta Dilma, e ao governo estadual, nas pessoas do ex-governador Acio Neves e do governador Anastasia, todo o apoio que Belo Horizonte teve e ter.
    Ampliamos os nossos programas sociais. Melhoramos a qualidade da educao e o acesso sade. Fortalecemos os instrumentos de participao popular, como o Oramento Participativo, e criamos novos mecanismos. O Planejamento Participativo Regionalizado foi uma experincia que a populao da cidade abraou com muita energia e entusiasmo. Alm disso, estreitamos as parcerias com a sociedade civil organizada e outras instncias de governo.
    E a nossa eleio em primeiro turno mostrou que a populao reconhece e aprova esse projeto. Que quer continuar nesse rumo para construir a Belo Horizonte que almejamos para o futuro. Por isso, cabe um agradecimento especial a todos os belo-horizontinos que, diariamente, nos recebem de braos abertos mostrando os nossos acertos, onde devemos continuar, onde podemos melhorar, mas tambm nos mostrando onde precisamos corrigir, repassando seus desejos, anseios, sugestes e criticas.
    Quero deixar o meu muito obrigado a todos os que nos deram esse voto de confiana, que decidiram continuar conosco nesse projeto por uma cidade melhor. Fao este agradecimento tambm em nome do meu vice, o agora ex- deputado Dlio Malheiros.
    Nas eleies de 2012 vimos as paixes polticas colocando em campos opostos companheiros at recentemente unidos na prefeitura. O processo eleitoral sempre didtico para os espritos republicanos. o momento de sermos cobrados por nossas falhas e erros, defendendo nossos acertos e propostas para o futuro.
    Agradecemos s lideranas e militantes de todos os partidos que nos apoiaram na eleio de 2012. Nossa gratido aos lideres dos sindicatos, associaes de classe, movimentos, ONG's, lideranas de bairro e religiosas. Nosso abrao ao eleitor militante, aos idosos, s crianas e aos amigos em geral.
    Nosso agradecimento especial s lideranas que abriram mo s suas pr-candidaturas a prefeito. Nossa gratido centenas de candidatos a vereador, inclusive e especialmente, queles no reeleitos que apoiaram nossa candidatura.
    E finalmente nosso reconhecimento
    ao lder maior da nossa campanha, Senador Acio Neves.
    Aos eleitores que no votaram em nosso projeto, devemos dizer: muito obrigado por suas criticas, suas idias, suas vises diferentes de mundo. Estaremos governando tambm para vocs, como nossa obrigao. Serei o prefeito de todos os belo-horizontinos.
    Neste ponto tambm devemos ter a humildade em reconhecer que tudo o que conquistamos no um trabalho s de uma gesto, mas o aprimoramento do que foi feito ao longo da histria de Belo Horizonte pelos nossos antecessores e por todos os nossos moradores. Faamos aqui a nossa homenagem queles que nos antecederam, que construram as bases que nos permitem comemorar os avanos dos dias de hoje.
    Ento, quero aproveitar esse momento para agradecer a todos, que, de alguma forma tm contribudo para que esse sonho coletivo de cidade se transforme cada vez mais em realidade.


    No plenrio: tambm atento ao discruso de Lacerda 
    o secretrio municipal de Comunicao Rgis Souto.





    Prosseguiu o prefeito Mrcio Lacerda:
    Quero agradecer a toda a equipe da Prefeitura, secretrios, diretores de empresas, gerentes, servidores, todos os que se dedicam a fazer da nossa capital uma cidade melhor para todos os belo-horizontinos. Reconheo o esforo e o empenho de todos para que esse trabalho prospere e d resultados concretos para a vida da nossa gente.
    Agradecer a todos os nossos parceiros da sociedade civil, da iniciativa privada, dos movimentos organizados, das outras instncias de governo, das instituies religiosas, do Legislativo municipal, estadual e federal, do Poder Judicirio, do Ministrio Pblico. A todos que dividem conosco o desejo e os esforos para que a cidade continue a progredir e se desenvolver, sempre pensando nas necessidades dos que mais precisam.
    Mas, principalmente, quero agradecer a cada um dos cidados belo-horizontinos, que fazem de Belo Horizonte uma cidade to especial. Cidados que efetivamente se interessam e participam cotidianamente da definio dos rumos da cidade. Que trabalham, se esforam e dedicam o seu tempo para cuidar dos interesses coletivos.
    Meus amigos e minhas amigas,
    Esse um momento de comemorao, de homenagem a todos que lutaram no passado e a todos os lutadores que esto nessa estrada conosco. E tambm o momento de reafirmar o nosso compromisso com essa luta.
    Se h quatro anos comecei a enfrentar esse desafio com entusiasmo, dedicao, energia e vontade de acertar, hoje tenho, como vislumbrou o nosso presidente Juscelino quando Braslia era apenas um pedao de terra, uma f inquebrantvel e a grande confiana de que a Belo Horizonte se reserva um grande destino.
    Hoje tenho um grande otimismo e a certeza de que a nossa jovem capital est no caminho certo. Podemos vislumbrar com olhos muito prximos da realidade a certeza de dias muito melhores.
    Melhoramos na rea social, como mostram indicadores como o ISDM, (Indicador Social de
    desenvolvimento dos Municpios), divulgado agora em dezembro pela Fundao Getlio Vargas. Nesse estudo, Belo Horizonte foi apontada como segunda melhor capital do Brasil para se viver do ponto de vista do desenvolvimento social. Entre as grandes capitais com mais de dois milhes de habitantes, ocupa o primeiro lugar.
    Na Sade, a cidade apresentou o melhor ndice de desempenho do SUS entre cidades com populao superior a 2 milhes de habitantes, conforme pesquisa do Ministrio da Sade.
    Um outro fato, que me deixa muito feliz, o tanto que avanamos na oferta de educao de qualidade. A Rede Municipal de Educao superou, mais uma vez, as metas do ndice de Desenvolvimento da Educao Bsica, o Ideb.
    Nos ltimos resultados divulgados, em agosto de 2012, as escolas municipais alcanaram as metas previstas para 2014. Foi o melhor desempenho da cidade desde que o Ideb foi criado. Ampliamos as nossas escolas infantis e expandimos significativamente o belo programa Escola Integrada.


    Meus amigos e minhas amigas,
    Esse um momento de comemorao, de homenagem a todos que lutaram no passado e a todos os lutadores que esto nessa estrada conosco. E tambm o momento de reafirmar o nosso compromisso com essa luta.
    Se h quatro anos comecei a enfrentar esse desafio com entusiasmo, dedicao, energia e vontade de acertar, hoje tenho, como vislumbrou o nosso presidente Juscelino quando Braslia era apenas um pedao de terra, uma f inquebrantvel e a grande confiana de que a Belo Horizonte se reserva um grande destino.
    Hoje tenho um grande otimismo e a certeza de que a nossa jovem capital est no caminho certo. Podemos vislumbrar com olhos muito prximos da realidade a certeza de dias muito melhores.
    Melhoramos na rea social, como mostram indicadores como o ISDM, (Indicador Social de
    desenvolvimento dos Municpios), divulgado agora em dezembro pela Fundao Getlio Vargas. Nesse estudo, Belo Horizonte foi apontada como segunda melhor capital do Brasil para se viver do ponto de vista do desenvolvimento social. Entre as grandes capitais com mais de dois milhes de habitantes, ocupa o primeiro lugar.
    Na Sade, a cidade apresentou o melhor ndice de desempenho do SUS entre cidades com populao superior a 2 milhes de habitantes, conforme pesquisa do Ministrio da Sade.
    Um outro fato, que me deixa muito feliz, o tanto que avanamos na oferta de educao de qualidade. A Rede Municipal de Educao superou, mais uma vez, as metas do ndice de Desenvolvimento da Educao Bsica, o Ideb.
    Nos ltimos resultados divulgados, em agosto de 2012, as escolas municipais alcanaram as metas previstas para 2014. Foi o melhor desempenho da cidade desde que o Ideb foi criado. Ampliamos as nossas escolas infantis e expandimos significativamente o belo programa Escola Integrada.


    Meus amigos e minhas amigas,
    Esse um momento de comemorao, de homenagem a todos que lutaram no passado e a todos os lutadores que esto nessa estrada conosco. E tambm o momento de reafirmar o nosso compromisso com essa luta.
    Se h quatro anos comecei a enfrentar esse desafio com entusiasmo, dedicao, energia e vontade de acertar, hoje tenho, como vislumbrou o nosso presidente Juscelino quando Braslia era apenas um pedao de terra, uma f inquebrantvel e a grande confiana de que a Belo Horizonte se reserva um grande destino.
    Hoje tenho um grande otimismo e a certeza de que a nossa jovem capital est no caminho certo. Podemos vislumbrar com olhos muito prximos da realidade a certeza de dias muito melhores.
    Melhoramos na rea social, como mostram indicadores como o ISDM, (Indicador Social de
    desenvolvimento dos Municpios), divulgado agora em dezembro pela Fundao Getlio Vargas. Nesse estudo, Belo Horizonte foi apontada como segunda melhor capital do Brasil para se viver do ponto de vista do desenvolvimento social. Entre as grandes capitais com mais de dois milhes de habitantes, ocupa o primeiro lugar.
    Na Sade, a cidade apresentou o melhor ndice de desempenho do SUS entre cidades com populao superior a 2 milhes de habitantes, conforme pesquisa do Ministrio da Sade.
    Um outro fato, que me deixa muito feliz, o tanto que avanamos na oferta de educao de qualidade. A Rede Municipal de Educao superou, mais uma vez, as metas do ndice de Desenvolvimento da Educao Bsica, o Ideb.
    Nos ltimos resultados divulgados, em agosto de 2012, as escolas municipais alcanaram as metas previstas para 2014. Foi o melhor desempenho da cidade desde que o Ideb foi criado. Ampliamos as nossas escolas infantis e expandimos significativamente o belo programa Escola Integrada.



    Foto: Lio de convivncia poltica civilizada, bem ao estilo mineiro.O prefeito reeleito Mrcio Lacerda discursa: o ex-prefeito Patrus Ananias ouve atento.


    Belo Horizonte acompanha a realizao do maior conjunto de obras da sua histria que, depois de concludas, iro ter um impacto positivo na melhoria da qualidade de vida da populao depois de concludas. So mais de 200 obras em execuo nas diversas reas e regies da cidade.

    E 2012 foi o ano em que o metr saiu do papel em Belo Horizonte. O trabalho de sondagem j est sendo feito e neste ano queremos lanar o edital das obras. Obras que sero fruto de uma parceria entre Governo Federal, Governo Estadual, Prefeitura de Belo Horizonte, de Contagem e iniciativa privada.

    Por outro lado, nossa capital reconhecida nacional e internacionalmente como a mais adiantada nas intervenes necessrias para a realizao da Copa do Mundo 2014 e que sero um grande legado para a cidade.

    No ltimo dia 21, a cidade teve o prazer de receber como o maior presente dos seus 115 anos o novo Mineiro, um dos mais modernos estdios de futebol do mundo.

    Vivemos tambm um momento de grande efervescncia cultural, com atividades culturais gratuitas e de qualidade acontecendo em todas as regies da cidade. A produo e o consumo da cultura so crescentes em nmero e em qualidade.

    E, entre outros avanos, nos destacamos tambm como uma cidade sustentvel. No ano passado a nossa capital recebeu o Congresso Mundial do ICLEI, o maior da histria da organizao e o primeiro a ser realizado na Amrica Latina. Um evento que definiu passos importantes no papel dos municpios para a conquista da sustentabilidade.

    A nossa capital teve posio de destaque tambm na Conferncia das Naes Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentvel (Rio+20), em que representou todos os municpios associados ao ICLEI.

    Portanto, podemos dizer que Belo Horizonte vive um momento de profunda transformao e de plena prosperidade em todos os setores. No desenvolvimento econmico, na modernizao da nossa infraestrutura e na incluso social dos menos favorecidos.

    Esse nosso otimismo, entretanto, no faz com que nos afastemos da realidade. No podemos nos distanciar da plena conscincia de que muito ainda precisa ser feito. De que temos, sim, que ter os olhos no futuro, mas sem tirar os ps do cho no presente. Essa a grande responsabilidade do homem pblico.

    preciso que efetivamente a cidade tenha mais qualidade de vida, seja mais acolhedora, tenha mais oportunidades, d mais direitos efetivamente para as pessoas. Direito de acesso aos bens bsicos da civilizao, como saneamento, habitao, sade de qualidade, educao cada vez melhor, emprego, lazer, cultura e esporte.

    Para isso, vamos empenhar todos os nossos esforos. Concluir as mais de 200 obras que esto em andamento, a implantao do BRT e do metr e as intervenes necessrias para minimizar os impactos das enchentes na nossa cidade esto entre os nossos propsitos.

    nosso compromisso cuidar da sade das pessoas e esse ser o nosso objetivo permanente em cada dia do nosso governo. Cuidar da sade preservar a vida.

    Na educao avanamos muito, mas nossa meta ousada. Nosso desafio termos uma escola municipal comparada s melhores do mundo, que oferea educao de altssima qualidade para todos.

    Precisamos oferecer ainda mais proteo social e acesso seguro aos espaos pblicos. O direito de circular, se divertir e trabalhar de forma segura deve ser garantido a todos e temos clareza da responsabilidade que cabe ao municpio.

    A garantia de moradia digna e de viver bem tambm um imperativo para o desenvolvimento da cidade. Espaos urbanos bem cuidados e seguros so fundamentais para uma vida social mais harmnica e de qualidade. A mobilidade urbana ainda um problema srio e sabemos disso. O crescimento acelerado da frota de veculos, somado falta de planejamento no passado, no permitiu que avanssemos ainda mais.

    Vamos reduzir o tempo perdido em engarrafamentos e aumentar a oferta de um transporte pblico eficiente e mais confortvel para todos. BH tem hoje um planejamento com foco prioritrio para o transporte pblico, especialmente o nosso merecido metr, que agora sai do papel.

    Os investimentos na modernizao e desburocratizao dos servios para a populao e para as empresas sero intensificados. Acreditamos que s assim conseguiremos construir uma cidade de oportunidades.

    Para isso, aumentaremos a vitalidade dos negcios, a inovao, o empreendedorismo, com a consequente gerao de mais empregos de qualidade e atrao de empresas dinmicas e inovadoras. Sempre priorizando o desenvolvimento urbano sustentvel, responsvel e com foco nas pessoas.

    As cidades mais desenvolvidas e agradveis do mundo tm como trao relevante a vitalidade cultural. Ela que define nossa identidade e nossa maneira de ser.

    E Belo Horizonte tem tudo para ser cada vez mais uma cidade bonita, criativa, que vibra e irradia alegria. Estamos focados em incentivar e estimular o nosso esprito criativo, em valorizar a cultura como instrumento de transformao da sociedade, como reforo da nossa identidade positiva, das nossas razes, da nossa auto-estima.

    Estaremos cada vez mais conectados com o cidado e com o mundo. No nosso governo, mais do que participar, o cidado de Belo Horizonte ser protagonista no desenvolvimento da cidade.

    Ampliaremos ainda mais os mecanismos de participao social e trabalharemos bastante com os jovens, para que liderem e participem ativamente do desenvolvimento de longo prazo da nossa cidade.

    Continuaremos dando ateno especial ao processo de integrao metropolitana, pois essa dimenso imprescindvel para o futuro de Belo Horizonte.

    Alguns de nossos problemas s podem ser resolvidos juntamente com as cidades vizinhas. essencial que o desenvolvimento da cidade seja integrado, com solues compartilhadas, particularmente no transporte, no saneamento, na sade e na segurana.

    A superao desses desafios no simples e imediata, mas precisamos continuar avanando, com muito planejamento, investimento em gesto e, principalmente, ouvindo e dialogando com a populao.

    Mas sabemos que no suficiente. Que Belo Horizonte pode ser muito mais, uma cidade que assegure aos seus moradores ainda mais felicidade, mais orgulho e mais vontade de am-la e respeit-la.

    Tarefa, que, certamente, no ser somente do prefeito ou da Prefeitura. Contamos com o apoio que nunca nos foi negado dessa Cmara Municipal. Com o esprito pblico do Legislativo que foi fundamental para aprovar projetos importantes para a cidade, como o Cdigo de Posturas e a Lei de Uso e Ocupao do Solo, entre tantos outros. E vamos, com certeza, poder contar agora com toda a experincia dos vereadores veteranos aliada energia e entusiasmo dos que comeam agora a sua caminhada nessa Casa, parceira de primeira hora desse processo de desenvolvimento do Municpio.

    Tambm nunca nos faltou e certamente no faltar o apoio essencial do Governo do Estado e do Governo federal para aprofundarmos o processo de transformao em nossa cidade.

    O trabalho em parceria foi uma das marcas da nossa primeira gesto. Continuaremos firmes nesse propsito. Acima de qualquer diferena poltica ou ideolgica, sempre estar em primeiro lugar o interesse maior dos belo-horizontinos. Parceria que estou certo de que vai se aprofundar, para que Belo Horizonte continue refletindo to bem o momento de prosperidade, combate s desigualdades e transformao social que Minas Gerais e o Brasil esto vivendo.

    Tenho certeza que vamos alcanar este objetivo porque temos aqui em Belo Horizonte um grande diferencial. Temos como grande parceira a nossa populao: todos os avanos conquistados pela cidade no teriam sido possveis se no fosse o intenso comprometimento de todos os nossos cidados. Temos a plena convico de que os cidados belo-horizontinos, de forma direta ou indireta, foram os principais responsveis por todas as melhorias que obtivemos nos ltimos anos em nossa cidade.

    O belo-horizontino tem um jeito especial e, ao mesmo tempo, peculiar. So pessoas confiveis, pessoas otimistas, que tm f e esperana, que procuram olhar para o futuro e trabalhar por ele. Cada um, sua maneira, contribuiu e continua contribuindo para que Belo Horizonte viva um momento mpar em sua histria, melhorando sempre e proporcionando uma vida mais digna, humana e justa para todos que aqui vivem. Nossa cidade , sem dvida alguma, abenoada por sua gente, sua histria e suas tradies.

    E quando cada um de vocs constatar que a cidade melhorou, nesse ou naquele aspecto, pode ter a certeza, sem medo de errar: voc tambm responsvel por essa conquista. Porque essa Belo Horizonte ainda jovem, mas to desenvolvida e avanada, o resultado de uma ao coletiva, o resultado do trabalho de todos ns.

    E por isso que repeti tantas vezes hoje as palavras visionrias do nosso presidente JK: tenho, como ele, uma f inquebrantvel e uma confiana enorme de que vamos fazer com que Belo Horizonte seja, de fato, a cidade que queremos para ns e para as futuras geraes.

    Devemos fazer da nossa vida e da vida dos que nos cercam uma construo permanente, com autoestima, responsabilidade e dignidade. Devemos ter sempre em mente que podemos fazer a diferena, contribuindo para a sociedade e a populao.

    S vale a pena estar no governo se for com esse esprito, de ajudar as pessoas. S vale a pena se eu puder levantar de manh e dizer: "olha, o que eu estou fazendo importante para as pessoas". Olhar sempre a cidade atravs dos olhos daqueles que mais precisam. Se colocar no lugar dessas pessoas e ver o que prioritrio, o que precisa ser feito primeiro.

    A gente se angustia quando v um tanto de coisa que ainda tem que fazer. Mas, ao mesmo tempo, uma felicidade quando a gente olha para trs e diz: "Que maravilha! Quanta coisa j foi feita!".

    Eu prezo muito a minha histria, eu prezo muito a minha famlia, sou um empresrio aposentado e escolhi estar no servio pblico. Escolhi usar tudo que aprendi ao longo da vida para o bem do servio pblico. E ainda espero viver muitos anos para poder continuar trabalhando em benefcio da coletividade porque, na vida, o que a gente deve ter como meta deixar, sempre, para quem vier depois de ns, uma cidade melhor, um pas melhor, um mundo melhor do que aquele que ns encontramos.

    A famlia do prefeito Mrcio Lacerda
    tendo frente a primeira dama Regina Lacerda
    compareceu para apoiar o lder que vai administrar BH
    por mais 4 anos.


    E, ao finalizar, peo licena para fazer
     um agradecimento especial minha famlia.
    Toda pessoa que se dispe a ser um servidor publico
    em cargo eletivo, precisa contar com o irrestrito apoio familiar,
    de forma a poder abraar a misso em sua plenitude.

    O que posso dizer Regina, minha companheira de todas as horas?

    Que nossa tarefa continua. Que sou grato por poder contar com ela, como sempre contei. Que ela faz toda a diferena!

    Minha gratido aos meus filhos Gabriel, Juliana e Tiago.

    Pelo apoio, pela presena, pelo trabalho srio na campanha. Mas, principalmente, por serem quem so!

    Minha gratido minha nora, Manuela, ao meu genro, Jos Alexandre.

    Minhas irms Ani e Janice, e irmo Srgio.

    Meus cunhados Eduardo e Edmundo.

    E a vida, por ter abenoado nossa famlia com quatro pequeninos, que so responsveis pelos melhores momentos de leveza e alegria, to necessrios para sustentar a energia de um servidor pblico que tem pela frente uma grande tarefa.

    Que Deus nos oriente e proteja.
    Muito obrigado a todos."

    Marcio Lacerda



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 2, 2013

    FATO HISTRICO na poltica mineira. Depois de dcadas de revezamento no poder em Juiz de Fora entre Tarcsio Delgado e Custdio de Matos, o jovem BRUNO SIQUEIRA inaugura um no tempo. Porisso registro no nosso BLOG a equipe que ele escolheu para mudar a cara de JF e projet-la nacionalmente como da inteno do novo prefeito do PMDB. E me vem memria a imagem de Itamar Franco - que muito jovem colocou o p na poltica tambm como prefeito de JF. Da a expectativa sobre o mandato de Bruno - de quem tive h doze anos a honra de ser professor no meu curso Socorro, Estou na TV. Desejo muito sucesso a ele a a seu vice, o ex-apresentador do MGTV da Globo em Juiz de fora (aonde comeei minha carreira). Primeiro nos Dirios Associados - Dirio Mercantil e Dirio da Tarde. Depois na Rede Globo, como reprter poltico.



    Bruno Siqueira inaugura sua gesto cercado de vrias expectativas


     
    Fonte: jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Janeiro 2, 2013

    Foi um sucesso o "Reveillon do Cabelin" em Juiz de Fora. A grande estrela foi o jovem prefeito da cidade BRUNO SIQUEIRA. Confira!!!



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 1, 2013

    Veja agora, o que os jornais s vo dar amanh. Estive na posse do prefeito reeleito Mrcio Lacerda e dos 41 vereadores na Cmara de BH, neste primeiro dia do ano. Plenrio lotado. Galeiras tambm. O vice-governador Alberto Pinto Coelho representou o governador Anastasia. O vereador LEO BURGUS foi eleito para comandar a Cmara por mais dois anos. Fruto de acordo com partidos nanicos, ouv dizer. O certo que os 21 votos prometidos foram cumpridos risca. ACOMPANHE agora as fotos e os textos que fiz para voc que nos prestigia no nosso BLOG e no nosso FACE NEWS: facebook.com/jcamaralnews.



    Lio de convivncia poltica civilizada,
    bem ao estilo mineiro.
    O prefeito reeleito Mrcio Lacerda discursa:
    o ex-prefeito Patrus Ananias ouve atento.






    O prefeito reeleito de BH Mrcio Lacerda discursa ao tomar posse na Cmara.
    Falou que BH nunca teve um volume to grande de obras.
    A populao reconhecendo o acerto de sua administrao e o reelegeu.
    Lacerda agradeceu o apoio de Lula, Dilma, Anastasia e ao lder maior da campanha dele,
    o senador Acio Neves.
    E que passada a disputa ser mais um vez
    o prefeito de todos os que moram na nossa capital mineira.












    Na posse do prefeito Mrcio Lacerda,
    do  vice vereadores na Cmara de BH:
    o secretrio municipal de Comunicao Rgis Souto.












    Tomou posse agora o vereador
    mais votado em BH Fernando Luiz do PSB - 11.950 votos.












    O PREFEITO MRCIO LACERDA E O VICE DLIO MALHEIROS.
    Estou acompanhando tudo para nosso Face News.












    Na posse do prefeito Mrcio Lacerda na Cmara de BH:
    a Defensora Pblica Geral de Minas Andra Tonet
    e o Assessor Especial defensor Pblico Glauco David.












    Plenrio e galerias da Cmara lotados
    na posse do prefeito e dos 41 vereadores.












    Na posse na Cmara de BH o nosso velho amigo coronel Lucas(de terno).
    Eu era da Rede Globo e Lucas
    era assessor de comunicao da Polcia Militar de MG.












    Na Cmara de BH na posse do prefeito e vereadores:
    Getlio, Luciano e o ex-deputado estadual Edmar












    Na posse do prefeito de BH e dos 41 vereadores:
    o gerente da CEF Marcelo Magno, JCA e Marx dos Santos
    gerente regional da Superintendncia Centro de Minas Gerais.












    O popular Eduardo Costa da Rdio Itatiaia de BH
    cobriu ao vivo a posse Mrcio Lacerda e dos 41
    Vereadores neste primeiro dia de 2013.









    O empresrio Fbio Carvalho Jnior
    o casal Fernanda/Elias, ele filho
    do vereador mais votado de BH Fernando Luiz (11.950 votos).



    A famlia do prefeito Mrcio Lacerda
    tendo frente a primeira dama Regina Lacerda
    compareceu para apoiar o lder que vai administrar BH
    por mais 4 anos.




    O vereador mais votado de BH bispo Fernando Luiz do PSB
    (de gravata vermelha) e familiares na posse na Cmara de BH.














    O vereador mais votado da capital Fernando Luiz de gravata vermelha,
    assessores e este blogueiro/facebookeiro e jornalista.










                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Janeiro 1, 2013

    Daqui a pouco 14:00 posse de Mrcio Lacerda, p vice Dlio Malheiros e 41 vereadores assumem seus mandatos. O novo presidente da Cmara de BH tser escolhido no voto at o final da tarde. Dois nomes esto no preo Plabito e Daniel Nepomuceno. Vamos aguardar!!!

    VEREADORES, PREFEITO E VICE
    SERO EMPOSSADOS EM CERIMNIA NA CMBH

    Em reunio solene no Plenrio Amynthas de Barros da Cmara Municipal, na prxima tera-feira, dia 1 de janeiro, s 14h, ser dada posse aos 41 vereadores eleitos para a 17 legislatura (2013-2016). Em seguida, sero empossados o prefeito reeleito Mrcio Lacerda (PSB) e seu vice, Dlio Malheiros (PV). Na mesma ocasio, os parlamentares elegero os colegas que comporo a nova Mesa Diretora da Casa nos prximos dois anos. A cerimnia ser aberta ao pblico, que poder acompanha-la da galeria do plenrio ou pelos teles que sero instalados no hall da entrada principal e no saguo do restaurante da CMBH.

    A posse o ato formal pelo qual uma pessoa eleita ou nomeada para cargo pblico confirma sua condio e assume os direitos e obrigaes do mandato ou funo. Durante a cerimnia, que ser presidida pelo vereador reeleito e ltimo presidente da Casa, Lo Burgus de Castro (PSDB), cada um dos novos integrantes do Legislativo firmaro o compromisso, que ser lido na tribuna pelo candidato mais votado, Bispo Fernando Luiz (PSB), e assinaro o termo de posse. Na sequncia, o prefeito reeleito Marcio Lacerda e o vice Dlio Malheiros faro o mesmo. Aps pronunciamento oficial, os chefes do Executivo deixam o plenrio.

    Eleio da Mesa

    Na segunda parte da reunio, o presidente dar incio ao processo de eleio da Mesa Diretora, cuja aprovao deve contar com qurum mnimo de 21 vereadores. Para discutir o assunto, cada parlamentar poder usar a palavra por at cinco minutos. Durante esse perodo, at o momento da votao, sero realizadas as inscries das chapas e dos candidatos isolados aos cargos de presidente, 1 e 2 vice-presidentes, secretrio-geral, 1 e 2 secretrios, sendo assegurado um prazo mnimo de 15 minutos para o procedimento. Aps a leitura das chapas e candidatos inscritos, qualquer vereador que o desejar ter um minuto para encaminhar seu voto.

    Aps a eleio da Mesa Diretora, o novo presidente da Casa ir designar um dos demais vereadores para o cargo de Corregedor, que durante o binio 2013-2014 ter a funo de auxiliar o presidente na manuteno do decoro, da ordem e da disciplina no mbito da Cmara, assim como apurar fatos relativos ao exerccio do mandato e em defesa da dignidade parlamentar e institucional.

    Confira a nova composio da Cmara para a 17 legislatura (20132016) e o perfil de cada vereador.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail