Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16300)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019
    Julho, 2019




    .

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 30, 2007

    O DESTAQUE business do nosso BLOG DE NOTCIAS, neste sbado, para o presidente da Citroen Srgio Habib e seu " elegante sonho de consumo" - o C4 PALLAS, nome de uma deusa grega da beleza. Confira!

     O presidente da CITRON NO BRASIL esteve em BH. Foi nesta sexta-feira. SRGIO HABIB - um paulista bom de papo, casado com uma mineira nascida em Beag - conversou entre uma garfada e outra no almoo no correto A Favorita, com cerca de 10 jornalistas mineiros convidados pela Citron atravs do competente jornalista Schubert Arajo, responsvel pela comunicao da emprea na capital. Estavam presentes: o expert em automobilismo, Boris Feldman do jornal Estado de Minas e Rdio Guarani; Fbio Doyle Jr. tambm dos Associados em Minas; o jornalista e advogado Durval Guimares, correspodente da Gazeta Mercantil; Joo Euclides Salgado do jornal da Savassi; Paulo Navarro do jornal O Tempo e este BLOGUEIRO ... Do lado de fora do elegante restaurante A Favorita estavam estacionados dois belos modelos do Pallas, um preto e um azul marinho, dois carros sonhos de consumo de todos ns. EM TEMPO: abaixo leia detalhes do mais novo carro da Citron. Texto veio do portal www.multitexto.com.br ( do jornalista Schubert Arajo).









     C4 Pallas: Citron divulga nome seu novo lanamento
    Carro ser produzido na Argentina e chegar ao mercado no incio do segundo semestre.


    Citron C4 Pallas






    A fauna de modelos do j saturado segmento de seds nacional acaba de ganhar mais um integrante, o Citron C4 Pallas. O modelo chega dois meses depois do Nissan Sentra, o ltimo trs volumes a ser lanado no mercado nacional e, portanto, um dos concorrentes do novo Citron. Produzido na fbrica da marca de El Palomar, na Argentina, o C4 Pallas apresentado  imprensa especializada, em So Paulo chega com atributos e projees para incomodar muitas marcas.

    Equipada com a mesma motorizao do C4 VTR - hatchback comercializado no Brasil desde setembro do ano passado -, a verso sed estar disponvel nas concessionrias a partir de setembro em duas opes de cmbio e cinco de acabamento; traz trs anos de garantia (sem limite de quilometragem) e a meta ambiciosa de vender, em mdia, duas mil unidades por ms, totalizando 25 mil carros por ano.

    Como atingir esse objetivo? Equipamentos inditos em relao a seus concorrentes diretos, dimenses generosas e itens de srie como rodas de liga leve, freios ABS com distribuio eletrnica de frenagem (EBD), auxlio de frenagem de emergncia (AFU), airbags frontais e computador de bordo j no acabamento de entrada "GLX". E, se esse pacote de atrativos der certo, em 2008 o C4 Pallas tem tudo fazer ainda mais barulho, uma vez que passar a ser oferecido na motorizao 2.0 Flex
     















    A Citron do Brasil acaba de definir o nome de seu novo modelo e com previso de lanamento em julho: C4 Pallas. O nome, inspirado na mitologia grega, foi escolhido em homenagem a Pallas Atena, deusa-smbolo da verdade e da sabedoria. Patrona das artes, Pallas tambm reverenciada como inventora e protetora da cultura e da vida civilizada. Um grande ser de luz que encara a conscincia csmica da verdade, empunhando a lana da sabedoria contra a serpente da ignorncia.
    Nvea Morato, diretora de Marketing da Citron, informa que a escolha do nome Pallas foi resultado de um concurso que envolveu toda a rede de concessionrias da marca. "Recebemos mais de 1.500 sugestes durante um perodo de trs meses, motivando e preparando a rede para este momento histrico da marca no Brasil", afirma.
    Ponto fundamental na estratgia de lanamento de um novo produto, a escolha do nome de um automvel sempre feita dentro de certos parmetros como, por exemplo, a rpida identificao, a facilidade de pronncia em qualquer idioma e a sonoridade necessria para uma rpida compreenso por parte do pblico.
    O C4 Pallas ser produzido no Mercosul e tem seu lanamento nacional progressivo previsto para o incio do segundo semestre. um modelo trs-volumes que vem para complementar a famlia C4, depois do lanamento do C4 VTR em setembro do ano passado. Com personalidade prpria e contedos inovadores - como o volante com comandos centrais fixos e os faris direcionais de xennio - o C4 Pallas chega com vrios atributos para conquistar e encantar o consumidor brasileiro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 30, 2007

    Nver do empresrio SRGIO AMERICANO movimeta hoje o Belvedere. A partir de 13 horas ele e sua mulher Andria e seus filhos Lucas e Sofia recebem para uma Feijoada no Salo de Festas. Eu a a minha mulher a decoradora Cida Amaral estaremos l para abraar o nosso amigo.

                          O empresrio Srgio Americano - leia-se ramo segurana eletrnica - pioneiro em seu ramo aqui em Belo Horizonte. Uma referncia no mercado para seus pares e uma boa fonte de informao. Ele  sempre solicitado pela mdia, quando o assunto segurana eletrnica - em residncias, casas comerciais... Conheo o Srgio Americano h uns vinte anos. Fui apresentado ele pelo advogado, nosso amigo Manoel Mrio de Souza Barros. 
                         Parabns e muitos anos de vida, Srgio!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 30, 2007

    O diretor Comercial da REDE GLOBO MINAS, o boa praa EDSON SABINO, almoava ontem no restaurante A Favorita, aqui em BH. Sempre simptico ele nos cumprimentou. Fomos mesa aonde ele estava e trocamos um dedo de prosa.

                         Falamos rapidamente sobre os tempos em que eu era reprter poltico da Rede Globo - empresa na qual fiquei por cerca de 16 anos e onde aprendi e mantenho at hoje o " padro Globo de qualidade". Sabino era e o diretor comercial da Globo aqui na capital, onde tem um largo crculo de amigos e admiradores. Um verdadeiro RP da Emissora atendendo a todos com presteza, simpatia e eficincia. Sou admirador dele, com quem muitas vezes trocava idias l no gabinete dele na Rede Globo. Aprend muito com ele, um pernambucano com alma de mineiro, uai!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 30, 2007

    RECOMENDO: neste sbado, s 22h30m e amanh, domingo, s 13 horas na TV ASSEMBLIA. No cabo, canal 11, em BH. No interior pelo sinal UHF. Ns ancoramos o programa ASSEMBLIA DEBATE sobre OS DESAFIOS DA EDUCAO em Minas.








                                             Assemblia Debate


    O deputado Deir Marra, do PR, presidente da Comisso de Educao e as deputadas Maria Lcia Mendona, do DEM, Ana Maria Resende, do PSDB e Rosngela Reis, do PV, discutem os desafios para uma educao de qualidade na rede pblica estadual. O Assemblia Debate vai ao ar neste sbado, s 22h30, e domingo, s 13h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 30, 2007

    LINHA VERDE em ritmo acelerado no caminho entre BH e o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins. Mais uma fase concluda. EM TEMPO: fica cada vez mais fcil chegar ao Aeroporto. Sair de l que so elas! Continua valendo o Relaxe e goze...









                                     Acio Neves entrega novo complexo virio da MG-010

     









       

    Wellington Pedro/Imprensa MG


    O governador Acio Neves entregou populao, nesta sexta-feira (29), dois novos viadutos do complexo virio construdo na rodovia MG-010, no trevo de Lagoa Santa, Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O complexo, considerado o emblema da Linha Verde pelas formas arrojadas dos viadutos, permitir o escoamento melhor do trfego prximo ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves e de Lagoa Santa. Toda a obra da Linha Verde est prevista para ser concluda at o final do ano com investimento de R$ 375 milhes, recursos integralmente do Tesouro do Estado.
    Estamos entregando parte substantiva da obra da Linha Verde. A obra permitir um escoamento melhor do trfego em toda essa regio, em especial na regio prxima Lagoa Santa e a vrios outros municpios que tambm sero beneficiados. Essa obra o mais importante vetor de desenvolvimento econmico de toda a Regio Metropolitana de Belo Horizonte e vem acompanhada de outros investimentos de municpios vizinhos, afirmou o governador, em entrevista.
    Acio Neves ressaltou que a obra da Linha Verde o maior investimento virio realizado pelo Governo do Estado na RMBH nos ltimos 30 anos. Com a finalizao da MG-010 prevista para os prximos dois meses, restar apenas a concluso das obras nos entroncamentos da Avenida Cristiano Machado com o Anel Rodovirio e com a Avenida Bernardo Vasconcelos.
    Esse o maior investimento virio dos ltimos 30 anos feito na Regio Metropolitana de Belo Horizonte. Uma obra que busca trazer no apenas conforto e segurana queles que vivem nessa regio, mas permite o desenvolvimento econmico mais acelerado. A nossa expectativa que a parte ainda em construo, mais complexa porque demanda muita obra de arte, de esgoto, de saneamento, que a parte que liga com o Anel Rodovirio, at o final do ano, estar pronta, disse.
    Arquitetura arrojada
    A MG-010 est com 98% de suas obras finalizadas - 22 quilmetros de um total de 24 quilmetros liberados ao trfego -, com investimento de R$ 130 milhes. Os dois viadutos esto localizados na altura do Km 30 da rodovia e foram construdos para melhorar o acesso ao municpio de Lagoa Santa para quem trafega no sentido Aeroporto/Belo Horizonte e para quem trafega no sentido Lagoa Santa/Belo Horizonte. Um dos viadutos tem forma arrojada, em semicrculo, e vo livre de 65 metros. As duas obras receberam investimento de R$ 8,19 milhes e consumiram quase 4 mil metros cbicos de concreto e 770 toneladas de ao.
    Em todo o percurso da MG-010, foram implantados sete viadutos, 11 passarelas de pedestres e 3 passagens de pedestres em viadutos. A iluminao da rodovia j est com os postes instalados em trecho de 18 quilmetros. O projeto de paisagismo da MG-010, j autorizado pelo Governo de Minas, est em fase de licitao.
    Salto de desenvolvimento
    Durante a solenidade de entrega do complexo virio, Acio Neves destacou que a Linha Verde ser indutora do desenvolvimento da RMBH j que possibilitar a atrao de novos investimentos para a Regio Norte da capital mineira. Alm de atrair novas empresas para a regio e municpios vizinhos, a via expressa permitir melhor fluidez no trfego reduzindo o tempo de percurso entre o Centro de Belo Horizonte e o Aeroporto Internacional, em Confins.
    A Linha Verde indutora do crescimento econmico, da gerao de renda e empregos em toda a Regio Metropolitana. Ela vem acompanhada de inmeros outros investimentos na rea da segurana pblica, na rea de educao, na rea da sade. Belo Horizonte se prepara para um grande salto, para criar a infra-estrutura necessria atrao de novos investimentos e mais empregos. Minas tem a expectativa e se planeja para isso, para vir a ser o estado brasileiro que na prxima dcada mais vai crescer e mais empregos vai gerar, afirmou.
    Metr e aeroporto
    O governador afirmou que os investimentos do Estado na Linha Verde consolidam a capital mineira como destino de novos investimentos. Segundo ele, necessrio que o governo federal tambm atenda outras demandas da RMBH na rea de transporte, como a concluso do metr da capital e a ampliao do Aeroporto Internacional Tancredo Neves.
    Essa obra consolida a nossa capital como o destino extremamente propcio a importantes novos investimentos. preciso, por parte do governo federal, investimentos no metr de Belo Horizonte, na ampliao da pista e do terminal de passageiros do Aeroporto Tancredo Neves em Confins, na mesma velocidade com que esto vindo os investimentos do Estado, afirmou.
    Trfego liberado
    Acio Neves liberou o trfego de veculo nos dois viadutos, acompanhado do secretrio de Transporte e Obras Pblicas, Fuad Noman, do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG), Jos lcio Monteze, e de representantes do consrcio Cowan/Barbosa Melo, responsvel pela obra. Ele foi recebido por crianas de escolas de Lagoa Santa, lideranas comunitrias e empresrios que comemoraram a finalizao da obra.
    Ao lado das autoridades e de populares, Acio Neves percorreu a p o viaduto de retorno a Lagoa Santa.
    Com a inaugurao do complexo virio do trevo de Lagoa Santa, o Governo do Estado conclui a quinta grande obra da Linha Verde. No incio de maro, foram inaugurados o Boulevard Arrudas, a Praa Rui Barbosa e liberada a primeira pista do viaduto da Cristiano Machado sobre a rua Jacu e a avenida Silviano Brando. A segunda pista foi aberta em abril, concluindo a primeira das seis intervenes previstas para a avenida.
    No final de maio, foi entregue populao indito complexo virio em trs nveis construdo no cruzamento entre as avenidas Cristiano Machado e Jos Cndido da Silveira. O complexo virio formado por dois viadutos e uma trincheira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 30, 2007

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. A foto vem do colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                                
    O secretrio de Sade, Marcus Pestana, antes da palestra de ontem, no XX Suemg,em Juiz de Fora, com o anfitrio Hugo Borges ( Unimed), Mrcio Itaboray e Odilon Andrade, chefe de gabinete da Secretria Estadual de Sade.

    Sucesso confirmado
    Confirmadas as previses de sucesso do XX Suemg e do VII Sucred, que levaram mais de mil pessoas ao La Rocca e, em apenas trs dias, movimentaram mais de R$ 1 milho na economia da cidade.
    Somente na organizao, o evento, que reuniu dirigentes das 62 Unimeds e 29 Unicreds de Minas, mobilizou mais de 300 profissionais e agradou pelo alto nvel das palestras, com nomes internacionalmente reconhecidos como do presidente do Hospital Albert Einstein, Cludio Lottenberg, o colunista econmico de "O Globo", juizforano Mauro Halfeld e a executiva da Kaiser Permanent, Molly Porter, alm de autoridades da sade como o secretrio estadual, Marcus Pestana, e o presidente da Agncia Nacional de Sade, Fausto Pereira dos Santos.
    Constatao
    A troca de local do XX Suemg e do VII Sucred gerou tenso, mas no comprometeu em nada o sucesso do evento. Pelo contrrio, foi elogiadssima a localizao do La Rocca e a recepo aos convidados, mesmo com parte do acesso em obras.
    Alm do contedo dos painis e palestras, nos estandes, no faltavam atraes e brindes para os participantes. Para os acompanhantes, uma bem elaborada programao que tambm fez sucesso, em especial a festa "Anos 80", no Privilge, e a palestra, no MAM Murilo Mendes, com o maestro Andr Pires -  by Csar Romero, colunista da Tribuna de Minas de Juiz fora.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 30, 2007

    BANCO POSTAL. As aes do ministro das Comunicaes Hlio Costa no Interior de Minas.

     Hlio Costa inaugura Banco Postal em mais duas cidades mineiras


           

    So Joo das Misses e Couto de Magalhes de Minas foram contemplados

    Os cerca de 4 mil habitantes do municpio de Couto de Magalhes de Minas, a 362 km de Belo Horizonte, agora podem contar com o servio de Banco Postal na agncia dos Correios. O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participou da cerimnia de inaugurao nesta sexta-feira (29/06), s 9 horas.
    O ministro ainda inaugurou, s 12 horas, as novas instalaes da agncia dos Correios com Banco Postal no municpio de So Joo das Misses, a 667 km da capital, que possui 12,5 mil habitantes, a maioria remanescente da reserva indgena Xacriab.

    Alm dos tradicionais servios de correio, a populao destes municpios vai poder realizar: abertura de contas correntes; recebimento de salrios e de benefcios do INSS; depsitos e saques; retirada de saldos, extratos, tales de cheques e cartes magnticos; pagamento de contas de gua, luz, telefone, faturas, bloquetos, carns; e emprstimos e financiamentos.

    Banco Postal

    Atualmente, o Banco Postal atende a quase 6 milhes de brasileiros e realiza cerca de 30 milhes de transaes por ms. Com estas duas novas inauguraes, os Correios completam 776 agncias com servios bancrios s em Minas Gerais, e mais de 5,5 mil em todo o pas. Destas, 1.110 esto em municpios onde no existe nenhuma outra agncia bancria.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 29, 2007

    No Palcio da Liberdade, em BH, o governador Acio Neves, ao lado Secretria de Educao Vanessa Guimares, entrega ao presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho, a mensagem do novo piso salarial do professorado de Minas, a partir de janeiro: R$ 850,00.

                        

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 29, 2007

    Serra da Moeda, perto de BH e Templo das asas delta e paragleide, vai ser tombada ( quer dizer PRESERVADA).Vai virar Monumento Natural, atravs de proposta de Emenda Constituio do deputado Dalmo Ribeiro Silva, do PSDB de Ouro Fino, sul de Minas.

     Est pronta para anlise do Plenrio, em 1o turno, a Proposta de Emenda Constituio (PEC) 16/07, que dispe sobre o tombamento para fins de conservao e declara monumento natural a Serra da Moeda. O parecer do deputado Incio Franco (PV), favorvel proposta em sua forma original, foi aprovado na reunio da manh desta quinta-feira (28/6/07). O relator entendeu que a proposta deve ser aprovada por ser relevante e de grande interesse para populao e economia do Estado, "que s tm a lucrar com a Serra da Moeda preservada para as presentes e futuras geraes".

    A PEC 16/07, do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) e outros, altera o caput do artigo 84 do Ato das Disposies Constitucionais Transitrias da Constituio do Estado, que passa a vigorar com a seguinte redao: "ficam tombados para o fim de conservao e declarados monumentos naturais os picos do Itabirito ou do Itabira, do Ibituruna e do Itamb e as Serras do Caraa, da Piedade, de Ibitipoca, da Moeda, do Cabral e, no Planalto de Poos de Caldas, a de So Domingos".

    Segundo o autor, na justificativa da proposta, a Serra da Moeda hoje um dos mais requisitados refgios naturais existentes no Estado, sendo visitada por aqueles que buscam a paz de suas montanhas e as guas doces de suas cachoeiras, e que est ameaada pela presena predatria de mineradoras. Para isso, inclui, por meio da proposta, a Serra da Moeda na relao daquelas que se encontram legalmente protegidas e gozam de aparato especial para o fim de sua conservao. "Este um importante tema em favor de Minas Gerais, preservando o meio ambiente, a histria e a cultura do Estado", afirmou Dalmo Ribeiro Silva durante a reunio. Ele lembrou ainda que desde 2002 tem lutado pela aprovao desta proposta e acredita que em breve ela ser aprovada pelo Plenrio da ALMG.

    Presenas - Deputados Almir Paraca (PT), presidente; Joo Leite (PSDB), vice; Incio Franco (PV), relator; e Dalmo Ribeiro Silva (PSDB).Deputados Almir Paraca (PT), presidente; Joo Leite (PSDB), vice; Incio Franco (PV), relator; e Dalmo Ribeiro Silva (PSDB).

    Presenas - Deputados Almir Paraca (PT), presidente; Joo Leite (PSDB), vice; Incio Franco (PV), relator; e Dalmo Ribeiro Silva (PSDB).Deputados Almir Paraca (PT), presidente; Joo Leite (PSDB), vice; Incio Franco (PV), relator; e Dalmo Ribeiro Silva (PSDB).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 28, 2007

    Presidente Lula lana PAC em Minas e libera grande volume de recursos para Saneamento e Habitao.









                         PAC em Minas ter R$3,6 bilhes para saneamento e habitao

     











    Wellington Pedro/Imprensa MG
     

    Minas Gerais dever ter R$ 6,5 bilhes para novos investimentos nos prximos anos. Um dia aps o governador Acio Neves anunciar a autorizao para a contratao de R$ 2,9 bilhes em novos financiamentos, o Estado recebeu, nesta quarta-feira (27), aporte de R$ 3,6 bilhes de recursos do Programa de Acelerao do Crescimento (PAC). O anncio foi feito em solenidade no Palcio das Artes, em Belo Horizonte, que reuniu o governador, o presidente Luiz Incio Lula da Silva, ministros de Estado e prefeitos de 43 municpios que devero ser atendidos (foto). Em seu pronunciamento, o governador Acio Neves destacou que os novos investimentos esto sendo possveis em funo do equilbrio das contas estaduais.

    Chegamos a um entendimento que reconhece e premia o esforo que o Estado de Minas vem fazendo para adequar seus limites da Lei de Responsabilidade de Fiscal e para colocar-se apto a receber novos investimentos que so feitos em Minas Gerais, destacou o governador, em seu discurso, ao lado do presidente Luiz Incio Lula da Silva, durante a solenidade de lanamento do PAC, no Palcio das Artes, em Belo Horizonte.

    O presidente Lula, ao discursar, tambm reconheceu que Minas Gerais ter novos recursos para investimento devido ao esforo fiscal feito nos ltimos anos. Minas s conquistou esse direito porque agiu com responsabilidade e cuidou do dinheiro com cuidado.

    Prioridades

    O governador destacou a parceria firmada entre o Governo de Minas, o governo federal e as prefeituras mineiras na elaborao dos projetos que recebero recursos do PAC. Sero realizadas obras de saneamento e habitao em 43 municpios em Minas, com forte enfoque na recuperao de bacias hidrogrficas.

    A definio dos projetos contemplados com os recursos do PAC em Minas foi feita em conjunto pelos governos do Estado e federal. A Copasa e a Secretaria de Desenvolvimento Regional e Poltica Urbana (Sedru) tambm atuaram ao lado das prefeituras na preparao tcnica dos projetos apresentados ao governo federal.

    Segundo Acio Neves, o trabalho em parceria entre a Unio e o Estado possibilitou que a definio dos projetos atendidos refletissem as principais prioridades dos municpios mineiros nas reas de saneamento e habitao.

    Chamaria do acoplamento entre aquilo que estamos pretendendo fazer em Minas Gerais, no apenas no mandato, mas nos rumos que queremos traar para o desenvolvimento desse Estado por um longo perodo; acabam tendo, a partir da alocao desses recursos, um reforo muito grande para que possamos chegar a indicadores sociais e econmicos que coloquem Minas, definitivamente, na vanguarda do crescimento desse pas, disse Acio Neves.

    A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, tambm destacou, em seu discurso, o trabalho conjunto no PAC. Esse programa uma parceria. algo que vai ser feito para integrar os recursos dos governos federal, estadual e das prefeituras tendo o desafio para assegurar que as nossas populaes tenham as condies bsicas para que tenham uma vida digna. um programa de distribuio de renda e de crescimento de renda, afirmou.

    Copasa

    Dos R$ 3,8 bilhes investidos no PAC em Minas Gerais, R$ 279,7 milhes viro como contrapartida do governo estadual e R$ 322,7 milhes das prefeituras. Dos R$ 3 bilhes do governo federal, R$ 580 milhes sero repassados Copasa como financiamento.

    O governador Acio Neves, em seu pronunciamento, destacou que a Copasa apresentou resultados positivos nos ltimos anos, o que possibilita que ela participe dos investimentos do PAC. essa Copasa, que saneada, e agora apresentando resultados positivos, adquire uma capacidade nova tambm de endividamento que proporciona, a partir de um entendimento com o governo de Vossa Excelncia, e com inmeros municpios aqui representados, em especial da Regio Metropolitana, a possibilidade desses investimentos que h dcadas e h muitas dcadas, em alguns casos, eram buscados por essa gente, afirmou.

    Investimentos

    Em seu pronunciamento, o governador destacou ainda investimentos que sero feitos em rodovias, telefonia celular e eletrificao rural com os novos financiamentos que sero obtidos nos organismos de fomento.

    Estaremos concluindo o asfaltamento de todas as 224 cidades de Minas que no tinham ligao asfltica quando assumimos o governo. Em parceria com o governo federal, no haver sequer uma propriedade rural ou urbana no Estado sem eletrificao rural. J a partir de meados do ano que vem, todos os 853 municpios de Minas tero acesso a telefonia celular, disse.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2007

    Cidadania dupla logo mais, 20 horas, na Cmara Municipal de BH. O mundo empresarial estar presente na solenidade de entrega do Ttulo de Cidado Honorrio de BH, aos empresrios da rea de panificao, Luiz Carlos Caio Xavier Carneiro e Antnio de Pdua Moreira. Caio presidente do Sindicato das Indstrias de Panificao de Minas e Pdua presidente da AMIPO - Associao Mineira da Indstria de Panificao.

                                Os dois empresrios, que muito contribuem para o crescimento econmico e social da capital, sero homeageados atravs do deputado Silvinho Rezende, ex-presidente da Cmara de BH, que teve seu requerimento propondo os ttulos aprovado pelos 41 vereadores, que representa os cerca de 2 milhes e meio de habitantes de BH.

                                Um mini-perfil dos dois mais novos belohorizontinos:

                                CAIO mineiro de Barra Longa. Veio para BH, ainda menino. Sempre trabalhou na panificao, atividade tradicional de sua famlia. irmo do prefeito de Barra Longa, Faf, como popularmente conhecido, dono da Padaria e Lanchonete Diplomata, que fica em frente Imprensa Oficial na av. Augusto de Lima. O empresrio Luiz Carlos Caio Xavier Carneiro tem vrias padarias na capital. Entre elas a Padaria Mangabeiras, Bonssima ( em parceria com os irmos como o Eduardo Xavier Carneiro), Padaria Monte Cristoe Padaria Gran Vitria. 
                                E o empresrio Antnio de Pdua Moreira, o outro empresrio,  que receber o Ttulo de Cidado Honorrio de BH, mineiro de Fervedouro na Zona da Mata. administrador de Empresas e como empresrio da rea de panificao tem duas padarias em BH: a Fornodoro, que fica no bairro Floresta e outra no bairro Planalto. 
                                Logo mais estaremos na Cmara de BH para abraar os nossos amigos, Caio e Pdua, pelo Ttulo, mais que merecido, que vo receber. As fotos da solenidade e das personalidades presentes vo publicar aqui no nosso BLOG DE NOTCIAS. Aguardem!





    ,


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2007

    O presidente Lula est de volta hoje a Belo Horizonte. Veio, como prometeu h uma semana, lanar aqui em Minas o PAC - Programa de Acelerao do Crescimento. Anuncia 3 BILHES DE REAIS para Minas investir em Habitao e Saneamento.

                             A solenidade de lanamento do PAC, est sendo feito agora no Palcio das Artes pelo presidente Lula, na presena de lideranas do PT e de outros partidos aliados e do prprio governador Acio Neves, j que para o PAC Mineiro, o presidente Lula trousse na mala 3 bilhes de reais, que somados aos mais de 2 bilhes e 900 mil reais autorizados para o governo de Minas tomar emprstimos no exterior, ontem, em Braslia, pelo ministro Mantega  numa reunio com o governadsor Acio Neves, soma quase 6 bilhes de reais de recursos federais para Minas. Dinheiro que ser investido no Pr-Acesso, estradas vicinais, habitao e saneamento. Muitos acreditam que, agora, o to sonhado espetculo do crescimento est decolando. Ufa!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2007

    Um sopro de talento nos palcos de BH. a pea "OS MISTRIOS DE PANDORA" do jornalista-autor diretor Wessery Zago, mineiro de Abaet. A pea vai estrear quando Novembro chegar. Confira!

    Diretor inova na volta da premiada pea "Os Mistrios de Pandora"


    Novo elenco, trilha sonora ao vivo e uma dupla encenao constante so algumas das novidades que o diretor/autor da premiada pea teatral "Os Mistrios de Pandora", Wessery Zago promete na volta do espetculo em novembro prximo.

    Natural de Abaet/MG, mas com residncia em Belo Horizonte, o diretor Wessery Zago escolheu a capital mineira como  ponto de partida da turn que engloba Minas Gerais, So Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

    "Os testes de elenco j foram iniciados e em 15 dias os ensaios tero incio. Do elenco de 2004, somente a atriz Cristiane Rosa (Minerva) participa da nova formao. Uma atriz global est sendo cogitada para representar a personagem de Pandora, interpretada em 2004, pela atriz Ldia Viegas.O compositor mineiro Phillippe Lobo est a cargo da produo musical e toda a trilha sonora ser apresentada ao vivo, no palco. A cano "O Sentido da Vida Ela..." composta por mim ser outra novidade. A cantora Dany Vasconcelos ser responsvel pela execuo do tema principal do espetculo", esclarece Wessery Zago..  


    O Espetculo

    Escrita em 2002, a pea teatral "Os Mistrios de Pandora" somente fra apresentada pela primeira vez em 2004 durante turn por Minas e Rio de Janeiro.

    Com qualidade textual e a valorizao do corpo atravs da expresso corporal e facial do ator, o espetculo narra a criao do mundo, do homem e da mulher na tica da mitologia grega.

    "Quando terminei de escrever essa obra, j tinha em mente a linha que adotaria na montagem do espetculo. O projeto surgiu a partir do desenvolvimento da arte teatral no que ela tem de mais essencial: o trabalho do ator. A turn de 2004 com apresentaes por Minas e Rio de Janeiro foi uma grande experincia e, agora, volto com uma nova roupagem e uma linha totalmente inovadora no teatro brasileiro. A dupla encenao constante e uma trilha sonora especialmente desenvolvida para o espetculo e uma banda de 6 msicos ao vivo so uma das inovaes", disse Wessery Zago.

    "Sou movido pela novidade, pelo inesperado e pela surpresa. Ao escrever "Os Mistrios de Pandora", me propus entrar na histria sem saber ao certo o que aconteceria. Me arrisquei. Felizmente, deu certo. uma grande obra que os atores e atrizes tero prazer em interpretar e o pblico em assistir", finaliza o diretor.

    A produo do espetculo est a cargo de Fabiane Barboza e Andr Barbosa.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2007

    Resultado da visita do governador Acio Neves ao ministro Guido Mantega. Dinheiro do governo federal para Minas.






    Minas Gerais ter mais R$ 2,9 bilhes para novos investimentos












    Omar Freire/Imprensa MG
     





    Governador Acio Neves anuncia, aps encontro com ministro da Fazenda em Braslia, que Minas ter acesso a novos financiamentos de R$ 2,9 bilhes. Os recursos sero usados em estradas, segurana, saneamento e habitao.

        


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2007

    Na busca do aprimoramento.

     

    Ministrio das Comunicaes e Cmara dos Deputados
    discutem mudanas no processo de outorgas
     

    Parlamentares apresentam sugestes
    para melhorar a tramitao dos processos

     O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, recebeu, na manh de tera-feira (26/06), parlamentares da Comisso de Cincia e Tecnologia, Comunicao e Informtica, da Cmara dos Deputados, que entregaram um documento com sugestes para aperfeioar os processos de concesso e renovao de outorgas de radiodifuso. 
     
    Foram apresentadas 16 propostas elaboradas pela Subcomisso Especial da comisso, presidida pela deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP). O ministro e os membros da comisso tm se reunido freqentemente para buscar uma ao mais articulada entre todos as instncias envolvidas no processo. Tambm estiveram presentes na reunio os deputados Julio Semeghini (PSDB-SP) e Paulo Bornhausen (DEM-SC).
     
    Viemos trazer indicaes sobre aquilo que competncia do Ministrio das Comunicaes. J estamos implementando as mudanas no que diz respeito atuao da Comisso, afirmou Luiza Erundina. O ministro vai analisar todas as sugestes apresentadas pelos parlamentares. Tenho certeza que, juntos, vamos encontrar caminhos que atendam melhor o setor e a sociedade, enfatizou Hlio Costa.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 25, 2007

    Sanduches com valor agregado. O McDonalds comea amanh, tera-feira, sua campanha anual. EM BELO HORIZONTE quem vai receber o dinheiro arrecadado com a Campanha McDia Feliz, ser o HOSPITAL DAS CLNICAS. As informaes so do jornalista Schubert Arajo da Multitexto. Confira!

    McDia Feliz lanado em Braslia nesta tera-feira


     


     Bernardinho e Fernanda Venturini so os padrinhos da campanha em 2007; mais de 100 instituies de combate ao cncer infantil j foram beneficiadas 


      O tcnico da Seleo Brasileira de Vlei Masculino, Bernardinho, e a sua mulher, a ex-levantadora da seleo feminina de vlei, Fernanda Venturini, sero os padrinhos da campanha McDia Feliz 2007, que ser lanada em todo o Brasil, amanh, dia 26, em Braslia, pelo McDonald's e pelo Instituto Ronald McDonald.

     A campanha a maior ao nacional contra o cncer infanto-juvenil. Coordenada pelo Instituto Ronald McDonald, ela j beneficiou mais de 100 instituies brasileiras em 20 estados, destinando-lhes mais de R$ 69 milhes. Os recursos arrecadados nos ltimos dezoito anos contriburam para o expressivo crescimento do ndice de cura da doena no pas: de 35%, no final da dcada de 80, para a mdia atual de 70%.

     Este ano, o McDia Feliz ser em 25 de agosto. Na data, toda a renda obtida com a venda de sanduches Big Mac - isoladamente ou na promoo nmero 1 (exceto alguns impostos) - em todos os 541 restaurantes da rede revertida para instituies de todo o Brasil que atendem crianas e adolescentes em tratamento de cncer

                              Hospital das Clnicas receber verba

    da campanha McDia Feliz 2007 em BH

     Depois de destinar durante seis anos consecutivos a verba da campanha McDia Feliz para a Aura, para a construo da Casa de Apoio da instituio, em Juatuba, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte, o McDonald's  passou a destinar os recursos da campanha McDia Feliz, desde o ano passado, para o Hospital das Clnicas. 

     Toda a verba arrecadada com a venda do sanduche Big Mac no prximo dia 25 de agosto, dia nacional da campanha, ser empregada na construo do "Instituto de Oncohematologia Peditrica daquela instituio. Trata-se de uma unidade de internao que ser construda integralmente para este fim (reservada especificamente ao tratamento de crianas com cncer) no 10 andar do prdio onde funciona o Hospital das Clnicas, com capacidade para 22 leitos, dos quais dois leitos sero isolados em condies especiais para receber pacientes transplantados de medula ssea. A unidade ter tambm ambulatrio e quimioterapia especficos para crianas, alm de rea de apoio  e solrio com 150 m2. Atualmente todas as crianas com diversas doenas diferentes ficam juntas num espao super reduzido e sem conforto na rea de Pronto Atendimento (PA). 
     A construo permitir que a nova unidade abrigue somente crianas portadoras de cncer, desafogando o espao do pronto atendimento (PA). O Hospital das Clnicas um hospital-escola pertencente Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Alm de todos os ganhos do ponto de vista operacional, o hospital tambm um centro de excelncia em conhecimento e pesquisa no Estado, respeitado internacionalmente. Aps investir na Casa de Apoio da Aura, o Instituto Ronald, ento, achou por bem passar a investir agora num hospital j pronto e em funcionamento que tivesse todas as caractersticas necessrias para abrigar um centro de referncia em oncologia peditrica no Estado. Um dos fatores que pesou na deciso foi o material humano que este hospital dispe e o profundo envolvimento dos seus diretores com a causa da oncologia peditrica.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 25, 2007

    A contribuio que a nova gerao de polticos tem a dar ao Pas - na viso do governador de Minas.









                                                Acio destaca gesto eficiente durante homenagem em Curitiba

     









       

    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador Acio Neves participou, nesta segunda-feira (25), em Curitiba, no Paran, de homenagem ao prefeito da capital paranaense, Beto Richa, promovida pela Associao das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba (Aecic). Durante a solenidade (foto), o governador destacou que a principal contribuio que a nova gerao de polticos tem a dar ao pas a troca de experincias entre os diversos nveis de administrao para o aprimoramento e o profissionalismo na gesto pblica no Brasil.


    A grande contribuio que a nossa gerao de homens pblicos pode dar ao pas exatamente esta de introduzir mtodos novos de gesto na administrao pblica. No acredito em resultados para as pessoas se no houver profissionalismo, se no houver eficincia e instrumentos novos de controle da gesto do dinheiro pblico, disse Acio Neves, em entrevista.


    O governador destacou que o Governo de Minas, ao lado de outros estados e municpios, representa uma nova forma de administrao pblica, que valoriza o profissionalismo, a eficincia e a busca de resultados. Segundo ele, o planejamento do Estado baseado na eficincia da gesto, profissionalismo dos administradores pblicos e o estabelecimento de metas e resultados a serem alcanados por todas as secretarias e rgos governamentais.


    Ns no temos de entrar mais naquela discusso antiga de Estado mnimo e Estado mximo. Isso coisa do passado. Ns buscamos o Estado eficiente, capaz de apresentar resultados e, obviamente, dentro do possvel, profissionalizar a ocupao dos cargos pblico, afirmou.


    Segundo Acio Neves, algumas aes adotadas nos ltimos anos pela nova gerao de administradores pblicos tm mudado a viso de que o setor pblico era ineficiente por natureza. Estamos demonstrando, com aes, que a gesto pblica pode apresentar resultados muito prximos, em determinados momentos at, mais vigorosos do que o setor privado apresenta. Desde que se tenha meta ou mecanismos de controle, os resultados podem chegar aos objetivos que queremos chegar, afirmou.


    A homenagem da Aecic ao prefeito Beto Richa tambm contou com a presena do vice-governador de Santa Catarina, Leonel Pavan, do senador Osmar Dias (PR) e de diversos deputados federais e estaduais.


    Linha Verde


    Durante a visita capital paranaense, o governador Acio Neves visitou a antiga BR-116, batizada agora de Linha Verde, sexto corredor de transporte coletivo de Curitiba. O acesso representa um novo conceito de avenida urbana, com 12 pistas, ciclovia, arborizao feita com espcies nativas e nibus que trafegaro em canaleta exclusiva usando biocombustvel.


    Acio Neves tambm se reuniu com a equipe de sade da prefeitura para conhecer o programa de modernizao da rede de atendimento a urgncias mdicas de Curitiba, que ter um total de oito centros de atendimentos. Em maro deste ano, foi inaugurado o Centro Municipal de Urgncias Mdicas (CMUM). A unidade oferece pronto-atendimento adulto e infantil, em tempo integral, com estrutura de internamento para pacientes portadores de patologias, como asma, clculo renal e pneumonia, entre vrias outras.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 25, 2007

    O ex-deputado e atual Conselheiro do Tribunal de Contas de Minas, Antnio Carlos Andrada, recebe hoje, s 20 horas, na Cmara Municipal de Belo Horizonte, o Ttulo de Cidado Honorrio da capital. A autora da homenagem a vereadora Elaine Matozinhos. O conselheiro, alm de ex-deputado estadual, foi prefeito de Barbacena, poca o mais jovem a assumir a Prefeitura do municpio.












    Lauro de Figueiredo Abranches e Antnio Carlos Andrada, QUE A PARTIR DA NOITE DE HOJE SER O MAIS NOVO CIDADO de Belo Horizonte.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 25, 2007

    PMDI - Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado - ser debatido amanh no Plenrio JK. E s 10:30 na Sala de Imprensa da Assemblia, o coordenador executivo do Programa Estado para Resultados d coletiva mdia. J o debate sobre o PMDI ser transmitido ao vivo pela TV ALMG. No cabo, canal 11. No interior pelo UHF.

     O coordenador executivo do Programa Estado para Resultados, Tadeu Barreto Guimares, concede entrevista coletiva nesta tera-feira (26/6/07), na Sala de Imprensa do Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, s 10h30. A entrevista acontecer aps a apresentao do coordenador sobre o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), no Ciclo de Debates que ser realizado a partir de 9 horas no Plenrio. O ciclo debater a atualizao do PMDI 2007/2023, cujo projeto est em tramitao na Assemblia, em fase de recebimento de emendas parlamentares.

    O ciclo uma proposta da Assemblia, por meio da Comisso de Participao Popular e do Executivo. Representantes do governo estadual vo apresentar o plano e focalizar algumas de suas reas de resultados. O documento serve de base para a elaborao do Plano Plurianual de Ao Governamental - PPAG - e das leis oramentrias. Em vez de objetivos prioritrios, o projeto elaborado pelo governo define 11 reas de resultados, com objetivos, indicadores e projetos estruturadores para cada uma delas, destacando-se: educao de qualidade; vida saudvel; protagonismo juvenil; investimento e valor agregado da produo; inovao, tecnologia e qualidade; logstica de integrao e desenvolvimento; reduo da pobreza e incluso produtiva.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 25, 2007

    DEBATE PBLICO: a situao dos hospitais em Minas. Hoje, 14 horas, no plenrio presidente JK.

    A Comisso de Sade promove hoje (25), s 14 horas, no Plenrio, um debate pblico para tratar da situao financeira dos hospitais pblicos, filantrpicos e privados do Estado, em virtude da no-regulamentao da Emenda Constituio Federal no 29. O dispositivo assegura recursos mnimos para o financiamento das aes e servios pblicos de sade. O debate foi solicitado pelos deputados Carlos Mosconi (PSDB), presidente da comisso; Roberto Carvalho (PT); e Dinis Pinheiro (PSDB), que o 1-secretrio da ALMG.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 24, 2007

    Em primeirssima mo. A MEDALHA SOBRAL PINTO de Direitos Humanos, a mais importante comenda do municpio de Barbacena, ser entregue, com justia e merecimento, ao ministro das Comunicaes, Hlio Costa, conterrneo do ilustre jurista, dr. Sobral. A solenidade est marcada para dia 9 de outubro no Palcio da Revoluo Liberal, em Barbacena. Quem nos deu a informao foi o vereador Amarlio de Andrade, do PSC, que criou a Comenda Sobral Pinto, que foi entregue ao ex-presidente Tancredo Neves pelo prprio jurista numa solenidade histrica em Barbacena. Parabns ao vereador Amarlio de Andrade, que tem uma atitude de grandes homens pblicos ao propor a condecorao, e ao Conselho da Medalha por aprovar a justa homenagem ao nosso amigo e conterrneo, ministro Hlio Costa, que projetou e projeta Barbacena no cenrio mundial. Estaremos l na Cmara Municipal de Barbacena, dia 9 de outubro, para prestigiar o evento que ser um dos mais concorridos do ano em Barbacena. Detalhe: na foto abaixo, o ministro Hlio Costa recebendo a Medalha Gr Cruz das mos do presidente Lula, no dia 24 de abril de 2006 em Palcio na capital federal.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 24, 2007

    CENAS DE UM CASAMENTO EM BARBACENA no Campo das Vertentes. Vale aqui blogar a cerimnia de casamento de Alessandro Bonato com Roberta Silveira. O noivo, filho do nosso amigo Pedro Bonato e Alade Maria, dos tempos em ramos estudantes em Barbacena. E a noiva do nosso amigo, o emprersrio do setor de supermercados (leia-se Rede SUPER MAIS), Csar Silveira e Luza. A cerimnia foi resgistrada pelo nosso amigo, o competente colunista IDINANDO BORGES do portal (www.barbacenaonline. com.br) Vale conferir entre os ilustres convidados o advogado Jos Artur Filardi, chefe de gabinete do ministro das Comunicaes Hlio Costa e o vererador Amarlio Andrade e Rosngela.








                                                                  Foi na Igreja da Assuno


    Obra de Luiza Bertolla e no detalhe, os noivos







    Roberta e Alessandro com as damas: Jlia da Silva, Gabriela Bianchetti Caetano e Maria Eduarda da Silva

    No incio do namoro, Alessandro, o jovem executivo, filho de Pedro Othelo e Alade Maria de Paiva Bonato, apresentou-me Roberta. Alegre, como um pintor que busca captar a alma de sua musa, disse-me: "vou casar com a Roberta, pode escrever. Ela linda e decidida!".Planejaram e ganharam um casamento com pompa e circunstncia, organizado com elegncia por Luiza de Marillac Bianchetti e Csar Silveira.

    A Igreja de Nossa Senhora da Assuno refletia majestade com suas colunas em pedras em contraste com os lustres de cristais. Ganhou uma sinfonia de flores, obra de Luiza Bertolla coadjuvada pelo talentoso Eloisio Jos Campos e ficou linda. Klber Camargo regeu o Coral da Venervel Ordem III de Nossa Senhora do Carmo com a participao de instrumentista de Tiradentes com adgios, selecionados e belos. O celebrante, Dom Antnio Afonso de Miranda, tio de Csar Silveira, realizou uma cerimnia na essncia crist, inclusive com a comunho dos noivos. Roberta usou grife da chiqurrima Noivas de Minas, idem a me. O cerimonial, discreto e eficiente foi de Vnia Bertolin.



















    Csar e Luiza de Marillac Bianchetti Silveira

    Alade Maria de Paiva e
    Pedro Othelo Bonato



    Andr e Ana Paula Silveira

    Renata Paiva Bonato e
    Thiago Mendes Casagrande

    Na AABB, os noivos chegaram num tradicional carro antigo para a recepo. A comear da varanda, no hall, que ganhou mveis rsticos da Star Decoraes e nos sales, mais uma vez Luiza Bertolla superou tudo que j fez. Foi um esplendor a conjugao de mveis rsticos, modernos e vidros. Flores desidratadas, subindo pelas colunas e pendendo do teto e ster, lils e roxo, lisiantus e grberas transformaram o salo numa sinfonia de flores. E o buf? Foi Clia Soutto Mayor, o nmero um das Gerais.Um servio impecvel, onde entrada, cada um recebia sua taa com champanhe vintage, enfeitada com morango. O que h de mais fino e requintado em recepes do gnero, rolou at quase o dia amanhecer. Mesa de doces tambm com assinatura de Souto Mayor. O bolo e o tradicional Bem-Casado foi de Zlia Maria Bageto Vespoli. chegada dos noivos no salo, foi uma apoteose com a chamada "chuva de prata". Com elegncia, os anfitries, cumprimentaram todos os convidados.










    Marcus e Beatriz Busccio Bonato

    Rosngela Bonato Carames e
    o filho Guilherme Carames


    A anfitri e as lindinhas, Lllian Esteves Carvalho e Vanessa Tavares Esteves


    Alade Bonato, Helosa Guimares e Alberto Paolucci

    A produo do show da Formassus, com uma banda que empolgou o salo com diversos ritmos.Os noivos fizeram discursos, ganharam homenagem e distriburam presentes. Pedro Bonato, descontrado e feliz com a escolha do filho, confidenciou-me: a menina ficou noiva! So trs filhas.
    sada, distribuio de bem-casados, que muitos levaram at trs. Deve ser para dar sorte! Caf e chs com doces e biscoitos apropriados, numa noite inesquecvel.


    Jos Arthur Filard, Amarlio Andrade e sua Rosngela











    Betinho Abraho e
    sua Maria Cristina

    O estilo Clia Soutto Mayor no simptico


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 24, 2007

    O jornalista juizforano, o boa praa Gerrot (que foi assessor de Comunicaoi do Minstrio da Educao e depois trabalhou na Imprensa Oficial, aqui em Minas, no governo Itamar Franco) e que hoje est na Assessoria de Comunicao da Biblioteca Nacional, no Rio, aproveitou a manh de sol de domingo, em BH, para fazer uma caminhada acompanhado na Praa da Liberdade. Caminhava tranquilamente com seu poodle "PIPO" pela pista de cooper da praa. Ento me lembrei do episdio que escrevo abaixo.

                         Gerrot, um jornalista que conheo h muitos anos. Sempre simptico e atencioso, foi quem nos recebeu no governo do presidente Itamar Franco, em Braslia, numa vspera de feriado de semana santa, para uma audincia com o ministro da Educao, poca, o professor Murilo Hingel, outro juizforano de primeira linha. Eu era assesor de Comunicao mda Utramig, aqui em BH, e era presidente o professor Agamenon Siqueira.

                         Um detalhe: eu e o prof. Agamenon tnhamos ido Braslia para uma audincia com o saudoso Jos de Castro Ferreira, que era Advogado Geral da Unio.  Audincia marcada com muita antecedncia com nosso amigo Z de Castro, numa vinda dele a BH, ao Palcio da Liberdade, acompanhando o presidente Itamar Franco. Fim da audicnia. Samos.
     
                         A, tive a ousadia de propor, e o professor Agamenon topou. Parar no Ministrio da Educao, que ficava no caminho para o almoo. No custa tentar, n? Fomos. Foi s anunciar que ramos amigo do ministro para que recebessemos o crach e subssemos ao gabinete do ministro Murilo Hingel. E quem nos recebeu e enacaminhou? Foi o Gerrot, assesor chefe da Comunicao do ministrio da Educao.

                         Abracadabra! O ministro nos recebeu com o carinho e a hospitalidade bem mineiras. Foi uma conversa de mais de uma hora, tendo como fundo musicial composies clssicas, do gosto nosso e do ministro Murilo Hingel. Brilhante e sinttico, o presidente da Utramig, professor Agamanon mostrou ao ministro a importncia  do ensino tcnico profissionalizante da Utramig - rgo da Secretaria de Estado do Trabalho, criada pelo saudoso e visionrio professor Agnello Corria Vianna, ex-secretrio de Educao de Minas, que via atrs das montanhas. 

                          Ento, o ministro Murilo Hingel gostou tanto do que ouviu que prometeu, e cumpriu rigorosamente, a liberao de recursos para a compra de computadores e unidades mveis para levar o treinamento ao interior de Minas. E fez mais: foi o primeiro ministro de Estado a se reunir com a direo da Utramig em BH com a presena do secretrio Mares Guia e liberar, nada mais, nada menos, que 350 mil dlares apara equipar os laboratriuos de informtica da Utramig e suas unidades mveis que levavam treinamento a todas regies de Minas.

                          Fica o registro: o jornalista Gerrot foi, sem saber com antecedncia,  o elo fundamental nesta ao que beneficiou milhares de estudantes da Utramig em todo o Estado. Tudo porque ele nos recebeu, abriu as portas para que o professor Agamenon, uma hbil negociador, mostrasse ao ministro Murilo Hingel a dimenso, a importncia da Utramig no ensino profissionalizante do governo mineiro. Minas agaradece, de corao!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 23, 2007

    Quem faz aniversrio hoje a universitria de Ecologia, do UNI-BH, minha filha Natlia de Carvalho Amaral. Vai ganhar almoo no Rancho do Boi. E, a partir de 18 horas recebe os amigos e amigas para comemorar no barzinho ENTRE FOLHAS, na Savassi. Parabns e toda a felicidade do mundo. Na foto abaixo, a aniversariante Natlia de Carvalho Amaral e o namorado dela, Joo Hugo Jabbur, que vai fazer o curso de Economia.

                               
                                                        


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 23, 2007

    O COLRIO do nosso BLOG DE NOTCIAS, deste sbado, mais uma vez vem da coluna do nosso amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. E em DOSE DUPLA.

                                                     
                                                            Thas Cupper e Roberta Cruz
                                                                   clicadas no Chumed


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 23, 2007

    S.O.S estrada Barbacena-Campolide. O pedido de socorro vem do leitor do nosso BlOG DE NOTCIAS, nosso conteterrneo Luiz Carlos Maretelto. Leia o E-mail que recebemos dele.

    Nome: Luiz Carlos Marteleto
    phone_no: 03233328885
    What_you_think_about_me: As obras de recapeamento da rodovia MG Barbacena-Campolide, merece uma reportagem especial. Alm de j est completando 01 ano o servio de pssima qualidade, bem como as demais obras da cidade. A reportagem deve ser imparcial, e apolitica. Colhendo opinies dos usurios. Seria possvel? Sim  respondo eu: possvel!



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 22, 2007

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O presidente Lula em BH, entre o governador Acio Neves, do PSDB, mas de olho no PMDB e o prefeito Fernando Pimentel, do PT. Esse trio vai dar muito o que falar nas eleies do ano que vem e em 2010.








              

    Omar Freire/Imprensa MG


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 22, 2007

    Escola de Vetrerinria da UFMG faz 75 anos e ganha homenagem em Reunio Especial da Assemblia de Minas. Autores da homenagens so dois ex-alunos: os deputados Eros Biondini do PHS e Domingos Svio do PSDB.

     

    Os 75 anos de fundao da Escola de Veterinria da UFMG foram comemorados durante Reunio Especial, realizada nesta quinta-feira (21/6/07), na Assemblia Legislativa de Minas Gerais.. Fundada em 1 de maro de 1932, a Escola de Veterinria da UFMG j formou mais de 4 mil veterinrios, alm de 876 mestres em Medicina Veterinria, 543 mestres em Zootecnia e 297 doutores em Cincia Animal. O requerimento que solicitou a homenagem de autoria do deputado Eros Biondini (PHS), veterinrio formado pela faculdade.

    O deputado, que se formou na escola em 1995, lembrou que durante 10 anos dedicou-se clnica, s intervenes cirrgicas, sobretudo na parte de reproduo. Eros Biondini destacou que a escola referncia na Amrica Latina e que o Laboratrio de Anlise de Qualidade do Leite, entre os oito do Pas, um dos mais qualificados. Ele parabenizou professores, funcionrios, alunos e todos aqueles que contriburam para o sucesso da escola. "So 75 anos gerando conhecimento e formando profissionais comprometidos com a produo, com a sade animal e com a sade pblica", observou o deputado.

    Para o deputado Domingos Svio (PSDB) a homenagem um reconhecimento escola, que se destaca no cenrio acadmico e universitrio brasileiro, na Amrica Latina e at mesmo no mundo. O deputado lembrou da poca em que fez o curso de mdico veterinrio, no final dos anos 70, momento em que professores, alunos, servidores e funcionrios comeavam um movimento a favor da transformao da grade curricular. "Mas foi no incio da dcada de 80 que o curso passou de quatro para cinco anos, alm de passar por mudanas no contedo das aulas prticas e tericas", comentou o Domingos Svio.

    O reitor da UFMG, Ronaldo Tadeu Pena, destacou que o curso de graduao em Medicina Veterinria sempre recebeu nota mxima nas avaliaes do MEC. No Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), a escola ocupou o primeiro lugar entre todas as universidades avaliadas. Ronaldo Tadeu Pena destacou ainda que o Hospital Veterinrio atende a mais de seis mil casos por ano, e que o Laboratrio de Anlise da Qualidade do Leite recebe mais de 20 mil amostras por ms.

    O diretor da escola, professor Francisco Carlos Faria Lobato, lembrou que a escola tem atualmente 90 professores, sendo que mais de 90% deles so doutores, alm de 113 tcnicos administrativos. O professor destacou que a ps-graduao da escola, existente h mais de 40 anos, a nica que possui nvel mximo no Pas. O Francisco Lobato destacou tambm que a escola possui um Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinria e Zootecnia, que em seus 64 anos de existncia j publicou 196 fascculos em 59 volumes.

    O deputado Joo Leite (PSDB), que presidiu a reunio, destacou que a Escola de Veterinria da UFMG tem umas das mais baixas taxas de evaso das universidades brasileiras: 95% dos alunos concluem o curso. O deputado lembrou ainda que, alm do hospital veterinrio, a escola possui duas fazendas experimentais e mais de cem laboratrios, assistidos por professores altamente qualificados, quase todos doutores. "Sua direo, seus professores, alunos e funcionrios so parte integrante desta homenagem que a Assemblia Legislativa realiza, em nome de todos os cidados brasileiros", finalizou.

    Mesa - Compuseram a mesa os deputados Joo Leite (PSBD), que presidiu a reunio; Eros Biondini (PHS), que solicitou a reunio; Domingos Svio (PSDB); o vereador de Belo Horizonte, Paulo Lamac; o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinria, Fernando Cruz Laender; o presidente da Sociedade Mineira de Medicina Veterinria Lucas Augusto Soeiro Pinheiro; e o diretor-geral do Instituto Mineiro de Agropecuria (IMA), Autino Rodrigues Neto.Compuseram a mesa os deputados Joo Leite (PSBD), que presidiu a reunio; Eros Biondini (PHS), que solicitou a reunio; Domingos Svio (PSDB); o vereador de Belo Horizonte, Paulo Lamac; o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinria, Fernando Cruz Laender; o presidente da Sociedade Mineira de Medicina Veterinria Lucas Augusto Soeiro Pinheiro; e o diretor-geral do Instituto Mineiro de Agropecuria (IMA), Autino Rodrigues Neto.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 22, 2007

    Assemblia Legislativa e Sindiextra - uma pareceria que beneficia aa economia de Minas.

                           Frente Parlamentar de Apoio Indstria reinstalada na ALMG

    Com o objetivo de colaborar para o desenvolvimento econmico, social e ambiental do segmento de extrao mineral do Estado, foi reinstalada, na noite desta quinta-feira (21/6/07), a Frente Parlamentar de Apoio Indstria Mineral, no Salo Nobre da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Criada pela segunda vez, a pedido do 1o vice-presidente, deputado Doutor Viana (DEM) - a primeira foi em 2005 -, a frente, que j conta com o apoio de 48 parlamentares, recebeu o nome de "Eliezer Batista da Silva", por sugesto do deputado Neider Moreira (PPS), em homenagem ao ex-presidente da Companhia Vale do Rio Doce e MBR e ex-ministro de Minas e Energia.

    Segundo o deputado Doutor Viana, que presidir a Frente, o setor mineral um dos mais importantes da economia mineira e nacional, sendo responsvel por 65% da produo de bens metlicos no Pas. De acordo com ele, 450 municpios em Minas possuem atividades de minerao, gerando cerca de 180 mil empregos diretos, com previso de atingir 200 mil at o ano de 2010, com os mais de US$ 10 bilhes previstos para investimento no setor, nesse perodo. "Mais que isso, as empresas do setor mineral foram as que obtiveram o maior ndice de aprovao no certificado ISO 14.001, que voltado para a qualidade ambiental", disse. O deputado concluiu seu discurso ao afirmar que a ALMG no poderia deixar de ajudar esse importante segmento produtivo, contribuindo para o desenvolvimento sustentvel e consciente, trabalhando por uma minerao com responsabilidade e livre da clandestinidade.

    O presidente do Sindicato das Indstrias Extrativas de Ouro, Metais Preciosos, Diamante e Pedras Preciosas, Areias, Pedras Ornamentais, Lenha, Madeiras, Minerais Metlicos e No Metlicos no Estado de Minas Gerais (Sindiextra), Jos Fernando Coura, que representou o presidente da Federao da Indstrias de Minas Gerais (Fiemg), Robson Braga, considerou o lanamento da Frente como o marco de um novo tempo na minerao do Estado. Para ele, espaos novos de criatividade e desenvolvimento sero gerados, alm auxiliar na consolidao da importncia da conscincia ambiental. "Acredito que essa Frente Parlamentar um instrumento de modernizao do Poder Legislativo e o segmento tem muito a ganhar", salientou.

    O presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP) reforou as palavras de Jos Fernando Coura, e disse que a iniciativa veio ao encontro do que se pretende estimular no Parlamento. "ALMG a caixa de ressonncia da sociedade, por isso queremos debater temas que sejam relevantes, tais como o segmento da minerao, que o mais importante da economia do Estado", afirmou.

    Presenas - Deputados Doutor Viana (DEM), Alberto Pinto Coelho (PP), Neider Moreira (PPS), Fbio Avelar (PSC), Gil Pereira (PP), Gustavo Valadares (DEM), Ronaldo Magalhes (PSDB), Domingos Svio (PSDB), Alencar da Silveira Jr. (PDT), Dinis Pinheiro (PSDB), Svio Souza Cruz (PMDB), Sebastio Costa (PPS) e Clio Moreira (PSDB). Alm dos citados na matria, compuseram a mesa o deputado federal Vtor Penido; o secretrio de Minas e Energia, Cludio Scliar; o sub-secretrio de Gesto Integrada da Secretaria de Gesto do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Ilmar Bastos Santos; o prefeito de Itabira, Joo Isael; o vice-prefeito de Belo Horizonte, Ronaldo Vasconcelos; e o ex-ministro de Minas e Energia Paulino Ccero. Deputados Doutor Viana (DEM), Alberto Pinto Coelho (PP), Neider Moreira (PPS), Fbio Avelar (PSC), Gil Pereira (PP), Gustavo Valadares (DEM), Ronaldo Magalhes (PSDB), Domingos Svio (PSDB), Alencar da Silveira Jr. (PDT), Dinis Pinheiro (PSDB), Svio Souza Cruz (PMDB), Sebastio Costa (PPS) e Clio Moreira (PSDB). Alm dos citados na matria, compuseram a mesa o deputado federal Vtor Penido; o secretrio de Minas e Energia, Cludio Scliar; o sub-secretrio de Gesto Integrada da Secretaria de Gesto do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Ilmar Bastos Santos; o prefeito de Itabira, Joo Isael; o vice-prefeito de Belo Horizonte, Ronaldo Vasconcelos; e o ex-ministro de Minas e Energia Paulino Ccero.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 22, 2007

    Domingo, Corrida de Desafios Citron 3, em Belo Horizonte. As informaes so do jornalista Schubert Arajo da Multitexto. Um detalhe: jornalistas tambm podero participar de uma categoria especial, sempre em duplas.

    Citron e a ADD Associao Desportiva para Deficientes promovempelo segundo ano consecutivo a Corrida de Desafios Citron C3.


     
    Evento que ter renda revertida para a ADD colocar em evidncia os principais pontos tursticos da capital mineira e dar duas passagens para Paris aos vencedores 
                 
    Neste prximo domingo, dia 24, a partir das 8 horas, a cidade de Belo Horizonte ser surpreendida por um evento indito: a primeira Corrida de Desafios Citron C3, que comea pela capital mineira e tambm ser realizada de forma independente em Florianpolis no dia 26 de agosto, em So Paulo no dia 30 de setembro e em Porto Alegre no dia 4 de novembro. No ano passado, o evento foi realizado somente na cidade de So Paulo.

      Durante o percurso da prova, os participantes divididos em duplas devero encontrar e desvendar enigmas relacionados a cada cidade. O principal objetivo dos participantes encontrar dez pontos culturais e tursticos na cidade as duplas s podero utilizar metr, nibus, trem ou p para se deslocar de um local ao outro e decifrar um enigma. O uso de equipamentos eletrnicos telefone celular, palm top, notebook, GPS, entre outros - permitido. Cada enigma revela o prximo ponto a ser descoberto. A equipe que realizar todas as tarefas em menor tempo ser premiada com duas passagens para Paris, alm de prmios como viagens nacionais para as melhores classificaes.

               Para a diretora de marketing da Citron do Brasil, Nvea Ferradosa Morato, "foi importante identificar na primeira edio da corrida um fator de integrao familiar, alm do aspecto esportivo e de identificao institucional com a marca". 


               
    "Sem um percurso definido e traando sua prpria estratgia, a dupla que conseguir combinar velocidade, esperteza e uma dose de sorte provavelmente ser a dupla que cruzar a linha de chegada na frente", afirma o diretor do evento Fabio Maia.


     
               Com o intuito de estimular a rapidez de raciocnio, intensificar o conhecimento da cultura regional e promover aes sociais, a Corrida de Desafios tambm incentiva a prtica de atividades fsicas, o esprito de equipe e promove a integrao entre as pessoas com e sem deficincia. nica no Brasil e organizada nos mesmos moldes da Urban Challenge (que acontece nos Estados Unidos h 5 anos com milhes de adeptos), a modalidade cresce cada vez mais no Brasil. Como o desafio no exige um excelente condicionamento fsico, todos podem participar, incluindo jovens, adultos, crianas e idosos.


     
               "Por meio deste projeto conseguimos reunir aspectos importantes para a marca, como promover uma ao social e incentivar a prtica de uma atividade que requer estratgia, tudo isso dentro do perfil moderno, sofisticado e urbano que so prprios do Citron C3" comenta Alexander Greif, gerente de trade & marketing da Citron do Brasil.

     
                A expectativa que nesta edio da Corrida de Desafios participem cerca de 2,3 mil pessoas  em todo o Brasil (entre participantes, voluntrios e colaboradores). O valor da inscrio por dupla varia entre R$ 80 e R$ 100, dependendo da cidade. Toda verba arrecada nas quatro etapas do evento ser revertida para os programas esportivos, educacionais e de capacitao desenvolvidos pela ADD. Hoje a associao atende cerca de 2,8 mil deficientes.

     Inscries


              
    Informaes, inscries e regulamento somente pelo site www.corridadedesafios.org.br. As inscries em Belo Horizonte custam R$ 80,00 por dupla e podem ser feitas somente at o prximo dia 22 de junho (sexta-feira). No dia 23, vspera do evento, os participantes devero ir at a Concessionria Chamonix da Citron (avenida Baro Homem de Melo, 3319 Bairro Estoril tel: (31) 3319-7700) para retirar os seus Kits, composto de camiseta e bon. Os participantes se encontraro e sairo para a disputa da prova da Concessionria Chamonix.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2007

    Lula, Acio e Pimentel inauguram primeira etapa da duplicao da av. Antonio Carlos, em Belo Horizonte.











                                                 Acio Neves e Lula inauguram obra viria em Belo Horizonte

     









    Omar Freire/Imprensa MG

    O governador Acio Neves participou, nesta quinta-feira (21), em Belo Horizonte, da inaugurao da primeira etapa de duplicao da avenida Antnio Carlos, em uma parceria do Governo do Estado, prefeitura municipal e Unio. Acompanhado do presidente da Repblica, Luiz Incio Lula da Silva, e do prefeito da capital, Fernando Pimentel, ele inaugurou as obras da trincheira no cruzamento da Antnio Carlos com as avenidas Bernardo Vasconcelos e Amrico Vespcio, na regio Norte de Belo Horizonte.
    Em seu pronunciamento, Acio Neves destacou que Minas o Estado brasileiro que mais tem investido em obras e programas sociais e de infra-estrutura. Segundo ele, os resultados que os mineiros colhem so fruto do modelo de gesto implementado pelo Governo do Estado nos ltimos quatro anos.
    "Juntos, de forma absolutamente solidria, superamos, nesses ltimos quatro anos, a mais grave crise fiscal que se abateu sobre esse Estado em toda a sua histria. De forma convergente, com propostas claras, com eficincia, com novos e inovadores mtodos de gesto, Minas supera aquelas dificuldades e passa a ser hoje, proporcionalmente, o Estado que mais investe dentre todos os estados brasileiros", disse Acio Neves.
    Parcerias
    O governador ressaltou a parceria entre o Governo do Estado, a Prefeitura de Belo Horizonte e o governo federal para a realizao da obra da avenida Antnio Carlos. Ele garantiu que no faltar apoio do Estado para a concluso da obra que vai permitir a criao de uma via de trnsito rpido ligando o centro regio Norte da capital. O Governo de Minas investiu R$ 16 milhes, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig), aplicados na desapropriao de imveis e na indenizao dos proprietrios.
    "Vamos concluir a Antnio Carlos na sua duplicao, levando-a at o Complexo da Lagoinha para que j no final do ano que vem, quem sabe, possamos ter grande parte dessas obras concludas. No momento em que foi necessria a participao do Governo do Estado, estivemos juntos sem a preocupao de quem seria a paternidade dessa obra", afirmou o governador. E completou: "a poltica a arte da convergncia.
    Quanto mais pudermos somar esforos na construo de um futuro comum para todos, certamente ele chegar mais rpido. Minas vive um tempo diferente. A convergncia no se restringe aos atores polticos. Se estende ao setor privado, sociedade organizada em todos os seus segmentos, nossas associaes comunitrias, porque em Minas hoje existe confiana no nosso futuro."
    Na primeira fase da obra, foram realizadas 631 indenizaes, com investimento de R$ 30,33 milhes, sendo que mais de 50% foi do Governo do Estado e o restante, cerca de R$ 14 milhes, recursos da PBH.O Governo do Estado tambm investiu R$ 1,5 milho, por meio da Cemig, para obras de modernizao das redes de distribuio de energia e de iluminao pblica.
    Desenvolvimento
    Durante a solenidade (foto), o governador destacou a importncia de obras que esto sendo realizadas pelo Governo do Estado para garantir o desenvolvimento da capital mineira. Acio Neves citou a obra da Linha Verde, que atualmente conta com investimento de R$ 375 milhes, e o Expominas, espao de feiras e exposies criado para consolidar a vocao de Belo Horizonte para o turismo de negcios.
    "A Linha Verde j uma realidade e uma slida parceria com a prefeitura municipal da nossa capital para que o acesso ao aeroporto internacional e o Vetor Norte da nossa capital possa se desenvolver. Temos hoje o mais moderno centro de convenes do pas, que coloca Minas como opo privilegiada para que o turismo de negcios, uma vocao tradicional da nossa cidade, possa avanar e consolidar-se tambm como instrumento de desenvolvimento econmico e social para todos os mineiros", disse.
    O governador tambm citou outros programas desenvolvidos no Estado em parceria com a iniciativa privada, como o Minas Comunica, que vai levar sinal de telefonia celular para todos os municpios mineiros. Ele tambm ressaltou a Parceria Pblico-Privada (PPP) para a recuperao e operao da MG-050. A PPP da MG-050, primeira do setor rodovirio no pas, criar um importante corredor de escoamento da produo mineira com mais segurana e conforto.
    "Estamos com programas absolutamente audaciosos na busca de parcerias privadas, levando sinal de telefonia celular aos 853 municpios at meados do ano que vem. H poucos dias lanamos - e j est em obra a primeira Parceria Pblico-Privada em rodovias brasileiras, ligando Minas, atravs do seu Sudoeste, regio de Ribeiro Preto, em So Paulo, numa extenso de mais de 400 quilmetros", afirmou.
    Ousadia
    Em seu pronunciamento, Acio Neves tambm lembrou que o projeto de duplicao da avenida Antnio Carlos iniciou, h mais de 50 anos, por iniciativa do ento prefeito Juscelino Kubitschek. Segundo ele, o exemplo de ousadia desse importante poltico mineiro deve ser honrada com a concluso da duplicao da avenida.
    "H mais de 50 anos, um visionrio, para muitos, resolveu duplicar a pista que ligava a to deserta regio da Pampulha ao centro da cidade. Fez duas pistas de ida, duas pistas de vinda. Muitos o consideraram louco. Muitos consideram que estava estabelecendo prioridades que no eram as prioridades reais daqueles que viviam na capital do Estado. Hoje, estamos percebendo a importncia e a grandiosidade da obra que fez. Cabe a ns, nas nossas limitaes, em mais uma grande convergncia, numa soma de esforos e de recursos, honrarmos tambm a sua histria e sua ousadia, concluindo essa obra fundamental integrao de toda regio Norte com o centro da nossa capital", afirmou.
    Obras
    A avenida Antonio Carlos ser duplicada no trecho de 3,9 quilmetros que vai do bairro So Francisco (Anel Rodovirio) at o Complexo da Lagoinha, na regio central. Toda a obra est orada em R$ 150 milhes e est gerando 300 empregos.
    Na avenida circulam cerca de 85 mil veculos por dia. A duplicao vai beneficiar os usurios de transporte coletivo com a diminuio no tempo das viagens para as regies Norte, Pampulha e Venda Nova.
    A segunda etapa das obras vai da rua Apor at a rua Madalena, no bairro Aparecida, em um trecho de 700 metros, que ser duplicado com intervenes nos mesmos moldes do que j foi feito no primeiro trecho.
    Moderna iluminao
    Toda a rede de distribuio na rea de duplicao foi modernizada pela Cemig. A empresa investiu R$ 1,5 milho em intervenes com tecnologia de ponta, criando uma rede exclusiva subterrnea para iluminao pblica. Na nova estrutura, os postes de iluminao pblica, em ao com 16 metros de altura, foram instalados nos canteiros centrais da avenida, e a rede de distribuio, agora exclusiva para os consumidores, nas laterais das pistas, proporcionando mais conforto e segurana para a populao.
    O projeto da Cemig foi elaborado com o objetivo de obter ganhos de eficientizao energtica. A rede subterrnea, alm de proporcionar um ambiente mais leve, reduzindo estruturas e acessrios da rede area, oferece mais segurana populao, e vai reduzir interrupes no fornecimento de energia.
    A Cemig tambm responsvel pela iluminao nas alas de interseo da avenida com o Viaduto So Francisco e com a trincheira da Avenida Bernardo Vasconcelos, assim como a iluminao no interior da trincheira. Na rea de abrangncia da obra, a Cemig fornece energia a mais de 10 mil consumidores comerciais e residenciais, entre eles o Hospital Belo Horizonte.
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2007

    A maior produtora de Minas Gerais - A VIRTUAL CINEMA E VDEO - faz 10 anos e comemora em grande estilo, numa bela e animada festa. frente, seu diretor presidente, o boa praa e competente Marccilo Soares. A Festa, que varou a madrugada, foi no mesmo prdio aonde a produtora ocupa um andar inteiro. Foi no ltimo andar, no elegante panormico buffet Raja Hall, do nosso amigo Toninho.

                                Fomos Festa da Virtual, do Marclio Soares.  L estavam profissionais da rea publicitria, polticos, secretrios de Estado, assessores do governador Acio Neves,  homens de Televiso de Minas e de outros Estados, jornalistas e familiares do casal Marclio Soares/Elisa Mello. Uma festa de deixar saudades. Caldos, salgadinhos no jeito, cerveja e um bom e indispensvel usque. Destaque tambm para a Banda Unio Latina, (formada por brasileiros, cubanos e colombianos),  que balanou o pblico. Registramos as presenas de algumas personalidades do mundo publicitrio e empresarial que encontramos na Festa dos 10 anos da Virtual.
                               Entre as mais de 400 pessoas anotamos: Paulo lvares e Murilo Antunes da BIG Grandes Idias, agncia que atende s prefeituras de BH e Juiz de Fora e Ipatinga; Srgio Mota e Luiz Carlos Brito,da agncia Vitria, que entre outras prefeituras atende a conta de Nova Lima; o casal Luiz Bones e Maria Betnia ( ela da TV Assemblia),  Claudio Bianchini, representantes e funcionrios da Agncia 18 do nosso amigo Helvcio, que acaba de ganhar, em licitao, da conta da Cemig, as  jornalistas Bianca Lage e Raquel Faria do jornal O Tempo...
                                Destacamos ainda na Festa dos 10 anos da Virtual as presenas: do deputado Alberto Pinto Coelho, presidente da Assemblia Legislativa de Minas; deputado Luiz Humberto Carneiro; o  assessor especial do governador Acio Neves, Luiz Sapori; o secretrio de Estado da Reforma Agrria, Manoel Costa; o presidente da ABAP, Roberto Hilton; Almir Salles da Casablanca; Roberto Pinheiro da Rede TV; Fbio Valena; Evandro Xavier, presidente da Fundao Zoobotnica...

                               Quem mais? Olha, confesso: no deu para anotar as dezenas e dezenas de nomes.
              
                               Mas publico aqui a matria, feita pela reprter Blima Bracher, da excelende revista ENCONTRO, do jornalista Paulo Csar de Oliveira, destacando o PRMIO INTERNACIONAL que a VIRTUAL recebeu recentemente.









    | BLIMA BRACHER |
    Virtual, a maior produtora de vdeo de MG, j reconhecida at internacionalmente pela qualidade do trabalho


    E O VENCEDOR ...








     
     







    Talvez, duas dcadas atrs, Marclio Soares no imaginasse que estaria frente da maior produtora de vdeos de Minas Gerais. O empresrio comeou sua trajetria como auxiliar de cinegrafista em 83. Foi rdio-escuta de telejornalismo, cinegrafista, produtor, coordenador de programao , at chegar a diretor de tv. A qualidade dos documentrios chamou a ateno de empresas como Aominas, Copasa e Fiat. Era hora de dar o "pulo do gato". Pediu demisso e montou a Bem-te-Vdeo. O amigo Paulinho Pedra Azul logo fez trocadilho com o nome da produtora. "Vou montar a Sabiudio para te fazer concorrncia", lembra Marclio.

    O negcio cresceu e, em 97, nascia a Virtual











    PRMIO DE EXCELNCIA
    Marclio Soares entre o
    presidente da Sony Brasil,
    Yasushi kamo, e o diretor
    de broadcast da empresa,
    Armando Yshimaru


    SUCESSO Equipe qualificada e investimento em tecnologia

     

    Cinema e Vdeo. Instalada no terceiro andar de um moderno prdio na avenida Raja Gabaglia em Belo Horizonte, a produtora j a maior do estado. Com a mesma simplicidade dos tempos iniciais, Marclio chega empresa, de sala em sala cumprimenta os funcionrios. "Alm dos equipamentos, invisto tambm no pessoal. Tenho uma equipe jovem, dinmica e com pessoas formadas at no exterior", conta, referindo-se dupla de diretores de cena e arte, Ana Paula Barcellos e Hermano Taranto, formados em Londres pela City University e com participao no Festival de Filmes Independentes Raindance; alm do diretor de finalizao Mauro Neves, formado pela escola de Efeitos Visuais, Gnomon School, em Los Angeles.

    Fora a equipe, que inclui 25 pessoas, a Virtual prima pela qualidade dos equipamentos. Foi a primeira produtora brasileira e a nica em Minas a adquirir uma cmera digital XDCAM HD F 350, de altssima resoluo. Todos estes fatores levaram a empresa a ser a nica produtora brasileira que recebeu da empresa Sony, em abril deste ano, o prmio de excelncia em Las Vegas. "Estou sempre de olho no que h de mais avanado no mercado tecnolgico", explica Marclio, mostrando ainda as quatro ilhas de edio no-linear, outras duas cmeras Betacam, e o estdio de 110 m2. Em dez anos, foram quase cinco mil comerciais. A inteno agora investir em cinema por meio de leis de incentivo, alm de apostar em programas de TV que tenham patrocnio. A produtora lder tambm no mercado de produo de vdeos de marketing poltico. "O comentrio sobre o material produzido para o atual programa de governo que nunca se fez algo to bom no mercado", afirma Fbio Valena, especialista na rea de marketingpoltico.

    E o melhor de tudo, diz Elisa Mello, esposa e scia de Marclio que: "Mesmo sob o pior clima de presso para entrega do material, ele est sempre sorrindo." Elogio a que ele prontamente responde: "Nada disso seria possvel sem o luxuoso auxlio da Elisa." Este o lema da Virtual: qualidade, tecnologia e unio de equipe. Prova de que criatividade e bom humor caminham juntos.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2007

    O namoro poltico entre o governador Acio Neves e o prefeito de BH, Fernando Pimentel foi destacada hoje e, BH, pelo presidente Lula, que brincou: " esse namoro siginica que o governo federal vai receber mais uma reivindicao" - fecha aspas.

                                O presidente Lula veio inaugurar a primeira fase de duplicao da av. Antnio Carlos, que liga a regio da Pampulha e Confins ao centro de Belo Horizonte. Sempre bem humorado, o presidente no perdeu a oportunidade de bricar com A cio e Pimentel, que na prtica, vem convivendo politicamente perfeitasmente afinados, embora tenham pela frente uma guerra, em 2008, pela Pprefeitura da capital, aonde o PT manda h 15anos - comeou com Patrus Ananias, passou por Clio de Castro e chega a Fernando Pimentel que est em seu segundo mandato. 
                               No ano que vem, ante-sala das eleies para governador e presidente da Repblica, cada um vai9 procuar seu rumo. Que rumo? o rumo do poder, que balana entre o que o poltico quer, o que o partido determina e o que o eleitor decide nas urnas. Acio ficar no PSDB? Vai para o PMDB? Sai para presidente da Repblica pelo PSDB? Sai para o senado para o qual seria eleito com votao recorde em Minas? 
                               No sei. A vantagem que ningum ainda sabe, s tem uma idia, do que se almeja. Os fatos, no imenso taloleiro de xadrez, esto colocados e se colocando. Cada jogador est fazendo sue lancas. Cabe a ns, jornalistas polticos, de ficar de olho no que os personagens dizem e mais, no que fazem.
                                Em tempo: o governador Acio Neves esteve opresente na inaugurao das obras da av. Antonio Carlos. Depois pegou o bon foi para Braslia, aonde se encontra com o min istro da Fazenda Guido Mantega.
                                E o presidente Lula, volta a BH, dentro de dez dias para lanar aqui o PAC - Programa de Acelerao do Crescimento. Tinha que ser Minas!
                                


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2007

    Votaes na Assemblia de Minas.

     O Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou seis projetos - trs de 1 turno e trs de 2 turno - durante a Reunio Extraordinria da manh desta quinta-feira (21/6/07). Entre as proposies votadas em 2 turno est o Projeto de Lei (PL) 132/07, do deputado Adalclever Lopes (PMDB), que estabelece a cobrana de preo pblico pela utilizao de bens de domnio ou propriedade do Estado. O projeto estabelece, tambm, que os instrumentos pblicos de outorga de uso privativo de bem patrimonial do Estado so a concesso, a permisso e a autorizao de uso e determina que o uso privativo de bem patrimonial ser remunerado e depender de licitao quando destinado a finalidade econmica.

    A permisso e autorizao de uso sero formalizados por prazo indeterminado e podero ser revogadas pela autoridade administrativa competente, independentemente de indenizao ao usurio. O projeto tambm faculta a qualquer um dos Poderes a definio de critrios sobre o uso.

    Ciclovias - O PL 172/07, do deputado Gustavo Valadares (DEM), que institui a Poltica de Mobilidade Urbana Cicloviria e de Incentivo ao Uso da Bicicleta no Estado, foi aprovado em 1 turno, na forma do substitutivo n 2. O substitutivo, apresentado pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria, determina as aes que o governo do Estado deve adotar para garantir a concretizao da poltica de incentivo ao uso da bicicleta. Entre essas aes, esto o estmulo implementao de programas municipais de mobilidade por bicicleta, a divulgao dos benefcios do ciclismo e a realizao de cursos e seminrios internacionais sobre essa prtica. O PL 172/07, do deputado Gustavo Valadares (DEM), que institui a Poltica de Mobilidade Urbana Cicloviria e de Incentivo ao Uso da Bicicleta no Estado, foi aprovado em 1 turno, na forma do substitutivo n 2. O substitutivo, apresentado pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria, determina as aes que o governo do Estado deve adotar para garantir a concretizao da poltica de incentivo ao uso da bicicleta. Entre essas aes, esto o estmulo implementao de programas municipais de mobilidade por bicicleta, a divulgao dos benefcios do ciclismo e a realizao de cursos e seminrios internacionais sobre essa prtica.

    Testes vocacionais podem ser obrigatrios em todas as escolas

    Tambm foi aprovado, em 1 turno, o PL 76/07, do deputado Gilberto Abramo (PMDB), que torna obrigatria a aplicao de testes vocacionais em todas as escolas pblicas e privadas do Estado. O objetivo dos testes seria a orientao dos alunos no ensino mdio na escolha de uma profisso. O projeto foi aprovado na forma do substitutivo n 2, da Comisso de Educao, Cincia, Tecnologia e Informtica.

    O texto aprovado determina que as escolas pblicas e privadas integrantes do Sistema Estadual de Educao prestaro orientao profissional aos alunos dos cursos regulares e de educao de jovens e adultos do nvel mdio de ensino. A orientao dever seguir diretrizes, como ter atendimento prestado por pedagogo, carter extracurricular e associao de tcnicas. A proposio estabelece tambm que ser exigida a incluso de planos e programas de orientao profissional no projeto pedaggico da escola, para efeito de autorizao de funcionamento, de reconhecimento e avaliao peridica de cursos de ensino mdio. O novo texto ainda prev a revogao da Lei 13.180, de 1999, que tratava do mesmo tema.

    Projeto altera estrutura administrativa da ALMG

    O Plenrio aprovou ainda, em 2 turno e em redao final, o Projeto de Resoluo (PRE) 1.288/07, da Mesa da Assemblia, que altera a estrutura administrativa da Secretaria da Assemblia Legislativa. De acordo com a justificativa que acompanha a proposta, as mudanas visam a promover adequaes na estrutura organizacional da Casa, a fim de alcanar maior eficincia na gesto administrativa. Para isso, a proposio estabelece o desmembramento da Diretoria de Administrao e Recursos Humanos, a extino da Diretoria-Geral Adjunta e a criao da Diretoria de Rdio e Televiso, alterando portanto, a estrutura da Diretoria de Comunicao Institucional.

    O projeto tambm prev a criao do Comit de Assessoramento Estratgico, rgo de natureza consultiva, vinculado Diretoria-Geral, com o objetivo de dar o suporte necessrio implementao das diretrizes estabelecidas pela Mesa. A proposio traz ainda um limite para a composio dos gabinetes institucionais da Mesa, das Lideranas, da Ouvidoria Parlamentar e das presidncias de comisso. Tambm est previsto no projeto de resoluo o pagamento de dbito oriundo da converso de vencimentos e proventos e da complementao de penso em URV (por ocasio da implantao do Plano Real em 1994), correspondente ao percentual de 11,98% sobre os valores percebidos mensalmente pelo interessado no perodo compreendido entre 1 de abril de 1994 e 30 de junho de 1997.

    Emendas - O PRE 1.288/07 recebeu trs emendas de 2 turno que foram aprovadas. A emenda n 1 inclui no projeto um anexo definindo as atribuies das seis diretorias e da Procuradoria-Geral da Assemblia. A emenda n 2 reporta o texto da proposio a dispositivos da Resoluo 5.216, de 2004, que trata do pagamento das diferenas decorrentes da converso da moeda em URV. A emenda n 3 estabelece o dia 31 de julho de 2008 como prazo final para que sejam celebrados os acordos extrajudiciais e as transaes judiciais referentes ao recebimento da diferena da URV. O PRE 1.288/07 recebeu trs emendas de 2 turno que foram aprovadas. A emenda n 1 inclui no projeto um anexo definindo as atribuies das seis diretorias e da Procuradoria-Geral da Assemblia. A emenda n 2 reporta o texto da proposio a dispositivos da Resoluo 5.216, de 2004, que trata do pagamento das diferenas decorrentes da converso da moeda em URV. A emenda n 3 estabelece o dia 31 de julho de 2008 como prazo final para que sejam celebrados os acordos extrajudiciais e as transaes judiciais referentes ao recebimento da diferena da URV.

    Doao de imveis - Foram aprovados ainda, em 1 e 2 turnos, respectivamente, os PLs 915/07 e 1.137/07. O primeiro projeto, do deputado Jayro Lessa (DEM), autoriza a doao de imvel ao municpio de Sete Lagoas. O PL 1.137/07, do deputado Z Maia (PSDB), trata de doao de imveis para o municpio de Centralina.Foram aprovados ainda, em 1 e 2 turnos, respectivamente, os PLs 915/07 e 1.137/07. O primeiro projeto, do deputado Jayro Lessa (DEM), autoriza a doao de imvel ao municpio de Sete Lagoas. O PL 1.137/07, do deputado Z Maia (PSDB), trata de doao de imveis para o municpio de Centralina.

    Durante a reunio tambm foram aprovados pareceres de redao final sobre os seguintes projetos: PLs 29/07, 305/07, 320/07, 380/07, 456/07 e 1.025/07. Os projetos foram remetidos sano do governador.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2007

    Rdio Digital. De olho na aes do ministro das Comunicaes, Hlio Costa, que veio hoje a BH, junto com o presidente Lula, para inaugurar a primeira fase de duplicao da av. Antonio Carlos.

     

    Hlio Costa quer amplo debate
    para definir padro de rdio digital






    Ministrio vai buscar apoios e financiamentos
    para que todos tenham acesso digitalizao

     O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participou, da segunda reunio do Conselho de Rdio Digital. O evento contou com a participao de representantes do governo, da radiodifuso, de movimentos sociais, da indstria e do meio acadmico. O objetivo do ministro ouvir os pontos de vista e sugestes tcnicas de cada setor para impulsionar a implantao do sistema no pas.
     
    Hlio Costa ressaltou o esforo do Ministrio das Comunicaes em definir, de forma democrtica, o padro de rdio digital a ser adotado at o fim do ano. Segundo ele, somente com esse empenho a indstria poder se movimentar e levar o servio populao. "Se no andarmos depressa, estaremos decretando o fim do rdio, prejudicaremos a indstria e, principalmente, o ouvinte, o consumidor", afirmou o ministro.
     
    As principais questes apontadas na reunio dizem respeito escolha entre o padro americano (Iboc) e o europeu.  O ministro das Comunicaes lembrou que os detentores do padro americano comprometeram-se a no cobrar royalties dos radiodifusores brasileiros. A inteno do ministro chegar a um modelo que atenda s necessidades do pas, contemplando ondas mdias e curtas.
     
    "No queremos fazer rdio digital para pouca gente. O projeto fundamental para o crescimento e a integrao do Brasil. Vamos buscar apoios e financiamentos, da mesma maneira que fizemos com a TV digital. No o consumidor quem vai pagar a conta", destacou Hlio Costa.
     
    O ministro afirmou que nenhum padro foi escolhido. A Anatel (Agncia Nacional de Telecomunicaes) vem desenvolvendo pesquisas em rdio digital h dois anos, sempre com participao pblica. "A preocupao do governo com o cidado, em como fazer a inovao chegar at ele o mais rpido possvel", enfatizou.
     
    Hlio Costa lembrou que o espao das rdios comunitrias est assegurado no processo de digitalizao, e que ele defende um financiamento especial para essas emissoras.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2007

    Copasa vai investir 300 milhes de reais no sul de Minas. Confira!











                           Minas construir moderno sistema de controle de enchentes

     









    Omar Freire/Imprensa MG


    O governador Acio Neves autorizou, nesta quarta-feira (20), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) a investir R$ 300 milhes na construo de moderno sistema de conteno de enchentes no Sul do Estado. O objetivo acabar com os desastres que afetam h cerca de 100 anos as populaes de Itajub, Santa Rita do Sapuca e Pouso Alegre durante os perodos de grandes chuvas. Segundo o governador, a dimenso da obra e o carter preventivo justicaram a prioridade dada dentro do cronograma de aes do Governo de Minas e da Copasa.
    Resolvi priorizar a execuo dessa obra pela sua enorme dimenso. E estamos falando de uma das regies mais produtivas de Minas e que merece, por parte do Estado, toda e absoluta ateno no apenas nos discursos, mas nas nossas aes. No so poucos os recursos, so R$ 300 milhes. Isso demandou uma ao estratgica, interna, dentro da empresa, para que no houvesse prejuzo de outros programas, de outros projetos que esto em execuo, afirmou Acio Neves, em seu pronunciamento.
    Com o investimento, a Copasa construir trs barramentos grandes reservatrios com capacidade de armazenar mais de 340 bilhes de litros de gua - nos rios Sapuca, Loureno Velho e Vargem Grande. Ao contrrio das barragens, nos barramentos, os reservatrios ficaro vazios a maior parte do tempo e, durante os perodos de chuvas intensas, a gua ficar acumulada nesses piscines por no mximo 15 dias. Isso acaba com os riscos de danos vegetao permanente das encostas e permite o uso das reas para outras atividades.
    A previso da Copasa para concluso das obras o fim de 2010. Com a autorizao do governador Acio Neves (foto), a empresa dar incio ao processo de licenciamento ambiental para a construo dos barramentos.
    Estabeleci com as lideranas locais e com a Copasa - agora temos condies de fazer um investimento desse vulto - a priorizao desses trs barramentos que no atingem, no trazem efeito ambientais to grandes como as barragens porque grande parte do tempo a barragem est ali, mas o fluxo normal, ela fica aberta, no h necessidade de alagamento das reas do entorno que s ocorre quando das cheias, destacou o governador, em entrevista.
    Tecnologia de segurana
    O projeto tambm prev a adoo de modernas tecnologias de segurana. Sistemas eletrnicos e automticos de controle iro verificar, em tempo real, o nvel das chuvas nas cabeceiras dos rios e ainda os nveis das guas do Rio Sapuca em Itajub e Santa Rita do Sapuca. As comportas dos barramentos sero automaticamente fechadas sempre que necessrio, evitando as enchentes.
    No apenas a estrutura de concreto que l vai estar. Estamos falando de novas tecnologias, de tecnologias que permitiro a detectao automtica do volume das chuvas e, a partir da, se aciona, eventualmente, a abertura das comportas. Portanto, um instrumento dos mais avanados existentes no mercado, inclusive, internacional estaro disposio da populao daquela regio, disse Acio Neves.
    Obras
    Uma dos barramentos ser instalada no Rio Sapuca, entre os municpios de Itajub e Wenceslau Brs, com 260 metros de comprimento e 34 metros de altura. O segundo, construdo entre os municpios de Itajub e Maria da F, ter 400 metros de comprimento e 21 metros de altura, acumulando guas do Rio Loureno Velho.
    O terceira e tambm o maior barramento ser instalada em Santa Rita do Sapuca, com 480 metros de comprimento e altura de 28 metros. Sua construo impedir as enchentes do Rio Vargem Grande e o transbordamento do Sapuca, que recebe suas guas.
    Os recursos, e esta uma questo fundamental, esto assegurados. O cronograma para a sua liberao, que obviamente coincide com o cronograma estabelecido para as obras, e o nosso objetivo que realmente, at o ano de 2010, ns tenhamos os trs barramentos concludos, afirmou.
    Lder nacional
    A Copasa investiu no ano passado R$ 842 milhes em melhoria e implantao de sistemas de abastecimento de gua e esgotamento sanitrio em Minas. O nmero de municpios atendidos com prestao de servios de gua passou de 570 em 2005, para 584 em 2006.
    Entre 2003 e 2007, a Copasa investiu mais de R$ 2 bilhes e aumento de 10 milhes para 12 milhes o nmero de consumidores atendidos. At 2010, esto previstos investimentos de mais R$ 3 bilhes. Jamais se investiu tanto nesse estado em gua tratada, em esgotamento sanitrio, quanto se investe neste ltimo perodo de governo e isso nos d condies agora de planejarmos o futuro de Minas, afirmou Acio Neves.
    A empresa a primeira empresa de saneamento do pas em rentabilidade, tendo registrado em 2006 lucro lquido de R$ 356 milhes, 23,5% maior que o lucro apurado no ano anterior (R$ 289 milhes). At 2003, a Copasa registrava prejuzos continuados por 11 anos. Desde ento, a empresa vem apresentando lucro e os resultados positivos tm sido crescentes. Isso permitiu que a empresa abrisse o seu capital, em 2006, com as aes negociadas na Bovespa.
    Tambm participaram da solenidade, os prefeitos de Itajub, Benedito Pereira dos Santos; de Santa Rita do Sapuca, Ronaldo de Azevedo Carvalho; e de Pouso Alegre, Luciano Reis da Silva, e o diretor-presidente da Copasa, Mrcio Nunes.
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2007

    O COLRIO, desta quinta-feira, vem mais uma vez, da coluna do nosso amigo, o competente Csar Romero, da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                        
                                                             O 'look' da aniversariante
                                                                 Las de Freitas Vieira


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2007

    De olho nas aes do governo de Minas.






                      Governo de Minas inaugura Centro Socioeducativo em Uberlndia












    Osvaldo Afonso/Imprensa MG
     




    Centro Socioeducativo de Uberlndia tem capacidade para 40 adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de internao e 40 em internao provisria. Unidade recebeu recursos de R$ 9,5 mi do Tesouro Estadual.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2007

    Credinova, de Nova Serrana, faz 10 anos e recebe homenagem do Parlamento Mineiro. O requerimento foi do deputado Paulo Csar, ex-prefeito de Nova Serrana, quando a Credinova foi criada.

     Os 10 anos de fundao da Cooperativa de Economia e Crdito Mtuo dos Fabricantes de Calados de Nova Serrana (Credinova) foram comemorados durante Reunio Especial no Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, na noite desta segunda-feira (18/6/07). De acordo com o deputado Paulo Csar (PDT), autor do requerimento que solicitou a reunio, a cooperativa foi criada atravs da iniciativa de um grupo de 28 empresrios do setor de fabricao de calados de Nova Serrana, no dia 17 de junho de 1997. Atualmente, a Credinova conta com 2,34 mil associados.

    De acordo com Paulo Csar, um dos scios fundadores da Credinova, a cooperativa foi criada com o objetivo de proporcionar maiores recursos e possibilidades de investimentos para a indstria caladista, numa poca em as elevadas taxas de juros inviabilizavam o crescimento do setor. "Naquele tempo, eu sentia que somente uma instituio financeira voltada para o desenvolvimento da indstria caladista e administrada por empresrios do ramo poderia dar o suporte necessrio para a expanso de nossos negcios", comentou o deputado. Hoje a Credinova a quarta maior cooperativa de crdito do Estado; Nova Serrana o segundo maior plo fabricantes de calados do Brasil e o primeiro em calados esportivos, com uma produo de 500 mil pares por dia.

    O diretor presidente da cooperativa, Romeu Coelho, lembrou que o cooperativismo um sistema que oferece facilidade de acesso ao crdito e aos servios bancrios, com menores taxas de juros e condies de negcios desburocratizadas. Ele destacou que os lucros contabilizados no final de cada exerccio financeiro retornam aos associados, atravs da distribuio desses recursos de acordo com as suas cotas-partes, ou atravs da reintegrao ao capital da instituio. "Criada num momento em que vrios empresrios do setor caladista de Nova Serrana tinham seus negcios ameaados, hoje, a Credinova figura entre as 20 maiores cooperativas do ramo de crdito de Minas Gerais, tanto por faturamento quanto por patrimnio lquido", observou Romeu Coelho.

    J o deputado Doutor Viana (DEM), que presidiu a reunio, disse que a Credinova, alm de oferecer servios de natureza bancria para os associados, proporciona melhores financiamentos na aquisio de mquinas para a fabricao de calados. A cooperativa investe tambm nos setores educacional e cultural, promovendo cursos, palestras, espetculos teatrais e musicais. Para Doutor Viana, o cooperativismo uma das formas mais eficazes de distribuio de renda. "O associado possui maior chance de se realizar como cidado, pois vivencia a prtica cotidiana da democracia e da solidariedade, com seu comprometimento e sua participao", finalizou o deputado.

    Tambm participaram da mesa o diretor Administrativo da Credinova, Pedro Gomes da Silva; o representante da Diretoria Financeira, Taitson Bessas; o juiz de Direito de Nova Serrana, Rogrio Braga; o representante da Associao dos Contabilistas de Nova Serrana, Agenor Carlos Pereira; e o diretor financeiro da Cooperativa de Crdito Mtuo dos Funcionrios da Assemblia Legislativa (Cofal), Wagner Dias da Silva.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2007

    Na Msca! A liderana do governo na Assemblia de Minas, acertou na contratao do excelente e experiente jornalista poltico FLVIO PENNA, ex-Dirios Associados e DER. O Flvio uma grande figura: combativo e inteligente. Eu, como reprter poltico da Rede Globo , aqui em BH, cobr com Flvio Penna ( ele pelos jornais Estado de Minas e Dirio da Tarde) os mais importantes acontecimentos polticos de nosso Estado. De Francelino Pereira a Eduardo Azeredo. De Hlio Garcia a Tancredo Neves, passando por Newton Cardoso. Em todas coberturas das eleies para governdor de Minas e presidncia da Repblica,l estmos ns, eu o Flvio Penna, o saudoso Leonardo Fulgncio, o Jadir Barroso, o Fagundes Murta, o Lcio Braga... Aprend muito com eles!

                                E agora com ida dele para a assessoria do governo na Assemblia Legislativa - o lder hoje o competente e diplomtico deputado Maur Torres, PSDB, ex-presidente do Parlamento Mineiro - ns vamos poder conversar com o Flvio todos os dias. Como fizemos hoje no Salo de Ch, na entrada do plenrio. Tomamos um cafzinho, junto com nossa colega Suely Cotta, que cobre a Assemblia pela Rdio CBN. Falamos do nosso BLOG DE NOTCIAS, a sucesso do prefeito Fernando Pimentel...
                               Outra coisa: tive a oportunidade de , alm da cobertura poltica diria, de ser vice de Flvio Penna na presidncia do CEPPO - Centro de Cronistas Polticos e Parlamentar de Minas. Flvio fez um belo trabalho. Criou o Caf Parlamentar, que levamos l para o Mertit Hotel. Por l passaram: o ex-governador Itamar Franco e seu vice, Newton Cardoso; o ex-governador Eduardo Azeredo; o senador Antnio Carlos Magalhes... Bons momentos que reuniam toda mdia, gerando fatos polticos.
                                Desejo ao nosso amigo, o jornalista Flvio Penna, sucesso em seu novo desafio. Competncia ele tem de sobra. Um abrao!
                               


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2007

    "Relaxe e Goze", vale tambm para certos vos internacionais. o caso da TAM - vo entre Miami e So Paulo Belo Horizonte no final da semana. Quem nos contou agora a pouco foi o deputado estadual Luiz Tadeu Leite, do PMDB de Montes Claros, que foi aos Estados Unidos em misso oficial, representando o Parlamento Mineiro. Participou em Miami da XIII Conferncia Interamericana de Prefeitos e Autoridades Locais, no perodo de 11 a 14 de junho.

                                Foi assim: o deputado Luiz Tadeu foi para o Aeroporto de Miami, EUA, s 18 horas para pegar o vo da TAM, que sairia s 20:30. Embarcou. S que teve que ficar na Aeronave, junto com o demais passaeiros, durante cinco horas. Jantou l mesmo. A, quando deu 1 hora da madrugada , ele  e os outros passageiros foram levado para o hotel. Dormiram. Se levantaram s 7:30. A pegaram o vo das 8:30, mas que s saiu mesmo foi s 10:30 da manh. A aeronave tinha estragado e, finalmente, o deputado estava a caminho do Brasil - vo que durou cerca de 8 horas. S que em Guarulhos, teve seguir a dica dada pela ministra do Turismo: " relaxou... e s entrou no avio a caminho de Minas meia noite.
                                 Somando todas esperas, o deputado Luiz Tadeu Leite, gastou exatamente 36 horas - um dia e meio - para sair de Miami e chegar capital mineira. Ufa!
                                 EM TEMPO:
                                 Vale conferir o E-mail abaixo, uma brincadeira bem feita em cima da infeliz frase da ministra do Turismo Marta Suplicy. Recomendou que o passageiro diante do caos dos Aeroportos brasileiros " relaxe e goze"!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2007

    O COLRIO desta tera-feira, vem da coluna do bem relacionado colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                         
                                                                                Deise Braga


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2007

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Na inaugurao do Complexo Esportivo da PUC Minas, ontem, em BH.

     
    Da esquerda para a direita: o prefeito de BH, Fernando Pimentel; dom Serafim Fernandes de Arajo; o vice-governador de Minas, prof. Antnio Anastasia; Orlando Silva, ministro dos Esportes;
    dom Valmor de Azevedo, arcebispo metropolitano de BH; Eustquio Arajo, reitor da PUC Minas e o secretrio de Esportes e Juventude, deputado estadual Gustavo Corra, dos Democratas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2007

    EM foco o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado ( o PMDI). As aes estratgicas do PMDI sero discutidas no Ciclo de Debates marcado para dia 26 no plenrio presidente JK da Assemblia Mineira. Confira os detalhes do PMDI que vale de 2007 a 2023.

                              Prazo para emendas ao PMDI aberto na Assemblia

    Comeou ontem, na Assemblia Legislativa de Minas Gerais, o prazo para apresentao de emendas ao Projeto de Lei (PL) 1.026/07, que aprova a atualizao do PMDI para o perodo 2007/2023. O Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI) um conjunto de aes estratgicas de planejamento de mdio e longo prazo, elaborado pelo governo, e ser tema de um Ciclo de Debates promovido pela ALMG no prximo dia 26 de junho, a partir das 9 horas, no Plenrio.

    O prazo para apresentao de emendas parlamentares ao PMDI vai at o dia 9 de julho. O plano envolve o governo, a iniciativa privada e organizaes civis, com vistas promoo do desenvolvimento econmico, melhoria dos indicadores sociais e reduo das desigualdades regionais do Estado. proposto pelo Conselho de Desenvolvimento Econmico e Social e elaborado pelo Executivo. Suas metas e diretrizes orientam a discusso das aes de planejamento de mdio e curto prazo, contidas no Plano Plurianual de Ao Governamental (PPAG), na Lei de Diretrizes Oramentrias (LDO) e na Lei Oramentria Anual (LOA).

    Em vez de objetivos prioritrios, o projeto elaborado pelo governo define 11 reas de resultados, com objetivos, indicadores e projetos estruturadores para cada uma delas. As reas de resultados incluem educao de qualidade; vida saudvel; protagonismo juvenil; investimento e valor agregado da produo; inovao, tecnologia e qualidade; logstica de integrao e desenvolvimento; reduo da pobreza e incluso produtiva; rede de cidades e servios; qualidade ambiental; desenvolvimento do Norte de Minas, Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce; e defesa social.

    No caso do protagonismo juvenil, por exemplo, o plano traa os resultados esperados para a reduo da taxa de homicdios entre jovens de 15 a 24 anos, hoje na faixa de 47 casos para cada 100 mil habitantes. A meta chegar a 25 em 2011 e a sete casos em 2023. Por outro lado, o objetivo aumentar a taxa de concluso do ensino mdio nesse pblico, dos atuais 46,1% para 70% em 2011 e 100% em 2023.

    Tramitao - De acordo com o artigo 204 do Regimento Interno da Assemblia, o PL que contm o PMDI ser analisado pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria ampliada (com a participao de dois membros de cada uma das comisses permanentes s quais tenha sido distribudo o projeto, observado, tanto quanto possvel, o princpio da proporcionalidade das representaes partidrias ou do Bloco Parlamentar). O prazo para a emisso do parecer de 60 dias, sendo os primeiros 20 dias destinados apresentao de emendas. O projeto tramita em turno nico. - De acordo com o artigo 204 do Regimento Interno da Assemblia, o PL que contm o PMDI ser analisado pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria ampliada (com a participao de dois membros de cada uma das comisses permanentes s quais tenha sido distribudo o projeto, observado, tanto quanto possvel, o princpio da proporcionalidade das representaes partidrias ou do Bloco Parlamentar). O prazo para a emisso do parecer de 60 dias, sendo os primeiros 20 dias destinados apresentao de emendas. O projeto tramita em turno nico.

    Ciclo de debates ser aberto pelo presidente

    O presidente da Assemblia Legislativa, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), ser uma das autoridades que participar da abertura do Ciclo de Debates sobre o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado. Veja a programao completa:

    9 horas - Abertura

    Deputado Alberto Pinto Coelho (PP), presidente da Assemblia Legislativa do Estado de Minas Gerais; Renata Maria Paes de Vilhena, secretria de Estado de Planejamento e Gesto; deputado Z Maia (PSDB), presidente da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria da ALMG; e deputado Andr Quinto (PT), presidente da Comisso de Participao Popular da ALMG

    9h30 - Apresentao do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI)

    Tadeu Barreto Guimares, coordenador executivo do Programa Estado para Resultados

    10h10 - Reflexes sobre avaliao de polticas pblicas

    Eduardo Rios Neto, professor titular do Departamento de Demografia da UFMG e membro do Conselho de Desenvolvimento Econmico e Social de Minas Gerais

    Debate - Coordenador: deputado Z Maia, presidente da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria da ALMG Coordenador: deputado Z Maia, presidente da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria da ALMG

    14h - Apresentao do PMDI segundo cortes temticos selecionados

    Defesa social - Cludio Chaves Beato Filho, coordenador-geral do Centro de Estudos de Criminalidade e Segurana Pblica (Crisp/UFMG) e membro do Conselho de Desenvolvimento Econmico e Social de Minas GeraisCludio Chaves Beato Filho, coordenador-geral do Centro de Estudos de Criminalidade e Segurana Pblica (Crisp/UFMG) e membro do Conselho de Desenvolvimento Econmico e Social de Minas Gerais

    Vida saudvel - Marcelo Teixeira, secretrio adjunto da Secretaria de Estado de Sade - Marcelo Teixeira, secretrio adjunto da Secretaria de Estado de Sade

    Educao de qualidade - Joo Antnio Filocre Saraiva, secretrio adjunto da Secretaria de Estado de Educao - Joo Antnio Filocre Saraiva, secretrio adjunto da Secretaria de Estado de Educao

    Desenvolvimento do Norte de Minas, Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce - Iran Almeida Pordeus, coordenador executivo adjunto do Programa Estado para Resultados- Iran Almeida Pordeus, coordenador executivo adjunto do Programa Estado para Resultados

    Reduo da Pobreza e Incluso Produtiva - Emlia Paiva, gerente do Projeto Poupana Jovem - Emlia Paiva, gerente do Projeto Poupana Jovem

    Debate - Coordenador: deputado Andr Quinto, presidente da Comisso de Participao Popular da ALMG.Coordenador: deputado Andr Quinto, presidente da Comisso de Participao Popular da ALMG.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2007

    A Credinova est sendo homenageada, agora, no plenrio da Assemblia Legislativa de Minas.

                               A Credinova foi fundada h 10 anos, por 29 empresrios, com um capital de 29 mil reais.Hoje esse capital de 44 milhes de reais. A homenagem do deputado Paulo Csar, do PDT, ex-prefeito de Nova Serrana, que fica a 112 kms de Beag. Tem mais de 800 indstrias de calados, empregando mais de 18 mil trabalhadores. O municpio o maior produtor de calados esportivos do Pas. L, o crescimento demogrfico de 8% ao ano, atraindo trabalhadores de diversas regies de Minas e do Pas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2007

    DE OLHO nas aes do governo Acio Neves na rea de SEGURANA em Minas.









                                Governo vai aumentar efetivo da Polcia Civil em Uberaba

     









    Osvaldo Afonso/Imprensa MG

    A Polcia Civil de Uberaba, no Tringulo Mineiro, vai aumentar o seu efetivo at o incio de julho. A medida foi anunciada pelo secretrio de Defesa Social, Maurcio Campos de Oliveira Jnior, na reunio do Colegiado de Defesa Social realizada naquela cidade, nesta segunda-feira (18). A deciso de aumentar o efetivo da corporao vai incrementar o processo de integrao das polcias Civil e Militar na cidade, acelerando a implantao das reas Integradas de Segurana Pblica (AISPs).
    At o incio de julho ser anunciado o nmero de agentes e escrives que sero lotados em Uberaba. Outra deciso da reunio foi a construo de um estande de tiros para o treinamento dos policiais civis e militares. O local hoje  utilizado cedido pelo Exrcito.
    O secretrio Maurcio Campos (foto) informou que, entre 2003 e 2006, o Governo de Minas investiu de mais de R$ 700 milhes em segurana pblica. "Especificamente em Uberaba, foram cerca de R$10 milhes em investimentos diretos no plano de segurana da cidade. Uberaba recebeu a construo de um presdio com 396 vagas, no valor total de R$12,3 milhes. No mesmo perodo, tambm recebeu um grande contingente de novos policiais e de viaturas. Ou seja, fica bastante claro que houve e h investimentos significativos na Segurana Pblica de Uberaba."
    Maurcio Campos ressaltou que o Governo mineiro tem investido muito no Tringulo  "at porque uma regio de configurao bastante complexa. uma regio com enorme potencial para o desenvolvimento econmico. Mas tambm uma regio que, devido sua localizao, s vezes se torna vulnervel em termos de segurana pblica, especialmente no que diz respeito a crimes como roubo de cargas, assaltos a nibus e agncias bancrias. Em Uberaba, precisamos reforar tambm o efetivo da Polcia Civil, o que j estamos providenciando. Enfim, a Secretaria reconhece todos estes problemas e realiza os investimentos de acordo com as necessidades locais, mas tambm de acordo com suas possibilidades."
    Sobre o crescimento da criminalidade violenta na regio, o secretrio realou que o cenrio deve ser analisado de maneira mais ampla. Durante toda a dcada de 90 e at o ano de 2003, Minas Gerais viveu um cenrio de aumento das taxas de criminalidade violenta. J em 2003 e 2004, com a implementao do Plano de Segurana Pblica do Governo do Estado, os ndices pararam de subir e houve uma estabilizao. J em 2005, comeou a se desenhar uma tendncia de queda da criminalidade em todo o Estado. Essa tendncia se consolidou de maneira sustentvel em 2006 e, no ano passado, houve uma reduo de 10,36% dos crimes violentos em Minas. Na capital, essa queda foi ainda mais expressiva e atingiu 17,51%. Na Regio Metropolitana, a queda foi de 16,64%.
    "A despeito da tendncia geral de queda dos ndices de criminalidade em Minas, algumas cidades, especialmente no interior, ainda mostram um aumento dos indicadores, como o caso de Uberaba. Por isso, nosso maior desafio agora levar para estas cidades os mesmos resultados que colhemos na regio metropolitana. Para isso, estamos realizando uma poltica de interiorizao de investimentos que deve dar bons frutos em um curto perodo", salientou Maurcio Campos.
    Quanto ao combate aos homicdios o secretrio de Defesa Social informou que a Seds vai adotar medidas para induzir a reduo desses ndices de maneira muito rpida. "Uma das opes que temos o Programa de Controle de Homicdios Fica Vivo!,  um programa absolutamente vitorioso, com reconhecimento internacional e que j obteve resultados concretos de reduo das taxas de homicdios em toda a Regio Metropolitana de Belo Horizonte e em cidades como Montes Claros, Ipatinga, Governador Valadares e Uberlndia".
    A Secretaria realiza estudos em Uberaba para saber se o Fica Vivo! , de fato, a metodologia mais adequada para combater os crimes de homicdio na cidade, "at porque isso depende de uma srie de fatores. Mas, de qualquer forma, temos em Uberaba a necessidade de uma poltica imediata e Uberaba no ficar sem atendimento nesta rea," finalizou Maurcio Campos.

    Colegiado

    O Colegiado de Defesa Social uma entidade que rene as autoridades da segurana pblica em Minas. Em suas reunies, os membros do Colegiado formulam, aprovam e avaliam o cumprimento de planos, programas e metas integradas de defesa social. O objetivo das reunies acompanhar permanentemente o desenvolvimento dos programas em andamento, sugerindo mudanas, quando necessrias, e favorecendo a integrao dos rgos do sistema e otimizar o trabalho que vem sendo realizado no setor.

    A reunio do Colegiado de Defesa Social tradicionalmente realizada s segundas-feiras, no prdio da Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS), em Belo Horizonte. A transferncia para Uberaba integra o projeto de descentralizao da gesto da segurana pblica, metodologia que vai tornar possvel um acompanhamento mais atento e aproximado de todas as regies do Estado.

    So membros do Colegiado do Sistema de Defesa Social: o secretrio de Estado de Defesa Social, o subsecretrio de Administrao Prisional, os comandantes da Polcia Militar e do Corpo de Bombeiros, o chefe de Polcia Civil, alm do chefe da Defensoria Pblica.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2007

    EM primeira mo: Citron C-3 ser vedete na capital de Minas, dia 24. Confira detalhes, enviados pelo nosso amigo, jornalista Schubert Arajo, da MULTITEXTO. Depois de BH, a CORRIDA DE DESAFIOS Citron C-3, ser realizada em Florianpolis, So Paulo e Porto Alegre.

    Corrida de Desafios Citron C3 promete agitar BH neste prximo domingo.

    Evento que ter renda revertida para a ADD - Associao Desportiva para Deficientes - colocar em evidncia os principais pontos tursticos da capital e dar duas passagens para Paris.

    No prximo domingo, dia 24, a partir das 8 horas, a cidade de Belo Horizonte ser surpreendida por um evento indito: a primeira Corrida de Desafios Citron C3, que comea pela capital mineira e tambm ser realizada em Florianpolis no dia 26 de agosto, em So Paulo no dia 30 de setembro e em Porto Alegre no dia 4 de novembro.

    A prova um evento de responsabilidade social corporativa da Citron, que tem como principal beneficirio a ADD Associao Desportiva para Deficientes, sediada em So Paulo e com unidade nas principais capitais brasileiras, inclusive Belo Horizonte. Cada dupla pagar R$ 80,00 para participar do evento e toda a renda arrecadada ser integralmente doada ADD. Alm do valor financeiro doado entidade, o principal objetivo da prova despertar a opinio pblica e outros empresrios para a causa da deficincia, no s fsica, mas em todos os seus nveis (visual, motora, neurolgica etc), possibilitando a conscientizao da populao e a insero dessas pessoas no mercado de trabalho.

    Se voc bom em desafios e gosta de superar limites fsicos e psicolgicos, no pode perder esta aventura urbana, em que os participantes tero oportunidade de conhecer os principais pontos tursticos e culturais da sua cidade, alm de concorrer a duas passagens para Paris e a outros grandes prmios. Alm dos prmios, todos os participantes recebero medalha.

    Aberta ao pblico em geral e disputada atravs de duplas, a Corrida de Desafios Citron C3 consiste numa srie de provas ou "enigmas", como os coordenadores chamam os desafios, sempre de natureza cultural e turstica. A nica limitao que os participantes somente podero utilizar transporte pblico (nibus, metr, trem) ou a p para se deslocaram de um ponto a outro. A cada ponto, um novo enigma a ser decifrado. Quem decifrar todos os enigmas no menor tempo vencer a prova. O interessante que o participante, independente da sua condio fsica, poder vencer a prova, basta ser estratgico, atento e dinmico.

    Informaes, inscries e regulamento somente pelo site www.corridadedesafios.org.br. As inscries podem ser feitas somente at a prxima sexta-feira, dia 22 de junho. No dia 23, vspera do evento, os participantes devero ir at a Concessionria Chamonix da Citron (avenida Baro Homem de Melo, 3319 Bairro Estoril tel: (31) 3319-7700) para retirar os seus Kits, composto de camiseta e bon.


     




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2007

    Psiu! LEI DO SILNCIO da vereadora Elaine Matosinhos provoca polmica em Belo Horizonte. Comea mobilizao, liderada pelo executivo de hotelaria, Jos Aparecido Ribeiro, ex-presidente da ABIH-MG. Ele da Comisso de Plitica do chamado GRUPO BH NO PODE PARAR. E nos enviou E-mail sobre os primeiros passos do movimento, que pretende mobilizar os polticos, empresrios e mdia para que a Prefeitura de BH envie um projeto Cmara para votao. Segundo Z Aparecido do jeito que a Lei da vereadora Elaine Matosinhos est, a cidade vai parar em termos de eventos. Por causa do barrulho, limitado a 45 decibis, no poder ter jogo, s quartas-feiras no Mineiro, sem Ax, nem a vindfa a BH do Cirque de Soleil. Fica o registro. Com a palvra a vereadora.

     Acabei de receber o retorno da Secretria de Turismo, Sra. Erica Drumond, que ficou solidria com a nossa causa e ir nos receber na Secretaria, no prdio verde da Pa da Liberdade, na segunda, dia 18/07 s 9:30hs, no seu gabinete. Acho importante a participao de todos os lderes de comisses e representantes de entidades.

    Nos encontramos l na segunda. Bom final de semana e faam bastante barulho!!!


    Um abrao

    Jos Aparecido

    Comisso de Poltica

    GRUPO BH NO PODE PARAR

    31-9953-7945


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2007

    Est certo o ministro Hlio Costa: telespectador poder gravar o que quiser da programao de seu televisor, quando adquirir seu conversor para TV DIGITAL. Confira detalhes da deciso.

     

    TV Digital no ter bloqueador de gravao



    Hlio Costa contra a pirataria comercial,
    mas uso domstico deve ser permitido

     O Comit de Desenvolvimento da TV Digital vetou a instalao de um bloqueador nos aparelhos conversores do Sistema Brasileiro de Televiso Digital Terrestre (SBTVD) para impedir a reproduo de vdeos, como a gravao de novelas e filmes.

    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, que tambm integra o comit, j havia se manifestado contrrio colocao dos bloqueadores, durante o 24 Congresso de Radiodifusores, em maio. Segundo Hlio Costa, nos pases mais desenvolvidos, a proibio no deu certo.

    "A pirataria tem que ser combatida de qualquer forma. A a lei e justia tm que tomar conta, e ter cuidado para que isso no acontea. Se acontecer, tem que penalizar", afirmou o ministro, ao defender que o controle da pirataria seja feito com base na legislao de direitos autorais existente no Brasil, que permite a cpia, mas probe a comercializao.

    Entre as normas aprovadas pelo comit, est a incorporao de tecnologias desenvolvidas no Brasil, como o compressor de vdeo (H264), considerado o mais moderno do mundo; e a incorporao de um codificador de udio (AAC3), que dar ao som a qualidade de "home theater".

    Alm disso, os telespectadores podero escolher o idioma em que os programas sero exibidos ou legendados, e os deficientes auditivos tero acesso traduo dos programas para a Lngua Brasileira de Sinais (Libras) por meio de um cone eletrnico.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2007

    Hoje, 23 horas, no perca! Na TVALMG. Vamos ancorar debate sobre Sade.

    Hoje na TV Assemblia (canal 11, em BH, a cabo) e no Interior no UHF. Sugiro ver o Assemblia Debate, que ns ancoramos, sobre os problemas da Sade em Minas e no Pas.












    Assemblia Debate

    As alternativas para melhorar a qualidade do atendimento hospitalar da populao mineira foram a tnica da discusso no programa desta semana que contou com a participao dos deputados Rmolo Alose, do PSDB; Doutor Viana, do DEM e Doutor Rinaldo, do PSB. O Assemblia Debate vai ao ar hoje,
    segunda-feira, s 23 hs.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2007

    ALERTA, enviado ao nosso BLOG DE NOTCIAS, pela empresa de consultoria Financeira Boriola Consultoria, de So Paulo. Vale conferir o que diz, o especialista Cludio Boriola, presidente da Empresa.

             Bancos no podem reter acima de 30% da renda dos trabalhadores

                       Milhares de pessoas possuem contas em determinados bancos no por sua livre vontade, mas por normas da empresa ou repartio em que trabalham. Essas contas so chamadas conta-salrio e, por qualquer motivo que seu saldo fique devedor, os gerentes, sabendo que tem todo ms os crditos de seu salrio, ficam mais tranqilos.

    De acordo com o consultor financeiro e presidente da Boriola Consultoria, Cludio Boriola, muitos gerentes at aumentam constantemente o seu limite do cheque especial para atender aos dbitos e juros, elevando cada vez mais a concesso de limites, aumentando assim o seu endividamento. "H existncia de muitos funcionrios, pensionistas e aposentados, que no recebem sequer um centavo de seu salrio h meses, porque o dinheiro de suas contas fica no banco", comenta.


    Segundo a advogada do departamento Jurdico da Boriola Consultoria, Daniela Rossini, os bancos no podem penhorar acima de 30% da renda dos trabalhadores. "Caso isso seja feito, essa prtica inconstitucional. Quando os bancos fazem emprstimos para dbitos em conta/salrio, devem emitir boletos e no cobrar direto da conta. O salrio impenhorvel, pois o mesmo serve para a sobrevivncia do cidado, como sade, alimentao etc. O desconto em folha de pagamento legal desde que no haja o abuso, ou seja, s permitido a utilizao de at 30%, conforme a lei 10.820/03 no artigo 6, Pargrafo 5", explica a advogada.


    O salrio creditado na conta corrente e, encontrando-se o saldo devedor, automaticamente descontado para tais pagamentos dos valores devidos, ficando muitas vezes sem sua subsistncia, sendo obrigado a recorrer aos agiotas ou at mesmo ao prprio banco para garantir a sobrevivncia.


    No Cdigo de Processo Civil em seu artigo 649, diz o seguinte: So absolutamente impenhorveis: I os bens inalienveis e os declarados, por ato voluntrio, no sujeitos execuo; II os mveis, pertences e utilidades domsticas que guarnecem a residncia do executado, salvo os de elevado valor ou que ultrapassem as necessidades comuns correspondentes a um mdio padro de vida; III os vestirios, bem como os pertences de uso pessoal do executado, salvo se de elevado valor; IV os vencimentos, subsdios, soldos, salrios, remuneraes, proventos de aposentadoria, penses, peclios e montepios; as quantias recebidas por liberalidade de terceiro e destinadas ao sustento do devedor e sua famlia, os ganhos do trabalhador autnomo e os honorrios de profissional liberal; V os livros, as mquinas, as ferramentas, os utenslios, os instrumentos ou outros bens mveis necessrios ou teis ao exerccio de qualquer profisso; VI o seguro de vida; VII os materiais necessrios para obras em andamento, salvo se essas forem penhoradas; VIII a pequena propriedade rural, assim definida em lei, desde que trabalhada pela famlia; IX os recursos pblicos recebidos por instituies privadas para aplicao compulsria em educao, sade, ou assistncia social; X at o limite de 40 (quarenta) salrios mnimos, a quantia depositada em caderneta de poupana.


    Pela lei, nenhum Juiz pode manter a reteno de seu salrio ou parte dele para pagamentos, a no ser quando dentro do limite legal e desde que descontado diretamente da folha de pagamento. Neste caso, o especialista faz um alerta: "Com qual direito o sistema financeiro poder reter o seu salrio? Voc tem obrigao de pagar o que realmente deve? Em funo dos problemas em eminncia, solicite por escrito ao departamento pessoal de sua empresa ou repartio, que seu salrio seja transferido para outro banco, no qual a mesma possua um convnio. um direito seu", alerta Boriola.


    Ainda de acordo com Boriola, um outro procedimento existente voc redigir uma carta ao banco, solicitando um acordo e determinando que seja retido de seu salrio um percentual, com o qual voc possa cumprir aquele compromisso e sobreviver com o restante. "Voc possui todo direito de proibir que seu salrio entre naquela conta corrente. Mande cpia neste caso, tambm, ao departamento pessoal de sua empresa e fique sempre com uma cpia protocolada em seu poder", completa.


    As indstrias e reparties so muito omissas neste gravssimo problema, talvez por desconhecerem esse direito inalienvel do cidado. "No momento que as manifestaes surgem em grandes escalas, certamente iro encontrar alternativas para tais solues, no deixando, assim, seus rendimentos serem engolidos pelas instituies bancrias", conclui Boriola Fabrcio Andrade

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2007

    Semana movimentada na Assemblia Legislativa. Comea hoje e vai at dia 22, sexta-feira. Destaques para Audincias Pblicas no Interior de Minas. Outro assunto: deputados esto de olho nos DESMACHES DE VECULOS. O destaque para hoje, 20 horas no Plenrio, com transmisso pela TV Assemblia, a Reunio Especial para comemorar os 10 anos do SINDINOVA de Nova Serrana. O requerimento do deputado Paulo Csar, do PDT, ex-prefeito do municpio. Confira todos os detalhes da semana de trabalho dos deputados estaduais.












                    ALMG far 3 audincias pblicas no interior entre 18 e 22/6/07

    Ao realizar vrias de suas audincias pblicas no interior, a Assemblia Legislativa de Minas Gerais refora cada vez mais seu papel de interlocuo com a sociedade. Na semana de 18 a 22/6/07, trs das oito reunies com convidados j agendadas acontecem fora da Capital. Diversos secretrios de Estado esto entre os convidados para as audincias.

    Na segunda-feira (18), a reunio ordinria da Comisso Especial para o Estudo da Ateno Pessoa com Transtorno Mental, Deficincia Mental ou Autismo debate questes ligadas qualificao dos profissionais que atuam na rea, bem como a efetividade do "Projeto Incluir". A reunio ser no Auditrio, s 15 horas. Os autores do requerimento so os deputados Clio Moreira (PSDB), presidente da Comisso, Walter Tosta (PMN) e a deputada Maria Lcia Mendona (DEM).

    Buenpolis, na regio Central do Estado, sedia uma audincia pblica da Comisso de Meio Ambiente e Recursos Naturais na tera-feira (19), s 10 horas. Os deputados discutem com lideranas da regio o plantio de eucalipto ao redor do Parque Estadual da Serra do Cabral, atendendo a requerimento dos deputados Fbio Avelar (PSC) e Joo leite (PSDB). A secretria de Estado Extraordinria para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas, Elbe Brando, est entre os convidados.

    Deputados querem soluo para desmanche de veculos

    Trs audincias pblicas esto previstas para quarta-feira (20). s 9h30, a Comisso de Segurana Pblica se rene no Plenarinho II para tratar de questes ligadas ao furto de veculos no Estado. Os deputados vo discutir tambm a participao de quadrilhas especializadas em desmonte de veculos e revenda das peas e o PL 429/07, do deputado Leonardo Moreira (DEM), que, entre outras providncias, exige que s empresas credenciadas junto ao Detran/MG podero atuar no desmonte de veculos e venda de autopeas usadas e recondicionadas. O autor do requerimento para a reunio o deputado Sargento Rodrigues (PDT), presidente da comisso.

    s 10 horas, no Auditrio, a Comisso de Educao, Cincia, Tecnologia e Informtica discute a incluso de disciplina ou contedo nos currculos escolares definida por lei. Deputados da Comisso de Constituio e Justia e a deputada Maria Lcia Mendona assinam o requerimento para a reunio, que tem entre os convidados a secretria de Estado da Educao, Vanessa Guimares Pinto.

    O trabalho "Vale do Ao 2020 - uma agenda de desenvolvimento integrado", elaborado pelo Centro de Estudos Municipais e Metropolitanos da Fundao Joo Pinheiro ser apresentado Comisso de Assuntos Municipais e Regionalizao na quarta-feira, s 16h30, no Plenarinho IV. Para a reunio, solicitada pela deputada Rosngela Reis (PV), foram convidadas diversas autoridades, entre elas o secretrio de Estado de Desenvolvimento Regional e Poltica Urbana, Dilzon Melo.

    Reunies conjuntas marcam a agenda de quinta-feira

    Na quinta-feira (21), outras trs reunies com convidados esto na agenda. s 10 horas, a Comisso de Poltica Agropecuria e Agroindustrial, atendendo a requerimento do deputado Padre Joo (PT), discute o cooperativismo e o associativismo como forma de evitar a perda de renda dos agricultores familiares do Estado. Os secretrios de Estado Gilman Viana Rodrigues (Agricultura, Pecuria e Abastecimento) e Mrcio Lacerda (Desenvolvimento Econmico) esto entre os convidados para a reunio.

    No mesmo dia, haver duas reunies conjuntas. As comisses de Meio Ambiente e Recursos Naturais e do Trabalho, da Previdncia e da Ao Social viajam para Ipatinga, no Vale do Ao, onde discutem a gerao de emprego e renda a partir da preservao do meio ambiente. A audincia ser s 10 horas e acontece a requerimento da deputada Rosngela Reis. Alm do superintendente do Ibama em Minas, Roberto Messias Franco, o secretrio de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Jos Carlos Carvalho, foi convidado para a reunio.

    J as Comisses de Cultura, de Participao Popular e de Educao, Cincia, Tecnologia e Informtica se encontram no Auditrio, s 15 horas, atendendo a requerimento dos deputados Andr Quinto (PT) e Deir Marra (PR). O tema da audincia o Projeto Corredor Cultural Praa da Liberdade e o destino do prdio da antiga Secretaria de Estado da Educao. A secretria de Estado de Cultura, Eleonora Santa Rosa, est na lista de convidados.

    Na sexta-feira (22), a Comisso de Transporte, Comunicao e Obras Pblicas estar em Serra Azul de Minas, na regio Central do Estado. A audincia pblica, requerida pelo deputado Gustavo Valadares (DEM), acontece s 10 horas, e vai tratar da situao das estradas que integram a Associao dos Municpios do Alto Jequitinhonha. Entre as autoridades convidadas est o secretrio de Estado de Transporte e Obras Pblicas, Fuad Jorge Noman Filho.

    Homenagens - No Plenrio, alm das reunies deliberativas, acontecem duas reunies especiais. A primeira ser na segunda-feira, s 20 horas. Atendendo a requerimento do deputado Paulo Cesar (PDT), haver uma homenagem Credinova, pela passagem de seu 10 aniversrio. Na quinta, s 20 horas, ser comemorado o 75 aniversrio da Escola de Veterinria da UFMG, a requerimento do deputado Eros Biondini (PHS). No Plenrio, alm das reunies deliberativas, acontecem duas reunies especiais. A primeira ser na segunda-feira, s 20 horas. Atendendo a requerimento do deputado Paulo Cesar (PDT), haver uma homenagem Credinova, pela passagem de seu 10 aniversrio. Na quinta, s 20 horas, ser comemorado o 75 aniversrio da Escola de Veterinria da UFMG, a requerimento do deputado Eros Biondini (PHS).

    Tambm na quinta, no Salo Nobre, ser lanada a Frente Parlamentar de Apoio Indstria Mineral de Minas Gerais, a partir das 19 horas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 17, 2007

    PARA PENSAR com Calma, neste DOMINGO!

                                Enigma:

                                   "Sonhei que estava acordado. Acordei pr ver. Estava dormindo"

                                   E a, arrisca uma resposta?



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 17, 2007

    Neste domingo nosso BLOG DE NOTCIAS passa de 210 mil acessos. Os nmeros so do Provedor TERRA. Obrigado a voc que nos acessa!

























    Posts:
     1707

    Rascunhos:
     16

    Comentrios:
     19.356

    Visitas nicas:
     210.422

    Pageviews:
     214.825


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 17, 2007

    Hoje na TV Assemblia (canal 11, em BH, a cabo) e no Interior no UHF. Sugiro ver o Assemblia Debate, que ns ancoramos, sobre os probelmas da Sade em Minas e no Pas.











    Assemblia Debate

    As alternativas para melhorar a qualidade do atendimento hospitalar da populao mineira foram a tnica da discusso no programa desta semana que contou com a participao dos deputados Rmolo Alose, do PSDB; Doutor Viana, do DEM e Doutor Rinaldo, do PSB. O Assemblia Debate vai ao ar hoje, domingo, s 13h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 17, 2007

    PPPs - Minas sai na frente, UAI!

















       

    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador Acio Neves vistoriou, em Divinpolis, Centro-Oeste mineiro, as obras da primeira Parceria Pblico-Privada (PPP) do setor rodovirio no pas, que transformar a MG-050 no novo corredor de integrao do Sudoeste Mineiro e So Paulo. Cinco frentes de trabalho j esto atuando no trecho da rodovia no entorno da cidade, em obras de reparos seletivos. Durante a visita, o governador anunciou que pretende lanar um programa de recuperao de estradas vicinais, focado nas vias usadas para o transporte escolar e escoamento da produo agrcola.

    "Vou incluir no conjunto de projetos que estamos apresentando ao Banco Mundial (Bird) e ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) um ambicioso programa de recuperao de estradas vicinais que, certamente, vai agradar muito populao rural. Vamos melhorar as condies de trafegabilidade nas estradas vicinais no asfaltadas que, em tempo de chuva, ficam intransitveis", afirmou Acio Neves, em entrevista. As aes desse novo programa incluem cascalhamento e alargamento dessas estradas vicinais.

    Segundo o governador, para viabilizar esse novo projeto, ele buscar novos financiamentos internacionais, que podero ser efetivados a partir da negociao em curso com o governo federal para o aumento da margem de endividamento dos estados. Os novos recursos tambm seriam aplicados no Programa Estadual de Pavimentao de Acessos Rodovirios (Proacesso) e em segurana pblica. "A partir dessa negociao com o Ministrio da Fazenda, alm da concluso do Proacesso, vamos melhorar as vias j existentes, melhorando as condies para aqueles que tm na atividade rural o seu meio de vida", disse.

    MG-050

    Acompanhado de Jos Carlos Cassaniga, do diretor de Engenharia do Grupo Equipav, que executar as obras de modernizao da MG-050, Acio Neves acompanhou o trabalho dos operrios no trecho do Km 136 (foto). Ele afirmou que a rodovia, alm de alavancar o desenvolvimento das regies Centro-Oeste e Sudoeste, ser um importante atrativo logstico para que Minas Gerais atraia novos investimentos privados. A MG-050 possui 372 quilmetros, abrangendo 50 municpios nos quais vivem cerca de 1,3 milho de habitantes que detm 7,7% do PIB mineiro.

    "Fizemos uma avaliao do ponto de vista do potencial econmico de toda essa regio e ela ser extremamente beneficiada, porque o escoamento da produo fundamental quando o empresrio avalia onde instalar o seu negcio. Estarei ao lado dos prefeitos municipais e empresrios locais, trabalhando para que novos investimentos possam vir para reaquecer a economia de toda essa regio, gerando emprego", disse o governador.

    As obras da MG-050 recebero, no primeiro ano de concesso, R$ 49 milhes para execuo dos servios de recuperao funcional e intervenes obrigatrias. Nos primeiros cinco anos, a concessionria investir R$ 312 milhes. Ao longo dos 25 anos de concesso, sero investidos R$ 712 milhes. A contraprestao do Governo do Estado de R$ 7,9 milhes anuais. A previso de gerao de 1.800 postos de trabalho, diretos e indiretos.

    O corredor tem incio no entroncamento da MG-050 com a BR-262, em Juatuba, e encerra em So Sebastio do Paraso. Ainda inclui trecho da BR-265, de So Sebastio do Paraso at a divisa de Minas com o Estado de So Paulo.

    PPP

    Acio Neves tambm destacou a importncia das parcerias com o setor privado para o desenvolvimento econmico e social do Estado. Segundo ele, o modelo de PPP adotado pelo Governo de Minas nas obras da MG-050 pioneiro no pas.

    "Estamos, de forma absolutamente pioneira, abrindo as portas para que o pas utilize esse novo sistema de investimento. Sabemos que por maior que seja o esforo dos governos municipais, estaduais e federal, apenas o setor pblico no consegue atender todas as demandas de um pas como o Brasil e at mesmo de outros pases. Portanto, essa PPP abre uma grande alternativa para que o pas possa, por meio de projetos como esse, construir alternativas para o desenvolvimento", afirmou o governador.

    Tambm acompanharam Acio Neves o secretrio de Estado de Transportes e Obras Pblicas, Fuad Noman; o diretor do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), Jos lcio Monteze; e o prefeito de Divinpolis, Demtrius Arantes Pereira.

    Ainda em Divinpolis, o governador participou da inaugurao da Usina Termoeltrica de Valinhos, entrega casas populares do programa Lares Geraes, se reuniu com prefeitos da regio e participou do lanamento do concurso Miss Minas Gerais 2007.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 16, 2007

    Ministro das Comunicaes DE OLHOS E OUVIDOS nas Rdios Piratas.

     Hlio Costa pede apoio da sociedade para combater as rdios piratas


    Ministrio das Comunicaes incentiva a legalizao das rdios comunitrias
     O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, pediu aos representantes da Conan (Confederao Nacional das Associaes de Moradores) para que eles ajudem na fiscalizao contra as rdios piratas. O Ministrio das Comunicaes quer fazer uma campanha nacional para esclarecer os perigos das emissoras ilegais e incentivar a legalizao das rdios comunitrias.

    Durante a reunio, realizada em Braslia nesta quarta-feira (13/06), o ministro lembrou que muitas rdios piratas esto colocando em risco a vida de centenas de pessoas, como aconteceu recentemente no Aeroporto de Guarulhos, em So Paulo, quando interferiram na comunicao entre a torre de comando e os pilotos de avio.

    "Peo que vocs nos ajudem a identificar aqueles que esto usando o sistema de rdio comunitria irregularmente. Se souberem de uma rdio irregular que preste um servio importante para a comunidade, vamos incentivar o responsvel a trazer a documentao para o ministrio", disse Hlio Costa.

    Ele entregou aos integrantes da entidade o manual "Como instalar uma rdio comunitria", que orienta detalhadamente, passo a passo, a abertura de uma emissora. O manual tambm est disponvel na pgina do ministrio na internet, no endereo www.mc.gov.br , ou ento clique aqui. Para viabilizar a montagem da emissora, Hlio Costa defende que as rdios comunitrias tenham acesso a um financiamento especial junto aos bancos do governo.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 16, 2007

    Um PAINEL da Poltica em Barbacena, no olhar experiente do nosso amigo, o colunista e radialista, do bons, Jos Antnio Lopes - o famoso JAL - do site: www.barbacenaonline.com.br ( Ainda em tempo: apuramos que o vereador Amarlio de Andrade, do PSC, que no citado entre os possveis pr-candidatos a prefeito de Barbacena, tem indicativos de que est bem posicionado para entrar na corrida Prefeitura. E no ser supresa, para este BLOGUEIRO, se ele se candidatar. E com o apoio do presidente nacional do seu partido, o PSC, o nosso amigo Vctor Nsseis. O tempo, mais uma vez, ser o senhor da razo! Leia, agora, o que o nosso JAL escreve na sua coluna desta semana.

    "Em Barbacena
    Tambm aqui, como no poderia deixar de ser, lderes polticos estiveram em conversaes. O senador Hlio Costa, ministro das Comunicaes encontrou-se com vrios correligionrios daqui e de outras cidades. De todos os encontros, o mais demorado foi com o ex-prefeito Clio Mazoni, que segundo alguns pleiteia nova candidatura prefeitura.
    Pr-candidatos
    Alguns nomes j foram aqui citados de pessoas que podem ser candidatos a prefeito em 2008. Os destaques ficam por conta de Edson Rezende (PT), Danuza Bias Fortes (PMDB) e Itamar Pinto (PDT), estes j confirmados como provveis candidatos.
    Ala Bonifacista
    Na ala da famlia Andrada, cuja liderana do deputado federal Andradinha comenta-se que se Martim no disputar a reeleio, os nomes de Jairo Toledo, atual vice, do secretrio de governo Jos Augusto e outros menos comentados podem surgir.
    Disposio de Martim
    A no candidatura do prefeito Martim Andrada, segundo fonte confivel, est condicionada candidatura de seu pai em 2010 a um novo mandato. Se Bonifcio Andrada encerrar a participao poltica com este mandato, Martim no disputaria a prefeitura no ano que vem, reservando seu nome para substituir o pai em 2010. Tudo isto so comentrios de tucanos bonifacistas de plumagem alta.
    Padre Eudes
    Aps ser convidado pelo ministro Hlio Costa em encontro acontecido no dia 1 de maio na casa paroquial de Santo Antnio, para participar do pleito de 2008, nosso amigo Padre Eudes est sendo tambm falado como um provvel pr-candidato a prefeito de Barbacena. O lder religioso, no entanto, no fala nada a respeito. Agora s esperar sua deciso a respeito do convite recebido de Hlio Costa.
    Conversa com Jairzinho
    No sbado, durante a recepo oferecida por Margareth e Cristiano na Associao Mdica, conversei muito tempo com o jovem e vitorioso empresrio Jairzinho Barraca, sobre sua provvel candidatura a prefeito. Jairzinho me confirmou que deseja participar das eleies como candidato. Ele filiado ao DEM, ex-PFL, mas pode transferir-se para outra sigla. tambm um grande nome e representar a ala poltica jovem de Barbacena."


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 16, 2007

    PORQUE HOJE Sbado: vale blogar agitos registrados pelo colunista Csar Romero do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora.Confira os detalhes!

















    Juliana Outemuro curtindo
    o som da DJ Analy, no Privilge





    O aniversariante Eduardo Merhy com as filhas Camila e Cristina Delmonte Merhy em noite de festa no Salvaterra


    Carminha Vidal Senra, a anfitri Maria Luiza Barbosa Pinto, Glucia Senra Lovisi e sua me Beatriz Senra Lovisi na feijoada da famlia mangueirense, atrao desta tarde no Caf da Mata



    No Caf da Mata, CR e o presidente da Agncia de Desenvolvimento, Luis Geraldo Sorano

     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 15, 2007

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O empresrio, leia-se Supermercados BAHAMAS, Jovino Campos e a mulher dele, Marta Reis, foto que vem da coluna do nosso amigo Csar Romero do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                                 
                                                        O empresrio Jovino Campos e Marta Reis.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 15, 2007

    Recebemos, com prazer, E-mail do advogado Knio Pereira, especialista em Direito na rea de Condomnios, para seu aniversrio e noivado com Alessandra, nesta sexta-feira, noite, l no Restaurante Minas Tnis II. Iremos com gosto. Somos amigos e admiradores do Knio e de sua noiva, abonita e simptica Alessandra. As noivos toda a felicidade do mundo!



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 15, 2007

    Casamento da jornalista Patrcia Porto e Leonardo, da Tv Assemblia de Minas, movimenta a Casa Bernardi, em BH. Confira as fotos!













                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 14, 2007

    O Sinpapel, pilotado pelo competente empresrio Antnio Eduardo Baggio, lanou a cartilha " A evoluo da Embalagem". Confira as informaes!

    O SINPAPEL lanou, esta semana, a cartilha A Evoluo da Embalagem -
    Informaes para uma nova gerao de consumidores conscientes'.  Com tiragem
    inicial de 35 mil exemplares, o material ser distribudo para alunos da
    rede pblica das 5as sries. O trabalho foi coordenado pela ambientalista
    Ncia Mafra, e contou com o apoio do Sindicato, da FIEMG, do Sebrae-MG e de
    empresas ligadas ao setor de papel.

    A cartilha conta a histria das embalagens e mostra os benefcios dos
    materiais usados na fabricao de invlucros. De acordo com Ncia, o
    lanamento representa uma conquista do setor papeleiro. "O material foi
    concebido pela necessidade de se implantar um trabalho educacional, voltado
    para a formao de uma gerao que ser responsvel pela preservao do meio
    ambiente", afirma.
     
    O lanamento aconteceu durante a inaugurao do Centro Mineiro de Referncia
    em Resduos, bairro Esplanada, em Belo Horizonte. A oportunidade tambm
    marcou a abertura da Feira Tecnolgica de Resduos de Minas Gerais, que
    funcionou entre 12 e 15 de junho.

    O Centro uma iniciativa do Governo de Minas, por meio da Secretaria de
    Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel (Semad) e da Fundao
    Estadual do Meio Ambiente (Feam), em parceira com o Servio Voluntrio de
    Assistncia Social (Servas). A solenidade contou com a presena do
    governador Acio Neves; do vice-governador, Antnio Augusto Anastasia; do
    vice-prefeito de Belo Horizonte, Ronaldo Vasconcelos; do presidente da
    FIEMG, Dr. Robson Braga de Andrade, alm de outras autoridades.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 14, 2007

    Programa BH DIGITAL. Ministro Hlio Costa libera 3 milhes e meio para levar Internet sem fio aos cartes postais da capital mineira. Entre eles: Praa do Papa, Parque Ecolgico da Pampulha e Parque das Mangabeiras.

    Pontos tursticos de Belo Horizonte tero internet sem fio gratuita

    Ministrio das Comunicaes liberou mais R$ 3,5 milhes para o Projeto BH Digital, que vai incluir locais pblicos de maior movimentao na capital mineira

     O projeto BH Digital vai levar internet sem fio gratuita a pontos de grande movimentao na cidade. Cartes-postais da capital mineira sero includos, como a Praa do Papa, o Parque Ecolgico da Pampulha e o Parque das Mangabeiras.  O projeto uma parceria do Ministrio das Comunicaes (com investimentos de 81% das verbas aplicadas), e a Prefeitura de Belo Horizonte.


    Com o servio, qualquer pessoa que chegar a esses locais com um computador porttil poder se conectar gratuitamente internet de alta velocidade. De acordo com a Empresa de Informtica e Informao do Municpio de Belo Horizonte (Prodabel), provavelmente os usurios recebero o sinal da prefeitura nos prprios computadores, obtendo tambm um login e senha a cada conexo.


    Outros aspectos operacionais que sero definidos so a determinao do nmero mximo de computadores conectados em cada local e o tempo limite de conexo. Os pontos de conexo em pontos tursticos devem ser inaugurados ainda no meio deste ano. "Esse um projeto inovador, que ser referncia para todas as capitais do pas. A tecnologia usada est nos permitindo executar alta qualidade nos servios a preos bem menores", disse o ministro das Comunicaes, Hlio Costa.


    No final de maio, o Ministrio das Comunicaes liberou mais R$ 3,5 milhes para o projeto. Hoje, existem 256 pontos de incluso digital, funcionando em escolas, prdios administrativos da prefeitura, organizaes no-governamentais e bairros da periferia. A meta converter todos esses pontos para a tecnologia sem fio at abril de 2008. O projeto teve incio em 2005 e tem como objetivo cobrir 95% da rea da cidade com internet sem fio e de alta velocidade.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 14, 2007

    Hora da verdade - governador de Minas, Acio Neves, entregou proposta de renegociao das dvidas dos Estados ao ministro da Fazenda, Guido Mantega.

    O governador Acio Neves detalhou, a proposta entregue por ele ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, propondo um critrio nico para flexibilizao do limite de endividamento dos estados. Segundo ele, a proposta entregue ontem atende tanto ao governo federal quanto aos estados, j que respeita os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), os acordos das dvidas e evita que haja negociaes em separado sobre a possibilidade de novos financiamentos.
    Pela proposta apresentada pelo governador Acio Neves seria adotado o limite de 3,38% da receita lquida real de cada Estado como o critrio nico de limite de endividamento. O governo federal abriria mo de 0,28% do supervit primrio que, em 2006, foi de 4,25%, o que totalizaria, em quatro anos, at R$ 26 bilhes para financiamentos apenas para estados que estejam cumprindo todas as exigncias da Lei de Responsabilidade Fiscal.
    A proposta inicial que defendamos era que essa relao receita-dvida devia ser de dois por um, ou seja, at duas vezes a receita anual do Estado. Essa proposta mexeria efetivamente no na Lei de Responsabilidade Fiscal, mas numa lei anterior, a 9.496, que faz parte da negociao das dvidas. O governo rejeita a mudana nesses contratos porque acha que a poderia estar sendo aberta uma porta para outras alteraes. Se eles apresentam, de forma consistente, proposta que nos garante esses recursos sem precisar mexer na lei atravs de avaliao dessa curva de desempenho dos estados, devemos considerar esse caminho como razovel. o que est acontecendo, disse Acio Neves, em entrevista, aps empossar a nova diretoria da Associao dos Municpios da Regio Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel).
    Segundo o governador, existe uma determinao do presidente da Repblica, Luiz Incio Lula da Silva, para que a equipe econmica do governo federal encontre rapidamente uma soluo para a demanda dos governos estaduais.
    Da mesma forma em que tenho feito crticas pontuais de determinadas aes do governo federal, devo reconhecer esse ato que houve uma determinao do presidente da Repblica, no sentido de permitir aos estados a fazer novos investimentos. Isso no se trata de transferncia de recursos da Unio para os estados, mas a possibilidade legal para que possamos, com projetos consistentes em reas vitais ao desenvolvimento de nossos estados, internar recursos de organismos internacionais, afirmou.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2007

    A excelente revista ENCONTRO, deste ms, que acabamos de receber do nosso amigo, o jornalista Paulo Csar de Oliveira, traz uma matria de destaque feita pela jornalista Blima Bracher, sobre uma empresa mineira que foi reconhecida internacionalmente. Trata-se da VITUAL, a maior produtora de vdeo de Minas, pilotada pelo nosso amigo, o empresrio MARCLIO SOARES. Vale blogar a matria, aqui no nosso Blog de Notcias. Confira!










    destaque





     








    | BLIMA BRACHER |
    Virtual, a maior produtora de vdeo de MG, j reconhecida at internacionalmente pela qualidade do trabalho



    E O VENCEDOR ...








     
     








    Talvez, duas dcadas atrs, Marclio Soares no imaginasse que estaria frente da maior produtora de vdeos de Minas Gerais. O empresrio comeou sua trajetria como auxiliar de cinegrafista em 83. Foi rdio-escuta de telejornalismo, cinegrafista, produtor, coordenador de programao , at chegar a diretor de tv. A qualidade dos documentrios chamou a ateno de empresas como Aominas, Copasa e Fiat. Era hora de dar o "pulo do gato". Pediu demisso e montou a Bem-te-Vdeo. O amigo Paulinho Pedra Azul logo fez trocadilho com o nome da produtora. "Vou montar a Sabiudio para te fazer concorrncia", lembra Marclio.

    O negcio cresceu e, em 97, nascia a Virtual














    PRMIO DE EXCELNCIA
    Marclio Soares entre o
    presidente da Sony Brasil,
    Yasushi kamo, e o diretor
    de broadcast da empresa,
    Armando Yshimaru


    SUCESSO Equipe qualificada e investimento em tecnologia

     


    Cinema e Vdeo. Instalada no terceiro andar de um moderno prdio na avenida Raja Gabaglia em Belo Horizonte, a produtora j a maior do estado. Com a mesma simplicidade dos tempos iniciais, Marclio chega empresa, de sala em sala cumprimenta os funcionrios. "Alm dos equipamentos, invisto tambm no pessoal. Tenho uma equipe jovem, dinmica e com pessoas formadas at no exterior", conta, referindo-se dupla de diretores de cena e arte, Ana Paula Barcellos e Hermano Taranto, formados em Londres pela City University e com participao no Festival de Filmes Independentes Raindance; alm do diretor de finalizao Mauro Neves, formado pela escola de Efeitos Visuais, Gnomon School, em Los Angeles.

    Fora a equipe, que inclui 25 pessoas, a Virtual prima pela qualidade dos equipamentos. Foi a primeira produtora brasileira e a nica em Minas a adquirir uma cmera digital XDCAM HD F 350, de altssima resoluo. Todos estes fatores levaram a empresa a ser a nica produtora brasileira que recebeu da empresa Sony, em abril deste ano, o prmio de excelncia em Las Vegas. "Estou sempre de olho no que h de mais avanado no mercado tecnolgico", explica Marclio, mostrando ainda as quatro ilhas de edio no-linear, outras duas cmeras Betacam, e o estdio de 110 m2. Em dez anos, foram quase cinco mil comerciais. A inteno agora investir em cinema por meio de leis de incentivo, alm de apostar em programas de TV que tenham patrocnio. A produtora lder tambm no mercado de produo de vdeos de marketing poltico. "O comentrio sobre o material produzido para o atual programa de governo que nunca se fez algo to bom no mercado", afirma Fbio Valena, especialista na rea de marketingpoltico.

    E o melhor de tudo, diz Elisa Mello, esposa e scia de Marclio que: "Mesmo sob o pior clima de presso para entrega do material, ele est sempre sorrindo." Elogio a que ele prontamente responde: "Nada disso seria possvel sem o luxuoso auxlio da Elisa." Este o lema da Virtual: qualidade, tecnologia e unio de equipe. Prova de que criatividade e bom humor caminham juntos.
       


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2007

    DE OLHO nas aes do governo Acio Neves. Foi criado o Centro Mineiro de Referncia de Resduos.









                                                       Minas cria centro pioneiro de gesto de resduos slidos

     









    Omar Freire/Imprensa MG

    O governador Acio Neves inaugurou, nesta tera-feira (12), em Belo Horizonte, o Centro Mineiro de Referncia em Resduos (CMRR), iniciativa indita no pas que reunir, num mesmo espao fsico, o atendimento de prefeituras, empresas, entidades, universidades e comunidades em geral para desenvolvimento de aes de proteo e defesa do meio ambiente. A iniciativa coloca Minas na vanguarda nacional da gesto ambiental e na utilizao de novas tecnologias para o reaproveitamento de resduos slidos.
    O Centro de Referncia ocupa uma rea de 10 mil metros quadrados no bairro Esplanada, regio Leste de Belo Horizonte. No local, funcionaro uma unidade de atendimento a prefeituras, um banco de dados sobre lozalizao e condies dos depsitos de lixos em cada um dos 853 municpios do Estado, uma unidade de aproveitamento integral de alimentos (cozinha experimental) e ainda diversos cursos abertos aos pblico, que ensinaro tnicas voltadas para a reaproveitamento de alimentos, embalagens, reciclagem de papel e outros materiais. Tambm sero oferecidos cursos abertos populao para produo de produtos a partir da reciclagem de materiais, oferecendo oportunidade para pequenos negcios e gerao de emprego.
    "Minas, vanguarda na poltica pblica de meio ambiente, reafirma esta posio com a inaugurao deste centro de trabalho, capaz de conciliar solues ambientais com gerao de emprego e renda. Um centro capaz de reunir conhecimento a favor de novas oportunidades, para centenas de milhares de pessoas. Ao reunir nesse espao de forma indita no pas, servio pblico, pesquisa, comunidades, estudantes, estamos tambm derrubando fronteiras e nos integrando mais como sociedade", afirmou o governador, em seu pronunciamento.
    "O Centro ser o ponto de contato entre o Estado, as organizaes da sociedade civil, municipalidades, grandes e pequenas empresas, associaes de classe, academia e comunidade, para o intercmbio do conhecimento tecnolgico e organizacional, pesquisa, disseminao de informaes e qualificao para a gesto integrada de resduos, alm da necessria reflexo da nossa gerao sobre a reutilizao, a reciclagem e a disposio adequada dos resduos", ressaltou o governador.
    Atendimento a prefeituras
    Tcnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e da Feam faro um atendimento direto aos tcnicos das prefeituras mineiras, oferecendo informaes sobre novas tecnologias e para o desenvolvimento de projetos sobre o uso dos recursos naturais, esgotamento sanitrio e adequadao dos depsitos de lixo.
    Para Acio Neves, o Centro de Referncia apresenta ao pas uma nova forma de parceria entre estado, iniciativa privada e sociedade civil organizada na formulao e execuo de aes que estimulem o desenvolvimento sustentvel e melhoria da qualidade de vida da populao.
    "Temos um instrumento absolutamente novo de monitoramento, estabelecimento de estratgia, de compartilhamento de responsabilidade com o setor privado, fundamental para que isso d certo. Mais uma vez, damos uma sinalizao clara para o Brasil que a questo ambiental no pode ser tratada apenas com discurso. Tem que ser tratada com aes, mtodos, fiscalizao, metas a serem alcanadas, como estamos buscando fazer aqui. Demos um passo concreto para enfrentar de forma responsvel e compartilhada a questo do tratamento dos resduos slidos produzidos em solo mineiro", afirmou o governador, em entrevista.
    Segundo ele, a participao dos municpios e da iniciativa privada fundamental para que haja um novo modelo de gesto ambiental no Estado.
    "Essa nova conscincia ambiental e as informaes sobre a gesto de recursos naturais devem estar presentes, a partir de agora, de forma intensa em todos os nveis de governo. Deve mobilizar as administraes municipais que sero convidadas a participar deste esforo e deve, sobretudo, modificar hbitos e costumes, modernizar o setor produtivo e criar, no apenas em Minas, mas no Brasil, um novo modelo de relacionamento com os bens de consumo e com os resduos que dele decorrem", disse o governador, em seu pronunciamento
    Nova poltica estadual
    Durante a solenidade, o governador anunciou o envio, Assemblia Legislativa, do projeto de lei que institui a Poltica Estadual de Resduos Slidos. A nova legislao define normas, responsabilidades e diretrizes na gesto dos resduos no Estado. Segundo Acio Neves, o objetivo modernizar ainda mais as polticas ambientais em Minas.
    "Minas vem sendo vanguarda na gesto pblica das questes ambientais. Mas isso j no basta. Para continuarmos na vanguarda, cada vez mais urgente dinamizar estruturas e sistemas capacitados a pensar, criar alternativas, acompanhar, medir resultados, como temos feito permanentemente em Minas, e intervir sempre com eficcia na realidade", afirmou Acio Neves.
    O governador tambm assinou convnios de cooperao com entidades de classe, como objetivo de ampliar as parcerias do Estado com a iniciativa privada e com a sociedade civil organizada nas novas polticas de gesto dos resduos slidos e apoio s aes do centro de referncia.
    Gerao de renda
    O Centro de Referncia tambm oferecer oportunidade de gerao de emprego e renda populao mineira, com a capacitao profissional de jovens estudantes das escolas pblicas em novos mtodos para reutilizao dos resduos slidos, como alimentos, embalagens e papel. As primeiras turmas sero formadas por alunos das escolas pblicas do Estado. A comunidade tambm participar das aes por meio de oficinas de arte, produo de papel artesanal, reutilizao de tecidos e reciclagem de lixo domstico.
    Arte e msica
    Durante sua visita ao Centro de Referncia, o governador esteve acompanhado do vice-governador Antonio Augusto Anastasia, do secretrio de Meio Ambiente, Jos Carlos Carvalho, e da presidente do Servas, Andrea Neves. Eles foram recebidos pelas "Meninas de Sinh", grupo de mulheres do bairro Alto Vera Cruz, cantando msicas do folclore mineiro. O governador visitou a mostra Conexo de Materiais, da artista plstica guida Zanol, montada no ptio principal do Centro de Referncia, e feita a partir de resduos reciclados. Depois, conheceu as principais oficinas que j comearam a funcionar no centro. Todo o entorno do prdio foi decorado com peas produzidas de sucata, assinadas pelo artista visual Tarcsio Ribeiro.
    Na oficina de papel, o governador acompanhou a estudante Kaite Santos (foto) no processo de confeco de papel reciclado que ser transformado em convites de formatura e casamento. Na cozinha experimental, o governador teve a chance de assistir ao chef Alexandre Frigo, do Senac Minas, ensinando as cantineiras de creches e escolas pblicas receitas que utilizam alimentos integralmente, evitando desperdcios.
    O governador tambm inaugurou um auditrio com capacidade para 340 pessoas que recebeu o nome do ambientalista e presidente do Centro para Conservao da Natureza, Hugo Werneck, presente solenidade. Enquanto percorria os 4 mil metros de rea construda, alunos de escolas estaduais, participantes do programa Valores de Minas, do Governo de Minas, fizeram uma apresentao musical.
    A solenidade terminou com uma apresentao dos msicos S e Z Rodrix. Segundo o governador, eles foram os primeiros artistas da MPB a fazer um alerta para a necessidade de preservao do meio ambiente com o clssico "Sobradinho", lanada nos anos 70, quando da construo da hidreltrica no rio So Francisco.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2007

    Dia Histrico para nosso BLOG DE NOTCIAS. Rompemos a barreira dos 200 mil ACESSOS. O sucesso seu, que nos acessa diariamente. Obrigado!!!

























    Posts:
     1.691

    Rascunhos:
     16

    Comentrios:
     11.315

    Visitas nicas:
     201.384

    Pageviews:
     205.713


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2007

    Votaes na Assemblia Legislativa de Minas. Hoje pela manh foram aprovados mais 4 projetos de lei. Confira os detalhes!

     


                                           Plenrio aprova quatro projetos na Extraordinria desta manh (13)

    Quatro projetos de lei foram aprovados em 1o turno, durante Reunio Extraordinria do Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais da manh desta quarta-feira (13/6/07), entre eles o PL 132/07, que disciplina a cobrana pelo uso de imveis do Estado. A proposta, do deputado Adalclever Lopes (PMDB), foi aprovada na forma do substitutivo n 1, da Comisso de Constituio e Justia, com as emendas ns 1, 3, e 4. A emenda n 2 foi votada em destacado, a requerimento do deputado Gustavo Corra (DEM), e foi rejeitada. Foi adiada, a pedido do deputado Sargento Rodrigues (PDT), a discusso de 1 turno da Proposta de Emenda Constituio (PEC) 3/07, de sua autoria, que concede aposentadoria especial ao servidor pblico da Polcia Civil. A matria est na pauta das reunies Ordinria, de 14 horas, e Extraordinria, das 20 horas, desta quarta-feira.

    J o PL 635/07, que dispe sobre a obrigatoriedade da afixao de cartazes alertando o uso das drogas em boates e casas noturnas recebeu, durante a discusso em 1o turno, uma emenda, do deputado Luiz Humberto Carneiro (PSDB). Desta forma, o projeto, de autoria do deputado Weliton Prado (PT) e do ex-deputado Vanderlei Jangrossi (PP), retorna Comisso de Sade para emitir parecer sobre a emenda n 1, apresentada em Plenrio. Este dispositivo d nova redao ao artigo 1o da proposta determinando que ser divulgada mensagem de advertncia sobre os riscos decorrentes do uso de drogas em boates e casas noturnas, por meio de cartazes afixados em local visvel, e em shows e eventos, por meio de texto impresso nos ingressos.

    Projeto define preo para uso de bens pblicos

    Da forma aprovada pelo Plenrio (substitutivo n 1), o PL 132/07 estabelece que os instrumentos pblicos de outorga de uso privativo de bem patrimonial do Estado so a concesso, a permisso e a autorizao. O texto define concesso, permisso e autorizao de uso. Determina, ainda, que a permisso e a autorizao de uso sero formalizadas por prazo indeterminado e podero ser revogadas, a qualquer tempo, pela autoridade administrativa competente, independentemente de indenizao ao usurio. O substitutivo tambm determina que o uso privativo de bem patrimonial ser remunerado e depender de licitao quando destinado a finalidade econmica.

    O compartilhamento de espao, de qualquer modalidade e a qualquer ttulo, dever ser previamente comunicado autoridade competente, que promover a cobrana, proporcional ao compartilhamento, acrescida de, no mnimo, 30% sobre o preo cobrado por metro linear. A ausncia de comunicao e a constatao posterior do compartilhamento consistir em infrao, punvel com multa nunca inferior a 100 vezes o valor do preo, apurado mensalmente. O substitutivo tambm determina que decreto do Executivo estabelecer os critrios e os valores para o uso remunerado dos bens.

    Emendas aprovadas - A emenda n 1 faculta administrao, por razes de interesse pblico, definir o prazo de permisso e cobrana pelo uso do respectivo bem, sem indenizao no caso de revogao antecipada da permisso. O texto modifica o artigo 3o do substitutivo no 1, principalmente no que se refere aos casos de uso gratuito do bem. A emenda no 3 faculta a qualquer um dos Poderes (Executivo, Legislativo e Judicirio) a definio de critrios sobre o uso remunerado dos bens de que trata a lei. O texto muda o artigo 7o, que restringia essa faculdade apenas ao Poder Executivo, por meio de decreto.A emenda n 1 faculta administrao, por razes de interesse pblico, definir o prazo de permisso e cobrana pelo uso do respectivo bem, sem indenizao no caso de revogao antecipada da permisso. O texto modifica o artigo 3o do substitutivo no 1, principalmente no que se refere aos casos de uso gratuito do bem. A emenda no 3 faculta a qualquer um dos Poderes (Executivo, Legislativo e Judicirio) a definio de critrios sobre o uso remunerado dos bens de que trata a lei. O texto muda o artigo 7o, que restringia essa faculdade apenas ao Poder Executivo, por meio de decreto.

    J a emenda n 4 modifica trecho do substitutivo n 1, estabelecendo nova redao ao pargrafo nico do artigo 4. Ela determina que o uso do bem ser gratuito quando destinado prestao de servio pblico por entidade de direito pblico, empresa pblica e sociedade de economia mista estadual, incluindo suas subsidirias e controladas. O uso ser gratuito tambm para pessoas jurdicas sem fins lucrativos que atuem nas reas de sade, assistncia, religio, educao, cultura e esporte, quando verificado relevante interesse pblico.

    Projetos tratam de regras para sentenciados e de informaes sobre transporte gratuito

    Tambm foi aprovado em 1o turno foi o PL 328/07, do deputado Z Maia (PSDB). Da forma aprovada, o projeto prev a reserva de 5% das vagas para sentenciados na contratao de obras e de servios pela administrao pblica. Tambm estabelece que os sentenciados que cumprem pena na localidade em que se desenvolva a atividade contratada tero preferncia.

    O projeto, originalmente, acrescentava os pargrafos 4 e 5 ao artigo 39 da Lei 11.404, de 1994, que contm normas de execuo penal. Mas foi aprovado na forma do substitutivo n 2, da Comisso de Segurana Pblica, que d nova redao ao pargrafo 3 do artigo 39 da Lei 11.404 e acrescenta o pargrafo 4.

    Outro projeto aprovado, PL 425/07, determina a afixao de cartazes nos terminais rodovirios e estaes ferrovirias com informaes sobre o direito passagem gratuita para pessoas com mais de 65 anos, nos transportes urbano, semi-urbano e intermunicipal, garantida pelo Estatuto do Idoso. A proposta, do deputado Leonardo Moreira (DEM), foi aprovada com a emenda n 1, da Comisso de Constituio e Justia, que faz correes tcnicas sem alterar o contedo do texto.

    Doao de imvel - Tambm foi aprovado o PL 281/07, do deputado Clio Moreira (PSDB), que autoriza o Executivo a reverter imvel ao municpio de Buenpolis. A proposta foi aprovada na forma do substitutivo n 1 da Comisso de Constituio e Justia, prevendo a doao - e no a reverso do imvel - e com clusula de reverso.Tambm foi aprovado o PL 281/07, do deputado Clio Moreira (PSDB), que autoriza o Executivo a reverter imvel ao municpio de Buenpolis. A proposta foi aprovada na forma do substitutivo n 1 da Comisso de Constituio e Justia, prevendo a doao - e no a reverso do imvel - e com clusula de reverso.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2007

    Consrcio Capim Branco Energia - que construiu as Usinas de Capim Branco I e II, em Araguar e est gerando 450 megawatts, comemora Dia do Meio Ambiente com o 1 Passeio Ecolgico no Reservatrio da Usina Hidreltrica Amador Aguiar.

    Foto: Joo Maldonado

                                                       De Janaina Moura, assessora de Imprensa do CCBE:

    "Em comemorao Semana do Meio Ambiente, o Consrcio Capim Branco Energia- CCBE atravs da Gerncia de Meio Ambiente realizou na ltima quarta-feira, seis de junho, o I Primeiro Passeio Ecolgico no reservatrio da Usina Hidreltrica Amador Aguiar I, onde nove barcos puderam navegar em todo o seu trajeto perfazendo um percurso total de 70 km. Ao todo, 32 pessoas participaram do Passeio, entre gegrafos, ambientalistas, funcionrios do CCBE, militares e representantes da Universidade Federal de Uberlndia - UFU, comit da Bacia Hidrogrfica do Rio Araguari e secretaria municipal do Meio Ambiente de Araguari."


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2007

    Enigma sem soluo!?

                                "Sonhei que estava acordado. Acordei pr ver. Estava dormindo"

                                E a, arrisca uma resposta?



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2007

    Nosso BLOG DE NOTCIAS recebeu E-mail da Associao dos Fiscais e Inspetores Municipais de Contagem. A Associao vai se reunir s 17 horas, com o deputado Carlin Moura, do PT, no gabinete dele. Na pauta o Plano de Cargos e Salrios da categoria que trabalha na Prefeitura de Conatagem.

    email: presidencia@asfimc.org.br
    Nome: Associao dos Fiscais e Inspetores Municipais de Contagem - ASFIMC
    phone_no: 31 - 87224544 / 31 - 3889.5996
    What_you_think_about_me: Prezado Sr. Joo Carlos

    Hoje s 17:00h haver reunio do presidente da ASFIMC com o deputado estual Carlim Moura do PC do B em seu gabinete na ALMG. Na pauta est a solicitao de apoio do nobre deputado aos direitos dos fiscais e inspetores da Prefeitura de Contagem sobre a nova proposta de um Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) para todo o servio pblico na Cidade. Tentamos contato com V.S. por telefone, mas no conseguimos. Ento caso seja possvel solicitamos o seu apoio atravs de cobertura jornalistica de sua equipe este evento, que est envolvendo todo o funcionalismo pblico de Contagem.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2007

    Deputados mineiros do mais um passo para o TOMBAMENTO dos Mercados Distritais do Cruzeiro e de Santa Teresa, aqui em Belo Horizonte. O projeto j passou pela Comisso de Constituio e Justia. Vai agora para a Comisso de Cultura. Depois ser votado em plenrio, ainda neste primeiro semestre.

     Est pronto para ser analisado pela Comisso de Cultura da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, em 1 turno, o projeto que declara como patrimnios histricos e culturais de Minas Gerais os mercados distritais do Cruzeiro e de Santa Tereza, em Belo Horizonte. Ele foi apreciado nesta tera-feira (12/6/07) pela Comisso de Constituio e Justia (CCJ), tendo sido aprovado parecer pela constitucionalidade, sem emendas, do deputado Hely Tarqnio (PV). De autoria de 19 deputados, tendo como primeiro signatrio o deputado Joo Leite (PSDB), o Projeto de Lei (PL) 1.016/07 estar pronto para ser discutido e votado pelo Plenrio depois de passar pela Comisso de Cultura. Ainda no foi agendada reunio dessa comisso para analisar a matria.

    Apresentado pelos parlamentares depois de audincia pblica promovida em 26 de abril pela Comisso de Direitos Humanos, o projeto determina que caber ao Poder Executivo a adoo das medidas cabveis para registro dos bens culturais. Nessa audincia, comerciantes e freqentadores, incluindo artistas, demonstraram preocupao quanto possibilidade de fechamento dos espaos pblicos. Em 10 de maio, a comisso percorreu as instalaes dos mercados e se mobilizou para demonstrar o apoio da ALMG causa dos feirantes. Segundo informaes repassadas pelos feirantes aos deputados, a Prefeitura de Belo Horizonte pretende construir um quartel da Guarda Municipal em Santa Tereza e um estacionamento no Cruzeiro.

    Deputado sugere cuidado na anlise do projeto; autores defendem idia

    Na CCJ, deputados discutiram a eficcia da proposio. O deputado Sebastio Costa (PPS) destacou que no contrrio ao PL 1.016/07, mas ponderou que preciso ter cuidado quanto sua eficcia. "No pode ser uma lei a mais", disse, questionando de quem seria a competncia para o tombamento. Ele defendeu que no acontea intromisso do Legislativo estadual no Poder Executivo municipal, ao mesmo tempo em que enfatizou ser preciso preservar a autonomia dos poderes federados. Foi por sugesto do deputado Sebastio Costa que a CCJ solicitou informaes ao Instituto Estadual do Patrimnio Histrico e Artstico (Iepha) e Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto (Seplag) sobre a convenincia tcnica do tombamento e encargos do imvel.

    Tanto o relator da matria na CCJ, deputado Hely Tarqnio (PV), quanto alguns dos autores - deputados Joo Leite (PSDB), Fbio Avelar (PSC) e Wander Borges (PSB) - defenderam a proposio. Para Tarqnio, o PL 1.016/07 representa o desejo de grande parte da populao do Estado. Em resposta a Sebastio Costa, citou que haveria um decreto de 1937 permitindo ao ente estadual tombar patrimnio do ente municipal. Assim como Costa, sugeriu, por outro lado, que o projeto seja melhor discutido nas comisses de mrito, quando as informaes dos rgos de governo devero ter chegado Assemblia.

    O deputado Joo Leite (PSDB) discordou de Sebastio Costa, afirmando que a questo de mbito estadual, legal e tem grande apoio popular. Ele lembrou que atitude semelhante foi tomada quando a Assemblia promoveu, em lei, a criao da Estao Ecolgica do Cercadinho (Lei 15.979, de 2006). A atitude de proteger o manancial do Cercadinho, em Belo Horizonte, impediu, segundo ele, a construo de empreendimento imobilirio de 12 torres de apartamentos entre a Capital e Nova Lima. O deputado Wander Borges (PSB), outro autor, lembrou que, quando era prefeito de Sabar, promoveu o tombamento de um pontilho sobre o rio das Velhas, que pertencia antiga Rede Ferroviria Federal. A empresa recorreu na Justia, e a causa foi favorvel ao municpio em todas as instncias, segundo o parlamentar.

    Emenda em Plenrio - J o deputado Fbio Avelar (PSC), tambm signatrio do projeto, defendeu o PL e informou que apresentar emenda em Plenrio para tornar clara que a finalidade maior da proposio fortalecer a economia dos mercados, agregando ao comrcio atividades ligadas cultura e histria dos bairros de Santa Tereza e Cruzeiro. Para isso, a emenda determina que so objetivos da declarao: preservar a tradio e a cultura desenvolvidas nas reas dos mercados e entornos; e permitir a revitalizao econmica e ambiental das reas ocupadas pelos mercados pela agregao de atividades correlatas tradicionalmente desenvolvidas ali. J o deputado Fbio Avelar (PSC), tambm signatrio do projeto, defendeu o PL e informou que apresentar emenda em Plenrio para tornar clara que a finalidade maior da proposio fortalecer a economia dos mercados, agregando ao comrcio atividades ligadas cultura e histria dos bairros de Santa Tereza e Cruzeiro. Para isso, a emenda determina que so objetivos da declarao: preservar a tradio e a cultura desenvolvidas nas reas dos mercados e entornos; e permitir a revitalizao econmica e ambiental das reas ocupadas pelos mercados pela agregao de atividades correlatas tradicionalmente desenvolvidas ali.

    Sobre os locais - O mercado distrital de Santa Tereza j teve 99 boxes, mas hoje conta com apenas 15 feirantes. Trabalham no local cerca de 120 pessoas (somando-se os funcionrios de um supermercado dentro de suas dependncias). Atualmente, existem 36 boxes desocupados, mas segundo os feirantes haveria pelo menos 74 pessoas interessadas em ocup-los. J os comerciantes do mercado distrital do Cruzeiro ficaram sabendo pela imprensa que existe a inteno de transformar o espao em uma espcie de centro gastronmico. Longe da situao de abandono de Santa Tereza, o mercado do Cruzeiro tem 58 lojas em atividade e recebe cerca de 8 mil pessoas semanalmente. O mercado distrital de Santa Tereza j teve 99 boxes, mas hoje conta com apenas 15 feirantes. Trabalham no local cerca de 120 pessoas (somando-se os funcionrios de um supermercado dentro de suas dependncias). Atualmente, existem 36 boxes desocupados, mas segundo os feirantes haveria pelo menos 74 pessoas interessadas em ocup-los. J os comerciantes do mercado distrital do Cruzeiro ficaram sabendo pela imprensa que existe a inteno de transformar o espao em uma espcie de centro gastronmico. Longe da situao de abandono de Santa Tereza, o mercado do Cruzeiro tem 58 lojas em atividade e recebe cerca de 8 mil pessoas semanalmente.

    Os autores do PL 1.016/07 so os deputados Joo Leite (PSDB), Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), Durval ngelo (PT), Ademir Lucas (PSDB), Fbio Avelar (PSC), Walter Tosta (PMN), Gustavo Valadares (DEM), Glucia Brando (PPS), Andr Quinto (PT), Elmiro Nascimento (DEM), Doutor Rinaldo (PSB), Carlin Moura (PCdoB), Maria Lcia Mendona (DEM), Agostinho Patrs Filho (PV), Domingos Svio (PSDB), Gustavo Corra (DEM), Wander Borges (PSB), Ronaldo Magalhes (PSDB) e Dlio Malheiros (PV). Na justificativa, os deputados destacam que "mercados como os distritais de Santa Tereza e do Cruzeiro, o municipal de Diamantina e o central de Belo Horizonte fazem parte da histria das cidades, compondo o patrimnio cultural de nosso povo".



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2007

    Sauna , pipoca e piratas.

    Sufoco no Ptio Savassi no feriado. Foi na sala de cinema n 6, sesso das 10, do filme Piratas do Caribe. O ar condicionado no funcionou. A administrao do shopping nos deve uma explicao.

                         E mais: na sada da sesso, quando o relgio marcava 1h15m da madrugada, tivemos de descer as escadas, que no rolavam! Fica o alerta nova administrao do Ptio Savassi, que acaba de ser adquirido pela poderosa Multiplan, por 200 milhes de reais.
                         Outro detalhe constrangedor: a imensa fila em caracol que tivemos que enfrentar para entar no cinema. Por que no colocar poltronas no lado dentro , hall de entrada das salas de exibio? Seria mais conforto para ns consumidores e mais faturamento para os bolsos dos donos do empreendimento. Pretendo no voltar mais l no Ptio Savassi para ir ao cinema, at que o trauma passe, e o ar condicionado volte a funcionar.  s!


    1 comentrio                       

    __________________________________________________________________________







    Comentrios

    #1. celso - (celsocastilho@ccbe.com.br)
    Prezado Joao.

    Sou solidrio com voc.Afinal ja aconteceu comigo,tambm.

    No final da sesso, no me lembro o filme, pois ja se passaram mais de 20 meses, exigi explicaes, como no foram convincentes , pedi um novo ingresso em outra sesso.Fui atendido.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2007

    Governador Acio Neves recebe ministro da Integrao Nacional, Gedel Vieira Lima. Na pauta: poltica e Recuperao do Velho CHICO.









                               
                              Acio pede mais recursos para revitalizar o So Francisco

     











    Wellington Pedro/Imprensa MG
     

    O governador Acio Neves defendeu, nesta segunda-feira (11), uma maior aplicao de recursos do governo federal na revitalizao do rio So Francisco e em programas de saneamento bsico das cidades ribeirinhas. A afirmao foi feita aps encontro (foto), no Palcio da Liberdade, com o ministro da Integrao Nacional, Geddel Vieira Lima. O governador tambm defendeu maior rapidez na aplicao de recursos em programas de recuperao das matas ciliares ao longo do So Francisco.

    "Minas tem uma posio na busca de investimentos na revitalizao do rio, investimentos que consideramos importantes, que complementam inclusive aqueles que o Estado j vem fazendo. Estarei sempre disposto, como da natureza dos mineiros, ao dilogo, mas hoje a viso que os mineiros tm, que o governador do Estado tem, que preciso que os recursos para a revitalizao do rio, em suas vrias etapas, seja nas estaes de tratamento de esgoto, seja na recuperao de suas matas ciliares enfim, em vrios outros projetos, possam ocorrer o mais rapidamente possvel", disse Acio Neves, em entrevista.




    Recursos insuficientes

    O ministro da Integrao Nacional afirmou que os recursos do governo federal disponibilizados para a revitalizao do rio no so suficientes diante de todas as demandas ao longo da Bacia do Rio So Francisco. Ele garantiu que as sugestes e as crticas dos mineiros ao projeto de transposio do rio So Francisco sero consideradas.

    "Certamente que os recursos so insuficientes. Recursos so sempre insuficientes. Os estados brasileiros, e Minas no diferente, sempre precisaro de mais recursos, de mais investimentos em funo das grandes demandas que tm", disse Geddel. E completou: "J assumi com o governador o claro compromisso de apresentar aquilo que imaginamos que pode ser feito aqui. O governador tambm vai adensar, aduzir as suas crticas, as suas ponderaes, as suas reivindicaes. Ele a voz mais abalizada de Minas neste momento."



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 11, 2007

    Pela eleio do CRISTO REDENTOR no Rio de Janeiro como uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno. Campanha trazida a BH, pelo empresrio Svio Neves, presidente da empresa que cuida do Trem do Corcovado. Ele vem amanh ( tera-feira), a Belo Horizonte. D coletiva, s 10 da manh, na Associao Comercial. Site para votar : www.corcovado.com.br

                                A campanha chega a Minas pelas mos do primo do governador Acio Neves. Svio um batalhador pelo turismo no Rio de Janeiro, levando milhares de turistas ao Cristo Redentor - o Corcovado - projetando o monumento internacionalmente. Agora vai alm. Trabalha na mobilizao de coraes e mentes para incluir o Cristo entre as 7 Maravilhas do Mundo Moderno. Mais que justo! Tem nosso voto!
                                 Detalhes? Darei amanh, depois da coletiva, que Svio Neves vai dar mdia - de turismo ou no - l na sede da Associao Comercial de Minas, que fica na av. Afonso Pena, perto da Rodoviria.  Aguardem!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 11, 2007

    De volta da Lua de Mel - na Argentina e no Chile - o casal de amigos, advogado Cssio Lucas Pereira e Ludmila. Ele j est no batente no seu bem estruturado escritrio de advocacia - Barroca e Lucas Pereira ( SINCE 1960 ), que divide com seu amigo e scio Tasso Barroca.

                                Um detalhe nos chamou a ateno na conversa descontrada e prazerosa que tivemos no domingo - de sol e c azul - no Rancho do Boi, que fica na sada para o Rio de Janeiro, de frente para a beleza exuberante da Mata do Jambreiro. As delcias da Argentina, bem exploradas pelo real valorizado, diante do dlar. Tango no bairro de San Telmo, passeios na Calle Folorida, as carnes nobres imbatveis, a elegncia dos argentinos nas lojas e restaurantes de Buenos Aires. Olha, nos disse o dr. CssioLucas Pereira, na capital argentina, o clima sem sombra de dvidas, parisiense, mas bem mais em conta, com nossa moeda forte. Vale a pena!

                                 Da Argentina, o casal Ludmila/ Cssio Lucas Pereira, voou para Santiago do Chile. As belezas da capital e os elegantes vinhos tintos, cativaram o casal em lua de mel. Roupas, perfumes, culos de griffe, compuseram o menu tanto na Argentina, quanto no Chile, com a economia em expanso, que serve de referncia ao Brasil - inflao sob controle, moeda forte, estabilidade monetria e investimentos estrangeiros. 

                                Um exemplo para a Amrica Latina. A dica do casal :  vale a pena agendar viagem, mesmo que curta - a Argentina e ao Chile. E no perder a desgustao, principalmente da uva Carmenre, passando pela Cabernet Sauvignon, Merlot e a Syhan - uma das mais antigas do planeta, com origem atribuida Prsia, mas que no Chle d um belo vinho - encorpado, aveludado, elegante e com um retrogosto marcante.  Imperdvel!

                                  Em tempo: desejamos toda felicidade ao jovem casal: Ludmilla e Cssio Lucas Pereira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 11, 2007

    PARLAMENTO JOVEM na Assemblia Legislativa. Uma bela iniciativa. Assista hoje, a partir de 13 horas, pela TV Assemblia. Em BH, canal 11 pelo cabo. E no Interior: canal UHF.

                                        Debate sobre educao mobiliza estudantes no Parlamento Jovem 2007

    Uma preparao de trs meses, em que universitrios e alunos de ensino mdio se dedicam ao estudo de um problema, propondo polticas pblicas para modific-lo. Esse o Parlamento Jovem, programa feito em parceria da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, por meio da Escola do Legislativo, com a PUC Minas, por meio do Curso de Cincias Sociais, e que ter sua principal ao nesta segunda-feira (11/6/07). A partir das 13 horas, os 130 estudantes votaro, no Plenrio, 32 propostas sobre o tema deste ano, que "Educao: incluso e qualidade". As propostas aprovadas sero encaminhadas Comisso de Participao Popular da Assemblia, com sugestes de polticas pblicas a serem implementadas.

    O Parlamento Jovem contribui para melhorar a formao crtica dos participantes, ao lhes oferecer uma boa viso sobre como o desenvolvimento de um processo poltico. Essa a opinio da aluna de Cincias Sociais Carla Regina de Miranda, 20 anos, que participa do programa pelo segundo ano e, desta vez, ser a coordenadora da plenria final. "Acho que a atividade vai ocorrer da melhor maneira possvel, pois os meninos tm legitimidade para falar do tema da educao. Eles esto preparados para os debates, seguros e autnomos", afirma, referindo-se aos alunos do ensino mdio que os universitrios monitoram.

    Para a universitria, a atividade que no se encerra com a plenria final. "Aqui estamos muito prximos do processo poltico. Isso agua a curiosidade. O ser humano precisa fazer poltica para sobreviver, pois precisa sempre entrar em acordo, ceder, reivindicar", pondera. Ela lembra que o programa positivo para a formao dos prprios universitrios: "Como (futura) cientista social, acrescenta-me muito perceber que eles vo contribuir de formas diferentes para a sociedade. As teorias que parecem abstratas na sala de aula so colocadas em prtica no Parlamento Jovem".

    Tema envolveu os alunos durante trs meses

    O tema da atual edio do programa foi escolhido na sesso de lanamento do programa, em 9 de maro ltimo, na PUC Minas. Nos trs meses que se seguiram, os alunos se reuniram em grupos de estudo, atividades de capacitao, oficinas e uma mesa de debate, para aprofundar o conhecimento do tema escolhido e de assuntos ligados a cincia poltica, organizao do Estado e estrutura e funcionamento do Legislativo. Ainda nessa etapa, eles identificaram propostas de ao para o poder pblico, que poderiam contribuir para garantir a todos uma educao inclusiva e de qualidade.

    O aluno de Cincias Sociais e monitor Davidson Thiago da Cruz, que participa do programa pela segunda vez, tambm acredita que a discusso do tema ser favorecida, por se tratar do ambiente escolar. "Eles (os estudantes das escolas) tm propostas muito fortes. Querem professores mais capacitados, uma escola que faa sentido", avalia Davidson.

    Os alunos das escolas pblicas e particulares tm a oportunidade de travar discusses aprofundadas, mudando conceitos e compreendendo a importncia do dilogo e do fazer poltico. Um deles, Raphael Braga, 15 anos, aluno do 1o ano do ensino mdio do Colgio Frei Orlando, espera que a maioria das propostas deste ano sejam aceitas, em uma tentativa de que os problemas sociais e de infra-estrutura das escolas sejam resolvidos. "Ns discutimos poltica muito pouco, por isso o Parlamento Jovem mudou os meus conceitos", afirmou.

    "Vamos mostrar uma juventude inconformada com a qualidade da educao e que quer mudar essa situao para melhor. As reunies preparatrias foram boas, todos conversaram muito, e as pessoas eram muito amistosas", conta Andr Dell'Isola, 16 anos, aluno do 2o ano do ensino mdio do Colgio Santo Antnio. Victor Vincius Gomes de Jesus, 18 anos, aluno do 3o ano do ensino mdio da Escola Municipal Caio Lbano, tambm espera uma plenria de qualidade, com entendimento entre as escolas. "Eu e meus amigos conversvamos s sobre futebol; poltica um assunto novo para mim", disse.

    Iniciativa feita h quatro anos

    Incentivar o exerccio da cidadania entre os alunos, a partir do debate de temas importantes e fortalecer a democracia so alguns dos objetivos do programa, que permite que os participantes tomem intimidade com a poltica. Na plenria final, por exemplo, eles ocupam os assentos dos deputados e seguem os mesmos procedimentos dos eventos institucionais da ALMG. O suporte terico e tcnico aos estudantes feito por servidores da Escola do Legislativo e das Gerncias-Gerais de Projetos Institucionais e de Consultoria Temtica da Casa, alm de professores da PUC.

    "Os jovens apreenderam melhor o funcionamento da ALMG, quebrando o distanciamento entre o Legislativo e a sociedade", considera o deputado Andr Quinto (PT), presidente da Comisso de Participao Popular. Os universitrios que se interessam em participar do projeto como monitores so selecionados por uma equipe formada por tcnicos da Escola do Legislativo e professores da PUC. Eles recebem orientao e treinamento na rea de formao poltica, que o conhecimento do que democracia, cidadania e Poder Legislativo; e tambm tcnica, ou seja, relativa ao tema discutido. Paralelamente, feita uma mobilizao nas escolas que vo participar do projeto e que so responsveis por dar as primeiras sugestes de temas a serem debatidos.

    "O que mais me marca o envolvimento dos meninos. H um grande interesse em mudar a realidade deles", observa Jurani Garcia, um dos servidores da ALMG que atua no programa. Jurani chama a ateno para o fato de que, com as discusses, os estudantes acabam praticando o exerccio do jogo democrtico e conhecendo suas regras. "Foi uma atividade nova na forma do protagonismo juvenil, pois no houve interveno dos professores; uma experincia em que eles aprenderam a aprender: esse foi o grande legado desse projeto", completa a professora de Histria do Colgio Frei Orlando, Verenice Lacerda. "As escolas participam do projeto por escolha prpria, ento tm outro tipo de envolvimento", avalia Regina Medeiros, professora da PUC Minas.

    Maioridade penal, drogas e tica j foram discutidos

    A primeira edio do Parlamento Jovem, em 2004, teve a participao de 77 alunos, que simularam uma audincia pblica da Comisso de Participao Popular. Atuaram como representantes de organizaes da sociedade civil, deputados e assessores parlamentares, debatendo proposies legislativas sobre dois temas: "Cotas para minorias nas universidades" e "Aes preventivas contra o uso de drogas". Ao final dos debates, os alunos aprovaram moes pedindo a criao de um frum tcnico para debater cotas no ensino de terceiro grau e cursos tcnicos e polticas de preveno ao uso de drogas; a continuidade do Parlamento Jovem como ao anual e a criao do observatrio estadual para dos trabalhos legislativos por parte dos estudantes.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 10, 2007

    PARA QUEIMAR AS PESTANAS, enquanto a segunda-feira nos aguarda. Governador Acio Neves, almoa, amanh, com a bancada do PMDB, no Palcio das Mangabeiras. Incio de "namoro" assim mesmo: fala-se uma coisa, para dizer outra. E todos entedem o recado. Coisas da poltica. De Minas.

                        







                         O que estar em pauta - oculta - mesmo a sucesso presidencial em 2010, mas que passa pelas prefeituras dos 853 municpios de Minas, no ano que vem. Pela de BH -  o grande trunfo do PT - a luta ser mais acirrada do que se pensa. Vejamos: o prefeito Fernando Pimentel est no centro dos acontecimentos e muito bem. Mas, qual ser seu candidato sucesso? O deputado Roberto Carvalho? O ministro Patrus Ananias? O deputado Virglio Guimares? O ex-ministro Nilmrio Miranda? Temos, na verdade, ainda, um corpo sem rosto. E o prefeito Pimentel no pode errar. Fazendo o sucessor, se habilita na sucesso do governador Acio Neves. Se no...

                         Do outro lado da moeda poltica est o PSDB do governador Acio Neves. Mais ele vai mesmo ficar no ninho tucano? certo que conversa, apenas conversa, dizem os especialistas-com o PMDB, de olho em 2010. E aqui na capital na corrida pela Prefeitura est o n da questo, que vai exigir uma grande engenharia poltica de todos. Principalmnte do governador Acio, que tem timas relaes com o prefeito Pimentel. Da a reunio com o PMDB, nesta segunda-feira, em Palcio. claro que ningum vai tocar neste ponto. S a mdia. As negativas j esto prontas. muito cedo, vo dizer, com certeza. Mas o calendrio poltico tem vida e regras prprias. A jogada no taboleiro de xadrez da poltica, de um, fora a mexida do outro lado. Todos acompanham intensamente o que os adversrios de hoje, s vezes, aliados de amanh, fazem de olho no poder. Afinal, sem poder poltico, nada feito. a sombra. E sombra incomoda e como. 

                         E tem mais. A sucesso do prefeito Fernando Pimentel, aqui em BH, ter lances emocionantes. O deputado Ademir Lucas, ex-prefeito de Contagem, e agoira, deputado estadual, saiu na frente: lanou o nome, pelo PSDB, do senador Eduardo Azeredo. O senador, ficou vermelho, sorriu, murmurou,mas no deixou claro se vai ou no para disputa. Ainda cedo. Vamos ver - nos disse ele recentemente. Est certo. Afinal, como dizia Tancredo Neves - poltica para profissional. Sangue frio e saber esperar so fundamentais na poltica. Outro nome falado, de olho na Prefeitura de BH, o do deputado Joo Leite. E ele se movimenta. E trabalha para fixar a imagem de o principal adversrio do PT na sucesso na capital. Quer conferir: ligue na TV Assemblia, s 14 horas, de tera a quinta-feira. Da tribunal do penrio, no PINGA FOGO ele se posiciona como o principal crtico da administrao do PT em BH. E fala para mais de 250 municpios. Mas visa mesmo BH.

                         E o ministro Hlio Costa? Discreto ele acompanha e prestigia, sempre que pode o prefeito Pimentel. Namoro poltico que vem da ltima disputa aqui na capital: o ministro Hlio Costa apoiou Fernando Pimentel, apesar do seu partido, o PMDB, ter candidato, ou candidata, Prefeitura de BH. O que no pouco. um aliado poderosissimo do PT na capital. Vai pesar na sucesso? No tenho dvida nenhuma! 

                         No meio deste emaranhado de dvidas, o governador Acio Neves, se antecipa e almoa com os pemedebistas l no Palcio das Mangabeiras. E ter a presena, vejam bem, do ministro da Integrao Regional, Gedel Vieira Lima,(PMDB), que chega a Minas para fazer todo o trajeto do rio So Francisco. Da nascente foz. O que nos remete a Cames: " Navegar preciso. Viver, no preciso". O que se aplica, como uma luva, na poltica. Recomendo acompanhar os movimentos dos principais personagens do quadro da sucesso, primeiro municipal, que traz em seu bojo as sucesses estaduais e, a maior delas, a presidencial em 2010. O grande eleitor, em Minas, o governador Acio Neves, deu a largada. O presidente Lula, o maior eleitor  de todos, com seu Fome Zero e a estabilizao da Economia, aguarda. E trabalha. Finge  que no v a sucesso municipal em BH. Mas na hora certa, podem ter certeza, no vai deixar "companheiro ao relento" - garantem os petistas. Os outros personagens, atentos, comeam a se mexer. No vai faltar emoo! Tem gente que vai ter que aprender a dormir com um olho s. O outro, vigilante, no vai poder fechar nunca. Se o fizer...
                         

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 10, 2007

    Flashes da FEIJOADA DO PAN - Feijoada do Csar Romero, do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora - no sbado. Confira as fotos!

                                                        
    Ruth Hargreaves, o vice-prefeito Jos Eduardo Arajo e o ministro interino do Esporte, Wadson Ribeiro


    Almir Filho, Jovino Campos,
    Alozio Almeida e Incio da Silva













    Octvio Fagundes Jnior muito bem "escoltado" por Marcela Teixeira, Mrcia Aquino e Luciene de Abreu Corra

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 9, 2007

    INTERNET SEM FIO. Projeto Indito do Ministrio das Comunicaes beneficia a capital de Minas, com o BH DIGITAL. Confira detalhes!

     

    Ministrio das Comunicaes libera
    R$ 3,5 milhes para BH Digital


    Projeto vai levar internet sem fio a
    todo municpio de Belo Horizonte

    O Ministrio das Comunicaes liberou mais R$ 3,5 milhes para o projeto BH Digital, realizado em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte. O projeto de incluso digital teve incio em 2005 e tem como objetivo cobrir 95% da rea da cidade com internet sem fio de alta velocidade, deixando de fora apenas as reas de preservao ambiental. O custo total est estimado em cerca de R$ 4,3 milhes, com a participao de 81% do ministrio e o restante da prefeitura.

    As tecnologias usadas, como a Wimax, so as mais modernas sem fio atualmente. O projeto realizado em Belo Horizonte por causa do relevo da cidade. Sero conectadas Internet em banda larga todas as escolas pblicas do municpio, delegacias, associaes de bairros, ONGs (organizaes no-governamentais), rgos pblicos, entre outros. Nos telecentros e nas escolas, a idia ministrar virtualmente cursos de informtica, reforo escolar e formao profissional.

    "Este um projeto pioneiro que ser implantado em todas as capitais do Brasil. A prioridade a conexo nas escolas, e depois os postos de sade e rgos de segurana pblica", afirmou o ministro das Comunicaes, Hlio Costa. 

    A proposta levar tambm a internet para todos os bairros carentes, democratizando o acesso informao. Por isso, o atendimento atingir 256 pontos de incluso digital, at abril de 2008.  Ainda haver redes sem fio em seis parques e jardins para visitantes e turistas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 8, 2007

    Sufoco no Ptio Savassi no feriado. Foi na sala de cinema n 6, sesso das 10, do filme Piratas do Caribe. O ar condicionado no funcionou. A administrao do shopping nos deve uma explicao.

                         E mais: na sada da sesso, quando o relgio marcava 1h15m da madrugada, tivemos de descer as escadas, que no rolavam! Fica o alerta nova administrao do Ptio Savassi, que acaba de ser adquirido pela poderosa Multiplan, por 200 milhes de reais.
                         Outro detalhe constrangedor: a imensa fila em caracol que tivemos que enfrentar para entar no cinema. Por que no colocar poltronas no lado dentro , hall de entrada das salas de exibio? Seria mais conforto para ns consumidores e mais faturamento para os bolsos dos donos do empreendimento. Pretendo no voltar mais l no Ptio Savassi para ir ao cinema, at que o trauma passe, e o ar condicionado volte a funcionar.  s!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 7, 2007

    Casamento com recepo cinematogrfica em BH. Foi ontem no elegante bairro Cidade Jardim - zona centro sul da capital mineira. No centro do acontecimento, a jornalista Patrcia Porto e Leonardo Avelino - ambos da TV Assemblia. A recepo foi na belssima casa de recepes - a Casa Bernardi.

                         A igreja da Parquia Santo Incio de Loyola ficou repleta pelos mais de 500 convidados das famlias Porto e Avelino. Depois da cerimnia religiosa os noivos - Patrcia, num elegante vestrido branco brocado e Leonardo, num bem cortado terno com cravo na lapela, percorreram a nave central da igreja ao som de um saxofone, bem executado, que emoldurou o acontecimento.

                         A recepo foi  do outro lado da avenida Conde Linhares, aonde fica a belssima construo neoclssica dos tempos que a capital era conhecida como Cidade Jardim, a inconfundvel Casa Bernardi. Na entrada o porteiro chamava a ateno. Um gigante de 2 metros e 20 cm de altura, recebia os convites, sempre simptico e atencioso.

                          Logo na entrada, o Bolo da Noiva chamava a ateno pela originalidade. Foi montado num Trio Eltrico em tamanho reduzido, com aggs e todos os instrumentos metlicos, tpicos da Bahia. Tudo para agradar o noivo - Leonardo Avelino - um adorador da Terra de Jorge Amado, Caetano Veloso e dos Filhos de Gandhi.

                          Os convidados se espalharam pelos elegantes ambientes da Casa Bernardi. Buffet perfeito - prosseco na medida certa, usque tambm. Salgadinhos e uma massinha, completaram a noite-madrugada da recepo.  As fotos daremos ainda ESTA SEMANA, aqui no nosso BLOG DE NOTCIAS. Aguardem!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 7, 2007

    Investindo em Segurana. Estado oferece 1250 vagas. 180 para mulheres. As vagas esto distribuidas pelas diversas regies de Minas. Confira os detalhes e os sites de servio sobre o assunto.









                         Governo abre vagas para Agente de Segurana Penitencirio

     







    O jornal Minas Gerais desta quinta-feira (7) publica o edital do concurso para Agente de Segurana Penitencirio da Secretaria de Estado de Defesa Social, promovido pelo Governo de Minas Gerais, atravs da Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto. So oferecidas 1250 vagas de nvel mdio, sendo 180 para mulheres, distribudas em diversas regies do Estado.

    As inscries estaro abertas no perodo de 2 a 20 de julho de 2007 e sero feitas exclusivamente pela internet, no endereo eletrnico www.fgr.org.br da Fundao Guimares Rosa, responsvel pela execuo do concurso. O valor da taxa de inscrio de R$ 60.

    O concurso composto de seis etapas eliminatrias com provas objetivas de lngua portuguesa e conhecimentos gerais, de condicionamento fsico, exames psicolgicos, comprovao de idoneidade e conduta, alm de exames mdicos e curso de formao tcnico-profissional.

    As provas da primeira etapa sero realizadas no dia 26 de agosto de 2007 em Belo Horizonte, Divinpolis, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, Tefilo Otoni, Uberaba, Uberlndia, Una e Varginha, de acordo com a escolha do candidato no momento da inscrio.

    Regies

    A jornada de trabalho de Agente de Segurana Penitencirio de 40 horas semanais, com dedicao exclusiva e em regime de escala, incluindo a possibilidade de trabalho em perodo noturno, sbados, domingos e feriados, com remunerao mensal de R$ 1.160. As vagas sero distribudas para as regies Central (onde est includa Belo Horizonte), Alto Paranaba, Alto Rio das Velhas, Alto Rio Pardo, Alto So Francisco, Baixo Sapuca, Campos das Vertentes, Mata, Mdio Rio Grande, Noroeste, Norte de Minas, Vale do Ao, Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri, Vale do Paranaba, Vale do Rio Doce, Vale do Rio Grande, Vale do Rio Piranga, Vale do Rio Pomba e Vertente do Capara.

    O local de trabalho do Agente de Segurana Penitencirio ser na unidade prisional da Regio Administrativa para a qual o candidato se inscreveu, cujo municpio ser escolhido por ele, no momento da posse, conforme sua ordem de classificao dentro dessa regio administrativa.

    Informaes detalhadas sobre o concurso esto disponveis nos endereos eletrnicos www.fgv.org.br e www.planejamento.mg.gov.br.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 7, 2007

    De olho nas votaes do projetos na Assemblia Legislativa de Minas. Foi adiado at dia 18, o prazo para os parlamentares apresentarem emendas LDO - Lei de Diretrizes Oramementarias do Estado, que serve de plataforma para o Oramento de 2008 do governo Acio Neves. Confira os detalhes!


    Todos os cinco projetos de lei que compunham a pauta do Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais na Reunio Ordinria desta quarta-feira (6/6/07) foram aprovados em 1 turno. Cada um deles, agora, retorna comisso de mrito para anlise em 2 turno. Os projetos tratam da doao de imveis para portadores de deficincia, obrigatoriedade do exame da anemia infecciosa eqina, divulgao de informaes sobre desaparecidos em bilhetes lotricos, reverso de imvel ao municpio de Conselheiro Lafaiete e uma doao de imvel ao municpio de Mar de Espanha. Entre outras providncias, o Plenrio tambm acatou acordo de lderes que adiou para 18 de junho o prazo para apresentao de emendas ao Projeto de Lei 1.070/07, que trata da Lei de Diretrizes Oramentrias.

    O PL 64/07, de autoria do deputado Gilberto Abramo (PMDB), destina 10% dos imveis populares construdos pelo Estado a portadores de deficincia. O PL foi aprovado na forma do substitutivo n 2, de autoria da Comisso do Trabalho, da Previdncia e da Ao Social, com as emendas ns 1 e 2. O substitutivo n 2 estende a iniciativa a todas as pessoas com deficincia, de acordo com o conceito previsto na Lei 13.465, de 2000, que considera como pessoa portadora de deficincia "aquela que, comprovadamente, apresente desvantagem no que se refere orientao, independncia fsica ou mobilidade, ou de ordem neuropsquica que acarrete dificuldade para o exerccio de ocupao habitual, para a interao social e para a independncia econmica, em carter permanente".

    A emenda n 1 estabelece que o requerimento solicitando o benefcio poder ser apresentado tambm por um representante legal, pai ou filho da pessoa portadora de deficincia. Isso auxiliar queles que no podem ou tm dificuldade, como os menores, os idosos e os interditados. J a emenda n 2 aumenta o percentual estabelecido no projeto de 10% para 12%.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 6, 2007

    A vez da POESIA de Cida Buarque no Bairro Santo Antnio, aqui em Belo Horizonte.


            Quanto vale um verso?

                                               Estria: 9 de junho de 2007  21:30 hs.

                                                                             Poesia

    Em uma apresentao por semana, aos sbados, a poeta Cida Buarque abre as portas de sua casa - uma casa antiga, no simptico bairro Santo Antnio - e ali, mesmo, na sala de estar, ela interpreta seus poemas. Ao   fim do espetculo, ela quer saber: quanto vale um verso? A poeta no roda o chapu, mas convida, a cada um dos espectadores, que coloque, na sada, o quanto ele acredite que vale um verso. Uma noite com poesia. Um programa nico, que se encaixa em qualquer situao: no caminho do jantar, da pizza, do sanduche, antes do shopp, depois do shopp, no caminho para casa ou da cama...

     

    Cida Buarque

    Cida Buarque poeta, artista plstica e atriz. Em 1993, estreou em teatro de bonecos, em Belo Horizonte, na Galeria Ita, com o espetculo O Olho Torto De Alexandre, de Graciliano Ramos. Alm de atriz, ela fez a direo e concepo de arte do espetculo. Nesse mesmo ano, montou O Baile Das Quatro Artes, inspirado na obra de Mrio de Andrade, na mesma galeria, tambm em teatro de bonecos.

    Prmio Jabuti

    Em 1998, pela editora Moderna, So Paulo, ela lana a coleo de livros destinados ao pblico infantil, De Frente Para O Mundo. Alm dos textos, a coleo leva a sua assinatura na concepo e direo de arte. O primeiro livro da coleo, De Frente Para o Sol , ganha, em 1999, o prmio Jabuti.

    Teatro

    Em 2004, escreve, junto com Marcus Tafuri, o texto de Bebs - Hoje O Amanh De Ontem? O texto encenado pela Companhia Contrajuego e estria em maro de 2005 em Caracas, Venezuela. Nesse mesmo ano, ainda na Venezuela, a Companhia Contrajuego faz a leitura dramtica, no Centro Cultural Brasil-Venezuela, do texto O Esquisito (Bicho Raro), tambm de sua autoria (com Marcus Tafuri). Em 2006, o mesmo texto estria em Belo Horizonte, no Teatro Marlia, com direo de Carlos Rocha.

    Servio:

    Quanto vale um verso?

    De Cida Buarque

    Todos sbados: 21:30 hs.

    Rua Nunes Vieira, 99

    Santo Antnio - Belo Horizonte

    Tel.: 3293-8810.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 6, 2007

    Incluso digital de todos os 5.881 municpios do Pas, atravs dos TELECENTROS COMUNITRIOS - uma meta que o ministro Hlio Costa no abre mo.

     

    Prefeituras ainda podem solicitar
    instalao de telecentros comunitrios

    Quase 4 mil  prefeituras se cadastraram,
    mas ainda faltam 1.881municpios

     O Ministrio das Comunicaes continua recebendo inscrio de prefeituras que ainda no se cadastraram no projeto Telecentro Comunitrio, que tem o objetivo de incluir digitalmente todos os municpios brasileiros. At agora, 3.754 prefeituras atenderam chamada pblica, aberta em 1 de novembro de 2006.

    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, pede para que as prefeituras no deixem de se cadastrar: importante para o ministrio distribuir corretamente os telecentros, de modo que no haja desequilbrios regionais.

    Os municpios selecionados recebero mveis e computadores, alm de provimento de infra-estrutura de rede lgica e de sistemas, instalao de softwares livres e de programas informatizados de gesto do telecentro. Em contrapartida, as prefeituras devem oferecer local adequado, com acesso internet, luz, gua potvel, sanitrios, linha telefnica e acessibilidade s pessoas portadoras de necessidades especiais.

    De acordo com o Edital n 1/2006, o prazo para inscrio esgotou-se no dia 30 de novembro. Como ainda faltam 1.881 prefeituras para se cadastrarem, o formulrio de inscrio ainda est disponvel na pgina do ministrio, na internet. O ministrio encaminhou, por telegrama, o cdigo de acesso de cada prefeitura. Caso tenha havido algum problema no recebimento do cdigo de acesso, a prefeitura dever fazer a solicitao pelo endereo cgpe@mc.gov.br.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 6, 2007

    PM de Minas FAZ 232 ANOS.









                                 Anastasia participa da comemorao de 232 anos da PM

     











    Renato Cobucci/Imprensa MG
     



    O vice-governador Antonio Anastasia participou ONTEM, tera-feira (5) do aniversrio de 232 anos da Polcia Militar, marco do incio das comemoraes da Semana da PM em todo o Estado. Durante a solenidade na Academia da PM (foto), autoridades e personalidades receberam a Medalha Alferes Tiradentes, uma reverncia s pessoas que contriburam para o sucesso da instituio.

    Anastasia foi recepcionado pelo Comando da Guarda de Honra e assistiu passagem em revista da tropa. Ao final da cerimnia, toda a tropa da PM desfilou em continncia ao vice-governador.

    A Medalha Alferes Tiradentes remete ao mrtir da Inconfidncia Mineira Joaquim Jos da Silva Xavier, modelo de idealismo e sacrifcio para os militares. Tiradentes exercia a profisso de dentista, mas optou em 1775 pela carreira das armas, alistando-se no regimento de cavalaria de Minas



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 6, 2007

    Feriado com o bolso cheio.

    O Governo de Minas, atravs da Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto, vai quitar antecipadamente, nesta quarta-feira (6), a folha de pagamento dos servidores estaduais do Poder Executivo referente ao ms de maio de 2007. O valor total da folha de R$ 835 milhes e a Seplag processou 507.659 pagamentos, entre servidores ativos, inativos e pensionistas especiais.

    O depsito dos salrios acontece um dia antes do prazo normal em funo do feriado de Corpus Christi, amanh, quinta-feira (7).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2007

    Novo secretrio de Esportes e Juventude, deputado Gustavo Corra ( do DEM), vai tomar posse dia 14, semana que vem. Seu suplente na coligao PSDB/PP, Vanderlei Jangrossi, do PP, estava agora tarde na Assemblia Legislativa, j se preparando para retornar ao Parlamento.

                               



                 QUEM RETORNA: com a ida do deputado Gustavo Correa, para a Secretaria de Esportes e Juventude, quem assume na Assemblia de Minas, o deputado Vanderley Jangrossi, do PP.

    Em primeira mo:

     O novo secretrio de Esportes e Juventude, deputado Gustavo Corra, do Democratas, nos disse agora a pouco que a posse dele ter uma grande movimentao poltica, l no Palcio da Liberdade. O governador Acio Neves, que retorna da Inglaterra com boas novas para rea do novo secretrio - a reformulao do Mineiro para sediar jogos da Copa do Mundo de 2010 - quer marcar a posse de Gustavo Corra como um fato poltico importante nos Esportes e na Juventude em seu segundo mandato, colocando frente da Secretaria, um jovem parlamentar, que chega com flego e entusiasmo.
                                 A ida do deputado Gustavo Corra para a Secretaria de Esportes, resolve a situao do PP - Partido Progressista - que volta a ter bancada na Assemblia, com o retorno do deputado Vanderlei Jangrossi. Jangrossi era presidente da Comisso de Poltica Agropecuria e Agroindustrial, e vinha fazendo um trabalho de destaque, posio que dever voltar a ocupar, apartir da posse dele, semana que vem, quinta-feira, dia 14. s!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2007

    APOSENTADORIA ESPECIAL DO POLICIAL CIVIL de Minas. Na reta final, garante o deputado Sargento Rodrigues do PDT. Confira detalhes!

     O Projeto de Lei Complementar (PLC) 20/07, do governador, que dispe sobre a aposentadoria especial do policial civil, recebeu parecer pela constitucionalidade, legalidade e juridicidade na reunio desta tera-feira (5/6/07), da Comisso de Constituio e Justia (CCJ) da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. O projeto recebeu o substitutivo n 1 do relator, deputado Sargento Rodrigues (PDT), com o objetivo de adequar as mudanas propostas Lei Complementar 84, de 2005, alterando o artigo 5 da lei e acrescentando um artigo com a nova regra que se pretende estabelecer para a aposentadoria do policial civil. A proposta segue agora para as comisses de Administrao Pblica e de Fiscalizao Financeira e Oramentria para anlise em 1o turno.

    Ainda durante a reunio da CCJ, foram analisadas outras 28 proposies, entre elas o Projeto de Lei (PL) 1.016/07, de autoria coletiva de 19 parlamentares, que declara os mercados distritais do Cruzeiro e de Santa Tereza, em Belo Horizonte, como patrimnios histricos e culturais de Minas Gerais. A matria foi baixada em diligncia Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto e ao Instituto Estadual do Patrimnio Histrico e Artstico (Iepha), a pedido do deputado Sebastio Costa (PPS).

    O PLC 20/07 regulamenta as condies excepcionais para a aposentadoria do policial civil, de acordo com os termos do artigo 40, pargrafo 4o, inciso II da Constituio Federal. Estabelece que o exerccio de cargo de natureza estritamente policial considerado atividade de risco, por sujeitar-se a condies especiais de trabalho. Tambm determina que o servidor policial civil ser aposentado voluntariamente, independentemente da idade, aps 30 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 20 anos de exerccio em cargo de natureza estritamente policial. "Estamos devolvendo ao policial civil o direito de se aposentar aos 30 anos de trabalho", afirmou o deputado Sargento Rodrigues. "De imediato, a lei vai alcanar 1.515 policiais que estaro aptos a se aposentar", completou.

    A proposta determina ainda que os proventos do policial civil aposentado nos termos da futura lei correspondero totalidade da remunerao no cargo efetivo em que se deu a aposentadoria e sero revistos na mesma proporo e data, sempre que se modificar a remunerao dos servidores em atividade, sendo-lhe estendido quaisquer benefcios ou vantagens posteriormente concedidos a esses servidores, inclusive os decorrentes da transformao ou reclassificao do cargo ou funo em que se deu a aposentadoria. No parecer, Sargento Rodrigues destaca que o exerccio de cargo policial civil privativo de integrantes das carreiras de delegado de Polcia, mdico legista, perito criminal, escrivo de polcia, agente de polcia e auxiliar de necropsia, conforme estabelece a Lei Complementar 84, de 25 de julho de 2005, que modifica a estrutura das carreiras policiais civis, cria a carreira de Agente de Polcia e cria cargos no Quadro de Pessoal da Polcia Civil.

    Mudana constitucional - Algumas dessas modificaes propostas no PLC 20/07 estavam presentes na Proposta de Emenda Constituio 3/07, do deputado Sargento Rodrigues, mas o relator da matria na Comisso Especial criada para analis-la, deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), considerou que essa mudanas deveriam ser tratadas por meio de projeto de lei complementar estadual, de competncia privada do chefe do Executivo. Para tanto, apresentou o substitutivo n 1 sobre a PEC, retirando da Constituio do Estado a exigncia de que o assunto seja tratado por lei complementar federal e propondo que a matria seja tratada em projeto de lei complementar estadual. Algumas dessas modificaes propostas no PLC 20/07 estavam presentes na Proposta de Emenda Constituio 3/07, do deputado Sargento Rodrigues, mas o relator da matria na Comisso Especial criada para analis-la, deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), considerou que essa mudanas deveriam ser tratadas por meio de projeto de lei complementar estadual, de competncia privada do chefe do Executivo. Para tanto, apresentou o substitutivo n 1 sobre a PEC, retirando da Constituio do Estado a exigncia de que o assunto seja tratado por lei complementar federal e propondo que a matria seja tratada em projeto de lei complementar estadual.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2007

    SEXO e CHOCOLATE - qual deles voc prefere? As britnicas no tm dvida: CHOCOLATE. Confira as pesquisa publicada pela BBC Brasil.

    Britnicas preferem comer chocolate a fazer sexo, diz pesquisa da BBC Brasil
    Uma pesquisa realizada pela Universidade do Pas de Gales revelou que mais de metade das mulheres britnicas prefere comer chocolate a fazer sexo.
    Enquanto 87% dos homens disseram que optariam por uma noite de amor, 52% das britnicas admitiram que no resistem s tentaes de uma barra de chocolate.
    A pesquisa ouviu 1,5 mil britnicos.
    Segundo um dos entrevistados, "comer chocolate prazer garantido. O chocolate nunca decepciona".
    O estudo analisou a ligao entre o chocolate e a produo da endorfina, conhecido como "hormnio da felicidade" e mostrou que ambos homens (57%) e mulheres (66%) acham que comer chocolate melhora o humor.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2007

    Flashes da FEIJOADA DO PAN - Feijoada do Csar Romero, do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora - no sbado. Confira as fotos!



















    Regina e o vice-prefeito Jos Carlos Arajo, o presidente da Cemig, Djalma Morais, o ministro interino do Esporte, Wadson Ribeiro (com Carol)

    Vanessa e o prefeito Alberto Bejani, Pedro Bismark e CR

    O secretrio de Sade, Marcus Pestana, Margareth Evangelista dos Santos e Rodrigo Barbosa

    Isabella e Eduardo dos Santos

    Luciana e o deputado Lafayette Andrada

    A secretria de Governo, Nininha Soares presenteada pelas promotoras da Natura, rika Miana e Paula Lima Vieira Marques

    Daniele e Bruno Siqueira

    O deputado Mrio Heringer e Basileu Tavares

    Ana Paula Ribeiro faturou a Hunter 90 sorteada pela JF/Sundown

    Vnia de Landa, Luiz Eduardo Levy e Brbara de Landa Gonalves





    Fernanda Falabella


    Suzana Neves e Henrique Leal


    Beatriz Hollanda, o prefeito Alberto Bejani e Elimar Jacob Salzer Rodrigues


    CR com o presidente da Cemig Djalma e Maria Tereza Morais, Walter e Maria Lcia Abizaid


    O baterista Miltinho e Luciano Fleury da Cruz
    Gustavo Gianetti e Maria Nardeli


    Pedricto Rocha Filho e Jacqueline Vianna


    O reitor da UFJF, Henrique Duque
    com Cida e Joo Carlos Amaral


    Olga Pifano e o deputado Sebastio Helvcio

     
     

    Feijoada do Pan 2007
    "Tenho que recorrer ao Aurlio para definir uma festa de tanto sucesso como a Feijoada do Pan", assim a elegante Zaine Miana, entre um cafezinho e um papo no estande da Toko, comentou com CR sobre a promoo, em sua 15 edio.
    O prefeito Alberto Bejani (com Vanessa) marcou presena e ficou impressionado com a estrutura e o clima de alto astral que imperou no La Rocca.
    Uma das presenas festejadas na tarde, o ministro interino do Esporte, Wadson Ribeiro, que chegou acompanhado do secretrio-geral da UFJF Basileu Tavares, destacou a importncia do evento ressaltar o clima que antecede os Jogos Panamericanos 2007, alm de sortear 'kits' exclusivos da competio.
    A festa surpreendeu pela visual, animao e o cardpio musical com o Brazillian Jazz, Sandra Portela e Flavinho e um 'grand finale" com a Banda Maria, que lotou a pista at o final. O festival de prmios e a irresistvel feijoada, com servio perfeito do Ftima Buffet, completaram o sucesso da tarde/noite.
    Na sada do La Rocca, os convidados foram novamente surpreendidos com a faixa "O melhor da festa foi voc - CR"



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2007

    Ministro Hlio Costa: saindo na frente.

    Carros lanados em 2008 podem sair da fbrica com rdios digitais

     

    Medida visa beneficiar os consumidores e  estimular a indstria de equipamentos nacionais

     

     O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, pediu apoio da indstria automobilstica para que os carros lanados em 2008 j venham com receptores digitais. A declarao foi feita durante o 24 Congresso Brasileiro da Radiodifuso, quando anunciou que a escolha do padro de rdio digital deve ser feita at o final do ano.

     

    A indstria est esperando a escolha para comear a produzir os aparelhos transmissores em larga escala. A grande revoluo na transmisso de rdio digital no Brasil vai ocorrer na medida em que o rdio dos carros forem digitalizados, afirmou.

     

    A escolha vai levar em conta o benefcio aos consumidores, a melhoria de qualidade do som, o crescimento da indstria, e a ampliao dos nmeros de emissoras de rdio.  Hlio Costa lembrou que os principais obstculos j foram superados: Estamos testando o rdio digital h dois anos. Mais de 20 cidades brasileiras j esto fazendo os testes e j superamos todos os problemas iniciais. Vai ser um novo renascimento do rdio no Brasil.

     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2007

    A excelente revista ENCONTRO do jornalista Paulo Csar de Oliveira, ms de JUNHO, j est nas bancas. Sugiro conferir!




















      Amor sem fronteiras  
      REPORTAGEM DA CAPA  






     





      Ele aqui, ela do outro lado do mundo. Relacionamentos a distncia podem ter um final feliz?  
     






      O casal de advogados Frederico Rodrigues e Roberta de Morais: aps perodos
    de distanciamento provocados por viagens, o namoro
    acabou em casamento
     











      ARTE E CULURA









      BEL BORBA
    Faz das ruas local
    predileto para expor trabalhos
     






       DESTAQUE









      VIRTUAL
    Maior produtora de vdeo de MG:
    reconhecimento internacional

     











       ENTREVISTA









      JOS ROBERTO ARRUDA Choque de gesto em Braslia
     






        ESPECIAL









      ESPECIAL IMPUNIDADE
    Falhas na apurao policial:
    tudo comea a
     











       MEMRIA









      APEGO AO PASSADO
    normal guardar objetos que remetem aos tempos da vov?
     






        REPORTAGEM









      MEUS LIVROS, MEU TESOURO
    Nas bibliotecas particulares, ttulos raros
     















                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2007

    ESQUADRILHA DA FUMAA nos 157 anos de Juiz de Fora. Um show de audcia nos ares do Aeroporto da Serrinha, visto por uma centena de privilegiados convidados do colunista Csar Romero, que fazia aniversrio no domingo. Ns estvamos l.

                         Foi assim. A partir de 13 horas, o nosso amigo Csar Romero e sua me, a sempre simptica dona Maria Giovanini, recebiam seus convidados na elegante residncia da Rua das rvores, com vista panormica para a pista de pouso e decolagens do Aeroporto da Serrinha, em Juiz de Fora. 

                         O grupo de amigos e amigas de Csar Romero, alm dos gostosos tira-gostos, usques e vinhos, de entrada, e o requintado buffet de massas, carnes e saladas, tiveram esta ano - no Day After da consagrada FEIJOADA DO CABELIN ( que este ano foi em homenagem ao PAN), um espetculo parte: o Show da ESQUADRILHA DA FUMAA, que lotou as reas prximas ao Aeroporto da Serrinha. 

                        E, para quem, como eu e minha mulher a decoradora Cida Amaral, fomos s comemoraes do aniversrio do renomado colunista Csar Romero, o ngulo de viso dos avies tucanos, fazendo malabarismos nos cus, foi magnifico. Chovia fino. Mas, mesmo assim, l estavam os pilotos malabaristas com suas estolagens, loopings e rasantes, que colocavam nossos coraes boca. Imaginem os crebros e coraes dos pilotos! 

                        Foi um show inusitado, que levou Csar Romero ao microfone para fazer uma brincadeira bem-humorada:  "Meus amigos e amigas. Este show especial ns contratamos da Aeronutica, especialmente para vocs no dia do nosso aniversrio. Aproveitem"! Pano rpido!







    Comentrios

    #1. Cesar Romero - (cesaromero@terra.com.br)
    Carssimo Joo Carlos,
    obrigado pela sua presena (e da Cida) na Feijoada do Pan. A nota desta segunda, em seu blog, sobre o almoo de domingo ficou muito legal.
    Mais uma demonstrao de sua amizade. Forte abrao
    CR


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2007

    DE OLHO NO BANCO CENTRAL. Tarifas Bancrias ABUSIVAS na mira dos Procons.

                             Procon Assemblia pede reviso de normas do Banco Central

    O Procon Assemblia, da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, um dos signatrios da Carta Aberta divulgada na 2 Reunio do Frum dos Procons Mineiros - Ano 2007, realizado nos dias 24 e 25 de maio. Na carta, os representantes dos Procons Mineiros pedem a imediata reviso de resolues do Banco Central do Brasil, sobre a criao e cobrana de tarifas bancrias. Eles consideram que as normas editadas pelo BC ferem o Cdigo de Defesa do Consumidor, ao permitirem a criao e majorao livre de tarifas por servios, bastando a colocao de placas no interior dos estabelecimentos com 30 dias de antecedncia.

    Na carta, os Procons ressaltam que as resolues do Banco Central so extremamente permissivas, argumentando que as tarifas variam muito para servios similares ou idnticos, que receberam denominaes diferentes - o que causa confuso para os consumidores. A livre concorrncia e a regulao pelo mercado, defendida pelo Banco Central, tambm fica prejudicada, no entendimento dos Procons, uma vez que a relao com o banco comercial cativa, com contratos de longa durao, sem prazos de trmino.

    O texto destaca, tambm, que a colocao de placas no conveniente nem vlida para informar o consumidor, principalmente tendo em vista as atuais polticas comerciais dos bancos, "que afastam o consumidor de suas agncias, incentivando, cada vez mais, as operaes financeiras via telefone e internet". Os Procons tambm ressaltam que a maioria dos consumidores brasileiros no tem acesso rotineiro a esse recurso o que, portanto, invalida a publicao de informaes na internet.

    Servios no existem

    Servios no existem

    Servios no existem

    Outra crtica apontada na carta dos Procons que diversas tarifas bancrias so cobradas por servios ou produtos que no existem - como tarifa de manuteno do carto magntico de abertura de crdito, para compensao de cheque de baixo valor ou emisso de boleto bancrio - ou so desproporcionais ao servio prestado. Exemplo disso a tarifa de abertura de crdito, que cobrada pelos atos necessrios concesso de emprstimo, mas calculada com base no valor pretendido.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2007

    SUCESSO ABSOLUTO a Feijoada do Cabelin, em Juiz de Fora. Fomos l conferir!

                         Mais de duas mil pessoas circularam e degustaram a Feijoada da do PAN, a famosa e prestigiada Feijoada que o colunista Csar Romero - do jornal Tribuna de Minas -  faz h 15 anos em Juiz de Fora. 

                         O imenso espao de eventos do LA ROCCA foi ocupado pela alegria e descontrao dos convidados do colunista. Msica, tira-gostos de primeira, com linguicinha, mandioca, e torresmo, de entrada, com a gostoda e leve cerveja SOL. Depois da suculenta feijoada. E o mais importante, o reencontro de amigos que foram a Juiz de Fora - vindos do Rio de
    Janeiro, Belo Horizonte, So Paulo. 

                         Dezenas de personalidades do mundo poltico, empresarial e social de JF e vrias regies do Estado, foram prestigiar, sem sombra de dvidas, o mais importante colunista do interior de Minas. E que interior prilegiado geograficamente - a menos de duas horas, de carro, pela BR- 040 - do Riuo de Janeiro. 

                         Olha, era tanta gente importante na Feijoada do Cabelin , que este blogueiro no conseguiu anotar todo mundo. Mas, alguns, cito aqui no nosso espao. E quando o Csar Romero publicar as fotos vamos blogar e colocar aqui. 

                         Vamos l: destacamos o secretrio da Sade, Marcos Pestana; o deputado estadual Lafayette Andrada e sua mulher, a nossa prima, Luciana Amaral Andrada; o presidente da Cemig, Djalma Morais, o prefeito de JF, Alberto Bejani; o reitor da UFJF, prof. Henrique Duque ( que vir a BH, em breve, fazer conosco o curso Socorro, Estou na TV); o mdico Luiz Carlos Tafuri Arajo e Roxane; os jornalistas, Kak Guilhermino e Malu; Henrique Leal, Jrge Sanglard; o baterista do quinteto do J Soares, o juizforano Miltinho; o ator Castro Gonzada, Nerson da Capetinga; o forte empresrio Jovino Campos do Emprio Bahamas (em breve ter mega loja em Barbacena); Arnaldo Guerra e o engenheiro Jos Natalino, consultor do Banco Mundial, que adiou o retorno frica do Sul, para prestigiar a feijoada do Cabelin.

                         Jos Octvio Alkmin ( que lanou Csdar Romero no Dirio Mercantil de JF e este blogueiro como reprter poltico, econmico e editorialista tambm do Dirio Mercantil); Ibhahim El Koury, seu filho Kalil; o grande Paulo Ely e Regina; Candinho e Maria Helena, Ronaldo Granato e esposa; o radialista da Rdio Solar, Z Carlos Olivra e a mulher ele, Laura ( ficamos na mesa mesa, para nosso prazer - meu e da minha mulher, a decoradora Cida Amaral); o ex-vereador Wilson Jabour e seu filho Wilsinho, grandes amigos do nosso tempo de Dirio Mercantil e Rede Globo de JF... ufa! depois vou soltar mais nomes, que esto nas minhas "anotaes" mentais. Aguardem! 




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2007

    Da srie:UM FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Vale conferir coluna do nosso amigo, Csar Romero, da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. Em foco, um dos mais tradicionais clubes sociais de JF, presidido por Wilhelm Passarela Freire.










     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2007

    Resultados da viagem do governador Acio Neves Inglaterra. Ele quer transformar o Mineiro num Estdio de Wembley. Boa notcia para o novo secretrio de Estado de Esportes e Juventude, deputado Gustavo Corra, que assume cargo nesta segunda-feira, aqui em BH.











                        Acio busca modelos para reforma e modernizao do Mineiro

     

    O governador Acio Neves se reuniu, ontem, com os empresrios que transformaram o estdio de Wembley em um dos complexos esportivos mais modernos do mundo. Antes de embarcar para Londres (Inglaterra), onde o encontro se realizar, o governador afirmou que sua inteno formalizar um convite para a vinda da equipe tcnica a Minas para que estudem a viabilidade de empregar a mesma tecnologia e experincia na reforma do estdio Magalhes Pinto (Mineiro) e do Mineirinho.

    A modernizao do Mineiro um dos compromissos assumidos no Caderno de Encargos que o Governo de Minas entregou Confederao Brasileira de Futebol (CBF) na ltima quinta-feira (31) como pr-condio para Belo Horizonte sediar um dos jogos da Copa do Mundo de 2014, caso a competio seja realizada no Brasil.


    Ns temos um ousado projeto que transformar o Mineiro, o Complexo Mineiro/Mineirinho, no primeiro complexo esportivo do Brasil pronto para a Copa do Mundo de 2014. Eu me reunirei, no domingo, em Londres, com os responsveis pela modernizao do estdio de Wembley, pela construo do complexo esportivo de Wembley, que no apenas o estdio de futebol, existe l espaos para show, o que poder ser feito aqui, afirmou o governador, em entrevista, ao inaugurar o complexo virio da Avenida Jos Cndido da Silveira, na quinta-feira passada.


    Neste sbado (02), o governador, dever se encontrar com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para apresentar Caderno de Encargos de Minas Gerais, que foi protocolado na sede da instituio pelo superintendente de Esporte do Governo do Estado, Alexandre Massura, na ltima quinta-feira.


    Modernidade e segurana


    Segundo Acio Neves, a proposta do Governo do Estado tornar o Mineiro e o Mineirinho nos estdios mais modernos do pas. Ele disse que o projeto de reforma ser amplo, contemplando a abertura de atividades e novas oportunidades para os setores social e comercial no entorno dos dois estdios.


    A localizao do Mineiro e do Mineirinho permitem um ousado projeto, inclusive, de agregao de outras atividades sociais naquele entorno e at mesmo comerciais. Inclusive esse grupo no fez apenas Wembley, fez alguns outros estdios na Europa, destacou Acio Neves. E completou: A minha inteno que eles venham proximamente a Minas Gerais. um grupo capitalizado que pode trazer, inclusive, alguns parceiros privados importantes para que a gente imediatamente possa dotar o Mineiro e o Mineirinho das condies adequadas para se transformarem no estdio mais moderno do Brasil.


    Caderno de Encargos


    Entre os compromissos assumidos pelo Governo de Minas est a expanso da cobertura do Mineiro, permitindo maior conforto e melhor visibilidade a todos os expectadores. A arquibancada tambm se estender at as linhas do campo, ficando a uma distncia de apenas 15 metros do campo, aumentando a emoo e prazer dos torcedores. A rea adaptada para deficientes fsicos ter capacidade de atender 300 pessoas. Ser construdo um heliponto para permitir deslocamento gil no caso de emergncia mdica. E tambm estacionamento com sete mil vagas cobertas.


    A rea reservada a convidados ter 2 mil metros quadrados, com camarotes e tribuna VIP e Sky Box. Sero construdas cabines para imprensa especializada com capacidade para 180 pessoas, com toda a infra-estrutura necessria para garantir a cobertura e transmisso do evento, alm da tribuna de imprensa para 5 mil pessoas.


    Segurana


    A modernizao do Mineiro incluir o aperfeioamento do sistema de segurana para dar ainda mais tranqilidade a torcedores e atletas. Sero utilizadas durante os jogos da Copa tecnologias tais como vdeo-monitoramento e radiopatrulhamento areo. Ser instalado no Mineiro um Centro Integrado de Operaes (Ciop), onde, durante 24 horas, atuar um representante de cada rgo de Defesa Social policias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros.

    O Centro ter ainda representantes dos demais rgos pblicos e privados envolvidos no evento, que podero monitorar a cidade e os eventos, atravs de cmeras, telefones, fax, computadores. O sistema permitir que os agentes de segurana atuem de forma rpida e eficiente sempre que se fizer necessrio.


    Ser tambm reforada a interiorizao dos servios relacionados segurana, principalmente nas cidades tursticas, com policiais devidamente treinados para o exerccio de sua atividade abrangendo o domnio da comunicao no mnimo bilnge, a fim de facilitar os atendimentos.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2007

    BIG - Gandes Idias. Esta agncia de propaganda mineira vem marcando pontos no dia-a-dia da publicidade no Estado. Entre as contas que atende, esto: as Prefeituras de BH e de Juiz de Fora. E nesta sexta-feira, tivemos o imenso prazer de troca um dedo de prosa com dois de sues diretores, na Parillla del Mercado, aqui em BH. Durante mais de uma hora tivemos uma conversa inteligente com o experiente MRIO RIBEIRO e o atencioso Wagner Bennaton. Filosofia, planejamento estratgico, enfim, uma papo globalizado.

                         Foi assim s sextas, todas que estou na capital, corro para a gostosa Parilla del Mercado, l no Mercado do Cruzeiro, para saborear a carne uruguaia do nosso Tomaso, um simptico e competente uruguaio, que faz a delcia do paladar de ns, mineiros. Com destaque para o prprio governador de Minas, nosso amigo Acio Neves, dentre outros. Como  hoje, quando encontramos o Mrio Ribeiro e o Wagner Bennaton. Foi nossa sobremesa unigualvel, como gostamos - um cafezinho e muita conversa. E da boa. 

                         Fomos de filosofia, que eu e Mrio Riberiro, gostamos muito e usamos como ferramenta de sobrevivncia existencial e meio de sobreviver num mercado, aonde o saber dos velhos filsofos gregos - Plto, Scrates e Arisitteles - ainda esto e vo permanecer atualissimos, contemporneos. Bons consultores para os tempos de globalizao.

                         O Mrio nos falou de suas percepes, sempre adequadas e inteligentes, sobre o mundo da publicidade, do relacionamento humano. Destacou o choque que sofreu - positivo - quando certa poca, recebeu a incumbncia de resumir as "20 Mega Tendncias", de  Neschbitt, a pedido de uma executiva da Andrade Gutierrez.

                         Nos contou: quando acabou de resumir o captulo O FIM DAS IDEOLOGIAS, parou para tomar um caf. Era sbado. 8 da noite. Ligou no Jornal Nacional, da Rede Globo. E, para seu espanto o Cid  Moreira anunciou: Cai o muro de Berlim. A entrou o reprter Pedro Bial com seu texto potico-jornalstico descrevendo o incio de um novo mundo. O mundo da globalizao, onde as fronteiras dos Estados Nacionais, desapareceram na prtica. Sumiram, por total falta de utilidade, as Rdios Voz da Amrica, dos EUA, e a Rdio Moscou, que deram  vez Internet, aos BLOGs, a imagem via satlite, ao turbilho de alta teconologai aplicada comunicao, que s est comeando.

                         Um cortre: eram quase 4 da tarde de hoje, mais de uma hora de conversa, quando nos despedimos. O Mrio e o Wagner foram para a BIG Grandes Idias. E ns estamos indo para o frio gostoso de Barbacena, escala para Juiz de Fora, aonde amanh, dia 2, vamos Fejoada do Cabelin, renomado colunista do Jornal Tribuna de Minas.

                         EM TEMPO: ns mineiros somos engraados. Ao nos despedirmos - eu o Mrio Ribeiro e o Wagner Bennaton - dissemos: ento, foi um prazer, depopis  a gente conversa! Coisa nossa: quem estivesse ouvindo diria, se no fosse mineiros claro: o que? A gente conversa? Como? Os trs no pararam de falar durante mais de uma hora! Pano Rpido!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2007

    Saiu a "fumacinha branca". Agora oficial: o deputado GUSTAVO CORREA ( lder na Assemblia de Minas, do Democratas) o novo secretrio de Espoertes e Juventude. Quem disse: o governador Acio Neves. Foi o ltimo ato dele, antes de viajar para a Inglaterra, aonde fica em misso especial at dia 4, segunda-feira.














                            Gustavo Corra o novo secretrio de Esportes e Juventude

     

    O governador Acio Neves anunciou nesta quinta-feira (31) que o deputado estadual Gustavo Corra ser o novo secretrio de Estado de Esportes e da Juventude. Ele assume o cargo nesta sexta-feira (1).

    "Ele ter responsabilidade, ao lado de Rogrio Romero (secretrio-adjunto), de dar um grande impulso s aes que j esto ocorrendo no mbito dessa secretaria, entre elas, o Minas Olmpica, que um projeto tambm de excelncia nessa rea", afirmou o governador, em entrevista, aps a cerimnia de inaugurao do novo complexo virio da Linha Verde, no cruzamento das avenidas Jos Cndido Silveira e Cristiano Machado.

    A secretaria de Estado de Esportes e da Juventude foi criada no incio deste ano, quando o governador promoveu alteraes na estrutura administrativa do Estado. A nova pasta tem o objetivo de desenvolver atividades com foco social e desenvolver aes dirigidas juventude com o objetivo de ampliar as oportunidades de emprego e incluso social.

    Um das primeiras atribuies do novo secretrio ser a organizao dos Jogos do Interior de Minas Gerais (Jimi). "Ns vamos fazer o maior Jimi da histria de Minas Gerais para estimular o convvio social atravs do esporte nas vrias cidades de Minas. So algumas centenas de cidades que estaro participando esse ano", anunciou o governador.

    Currculo: Gustavo de Faria Dias Corra est no segundo mandato como deputado estadual e filiado ao DEM. Foi assessor especial do governador Acio Neves entre 2003 e 2004.  Em 2005, assumiu como suplente uma vaga na Assemblia e passou a ser efetivo no Legislativo em fevereiro de 2006. Atualmente, Gustavo Corra atuava como lder do DEM (ex-PFL) na Assemblia Legislativa.  Ele nasceu em 1975 em So Paulo e bacharel em Direito.








                 QUEM RETORNA: com a ida do deputado Gustavo Correa, para a Secretaria de Esportes e Juventude, quem assume na Assemblia de Minas, o deputado Vanderley Jangrossi, do PP, que agora volta a ser bancada, com cinco parlamentares, entre eles, o presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2007

    Vem a, em julho, o mais novo e sofisticado SPA de Beag. frente a modelo carioca Vanessa Oliveira.

                        O novo SPA est est sendo montado no Caesar Hotel, em frente ao BH Shopping. Quem nos informou foi a modelo Vanessa Oliveira, que jantava com um grupo de amigos, na noite-madrugada de quinta-feira, na Favorita. Ela nos disse que gosta muito da capital mineira e aposta no empreendimento, que ter tudo para agradar os mais sofisticados(as) clientes. s aguardar quando julho chegar! Quem deve estar rindo toa o competente gerente-geral do Caesar, o competente Marten Van Sluyes.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2007

    Em tempos de SUPERAGRO no Parque da Gamaleira, aqui em BH.






                                  Sinduscarne e Afrig marcam presena na Superagro

    O Sindicato Intermunicipal das Indstrias de Carnes, Derivados e do Frio de Minas Gerais (Sinduscarne) e a Associao dos Frigorficos de Minas, Esprito Santo e Distrito Federal (Afrig) participam, at domingo, da SuperAgro 2007, um do mais importantes eventos para produtores rurais do estado. So 50 metros quadrados de estande no Expominas, aberto a todos os frigorficos do estado que queiram disponibilizar suas marcas gratuitamente.

               

                A SuperAgro conta, este ano, com mais 300 empresas participantes de Minas e de outros estados, com destaque para as reas de gentica, sade e nutrio animal e laticnios. Os organizadores estimam que os negcios devem crescer 10% em relao ao ano passado, podendo atingir a casa dos R$ 66 milhes.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2007

    Ministro Hlio Costa: pensando grande num mundo globalizado.

    Ministro defende a criao de uma grande empresa nacional de telecomunicaes


    Proposta de Hlio Costa defendida no 24 Congresso Brasileiro da Radiodifuso

    O Ministrio das Comunicaes apia a criao de uma grande empresa nacional de telecomunicaes. Foi o que afirmou o ministro Hlio Costa durante a abertura do 24 Congresso Brasileiro da Radiodifuso.

    De acordo com Hlio Costa, a criao da empresa fundamental para que o Brasil se torne competitivo no mercado internacional.  Atualmente, as grandes corporaes mundiais do setor esto se fundindo para se expandir em nvel global.  As principais empresas brasileiras, como a Telemar e a Brasil Telecom, por exemplo, so cobiadas por essas corporaes.

    O ministro deixou claro que os investimentos internacionais so muito bem-vindos ao Brasil, que as recebe com diversos incentivos. Porm, explicou: "temos que estimular tambm os empreendedores nacionais para se desenvolverem tecnologicamente e economicamente". De acordo com Hlio Costa, nenhum pas vai conseguir competir com empresas norte-americanas ou europias sem apoio de investidores nacionais e sem dominar tecnologia de ponta.

    "A criao de uma empresa nacional tambm vai ajudar a consolidar a competio do mercado interno. O Ministrio das Comunicaes defende isso junto ao presidente Lula e j contamos com a simpatia do primeiro escalo do governo", afirmou o ministro.

    Para ouvir o discurso na ntegra, clique nos links abaixo:




     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2007

    De olho na Feijoada do Cabelin. Ser manh, em Juiz de Fora, a badalada Feijoada que o renomado colunista Csar Romero faz anualmente em sua cidade, reunindo quem quem do mundo poltico, empresarial e sociedade no La Rocca. Estaremos l!

                                                              Camisetas esgotadas
    A Feijoada do Pan confirma a tradio da promoo desta coluna e, a exemplo dos anos anteriores, est com as camisetas-convite esgotadas.
    O sucesso se deve ao grande apoio da Tribuna e a parceria do Rodovirio Camilo dos Santos, Fama Viagens, TAM, Aurora Alimentos, Emprio Bahamas, TIM, Pangea, Instituto Vianna Jnior, Foto Ferreira Digital, San Motors/Honda, Cerveja Sol/Coca-Cola e MRS Logstica.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail