Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16267)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019



    _______________________________________________________________
    .

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 30, 2010

    HOJE noite. Assista!!!

    TALK SHOW do Joo Carlos Amaral!!!
    HOJE, 21:00  assista na Rede Super.
    DETALHE: assista pela TV ou pela internet.
    s digitar: www.redesuper.com.br
    FAA o teste voc vai gostar de fazer
    o que muita gente j est fazendo:
    vendo TV pela INTERNET.

      O especialista em Meio Ambiente, dr. WILLER PS, 
     ex-presidente da FEAM, ex-diretor do IGAM 
    e com brilhantes passagens
     pela Anglo Golg Ashante e Anglos Ferrous,
         fala sobre uma nova abordagem 
    que as empresas precisam ter
     ao lidar como o meio ambiente.
    no nosso Talk Show!!!

    HOJE, quarta-feira-feira, s 21:.REDE SUPER
     TALK SHOW Joo Carlos Amaral, assista!!!


              
    Dr.WILLER PS 
      enrevistado desta quarta-feira
    no meu programa Talk Show
    "Joo Carlos Amaral Entrevista"
    na REDE SUPER de TV.
     Em BH cabo pela NET o 23. 
    E pela internet:
    www.redesuper.com.br
                                                                                    

     

    O "Programa Joo Carlos Amaral Entrevista"
     vai ao ar na TV  REDE SUPER,
    canal 23 da NET,
     toda quarta-feira,s 21 horas,
    com reprises:
     s segundas-feiras s 13h30m.

    E s sextas-feirras, s 11h30 da manh.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 30, 2010

    Cobra que no se arrasta no engole sapo. Este ditado popular eu sigo todos os dias como um atento blogueiro.

    E ontem no final da noite passei pelo restaurante CHEZ BASTIO - que por vrios anos foi o QG da turma do ex-governador Hlio Garcia - e que hoje petence a um outro ex-governador de Minas, Newton Cardoso.
    L esetava apenas trs polticos. Os deputados federais Virglio Guimares e Miguele Correia Jr. do PT e, o suplente de senador Welington Salado do PMDB. Virglio convidou e eu aceitei tomar uma taa de um bom vinho tinto portugues e participar de um dedo de prosa, bem mineira. Ou seja, falando em cdigos, matreiramente.  




    Virglio chamou a ateno, que quando um poltico fala uma coisa,s vezes aquilo mesmo que ele est flando, sendo ilaes, sem especulaes de sentidos. Citou o caso dele: quando eu disse que no era candiato a federal - vai colocar o filho dele Gabriel, como candidato - era uma deciso pessoal, s que muita gente tentou tirar outras concluses.
    Erraram, afirmando que ele queria mesmo era ser vive de Hlio Costa. Os fatos mostraram, segundo o deputado, que ele, Virglio, decidiu mesmo no se candidatar a deputado. Quer seguir outros rumos.
    DETALHE: falei com uma fonte no PT, ligada ao ex-ministro Z Dirceu. Ele nos garantiu que o suplente na chapa do Pimentel ao senado ser do PT e que o nome ser mesmo o de Virglio.
    O suplente de senador Welington Salgado disse que est admirado com o volume de investimentos do governo de  Minas na regio dele. Citou Araguar, que recebeu quase cinco milhes em obras.
    Virglio emendou: Lula vai jogar pesado em Minas, para equilibar a balana. Ser uma briga de tits, concluo eu.



    Salgado disse admirado, l pelas tantas da conversa, que o senador Fernando Collor de Melo, lidera para governador em Alagoas com 38 pontos. E que o senador Renan Calheiros est certo da reeleio para mais um mandato.
    Pergintei ao deputado Virglio Guimares se ele conhecia alguma pesquisa, feita depois que Patrus decidiu ser vice de Hlio Costa. Ele conferiu no seu i-phone.
    Tinha o registro de uma pesquisa extraoficial - aquela s para consumo interno - que aponta: Hlio Costa 45%, Anastasia 18% e Z Fernando do PV, com 3%.
    E um dado que chamou minha ateno: 33% responderam que no sabem ou no quiseram revelar em quem vo votar para governador de Minas. Dado importante para quem acompanha os pontos de fuga em busca de crescer na corrida pelo governo. Al ex-governador Acio Neves!!!

    E circula no meio poltico um termo para equilibar o quadro: no contraponto de Dilmasia,surgiu o DILMALIO.
    Bem bolado, no ?


    VOX POPULI
    divulga pesquisa pedida pela  BAND:


    Serra: 35%        Dilma 40%

    A candidata petista Presidncia, Dilma Rousseff, lidera o cenrio eleitoral com 40% das intenes de voto, segundo pesquisa realizada pelo instituto Vox Populi. Jos Serra (PSDB) aparece na segunda colocao, com 35%, e por Marina Silva (PV), com 8% da preferncia dos eleitores.

    A pesquisa, encomendada pela Band, foi realizada entre os dias 24 e 26 de junho com 3.000 eleitores e est registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o nmero 16944/2010. As informaes so do blog do Fernando Rodrigues.

    Os nmeros so similares aos apresentados pelo levantamento CNI/Ibope, da semana passada. Dilma tambm tinha 40%, e Serra, 35%. A diferena a candidata verde, que aparecia com 9% na outra pesquisa.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 29, 2010

    Amanh, dia 30, aniversrio de MONTES CLAROS no norte de Minas.







    Sejel intensifica preparao da agenda esportiva dos 153 anos



    O casal anfitrio Stela/prefeitoTadeu Leite



    Comeou a contagem regressiva para a realizao da programao esportiva, que ocorrer dentro das comemoraes do aniversrio de 153 anos de Montes Claros. O secretrio de Juventude, Esportes e Lazer, Antnio Eustquio Gomes, o Toninho da Cowan, informa que a Sejel intensificou os preparativos, com todos os profissionais trabalhando duro para que tudo transcorra dentro do planejado na semana de aniversrio da cidade. Segundo Toninho da Cowan, as equipes esto cuidando de toda a agenda nos mnimos detalhes para evitar transtornos e presentear a populao com um pacote esportivo recheado de emoes e alegria.
    A programao ser aberta no dia 2 de julho, s 19 horas, com o Circuito Montes Claros de Frmula Kart, e ter continuidade no dia 3, com o V GP de Ciclismo Cidade de Montes Claros, e Enduro dos Montes, fechando no dia 4, com a 4 Meia Maratona Jos Nardel e a 2 Etapa do Campeonato Norte-Mineiro de Supercross.
    Na Secretaria de Esportes, o ritmo intenso, com cada equipe compenetrada na organizao da agenda, com os profissionais cuidando das inscries, preparao dos kits, chips e numerao, disponibilizao de banheiros qumicos, gua e frutas, fiscalizao, entre outras providncias. E tem muita gente dando uma mozinha.
    O argentino Juan Faria, da Bicimax, deu um tempo na organizao do GP de Ciclismo Aniversrio de Montes Claros, para fazer a marcao do percurso da Meia Maratona. Acompanhado de uma equipe da Sejel num carro, ele percorreu todo o trajeto numa bicicleta olmpica com computador para fazer a medio certa do itinerrio. Depois, voltou preparao da prova ciclstica, que contar com a participao de alguns dos maiores nomes do ciclismo nacional e internacional.
    Todos os eventos so uma promoo da Prefeitura, atravs da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). A Meia Maratona vai distribuir R$ 42,8 mil em prmios e dever contar com a participao de cerca de 3 mil atletas do Brasil e do exterior. Segundo o secretrio-adjunto de Esportes e Lazer, professor Jaime Tolentino, cinco quenianos j tinham confirmado presena na 4 Meia Maratona Jos Nardel. Ele est otimista quanto ao sucesso da competio, que j se tornou uma tradio no calendrio de corridas de ruas do Pas.
    Gradativamente, as largadas por pelotes acontecero a partir das 8h30 do prximo dia 4, na Praa dos Jatobs, e ter um percurso de 21,7 quilmetros, passando pelas principais avenidas de Montes Claros. Para os organizadores, ser um verdadeiro tour pela cidade, j que os atletas sairo da zona sul e vo at zona norte, voltando Praa dos Jatobs, local da chegada. At a quarta-feira, 23, segundo a professora Cnthia Eleutrio, o nmero de inscritos na Meia Maratona j se aproximava da marca de 1 mil atletas.
    As inscries encerram-se no prximo dia 30, por fax ou pessoalmente, na Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), situada Rua Enor de Brito, 22, bairro Morada do Sol, CEP 39.403.235. Outras informaes pelos fones (38) 3229-3474 e (38) 3229-3475 ou pelo e-mail 4meiamarato@montesclaros.mg.gov.br



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 29, 2010

    Que alvio. Seleo faturou o chile por 3 a 0.

    Vi e gostei. Time tem que jogar pr frente. Posse de bola s amola. Nem o Dunga aguenta. Tanto que mudou a ttica. Parabns.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 28, 2010

    TALK SHOW do Joo Carlos Amaral!!! HOJE, 13h30m assista na Rede Super. DETALHE: assista pela TV ou pela internet. s digitar: www.redesuper.com.br FAA o teste voc vai gostar de fazer o que muita gente je st fazendo: vendo TV pela INTERNET.


                                  Vice-presidente da FIEMG,TEODOMIRO DINIZ CAMARGOS,
                                            fala sobre Mercado Imobilirio no nosso Talk Show!!!

                                                HOJE, segunda-feira, s 13h30m...REDE SUPER.
                                                 TALK SHOW Joo Carlos Amaral, assista!!!


                  

                   
      Teodomiro Diniz Carmagos,
    vice-presidente da FIEMG

      enrevistado desta quarta-feira
    no meu programa Talk Show
    "Joo Carlos Amaral Entrevista"
    na REDE SUPER de TV.
     Em BH cabo pela NET o 23. 
    E pela internet:
    www.redesuper.com.br
                                                                                    

     

    O "Programa Joo Carlos Amaral Entrevista"
     vai ao ar na TV  REDE SUPER,
    canal 23 da NET,
     toda quarta-feira,s 21 horas,
    com reprises:
     s segundas-feiras s 13h30m.

    E s sextas-feirras, s 11h30 da manh.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 28, 2010

    De olho nas votaes na Assemblia de Minas.

    Votaes na Assemblia de Minas. Aumento para a Justia de 10,14%. Projeto do governo concedendo aumento para os professores estaduais ter reunies extraordinrias nest segunda-feira para tentar aprovar o aumento.

                                 Plenrio aprova em 1 turno criao de subsdio da educao
    Em Reunio Extraordinria na tarde desta sexta-feira (25/6/10), o Plenrio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou o Projeto de Lei (PL) 4.689/10, do governador, que fixa o subsdio das carreiras da educao, e ainda o PL 4.663/10, do Tribunal de Justia, que reajusta em 10,14% os vencimentos dos servidores do Judicirio. O projeto da educao foi aprovado em 1 turno e prossegue em tramitao na ALMG. J o do TJ obteve aprovao em 2 turno e segue para a sano. Dezenas de professores acompanharam, das galerias, uma reunio tumultuada, marcada por protestos ruidosos.
    O PL 4.689/10 foi aprovado na forma do substitutivo n 1, da Comisso de Constituio e Justia, com a emenda n 52, da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria, que antecipa a vigncia da futura lei, de maro para janeiro de 2011. As demais emendas, 51 no total, apresentadas por deputados da oposio, foram derrubadas. A proposio atinge tambm servidores da educao da Polcia Militar e prev a alterao no regime jurdico de remunerao, para subsdio em parcela nica, vedado o acrscimo de qualquer gratificao, adicional, abono, prmio ou verba de representao.
    O projeto define que os servidores sero posicionados nas tabelas de subsdio correspondentes s respectivas cargas horrias, observados os critrios para a definio de nvel e grau, por meio de resoluo conjunta dos titulares das Secretarias de Estado de Educao e de Planejamento e Gesto. Para a carga horria de 24 horas, o subsdio previsto de R$ 1.122,00 para professores com nvel mdio e habilitao em Magistrio; e R$ 1.320,00 para aqueles com curso superior, com licenciatura e especializao em Pedagogia. Para essa ltima categoria, o subsdio vai a R$ 1.650,00 para 30 horas. O projeto traz ainda tabelas para 40 horas e para os demais profissionais.
    Mudana deve resultar em aumento mnimo de 5%
    A proposio ainda prev que o posicionamento deve resultar no acrscimo de, no mnimo, 5% sobre o valor da remunerao a que o servidor fizer jus em 31 de dezembro de 2010. Tambm assegurada a percepo de vantagem pessoal nominalmente identificada, na hiptese em que o valor obtido pela aplicao desses critrios for superior ao valor do subsdio do ltimo grau do nvel em que ocorrer o posicionamento do servidor. Entretanto, h a previso de que o valor de vantagem pessoal possa ser includo posteriormente no subsdio do servidor, medida que este for reajustado.
    Essa previso abrange aqueles servidores que recebem valor superior ao subsdio que est sendo regulamentado. Como o projeto determina que no poder haver reduo de remunerao, esses servidores que recebem a mais do que o valor do subsdio continuaro recebendo vantagens pessoais, sendo que, posteriormente, essas vantagens podero ser incorporadas ao subsdio.
    Entre as alteraes trazidas pelo substitutivo n 1, est a incluso da previso de concesso de reajuste anual dos subsdios. A proposta atende solicitao do sindicato dos professores. No entanto, o artigo 22 estabelece que, para a aplicao das medidas previstas na proposio, devero ser observados os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.
    Da forma como foi aprovado, o projeto inclui a gratificao temporria estratgica na lista de vantagens que no sero incorporadas pelo subsdio. Entretanto, o texto altera o projeto original estabelecendo que qualquer vantagem decorrente de apostilamento integral ou proporcional seja incorporada ao valor do subsdio. Originalmente, o projeto listava as vantagens decorrentes do apostilamento entre aquelas que no seriam incorporadas no subsdio.
    Opo - O servidor abrangido pela proposio poder retornar ao regime remuneratrio anterior, desde que o pedido seja feito no prazo de 90 dias, contados do primeiro pagamento de sua remunerao por subsdio. A cada ano, o servidor voltar a ter essa possibilidade. O projeto se aplica tambm ao servidor inativo, ao servidor afastado preliminarmente aposentadoria o qual faa jus paridade, e ao detentor de funo pblica cuja remunerao ou provento tiver como referncia os valores aplicveis s carreiras abrangidas pelo projeto.
    Emendas so votadas em destaque pelo Plenrio
    Durante a votao em Plenrio, o substitutivo n 1 foi aprovado simbolicamente, assim como a emenda n 52 e outras emendas votadas em bloco. A pedido do deputado Padre Joo (PT), as emendas ns 8, 9, 13, 25 e 35 foram votadas em destaque e defendidas, cada uma delas, por um deputado da oposio. Todas foram derrubadas em votao simblica, seguida de votao nominal, sob protestos dos servidores. A reunio foi coordenada pelo presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP).
    Usaram a tribuna, para encaminhar a votao e para declarao de voto os deputados Padre Joo, Durval ngelo (PT), Carlin Moura (PCdoB), Paulo Guedes (PT), Vanderlei Miranda (PMDB), Weliton Prado (PT), Carlos Gomes (PT), Maria Tereza Lara (PT), Adelmo Carneiro Leo (PT), Svio Souza Cruz (PMDB), Pinduca Ferreira (PP) e Dlio Malheiros (PV).
    Tribunal de Justia ter aumento linear de 10,14%
    O Plenrio aprovou ainda, em 2 turno e em redao final, o PL 4.663/10, que prev reajuste de 10,14% nos vencimentos dos servidores do Poder Judicirio a partir de janeiro de 2011. De acordo com o projeto, o padro PJ-01 da Tabela de Escalonamento Vertical de Vencimentos constante no item "b" do Anexo X da Lei 13.467, de 2000 - que altera as carreiras do Judicirio - passa a ter o valor de R$ 813,40 aps o reajuste de 10,14%. Esse padro inicial a referncia para os demais padres das carreiras.
    A recomposio dos vencimentos no beneficia, por outro lado, inativos, segurados e dependentes cujos proventos so calculados segundo o artigo 40 da Constituio Federal, modificado pela Emenda n 41, de 2003. O artigo 3 do projeto estabelece ainda que a aplicao da lei fica condicionada ao cumprimento dos limites estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 28, 2010

    ARTIGO ESPECIAL


                                                                O fator Patrus/Pimentel

                                          

                                                                          Wagner Gomes

    Desde que Ciro Gomes, aps a interveno pessoal do presidente Lula, para evitar sua candidatura Presidncia pelo PSB, saiu de cena para, como ele prprio disse, ter um tempo para lamber suas feridas, todas as atenes do pas voltaram-se para desvendar o mistrio que ainda persiste: quem ser o vice do Serra?
    As insinuaes em torno do nome de Acio Neves recrudesceram, a tal ponto que o mesmo retruca sempre que o tema vem baila: "no me empurrem, porque a que eu no vou".
    Lembrem-se de que o PSDB no permitiu a realizao das prvias, nem dos encontros regionais sugeridos pelo ex-governador mineiro, para escolha de seu candidato presidncia. Tudo estava milimetricamente planejado para que o governador Serra viesse a ser o candidato naturalmente impingido. Ao produzir sua carta de desistncia da postulao de ser o candidato do partido, atravs da qual proclamava nao sua prpria identidade, Acio deixou bastante claro que, por ter luz prpria, no se submeteria a nenhuma liderana.
    Sua meta, dessa forma vigorosamente explicitada, passava a ser o Senado. Ao se ausentar, estrategicamente, em viagem de frias, deixou um vcuo, que veio a ser ocupado por muitas especulaes. Ao seu retorno, encontrou um cenrio, que se mantm revelado pelas mais recentes pesquisas, no qual o candidato de seu partido perdeu terreno, a ponto de ser ultrapassado, na preferncia dos eleitores, pela candidata Dilma Roussef, que cresce vertiginosamente.
    Fernando Pimentel, alijado da disputa pelo Governo de Minas, enxergou, com seu veloz raciocnio de lder emergente, hoje j reconhecido, que a dinmica poltica exigiria abrir os caminhos para a candidata presidencial de seu partido.
    Assim como Acio Neves j percebeu h algum tempo, Pimentel tambm imagina hoje, como no passado, que as eleies presidenciais sempre tendem a ser definidas por Minas Gerais. Assim, evitando novas escaramuas com Patrus Ananias, que se decidiu por integrar a chapa de Hlio Costa, ao aceitar ser o seu candidato a Vice-Governador, encabea um movimento que a torna to forte, que s um fato novo pode impedir a sua consagrao nas urnas.
    Por outro lado, Fernando Pimentel, ainda que no tenha se tornado candidato ao Governo mineiro, provou nos embates internos do PT e seus desdobramentos, que se tornou uma das estrelas polticas mais ascendentes no cenrio nacional. A um s tempo se transformou no candidato da coligao PMDB/PT ao Senado e em um dos coordenadores nacionais da campanha Dilma Roussef Presidncia.
    Aquilo que em recente artigo abordei, transforma-se no nico antdoto capaz de fazer o PSDB enfrentar em Minas, de igual para igual, a coligao PMDB/PT: o ex-Governador Acio Neves ter que usar sua influncia direta, fazendo aflorar, de vez, o nome de Itamar Franco como candidato a Vice-Presidente na chapa encabeada pelo ex-governador Jos Serra.
    Muitos se lembram dos altos ndices de popularidade por ele alcanados ao final de seu mandato como Presidente da Repblica. Pegando um pas destroado pelos desmandos da era Collor, entregou-o, ao seu sucessor, pacificado e com uma moeda forte, tornando-se um marco em nossa histria, ao tempo em que propiciava o incio da recuperao econmica do Brasil.
    Ao lanar o Plano Real, finalmente, deu vigor nossa, at ento, frgil moeda. Itamar Franco sempre foi um homem de atitudes fortes e coerentes, no permitindo em seu governo que proliferassem atitudes no condizentes com a tica, com a moral e com os bons costumes. Ao menor sinal de qualquer irregularidade afastava o suspeito de suas funes, at que o tema fosse totalmente esclarecido.
    Acio Neves, assim procedendo, resgataria essa reserva moral da Nao, ao tempo em que daria uma leve estocada em FHC. E ao assim atuar, uma vez mais, indicaria que o Senado se torna o seu caminho estreme, e que ali pretende erigir sua nova trincheira, sem perder de vista recuperar, mais adiante, o que o destino roubou de seu av.
    O ex-ministro Hlio Costa, que j despontava na dianteira das pesquisas eleitorais em Minas Gerais, conta, agora, com o substancial reforo de campeonssimos de votos ao seu redor, ao consolidar, com rara habilidade, o cenrio de seu sonho, no qual Patrus Ananias o seu vice, e Fernando Pimentel, o seu candidato a Senador.
    Nesse contexto, sua candidatura se fortalece e adquire contornos definitivos de comprovada e testada densidade eleitoral, sem o temido risco da cristianizao.
    Para enfrentar esse trio parada dura e bom de votos, em um verdadeiro duelo de tits, o PSDB necessita de um nome catalisador no segundo maior colgio eleitoral do Pas. Por isso imagina-se cada vez mais real a possibilidade de Itamar Franco vir a ser o complemento ideal e capaz de impulsionar, a um s tempo, os candidatos Jos Serra e Antnio Anastasia, em Minas Gerais. De quebra, no plano nacional, seria um fato de enorme repercusso.
    Delineado esse quadro, tal como um moderno bandeirante, mas sem a crueza dos mtodos, Acio Neves cuidaria de fincar o nome de Anastasia nos rinces de Minas, ao tempo em que se tornaria um fiel escudeiro de Jos Serra. Dessa forma poderia retomar o comando da campanha em Minas Gerais, hoje, sem sombra de dvidas nas mos da coligao PMDB/PT.
    Como em Minas Gerais a poltica se torna, por excelncia, a arte do impossvel, no me surpreenderia, caso no vingue Itamar Franco como candidato a Vice-Presidente, em dobradinha com o Jos Serra, que ele se torne candidato ao Senado, em lugar de Fernando Pimentel, fazendo com que o seu partido integre a coligao PT/PMDB.
    Ao ceder seu lugar na coligao por um objetivo mais nobre, Pimentel ao tempo em que consolidaria sua posio de liderana despreendida, tornar-se-ia candidato a Deputado Federal, arrastando com seu poder de voto, a eleio de outros companheiros, e pavimentando, desta forma, a eleio de Hlio Costa e Dilma Roussef. Difcil de acreditar?


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 27, 2010

    PSDB faz conveno hoje na Assemblia de Minas. Aprovar os nomes do governador Anastasia como candidato reeleio. E do ex-govenador Acio Neves para o senado. O nome do vice - que dever ser o deputado Alberto Pinto Coelho e dos suplentes s na quarta-feira. O PR de Clsio Andrade faz conveno tambm neste domingo na sede do partido a poucos metros da casa do ex-governador Hlio Garcia, no bairro Santo Agostinho, aqui em BH. PR vai aprovar coligao com oPMDB de Hlio Costa. Mas haver discordncia. Ser um teste para o presidente Clsio Andrade.

                            
                     
                         Deputado Alberto Pinto Coelho (vice) e o prof. Anastasia (cabea de chapa): 
                                                   cena que deve se repetir na quarta-feria.



    O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Alberto Pinto Coelho (PP), dever ser o candidato a vice na chapa do governador Antonio Anastasia (PSDB). Os tucanos articulam agora acordos com os partidos aliados para definir os demais nomes da chapa, principalmente os de suplentes dos candidatos ao Senado - o ex-governador Acio Neves (PSDB) e o ex-presidente Itamar Franco (PPS). 


                                                 PR vai dividido para Conveno de hoje.
                                         Presidente do partido ter que demonstrar controle...

                       

                                                           Clsio defende apoio a Hlio Costa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 27, 2010

    COLRIO EM DOSE QUDUPLA. Vem mais uma vez do portiflio de Csar Romero.













    Renata Santos Mota e Ana Baldi,
    Stael Naya Camargo e Tamires Alves
     integraram o time de belas presenas
    na Feijoada 2010



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 27, 2010

    Pinada da coluna do colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 27, 2010

    Votaes na Assemblia de Minas. Aumento para a Justia de 10,14%. Projeto do governo concedendo aumento para os professores estaduais ter reunies extraordinrias amanh para tentar aprovar o aumento.

                                 Plenrio aprova em 1 turno criao de subsdio da educao
    Em Reunio Extraordinria na tarde desta sexta-feira (25/6/10), o Plenrio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou o Projeto de Lei (PL) 4.689/10, do governador, que fixa o subsdio das carreiras da educao, e ainda o PL 4.663/10, do Tribunal de Justia, que reajusta em 10,14% os vencimentos dos servidores do Judicirio. O projeto da educao foi aprovado em 1 turno e prossegue em tramitao na ALMG. J o do TJ obteve aprovao em 2 turno e segue para a sano. Dezenas de professores acompanharam, das galerias, uma reunio tumultuada, marcada por protestos ruidosos.
    O PL 4.689/10 foi aprovado na forma do substitutivo n 1, da Comisso de Constituio e Justia, com a emenda n 52, da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria, que antecipa a vigncia da futura lei, de maro para janeiro de 2011. As demais emendas, 51 no total, apresentadas por deputados da oposio, foram derrubadas. A proposio atinge tambm servidores da educao da Polcia Militar e prev a alterao no regime jurdico de remunerao, para subsdio em parcela nica, vedado o acrscimo de qualquer gratificao, adicional, abono, prmio ou verba de representao.
    O projeto define que os servidores sero posicionados nas tabelas de subsdio correspondentes s respectivas cargas horrias, observados os critrios para a definio de nvel e grau, por meio de resoluo conjunta dos titulares das Secretarias de Estado de Educao e de Planejamento e Gesto. Para a carga horria de 24 horas, o subsdio previsto de R$ 1.122,00 para professores com nvel mdio e habilitao em Magistrio; e R$ 1.320,00 para aqueles com curso superior, com licenciatura e especializao em Pedagogia. Para essa ltima categoria, o subsdio vai a R$ 1.650,00 para 30 horas. O projeto traz ainda tabelas para 40 horas e para os demais profissionais.
    Mudana deve resultar em aumento mnimo de 5%
    A proposio ainda prev que o posicionamento deve resultar no acrscimo de, no mnimo, 5% sobre o valor da remunerao a que o servidor fizer jus em 31 de dezembro de 2010. Tambm assegurada a percepo de vantagem pessoal nominalmente identificada, na hiptese em que o valor obtido pela aplicao desses critrios for superior ao valor do subsdio do ltimo grau do nvel em que ocorrer o posicionamento do servidor. Entretanto, h a previso de que o valor de vantagem pessoal possa ser includo posteriormente no subsdio do servidor, medida que este for reajustado.
    Essa previso abrange aqueles servidores que recebem valor superior ao subsdio que est sendo regulamentado. Como o projeto determina que no poder haver reduo de remunerao, esses servidores que recebem a mais do que o valor do subsdio continuaro recebendo vantagens pessoais, sendo que, posteriormente, essas vantagens podero ser incorporadas ao subsdio.
    Entre as alteraes trazidas pelo substitutivo n 1, est a incluso da previso de concesso de reajuste anual dos subsdios. A proposta atende solicitao do sindicato dos professores. No entanto, o artigo 22 estabelece que, para a aplicao das medidas previstas na proposio, devero ser observados os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.
    Da forma como foi aprovado, o projeto inclui a gratificao temporria estratgica na lista de vantagens que no sero incorporadas pelo subsdio. Entretanto, o texto altera o projeto original estabelecendo que qualquer vantagem decorrente de apostilamento integral ou proporcional seja incorporada ao valor do subsdio. Originalmente, o projeto listava as vantagens decorrentes do apostilamento entre aquelas que no seriam incorporadas no subsdio.
    Opo - O servidor abrangido pela proposio poder retornar ao regime remuneratrio anterior, desde que o pedido seja feito no prazo de 90 dias, contados do primeiro pagamento de sua remunerao por subsdio. A cada ano, o servidor voltar a ter essa possibilidade. O projeto se aplica tambm ao servidor inativo, ao servidor afastado preliminarmente aposentadoria o qual faa jus paridade, e ao detentor de funo pblica cuja remunerao ou provento tiver como referncia os valores aplicveis s carreiras abrangidas pelo projeto.
    Emendas so votadas em destaque pelo Plenrio
    Durante a votao em Plenrio, o substitutivo n 1 foi aprovado simbolicamente, assim como a emenda n 52 e outras emendas votadas em bloco. A pedido do deputado Padre Joo (PT), as emendas ns 8, 9, 13, 25 e 35 foram votadas em destaque e defendidas, cada uma delas, por um deputado da oposio. Todas foram derrubadas em votao simblica, seguida de votao nominal, sob protestos dos servidores. A reunio foi coordenada pelo presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP).
    Usaram a tribuna, para encaminhar a votao e para declarao de voto os deputados Padre Joo, Durval ngelo (PT), Carlin Moura (PCdoB), Paulo Guedes (PT), Vanderlei Miranda (PMDB), Weliton Prado (PT), Carlos Gomes (PT), Maria Tereza Lara (PT), Adelmo Carneiro Leo (PT), Svio Souza Cruz (PMDB), Pinduca Ferreira (PP) e Dlio Malheiros (PV).
    Tribunal de Justia ter aumento linear de 10,14%
    O Plenrio aprovou ainda, em 2 turno e em redao final, o PL 4.663/10, que prev reajuste de 10,14% nos vencimentos dos servidores do Poder Judicirio a partir de janeiro de 2011. De acordo com o projeto, o padro PJ-01 da Tabela de Escalonamento Vertical de Vencimentos constante no item "b" do Anexo X da Lei 13.467, de 2000 - que altera as carreiras do Judicirio - passa a ter o valor de R$ 813,40 aps o reajuste de 10,14%. Esse padro inicial a referncia para os demais padres das carreiras.
    A recomposio dos vencimentos no beneficia, por outro lado, inativos, segurados e dependentes cujos proventos so calculados segundo o artigo 40 da Constituio Federal, modificado pela Emenda n 41, de 2003. O artigo 3 do projeto estabelece ainda que a aplicao da lei fica condicionada ao cumprimento dos limites estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 26, 2010

    Dia do "sim"oficial de Patrus passou para dia 30, a pedido de Dilma. Ser na conveno do PT no auditrio do CREA, aqui em BH, que fica ao lado da Assemblia de Minas.

                          

    A coletiva que havia sido anunciada para acontecer hoje, foi adiada para a quarta-feira (30), s 9 horas. No auditrio do CREA em Belo Horizonte, na conveno estadual do PT, Patrus far o anncio oficial ao lado do senador Hlio Costa , candidato ao Governo de Minas pelo PMDB, e do ex-prefeito da capital, Fernando Pimentel, candidato petista ao Senado.
    O dia do "sim" foi remarcado a pedido da presidencivel Dilma Rousseff (PT) que espera a presena dos trs mineiros em Braslia na conveno nacional  do PRB, do vice-presidente da Repblica Jos Alencar, hoje em Braslia. 

                                                                              PSDB

                                                 
    O governdor Antonio Anastasia recebeu o apoio do PDT mineiro candidatura dele. Com isso, a anncio do nome do vice foi adiado para dia 30. No ser mais na conveno do PSDB marcada para amanh na Assemblia de Minas. Suspense!!!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 26, 2010

    Nver de Montes Claros, dia 30

     














                                                       Aniversrio de Montes Claros


    Sejel intensifica preparao da agenda esportiva dos 153 anos



    O casal anfitrio Stela/prefeitoTadeu Leite


    Comeou a contagem regressiva para a realizao da programao esportiva, que ocorrer dentro das comemoraes do aniversrio de 153 anos de Montes Claros. O secretrio de Juventude, Esportes e Lazer, Antnio Eustquio Gomes, o Toninho da Cowan, informa que a Sejel intensificou os preparativos, com todos os profissionais trabalhando duro para que tudo transcorra dentro do planejado na semana de aniversrio da cidade. Segundo Toninho da Cowan, as equipes esto cuidando de toda a agenda nos mnimos detalhes para evitar transtornos e presentear a populao com um pacote esportivo recheado de emoes e alegria.
    A programao ser aberta no dia 2 de julho, s 19 horas, com o Circuito Montes Claros de Frmula Kart, e ter continuidade no dia 3, com o V GP de Ciclismo Cidade de Montes Claros, e Enduro dos Montes, fechando no dia 4, com a 4 Meia Maratona Jos Nardel e a 2 Etapa do Campeonato Norte-Mineiro de Supercross.
    Na Secretaria de Esportes, o ritmo intenso, com cada equipe compenetrada na organizao da agenda, com os profissionais cuidando das inscries, preparao dos kits, chips e numerao, disponibilizao de banheiros qumicos, gua e frutas, fiscalizao, entre outras providncias. E tem muita gente dando uma mozinha.
    O argentino Juan Faria, da Bicimax, deu um tempo na organizao do GP de Ciclismo Aniversrio de Montes Claros, para fazer a marcao do percurso da Meia Maratona. Acompanhado de uma equipe da Sejel num carro, ele percorreu todo o trajeto numa bicicleta olmpica com computador para fazer a medio certa do itinerrio. Depois, voltou preparao da prova ciclstica, que contar com a participao de alguns dos maiores nomes do ciclismo nacional e internacional.
    Todos os eventos so uma promoo da Prefeitura, atravs da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). A Meia Maratona vai distribuir R$ 42,8 mil em prmios e dever contar com a participao de cerca de 3 mil atletas do Brasil e do exterior. Segundo o secretrio-adjunto de Esportes e Lazer, professor Jaime Tolentino, cinco quenianos j tinham confirmado presena na 4 Meia Maratona Jos Nardel. Ele est otimista quanto ao sucesso da competio, que j se tornou uma tradio no calendrio de corridas de ruas do Pas.
    Gradativamente, as largadas por pelotes acontecero a partir das 8h30 do prximo dia 4, na Praa dos Jatobs, e ter um percurso de 21,7 quilmetros, passando pelas principais avenidas de Montes Claros. Para os organizadores, ser um verdadeiro tour pela cidade, j que os atletas sairo da zona sul e vo at zona norte, voltando Praa dos Jatobs, local da chegada. At a quarta-feira, 23, segundo a professora Cnthia Eleutrio, o nmero de inscritos na Meia Maratona j se aproximava da marca de 1 mil atletas.
    As inscries encerram-se no prximo dia 30, por fax ou pessoalmente, na Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), situada Rua Enor de Brito, 22, bairro Morada do Sol, CEP 39.403.235. Outras informaes pelos fones (38) 3229-3474 e (38) 3229-3475 ou pelo e-mail 4meiamarato@montesclaros.mg.gov.br

    j

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 26, 2010

    Por dentro da Economia Mineira.

    LEIA NA EDIO DE HOJE NO DIRIO DO COMRCIO



    Lojas da 5 expanso foram entregues


    Os 81 lojistas que se instalaro no novo piso do BH Shopping j receberam as reas para instalao dos pontos de venda. A estruturao das lojas deve demandar R$ 40 milhes. No total, a expanso do shopping, que ser concluda em agosto, atingir R$ 200 milhes, j includos os custos para revitalizao do acesso virio ao mall.





    Importaes tm forte expanso


    Os fabricantes de autopeas, favorecidos pelo real forte, esto garantindo o abastecimento interno atravs do aumento das importaes. At maio, o parque mineiro, o segundo do pas aps So Paulo, elevou em 63,98% as aquisies externas, ante o mesmo perodo de 2009. Dados do Sindicato da Indstria de Componentes para Veculos Automotores (Sindipeas) apontam que foram gastos US$ 574,120 milhes com importaes at maio, contra US$ 350,122 milhes em igual intervalo anterior. Na mesma base de comparao, as exportaes avanaram 77,8%. Porm, o setor ainda contabiliza saldo negativo de US$ 166,026 milhes.





    Gerdau aumenta sua produo


    Acordo na rea ambiental fechado entre a Gerdau Aominas e o Ministrio Pblico Estadual (MPE) permitir o aumento do volume de extrao na mina de Vrzea do Lopes (Itabirito), garantindo a autossuficincia da usina de Ouro Branco.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 25, 2010

    Corrida pelo governo de Minas...

                                                       VOX POPULI divulga nova pesquisa. 

                                                                       Hlio Costa 41%.
                                                                         Anastasia 23%.

    O senador do PMDB Hlio Costa lidera pesquisa de intenes de voto para governador, realizada pelo Instituto Vox Populi em Minas Gerais, com 2.250 entrevistados. De acordo com o levantamento, o peemedebista tem 41% das intenes de voto contra 23% do adversrio mais prximo, o governador Antonio Anastasia (PSDB).
    A candidata do PSTU ao governo de Minas, Vanessa Portugal, registra 2% da preferncia do eleitorado. J o candidato do PV, o deputado federal Jos Fernando Aparecido, tem 1%. O mesmo percentual tem Joo Batista (PSOL).
    De acordo com a pesquisa, 23% dos entrevistados no sabem em quem votar ou no respondem. Outros 8% disseram que vo votar em branco ou nulo.
    De acordo com a evoluo dos dados da Vox Populi, Hlio Costa caiu de 45% das intenes de voto em maio para 41% agora. Antonio Anastasia tinha 17% da preferncia do eleitorado e agora conta com 23%.
    Os nmeros so muito semelhantes aos da Pesquisa DataTempo/CP2, divulgada em 20 de junho. O levantamento mostrou Hlio Costa com 41% das intenes de voto contra 19,75% de Antonio Anastasia.
    Segundo o Instituto Vox Populi, Hlio Costa conhecido por 64% dos pesquisados e 33% dizem que conhecem bem Anastasia. Dos entrevistados, 8% afirmam no conhecer Costa contra 41%, que dizem no conhecer Anastasia.
    A pesquisa, encomendada pelo PSDB, foi feita entre 19 e 23 de junho e tem registro na Justia Eleitoral com o nmero 36.536/2010. A margem de erro de 2,8 pontos percentuais.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 25, 2010

    ARTIGO ESPECIAL

                                                                O fator Patrus/Pimentel

                                          

                                                                          Wagner Gomes

    Desde que Ciro Gomes, aps a interveno pessoal do presidente Lula, para evitar sua candidatura Presidncia pelo PSB, saiu de cena para, como ele prprio disse, ter um tempo para lamber suas feridas, todas as atenes do pas voltaram-se para desvendar o mistrio que ainda persiste: quem ser o vice do Serra?
    As insinuaes em torno do nome de Acio Neves recrudesceram, a tal ponto que o mesmo retruca sempre que o tema vem baila: "no me empurrem, porque a que eu no vou".
    Lembrem-se de que o PSDB no permitiu a realizao das prvias, nem dos encontros regionais sugeridos pelo ex-governador mineiro, para escolha de seu candidato presidncia. Tudo estava milimetricamente planejado para que o governador Serra viesse a ser o candidato naturalmente impingido. Ao produzir sua carta de desistncia da postulao de ser o candidato do partido, atravs da qual proclamava nao sua prpria identidade, Acio deixou bastante claro que, por ter luz prpria, no se submeteria a nenhuma liderana.
    Sua meta, dessa forma vigorosamente explicitada, passava a ser o Senado. Ao se ausentar, estrategicamente, em viagem de frias, deixou um vcuo, que veio a ser ocupado por muitas especulaes. Ao seu retorno, encontrou um cenrio, que se mantm revelado pelas mais recentes pesquisas, no qual o candidato de seu partido perdeu terreno, a ponto de ser ultrapassado, na preferncia dos eleitores, pela candidata Dilma Roussef, que cresce vertiginosamente.
    Fernando Pimentel, alijado da disputa pelo Governo de Minas, enxergou, com seu veloz raciocnio de lder emergente, hoje j reconhecido, que a dinmica poltica exigiria abrir os caminhos para a candidata presidencial de seu partido.
    Assim como Acio Neves j percebeu h algum tempo, Pimentel tambm imagina hoje, como no passado, que as eleies presidenciais sempre tendem a ser definidas por Minas Gerais. Assim, evitando novas escaramuas com Patrus Ananias, que se decidiu por integrar a chapa de Hlio Costa, ao aceitar ser o seu candidato a Vice-Governador, encabea um movimento que a torna to forte, que s um fato novo pode impedir a sua consagrao nas urnas.
    Por outro lado, Fernando Pimentel, ainda que no tenha se tornado candidato ao Governo mineiro, provou nos embates internos do PT e seus desdobramentos, que se tornou uma das estrelas polticas mais ascendentes no cenrio nacional. A um s tempo se transformou no candidato da coligao PMDB/PT ao Senado e em um dos coordenadores nacionais da campanha Dilma Roussef Presidncia.
    Aquilo que em recente artigo abordei, transforma-se no nico antdoto capaz de fazer o PSDB enfrentar em Minas, de igual para igual, a coligao PMDB/PT: o ex-Governador Acio Neves ter que usar sua influncia direta, fazendo aflorar, de vez, o nome de Itamar Franco como candidato a Vice-Presidente na chapa encabeada pelo ex-governador Jos Serra.
    Muitos se lembram dos altos ndices de popularidade por ele alcanados ao final de seu mandato como Presidente da Repblica. Pegando um pas destroado pelos desmandos da era Collor, entregou-o, ao seu sucessor, pacificado e com uma moeda forte, tornando-se um marco em nossa histria, ao tempo em que propiciava o incio da recuperao econmica do Brasil.
    Ao lanar o Plano Real, finalmente, deu vigor nossa, at ento, frgil moeda. Itamar Franco sempre foi um homem de atitudes fortes e coerentes, no permitindo em seu governo que proliferassem atitudes no condizentes com a tica, com a moral e com os bons costumes. Ao menor sinal de qualquer irregularidade afastava o suspeito de suas funes, at que o tema fosse totalmente esclarecido.
    Acio Neves, assim procedendo, resgataria essa reserva moral da Nao, ao tempo em que daria uma leve estocada em FHC. E ao assim atuar, uma vez mais, indicaria que o Senado se torna o seu caminho estreme, e que ali pretende erigir sua nova trincheira, sem perder de vista recuperar, mais adiante, o que o destino roubou de seu av.
    O ex-ministro Hlio Costa, que j despontava na dianteira das pesquisas eleitorais em Minas Gerais, conta, agora, com o substancial reforo de campeonssimos de votos ao seu redor, ao consolidar, com rara habilidade, o cenrio de seu sonho, no qual Patrus Ananias o seu vice, e Fernando Pimentel, o seu candidato a Senador.
    Nesse contexto, sua candidatura se fortalece e adquire contornos definitivos de comprovada e testada densidade eleitoral, sem o temido risco da cristianizao.
    Para enfrentar esse trio parada dura e bom de votos, em um verdadeiro duelo de tits, o PSDB necessita de um nome catalisador no segundo maior colgio eleitoral do Pas. Por isso imagina-se cada vez mais real a possibilidade de Itamar Franco vir a ser o complemento ideal e capaz de impulsionar, a um s tempo, os candidatos Jos Serra e Antnio Anastasia, em Minas Gerais. De quebra, no plano nacional, seria um fato de enorme repercusso.
    Delineado esse quadro, tal como um moderno bandeirante, mas sem a crueza dos mtodos, Acio Neves cuidaria de fincar o nome de Anastasia nos rinces de Minas, ao tempo em que se tornaria um fiel escudeiro de Jos Serra. Dessa forma poderia retomar o comando da campanha em Minas Gerais, hoje, sem sombra de dvidas nas mos da coligao PMDB/PT.
    Como em Minas Gerais a poltica se torna, por excelncia, a arte do impossvel, no me surpreenderia, caso no vingue Itamar Franco como candidato a Vice-Presidente, em dobradinha com o Jos Serra, que ele se torne candidato ao Senado, em lugar de Fernando Pimentel, fazendo com que o seu partido integre a coligao PT/PMDB.
    Ao ceder seu lugar na coligao por um objetivo mais nobre, Pimentel ao tempo em que consolidaria sua posio de liderana despreendida, tornar-se-ia candidato a Deputado Federal, arrastando com seu poder de voto, a eleio de outros companheiros, e pavimentando, desta forma, a eleio de Hlio Costa e Dilma Roussef. Difcil de acreditar?


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 25, 2010

    De olho nas aes da FIEMG.










                                                           Parceria pelo desenvolvimento


    O empresrio mineiro ganhou um forte aliado para conduzir sua empresa na direo do mercado financeiro e de capitais. Foi assinado hoje, na sede do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), acordo de cooperao tcnico-operacional entre o banco, Fiemg, Amcham e o Instituto Educacional BM&FBOVESPA quem tem como objetivo principal preparar as companhias do estado de Minas para aproveitar as vantagens de a atuar nesses segmentos.

    O evento na sede do BDMG contou ainda com a palestra "Gesto de Risco e Hedge para Empresas", ministrada pelo economista e mestre em economia pela EPGE FGV-RJ lvaro Affonso Mendona.
    O primeiro encontro faz parte do Programa Executivo de Capacitao em Mercados Financeiro e de Capitais. A idia treinar e preparar empresrios para trabalhar dentro dos critrios exigidos pelo mercado.
    " importante ter bom nvel de transparncia nas contas, de governana corporativa, de relacionamento com o mercado e potencial de crescimento. S assim a empresa vai conseguir aportes que vo ajudar a desenvolver seu negcio de forma mais efetiva", diz Guilherme Leo, gerente de Economia e Finanas da Fiemg e um dos responsveis pelo programa.
    O diretor executivo de Desenvolvimento e Fomento de Negcios da BM&FBOVESPA, Jos Antonio Gragnani, observou que o cenrio mineiro propcio a entrada de empresas nesse segmento de atuao. Ele lembrou que atualmente so 30 empresas do estado listadas na Bovespa, entre elas a Usiminas, uma das mais fortes marcas presentes na bolsa. Gragnani disse ainda que seis empresas abriram seu capital na bolsa nos ltimos anos.

    O presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr. destacou a importncia de preparar o empresrio mineiro. "Este o primeiro evento que participo fora da Fiemg desde que assumi a presidncia da entidade h alguns dias. E fico muito feliz por iniciar j num programa de capacitao do empresrio. O Sistema Fiemg j prepara muito bem o trabalhador da indstria por meio do trabalho do Sesi e do Senai. Agora precisamos investir mais forte nos empresrios mineiros", comentou.

    O acordo de cooperao tcnico-operacional assinado prev a realizao ao longo do ano de palestras tcnicas centradas em temas do mercado financeiro e de capitais aplicados s empresas. Posteriormente, sero oferecidos treinamentos mais detalhados. A ideia que altos executivos assistam s palestras e inscrevam executivos do alto e mdio escalo nos cursos que sero realizados depois.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 25, 2010

    Economia Mineira. Confira.

    LEIA NA EDIO DE HOJE NO DIRIO DO COMRCIO



    Taxa de desocupao na Grande BH em maio registra 5,8%


    A taxa de desemprego na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) atingiu 5,8% em maio. O resultado foi o menor para o perodo desde o incio da srie histrica em 2002.





    Magnesita forma joint venture com japoneses


    A Magnesita Refratrios S/A, sediada em Contagem (RMBH), formou joint venture com a japonesa Krosaki Harima Corporation. A parceria garantir modernizao dos processos de produo, que contribuiro para a internacionalizao do grupo.





    Licitao do BHTec sair do papel


    Superintendncia do parque vai lanar edital para a instalao do prdio-sede na prxima segunda-feira. LUCIANE LISBOA. O edital de abertura do processo licitatrio para a instalao do prdio-sede do Parque Tecnolgico de Belo Horizonte (BHTec), localizado na regio da Pampulha, ser lanado na prxima segunda-feira, na sede do parque. A previso que a obra seja entregue em novembro deste ano.Na solenidade tambm ser assinado o acordo de cooperao tcnica entre a Fundao Oswaldo Cruz ...





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 24, 2010

    Agora oficial. Patrus vice de Hlio Costa na corrida pelo governo de Minas. Deu o que publicamos aqui no nosso BLOG nas ultimas semanas: PATRUS seria mesmo vice. ACERTAMOS, graas s nossas fontes de informao, principalmente na cpula do PT.

                              

      "Senti que estava na hora de bater o martelo", disse o ex-ministro


    REAO DO SENADOR HLIO COSTA
    publicada no twitter dele:
    HelioCosta15   
     Minha felicidade imensa!
    O governo PMDB-PT ser fabuloso!








    TIME DEFINIDO.
    Agora vai comear, mesmo, a Copa das Eleies em Minas.
    Faam suas apostas!!!


    PSDB
    No PSDB, que faz conveno domingo, dia 27,
     na Assemblia de Minas,o nome do vice ser anunciado.


                     
     Deputado Alberto Pinto Coelho (vice) e o prof. Anastasia (cabea de chapa): 
         cena que deve se repetir domingo na Assemblia de Minas.


    O QUE DIZ ANASTASIA:

    "Acredito que chegaremos ao fim da fase de composio das alianas com uma situao extremamente positiva, com uma aliana poltica forte e robusta", ressaltou. Mais uma vez o governador no quis opinar a respeito do nome para compor a chapa majoritria.
    " O candidato para vice depender do conselho poltico, dos presidentes dos partidos que esto identificando os nomes mais fortes. Temos que aguardar."



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 24, 2010

    Foi dado o primeiro passo no aumento para o Poder Judicirio. J o projeto do governo que prev reajuste para os professores estaduais ainda no foi votado. H impasse entre a base do governo e oposio. LINHA DA MORTE: para entrar em vigor no ano que vem, o projeto de lei n 4.689/10 precisa ser votado na Assembleia Legislativa, em primeiro e segundo turnos, e sancionado pelo governador Antonio Anastasia at 30 de junho.

    Projeto de Lei que reajusta em 10,14% os vencimentos
     dos servidores do Poder Judicirio aprovado em 1 turno


    O Projeto de Lei 4.663/10, do Tribunal de Justia, que reajusta em 10,14% os vencimentos dos servidores do Judicirio a partir de 1 de janeiro de 2011, foi aprovado em 1 turno pelo Plenrio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na madrugada desta quinta-feira (24).

    A reunio se encerrou 1h20 da manh, com as galerias do Plenrio lotadas de servidores da Justia e da educao. Foi concluda a discusso do PL 4.689/10, do governador, que fixa o subsdio dos servidores da educao e do pessoal civil da Polcia Militar.
    Como recebeu 51 emendas em Plenrio, o projeto retornou Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria para emisso de parecer.
     

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 24, 2010

    Dilma desempata e coloca 5 pontos frente de Serra.

                                                           IBOPE divulga nova pesquisa
                                                                feita a pedido da CNI

                                                                           Dilma 40%.
                                                                           Serra 35%.
                                                                           Marina 9%.

                                              
                                                           Serra: 35%.                   Dilma: 40%


    Foram ouvidas  pelo IBOPE, 2002 pessoas,
    em 140 municpios entre os dias 18 e 21 de junho.
    Margem de erro, 2% para mais ou para menos.


    Segundo a CNI, de maro a junho, com maior exposio da candidata petista em visitas pelo pas, mesmo ainda na condio de pr-candidata,
    pulou de 58% para 73% o grupo que afirmou que sabe que ela apoiada por Lula.

    Tambm no perodo subiu
    de 29% para 35%, o grupo daqueles que disseram que "com certeza" votaro em Dilma, enquanto a rejeio reduzida
    de 27% para 23%.

    J em relao a Serra, o grupo dos que disseram que no votariam nele de jeito nenhum subiu de

    25% na pesquisa anterior para 30%
    nesta de junho.

    A rejeio a Marina
    caiu de 31% para 29%.
    O nvel de aceitao,
    daqueles que responderam que poderiam votar na senadora sobe nove pontos,
    de 27% para 36%,
    no mesmo perodo de comparao.

    A pesquisa mostrou ainda
    recuo de 53% para 48%
    entre aqueles que dizem ter preferncia pelo candidato apoiado por Lula.
    Mas no houve crescimento no grupo que prefere votar no candidato de oposio a Lula, que marcou 10%, o mesmo de maro.

                                                                                  LULA

                                             
                                                        Aprovao pessoal de Lula foi 85%. 
                                                        Seu governo foi aprovado por 75%

    Pesquisa do instituto Ibope apontou que o governo do presidente Luiz Incio Lula da Silva teve 75% de aprovao, mesmo patamar alcanado na pesquisa feita em maro. A aprovao pessoal do presidente chegou a 85%, dois pontos percentuais acima do ndice registrado no levantamento anterior.
    A confiana no presidente Lula tambm bateu recorde. Para 81% dos entrevistados Lula confivel, acima dos 77% da consulta de maro.Na comparao entre o primeiro e o segundo mandato de Lula, o quadro de estabilidade. Os mesmos 49% dos entrevistados consideraram o atual mandado melhor que o anterior.
     




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 24, 2010

    HOJE.

    CONVENO DO PV, HOJE, dia 24,
    quinta-feira em BH. Ser s 15 horas no Hotel Dayrell,
    rua Esprito Santo, 901,centro de BH.

                                       
                              Candidata do PV presidncia da Repblica 
                                    vem prestigiar o nome de Z fernando
                                                 ao governo de Minas.

                                       

                                 
                   O deputado federal Jos Fernando 
                                      ser homologado na Conveno do PV
                                                          aqui em BH.

    A senadora Marina Silva, candidata do PV Presidncia da Repblica, estar em Belo Horizonte nesta quinta-feira, dia 24 de junho, onde participa da Conveno Estadual do partido, que vai homologar a candidatura de Jos Fernando ao governo do Estado.
    Antes da conveno, ela conceder entrevista imprensa no Hotel Mercure Lourdes. O candidato a vice, o empresrio Guilherme Leal, acompanha Marina na agenda em Minas Gerais.


    Segue a agenda da candidata:
    Belo Horizonte (MG)
    Quinta-feira, dia 24 de junho

    13h30 - Entrevista imprensa
    Local: Hotel Mercure Lourdes - avenida do Contorno, 7.315

    14h30 - Encontro de militantes no Caf Nice e caminhada at o Hotel Dayrell
    Sada: Caf Nice - avenida Afonso Pena, 727
    Chegada: Hotel Dayrell - rua Esprito Santo, 901

    15h - Conveno Estadual do Partido Verde
    Local: Hotel Dayrell - rua Esprito Santo, 901



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    Mineira RICARDO ELETRO amplia participao... nota pinada do portal da execelnte revista EXAME - que leio quinzenalmenteem papel. E que acessoo portal todo dia.

               

    Ricardo Nunes, dono da Ricardo Eletro.


    A holding Mquina de Vendas, formada pela unio das varejistas Insinuante e Ricardo Eletro, firmou um acordo de fuso com a rede de eletrodomsticos City Lar, da regio Centro-Oeste, que tambm tem forte presena no Norte e Nordeste do pas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    Hoje noite.Assista!!!


                                  Vice-presidente da FIEMG,TEODOMIRO DINIZ CAMARGOS,
                                            fala sobre Mercado Imobilirio no nosso Talk Show!!!

                                                HOJE, quarta-feira, 21 horas...REDE SUPER.
                                                 TALK SHOW Joo Carlos Amaral, assista!!!

                  

                   
      Teodomiro Diniz Carmagos,
    vice-presidente da FIEMG

      enrevistado desta quarta-feira
    no meu programa Talk Show
    "Joo Carlos Amaral Entrevista"
    na REDE SUPER de TV.
     Em BH cabo pela NET o 23. 
                                                                                    

     

    O "Programa Joo Carlos Amaral Entrevista"
     vai ao ar na TV  REDE SUPER,
    canal 23 da NET,
     toda quarta-feira,s 21 horas,
    com reprises:
     s segundas-feiras s 13h30m.

    E s sextas-feirras, s 11h30 da manh.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    NOVA REVISTA no mercado. A revista "CENRIO ATUAL", editada pelo competente Leo Solz,j est nas bancas. Para nossa honra temos duas pginas na revista que tem 15.000 exemplares em circulao. Minha coluna sobre "Poltica, Economia & Negcios". Endereo na internet:www.cenarioatual.com.br


    A Revista
    A Revista Cenrio Atual tem como objetivo informar com qualidade e iseno o que acontece em nossa cidade e no Estado. Trata de temas diferenciados, procura outras nuances, abordagens e aprofunda-se. Um grande time de jornalistas e colunistas compe o staff da revista de Minas.
    Publicao
    A publicao apresenta-se como uma excelente opo para estratgias diferenciadas que possam objetivar resultados institucionais de marca e varejo e por conseguinte vendas.
    Pblico leitor e distribuio
    Estamos presentes em reparties pblicas, restaurantes, condomnios, clubes, shopings, academias, lojas e locais de encontro e circulao das classes A e B em nossa capital e plos de interesse no Estado de Minas Gerais.


    Edio Junho - 2010




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    Presidenta da ANAC esteve em Juiz de Fora. A poderosa Solange Paiva Vieira, esteve recentemente na cidade, prestigiando aniversrio em famlia. O registro do colunista Csar Romero do jornal Tribuna de Minas.


    A diretora-presidente da Agncia Nacional
    de Aviao Civil (Anac), Solange Paiva Vieira
     ladeada pelo sobrinho Paulo Cesar Bezerra Vieira,
    o irmo (e aniversariante) Paulo
    Cesar Paiva Vieira e Martha Bezerra,
    em tarde de festa em So Mateus

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    TIMA NOTCIA. Em Minas gua mineral e produtos txteis tero reduo de ICMS. gua mineral: reduo de 18% para 12%. Indstria de confeces: reduo do ICMS de 12% para 7%.

                                          Deputado Antnio Jlio comemora reduo de ICMS
                                                          de gua mineral e produtos txteis

                            

    Em reunio da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria (CFFO) da Assembleia de Minas, nessa quarta-feira, 23, o deputado Antnio Jlio (PMDB) comemorou duas importantes conquistas para a economia mineira: a reduo do ICMS sobre a gua mineral e produtos txteis.
    A carga tributria sobre a indstria de confeces ser reduzida de 12% para 7% nas operaes intermedirias (entre contribuintes), como por exemplo, entre indstria e comrcio. No caso do segmento de gua mineral, os gales de 20 litros tero o ICMS reduzido de 18% para 12%.
    Para o deputado Antnio Jlio, esse anncio foi uma conquista do Parlamento Mineiro que reflete agora em toda economia do Estado.
    Ele participou ativamente de vrias reunies, solicitou audincias pblicas e tentou mostrar que a gua mineral no merecia o tratamento igual s bebidas alcolicas na cobrana de impostos. Antnio Jlio enfatizou tambm que os impostos cobrados para a comercializao da gua mineral em Minas sempre foram descabidos, o que favorecia a sonegao e a economia de estados vizinhos.
    "Em todas as reunies e audincias que fizemos na Assembleia, mostrei que gua mineral um produto de sade pblica, um produto de cesta bsica. Mostrei tambm que os impostos cobrados eram absurdos, o que favorecia a sonegao de impostos, alm de prejudicar Minas na guerra fiscal entre os estados" explica.
    O deputado elogia tambm a reduo no segmento txtil. "Nos debates e reunies, mostrei a minha preocupao com o setor, principalmente com a abertura para que a China entrasse com seus produtos em uma competio desigual.
    Em Par de Minas, regio plo da indstria txtil; vi de perto os problemas enfrentados pela classe. Mais uma vez o governo, mesmo que tarde, ouve o Parlamento Mineiro, que est sempre em defesa do povo.
    Acredito que a nossa economia vai dar um salto com essas medidas. Uma pena que o governo no viu isso antes, pois perdemos vrias empresas para o Rio de Janeiro, principalmente, em Juiz de Fora", finaliza.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    Dia 30, quarta-feira. PT faz conveno no CREA, prdio que fica ao lado da Assemblia de Minas, aonde o PMDB faz a conveno do partido. E at onde apurei como reprter, PATRUS ser mesmo o vice do senador Hlio Costa, tendo Pimentel disputando o senado. CONFIRMADO: a candidata do PT ao governo federal, Dilma Roussef estar presente para selar a coligao PMDB/PT.



    TIME DEFINIDO.
    Agora vai comear, mesmo, a Copa das Eleies em Minas.
    Faam suas apostas!!!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    PSDB e PP fazem convenes no domingo, dia 27 na Assemblia de Minas.

               
                       Deputado Alberto Pinto Coelho (vice) e o prof. Anastasia (cabea de chapa): 
                                    cena que deve se repetir domingo na Assemblia de Minas.

    Nas convenes - no mesmo local - mas em reunies separadas, ser escolhido o vice na chapa do governador Antnio Anastasia.
    O nome mais cotado continua a ser do presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho, do PP.
    A pricipal argumentao nos meios polticos, que tenho constantemente ouvido, de que o nome de Alberto o mais indicado na dobradinha com Anastasia. Ele, Alberto, tem oapoio de 54 deputados estaduais.
    Considerando que a mdia de cada deputado em torno de 50 mil votos, uns pelos outros, somadosele garante a Anastasia em torno de 2 milhes e 700 mil votos.
    Arrancada importante, levando em considerao que o adversrio dos tucanos, o senador Hlio Costa do PMDB, obteve sempre, em mdia, 3 milhes de votos, de sida, nas eleies que disputou majoritariamente.
    Da o nome que se encaixa mesmo o do deputado Alberto Pinto Coelho do PP.
    Domingo,dia 27, tudo vem limpo!!!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    Conveno do PMDB ser dia 30 no plenrio da Assemblia de Minas. Ser feita de 13 s 17 horas com a presena da candidata do PT presidncia da Repblica, Dilma Roussef.



    O deputado federal, Antnio Andrade,
    presidente do PMDB Mineiro,
     vai comandar os trabalhos da conveno,
    dia 30 na Assemblia de Minas.

    Estaro presentes os partidos da base aliada de Lula em Minas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 23, 2010

    De olho na Economia Mineira.

    LEIA NA EDIO DE HOJE NO DIRIO DO COMRCIO



    Produo de cimento deve avanar 12%


    As indstrias cimenteiras instaladas no pas devero apresentar crescimento de 12% neste ano, na comparao com 2009. A previso que as cimenteiras, cujo principal parque produtor est concentrado em Minas Gerais com participao de 25% no setor nacional, processem volume recorde de 58 milhes de toneladas.





    Novo Somma ter R$ 400 mi


    O governador Antonio Anastasia lanou ontem, no Palcio Tiradentes, o Programa de Modernizao Institucional e Ampliao da Infraestrutura em Municpios do Estado de Minas Gerais (Novo Somma), que prev a liberao de linhas no montante total de R$ 400 milhes para apoiar aportes das prefeituras.





    Arredacao fecha o ms de maio em R$ 61,114 bilhes


    Resultado 16,55% maior que em maio de 2009.Braslia - Diante do forte aquecimento da economia, a arrecadao de impostos e contribuies federais bateu novo recorde e fechou maio em R$ 61,114 bilhes. Esse montante representa um crescimento real de 16,55% em relao ao mesmo ms do ano passado. As receitas registram resultados recordes h oito meses consecutivos. No acumulado de 2010, a sociedade j recolheu R$ 318,003 bilhes em tributos aos cofres pblicos, o que equivale a uma alta de ...



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 22, 2010

    Campanha www.doepalavras criada pela Agncia Mineira RC - de lvaro Rezende - para o Instituto Mrio Penna de BH, finalista de Cannes este ano.

                                               
                                                                    lvaro Rezende,
                                             um cone da Propaganda mineira e nacional.
                                                               A Agncia dele croiu
                                        - gratuitamente - a campanha www.doepalavras -
                                                           para o Instituto Mrio Penna.
                                                         Finalista no Festival de Cannes



    O projeto desenvolvido para o Instituto Mario Penna um dos 10 trabalhos brasileiros finalistas no mais importante prmio de propaganda mundial, categoria Cyber.‬
    O resultado final, ser anunciado at sexta-feira, dia 25 de junho.
    Confira o video-case com os resultados do primeiro ms do projeto Doepalavras.

                                                           Click abaixo e assista o vdeo.

    Doe Palavras / Donate Words from RC Comunicao on Vimeo.

    Direo de Criao: Guilherme Arajo
    Criao: Eduardo Arajo, Guilherme Arajo, Gustavo Costa, Mateus Martins, Rafael Gil, Tiago Pereira

    Coordenao de projeto: Tiago Pereira
    Design e programao: 3Bits

    Atendimento: Denise Panisset

    Planejamento: Raquel Ratton, Pedro Souza
    Mdia: Daniella Arajo

    Aprovao: Srgio Prates



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 22, 2010

    O empresrio da noite belohorizontina - leia-se Primo Prima Prime - OTVIO CLEMENTINO, recebe hoje noite, 19:30, o Ttulo de Cidado Honorrio da capital mineira.


    O casal Ldia/Otvio Clementino
    ( ele vibrando com o ttulo de cidado de BH)

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 22, 2010

    PATRUS com um p na vice de Hlio Costa. A me do ex-ministro j deu o sinal verde. S falta ele declarar abertamente que aceita ser o vice na chapa PMDB/PT na disputa pelo Palcio Tiradentes, aqui em Minas.



    Anncio esperado para esta semana.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 22, 2010

    NOVIDADE. PR de Clsio Andrade fecha com chapa de Hlio Costa.

                   
                   Foto arquivo.

    Deciso foi tomda na reunio da Executiva Estadual do PR em BH. Ser feita coligao proporcional para deputado estadual e federal. 

                                                                 REPERCUSSO
                                                              pinada do portal UAI







                      Acio e Serra participaram de encontro com ruralistas em Uberaba - (Beto Novaes/EM/D.A Press)
                           Acio e Serra participaram de encontro com ruralistas em Uberaba

    O ex-governador de Minas Acio Neves (PSDB) minimizou nesta segunda-feira a deciso do PR em apoiar o senador Hlio Costa (PMDB) para o Palcio da Liberdade. No comeo do ms a legenda havia dado apoio reeleio de Antnio Anastasia (PSDB), mas teve que voltar atrs depois de presso da direo nacional do PR.

    "O PSDB no entra em leilo por apoios. Nos vamos ter o apoio que fundamental: da populao mineira na hora da deciso. E agora estamos conversando com os partidos e isso no altera de forma alguma nossa estratgia", criticou Acio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 22, 2010

    Na FIEMG, aqui em BH.










                                           Crdito para desenvolver fornecimento e crescer

                                     

    Mais de duzentos representantes de empresas lotaram o auditrio da Fiemg durante o Seminrio sobre as linhas de crdito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES). Eles tiveram a oportunidade de esclarecer dvidas sobre as formas de obteno de crdito no Programa de Desenvolvimento Integrado de Fornecedores (PDIF), fruto de uma parceira entre o Sistema Fiemg, Governo do Estado de Minas Gerais e empresas mantenedoras.
    A iniciativa tem o objetivo de aumentar a competitividade de pequenas e mdias empresas mineiras para o atendimento e fornecimento s empresas com programas de investimentos em Minas Gerais.

    Na abertura do evento, o gerente de Economia e Finanas da Fiemg, Guilherme Velloso Leo, destacou a importncia do encontro e se colocou a disposio das empresas. "O papel da Fiemg apoiar o crescimento das empresas, que podem contar conosco para orient-los sobre as linhas de financiamento adequadas para as suas necessidades de investimento", disse.

    O analista tcnico da rea de operaes do BNDES, Cludio Rabelo, apresentou os produtos do banco para diferentes necessidades, como investimentos em obras civis, montagem e instalaes, para aquisio de mquinas e equipamentos at a necessidade de capital de giro. Sobre a atuao do banco de fomento, o analista apresentou dados para, segundo ele, desmistificar a atuao do banco junto a grandes empreendimentos e organizaes.
    "Mais de 90% das operaes realizadas pelo banco no pas so destinadas a micro, pequenas e mdias empresas", afirmou. J o analista tcnico Rodrigo Tomassini apresentou o Carto BNDES, produto baseado na idia de um carto de crdito comum, com objetivo de dar agilidade a financiamentos de micro, pequenas e mdias empresas.


    No encontro com os fornecedores do PDIF, o gerente geral de gesto de implantao de projetos ferrosos da Vale, Rogrio Galvo, apresentou aos empresrios presentes os diversos investimentos da mineradora nas vrias frentes de atuao. A Vale uma das empresas mantenedoras do programa de desenvolvimento de fornecedores da Fiemg. Ao final de sua explanao, em que mostrou os investimentos da empresa no Brasil e no exterior, Galvo ressaltou a importncia de contar com os parceiros da empresa. "Para seguirmos com todos os nossos projetos, com certeza vamos precisar de fornecedores capacitados para nos apoiar", ressaltou.

    Ao final do evento, tcnicos do BNDES, da Fiemg e de agentes financeiros atenderam individualmente 47 empresrios, que foram orientados sobre as linhas de financiamento adequadas para cada caso.

    Parceria - O BNDES tambm possui parceria com a Fiemg para orientar os empresrios sobre as diversas linhas de financiamento. Para esse atendimento, a Fiemg possui 11 postos de informaes, presentes nas regionais da entidade pelo interior e na sede, em Belo Horizonte. Para saber mais sobre o assunto, entre em contato com a gerncia de economia e finanas da Fiemg pelo telefone (31) 3263-4211 ou envie mensagem para leticia@fiemg.com.br ou aguinaldo@fiemg.com.br. Outra forma de conhecer mais sobre o banco e as linhas de financiamento do BNDES, acesse www.bndes.gov.br

    Veja mais no www.blogfiemg.com.br e acompanhe a Fiemg no http://www.twitter.com/sistemafiemg



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 22, 2010

    Inaugurado o Tnel de acesso Cidade Administrativa Tancredo Neves.

                     O tnel possui trs faixas para veculos de passeio e uma faixa para nibus

    O governador Antonio Anastasia entregou, nesta segunda-feira (21), as obras do novo acesso Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves. Com 640 metros de extenso, a nova entrada inclui uma pista marginal MG-010, no sentido Aeroporto Internacional e um tnel de 156 metros de comprimento por 21 metros de largura, construdo sob a rodovia MG-010, composto por trs faixas para veculos de passeio, uma faixa para nibus, ciclovia, passeio lateral e faixa de segurana.

    O investimento foi de R$ 65,89 milhes.
    " uma obra no s muito bonita, mas, mais do que isso, uma obra funcional, que fazia parte desde o incio da concepo da Cidade Administrativa. um tnel, que sob o ponto de vista da engenharia est a 1,5 metro to somente da pista de rolagem, ento isso um ponto importante", explicou o governador.
    O gerente de obras da Cidade Administrativa, Reinaldo Alves Costa Neto, explicou como o novo acesso vai facilitar a chegada das 20 mil pessoas que passaro pelo local diariamente.
    "Quem vinha do centro de Belo Horizonte tinha a obrigao de seguir direto e fazer o retorno no viaduto do bairro Morro Alto.
    Isso fazia com que o fluxo de trfego vindo de Belo Horizonte se ajuntasse ao fluxo vindo das cidades circunvizinhas - Pedro Leopoldo, Lagoa Santa, Sete Lagoas - condensando por demais a entrada Norte da Cidade Administrativa. Com essa inaugurao, a gente divide em dois teros a entrada da Cidade que se dar pelo tnel e um tero vindo pelo viaduto. uma soluo de trfego muito importante e que permitir maior conforto aos usurios do complexo", detalhou.
    Atualmente, 4 mil servidores j trabalham na Cidade Administrativa. Foram transferidos os funcionrios da Governadoria, Gabinete Militar, das Secretarias de Estado de Governo, Planejamento e Gesto, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econmico, alm do Instituto de Desenvolvimento Integrado (Indi) e do Instituto de Previdncia dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg). Nesta segunda-feira (21), foram transferidos os servidores da Prodemge.
    A transferncia dos servidores estaduais para a Cidade Administrativa est sendo feita de maneira gradativa, desde o incio de maro, quando a nova sede do Governo de Minas foi inaugurada. A previso que, entre servidores e visitantes, a Cidade Administrativa receba 20 mil pessoas diariamente, a partir de outubro, quando todos os 16 mil funcionrios tiverem sido transferidos.
    Com a inaugurao do tnel, Reinaldo Alves Costa Neto explicou que todas as estruturas previstas para a Cidade Administrativa esto concludas. "Aps essa inaugurao, o tnel de acesso Cidade Administrativa passa a integrar o sistema virio de Belo Horizonte e essa obra completa a Cidade Administrativa", explicou.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 22, 2010

    Economia mineira

    LEIA NA EDIO DE HOJE NO DIRIO DO COMRCIO



    Emprego em Minas Gerais j registra recuperao


    A recuperao do nvel de atividade no parque produtivo mineiro fez o emprego formal (com carteira assinada) atingir patamar indito para o ms de maio. No ms passado, houve supervit (diferena entre contrataes e demisses) de 60.873 postos de trabalho.





    Panasonic pode se instalar em MG


    O grupo japons Panasonic poder definir em julho o local para instalao da fbrica voltada para produo de semicondutores, que vem sendo disputada por municpios mineiros e fluminenses. O investimento previsto para a planta estimado em R$ 500 milhes.





    Minerao dever ter vida longa no Estado


    A atividade extrativa em Minas Gerais continuar se desenvolvendo por longo perodo, em decorrncia das descobertas de jazidas, novas fronteiras minerrias e dos avanos tecnolgicos que permitem o aproveitamento de veios com menor teor de ferro.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 21, 2010

    Imballaggio, de Antnio Eduardo Baggio - j comeou a operar no Condomnio do Papel em Lagoa Santa.

                                                        
                                                         Empresrio Antnio Eduardo Baggio,
                                                                     presidente do Sinpapel.

    Dia 14 de Junho a Imballaggio comeou a operar parcialmente a sua planta
    industrial situada no CIP-Condomnio Industrial do Papel em Lagoa Santa-MG.
    At o final do ano devero estar funcionando todos os novos equipamentos que
    esto sendo instalados.
    A construo desta unidade seguiu todos os bons preceitos de proteo e preveno contra impactosambientais.
    Quando em completa operao, contar com o mais moderno
    sistema de gerenciamento de resduos atxicos entre as empresas congneres
    em Minas Gerais, qualificando-se para recebimento do selo ISO-14000, alm da manuteno do selo do IRSA- Instituto de Responsabilidade
    Scio-Ambiental, pelos seus bons fundamentos.
    Esta planta industrial a nica do gnero na Amrica Latina a operar sem
    utilizao de veculos/empilhadeiras para o manuseio de matrias-primas e produtos acabados, junto com o sistema "ready to ship" de produo pronta para embarque, alm de salas asspticas
    para fabricao de embalagens para produtos alimentcios.
    Aos 117 anos, a empresa entra em uma nova etapa, passando a produzir a maior
    e mais variada linha de embalagens de papel do Brasil.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 21, 2010

    Academia Mineira de Letras tem novo presidente. O presidente Murilo Badar morreu semana passada.

    A Academia Mineira de Letras vem comunicar que o acadmico Miguel Augusto Gonalves de Souza assume a presidncia da entidade, em substituio ao senador Murilo Badar.
    O presidente Miguel Augusto Gonalves de Souza dar continuidade a todos os trabalhos desenvolvidos pela instituio, alm de incorporar novos projetos que sero implantados ao longo de sua gesto.

















    Miguel Augusto Golalves de Souza
    Nasceu em Itana, MG, em 07 de agosto de 1926.
    Filho de Dario Gonalves de Souza e Judith Carmadelli Gonalves
    Casado com Maria Eunice Canado Gonalves de Souza.


    MISSES PBLICAS:
    - Secretrio de Estado da Fazenda de Minas Gerais, no perodo de 04 de maio de 1964 a 01 de julho de 1965;
    - Secretrio de Estado do Governo e Coordenao Poltica de Minas Gerais, no perodo de agosto de 1965 a 01 de fevereiro de 1966;
    - Secretrio Interino do Interior e Justia, cumulativamente com o exerccio da Secretaria da Fazenda;
    - Diretor-Presidente do Banco de Crdito Real de Minas Gerais S.A., no perodo de 23 de abril de 1975 a 24 de abril de 1979;
    - Diretor -Presidente da Fiat Automveis S.A., no perodo de 05 de maio de 1979 a 30 de abril de 1983;
    - Diretor-Presidente da Ao Minas Gerais S.A. - AOMINAS, no perodo de 27 de abril de 1984 a 07 de maio de 1985;
    - Presidente da Associao Comercial de Minas, no perodo de janeiro de 1963 a janeiro.de 1965;
    - Presidente da Federao das Associaes Comerciais do Estado de Minas Gerais, no perodo de 06 de janeiro de 1963 a 06 de janeiro de 1965;
    - Presidente do Conselho de Administrao do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais - BDMG, no perodo de 1963 a 03 de maio de 1964;
    - Presidente do Conselho Econmico da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais;
    - Presidente do Rotary Club de Belo Horizonte;
    - Presidente do Instituto Brasileiro de Siderurgia - IBS, com sede na cidade do Rio de Janeiro;
    - Presidente do Conselho Superior da Associao Comercial de Minas;
    - Presidente do Sindicato das Indstrias de Fiao e Tecelagem do Estado de Minas
    Gerais.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 21, 2010

    ARTIGO ESPECIAL.

                                                      "Memrias de um Reprter de TV". 

                                                    Uma plula que vai compor nosso livro
                                        e que voc tem a oportunidade de ler em primeira mo.

    Praa da Estao, em BH. Eleio presidencial de 1990. Era comeo da noite. Como reprter poltico da Rede Globo, l estava eu participando e ajudando a fazer histria da democracia em nosso pas.
    No palanque estava todo o batalho de choque do PT, tendo frente seu comandante, o ex-operrio pernambucano Luiz Incio Lula da Silva. Era um momento importantssimo para os rumos da campanha,afinal Minas era e - o segundo maior colgio eleitoral do pas - poca com mais 10 milhes de votos. Tudo ia bem.
    De repente, uma supresa, que ia ajudar a mudar todo o roteiro da campanha presidencialdaquele ano. Foi assim: receb um recado, via rdio (celular ainda era um produto que no existia). O recado era do diretor de jornalismo, Lauro Diniz. Pedia que repercutisse com om candidato Lula, a denncia, que o seu adversrio Collor de Melo mostraria no horrio eleitoral - onde a ex-namoada de Lula, Mriam Cordeiro dizia que tinha uma filha com Lula, a LURIAM.
    Fiz a pergunta ao candidato petista. Lula ficou perplexo. Se recomps, tentou argumentar que era um golpe baixo de seu adversrio, uma apelao covarde... O restante da fala no me recordo mais. S o que ficou daquele momento histrico, que acabou pesando e muito para a derrota de Lula, foi expresso do rosto dele. Refletindo a amargura que se instalou na alma dele. Raiva, decepo, perplexidade, revolta... Um estado de esprito que prevaleceu na campanha e que culminou no debate com Collor pela Globo no final da disputa, antes da eleio.
    Olha bem, Lula chegou para o debate decisivo -j que a Globo detinha a audincia de 80 milhes de pessoas - parecendo ausente, titubeante em muitos momentos e com a cabea no outro mundo. O mundo psicolgico. Mundo abalado pela denncia de Mriam Cordeiro.
    Estava to preocupado,traumatizado, que no ouviu e nem rebateu a fala de Collor, que o acusou de ter adquirido um aparelho de som muito caro,que nem ele, Collor tinha recursos para comprar. Perplexidade geral! Lembram-se? Pois . Ele poderia -diriam os chamados "profetas do fato consumado" - como Brizola fazia. Chamar o candidato do PRN, Collor de Melo, de "filhote da ditadura".
    E dizer mais. Afinal era Collor e no ele Lula que tinha origem pobre. Pois : Lula ficou do lado ruim da espingarda - como diz meu amigo o cientista poltico Carlos Alberto Penna - e no conseguiu reagir. O trauma no deixou. Lula perdeu a eleio - claro que no s por causa disso. Mas que pesou, ah! pesou.
    Concluso: como reprter tenho a obrigao profissional de contar aquilo que ocorreu nos bastidores, que no coloquei no ar e que morreria comigo.Mostrar que era uma outra poca, com pouca tecnologia  e bota pouca nisso. O jornalista no contava com celular, notebook, blog de notcias.
    O espelho s tinha uma face. Nos restava a memria seletiva que se perde com o tempo, que levamos para o tmulo. Afinal,o reprter apenas um coadjuvante, uma escada para que os poderosos cheguem populao. Mas, o sentimento dele um fato, que s fica na cabea dele. Aqui passo o que v e ouv de um flash da nossa democracia que comeava a se firmar  l pelo comeo dos anos 90. isso!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 21, 2010

    A o COLRIO para amenizar nossa segunda-feira. Vem da coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Eduarda Firmo, charme e beleza
    na Feijoada 2010

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 21, 2010

    Nova pesquisa para o governo de Minas. Desta vez do Instituto a DATATEMPO publicada pelo jornal O TEMPO de BH. Vale conferir.

                                   
                                              Senador  Hlio Costa: 41%


                                   
                                              Governador Anastasia: 19,75%

    No primeiro cenrio da pesquisa, realizada entre os dias 9 e 13 de junho, Hlio Costa tem 41,00% das intenes de voto contra 19,75% de Antonio Anastasia - so 21,25 pontos percentuais de diferena. Dizem que no sabem em quem votar ou no respondem 16,94% dos pesquisados. Outros 10,60% afirmam que no votariam em nenhum candidato.
    O deputado estadual Zez Perrella (PDT) registra 4,86% das intenes de voto. Afirmam que poderiam votar em todos os candidatos 3,84%. J a candidata do PSTU, a professora Vanessa Portugal, conta com 1,75% da preferncia do eleitorado. O deputado federal Jos Fernando Aparecido (PV) tem 0,68%, e Maria da Consolao, do PSOL, 0,58%.

    No segundo cenrio, em que constam como candidatos Hlio Costa, Antonio Anastasia e Jos Fernando Aparecido, o peemedebista amplia a liderana. Nessa situao, o senador peemedebista tem 46,40% das intenes de voto contra 20,82% do tucano, o que significa 25,58 pontos percentuais de vantagem. Nesse quadro, dizem que no sabem em quem votar ou no respondem 16,78% dos questionados. Outros 11,28% afirmam que no votariam em nenhum dos candidatos. Jos Fernando Aparecido registra 1,07% da preferncia do eleitorado.
    Em um eventual segundo turno, Costa vence Anastasia, com 49,22% das intenes de voto contra 22,32%. Nessa situao, 20,58% dos entrevistados afirmam que no sabem em quem votar ou no respondem. Outros 5,30% dizem que vo anular o voto e somente 2,58% declaram voto em branco.

    Em todas as pesquisas realizadas pelo Instituto DataTempo/CP2 neste ano, Hlio Costa ficou na liderana. Ele registrou 57,90% das intenes de voto em fevereiro e 52,52%, em maio e agora tem 46,40%. J Antonio Anastasia, no mesmo perodo, passou de 15,70% para 16,05% das intenes de voto. No momento, segundo o levantamento, o governador do PSDB registra 20,82%. - aponta pesquisa DATATEMPO.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 21, 2010

    Patrus ser mesmo vice de Hlio Costa. AFIRMEI aqui nesse espao que ele iria se decidir pela vice do PMDB - com base em minhas fontes dentro e fora do PT. Dei at que minha fonte avaliou que as chances de Patrus aceitar iam de 0 a 10, at a escala 9. No que ele disse neste domingo que as chances so de 9... Confira abaixo.



    "Se o processo continuar como vem se dando,
    tudo indica que ns vamos estar juntos,
    s no quero formalizar ainda esta questo
    porque quero ouvir algumas pessoas.
    A minha me uma dessas pessoas e,
    certamente, a mais importante", disse Patrus.
    O ex-ministro disse que,
    em numa escala de 0 a 10,
    a deciso chega a 9.

    Exatamente como publique aqui
    semana passada.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 21, 2010

    Fique de olho nos trabalhos da Assemblia de Minas .

                             Semana inclui debates sobre bullying e denncias na rea de segurana

    A ocorrncia do bullying nas escolas mineiras, envolvendo agresses e humilhaes entre estudantes, um dos temas debatidos pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais na semana entre 21 e 25 de junho de 2010, que tambm inclui diversas reunies de comisses para investigar denncias de violncia praticadas por policiais militares, por um diretor de presdio e at de abusos da Polcia Militar contra seus prprios integrantes.
    J na segunda-feira (21/6/10), a Comisso de Direitos Humanos visita duas cidades para averiguar denncias de arbitrariedades. As duas reunies foram requeridas pelo presidente da comisso, deputado Durval ngelo (PT). s 9 horas, a reunio ser no Centro do municpio de Santa Margarida (Mata), na Praa Guilhermino de Oliveira, 142, a fim de investigar queixas contra policial militar.
    s 13 horas, a Comisso de Direitos Humanos estar na Cmara Municipal de Caratinga (Rio Doce), na Rua Raul Soares, 145. O objetivo averiguar denncias de prtica de tortura no presdio local. Os relatos so de um agente penitencirio e foram confirmadas por detentos em audincia realizada pelo deputado Durval ngelo no dia 14/5/10. As acusaes so contra o diretor do presdio, Nilton Rodrigues Jnior, que nega a veracidade dos depoimentos e diz estar sendo vtima de retaliaes por sua ao contra a entrada de drogas, celulares e prostitutas no presdio.
    Ainda na segunda-feira, a Comisso Extraordinria de Polticas Pblicas de Enfrentamento Aids, s DSTs, ao Alcoolismo, s Drogas e Entorpecentes se rene s 14 horas, no Plenarinho IV. O objetivo, de acordo com o coordenador da comisso, deputado Fahim Sawan (PSDB), discutir alternativas para reduzir o consumo de drogas e para o tratamento e reinsero social de dependentes qumicos.
    A Comisso de Direitos Humanos faz mais duas reunies na tera-feira (22). s 9 horas, no Auditrio, debate a conduta de policial militar em operao de apoio a fiscalizao da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte ao comrcio exercido por ambulantes. O requerimento do deputado Durval ngelo.
    s 14 horas, tambm no Auditrio, a mesma comisso debate as causas e consequncias do bullying nas escolas mineiras. Bullying o termo ingls para definir agresses e humilhaes entre crianas e adolescentes, especialmente no ambiente escolar. O requerimento solicitando a reunio do deputado Vanderlei Miranda (PMDB). De acordo com pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica (IBGE) divulgada em junho de 2010, Belo Horizonte a segunda capital do Pas com maior ndice de ocorrncia de bullying. No levantamento, 35,3% dos estudantes entrevistados disseram ser vtimas constantes da agresso. O ndice quase igual ao de Braslia, primeira colocada, com 35,6%.
    Tambm na tera-feira, a Comisso de Administrao Pblica se rene no Plenarinho IV, s 14h30, para averiguar denncias de irregularidades em notificaes de processos administrativos de policiais internados para tratamento psiquitrico. Segundo o autor do requerimento, deputado Sargento Rodrigues (PDT), os policiais estariam sendo invadidos em seus tratamentos para responder a procedimentos disciplinares ou para serem notificados da exonerao.
    Mais trs reunies de comisses acontecem na quarta-feira (23). s 9 horas, a Comisso de Turismo, Indstria, Comrcio e Cooperativismo se rene na Cmara Municipal de Formiga (Centro-Oeste), na Praa Ferreira Pires, n 4, no Centro. O objetivo avaliar o potencial turstico do municpio e da regio, tendo em vista a Copa do Mundo de futebol de 2014 e as Olimpadas do Rio de Janeiro, de 2016. O requerimento de autoria do deputado Fbio Avelar (PSC).
    Tambm da quarta, a Comisso de Direitos Humanos realiza visitas a duas Associaes de Proteo e Assistncia aos Condenados (Apacs). As Apacs so instalaes prisionais de menor capacidade, na qual os detentos permanecem ocupados e participam das decises administrativas que afetam o cotidiano da priso. Elas tambm contam com a participao de voluntrios, que prestam assistncia mdica e religiosa aos recuperandos. O sistema surgiu em 1972, em So Jos dos Campos (SP), e chegou a Minas Gerais em 1985, com a instalao da Apac Itana (Centro-Oeste).
    A Apac de Itana justamente a primeira a ser visitada nesta quarta, s 10 horas. s 15 horas, a vez da Apac de Nova Lima (Regio Metropolitana de Belo Horizonte). O requerimento para as visitas do presidente da comisso, deputado Durval ngelo.
    Homenagens - A semana inclui ainda duas reunies especiais do Plenrio da Assembleia. Na segunda-feira (21), s 20 horas, o ex-jogador de futebol Marques Batista de Abreu recebe Ttulo de Cidado Honorrio do Estado, atendendo requerimento do deputado Eros Biondini (PTB). Na quinta-feira (24), a reunio do Plenrio para homenagear o Grupo Sculus pelos 50 anos de sua fundao. A solenidade acontece s 20 horas, a requerimento do deputado Svio Souza Cruz (PMDB).
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 19, 2010

    Patrus vai ser vice de Hlio Costa. Ele vai anunciar o apoio, domingo, 10:30 da manh durante conveno do PT no SESC de Contagem.

    Foi o que nos garantiu uma fonte do PT ligada ao ex-ministro durante o lanamento do livro do senador Hlio Costa na Livraria  Saraiva do Diamond Mall. 

                                                
                                                Hlio Costa e Pimentel esperam adeso de Patrus

                                                                                        

                                              
    J o pr-candidato do PV ao governo de Minas, Jos Fernando Aparecido recusou convite para ser supelnte de senador na chapa de Itamar Franco.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 19, 2010

    ARTIGO ESPECIAL. Para ler e pensar!!!

                                                        OPINIO

                           Vida e morte: aspectos ticos e jurdicos

                  
     
                                            Cssio Rosa Resende
                        Superintendente geral do Instituto Mrio Penna


    Falar sobre a morte constitui um tabu, um pavor, uma fuga deliberada do assunto, ou uma alienao, sobretudo em uma sociedade que cultiva a cultura do hedonismo, de prazer a todo custo, da luxria e da onipotncia tecnolgica. Ningum deseja a morte, nem se deve fazer proselitismo a respeito de tal evento.
    Entretanto, ela natural e inevitvel e, como tal, deve ser aceita e enfrentada. Vida e morte so duas faces dialticas da existncia humana. Por isso, muito se tem discutido, ultimamente, sobre os aspectos ticos e jurdicos dos pontos e dos limites que tangenciam, separam e aproximam os dois eventos: vida e morte.
    Tratemos dos conceitos eutansia, ortotansia e distansia. Eutansia, etimologicamente, significa boa morte. Trata-se de expresso literal, porque, a rigor, no h boa morte.
    A eutansia um homicdio piedoso, praticado por compaixo, a pedido de um doente terminal e que padece de grande sofrimento. a eutansia ativa, que consiste na prtica de um ato lesivo, dentro de certas circunstncias e condies, com o fim de provocar a morte desejada pelo prprio paciente (injeo letal, por exemplo, asfixia etc.).
    Caso se consiga provar relevante valor social ou moral (sentimento de compaixo diante do sofrimento da vtima, morte digna a ela proporcionada etc.), a hiptese de verdadeira eutansia, tornando o autor passvel de condenao em homicdio privilegiado (art. 121 do Cdigo Penal), cuja pena varia de seis anos (mnima) a 20 anos (mxima), reduzida em at 1/3.
    Se o doente (ele prprio) pe fim sua vida, auxiliado, apoiado ou instigado por um terceiro, este comete o crime de instigao ou induzimento ao suicdio. A pessoa, no caso, pe-se como senhora do seu destino e de sua vida.
    J a ortotansia (tambm chamada de eutansia passiva e que, etimologicamente, significa morte correta, adequada ou no tempo certo) caracteriza-se pela limitao ou suspenso do esforo teraputico, ou seja, do tratamento ou dos procedimentos que esto prolongando a vida de doentes terminais, com vida vegetativa e artificial, sem chance de cura. O desligamento de aparelhos configura, sem dvida, a ortotansia.
    A ortotansia poder ser aceita se praticada com observncia dos princpios da no razoabilidade e da inutilidade do tratamento.
    Vale dizer: se o estado do paciente grave e irreversvel, em situao vegetativa e terminal; se est mantido vivo artificialmente, com equipamentos e aparelhos; se o sofrimento extremo e a teraputica intil; assim, no razovel insistir com nessa situao. justo, tico, conveniente que no se insista com esse tratamento intil, desnecessrio e cruel. Sobre os aspectos ticos e jurdicos, citemos posies de Conselho Federal de Medicina (CFM) e do Cdigo Penal Brasileiro (CPB).
    Segundo o artigo 1, caput, da Resoluo 1.805/06, o CFM estabeleceu que " permitido ao mdico limitar ou suspender procedimentos e tratamentos que prolonguem a vida do doente em fase terminal, de enfermidade grave e incurvel, respeitada a vontade da pessoa ou de seu representante legal".
    O anteprojeto de reforma do CPB, de 1998, prev, no artigo 121, pargrafo 4: "No constitui crime deixar de manter a vida de algum por meio artificial, se previamente atestada por dois mdicos, a morte como iminente e inevitvel e, desde que haja consentimento do paciente, ou na sua impossibilidade, de ascendente, descendente, cnjuge, companheiro ou irmo".
    Finalmente, a distansia consiste na v iluso da onipotncia da cincia, da medicina, por meio de instrumental e recursos tecnolgicos para o prolongamento desnecessrio e sofrido de uma vida vegetativa e sem dignidade. a obstinao teraputica, em que a cura se demonstra inverossmil e os procedimentos mdicos provocam mais sofrimento do que alvio para o paciente terminal.
    preciso compreender e aceitar que a vida e a medicina tm seus limites. De minha parte, prevaleo da publicidade escrita para, nesse aspecto, deixar meu testamento. No quero morrer em UTI, em uma cama fria de hospital, ligado em aparelhos e sob um agitado entreabrir de portas, burburinho, sussurros e passos apertados. Quero morrer em paz, em silncio, em casa, ao lado de minha famlia. Oportuna a observao da psiquiatra Elisabeth Kbler-Ross, na obra Sobre a morte e o morrer: "Aqueles que tiverem a fora e o amor para ficar ao lado de um paciente moribundo, com o silncio que vai alm das palavras, sabero que tal momento no nem assustador nem doloroso, mas um cessar em paz do funcionamento do corpo. Observar a morte em paz de um ser humano faz-nos lembrar uma estrela cadente.
    uma entre milhes de luzes do cu imenso, que cintila ainda por um breve momento para desaparecer para sempre numa morte sem fim. Ser terapeuta de um paciente que agoniza nos conscientizar da singularidade de cada indivduo neste oceano imenso da humanidade. uma tomada de conscincia de nossa finitude, de nosso limitado perodo de vida.
    Poucos entre ns vivem alm dos 70 anos; ainda assim, neste curto espao de tempo, muitos entre ns criam e vivem uma biografia nica, e ns mesmos tecemos a trama da histria humana".
    Concluo com o filsofo e poeta Rabindranath Tagore, in Pssaros errantes: "A pequena verdade tem palavras que so claras; a grande verdade tem grande silncio".


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 19, 2010

    Economia Mineira.

    LEIA NA EDIO DE HOJE NO DIRIO DO COMRCIO



    Desembolsos do BNB para Minas Gerais subiram 39%


    Os emprstimos liberados pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB) para o Norte de Minas e os vales do Jequitinhonha e Mucuri somaram R$ 54,947 milhes em maio. O montante superou em 39% os desembolsos efetuados pela instituio durante abril (R$ 39,529 milhes).





    Minas passa por novo ciclo de expanso


    A efetivao dos investimentos de R$ 50 bilhes anunciados para Minas Gerais, apenas durante o primeiro semestre, far com que a economia mineira passe por um novo ciclo de desenvolvimento, a exemplo do que ocorreu com a expanso do parque siderrgico e com a instalao da Fiat Automveis S/A (Fiasa), que possibilitou a formao do segundo polo automobilstico do pas. Para o professor de economia da Fundao Joo Pinheiro (FJP) Fabrcio Oliveira, os projetos previstos abrem espao para a diversificao da indstria mineira, com grande concentrao no setor minero-siderrgico.





    Preo do minrio impacta na produo dos guseiros


    Novos aumentos no preo do minrio de ferro podero afetar a recuperao que vem sendo registrada no parque guseiro instalado no Estado, o principal do pas. Segundo o presidente do Sindifer-MG, Paulino Ccero de Vasconcellos, o valor do gusa est em descompasso com o insumo siderrgico.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 19, 2010

    Proacesso tem 68% do programa j cumprido.



    Bernadete Amado/Setop MG
    Trecho do Proacesso em Aricanduva, no Vale do Jequitinhonha
    Trecho do Proacesso em Aricanduva, no Vale do Jequitinhonha
    O Programa de Pavimentao de Ligaes e Acessos Rodovirios aos Municpios (Proacesso), coordenado pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Pblicas (Setop) e executado pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG), est cada vez mais perto de cumprir o seu objetivo. At o final do ms de maio, foram pavimentados mais de 3.800 quilmetros de rodovias em 152 municpios, 68% da meta estabelecida pelo programa.
    Somente este ano, o Proacesso j concluiu 13 trechos, levando o asfalto aos municpios de Consolao, Divispolis, Francisco Dumont, Francisco Badar, Fruta de Leite, Ibiracatu, Jenipapo de Minas, Machacalis, Novorizonte, Paulistas, So Joo do Pacu, So Sebastio do Rio Preto e Senador Modestino Gonalves, que somados a toda a pavimentao realizada durante o ano, atingiu mais de 350 quilmetros de rodovias, com investimentos superiores a R$ 300 milhes. Outros 2.100 quilmetros esto com obras em andamento.
    Desde o incio do programa, em 2004, o Governo de Minas investiu mais de R$ 2,4 bilhes, beneficiando diretamente 955 mil pessoas. A previso, at o final do ano, de que mais 894 quilmetros sejam pavimentados e de que todas as obras previstas no programa estejam concludas ou em fase de finalizao, o que ampliar o benefcio para um total de 1,5 milho de pessoas. Seis trechos integrantes do Proacesso so de responsabilidade do Governo Federal: Chapada do Norte, Dom Bosco (parte do trecho), Jacinto, Salto da Divisa, Montalvnia e So Joo das Misses.
    Benefcios
    O Proacesso um programa estruturador do Governo de Minas cujo objetivo levar acesso asfaltado a 225 municpios que, at 2003, no contavam com esse benefcio. A ligao por asfalto permite que mais pessoas cheguem de forma segura a escolas, hospitais, espaos de lazer e comrcio.
    O programa colabora, tambm, para o desenvolvimento da economia local, j que a rodovia asfaltada reduz os custos de transporte da produo local e do fornecimento de insumos necessrios, alm de contribuir para elevao da mdia do ndice de Desenvolvimento Humano das regies. Dos municpios inseridos no programa, 88% tm menos de 10 mil habitantes e 80% tm IDH menor que a mdia de Minas Gerais.
    Cerca de 60% dos municpios do norte de Minas, vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce e da regio Noroeste foram beneficiados pelo programa. As regies Central, Zona da Mata e Sul de Minas, embora mais desenvolvidas, tambm esto contempladas pelo Proacesso.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 18, 2010

    Nesta sexta-feira,senador Hlio Costa lana livro em BH.

                                                                          Fantstico!!!
                                               Hoje de 19:00 s 22 horas na Livraria Saraiva
                                                             no Diamond Mall, aqui em BH.

                                                                        Hlio Costa lana
                                                   "Lembranas de um Tempo Fantstico"

    O senador Hlio Costa lana hoje, 14 de junho, em So Paulo, o livro "Lembranas de um Tempo Fantstico", pela Editora Benvir. O evento acontece na Saraiva Megastore do Shopping Ptio Higienpolis, s 19h.

    Mais famoso correspondente internacional do Brasil nas dcadas de 1970 e 1980, Hlio Costa revela as histrias, os bastidores e as curiosidades das 50 principais reportagens feitas por ele para o programa Fantstico. Na poca, o "Show da Vida" era um dos programas de maior audincia e importncia da televiso brasileira e sua maior atrao eram as reportagens do jornalista Hlio Costa, que encerrava as edies.

    A cada semana, o jornalista mineiro apresentava em primeira mo casos inslitos, avanos da medicina, enigmas da humanidade, progressos nas reas de cincia e sade, com repercusso nacional.

    No livro, ele conta como conseguia suas reportagens e a histria por trs de cada uma delas. Em suma, um relato de tudo aquilo que no pode ser dito no enxuto e direto texto da televiso. Lembranas de uma poca em que a globalizao e o progresso vertiginoso da cincia davam seus primeiros passos.

    "Aqui est, com a sua face humana, o que o jornalismo nem sempre pode revelar: os personagens que cruzaram o meu caminho, nos quatro cantos do mundo. O menino da bolha. Um general japons que esnoba uma rede de TV americana e fala para o reprter brasileiro. Guerrilheiros na Amrica Central. Soldados silenciosos numa noite gelada da China. Um gnio chamado Salvador Dal. O maior Tarzan do cinema, Johnny Weissmulller, e seu grito derradeiro. A confisso dolorosa de Ted Kennedy sobre o assassinato do irmo presidente da maior nao do mundo. Nenhum ficcionista seria capaz de inventar esses personagens", relata Hlio Costa na apresentao do seu livro.

    "Lembranas de um Tempo Fantstico" ter lanamento, tambm, em Braslia (23/6).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 18, 2010

    Duas fontes do PT nos deram as dicas sobre a definio do ex-ministro Patrus Ananias em relaoa ser ou no vice de Hlio Costa do PMDB ao governo de Minas. A primeira, ligada ao ex-ministro Z Dirceu nos disse: " continua valendo - Patrus ser mesmo vice de Hlio Costa. O timer que vai variar. A segunda fonte de informao desse blogueiro nos disse: " Patrus dever se manifestar no domingo na Conveno do PT em Contagem. Tudo na presena dos presidentes nacionais do PT e PMDB. Seruma decisom partidria,com definio de programa de governo e tudo. E no uma deciso isolada". Ento t!!!


    "DECIFRA-ME
    OU TE DEVORO"


    Patrus Ananias, ex-ministro.
    " A noiva cobiada do PT,
    dever dizer sim no domingo"
    Nos garantiram dois informantes do PT.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 18, 2010

    P na estrada. Governador Antnio Anastasia inagurou Estao de Tratamento de Esgotos em Alfenas, sul de Minas.

                                            

                                                                        Fala governador!!!

    Evento: Inaugurao da 100 ETE

    Local: Alfenas (MG)
    Assuntos: Inaugurao da ETE, turismo e agronegcio 
    Qual a importncia dessa Estao de Tratamento para a regio?
    Vida em primeiro lugar. Acho que muito importante termos qualidade de vida, porque o saneamento significa sade. J comprovado que quanto mais investimos em saneamento, melhora o investimento na sade. Alfenas tinha uma posio muito importante, estamos nas bacias do lago de Furnas, por isso esse investimento superior a R$ 50 milhes fundamental que ocorra aqui em Alfenas.
    A implantao desta estao uma boa para o Lago de Furnas que precisa dessa despoluio?
    Claro. Porque motivo? Porque a temos condies de atrair mais turistas, vamos ter uma qualidade de gua melhor ainda, de nvel internacional, trazendo para c e atraindo mais turistas para uma represa to bela como Furnas.
    Pela sua passagem no Sul de Minas, como o senhor v a situao do turismo na regio?Somos entusiastas, porque o turismo no Sul de Minas j foi no passado o maior polo do Brasil, e est voltando a ser. Temos j aqui uma melhoria muito forte da infraestrutura, inclusive das estradas, das comunicaes, da questo toda de sade e de sinalizao e grandes campanhas. E bom lembrar que temos aqui no Sul de Minas as Estncias Hidrominerais. O governo investiu muito recentemente, este ms inauguramos em Caxambu, o Balnerio, estamos recuperando os prdios histricos, voltamos a engarrafar as guas minerais, o exemplo disso muito importante porque uma grande propaganda que se faz, e tenho impresso que a Copa do Mundo de 2014 ser uma grande oportunidade do Sul de Minas retornar com plena fora como um polo grande do turismo, no s do Brasil, mas mesmo internacional com turismo de sade. 
    Na questo do agronegcio, o senhor falou ontem em Trs Pontas sobre a questo do caf. O que o senhor prepara? 
    Na realidade estamos realizando o que possvel na esfera do Estado, o que muita coisa. Ontem mesmo fizemos um projeto de lei Assembleia para dar um prazo maior de carncia s dvidas que os cafeicultores tm com os antigos bancos do Estado, esse um ponto muito importante. Ao mesmo tempo estamos investindo muito na certificao e na capacitao e transferncia de tecnologia, os centros que fizemos de polo de caf, especialmente em Machado aqui no Sul de Minas, e claro, participando lado a lado, ombro a ombro com as lideranas, com os cafeicultores para junto ao governo federal apresentar as nossas propostas, que so fundamentais na poltica econmica, para o preo mnimo e a garantia da safra, e o mais importante, o refinanciamento de dvidas que so histricas do setor.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 18, 2010

    Fui 19 FEJOADA DO CABELIN - o famoso colunista Csar Romero do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora. Confira dois flashes.


    O presidente da Cemig, Djalma Morais
     e sua elegante Maria Thereza Jardim Morais


    Joo Carlos Amaral, Malu e Kak
    Guilhermino e o deputado Mrio Heringer,
    papo de poltica na feijoada

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 17, 2010

    NA RETA FINAL!!!

    Hoje falei com importante fonte, que tem acesso ao ex-ministro Z Dirceu e Dilma Roussef. Perguntei: de 0 a 10, qual a possibilidade de Patrus ceder presso e ser vice de Hlio Costa? Nota 9... Vale conferir matria publicada no jornal HOJE EM DIA de BH.


                                               Hlio Costa conquista apoio da esquerda petista

                                             
                                              Hlio Costa e Pimentel esperam adeso de Patrus



                                Grupo endossa ainda a indicao do ex-ministro Patrus Ananias
                                                         para o cargo de vice-governador





                                          Patrus sinaliza sim a Hlio Costa pelo "bem maior"



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 17, 2010

    Enquanto isso na Cidade Administrativa Tancredo Neves: governo de Minas assina protocolos para empresas investirem 3 bilhes de 200 milhes de dlares no norte de Minas.

    Omar Freire/Imprensa MG
    Antonio Anastasia, Anny France Arruda de Moura e Sergio Barroso
    Antonio Anastasia, Anny France Arruda de Moura e Sergio Barroso

    O governador Antonio Anastasia assinou, nesta quarta-feira (16), no Palcio Tiradentes, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, protocolos de intenes com a Sul Americana Metais (SAM), empresa do Grupo Votorantim, e com a Marluvas Calados de Segurana que faro investimentos no Norte de Minas. A SAM aplicar R$ 3,2 bilhes na atividade de extrao e beneficiamento de minrio no municpio de Gro Mogol e a Marluvas prev sua expanso com a implantao de uma nova unidade industrial para a produo de itens de segurana no municpio de Capito Enas.
    Durante a solenidade, o governador Anastasia ressaltou a importncia dos investimentos para a regio Norte do Estado, destacando que o Governo de Minas tem preparado a infraestrutura dos municpios da regio para receber empresas de todos os setores.
    "No passado, concentrvamos investimentos mais no Centro-Sul do Estado, no Tringulo, Zona da Mata, Sul de Minas, e na regio metalrgica. Agora, h um grande esforo do Governo para levar investimentos para o chamado Grande Norte, o Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, porque fizemos um trabalho planejado. Primeiro, fizemos l uma grande infraestrutura, as estradas, as escolas, a sade, a segurana, a telefonia, saneamento e, agora, criamos um ambiente para receber investimentos e j estamos colhendo os frutos desses investimentos", disse o governador em entrevista.
    Desde 2003, foram anunciados para o Norte de Minas R$ 5,45 bilhes de investimentos pblicos e privados em 116 projetos, com a perspectiva de gerao de 8.297 postos de trabalho nas reas de transporte terrestre, txtil, siderurgia, servios, segurana, sade, saneamento, qumico, moveleiro, metalurgia, minerao, no metlico, infraestrutura, energia, eletroeletrnico, educao, comrcio, gua e agroindstria.
    Gerao de empregos
    A Sul Amrica Metais pretende implantar em Gro Mogol projeto integrado de minerao que inclui mina de ferro, planta de beneficiamento e mineroduto. O empreendimento ir gerar 1,8 mil empregos na regio que hoje apresenta um dos mais baixos ndice de Desenvolvimento Humano (IDH) do pas.
    A empresa se comprometeu a contratar prioritariamente mo de obra local e contar com o apoio de programas do Estado para capacitao e treinamento de pessoal.
    O diretor-executivo da Votorantim Novos Negcios, Haroldo Fleischfresser, explicou que o projeto a ser desenvolvido na regio do Rio Pardo bastante inovador, j que demandar capital e tecnologia de ponta para extrair o minrio existente na regio.
    "O minrio da regio de baixo teor, em torno de 20%, por isso trata-se de um projeto muito inovador. Nenhuma empresa no Brasil, hoje, lavra minrio desse teor, ento um grande desafio que vai exigir capital e tecnologia. E, como sabemos, a China um grande consumidor de minrio de ferro, compra muito do Brasil e justamente o pas que tem a tecnologia para fazer tal lavra. Ento, a nossa parceria com os consrcios chineses, liderados pela Honbridge, justamente para termos capital e tecnologia. um projeto muito ambicioso, mas que dar um grande impulso no desenvolvimento da regio", explicou.
    O diretor executivo da Honbrigde Holdings Limited, empresa parceira do Grupo Votorantim, William Liu Wei, destacou que Minas foi escolhida para receber os investimentos em razo do crescimento da economia o Estado. "O Brasil e Minas Gerais esto crescendo e queremos crescer juntos. Minas um dos Estados mais propcios para investirmos", disse Liu Wei.
    Do total investido pela Sul Americana Metais em Gro Mogol, R$ 680 milhes sero destinados a implantao da mina de minrio de ferro, cuja concluso est prevista para maro de 2014. Devero ser criados 798 empregos diretos, com produo prevista de 122 milhes de toneladas de minrio de ferro por ano, quando atingir a capacidade operacional.
    A usina de concentrao receber investimento de R$ 1,7 bilho, com a gerao de 989 empregos diretos. A usina ter capacidade para produzir 25 milhes de toneladas por ano de pellet feed (pelotas de ferro). Para o mineroduto, sero investidos R$ 816 milhes na implantao do duto que transportar a produo at Ilhus, na Bahia, onde haver uma instalao porturia. Sero criados 40 empregos diretos, e o corredor logstico ter capacidade para transportar 25 milhes de toneladas por ano de pelotas de ferro.
    Mo de obra qualificada
    De origem mineira, com sede em Dores de Campos, na regio do Campo das Vertentes, a Marluvas, especializada na fabricao de calados de segurana, investir R$ 9 milhes em sua nova fbrica a ser construda no municpio de Capito Enas, com gerao de 420 empregos diretos e 220 indiretos. A unidade vai produzir 5 mil pares de calados por dia, a partir de junho de 2011, quando o projeto dever estar concludo. Para garantir a implantao da unidade, o Governo de Minas est firmando com a Prefeitura de Capito Enas convnio para repassar R$ 1,5 milho para execuo de obras de infraestrutura no municpio.
    O presidente da Marluvas Calados de Segurana, Antnio Marcelo Arruda, afirmou que a mo de obra abundante e incentivos fiscais foram os fatores que contriburam para a escolha de Capito Enas (Norte de Minas) para sediar nova unidade da empresa. "Temos no municpio o espao que procurvamos para a fbrica, com, inclusive, possibilidade de expanso. Vamos ajudar Capito Enas a se desenvolver mais do que tem se desenvolvido. Vamos fazer a nossa parte", disse. 
    Os prefeitos de Gro Mogol, Jeferson Figueiredo, e de Capito Enas, Reinaldo Teixeira, destacaram os investimentos do Estado em projetos para preparar a mo de obra local, com a criao e instalao de cursos para a qualificao do pessoal que ocupar as vagas de trabalho que, em breve, iro surgir na regio com a chegada dessas novas empresas. Em Capito Enas, a prefeitura j comeou a preparar 140 jovens que ocuparo as primeiras vagas de emprego da Marluvas.
    Minerao no Estado
    O empreendimento no Norte do Estado consolida o surgimento de uma nova fronteira de minerao em Minas Gerais. A Minerao Minas Bahia (Miba) tambm anunciou, no incio deste ano, investimento de R$ 3,6 bilhes na implantao de mina de minrio de ferro e corredor logstico no Norte do Estado, entre os municpios de Gro Mogol e Rio Pardo de Minas, prximo onde a SAM vai implantar o seu empreendimento. O projeto da Miba dever representar a criao de 15 mil empregos, sendo 7 mil diretos.
    Ao lado da siderurgia e agroindstria, a minerao lidera a atrao de investimentos em Minas Gerais. Desde 2003, foram anunciados R$ 25,3 bilhes de investimentos de empresas no setor de minerao, distribudos entre 48 projetos, com a previso de gerar 17 mil empregos diretos. Os investimentos anunciados em Minas, dos diversos setores da atividade produtiva, totalizam R$ 210 bilhes, entre 2003 e 2010, com a gerao de 448 mil empregos diretos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 16, 2010

    ARTIGO ESPECIAL

                                                                                                   MINAS E A FIEMG

                                                     

                                                                                                         Wagner Gomes

    Com um discurso demonstrando conhecer a realidade mineira muito alm do segmento industrial, tomou posse, como Presidente da FIEMG, o empresrio do setor eltrico Olavo Machado Jnior. Com a Serraria Souza Pinto completamente lotada, o evento foi prestigiado pelo Governador Antnio Augusto Anastasia e pelo ex Governador Acio Neves.
    Em sua fala Olavo Machado Jnior focou sua atuao na capacitao do empresariado, atravs da qual se buscaria a competitividade, principalmente a internacional. Se levarmos em considerao que Olavo Machado se torna o lder maior de mais de 120 mil empresas que geram mais de um milho de empregos, percebe-se que a tarefa a que se prope torna-se gigantesca.
    A parceria, at ento levada a efeito, com o governo de Minas Gerais, tornou-se uma aliana mantida pelos atuais gestores de duas das principais foras que alimentam o processo produtivo de Minas Gerais: o Governo do Estado e a FIEMG. Ao realar que pretende continuar trilhando o mesmo caminho j percorrido, o Presidente Olavo Machado ouviu do Governador Anastasia o solene compromisso de juntarem foras para perseguirem objetivos comuns, incrementando aes conjuntas.
    Tal estratgia, testada e aprovada pelo empreendedorismo do empresrio Robson Andrade e do Governador Acio Neves, mostrou-se extremamente proveitosa ao estimular os interesses convergentes, gerando um vigoroso modelo estruturante que impulsionou e alavancou a indstria mineira.
    Ao herdar toda essa conjuntura, Olavo Machado realou o trabalho dos presidentes da FIEMG que o antecederam, discorrendo, tambm sobre sua trajetria frente de sua empresa e nas entidades de classe, onde sempre ocupou cargos de destaque, com verdadeiro esprito agregador.

    Para levar adiante seu propsito, o novo presidente da FIEMG conta com outro aliado de peso, qual seja o novo presidente da Confederao Nacional da Indstria, Robson Andrade. Olavo Machado destacou em sua fala que a construo dessa aliana estratgica entre o Governo e a iniciativa privada, levada a efeito com grande sucesso em Minas Gerais, poderia ser o embrio de um movimento semelhante a nvel nacional, eis que o seu maior artfice comandaria, agora, a CNI.

    Suceder a Robson Andrade, sem sombra de dvidas, um grande desafio. Mas certamente Olavo Machado Jnior tem capacidade de sobra para isso. Seu jeito simples abriga, tambm, uma mente brilhante e um raro carter. Sabe, como poucos, formar equipes, incentiv-las e comand-las, com grande talento.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 16, 2010

    TALK SHOW. HOJE, quarta-feira, 21 horas na Rede Super.

    Nesta quarta-feira na REDE SUPER: 
          Programa Joo Carlos Amaral Entrevista.
                                                                   
      Fique atento!!!

      Quarta-feira, 21:00 na REDE
    SUPER, assista!!!



    O presidente da Prominas,
    que administra o Minascentro
    e o Expominas, aqui em BH,
    MARTIN ANDRADA
    o entrevistado desta quarta-feira
    no meu programa "Joo Carlos Amaral Entrevista"
    na REDE SUPER de TV.
     Em BH cabo pela NET o 23. 
                                                                                    

     

    O "Programa Joo Carlos Amaral Entrevista"
     vai ao ar na TV  REDE SUPER,
    canal 23 da NET,
     toda quarta-feira,s 21 horas,
    com reprises:
     s segundas-feiras s 13h30m.

    E s sextas-feirras, s 11h30 da manh.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 16, 2010

    O COLRIO desta quarta-feira - depois de uma vitria minguada do Brasil - vem do portiflio da Feijoada do Cabelin da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Fernanda Falabella

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 16, 2010

    Economia.

    LEIA NA EDIO DE HOJE NO DIRIO DO COMRCIO






    Alcoa reativa parte da linha na unidade de Poos de Caldas



    O crescimento da economia levou a Alcoa Alumnio S/A, com planta instalada em Poos de Caldas (Sul de Minas), a reativar parte das linhas, que haviam sido paralisadas aps a ecloso da crise mundial, no final de 2008.







    Ferrous produzir aos longos em Juiz de Fora



    A Ferrous Resources Brasil Ltda. reviu o planejamento para a usina siderrgica que ser instalada em Juiz de Fora (Zona da Mata), mediante aporte de R$ 17 bilhes. A planta, ao invs de placas, ser voltada para produo de aos longos.







    Cemig planeja investir R$ 800 milhes



    A Companhia Energtica de Minas Gerais (Cemig) dever totalizar investimentos da ordem de R$ 800 milhes em distribuio durante este ano. O montante representa expanso de 30,2% sobre as inverses feitas na rea durante o ltimo exerccio (R$ 614 milhes). "Os recursos sero direcionados para melhorias na rede eltrica como forma de fornecer um servio melhor ao nosso consumidor", informou o diretor de Distribuio e Comercializao da concessionria, Fernando Henrique Shuffner Neto. Parte das inverses previstas (R$ 72 milhes) j foi realizada neste ano. Os recursos foram concentrados na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).



                          



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 15, 2010

    PESQUISA para o governo de Minas. E para a sucesso do presidente Lula. Dilma ultrapassa Serra em 5 pontos. Dilma 37%. Serra 32%. Confira!!!

    Nova pesquisa SENSUS. Senador Hlio Costa 49,5%.
    Governador Anastasia, 20,7%.
    Pesquisa publicada hoje pelo jornal O TEMPO, aqui de BH.











                              Hlio Costa: 49,5%




                  Governador, prof. Anastasia: 20,7%



          Ricardo Guedes, diretor do Instituto SENSUS.

    O senador Hlio Costa (PMDB) lidera com folga a corrida para o governo de Minas, com 29 pontos percentuais frente do governador e candidato reeleio Antonio Anastasia (PSDB).
    o que indica a nova pesquisa realizada pelo instituto Sensus que foi encomendada pelo Partido da Repblica (PR).
    De acordo com o levantamento, o peemedebista tem 49,5% das intenes de voto contra 20,7% do tucano.
    O candidato do PV, deputado Jos Fernando Aparecido, aparece com 3,9%, enquanto outros 25,9% seguem indecisos, pretendem votar em branco ou anular. A margem de erro da pesquisa de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.
    A comparao com a sondagem anterior, publicada no ms passado, revela que a distncia entre os principais candidatos ao Palcio Tiradentes aumentou. H um ms, o senador tinha 35,3% da preferncia do eleitorado, e o governador, 22,7%. Ou seja, enquanto Hlio Costa cresceu 14,2 pontos, Anastasia perdeu dois pontos.
    O senador tambm lidera a pesquisa na categoria espontnea e na simulao de segundo turno.
    No primeiro caso, em que a lista de nomes no apresentada ao eleitor, o candidato da base aliada do presidente Lula foi mencionado por 21,1% dos entrevistados.
    O postulante do ex-governador Acio Neves foi lembrado por 12,2%.
    Porm, mais da metade do eleitorado (56,6%) continua indecisa ou promete votar em branco ou anular o voto.
    J na projeo para uma disputa em segundo turno, a vitria seria de 54,6% do peemedebista sobre 22,3% do tucano.
    Limite.
    O Sensus tambm questionou o eleitor sobre o limite de sua inteno de voto.
    Nos quesitos, os resultados tambm foram negativos para Anastasia.
    Ele tem os maiores ndices de rejeio e de desconhecimento.
    Dos entrevistados, 36,2% disseram que no conhecem o governador.
    Outros 19,3% informaram que no votariam no tucano,
    valor apenas 3,9 pontos acima da rejeio de Hlio Costa.
    O senador do PMDB o nico candidato em quem votariam 27,3% dos entrevistados.
    J o governador a nica opo de 16%.
    Das pessoas entrevistadas, 41,9% afirmaram que podem votar em Costa,
    enquanto 19,3% consideram a opo de votar em Anastasia.
    Dados tcnicos
    Coleta. O instituto Sensus realizou 1.500 entrevistas em 53 municpio de Minas Gerais nos dias 10 e 11 de junho. Os nmeros de registro da pesquisa so 34.286/2010, no TRE-MG, e 14.772/2010, no TSE.




    Ultrapassagem
     

    Dilma Rousseff tem 37% contra 32% de Jos Serra


    A nova pesquisa Sensus tambm traz os nmeros da disputa presidencial. Ela mostra a consolidao da candidata do PT, Dilma Rousseff, sobre seu principal adversrio, Jos Serra, do PSDB. Dilma aparece com 37,3% contra 32,1% de Serra. Considerando a margem de erro de 2,5 pontos percentuais, a petista mantm a dianteira mesmo que por dois dcimos em sua pior estimativa contra a melhor do tucano.
    A candidata do PV, Marina Silva, aparece com 7,3%. Outros 20,6% dos entrevistados disseram que vo votar em branco ou nulo ou se disseram indecisos. Os demais oito concorrentes Presidncia no ultrapassaram a marca de um ponto.
    O levantamento anterior, de maio, apontava empate tcnico entre Dilma e Serra. A diferena ntre eles, que era de um ponto percentual em favor da ex-ministra, cresceu para 5,2.
    Provando que a populao j conhece sua candidatura, a petista lidera tambm no cenrio espontneo. Ela recebeu meno de 24,3% dos eleitores contra 18% de Serra e 4,2% de Marina. No entanto, 44,5% disseram estar indecisos ou pretendem votar em branco ou nulo.
    Na simulao de segundo turno, porm, o tucano mantm a liderana, mas com valor inferior margem de erro. Ele aparece com 41,7% e a petista, com 40,5%. (Da Redao)



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 15, 2010

    Fala governador!!!

                                        

    Assuntos:
    Apresentao da nova proposta de remunerao para os professores,
    criao de jornada 30 horas para professores,
    novo piso salarial dos professores,
    eleies 2010
    e aumento da Receita do Estado

    Eu solicitei a gentileza da presena de todos para anunciar que ns estamos apresentando uma nova proposta de remunerao para os professores do Estado e para a educao como um todo. Na realidade, nesse momento se apresenta tambm ao Sindicato essa mesma proposta. E ns estamos criando um novo padro de remunerao no Estado. Na realidade, ns estamos incorporando, em um s padro remuneratrio, que se chama agora subsdio, na nossa proposta, todas as parcelas que hoje compem a remunerao.
    Ento aqueles famosos e populares penduricalhos esto sendo todos extintos, esto sendo todos incorporados e transformados em um s valor, chamado de subsdios. Esse novo valor de subsdio ele est proposto para 24 horas para o professor de licenciatura plena, o professor que corresponde ao professor comum, digamos que o professor em nmero maior, que hoje tem remunerao de R$ 935 passaria para 1.320 reais.
    Mas o mais importante no isso. que ns estamos criando uma nova jornada de trabalho, que facultativa, e essa jornada de 30 horas, sendo 20 horas de aula e 10 horas de preparo. Qual a diferena para a atual? So somente mais duas horas de aula em relao a que tem atualmente. Nesse caso, nessa jornada de 30, o subsdio de 1.650 reais para incio e claro que tem as promoes, as progresses posteriores.
    Esse novo sistema de remunerao de parcela nica j adotado no Mato Grosso, em Tocantins e no Esprito Santo e representar um impacto de 24,5% na folha da educao e valor anual de R$ 1 bilho e 300 milhes. Naturalmente, como j tnhamos falado desde o incio, isso no pode ser feito neste ano, em razo da vedao da lei de responsabilidade. Ento, a proposta para incio de vigncia em 1 de maro de 2011. Ento, em linhas gerais, so esses.
    Alguns exemplos sero apresentados aos nossos colegas e demonstram que ns teremos reajustes na remunerao, que variam de 18 a 100%, dependendo muito, claro, da situao de cada servidor em relao ao seu tempo de servio. Ns demos aqui alguns exemplos que sero apresentados imprensa com bons exemplos que esto sendo colocados por escrito. Mas o mais importante que eu queria reforar que depois de muitos anos de dvida sobre a questo dessas parcelas, de muito esforo, de estudos, ns conseguimos dar um passo adiante em relao quelas tabelas salariais antigas, compostas de diversas parcelas remuneratrias, confusas, que levava a distores, e, de fato, conseguimos equilibrar tudo em uma s remunerao padro em um valor que nos parece um valor extremamente positivo, um valor que dignifica o magistrio, que torna atraente a carreira do magistrio.
    Ento esse um dado que fizemos dentro do que foi possvel, em razo do fato de l atrs, em 2005, ns fizemos planos carreiras, em 2006 fizemos a escolaridade e, agora, desde 2008, estamos fazendo essas anlises e com a perspectiva da melhora da receita do ano que temos condies de apresentar essa proposta. Ento, em linhas gerais, essa a proposta que estamos apresentando e que, posteriormente, ser ento naturalmente enviada Assembleia para seu debate e, caso aprovada, entra em vigncia em 1 de maro do ano que vem.   
    Governador, o piso ento do professor, a partir de maro do ano que vem, passa a ser mil trezentos e pouco, piso? Qualquer pessoa que entrar e a, dependendo da graduao, vai aumentar?
    Veja bem, na realidade como criamos a figura do subsidio, agora no h falar mais para acabar com a distino entre um piso, teto e remunerao. H um padro, o piso, porque ningum vai receber menos que isso. o salrio real, R$ 1.320 para 24 horas. Acreditamos que a maioria esmagadora vai optar por 30 horas, uma opo, muito vantajoso, porque s com mais duas horas/aula ele vai receber R$1.650. Ento isso passa a ser a remunerao por 30 horas, muito superior ao piso colocado na legislao nacional. Ento agora temos em Minas um padro remuneratrio completo.
    Agora o senhor acredita que isso v atender reivindicao dos professores?
    Acho que uma proposta extremamente bem feita, uma proposta corajosa, uma proposta que dignifica o magistrio, uma proposta que valoriza a educao. bom lembrar que no s os professores, mas tambm os servidores administrativos, os especialistas da educao, os auxiliares de servios gerais, todos sero beneficiados tambm pelo mesmo sistema, ento acho que uma proposta que ser muito bem acolhida, at porque ela vai at mesmo alm queles valores que eram anteriormente solicitados. uma possibilidade que tivemos j, portanto, a adoo desse padro nico do subsdio, que vai dar, repito, o valor, no contracheque, para 24 horas, de R$1.320, licenciatura plena, e para 30 horas, R$ 1.650. So reajustes expressivos.
    Os servidores vo poder escolher se vo passar para 30 horas?
    opcional. Agora, claro que vamos permitir tambm que aquele servidor que no goste desse padro remuneratrio pode optar por permanecer na atual sistemtica, mas essa nova sistemtica remuneratria to vantajosa, to inovadora e to mais com vantagens de remunerao e atrativa, como lembra a secretria Renata, que naturalmente acreditamos que ser muito bem acolhida.
    Mudando de assunto um pouquinho, como o senhor v nesse momento de negociaes dos partidos a adeso de vrios partidos na candidatura do senhor? O senhor acha que na realidade isso fruto do que, governador?
    Acredito que fruto, como j disse, fruto de um bem sucedido governo do governador Acio Neves e meu, durante esses ltimos sete anos e seis meses, no reconhecimento da populao. Esses partidos participaram ativamente desse projeto vitorioso. Foram nossos parceiros e companheiros, portanto tm tambm os seus crditos nesses xitos realizados e natural que haja essa composio poltica e claro que o ms de junho, como j sabamos, que o ms das convenes, exatamente o ms que teremos a composio dessas chapas, das chapas proporcionais e da chapa majoritria. Estamos, como disse, muito otimistas nessa consolidao desse grande arco, sob liderana do governador Acio para apoiar a minha reeleio, com a participao desses diversos partidos.
    E hoje com o PRB, governador Acio o que vai ser tratado?
    Vamos ainda conversar. A conversa vai ser tratada daqui a instantes com a bancada do PRB exatamente nessa mesma linha, para mostrar ao PRB, que j integra tambm o nosso Governo, um partido que tem participado, um partido importante de Minas e no nvel nacional e o PRB ser sempre muito bem vindo com a nossa coligao.
    O senhor acha que o adversrio do senhor j est comeando a ficar isolado?
    Volto a dizer, no quero fazer comentrios sobre adversrio. O importante fazer comentrios sobre o meu lado. Disse j h muitos meses, e vocs so testemunhas, o que sempre disse, que eu tinha de me preocupar com o meu lado, com o lado da nossa aliana, do nosso arco e isso que estamos fazendo, toda a nossa fora poltica no sentido de nos armarmos bem politicamente e tambm com bons projetos para preparar a campanha a partir de julho.
    Hoje na solenidade do Palcio, inclusive quem teve, a fala dos prefeitos foi um prefeito do PT, l tinham 10 prefeitos do PT que disseram que estariam com o senhor. Apesar do senhor no gostar do Dilmasia fortaleceu mais os prefeitos do PT, de outros partidos, com o senhor depois da escolha do Hlio Costa?
    O que o prefeito de Guap falou em nome dos 203 prefeitos. O prefeito e presidente da Alago, importante associao, falou o que mais correto. que ele foi testemunha que durante os anos todos do governo Acio Neves e agora, nesses meses de meu governo, no h descriminao. Ns estamos fazendo as obras, os melhoramentos, durante esses anos todos, para todos. Independente de partido. o que tem acontecido.
    Governador, qual a expectativa de aumento da receita ano que vem?
    Expectativa de aumento da receita, ns estvamos h pouco reunidos com o secretrio da Fazenda, ns temos expectativa do aumento do PIB, que muito auspicioso em Minas Gerais, estamos trabalhando com a base de 6%, 7%, e vamos aguardar agora as projees, naturalmente, de inflao, para termos um aumento da receita que ser suficiente, primeiro, para enfrentar esse conjunto de obras que estamos apresentando, inclusive, com recursos internacionais e das empresas do Estado, bom lembrar, que colaboram, como tambm dos reajustes da Folha Salarial.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 15, 2010

    Boca no trombone...










                                                  Presidente da Fiemg critica continuidade
                                                                    no aumento de juros

                                        

    O presidente da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), Olavo Machado Jr, v com preocupao a deciso do Banco Central, que elevou a taxa bsica de juros Selic para 10,25%. Esta foi a segunda elevao seguida na taxa de juros, que havia ficado, at a reunio anterior do Copom, em abril, 19 meses sem subir. "Considerando o momento vivido pela economia, o Banco Central erra ao manter sua poltica de continuidade na elevao da taxa bsica de juros," ponderou tendo em vista a conjuntura, com ndices inflacionrios apresentando recuo e a atividade econmica em desacelerao.
    Ele
    entende que a medida e sua expectativa futura tem impactos prejudiciais para a competitividade da indstria ao elevar o custo do capital de giro e sinalizar uma tendncia que inibe a deciso de novos investimentos. O presidente da FIEMG insiste na necessidade de adoo de medidas preventivas do risco inflacionrio, que no onerem o setor produtivo.
    "O controle dos preos no pode estar to centrado na poltica monetria, precisamos avanar no ajuste fiscal de forma a reduzir o consumo do governo e a presso que exerce sobre os preos,"conclui.

                                   Leia abaixo a ntegra do pronunciamento.

    "O Banco Central est agindo de forma precipitada ao elevar os juros ao contrrio do que fez quando baixou lentamente a SELIC em momentos que comportavam maior ousadia. Considerando o momento vivido pela economia brasileira, nosso entendimento que o Banco Central erra ao manter sua poltica de continuidade na elevao da taxa bsica de juros. Tanto o IPCA quanto o IPC FIPE j apresentam importante recuo em relao a abril e mesmo o IGP, na componente do ndice dos preos ao consumidor, apresentou significativa melhora no ms de maio sobre abril. 
    Corroborando o comportamento dos ndices de inflao, observa-se a desacelerao nos indicadores de atividade econmica, onde a indstria brasileira reduziu a produo fsica em 0,7%, o faturamento real em 4,9% e o nvel de utilizao da capacidade instalada manteve-se estvel em abril sobre o ms de maro.  
    No comrcio, os primeiros indicadores antecedentes, mostram alguma acomodao, reflexo do aperto monetrio que j vem afetando negativamente as condies do crdito s famlias e do fim dos incentivos fiscais. Vale mencionar que este processo de desacelerao ainda est pouco influenciado pela elevao da taxa de juros adotada pelo BACEN na reunio de abril, portanto, parece-nos imprudente uma nova elevao dos juros neste momento.

    importante lembrar tambm que a crise externa que se apresenta na Europa, para onde vo 25% das nossas exportaes, constitui mais um fator a desacelerar a atividade econmica no Brasil e elevar a oferta de bens no mercado interno, o que reduz qualquer presso de demanda sobre a oferta e desestimula a necessidade de elevao da taxa de juros.

    Por ltimo, para a indstria que vem mantendo um vigoroso programa de investimentos no Pas, a elevao da taxa de juros e de sua expectativa futura tem impacto relevante sobre as decises de investimento e a elevao do custo do capital de giro, fatores que prejudicam a competitividade do setor e a continuidade da ampliao da oferta na economia.  
    Por isso, insistimos que o controle dos preos no pode estar to centrado na poltica monetria, precisamos avanar no ajuste fiscal de forma a reduzir o consumo do governo e a presso que exerce sobre os preos
    ."

    Olavo Machado Jr. -Presidente da FIEMG
    Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 15, 2010

    "Janela Indiscreta": governador Anastasia esteve no domingo se aconselhando com o ex-governador Hlio Garcia, na rua Martin de Carvalho no bairro Santo Agostinho, aqui em BH.

                                                  

    O governador chegou por volta das 10h, 11 horas da manh.
    Saiu por volta de 13 horas.
    Foi levado at o jardim pelo ex-gocvernador Hlio Garcia, que apresntava boa aparncia e disposio - confirmando uma fonte minha de que o ex-governador est tendo uma recuprao de sade surpreendente.
    bom lembrar que o professor Anastasia, hoje governador, comeou a carreira dele no governo de Minas a convite do ex-governador Hlio Garcia.
    O que eles conversaram?
    claro que sobre a sucesso mineira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 14, 2010

    Morreu, nessa segunda-feira, s 20 horas,de infarto o ex-senador MURILO BADAR .Lamentamos.

     


           

    A Academia Mineira de Letras cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento de seu Presidente, acadmico, escritor e homem pblico Murilo Paulino Badar, ocorrido na noite de hoje, segunda-feira.
    O velrio ser na sede da Academia Mineira de Letras, Rua da Bahia 1.466. O seu sepultamento acontecer no Cemitrio do Bonfim, s 12 horas.

    Murilo Badar foi vtima de infarto fulminante e faleceu em casa.


    Murilo Paulino Badar (Minas Novas, 13 de setembro de 1931 - Belo Horizonte, 14 de junho de 2010) foi um poltico brasileiro.
    Foi ministro da Indstria e Comrcio do Brasil, de 22 de agosto de 1984 a 15 de maro de 1985, no governo Joo Figueiredo.

                                     Biografia


    Formado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Minas Gerais, iniciou sua carreira poltica em 1958 sendo eleito deputado estadual por Minas Gerais, com apenas 27 anos. Em 1962 foi reeleito com expressiva votao.
    Foi secretrio de Estado do governo Israel Pinheiro. Em 1964 proclamou inflamado discurso, repudiando a cassao do senador Juscelino Kubitschek. Tal discurso ficou famoso e acabou recebendo o ttulo de "Protesto de uma Gerao".
    Em 1967 candidatou-se a deputado federal, sendo eleito e, posteriormente, reeleito para mais dois mandatos. Sempre com votao expressiva, destacou-se como representante do estado de Minas Gerais na Cmara dos Deputados.
    Em 1968, o ento Deputado Federal Murilo Badar, em atitude considerada herica, votou contra a cassao do Deputado Moreira Alves. Devido a esta atitude, foi afastado da Comisso de Constituio e Justia da Cmara dos Deputados e ainda teve seu nome na lista que foi enviada ao Presidente da Repblica Costa e Silva para a perda dos direitos polticos. Devido interveno de ilustres polticos da poca, o jovem Deputado foi salvo da punio poltica que seria injustamente aplicada a ele.
    Em 1979 tornou-se senador pela ARENA, aps eleio indireta promovida pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais, conforme previsto no Pacote de Abril de 1977.[1] No Senado, foi indicado pelo presidente Figueiredo para ser lder do governo. Alm da contribuio para a abertura poltica iniciada naquele perodo, Murilo Badar ainda foi presidente da mais importante comisso do Senado Federal, a Comisso de Constituio e Justia.
    Em 1984 foi indicado pelo presidente da Repblica Joo Figueiredo para o cargo de ministro da Indstria e do Comrcio, tendo como principal feito a salvao da Aominas, que beirava a falncia.
    Murilo Badar foi presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) no governo de Itamar Franco.
    Foi presidente da Academia Mineira de Letras at sua morte, em 14 de junho de 2010. Escreveu as biografias de polticos mineiros do sculo XX, tais como Gustavo Capanema, Jos Maria Alkmin, Milton Campos e recentemente a do ex-presidente da Cmara dos Deputados e ex-Ministro do Supremo Tribunal Federal Bilac Pinto.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 14, 2010

    Fantstico!!! Hoje foi em So Paulo. Dia 18, quinta-feira, ser em BH.

                                                                        Hlio Costa lana
                                                   "Lembranas de um Tempo Fantstico"

    O senador Hlio Costa lana hoje, 14 de junho, em So Paulo, o livro "Lembranas de um Tempo Fantstico", pela Editora Benvir. O evento acontece na Saraiva Megastore do Shopping Ptio Higienpolis, s 19h.

    Mais famoso correspondente internacional do Brasil nas dcadas de 1970 e 1980, Hlio Costa revela as histrias, os bastidores e as curiosidades das 50 principais reportagens feitas por ele para o programa Fantstico. Na poca, o "Show da Vida" era um dos programas de maior audincia e importncia da televiso brasileira e sua maior atrao eram as reportagens do jornalista Hlio Costa, que encerrava as edies.

    A cada semana, o jornalista mineiro apresentava em primeira mo casos inslitos, avanos da medicina, enigmas da humanidade, progressos nas reas de cincia e sade, com repercusso nacional.

    No livro, ele conta como conseguia suas reportagens e a histria por trs de cada uma delas. Em suma, um relato de tudo aquilo que no pode ser dito no enxuto e direto texto da televiso. Lembranas de uma poca em que a globalizao e o progresso vertiginoso da cincia davam seus primeiros passos.

    "Aqui est, com a sua face humana, o que o jornalismo nem sempre pode revelar: os personagens que cruzaram o meu caminho, nos quatro cantos do mundo. O menino da bolha. Um general japons que esnoba uma rede de TV americana e fala para o reprter brasileiro. Guerrilheiros na Amrica Central. Soldados silenciosos numa noite gelada da China. Um gnio chamado Salvador Dal. O maior Tarzan do cinema, Johnny Weissmulller, e seu grito derradeiro. A confisso dolorosa de Ted Kennedy sobre o assassinato do irmo presidente da maior nao do mundo. Nenhum ficcionista seria capaz de inventar esses personagens", relata Hlio Costa na apresentao do seu livro.

    "Lembranas de um Tempo Fantstico" ter lanamento, tambm, em Belo Horizonte (18/6) e em Braslia (23/6).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 14, 2010

    Doe palavras, um fenmeno mineiro na rede mundial. A indita e criativa campanha, desenvolvida pela RC Comunicao em parceria com a Assessoria de Imprensa do Instituto Mrio Penna, incentiva a demonstrao de carinho aos que sofrem com o cncer.

                                                                             Doepalavras 
                                                Campanha que conquista e emociona o mundo 

    254.374 mensagens e 773.055 acessos ao site www.doepalavras.com.br, de 117 pases (isto mesmo, CENTO E DEZESETE PASES), segundo dados oficiais da empresa norte-americana Map Overlay, computados at 12 de junho (apenas 65 dias de campanha). 
    133.693 sites, blogs e comunidades de orkut nacionais e internacionais j pases apiam a campanha.
                                                        Trending Topic Mundial no twitter.
    1 lugar do Desafio Ted Sudeste (realizado dia 08 de maio no Planetrio do Rio de Janeiro) como proposta vencedora de "Idias que merecem ser espalhadas". (O TED a maior conferncia de idias inspiradoras do mundo).
    Inscrita como categoria especial na mais importante competio de publicidade do mundo, o Festival Internacional de Cannes, que ter seu resultado final divulgado no final deste ms de junho.
    Louvada por jornalistas do nvel de Gilberto Dimenstein e de escritores do porte de Martha Medeiros.
    Escolhida como tema de feiras e fruns de debates de instituies de negcios e de ensino.
    A indita e criativa campanha, desenvolvida pela RC Comunicao em parceria com a Assessoria de Imprensa do Instituto Mrio Penna, incentiva a demonstrao de carinho aos que sofrem com o cncer.  

                                              
                                                                     Pensamentos positivos 
                                                     (como o do vice-presidente da Repblica
                                                   e exemplo de luta como paciente oncolgico, 
                                                    Jos Alencar Gomes da Silva, que escreveu: 
                         "Devemos sempre ter f e confiana. F em Deus, confiana nos mdicos.

    Esse o caminho para alcanarmos o nosso objetivo") transmitem conforto e acolhimento. Inmeros lderes empresariais, como Ablio Diniz, do Grupo Po de Acar, e do meio artstico, dentre eles Luciano Huck, Marieta Severo, Ivete Sangalo, Pedro Bial, e Priscila Fantin, tambm participam do doepalavras.
    As palavras podem ser doadas atravs do site www.doepalavras.com.br ou pelo twitter, introduzindo a expresso #doepalavras (escrita dessa forma) em alguma parte do post.
    12 televisores de LCD localizados nas salas de quimioterapia, radioterapia e de espera das unidades do Instituto Mrio Penna (Hospitais Mrio Penna e Luxemburgo, Lares Clia Janotti e Janurio Carneiro que compem a Casa de Apoio Beatriz Ferraz) transmitem as mensagens. Vrios outros televisores esto sendo instalados. Os textos so recebidos com imensa alegria pelos pacientes, unnimes em enaltecer a importncia das palavras para que enfrentem com mais f a doena que os atinge.
    A campanha foi iniciada no Dia Mundial de Luta Contra o Cncer, no ltimo 08 de abril, e, ao invs de pedir bens materiais, apela para o sentimento solidrio, se diferenciando por solicitar apenas a doao de palavras e de ateno. Segundo o superintendente geral do Instituto Mrio Penna, Cssio Eduardo Rosa Resende, palavras expressam sentimentos e, por isso, se tornam mais significativas do que o dinheiro. "Buscamos uma campanha que trouxesse aos pacientes coisas que o dinheiro no pode comprar como motivao, carinho e solidariedade. Essas palavras ajudam aos pacientes e familiares a enfrentar o tratamento com mais coragem", destacou.
    O doepalavras surgiu de uma informao mdica, que diz que o sucesso do tratamento de pacientes oncolgicos est diretamente ligado sua condio emocional. Foi idealizado esse indito sistema via Internet, que aproxima pessoas do mundo todo aos pacientes do Instituto Mrio Penna, atravs de mensagens e palavras de fora.
    Em uma segunda etapa, as mensagens sero compiladas para publicao em um livro, que ser remetido graciosamente para todas as instituies dedicadas rea oncolgica no Brasil, a fim de que seus pacientes tambm recebam a energia positiva enviada por centenas de milhares de pessoas de dezenas de pases.
    Em todos os aspectos, a reao campanha tem sido extremamente positiva. As mensagens so de carter impessoal, ou seja, valem para todos que esto se tratando (em alguns momentos, existem textos bem diretos de familiares ou amigos para pacientes que esto na sala de quimioterapia ou de radioterapia).
    Alm dos pacientes para os quais o doepalavras foi criado com carinho e a feliz emoo de fazer o bem todos os mdicos e integrantes de corpos clnicos contatados esto muito animados com os resultados. No existe (ainda) nenhuma minuciosa pesquisa cientfica sobre os inegveis benefcios da campanha. Mas, seguramente, est sendo constatada uma progressiva melhora no difcil processo de cura.
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 14, 2010

    DCIO VIRA CARIOCA...

    Mineiro realiza nosso sonho mais profundo - ser carioca. O feito do craque em relacionamento,o advogado Dcio Freire ,mineiro de BH, mas que tem origem da famlia em Boa Esperana no sul de Minas. Ele sobrinho do ex-deputado Geraldo Freire.
    A FESTA indita no foi no plenrio da Cmara Municipal do Rio. E sim, num cenrio cinematogrfico montado na manso da paraibana, a simptica Hosana. Velas nas rvores e marcando o caminho at o local da solenidade - que eu tive a honra de apresentar como Mestre de Cerimnia.
    Registrei entre os presentes - mais de 200 - que foram aqui de MINAS e os amigos e amigas do casal Mariane/Dcio Freire. De Minas, estava presente o presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho, representando o governador Anastasia - que foi scio de Dcio no comea de carreira jurdica.
    Desembargadores, juzes de direito,advogados, jornalistas, personalidade da sociedade carioca, como a ex-governadora do Rio, Benedita da Silva e o senador Ney Suassuna, respoderam presente ao convite do cativante, simples, mas classudo Dcio Freire.
    L estavam:
    a socialite Vera Loyla,
    a atriz Teresina Sodr com a sobrinha Mariza, ansiosa com o teste na GLOBO nesta sexta-feira.

    De Joo Pessoas, Paraiba, estavam a juza de direito Rita de Cssia Andrade o jornalista Humberto Arruda.
     Rodrigo Freire,diretor financeiro do Escritrio Dcio Freire & Associados
    Tambm de BH o advogado e empresrio Manoel Mrio Souza Barros.
    Os jornalistas mineiros:
    Mrcio Fagundes, jornal Hoje em Dia
    Walter Navarro,colunista do jornal O TEMPO
    o diretor do jornalO TEMPO, Luiz Tito.

    DETALHES: no salo com cadeiras brancas - contei 90 - e mais de 50 assistaram de p a bela solenidade, presidida pelo vereador do PSC, Jairinho - um jovem de 32 anos de idade. Flamenguista, Dcio ganhou uma camisa do time,com o nmero 43 de Peticowisky. Conversei e muito com o simptico Nascimento Brito - leia-se Jornal do Brasil, aquele da poca de ouro do jornalismo.
    Depois da solenidade, foi servido requinto do jantar. E o local do evento virou uma bem montada boite. Danamos at as 4 da madrugada. Foi a Festa do Ano de um mineiro na Cidade Maravilhosa. Parabns Dcio!!!


                                           O renomado advogado mineiro Dcio Freire
                                                     virou Cidado Carioca, ontem.
                                         Estivemos l na manso da advogada Hosana,
                             diretora do escritrio Dcio Freire na Barra da Tijuca no Rio. 


                                       

    O advogado mineiro  Dcio Freire do escritrio Dcio Freire & Associados, com unidades espalhadas por quase todo o Brasil, como Belo Horizonte, So Paulo,  Rio de Janeiro, Braslia, Vitria, Recife, Manaus, Teresina, Juiz de Fora, Uberlndia e Governador Valadares, e ainda com uma unidade no exterior em  Washington DC, foi homenageado na cidade maravilhosa, ontem 10 dia junho com o ttulo de cidado honorrio da cidade do Rio de janeiro.
    Um  justo reconhecimento pelo  brilhante trabalho que vem desenvolvendo naquela capital,  pois o seu escritrio um dos mais requisitados do pas, classificado atualmente, em quinto lugar, conforme Anlise Setorial da Advocacia.
    O Dr. Dcio uma pessoa muito fiel s suas amizades, e todos os seus momentos de alegria fez questo de partilhar com os amigos.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 14, 2010

    "Caminhos de Minas".

    O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), marcou presena durante a solenidade de lanamento do Programa Caminhos de Minas, realizada na manh desta segunda-feira (14/6/10), no Palcio Tiradentes, na Cidade Administrativa. Prefeitos de 203 municpios mineiros, vereadores, deputados estaduais e federais e outras autoridades polticas tambm compareceram ao evento.
    O Programa Caminhos de Minas prev a pavimentao asfltica de 222 trechos, totalizando 7.600 km, sendo atendidos 297 municpios em todo o Estado. Do total de trechos previstos, 21 j receberam autorizao para incio das obras, e outros 39 esto em fase de projetos de engenharia. De acordo com o Governo do Estado, a estimativa para investimento no programa de R$ 5 bilhes. A solenidade marcou a liberao, pelo governador Antonio Anastasia, de recursos para as obras j autorizadas.
    O secretrio de Estado de Transportes e Obras Pblicas, Fuad Jorge Noman Filho, disse que o lanamento do programa resultado do planejamento do Governo, por meio do modelo de Choque de Gesto. O secretrio explicou que o programa foi planejado com base em um mapeamento dos trechos no Estado que necessitavam de pavimentao. "O Caminhos de Minas vai levar para todos os municpios os benefcios que s uma estrada capaz de levar", declarou. Falando em nome dos prefeitos presentes, Nelson Lara, prefeito de Guap, ressaltou a importncia da pavimentao dos trechos para o desenvolvimento das regies atendidas.
    O governador Antonio Anastasia disse que o evento representa um "momento histrico, em que os caminhos de Minas foram apresentados de forma completa". Para ele, as estradas representam, hoje, o que os rios eram no passado: a ligao entre as diferentes regies do Estado. "Abrir estradas fundamental para termos o sentimento de integrao de um Estado to grande", concluiu.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 13, 2010

    Olha a o COLRIO do portiflio de Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Daniele Morais de volta aos editorias de moda,
    pelas lentes de Aelson Amaral

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 11, 2010

    FEIJOADA DO CABELIN, nesta sbado em Juiz de Fora. Eu e minha mulher, a decoradora Cida Amaral e o irmo dela,o artista plstico Mrio Carvalho vamos marcar presena na Feijoada, com muito gosto!!!


    O renomado colunista Csar Romero
    o nosso querido Cabelin
     e me dele a simptica dona Maria Giovanni
    recebem as personalidades da famosssima Feijoada do Cabelin.

    Confira detalhes da preparao da festa
    e as presenas previstas:

    QUEM VEM
    Os atores Creo Kellab Adelino Benedito e Rmulo Medeiros (ele, sobrinho do diretor Jorge Fernando que estar no elenco da novela "Ti Ti Ti") vo marcar presena na Feijoada 2010.
    Alis, Creo protagonista do longa "Assalto ao Banco Central", ao lado de Eriberto Leo e Milhen Cortaz, que marca a estreia do ator e diretor de TV Marcos Paulo como cineasta.

    BELAS NA RECEPO
    As modelos Rafaela Zanetti, Aline Ramos, Lusa Cortes, Sara Costa Gomes, Camila Vilela, Karina Costa, Rosa Mstica Marcelino, Mayara Valentin, Patrcia Braga de Castro, Letcia Correa, Nayara Rodrigues Mello, Paula Vianna, Thalita Braga, Camila Machado e Alice Martins, do 'staff' das agncias Elyse e Patrcia Alvim, vo recepcionar os convidados, amanh, na Feijoada 2010.

    PARA ELES
    Lo Ferreira foi quem preparou "aquela" leitoa na confraternizao de amigos lojistas do Independncia Shopping, no Novo Horizonte.
    Na noite, Fabrcio Fernandes Silveira, Igor Burkowski, Alcyr Simes Vidal, Paulo Cesar Filgueiras, Jorge Sena, Paulo Vtor Yamim, Cludio Ferreira da Silva, Domingos Llorca, Luciano Queiroz Marques, Andr Zatorre Medeiros, Mrcio Cerqueira, Gustavo Feitosa, Beto Nardelli, alm do diretor-presidente da Cesama, Andr Borges e do vereador Bruno Siqueira.

    V DE TXI
    O Viva Hall vai disponibilizar amplo estacionamento e servio de "vallet" para maior conforto dos convidados da feijoada.
    Mas, outra boa opo usar o txi. As centrais Tele Txi, Albatroz e Ligue Txi j montaram um esquema especial para atendimento, especialmente nos horrios de incio e final da festa.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 11, 2010

    FICHA LIMPA vale as eleies deste ano,decidiu o TSE.

    Braslia. Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluram ontem que o Ficha Limpa vale j para a eleio deste ano. De acordo com a lei, os polticos que forem condenados por tribunais esto impedidos de disputar um cargo eletivo. Apesar do consenso, permanece a dvida sobre a emenda de autoria do senador Francisco Dornelles (PP-RJ) que substituiu a expresso "tenham sido condenados" por "que forem condenados".
    O TSE julgou ontem a consulta do senador Arthur Virglio (PSDB-AM), que questionou se uma lei de inelegibilidade aprovada at 5 de julho deste ano - incio do prazo para o registro das candidaturas - poderia ser aplicada na eleio de outubro.
    "A lei tem aplicao na eleio de 2010", respondeu o relator da consulta, ministro Hamilton Carvalhido, que foi seguido por cinco de seus seis colegas de tribunal.
    O ministro ressaltou que a lei excluiu das disputas apenas os polticos condenados por tribunais e no os que respondem a inquritos e processos ou que ainda esto recorrendo de decises individuais de juzes.
    No julgamento, a maioria dos ministros do TSE concluiu que a Lei Ficha Limpa foi aprovada antes das convenes, no provocou mudanas no processo eleitoral e, portanto, no seria necessrio esperar um ano para comear a aplic-la. H uma jurisprudncia consolidada, baseada na Constituio Federal, segundo a qual modificaes no processo eleitoral tm de ser aprovadas com pelo menos um ano de antecedncia.
    "As inovaes trazidas pela lei no alteram o processo eleitoral", afirmou Carvalhido. "Essa lei no tem finalidade casustica", afirmou a ministra Crmen Lcia, que tambm votou a favor da aplicao da regra na eleio deste ano. "A clusula vedadora ( aplicao da lei antes de esperar o prazo de um ano) categrica", disse.
    O ministro Marco Aurlio Mello foi o nico que votou contra os colegas. "O processo eleitoral est em pleno curso", defendeu. Antes que os ministros votassem, a vice-procuradora geral eleitoral, Sandra Cureau, defendeu a aplicao da Lei na eleio deste ano.
    Lula teria sido barrado pelo projeto
    Braslia. Se o projeto Ficha Limpa estivesse em vigor na ltima campanha presidencial, o presidente Luiz Incio Lula da Silva no poderia ter disputado a reeleio. Isso porque, em agosto de 2006, Lula foi condenado pelo plenrio do TSE - que se configura como um colegiado de juzes - a pagar multa de R$ 900 mil por crime eleitoral: o presidente violou a lei ao publicar um informativo elaborado pela Casa Civil e pelo Ministrio do Planejamento contendo um balano dos primeiros trs anos de sua administrao.
    Apelo popular
    Defesa. A vice-procura- dora geral eleitoral, Sandra Cureau, disse que o Ficha Limpa "est liga- do insatisfao popular e vontade de que tenhamos, daqui para frente, candidatos que sejam capazes de exercer seus mandatos sem se envolver em escndalos".


                                                       Ministro Hamilton Carvalhido


               


    Hamilton Carvalhido nasceu no dia 10 de maio de 1941 no Rio de Janeiro (RJ). Bacharel em Direito pela Faculdade de Cincias Jurdicas do Rio de Janeiro, foi presidente do Conselho Nacional dos procuradores-gerais de Justia do Brasil (1998); procurador-geral de Justia (1995 a 1999); primeiro subprocurador-geral de Justia (1994 a 1995); membro do rgo Especial do Colgio de procuradores de justia (1991 a 1995); membro do Conselho Superior do Ministrio Pblico (1989); procurador de Justia do Ministrio Pblico do Estado da Guanabara (1985).
    O ministro integra o Superior Tribunal de Justia desde abril de 1999, compondo a Sexta Turma e a Terceira Seo, especializada nos julgamentos de processos criminais, previdencirios e administrativos no que refere-se a servidores pblicos e locao predial urbana, colegiados que j presidiu. Para exercer a funo, deixou a Primeira Turma e a Primeira Seo, as quais integra atualmente, passando a participar somente da Corte Especial.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 11, 2010

    O COLRIO desta sexta-feira vem do portiflio de nosso amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Carol Neves realando sua beleza no Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 11, 2010

    Economia mineira.

    LEIA NA EDIO DE HOJE NO DIRIO DO COMRCIO



    Rede Opo abrir 100 lojas at 2015


    A rede de supermercados Opo, que entrou em operao neste ms com quatro lojas na Capital e Grande BH, j planeja atingir 100 pontos de venda at 2015. A empresa visa o potencial de crescimento das camadas de consumo popular.





    Juros preocupam indstria


    O surto de crescimento registrado na indstria mineira no dever ser reduzido pelo aperto na poltica monetria, com a elevao dos juros bsicos pelo Banco Central (BC). Para o ano, a Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) continua estimando crescimento de 10% na produo e 17,5% de avano no faturamento, frente a 2009.





    MMX volta a negociar compra da Minerita


    Os ativos da Minrios Itana Ltda. - Minerita, avaliados em US$ 3 bilhes, estariam sendo alvo do interesse de vrios grupos externos e nacionais, como no caso da MMX Minerao e Metlicos S/A.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 11, 2010

    P na estrada. Governador Anastasia vira hoje Cidado Honorrio do Serro.

    O governador Antonio Anastasia cumpre agenda oficial no Serro, na regio Central do Estado, nesta sexta-feira (11), s 14h, onde entrega as obras do Sistema de Esgotamento Sanitrio do municpio. Construdo pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), com recursos do Programa de Desenvolvimento do Turismo do Nordeste (Prodetur/NE II) e da Copasa, o sistema recebeu investimentos de R$ 12 milhes.
    Esses recursos foram aplicados nas obras de construo de uma Estao de Tratamento de Esgoto (ETE), na implantao de 44 quilmetros de redes coletoras e interceptoras e na construo de trs estaes elevatrias.

    O governador Antonio Anastasia tambm ser agraciado com o Ttulo de Cidado Honorrio do Serro. A homenagem uma iniciativa da Cmara Municipal do Serro, em parceria com a prefeitura, e consta no Decreto Legislativo n 2, de 19 de maio de 2010. A prefeitura e a Cmara Municipal do Serro tambm iro homenagear os municpios integrantes do territrio da antiga Comarca do Serro Frio.
    Servio:
    Evento: Entrega de obras do Sistema de Esgotamento Sanitrio do Serro e homenagem com o Ttulo de Cidado Honorrio
    Data: 11/06/2010
    Horrio: 14h
    Local: Salo da Escola Municipal Infantil, Ladeira da Matriz, n 100, Centro


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 10, 2010

    "Queremos ser o ps-Acio" - diz o senador Hlio Costa.

                       
                            Hlio Costa: "o presidente Lula sibir no nosso palanque em Minas."

    Indicado na ltima segunda-feira pela aliana PMDB-PT para concorrer ao governo de Minas Gerais, o senador Hlio Costa (PMDB) concedeu entrevista ao jornalista Josias de Souza, da Folha de S. Paulo. O assunto abordado foi a sucesso ao Palcio da Liberdade. 
    Confira a seguir, a ntegra da entrevista disponibilizada na pgina pessoal do jornalista. 

    - Durante a negociao, o sr. disse que o casamento PDMB-PT ocorreria. Restava saber se seria na igreja ou na delegacia. Foi na delegacia?
    A unio se deu na porta da igreja. E agora que ns casamos, vamos rezar juntos no altar.
    - Acha que a pretendida unidade da aliana ser alcanada?
    Acho at que j foi alcanada. Nesta tera, recebi ligaes das principais lideranas do PT em Minas. Todos j preocupados com a estruturao da campanha.
    - No receia que o PT faa corpo mole?
    O PT combativo, defende com firmeza suas propostas. Mas, quando fecha um acordo, o PT abraa a causa.
    - Pretende sustentar um discurso de oposio gesto Acio Neves?
    Nossa proposta no essa. Queremos ser o ps-Acio. No necessariamente para continuar apenas, mas para aperfeioar. Entendemos que o governo dele bem avaliado. As pesquisas
    mostram isso. Mas tambm mostram que a boa avaliao dele, pessoal.- Seu discurso, ento, ser parecido com o que Jos Serra faz em relao ao governo Lula: manter o que est funcionando. isso?
    parecido, de fato. Se o Serra tentar desconstruir o Lula, no precisa nem disputar a eleio. Perde de vspera. Nosso caso parecido. O Acio bem avaliado. At porque difcil no fazer um bom governo num Estado que tem receita de R$ 34 bilhes.
    - Mal comparando, a candidatura de Antonio Anastasia tambm parecida com a de Dilma, no? Assim como faz Lula com Dilma, Acio vende Anastasia como um gerente competente.
    H uma diferena grande. A Dilma tem atrs dela a importncia dos programas sociais, que mudaram a cara do Brasil. O que sensibiliza o eleitorado a votar nela a incluso social. Embora Anastasia seja reconhecido como bom gestor, falta a ele a experincia poltica e essa sensibilidade social, que a Dilma tem de sobra. Tanto que a votao dela cresce extraordinariamente. A dele, no.
    - Disputou o governo de Minas duas vezes. Perdeu. O que o faz crer que ser diferente agora?
    Na primeira eleio, em 1990, eu era um deputado de primeiro mandato. Ia encerrar minha carreira pblica. Fui levado candidatura a governador por um pequenssimo partido, o PRN. De 853 municpios, havia um nico prefeito que me apoiava. Era de Indianpolis, uma cidade de 4 mil habitantes. Disputei com as principais lideranas do Estado. Sozinho, com um prefeito, fui ao segundo turno com o Hlio Garcia e perdi por 1% dos votos.
    - E o segundo infortnio?
    Na segunda eleio, em 1994, eu tinha comigo 50 prefeitos de cidades pequenas. Tinha acabado de criar o PP em Minas Gerais. No fizemos aliana com nenhum outro partido. O Hlio Garcia botou a mquina do governo contra mim. Disputei com nove candidatos, inclusive o Jos Alencar. E perdi para o Eduardo Azeredo, novamente no segundo turno, de novo por 1% dos votos. 
    - O que ser diferente agora, em 2010?
    Hoje, eu tenho o PMDB e o PT juntos. E mais os partidos da base aliada do governo, que tambm vo compor conosco. E h a experincia de 20 anos. Passei pela Cmara, Senado, ministrio. Tenho uma representatividade maior no Estado. Nos ltimos 12 anos, tive uma mdia de 3,5 milhes de votos. Tive esse eleitorado fiel em 90, em 94 e em 2002, quando me elegi senador. 
    - De quantos votos precisa para chegar ao governo?
    Em torno de 4 milhes de votos. Esses 500 mil votos que faltam creio que viro com os partidos que compem a nossa aliana.
    - Que peso eleitoral atribui a Acio Neves?
    Temos medido isso. E, obviamente, tambm medimos a capacidade de transferncia de votos do presidente Lula. O Vox Populi e outros institutos fizeram essa anlise. O Acio transferiria para o Jos Serra, por exemplo, em torno de 4% dos votos dele. Eu pergunto Ser que ele transfere 10% para o candidato dele ao governo de Minas? No sei. uma pergunta que fica no ar.
    - O Anastasia est subindo nas pesquisas, no?
    Num cenrio de segundo turno, que no sei se vai ocorrer em Minas, ele est na faixa entre 16% e 20% das intenes de voto h quase oito meses.
    - Acha que Lula transfere mais votos que Acio em Minas?
    As pesquisas indicam que sim. O potencial de transferncia de votos do Lula supera os 6%. o que justifica o crescimento da Dilma em Minas. H seis meses, o Serra tinha em torno de 30% no Estado. Hoje, tem 35%. No mesmo perodo, a Dilma saiu de 4% e foi a 34%. Esse crescimento extraordinrio se deve identificao da candidatura dela com o presidente. O Acio tem feito a mesma coisa com o candidato dele a governador. E isso no se reflete na pesquisa.
    - Acha que o Anastasia no vai subir.
    Na medida em que a eleio se polariza, inevitvel que ele suba um pouquinho. S que a nossa mdia de 40%.
    - Lula ir ao seu palanque?
    Sem dvida nenhuma. Ele se esforou pelo palanque nico e assumiu conosco o compromisso do envolvimento direto dele e da Dilma na campanha
    - Acredita que Dilma bater Serra em Minas?
    No tenho dvidas. Na eleio de 2006, Lula ganhou em Minas, no primeiro turno, com 500 mil votos de frente. Quando nos juntamos no segundo turno, esse mesmo grupo que se une agora Fernando Pimentel, Patrus Ananias e Hlio Costa, o Lula ps 3 milhes de votos de frente sobre o Geraldo Alckmin no Estado. A Dilma pode perfeitamente ter de 50% a 60% da votao que ele teve. Ter uma dianteira de 1,5 milho a 2 milhes de votos em Minas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 10, 2010

    Veja o que pensa o governador Antnio Anastasia sobre a definio do PMDB/PT em torno de Hlio Costa para cabea de chapa ao Palcio Tiradentes.

                   

    Governador, definido o nome do Hlio Costa. O senhor acha que facilita, agora, a articulao para atrair o PSB, que disse que se fosse o Hlio Costa provavelmente ficaria com o senhor, e inclusive com o PR, do Clsio Andrade, que j admite uma conversa com o PSDB?
    Durante todo esse perodo, como eu venho dizendo, essa fase ainda de pr-campanha, antes da campanha mesmo comear, sabemos que essas conversas j vinham acontecendo conosco, com nosso grupo poltico. Grupo poltico, em Minas, liderando pelo ex-governador Acio Neves, o grupo poltico majoritrio, mais expressivo, contou com todos esses partidos, e ainda conta, no nosso governo. Ento, temos certeza que essas conversas vo e continuaro evoluindo positivamente durante esse perodo. natural que, as datas vo vencendo, os prazos vo se afunilando, e as coisas vo se definindo. Do nosso lado, nunca houve brigas, nunca houve contendas, nunca tivemos discusses, estamos bastante firmes, bastante unidos, bastante coesos, sob a liderana do nosso governador Acio Neves, com nosso candidato a presidente, que o governador Serra. E da mesma forma, aqui, eu sendo candidato ao governo, sendo candidato, portanto, minha reeleio. E, desse modo, tenho certeza que esses diversos partidos, que hoje j compem a nossa base, os entendimentos vo seguir e, ao final, no momento oportuno, teremos certamente boas notcias e teremos um acordo poltico bastante firme em Minas Gerais.
    Mas facilita, no ? Porque eles j estavam participando, praticamente, do outro lado. O senhor acha que, agora, facilita, sem o Hlio Costa?
    No. Eu disse ontem na entrevista em Montes Claros, eu no posso dizer se candidatura de A, B ou C pela oposio vai facilitar ou no. Com o que temos de nos incomodar com o nosso lado. Eu tenho de fazer esforos para facilitar a nossa vitria, esses esforos so, em primeiro lugar, apresentar um programa consistente, com boas ideias, de continuidade. Demonstrar ao povo de Minas, que tanto avalia positivamente o ex-governador Acio Neves que somos aqueles que temos a condio de dar prosseguimento, com inovao, naquilo que foi feito ao longo dos ltimos sete anos. E, naturalmente, ao mesmo tempo, nas conversas polticas, articular os acordos, as alianas, as composies polticas com os partidos, com os prefeitos, com as bases polticas do interior, com os parlamentares, para demonstrar que essa nossa base poltica, que j forte, ela se faz ficar ainda mais forte. E eu no posso dizer se A, B ou C que vai facilitar ou no. O que sabemos, e estamos muito otimistas, e volto a dizer, extremamente otimistas, que o nosso lado est cada vez mais forte.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 9, 2010

    S.OS Mrio Penna

     

                 Hospital Mrio Penna quer recursos para ser referncia em oncologia

    Os deputados da Comisso de Sade da Assembleia Legislativa de Minas Gerais pretendem agendar uma reunio com o secretrio de Estado de Sade, Antnio Jorge de Souza Marques, para solicitar a incluso do Hospital Mrio Penna no programa Pro-Hosp, que aporta recursos financeiros em estabelecimentos de sade do Estado. O anncio foi feito a partir de solicitao apresentada por representantes do hospital durante a audincia pblica desta quarta-feira (9/6/10), que debateu a Lei Federal 9.797, de 1999, que dispe sobre a obrigatoriedade da cirurgia plstica reparadora de mama pela rede de unidades integrantes do SUS, nos casos de mutilao decorrentes de tratamento de cncer. A reunio aconteceu a requerimento da deputada Ana Maria Resende (PSDB).

    De acordo com o superintendente geral do Instituto Mrio Penna, Cssio Eduardo Rosa Resende, faltam equipamentos e recursos pblicos para que o estabelecimento se torne referncia nacional em oncologia at 2011. Ele explica que o hospital atende 65% dos pacientes encaminhados pelo SUS e 35% de pacientes originados dos planos de sade e particulares. "Nosso maior investidor a sociedade, uma vez que temos 300 mil pessoas que fazem doaes por meio da conta telefnica. Apesar de no estarmos includos no Pro-Hosp, atendemos 42% dos casos de cncer no Estado", afirmou.

    O auditor mdico do hospital, Felipe Moura Moreira, lembra, ainda, que a baixa remunerao da tabela do SUS tambm traz prejuzos financeiros ao Mrio Penna nos casos da cirurgias reparadoras de mama. Segundo ele, para uma prtese que custa R$ 3.520, apenas R$ 744 so reembolsados pelo Governo Federal. O auditor alertou aos parlamentares que a incluso no Pro-Hosp fundamental para a manuteno da qualidade no atendimento, j que se estima que mais de 46 mil novos casos de cncer devero ser registrados em Minas Gerais este ano. "Para se ter uma ideia, estamos prevendo 4.250 casos de cncer de mama e 5.350 casos de cncer de prstata", disse.

    Cirurgia reparadora deve obedecer critrios tcnicos

    O coordenador do servio de Mastologia do Hospital Mrio Penna e mdico do Hospital Alberto Cavalcanti, ligado ao Sistema Fhemig, Wagner Antnio Paz, disse que a preveno inicial a melhor maneira de evitar as mutilaes das pacientes. De acordo com ele, a doena possui cinco estgios, e apenas os mais avanados requerem a retirada da mama. Ele explicou aos deputados e convidados que a cirurgia reparadora deve obedecer dois critrios tcnicos: o estgio da doena e as condies orgnicas da paciente. "Tivemos avanos no diagnsticos entre as classes sociais mais altas e manuteno do problema na populao carente. Precisamos tambm de uma melhor divulgao da lei", salientou.

    O superintendente administrativo do hospital, Paulo Afonso de Miranda, reforou as palavras dos colegas e lembrou que o estabelecimento um dos trs centros de alta complexidade em cncer do Estado, mas que precisa de apoio do poder pblico para continuar atendendo com qualidade pacientes com todos os tipos da doena.

    Estado - A assessora jurdica da Coordenao de Controle de Cncer da Mulher da Secretaria de Estado da Sade, Andra Maia Lage, disse que o rgo investe mais na preveno que no tratamento da doena. Segundo ela, problemas como a rotatividade dos profissionais e a mudana de interesses polticos, especialmente no interior, so entraves para que os 853 municpios mineiros sejam efetivamente atendidos. Apesar dos problemas, no entanto, a representante do Estado disse que as cirurgias de mastologia cresceram nos ltimos dois anos.A assessora jurdica da Coordenao de Controle de Cncer da Mulher da Secretaria de Estado da Sade, Andra Maia Lage, disse que o rgo investe mais na preveno que no tratamento da doena. Segundo ela, problemas como a rotatividade dos profissionais e a mudana de interesses polticos, especialmente no interior, so entraves para que os 853 municpios mineiros sejam efetivamente atendidos. Apesar dos problemas, no entanto, a representante do Estado disse que as cirurgias de mastologia cresceram nos ltimos dois anos.

    Sobre o aumento das intervenes cirrgicas, a deputada Ana Maria Resende cobrou mais ateno do poder pblico s cidades do Norte de Minas, que estariam sofrendo com a falta de assistncia oncolgica nos casos de cncer de mama. "Falta atendimento e tecnologia no interior, muitas vezes pelo desestmulo proporcionado pela baixa remunerao dos mdicos. preciso que a Secretaria de Estado de Sade crie projetos e mutires de atendimento nestas cidades", cobrou.

    Os deputados Carlos Mosconi (PSDB) e Doutor Ronaldo (PDT) fizeram coro s palavras da colega e reforaram ainda a importncia do diagnstico inicial e da incluso do Hospital Mrio Penna no Pro-Hosp. "Confiamos que o Estado vai atender esta justa reivindicao e, com isso, evitar que tenhamos que encaminhar pacientes de cncer a outros estados mais bem preparados", disse Mosconi.

    Ao final da discusso, a psicloga da Santa Casa de Misericrdia de Belo Horizonte, Valenir Dias Machado Corra da Costa, lembrou que a sade deve ser cada vez mais debatida em nvel interdisciplinar, uma vez que o paciente no somente um corpo. Para ela, o adoecimento traz sofrimento emocional, baixa autoestima e depresso. "A recuperao da mama , para mulher, fundamental no processo de recuperao psicolgica nos casos de cncer", concluiu.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 9, 2010

    Deu no twitter do govenador Antonio Anastasia hoje. Ele fala que deu entrevista ao jornalista Eduardo Costa da Rdio Itatiaia de BH. Em outras emissoras. O twitter dele prof_anastasia. Confira.

  •                                         

    "Vrias participaes no radio pelo dia. Estive na @liberdade929 e depois com @ticostacruz no divertido @cafecomedia da @mixfmbh".


  •                        Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 9, 2010

    Deu hoje no twitter do senador Hlio Costa do PMDB mineiro cabea de chapa na coligao PMDB/PT ao governo de Minas. O twitter dele heliocosta15.

       

    "Importante informao para os amigos:
    Executiva do PT mineiro se reuniu e aprovou aliana PMDB-PT
    pela unanimidade dos 16 membros presentes".


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 9, 2010

    O renomado advogado mineiro Dcio Freire vira Cidado Carioca, amanh. Estaremos com dezenas de amigos do dr. Dcio na solenidade na Cmara Municipal da Cidade Maravilhosa.

                                       

    O advogado mineiro  Dcio Freire do escritrio Dcio Freire & Associados, com unidades espalhadas por quase todo o Brasil, como Belo Horizonte, So Paulo,  Rio de Janeiro, Braslia, Vitria, Recife, Manaus, Teresina, Juiz de Fora, Uberlndia e Governador Valadares, e ainda com uma unidade no exterior em  Washington DC, ser homenageado na cidade maravilhosa, amanh, 10 dia junho prximo, com o ttulo de cidado honorrio da cidade do Rio de janeiro.
    Um  justo reconhecimento pelo  brilhante trabalho que vem desenvolvendo naquela capital,  pois o seu escritrio um dos mais requisitados do pas, classificado atualmente, em quinto lugar, conforme Anlise Setorial da Advocacia.
    O Dr. Dcio uma pessoa muito fiel s suas amizades, e todos os seus momentos de alegria faz questo de partilhar com os amigos;  por isso desde j agrademos o honroso convite que nos foi enviado.

    Technorati Marcas: ,,,,
    Publicado em Jurdico, Notcias |



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 9, 2010

    Vereadores do norte de Minas participram hoje de Workshop sobre mdia.... na sede da Cmara de Montes Claros, norte de Minas.

    HOJE estou em Montes Clartos fazendo palestra na Cmara Municipal da cidade, sobre como usar a imagem na comunicao: "Socorro, Estou na TV". Promoo da Associao de Vereadores da rea Mineira da sUDENE - A Avans. uma parceria com a Escola do Legislativo da Assemblia de Minas.

    A Associao de Vereadores da rea Mineira da Sudene (Avams) promoveu, hoje, dia 9 de junho, na Cmara de Montes Claros, um curso de capacitao para vereadores da regio. As palestras abordaram os temas "Subsdios e 13 salrio para vereadores" pelo prof. Ivan Fonseca de Oliveira, ex-prof. Unimontes e contador da Cmra de Montes Claros; "A importncia da comunicao estratgica no cenrio poltico" proferida pela Relaes Pblicas da Assemblia de Minas, Graciane Fraga; e "Socorro! Estou na TV- como usar a imagem na comunicao".
    A Avams rene vereadores de 94 municpios e presidida pelo vereador Abelard Carlos Pimenta, de So Joo da Ponte.


    A diretoria executiva da Avams Associao dos vereadores da rea mineira da Sudene se reuniu ontem, na sua sede em Montes Claros, numa primeira assemblia desde a posse de seus novos membros, no incio do ano. O encontro foi conduzido pelo vereador de So Joo da Ponte, Aberlard Pimenta, presidente da entidade, e por Guila Ramos, vice, tambm vice-presidente da cmara municipal de Montes Claros.

                                                                      ENTREVISTA
                                                             dada ao Jornal O NORTE
                                                          DE MINAS de Montes Claros

                                          
                                        Aberlard Pimenta: - Os vereadores precisam se
                                              integrar entidade efetivamente, para que
                                              ela sobreviva s dificuldades que enfrenta
                                       Aberlard Pimenta concedeu a seguinte entrevista
                                                       ao reprter Eduardo Brasil.

    O NORTE - Essa reunio, praticamente, caracteriza a primeira da diretoria executiva da entidade desde que seus novos membros tomaram posse. Quais os temas colocados em pauta?
    ABERLARD PIMENTA - Vrios, mas principalmente aquele relacionado aos nossos encontros microrregionais. Queremos organizar a realizao desses debates com urgncia, para que eles tenham incio ainda neste ms. So encontros com temas centrados em questes alternativas para os problemas regionais, no sentido de que a Avams cumpra seus objetivos de colaborar com o desenvolvimento do Norte de Minas, fortalecendo suas demandas junto aos governos estadual e federal, atravs de nossas representaes em Belo Horizonte e em Braslia.
    A Avams est certa, e louvvel que procure ajudar nas solues para os problemas que afligem o Norte de Minas. Mas, a entidade, sabido, passa por enormes dificuldades para se manter, para existir. No seria, portanto, oportuno, que a Avams se preocupasse mais, pelo menos nesse instante, em conseguir auxlios para sua prpria sobrevivncia?
    Assumimos a entidade realmente em um momento difcil de sua existncia. Mas isso no nos desestimulou nem desestimula, hoje, pelo contrrio, at nos incentiva a lutar pela estabilidade de uma entidade to importante no contexto regional. Mas, essa estabilidade passa pela integrao entidade, de forma efetiva por parte das suas filiadas, as cmaras municipais, os vereadores. Os vereadores precisam estar mais inseridos nos objetivos e princpios da Avams para que ela funcione como a grande entidade representativa que . Existem vrios problemas a serem resolvidos, desde a questo financeira de documentaes. A Avams sobreviver a esses problemas e se firmar como a grande entidade que - a maior de Minas Gerais em nmero de membros, que so os nossos vereadores.
    A crise financeira da entidade, inclusive, logo aps a sua posse, no arrefeceu. E, imediatamente, trouxe conseqncia, forando a mesa diretora a decidir pelo fechamento da Casa do Vereador, imvel que a Avams mantinha em Montes Claros para hospedar seus filiados de outras cidades.
    Sem dvida. Uma medida lamentvel, porque a Casa do Vereador era um apoio importante para nossos vereadores filiados, quando precisavam estar em Montes Claros resolvendo questes atinentes s suas funes. Fech-la foi uma medida extrema, que sentimos muito, mas que fomos obrigados a tomar. Tivemos de suspender momentaneamente o seu funcionando, dentro do nosso programa de conteno de despesas, mas assim que a situao estiver amenizada voltaremos com a Casa do Vereador.  
    Quando da posse da nova diretoria, o prefeito Athos Avelino anunciou a doao de um terreno em Montes Claros para construo da sede prpria da Avams, onde, inclusive, poderia ser erguida, tambm, a Casa do Vereador. No entanto, at o momento, o executivo no enviou projeto de lei tratando do assunto ao legislativo.
    A verdade que solicitamos ao prefeito que ele adiasse o envio do projeto at que a Avams decidisse como tratar a questo. que Virglio Guimares (deputado federal do PT) sugeriu que o prdio fosse erguido no com recursos procurados pela Avams, mas com recursos do governo federal, o que evitaria eventuais contratempos. Nesse caso, o dinheiro seria liberado para

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 8, 2010

    GUIA PARA INVESTIR EM AES. Livro ser lanado, s 19 horas de hoje na Livraria Saraiva do Diamond Mall, aqui em BH.

                                                             

                                                                       Walter Furtado
                                                      lana guia econmico de investimento
                                                                     na Bolsa de Valores

     
     
    O assessor de Mercado de Capitais do BDMG, Walter Furtado, lana hoje o livro Guia para Investir em Aes O que voc deve saber para comear a investir. O lanamento ser s 19h, na loja Saraiva MegaStore, no Shopping Diamond Mall. Todos esto convidados.
    O livro um guia de informaes iniciais para investidores ainda inexperientes, que desejam entender mais sobre o funcionamento da Bolsa de Valores e tambm para os que j investem, mas desejam aprimorar o conhecimento.
    Ao longo da obra, Furtado revela um roteiro das regras, limitaes e oportunidades de investimento no mercado acionrio. A proposta quebrar as barreiras iniciais do desconhecimento e oferecer ao futuro investidor um apanhado das principais informaes e atividades que envolvem a prtica de investimento na Bolsa. 
    O preo sugerido para a venda dos exemplares R$ 49,90. Entretanto, Walter repassou para a AFBDMG um desconto de 30% referente aos direitos de autor, e os associados podero encomend-lo por R$ 35,00.
     
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 8, 2010

    TALK SHOW Joo Carlos Amaral, assista!!!

    Nesta quarta feira ( amanh ) na REDE SUPER: 
          Programa Joo Carlos Amaral Entrevista.

                                               

      Paulo Miranda, presidente do MINASPETRO

      enrevistado desta quarta-feira
    no meu programa Talk Show "Joo Carlos Amaral Entrevista"
    na REDE SUPER de TV.
     Em BH cabo pela NET o 23. 
                                                                                    

     

    O "Programa Joo Carlos Amaral Entrevista"
     vai ao ar na TV  REDE SUPER,
    canal 23 da NET,
     toda quarta-feira,s 21 horas,
    com reprises:
     s segundas-feiras s 13h30m.

    E s sextas-feirras, s 11h30 da manh.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 8, 2010

    COLRIO em dose dupla desta tera-feira vem mais uma vez do portiflio do colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Soraia Dal Bo e Gleice Faria sorrindo
    para os flashes no Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 8, 2010

    Amanh estarei em Montes Clartos fazendo palestra na Cmara Municipal da cidade, sobre como usar a imagem na comunicao: "Socorro, Estou na TV". Promoo da Associao de Vereadores da rea Mineira da sUDENE - A Avans. uma parceria com a Escola do Legislativo da Assemblia de Minas.

    A Associao de Vereadores da rea Mineira da Sudene (Avams) promove, no dia 9 de junho, na Cmara de Montes Claros, um curso de capacitao para vereadores da regio. As palestras vo abordar os temas "Subsdios e 13 salrio para vereadores"; "A importncia da comunicao estratgica no cenrio poltico"; e "Socorro! Estou na TV- como usar a imagem na comunicao". A Avams rene vereadores de 94 municpios e presidida pelo vereador Abelard Carlos Pimenta, de So Joo da Ponte. Mais informaes pelo telefone (38) 3221-5736.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 8, 2010

    Ufa!!! Como anteciei aqui no BLOG....

                                
                                                                Hlio cabea de chapa         
                                                        







                                            Senador acredita que militncia petista vai apoiar a chapa - (Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
                                                  Senador acredita que militncia petista
                                                                 vai apoiar a chapa
                                                                   .
                                            
                                                               Pimentel disputa senado

                                          
                                                                    Patrus pode ser o vice?
                                                               Apurei que o presidente Lula
                                                                     est sendo incentivado
                                                            a fazer uma pelo ao ex-ministro 
                                                                    para que aceite a vice.

                                                           O outro nome cotado para vice
                                                                o de Virglio Guimares.















    PT e PMDB anunciam acordo em Minas, com Hlio para o Governo e Pimentel para o Senado




                                                                               



    Lideranas do PT e do PMDB anunciaram na Cmara dos Deputados, na tarde desta segunda-feira, dia 7, o fechamento do acordo entre os dois partidos para a disputa do governo de Minas Gerais.
    O candidato a governador ser o senador Hlio Costa (PMDB),
    enquanto o ex-prefeito Fernando Pimentel (PT) concorrer ao Senado.
    Participaram do anncio, alm de Pimentel e Costa, o presidente nacional do PT, Jos Eduardo Dutra; o presidente do PT mineiro, deputado Reginaldo Lopes; o presidente da Cmara Federal, Michel Temer (PMDB); e o lder do governo na Casa, deputado Cndido Vaccareza (PT).
    Segundo Dutra, ainda no h definio de quem sair a vice de Hlio Costa. Ele adiantou apenas que, cumprindo o acordo original, o nome ser indicado pelo PT.
    Para o dirigente petista, a chapa tem todas as condies de sair vitoriosa e de dar uma votao expressiva pr-candidata Dilma Rousseff em Minas.
    Fonte: Portal PT Nacional



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 8, 2010

    Governador Anastasia aderiu ao Twitter. o: prof_anastasia.

                                        
                                                                 Endereo na internet:
                                                        www.twitter.com/prof-anastasia

    O senhor comeou a twittar hoje, entrou na rede a, para a expectativa de seguidores.
    , naturalmente, hoje, a internet um veculo muito inovador tambm no campo da poltica e dos relacionamentos. O twitter tornou-se um instrumento extremamente gil, extremamente objetivo e demos esse espao hoje em razo exatamente que as coisas vo se afunilando e a expectativa que se torne mais uma forma de comunicao at mesmo de comunicao direta com as pessoas, com os cidados, recebendo sugestes, recebendo crticas, que natural, e que faz parte do dia a dia democrtico. Participo com muita naturalidade.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 6, 2010

    Sucesso Mineira - apesar do "juris esperniandis" - direito de espernear de setores do PT mineiro - cabea de chapa ser de Hlio Costa. o resultado das ltimas radiografias polticas que ns como blogueiro fizemos. O mesmo que a maioria da mdia de Minas fez. o caso da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                                     
                                        
                                                                        "Estou no cu".

    "Foi com essa expresso, escrita na manh de quinta-feira no Twitter, que o senador Hlio Costa (PMDB) reagiu ao ser comunicado que o ex-ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias (PT), havia admitido a possibilidade de compor a dobradinha PMDB-PT na sucesso ao Governo de Minas. Antes, na noite de quarta-feira, ele j havia comemorado a deciso negociada do ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel de concorrer a outro cargo, deixando livre o caminho para a disputa pelo Palcio Tiradentes".


                                                                           REAO
    da ala do PT mineiro - ligada ao ex-prefeito de BH, Fernando Pimentel -
    que estou acompanhando pelo TWITTER.
    Grupo formado dentre outros pelo presidente estadual do PT, Reginaldo Lopes e os deputados federais Miguel Correia Jr(PT) e Lincoln Portela(PR).

     "Empurrado eu no vou".
     "Apruma o corpo" - frase da me de Lula. a mais recente na GUERRA pelo TWITTER entre o PT e o PMDB.
    Reao do PMDB: "Olha as pesquisas."


                                                                                

                                                                   PONTO DE VISTA 
                                                                    para sua reflexo:


    Depois de mais de trinta anos como reprter poltico, de conviver com  Aurelianao Chaves, Francelino Pereira, Tancredo, Hlio Garcia, Newton Cardoso, Eduardo Azeredo, Itamar Franco, Acio Neves, Hlio Costa, Pimentel, Patrus, Z Alencar e o atual governador Antnio Anastasia, deu para ter um perfil do universo damelhor poltica praticada em Minas.E cheguei concluso:

    1, que poltica madrasta.
    Trata mal quem dela depende.
    Porque ela quem faz a cabea do poder.

    2, que o poltico no pode escolher todos os seus companheiros.
    ( Veja o que ocorre em Minas com o PT)

    3 muitos polticos saem do cu para o inferno
     de uma hora para outra,
    sem direito a purgatrio.

    E so raros os que conseguem fazer o caminho de volta.
    Pense nisso!!!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 6, 2010

    SERRA 37% X DILMA 37%.

                                               

    Pesquisa revela crescimento de cinco pontos da petista;
    Marina Silva tem 9% das intenes


                                     Ibope mostra empate entre Dilma e Serra em 37%


    Os pr-candidatos Jos Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) esto empatados com 37% das intenes de votos na disputa presidencial, segundo pesquisa Ibope, feita a pedido da TV Globo e do jornal "O Estado de S. Paulo".
    A senadora Marina Silva (PV) aparece em terceiro lugar, com 9%.
    Na comparao com o levantamento anterior, feito em abril, a petista subiu cinco pontos percentuais, enquanto o tucano caiu trs e a candidata verde manteve a marca.
    Segundo o Ibope, os indecisos somam 8% dos entrevistados e 9% disseram que votaro em branco, nulo ou em nenhum candidato.
    O Ibope ouviu 2.002 eleitores entre os dias 31 de maio e 3 de junho. A margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o nmero 13642/2010.
    H duas semanas, coincidentemente, o instituto Datafolha tambm revelou empate entre os principais presidenciveis em 37%. Agora, o Ibope confirma o acirramento da disputa, que se repete inclusive num eventual segundo turno entre os dois, com 42% para cada. Na sondagem de abril, Serra tinha 46% e Dilma, 37%.
    Na modalidade espontnea, em que no apresentada a lista de nomes, a petista aparece com 19% das intenes e o tucano, com 15%. As menes mostram a consolidao dos nomes dos pr-candidatos, auxiliados pela exposio na TV. O presidente Lula, que no candidato, foi citado por 12%.
    Perguntados em quem no votariam de jeito nenhum, 24% dos entrevistados citaram Serra, 19% disseram que Dilma e 15%, que Marina Silva.
    Popularidade. A sondagem tambm avaliou a aprovao do presidente Lula e de seu governo. A administrao federal foi considerada tima ou boa por 75% dos entrevistados, regular por 20% e ruim ou pssima por 5%. A nota mdia atribuda ao governo 7,8.
    No ltimo levantamento feito pelo instituto, em abril, 76% consideraram o governo timo ou bom e 6%, ruim ou pssimo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 6, 2010

    Nesta segunda-feira,dia 7,no Mersure, aqui em BH. Festa dos 25 anos do jorna lMG Turismo e Mulher Influente. frente do evento Suely e Antnio Claret Guerra. Vou apressntar ao Festa como mestre de cerimnia em dupla com Beth Ribeiro.





    Tradicionais eventos XX Prmio MG TURISMO
    e XIV Trofu Mulher Influente sero entregues

    Tudo pronto para a solenidade de comemorao dos 25 anos de circulao ininterrupta do JORNAL MG TURISMO, que ser realizada dia 7 de junho, s 19h30, no Hotel Mercure BH Lourdes. Na ocasio sero entregues as duas mais tradicionais lureas do setor de turismo em Minas Gerais, o XX Prmio MG TURISMO e o XIV Trofu Mulher Influente, acontecimentos que so sempre muito prestigiados pelas autoridades do Estado e representantes do "trade" turstico.

    PRMIO MG TURISMO

    AGENTE DE VIAGEM
    APOIO AO TURISMO
    ASSISTNCIA EM VIAGEM
    AVIAO INTERNACIONAL
    DESTAQUE NA AVIAO
    DESTAQUE NA ENGENHARIA
    DESTAQUE NA POLTICA
    EMPRESARIADO
    GASTRONOMIA
    HOMENAGEM ESPECIAL
    HOTELARIA
    IMPRENSA
    INCENTIVO CULTURA
    INCENTIVO AO TURISMO
    JORNALISMO
    LIDERANA
    MARKETING
    INCENTIVO A CULTURA
    TURISMO-CEAR
    RESPONSABILIDADE SOCIAL
    TURISMO  INTERNACIONAL

    MULHER INFLUENTE

    ARQUITETURA
    ARTES PLSTICAS
    COMUNICAO
    DESTAQUE NA ODONTOLOGIA
    DESTAQUE NA POLTICA
    DESTAQUE NO MINISTRIO PBLICO
    EMPRESARIADO
    ESTILISTA
    EDUCAO
    GESTO SADE NO TRABALHO
    HOMENAGEM ESPECIAL
    INTERCMBIO CULTURAL
    JOALHEIRA E DESIGNER
    JORNALISMO
    LIDERANA
    LIDERANA SOCIAL
    MARKETING
    MEDICINA E ATENDIMENTO SOCIAL
    MEDICINA E ESTTICA
    MEDICINA
    SADE E ESTTICA

    Caio Luiiz de Carvalho
    - presidente da SP Turismo, 
    ex-ministro de Turismo e Esporte

    Ana Paula Teixeira
    - gerente da Travel Ace Assistance

    Beth Lagardre
     - empresria na Frana
     e ex-modelo internacional
     

    .

    Alemir Coletto,
    presidente do Festival de Cinema
    de Gramado -
    RS



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 6, 2010

    Amanh... meu TALK SHOW.

    Nesta segunda-feira na REDE SUPER: 
          Programa Joo Carlos Amaral Entrevista.
                                                                   

      Fique atento!!!

      Segunda-feira, 13h30 na REDE
    SUPER, assista!!!



    O presidente da FEAM,
    Jos Claudio Junqueira
    o entrevistado desta segunda-feira
    no meu programa "Joo Carlos Amaral Entrevista"
    na REDE SUPER de TV.
     Em BH cabo pela NET o 23. 
                                                                                    

     

    O "Programa Joo Carlos Amaral Entrevista"
     vai ao ar na TV  REDE SUPER,
    canal 23 da NET,
     toda quarta-feira,s 21 horas,
    com reprises:
     s segundas-feiras s 13h30m.

    E s sextas-feirras, s 11h30 da manh.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 6, 2010

    Convenes este ms....

                                      ALMG cede espao para convenes partidrias em junho
    O ms de junho reserva uma srie de convenes partidrias na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O Plenrio do Parlamento mineiro ser cedido a sete partidos durante fins de semana.
    O primeiro a ter encontro marcado o Partido Verde (PV), com evento no sbado (12/6/09), das 9 s 12 horas.
    No mesmo dia, o PHS reservou o espao das 14 s 18 horas. No domingo (13), a vez do PT do B.
    No dia 19 de junho, o PTB realiza sua conveno, das 14 s 20 horas.
    No ltimo fim de semana do ms, a agenda tambm est cheia com convenes do PCdoB, das 9 s 18 horas de sbado (26);
    e do PSDB, das 8 s 18 horas de domingo (27).
    Finalizando o ms, o PDT realiza encontro na segunda-feira (28), s 14 horas.
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 5, 2010

    Canetada histrica...

    FICHA LIMPA vira lei.
    Penada foi do presidente Lula.
    Passa a valer a partir de segunda-feira dia 7.
    Parabns!!!





    FOTO: AGNCIA BRASIL






    AGNCIA BRASIL






    A nova lei que exige ficha limpa para os candidatos comea a vigorar a partir de segunda-feira (7), quando deve ser publicada. Segundo informaes da Casa Civil da Presidncia da Repblica, o presidente Luiz Incio Lula da Silva sancionou o texto nesta sexta-feira (4).
    A lei torna inelegveis candidatos que forem condenados por rgo colegiado em crimes como improbidade administrativa, abuso de autoridade, racismo, tortura, abuso sexual, formao de quadrilha, crimes contra a vida e crimes hediondos, dentre outros.
    O texto final do projeto aprovado pelo Senado gerou dvidas se a lei s valer para candidatos que forem condenados a partir de agora ou se inclui tambm quem j tem as condenaes previstas no texto. Tambm h dvidas se a lei sancionada j valer para as prximas eleies. As divergncias devem ser resolvidas pela Justia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 5, 2010

    TUDO INDICA.

                                  Acordo PT/PMDB ser anunciado segunda-feira em Braslia.
                                                    Hlio Costa, candidato a governador. 
                                                                        Patrus Vice. 
                                                             Pimentel para o senado.


    Macuco no born!!!
    Afinal
    como dizia a velha raposa poltica da UDN,
    Hlio Garcia:
    " Caititu fora da manada pap de ona, s".

     
    Time dos sonhos
     para enfrentar o tucano,
    governador Anastasia:

    Hlio na cabea de chapa.
    Pimentel disputa senado.
    Patrus ser o vice.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 5, 2010

    P na estrada...


    Carlos Alberto/Imprensa MG
    Governador Anastasia recebe Ttulo de Cidado Honorrio de Andradas
    Governador Anastasia recebe Ttulo de Cidado Honorrio de Andradas

    Assuntos:
    Investimentos em Andradas,
    segurana pblica,
    Eleies 2010

    Sobre a visita a Andradas
    uma honra muito grande, fico muito feliz. a quarta ou quinta vez que estou em Andradas e desta vez com este motivo que honra demais que receber p ttulo de uma das cidades mais tradicionais de Minas Gerais, nossa capital do vinho e, agora tambm, capital das rosas para grande orgulho e honra de todos ns mineiros.
    Divulgaram pesquisas e o senhor aparece com nove ou 10%, prximo ao pr-candidato Hlio Costa. O senhor j imaginava que essa repercusso fosse aparecer agora?
    Estamos com uma surpresa positiva. No imaginvamos ainda que j tivssemos os mesmos indicadores dos outros candidatos at porque somos mais desconhecidos ainda. Mas j com esse crescimento sinaliza, de maneira muito positiva, a tendncia de crescimento da nossa candidatura. Porque quando a campanha comear, a partir de julho, tenho certeza que o crescimento ser de maneira consolidada para nossa vitria nas eleies.
    O senhor traz boas notcias para Andradas com relao ao anel virio?
    verdade. um compromisso que estamos resgatando. Um compromisso ainda do governador Acio. Estamos autorizando aqui a licitao que uma obra importante para a estrutura da cidade.
    Sobre o sistema carcerrio na nossa regio. Em BH o senhor pode ter tido conhecimento do preso em Guaransia que estava sendo transportado acabou morrendo num acidente. E agora, em poucos dias, em Trs Coraes, presos dormindo ao relento. Como o Estado pretende resolver esse problema?
    Veja bem, quando assumimos o governo, em 2003, tnhamos 5.500 vagas no sistema penitencirio. Hoje, temos 26 mil vagas. Ou seja, em sete anos, multiplicamos por cinco o nmero de vagas existente em Minas Gerais com recursos exclusivos do Tesouro do Estado. Zero do governo federal que tem um fundo penitencirio nacional que no liberaram no s para Minas, mas para nenhum outro estado. Ento, foi feito um esforo praticamente milagroso nesse perodo. Mas sabemos quer precisamos de mais. Ainda temos necessidades de vagas. Criamos a guarda penitenciaria que praticamente no existia. Em Minas hoje tem mais de 10 mil homens na guarda penitenciria. Retiramos a Polcia Civil da guarda dos presos, como tambm a Polcia Militar. Construmos dezenas de unidades. Aqui mesmo em Andradas temos uma unidade modelo que um presdio. Ento, um processo de melhoria e, claro, que no tem condies, em sete anos, resolver todos os problemas como num passe de mgica, mas j temos hoje um quadro penitencirio que, de longe, repito, de longe, o melhor do Brasil.
    O senhor tem um carinho especial por Andradas por causa da Margot que uma pessoa muito prxima ao senhor?
    Sim claro no h dvida. A ex-prefeita Margot minha amiga pessoal, inclusive hoje trabalha conosco no Palcio Tiradentes  em Belo Horizonte, mas a cidade de Andradas tem um carinho muito grande mesmo porque aqui j estive no passado quando jovem ainda, quando de frias em Poos de Caldas, vim aqui com meus familiares para visitar o pavilho do vinho, visitar as videiras de onde as uvas sos cultivadas e sempre com muito gosto. Acredito que Andradas est no imaginrio de todos os mineiros em razo do seu clima, de sua produo e dos vinhos que a nossa capital vincola mineira. E agora, como eu disse, com muita satisfao, ter a notcia que superamos inclusive, Holambra, em So Paulo, que a maior produo de rosas do Brasil, est aqui. Ento, uma cidade que junta o vinho e as rosas. No h uma cidade mais bela.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 5, 2010

    Conversa de mineiros...


    Hlio Costa se encontra com Jos Alencar

    O senador Hlio Costa (PMDB-MG) se encontrou na manh de quarta-feira (2/6) com o Vice-Presidente da Repblica, Jos Alencar. O encontro, anunciado pelo senador no microblog Twitter, aconteceu na Vice-Presidncia, localizada no anexo do Palcio do Planalto, s 10h. claro que conversaram sobre a aliana em Minas Gerais entre o PMDB e o PT.                                                                Foto arquivo.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 5, 2010

    Pinado da coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    O ex-presidente Itamar Franco
    e o coronel Luis Carlos Dias Martins,
    homenageado com
    a Medalha do Mrito Henrique Halfeld

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 5, 2010

    Sado a entrada na blogosfera do BLOG DO CLARET. Seja bem vindo!!! Endereo na internet: www.blogdoclaret.com




                                                                             ANTNIO CLARET DE OLIVEIRA
    Engenheiro agrnomo graduado pela UFLA, especialista em Eucaliptocultura e Recuperao de reas Degradadas, ps-graduado em Engenharia da Qualidade pela PUC-MG, em Gesto
    de Negcios pelo IBMEC e em Gesto Responsvel para Sustentabilidade pela Fundao Dom Cabral.

    Presidiu a Associao Mineira de Silvicultura (AMS), foi presidente da Sociedade de Investigao Florestal (SIF) em Viosa e foi um dos responsveis pela implantao do Selo Verde para Manejo de Florestas no Brasil o FSC.
    Atuou ainda como executivo do grupo Vallourec & Mannesmann Tubes e hoje scio-diretor da Eco Consultoria. presidente da Cmara da Indstria da Base Florestal da FIEMG, membro do Comit de Mudanas Climticas de BH e conselheiro do Instituto Estadual de Florestas (IEF), como cientista de notrio saber.
    Integra ainda o Conselho Editorial da Revista Ecolgico, onde tambm colunista, alm da vasta experincia no Brasil e exterior, sendo autor de vrios
    trabalhos cientficos na rea de meio ambiente.
    PUMA se tornar uma companhia neutra
    em carbono em 2010
    A companhia de estilo de vida esportivo PUMA ir compensar completamente suas prprias emisses globais de CO2. Adicionalmente, a PUMA ir compensar as emisses oriundas das viagens internacionais das equipes nacionais patrocinadas pela empresa que faro parte da Copa do Mundo de Futebol, um total de 336 jogadores e dirigentes.  ...
    Reduo na emisso de GEE
    pauta o AveSui 2010

    Questes ambientais relacionadas produo sustentvel de alimentos marcaram o AveSui Amrica Latina 2010, ocorrido em maio, em Florianpolis. Aps os debates econmicos sinalizarem boas oportunidades para o setor de aves e sunos, foi o momento de se discutir outras demandas para que produtores possam aproveitar este cenrio ...



    Reciclar lucrar
    Categorias: Resduos Em relatrio do Instituto de Pesquisa Econmica Aplicada (Ipea) divulgado no dia 14 de maio revela que o Pas perde R$ 8 bilhes por ano, simplesmente, por deixar de reciclar. Os clculos mostram que este seria o valor recolhido pelo pas caso todo o material reciclado encaminhado para aterros e lixes nas cidades brasileiras tivesse destino correto.  Hoje, apenas 12% dos resduos slidos urbanos e industriais so reciclados. ...


    Enquanto o carro 'verde' no vem
    Na corrida por carros mais econmicos e menos poluentes, a indstria brasileira vai investir no aperfeioamento da tecnologia do motor flex, em vez de seguir projetos de veculos hbridos e eltricos, que so as apostas das montadoras nos Estados Unidos e Europa. Alumnio, plsticos e outras matrias-primas devem substituir ...




    Um dos assuntos mais comentados das ultimas semanas a construo da Unidade Hidreltrica Belo Monte (UHE Belo Monte). fato que o Brasil necessita de maior gerao de energia eltrica a fim de manter um crescimento econmico sustentvel. Todavia, para que este crescimento seja e fato sustentvel, de suma importncia que as obras envolvidas sejam realizadas sob moldes do respeito ao meio ambiente. A UHE Belo Monte um exemplo de ...


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 4, 2010

    CARREIRA SOLO.



    Um dos mais conceituados especialistas em meio ambiente do pas,
    o dr. WILLER PS inicia carreira solo com sua
    WHPOS ESTRATGIAS AMBIENTAIS.
    Ele montou a empresa
    depois de longa e reconhecida carreira na rea de meio ambiente
     no setor pblico e privado.
    No governo Itamar Franco foi presidente da FEAM
    e diretor do IGAM.

    Na iniciativa privada:
    diretor de meio ambiente da Anglogolg Ashanti
    e Anglo Ferrous.

    Vale conferir a entrevista que ele nos deu no meu Talk Show,
    que vai aoar toda quarta-feira, s 21 horas na Rede Super,
    canal cabo 23 em BH.
    E na internet: www.redesuper.com.br
    A entrevista dele vai ao ar na segunda quinzena de junho.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 4, 2010

    Rico ,muito rico, inteligente e dando dica de como ganhar nosso primeiro milho... pinado da coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                             

    Alm de um dos homens mais ricos do mundo, o empresrio Eike Batista - mineiro de Governador Valadares- dono de um humor a toda prova.
    Ontem, falando a estudantes em So Paulo e perguntado por uma professora sobre o caminho ideal para que os alunos possam conquistar "seu primeiro milho", Eike no ficou vermelho: "ns, da classe mdia...". e concluiu :: "...temos que aceitar sair da zona de conforto e ir para a rea de fronteira. O brasileiro no tem a cultura do risco e isso precisa mudar".


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 3, 2010

    Saem duas pesquisas para o governo de Minas. Uma da SENSUS. Outra do IBOPE.





                                          

                                           
                                           

    A pesquisa do instituto Sensus, foi encomendada pelo PT,
    o PMDB mineiro divulgou dados da sua, realizada pelo Ibope.
    De acordo com os dados, no levantamento espontneo, h empate entre o pr-candidato do PMDB, senador Hlio Costa, e o do PSDB, o governador Antonio Anastasia, ambos com 10%, contra 8% para o pr-candidato do PT, o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel. A margem de erro de trs pontos percentuais, para mais ou para menos.
    O instituto testou tambm outros cenrios estimulados, uns com o peemedebista como candidato, outros com o petista frente da chapa.  No cenrio sem Hlio Costa, Pimentel tem 33%, contra 28% de Anastasia. J Hlio Costa aparece com 37% contra 26% de Anastasia.
    No cenrio sem Pimentel, e que includo o nome do candidato Jos Fernando (PV), Costa tem 32%, contra 26% de Anastasia e 3% do candidato do PV. J quando o candidato Pimentel, ele soma 29%, contra 25% de Anastasia e 4% de Jos Fernando. 
    O Ibope ouviu 1.512 pessoas, de 28 a 31 de maio. A pesquisa servir de base nas discusses sobre a definio do candidato do campo lulista em Minas.
    O PT tambm encomendou um levantamento, do Instituto Sensus. De acordo com seus nmeros, conforme divulgou o HOJE EM DIA, no cenrio espontneo da Sensus Pimentel tem 10,2%, contra 9,2% de Anastasia e 7,5% de Costa. Em tese, o candidato que tivesse melhor desempenho nas pesquisas seria o escolhido para disputar o Governo de Minas.
    H em Braslia, no entanto, tanto no Palcio do Planalto quanto entre setores da prpria cpula nacional petista, o entendimento de que, independentemente do resultado das pesquisas, h um acordo para que Costa seja o candidato para garantir a aliana nacional.
    A pesquisa Ibope est registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) sob o nmero 30.277/2010.
    J a pesquisa do Instituto Sensus est registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nmero 13.361/2010.

    .


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 3, 2010

    Fala governador!!!


                                  

    Governador, duas pesquisas divulgadas hoje, do Ibope, encomendada pelo PT e da Sensus, encomendada pelo PMDB, onde o senhor est empatado tecnicamente em uma das pesquisas com Hlio Costa, e na outra o senhor est 1 ponto s atrs. O senhor fica surpreso? Com uma semana depois, o senhor na espontnea passou de 17% e j empatou com os dois principais pr-candidatos?

    Continuo falando a respeito das pesquisas o que j dizia antes. As pesquisas so importantes, mas a campanha s vai comear a partir de julho. A partir de julho que as pessoas vo me conhecer mais, vo conhecer nossas propostas, nossas ideias, vamos mostrar, de maneira mais articulada, o que foi feito ao longo desses anos, a participao efetiva do governador Acio Neves na campanha. Ento acredito que a partir de julho que vamos ter as melhores definies. Naturalmente vejo esses nmeros com muito nimo, mas ainda me preocupo agora em fazer as articulaes polticas e preparar a campanha, a partir de julho. Esse o nosso objetivo nesse momento.
    Mas no uma surpresa, o senhor j estar empatado tecnicamente com eles?
    No, volto a dizer, eu sou muito tranquilo. Sempre fui muito ameno, muito tranquilo, e estou acompanhando esses nmeros, mas volto a dizer, isso s nos estimula a continuar trabalhando, a continuar mostrando o que Minas Gerais tem feito. E no momento certo, que a questo da campanha, que no comeou, insisto nisso, a sim, na campanha teremos, ao longo dela, as pesquisas que vo aferir j o grau de conhecimento, os programas na televiso, para a deciso que sempre aquela definitiva do eleitor, no dia trs de outubro. Mas claro que eu fico satisfeito, mas vamos aguardar o desenrolar dos fatos.
    Essa indefinio da oposio em colocar um pr-candidato, at agora, tem ajudado inclusive o senhor em subir nessas pesquisas, governador?
    No, eu no tenho consideraes, e nem posso fazer, sobre o campo adversrio. O que eu tenho dito j h alguns meses que meu esforo, minha concentrao, minha e do nosso grupo todo, sob a liderana do governador Acio, dos diversos partidos polticos, exatamente no sentido de preparar o nosso lado, o nosso campo, isso o que estamos fazendo. E os adversrios, eles vo se entendendo como acharem melhor.
    E agora, e essa provocao do ex-governador Acio Neves de que o senhor ganha no primeiro turno. O senhor compactua com ele?
    No, claro. No provocao, no. Eu acho que uma firmeza de propsito, porque ns vamos trabalhar firme, e por aquilo que realizamos ao longo dos anos, pelo arco de foras polticas que temos, pelos programas e projetos que vamos apresentar, tambm tenho muita confiana na vitria.
    Agora, governador. Parece que na Justia a campanha j comeou, no isso? O PMDB colocou, mais uma vez, uma ao contra o senhor, agora por campanha antecipada. Como o senhor v isso?
    Volto a dizer. De nossa parte, no h campanha antecipada. O que existe, de fato, um respeito muito rgido, de nossa parte, da legislao eleitoral.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 3, 2010

    Pinado da TV O TEMPO. Pr-candidato do PV, deputado Z Fernando Aparecido fala das propostas dele.Confira o que diz o "verde" mineiro.

                                            

    O deputado federal e pr-candidato do PV ao governo do Estado Jos Fernando Aparecido de Oliveira concedeu entrevista TV O TEMPO e apresentou suas propostas para o Estado. Sua principal bandeira a reformulao completa da poltica mineral no pas, tema de um projeto de lei de sua autoria que enfrenta dificuldades de tramitao na Cmara. Segundo o parlamentar, a concesso para explorao dos bens minerais tem regras frgeis que beneficiam o setor privado e os royalties pagos a governos e prefeituras baixo, "miservel" na viso dele.

    O parlamentar, de 36 anos, fez um paralelo entre a sua pr-candidatura e a da senadora Marina Silva (PV) Presidncia da Repblica. De acordo com ele, ambos representam uma alternativa tese da polarizao eleitoral, tanto em nvel regional quanto no nacional. Empunhando o discurso do desenvolvimento sustentvel, o pr-candidato verde a governador admitiu que as conversas com outros partidos ainda so incipientes, mas adiantou que sua chapa dever ser pura: o favorito para ficar com a vaga de candidato a vice-governador o vereador verde de Belo Horizonte Leonardo Mattos, que ex-deputado federal.

    Jos Fernando filho do ex-governador do Distrito Federal e ministro da Cultura do governo Jos Sarney, Jos Aparecido de Oliveira, que morreu em 2007. A candidatura ao governo de Minas, segundo o deputado federal, representa, entre outros motivos, a realizao de um sonho que o pai no conseguiu realizar.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 2, 2010

    Toma posse hoje o novo presidente do Tribunal de Justia de Minas: o desembargador CLAUDIO COSTA.

     
    Cludio Costa natural de Sabar
    e desembargador do TJMG desde 1991.
    Seu pai, o desembargador aposentado Hlio Costa,
    ocupou a Presidncia do Tribunal de 1980 a 1982.
    O mandato do novo presidente ter durao de dois anos.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 2, 2010

    Industrial do ano.











                                 Castello Branco quer mais participao do setor produtivo
                                                                em decises econmicas

                                          

    A Fiemg entregou ao empresrio Marco Antnio Soares da Cunha Castello Branco o ttulo de Industrial do Ano na comemorao do Dia da Indstria 2010. Junto com ele, trinta e quatro empresrios indicados pelos sindicatos filiados e regionais da instituio receberam a medalha do "Mrito Industrial". Castello Branco em seu discurso defendeu a indstria como geradora de riquezas e empregos. "O setor produtivo deve ser mais ouvido nas decises que estabelecem as diretrizes da poltica econmica brasileira, a indstria quem gera empregos", enfatizou. Para ele, o Brasil deve se preparar para enfrentar a competio com os outros pases. "O governo tem que criar um ambiente favorvel para que os empreendedores possam realizar negcios, com menos burocracia e impostos".

    Aos 49 anos, ele conta no currculo mais de 20 frente de empresas multinacionais como V & M do Brasil e Usiminas. Durante 10 anos viveu na Europa. "Ele trabalhou fora, teve uma carreira importante na Frana, mas no esqueceu de Minas. Trabalhou muito para trazer um dos maiores empreendimentos industriais do Brasil para o estado, para Jeceaba. Um projeto de grande importncia para o desenvolvimento daquela regio", diz o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr.

    Engenheiro metalurgista formado pela UFMG, Marco Antnio Castello Branco foi para a Alemanha logo aps deixar a universidade, atrado por uma bolsa de estudos do governo alemo. L se formou doutor e retornou ao Brasil para trabalhar na Mannesmann, onde ficou por muitos anos e chegou presidncia quando a empresa j tinha sido adquirida pelo grupo Vallourec, o que resultou na V & M do Brasil.

    Veja mais no www.blogfiemg.com.br e acompanhe a Fiemg no www.twitter.com/sistemafiemg



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 1, 2010

    Senador Hlio Costa:at dia 6, boca de siri.


    Rouco de atanto ouvir!!!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 1, 2010

    Fala governador!!!


    Omar Freire/Imprensa MG
    Governador Antonio Anastasia entregou chaves de viaturas para a PM
    Governador Antonio Anastasia entregou chaves de viaturas para a PM

    Evento: Entrega de viaturas para a Polcia Militar de Minas Gerais
    Local: Centro de Ensino Tcnico da Academia de Polcia Militar - Belo Horizonte
    Data: 01/06/2010
    Assuntos:
    Investimentos em segurana pblica
    e eleies 2010
     
    Governador gostaria que voc falasse sobre esse evento? 
    Mais uma entrega importante, mais de 500 viaturas entregues Polcia Militar. Estamos observando que alguns nmeros so muito expressivos. Em 2003, tnhamos 7 mil viaturas. Agora, so mais de 18 mil. Tnhamos na Polcia Militar e na Polcia Civil cerca de 50 mil homens, temos hoje mais de 60 mil.
    Ento, so nmeros que demonstram com os investimentos realizados, com o aumento da nossa capacidade penitenciria de 5 mil para 26 mil vagas no sistema penitencirio, os investimentos expressivos que Minas vem realizando ao longo desses anos na segurana pblica. 
    Segurana Pblica talvez seja uma das polticas pblicas mais solicitadas e demandadas pela populao nas cidades grandes e tambm nas cidades pequenas e menores, porque a criminalidade lamentavelmente ocorre.
    Hoje, temos um fenmeno muito dramtico no s em Minas, mas no Brasil e no mundo que a questo das drogas que est diretamente vinculada com a questo da criminalidade e a Polcia Militar de Minas Gerais, que a melhor do Brasil sem dvida nenhuma, vem apresentando excepcionais resultados.
    Para isso, a Polcia Militar tem que ter investimentos e esses investimentos se do na rea da logstica com esses equipamentos, se do na rea da ao integrada das polcias no novo mtodo de inteligncia de atuar das polcias e ao mesmo tempo na valorizao do profissional.
    A Polcia Militar de Minas tem oficiais e praas da mais alta qualidade, ento importante continuarmos valorizando sempre. Ento, cumprimentei publicamente e pessoalmente o comandante geral, coronel Renato, pelo seu trabalho e toda a sua direo e tambm o secretrio Moacyr que comanda o sistema, porque de fato demonstra que a segurana pblica em Minas felizmente vai muito bem e ainda vai melhorar mais. 
    O governo federal est repassando recursos? O ex-governador costumava criticar muito que no via o dinheiro na segurana.
    Continua. O repasse do governo federal na rea de segurana praticamente zero, todos esses investimentos foram realizados com recursos de Estado, na questo penitenciria, que sempre a mais dramtica. O fundo penitencirio nacional lamentavelmente continua contingenciado, no houve liberao.
    Realizamos esses investimentos com recursos do Tesouro e acreditamos que, agora, no prximo governo federal haja j sensibilidade, porque segurana pblica no pode mais ser um assunto exclusivo dos estados.  Essa questo das drogas que eu mencionava notrio que o tema das drogas no est dentro dos estados. As drogas vm de fora e precisamos ter a colaborao da Polcia Federal e do governo federal nessa questo importante que o combate s drogas.
    Governador o PMDB contra-atacou. Agora, entrou com uma ao contra o senhor, contra uma solenidade na Cidade Administrativa. Vai ser assim agora?
    Volto a dizer que o tema ser acompanhado pelos advogados, pelos partidos, eu nem tive ainda uma cincia completa disso, mas eu encaro isso com muita naturalidade, com muita calma. Estamos pautando a nossa ao com absoluto rigor, com absoluto cumprimento da legislao, essa foi a nossa determinao. At porque repito que sou professor de Direito, tenho respeito absoluto pelo poder judicirio e esse respeito vai permanecer. O que fizemos na Cidade Administrativa e que vamos continuar fazendo, so convnios que esto dentro da legislao e, inclusive, elogiados pela prpria oposio.
    Ento, interessante que ns temos prefeitos desses partidos de oposio que esto sendo tambm beneficiados e o que correto, pois isso uma prtica que vem desde o primeiro dia do Governo. A Lei veda a assinatura dos convnios a partir do dia 30 de junho e, at l, temos que faz-los, pois temos que continuar com o Governo funcionando, no podemos paralisar o Governo, ento no sei se essa a pretenso dessa representao, mas no ocorrer, pois estamos cumprindo rigorosamente a legislao, sem mencionar nada de carter eleitoral, mas sim de carter administrativo. E volto a dizer que prestigiando tambm e fazendo os convnios que so necessrios com os prefeitos da oposio. 
    Governador, sobre a estratgia, quando comear a campanha, a estratgia do senhor em relao presena no interior.
    O senhor fez as anlises a respeito das pesquisas, na questo de conhecimento da populao, enfim, disse tambm que acha importante do horrio eleitoral, e do ex-governador Acio. Eu queria saber o seguinte. Como vai ser sua presena, qual a importncia, como o senhor vai trabalhar mais a sua presena no interior, a importncia disso?

    Naturalmente, quando a campanha comear, a partir de julho, vamos fazer um esforo muito grande para termos uma presena ainda maior no interior. J visitamos mais de 300 municpios de Minas Gerais. Mas visitaremos outros tantos. Vamos continuar viajando normalmente, fazendo os encontros regionais polticos a partir de julho, porque a legislao vai nos permitir isso. Agora, a campanha campanha, julho.
    E eu tenho certeza que o fator que hoje existe, que pesa um pouco em relao a minha pessoa, que o desconhecimento, ir desaparecer com a campanha. Porque a ns teremos a propaganda eleitoral na televiso, no rdio, a campanha propriamente dita, o nome podendo ser divulgado com mais empenho. A presena do governador Acio Neves tambm nos eventos no interior do Estado e na Regio Metropolitana. Ento estou muito tranquilo, que a estratgia est sendo cumprida risca. 
    Eu no acredito que haja uma grande presso de prefeitos em relao ao nome do vice, que fundamental para a composio da chapa, mas vai se dar no final do ms de junho. Todos sabem, os prefeitos so polticos experimentados, sabem disso tambm, e essa indicao pelos partidos polticos, daquela pessoa que tem a densidade eleitoral e poltica mais adequada para compor conosco a chapa, isso vai ser indicado ainda no decorrer desse ms julho. Mas no h ansiedade para isso.
    Eu tenho certeza que as lideranas do interior e os nossos deputados j esto muito mobilizados. No momento certo, quando a campanha comear, essa mobilizao se transformar em uma ao poltica eleitoral correta, e a vamos ter, de fato, o que todos esperamos, que uma vitria bastante expressiva em Minas Gerais. No s na minha reeleio, mas volto a dizer, tambm, a favor de nosso candidato a presidente, o governador Jos Serra. 
    O senhor no teme, portanto, alianas que sejam feitas, por exemplo, eventualmente, em cidades de mdio porte, de grande porte, com partidos diferentes da base de apoio do senhor.
    Eu volto a dizer, o que temos o seguinte, que um quadro poltico em Minas. Que um quadro que temos na base do nosso governo, que era do governo Acio e do meu governo, muitos partidos que so tambm da base do governo federal. Isso existe e j existia anteriormente.
    Ento, estamos trabalhando, claro, para demonstrar a esses prefeitos, que so de partidos que apiam, no campo nacional, a candidata do governo federal, que o nosso candidato, governador Jos Serra, o melhor candidato. Ento, est sendo feito um trabalho, que um trabalho de convencimento. Para as lideranas polticas do Estado que so de partidos que compem a base do governador Serra e que so da nossa tambm, esses, claro, que j estamos marchando juntos.
    Agora, evidente que a nossa base maior, ento vamos fazer esse convencimento. Eu estou muito tranqilo porque a estrutura poltica montada ao tempo do governador Acio e que se mantm agora, ela muito forte, e ela vai funcionar no momento certo da campanha eleitoral, de maneira muito harmnica e muito integrada.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 1, 2010

    EIKE pretende investir em BANDA LARGA. Nota pinada do excelente jornaol O TEMPO.

    FOTO: ARQUIVO/DIVULGAO

                                               

    Empresrio conhecido
     pelos investimentos
     em energia e minerao


    O empresrio Eike Batista, um dos maiores investidores em minerao e energia do pas, diz ter interesse em investir no setor de banda larga. Ele participou nesta segunda-feira (31) do Frum Exame, em So Paulo, onde cogitou uma eventual parceria com o governo para investir no setor.
    Segundo o empresrio, para que todos os brasileiros tenham acesso internet banda larga seriam necessrios cerca de R$ 18 bilhes. Tal custo viabilizaria, segundo ele, o fornecimento do servio de 10 mega a um custo entre R$ 40 e R$ 50 para cada brasileiro.
    Eike Batista salientou que no existem estudos concretos sobre os custos do projeto.
    Ele ressaltou tambm que no recebeu nenhuma proposta do governo para investir na rea, mas defendeu que a eficincia da banda larga no Brasil pode ser viabilizada por meio de uma parceria Pblico-Privada.
    O empresrio justificou que seu interesse em investir no setor se deve diminuio dos custos unitrios do servio de banda larga nos ltimos anos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 1, 2010

    Apertando o bolso do belohorizontino...




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 1, 2010

    HOJE no plenrio da Assemblia de Minas.

     

                                                   Propaganda na internet e Ficha Limpa

    Propaganda na internet; direito de resposta; condutas vedadas aos agentes pblicos; compra de voto e o projeto Ficha Limpa, que impede a candidatura de pessoas condenadas pela Justia em rgos colegiados, sero temas abordados nesta tera-feira (1/6/10), segundo e ltimo dia do Ciclo de Debates Legislao Eleitoral e Eleies 2010. Com o evento, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais busca democratizar a discusso sobre as inovaes da minirreforma eleitoral (Lei 12.034, de 2009, que alterou a Lei 9.504, de 1997). As atividades desta tera comeam s 9 horas, com a conferncia do desembargador Jos Tarczio de Almeida Melo, do Tribunal de Justia do Estado de Minas Gerais (TJMG), no Plenrio.

    Com mais de 400 inscritos, o evento pode ser acompanhado ao vivo pela TV Assembleia (canal 11 do sistema a cabo, em Belo Horizonte). O cidado tambm pode participar pelo telefone 0800 709 2564 ou pelo site da Assembleia (www.almg.gov.br). Entre os expositores e debatedores desta tera, esto o procurador eleitoral Jos Jairo Gomes e a especialista em Direito Eleitoral Edilene Lobo, que falaro sobre a minirreforma eleitoral, a partir das 9h30; e os presidentes da Comisso para Assuntos Legislativos da OAB-MG, Lus Carlos Gambogi, e da Associao dos Magistrados Mineiros (Amagis), juiz Bruno Terra Dias, que falaro sobre condutas vedadas na campanha eleitoral, a partir das 14h30.

    Internet - A propaganda eleitoral, incluindo a legislao para a internet, ser tema de painel pela manh com o presidente do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral, Guilherme de Salles Gonalves, tendo como debatedora Ana Mrcia dos Santos Mello, do Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAMG), um dos parceiros da Assembleia na realizao do evento. Segundo a legislao, a propaganda na internet permitida nos sites do candidato e do partido ou coligao e por mensagens eletrnicas. No caso dos e-mails, obrigatrio que a mensagem tenha mecanismo que possibilite ao destinatrio solicitar o descadastramento em 48 horas. permitida a propaganda em blogs e redes sociais. vedada, no entanto, qualquer propaganda paga pela internet, em site de pessoa jurdica com fins lucrativos e em sites oficiais. Tambm no permitida a venda de cadastro. A propaganda eleitoral, incluindo a legislao para a internet, ser tema de painel pela manh com o presidente do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral, Guilherme de Salles Gonalves, tendo como debatedora Ana Mrcia dos Santos Mello, do Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAMG), um dos parceiros da Assembleia na realizao do evento. Segundo a legislao, a propaganda na internet permitida nos sites do candidato e do partido ou coligao e por mensagens eletrnicas. No caso dos e-mails, obrigatrio que a mensagem tenha mecanismo que possibilite ao destinatrio solicitar o descadastramento em 48 horas. permitida a propaganda em blogs e redes sociais. vedada, no entanto, qualquer propaganda paga pela internet, em site de pessoa jurdica com fins lucrativos e em sites oficiais. Tambm no permitida a venda de cadastro.

    Ficha Limpa - O projeto Ficha Limpa, tema de painel s 16 horas, ter dois expositores: o advogado Marcello Lavenre, do Movimento de Combate Corrupo Eleitoral (MCCE), e Odilon Pereira de Souza, do IAMG. Aprovado em maio pelo Congresso Nacional, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 518/09, de iniciativa popular, integrou campanha do MCCE. A proposta original, que recebeu mais de 1,6 milho de assinaturas, previa a proibio da candidatura de polticos condenados em 1 instncia. Atualmente, somente os condenados em ltima instncia so impedidos de disputar eleies. O projeto Ficha Limpa, tema de painel s 16 horas, ter dois expositores: o advogado Marcello Lavenre, do Movimento de Combate Corrupo Eleitoral (MCCE), e Odilon Pereira de Souza, do IAMG. Aprovado em maio pelo Congresso Nacional, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 518/09, de iniciativa popular, integrou campanha do MCCE. A proposta original, que recebeu mais de 1,6 milho de assinaturas, previa a proibio da candidatura de polticos condenados em 1 instncia. Atualmente, somente os condenados em ltima instncia so impedidos de disputar eleies.

    O texto aprovado impede por oito anos a candidatura de polticos condenados na Justia em deciso colegiada, mesmo que o trmite do processo no tenha sido concludo. Esse tipo de deciso colegiada acontece, geralmente, na 2 instncia ou no caso de pessoas com foro privilegiado. O texto prev a possibilidade de recurso a rgo colegiado superior para garantir a candidatura. Caso seja dada a permisso para a candidatura, o processo ganha prioridade na tramitao.

                                                  Programao do ciclo de debates

    1/6/10

    * 9 horas: conferncia do desembargador do TJMG Jos Tarczio de Almeida Melo conferncia do desembargador do TJMG Jos Tarczio de Almeida Melo

    * 9h30: painel "Inovaes da Legislao Eleitoral", com debates a partir das 11 horas, coordenados pelo presidente da Comisso de Constituio e Justia da ALMG, deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), e pelo juiz Jos do Carmo Veiga de Oliveira, do TRE-MG painel "Inovaes da Legislao Eleitoral", com debates a partir das 11 horas, coordenados pelo presidente da Comisso de Constituio e Justia da ALMG, deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), e pelo juiz Jos do Carmo Veiga de Oliveira, do TRE-MG

    - "Minirreforma eleitoral" - expositor: procurador regional eleitoral Jos Jairo Gomes; debatedora: advogada especialista em Direito Eleitoral Edilene Lobo

    - "Propaganda eleitoral" - expositor: presidente do Iprade, Guilherme de Salles Gonalves; debatedora: Ana Mrcia dos Santos Mello, do IAMG

    - "O direito de resposta na perspectiva dos direitos fundamentais" - expositora: presidente do Instituto de Direito Eleitoral do Distrito Federal (IDEDF), Maria Cludia Bucchianeri Pinheiro; debatedor: presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais, Alosio Morais Martins

    * 14 horas: conferncia do ministro Seplveda Pertence, que presidiu o STF entre 1995/97 conferncia do ministro Seplveda Pertence, que presidiu o STF entre 1995/97

    * 14h30: painel "Ilcitos Eleitorais" painel "Ilcitos Eleitorais"

    - "Condutas vedadas" - expositor: presidente da Comisso para Assuntos Legislativos da OAB-MG, Lus Carlos Gambogi; debatedor: presidente da Amagis, juiz Bruno Terra Dias

    - "Captao ilcita de sufrgio" - expositor: promotor Edson Resende, do Ministrio Pblico Eleitoral de Minas Gerais; debatedor: diretor do IAMG, Antnio Ribeiro Romanelli

    - "O problema da autoria e a necessidade de conduta para a imputao criminal" - expositor: desembargador Jos Nepomuceno da Silva, do TJMG; debatedor: professor de Direito Processual Penal da UFMG Felipe Martins Pinto

    * 16 horas: Projeto de Lei Ficha Limpa - expositores: Marcelo Lavenre, do MCCE, e Odilon Pereira de Souza, do IAMG. A partir das 16h40, debates coordenados pelo vice-lder do Governo e integrante da Comisso de Administrao Pblica da ALMG, deputado Neider Moreira (PPS), e pelo vice-presidente do IAMG, Luiz Ricardo Gomes Aranha. Encerramento s 18 horas. Projeto de Lei Ficha Limpa - expositores: Marcelo Lavenre, do MCCE, e Odilon Pereira de Souza, do IAMG. A partir das 16h40, debates coordenados pelo vice-lder do Governo e integrante da Comisso de Administrao Pblica da ALMG, deputado Neider Moreira (PPS), e pelo vice-presidente do IAMG, Luiz Ricardo Gomes Aranha. Encerramento s 18 horas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 1, 2010

    Economia mineira.

    LEIA NA EDIO DE HOJE NO DIRIO DO COMRCIO



    Indstria: tendncia de avano na demanda


    Segmento passa por acomodao. Rio - O ndice de Confiana da Indstria (ICI), indicador-sntese da Sondagem Conjuntural da Indstria de Transformao, subiu 0,7% em maio ante abril, segundo informou ontem a Fundao Getlio Vargas (FGV). A taxa bem diferente da apurada no ms passado, quando o ndice caiu 1,0% em relao a maro.O ICI um indicador cujo clculo baseado em cinco tpicos da Sondagem da Indstria. A partir das respostas dos tpicos, a FGV elabora o resultado do ndice dentro ...





    Vendas em Minas continuam aquecidas


    As vendas do varejo supermercadista instalado no Estado avanaram 6,76% em abril, ante igual ms anterior. No ano, o setor registra expanso de 8,03%.





    Supervit do Estado passa de R$ 2 bi


    O Estado contabilizou supervit fiscal de R$ 2,087 bilhes no primeiro quadrimestre. At abril, as receitas correntes somaram R$ 14,121 bilhes, 4,9% acima do mesmo perodo anterior.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail