Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16300)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019
    Julho, 2019




    .

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 31, 2008

    O executivo de hotelaria CSAR VIANA - ex-presidente da ABIH de Minas - est fazendo uma revoluo no tradicional HOTEL FINANCIAL no centro de BH. O Hotel foi testemunha de boa parte da poltica mineira e brasileira - o dono era o lendrio empresrio Antnio Luciano - amigo do presidente JK.


    Hotel Financial,
    fica na av.Afonso Pena,
    perto da Praa Sete, 571,
    centro da capital Mineira.
    31 3270-4000


    E hoje s 12h15m,vamos almoar com Csar Viana para conhecer as reformas que ele vem fazendo no Hotel Financial, que tem mais de 300 apartamentos. Tambm vo participar do almoo o casal Clo e o administrador de empresa Jos Aparecido Riberio - alm do filho dela, Neto.

    OUTRO DETALHE:
    Csar Viana incia um arrojado investimento em comunicao e marketing. Vem a uma campanha publicitria de alto nvel para divulgar o famoso Hotel Financial. Darei detalhes, em breve!







    Comentrios

    #1. Jose Aparecido Ribeiro
    Joo
    Parabns pela materia destacando o profissional Cesar Viana. Ele , sem dvida, o principal hoteleiro que BH possui. Cesar conhee profundamente os bastidores de um hotel e domina este ofcio como poucos no Brasil. Sorte dos proprietarios do Financial em ter ele frente do empreendimento.
    Na contramo da histria, est praticamente 90% da hotelaria da Cidade que tocada por profissionais completamente apagados e sem vocao para o ofcio.
    Como na poltica, qualquer um se acha capaz de ser Gerente de hotel, mas no qualquer um que possui a vocao e os quesitos necessrios para este nobre ofcio. BH vive uma da suas melhores fases no setor embalado pelo grande movimento de executivos na Cidade, mas talves a pior faze sob o ponto de vista profissional.
    Existem redes importantes sendo tocadas por estagirios e profissionais desqualificados. A maioria chega as 9H e va embora as 18H, achando que so gerentes de hotel. Isto , os que ainda possuem um gerente.
    Iludidos com os resultados que so fruto das polticas governamentais e do momento histrico positivo Brasileiro, os hoteleiros, ou melhor, os pseudos hoteleiros da Cidade optaram por ter frente dos seus hotis profissionais de pouca experincia com custos mais baixos.
    Eles fingem que trabalham e os hoteleiros fingem que pagam.
    Este ciclo vicioso, no entanto, tem prazo para acabar e a vamos ver como fica a situao desta da hotelaria amadora que tocada a moda do chefe, ou seja, ZERO de relacionamento corporativo, ZERO de presena nos hotis nos horrios que se espera que um gerente esteja, zero para o "back groud" de 95% deles. E veja que no estamos exagerando heim?
    Pasmem, estamos falando de 95% deles sem nenhum medo de estar sendo injusto ou exagerado.
    Note-se no entanto que o perodo das vacas gordas est com prazo para acabar, o perodo que estes talentos so testados est muito mais prximo do que se imagina e a vamos ver se o buraco mais encima ou mais embaixo...
    Em perodos de concorrencia acirrada que conhecemos os bons profissionais. Mas como o assunto aqui Cesar Viana e nao estamos aqui para dar consultoria de graa, s nos resta parabenizar os empresrios do Hotel financial pela sbia escolha em ter seu negcios nas mos deste HOTELEIRO com H maiusculo.
    Coisa rarissima por estas terras de Minas Gerais de empresrios afeitos a meia sola e pouco vocacionados para o empreendedorismo.
    Um abrao
    Jos Aparecido Ribeiro
    Presidente do Conselho Consultivo da ABIH-MG


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 31, 2008

    HOJE, 12hs, na TV Assemblia. A NOVA LEI SECA que pune motoristas que beberem - qualquer quantidade de lcool - e dirigirem. EM BH ligue no canal 11 - no cabo. No Interior UHF. E pela internet entre no www.almg.gov.br E clique em TV Assemblia ON LINE.








                                            Assemblia Debate


    J est em vigor a nova lei seca. A legislao pune com multa e at priso o motorista que for pego dirigindo com qualquer teor alcolico no organismo. Esse o assunto do programa desta semana, que tem a participao do professor de Direito Penal da UFMG, Hermes Guerrero, e os deputados Paulo Guedes e Dlio Malheiros, e o major Roberto Lemos, comandante da 1 Companhia de Trnsito de Belo Horizonte. O Assemblia Debate vai ao ar nesta quinta, s 12h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 31, 2008

    Lamentamos a morte do ex-deputado estadual JORGE ORLANDO FLORES CARONE - filho do ex-prefeito de BH, Jorge Carone. Velrio est sendo no Salo Nobre da Assemblia de Minas. Sepultamento ser hoje s 15 horas no Cemitrio da Colina.

    Morreu no incio da noite desta quarta-feira (30/8/08), aos 58 anos, o ex-deputado estadual Jorge Orlando Flores Carone, filho do tambm ex-deputado estadual, federal e ex-prefeito de Belo Horizonte, Jorge Carone Filho e da ex-deputada federal Nsia Coimbra Flores Carone. Ele estava internado no Hospital Biocor e morreu em decorrncia de complicaes de diabetes. O velrio est sendo no Salo Nobre da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, na manh desta quinta-feira (31). O sepultamento ser tambm hoje, s 15 horas, no Cemitrio Parque da Colina. Jorge Orlando Flores Carone deixa a companheira Valria e os filhos Tiago, Breno, Sebastio e Gergia.

    Poltico, advogado e comerciante, Jorge Orlando Flores Carone nasceu na cidade mineira de Visconde do Rio Branco, em 17 de outubro de 1949. Ele foi vereador pela Cmara Municipal de Belo Horizonte no perodo de 1970 a 1974. Logo depois, de 1975 a 1979, exerceu o mandato de deputado estadual, integrando a 8 Legislatura. Na Assemblia mineira, foi vice-lder do MDB (1975) e membro da Comisso de Fiscalizao Financeira e Tomada de Contas (1975). Pertenceu ao MDB e, depois, filiou-se ao PMDB.

    Jorge Orlando Flores Carone era de uma famlia de tradicional atuao poltica. Seu pai, o ex-prefeito de Belo Horizonte Jorge Carone Filho, est atualmente com 78 anos e comeou sua trajetria poltica em 1945, liderando, na Zona da Mata mineira, o chamado "movimento queremista", que foi a Constituinte a favor de Getlio Vargas; participou a seguir da fundao do PTB getulista em Minas Gerais, e foi prefeito de Visconde do Rio Branco de 1954 a 1958. Em seguida, elegeu-se deputado estadual para a 4 e 5 Legislaturas (1959-1967). Renunciou ao mandato parlamentar quando elegeu-se prefeito da Capital, em 1963, mas a 31 de janeiro de 1965 foi cassado pela Cmara Municipal de Belo Horizonte. Carone Filho voltou militncia poltica aps a Anistia, em 1979, e elegeu-se deputado federal em 1982, para o perodo 1983-1987.

    A me de Jorge Orlando, dona Nsia, tambm viva e tem 78 anos. Foi deputada federal para a 6 Legislatura (1967-1971), sendo cassada em 1969 pelo AI-5. Tambm atuaram na poltica seu irmo Antnio Carlos, que foi vereador em Belo Horizonte; e seus avs Jorge Carone, que foi vereador e prefeito de Visconde do Rio Branco (em 1939, nomeado pelo ento governador Benedito Valadares), e deputado estadual Constituinte em 1935 e 1 Legislatura (1935-1937); e Orlando Barbosa Flores, que foi prefeito de Muria (1931) e tambm deputado estadual Constituinte em 1935 e 1 Legislatura (1935-1937).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 30, 2008

    O vice-presidente da Repblica, Z Alencar, recebe s 19h30 desta quarta-feira, o ttulo PRESIDENTE DE HONRA da ACMINAS.

    ACMinas faz homenagem a Jos de Alencar

    Vice-presidente da Repblica receber
    o ttulo de Presidente de Honra da entidade

    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participa nesta quarta-feira (30/07) da posse do vice-presidente da Repblica, Jos de Alencar, como Presidente de Honra da Associao Comercial de Minas, em Belo Horizonte.
    A entidade criou o ttulo especificamente para homenage-lo pelo reconhecimento aos seus permanentes esforos em defesa da livre iniciativa.
    "Tenho muito prazer de estar participando desta homenagem ao nosso amigo Jos Alencar. A sua histria de vida e trajetria poltica um exemplo para todos ns", disse Hlio Costa.
    Jos de Alencar integrou a entidade na dcada de 70 e atualmente exerce o cargo de diretor emrito da ACMinas. 
    A solenidade de posse no novo posto acontecer s 19h30, no Auditrio da ACMinas. Tambm estaro presentes na solenidade o ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, e o vice-governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 30, 2008

    MINERAO. *Vem a - de 19 a 22 de agosto - na Mina de guas Claras, em Nova Lima a EQUIPO MINING 2008. So esperados 15 mil visitantes . Volume de negcios de 250 milhes de reais. Apoio da FIEMG, VALE, SINDIEXTRA e governo de Minas. O local do evento ser uma MINA DESATIVADA.

    EQUIPAMENTOS E TECNOLOGIA INOVADORES
    EM MAIOR FEIRA DE MINERAAO DA AMRICA LATINA

    Automation Solution, Hyundai, EVERGREEN TYRES
    e as chinesas Liu Gong e Sany
    so algumas empresas que apresentam novidades

    Equipamentos e sistemas inditos no mercado nacional de minerao sero apresentados durante os quatro dias da Equipo Mining 2008 - maior evento de demonstrao de mquinas e de tecnologia para minerao na Amrica Latina que reunir os principais fornecedores e empresas do setor minerador do pas e do exterior.
    Entre os dias 19 e 22 de agosto, na Mina de guas Claras, em Nova Lima, empresas de destaque, que participam pela primeira vez do evento, prometem apresentar produtos inovadores e esperam comercializar todo o estoque.
    o caso da Automation Solution, com sede em Belo Horizonte e bases em Parauapebas (PA) e Vitria (ES), e da CHB Equipamentos, lder em vendas de escavadeiras com forte presena em Minas Gerais.
    Referncia em tecnologia com atuao no cenrio industrial, a Automation Solutions ir apresentar o sistema de supresso de incndio em caminhes e mquinas de mdio e grande porte e o sistema anti-coliso e leo mster e lubrificao automticos.
    Tambm ser apresentada a cmera industrial com infra-vermelho, limpador de pra brisas com sistema automtico de jato d'agua, atravs do joystick (equipamento desenvolvido para viradores de vages quatro e cinco - Vale /Tubaro). J a CHB Equipamentos, representante de mquinas pesadas da Sul-Coreana Hyundai e tambm especializada na fabricao de pinas para sucatas, vai trazer a Escavadeira Hyundai R-800 LC-7A de 80 toneladas, apresentada pela primeira vez no mercado nacional.
    A Equipo Mining considerada por executivos e empresrios do setor uma tima oportunidade para estreitar relacionamento e divulgar as marcas e os produtos de ltima gerao. Grandes nomes mundiais chegam pela primeira vez ao Brasil, como a EVERGREEN TYRES, fabricante de pneu de grande porte, e a Liu Gong e a Sany, fabricantes chinesas de carregadeiras e escavadeiras. Elas se apresentam ao lado de marcas j consagradas no evento, como a New Holland, a Case e a Liebherr, fabricantes brasileiras de equipamentos pesados.
    A feira deve movimentar mais de R$250 milhes em negcios nos setores de minerao, construo, engenharia e montagem industrial.
    O evento ter como palco uma mina desativada onde ser montado um espao exclusivo para a feira, com cerca de 100 mil metros quadrados, ocupados com mais de 160 expositores.
    A grande atrao a colocao de equipamentos e de mquinas em operao, permitindo ao pblico conhecer de perto as mais recentes tecnologias do setor.
    "Dessa forma, o visitante poder conhecer melhor como funcionam as mquinas e os sistemas utilizados no dia-a-dia das minas e das plantas", conta o organizador do evento, Joseph Young. Ele explica que so esperados mais de 15 mil visitantes.
    "Nossa expectativa aumentar em 30% no nmero de expositores desta edio, em comparao com a ltima, em 2006, na cidade de Ouro Preto", observa Young. Em Ouro Preto a feira contou com 130 expositores e cerca de 10 mil visitantes corporativos.
    A Equipo Mining est em sua nona edio e j aconteceu nos estados de SP, BA e MG. "Minas o maior plo de minerao no Brasil e, como a ltima feira realizada aqui foi um sucesso, resolvemos repetir a dose numa regio que tem longa tradio no setor, o Quadriltero Ferrfero", conclui.
    A Equipo Mining 2008 dedicada exclusivamente para visitantes profissionais e conta com apoio da Vale, da FIEMG, do Sindiextra e do Governo de Minas Gerais.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 30, 2008

    ATENO - Oportunidade na rea de TURISMO. Chance para TRAINEE. Notcia foi enviada ao nosso BLOG pelo professor Iwagner Ferreira. Mandar currculo at dia 10. Acesse www.criativamarketing.com.br

    Uma das maiores agncias de viagem e turismo de Belo Horizonte/MG,
    solicitou nossa ajuda para localizar trainee
    que atuar na funo de Consultor de Negcios.

      Requisitos:

     . Caractersticas destacadas de organizao e controle;

     . Habilidade negocial (ter contato com clientes);

     . Formao superior em rea de Turismo ou afim (mesmo em curso);

     . Usurio de micro informtica (pacote office em especial);

     . Disponibilidade de horrio comercial integral (trabalhos esporricos aos sbados);

     . Priorizaremos quem j tenha alguma experincia no setor.


    Informaes:


    . Local de trabalho na regio da Savassi - Belo Horizonte/MG;
    . Poltica de benefcios compatvel com cargo;
    . Remunerao fixa + varivel sobre produo.


    Interessados podero se cadastrar atravs do formulrio no site
    www.criativamarketing.com.br
     > currculos, at dia 10-08-0.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 30, 2008

    ARTIGO ESPECIAL.

     Enviado pelo consultor empresarial Wagner Gomes.
    Ele fala sobre " ECONOMIA & ELEIO "


                                                     Economia e Eleio 

                       

                                                        Wagner Gomes

    Em um primeiro momento, lderes mundiais tentaram atrelar a inflao, que est subindo no mundo inteiro, ao etanol brasileiro.
    Aquela entidade difusa, conhecida pelo pomposo nome de "agentes econmicos", tenta descobrir a causa desse fenmeno que se alastra, puxado pela alta nos alimentos. H cem anos acabava-se o ciclo do carvo e iniciava-se o ciclo do petrleo como motor da economia.
    Estamos no limiar de uma nova era, e o petrleo tende a ser substitudo por mais de uma fonte de energia. Seguramente o biocombustvel ser uma delas. Por esse motivo, partindo de falsas premissas, pensam os lderes mundiais que o crescimento da rea agricultvel para atender essa nova demanda ocorre em detrimento de que se plantem mais alimentos.
    A alta do petrleo, fator determinante na formao dos custos de todo e qualquer produto que precise ser escoado, a verdadeira razo de que a inflao esteja se alastrando pelo planeta. Internamente, a oposio explora, de maneira inocente, que a inflao seja um fenmeno exclusivamente nacional.
    E essa estratgia reside no fato de que as eleies municipais deste ano constituiro um ensaio geral, quase uma preliminar, para 2010. Por mais que neguem, os partidos polticos e os candidatos s pensam nisso.
    como se fora uma batalha global, onde cada um dos generais-candidatos posta seus exrcitos estrategicamente, visando a grande batalha que se avizinha no horizonte. Se por um lado o Presidente se posta fortalecendo a aliana governista, por outro deixa bem clara sua condio de grande eleitor, a exemplo do Cardeal Camerlengo na conduo da sucesso de um papa.
    Ainda que no primeiro turno ele pose de magistrado, no segundo turno haver sempre um palanque rogando a sua presena e em no a conseguindo, apregoando sua orfandade.
                                                   Vejamos seus movimentos:
    em So Paulo costura a adeso do PC do B a Marta Suplicy, fazendo de Aldo Rebelo o seu vice.
    Em Belo Horizonte, no se tem dvida de que liquida a fatura no primeiro turno e explicita sua simpatia pela aliana de Acio Neves com Fernando Pimentel.
    No Rio, anotem: to logo o quadro se delineie adotar, sem rodeios, aquele que sempre quis - Marcelo Crivella.
    E desta forma proceder por todo o Pas, com o claro objetivo de conquistar o mximo de prefeituras, fazendo-as serem ocupadas por polticos que integrem a base aliada. Se conseguir o seu intento, estaria derrotando a dupla dinmica, tal qual Batmam e Robin, nesse caso DEM e PSDB.
    A nica exceo que foge a essa regra e, por isso mesmo est na ala de mira do PT, o indisfarvel namoro do Presidente Lula com o Governador Acio Neves.
    Esse quadro tem deixado a oposio sem norte e o prprio PT ressabiado. No por outro motivo, a oposio, quando consegue uma paz, ela se forma nos moldes da que ocorreu em So Paulo.
    As turmas de Alckmin e de Kassab dentro do PSDB firmaram um armistcio. Dez dos doze vereadores tucanos no compareceram na conveno, pois estavam reunidos em local diferente torrando o candidato da unidade do PSDB, que quela altura estava sendo ungido.
    Ainda assim, essa rixa certamente vai respingar no Governador Jos Serra.
    E no ser surpresa se, no futuro, o DEM partir para uma candidatura solo Presidncia da Repblica, em funo desse racha e dessa rixa.
    A fogueira das vaidades oposicionistas pretende ser alimentada pelo fogo da inflao. S que, cada vez mais, a inflao se torna um problema mundial. E no Brasil, O Presidente Lula d todo poder ao BACEN, onde o seu mandatrio
    Henrique de Campos Meirelles tem-se mostrado um xerife implacvel.
    Com isso fica distante o quadro ansiado pelos que pretendem retornar ao poder, qual seja: inflao acelerada at 2010, corroendo a popularidade do Presidente Lula.
    Caso necessrio se faa, agravando-se o cenrio, h indcios de que medidas sero tomadas, de tal forma que a economia entrar novamente nos eixos a tempo da me de todas as batalhas, que ser a de 2010...
    Encontrar a linha do equilbrio e bem conduzir a economia, enquanto se intercalam duas eleies, forma a equao do sucesso poltico.
    E isso os oponentes j se deram conta. Enquanto isso, um aumentozinho de 8% no valor do Bolsa Famlia aquece a popularidade do Presidente, ao tempo em que turbina a inteno de votos em seus candidatos. 
    Ainda que bote uma lenhazinha na inflao interna ...



















    Comentrios

    #1. Marcelo Reis
    Blogueiro Joo Carlos e Articulista Wagner Gomes:
    Por quais razes deixaram de nos brindar com artigos deste nvel? Ainda bem que esto de volta. Ns leitores, agradecemos.
    Marcelo Reis

    #2. Joo Batista Gimenez Gomes
    Que artigo lcido, em termos econmicos e polticos. Lucidez dgna de que o escreve: executivo altamente preparado e com elevada sensibilidade.

    #3. C.Paiva
    Muito bom! Analise profunda e ao mesmo tempo simples.
    Parabens.
    Carlos A.C.Paiva

    #4. mauro machado borges
    Prezado Wagner: como sempre, leio seus artigos com muita ateno e interesse, no smente pelo conteudo,mas principalmente, pela objetividade, clareza e argumentos slidos, baseados em fatos insofismveis. Continue com seus artigos que alm de esclarecedores so, sobretudo, coerentes e corretos.Parabns e o meu abrao.

    #5. Luiz C.Ortiga
    As observaes so sensatas e procedentes. A m vontade com a alternativa do etanol brasileiro, demonstra bem um posicionamento poltico/econmico das grandes corporaes contra os anseios do Brasil.

    #6. Adolpho Nogueira
    "Caro Jornalista Amaral,
    Feliz aquele profissional da mdia sria que tem um Wagner Gomes como seu articulista. Os comentrios do Dr. Wagner so de uma consistncia, de uma viso, de uma lucidez invejvel. Prprio de quem foi forjado pelas lides das dificuldades, passando - e vencendo, como gestor, por planos de governo os mais audaciosos e estapafrdios, que requereram muita tcnica e sangue-frio de quem tinha a responsabilidade de administrar recursos governamentais e, por conseguinte, nossos.
    Parabns, Jornalista Amaral. Parabns, Professor Wagner."

    #7. Arthur. Jose Diniz
    Parabns pela lucidez e conciso! Muito bom mesmo. Arthur.







    #9. Fabiano Oliveira
    Parabens Jornalista Joo Carlos Amaral e nosso caro Wagner Gomes. A um pela abertura do espao e ao outro pela forma de anlise e exposio simples, objetiva e clarificante!

    #10. Vera Laponez
    Meu Amigo!
    a nica via essa: 'a corrida fogueira das vaidades oposicionistas'...
    Onde urge a queima dos enfadados argumentos inflacionrios do ento Presidente, que nunca sabe...


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 29, 2008

    Recursos federais para Minas. Notcia enviada ao nosso BLOG pela assessoria do ministro das comunicaes, senador Hlio Costa.

    Senado destina quase R$ 4 milhes para Minas Gerais



    Mesmo no Ministrio das Comunicaes, Senador Hlio Costa trabalha para a liberao de emendas no Estado

    Mais 26 municpios mineiros foram beneficiados com recursos do governo federal nas reas de sade, educao e infra-estrutura. Hlio Costa apresentou emenda individual por meio de seu suplente Wellington Salgado.
    Todos os projetos foram aprovados no primeiro semestre de 2008. O dinheiro ser liberado nos prximos meses, assim que as prefeituras apresentarem a documentao necessria ao rgo federal responsvel.
    "Os recursos beneficiaro diretamente a populao que mais precisa de ajuda. So obras e investimentos voltados exclusivamente para necessidade bsica destas pessoas", disse Hlio Costa.
    Entre os principais projetos esto: a construo de creches e ginsios poliesportivos; instalao de iluminao, pavimentao e calamento em reas pblicas; aparelhamento de centros de sade com equipamentos modernos em prefeituras localizadas em reas rurais; e aquisio de patrulhas mecanizadas. O custo total dos investimentos ser R$ 3.587.650.

                                                Hospital da Baleia
    Em Belo Horizonte sero investidos R$ 500 mil para ampliar atendimento de pacientes. Atualmente, o Baleia segundo hospital da capital mineira em atendimento de famlias carentes, com mais de 40 mil pessoas mensais.
    So atendidas desde pacientes da comunidade mais prxima, o Aglomerado da Serra, at outros de todo o Estado.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 29, 2008

    A POLMICA sobre a Lei seca. O leitor do nosso BLOG, o administrador de empresas, Jos Aparecido Ribeiro, nos enviou comentrio sobre a abordagem feita pelo colunista do jornal Pampulha, aqui de BH, Paulo Queiroga sobre o assunto. Confira!!!

    Li a abordagem sobre a Lei Seca e a mudana de comportamento das pessoas esta semana na coluna do Jornalista Paulo Queiroga no Pampulha e achei bastante interessante. Ele citou a palavra razoabilidade e fez uso da filosofia para uma anlise mais profunda.
    Usou o termo "bom senso "e a "lgica do pensamento cientfico" para uma anlise reflexiva de quem j teve uma experincia no seio da famlia, como ele mesmo colocou no final do artigo.

    A Lei, se no tratasse coisas diferentes de forma igual seria extremamente bem vinda e respeitada por todos, a questo que ela no razovel e coloca no mesmo balaio, pessoas normais ao lado de pessoas que merecem cadeia, e no s multas.

    Um bom policial sabe detectar quando um individuo est embriagado, basta usar mtodos simples, como se usa nos EUA, onde eu mesmo vivi experincia que comprova o que estou falando. Eu havia tomado duas doses de whiskey e declarei isto para o policial, a pergunta que ele me fez em seguida foi se eu estava embriagado, como eu nao estava, eu respond que no e ele fez o teste que comprovou que eu no estava de fato. O teste testa os reflexos e o eixo do seu corpo para saber se um individuo est embriagado.

    Ele usa a ponta do dedo indicador e uma lanterna para testar o equilibrio da pessoa e no tem escapatria, se o indivduo estiver embriagado, ele fica tonto e costuma cair na mesma hora. A sim, aps comprovado o indcio de embriaguez, ele faz o teste do bafmetro e a pessoa presa sem direito a nenhuma opo.
    Ao contrrio daqui que se o individuo souber que ele est embriagado ele opta por no fazer o teste e paga apenas uma multa, tem os direitos de dirigir suspensos etc etc. Isto, na minha modesta opinio,  um absurdo total. Se ele esta embriagado, ele tem que ser preso e no s pagar multa e outras firlas.

    Tenho pelo menos uns 12 amigos mdicos, todos atendem ou j atenderam no Joo XXIII, ou Odilon Behres e todos tambm tomam uma taa de vinho, eventualmente ou um chope, so homens de conduta ilibada responsveis, nunca se envolveram em uma ocorrncia de trnsito, como eu e como vc, acredito, tambm nunca deve ter se envolvido, so grandes mdicos nas suas especialidades e so unnimes em dizer que a Lei desproporcional com a realidade e excessiva.
    E o principal, a maioria das ocorrncias em que h presena de alcool, tal precena no necessita de exames mimunciosos, basta olhar para a vtima, que regra geral ultrapassou em muito a sua cota, denunciando embriaguz explicitamente.

    Cada pessoa reage ao lcool de maneira diferente e para isto basta que o policial seja treinado para fazer uma abordagem que ele saber se a pessoa est ou no embriagada e em condies de conduzir seu veculo.
    Se sim, justo que o seu direito seja resguardado e a pessoa no tenha que pagar por excessos da Lei, se no, CADEIA, SEM CONVERSA e artimanhas da Lei.

    Os resultados da diminuio de acidentes que ele se refere  so em funo das pessoas estarem aterrorizadas, deixando de sair de casa, o que uma covardia e uma insensatez.

    Um abrao

    Jos Aparecido







    Comentrios

    #1. celso castilho de souza
    Caro Jos Aparecido.
    Concordo com voce em genero numero e grau(no etilico).Com certeza poderiam ser feitos testes que comprovassem a embriaguez ou no do condutor do veiculo.Pessoas com reponsabilidade, nas quais nos enquadramos, esto impedidos de tomar nossas duas taas de vinho(semanais) pois podemos ser parados e enquadrados como condutores embriagados..Olha s qe distancia...
    Um grande abrao.
    Celso Castilho de Souza

    #2. Jose Aparecido Ribeiro
    Celso
    Note-se que a Lei coloca todos no mesmo balaio, pessoas de bem e marginais que fazem dos seus veculos armas. Sinto que as coisas no nosso Pas no respeitam uma lgica coerente e minimamente sensata. A hipocrisia e a falcia permeiam o assunto e s quando os defensores deste exagero comearem a pagar caro que haver uma reflexo sobre o assunto mostrando que "bife de caarolinha" no "rifle de caar rolinhas". Lamentavelmente, a falta da filosofia na formao das mentes que direcionam o pensamento nacional provoca este desequilibrio e esta falta de sobriedade para lidar com assuntos polmicos... Aguarde, a lei ser revista em breve, pela bom senso, ou pela dor daqueles que pagaro pelo seus excessos. Motorista embriagado merece cadeia, motorista tico e responsvel, merece ter seu direito de ir e vir resguardado. Uma coisa no tem nada a ver com a outra. Ambas no podem ser jogadas na vala comum. Isto uma covardia e um atestado de incopetencia coletiva.

    Um abrao e obrigado pelo comentrio oportuno.
    Jos Aparecido



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 29, 2008

    ONDA VERDE.








































    Vice-presidente PV/ BH, engenheiro eletricista (1973), professor universitrio, vice-prefeito de B.H.
    Fale com o Ronaldo: ambito@terra.com.br




    Passatempo: cruzada ecolgica.
    - Mamfero herbvoro (4 letras): Anta


    Palestra interessante e importante.
    A do engenheiro florestal e diretor-geral do IEF- Instituto Estadual de Florestas Humberto Candeias Cavalcanti, durante a II Semana Cultural de So Bartolomeu, distrito de Ouro Preto, s margens do Rio das Velhas: Proteo da Biodiversidade e Desenvolvimento Local, no dia 24/7 (quinta-feira passada). Bola Verde!

    Comparao I.
    3.1) Filme (fantasia): Quanto mais quente, melhor.
    3.2) Estudo tcnico (realidade): "Um mundo mais quente, mas tambm mais doente."

    Comparao II.
    Lembremos que, em igual concentrao, o gs metano (CH4) contribui cerca de setenta vezes mais que o gs carbnico (CO2) para o aquecimento planetrio.


    Em causa prpria.
    Em 1997, o fenmeno climtico El Nio provocou a soma recorde de 33 bilhes de dlares de prejuzos. Desde ento, as companhias de seguro tornaram-se as melhores defensoras da ao ecolgica!


    Bom exemplo I.
    Fui fazer palestra na 34 edio do Encontro Nacional de Estudantes de Administrao ENEAD que aconteceu em Belo Horizonte, no perodo de 21 a 25 de julho deste ano. Recebi de lembrana uma mochila feita por cooperativas de costureiras reaproveitando lonas utilizadas em banners promocionais, que antes iam para o lixo. a prtica do conceito dos 3 (trs) erres: Reduzir/ Reutilizar / Reciclar. Bola Verde!


    Bom exemplo II.
    Durante o mesmo evento, foram promovidas as outras seguintes aes:
    7.1) Priorizao do uso de materiais reciclados;
    7.2) Incentivo ao no uso de descartveis;
    7.3) Pastas dos congressistas (4.000 jovens) produzidas em material reciclado.
    So prticas do conceito de responsabilidade ambiental. Parabns moada inteligente e participante, que contribui para a sustentabilidade do planeta!


    Para relaxar: As rosas no falam (Cartola).
    "Queixo-me s rosas
    Mas que bobagem, as rosas no falam.
    Simplesmente as rosas exalam
    O perfume que roubam de ti, ai..."


    Festa ecolgica.
    A Organizao Ponto Terra nos convida para o coquetel de lanamento da 3 edio do Prmio Ambiental Ponto Terra Minas 2008, que ser realizado no dia 04 de agosto, segunda-feira, s 18:30 horas, no Sircom, Rua Bernardo Guimares, 2004, bairro de Lourdes, em Belo Horizonte. Estaremos!


    A volta do Ecologia e Cidadania.
    Tudo pronto e acertado para o retorno de nossa presena, apresentando esse informativo programa ecolgico: TV HORIZONTE (canais 19 em UHF, 22 pela NET e 24 pela WAY); sbado (02 de agosto, s 22:00 h) e quarta-feira (06 de agosto, s 20:15 h ). O programa de estria mostra o Centro Mineiro de Referncia em Resduos e o entrevistado o seu diretor-executivo, economista Jos Osvaldo Lasmar. Bola Verde!



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 29, 2008

    S at amanh, quarta-feira, a chance de participar de concorrncia pblica para fazer obras de modernizao do MINEIROpara a COPA de 2014. Informao vem da assessoria de comunicao da Secretaria de Esportes e Juventude do governo Acio Neves.


    Propostas comerciais
    para modernizao do Complexo Mineiro-Mineirinho
    sero abertas amanh

    As propostas comerciais de trs participantes da Concorrncia Pblica Internacional n 001/2008, que tem por objeto a contratao de servios de consultoria tcnica especializada para elaborar os estudos preliminares do Projeto de Modernizao dos Estdios Governador Magalhes Pinto - "Mineiro" - e Jornalista Felipe Drummond - "Mineirinho", sero abertas amanh (30/07/08).
    Foram consideradas habilitadas pelo secretrio de Estado de Esportes e da Juventude, Gustavo Corra, as licitantes Consrcio PWC Projeto Mineiro, representado pela empresa lder Pricewaterhousecoopers Servios Profissionais LTDA, e empresas KPMG Structured Finance S.A. e Ernst & Young Assessoria Empresarial Ltda. A deciso do secretrio tambm ratificou deciso da Comisso Especial de Licitao na Ata de Julgamento dos Recursos e Contra-Recursos, que considerou inabilitadas as licitantes
    Consrcio Booz & Company-Logit-XBB-Golden Goal-CMA, representado pela empresa lder Booz & Company do Brasil Consultores Ltda e a empresa Deloitte Touche Tohmatsu Consultores Ltda.
    Os envelopes contendo as Propostas de Preos sero abertos pela Comisso Especial de Licitao na amanh, s 10 horas, no Auditrio de Coletiva de Imprensa do Estdio Governador Magalhes Pinto Mineiro (avenida Abraho Caran, 1001, Belo Horizonte - Minas Gerais).
    Com a iniciativa, o governo de Minas Gerais d incio efetivo ao processo de modernizao do Complexo Mineiro-Mineirinho e de adequao de suas estruturas s exigncias da FIFA para a realizao de partidas da Copa do Mundo de Futebol 2014.

    As propostas comerciais de trs participantes da Concorrncia Pblica Internacional n 001/2008, que tem por objeto a contratao de servios de consultoria tcnica especializada para elaborar os estudos preliminares do Projeto de Modernizao dos Estdios Governador Magalhes Pinto - "Mineiro" - e Jornalista Felipe Drummond - "Mineirinho", sero abertas amanh (30/07/08).
    Foram consideradas habilitadas pelo secretrio de Estado de Esportes e da Juventude, Gustavo Corra, as licitantes Consrcio PWC Projeto Mineiro, representado pela empresa lder Pricewaterhousecoopers Servios Profissionais LTDA, e empresas KPMG Structured Finance S.A. e Ernst & Young Assessoria Empresarial Ltda. A deciso do secretrio tambm ratificou deciso da Comisso Especial de Licitao na Ata de Julgamento dos Recursos e Contra-Recursos, que considerou inabilitadas as licitantes
    Consrcio Booz & Company-Logit-XBB-Golden Goal-CMA, representado pela empresa lder Booz & Company do Brasil Consultores Ltda e a empresa Deloitte Touche Tohmatsu Consultores Ltda.
    Os envelopes contendo as Propostas de Preos sero abertos pela Comisso Especial de Licitao na amanh, s 10 horas, no Auditrio de Coletiva de Imprensa do Estdio Governador Magalhes Pinto Mineiro (avenida Abraho Caran, 1001, Belo Horizonte - Minas Gerais).
    Com a iniciativa, o governo de Minas Gerais d incio efetivo ao processo de modernizao do Complexo Mineiro-Mineirinho e de adequao de suas estruturas s exigncias da FIFA para a realizao de partidas da Copa do Mundo de Futebol 2014.

    As propostas comerciais de trs participantes da Concorrncia Pblica Internacional n 001/2008, que tem por objeto a contratao de servios de consultoria tcnica especializada para elaborar os estudos preliminares do Projeto de Modernizao dos Estdios Governador Magalhes Pinto - "Mineiro" - e Jornalista Felipe Drummond - "Mineirinho", sero abertas amanh (30/07/08).
    Foram consideradas habilitadas pelo secretrio de Estado de Esportes e da Juventude, Gustavo Corra, as licitantes Consrcio PWC Projeto Mineiro, representado pela empresa lder Pricewaterhousecoopers Servios Profissionais LTDA, e empresas KPMG Structured Finance S.A. e Ernst & Young Assessoria Empresarial Ltda. A deciso do secretrio tambm ratificou deciso da Comisso Especial de Licitao na Ata de Julgamento dos Recursos e Contra-Recursos, que considerou inabilitadas as licitantes
    Consrcio Booz & Company-Logit-XBB-Golden Goal-CMA, representado pela empresa lder Booz & Company do Brasil Consultores Ltda e a empresa Deloitte Touche Tohmatsu Consultores Ltda.
    Os envelopes contendo as Propostas de Preos sero abertos pela Comisso Especial de Licitao na amanh, s 10 horas, no Auditrio de Coletiva de Imprensa do Estdio Governador Magalhes Pinto Mineiro (avenida Abraho Caran, 1001, Belo Horizonte - Minas Gerais).
    Com a iniciativa, o governo de Minas Gerais d incio efetivo ao processo de modernizao do Complexo Mineiro-Mineirinho e de adequao de suas estruturas s exigncias da FIFA para a realizao de partidas da Copa do Mundo de Futebol 2014.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 29, 2008

    Olha a O COLRIO blonde desta tera-feira de final de frias de julho. claro que vem dacoleo de belas do arquivo implacvel do meu amigo Csar Romero, colunista da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Lara Alvarenga clicada no
    final de semana no Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 28, 2008

    Recursos federais para a incluso pelo esporte.

    Novas obras incentivam o esporte e lazer em Minas Gerais

      Hlio Costa conseguiu liberao de R$ 14,6 milhes
    para as reas de educao, sade, cultura e infra-estrutura

    Seis prefeituras de Minas receberam recursos do governo federal para a construo de quadras poliesportivas, reforma e modernizao de campos de futebol. Milhares de pessoas sero beneficiadas com espaos para atividades e eventos de esporte, lazer e cultura.
    A liberao foi feita por meio de emenda individual apresentada pelo Ministro das Comunicaes, Hlio Costa, atravs de seu suplente no Senado, Wellington Salgado. O dinheiro ser empenhado pelo Ministrio dos Esportes assim que terminarem as eleies municipais e as prefeituras apresentarem a documentao necessria ao rgo federal responsvel.
    " importantssimo que as famlias de baixa renda tambm tenham o direito ao esporte, cultura e lazer. Estas obras vo contribuir para esse objetivo", disse o ministro.
    Os seis municpios mineiros atendidos so: Brs Pires, Dom Silvrio, Guaraciaba, Novo Oriente de Minas, Reduto e So Joo do Oriente.
    O custo total dos investimentos ser de R$ 633 mil, que esto includos nos R$ 14,6 milhes em emendas apresentadas neste ano por Hlio Costa.
    At o final de 2008, esto previstos novos empenhos na rea da Sade, totalizando R$ 2,5 milhes, para a compra de equipamentos e construo de postos de sade. Sero beneficiadas, por exemplo, duas instituies que atendem milhares de pessoas:
    o Hospital de Clnicas (da Universidade Federal de Uberlndia) - que atinge 60 municpios na regio do Tringulo Mineiro e Alto Paranaba; e o Hospital da Baleia, o segundo em nmero de atendimento mensal em Belo Horizonte.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 28, 2008

    ABRAJET - Associao Brasileira de Jornalistas de Turismo - de Minas Gerais, ter novo presidente. Ser PAULO QUEIROGA, jornalista de turismo do jornal Pampulha - leia-se Tempo - jornal Turismo de Minas e Revista Mercado Comum. Ele o atual tesoureiro da Abrajet/MG.

    PAULO QUEIROGA /DIVULGAO
    Srgio Moreira e Claudio Magnavita,
     presidentes da Abrajet Minas e Nacional respectivamente,
    durante XXVI Congresso Nacional da Abrajet
     no Copacabana Palace no Rio.

    O anncio da candidatura nica de Paulo Queiroga foi feito pelo atual presidentte da Abrajet Minas, Srgio Moreira - durante almoo no Maria das Tranas na Savassi, aonde foi servido o tradicional Frango ao Molho Pardo e frango frito. De entrada no faltaram os irresistveis pastis de ang.
    A eleio da chapa nica da Abrajet, ser dia 8 de agosto na sede do BH Convention Bureau - parceiro da entidade.
    Os nomes para os outros cargos da nova diretoria da Abrajet/MG esto sendo consultados e estaro definidos nos prximos dias.
    No almoo de trabalho e despedida do atual presidente, jornalista Srgio Moreira, estavam 22 mebros da Abrajet de Minas.
    Anotei: Leila Mara, Z Lopes, Suely e Antonio Claret, Eujcio Silva, Paulo Queiroga, nio Fonseca, Ernane de Castro, Srgio Neves, Ktia Lage, Chico Maia - que est indo para Pequim cobrir a Olimpadas...e ser o vice-presidente da Abrajet.
    Documentando tudo: o fotgrafo Waldez Maranho.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 28, 2008

    INCLUSO DIGITAL. Internet no interior de Minas. DE GRAA!!!









    Regio do Vale do Rio Doce
    ganha mais quatro Telecentros


     
    Alberto Duque Portugal - secretrio de Estado de Cincia e Tecnologia.


    O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), inaugura nos dias 30 e 31 de julho mais quatro Telecentros na regio do Rio Doce.
    Na quarta-feira (30), sero inauguradas as unidades de Tumiritinga, localizada Av. Amazonas, 888 - Centro s 10h, e Capito Andrade, Rua Jos Verssimo, 646- Centro, s 15h.
    Na quinta-feira (31), sero inaugurados os Telecentros de Santa Rita de Minas, Rua Cel. Galdino pires, 44 - Centro, s 10h, e Bom Jesus do Galho, Rua Daniel Gonalves Medeiros, 69 - Bairro Santa Terezinha, s 15h.
    Os Telecentros so unidades do Projeto Estruturador Rede de Formao Profissional Orientada pelo Mercado, sob coordenao da Sectes e gesto da Subsecretaria de Inovao e Incluso Digital. Os recursos para implantao das unidades so obtidos por meio de emendas da bancada mineira na Cmara Federal e contam com contrapartida do Governo de Minas.
    Para implantao das unidades so realizados convnios entre a Secretaria de Estado de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior e municpios ou Organizaes do Terceiro Setor, como Organizaes da Sociedade Civil de Interesse Pblico (Oscips), Organizaes No Governamentais (ONG) ou Organizaes Sociais (OS).
    O Telecentro um espao reservado para a incluso digital e social, com acesso gratuito internet, possibilitando a utilizao do correio eletrnico, a capacitao profissional por meio de cursos distncia, realizao de pesquisas escolares e servios de utilidade pblica, elaborao e envio de currculos, alm de uma vasta troca de informaes e experincias pela Internet.
    Alm do acesso gratuito Internet, os Telecentros disponibilizam 74 cursos nas reas de informtica (bsicos e avanados), profissionalizantes, comportamentais e gerenciais. Mais de 300 mil pessoas j foram beneficiadas.
    Mais informaes:
    www.tecnologia.mg.gov.br/ www.inclusaodigital.mg.gov.br acs@inclusaodigital.mg.gov.br

    Telefone: (31) 3224.8441 Ramais: 230/231/232  (31) 8737.35.35



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 28, 2008

    EXPO 2008 de Desterro do Mello - cidade que fica a 200 kms de BH e 32 de Barbacena - no caminho do meio da Estrada Real na zona da mata. EXPO ser de 13 a 17 de agosto. Vou l!









                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 28, 2008

    O COLRIO em dose tripla - que veio do frio. As belas so do portiflio do nosso amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Suellen Lazzarini, Natlia Carrato
    e Lauren Lazzarini curtindo a
    temporada de inverno em Bariloche

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 23, 2008

    ESTOU em mini-frias - de cinco dias, em CONCEIO DA BARRA no norte do Esprito Santo. Vou danar FORR no BURACO DO TAT na Vila de Itanas. Estarei l na noite desta quinta-feira com o prefeito Manoel P de Boi e a assessora dele, a simptica Ana Amlia.

    INDICO para estas frias, ir ao Parque Estadual VILA DE ITANAS
    em Conceio da Barra - fica no norte do Esprito Santo
     - a 632 kms de BH. O FESTIVAL DE FORR
    a maior atrao deste ms.
    Confira a programao de ITANAS













    Parque de Itanas
    oferece programao especial de frias

     


     



    Quem for Vila de Itanas, distrito de Conceio da Barra (norte do Estado) no ms de julho, vai encontrar outras atraes alm do tradicional forr. O Festival e o Encontro Nacional de Forr acontecem na Vila nesse perodo, mas o visitante poder tambm aproveitar as belas praias, oficinas gratuitas e trilhas ecolgicas.
    Na programao do Parque Estadual de Itanas para esse ms esto includas trilhas em que o visitante pode curtir um contato direto com a natureza. Com aproximadamente uma hora de caminhada, o turista pode percorrer a trilha dos Pescadores, ou a da Runa, ou ainda a do Tamandar.
    Com um pouco mais de disposio, o visitante pode fazer a trilha do Buraco do Bicho, em que a caminhada dura aproximadamente trs horas. As caminhadas so gratuitas. O agendamento deve ser feito na sede do Parque.
    Entre os dias 19 e 27 de julho, o Parque ainda oferece oficinas de biscuit, de resduos da natureza - ornamentao feita com fibra de coco, sementes, restos de razes - , de mosaico, de artesanato em cip e palha e ainda de pintura em tecido com temas ambientais. As oficinas acontecem durante todo o dia.

                                                              Lanamento

    Ainda como parte da programao, no dia 25 de julho, acontece o lanamento da identidade visual do Parque, que conta com nova logomarca. O evento acontece na sede do Parque e faz parte do projeto do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hdricos (Iema) que est promovendo uma reformulao da identidade dos Parques Estaduais.
    O visitante tambm poder apreciar, nesse perodo, a I Mostra Fotogrfica do Arteso e da Gastronomia da regio de Itanas. A exposio da fotgrafa Rita Petroni e acontece entre os dias 19 e 25 de julho, na sede do Parque.

                                                          Confira a programao

    - Oficinas
    Horrio: durante todo o dia
    Local: sede do Parque
    Dia 22 Pintura em Tecido
    Dia 23 Artesanato em cip e palha
    Dia 24 Ornamentao
    Dia 25 Biscuit
    Dia 26 Mosaico

    - I Mostra Fotogrfica do Arteso e da Gastronomia
    Dia 19 a 25
    Horrio: durante todo o dia
    Local: sede do Parque

    - Lanamento Identidade Visual
    Dia 25
    Horrio: 18 horas
    Local: sede do Parque

    - Trilhas
    Durante todo o dia, no ms de julho.

    8 Festival Nacional do Forr
    Data: 13 a 20/07
    Local: Bar Forr

    Encontro Nacional de Forr P de Serra
    Data: 21 at 27/07
    Local: Casa de Forr Buraco do Tatu

    Extrada do Sculo Dirio




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 22, 2008

    ENTERRO de Clio de Castro. O presidente Lula e o vice Z Alencar se despedem do ex-prefeito Clio de Castro - que morreu domingo, de parada cardaca, aos 76 anos de idade. O prefeito de BH, Fernando Pimentel e o governador Acio Neves - que esto em viagem ao exterior - enviaram nota lamentando a morte do Dr BH.

                         
    Conhecido pela atuao humanista, alm da capacidade para o dilogo, o ex-prefeito Clio de Castro deixa como legado um exemplo de homem pblico. O "Doutor BH", velado no Espao Municipal da Prefeitura, foi enterrado no Cemitrio Parque da Colina.

     

    Entre as personalidades presentes estavam o presidente Luiz Incio Lula da Silva, o vice-presidente Jos Alencar, os ministros Patrus Ananias, Hlio Costa e Luiz Dulci, o vice-governador do Estado, Antnio Anastasia, o vice-prefeito Ronaldo Vasconcellos, o ex-ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Nilmrio Miranda, alm de deputados e vereadores.
     

    O prefeito Fernando Pimentel, em viagem oficial aos Estados Unidos, no acompanhou o sepultamento, mas lamentou a perda do amigo. "Com o doutor Clio eu tinha relaes pessoais muito fraternas, alm do relacionamento poltico. Tenho por ele uma lembrana muito grata e tenho certeza que seu exemplo vai continuar inspirando todos que querem nosso Brasil transformado num pas justo e fraterno, assim como ele queria. uma perda muito grande, mas fica o exemplo de uma vida dedicada ao povo brasileiro", disse.
     

    O presidente Lula afirmou que Clio de Castro se sobressaa pelo seu carter, comportamento e solidariedade. "Ele foi uma figura humana daquelas que ns gostaramos que tivesse muito mais, porque o mundo seria muito melhor", salientou. 
     

    A carreira profissional do doutor Clio mereceu destaque do ministro Patrus Ananias. "Foi um dos clnicos mais reconhecidos do Brasil. Ele nunca perguntou se as pessoas poderiam pag-lo.
    Diante de um doente, sua primeira atitude era cuidar e preservar a vida. Durante anos, o verdadeiro mdico de famlia atendeu no Pronto Socorro, para ajudar aqueles em situao de maior vulnerabilidade", enfatizou.







    Comentrios

    #1. celso castilho
    Joo.
    Estamos perdendo "pessoas" insubstituiveis como o Clio.Eu o conheci muito de perto, pois vizinhos da Rua Sabinopolis no Carlos Prates.O exemplo comeou com os seus pais Sr. Antenor e Da Guigui. Deixo o meu abrao fraternal ao Tarcisio,Heloisa,Conceio,Darci,Nenen,Zeze e Dilmar irmos e irms do Celio. Estando fora de BH no pude demonstrar o meu afeto com estas pessoas, que muito prezo.

    Celso Castilho, presidente do Consrcio Capim Branco - leia-se VALE, Cemig, Votorantin e Paineiras - e secretriuo-executivo do Comit de Desenvolvimento Sustentvel da Baa de Ilha Grande no Rio de Janeiro.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 22, 2008

    EMBRATEL. O diretor-executivo da Embratel Empresas passou hoje por BH. Veio do Rio de Janeiro - sede da Embratel - para uma agenda cheia, que inclue uma visita Usiminas, em Ipatinga, cliente da Embratel em Minas. Nosso almoo com o executivo Ney Acyr foi adiado. Ele chegou pela manh e seguiu direto para Ipatinga.


    Ney Acyr de Oliveira, diretor executivo da Embratel Empresas e Altivo Oliveira,
    diretor regional da Embratel em Minas
     
     

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 22, 2008

    LEI SECA no trnsito. LIMINAR de desenbargadora mineira - Mrcia Milanez - deu ordem de salvo-conduto a davogado. Nota vem da Assesoria de Comunicao Institucional do Tribunal de Justia de Minas.


    A desembargadora Mrcia Milanez concedeu, liminarmente, uma ordem de
    salvo-conduto ao advogado L. C. F. M., para que, caso se negue a
    submeter-se ao bafmetro em diligncia policial, no seja obrigado a
    comparecer a repartio policial, no seja lavrada multa, no lhe seja
    imposta penalidade administrativa de suspenso do direito de dirigir e no
    seja apreendido o seu veculo.
    O advogado acionou a Justia, requerendo a concesso de um habeas corpus
    preventivo, que garanta o seu direito de ir e vir, diante das
    determinaes da chamada Lei Seca - a Lei n 11.705 - em vigor desde junho
    deste ano. L., 27 anos, alegou que a Lei Seca tem vrias determinaes que
    so inconstitucionais. Para ele, alm de draconiana, a lei "desastrada,
    injusta, intil". Em suas alegaes, L. critica o excessivo rigor da lei e
    as arbitrariedades de sua aplicao.
    Pela nova lei, se houver recusa em submeter-se ao teste do bafmetro, o
    condutor est sujeito a multa de cerca de R$ 900, reteno do veculo
    retido e suspenso do direito de dirigir durante um ano. Mrcia Milanez,
    em seu despacho, lembrou que ningum obrigado a produzir prova contra si
    mesmo.
    A magistrada citou trechos da Conveno Americana de Direitos
    Humanos, ratificada pelo Brasil, que estabelece que "toda pessoa acusada
    de um delito tem o direito de no ser obrigada a depor contra si mesma nem
    a confessar-se culpada".
    O processo est com vistas Procuradoria Geral de Justia, para parecer.
    A deciso de Mrcia Milanez tem carter liminar. Posteriormente, o mrito
    do processo ser julgado.
    Assessoria de Comunicao Institucional
    Ascom TJMG - Unidade Gois


    REAO de um leitor
     do nosso Blog de Notcias:



    Acho que idia deste brilhante advogado deve ser copiada. Vamos todos andar com liminares preventivas no bolso e assim que parados em um controle damos aquela j to tradicional "carteirada" neste caso "liminardada" nos agentes controladores.

    Afinal soprar no bafmetero considerado prova contra si mesmo (em especial para aqueles que de fato infringiram a lei) ora se o sujeito no bebeu no ser incriminado de nada...
    Estapafrdia esta premissa em especial quando associada as leis americanas que apesar de serem estaduais (ou seja no existe uma lei nica que rege esta matria) jamais permite a um cidado de bem permitir-lhe a prerrogativa de isentar-se de responsabilidade por uma quebra de conduta.

    Se esta nota for verdadeira tratar-se de mais uma bravata ainda que a lei seja mesmo absurda e arbitrria por impingir a todos a chamada tolerncia zero.

    Prefiro estar ao lado daqueles que comemoram a queda de quase 30% das mortes no trnsito e daqueles que incentivam a economia e a estrutura urbana com melhores e mais transportes urbanos (taxis e onibus) dignos.

    No tenho a audcia de pretender que como no Canad policiais (l chamados de rangers) conduzam respeitosamente individuos acima da tolerncia permitida as suas casas. Isto seria utopia, mas ao menos tratem a todos (sbrios ao volante e brios a p).

    Saudaes moderadamente etlicas a todos ! 

    Maarten Van Sluys










                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Julho 20, 2008

    Lamentamos a morte do ex-prefeito de BH, CLIO DE CASTRO. Ele morreu de parada cardaca no Hospital Mater Dei, aqui na capital mineira.

     
    Arquivo. Clio de Castro recebe o carinho
    do ministro e ex-prefeito Patrus Ananias,
    em solenidade na capital mineira.
    Clio sucedeu Patrus na Prefeitura de BH.

    O ex-prefeito de Belo Horizonte Clio de Castro morreu neste domingo, no meio da manh. Ele tinha 76 anos. Morreu depois de ficar dois dias internado no hospital Mater Dei. 
    Clio de Castro apresentou sintomas de taquicardia, que evoluram para uma falncia mltipla de rgos.
    O corpo ser velado a partir das 18 horas de hoje na sede da Prefeitura de BH.
    O enterro est marcado para amanh - segunda-feira, s 11h, no cemitrio Parque da Colina. 
    O midico Clio de Castro foi prefeito de Belo Horizonte entre 1997 e 2002, eleito pelo PSB. Atualmente, era filiado ao PT. Ele era casado e deixou quatro filhos.

    PERFIL DE CLIO DE CASTRO:


    Nasceu em Carmpolis de Minas, 11 de julho de 1932 Belo Horizonte, 20 de julho de 2008) foi um mdico e poltico brasileiro.
    O auge de sua carreira foi marcado pelo maior fenmeno poltico brasileiro, quando saiu nas pesquisas com apenas 2% e derrotou os dois maiores grupos polticos da capital mineira PSDB e PT.
    Em seguida permaneceu no partido PSB sendo eleito pela segunda vez. Conhecido como "Dr. BH" Clio de Castro deixou seu legado poltico, para seu filho Rodrigo e para o prefeito Pimentel que naturalmente deu continuidade aos avanos polticos apresentados por Clio de Castro, considerado por muitos o poltico que mais compreende as necessidades do povo de Belo Horizonte.
    Foi tambm deputado federal (1987-1992), vice-prefeito de Belo Horizonte (1993-1996) e prefeito de Belo Horizonte de 1997 a 2001, quando sofreu um derrame cerebral que lhe levou licena mdica e, mais tarde, renncia e ao afastamento da vida poltica.
    Foi filiado ao PMDB, PSDB e PSB de 1990 at 2001. Depois de ficar sem partido por algum tempo, filiou-se ao PT.
    FONTE: WIKIPDIA.

    Comentrio vindo da Espanha:
    Estimado Joao Carlos,
    sempre visito o blog. Especialmente agora que vivo na Espanha, onde fao um mestrado.
    Foi uma surpresa muito grande pra mim ver hoje, pela manh, uma foto do Dr BH e essa merecida homenagem a ele. uma perda imensurvel e estamos realmente muito tristes. Mas fica o exemplo de profissional srio e dedicado.
    Agradeo pela referencia ele e seguirei visitando o blog...
    Gracias,
    Carolina de Castro
    Obs. no por acaso sou Castro (antes que "se pergunte" ao ver meu sobrenome).
    Sou filha de Dilmar, irmo do meu saudoso "Tio Clio"...

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Julho 19, 2008

    Fechamos parceria com o diretor-geral do jornal Estado de Minas, Edison Zenobio e a TV Alterosa para o lanamento do nosso DVD "Socorro, Estou na TV". Ser no Espao Cultural do jornal Estado de Minas - que fica no trreo da sede do jornal, na avenida Getlio Vargas - Savassi - ao lado do Tribunal Regional do Trabalho. Lanamento est sendo preparado para dia 25 de agosto, s 19 horas. As quotas de PATROCNIO j esto disponveis. Entre em contado conosco pelo 9984-2093 e/ou joaocarlosamaral@terra.com.br

    Nosso curso e o DVD "SOCORRO, ESTOU NA TV",
    foram destaque no poderoso jornal Estado de Minas,
    dos Dirios Associados.

    O editor-geral do Estado de Minas, Edison Zenobio, nosso mecenas,
    que redigiu texto para nosso livro, lanado em 1998
    e que agora nos apia - para nossa satisfao - no lanamento do DVD, em agosto.
     
    Veja abaixo a cobertura dada pelo Estado de Minas ao nosso media trainning.
    Agradeo de corao ao nosso amigo Edison Zenobio.

     "Socorro, Estou na TV!!!
    *Caderno de TV - Jornal Estado de Minas, Domingo,
    13 de Julho de 2008.



    Deixe um comentrio                       

    __________________________________________________________________________







    __________________________________________________________
    Domingo, Julho 13, 2008

    Jornal Estado de Minas, Domingo, 13 de Julho de 2008. Socorro, Estou na TV!!! destaque na influente coluna "ARTE FINAL" do diretor-geral do jornal Estado de Minas, Edison Zenobio - a "BBLIA das agncias de pblicidade de Minas.

     
    Clique e conhea:
    - Media Trainning Socorro!!! Estou na TV.
    - DVD Socorro!!! Estou na TV.
    - Manual Socorro!!! Estou na TV.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Julho 18, 2008

    Assemblia de Minas entra em recesso. E presidente faz BALANO POSITIVO do primeiro semestre parlamentar. Leia detalhes da entrevista do deputado Alberto Pinto Coelho, presidente da ALMG.


                Deputado Alberto Pinto Coelho, PP, presidente da Assemblia Legislativa de Minas.

    Em entrevista concedida imprensa nesta quinta-feira (17/7/08), no Plenrio, o presidente da
    Assemblia Legislativa de Minas Gerais, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), fez um balano positivo dos trabalhos legislativos do 1 semestre. Dos projetos aprovados nos ltimos dias, ele destacou, alm do que contm a Lei de Diretrizes Oramentrias para 2009, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 26/07, que promoveu alteraes na organizao judiciria do Estado.
    Para o presidente, o PLC 26 traz conquistas relevantes e representa um avano para o Poder Judicirio mineiro, por democratizar a atuao da Justia, criando novas condies, com descentralizao e criao de entrncias, varas e comarcas. "A discusso do projeto foi a mais rica possvel, tanto com a Amagis quanto com o prprio Tribunal de Justia. Foi na diversidade de pensamentos que buscamos o consenso, a convergncia", analisou.
    Alberto Pinto Coelho acrescentou que, antes de chegar ao Plenrio, todas as matrias aprovadas na Assemblia so trabalhadas em profundidade nas comisses temticas permanentes, muitas vezes com a presena de inmeros especialistas, de forma a dar uma qualidade ainda maior s leis produzidas pela Casa.
    Segundo ele, a avaliao dos trabalhos deve levar em conta no s o nmero de leis produzidas e seus contedos, que foram bastante enriquecidos durante sua tramitao, mas tambm os temas de relevncia para o Estado, que foram discutido pelos deputados em audincias pblicas, seminrios e fruns de debates.
    "O semestre foi altamente produtivo do ponto de vista da qualidade das leis produzidas e da atuao do Parlamento, na sua misso de ser a caixa de ressonncia das atividades e dos interesses maiores da sociedade mineira", afirmou.
    Minas de Minas - Entre os eventos, o presidente destacou o Seminrio Minas de Minas, a atividade institucional de maior importncia do semestre. "O seminrio fez um trabalho de um flego muito grande na questo minerria, que to importante na histria, na economia e no desenvolvimento do nosso Estado", disse.
    Segundo ele, os encontros regionais e a plenria em Belo Horizonte, com suas 50 propostas debatidas e aprovadas, vo propiciar relevantes aprimoramentos na gesto da atividade minerria e no arcabouo legal sobre o setor.
    Outra iniciativa de destaque da Assemblia, como ressaltou o presidente, foi o projeto Expresso Cidadania, que, com o apoio do Poder Executivo e do Tribunal Regional Eleitoral, mobilizou quase 20 mil jovens com o objetivo de despert-los para o exerccio da cidadania.
    Na avaliao do presidente, o resultado do projeto foi promissor e um alento para que o Legislativo d prosseguimento a idia, estando ou no em ano eleitoral.
    Sobre a proximidade com as eleies municipais de outubro, Alberto Pinto Coelho afirmou que o envolvimento dos parlamentares nesses processos, sejam eles candidatos ou no, natural.
    "Como sempre fizemos, vamos conciliar o trabalho legislativo com a presena dos parlamentares nas campanhas municipais, concentrando os trabalhos da maneira mais densa possvel, s teras, quartas e quintas feiras", explicou.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 17, 2008

    INDICO para estas frias,ir ao Parque Estadual VILA DE ITANAS em Conceio da Barra - fica no norte do Esprito Santo - a 632 kms de BH. O FESTIVAL DE FORR a maior atrao deste ms. Confira a programao de ITANAS











    Parque de Itanas
    oferece programao especial de frias

     

     


    Quem for Vila de Itanas, distrito de Conceio da Barra (norte do Estado) no ms de julho, vai encontrar outras atraes alm do tradicional forr. O Festival e o Encontro Nacional de Forr acontecem na Vila nesse perodo, mas o visitante poder tambm aproveitar as belas praias, oficinas gratuitas e trilhas ecolgicas.
    Na programao do Parque Estadual de Itanas para esse ms esto includas trilhas em que o visitante pode curtir um contato direto com a natureza. Com aproximadamente uma hora de caminhada, o turista pode percorrer a trilha dos Pescadores, ou a da Runa, ou ainda a do Tamandar.
    Com um pouco mais de disposio, o visitante pode fazer a trilha do Buraco do Bicho, em que a caminhada dura aproximadamente trs horas. As caminhadas so gratuitas. O agendamento deve ser feito na sede do Parque.
    Entre os dias 19 e 27 de julho, o Parque ainda oferece oficinas de biscuit, de resduos da natureza - ornamentao feita com fibra de coco, sementes, restos de razes - , de mosaico, de artesanato em cip e palha e ainda de pintura em tecido com temas ambientais. As oficinas acontecem durante todo o dia.

                                                              Lanamento

    Ainda como parte da programao, no dia 25 de julho, acontece o lanamento da identidade visual do Parque, que conta com nova logomarca. O evento acontece na sede do Parque e faz parte do projeto do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hdricos (Iema) que est promovendo uma reformulao da identidade dos Parques Estaduais.
    O visitante tambm poder apreciar, nesse perodo, a I Mostra Fotogrfica do Arteso e da Gastronomia da regio de Itanas. A exposio da fotgrafa Rita Petroni e acontece entre os dias 19 e 25 de julho, na sede do Parque.

                                                          Confira a programao

    - Oficinas
    Horrio: durante todo o dia
    Local: sede do Parque
    Dia 22 Pintura em Tecido
    Dia 23 Artesanato em cip e palha
    Dia 24 Ornamentao
    Dia 25 Biscuit
    Dia 26 Mosaico

    - I Mostra Fotogrfica do Arteso e da Gastronomia
    Dia 19 a 25
    Horrio: durante todo o dia
    Local: sede do Parque

    - Lanamento Identidade Visual
    Dia 25
    Horrio: 18 horas
    Local: sede do Parque

    - Trilhas
    Durante todo o dia, no ms de julho.

    8 Festival Nacional do Forr
    Data: 13 a 20/07
    Local: Bar Forr

    Encontro Nacional de Forr P de Serra
    Data: 21 at 27/07
    Local: Casa de Forr Buraco do Tatu

    Extrada do Sculo Dirio



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 17, 2008

    Praia artificial com ONDAS no cerrado. Foi inaugurada na POUSADA DO RIO QUENTE, em Gois. Notcia vem do blog do nosso parceiro de blogosfera, Hugney Bisneto,de Uberlndia.



    PRAIA NO CERRADO
    Com investimento prprio de R$ 13 milhes, o Rio Quente Resorts, no municpio de Rio Quente (GO), inaugurou uma megapraia artificial com a maior piscina de ondas da Amrica Latina, a quinta maior do mundo e, tambm, a maior dual-wave. A nica no mundo com guas quentes correntes naturais. So 6,5 milhes de litros renovados a cada trs horas. Com uma rea de 25 mil metros quadrados, equivalente a quatro campos de futebol, a Praia do Cerrado tem uma areia branca e fina, com 210 metros de comprimento por 80 metros de largura. Poder recepcionar at 15 mil pessoas. Para proporcionar diverso e entretenimento a diferentes pblicos e exigncias, a Praia do Cerrado tem trs praias distintas. Uma com ondas baixas e pouca profundidade - 50 centmetros - dedicada s crianas. Outra, mais reservada, voltada para quem quer relaxar com tranqilidade em um clima de praia particular. Ali haver um lounge com sofs e poltronas sob sombrites e restaurante privativo. Um bar aqutico completa o ambiente vip. A terceira a praia do agito, com palcos para shows, bar aqutico, restaurante e guarda-sis.
    Maior complexo de guas quentes naturais do mundo, o Rio Quente Resorts oferece estrutura para hospedagem, eventos e gastronomia. Com 43 anos de existncia, pioneiro entre os resorts brasileiros. Tem o maior parque aqutico do Brasil (Hot Park) e recebe um milho de visitantes/ano.
    www.rioquenteresorts.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 16, 2008

    Mulheres CAMINHANTES da Estrada Real foram homenageadas pela Assemblia de Minas. Requerimento foi do deputado Jairo lessa, do Democratas. Confira as fotos da assessoria de comunicao da ALMG.

     





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 16, 2008

    Conversor de TV DIGITAL a 199 reais. * Notcia veio do site www.heliocosta.com

     

    Conversor da TV Digital pode ser mais barato em MG

    Hlio Costa discute com Acio Neves
     reduo do ICMS

    O preo do conversor popular de R$ 199,00 poder ser vendido ainda mais barato em Minas Gerais. O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, se reuniu com o governador Acio Neves solicitando a reduo do ICMS e outras taxas em 25%.
    Foi o mesmo o que aconteceu no Estado do Amazonas, onde o produto pode ser encontrado a R$ 150,00. O ministrio tambm est entrando em contato com outros Estados da federao para discutir a reduo.
    O ministro disse hoje (15/07), em So Paulo, no lanamento do conversor popular, que est trabalhando para que o Governo Federal tambm diminua os impostos que incidem sobre o aparelho o PIS e Confins.
    Apesar da empresa que lanou o conversor ser chinesa, de Taiwan (com fbrica na Zona Franca de Manaus - AM), a tecnologia foi desenvolvida no Brasil junto a universidades e institutos de pesquisas.
    O conversor j pode ser financiado em at 48 vezes pelo Banco do Brasil. A Caixa Economia Federal e o Banco Postal dos Correios tambm preparam o lanamento de novas de linhas de crdito.

    O preo do conversor popular de R$ 199,00 poder ser vendido ainda mais barato em Minas Gerais. O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, se reuniu com o governador Acio Neves solicitando a reduo do ICMS e outras taxas em 25%.
    Foi o mesmo o que aconteceu no Estado do Amazonas, onde o produto pode ser encontrado a R$ 150,00. O ministrio tambm est entrando em contato com outros Estados da federao para discutir a reduo.
    O ministro disse hoje (15/07), em So Paulo, no lanamento do conversor popular, que est trabalhando para que o Governo Federal tambm diminua os impostos que incidem sobre o aparelho o PIS e Confins.
    Apesar da empresa que lanou o conversor ser chinesa, de Taiwan (com fbrica na Zona Franca de Manaus - AM), a tecnologia foi desenvolvida no Brasil junto a universidades e institutos de pesquisas.
    O conversor j pode ser financiado em at 48 vezes pelo Banco do Brasil. A Caixa Economia Federal e o Banco Postal dos Correios tambm preparam o lanamento de novas de linhas de crdito.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 16, 2008

    DIA DE MINAS. Foi hoje em Mariana, quando tradicionalmente a Capital do Estado, transferida - simbolicamente - para MARIANA, que foi a 1 Capital de Minas. O governador Acio Neves presidiu a solenidade que teve a presena do senador Garibaldi Alves, presidente do senado.











    Acio e Garibaldi
    defendem respeito
    ao pacto federativo

     









    Carlos Alberto

    O governador Acio Neves presidiu nesta quarta-feira (16/07) a cerimnia oficial do Dia do Estado de Minas Gerais, em Mariana, primeira cidade e primeira capital do Estado. Durante o evento, na Praa Minas Gerais, foi entregue a Medalha do Dia de Minas Gerais a 47 personalidades e instituies.
    Acompanhado do presidente do Congresso Nacional, senador Garibaldi Alves, que foi o orador oficial da solenidade, o governador lembrou da participao de Minas Gerais em vrios momentos da histria do Brasil e falou da necessidade de um novo pacto federativo para restabelecer a autonomia dos Estados brasileiros.
    Segundo o governador, o Dia de Minas tem sido sempre oportunidade para se discutir os grandes temas de Minas que, desde sempre, tm sido as grandes questes nacionais. O governador citou a Guerra dos Emboabas, e a posio de Minas nas revolues de 30 e 32, como exemplos da postura a favor da liberdade e da Federao.
    "Alamo-nos naqueles dias (da Guerra dos Emboabas), h exatamente trs sculos, na defesa da liberdade de trabalhar e de viver em paz. As nossas montanhas haviam acolhido homens vindos de todas as partes do Brasil e do mundo, em busca da liberdade. Era seu direito legtimo reagir, com as armas, contra a prepotncia de alguns que se consideravam donos da terra e de sua liberdade.
    No hesito em identificar, naquela ao viril dos primeiros cidados de Minas, a origem da idia federalista no Brasil.", disse o governador durante seu discurso.
    Acio Neves lembrou que a Unio concentra, cada vez mais, em seus cofres, grande parte da arrecadao do pas e detm as decises sobre os investimentos pblicos no Brasil.
    "Deveria caber cada vez mais s administraes estaduais e municipais decidirem em que aplicar os recursos advindos da tributao, cabendo Unio ouvi-las e agir de forma a complementar os esforos locais.
    Para isso, necessrio que a maior parte da receita fiscal, junto com as responsabilidades de governo, fique com os municpios e os Estados, e no concentrados como ocorre hoje de forma perversa nos cofres da Unio", cobrou.

                                                                 Medidas Provisrias e reformas
    J o senador Garibaldi cobrou maior autonomia para o Congresso Nacional que, segundo ele, no tem conseguido avanar em questes importantes como as reformas poltica e tributria devido ao excesso de medias provisrias. Ele acredita que a reforma tributria promoveria maior autonomia aos estados.
    "A reforma tributria to sonhada, to desejada para restabelecer o pacto federativo, o equilbrio entre as receitas da Unio, dos Estados e dos municpios. Mas o que acontece hoje que a reforma tributria fica sendo passada para trs atravs de medidas provisrias", defendeu.
    Em entrevista, o governador tambm falou do excesso de medidas provisrias.
    "Na minha avaliao, a grande raiz dos principais problemas brasileiros est nessa absurda concentrao de poderes nas mos da Unio.
    Seja no campo tributrio, com quase 70% de toda receita arrecadada no pas sob a administrao do governo federal, algo que vem crescendo ao longo dos ltimos anos, como tambm do ponto de vista poltico, aquilo que o presidente do Senado tem tratado quase como uma bandeira messinica que a questo do uso abusivo de medidas provisrias", afirmou.

                                                                                   Cerimnia
    A solenidade de comemorao do Dia de Minas comeou com a sinerata, quando os sinos das Igrejas de Mariana tocaram por 15 minutos em comemorao ao Dia de Minas Gerais. Em seguida, o governador passou a tropa da Polcia Militar em revista e cumprimentou as autoridades que o aguardavam na Praa Minas Gerais.
    Alm do presidente do Congresso Nacional, estavam presentes o prefeito de Mariana, Celso Cota Neto, o duque de Bragana, Dom Duarte, e os secretrios de Fazenda, Simo Cirineu, de Defesa Social, Maurcio Campos Jnior, de Desenvolvimento Regional e Poltica Urbana, Dilzon Melo, de Cultura, Eleonora Santa Rosa e de Juventude e Esportes, Gustavo Crrea.
    Logo aps os cumprimentos, o governador assinou o ato de transferncia simblica da capital do Estado para a cidade de Mariana, que nesta quarta-feira completou 312 anos.     Acompanhado de Celso Cota, Acio Neves entregou a Medalha do Dia de Minas.

                                                                                    Mariana
    O duque de Bragana, Dom Duarte, acompanhado da duquesa dona Isabel de Herdia e dos prncipes dom Afonso de Santa Maria, prncipe da Beira, e Dom Dinis de Bragana, entregou cidade de Mariana um quadro com o rosto de Dona Maria Ana DAustria, esposa de Dom Joo V, e cujo nome deu origem cidade.
    A obra de arte, do sculo XIX, se incorpora ao patrimnio histrico de Mariana. O quadro foi transferido para o Rio de Janeiro atravs de um navio e posteriormente levado Mariana. Em 1998, durante visita cidade, Dom Duarte de Bragana havia assumido o compromisso de doar o quadro.
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 16, 2008

    Projeto do PEQUIZEIRO est pronto para votao em 2 turno no plenrio da Assemblia de Minas. O projeto do deputado dr. Viana do DEM.

    O Projeto de Lei (PL) 725/07, do deputado Doutor Viana (DEM), que muda a lei que declara o pequizeiro espcie de preservao permanente, recebeu parecer de 2 turno da Comisso de Meio Ambiente de Recursos Naturais da Assemblia Legislativa de Minas Gerais na manh desta quarta-feira (15/7/08).
    A comisso opinou pela aprovao do projeto na forma de um novo substitutivo que apresentou ao vencido (aprovado) no 1 turno. O relator foi o deputado Almir Paraca (PT). O PL 725/07 j est na pauta da Reunio Ordinria de Plenrio desta quarta (15). A lei que trata do pequizeiro, ou Caryocar brasiliense, a 10.883, de 1992, que o declara de preservao permanente, de interesse comum e imune de corte no Estado.
    O deputado Almir Paraca afirmou que o novo substitutivo apresentado resulta do esforo que teve para analisar com cautela o projeto, que envolve diferentes interesses (social, ambiental e econmico).
    O objetivo, destacou o relator, foi buscar um entendimento entre os segmentos envolvidos sem prejudicar o desenvolvimento das regies do Estado onde a rvore tem grande incidncia. "Nosso objetivo no foi privilegiar nenhum empreendimento especfico, mas sim cobrir todas as situaes relativas ao assunto", disse.
    De acordo com o substitutivo proposto, o abate do pequizeiro admitido apenas quando necessrio execuo de obras, planos, atividades ou projetos de utilidade pblica ou de relevante interesse social, mediante prvia autorizao do poder pblico.
    A novidade em relao ao texto da atual lei o compromisso formal, que passar a ser exigido, entre o empreendedor e o rgo ambiental competente do plantio de 25 mudas catalogadas e identificadas da mesma espcie, para cada rvore a ser abatida.
    Ainda de acordo com o substitutivo, caber aos responsveis pelo abate do pequizeiro, com o acompanhamento de profissional legalmente habilitado, o plantio das mudas e o monitoramento do seu desenvolvimento por um prazo mnimo de cinco anos, sem prejuzo do replantio das mudas que no se desenvolverem e da garantia de acesso da comunidade local aos frutos produzidos pelas rvores plantadas.
    O plantio ser efetuado no territrio do municpio onde se localiza o empreendimento, em sistemas de enriquecimento florestal. No municpio onde houver Conselho Municipal de Meio Ambiente, o abate de pequizeiros em rea urbana ou distrito industrial legalmente constitudo poder ser autorizado por esse rgo, observado esse dispositivo.
    No parecer, o relator explica que, na anlise do projeto no 1 turno, a comisso no viu razo para flexibilizar a lei do pequizeiro.
    Mas no reexame da matria, forado pela apresentao de emendas ao projeto em Plenrio em 1 turno, ele considerou que a restrio da lei pode ser exagerada, em virtude do desenvolvimento de tecnologia especfica - desconhecida poca da edio dessa norma - que permite a produo de mudas e o plantio do pequi, o que poder assegurar sua sobrevivncia e reproduo no cerrado.
    O substitutivo, portanto, uma proposta para harmonizar os projetos de uso sustentvel das terras do semi-rido mineiro e a preservao do pequizeiro, de acordo com o parecer da Comisso de Meio Ambiente.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 16, 2008

    AUMENTO do preo do MATERIAL DE CONSTRUO preocupa. Nota foi enviada ao nosso BLOG pela Assessoria de Comunicao do SINDUSCON de Minas.


       Custo com material de construo aumentou 2,80% em junho
    Foi a maior alta observada desde novembro de 2002


    O Custo Unitrio Bsico de Construo (CUB/m - projeto-padro
    representativo) aumentou, em junho, 1,40%, enquanto que no ms anterior a
    elevao foi de 0,73% e, em junho de 2007, foi de 0,23%.
    Com isso, o custo
    do metro quadrado de construo em Belo Horizonte, para o projeto-padro
    R8-N (residncia multifamiliar, padro normal, com garagem, pilotis, oito
    pavimentos-tipo e 03 quartos) passou para R$ 753,63, enquanto que em maio
    foi de R$ 743,20.
    Esta variao ocorreu em funo do incremento no custo com
    material, que registrou alta de 2,80%, a maior observada desde novembro de
    2002 (+4,93%).
    Segundo o coordenador sindical do Sindicato da Indstria da Construo Civil
    no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), economista Daniel Furletti, o
    incremento significativo no preo do ao CA-50 10mm foi um dos responsveis
    por esse resultado.
     "Em junho, este importante insumo do setor aumentou
    8,95%, o que muito contribuiu para o incremento no custo da construo.
    Somente no primeiro semestre do ano, o preo do ao cresceu 19,89%.
     Deve-se
    lembrar que, considerando uma edificao com oito pavimentos-tipo, trs
    quartos e padro normal de acabamento, o ao CA-50 10mm responsvel por
    mais de 18% do custo com material e por 9,20% do custo total da obra. Por
    isso, os aumentos neste insumo sempre impactam significativamente o custo da
    construo", enfatiza.
    Alm do ao CA-50 10mm, em junho tambm se destacaram os aumentos nos preos
    dos seguintes materiais de construo: tubo de ferro galvanizado com costura
    2 " (+7,32%), bloco cermico para alvenaria de vedao (+7,21%), bancada de
    pia de mrmore branco (+4,92%), esquadria de correr 2,00 x 1,40m, sem
    bsculas, em alumnio anodizado, cor natural, perfis da linha 25 (+4,41%),
    concreto fck 25 MPa (+3,80%), tinta ltex PVA (+3,02%) e areia (+2,83%).
    De acordo com o coordenador do Sinduscon-MG, o alento para o setor que os
    aumentos no esto ocorrendo de forma sistmica.
    "O pas precisa continuar
    no seu processo de crescimento e, para isso, fundamental a manuteno da
    estabilidade macroeconmica que passa, entre outros, pela maior estabilidade
    nos preos," destaca Furletti.
    Segundo ele, o Brasil vive uma nova realidade de incremento de
    suas atividades e, portanto, deve-se tomar cuidado para no vivenciar
    problemas antigos, como, por exemplo, a escalada da inflao. "Estamos
    diante de um momento especial que requer ateno de todos os agentes
    econmicos.
    Deve-se lembrar ainda, que a retomada das atividades da
    construo civil tem contribudo para elevar o ritmo dos investimentos
    nacionais", analisa.
    Primeiro semestre - Com o resultado alcanado em junho, o CUB/m acumulou,
    nos primeiros seis meses do ano, aumento de 4,14%, a maior alta para um
    primeiro semestre desde 2003, quando aumentou 5,98%. J o custo com
    material cresceu 7,09% e o custo com a mo-de-obra 0,73%.
    No perodo, osmateriais que apresentaram as maiores elevaes em seus preos foram: bloco
    de concreto, sem funo estrutural (+21,83%), ao CA-50 10mm (+19,89%), tubo
    de ferro galvanizado com costura 2 " (+12,58%), concreto fck 25 MPa
    (+11,61%) e placa cermica (+10,61%).
    O CUB/m um importante indicador de custos do setor e acompanha a evoluo
    dos preos de materiais de construo, mo-de-obra, despesas administrativas
    e aluguel de equipamentos. calculado e divulgado mensalmente pelo
    Sinduscon-MG, de acordo com a Lei 4.591/64 e com a Norma Tcnica NBR
    12.721:2006, da Associao Brasileira de Normas Tcnicas (ABNT).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 16, 2008

    Dado o primeiro passo para a nova DIVISO JUDICIRIA de Minas. Projeto do Tribunal de Justia foi aprovado em 1 turno nesta manh de quarta-feira pela Assemblia Legislativa. Foram 44 a favor, nenhum contra. Sero criados 314 cargos de juiz em vrias comarcas no Estado. Projeto depende agora de votao em 2 turno entre hoje e amanh.

      
    Em Reunio Extraordinria do Plenrio realizada na manh desta quarta-feira (16/7/08), a Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou, em 1 turno, o Projeto de Lei Complementar 26/08, do Tribunal de Justia, que d nova organizao e diviso judicirias para o Estado.
    O projeto altera a Lei Complementar 59 de 2001, que contm a organizao e diviso judicirias e foi aprovado por 44 votos favorveis e nenhum contra, na forma do substitutivo n 2, da Comisso de Administrao Pblica.
    Entre as alteraes propostas esto a criao de 314 cargos de juiz em vrias comarcas de Minas; criao de centros de internao de adolescentes nas comarcas de entrncia especial; instalao de vara de execuo criminal nas comarcas onde houver penitenciria; e criao de quatro comarcas. O projeto retorna Comisso de Administrao Pblica para parecer de 2 turno.

                                                                   Criao de quatro comarcas
                                                                       est entre as mudanas

    O texto aprovado no Plenrio determina a criao de 314 cargos de juiz em vrias comarcas de Minas, sendo, por exemplo, 71 novos cargos na comarca de Belo Horizonte, 13 nas comarcas de Betim e Contagem e 10 cargos nas comarcas de Uberlndia e Juiz de Fora. Tambm fica determinada a criao de 20 cargos de desembargador do Tribunal de Justia, passando o nmero total de 120 para 140.
    Segundo o artigo 68 do substitutivo n 2, sero providos, em 2009, 10 cargos de desembargador, que exercero a funo de substituio ou de cooperao nas cmaras do Tribunal. No prazo de at quatro anos contados da vigncia da futura lei complementar, sero providos 10 cargos.
    So criadas quatro comarcas:
    a de Carneirinho, integrada pelos municpios de Carneirinho e Limeira do Oeste;
    a de Fronteira, formada pelo municpio de Fronteira;
    a de Juatuba, composta apenas pelo municpio de Juatuba;
    e a de Pains, formada pelos municpios de Pains, Pimenta e Crrego Fundo.
    Originalmente, eram criadas apenas as comarcas de Fronteira e Juatuba.
    O artigo 54 do substitutivo determina a transferncia entre comarcas de 22 municpios. A instalao dessas novas comarcas, varas e unidades jurisdicionais do Sistema dos Juizados Especiais, ser determinada pela Corte Superior do TJMG, por meio de resoluo.
    Para instalao das varas necessria estimativa justificada com distribuio mdia de 100 processos, e para a instalao de unidade jurisdicional do Sistema dos Juizados Especiais necessria estimativa de 160 processos para cada juiz.
    O substitutivo tambm determina a extino da Circunscrio Judiciria Metropolitana de Belo Horizonte e a Circunscrio Judiciria do Vale do Ao.
    A primeira formada por Belo Horizonte, Betim, Contagem e Santa Luzia. A segunda integrada por Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timteo.
    O substitutivo estabelece que a comarca de Belo Horizonte ter pelo menos uma Vara Criminal Especializada em Crimes contra o Idoso e uma Vara Criminal Especializada em Crimes contra a Criana e o Adolescente, esta ltima garantida pela aprovao destacada da emenda n 90.
    Outras alteraes: criao de uma Cmara Especial no Tribunal de Justia para processar e julgar as aes penais e de improbidade administrativa contra os agentes polticos; definio, como requisito para a posse em cargo de oficial de Justia, do ttulo de bacharel em Direito; manuteno como de entrncia especial as comarcas hoje classificadas desta forma;
    criao de centros de internao de adolescentes nas comarcas de entrncia especial; instalao de vara de execuo criminal nas comarcas onde houver penitenciria; instalao, nas comarcas de entrncia especial, de varas especializadas no julgamento tanto de questes relacionadas ao meio ambiente quanto ao consumidor.
    E ainda: que o Tribunal de Justia encaminhe ALMG, em 180 dias, projeto que criar cargos de assessores de juzes vitaliciados, inclusive dos juizados especiais, independentemente da sua classificao na carreira. Esses assessores sero nomeados pelo presidente do Tribunal, mediante indicao do juiz.
    Outras modificaes feitas: devoluo das custas processuais e emolumentos relativos a servios judiciais no concludos;
    criao de uma gratificao pela atividade de chefia para os cargos de tcnico de apoio judicial (escrivo) e oficial de apoio judicial, classe B, titulares ou substitutos;
    e criao do Juizado de Violncia Domstica e Familiar contra a Mulher nas comarcas de Cataguases, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Governador Valadares, Belo Horizonte, Ipatinga, Ribeiro das Neves e Uberlndia.
                                                                                Projeto altera
                                                                    a classificao das comarcas

    Tambm foi alterado o critrio para classificao das comarcas. Hoje, a Lei Complementar 59 lista 12 comarcas como de entrncia especial (so aquelas de regies metropolitanas e as que possuem mais de 250 mil habitantes).
    Com o novo texto o nmero dessas comarcas passar a 21, tendo em vista o novo critrio de classificao: ter a partir de 130 mil habitantes e cinco varas instaladas.
    Apenas os juzes das comarcas de entrncia especial podem concorrer ao cargo de desembargador do Tribunal.
    Atualmente, so comarcas de entrncia especial as de Belo Horizonte, Contagem, Uberlndia, Juiz de Fora, Betim, Montes Claros, Uberaba, Governador Valadares, Ipatinga, Santa Luzia, Coronel Fabriciano e Timteo.
    As novas sero Ribeiro das Neves, Sete Lagoas, Divinpolis, Tefilo Otoni, Barbacena, Patos de Minas, Poos de Caldas, Pouso Alegre e Conselheiro Lafaiete.
    As atuais comarcas que no perdem essa classificao, apesar de no preencherem os novos requisitos, so as de Santa Luzia, Coronel Fabriciano e Timteo.
    Sero classificadas como de segunda entrncia as comarcas com duas a quatro varas instaladas, nelas compreendidas as dos Juizados Especiais; e, de primeira entrncia, as com apenas uma vara instalada.
    Fizeram declarao de voto os deputados Andr Quinto, Almir Paraca, Paulo Guedes e a deputada Elisa Costa, todos do PT; Carlin Moura (PCdoB), Domingos Svio (PSDB) e Sargento Rodrigues (PDT).
    Todos destacaram a importncia da aprovao, lembrando que o projeto leva mais justia a toda Minas e fortalece o Poder Judicrio. Tambm foi enfatizada a tramitao democrtica do projeto especialmente nas Comisses de Administrao Pblica e Assuntos Municipais e Regionalizao, que acataram diversas sugestes propostas pelos deputados.
    O deputado Sargento Rodrigues, que havia feito veemente apelo pela rejeio do destaque o artigo 30, disse que "a presena da Justia Militar no interior s prejudica os praas e policiais menos graduados, que ficam merc de seus superiores, enquanto majores e coronis so sempre absolvidos nesse tribunal".






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 15, 2008

    Nota que vem do nosso parceiro de blogosfera, Hugney Bisneto, de Uberlndia - capital do Tringulo Mineiro.






























    Esta Nomia, o brao direito e esquerdo do dr. Luiz Alberto Garcia (Grupo Algar) h anos. Alm de sua competncia extremamente antenada e gente-boa. E este o bonito chafariz que fica no centro do bonito prdio da sede do grupo. Ontem depois do metting na ABC Inco fomos recebidos (apenas few and good ones) para almoo na sede do grupo. Ah, o quadro que est atrs de Nomia de minha amiga Carmem Fernandes.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 15, 2008

    O publicitrio e o parlamentar.


    O publicitrio Dudu Amaral - leia-se agncia Big Idias - e o deputado estadual do PSDB, Domingos Svio, lder da maioria.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 15, 2008

    Dado primeiro passo para transformar o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, em AEROPORTO INDUSTRIAL. Convnio entre o governo federal e o governo de Minas foi assinado no Palcio da Liberdade pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim e o governador Acio Neves.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 15, 2008

    Projeto do deputado Dlio Malheiro, do PV, prev permisso para a polcia rstreie CELULAR em sequestro-ralmpago. Confira detalhes.



    Dez projetos de lei tiveram parecer pela constitucionalidade aprovados na Comisso de Constituio e Justia da Assemblia Legislativa de Minas Gerais em reunio realizada na manh desta tera-feira (15/7/08), entre eles o PL 900/07, do deputado Dlio Malheiros (PV).
    O projeto trata da disponibilizao de informaes pelas empresas de telefonia celular em Minas Gerais e foi considerado pelos membros da comisso importante instrumento de elucidao de crimes como o seqestro-relmpago.
    A proposio estabelece que as operadoras de telefonia celular ficam obrigadas a disponibilizar informaes sobre localizao de aparelhos de clientes s Polcias Civil e Militar mediante solicitao, ressalvado o sigilo do contedo das ligaes telefnicas.
    O relator, deputado Delvito Alves (DEM), opinou pela aprovao da proposio na forma do substitutivo n 1, que apresentou.
    O substitutivo aprimorou a proposio e especificou no texto que a informao a ser fornecida trata da localizao fsica do aparelho.
    Ainda estabeleceu que o usurio do servio de telefonia poder facultar o acesso ao contedo de suas ligaes telefnicas s autoridades policiais, mediante manifestao expressa junto operadora.
    O substitutivo tambm determina que a localizao do aparelho dever ser informada de imediato nas hipteses de extorso, ameaa liberdade ou risco de vida, alm de estabelecer penalidade no caso de descumprimento da lei.
    Os deputados Dlio Malheiros e Sargento Rodrigues (PDT) destacaram a importncia da proposio como coadjuvante no aparato de segurana do Estado.
    Tambm recebeu parecer pela constitucionalidade, na forma do substitutivo n 1, o PL 1.349/07, de Dlio Malheiros, que prev a realizao de exames mdicos prvios s atividades de educao fsica em alunos das escolas estaduais (acrescenta o artigo 1-A Lei 15.030, de 2004).
    De acordo com o projeto original, sempre que for julgado necessrio pela direo da escola e no incio de cada ano letivo, os alunos sero submetidos a exame clnico, em que o mdico dever prescrever o regime de atividades que poder ser praticado.
    O substitutivo n 1, do relator, deputado Sebastio Costa (PPS), estabelece que os alunos da rede pblica estadual sero submetidos, no incio do ano letivo, a exame clnico realizado por mdico para verificao de aptido fsica.
    Ainda do mesmo deputado, recebeu parecer pela constitucionalidade o PL 1.983/08, que probe o indeferimento de crdito para financiamento habitacional concedido por rgos e instituies pblicas em razo da incluso do nome do consumidor nos cadastros de proteo ao crdito.
    O texto original estabelece que essa proibio somente se aplica ao financiamento habitacional consignado em folha de pagamento.
    O relator, deputado Sargento Rodrigues, opinou pela aprovao da proposio na forma do substitutivo n 1, que altera o texto original e estabelece que, nos programas de habitao que envolvam recursos do Estado, a incluso do nome do devedor em cadastro de proteo ao crdito no pode constituir razo nica para indeferimento de concesso de emprstimo habitacional a ser pago mediante desconto consignado em folha de pagamento.
    Ele disse que a medida vem prejudicando servidores militares que se inscreveram no Programa Lares Geraes, de subsdio de moradias a policiais militares, porque a Cohab, rgo do Estado que conduz o programa, exige a certido negativa junto ao Serasa. Sargento Rodrigues criticou a exigncia, adiantando que ela no feita sob a orientao do Banco Central, mas da prpria Cohab, de acordo com informaes de audincia pblica realizada na Assemblia sobre o assunto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 15, 2008

    Minas de Minas. Relatrio com as 50 propostas sero entregues - daqui a pouco, s 16horas - ao presidente da Assemblia Legislativa. Solenidade ser no Salo Nobre.

    A Assemblia Legislativa de Minas Gerais lana, nesta tera-feira (15/7/08), s 16 horas, no Salo Nobre, uma publicao com os resultados do Seminrio Legislativo Minas de Minas, que foi realizado entre os meses de abril e junho deste ano, no interior e na Capital, com o objetivo de elaborar uma poltica minerria estadual e colher sugestes para aprimorar a legislao e a poltica nacional e estadual do setor.
    O documento trar as 50 propostas aprovadas na plenria final do seminrio, na ALMG, agrupadas por temas (Polticas pblicas, Legislao federal, Poltica tributria, Recomendaes aos poderes pblicos), com comentrios da equipe tcnica da Assemblia Legislativa.
    O presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), que vai coordenar o evento desta tera-feira, destaca que, ao mesmo tempo que a crescente demanda mundial por bens minerais e a abertura de grandes mercados consumidores projetam novos investimentos em pesquisa, produo e transformao mineral, fundamental compatibilizar a atividade minerria com o conceito de sustentabilidade econmica, que pressupe preservao ambiental, condies de trabalho e qualidade de vida.
    "No campo de minerao, ainda faltam ajustes para que alcancemos o equilbrio entre esses fatores". O objetivo do seminrio, destaca o presidente, foi debater todos esses aspectos e apresentar propostas de solues.
    Entre as propostas aprovadas no Minas de Minas est a de elevar o percentual da alquota da Compensao Financeira pela Explorao de Recursos Minerais (Cfem) repassada aos municpios e alterar sua base de clculo, adotando o faturamento bruto das mineradoras no caso das sadas por venda.
    Tambm foi aprovada a sugesto de se elaborar um programa de orientao aos municpios mineradores para aplicao e fiscalizao dos recursos do royalty, promovendo-se inclusive palestras para a sociedade civil. Outra sugesto aprovada foi a de criar uma cauo para os empreendedores como garantia da recuperao ambiental durante o fechamento das minas.
    Propostas rejeitadas - As dez propostas rejeitadas na plenria final tambm constam na publicao.
    Entre elas est a que propunha a supresso das autorizaes ambientais de funcionamento para atividades de extrao mineral.
    Os participantes entenderam que elas so um instrumento importante na modernizao do processo de regularizao ambiental das atividades potencialmente poluidoras, como o caso da minerao.

    O objetivo da solenidade, que dever reunir representantes das entidades envolvidas com o setor minerrio e autoridades polticas, apresentar os primeiros desdobramentos do evento. "O Seminrio Legislativo Minas de Minas foi programado como uma das iniciativas prioritrias da Assemblia na atual legislatura", afirmou o presidente no texto de abertura da publicao. "Sua realizao, no entender da Casa, tornou-se necessria e oportuna diante do contexto em que se inserem, nos dias de hoje, as atividades minerrias no Estado", continuou, referindo-se aos aspectos econmicos, sociais e ambientais que envolvem a atividade.

    A publicao ser distribuda, posteriormente, aos prefeitos e presidentes de Cmaras Municipais, participantes dos encontros regionais e da etapa final do "Minas de Minas", governo e Assemblia Legislativa do Par, autoridades polticas federais, estaduais e vereadores de Belo Horizonte, imprensa mineira e nacional, e empresas mineradoras associadas ao Sindiextra.

    O "Minas de Minas" foi organizado pela ALMG em parceria com mais de 20 entidades, com o objetivo de elaborar uma poltica minerria estadual e colher sugestes para aprimorar a legislao e a poltica nacional do setor. Participaram representantes de empresrios, da sociedade civil, trabalhadores, acadmicos e ambientalistas. A etapa final em Belo Horizonte foi precedida de 11 encontros regionais.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 14, 2008

    Boa notcia. - para ns consumidores de TV DIGITAL. Vem a, amanh, dia 15, o conversor a 199 reais. Solenidade de lanamento ser no Hotel Intercontinental, em So Paulo s 11 damanh, desta tera-feira. O ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa estar presente. Confira detalhes.

     

    Conversor popular da TV Digital de R$ 199 chega ao mercado



    Ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa
    vai a So Paulo, amanh, para participar do lanamento do conversor de TV Digital a 199 reais.

    Aps sete meses do lanamento da TV Digital, preo do conversor cai mais de 80%

    A empresa Proview lana, nesta tera-feira (15/07), s 11h, no Hotel Intercontinental em So Paulo, uma srie de conversores digitais que permitiro a recepo do sinal da TV digital. O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participar da cerimnia.
    No lanamento da TV Digital em So Paulo, no final do ano passado, a previso do ministro Hlio Costa de que o preo do conversor iria despencar est se concretizando.
    Segundo a fbrica, o aparelho para converso do sinal digital em analgico custar R$ 199,00 para o consumidor, ou seja, um quinto do que custavam os primeiros conversores vendidos no pas. 
    O modelo mais sofisticado, que permite o acesso internet por meio da TV, custar R$ 299,00.  E o intermedirio, de R$ 249,00, est preparado para o programa de interatividade Ginga. 
    "Atingimos o primeiro objetivo que era garantir a digitalizao de forma aberta e gratuita, com alta qualidade tcnica. Mas no basta ampliar o sinal digital, precisamos dar populao condies de acesso aos equipamentos para que todas as camadas sociais possam usufruir os benefcios da nova tecnologia", disse Hlio Costa. 
    As transmisses do Sistema Internacional de TV Digital foram antecipadas em mais de um ano em trs capitais: So Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Em breve as outras capitais estaro cobertas tambm.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Julho 13, 2008

    Nosso curso e o DVD "SOCORRO, ESTOU NA TV", que vamos lanar em agosto, foram destaque no poderoso jornal Estado de Minas, dos Dirios Associados. O editor-geral do Estado de Minas, Edison Zenobio, nosso mecenas, que redigiu texto para nosso livro, lanado em 1998 e que agora nos apia - para nossa satisfao - no lanamento do DVD, em agosto. Veja abaixo a cobertura dada pelo Estado de Minas ao nosso media trainning. Agradeo de corao ao nosso amigo Edison Zenobio. "Socorro, Estou na TV!!! *Caderno de TV - Jornal Estado de Minas, Domingo, 13 de Julho de 2008.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Julho 13, 2008

    Jornal Estado de Minas, Domingo, 13 de Julho de 2008. Socorro, Estou na TV!!! destaque na influente coluna "ARTE FINAL" do diretor-geral do jornal Estado de Minas, Edison Zenobio - a "BBLIA das agncias de pblicidade de Minas.

     
    Clique e conhea:
    - Media Trainning Socorro!!! Estou na TV.
    - DVD Socorro!!! Estou na TV.
    - Manual Socorro!!! Estou na TV.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Julho 13, 2008

    O COLRIO deste domingo, vem do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    O charme de Maria Clara Oliveira
    na Feijoada CR 2008

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Julho 12, 2008

    A Internet e meu primo Z Francisco, que mora no Esprito Santo,e que no vejo h anos. Nos encontramos pela web. Foi uma feliz coincidncia na blogosfera.

    Caro primo Joo Carlos,
    Tenho acompanhado suas noticias no site netrosas.
    Quando eu for a Minas te procurarei para matar as saudades.
    abraos do primo
    Jose F.A.Mota.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Julho 12, 2008

    Sugesto para FUGIR da mesmice da TV aberta. Assista pela TV Assemblia o debate que ancorei sobre A NOVA LEI SECA. Hoje,sbado, 22h30m na TVA. No pera!!!




    :: Assista hoje









    Sala de Imprensa

    Novas regras para imigrao na Europa devem entrar em vigor a partir de 2010. As medidas punem com priso de at 18 meses imigrantes ilegais. O mestre em Direito Internacional, professor Leandro Rangel, faz uma anlise da polmica Resoluo. Tambm participam os jornalistas Ruy Pales e Carlos Felipe. O Sala de Imprensa vai ao ar neste sbado, s 21 h, e domingo, s 18h.









    Memria e Poder


    Nesta semana, estria o depoimento de vida indito do poltico e engenheiro agrnomo Alysson Paulinelli. O mineiro foi secretrio estadual de Agricultura durante o governo Rondon Pacheco, perodo em que Minas se tornou o maior plantador de caf do Brasil. Posteriormente, assumiu o Ministrio da Agricultura a convite do presidente Geisel. Sobre essa poca, ele d um testemunho das divergncias internas no prprio governo militar e de que maneira isso influenciou os rumos da economia brasileira. O Memria e Poder vai ar ar sbado (12), s 19h30, domingo, s 15h, e segunda, meia-noite.










    Assemblia Debate

    J est em vigor a nova lei seca. A legislao pune com multa e at priso o motorista que for pego dirigindo com qualquer teor alcolico no organismo. Esse o assunto do programa desta semana, que tem a participao do professor de Direito Penal da UFMG, Hermes Guerrero, e os deputados Paulo Guedes e Dlio Malheiros, e o major Roberto Lemos, comandante da 1 Companhia de Trnsito de Belo Horizonte. O Assemblia Debate vai ao ar neste sbado (12), s 22h30, domingo, s 13h, e segunda, s 23h.









    Mundo Poltico


    A partir de segunda-feira (14), o programa far uma rodada de entrevistas com todos os candidatos prefeitura de Belo Horizonte. Sero duas entrevistas por dia e cada candidato ter 12 minutos para expor as propostas de campanha. Na segunda-feira, os convidados so J Morais, da coligao PC do B/PRB, e Gustavo Valadares, do DEM. O Mundo Poltico vai ao ar de segunda sexta-feira, s 22h30, com reprises s 8h e s 13h


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Julho 11, 2008

    11 a zero. Este foi o placar da votao que aprovou o nome do professor Anastasia - vice-governador de Minas - como Cidado Honorrio de BARBACENA. A proposta foi do vereador Amarlio de Andrade, do PSC. O nosso vice-governador nos disse que vai marcar a data para depois das eleies, para ir a Barbacena, receber a honrosa distino. Fica o registro.


    Prof. Antnio Anastasia, vice-governador de Minas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Julho 11, 2008

    LEI SECA. De bafmetro e velocidade. Comentriuo enviado ao nosso BLOG pelo administrador de empresas, Jos Aparecido Ribeiro, presieente da ONG SOS Multas Abusivas. Vale conferir!

    Vi a matria sobre o teste do bafmetro no Alterosa Urgente e a abordagem do Jornalista Ricardo Carlini mostrou os exageros da Lei Seca de forma bem direta e objetiva.

    Tudo que radical, se no fica antiptico, perde o efeito, sobretudo em um Pas em que o Estado no apresenta-se dando bons exemplos.

    No caso em questo, o direito e o bom senso caram na vala comum e as pessoas de bem so colocadas no mesmo balaio, junto com os bandidos do transito que merecem cadeia, e no multas.

    A pedagogia da multa s funciona em Paises em que a recproca do Estado  verdadeira, caso contrrio, o que parece corretivo, vira ditadura e imposio mope.

    Veja a convenincia e o mal uso da lgica para fazer com que a falcia dos ndices justifiquem a insensatez e os excessos da Lei.

    Recentemente o principal motivo para acidentes era a velocidade, hoje este item nem mais lembrado e passa a ser o lcool o principal motivo para acidentes. Afinal, o lcool, ou o excesso de velocidade?
    Esqueceram-se das condies das estradas; das curvas assassinas; das condies do veculos; da formao dos condutores; da manuteno destes veculos; do aumento do nmero de carros emplacados; dos condutores novos, incapazes de dirigir em estradas; do estresse provocado pela falta de fluidez do trnsito nas grandes cidades; da cultura individualista, transformando o carro em arma; da falta de Cidadania; da estupidez que uma rodovia ser separada por duas faixas de 30 centmetro apenas uma da outra, fazendo com que automveis, caminhes e nibus se cruzem em velocidades dobradas em sentido oposto um do outro, mostrando o risco iminente e poucas chances de sobrevivncia em uma coliso frontal, etc etc.

    Sabemos que estes itens que foram os motivadores da nova lei, so apenas dois dos causadores de acidentes, ao lado de outros oito motivos, alguns citados anteriormente, todos eles de responsabilidade do Estado.

    Fica muito mais fcil para este mesmo estado transferir as responsabilidades para o Povo, assim  ele economiza dinheiro, com a infra estrutura necessria e pousa de "bom pai", "preocupado com a segurana" do seus filhos.

    Velado por trs disso tudo, existe sim uma "indstria da multa" prontinha para agir, travestida de cordeiro, pouco se lixando para vidas humanas... Mas que no fundo no passa de lobos oportunistas.

    A "ONG SOS Multas", que criamos em 2001 e vem colhendo material, tem dados estarrecedores sobre esta indstria que s cresce, e nada d em troca.

    Usando a lgica para uma abordagem correta, podemos concluir que se multa fosse algo pedaggico, o nmero de notificaes estaria caindo e no subindo.


    Um abrao

    Jos Aparecido Ribeiro

    Presidente da ONG - SOS Multas Abusivas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 10, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Lula, Pimentel e Acio - juntos no lanamento do Polo Aeronutico da Helibrs em Itajuba no sul de Minas.



    Fernando Pimentel participou do lanamento do Plo Aeronutico de Helicpteros de Grande Porte, na indstria de aeronaves Helibras, para o desenvolvimento e a produo do helicptero Super Cougar. A solenidade, em Itajub, no Sul de Minas, teve a presena do presidente Luiz Incio Lula da Silva e do governador Acio Neves, e marcou a comemorao dos 30 anos da empresa, nica fabricante de helicpteros da Amrica Latina.
     
    Pimentel assina contrato
    para novas obras do PAC
    Antes de viajar, Pimentel assinou contrato de financiamento com a Caixa Econmica Federal para o repasse de R$ 62,6 milhes, provenientes do Programa de Acelerao de Crescimento (PAC), do Governo Federal. Os recursos sero destinados s obras de tratamento de fundo de vale e controle de cheias da avenida Vrzea da Palma e da Vila do ndio, em Venda Nova. As intervenes iro beneficiar cerca de 7 mil pessoas.
    Fotos: Wellington Pedro-CECOM

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 10, 2008

    Investindo no TALENTO.









    Acio Neves premia escritores de concurso de literatura

     











    Wellington Pedro/Imprensa MG
     

    O governador Acio Neves entregou, nesta quarta-feira (9), no Palcio da Liberdade, o Prmio Governo de Minas Gerais de Literatura aos cinco escritores vencedores. A premiao o reconhecimento do governo mineiro ao trabalho de autores consagrados e um estmulo a quem est comeando a carreira de escritor. Foram distribudos R$ 212 mil em prmios, em quatro categorias, com recursos do Tesouro do Estado.
    Durante a solenidade, que contou com a presena de artistas e intelectuais mineiros, Acio Neves destacou a vocao de Minas para a literatura e ressaltou que o prmio foi institudo com o objetivo de contribuir para que essa tradio seja mantida. Foram premiados, os escritores Sergio Sant'Anna, Carlos Felipe Moiss, rico Nogueira, Rodrigo Guimares Silva, Carlos de Brito e Mello.
    "Em Minas, a literatura vai alm da redao, vai alm da edio e da publicao de livros: ela fala fundo nossa mineiridade, ao sentimento de luta, de liberdade e de defesa dos ideais que forjaram a identidade desse povo. Por meio do ofcio da palavra, escritores, ao longo da histria, deram sua contribuio para a compreenso e transformao de seu tempo.
    Cabe a ns, neste momento, reconhecer estes notveis vencedores que nos do a oportunidade de, j na primeira edio desse prmio, torn-lo tradicional e inovador, a partir da aderncia dos talentos de todo o pas e da qualidade mpar das obras concorrentes que, soubemos, deu um trabalho extra a esses extraordinrios amigos, talentosos jurados, Antnio Srgio Bueno, Affonso Romano de Sant'Anna e Bartolomeu Campos de Queirs, sempre presentes a nos emprestar, e a esse premio em especial, seu prestgio e criatividade", afirmou Acio Neves, em seu pronunciamento.
    Ao lado da secretria de Cultura, Eleonora Santa Rosa, ele ressaltou que o Estado deve continuar crescendo, gerando e distribuindo riqueza para a populao, mas que os avanos econmicos devem acontecer de forma paralela aos avanos na rea da cultura.
    "O Prmio Governo de Minas Gerais de Literatura foi mais uma etapa em nossa estratgia de fazer de nosso Estado no apenas um novo celeiro de cones literrios, mas de pensadores capazes de contribuir, cada um com sua viso de mundo, para a construo de um pas que queremos mais inclusivo culturalmente. E hoje, fao um convite a cada vencedor para que seja, a partir de agora, um protagonista deste novo tempo", disse.
    Premiaes
    A primeira edio do Prmio Governo de Minas Gerais de Literatura agraciou o romancista e contista Srgio Sant'Anna com R$ 120 mil pelo conjunto da sua obra, produzida ao longo de uma carreira de 39 anos e que rene romances consagrados como "Senhorita Simpson" e "Um crime delicado".
    Na categoria Poesia o prmio foi dividido entre dois autores: o paulista rico Nogueira, por "O Livro de Scardanelli", e o mineiro de Montes Claros, Rodrigo Guimares Silva, por "Objeto Algum".
    Cada um recebeu R$ 12,5 mil. Carlos Felipe Moiss, de So Paulo, foi o vencedor na categoria Fico com o livro "Histrias Mutiladas" e foi premiado com R$ 25 mil. O vencedor da categoria Jovem Escritor Mineiro foi o belo-horizontino Carlos de Brito e Mello, que recebeu R$ 42 mil. O prmio se configura como uma bolsa paga em seis parcelas para o desenvolvimento do romance "A passagem tensa dos corpos".
    Receptividade
    A primeira edio do Prmio Governo de Minas Gerais de Literatura recebeu 1.318 inscries em trs categorias: Poesia (718 inscritos), Fico (431 inscritos) e Jovem Escritor Mineiro (169 inscritos). As inscries vieram de quase todos os cantos do pas, totalizando 23 estados brasileiros, e ainda do Distrito Federal. De Minas Gerais, foram inscritos 910 projetos, de So Paulo, 145, e do Rio de Janeiro, 99. Belo Horizonte foi a cidade campe de inscries com 420 candidatos, seguida da capital paulista com 76 e do Rio de Janeiro com 75 inscritos.
    "A extraordinria acolhida dos escritores a esta premiao surpreendeu a todos ns. Foram 1.318 inscries de poetas e ficcionistas de praticamente todos os estados da Federao, alm de jovens escritores mineiros, como aqui ns pudemos constatar. Isso, e acho que um aspecto importante, nos sinaliza o vigor da literatura e a fora das letras no Brasil", disse o governador. Celebrao 
    A secretria de Estado de Cultura, Eleonora Santa Rosa, destacou que o prmio uma forma de divulgar os autores. Ela tambm elogiou a qualidade dos trabalhos que concorreram premiao. 
    "Hoje um dia de celebrao, comemorao de pessoas cuja obra - e os jurados esto a para atestar - so de altssima linha criativa. O jri teve trabalho para escolher os premiados. E o prmio importante porque estamos dando chance a vrias pessoas para conhecerem a obra de Srgio Santana. No caso da prosa e da poesia, no so artistas consagrados, no so artistas conhecidos, quer dizer, esse tipo de premiao colabora muito na divulgao de obras desses talentos artistas e artfices da palavra", afirmou a secretria, em entrevista.
    Reconhecimento
    O escritor Srgio Sant'Anna lembrou que j recebeu vrios prmios isolados, mas disse que a primeira vez que reconhecido pelo conjunto de sua obra. " claro que essa premiao tima porque o conjunto de obra evidentemente um reconhecimento do trabalho de longo tempo. O primeiro conto que eu escrevi foi ainda na faculdade de Direito. Mas para mim estou comeando, no estou terminando", disse, em entrevista.
    Carlos de Brito e Mello, vencedor da categoria Jovem Escritor Mineiro, contou que o projeto premiado de romance - "A passagem tensa dos corpos" um desdobramento de um livro de contos que ele publicou h alguns anos. Ele disse que ficou surpreso e feliz com o resultado.
    "Esse tipo de premiao muito bacana porque o trabalho de escrita, sobretudo na categoria em que ganhei, uma categoria que privilegia e valoriza o processo, o trabalho de escrita, e muitas vezes, quando se v um livro pronto no se sabe o trabalho que teve, o tempo que ele levou para ser escrito e esse tipo de valorizao do trabalho est olhando para isso, est reconhecendo isso", afirmou.
    Participaram tambm da solenidade, a superintendente e editora do Suplemento Literrio, Camila de Castro Diniz; o presidente da Academia Mineira de Letras, Murilo Badar; a superintendente de Museus, Letcia Julio; o diretor do Museu Mineiro, Francisco Magalhes; a presidente da Fundao Clvis Salgado, Lcia Maria Glck Camargo; e o presidente do Instituto Cultural Orquestra Sinfnica (Icos), Diomar Silveira; o escritor Afonso Romano de Santana; o assessor do Governo, Alosio Pimenta; o compositor mineiro, Fernando Brant.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 10, 2008

    Presidente da Assemblia de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho, participou da solenidade em homenagem ao saudoso Jos Aparecido de Oliveira. Foi na Biblioteca Pblica Luiz de Bessa na Praa da Liberdade, aqui em BH.

    O presidente da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), participou, na noite desta quarta-feira (9/7/08), de homenagem do Governo de Minas ao poltico mineiro Jos Aparecido de Oliveira, na Biblioteca Pblica Estadual Luiz de Bessa.
    O espao cultural da biblioteca passar a ter o nome de Jos Aparecido de Oliveira, primeiro ministro da Cultura e tambm embaixador do Brasil em Portugal, falecido em outubro de 2007. O local formado por auditrio para 200 lugares e arena para apresentaes artsticas.
    Tambm foi lanado o jornal Notcias do Z, com depoimentos de personalidades e amigos sobre a trajetria poltica do ex-ministro. Em formato tablide, com 64 pginas, o jornal traz fotos e ilustraes de Ziraldo e Chico Caruso.
    Alm do depoimento do presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho, o jornal traz palavras de personalidades como o governador Acio Neves, o ex-presidente Itamar Franco, o ministro Hlio Costa, os escritores Zuenir Ventura e Afonso Romano e o jornalista Alberto Dines; o msico Wagner Tiso; e as atrizes Fernanda Montenegro e Cristiane Torloni, entre outros, de acordo com a Assessoria de Imprensa do governador.
    Jos Aparecido de Oliveira comeou sua carreira poltica na UDN e mais tarde filiou-se ao MDB. Foi secretrio particular do ex-presidente Jnio Quadros, administrador do Distrito Federal, deputado, secretrio de Estado, ministro e embaixador.
    Entre as secretarias de que foi titular em Minas, est a de Cultura, no governo Tancredo Neves - que lhe deu, depois de eleito presidente, a misso de criar o Ministrio da Cultura. Um de seus maiores legados foi a preservao do projeto de Lcio Costa e dos monumentos de Niemeyer.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 10, 2008

    Projeto CHEFS DO AMANH - da Secretaria de Esportes e Juventude - comea em 1 de agosto.


    Chefs do Amanh comea em 1 de agosto








    Foto: Giroletti e Gustavo Corra
    (Crdito: Cludia Sarsur/Rede
    Minas)
    O projeto Chefs do Amanh, que vai capacitar 300 jovens em culinria at o final deste ano, foi lanado nesta tera-feira (08/07), pela Coordenadoria Especial da Juventude, da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej).
    As aulas tero incio dia 1 de agosto, e a primeira turma ser formada por alunos da Escola Estadual Jos Silva Couto, localizada no bairro Jardim Laguna. A escola foi escolhida por sua proximidade com a Central de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa), parceira do projeto. O evento foi realizado no Centro Mineiro de Referncia em Resduos (CMRR), em Belo Horizonte.
    Com o programa, jovens das escolas pblicas mineiras e que recebem atendimento em entidades que tratam da dependncia qumica de Belo Horizonte e Regio Metropolitana tero a oportunidade de aprender a arte da culinria e tcnicas para aproveitamento de alimentos.
    A coordenadora do Chefs do Amanh, Fabrcia Fortini, afirmou que o projeto tem objetivos mltiplos. "Queremos criar o gosto pela culinria bsica, incentivar a utilizao total dos alimentos e formar agentes multiplicadores das boas prticas de alimentao", disse. Segundo ela, o programa tem por finalidade, tambm, criar profissionais da culinria. "Vamos aproveitar que Minas Gerais tem reconhecida cultura gastronmica, mas carncia de jovens na profisso".
    Disposio
    Dispostos a participar dos cursos que sero ministrados inicialmente no Banco de Alimentos - Prodal, localizado na Ceasa, 39 alunos da Escola Jos Silva Couto participaram da solenidade de lanamento. "Eu quero aprender a fazer comidas diferentes, a aproveitar os alimentos. Eu quero poder fazer um almoo de domingo", justificou a aluna Crislaine Lourenzo Souza, 15 anos.
    Motivao semelhante manifestou o aluno Samuel Vitor da Costa Neves, tambm de 15 anos. Para ele, o projeto representa uma oportunidade de aprender a fazer mais pratos. "Quero aprender uma profisso e ajudar minha me nas tarefas do disse Samuel que filho de ex-cozinheiro.
    Nos cursos que sero ministrados, os jovens tero dicas sobre alimentao saudvel e como elaborar receitas econmicas e nutritivas. Segundo Fabrcia Fortini, eles recebero noes sobre a variedade de alimentos, nutrio, hbitos alimentares, boas prticas de fabricao e manuseio de alimentos, higiene pessoal, cuidados no preparo e na manipulao de alimentos.
    "O mais importante que estamos construindo um novo projeto de incluso, parte de uma poltica pblica de juventude", avaliou o coordenador especial de Juventude, Roberto Tross.

    Parcerias
    Sero montadas turmas de 25 alunos para as aulas tericas de introduo culinria; manuseio, higiene e conservao de alimentos e aulas prticas para preparao de receitas. Para as outras turmas, sero abertas inscries. As aulas sero oferecidas no Banco de Alimentos da Ceasa/MG Prodal e no Centro Mineiro de Referncia em Resduos.
    Sero montadas turmas de 25 alunos para as aulas tericas de introduo culinria; manuseio, higiene e conservao de alimentos e aulas prticas para preparao de receitas. Para as outras turmas, sero abertas inscries. As aulas sero oferecidas no Banco de Alimentos da Ceasa/MG Prodal e no Centro Mineiro de Referncia em Resduos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 10, 2008

    Quando SETEMBRO vier... no Expominas, aqui na capital mineira.

     

    Tudo da construo num s lugar

    Expominas sediar evento indito no estado:
     
    Expo Construo Minas 2008,
    que pretende movimentar R$ 60 milhes em negcios.
    A feira acontecer simultaneamente ao Minascon 

    No  segundo semestre deste ano promete no que se refere a eventos da Indstria da Construo em Belo Horizonte. No perodo de 16 a 20 de setembro, uma grande e indita feira movimentar o setor, com a expectativa de um pblico de 25 mil visitantes e gerao de aproximadamente R$ 60 milhes em negcios. Trata-se da Expo Construo Minas 2008 1 Feira de Tecnologia, Mquinas e Equipamentos da Indstria da Construo de Minas Gerais, que ocupar uma rea de 12 mil metros quadrados no Expominas.  

    A ser realizada simultaneamente ao Minascon 2008, evento unificado da cadeia produtiva da construo, que rene diversas programaes tcnicas como debates, palestras, congressos e conferncias promovidas pelas entidades e associaes representativas do segmento, a Expo Construo vai reunir grandes empresas fornecedoras do setor, que apresentaro suas novidades, promovendo o acesso dos profissionais da rea s mais recentes tecnologias, equipamentos, mquinas, produtos e servios.  

    Os eventos sero realizados pelo Sistema Fiemg, atravs da Cmara da Indstria da Construo, e promovidos pela Fagga Eventos, com apoio do Servio de Apoio s Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae). 

    Sobre a Fagga Eventos - Associada ao grupo francs GL events desde 2006, um dos maiores conglomerados mundiais no competitivo segmento de eventos e exposies, a Fagga hoje a mais completa empresa brasileira do setor. 

    Com mais de 40 anos de atuao e escritrios em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, So Paulo e Salvador, vem construindo uma histria slida de realizao de eventos nos mais diversos setores da indstria, alm de feiras internacionais em todo o Brasil - que j se tornaram referncia para os seus respectivos mercados. 

    A Fagga tambm organiza a participao de empresas brasileiras em exposies no exterior e atua na promoo e organizao de pavilhes nacionais em grandes business trade fairs pelo mundo afora. 


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 10, 2008

    From Uberlndia - do Blog do nosso parceiro de blogosfera Hegney Bisneto.




    O presidente empossado do Sinduscon-TAP, Paulinho Ribeiro, em conversa com o presidente do Sistema Fiemg, Robson Braga de Andrade, em noite solene no Center Convention. (foto exclusiva para o HBLOG).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 9, 2008

    Questo de competncia. A notcia vem da Multitexto, do nosso parceiro empresarial, jornalista Schubert Arajo.









    Depyl Action eleita
    a "Melhor Franquia do Brasil" em seu segmento

    Empresa inaugura primeira loja prpria em BH nesta quinta-feira, dia 3, e outra na Savassi, em agosto, totalizando investimentos de R$ 500 mil



    A Depyl Action franquia de lojas especializadas em depilao, com sede administrativa em Belo Horizonte, fbrica prpria em Balnerio Cambori (SC), com 45 lojas franqueadas no pas e uma unidade na Venezuela acaba de conquistar o prmio de "Melhor Franquia do Brasil" em seu segmento na categoria "Sade e Bem-Estar". A cerimnia de premiao aconteceu no ltimo dia 24, em So Paulo, e foi promovida pela revista Pequenas Empresas Grandes Negcios, da Editora Globo.

    O prmio, que nico no pas, considerado o "Oscar" do franchising nacional, e representa o mais completo levantamento do setor no Brasil. Este ano, 282 redes foram avaliadas e, dentre elas, apenas 11 foram contempladas como as melhores do Brasil em seus respectivos segmentos de atuao.

    "Mais difcil e desafiador que assumir a liderana de um segmento conseguir manter-se neste nvel, consolidando esta posio no mercado. Temos conscincia que vitrias passadas no asseguram sucesso futuro. Mas, servem como incentivo e estmulo na busca permanente e incansvel pela excelncia", comemora Danyelle Van Straten
    Na foto, da esquerda para a direita: Danyelle Van Straten, diretora-executiva da Depyl Action; as franqueadas de So Caetano (SP), Valdete Stela e Milessa Stela, e a fundadora da Rede Depyl Action, Glaci Van Straten, durante a entrega do prmio em SP.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 9, 2008

    Feijoada CULT em Uberlndia - capital do Tringulo Mineiro. Registro do meu amigo o colunista Hugney Bisneto. a mais nova parceria do nosso BLOG. O dele www.hugneybisneto.blogspot.com.br




    O empresrio Fbio Pergher, o arquiteto Alessandro Rende e o senador Wellington Salgado na Feijoada CULT-The House (foto Mauro Marques)

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 9, 2008

    ECONOMIA. Presidente da Usiminas, Marco Antnio Castello Branco, j comeou a mostrar a que veio, sucedendo Rinaldo Campos Soares. Foi ao governador Acio Neves dar uma boa notcia!









                                                Usiminas vai investir US$ 14,1 bilhes 
                                                               em Minas Gerais

     


    Marco Antnio Castello Branco,
    presidente da Usiminas.

    O governador Acio Neves recebeu do presidente da Usiminas, Marco Antnio Castello Branco, a informao de que a empresa vai ampliar em US$ 4,2 bilhes os seus investimentos em Minas Gerais. At 2012, a Usiminas vai investir US$ 14,1 bilhes em ampliao da capacidade de produo de ao e minerao, em modernizao das usinas, reduo de custos e preservao ambiental.
    O grupo, maior complexo siderrgico de aos planos da Amrica Latina, vai construir uma terceira usina com capacidade de produo de 5 milhes de toneladas de ao por ano, para a produo de placas, em Santana do Paraso, cidade vizinha a Ipatinga, na regio do Vale do Ao. O projeto substitui o plano de expanso de 3,2 milhes de toneladas anuais, programado anteriormente para a Usina Intendente Cmara, em Ipatinga.
    Segundo informou a empresa, o aumento do volume de investimentos, originalmente previstos em US$ 9,9 bilhes at 2015, tem o objetivo de consolidar a liderana da Usiminas no mercado interno e criar bases mais slidas para futuros movimentos de internacionalizao.
    A nova usina a ser implantada em Santana do Paraso abastecer com placas de ao as usinas de Ipatinga e Cubato, alm do mercado externo. O grupo vai investir US$ 5,7 bilhes na construo dessa unidade. Na fase de construo, a nova usina vai gerar 16 mil empregos durante as obras, e 3,5 mil empregos a partir do incio da operao.

     
    Investimentos recordes

    Minas Gerais alcanou, em maro deste ano, a marca dos R$ 168,6 bilhes de investimentos anunciados desde 2003 e com implantao prevista at 2012.
    Os investimentos de empresas privadas representam mais de 66% desse total, com R$ 112 bilhes, entre projetos de expanso e implantao de novas unidades, em vrias regies de Minas. A previso que 321,5 mil postos de trabalho sejam criados no perodo.
    O setor siderrgico um dos segmentos que mais tem contribudo para o crescimento da indstria no Estado, nos ltimos anos.
    A produo industrial mineira cresceu 8,61% em 2007, acima da mdia nacional, que foi de 6,02% no mesmo perodo. Em 2008, nos cinco primeiros meses, o crescimento acumulado de 6,7%, superando o desempenho mdio da indstria brasileira, de 6,2% de expanso no perodo, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica (IBGE).
    Por trs desse crescimento est o forte aquecimento da indstria automobilstica, que atingiu a marca histrica de crescimento de 9,03% na produo. A produo recorde de automveis no ano passado e o bom desempenho da construo civil contriburam para as siderrgicas brasileiras baterem o recorde de produo de ao em 2007.
    Foram 33,8 milhes de toneladas, sendo que a melhor marca havia sido registrada em 2004, quando foram produzidas 32 9 milhes de toneladas. Em relao a 2006, o crescimento foi de 9,3%.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 9, 2008

    Mais um COLRIO do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Sabrina Barra cheia de
    charme na noite da W 100

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 9, 2008

    Vem a o DVD "Socorro, Estou na TV". Lanamento ser na segunda quinzena de agosto.

    O DVD "Socorro, Estou na TV" vem para atender o mercado empresarial e poltico, que demanda treinamento de como se comportar diante das cmeras de TV.
    E tambm nas teleconferncias e webconferncias. O DVD de nossa autoria foi reeditado pelo competente editor de imagens, Rmulo Breda, da Iguana Filmes - uma das mais competentes produtoras de vdeos, filmes e comerciais para a TV do pas, sem nenhum favor.
    O DVD "Socorro, Estou na TV" contm em 40 minutos as cinco situaes que todo entrevistado(a) enfrenta no dia-a-dia nas entrevistas para a TV.

    So elas: 1. a entrevista de estdio; 2. a entrevista para os telejornais; 3. a coletiva programada; 4 a coletiva flagrante e 5. o debate.
    Eu ancoro todo o vdeo mostrando com imagens cada situao e como se sair bem.
    Participam do DVD atores e atrizes, uma fonoaudiloga dando dicas valiosas para aprinmorar a expresso da voz e uma maquiadora. 
    Mesmo antes de lan-lo no mercado oficialmente - que deve ocorrer em agosto, com o apoio de uma grande jornal de Minas - voc que l nosso BLOG, tem a uma sinopse do produto. 
    E j est convidado para o coquetel de lanamento.
    Aguarde!!!

                                                      CENAS DO DVD "Socorro, Estou na TV"






















    Com a ampla experincia do Jornalista e consultor de imagem Joo Carlos Amaral (Ex-reprter da RedeGlobo Minas por 16 anos) voc contar com as melhores dicas e informaes que valem ouro no mundo da televiso.

    Dividido em 10 passos, o DVD-curso abrange todos os tpicos mais importantes para que o aluno tenha um excepcional rendimento frente s telinhas.



    Nele voc ver, ou melhor sentir por que algumas pessoas "ficam to bem" na televiso ou no.

    Conhecer como funciona o famoso "Teleprompter" e o "Ponto Eletrnico", que para a maioria das pessoas ainda uma mgica que os apresentadores fazem na televiso, ao pronunciarem longas frases ou receberem informaes como um passe de mgica.






    Com este dvd-curso voc finalmente descobrir como o Super-Homem consegue voar ou como uma bandeira de um partido consegue aparecer balanando atrs de um candidato.

    Saber tambm como no se vestir num estdio que utilize "Croma-Key" e como potencializar este poderoso recurso para a sua imagem.

    O DVD  Socorro!! Estou na TV tem durao de 40 minutos.












     

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 9, 2008

    O PTB e o PT fizeram dobradinha para disputar a Prefeitura de Nanuque - municpio do Vale do Mucur, regio Leste de Minas.

    L o empresrio do setor alcooleiro - leia-se Dasa ( Distribuidora de lcool Serra dos Aymors), Dlio Nunes Rocha, o candidato a prefeito pelo PTB.
    O vice, do PT: Roberto de Jesus.
    E a nossa amiga, a professora e contabilista Emlia Lima saiu candidata a vereadora pelo PRP - segundo nos informou o lder poltico e marido dela, Venildo Lima.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 9, 2008

    Emendas ao projeto do governador Acio Neves de reajuste para o IPSEMG e IMA sero avaliadas agiora tarde pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria. Confira!

    As emendas apresentadas em Plenrio ao Projeto de Lei (PL) 2.475/08, que prev reajuste de 5% para os servidores do Ipsemg, retroativos a 1 de maio de 2008, ainda no foram analisadas pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria da Assemblia Legislativa de Minas Gerais.
    Na reunio da manh desta quarta-feira (9/7/08), o presidente da comisso, deputado Z Maia (PSDB), explicou aos servidores do Ipsemg e do IMA, que aguardavam a votao do parecer, que continuaro buscando entendimento com o governo para aperfeioar o projeto.
    Outra reunio da comisso, com a mesma pauta, est marcada para as 16h30 desta quarta-feira (9). A inteno da comisso, segundo o presidente, que o projeto aprovado atenda s necessidades e interesses dos servidores.
    As trs emendas apresentadas durante a discusso da proposio em 1 turno pelo Plenrio receberam os nmeros de 3 a 5. A emenda n 3, do PMDB, beneficia aposentados apostilados, reposicionando-os na situao anterior Lei Delegada 175, de 2007.
    A emenda n 4, do deputado Arlen Santiago (PTB), permite a opo pela ampliao da jornada de trabalho e determina a incorporao, remunerao do servidor para efeitos de aposentadoria, da vantagem pessoal decorrente da aplicao da jornada ampliada. A de n 5, da deputada Elisa Costa (PT) e do deputado Andr Quinto (PT), prope reajuste de 15%, retroativo a 1 de janeiro de 2008.
    Presenas - Deputados Z Maia (PSDB), presidente; Jayro Lessa (DEM), vice; Antnio Jlio (PMDB), Sebastio Helvcio (PDT), Luiz Humberto Carneir







    Comentrios

    #1. vanderlei jangrossi
    acabamos de aprovar,
    o (PSDB) e a deputada Elisa Costa (PT).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 8, 2008

    Construo civil no a GRANDE VIL da inflao. Afirmao do empresrio PAULO SAFADY SIMO, presidente da CBIC - Cmara Brasileira da Indstria da Construo. Confira


    Paulo Simo 
    presidente da CBIC.

    Enquanto as expectativas so de aumento do IPCA (ndice oficial de inflao)
    em junho, o IBGE divulgou hoje (8/7) o recuo de 0,63 ponto percentual no
    crescimento do ndice Nacional da Construo Civil (Sinapi). Para o
    presidente da CBIC, Paulo Simo, este um dos maiores sinais de
    descolamento das duas variaes e mais uma prova de que a construo civil
    no o motor das recentes perspectivas negativas de inflao.

    "A participao dos itens da construo civil na composio do IPCA de
    1,14 ponto percentual de 100. Ou seja, o impacto de um crescimento no Sinapi
    quase nulo na composio total dos ndices inflacionrios do Pas",
    destacou Simo. "Alm disso, o SINAPI est relacionado ao custo da
    construo, o preo da obra para os empresrios; enquanto o IPCA est
    relacionado aos gastos do consumidor comum, como comida e gasolina",
    completou.

    Dados divulgados pelo IBGE mostram que, em junho, o Sinapi subiu 1,24%,
    contra os 1,87% registrado em maio. Em junho de 2007 a variao foi de
    0,53%. Com o novo percentual de junho, o resultado acumulado nos ltimos 12
    meses para 8,26%, contra os 5,18% dos 12 meses imediatamente anteriores. No
    ano, o Sinapi situou-se em 5,28%, tambm acima da variao observada no
    mesmo perodo do ano passado, que foi 3,16%.

    O IBGE destaca ainda uma tendncia de maior peso do item 'materiais', em
    contraposio com o item 'salrios'. A parcela do ndice relativa aos
    materiais apresentou forte acelerao, passando, em junho, para 1,44%, alta
    bem superior quelas registradas nos cinco primeiros meses do ano (0,67% em
    janeiro e fevereiro e 0,60% em maro, abril e maio). No ano, os materiais
    subiram 4,66% acima da taxa de 2007 (2,12%). "Isso resultado do aumento do
    preo das commodities no mercado internacional. No h como controlar",
    explicou Simo.

    Por outro lado, a mo-de-obra, que representa 40% do custo de uma obra,
    apresentou crescimento de 0,96%, ainda pressionado, em menor escala, pelos
    reajustes salariais. No ano, a mo-de-obra registrou alta de 6,11% contra
    4,58% no ano passado.

    "Est faltando mo-de-obra. Por isso fechamos a parceria com o governo
    federal para capacitar os beneficiados do Bolsa Famlia. Nossa expectativa
    de ver publicado pelo governo, ainda este ms, o edital de contratao das
    empresas que daro os cursos. A meta capacitar o pessoal para trabalhar
    nas obras do PAC at o final do ano", destacou o presidente da CBIC, Paulo
    Simo.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 8, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Lanada PEDRA FUNDAMENTAL do novo prdio do Tribunal de Justia de Minas. Descerramento da placa foi feita pelo presidente do Tribunal, desembargador Orlando Ado - que vai para a aposentadoria compulsria de 70 anos no final de julho - pelo vice-governador Anastasia e pelo presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho.

     
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 8, 2008

    Assdio Moral na Administrao Pblica. Projeto do deputado sargento Rodrigues do PDT teve parecer rejeitado em Comisso da Assemblia de Minas.

    O Projeto de Lei (PL) 2.130/08, do deputado Sargento Rodrigues (PDT), que pretende vedar o assdio moral na administrao pblica direta e indireta do Estado, foi examinado nesta tera-feira (8/7/08) pela Comisso de Administrao Pblica da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. O parecer de 1 turno do relator, deputado Andr Quinto (PT), era favorvel matria, mas foi rejeitado, durante a votao, pelos deputados Chico Uejo (PSB), Ivair Nogueira (PMDB) e Incio Franco (PV).
    Franco opinou que a matria s poderia ser regulada por lei complementar, e no por lei ordinria, e posicionou-se contra, por julgar que haveria quebra de hierarquia e ingovernabilidade tanto na administrao pblica quando na Polcia Militar. Informou que, no Estado de So Paulo, lei similar foi derrubada por inconstitucionalidade atravs de Adin proposta pelo prprio governador do Estado.
    O autor, Sargento Rodrigues, contra-argumentou que a legislao que rege a PM castrense, embora tenha sido enquadrada nos limites constitucionais por lei aprovada em 2002, da qual foi relator nos dois turnos.
    "O que se faz nos quartis da PM so atrocidades contra os subordinados, so violaes inaceitveis da dignidade humana. Ofereo aos senhores deputados relatos de tratamentos cruis, humilhantes e degradantes perpetrados por um major da PM de Itajub contra at oficiais subalternos", disse ele.
    Rodrigues apresentou requerimento, que foi aprovado, pedindo audincia pblica com especialistas e autoridades para debater o PL 2.130, e afirmou que ningum melhor do que ele sentiu na pele o regulamento disciplinar da PM e que os convidados vo comprovar seu ponto de vista.
    Com a rejeio do parecer, o presidente, deputado Elmiro Nascimento (DEM), designou novo relator, o deputado Incio Franco (PV), para redigir outro parecer em conformidade com a posio manifestada majoritariamente pela comisso.

                                                                          PLC visa incluir
                                                                companheiro homossexual
                                                                              no Ipsemg

    Foi aprovado pela comisso o parecer de 1 turno ao Projeto de Lei Complementar (PLC) 36/07, do deputado Carlin Moura, que inclui o companheiro ou a companheira homossexual como dependente do segurado do Ipsemg.
    O relator, deputado Andr Quinto, informou que se trata do desarquivamento do PLC 43/2003, que altera a legislao previdenciria, incluindo nos benefcios do instituto aquele companheiro homossexual que comprovar a convivncia ou a dependncia econmica do servidor pblico estadual.
    "O PLC visa a adequar a legislao previdenciria s mais recentes diretrizes emanadas pelas instncias superiores do Judicirio", disse o relator.
    Conselho do Adolescente - Recebeu parecer favorvel em 1 turno tambm o PL 2.134/08, que objetiva alterar a composio do Conselho Estadual dos Direitos da Criana e do Adolescente. O PL modifica o artigo 8 da Lei 10.501/91, aumentando para 26 o nmero de conselheiros, e incluindo representantes das secretarias de Estado de Desenvolvimento Social, de Cultura e de Governo.
    Incio Franco, o relator, opinou que a modificao resultar em uma atuao mais significativa em favor do jovem, tirando-o da ociosidade e estimulando o protagonismo juvenil.
    O deputado Andr Quinto apresentou emenda propondo que a nova estrutura entre em vigor apenas para o prximo mandato do conselho, sob o argumento de que, recentemente, foram escolhidos os membros no-governamentais, e aquela instncia, por ser paritria, exigiria novos conselheiros externos ao Governo. Tanto o parecer quanto a emenda foram aprovados, e o presidente determinou ao relator que inclusse a proposta de Quinto no parecer.
    Copasa - O parecer sobre o PL 2.164/08, do governador do Estado, que dispe sobre a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), no chegou a ser lido ou votado.
    O ponto mais polmico do projeto o que trata da terceirizao de determinados servios pela concessionria, que no exigem mo-de-obra especializada, como a recomposio de caladas.
    O parecer admite essa hiptese, mas condena a intermediao de mo-de-obra por empresa prestadora de servio.
    No entanto, como o relator, deputado Domingos Svio (PSDB), no estava presente, o presidente, deputado Elmiro Nascimento, designou o deputado Chico Uejo como novo relator e determinou a distribuio de avulsos.
    O parecer pela aprovao do projeto na forma do Substitutivo n 1, da Comisso de Constituio e Justia.
    Requerimentos - Foram aprovados trs requerimentos durante a reunio, alm do j citado, do deputado Sargento Rodrigues. De autoria dos deputados Carlin Moura (PCdoB) e Almir Paraca (PT), aprovou-se a realizao de uma reunio conjunta da Administrao Pblica com a Participao Popular para discutir, em audincia pblica, pontos relacionados ao Ipsemg.
    Do deputado Carlin Moura, foi aprovado requerimento de reunio conjunta da Administrao Pblica e da Participao Popular para debater a proposta de transferncia de gesto da Fundao Joo Pinheiro, da Rede Minas e do DER-MG para Oscips.
    Do deputado Weliton Prado (PT), foi aprovado requerimento de audincia pblica para debater a aplicao do decreto 44.410, que estabelece normas para a opo do servio pblico civil do Executivo para a jornada de 40 horas.
    Presenas - Deputados Elmiro Nascimento (DEM), presidente; Andr Quinto (PT), Chico Uejo (PSB), Incio Franco (PV), Ivair Nogueira (PMDB) e Sargento Rodrigues (PDT).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 8, 2008

    Boa notcia para quem frequenta ITANAS no norte do Esprito Santo - distrito de Conceio da Barra, a 632 kms de BH. Municpio governador pelo prefeito Manoel P de Boi, funcionrio aposentado da Petrobrs. Confira!










                                                                Itanas vai ganhar
                                                 Sistema de Esgotamento Sanitrio
     
     












    Hilmar de Jesus
    A assinatura do convnio aconteceu no Parque Estadual de Itanas

    O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e a Companhia Esprito Santense de Saneamento (Cesan), firmam junto ao Ministrio do Turismo (MTur), convnio de cooperao tcnico-financeira, na ordem de R$ 1.650.000,00, para a implantao da primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitrio da Vila de Itanas, em Conceio da Barra.

    O convnio foi assinado na manh desta sexta-feira (Seis de junho) no Parque Estadual de Itanas, na presena do secretrio de Estado do Turismo, Marcus Vicente, do prefeito Manoel Pereira da Fonseca, do deputado estadual Freitas, o diretor de Programas de Desenvolvimento do Ministrio do Turismo, Frederico Costa e do representante da Cesan, Carlos Martinelli.

    Esse convnio efetiva a articulao da Setur junto ao MTur no sentido de captar recursos financeiros, de contra partida federal, do Programa de Desenvolvimento do Turismo PRODETUR NE II.

    Durante a solenidade Frederico informou que os recursos para a primeira etapa da obra esto garantidos, mas vai lutar para a liberao ainda este ano de mais R$ 1,6 milhes para a concluso de todo o projeto. De acordo com o prefeito Manoel Fonseca, dentro de no mximo dois meses ser feita a licitao para se conhecer a empresa que far o servio que dever estar concludo antes da prxima temporada de vero.

    No Esprito Santo, o PRODETUR NE II abrange o Plo Turstico do Verde e das guas, composto pelos municpios de Conceio da Barra, So Mateus, Linhares, Rio Bananal, Colatina e Pancas. Algumas aes j foram realizadas no mbito do programa, tais como: elaborao dos Planos Diretores Municipais de Conceio da Barra, So Mateus, Linhares, Rio Bananal e Pancas; e a elaborao do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentvel PDITS para o Plo Turstico do Verde e das guas.

    A Cesan, concessionria dos servios de saneamento bsico do municpio, prev nessa primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitrio, a execuo de Redes Coletoras/Ligaes Prediais, Estaes Elevatrias, Emissrios e Estao de Tratamento. Essa ao proporcionar melhor qualidade de vida aos moradores locais - cerca de 2.600 residentes-, e conseqentemente melhor infra-estrutura para os turistas que ali circulam, em torno de trs mil pessoas.

    O secretrio Marcus Vicente garantiu que o convnio garantir melhor qualidade de vida aos moradores e turistas que anualmente freqentam a Vila de Itanas. Ele se disse encantado com a beleza da regio que passou a conhecer pela primeira vez.

    Durante a solenidade foi realizada a cerimnia de posse do Conselho Municipal de Turismo de Conceio da Barra, rgo responsvel pela elaborao, desenvolvimento e implantao da Poltica Municipal de Turismo, composto por representantes do trade turstico local, da iniciativa publica, privada e do terceiro setor. Ao de fortalecimento dos rgos municipais de turismo est inserida no Plano de Desenvolvimento Sustentvel do Turismo do Esprito Santo 2025, documento balizador da Poltica Estadual de Turismo do Estado.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 8, 2008

    COLRIO em dose dupla de beleza, desta tera-feira. Da coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.



    Rafaela Castro faz pose na
    noite 'caliente' do Privilge

    Tambm no Privilge, o olhar
    felino de Sabrina Martins







    Comentrios

    #1. cesar romero
    Amigo Joo Carlos,
    mais uma vez, estou gratssimo pelo espao em seu blog s nossas beldades de Juiz de Fora. Hoje, em dose dupla.
    Um grande abrao,
    CR


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 8, 2008

    Computadores baratos para professores da Rede Pblica. O ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa, participou com o presidente Lula do lanamento do Programa Computador Porttil par Professores. Computador - laptops - custando at mil reais - pode ser financiado em at 24 vezes.

                  

    Ministrio das Comunicaes promove incluso digital de professores em todo o pas

     Mais de trs milhes de professores da rede pblica e particular tero acesso a computadores baratos

    Os Correios disponibilizaro novos modelos de computador porttil (lap-tops) por at um mil reais, com frete, entrega e seguro includos no valor. O pagamento pode ser vista ou em at dois anos, com juros baixos e prestaes de no mximo R$ 55,00.  
    So cerca de 3,5 milhes de professores que podero comprar.
    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participou junto com o presidente Luiz Incio Lula da Silva do lanamento do Programa Computador Porttil para Professores, nesta sexta-feira (04/07), no Palcio do Planalto.
    Hlio Costa afirmou que os computadores adquiridos vo trazer grande impacto positivo ao ensino pblico ao associar ao Programa Banda Larga nas Escolas, que levar a internet em alta velocidade a todas as escolas pblicas do pas at 2010.
    A participao dos Correios importante porque a empresa possui seis mil agncias, atingindo todo o territrio nacional. A comercializao dos computadores no site dos Correios ter incio pelas capitais a partir de setembro.
    O equipamento tem configurao mnima de memria de 512MB, com possibilidade de expanso de mais de 1Gb; unidade de armazenamento de 40 Gb; rede sem fio; software livre, e aplicativos especficos da rea educacional.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 8, 2008

    Diviso Judiciria.

                                                     
                                                               Desembargador Orlando Ado, 
                                                       presidente do Tribunal de Justia de Minas.

    O projeto do Tribunal de Justia de Minas, ser analisado hoje, s 5 da tarde, pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria.
    Voc pode acompanhar AO VIVO pela TV Assemblia as discusses na Comisso.
    s ligar na TVA. Pelo cabo, NET, canal 11.
    UHF no Interior de Minas. E pela internet: www.almg.gov.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 7, 2008

    FIQUE de OLHO. Profisso de Jornalista AMEAADA. Destino est na mente e no corao dos ministros do Supremo Tribunal Federal em Braslia. Vamos nos mobilizar para sensibilizar a todos pela preservao do direito que conquistamos - o diploma de curso superior de jornalismo. PENSE NISSO!!!


                                                             

    Convidamos todos a participarem da luta em defesa do jornalismo qualificado, democrtico e tico. O STF est prestes a julgar a necessidade de formao superior para o exerccio da profisso de jornalista. A obrigatoriedade do diploma interessa no apenas  categoria, mas a toda a sociedade. Abaixo encaminhamos o Manifesto para o qual pedimos a mais ampla divulgao.
    Saudaes sindicais.


     
    Srgio Murillo de Andrade
    Presidente da FENAJ
    Valci Zuculoto
    p/Coordenao Nacional da Campanha em Defesa da Formao e Regulamentao
    Diretora de Educao da FENAJ

     Manifesto Nao 
                          Em defesa do Jornalismo, da Sociedade e da Democracia no Brasil

    A sociedade brasileira est ameaada numa de suas mais expressivas conquistas: o direito informao independente e plural, condio indispensvel para a verdadeira democracia. 
    O Supremo Tribunal Federal (STF) est prestes a julgar o Recurso Extraordinrio (RE) 511961 que, se aprovado, vai desregulamentar a profisso de jornalista, porque elimina um dos seus pilares: a obrigatoriedade do diploma em Curso Superior de Jornalismo para o seu exerccio. Vai tornar possvel que qualquer pessoa, mesmo a que no tenha concludo nem o ensino fundamental, exera as atividades jornalsticas.  
    A exigncia da formao superior uma conquista histrica dos jornalistas e da sociedade, que modificou profundamente a qualidade do Jornalismo brasileiro.
    Depois de 70 anos da regulamentao da profisso e mais de 40 anos de criao dos Cursos de Jornalismo, derrubar este requisito prtica profissional significar retrocesso a um tempo em que o acesso ao exerccio do Jornalismo dependia de relaes de apadrinhamentos e interesses outros que no o do real compromisso com a funo social da mdia. 
    direito da sociedade receber informao apurada por profissionais com formao terica, tcnica e tica, capacitados a exercer um jornalismo que efetivamente d visibilidade pblica aos fatos, debates, verses e opinies contemporneas. Os brasileiros merecem um jornalista que seja, de fato e de direito, profissional, que esteja em constante aperfeioamento e que assuma responsabilidades no cumprimento de seu papel social. 
    falacioso o argumento de que a obrigatoriedade do diploma ameaa as liberdades de expresso e de imprensa, como apregoam os que tentam derrub-la. A profisso regulamentada no impedimento para que pessoas - especialistas, notveis ou annimos - se expressem por meio dos veculos de comunicao. O exerccio profissional do Jornalismo , na verdade, a garantia de que a diversidade de pensamento e opinio presentes na sociedade esteja tambm presente na mdia. 
    A manuteno da exigncia de formao de nvel superior especfica para o exerccio da profisso, portanto, representa um avano no difcil equilbrio entre interesses privados e o direito da sociedade     informao livre, plural e democrtica. 
    No apenas a categoria dos jornalistas, mas toda a Nao perder se o poder de decidir quem pode ou no exercer a profisso no pas ficar nas mos destes interesses particulares. Os brasileiros e, neste momento especfico, os Ministros do STF, no podem permitir que se volte a um perodo obscuro em que existiam donos absolutos e algozes das conscincias dos jornalistas e, por conseqncia, de todos os cidados! 
            FENAJ - Federao Nacional dos Jornalistas
            Sindicatos de Jornalistas de todo o Brasil

                                                       


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 7, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. JOO COX - presidente da CLARO - recebeu o ttulo de Cidado Mineiro - concedido pelo governador Acio Neves, a pedido do deputado Eros Biondini, do PHS.

     
     
     

     
     
     

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Julho 7, 2008

    JOO COX o mais novo Cidado Mineiro. Solenidade na Assemblia Legislativa foi muito prestigiada - l estavam o ministros das Comunicaes, senador Hlio Costa; o ex-governdor do Rio Grande do Sul, ex-Rede Globo e porta voz de Tancredo Neves, jornalista Antonio Brito, com quem trabalhei em Braslia nos meus tempos de Rede Globo. A Reunio Especial foi presidida pelo deputado Alberto Pinto Coelho, presidente da Assemblia de Minas. O GRUPO PONTO DE PARTIDA fechou a solenidade com sua tradicional criatividade. Foi uma noite nota 1000.

    O presidente da empresa de telefonia Claro, Joo Cox, nascido na cidade do Rio de Janeiro e criado na Bahia, cidado honorrio de Minas Gerais. O ttulo, concedido pelo governador Acio Neves, a requerimento do deputado Eros Biondini (PHS), foi entregue em Reunio Especial no Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais nesta sexta-feira (4/7/08). Biondini ressaltou a particular capacidade do homenageado e sua contribuio para o desenvolvimento do Estado. J Cox afirmou ser devedor de tudo o que recebeu e aprendeu em Minas.
    "Este povo que sempre amei, respeitei e admirei me fez igual a ele, me fez mineiro", disse o homenageado. Em abril deste ano, ele recebeu o ttulo de Cidado Honorrio de Belo Horizonte. O presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), salientou a slida formao acadmica e forte sensibilidade de Cox e afirmou que a outorga da homenagem confirma a indescritvel contribuio do executivo para Minas Gerais.
    Ao narrar a trajetria profissional do novo cidado honorrio de Minas, o deputado Eros Biondini tambm ressaltou seu profissionalismo, competncia, criatividade, inovao e vocao para servir com eficcia e eficincia. O parlamentar citou a gesto de Cox frente da Telemig, quando a empresa passou de 600 mil para mais de 2,5 milhes de clientes, e de 204 para 463 cidades atendidas. "A misso protagnica o fez enxergar a responsabilidade social. Assim, ampliou os programas socioculturais adotando os Conselhos Tutelares da Criana e do Adolescente", acrescentou.
    J a Claro, presente em Minas desde 2005, alcanou na gesto de Cox a marca de 1,5 milho de clientes em dois anos. Biondini ressaltou ainda que a empresa foi a primeira a concluir o Programa Minas Comunica, de universalizao da telefonia mvel, dez meses antes do prazo estipulado pelo governo mineiro.
    Ao falar sobre Minas, Cox lembrou os "valores de brasilidade" que caracterizam o Estado; citou Tiradentes, JK e Tancredo Neves, alm de poetas como Carlos Drummond de Andrade, para concluir que a pujana e a modernidade convivem de forma harmoniosa com uma tradio poltica e cultural sem igual no Brasil. "E entre as grandes alegrias que carrego est o fato de ter contribudo para incluir municpios mineiros no mapa digital", lembrou.
    O presidente da Claro afirmou ainda que a empresa tem como prioridade trazer uma banda larga mais acessvel e moderna, com a tecnologia 3G, e que Minas ser sua prioridade neste verdadeiro salto na incluso digital no Brasil. Emocionado, o executivo afirmou que a homenagem na ALMG se incorporar de forma perene sua vida.
    "O Estado que me acolheu e me tornou uma pessoa melhor foi deliciosamente invasivo, entrou e ficou no meu corao. Costumo dizer que aprendi em Minas que aqui se fala pouco sem deixar de sentir muito. uma terra de afetos sutis. Intil querer transformar em palavras o que sinto agora".
    O Ministro das Comunicaes, Hlio Costa, tambm ressaltou o trabalho de Cox no setor das telecomunicaes, no importante momento da convergncia tecnolgica. E destacou tambm sua atuao na rea social.
    "Ele viu o problema social do nosso Estado e, frente de uma grande empresa, pde ajudar", afirmou. Costa citou ainda a participao da Claro e das demais empresas de telefonia nos projetos nacionais de integrao e incluso digital. J o governador Acio Neves enviou mensagem de congratulao e de boas-vindas ao novo cidado mineiro.C
    Carreira em Minas comeou em 1999
    Joo Cox, 44 anos, iniciou a carreira profissionalmente em Minas Gerais em 1999, ento na Telemig Celular, onde trabalhou em programas de expanso da base de clientes, chegando a presidir a Telemig Celular e a Amaznia Celular. Em agosto de 2006, assumiu a presidncia da Claro, o brao brasileiro da Amrica Mvil, um dos cinco maiores grupos de telefonia mvel do mundo.
    Executivo de carreira internacional, formado pela Universidade Federal da Bahia e com especializao pelas universidades de Qubec (Canad) e de Oxford (Estados Unidos), Cox foi tambm diretor de empresas do Grupo Odebrecht e integrou conselhos de administrao de empresas de Israel, Holanda e Argentina.
    Os resultados alcanados na Claro renderam a Cox, entre outros prmios, em 2007, o de "Empreendedor do Ano", da revista Isto Dinheiro; o de "Um dos 100 Brasileiros mais influentes em 2008", conferido pela Isto ; e o de "Lder Empresarial do setor de Telecomunicaes", da Gazeta Mercantil.
    Presenas - Alm das autoridades citadas, compuseram a mesa o deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB); o ex-governador do Rio Grande Sul e atual diretor de Assuntos Corporativos da Claro, Antnio Brito; e o vereador Fred Costa (PHS).
    A reunio teve ainda a presena de lideranas polticas, empresariais, de organizaes e da imprensa mineira, alm de familiares do homenageado. A cantora Gabriela Pepino e o Grupo Ponto de Partida, patrocinado pela Telemig durante a gesto de Cox, participaram da homenagem.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Julho 6, 2008

    O casamento de Renata e Leonardo - que movimentou a sociedade de Juiz de Fora. O casamento foi na Estao So Pedro. A noiva, Renata, filha do casal- nossos amigos e afilhados de casamento - os jornalistas Malu e Kak Guilhermino. As fotos so da coluna do meu amigo, Csar Romero, da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.








    A boda de Renata e Leonardo

    Renata e Leonardo

    Os pais da noiva, Malu e Kak Guilhermino

    Ilza Conceio Maurcio e Fernando
    Teixeira Grossi, pais do noivo

    O pajem Joo Stephan e as daminhas Carolina Guilhermino e Nina Barreto

    Ana Paula Calixto, Marcelo
    e Simone Barreto





    Malu Guilhermino e a filha Raphaela

    Tilden e Helena Santiago

    Martvs e Mrcia das Chagas

    Alessandro Ribeiro, Kak, Nelson e Cristina Leite, Camila e a me Alvina Maciel

    Jos Ernesto Marino Neto, Kak,
    Pedro Pinheiro Oliveira, Newton Carneiro, Washington Arajo, Wagner e Elisa
    Pinheiro Oliveira

    Edson Souza e Mnica Andrade

    Terezinha e Marcus Barra

    Tilden Santiago e Guilherme Barra

    Daniele Baio e Eduardo Felga


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Julho 5, 2008

    Jantar com o diretor de Meio Ambiente para a Amrica Latina, Willer Pos.

    Neste sbado seremos recebidos para um jantar en petit comit, pelo casal Katiana/Willer Ps, no seu flat no Vale do Sereno, aqui em BH. Katiana engenheira ambiental da Caixa Econmica Federal,em Braslia - e faz a ponte area entre BH e a Capital Federal toda semana. Willer Ps, o homem de ouro da Anglogold Ashanti, onde tem atuao marcante no relacionamento com os rgos pblicos do Meio Ambiente. membro do Copam. nosso amigo e cliente do media trainning, "Socorro, Estou na TV". Eu e minha mulher,adecoradora Cida Amaral, somos padrinhos de casamento do casal Katiana/Willer. As fotos do jantar darei aqui no nosso BLOG. Aguarde. 

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Julho 5, 2008

    O COLRIO deste sbado Elisa Scarlatelli, a bela da coluna do Csar Romeroda Tribuna de Minas.


    Elisa Scarlatelli curtindo a
    noite Funk You no Privilge


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Julho 4, 2008

    HOJE, 14h30m, na Assemblia de Minas. No Salo Nobre.

    O diretor-geral da ANAEEL, JERSON KELMAN
    vai receber a Medalha do Mrito Legislativo de Minas.
    Ser na prxima sexta-feira, dia 4, s 14h30m
    no Salo Nobre do Parlamento Mineiro.
    A indicao foi do deputado Alberto Pinto Coelho,
    presidente da Assemblia. Confira detalhes.



    O diretor-geral da Agncia Nacional de Energia Eltrica (Aneel), Jerson Kelman, ser homenageado pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Ele receber a Medalha da Ordem do Mrito do Legislativo, nesta sexta-feira (4/7/08), s 14h30, por indicao do presidente Alberto Pinto Coelho (PP). A solenidade ser no Salo Nobre da ALMG.
    Criada em 1982, a Medalha do Mrito Legislativo distingue pessoas fsicas e jurdicas que, por seus servios ou mrito excepcional, tenham se tornado merecedoras do reconhecimento por parte da Assemblia de Minas.
    Jerson Kelman nasceu no Rio de Janeiro, em 1948. engenheiro civil e mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ph.D. em Hidrologia e Recursos Hdricos pela Colorado State University. professor de Recursos Hdricos da Coppe-UFRJ desde 1973 e Livre Docente desde 1985.
    O atual diretor-geral da Aneel foi pesquisador do Centro de Pesquisas de Energia Eltrica (Cepel) entre 1976 e 1991 e diretor de Estudos e Projetos da Fundao Superintendncia Estadual de Rios e Lagoas (Serla-RJ), de 1991 a 1996.
    Jerson Kelman foi consultor do Banco Mundial em diversos projetos no semi-rido brasileiro, de 1996 a 1999.
    Tambm participou da elaborao da Lei das guas (Lei 9.433, de 1997) e, a partir de 1999, da criao da Agncia Nacional das guas (ANA). Foi diretor-presidente da agncia desde a sua implantao, em dezembro de 2000, at janeiro de 2005.
    De 2003 a 2005, integrou o Conselho Nacional de Poltica Energtica e, desde janeiro de 2005, o Comit de Monitoramento do Setor Eltrico. curador da Fundao Brasileira de Desenvolvimento Sustentvel desde 2006.








    Comentrios

    #1. Willer Pos
    Caro Joo Carlos Amaral,

    O Brasil tem jeito. Mas, para deixarmos de ser aqueles veem a luz no fim do tnel e passarmos para aqueles que ja sairam do tnel, precisamos de um execito de Kelmans na rea pblica. Esse sim tem fibra, conhecimento e comprometimento.

    Willer Pos - diretor de Meio Ambiente da Anglogold Ashanti.


    1 comentrio                       


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Julho 4, 2008

    JOO COX -presidente da CLARO - vai se tornar hoje o mais novo Cidado Mineiro. Ttulo concedido pelo governador Acio Neves, atravs de pedido do deputado Eros Biondini, do PHS, ser entregue logo mais, s 19 horas,no plenrio da Assemblia Legislativa de Minas. Acompanhe pela TVA. Em BH, canal 11, a cabo pela NET. Interior, canal UHF. Internet: www.almg.gov.br

                  
    HOJE, sexta-feira, o presidente da empresa de telefonia Claro, Joo Cox, nascido na cidade do Rio de Janeiro e criado na Bahia, vai se tornar tambm mineiro.
    O empresrio receber o ttulo de cidado honorrio de Minas Gerais, em solenidade que ser realizada no Plenrio Juscelino Kubitschek, na Assemblia Legislativa de Minas Gerais, com a presena do presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP).
    O ttulo foi concedido pelo governador Acio Neves a requerimento do deputado Eros Biondini (PHS). A reunio ser s 19 horas.
    Joo Cox, 44 anos, assumiu a presidncia da Claro em agosto de 2006 e vem atuando profissionalmente em Minas Gerais desde 1999, quando entrou na Telemig Celular e, l, atuou em programas de expanso da base de clientes.
    "Para se ter uma idia, no perodo em que presidiu a Telemig Celular, o nmero de clientes cresceu de 600 mil para mais de 2,5 milhes, e o nmero de cidades atendidas saltou de 204 para 463", lembrou o deputado Biondini.
    Executivo de carreira internacional, formado pela Universidade Federal da Bahia e com especializao pelas universidades de Qubec (Canad) e de Oxford (Estados Unidos), Cox foi tambm diretor de empresas do Grupo Odebrecht e integrou conselhos de administrao de empresas de Israel, Holanda e Argentina.
    O homenageado recebeu, desde 1999, inmeras distines e prmios, mas o deputado Eros Biondini afirma que tem especial admirao pelo trabalho social e cultural que ele sempre estimulou, particularmente quando esteve frente da Telemig Celular, apoiando iniciativas de valorizao da cultura mineira.
    Eros Biondini destacou a parceria com os conselhos tutelares da Criana e do Adolescente e o estmulo que Cox imprimiu ao Instituto Telemig Celular, parceiro do "Ao Cidadania contra a fome, a misria e pela vida", campanha originalmente desenvolvida pelo socilogo Betinho.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 3, 2008

    Aniversariando HOJE, dia 3, meu irmo, o empresrio barbacenense Luiz Paulo NECA Rodrigfues Amaral. Parabns e todas a felicidade do mundo para ele.



              O casal Helena e o aniversariante de hoje, Luiz Paulo NECA Amaral.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 3, 2008

    MULHER na poltica na tradicional Barbacena - de Bias, Andradas e Hlio Costa. De um lado, na chapa do prefeito Martin Andrada, est a professora Gracia Arajo - de tradicional famlia poltica (o pai dela, o saudoso farmacutico Vicente Arajo foi prefeito de Barbacena). Do oputro lado, est Danuza Bias Fortes, s que na cabea de chapa na disputa pela Prefeitura em outubro, com o apoio do senador Hlio Costa. A notcia da escolha de Gracia Arajo para vice de Martin, vem do site barbacenanews.

                               Professora Gracia Arajo a vice na chapa de Martim Andrada

                                                                   

                                                       


                   O ex-prefeito Vicente Arajo e Gracia Arajo em foto de arquivo de famlia

                   Messias Thomz.


    A professora Gracia Maria Arajo Gomes, filha do ex-prefeito Vicente Arajo e vice-presidente do PP, a candidata a vice-prefeita na chapa de Martim Andrada (PSDB).  O nome de Gracia a maior novidade nesta campanha eleitoral.

    A professora Gracia Arajo d aulas de Matemtica na Escola Agrotcnica Federal h 30 anos. Ela j lecionou no Colgio Estadual, Aplicao, Unipac e na escola Professor Joo Anastcio (Polivalente). tambm empresria e administra a Farmcia Glria, fundada pelo seu pai.

    A poltica est no sangue. Seu pai, Vicente Arajo, foi vereador, presidente da Cmara, prefeito por dois mandatos e candidato a deputado estadual e vice-prefeito. Gracia Arajo a herdeira do esplio poltico de seu pai, um dos prefeitos mais queridos que Barbacena j teve, e que era considerado o pai dos pobres.

    Casada como o engenheiro Joo Luiz Ribeiro Gomes, que foi diretor do antigo Demae na gesto de Vicente Arajo, Gracia tem um casal de filhos, Camila de 19 anos e Rodolfo, de 17 anos. Ela a segunda filha do casal Margarida e Vicente Arajo e irm de Olga, Marquinhos e Vicentinho.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 3, 2008

    DEMOCRACIA em pleno vigor. Servidores do Ministrio Pblico lotaram as galeiras do plenrio prersidente JK, da Assemblia Legislativa de Minas, para acompanhar a aprovao do reajuste de, em mdia 15,14%, retroativos a primeiro de janeiro deste ano.

      
      
      
      




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 3, 2008

    Os 40 anos do INDI esto sendo comemorados netse momento no plenrio da Assemblia de Minas. A Reunio Especial foi requerida pelo deputado Alberto Pinto Coelho, presidente da Assemblia e aprovada por unanimidade. Ligue a noa TVALegislativa e assista AO VIVO. Na internet no www.almg.gov.br

    O Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), entidade que completa 40 anos no dia 1 de julho deste ano, est sendo homenageado pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais, agora, s 20h16m.
    A requerimento do presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), ser realizada, nesta quinta-feira (3/7/08), Reunio Especial para comemorar o aniversrio da instituio, que atua no fomento ao desenvolvimento de Minas Gerais.
    O presidente Alberto Pinto Coelho destacou a importncia do instituto para desenvolvimento do Estado: "o grande diferencial de Minas em comparao com outros Estados , alm da criao da Secretaria de Desenvolvimento Econmico (Sede), os dois pilares na rea de fomento, que so o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e o Indi, que, neste Governo, teve suas funes ampliadas, passando a apoiar empresas de todos os segmentos, e no apenas indstrias, como acontecia antes".
    Assistncia - Tendo como mantenedores a Companhia Energtica de Minas Gerais (Cemig) e o BDMG, o Indi atua principalmente como agncia de fomento do Governo do Estado. Nesse trabalho, o instituto presta assistncia ao empresrio, sem qualquer nus, orientando-o na deciso e implantao de um investimento.
    O Indi assiste em todas as fases do empreendimento, desde a concepo implantao e operao, estendendo esse apoio aos projetos de diversificao, modernizao, relocalizao, expanso, consolidao e reforo comercializao.
    De acordo com o site da instituio, alm dessa atividade, o Indi "divulga o Estado, promove novos negcios e capta investimentos com o objetivo de consolidar o crescimento econmico e social mineiro". Operando em sintonia com a Sede, o Indi tem como misso diversificar a economia mineira.
    Para cumprir essa meta, a entidade busca reforar setores j consolidados, como minerao, metalurgia (ferro, alumnio, zinco, magnsio), txtil e de minerais no-metlicos. Alm disso, o Indi procura tambm estimular a agroindstria, consolidar a indstria de autopeas e contribuir para o desenvolvimento das indstrias qumica, eletrnica, biotecnolgica e de mecnica de preciso, alm dos setores de servios.

    Ainda de acordo com o site, o instituto trabalha em conjunto com os demais rgos de fomento do Governo de Minas, como a Companhia de Desenvolvimento Econmico de Minas Gerais (Codemig), o BDMG, a Fundao Centro Tecnolgico de Minas Gerais (Cetec), o Servio de Apoio s Micros e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG) e na soluo de questes energticas, com a Cemig.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 3, 2008

    A MELHOR FRANQUIA DO BRASIL em DEPILAO! Depyl Action ganha prmio nacional na rea de "Sade e Bem-Estar". A empresa catarinense recebeu o prmio "Melhor Franquia do Brasil". E chega a BH - hoje, quinta-feira - segundo o jornalista Schubert Arajo, da Multitexto, que atende a Depyl Action , aqui em Minas.

    Empresa inaugura primeira loja prpria em BH
    nesta quinta-feira, dia 3,
    e outra na Savassi, em agosto,
    totalizando investimentos de R$ 500 mil





    Danyelle Van Straten, diretora executiva da Depyl Action;
    as franqueadas de So Caetano, SP,
    Valdeti Stela e Milessa Stela
    e a fundadora dda Depyl Action, Glaci Van Straten
    - durante a entrega do Prmio
    de Melhor Fanquia do Brasil Depyl Action.
    EM TEMPO:
     no Programa "Pequenas Empresas 
    & Grandes Negcios"
     da Rede Globo - no prximo domingo, dia 6,
    em rede nacional, s 7h30m da manh,
    a Derpyl Action ser destaque.
    E na Revista "Pequenas Empresas"... j nas bancas,
     l tambm est o merecido destaque jornalstico
     sobre a Depyl Action.

    A Depyl Action franquia de lojas especializadas em depilao, com sede administrativa em Belo Horizonte, fbrica prpria em Balnerio Cambori (SC), com 45 lojas franqueadas em 17 estados brasileiros e uma unidade na Venezuela acaba de conquistar o prmio de "Melhor Franquia do Brasil" em seu segmento na categoria "Sade e Bem-Estar".
    A cerimnia de premiao aconteceu no ltimo dia 24, em So Paulo, e foi promovida pela revista Pequenas Empresas Grandes Negcios, da Editora Globo. O prmio, que nico no pas, considerado o "Oscar" do franchising nacional, e representa o mais completo levantamento do setor no Brasil.
    Este ano, 282 redes foram avaliadas e, dentre elas, apenas 11 foram contempladas como as melhores do Brasil em seus respectivos segmentos de atuao.
    Neste domingo, 6, o programa Pequenas Empresas Grandes Negcios, que vai ao ar s 7h30 da manh pela Rede Globo, exibir a matria feita com a Depyl Action. Confiram!
    "Mais difcil e desafiador que assumir a liderana de um segmento conseguir manter-se neste nvel, consolidando esta posio no mercado. Temos conscincia que vitrias passadas no asseguram sucesso futuro. Mas, servem como incentivo

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 3, 2008

    Olha a O COLRIO desta quinta-feira - porque ningum de ferro! Vem da coleo de belas do colunista Csar Romero do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Larissa Rezende mostra toda sua beleza
    na noite do Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Julho 3, 2008

    Deputados aprovaram hoje reajuste salarial para funcionrios do Ministrio Pblico( em mdia 15,14%0, Tribunal de Contas e da Assemblia Legislativa ( 10%). Confira os detalhes!



    Cinco proposies foram aprovadas pelo Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais durante a Reunio Extraordinria da manh desta quinta-feira (3/7/09). Entre as matrias aprovadas, esto os projetos que concedem reajustes aos servidores do Ministrio Pblico (MP), do Tribunal de Contas (TCEMG) e da ALMG, todos em 2 turno. Os Projetos de Lei 1.827/07, 1.979/08 e 2.395/08 precisam agora receber pareceres de redao final antes de serem remetidos sano do governador.
    O PL 1.827/07, do Tribunal de Contas, concede quatro padres de vencimento aos servidores do rgo e amplia as carreiras em seis padres. O projeto ainda promove reajuste de 13,67% para a maioria dos servidores e de 16,8% para aqueles que esto em final de carreira. A partir da sano da matria, tambm no ser necessria a existncia de vaga para que o servidor seja promovido. A proposio tambm prev novos padres de vencimentos. Passando a valer o que foi aprovado pela ALMG, o servidor efetivo nomeado para o exerccio de cargo de provimento em comisso poder optar pelo vencimento do cargo comissionado ou pela remunerao de seu cargo acrescida de 30% do vencimento do cargo de provimento em comisso que ocupar, assim como ocorre nos demais rgos do Estado.
    Servidores do MP comemoram aprovao do reajuste
    De autoria do procurador-geral de Justia, o PL 1.979/08 altera a tabela de vencimentos dos servidores do Ministrio Pblico. Os servidores do rgo acompanharam a votao das galerias do Plenrio e comemoraram o resultado.
    Da forma como foi aprovado, o projeto determina reajuste mdio de 15,14% aos servidores dos rgos a partir de 1 de janeiro de 2008; a instituio da adoo de multiplicadores diferenciados para cada nvel da carreira, de forma a garantir mecanismos de produtividade e estmulo aos servidores; a alterao da denominao do cargo tcnico do MP para analista do MP; e o direito opo, no caso do servidor efetivo, de ocupar cargo em comisso recebendo o vencimento do cargo acrescido de 20%.
    A partir da sano, ser reduzida a jornada de trabalho dos servidores de 40 para 35 horas semanais, mantendo a jornada de 30 horas j existente para os demais servidores. Pelo projeto aprovado, tambm fica estabelecido o limite de vagas para o desenvolvimento do servidor na carreira, nos termos de resoluo do procurador-geral de Justia.
    Duas emendas foram apresentadas pelo deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) durante a discusso do projeto em Plenrio, propondo a correo de erros materiais sem alterar o contedo da proposta. A primeira delas determina que os efeitos retroativos da lei tambm valem para o caso previsto no artigo 12 do projeto. Esse artigo trata dos servidores que ocupam cargos em comisso. A emenda n 2 reduz o quantitativo de cargos discriminados no Anexo II, equivocadamente aumentado de 11 para 1.200 durante a tramitao da matria.
    Assemblia - O PL 2.579/08, da Mesa da Assemblia, altera o valor do ndice bsico dos vencimentos dos servidores do Legislativo, previsto na Lei 16.833, que passa a ser de R$ 381,03. A correo tem efeito retroativo a 1 de janeiro de 2008. As despesas decorrentes do reajuste correro por conta do oramento da ALMG.
    Dois projetos de doao de imvel so aprovados
    Tambm foram aprovados, em 1 turno, dois projetos de doao de imvel. O PL 1.945/07, do deputado Lafayette de Andrada (PSDB), autoriza o Executivo a doar imvel de 1.199 m2 ao municpio de Rio Espera para construo de um posto de sade no distrito de Rio Melo. O projeto foi aprovado na forma do substitutivo n 1, da Comisso de Constituio e Justia (CCJ), que identifica a rea exata a ser doada.
    O PL 2.395/08, do governador, autoriza o Executivo a doar imvel situado em Lagoa Santa Fundao Educacional Lucas Machado (Feluma), para implantao de cursos de graduao e atividades correlatas de instituio de ensino superior mantida pela fundao, desde que cumpridos alguns requisitos. A proposio tambm foi aprovada na forma do substitutivo n 1 da CCJ, que ajustou o texto tcnica legislativa.
    Tambm foram aprovados pareceres de redao final dos PLs 930 e 1.397/2007 e 2.316 e 2.359/2008
    Deputados buscam reajuste maior para Ipsemg
    O deputado Andr Quinto (PT) pediu o encerramento da reunio para que fosse buscado entendimento antes da votao do PL 2.475/08, do governador, que concede reajuste aos servidores do Ipsemg. Segundo o deputado, o percentual de 5%, previsto no projeto, insuficiente. "Precisamos sensibilizar o governo para aumentar o percentual do reajuste", afirmou. O deputado tambm defendeu que os aposentados e apostilados fossem incorporados nessa proposta.
    Os deputados Gilberto Abramo (PMDB), Dlio Malheiros (PV), Eros Biondini (PHS) e Weliton Prado (PT) apoiaram a fala do deputado Andr Quinto e argumentaram que os reajustes deveriam seguir os mesmos ndices concedidos a outras categorias do funcionalismo estadual. Os servidores do Ipsemg que ocupavam as galerias aplaudiram a deciso.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 2, 2008

    CONVENO NACIONAL DO COMRCIO LOJISTA comea em Uberlndia e vai at dia 5 - no Center Convention. Na pauta a reforma tributria, plestras sobre a China e ndia. * frente o presidente da Federao das CDLs, Jos Csar da Costa e o superintendente Carlos vila. Desejo sucesso!!!

    JOS CSAR DA COSTA, Presidente da FCDL-MG

    A 49 Conveno Nacional do Comrcio Lojista dever aproveitar a oportunidade que reunir representantes das mais de 1,5 mil Cmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) do pas para atualizar o segmento varejista. A demonstrao de sintonia com as tendncias mundiais do comrcio est no slogan da Conveno: "Uma nova viso do varejo".

    Na pauta, alm da discusso de pontos como a reforma tributria, que interessam ao segmento, apresentao de ferramentas utilizadas no comrcio global, alm de palestras sobre a China e a ndia. O evento acontecer entre 2 e 5 de julho, no Center Convention, em Uberlndia (Tringulo Mineiro).

    De acordo com o presidente da Federao das Cmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Minas Gerais (FCDL), Jos Csar da Costa, a programao pretende mostrar ao empresrio que ele precisa estar atento s mudanas do comrcio que acontecem em escala mundial com impacto direto na atividade. De acordo com ele, muitos empresrios deixam de se aperfeioar perdendo em competitividade.

    Costa se refere internet como uma das frentes que no podem ser ignoradas. "O empresrio precisa entender que hoje uma pessoa pode comprar desde um sabonete at um carro pela web", explicou. No Brasil, o e-commerce cresce a taxas superiores a 40% ao ano, enquanto as importaes com o real valorizado s aumentam.

    Por outro lado, a importncia do comrcio com os chineses j mobilizou os varejistas mineiros. O presidente da FCDL-MG informou que no dia 10 de outubro prximo partir do Estado a primeira misso de comerciantes para visitar a China. O pacote, que j est quase completo, dever contar com 40 participantes.

    No Brasil, 80% do segmento composto por micro e pequenos varejistas. A capilaridade do setor, capaz de penetrar em todos as regies, um dos pontos fortes apontados pelo dirigente.

    Ele lembrou que essa organizao diferente do varejo europeu, por exemplo, marcado pela atuao de grandes redes como Carrefour. Ele disse que a uniformizao do segmento no Brasil permite s entidades de classe, como as CDLs, fazerem um discurso que pode ser aplicado maioria.

    Tributos - Costa disse que o varejo est apostando na reforma tributria brasileira para aumentar a produtividade do segmento. O lanamento da Frente Parlamentar para o Varejo no incio do ms considerado pelo dirigente um bom instrumento na defesa do segmento.

    Fazem parte da Frente 257 deputados federais e 31 senadores. "A carga tributria responsvel pelas disparidades que possibilitam o acesso to grande dos produtos chineses, assim como uma mesma camiseta que custa US$ 10 nos EUA ser vendida a mais de R$ 100 no Brasil", disse.

    Na ocasio, ser realizada a 37 Feira Nacional do Lojista, o 7 Encontro Nacional da CDL Jovem e uma novidade: o 1 Encontro Nacional da Mulher Empreendedora. De acordo com Costa, o evento marca o reconhecimento da participao crescente das mulheres frente dos negcios.

    A 49 Conveno Nacional do Comrcio Lojista ser realizada juntamente com a 20 Conveno Estadual, mas no haver programao diferenciada. O evento de Uberlndia acontece 11 anos depois da Conveno Nacional, realizada em Belo Horizonte. O conveno realizada pela FCDL-MG, em parceria com as CDLs de Uberlndia, Uberaba, Patos de Minas, Ituiutaba, Araguari e Patrocnio e tem apoio da prefeitura de Uberlndia.
    Fonte Dirio do Comrcio

       



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 2, 2008

    Enterrado nesta quinta-feira no Cemitrio Parque da Colina, aqui em BH, o corpo do ex-deputado BERNARDO RUBINGER. O ex-deputado morreu de cncer ontem. Com ele conviv - ele como deputado estadual e eu como reprter poltico da Globo. Era uma grande figura, belo carter e firme nas suas posies no Parlamento Mineiro. uma grande perda. Lamento a morte dele.





                          

    Morreu s 8h15 desta quarta-feira (2/7/08), em Belo Horizonte, o ex-deputado estadual Bernardo Rubinger de Queiroz.
    Ele tinha 60 anos de idade e estava internado no Hospital Felcio Rocho, para tratamento de cncer. O corpo ser velado no Salo Nobre da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, a partir das 15 horas, e o enterro ser na quinta (3), s 9 horas, no Cemitrio Parque da Colina, em horrio a ser confirmado. Bernardo Rubinger deixa a viva, Marialina Melo Rubinger de Queiroz, duas filhas - Clarissa e Dborah -, e uma neta, Larissa.
    Bernardo Rubinger nasceu em Patos de Minas, em 7 de agosto de 1947. Eleito pela regio do Alto Paranaba, foi deputado estadual pelo PMDB por dois mandatos, o primeiro como constituinte, na 11 Legislatura (1987/1991), sendo 1-secretrio da Comisso Constitucional e vice-lder do Governo. Foi membro efetivo das Comisses de Ao Social, de Cincia e Tecnologia, de Segurana e de Redao, e suplente das Comisses de Energia, Minas e Metalurgia, de Fiscalizao Financeira e Tomada de Contas e de Agropecuria e Poltica Rural.
    Na 12 Legislatura (1991/1994), foi tambm vice-lder do Governo, lder da Maioria e vice-lder do PTB; alm de vice-presidente da Comisso de Assuntos Municipais e Regionalizao, membro efetivo da Comisso de Defesa do Consumidor e suplente das Comisses de Administrao Pblica e de Constituio e Justia.
    Rubinger foi aluno do Instituto Champagnat, concluindo seus estudos em 1967, e formou-se pela Fundao Universitria de Itana, em 1976. Era funcionrio aposentado do BDMG, onde trabalhou a partir de 1967. Seu pai, o advogado Joseph Borges de Queirs, e seu bisav Olympio Borges, tambm atuaram na poltica.









    Comentrios

    #1. Wolfgang Bartels
    Meus sentimentos.
    Bernardo foi um grande homem, um bom pai e avo, e a neta chama Laura. Sou testemunha do que ele fez para a zona do Alto Paranaiba, uma vez que moro em Patos de Minas e Matutina. Conversando com as pessoas destes dois lugares, tomei conhecimento do quanto ele fez para esta regiao.
    Sinto que precisamos de Politicos como ele. Bernardo vai fazer muita falta.
    #2. Srgio Lacerda
    Bernardo Rubinger foi um grande cara. Uma pessoa de um corao sem tamanho, companheiro e solidrio com os amigos. Tive a oportunidade de conviver com ele como seu assessor de imprensa durante quatro anos, em seu segundo mandato. Era firme, convicto, amvel, sincero e verdadeiro. Eu perdi um grande amigo. Minas perdeu um poltico honrado.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Julho 2, 2008

    Assemblia Legislativa de Minas aprova projeto de reajuste salarial mdio de 15,14% para os funcionrios do MINISTRIO PBLICO. Aprovou ainda mais 12 projetos na Reunio Extraordinria de ontem noite.


               Deputados Hely Tarquino, Carlos Mosconi, Maria Lcia Mendona e Brulio Braz.

    O Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou, na Reunio Extraordinria desta tera-feira (1/7/08), 13 projetos, entre eles, um que altera a tabela de vencimentos dos servidores do Ministrio Pblico. Os representantes do MP ocuparam parte das galerias do Plenrio com faixas agradecendo aos deputados pelo apoio na aprovao da matria. Todos estes parlamentares foram ao microfone fazer sua declarao de voto favorvel a aprovao: Elisa Costa (PT), Luiz Tadeu Leite (PMDB), Weliton Prado (PT), Dlio Malheiros, Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), Vanderlei Miranda (PMDB), Carlim Moura (PCdoB), Ademir Lucas (PSDB), Eros Biondini (PHS) e Alencar da Silveira Jr. (PDT).
    De autoria do procurador-geral de Justia, o Projeto de Lei (PL) 1.979/08, foi aprovado em 1 turno na forma do substitutivo n 1, da Comisso de Constituio e Justia. Alm do reajuste mdio de 15,14% aos servidores do MP a partir de 1/1/08, a matria prev ainda: a instituio da adoo de multiplicadores diferenciados para cada nvel da carreira, de forma a garantir mecanismos de produtividade e estmulo aos servidores; a alterao da denominao do cargo Tcnico do MP para Analista do MP; e o direito opo, no caso do servidor efetivo, de ocupar cargo em comisso recebendo o vencimento do cargo acrescido de 20%.
    So feitas tambm alteraes da jornada de trabalho dos servidores de 40 para 35 horas semanais, mantendo a jornada de 30 horas j existente para os demais servidores. Pelo projeto aprovado, tambm fica estabelecido o limite de vagas para o desenvolvimento do servidor na carreira, nos termos de resoluo do procurador-geral de Justia.
    Da forma como foi aprovado, o substitutivo determina que o limite mximo para despesas com pessoal definido pela Lei de Responsabilidade Fiscal para o MP de 2%, sendo o limite prudencial 1,9%. Pelo ltimo Relatrio de Gesto Fiscal, o rgo gasta 1,66% com pessoal, estando portanto, dentro dos limites estabelecidos na norma. O rgo, em seu relatrio declara, ento, que h recursos suficientes para arcar com as despesas acrescidas com a aprovao do projeto, sem que haja comprometimento da execuo de outras atividades em andamento.
    Aprovadas suplementaes para TCE e Justia Militar
    Dois projetos do governador aprovados em turno nico - PLs 2.316/08 e 2.359/08 - autorizam a abertura de crdito suplementar, para os Tribunais, respectivamente, de Justia Militar (no valor de R$ 3 milhes) e de Contas (de R$ 5.341.772,65). No TJM, o crdito ser usado para reforma do prdio da futura sede do rgo. J no caso do TCEMG, os recursos sero destinados a atender a: outras despesas correntes (R$ 2,5 milhes); e despesas de investimentos (R$ 2,8 milhes).
    Pr-Confins - Em 2 turno, foi aprovado o PL 1.397/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), na forma do substitutivo n 1. O projeto acrescenta municpios entre os situados no entorno do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, para que possam ser contemplados pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Comrcio Exterior do (Pr-Confins). Para isso, a proposio d nova redao ao inciso 5 do artigo 2 da Lei 13.449, de 2000, que cria esse programa e prev o incentivo ao desenvolvimento de Lagoa Santa, Confins, Matozinhos, Pedro Leopoldo, Vespasiano e do distrito de Venda Nova. O Pr-Confins orienta esses municpios para a instalao de empresas dedicadas s atividades de comrcio exterior, de cargas e servios. Do modo aprovado, o PL 1.397/07 inclui os municpios de Vespasiano e So Jos da Lapa.
    O substitutivo n. 1, do deputado Luiz Humberto Carneiro (PSDB), foi apresentado em Plenrio na fase de discusso e, por conter matria nova, foi acompanhado de acordo de lderes e votado independentemente de parecer.
    O dispositivo acrescenta um artigo prevendo que novos beneficirios podero ser incorporados desde que identificada, pelo Executivo, a necessidade de ampliao e capacitao do parque aeronutico de Minas Gerais.
    Esporte - O PL 1.046/07, do deputado Carlin Moura (PCdoB), foi aprovado em 1o turno e dispe sobre incentivos e benefcios para fomentar as atividades de carter desportivo no Estado. O projeto foi aprovado na forma do substitutivo n 2, com rejeio das emendas ns 1 a 3. Pelo texto original do PL 1.046/07, at 2015 podero ser deduzidos dos tributos devidos pelo contribuinte os valores dispendidos, a ttulo de patrocnio ou doao, no apoio direto a projetos desportivos e paradesportivos previamente aprovados pelo rgo gestor do programa.
    O substitutivo n 2, aprovado, foi apresentado apenas para fazer correes na tcnica legislativa do projeto e segue premissas do substitutivo n. Da forma aprovada, o projeto passa a modificar a Lei 16.318, de 2006, que dispe sobre o estmulo realizao de projetos desportivos mediante a concesso de desconto para pagamento de crdito tributrio inscrito em dvida ativa. Com esse substitutivo, os incentivos fiscais, que hoje, segundo a lei, incidem apenas sobre o ICMS, passam a recair sobre qualquer crdito tributrio inscrito em dvida ativa. O substitutivo estende, ainda, por mais um ano o prazo previsto em lei para concesso do desconto.
    As emendas rejeitadas tratam do seguinte: a n 1 acrescenta ao artigo 5o que o contribuinte com dbito tributrio inscrito em dvida ativa at 30/11/07 poder quit-lo com 25% de desconto, desde que apie financeiramente projeto cultural; a no 2 tambm acrescenta ao artigo 5o que o crdito tributrio relativo ao ICMS inscrito em dvida ativa at essa data poder ser quitado com desconto de 90% sobre o valor das multas e dos juros de mora, desde que o sujeito apoie projetos desportivos no Estado; e a no 3 prope que as emendas anteriores sejam rejeitadas e sugere nova redao ao artigo 1o, ao afirmar que o Executivo conceder desconto para pagamento de crdito tributrio inscrito em dvida ativa at 31/12/07, para estimular projetos desportivos no Estado.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 1, 2008

    O COLRIO desta tera-feira, vem do portiflio do colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    A aniversariante Roberta Cruz na W 100

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 1, 2008

    Incluso telefnica do Interior. VIVO atinge a totalidade dos 134 municpios mineiros includos na sua rea de cobertura de telefonia celular.









    Operadora Vivo
    atinge 100%
    no programa Minas Comunica

     









       

    Omar Freire


    O governador Acio Neves e a diretoria da operadora Vivo (ex-Telemig Celular) celebraram, nesta tera-feira (1), no Palcio da Liberdade, a concluso da implantao dos servios da empresa em 100% dos 134 municpios que integram o lote da operadora no Minas Comunica, programa que est garantindo sinal de telefonia celular em todas as cidades mineiras. Durante a solenidade, a Vivo anunciou o projeto Celular Amigo, com a doao de telefones celulares para os Conselhos Tutelares localizados nas 134 cidades atendidas pela operadora no Minas Comunica.
    Em seu pronunciamento, o governador destacou que o sinal de telefonia celular ponto fundamental para o desenvolvimento econmico de todas as regies do Estado. Estamos levando telefonia celular, que muito mais do que um luxo, um instrumento absolutamente necessrio ao desenvolvimento de qualquer comunidade, informao, afirmou.
    A Vivo anunciou ainda que, alm dos 134 municpios acertados com o Governo de Minas, estendeu os seus servios para outras 89 cidades que no estavam previstas inicialmente no contrato, atendendo 800 mil pessoas. As cidades atendidas pela Vivo esto nas regies do Tringulo, Sul, Norte e Nordeste. Durante a solenidade, o presidente da empresa, Roberto Lima, destacou que o programa Minas Comunica um exemplo nacional.
    Nada disso seria possvel se no fosse o vislumbre do Poder Pblico de dizer que sua atividade tambm quebrar a lgica da iniciativa privada de s fazer investimento onde o retorno garantido e que possamos ser estimulados onde necessrio que o investimento seja feito. Parabns ao Governo de Minas pelo Minas Comunica que no procura simplesmente dar maior desenvolvimento ao seu Estado, mas cria um exemplo nacional que dever ser copiado por outros estados, disse o presidente.
    Meta atingida
    O Minas Comunica foi lanado em abril de 2007 para garantir a cobertura de telefonia celular e transmisso de dados em todo o Estado, beneficiando 2,5 milhes de pessoas. A meta era atingir 100% dos municpios at outubro de 2008, mas o servio est sendo concludo antes do previsto. Das 412 localidades que no tinham cobertura em Minas quando o programa foi lanado, 408 j receberam o sinal de telefonia celular.
    O Minas Comunica conta com um investimento de R$ 282 milhes, sendo que o Governo de Minas aporta R$ 163,5 milhes a ttulo de fomento s operadoras, que vo aplicar mais R$ 118,5 milhes de recursos prprios.
    Reduo das desigualdades
    O telefone celular hoje instrumento de segurana, trabalho e desenvolvimento. Por essas razes, o Minas Comunica uma das aes do governo para melhorar a infra-estrutura do Estado e levar desenvolvimento econmico e social populao de todos os municpios mineiros, contribuindo para a reduo das desigualdades regionais.
    Em seu discurso, o governador destacou vrias iniciativas do Governo de Minas para diminuir as desigualdades regionais no Estado. Ele lembrou que, com a recuperao da capacidade do Estado e a retomada dos investimentos, as regies mais pobres passaro a receber ateno especial do Governo de Minas.
    Eu sempre defendi e atuei no sentido de que aqueles municpios mais frgeis, aquelas regies que convivem com mais dificuldades, seja do ponto de vista geogrfico, seja do ponto de vista climtico ou mesmo da qualidade de suas terras, deveriam ser as regies onde os investimentos do Estado chegassem em primeiro lugar. Independentemente do nmero de pessoas que ali vivessem. Talvez invertendo uma lgica que orientou a ao de inmeros governos no apenas aqui ou talvez oriente ainda ao de muitos governos fora de Minas Gerais, explicou.
    Alm do Minas Comunica, o governador lembrou de investimentos em rodovias como os do Proacesso, que est levando ligao asfltica a todos os municpios mineiros, em energia eltrica para todas as comunidades rurais e urbanas, em saneamento bsico, atravs da Copanor, que atua nas regies mais carentes, em sade, pelo ProHosp, que promove a descentralizao do atendimento hospital, da educao e da segurana pblica.
    Durante a solenidade de concluso do Minas Comunica pela Vivo, o prefeito de Catuti, no Norte de Minas, Jos Barbosa Filho, destacou que a implantao da telefonia celular na sua cidade est impulsionando os negcios dos grandes e pequenos produtores rurais da regio. Esse um momento mpar na poltica desenvolvimentista de Minas Gerais e muito importante por minimizar as diferenas entre as vrias regies do Estado, disse o prefeito.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Julho 1, 2008

    BH ganha investimento de 500 mil reais na rea de depilao. Informao vem do jornalista Schubert Arajo, da MULTITEXTO.

    Depyl Action inaugura sua primeira loja
    em Belo Horizonte nesta quinta-feira

    Franquia especializada em depilao possui 45 lojas no pas, uma unidade na Venezuela e est investindo R$ 500 mil nas duas primeiras lojas da rede na capital mineira

      A Depyl Action franquia de lojas especializadas em depilao -, com sede administrativa em Belo Horizonte, fbrica prpria em Balnerio Cambori (SC), 45 lojas no Brasil e uma unidade na Venezuela, inaugura nesta prxima quinta-feira, dia 3, a sua primeira loja em Belo Horizonte e promete revolucionar o conceito de depilao na cidade. O investimento nesta nova unidade de R$ 200 mil.
    A empresa recebeu em So Paulo, semana passada, o
    prmio de Melhor Franquia do Brasil no segmento de Sade e Bem Estar, promovido pela Revista Pequenas Empresas Grandes Negcios, da Editora Globo.   
    Localizada na Avenida Bandeirantes, 1.340 loja 4, na esquina das ruas Odilon Braga e Primeiro de Maro, no Bairro Mangabeiras, Zona Sul da capital mineira, a mais nova unidade da Depyl Action possui 125 m2, divididos em dois pavimentos.
    Possui sete cabines climatizadas, com som ambiente e est instalada
    no Shopping Valore Center. A expectativa de atendimento da nova loja de 2.100 clientes/Ms inicialmente. 
    Savassi
    Em agosto, a Depyl Action vai inaugurar sua segunda loja em Belo Horizonte. Ser instalada na Rua Fernandes Tourinho, em pleno corao da Savassi e demandar investimentos da ordem de R$ 300 mil. 
    "Minas Gerais, sobretudo Belo Horizonte, so mercados estratgicos do ponto de vista operacional e de logstica. Os consumidores mineiros so exigentes e tm extremo bom gosto, fatores que tornam o estado uma tima referncia para qualquer empresa. natural, portanto, que a Depyl Action tenha interesse em ampliar sua participao nesse territrio", explica Danyelle Van Straten, diretora executiva da empresa. A Depyl Action nasceu em 1997, a partir de uma expanso dos negcios da Arc'angel Depilatrios Naturais, empresa fundada em 1983 em Balnerio Cambori (SC).
    A Arc'Angel encontrou na natureza a frmula perfeita para oferecer a melhor cera depilatria do mercado. base de mel, prpolis silvestre e cera de abelha, a empresa conseguiu desenvolver uma frmula que reunia em um s produto as propriedades hidratantes e umectantes do mel e ali-la ao efeito anestsico, antialrgico e cicatrizante da prpolis.
    A tendncia pelo uso de produtos derivados do mel aumentou rapidamente, e para atender a esta crescente demanda do mercado, a empresria Glaci Van Straten, que fundou a empresa, aliou a qualidade dos produtos singularidade dos servios prestados lanando o sistema de Franchising de casas especializadas em depilao.
    A
    Depyl
    Action foi pioneira neste segmento no pas, preenchendo uma lacuna existente no mercado nesta poca, onde os servios de depilao eram feitos apenas por sales de beleza de maneira precria, com tcnicas rudimentares, prticas de higiene duvidosas e produtos de pouca qualidade.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail