Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16267)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019



    _______________________________________________________________
    .

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 30, 2012

    Tnel do tempo

    H um ano o Brasil
    perdia o ex-presidente Itamar Franco

    O presidente do Conselho de Administrao do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Paulo Paiva, comentou nesta sexta-feira (29) a importncia do ex-presidente da Repblica, Itamar Franco, na trajetria poltica e econmica do Brasil, ao lembrar que na prxima segunda-feira, 2 de julho, completa um ano do falecimento do senador.

    Segundo Paiva, s um homem como Itamar Franco poderia conduzir o Pas dentro da tica e da democracia aps a crise do Governo Collor e ainda deixar como legado o Plano Real, que deu incio ao momento econmico atual. Ressaltou, ainda, o importante papel que o ex-presidente teve frente do Conselho de Administrao do BDMG durante trs anos (de 2007 a 2009), ajudando-o a traar o caminho que o Banco deveria trilhar no perodo em que tambm foi presidente da diretoria executiva. Liderana a gente constri com ensinamento, exemplo e na forma delicada de conduzir uma equipe. Para mim, foi uma honra haver trabalhado com Itamar esses anos, destacou.

    Paulo Paiva lembrou que o apoio de Itamar Franco ao BDMG comeou bem antes de estar frente do Conselho de Administrao. Foi ele quem, como presidente da Repblica, ajudou a viabilizar crditos do antigo Instituto do Acar e do lcool (IAA) para o Banco, que era credor de empresas aucareiras. Mais recentemente, como governador, encaminhou mensagem Assembleia Legislativa capitalizando o Banco com o fundo Somma.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 29, 2012

    Dia 14 de julho em BH. Anote a!!!

    32 Feira do Vinil celebra os 40 de carreira
    do pernambucano Alceu Valena

    Logo no primeiro dia do ms de julho
    anuncia-se o aniversrio de Alceu Valena,
    o homenageado pela Feira do Vinil e CDs Independentes,
    que acontece no sbado, 14, na Galeria Inconfidentes.

    Na 32 edio do evento, os 40 anos de carreira do pernambucano so celebrados para compor a trilha musical dos amantes de vinis, que buscam comprar, vender e trocar disputadas "bolachas sonoras". Realizada pela Discoteca Pblica, a feira tem entrada franca e o horrio de funcionamento das 10h s 17h.

    Alm dos expositores regulares da feira, o pblico poder conferir o material de dois novos integrantes vindos de So Paulo. Um deles s trabalha com material importado de rock da dcada de 70, o outro com jazz, blues, rock 70 e MPB. "Alm de contriburem para a diversidade de gneros disponveis para quem busca por novidades, a vinda desses expositores paulistas reafirma que o movimento em busca pelo vinil em Beag s cresce, que nosso trabalho e persistncia no tem sido em vo, pois a nossa feira virou uma referncia", comemora Edu Pampani, idealizador e organizador do encontro.

    Entre os produtos que estaro venda, h raridades e discos de edies limitadas, bem como lanamentos, como a caixa do Los Hermanos, Maria Rita, Criolo, Tulipa, Karina Buhr, Lenine, Ana Carolina, Lucas Santtana, entre outros. Quem comparecer ao local poder encontrar vinis a preos variados, com boas opes na faixa de R$ 10. Alm disso, muitos CDs de artistas independentes podero ser adquiridos pelo mesmo preo.
    A cada edio, o evento rene um nmero maior de colecionadores e admiradores do vinil, alm de promover a circulao de informaes que fazem reviver os bons tempos dos bolaches.

    Dando continuidade proposta adotada em 2012, a identidade visual da Feira do Vinil e CDs Independentes segue inspirada no trabalho do designer Cesar Villela, revisitada pelo designer e DJ, Yuga. O carioca mudou a cara das capas de disco entre os anos 1950 e 1960, unindo seu minimalismo bossa nova e pulsante gerao da MPB daqueles anos, atravs de criaes para a gravadora Odeon e o selo independente Elenco, comandado por Aloysio de Oliveira, que muito investiu para dar visibilidades aos novos talentos surgidos na msica brasileira nos anos 60. Neste ano, a Feira do Vinil e CDs integrou as aes do Programa Conexo Vivo, com o patrocnio da operadora Vivo e Grupo Telefnica.

    A Discoteca Pblica Funcionando em novo endereo no bairro Floresta desde o ano passado, a Discoteca Pblica est localizada na Rua Itana, n 192, com funcionamento de segunda sexta-feira, das 10 s 19 horas, com entrada franca. O lugar preserva 60 anos de histria da msica popular brasileira gravada nos discos de vinil. A partir do acervo do colecionador Edu Pampani, a Discoteca oferece melhores condies para preservar os mais de 13 mil discos, entre LPs de 10 e 12 polegadas e compactos de 7 polegadas, lanados a partir da segunda metade do sculo XX por inmeros selos e gravadoras.

    Atualmente, todo o acervo est em processo de catalogao na pgina da entidade www.discotecapublica.com.br e mais de 2.000 discos j esto disponveis para consulta, com capas e fichas tcnicas com diversas informaes no site.

    Alm da Feira do Vinil e CDs Independentes, a Discoteca responsvel tambm pelo projeto A Msica Que Vem de Minas, que consiste em levar a produo musical independente de Minas Gerais a diversos lugares com a comercializao e distribuio de discos dos artistas em festivais, feiras e demais eventos por todo o Brasil.

    Servio:
    32 Feira do Vinil e CDs Independentes homenagem a Alceu Valena
    Data: 14 de julho (sbado) de 2012, das 10 s 17 horas
    Local: Galeria Inconfidentes (Rua Pernambuco, 1.000, Savassi)
    Entrada franca Classificao: Livre Informaes: (31) 2514-5710 e
    www.discotecapublica.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 29, 2012

    Lamento a morte do publicitrio EDGAR MELO - um cone da publicidade mineira. Eu gostava dele. De seu jeito afvel, que nos deixava vontade. Conversa rica, calma, inteligente. Foi um grande ser humano.




    Edgar Melo, 81 anos, nasceu em Piraba. Em BH fundou junto com Hlio Faria a ASA Publicidade. Era tambm um mestre da cozinha mineira. Ele morreu ontem BH de parada cardaca. O velrio vai at 15:00 no Funeral House que fica na Para Tiradentes. O corpo ser cremado no Crematrio do Cemitrio Parque Renascer em Contagem. 


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 29, 2012

    Indstria da Construo em Minas tem ndices positivos

    Sondagem Indstria da Construo de Minas Gerais
    mostra crescimento da atividade e do emprego

    Pela primeira vez, o ndice da construo do Estado
    desagregado dos dados nacionais e possibilita um retrato melhor do setor
    para os empresrios mineiros

    A partir de hoje, os dados da Sondagem Indstria da Construo de Minas Gerais passam a ser divulgados mensalmente e podero ser utilizados pelos empresrios como um termmetro do setor no Estado. Em nvel nacional, o ndice j divulgado pela Confederao Nacional da Indstria (CNI). Em Minas, a entidade firmou parceria com o Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) e a Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

    A primeira divulgao acontece hoje, s 16 horas, no Expominas, durante o 84 Encontro Nacional da Indstria da Construo (ENIC), promovido pela Cmara Brasileira da Indstria da Construo (CBIC), em parceria com o Sinduscon-MG e o Sindicato da Indstria da Construo Pesada no Estado de Minas Gerais (Sicepot-MG).

    A pesquisa um questionrio respondido pelos empresrios do setor nas duas primeiras semanas de cada ms e busca identificar tendncias no mercado. O ndice de base 50. Acima desse valor, a sinalizao de que a atividade est crescendo e abaixo aponta uma retrao da indstria.

    Nos dados de Minas a Sondagem da Indstria da Construo em Minas Gerais apontou que a atividade subiu 0,8 pontos entre abril e maio, saindo de 49,6 pontos para 50,4. O melhor desempenho impulsionou a demanda por mo de obra. No mesmo perodo, o emprego no setor aumentou de 47,6 para 51,7 pontos.

    Na comparao com o nvel usual da atividade para o perodo, o ndice de maio ficou em 49,3 pontos em maio frente aos 46,8 levantados em abril. Apesar do ndice ainda estar negativo, a melhora no indicador no ltimo ms demonstra uma recuperao da indstria mesmo diante do cenrio econmico afetado pela crise internacional.
    As boas perspectivas so confirmadas pelo otimismo demonstrado pelos empresrios do setor. Na pesquisa todos os indicadores ficaram acima de 50 pontos.

    No quesito relacionado s compras de matrias-prima, houve relativa estabilidade entre maio e junho deste ano, passando de 58,5 a 58,4 pontos. Quanto ao nvel de atividade, o ndice subiu de 60,6 para 61,6 pontos no mesmo perodo. Mas as expectativas crescem mais quando o assunto novos empreendimentos, de 58,5 para 60,7 pontos, e contrataes, 61 pontos apurados em junho contra 58 no ms anterior.

    De uma forma geral, os empresrios esto otimistas e como consequncia ele tem expectativa de mais contratao de trabalhadores e de mais compra de materiais, ressalta a assessora econmica do Sinduscon-MG, Ieda Vasconcelos.

    Alm da sondagem, tambm foi levantado o ndice de Confiana do Empresrio da Indstria da Construo de Minas Gerais (ICEICON-MG). Em junho ele ficou em 58,3 pontos, enquanto em maio ele havia alcanado os 60,1 pontos. No mesmo ms de 2011 o ndice estava em 64,5 pontos.

    Para Ieda Vasconcelos, essa queda no significa que os empresrios esto pessimistas. Eles mantm o otimismo, mas com um pouco mais de cautela. Em abril, maio e junho, ns tivemos um agravamento do cenrio internacional. E o empresrio fica um pouco mais preocupado com os possveis reflexos na economia nacional. Mas isso natural, ressalta.

    Para os prximos seis meses, os empresrios esperam uma melhora de nas condies de negcios, a partir da prpria empresa, com 61,6 pontos, e no mercado estadual, 55 pontos, e nacional, com 54,8 pontos no indicador.
    Em Minas, foram ouvidas 41 empresas de porte pequeno, mdio e grande.

    Elas fazem parte dos segmentos de construo civil, construo pesada e prestadoras de servio. Para o gerente executivo de Pesquisa e Competitividade da Confederao Nacional da Indstria (CNI), Renato Fonseca, a sondagem fornece um panorama do setor. Podemos dizer como est a sade da indstria, se a atividade cresceu ou caiu. Se est acima ou abaixo do nvel usual para determinado ms, afirma

    Para o presidente da Cmara da Indstria da Construo da Fiemg, Teodomiro Diniz Camargos, o cronograma de obras de infraestrutura para a Copa do Mundo e Olimpadas, o Programa Minha Casa Minha Vida e a expanso do crdito trazem boas perspectivas. Ele complementa que este indicador estadual vai facilitar as tomadas de deciso. Ter os dados nosso em separado nos da um a viso mais clara do setor e nos ajuda a planejar melhor os negcios, afirma.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 28, 2012

    NOVOS INVESTIMENTOS privados em Minas.

    Investimentos sero nos ramos de alimentos,
    medicina veterinria e de peas eletrnicas
    para indstria automobilstica.

    A secretria de Desenvolvimento Econmico, Dorothea Werneck, assinou, nesta quarta-feira (27), protocolo de intenes entre o Governo de Minas e a Inova Biotecnologia Sade Animal Ltda., para a ampliao da sua unidade industrial em Juatuba, regio Central do Estado. O protocolo no valor de R$ 60,68 milhes prev investimentos totais de R$ 111 milhes, que possibilitaro a produo de 120 milhes de doses de vacina contra a febre aftosa at 2013 e a gerao de 60 empregos diretos e indiretos.

    Criada pela unio da Eurofarma Pearson Sade Animal e a Hertape Calier Sade Animal, a Inova produz vacina contra febre aftosa para pecuria brasileira e latino-americana. Tem como objetivo imunizar principalmente bovinos, zebunos e bubolinos. Apesar de constituda em 2006, entrou em efetiva operao somente em 2010, iniciando a comercializao de vacinas a partir do segundo semestre e consolidando sua participao de mercado a partir de 2011.

    O diretor presidente da Inova, Hugo Gerardo Zanocchi Garcia, lembrou que a inovao e a tecnologia so o foco da empresa. Por isso, estamos trabalhando na criao de um centro de biotecnologia, inclusive estamos investindo na qualificao dos nossos profissionais. A vacina animal apenas a primeira etapa da nossa produo, queremos fabricar tambm biofrmacos, acrescentou.

    A secretria de Desenvolvimento Econmico informou que alm do apoio ao investimento, a estrutura do Governo de Minas est preparada para incentivar a implantao de novas tecnologias. Atravs da Secretaria de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), o Estado oferece no s apoio tecnolgico, mas tambm a orientao necessria para o empreendimento. A rea de biotecnologia muito importante para Minas Gerais neste momento, pois o nosso grande desafio consolidar a chamada nova economia e deixar de ser um Estado lembrado apenas pelo minrio e outras commodities, destacou.

    Dorothea Werneck salientou ainda que cada novo protocolo de inteno assinado com o Governo de Minas muito importante, principalmente, neste momento difcil que a economia mundial est vivendo. Destacou tambm que apenas nos cinco primeiros meses deste ano foram assinados 71 protocolos de intenes nos mais diversos setores, totalizando investimentos de R$ 5,7 bilhes e a gerao de mais de 31 mil empregos diretos e indiretos.

    Tecman

    Tambm assinou protocolo de intenes, a Tecman Comrcio e Indstria Mecatrnica Ltda. que est investindo R$ 7 milhes para expanso de sua unidade industrial em Pouso Alegre, no Sul de Minas. A empresa produz peas e componentes de eletrnica embarcada para o fornecimento indstria automobilstica nacional.

    Com a gerao de 180 novos empregos diretos e 55 indiretos, a Tecman est em busca de novos mercados. Sabemos que com a entrada dos carros chineses no mercado brasileiro e a necessidade de nacionalizar 75% dos veculos no Brasil, novas portas esto se abrindo para a indstria automobilstica brasileira, explicou o diretor comercial da Tecman, Murilo Noronha.

    Com a expanso, a capacidade de produo atingir as 60 mil unidades por ano de bombas de injeo eletrnica e de tacgrafos para monitorar a velocidade de nibus e caminhes. O projeto, que tem trmino previsto para 2014, ir criar 180 empregos diretos e 55 empregos indiretos.

    Pif Paf

    Com investimento de R$ 10 milhes e com a gerao de 351 novos postos de trabalhos diretos, a Pif Paf Alimentos (Rio Branco Alimentos S.A), tambm assinou protocolo de inteno com o Governo de Minas. Seu objetivo a expanso da unidade industrial, localizada em Leopoldina, Zona da Mata, para produo e comercializao de pizza, lasanha e batata pr-frita congelada.

    O projeto tem previso de ser concludo em dezembro de 2015, quando dever aumentar em 50% sua produo, atingindo a capacidade de dois mil quilos por hora de fabricao de pizza e lasanha, 1.500 quilos de po de queijo.

    O presidente da Pif Paf, Avelino Costa, ressaltou o apoio do Instituto de Desenvolvimento Integrado (INDI) e agradeceu a parceria no so todos os estados que oferecem esta parceria. Alm de aumentar em 50% a produo de pizza, nosso objetivo atingir as 500 toneladas/ms de batata e distribuir salmo e bacalhau e gerar um total de mil empregos em Leopoldina, destacou.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 28, 2012

    Novidade no mercado mineiro

    Cartrio Mais inaugura franquia em Belo Horizonte

    Em ritmo de expanso, a Rede Cartrio Mais chega agora a Belo Horizonte (MG), inaugurando, no dia 30 de junho (sbado), uma franquia na capital mineira. A unidade abre suas portas s 20 horas, com um evento de lanamento voltado para convidados, autoridades e imprensa. Considerada uma das franqueadoras que mais crescem no Brasil, a Rede Cartrio Mais conta atualmente com mais de 100 unidades, espalhadas de norte a sul do Pas.

    Quem est frente do empreendimento em Belo Horizonte localizado na Avenida rico Verssimo no 1.550, Santa Mnica o empresrio Jorge Rene Fernandes Del Rio. Ele comandar a franquia de uma das maiores e mais respeitveis redes cartorrias do Brasil. O Cartrio Mais a forma mais moderna, segura e rpida para se obter documentos originais, de qualquer localidade do Brasil, com solicitao presencial (em suas franquias) ou via on line.

    Interatividade e eficincia
    Para solucionar as demandas dos clientes com eficincia, a Rede Cartrio Mais conta com uma moderna central de atendimento, capacitada a realizar buscas de mais de 220 tipos de certides. Entre elas, esto as de registro civil e de imveis, da Junta Comercial, do INSS, Secretarias da Fazenda, Incra e Polcia Federal, alm de consultorias e assessorias para crdito imobilirio, concursos pblicos e outros documentos essenciais.
    Por meio da interatividade e comunicao desenvolvidas pela Rede Cartrio Mais possvel obter, por exemplo, certides de nascimento em todo Brasil. A relao de servios oferecidos no portflio abrangente e est em constante ampliao.

    A Rede Cartrio Mais tambm est habilitada a realizar protestos, notificaes extrajudiciais, reabilitao de crdito, consultorias para a legalizao e reconhecimento de nacionalidade em toda a Europa e regularizao de estrangeiros e de brasileiros que vivem no exterior.

    A empresa tambm disponibiliza aos seus clientes o Gerenciamento Eletrnico de Documentos (GED). Essa tecnologia prov um meio de facilmente gerar, controlar, armazenar, compartilhar e recuperar informaes existentes em documentos. Com o Sistema GED, os usurios podem acessar documentos digitalizados de forma gil e segura, tanto via web quanto por meio de uma intranet corporativa.

    Consorciado com a rede bancria, outro destaque do atendimento do Cartrio Mais a Pasta Mais, que abrange providncias para expedio de todos os documentos necessrios para quem busca financiamento ou crdito imobilirio.

    A Rede Cartrio Mais oferece, ainda, pacotes especiais de atendimento personalizado a profissionais como advogados, empresas e instituies pblicas, sempre com economia e agilidade, para que o cliente no perca tempo e dinheiro em filas de espera ou viagens.

    Fonte: Duo Comunicao
    que enviou o release ao nosso blog.
    Rua 03, n 800, Ed. Office Tower, sala 604,
    Setor Oeste Goinia, Gois - CEP 74.115-050,
    Telefone 62 3086-3474 comunica.duo@gmail.com


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 28, 2012

    Em busca de novos carteiros...

    Correios vai contratar 9.904 novos empregados

    Os Correios vo ampliar seu quadro de pessoal em 9.904 novas vagas. A ampliao foi autorizada pelo Ministrio do Planejamento nesta quarta-feira (27). A empresa poder contratar os aprovados do atual concurso que esto em cadastro reserva, para os cargos e localidades em que haja necessidade. Para atender outras localidades e cargos que no tenham cadastro disponvel, os Correios realizaro novo concurso no segundo semestre.

    A maioria das vagas aprovadas destina-se para a rea operacional da empresa (carteiros e operadores de triagem e transbordo). Os Correios contam atualmente com 115 mil empregados, sendo 57 mil carteiros.

    A autorizao prev que o preenchimento das vagas se d de forma escalonada, sendo 3.302 vagas para contratao imediata (a partir de 1 de julho), 3.301 a partir de 1 de janeiro de 2013 e 3.301 a partir de 1 de abril de 2013.

    No ano passado, os Correios realizaram concurso para todas as reas da empresa. At o momento, j contrataram 10.381 novos empregados aprovados nessa seleo, que teve sua vigncia prorrogada por mais um ano.

    Departamento de Relacionamento Institucional
    imprensa@correios.com.br
    www.correios.com.br / www.blogdoscorreios.com.br
    (61) 3426-2014 / 3426-1325 / 3426-2018 / 3426-2008 / 3426-1866 / fax (61) 3426-2980

    (61) 9159-1510/ (61) 9128-7378


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 28, 2012

    Polmica sobre a revalidao de diplomas no exterior.

    Deputado Pompilio Canavez (PT),
    recebe homenagem durante audincia pblica
    sobre revalidao de diplomas no exterior .

    Autor do projeto de lei 1.537/2012 em tramitao na ALMG , projeto que visa adequar a legislao estadual s normas exaradas pelos acordos no campo educacional celebrados pelos pases membros do Mercosul, o deputado Pompilio Canavez foi homenageado durante a audincia pblica sobre revalidao de diplomas que aconteceu na noite de ontem, no Teatro da Assembleia.

    O deputado Pomplio Canavez lembrou o sacrifcio de muitas pessoas que fazem investimentos pessoais para conclurem seus cursos no exterior e que sofrem com a falta de reconhecimento de seus diplomas pelo Estado. Ele ainda apontou que esse reconhecimento seria importante no apenas para atestar o esforo desses estudantes, mas seria tambm uma oportunidade para que fosse aproveitado o potencial dessas pessoas para o ensino e o desenvolvimento do Estado.Atualmente, muitos brasileiros obtm sua titulao , tornando-se mestres e doutores em instituies qualificadas de pases membros do Mercosul.

    Entretanto, estes ttulos muitas vezes no so reconhecidos no Brasil ou encontram enorme dificuldade para serem revalidados. , portanto, o objetivo deste nosso projeto possibilitar aos acadmicos com ps-graduao em universidades de pases membros do Mercosul, terem seus ttulos reconhecidos no Territrio do Estado de Minas Gerais, sem necessidade de revalid-los declara Pompilio .

    Universidades e Estado devem reconhecer diploma estrangeiro

    O reconhecimento pelo Estado e a aplicao, por parte das universidades, de tratados de reciprocidade acadmica assinados pelo Brasil com outros pases que legitimam diplomas expedidos por instituies de ensino do exterior foi o principal ponto defendido pelos participantes da audincia pblica realizada pela Comisso de Educao, Cincia e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na noite desta tera-feira (26/6/12).

    De acordo com o desembargador do Tribunal de Justia de Minas Gerais e coordenador acadmico do Instituto Universitrio Brasileiro, Elpdio Donizetti Nunes, o acordo de Admisso de Ttulos e Graus Universitrios, assinado pelos pases integrantes do Mercosul em 1991, e posteriormente ratificado pelo Decreto Legislativo 800, de 2003, e pelo Decreto Presidencial 5518, de 2005, determinou que os diplomas de universidades do Mercosul, para ttulo de magistrio e pesquisa, sero aceitos independentemente de revalidao no Brasil. A partir disso, esse tratado passa a ter status de lei ordinria, explicou o desembargador.

    Nunes ainda lembrou da Lei de Diretrizes e Bases da Educao Nacional (LDB 9.394, de 1996),que em seu artigo 48 estabelece que qualquer diploma estrangeiro de mestre ou doutor deve ser revalidado para ter reconhecimento no Brasil. No entanto, segundo o desembargador, esta seria uma lei geral, que deve reger todos os casos, exceto aqueles que esto amparados por tratados que possuem fora de lei. A lei especial tem prevalncia sobre a lei geral, explicou. Dessa forma, de acordo com Nunes, a LDB teria validade sim, excluindo-se os casos de diplomas concedidos por instituies de ensino do Mercosul.

    Universidades estariam resistentes ao cumprimento da lei

    O desembargador ainda apontou que mesmo existindo o amparo legal, cerca de 22 mil alunos em todo o Pas, que possuem ttulos estrangeiros, aguardam pela revalidao de seus diplomas, e, na grande maioria dos casos, isso acontece porque as universidades se recusam a aplicar a lei. Devido a esse impasse existente, Nunes defendeu a aprovao de uma lei estadual que garanta a aceitao desses ttulos, tomando como exemplo o Projeto de Lei (PL) 1.537/11, do deputado Pomplio Canavez (PT), em tramitao na Assembleia, que trata das exigncias para a revalidao de ttulos obtidos por instituies de ensino do Mercosul.

    Para o representante da Associao Nacional dos Ps-Graduados em Instituies Estrangeiras de Ensino Superior, Vicente Celestino de Frana, os estudantes que passam pela dificuldade de ter seus ttulos estrangeiros revalidados e reconhecidos esto enfrentando o que ele chamou de um "bloqueio nacional". Segundo ele, as universidades tomaram uma deciso velada de suspender todos os processos de revalidao desde 2010, utilizando um discurso de que todos os ttulos que vm de fora do Pas no seriam suficientemente bons. Em Minas Gerais so mais de trs mil pessoas que esto com seu diploma na gaveta, porque no podem exercer sua profisso, comentou.

    Diferena Frana tambm fez uma comparao da situao encontrada no Brasil com outros pases, como Argentina ou Portugal. Segundo ele, esses pases apresentariam uma mdia de trinta dias para revalidar um diploma estrangeiro, ao contrrio do Brasil que tem levado anos. O representante da associao ainda reforou o posicionamento defendido pelo desembargador Elpdio Donizetti Nunes, na medida em que lembrou que o tratado assinado pelo Brasil com os pases do Mercosul j d o direito a esses estudantes de exercer sua profisso e de receber por essa diplomao de forma legtima. No entanto, ele tambm defendeu que esse tratado seja referendado pelo Estado, por meio de uma lei estadual.

    Frana tambm valorizou o papel desses estudantes, ao afirmar que, com a sua qualificao profissional, essas pessoas podem trazer contribuies para o desenvolvimento do Pas.

    Nmeros O representante daAssociao Brasileira de Ps-Graduados do Mercosul (ABPOS-Mercosul), Carlos Estephanio, apontou dados que mostram que no Brasil existem 13 milhes de pessoas com cursos de graduao concludos, mas, desse total, apenas 784 mil possuem uma ps-graduao. Alm disso, considerando-se uma mdia de mil habitantes, apenas 1,6 so doutores, o que Estephanio considerou um nmero pouco significativo. Na avaliao de Estephanio, os programas de mestrado continuam dificultando a conciliao do estudo e da atividade profissional.

    Execuo A diretora central de proviso da Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto, Lumena Santos Chaves, disse que o reconhecimento de ttulos estrangeiros, no que concerne ao trabalho da secretaria, traria apenas impactos nos sistemas de proviso e carreiras dos servidores. Ela disse que, caso exista esse reconhecimento do Estado aos diplomas estrangeiros, isso representaria , por exemplo, apenas um aumento do nmero de candidatos no momento de ingresso no servio pblico, por meio de concurso, no acarretando nenhum impacto financeiro para a Seplag, que um rgo de execuo. Ela tambm afirmou que todos os posicionamentos levantados sobre o tema durante a audincia sero levados secretaria.

    Ao final da reunio, os deputados receberam do representante da Associao Nacional de Ps-Graduados em Instituies Estangeiras de Ensino Superior, Vicente Celestino de Frana, um diploma comprobatrio de entrega da Medalha de Mrito Educacional Educador Paulo Freire.

    Fonte: Assessoria de Comunicao de deputado Pompillo Canavez


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 28, 2012

    Cachaa

    Concurso Mundial de Bruxelas

    Diretor da AMPAQ,
    Luiz Flamarion faz palestra
    sobre Cachaa em Workshop

    A Associao dos Produtores de Cachaa de Qualidade Ampaq esteve representada pelo seu diretor tcnico Luiz Flamarion Bernardes Ferreira na 19. edio do Concurso Mundial de Bruxelas, hoje itinerante, teve como palco para sua realizao este ano a cidade de Guimares em Portugal.

    Considerado o maior concurso de vinhos e destilados do mundo, ocorreu no perodo de trs a seis de maio, com a presena de 400 jurados representando mais de 30 pases que degustaram e classificaram cerca de 8.400 amostras de vinhos e 900 amostras de destilados.

    A novidade foi a presena do destilado da bebida nacional que, pela primeira vez, fez parte, atravs do Workshop exclusivo da Cachaa brasileira no Concurso Mundial de Bruxelas. Com o slogan Cachaa brasileira uma nova opo, o evento paralelo ao Concurso teve como objetivo apresentar a nova fase da produo da cachaa brasileira; considerado hoje, pela critica internacional, com maior qualidade e confiabilidade de entrega.

    O Workshop aconteceu no dia seis de maio, no perodo da manh com a presena de 38 jurados especializados em destilados, representando 14 pases. Os pases presentes foram Taiwan, China, Portugal, Espanha, Inglaterra, Frana, Alemanha, Repblica Tcheca, Blgica, Sua, Sucia, Eslovena e Itlia. Os jurados eram jornalistas especializados que, alm da funo de julgamento, tambm editar matrias nos seus veculos de comunicao amplificando os resultados do concurso sobre a cachaa brasileira. Durante o Workshop os jurados puderam observar alm do produto cachaa, suas garrafas e rtulos.

    O evento foi marcado por degustao da bebida nacional brasileira alm de uma rica palestra ministrada pelo diretor tcnico da AMPAQ, Luiz Flamarion, tambm produtor da cachaa de alambique urea Custdio.
    Formado em veterinria, Luiz Flamarion h 12 anos vem se especializando na produo de cachaa de alambique e para tanto vem desenvolvendo trabalho, como colaborador, junto as atividades desenvolvidas pelo professor do departamento de microorganismo da Universidade Federal de Minas Gerais, Carlos Rosa, na seleo de leveduras e outras pesquisas na busca de alargar o conhecimento com vista para novas tecnologias cientificas que melhore, cada vez mais, a qualidade do destilado.

    No parecer da coordenadora do evento no Brasil, Zoraida Lobato, Flamarion ministrou a palestra com mestria. Trouxe para os participantes informaes relevantes e ricas sobre as novas tecnologias utilizadas hoje pelos produtores brasileiros; falou da histria da cachaa, a importncia do produto como marca para o pas e, alm disso, nmeros de produo e exportao, diz Zoraide.

    Em uma hora de apresentao o diretor tcnico da AMPAQ disse do empenho das vrias frentes de trabalho na busca do aprimoramento da qualidade da cachaa com vista em transform-la num produto de orgulho nacional. Ao final da apresentao de Flamarion, os jornalistas fizeram vrias perguntas e se mostraram satisfeitos com a apresentao e as informaes passadas pelo palestrante.

    Concurso As degustaes do Concurso, para destilados, assim como para o vinho, foram realizadas as cegas divididas por serie e categorias. Pelo regulamento proibido informar quais os produtos inscritos no Concurso. Somente as cachaas que ganham medalhas so divulgadas. As vencedoras nesta edio, foram as cachaas Pendo Prata, de Minas Gerais e associada da AMPAQ e a Casa do Engenho Premium, de So Paulo.

    Fonte : AMPAQ Tel: (31) 3421-4040


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2012

    Um retrato diferente em tempos da famosa "desindustrializao"

    Abertura de empresas


    no Centro-Oeste de Minas


    cresce 15% ao ano


    Balano do Minas Fcil mostra que a regio se destaca

    na formalizao de empreendimentos



    Christyam de Lima

    O comrcio varejista de artigos do vesturio e acessrios foi o segmento que mais abriu empresas no Centro Oeste

    O comrcio varejista de artigos do vesturio
    e acessrios foi o segmento que mais abriu empresas
    no Centro Oeste


    O Centro-Oeste de Minas uma das regies que mais se destaca na abertura de empresas, com um ndice de formalizao de empreendimentos que cresce de 10% a 15% ao ano. A informao do diretor de Gesto da Informao e Modernizao da Junta Comercial de Minas (Jucemg), Alex Barbosa, que atribui esse desempenho s facilidades proporcionadas pelo Minas Fcil, servio do Governo do Estado que visa agilizar e desburocratizar o processo de abertura de empresas, reduzindo a informalidade.
    "A simplificao dos processos garante aos empresrios a melhoria do ambiente de negcios, ganhando em eficincia e competitividade, importantes fatores para que o Estado continue crescendo e atraindo investimentos, principalmente gerando empregos de qualidade", ressaltou Alex Barbosa.
    O Minas Fcil comeou a ser implantado na regio h cinco anos. Nesse perodo foram formalizados quase 30 mil novos empreendimentos nas unidades do servio localizadas em sete cidades da regio: Arcos, Bom Despacho, Divinpolis, Formiga, Lagoa da Prata, Nova Serrana e Piumh. Na maioria dos municpios, o comrcio varejista de artigos do vesturio e acessrios foi o segmento que mais abriu empresas desde junho de 2008 at abril de 2012.

    Impacto na economia
    Divinpolis um exemplo de como o programa tem causado impacto na economia dos municpios. Um dos segmentos que ganhou com o Minas Fcil o de vesturios e acessrios que, segundo o Sindicato das Indstrias do setor, gera cerca de 18 mil empregos diretos e indiretos e  movimenta R$400 milhes por ano, na cidade.

    Os dados da Jucemg mostram que no municpio, s em maio deste ano, foram formalizadas 263 novas empresas. E, desde que foi inaugurada em junho de 2008, a unidade do Minas Fcil registrou a abertura de mais de 12 mil novos empreendimentos, a maioria no setor de confeces.

    A empresa de Felipe Lopes Cunha entrou nessa estatstica. A loja dele, que vende casacos de couro e calados femininos, abriu as portas em dezembro do ano passado e o comerciante conta que ficou impressionado com a agilidade  para a formalizao do negcio: "Todo mundo falava que os trmites iriam demorar trs meses, mas os papis correram bem rpido", afirma.

    O diretor de Gesto da Informao e Modernizao da Jucemg informa que o tempo mdio para a abertura de um empreendimento por meio do Minas Fcil de 8 a 9 dias, e que para assegurar que este prazo seja cumprido a Jucemg faz um monitoriamento mensal nas unidades em todo o Estado.
    Para o secretrio de Planejamento de Divinpolis, David Maia D`Oliveira, o Minas Fcil promove o desenvolvimento econmico do municpio na medida em que incentiva o empreendedorismo e a gerao de empregos por meio de um servio simplificado e gil.

    Alm disso, de acordo com o secretrio, o banco de dados gerado pelo Minas Fcil uma importante fonte de consulta para o poder pblico municipal de Divinpolis. "Nossa cidade uma terra de empreendedores e conta com uma economia extremamente diversificada. Acredito que a modernizao da gesto pblica o nico caminho para a melhoria da qualidade de vida das famlias mineiras", finaliza David D`Oliveira.

    Histrico
    Iniciado em 2004, o Minas Fcil gerenciado pela Jucemg que conta com 91 pontos de atendimento em todo Estado. O servio estabelece a interligao dos principais rgos pblicos envolvidos na abertura de empresas: Receita Federal do Brasil, Secretaria de Estado da Fazenda, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Vigilncia Sanitria, Corpo de Bombeiros Militar e prefeituras municipais. Isso evita a peregrinao do empreendedor por diversos locais para dar seguimento ao processo de formalizao do negcio.

    "Esta iniciativa reduziu comprovadamente o tempo de abertura de empresas e, por isso, o Minas Fcil foi destaque em relatrio do Banco Mundial, que revelou Minas Gerais como o Estado com o menor tempo mdio de constituio de empresas no Pas, com prazo de 9 dias", afirmou o diretor de Gesto da Informao e Modernizao da Jucemg.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2012

    Anote a!!!

    Concurso oferta 89 vagas na rea de Educao Superior em Minas


    Salrios para cargos na Fundao Helena Antipoff variam de R$ 928 a R$ 2.465; Inscries sero realizadas pela internet, entre 26 de julho e 28 de agosto


    A Fundao Helena Antipoff (FHA), a Secretaria de Estado de Planejamento e Gesto (Seplag) e o Instituto Brasileiro de Formao e Capacitao (IBFC) lanaram concurso pblico para tcnico universitrio nvel I (nvel mdio ou mdio tcnico), analista universitrio nvel I (nvel superior) e professor de educao superior nvel II (especializao) e nvel IV (mestrado).
    As inscries sero realizadas exclusivamente pela internet, por meio do endereo eletrnico www.ibfc.org.br, entre 26 de julho e 28 de agosto deste ano. Esto disponveis, no total, 89 vagas.

    O edital foi publicado nesta tera feira (26) no Dirio Oficial do Estado jornal "Minas Gerais" e est disponvel no site do Instituto (www.ibfc.org.br). Para os cargos de tcnico universitrio e de analista universitrio a carga horria ser de 40 horas semanais. Para os cargos de professor de educao superior, a carga horria de 20h ou 40h. Os salrios variam de R$ 928,66 a R$ 2.465,63.

    A data prevista para a realizao das provas o dia 30 de setembro deste ano, em Ibirit, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte. Ser aplicada prova objetiva com 60 questes para todos os cargos. Para os candidatos a professor de educao superior, haver ainda, no mesmo dia, aplicao de prova dissertativa.

    Aps as inscries, o candidato poder saber o local, a sala e o horrio de realizao da prova tambm pelo site do IBFC, at 20 de setembro de 2012. Mais informaes podem ser obtidas pelo link "Fale Conosco" do site www.ibfc.org.br ou pelo telefone (11) 4701-1658.
     




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2012

    Encontro dos titulares dos Juizados de Menores na capital







    TJMG realiza o 4 Enjesp PDF Imprimir E-mail

    O assessor para Assuntos Interinstitucionais, Eduardo Generoso, representou a Defensoria Pblica na abertura do 4 Encontro de Juzes dos Juizados Especiais de Minas Gerais (4 Enjesp). O evento promovido pelo Tribunal de Justia de Minas Gerais (TJMG) e tem por objetivo a atualizao de magistrados.  O encontro foi organizado pela Escola Judicial Desembargador Edsio Fernandes (Ejef) e pelo Conselho de Superviso e Gesto dos Juizados Especiais de Minas Gerais.


    A abertura foi realizada pelo presidente do TJMG, desembargador Cludio Costa. Alm do Defensor Pblico Eduardo Generoso, presentes, tambm, mesa de abertura: o superintendente da Ejef, desembargador Herculano Rodrigues; o presidente do Conselho de Superviso e Gesto dos Juizados Especiais de Minas Gerais, desembargador Fernandes Filho; o coordenador dos juizados especiais de Belo Horizonte, Vicente de Oliveira Silva; o corregedor-geral de Justia em exerccio, desembargador Audebert Delage; o presidente da Associao dos Magistrados Mineiros (Amagis), juiz Bruno Terra Dias; e o diretor do Foro da comarca de Belo Horizonte, Renato Csar Jardim.

     

    Aps a abertura oficial, a juza Flvia Birchal apresentou o palestrante da noite, psiquiatra Alosio Andrade, presidente do Conselho Estadual Antidrogas de Minas Gerais (Conead).

    Ele palestrou sobre o tema "Aspectos mdicos da dependncia qumica e suas abordagens teraputicas" de grande importncia para o trabalho desenvolvido nos juizados.

    Crdito da foto: Marcelo Albert
    enjesp
    Defensor Eduardo Generoso durante a abertura do 4 Enjesp

    Fonte: Ascom/DPMG (com informaes do TJMG) 27/06/2012


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 27, 2012

    Presidente Dilma participa em BH, nesta quarta-feira, no Palcio das Artes, da abertura do Encontro da Indstria da Construo

    Nos dias 27, 28 e 29 de junho ser realizado no Expominas, em Belo Horizonte, o 84 ENIC - Encontro Nacional da Indstria da Construo, o maior evento empresarial e poltico do setor do Pas, que este ano acontecer paralelamente ao Minascon e a Feira Construir Minas 2012.   Em sua 84 edio, o ENIC que uma promoo da Cmara Brasileira da Indstria da Construo (CBIC) - um evento itinerante que acontece nas principais capitais brasileiras. Pela terceira vez em Belo Horizonte, est sendo organizado pelo Sindicato da Indstria da Construo Pesada no Estado de Minas Gerais (Sicepot-MG) e pelo Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG).  

    O Encontro, que reunir cerca de 2.000 empresrios, profissionais, representantes de diferentes rgos do Poder Pblico e outros atores relevantes para o segmento de todo o Pas, tem como tema central "Sustentabilidade das cidades o desafio de pensar o futuro das cidades".

    Na ocasio, sero debatidos variados temas estratgicos como inovao, sustentabilidade, qualificao profissional, relaes de trabalho, sade e segurana do trabalho, qualidade, produtividade, parcerias pblico-privadas, responsabilidade social, obras pblicas, financiamento imobilirio e questes relacionadas s cidades, como mobilidade urbana, dentre outros.   Clique aqui para acessar a programao completa.  

    Presenas ilustres confirmaram presena, como a presidenta da Repblica, Dilma Rousseff, o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, o ministro do Trabalho e Emprego, Brizola Neto, a ministra do Planejamento, Oramento e Gesto, Mriam Belchior, o ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Guilherme Augusto Caputo Bastos, o ministro-substituto do Tribunal de Contas da Unio, Marcos Bemquerer

    O ex-presidente da Repblica e socilogo, Fernando Henrique Cardoso e muitos outros.   So tambm esperados outros grandes nomes das reas empresarial, tcnica, jurdica, ambiental e financeira, como a diretora do Departamento de Infraestrutura Social do Ministrio do Planejamento, Maria Fernanda Caldas, o vice-presidente de Governo e Habitao da CAIXA, Jos Urbano Duarte, o diretor de Emprstimos e Financiamentos do Banco do Brasil, Gueitito Matsuo Genso, o diretor executivo de Implantao de Projetos de Capital da Vale, Galib Abraho Chaim.

    O secretrio de Biodiversidade e Florestas do Ministrio do Meio Ambiente, Roberto Cavalcanti, o presidente da Associao Brasileira dos Membros do Ministrio Pblico do Meio Ambiente, Svio Bittencourt, o gerente Nacional de Meio Ambiente da CAIXA, Jean Rodrigues Benevides e os expert em construo sustentvel, Marcelo Takaoka, Vanderley John, Roberto Lamberts, Wilson Passeto, dentre outros.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 26, 2012

    Fora da disputa. Prefeito de Montes Claros TADEU LEITE no ser candidato reeleio

    Durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda-feira (25/06), ao lado de sua esposa, Stela Gleide Martins Leite, e de seu filho, o deputado estadual Tadeu Martins Leite, o prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, anunciou que no mais pr-candidato reeleio, por motivos de sade. a deciso mais importante de minha vida, afirmou o prefeito, logo aps uma breve explicao dada por sua esposa sobre a gravidade das cirurgias a que foi submetido.

    A primeira cirurgia, para a retirada de um divertculo no intestino, durou seis horas e foi bem sucedida. Porm, alguns dias depois, foi detectada uma necrose intestinal, o que obrigou a realizao de uma segunda cirurgia, de emergncia.

    Nesta, foi necessrio fazer a retirada de todo o intestino grosso, explicou a primeira-dama, que tambm mdica, durante a coletiva. Devido gravidade do problema, o prefeito agora precisa usar uma bolsa coletora de ileostomia. E, nos prximos meses, ter de se submeter a uma nova cirurgia, para tentar voltar a ter uma vida relativamente normal.

    Pesando 15 quilos a menos do que antes da cirurgia, o prefeito afirmou que devido sua sade, no tem condies de participar da disputa municipal deste ano.

    Razo pela qual eu entrego ao meu partido a deciso de quem ser escolhido como candidato a representar o grupo poltico de que fao parte. No o que eu queria, o motivo de eu ter me submetido a esta cirurgia foi exatamente para me preparar adequadamente para o processo eleitoral, mas as coisas tomaram outro rumo, e hoje no tenho estrutura fsica ou psicolgica para concorrer, ressaltou.

    DENNCIAS O prefeito Luiz Tadeu Leite aproveitou a coletiva para falar sobre a srie de denncias que tm sido vinculadas na imprensa sobre fraudes em processos licitatrios e superfaturamento de obras que teriam acontecido durante sua administrao.

    Eu tenho acompanhado as denncias pela imprensa, j que, at o momento, nenhuma intimao formal chegou at mim. Li que algumas ligaes telefnicas minhas foram grampeadas, mas nos trechos que foram divulgados no percebei nenhum ato ilcito. Espero que as gravaes sejam divulgadas por completo, para que o contexto possa ser corretamente examinado, declarou.

    Sobre a construo do Cemitrio Norte, Tadeu disse que j mandou anular o contrato firmado com a empreiteira suspeita. Aps tomar conhecimento das denncias de que o processo licitatrio para a construo do cemitrio teria sido burlado, resolvi suspender a obra.

    E j pedi ESURB que d continuidade construo do cemitrio, j que esta uma obra urgente para a populao, informou. J com relao outra denncia recentemente veiculada pela imprensa (a de que houve superfaturamento na construo de salas de informtica e multifuncionais no municpio), o prefeito garantiu que o caso ser investigado.

    Vou determinar a abertura de auditoria interna para apurao dos fatos, para que os responsveis sejam punidos na forma da lei, afirmou. Eu tenho a minha conscincia tranquila de que no agi de forma irregular, mas vou pedir que a Polcia Federal me mande as informaes colhidas durante as investigaes, e em cima disso sero abertos inquritos administrativos, para punir os que cometeram irregularidades, concluiu o prefeito.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 25, 2012

    H. PICCHIONI homenageia governador, nosso BLOG e jornalistas em almoo em BH. DETALHE que nos orgulha: a Corretora H. Picchioni e governador reconhecem o papel importante do nosso BLOG DE NOTCIAS - pioneiro em BH - criado por mim h 6 anos e que tem mais de 1 milho de pagerviews.



    Nosso BLOG fez 6 anos
    e recebeu reconhecimento do governador Antonio Anastasia
    e da Corretora H. Picchioni - h 45 anos no mercado
    e que tem frente Celso Picchioni e seus trs irmos:
    Hugo, Eduardo e Heitor.

    A homenagem foi no almoo - que teve clima descontrado -  na sede da H. Picchioni, quando tambm foi destacada atuao de outros jornalistas mineiros e de seus veiculos de Comunicao.

    Pela TV Band Minas, o diretor regional Jos Saad Dualibi
    Jornal da Cidade, Humberto Alves Pereira
    TV Record, Wagner Espanha
    Coluna Paulo Navarro, o prprio PN
    e o colunista da coluna PN no jornal O Tempo, Walter Navarro
    TV BHNews, Marclio Freitas
    Jornal O Tempo, Luiz Tito, presidente da Sempre Editora
    Dirio do Comrcio, Luiz Carlos Mota
    TV Band SP, Toninho Telles
    Rdio Itatiaia, Carlos Don.
    TV Band Minas, diretor de jornalismo, Teodomiro Braga

    O governador Antonio Anastasia foi quem entregou as placas aos jornalistas. E depois, ele recebeu sua placa de prata, homenagem da H. Picchioni, das mos do diretor da TV Band Minas, Jos Dualibi.

    A homenagem relembra que os Anastasia e os PICCHIONI vieram da mesma regio da Itlia - como destacou Celso Picchioni.
    So famlias amigas h muito tempo.

    Quem preparou o menu foi outro italiano, o chef de cusine Remo Peluso, do Restaurante Internacional Provncia de Salermo.

    Fica o registro das fotos que fizemos l. Confira.











                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 24, 2012

    Selo dos 80 anos do TRE de Minas

    Correios lana selo
    no evento de comemorao dos 80 anos
    do Tribunal Eleitoral em Minas Gerais

    Os Correios lanam nesta segunda-feira (25), s 17h, no Auditrio Des. Leal da Paixo 3 andar do Palcio Edmundo Lins (antiga sede do TRE-MG), na Av. Prudente de Morais, 320, Cidade Jardim, Belo Horizonte (MG) selo personalizado alusivo comemorao dos 80 anos de instalao da Justia Eleitoral e de criao do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais.

    O selo, criado por Alberto Rocha Torres, traz logomarca com os dizeres Justia Eleitoral 80 Anos 1932 2012.
    No evento, tambm haver homenagem a 8 personalidades ligadas Justia Eleitoral e outorga da Medalha do Mrito Desembargador Vaz de Mello, edies 2011 e 2012, a duas personalidades de destacado mrito no mbito do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 24, 2012

    Parceria Musical em Alfenas - sul de Minas

    Parceria pode ampliar o ensino de msica em Alfenas

    O estabelecimento de uma parceria entre a Prefeitura de Alfenas, por meio do Centro Municipal de Msica Professor Walda Tiso Veiga, e o Governo do Estado pode ser uma das alternativas para ampliar o ensino de msica nas escolas do municpio. A proposta foi apresentada, na quinta-feira (dia 21), pelo deputado Pompilio Canavez (PT), em audincia pblica da Comisso de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na cidade.

    A reunio teve por objetivo discutir a implementao da Lei Federal n 11.769, que torna obrigatrio o ensino da msica na educao bsica. A lei, que entrou em vigor em 2008, previa o prazo de trs anos para as escolas se adaptarem, mas a maior parte das instituies mineiras ainda no se adequou.

    Em Alfenas, 86% das escolas estaduais ainda no oferecem a atividade, conforme pesquisa apresentada pelo deputado Elismar Prado (PT), autor do requerimento para a realizao da audincia.

    O convnio entre Estado e Municpio seria voltado principalmente para resolver o problema da falta de capacitao de professores, apontada pelo parlamentar como o principal entrave para a implementao da Lei. No adianta ter o conhecimento, preciso ter a preparao pedaggica para trabalhar esse ensino, pontuou.

    Proposta

    Como alternativa, Pompilio tambm defendeu a abertura de um curso de msica na Universidade Federal de Alfenas (Unifal). A ideia teve o apoio do reitor da Unifal, Paulo Mrcio de Faria e Silva. Podemos trabalhar a proposta, junto ao Governo Federal, para a criao de uma graduao de msica que tenha um carter de licenciatura, voltado para a formao de professores, afirmou

    A diretora da Superintendncia Regional de Ensino de Varginha, gueda de Oliveira Saraiva, que representou a secretria de Estado de Educao, se disse favorvel ao estabelecimento de parceria com a Prefeitura de Alfenas. Ela informou, ainda, que o Estado tambm firmou convnio com o Governo Federal para a construo de conservatrios que ajudem a ampliar o ensino de msica nas escolas.

    Na reunio, o diretor do Centro Municipal de Msica Professora Walda Tiso Veiga, Hudson Neves Carvalho, falou sobre os trabalhos desenvolvidos pela entidade, que conta, atualmente, com 14 professores e 527 alunos, a maioria estudantes do municpio. No Centro, eles aprendem a cantar e a tocar instrumentos como clarineta, saxofone, piano, flauta doce, violo (erudito e popular), viola caipira, bateria, canto coral, guitarra e baixo, entre outros.

    Apresentao

    A audincia pblica foi aberta com a apresentao de grupos musicais do Programa Cidade Escola da Secretaria Municipal de Educao e Cultura de Alfenas.Aps a execuo dos hinos nacional e do municpio, os alunos do Ncleo Tancredo Neves tocaram, na flauta, as msicas Asa Branca, de Luiz Gonzaga, e Minha Cano, de Chico Buarque.

    Na sequncia, os corais dos ncleos Tancredo e Caic cantaram, respectivamente, O Cio da Terra, de Chico Buarque, e Com que roupa, de Noel Rosa. Esta foi a oitava reunio realizada pela Comisso de Cultura para debater a introduo do ensino da msica nas escolas. O prximo encontro ser na prxima quinta-feira (28), em Uberlndia (Tringulo Mineiro)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 23, 2012

    Neste domingo Conveno do PPL em BH

    CONVENO DO PPL
    PARTIDO PTRIA LIVRE DE BH

    No prximo domingo, 24 de junho, a partir das 18 horas, acontecer a Conveno Municipal do PPL de Belo Horizonte, no plenrio da Cmara Municipal, Av. dos Andradas, 3.100, no bairro Santa Efignia.

    O PPL apesar de ter seu registro aprovado em 4 de outubro de 2011, tem em Minas Gerais dois prefeitos, um vice-prefeito e sessenta e oito vereadores. Na Conveno Municipal de Belo Horizonte os filiados ao partido vo escolher os candidatos a prefeito e vice, e aprovar a chapa de candidatos a vereadores.

    Inspirados no Programa Nacional-Desenvolvimentista, os convencionais do PPL devero aprovar as pr-candidaturas lanadas no dia 25 de abril de 2012, no Jequitibar, quando mais de 300 filiados e simpatizantes do partido respaldaram a indicao dos nomes de Tadeu Martins a Prefeito de Belo Horizonte e Marta Alexandre a vice, feita pela Executiva Estadual do partido. Naquele momento, tambm foram apresentadas as pr-candidaturas de 15 nomes para a chapa de vereadores.

    Tadeu Martins
    A engenharia da cultura, a qumica da poltica, a pedagogia da viola

    Tadeu Martins tem 59 anos, nasceu na cidade de Itaobim, no Vale do Jequitinhonha e mora em Belo Horizonte desde 1973. Casado h 38 anos com Solange Mendes, tem um casal de filhos (Tatiana e Vladimir), trs netos (Gabriel, Rachel e Rafael) e um bisneto (Henrique).

    Foi professor de Qumica por 10 anos em cursos pr-vestibulares de Belo Horizonte (Aprova, Master e Carrier) e foi coordenador de eventos da Turminas, empresa de turismo do governo do estado, durante quase seis anos.
    A sua trajetria na Capital mineira inclui tambm bons servios prestados Prefeitura Municipal, nas administraes de Eduardo Azeredo, Patrus Ananias, Clio de Castro e Fernando Pimentel. Foram dezoito anos na PBH, como assessor de cultura, Gerente de Cultura, Chefe de Cerimonial, Diretor de Eventos da Belotur e Presidente da Belotur.

    Ajudou a criar e coordenar vrios eventos importantes para a vida cultural de Belo Horizonte, como Carnaval Prapular, Carnabel, Caminhada do Centenrio, BH em 2 Rodas, Canta Gutierrez, Sbado na Praa, Domingo no Parque, Santa Tereza em Serenata, Msica de Classe, Carnaviola, Quintas da Viola e Canto & Viola.
    Membro efetivo da Comisso Mineira de Folclore, tem dez livros publicados, sendo que dois deles foram lanados nos Estados Unidos. Pela sua militncia social, poltica e cultural, j recebeu vrias homenagens em Belo Horizonte e em outras cidades de Minas, e tambm o Prmio Rozini de Excelncia da Viola Caipira, por criar o Carnaviola, um dos maiores eventos de viola j produzidos no Brasil.

    Por tudo isto e muito mais, Tadeu Martins recebeu da Cmara Municipal, em abril de 2004, o ttulo de Cidado Honorrio de Belo Horizonte.

    Marta Alexandre
    Uma vida em defesa das mulheres
    Formada em Servio Social pela UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) e hoje estudante de psicologia na PUC-MG, Marta Alexandre pernambucana e adotada por Belo Horizonte h 18 anos. Casada e me de trs filhos, foi assessora do Governador Itamar Franco e auxiliou na retomada dos Conselhos Estaduais: do Idoso, da Juventude e do Negro garantindo a representao de Minas na Conferncia Mundial contra o Racismo na frica do Sul.

    Na mesma poca, participou do Conselho de Segurana Alimentar de MG e do Conselho Estadual de Assistncia Social - CEAS - sendo facilitadora nas relaes entre Governo e setores representativos da Assistncia Social, buscando contribuir para a implementao da LOAS (Lei Orgnica de Assistncia Social).

    Marta Alexandre diretora da Confederao das Mulheres do Brasil por Minas Gerais, fundadora da Federao das Mulheres Pernambucanas e foi Presidente da Associao de Mulheres Winnie Mandela em SP.

    Marta liderou os movimentos estudantis secundarista e universitrio em Recife e participou intensamente da luta pela redemocratizao do pas, pelas Diretas J, pelo Fora Collor e contra as privatizaes de nossas empresas estatais em Minas, nas manifestaes contra a entrega da Usiminas e da Vale do Rio Doce.
    Participou de vrios Congressos e Fruns Internacionais representando Minas Gerais e o Brasil, como o Congresso da Federao Democrtica Internacional das Mulheres, entre outros.


    Vereadores
    O PPL dever lanar 15 candidatos a vereadores em Belo Horizonte.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 23, 2012

    Dilma volta a BH dia 27 de junho

    PRESENAS ILUSTRES
    NO 84 ENIC EM BH: PRESIDENTA DILMA,
    MINISTROS E MUITO MAIS de 27 a 19 de junho de 2012

    Nesta quarta-feira, 27, comea em Belo Horizonte o maior evento empresarial e poltico da Indstria da Construo do Pas, o 84 ENIC - Encontro Nacional da Indstria da Construo. A ser realizado no Expominas, o evento, que termina no dia 29, dividido em painis na parte da manh e comisses tcnicas que se renem na parte da tarde, para discutir os mais variados temas afetos ao setor, escolhidos estrategicamente. A abertura solene, ser na quarta-feira, dia 27, s 20 horas, no Palcio das Artes.

    Presenas ilustres confirmaram presena no evento alguns na abertura, outros no decorrer dos trabalhos -, como a presidenta da Repblica, Dilma Rousseff, o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, o ministro do Trabalho e Emprego, Brizola Neto, a ministra do Planejamento, Oramento e Gesto, Mriam Belchior, o ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Guilherme Augusto Caputo Bastos, o ministro-substituto do Tribunal de Contas da Unio, Marcos Bemquerer, o ex-presidente da Repblica e socilogo, Fernando Henrique Cardoso e muitos outros.

    So tambm esperados outros grandes nomes das reas empresarial, tcnica, jurdica, ambiental e financeira, como a diretora do Departamento de Infraestrutura Social do Ministrio do Planejamento, Maria Fernanda Caldas, o vice-presidente de Governo e Habitao da CAIXA, Jos Urbano Duarte, o diretor de Emprstimos e Financiamentos do Banco do Brasil, Gueitito Matsuo Genso, o diretor executivo de Implantao de Projetos de Capital da Vale, Galib Abraho Chaim, o secretrio de Biodiversidade e Florestas do Ministrio do Meio Ambiente, Roberto Cavalcanti, o presidente da Associao Brasileira dos Membros do Ministrio Pblico do Meio Ambiente, Svio Bittencourt, o gerente Nacional de Meio Ambiente da CAIXA, Jean Rodrigues Benevides e os expert em construo sustentvel, Marcelo Takaoka, Vanderley John, Roberto Lamberts, Wilson Passeto, dentre outros.

    O 84 ENIC, promovido pela Cmara Brasileira da Indstria da Construo (CBIC) e organizado pelo Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) e pelo Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Sicepot-MG), ser o frum ideal para que as lideranas do setor criem consensos e fomentem objetivos para que a Construo se mantenha como o locomotiva do desenvolvimento do Brasil por muito anos.

    Servio
    84o Encontro Nacional da Indstria da Construo ENIC
    Data: De 27 a 29 de junho de 2012
    Local: Expominas Belo Horizonte/MG
    Programao completa: www.enic.org.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 22, 2012

    BIG IDEIAS faz Seminrio de Marketing Poltico neste sbado e domingo no Max Hotel na Savassi em BH. O primeiro conferenciasta, na abertura, neste sbado, o expert em estratgia poltica, Paulo lvares - que pilota a BIG IDEIAS.

    Dia 23/06 Sbado
    08:30 WELCOME COFFEE
    09:00 Estratgia de Marketing Poltico Paulo lvares
    10:30 - Caf
    10:45 Vereador: solues fceis para uma campanha difcil Elaine Wermeling
    12:15 ALMOO
    14:00 - Pesquisa Poltica e Eleitoral Professor Machado
    15:30 COFFEE BREAK
    16:00 - Mdias Digitais em Campanhas Polticas: dicas para um trabalho mais assertivo. Argumento Digital.

    Dia 24/06 Domingo
    08:30 WELCOME COFFEE
    09:00 Marco Antnio Andere
    10:30 - Caf
    10:45 - Imagem e Mdia Raquel Faria E Joo Carlos Amaral.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 22, 2012

    Neste sbado.

    Conveno do PCdoB
    acontece no prximo sbado

    O Comit Municipal de Belo Horizonte, do Partido Comunista do Brasil, realizar no prximo sbado, dia 23, a conveno eleitoral que reafirma seu apoio reeleio do prefeito Mrcio Lacerda, do PSB e para apresentao de sua chapa de candidatos e candidatas a vereador.

    Os comunistas de Belo Horizonte avaliam que a reeleio do prefeito Mrcio Lacerda um movimento importante, tanto pela boa gesto que vem realizando, quanto pelo fortalecimento do projeto nacional em curso.

    Para ampliar sua participao na Cmara Municipal, o PCdoB apresentar uma chapa prpria de candidatos e candidatas, formados por lideranas polticas, sindicais, sociais e de movimentos comunitrios, trabalhadores comprometidos com os anseios da populao belorizontina.

    Todos os militantes, apoiadores e amigos esto convidados para a conveno que ser realizada dia 23 de junho, de 10 s 12 :30, na Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Est confirmada a presena do Prefeito Mrcio Lacerda, entre outras autoridades.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 22, 2012

    Campanha meritria

    Campanha de arrecadao para projetos sociais de tnis recebe doaes at dia 30
    Ao promovida pelos Correios e Confederao Brasileira de Tnis pode render prmios

    Ainda d tempo de contribuir com a campanha de arrecadao de material esportivo para as crianas que participam dos projetos sociais mantidos pela Confederao Brasileira de Tnis e pelos Correios. Para participar, basta doar at o dia 30 de junho material esportivo para prtica de tnis em uma das agncias participantes e pegar o voucher para concorrer premiao.

    Aps fazer a doao (raquetes, tubos de bola, grips, anti-vibradores, bons, raqueteiras, mochilas, peas de vesturio, tnis para prtica de esporte etc), o participante receber um comprovante numerado. Com este nmero, necessrio preencher formulrio no site do evento (www.diadotenista.com.br) e escrever uma frase criativa contendo as palavras vida e tnis. O autor da melhor frase ganhar uma bicicleta da marca Peugeot. Tambm sero premiadas as 30 primeiras frases e as 100 melhores, que sero escolhidas por um jri.Quanto mais peas foram doadas, maiores as chances de ganhar.

    Confira a agnciaem Belo Horizonte onde voc pode fazer sua doao:

    BH Shopping -Rodovia BR356 - Complemento: LJ BH 35 356. Bairro: Belverdere.
    Segunda a Sexta: de 10h as 22h. Sbado: de 10h as 14h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2012

    Governador Anastasia almoa na H Picchioni, aqui em BH, nesta sexta-feira. frente os irmos Picchioni - Celso, Hugo, Eduardo e Heitor. O almoo ser no restaurante priv da Corretora no Funcionrios. Un Petit Comit, de 30 pessoas ter o privilgio de degustar as massas do chef Remo Peluso e das conversas, bem ao estilo mineiro. Fui covidado pelo Celso Picchioni e l estarei, com muito prazer. Depois dou detalhes.

    Celso Picchioni



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2012

    NA HORA CERTA!!!

    Minas Gerais abraa campanha
    a favor dos royalties da minerao


    Governo de Minas, OAB-MG, representao da ABI e AMM
    iniciam movimento para mudar a legislao relativa
    Contribuio Financeira pela Explorao
    de Recursos Minerais




    Omar Freire/Imprensa MG

    Populao mineira adere  campanha, juntamente com o poder pblico e entidades de classe

    Populao mineira adere campanha,
    juntamente com o poder pblico
    e entidades de classe


    O governador Antonio Anastasia participou nesta segunda-feira (18), no Palcio da Liberdade, do lanamento oficial de campanha em prol de mudanas na legislao sobre a explorao dos recursos minerais. Intitulado "Movimento justia ainda que tardia", a iniciativa, que pretende envolver toda a sociedade civil organizada, tem a participao da seccional mineira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do escritrio de representao de Associao Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associao Mineira de Municpios (AMM).
    Atualmente, as mineradoras pagam de 0,2% a 3% do faturamento lquido pela explorao dos recursos minerais, incluindo ouro, ferro, pedras preciosas, carvo e metais nobres, por meio da chamada Compensao Financeira pela Explorao de Recursos Minerais (Cfem). No caso do minrio de ferro, principal produto da pauta brasileira, a proposta que o percentual da Cfem seja em mdia de 4% sobre o faturamento bruto.

    Adesivos nos carros
    A campanha de conscientizao para a necessidade da mudana tributria tem como slogan "Minrio com mais justia Como est no d para ficar. Mudana nos royalties do minrio, j!".  Ela chegar s ruas por meio de uma campanha publicitria, com a participao de diversas personalidades e artistas que tm vnculos com Minas Gerais. Acompanhado do senador Acio Neves e de representantes do "Movimento justia ainda que tardia", o governador Anastasia adesivou veculos que circulavam pelo entorno do Palcio da Liberdade, marcando o incio da campanha. 
    "Sabemos que uma demanda antiga de Minas Gerais e de outros estados mineradores a reviso dos royalties. Por isso o nome 'Minrio com mais Justia', que a pretenso de que haja a reviso, pelo Congresso Nacional, destes valores dos royalties, que em comparao com os do petrleo, por exemplo, so muito pequenos, como tambm em comparao com royalties minerais de outros pases que tm tambm a minerao como foco", disse Anastasia.
    O governador de Minas ressaltou a importncia da atividade minerria para a economia e o desenvolvimento do Estado, pelo grande potencial de gerao de renda e de empregos. Como a mudana das alquotas da Cfem depende de aprovao do Congresso Nacional e do aval da Presidncia da Repblica, o envolvimento da sociedade fundamental para sensibilizar parlamentares e governo federal para que haja a mudana.
    "Sabemos que um tema de competncia do Congresso. Por isso, fundamental que haja essa percepo pela sociedade do que significa os royalties. Vamos, atravs de campanha na TV, mdias sociais e nas ruas, chamar a sociedade de Minas Gerais e do Brasil para participar conosco, de tal modo que as pessoas percebam a relevncia que a reviso desses royalties", completou Anastasia. A populao poder aderir ao projeto pela internet: www.mineriocommaisjustica.com.br.
    Popularizao
    O senador Acio Neves, falando em nome de outras lideranas, ressaltou que a campanha cvica, "suprapartidria" e tem o envolvimento de entidades importantes como a OAB e a ABI. Para Acio Neves, o tema deve ser popularizado, para que no fique restrito s discusses em Braslia.
    "Queremos fazer com que essa discusso no envolva apenas a classe poltica. to desproporcional hoje o que recebemos, estados e municpios mineradores, em relao aquilo que recebem, por exemplo, os produtores de petrleo, que queremos uma grande mobilizao a partir de Minas, obviamente alcanando outros estados mineradores como o Par. Vamos alertar o Congresso e o governo federal para a necessidade de transformarmos aquilo que hoje a varivel em cima do resultado lquido das empresas, descontados todos os custos para que a Cefem seja aferida, nos royalties a partir do resultado bruto, como acontece com o petrleo", disse.
    O senador afirmou que, at o fim de junho, a nova proposta deve ser apreciada na Comisso de Infraestrutura do Senado. Pelo projeto de lei defendido por Acio Neves, a arrecadao da Cfem deve ser de cerca de 4% sobre o faturamento bruto das mineradoras.

    "Eu pretendo colocar em votao, se for possvel ainda neste ms, esse projeto na Comisso de Infraestrutura do Senado para que possamos depois lev-lo ao Plenrio. Temos que corrigir uma distoro de dcadas com relao tributao da atividade extrativa mineral no Pas. Estamos vendo as regies mineradoras absolutamente degradadas, sem condies de estimular uma outra atividade econmica que possa substituir a atividade mineradora quando ela se exaurir", completou.
    Disparidade
    Acio reiterou que existe, atualmente, uma grande disparidade entre os royalties do petrleo e do minrio, o que prejudica estados como Minas Gerais e Par, onde a atividade mineradora mais intensa.  Enquanto em 2011, no Brasil, os royalties e participaes especiais referentes ao petrleo alcanaram a soma de R$ 25,8 bilhes, os valores arrecadados com a Cfem foram de apenas R$ 1,54 bilho. Desse total, 12% foram para a Unio, 23% para os Estados e 65% distribudos entre os municpios mineradores.
    No ano passado, Minas Gerais ficou com R$ 181,4 milhes arrecadados pela Cfem. Enquanto isso, o Estado do Rio de Janeiro arrecadou cerca de R$ 7 bilhes relativos a royalties e participao especial na explorao petrolfera, ou seja, 38 vezes mais do que Minas com sua principal atividade.
    Com relao aos municpios, a situao no diferente. Enquanto todos os municpios mineiros produtores de minrio receberam R$ 512 milhes, no ano passado, os municpios fluminenses produtores de petrleo receberam R$ 3,77 bilhes (sete vezes mais).
    Clique aqui e veja material publicitrio relativo campanha (arquivo PDF).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 21, 2012

    Nova sede

    Defensoria Pblica inaugura nova sede em Betim

    Nesta quinta-feira (21), s 10 horas, a Defensoria Pblica de Betim inaugura sede nova rua Inspetor Jaime Caldeira, 835, bairro Brasilia. Entre as autoridades presentes, a Defensora Pblica-Geral, em exerccio, Ana Cludia da Silva Alexandre e a prefeita de Betim Maria do Carmo Lara

    Localizada prxima ao Frum da comarca, Defensoria Pblica contar com espao fsico e infraestrutura adequados para a execuo das atividades da Instituio, possibilitando tambm, o aumento no nmero de atendimentos populao.

    Segundo o coordenador local, Nikolas Macedo Katopodis, a nova instalao oferecer aos assistidos um conforto maior durante o atendimento. Esta nova sede possui um espao amplo, confortvel e adequado para que os assistidos permaneam enquanto aguardam o atendimento, explica.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 20, 2012

    Dois candidatos se inscreveram para disputar o cargo de Defensor Pblico Geral de Minas - a Defensora Pblica Geral licenciada, Andra Tonet - candidata reeleio - e o Defensor Pblico Horcio Varderlei Tostes.







    Encerradas as inscries
    para a eleio do cargo de Defensor Pblico-Gdefensoria 300x196 Defensoria Pblica abre vagas estgio na rea de Direitoeral

    PDF Imprimir E-mail

    Encerrou-se s 18 horas, desta quarta-feira (20), o prazo para as inscries de candidatos eleio para composio da lista trplice para escolha do Defensor Pblico-Geral do Estado de Minas Gerais. Para o pleito foram inscritos dois candidatos: Horcio Vanderlei Tostes e Andra Abritta Garzon Tonet.

    A Comisso Eleitoral publica a Deliberao n 001/2012, que dispe sobre os candidatos que apresentaram inscrio. Vale ressaltar que quaisquer comunicaes relativas ao processo eletivo deve ser encaminhada eletronicamente, por meio do email: comissaoeleitoral2012@defensoria.mg.gov.brEste endereo de e-mail est protegido contra SpamBots. Voc precisa ter o JavaScript habilitado para v-lo. 

    O presidente da comisso eleitoral, Defensor Pblico Bellini Figueir Bastos comunica, tambm, que ser realizada nesta quinta-feira (21), s 20 horas, na sala do Conselho Superior, reunio para anlise de eventuais impugnaes das candidaturas apresentadas.

    Deliberao n 001/2012

    Aviso n 1

    Fonte: Ascom/DPMG (20/06/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 20, 2012

    Hoje tem 4 BIG. Grande sacada de marketing relacional da BIG IDIAS - pilotada pelo dubl de publicitrio de primeira mo e virtuose do piano, PAULO LVARES. Quem tem o privilgio de ser convidado para o Encontro musical, gastronmico e relacional, desfruta do talento do bossman da agncia, o simptico e talentoso Paulo.


    Paulo: o piano, boa conversa e gastronomia nas quartas da BIG IDIAS no Belvedere, aqui em BH.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 20, 2012

    RIO+20

    Big Idias assina campanha
    da Embrapa para Rio+20

    Enquanto o mercado publicitrio v esquentar o clima para as eleies municipais no Estado, o publicitrio mineiro Paulo lvares, que dirige a Big Idias, anda feliz com o sucesso da campanha da Embrapa para a Rio+20, assinada por sua agncia, a nica agencia mineira a atender uma conta do governo federal.

    A campanha, no ar desde 8 de junho, fala de sustentabilidade e est na tev, rdio, revistas de circulao nacional, internet, revistas de bordo e mdia exterior em aeroportos e centros comerciais do Rio de Janeiro.

    Para esta campanha ns realizamos um cuidadoso trabalho de pesquisa, inclusive com grupos focais, para identificar tendncias de linguagem, conta Paulo lvares.

    O resultado uma linguagem que privilegia o uso de papel Kraft e colagens, remetendo ideia de reduzir, reciclar, reutilizar e repensar o consumo. A atual campanha parte de um planejamento para 2012 que envolveu tambm a comemorao oficial dos 39 anos da Embrapa e o lanamento de um portflio de tecnologias da empresa, para o qual foram criados 12 vdeos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 20, 2012

    Iniciativa em boa hora da H PICCHIONI: palestras sobre EDUCAO FINANCEIRA, Negociao em tempo real e Mercado de Aes. Confira!!!

    Palestras gratuitas para entender o mercado financeiro

    Para quem sempre quis saber um pouco mais do mercado de aes esta uma oportunidade nica. A Picchioni Corretora de Cmbio e Valores Mobilirios est com as inscries abertas para as palestras que iro acontecer nos dias 26, 27 e 28 de junho, na sede da empresa, em Belo Horizonte.

    O administrador de empresas com MBA em Gesto de Negcios, Celso Machado Escobar, ser o palestrante que ir abordar os temas Educao Financeira e Investimentos com nfase no Tesouro Direto; Conhea a plataforma SpeedTrade-Negociando em Tempo Real e Introduo ao Mercado de Aes.

    Na palestra Introduo ao Mercado de Aes as pessoas vo aprender o passo a passo para comprar e vender aes; as formas de investir; os custos e muito mais. No tema Educao Financeira o palestrante ir ensinar como as pessoas podem controlar as suas finanas e da famlia, alm de oferecer uma viso geral sobre as opes de investimentos disponveis no Mercado Financeiro.

    Os interessados podem se inscrever pelo telefone (31) 3238-7126
    ou pelo e-mail nedina@picchioni.com.br. As vagas so limitadas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 20, 2012

    AO VIVO pela Internet. Uma oportunidade imperdvel para sua empresa. Recomendo!!!

    Seven oferece servio
    de transmisso de eventos ao vivo
    pela internet


    Postado em: Notcias da Seven



    Seven TV: entre voc e o mundo


    Uma maneira de multiplicar o alcance de um evento. Assim a Seven TV, um servio de transmisso ao vivo na web, lanado pela Seven Internet. Por meio dele, um nmero ilimitado de pessoas pode acompanhar, de qualquer lugar com acesso rede, o que est sendo realizado simultaneamente em outro local.
    Com profissionais qualificados, equipamentos de ltima gerao e fornecedores de streamer lderes de mercado, a Seven TV aumenta o potencial do evento na esfera virtual. "Oferecemos qualidade e compromisso na transmisso de seu evento", confirma o diretor de Marketing da Seven, Eduardo Zambaldi.

    201101230211_268

    O CEO da Seven, Alexandre Neves explica
    quais so os outros benefcios que os clientes tem
    na contratao dos servios de transmisso AO VIVO
    de eventos pela Internet:

    Praticidade, integrao e mobilidade so outras caractersticas do servio. O evento pode ser assistido no apenas no PC, mas tambm em smartphones e tablets.
    Alm disso, possvel interagir com os espectadores virtuais por meio do Twitter e Facebook. Ao compartilhar o evento nas redes sociais, a divulgao e visibilidade dele aumentam ainda mais.
    Depois de finalizada a etapa de transmisso, o cliente recebe um DVD com tudo o que foi exibido em qualidade HD.
    Pr-requisitos
    O local do evento deve contar com a estrutura mnima abaixo:
    Local de boa visibilidade e captao do som ambiente;
    Espao para a instalao do trip, cmera e notebook;
    Ponto de energia eltrica;
    . Ponto de internet (cabo ethernet ou Wifi);
    Internet Banda Larga com no mnimo 200Kbps de upload garantido;
    Sistema de som amplificado.
    Como funciona
    O servio oferecido pela Seven realizado de acordo com as seguintes etapas:
    1. Contato Comercial
    a. Informaes sobre preos, disponibilidade de datas e caractersticas do servio
    2. Levantamento de informaes para estudo da viabilidade da transmisso
    a. Tipo de evento
    b. Local do evento
    c. Data e hora do evento
    d. Durao do evento
    e. Estimativa de pblico virtual
    f. Infra-estrutura (energia eltrica, banda larga, espao fsico, som)
    3. Assinatura do contrato
    a. Sinal de 50%
    4. Divulgao do evento e seu endereo WEB
    5. Visita ao local para testes da transmisso (1 hora)
    a. Executado em at 1 dia antes do evento
    6. Transmisso do evento (4 horas)
    a. Montagem e testes finais (meia hora antes do incio do evento)
    7. Entrega do DVD
    a. Gravao do arquivo em estado bruto em formato HD

    Origem
    A primeira transmisso ao vivo pela internet foi feita pela Seven em 10 de outubro de 2011. Com alta tecnologia, a empresa exibiu a homenagem da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Associao Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet/MG).
    Da em diante, outros eventos j foram transmitidos, como o Seminrio Al-Invest um programa de cooperao econmica entre a Europa e a Amrica Latina.

    Clique aqui e entre em contato com a Seven
    ou ligue para (31) 2121-2121
    .
    http://www.seven.tv.br/



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 20, 2012

    Andra Tonet vai disputar a reeleio de Defensora Pblica Geral de Minas







    a foto12 v2
    Foto arquivo:
    Defensora Geral durante a homenagem da Cmara em Braslia:
    "Fortalecer a Defensoria Pblica dar voz, a quem no tem vez.
    Tornar visvel, quem invisvel"
    Foi um dos ltimos pronciamentos dela
    nas homenagens pelo Dia do Defensor
    antes da desimpabilizao.

    Andra Tonet se desincompatibiliza do cargo de Defensora Geral
    PDF Imprimir E-mail





    Na sexta-feira (15/06), a Defensora Pblica-Geral, Andra Abritta Garzon Tonet, se desincompatibilizou do cargo para se candidatar reeleio.


    A renncia foi divulgada por meio do Ato n 185/2012 publicado no Dirio Oficial Minas Gerais do dia 16 de junho. Na mesma data, na seo Atos do Governador, foi publicada a exonerao.

    As funes foram assumidas pela Subdefensora Geral, Ana Cladia da Silva Alexandre, que passa a exercer o cargo de Defensora Pblica-Geral em exerccio.

    Relatrio de gesto

    Encerrando seu mandato,
    Andra Tonet divulgou o relatrio geral de sua gesto.
    Clique aqui para ver o relatrio.


    Fonte: Ascom / DPMG (19/06/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2012

    TURISMO


    CIRCUITO TURSTICO DO OURO
    LANA SISTEMA DE GESTO INTEGRADA
    EM REUNIO DO CONSELHO ESTADUAL DE TURISMO

    O Circuito Turstico do Ouro lanou sistema de gesto integrada na tarde desta tera-feira (19/06), durante a 13 Reunio Ordinria do Conselho Estadual de Turismo, realizada na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves. O Sistema Circuito do Ouro prope que a Associao do Circuito Turstico do Ouro, o Ouro Preto e Circuito do Ouro Convention & Visitors Bureau e a ABIH regional atuem de maneira cooperada em prol do desenvolvimento turstico da regio, de acordo com a linha de atuao de cada uma das entidades.

    O secretrio de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho, ressaltou a importncia da iniciativa. O trabalho integrado e coordenado entre as entidades do trade demonstra uma boa prtica do turismo mineiro na gesto regional. Aes como esta vem ao encontro do interesse do Governo de Minas em fortalecer o Programa de Regionalizao do Turismo no Estado.

    Dentro do sistema integrado, caber a ABIH o fortalecimento da cadeia hoteleira regional, visando o incremento do fluxo turstico e a distribuio do mesmo para Ouro Preto e seu entorno; ao Ouro Preto e Circuito do Ouro Convention & Visitors Bureau caber a promoo e o marketing dos destinos na captao de eventos nacionais e internacionais, e Associao do Circuito Turstico do Ouro caber o fortalecimento da gesto turstica nos municpios, dos empresrios e da cadeia produtiva do turismo regional com vistas a uma melhor qualidade no atendimento.

    De acordo com o presidente do Circuito Turstico do Ouro, Ubiraney Silva, esta uma iniciativa indita em Minas Gerais e demonstra a integrao das entidades para melhor trabalhar a gesto da atividade turstica. Com a criao do Sistema Circuito do Ouro, estamos propondo a organizao da cadeia produtiva atravs de um trabalho integrado, pois entedemos que quando temos as entidades bem organizadas, conseguimos nosso objetivo maior de movimentar a economia dos municpios.

    ndice de Competitividade
    Durante a reunio, tambm foi apresentado o resultado do ndice de Competitividade 65 Destinos Indutores 2011, divulgado pelo Ministrio do Turismo na ltima semana. De acordo com o estudo realizado na capital mineira, Belo Horizonte, e nos municpios de Diamantina, Tiradentes e Ouro Preto, os destinos tursticos mineiros obtiveram uma nota mdia superior nota mdia nacional. Em 2011, o ndice mdio dos municpios mineiros pesquisados foi 10,3% maior do que a mdia nacional. Enquanto Minas Gerais obteve um valor de 63,4, a mdia Brasil foi de 57,5.

    Ainda segundo o estudo, a capital mineira, Belo Horizonte, obteve uma mdia de 75,5. Este nmero 15,3% maior do que a mdia das outras capitais nacionais pesquisadas que obtiveram uma mdia de 65,5. Os demais municpios mineiros pesquisados, alm da capital mineira, Diamantina, Ouro Preto e Tiradentes, obtiveram um ndice mdio de 59,4, ou seja, 14,7% acima dos municpios nacionais considerados como no capitais que atingiram o valor mdio de 51,8. A cidade histrica de Tiradentes tambm foi considerada destaque em 2011 como no capital que mais evoluiu no indicador referente capacidade empresarial com um aumento de 63,2% em relao ao valor alcanado em 2010.

    Conselho Estadual de Turismo
    O Conselho Estadual de Turismo um colegiado de carter consultivo, propositivo e deliberativo e rgo superior de assessoramento e integrao da Secretaria de Estado de Turismo, que tem por finalidade propor aes e oferecer subsdios para a formulao da Poltica Estadual de Turismo e apoiar sua execuo, com vistas a sua consolidao e continuidade.

    O CET possui 43 integrantes, sendo 28 da sociedade civil, representada pelos diversos segmentos e entidades do Turismo de Minas, e 15 representantes do setor pblico, incluindo Secretarias de Estado e rgos do Governo Estadual com atividades interligadas ao setor.

    Outras notcias

    I ENCONTRO NACIONAL DE MSICOS NO CARAA

    O I Encontro de Msicos no Caraa acontecer entre os dias 21 e 24 de junho, com o intuito de reunir msicos de todo o Brasil na Serra do Caraa, e vai debater a atual produo musical no pas, alm de estimular o interesse de jovens pelo fascinante universo da msica, proporcionando oportunidades de novos conhecimentos e de contato com os diversos tipos de linguagens e tcnicas musicais.

    ROTEIRO TURSTICO INTEGRADO
    ENTRE MINAS GERAIS E ESPRITO SANTO APRESENTADO DURANTE PROGRAMAO DA RIO +20
    Durante conferncia da Organizao das Naes Unidas, a Rota do Capara, que integra os dois estados, foi apresentada no I Colquio de Turismo e Sustentabilidade

    MINAS GERAIS ALCANA NOTA MDIA SUPERIOR A MDIA NACIONAL
    EM NDICE DE COMPETITIVIDADE DO TURISMO
    Os destinos tursticos mineiros cresceram mais do que a mdia nacional, de acordo ndice de Competitividade do Turismo Nacional 65 Destinos Indutores 2011, divulgado pelo Ministrio do Turismo e Sebrae, nesta semana. Em 2011, o ndice mdio dos municpios mineiros pesquisados foi 10,3% maior do que a mdia nacional (57,5), atingindo o valor de 63,4.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 19, 2012

    Debate: prestao de servio de telefonia mvel

    Assembleia Legislativa realiza nova audincia
    sobre telefonia mvel

    A Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assembleia Legislativa de Minas Gerais promove nesta tera-feira, 19, um novo debate sobre a prestao de servio de telefonia mvel nos municpios beneficiados pelo Programa Minas Comunica. A reunio, que acontece a requerimento do deputado Antnio Jlio (PMDB), ser no Plenarinho II, s 10h.

    O objetivo do parlamentar dar continuidade discusso sobre esse assunto, que j esteve na pauta da comisso algumas vezes. O Minas Comunica um programa do Governo do Estado, lanado em 2007, que destinado a viabilizar o acesso ao servio mvel de telefonia em todos os municpios mineiros. Por meio de um edital de licitao, o programa fez o loteamento dos espaos de operao do Estado entre as operadoras vencedoras.

    Na audincia pblica da comisso realizada no dia 7/7/11, o deputado Antnio Jlio expressou sua frustrao pelo fato de 412 municpios mineiros no terem acesso ao roaming, servio que possibilita a abertura do sinal para mais de uma operadora em uma mesma localidade.

    Na ocasio, o diretor de relaes de consumo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Servio Mvel Celular e Pessoal, Tony Hormes, disse que o Programa Minas Comunica no previu a obrigatoriedade de implementao do roaming.

    Convidados

    Para a reunio foram convidados a secretria de Estado de Desenvolvimento Econmico, Dorothea Werneck; o gerente do Escritrio Regional em Minas Gerais da Anatel, Jos Dias Coelho Neto; o presidente da Associao Mineira de Municpios, ngelo Jos Roncalli de Freitas; o promotor de Justia e coordenador da Promotoria de Justia de Defesa do Consumidor, Marcos Tofani Baer Bahia;

    O coordenador do Procon Assembleia, Marcelo Rodrigo Barbosa; a advogada da Vivo, Fabrcia Lanna Coelho; o representante da OI, Marcos Borges; o advogado da Claro, Andr Luiz Barbosa Carvalho; a advogada da TIM, Rosana Dias Andrade; e o diretor de Relaes Institucionais do Sinditelebrasil, Luiz de Melo Jnior.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2012

    Nesta tera, 19:00 na sede da OAB MG, aqui em BH. Not cia enviada pelo advogado Knio Pereira, presidente da Comisso de Direito Imobilirio da OBB MG.

    PALESTRA NA OAB SOBRE OS DIREITOS DO COMPRADOR DE IMVEIS

    ​Com algumas construtoras deixando de entregar os imveis nas datas pactuadas, os compradores tm ficado preocupados. O mercado imobilirio slido, sendo que a maioria das construtoras sria e apta a cumprir seus compromissos. Entretanto, tendo em vista que em qualquer setor da atividade humana h bons e maus profissionais imprescindvel os compradores, permutantes e investidores entenderem que h mecanismos legais para proteg-los.

    ​O desrespeito aos compradores estimulado porque quase ningum estuda a Lei n 4.591 que regulamenta as Incorporaes em Condomnio desde 1964, que prev a instalao da Comisso de Representantes composta por trs adquirentes de unidades, em qualquer obra que seja negociada na planta, seja pelo regime de administrao a preo de custo ou a preo fechado. Essa Comisso de Representantes fundamental para exigir a boa qualidade da obra e defender os interesses dos compradores perante a construtora, inclusive aps a entrega do prdio para exigir a reparao dos vcios de construo no prazo de garantia de 5 anos, mesmo na obra por administrao. Ocorre que raramente as construtoras criam esta Comisso, pois assim ficam sem qualquer fiscalizao, podendo adotar medidas para reduzir os custos, s vezes, com o prejuzo solidez e durabilidade da obra.

    SEGURANA DEPENDE DE CONHECIMENTO

    ​As construtoras que dominam o assunto juridicamente tm elaborado contratos que somente protegem seus interesses, sendo que em raros os casos, os compradores possuem conhecimento tcnico para conhecer e compreender as clusulas que podem lesar seus direitos. importante o comprador, bem como aquele que permuta o terreno com a construtora, ter maior conhecimento das leis que so aplicveis na compra e venda, dentre elas o Cdigo Civil, o Cdigo de Defesa do Consumidor e a Lei n 4.591/64 que regulamenta a compra de unidades que ainda no existem.

    ​Knio de Souza Pereira como Presidente da Comisso de Direito Imobilirio da OAB-MG, ministrar uma palestra: OS DIREITOS E DEVERES DOS COMPRADORES E VENDEDORES DO IMVEL, A ENTREGA DO CONDOMNIO E AS ATITUDES QUE AGRAVAM OS PREJUZOS que abranger: a interpretao do contrato de compra e venda; estipulao dos prazos de garantia; a importncia da Comisso de Representantes; a entrega do prdio pela construtora na assembleia de condomnio e o dever de cada condmino participar dos custos da reparao e da defesa do condomnio.

    ​O Desembargador do Tribunal de Justia de MG, Antnio Carlos de Oliveira Bispo, ministrar a palestra: CONTRATOS FUNO SOCIAL - PROBIDADE E BOA-F CONTRATUAL OS LIMITES DA AUTONOMIA DA VONTADE- ILCITO CIVIL E ILCITO PENAL que esclarecer sobre clusulas e prticas podem acarretar processos penais.

    ​Os proprietrios de prdio antigos e novos sabero como agir para exigir as reparaes dos defeitos que surgem dentro do prazo de garantia de cinco anos, pois haver a palestra do Perito e Engenheiro Frederico Alexandre Costa Alves, da MKS Edificaes.

    ​Qualquer pessoa poder se inscrever, sendo que todas as perguntas do pblico sero respondidas de imediato, logo aps as palestras que sero realizadas no dia 19 de junho, s 19:00 horas, no auditrio da OAB-MG, situado na Rua Albita, 250 Bairro Cruzeiro-BH-MG, Inscries: www.oabmg.org.br/

    Knio de Souza Pereira
    Presidente da Comisso de Direito Imobilirio da OAB-MG
    Diretor da Caixa Imobiliria
    e-mail:keniopereira@caixaimobiliaria.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2012

    TURISMO

    Comisso aprova incluso de cidades tursticas
    no Sistema Nacional de Turismo

    A Comisso de Turismo e Desporto aprovouo Projeto de Lei 3401/12, do Senado, que inclui os municpios localizados nas regies tursticas do Brasil no Sistema Nacional de Turismo (conjunto de rgos responsveis pela definio da poltica do setor). Essas regies so definidas pelo Ministrio do Turismo.

    O projeto acrescenta dispositivo Lei 11.771/08, que trata da Poltica Nacional de Turismo. Pela lei, o Sistema Nacional de Turismo composto pelo Ministrio do Turismo, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), o Conselho Nacional de Turismo e o Frum Nacional de Secretrios e Dirigentes Estaduais de Turismo. A lei diz ainda que tambm podero integrar o sistema os fruns e conselhos estaduais de turismo; os rgos estaduais de turismo; e as instncias de governana macrorregionais, regionais e municipais. Amedida necessria porque os programas de desenvolvimento do turismo so importantes instrumentos para uma poltica moderna de desenvolvimento municipal.

    O parecer do relator, deputado Edinho Bez (PMDB-SC), foi pela aprovao. Para ele, a participao de representantes dos municpios no Sistema Nacional de Turismo no apenas bem-vinda, mas necessria. O turismo atividade que pode trazer grandes benefcios s regies de destino, pelo influxo de visitantes, disse. Para tanto, porm, necessrio que o crescimento do fluxo se d de maneira ordenada, que o aproveitamento das oportunidades geradas pelo turismo seja feita de maneira adequada s potencialidades e capacidades locais, complementou.

    Tramitao

    O projeto, que tramita em carter conclusivo, ainda ser analisado pela Comisso de Constituio e Justia e de Cidadania.
    ntegra da proposta:
    PL-3401/2012


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2012

    Prepare o bolso: tarifas dos Correios mais caras em 7,5%.

    Tarifas postais sero reajustadasnesta semana

    As tarifas de servios postais e telegrficos tero reajuste mdio de 7,5% aps publicao de portaria especfica do Ministrio das Comunicaes no Dirio Oficial da Unionesta semana. A ltima alterao no valor dessas tarifas ocorreu em maro de 2011.

    O primeiro porte da carta no comercial (pessoa fsica) ter seu valor corrigido de R$ 0,75 para R$ 0,80, com uma variao de 6,7%. J o primeiro porte da carta comercial (pessoa jurdica) ter o valor reajustado de R$ 1,10 para R$ 1,20, com uma variao de 9,1%. A tarifa dos telegramas nacionais ser reajustada, em mdia, em 7,5%. A tarifa da Carta Social, destinada aos beneficirios do Bolsa Famlia, permanece inalterada (R$ 0,01).

    Em relao aos servios internacionais, o valor das cartas (documentos prioritrios e econmicos) e dos telegramas internacionais ser corrigido em torno de 7,5%.

    O reajuste no ser aplicado ao segmento de encomendas.

    Os servios dos Correios so reajustados anualmente, com base na recomposio dos custos repassados ECT durante o perodo, como aumento dos preos dos combustveis, contratos de aluguel, transportes, vigilncia, limpeza, salrios dos empregados etc.

    Fazenda A publicao da Portaria n 225 do Ministrio da Fazenda, no Dirio Oficial da Unio de hoje (15/06/2012), uma resposta solicitao de reajuste das tarifas dos servios postais e telegrficos, nacionais e internacionais, encaminhada pelo Ministrio das Comunicaes. De acordo com a Lei do Real, compete ao Ministrio da Fazenda estabelecer os preos-limites que devero ser observados pelo Ministrio das Comunicaes por ocasio da definio do reajuste das tarifas dos servios postais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2012

    Confira a genda do governador Anastasia nesta segunda, dia 18.



    • 08:30


      II Congresso Brasileiro de Direito e Sustentabilidade

      Local: Ouro Minas Hotel



    • 11:00


      Entrevista coletiva Campanha royalties da minerao

      Local: Palcio da Liberdade



    • 15:00


      Assinatura de termo de parceria com a Infosys

      Local: Palcio Tiradentes



    • 16:00


      Assinatura de protocolo de intenes com Orteng e a RBO Energia S.A.

      Local: Palcio Tiradentes



    • 17:00


      Audincias

      Local: Palcio Tiradentes





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 18, 2012

    20 bi para investimentos.

    Minas vai pleitear recursos
    do Pr-Investe para infraestrutura


    Governador Anastasia participou, no Palcio do Planalto,
    de solenidade de anncio de liberao de recursos para investimentos pelos estados




    Flvia Barros / Imprensa MG

    Antonio Anastasia participa de reunio com a presidente Dilma, ministros e representantes de todos os Estados

    Antonio Anastasia participa de reunio
     com a presidente Dilma, ministros
    e representantes de todos os Estados
    O governador de Minas, Antonio Anastasia, participou, nesta sexta-feira (15), em Braslia, ao lado de governadores dos outros 25 estados e do Distrito Federal, de reunio com a presidente Dilma Rousseff. Durante o encontro, a presidente anunciou um programa de apoio aos estados, o Pr-Investe, com recursos de R$ 20 bilhes, do Tesouro Nacional, e sero liberados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES).
    O governador classificou o Pr-Investe como uma medida anticclica na crise econmica que atravessa todo o mundo. "No h dvida de que ter um impacto muito positivo, porque ele vai permitir investimentos importantes em todos os estados da Federao em infraestrutura, gerar empregos com as obras, e ter impacto na atratividade de novas empresas que vo gerar riqueza e prosperidade. Portanto, um processo muito bom que se avana no Brasil, e de um novo programa que lanado pelo governo federal com aplauso, apoio e parceria com os estados da Federao", afirmou.
    O programa prev que os estados tero 20 anos para liquidar o financiamento com um ano de carncia. A correo ser pela Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) mais 1,1 ponto percentual se o emprstimo for tomado com o aval da Unio. Caso o estado opte por no ter o aval da Unio, a correo do emprstimo ser pela TJLP mais 2,1 pontos percentuais. " um bom recurso, agora a preocupao com a agilidade na liberao, porque precisamos investir logo para gerar os efeitos que o governo federal quer com rapidez", disse o governador.
    Anastasia informou que a prioridade de Minas continua sendo a infraestrutura, em especial estradas, saneamento e habitao.  "Vamos agora apresentar documentos e aguardamos a deciso do Conselho Monetrio na prxima semana, que vai alocar os recursos para cada estado", ressaltou.
    Outra medida anunciada pelo governo federal foi a mudana na legislao de Parceria Pblica-privada (PPP), aumentando de 3% para 5% o comprometimento da receita corrente lquida com as PPP e a desonerao sobre o setor privado nesse tipo de investimento. "So medidas que vo ajudar a criar mais investimentos e mais empregos em Minas Gerais", completou o governador.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 17, 2012

    Saldando dvida social


    Anastasia entrega escrituras da casa prpria para mais de 900 famlias em Uberlndia
    Governador de Minas tambm determina a construo de mais duas novas escolas na cidade do Tringulo.

    O governador Antonio Anastasia entregou, nesta sexta-feira (15), em Uberlndia, no Tringulo Mineiro, escrituras de imveis financiados pela Companhia de Habitao do Estado de Minas Gerais (Cohab Minas) a 928 famlias mineiras. As entregas aconteceram no ginsio do bairro Luizote de Freitas e no Centro Administrativo Municipal.

    Acompanhado do prefeito de Uberlndia, Odelmo Leo, do presidente da Cohab, Otaclio Machado Jnior, e do secretrio de Estado de Desenvolvimento Regional e Poltica Urbana, Bilac Pinto, o governador Anastasia repassou a seis muturios, representando as 928 famlias contempladas, o ttulo de propriedade. No ginsio, receberam Alrio Couto Lacerda, Alzemar Alves da Silva e Francisco Sabino de Oliveira. J na prefeitura, as autoridades fizeram a entrega a Pedro dos Santos, Augusto Mariano da Silva e Antnio Alves de Lima.

    Em seu pronunciamento, o governador Antonio Anastasia ressaltou a importncia de reconhecer o direto de cada muturio da Cohab, porque o ttulo de propriedade o resgate da cidadania plena.

    Essa documentao fundamental porque ela d a legtima propriedade, ela permite negociaes e d segurana jurdica ao imvel, que foi pago com o suor de cada famlia trabalhadora que aqui est. a comemorao de mais uma conquista da populao de Uberlndia, que conseguiu resgatar aquilo que to importante entre ns brasileiros, que o sonho da casa prpria, afirmou o governador.

    O prefeito Odelmo Leo disse que descontadas as 928 escrituras que foram entregues, restam 3.356 contratos da Cohab a serem regularizados. Segundo o prefeito, em parceria com o Governo de Minas, a prefeitura vai se empenhar para entregar os ttulos at o fim do ano.

    Nesta cerimnia, o governador Anastasia faz um resgate social a famlias que ajudaram a construir a histria da cidade. Temos mais de 3.000 escrituras para entregar at o fim do ano. Em parceria com o Governo de Minas, vamos fazer todo o empenho para resgatar essa dvida com a populao de cidade, disse o prefeito.

    Mutiro da escritura

    A entrega dos ttulos de propriedade da casa prpria em Uberlndia faz parte do Mutiro da Escritura, criado, em 2009, pela Cohab Minas, objetivando acelerar o processo de legalizao de imveis j quitados. O trabalho feito por tcnicos da Companhia em parceria com as prefeituras.

    Com o Mutiro da Escritura, a Cohab Minas j entregou 6.156 ttulos em 15 municpios do Estado. O trabalho est sendo implantado em outras dez cidades. Das 6.156 escrituras liberadas no Estado, 2.942 foram destinadas a muturios do Tringulo Mineiro, onde j foram contemplados nove municpios: Campina Verde, Campo Florido, Conceio das Alagoas, Frutal, Itapagipe, Iturama, Prata, Uberlndia e Verssimo. O Mutiro da Escritura tem em Uberlndia, graas parceria com o Governo de Minas, um efeito muito positivo, comentou o governador Anastasia.

    O Mutiro da Escritura foi criado para atender a crescente demanda, principalmente aps o grande nmero de quitaes antecipadas dos financiamentos com o benefcio da Lei 10.150, de 2000, que gerou o pedido de mais de 20 mil escrituras. Segundo a Cohab, h um potencial de entrega de 11.938 escrituras em 33 cidades. Para a realizao desse trabalho fundamental a parceria com as prefeituras.

    Obras em escolas

    Na prefeitura de Uberlndia, o governador tambm assinou despacho governamental, determinando Secretaria de Estado de Transportes e Obras Pblicas (Setop), por meio do Departamento de Obras Pblicas (Deop), a prioridade na construo, de duas escolas estaduais, nos bairros Shopping Park II e Jardim das Palmeiras. Para as obras sero investidos cerca de R$ 7 milhes pelo Governo de Minas.

    De acordo com o governador Anastasia, a construo de mais duas escolas uma forma de atender demanda da cidade, que tem registro indicadores positivos de desenvolvimento.

    Uberlndia cresce muito, as crianas tm que ter escolas boas, de qualidade. Essas duas (novas escolas) j esto autorizadas e sero construdas em dois novos bairros. Vamos continuar trabalhando na educao, na sade e na segurana, para trazermos mais empregos, oportunidades e qualidade de vida, afirmou.

    O prefeito Odelmo Leo lembrou que graas parceria com o Governo de Minas Uberlndia avana na Educao. Segundo ele, somente no governo Anastasia j foram anunciadas quatro novas escolas para a cidade.

    Tambm participam da cerimnia o ex-governador Rondon Pacheco, o presidente da Cmara Municipal de Uberlndia, vereador Wilmar Resende, os deputados estaduais Luiz Humberto e Liza Prado, entre outras autoridades.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 16, 2012

    RIO+20

    A Carta da Terra rene lderes internacionais durante a Rio+20 para enfatizar que valores ticos devem ser a base dos acordos para o futuro que queremos e economia verde.

    Rio de Janeiro, 15 de Junho de 2012 A Carta da Terra Internacional reunir na tarde de 19 de Junho, no centro da cidade do Rio de Janeiro, personalidades internacionais para enfatizar a relevncia de seus princpios ticos no contexto da Rio+20 e da sustentabilidade da Terra. Severn Suzuki, a menina que calou o mundo, far a abertura do evento que tambm ter a presena de Leonardo Boff, ambos membros da comisso internacional da Carta da Terra.

    O secretrio-geral da Eco 92, Maurice Strong tambm aguardado. Strong, alm de ser membro da comisso internacional do movimento, considerado ao lado de Mikhail Gorbachev, um dos fundadores da Iniciativa da Carta da Terra. Segundo ele, neste momento crtico na histria da Terra em que a humanidade deve escolher o seu futuro, seria importante para a Rio+20 reconhecer e endossar A Carta da Terra.

    Para a Diretora Executiva, Mirian Vilela, o propsito do evento , enfatizar a importncia deste valores ticos para inspirar e guiar diferentes atores e setores da sociedade rumo a um futuro sustentvel. Em meio a tantos impasses nas negociaes da Rio+20, fundamental reenfatizar a importncia dos valores e princpios da Carta da Terra como a base de acordos internacionais que ajudaria o mundo na transio para a economia verde. Levamos 8 anos para redigir a Carta em um amplo processo de negociao participativa internacional, chegou a hora da sociedade global utiliz-la.

    Diversos princpios da Carta da Terra abordam diretamente a necessidade de se redesenhar sistemas atuais fundamentados em um sentido de responsabilidade universal e de intergeraes. O Princpio 7, por exemplo, articula que a humanidade precisa Adotar padres de produo, consumo e reproduo que protejam as capacidades regenerativas da Terra, os direitos humanos e o bem-estar comunitrio e deve tambm Atuar com restrio e eficincia no uso de energia e recorrer cada vez mais aos recursos energticos renovveis como a energia solar e vento.

    Para Mikhail Gorbachev, Presidente da Cruz Verde Internacional, a escolha nossa: formar uma aliana global para cuidar da Terra e uns dos outros, ou arriscar a nossa destruio e a da diversidade da vida. Portanto devemos fazer tudo que podemos para que esta Carta seja aceita exatamente como foi desenhada: um conjunto de regras de importncia vital.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 16, 2012

    TURISMO mineiro competitivo

    MINAS GERAIS CRESCE MAIS QUE A MDIA NACIONAL
    EM NDICE DE COMPETITIVIDADE DO TURISMO

    Os destinos tursticos mineiros cresceram mais do que a mdia nacional, de acordo ndice de Competitividade do Turismo Nacional 65 Destinos Indutores 2011, divulgado pelo Ministrio do Turismo e Sebrae, nesta semana. Em 2011, o ndice mdio dos municpios mineiros pesquisados foi 10,3% maior do que a mdia nacional (57,5), atingindo o valor de 63,4.

    De acordo como o estudo, a capital mineira, Belo Horizonte, obteve uma mdia de 75,5. Este nmero 15,3% maior do que a mdia das outras capitais nacionais pesquisadas que obtiveram uma mdia de 65,5. Os demais municpios mineiros pesquisados, alm da capital mineira, Diamantina, Ouro Preto e Tiradentes, obtiveram um ndice mdio de 59,4, ou seja, 14,7% acima dos municpios nacionais considerados como no capitais que atingiram o valor mdio de 51,8. A cidade histrica de Tiradentes tambm foi considerada destaque em 2011 como no capital que mais evoluiu no indicador referente capacidade empresarial com um aumento de 63,2% em relao ao valor alcanado em 2010.

    O secretrio de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho, comentou o crescimento do turismo mineiro atribuindo o bom resultado ao trabalho integrado realizado no Estado. O ndice de Competitividade nos fornece informaes que subsidiam o planejamento estratgico do Governo de Minas na atividade turstica. Por meio dele, podemos monitorar a evoluo da atividade nos destinos e no Pas para melhor atender o turista e planejarmos as nossas Polticas Pblicas.

    Clique aqui e leia mais.

    Acesse o Portal do Turismo Mineiro e saiba todas as novidades do turismo no Estado


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 15, 2012

    Dilma de volta a BH. Dia 27 de junho no Palcio das Artes.

    Presidenta Dilma Rousseff
    e ministro Aguinaldo Ribeiro
    confirmam presenas no 84 ENIC
    que acontecer em BH

    Esto confirmadas as presenas da presidenta da Repblica, Dilma Rousseff, e do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, para a solenidade de abertura do 84 Encontro Nacional da Indstria da Construo (Enic), que ser realizada no dia 27 de junho, no Palcio das Artes, em Minas Gerais.

    Promovido pela Cmara Brasileira da Indstria da Construo (CBIC), entidade presidida por Paulo Safady Simo, e realizado pelo Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), que tem frente o empresrio Luiz Fernando Pires, e Sindicato da Indstria da Construo Pesada no Estado de Minas Gerais (Sicepot-MG),comandado por Alberto Salum,

    O encontro ser de 27 a 29 de junho, no Expominas, em Belo Horizonte, e reunir cerca de dois mil empresrios, representantes de diferentes rgos do Poder Pblico e outros atores relevantes para o segmento, no debate de temas estratgicos como inovao, sustentabilidade, qualificao profissional, relaes de trabalho, sade e segurana do trabalho, qualidade, produtividade, parcerias pblico-privadas, responsabilidade social, obras pblicas, financiamento imobilirio e questes relacionadas s cidades, como mobilidade urbana, dentre outros.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 15, 2012

    Rio+20. MG e Esprito Santo juntos.

    ROTEIRO TURSTICO INTEGRADO ENTRE MINAS GERAIS E ESPRITO SANTO APRESENTADO DURANTE PROGRAMAO DA RIO +20

    Durante conferncia da Organizao das Naes Unidas, a Rota do Capara, que integra os dois estados, foi apresentada no I Colquio de Turismo e Sustentabilidade

    A Rota Turstica do Capara, que tem como atrativo principal o Parque Nacional do Capara, situado entre os estados do Esprito Santo e Minas Gerais, foi apresentada na tarde desta sexta-feira (15/06), durante o 1 Colquio Turismo e Sustentabilidade, dentro da programao oficial da Rio +20. A nova rota est sendo estruturada para se tornar um atrativo turstico nacional e internacional e adequada para os adeptos do turismo de aventura e natureza.

    O roteiro turstico apresentado faz parte das aes do Programa Minas Integra Regio Sudeste uma parceria dos Governos de Minas e Esprito Santo e do Sebrae MG. O foco a inovao de produtos integrando diversos segmentos em mbito nacional, com a oferta de atrativos para agentes nacionais e, em especial, para a Copa do Mundo da FIFA de 2014.

    Clique aqui e leia mais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 15, 2012

    Seu bolso. Boletim do Escritrio de Advocacia Dcio Freire & Associados chama a ateno.

    Fazenda desiste de cobranas de at R$ 20 mil

    A PGFN pode deixar de apresentar defesa na Justia nos casos de execues contra a Unio quando o valor da dvida for igual ou inferior a R$ 20 mil. A medida foi autorizada pelo ministro Guido Mantega por meio da Portaria n 219, publicada no dia 13 de junho.

    Dessa forma, a PGFN fica liberada tambm de apresentar recursos quando a cobrana for superior a R$ 20 mil. Isso poder ser feito desde que a diferena do clculo apresentado pelo autor da ao e pela Fazenda seja de, no mximo, 2%, limitado a R$ 20 mil.

    Ainda, a portaria regulamenta a Lei n 12.643/12, que passou a prever a autorizao para a PGFN deixar de se defender quando o valor pleiteado pelo exequente for inferior quele fixado em ato do Ministro da Fazenda. Entretanto, importante destacar que a desistncia autorizada pelo governo, o que no significa que o procurador seja obrigado a deixar de apresentar recursos.

    O valor fixado para a desistncia da defesa vai na linha do estabelecido em maro, quando a PGFN comunicou que deixaria de cobrar dbitos de contribuintes em execues fiscais quando o valor total for igual ou inferior a R$ 20 mil.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 14, 2012

    Em SINTONIA com o mercado. Vale conferir matria enviada ao nosso BLOG pelo advogado e administrador de empresas, o jovem RODRIGO AQUINO. Desejo sucesso!!!


    MG Partners "dribla" desconfiana de Mineiros

    Brao do grupo Renovo, empresa oferece suporte na compra, venda, fuso, atrao de investidores e capitalizao.

    DANIELA MACIEL.

    Aquino e Almada: vamos trabalhar ao lado do cliente
    Conhecimento do mercado mineiro e credibilidade so as armas da MG Partners para oferecer aos empresrios assessoria para compra, venda, fuso, atrao de investidores e capitalizao de empresas. A empresa, que surge como brao do grupo Renovo, capitaneado pelo empresrio e vice-presidente da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Edwaldo Almada, nasceu da percepo do empresrio e seus scios, o presidente e CEO da Colortextil, Flvio Roscoe, e o advogado especializado em finanas pela Fundao Dom Cabral (FDC), Rodrigo Aquino, de que o mercado brasileiro e, especialmente, o mineiro, apresenta no apenas oportunidades de vendas e fuses, mas potencial para atrair investidores estratgicos que podem melhorar as prticas de gesto alm dos aportes financeiros, fortalecendo ainda mais o mercado regional.

    "Grande parte das empresas fortes de Minas Gerais surgiu na dcada de 1950 e agora esto passando por processo de sucesso de primeira e at de segunda gerao. Esse um excelente momento para que elas encontrem novas oportunidades, seja por venda, fuso ou novos parceiros. O importante que elas tenham exata noo do seu valor e das possibilidades que o mercado pode oferecer", explica Aquino.

    "A nossa equipe mescla juventude e experincia assim como conhecimento do mercado e metodologias consagradas para as nossas aes. Devemos lembrar que cada negcio em processo de compra e venda ou de fuso tambm uma histria pessoal. caracterstica do empresrio mineiro cuidar da sua empresa como um filho, afinal o patrimnio construdo durante toda uma vida que vai mudar de mos, por isso o atendimento individualizado feito por quem realmente transita com naturalidade pelo mercado tao importante", avalia Almada.

    Dentro dessa perspectiva, o assessor age como um conselheiro. Ele pode atuar na ponta compradora, avaliando mercados e identificando empresas-alvo para aquisio, ou na ponta vendedora, analisando a empresa cliente, calculando o valor real do negcio, sugerindo aes que possam incrementar valor companhia, identificando e atraindo investidores e gerindo a negociao at a concluso do negcio.

    "A ideia aqui estarmos ao lado do nosso cliente. Nem sempre o melhor resultado a venda. No trabalhamos como corretores, mas como conselheiros. Preferimos que o negcio seja efetuado em uma outra oportunidade, mas que seja feito com segurana para todos os envolvidos. Aes como essas podem ter suas conseqncias sentidas por at cinco anos e queremos que, quando esse momento chegar, o trabalho da MG Partners seja lembrado como decisivo", afirma Roscoe.

    A atrao de investidores estratgicos vista pelos scios como uma modalidade que precisa ser melhor avaliada pelas empresas. "Temos um compromisso com o crescimento de Minas Gerais. Nem sempre a venda ou a fuso a melhor soluo para uma empresa. A chegada de um parceiro que agregue novas tecnologias, boas prticas de gesto e d uma nova motivao empresa garante no s um incremento aos negcios como a continuao da empresa em Minas Gerais e o fortalecimento da economia do Estado como um todo", completa Almada.

    Os clientes em potencial da consultoria so empresas que faturam anualmente entre R$ 100 milhes e R$ 300 milhes. Os setores que demonstram maior potencial so as empresas de tecnologia da informao (TI), minerao, energia e sade/hospitalar. A expectativa da equipe assessorar no mais do que cinco empresas de cada vez e que cada negociao dure entre seis e oito meses, em mdia.

    " natural que os negcios se concentrem, nesse primeiro momento, em Belo Horizonte, mas acreditamos que em breve tenhamos clientes de outras regies do Estado. Queremos trabalhar com um nmero limitado de clientes em um mesmo perodo para garantir a qualidade do servio prestado", finaliza Aquino.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 14, 2012

    TNIS. Coloque na agenda: sbado dia 16, s 8:30 da manh na Academia BH TENNIS no Estoril.

    IV Copa de Tnis Jornal da Cidade
    acontece neste sbado, dia 16 de junho

    Neste sbado, dia 16 de junho, a partir das 8h30, acontece a IV Copa de Tnis Jornal da Cidade/Equipes na academia BH Tennis, localizada no bairro Estoril. Os diretores do Jornal da Cidade, Humberto Alves Pereira e Humbertinho Alves Pereira Filho, sero os anfitries desse evento que j um sucesso.

    Este ano, o evento ter o formato Equipes em homenagem ao "Caderno Velocidade" com os Teams, F1, Rally, Truck, Stock, Sertes, Kart, com seis equipes formadas com sete homens e seis mulheres confrontando entre elas. Dessas seis equipes sero formados dois grupos de trs equipes e delas sair uma classificada para a grande final.

    O Jornal da Cidade premiar todos os participantes com medalhas de participao, e as equipes campes com trofus e brindes fornecidos pelos seus patrocinadores, alm de sorteio de brindes para animar a festa e um belo almoo oferecida pelo Buffet Rullus.

    A IV Copa de Tnis do Jornal da Cidade tem como patrocinadores a Fiat, o Banco do Brasil e a InterVip.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 14, 2012

    ARTIGO ESPECIAL

    ​Estado podre

    ​Jos Maria Couto Moreira*

    ​ contristador para o brasileiro abrir os jornais do dia. No h um dia sequer que as manchetes no nos oprimem ou ao prprio pas com novos acontecimentos deletrios ao nosso sentimento de ptria e que perturbam nossa tranqilidade e a reiterada f no Brasil e nos personagens que nos governam. Nem ser preciso arrolar aqui fatos capitulados em todas as linhas de nosso Cdigo Penal e que figuram como notcias de imprensa, quando deviam constituir libelos para seus autores. Estes, porm, os negam at o ltimo instante, e, pior ainda, encontram parceiros que com eles se solidarizam, sempre tambm assentados em interesses pessoais.

    ​Esta a crise, isto , vivemos segundo o conceito sociolgico, em grande desequilbrio social e poltico, tal a inverso completa de valores que o Estado adota como diretrizes da vida coletiva. Ela, a crise, est ganhando contornos de permanncia (no se percebem esforos para o equilbrio), o que torna o Estado mais vulnervel, repercutindo, ento, em novas ondas que intimidam a segurana social.

    ​A extenso territorial do pas e a ignorncia do alfabeto por milhes de brasileiros j so fatores de risco para uma administrao oramentria eficiente. Acresce a impunidade, forte ingrediente para a banalizao de nossos costumes, o que completa a frmula ideal para uma sociedade que tende para a anarquisao.

    ​ atemorizante a omisso dos agentes que zelariam pelos valores republicanos, as prticas nocivas so ameaadoras nossa soberania, o cinismo sobeja a quaisquer investigaes, e as ostensivas e tirnicas vantagens da elite poltica em detrimento da lei e da justa distribuio de renda compem cenrio o mais pessimista. Esta realidade repercute tambm na formao atual dos brasileiros, cuja gerao, igualmente, no encontrar o melhor exemplo para garantir o futuro da nao frente ao mundo ou, at mesmo, para manter sua extenso geogrfica.

    ​H, j, uma metstase do organismo federal, seguindo-lhe, em igual grau de putrefao, os organismos estaduais e municipais (salvo Minas, que uma ilha de austeridade). A corrupo lavra na cpula tanto quanto se estende ao estado e ao municpio.

    Alm das conseqncias de ordem material, que so as perdas oramentrias, financeiras e patrimoniais, h outra de funda importncia para a formao da conscincia nacional, tal a sucesso constante de fatos que se encerram sem um fecho condenatrio: o desinteresse gradual, o alheamento, a apatia e outras acutiladas nas almas brasileiras que vo desaguar na completa inapetncia para a formao de juzo crtico sobre quaisquer acontecimentos no pas.

    Estaremos a a um passo de entregarmos a administrao de nossa economia a grupos (at estrangeiros) que passam a geri-la segundo suas convenincias. Por isso, a desinformao ou o alheamento da vida do Estado, concentrando-se o cidado exclusivamente nas atividades particulares e em sua vida pessoal tornar todos vtimas do futuro.

    ​*Procurador do Estado MG


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 14, 2012

    Teatro. Recomendo!!!

    Teatro leva obra de Bartolomeu Queirs s principais capitais 
    Atriz Nathlia Maral atua em "Por Parte de Pai", que estreia em BH dia 27/06





    Bartolomeu Campos de Queirs


    A prosa potica universal de Bartolomeu Campos de Queirs encontra na atuao de Nathlia Maral e encenao de Andr Paes Leme um pouso perfeito para o livro "Por Parte de Pai", ttulo homnimo do espetculo, em monlogo.  

    A montagem estreia em Belo Horizonte, no Teatro Alterosa, de 27 a 29 de junho, quarta a sexta-feira e segue para Betim. Depois, cumpre temporada no Rio de Janeiro e So Paulo. "Por Parte de Pai" uma homenagem a Bartolomeu Campos de Queirs, falecido em janeiro, e esta montagem tem em seu arcabouo alguns dos mais destacados profissionais da rea: o multiartista Ronaldo Fraga responde pelo cenrio e figurino; Marcia Rubin, pela preparao corporal e direo de movimentos; Renato Machado, desenhos de luz; Pedro Verssimo, trilha sonora, Rose Gonalves, preparao vocal e Tatyana Rubim, produo. 

    A encenao um convite ao espectador para uma viagem nos caminhos curvos da memria de uma infncia. A personagem revive intensamente o perodo em que esteve ao lado dos avs numa cidade do interior, e recupera o prazer e os medos daquela convivncia to determinante para a sua personalidade. A descoberta da vida, do amor, e a percepo concreta da perda marcam uma narrativa potica e sensvel sobre um tempo que no tem pena e que no retorna, a no ser quando chamado pela saudade. 

    A cena acompanha a delicadeza e sensibilidade das palavras de Bartolomeu Queirs e busca, na fora das suas imagens, atravs de uma narrativa ora angustiante ora leve e divertida, a principal fonte de comunicao do espetculo. muito provvel que o pblico, aps testemunhar este depoimento singelo e comovente, acabe por desfrutar daquela que certamente a mais bela das funes da arte do ator: fazer com que cada um de ns mergulhe corajosamente na sua prpria histria de vida. 

    Segundo o encenador Andr Paes Leme, "Nathlia revela ser uma atriz muito sensvel quando, corajosamente, aposta no desafio de fazer da potica literria um emocionante depoimento teatral. uma jovem atriz que d os primeiros passos dando um timo exemplo de compromisso com a arte que escolheu para se expressar". 

    Ronaldo Fraga lembra que j conhecia a obra e que quando integrou o projeto j tinha uma ideia preconcebida: "o figurino segue a linha de no pontuar tempo nem gnero. Utilizo o linho, madeira e marfim que apresentam cores e texturas que sempre me remetem memria. 

    O cenrio tem sobreposio de mesas e objetos, que acompanham a linha do tempo das memrias do autor", completa. A produtora Tatyana Rubim coloca que "contribuir para o trabalho de jovem artista, como a Nathlia, uma experincia nica. Ao mesmo tempo, fascinante v-la construir esta narrativa, amparada por profissionais de natureza sensvel e precisa. O diretor e sua equipe presente dos anjos, que nos envolveram no universo do Bart. emoo pura", afirma.

    Servio:

    Por Parte de Pai, com Nathlia Maral, baseada na obra homnima de Bartolomeu Campos de Queirs

    Dia/Hora: de 27 a 29 de Junho. Dias 27, quarta e 28, quinta, s 20h e 29, sexta, s 21h

    Ingressos: R$ 5,00 (inteira) e R$ 2,50 (meia entrada)

    Local: Teatro Alterosa (Av. Assis Chateabriand, 499 - Floresta - Capacidade: 320 lugares)

    Informaes: (31) 3237-6611 

    Realizao: APPA e Nathlia Maral

    Incentivo: Patrocnio da Fiat e da Aethra, 
    com os benefcios das Leis Estadual e Federal 
    de Incentivo Cultura


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 14, 2012

    TURISMO no Rio Grande do Sul

    Ministro do Turismo recebe convite para o Festuris
    Evento inova em 2012 com apresentao do Salo da Acessibilidade

    O Ministro do Turismo, Gasto Vieira, que na tarde desta quarta-feira (13) esteve em Gramado participando da inaugurao do primeiro quadrante do Anel Virio, recebeu o convite oficial para o Festival do Turismo (Festuris) das mos do diretor do evento, Eduardo Zorzanello.

    Vieira estava acompanhado da secretria estadual do Turismo, Abgail Pereira, uma das principais incentivadoras do festival, que chega 24 edio e ser realizado de 22 a 25 de novembro, no Serra Park. So aguardados 14 mil profissionais do trade turstico da Amrica do Sul para a feira, considerada por profissionais do segmento como uma das mais qualificadas para a realizao de negcios no setor.

    O lanamento do Salo da Acessibilidade neste ano tido como a principal inovao no Festuris. Em todo o mundo, segundo a Organizao das Naes Unidas (ONU), existem 500 milhes de pessoas com deficincia e 80% esto nos pases em desenvolvimento. O turismo acessvel torna-se uma causa do evento especialmente em razo da realizao de dois grandes eventos esportivos no Brasil nos prximos quatro anos: a Copa do Mundo (2014) e as Olimpadas (2016). Em Braslia, na semana passada, os diretores do festival, Marta Rossi e Eduardo Zorzanello, acompanhados da assessora promocional Tnia Brizolla, percorreram diversos ministrios e gabinetes governamentais para a apresentao do projeto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2012

    Direto do avio da TAM voo 16:30 no aeroporto de Braslia. O Instituto SENSUS vai fazer a campanha de reeleio do presidente de ANGOLA ,Jos Eduardo.

    Quem deu a informao, em primeia mo, foi o diretor da SENSUS, Ricardo Guedea. Depois dou mais dealhes. E precisa? A campanha do presidente da Repblica de ANGOLA. A equipe da SENSUS segue para Angola dia 16 de junho.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2012

    Em peimeira mo: CONCURSO DA CEMIG. Vale conferir!!!

    A Companhia Energtica de Minas Gerais (Cemig) divulgou nesta tera-feira, 12, dois editais de concurso pblico oferecendo 800 vagas no total, com o objetivo de recompor seu quadro de empregados. O Edital 01/2012 oferece 173 vagas para os cargos de Eletricista de Linhas e Redes Areas, Eletricista de Transmisso, Eletricista de Redes Subterrneas de Distribuio, Eletricista de Manuteno, Operador de Usina e Mecnico de Manuteno, com remunerao inicial de R$ 1.280,00.

    H vagas disponveis para Belo Horizonte e para todas as regies do Estado. Os candidatos devero optar pela regio de trabalho no ato da inscrio e podero se candidatar apenas para um cargo.

    J o Edital 02/2012 oferece 351 vagas para cargos de nvel universitrio e 276 vagas para cargos de nvel tcnico administrativo-operacional, com remuneraes que variam de R$ 1.950,00 a R$ 5.287,00. H uma diversidade de cargos e cidades de trabalho. O candidato dever informar sua escolha no ato da inscrio.

    Os benefcios concedidos atualmente pela Cemig so: participao nos lucros e resultados, planos de sade e odontolgico, previdncia privada, seguro de vida em grupo, vale-alimentao ou vale-refeio.

    Os cargos, nmero de vagas, requisitos necessrios para concorrer e outras informaes podem ser conferidos, na ntegra, nos editais publicados no jornal Minas Gerais (dirio oficial do Governo do Estado) e disponibilizados no Portal Cemig e no site da Fundao de desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).

    As inscries do Edital 01/2012 vo de 16 de agosto de 2012 a 14 de setembro deste ano, e a taxa de inscrio de R$ 40,00. J as inscries do Edital 02/2012 vo de 21 de agosto de 2012 a 19 de setembro, e a taxa de inscrio varia de R$ 40,00 a R$ 80,00. As inscries somente podero ser feitas por meio do site da Fundep (www.gestaodeconcurso.com.br), entidade responsvel pela execuo dos dois concursos pblicos. O perodo estabelecido para os pedidos de iseno da taxa de inscrio de 13 a 20 de agosto deste ano, para ambos os editais.

    As provas relativas ao Edital 01/2012 sero aplicadas no dia 21 de outubro deste ano e as provas relativas ao Edital 02/2012 acontecem no dia 11 de novembro de 2012.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2012

    RIO+20 comea e vira Selo

    Correios lana selo dedicado energia elica na Rio+20

    Na prxima sexta-feira (15), os Correios lanam o selo comemorativo Emisso Mercosul: Energia Renovvel - Elica, durante a Rio+20, Conferncia das Naes Unidas sobre Desenvolvimento Sustentvel. O lanamento ser s 15h, no estande dos Correios no Parque dos Atletas, em cerimnia conduzida pelo presidente da empresa, Wagner Pinheiro de Oliveira, com a participao da vice-presidente do Conselho Deliberativo da Associao Brasileira de Energia Elica, Laura Porto.

    Por meio dessa emisso, os Correios demonstram o seu compromisso com a preservao ambiental no contexto do Mercosul e divulgam a potencialidade do Brasil no desenvolvimento de fontes renovveis. Alm do reduzido impacto ambiental, a energia elica pode contribuir para a reduo da emisso de gases de efeito estufa e para a universalizao do atendimento de fornecimento eltrico.

    Temos orgulho em lanar este selo justamente no momento em que o governo brasileiro anuncia o financiamento da construo de cinco parques elicos, que iro gerar receita e empregos para as comunidades locais. Retratar nossa energia elica, reconhecida como a mais barata do mundo, atuar em prol do desenvolvimento sustentvel do Brasil, disse Wagner Pinheiro de Oliveira.

    Os Correios so patrocinadores da Rio+20 e esto presentes em diversos espaos da conferncia, com exposio de prticas socioambientais da empresa e duas agncias para atendimento ao pblico.

    Sobre o selo

    O selo foi produzido com tcnica de computao grfica pela artista Adriana Shibata e possui tiragem de 300 mil unidades, ao valor de R$ 1,85 cada. Pode ser adquirido pela loja virtual (www.correios.com.br/correiosonline), pela Agncia de Vendas Distncia (centralvendas@correios.com.br) ou nas agncias dos Correios.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2012

    Jornal EDIO DO BRASIL faz 30 anos e vai ser homenageado pela Assemblia Legislativa de Minas. Dia 25 noite no plenrio JK. Cumprimento o presidente do Edio do Brasil, nosso diretor da Abrajet Minas, Eujcio Silva.

    O Jornal Edio do Brasil convida para a entrega do XXV Trofu Tancredo Neves, que anteceder a homenagem prestada pela Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. 25 de junho de 2012 19 horas Salo Nobre da ALMG

    O Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, Deputado Dinis Pinheiro, convida V. Exa. para a Reunio Especial, requerida pelos Deputados Arlen Santiago, Doutor Viana e Joo Vtor Xavier, em homenagem ao Jornal Edio do Brasil pelos seus 30 anos de fundao.

    25 de junho de 2012 - 20 horas
    Plenrio Juscelino Kubitschek


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2012

    Mrcio Sette - um profissional do terceiro milnio. Talento mineiro na capital paulista. Desejo sucesso!!!

    Diz Mrcio Sette no e-mail enviado ao nosso Blog:
    Acabo de compor o time da Especificacoes.com, uma empresa focada em apoiar seus clientes na estruturao e automao dos processos de ALM (Application Lifecycle Management) e EPM (Enterprise Project Management).

    Eles so o 1 Gold Partner na competncia de ALM do mundo e, atualmente, a nica empresa brasileira com este nvel de especialidade tanto em ALM, quanto em EPM.

    A Especificacoes.com vem realizando um trabalho diferenciado junto com o time de ALM da Microsoft Brasil, apoiando projetos de grande complexidade e abrangncia (ex.: TOTVS, Stefanini com mais de 3mil dev), como tambm de mdias e pequenas empresas (ex.: Votorantim, Light, UNINTER, BicBanco, Banco VW, outras).

    Com as competncias de ALM e EPM integradas, oferecem uma viso consolidada de gesto para a rea de sistemas, com ganhos em governana/rastreabilidade e produtividade/automao (para conhecer mais, convido-os a acessar nosso site www.especificacoes.com).

    Atuarei como Diretor Comercial, com responsabilidades de estabelecer novos negcios e parcerias, em todo territrio nacional (por enquanto J).t

    Minha base a partir de 21 de junho passa a ser So Paulo, mas, com toda certeza, frequentemente estarei em Belo Horizonte cultivando meus laos e razes.
    Gostaria de continuar mantendo contato com vocs. Meus dados atualizados esto na assinatura abaixo.

    Mrcio Sete |Diretor Comercial


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 13, 2012

    Gesto e Competitividade. Evento do CIEMG ser aberto nesta quinta no Actual Hotel em Contagem.

    Em busca da competitividade empresarial

    Projeto que estimula a capacitao de empreendedores contar com palestras de profissionais nacionalmente conhecidos. Abertura ser nesta quinta-feira (14), no Actuall Hotel, em Contagem.

    O Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (Ciemg) e o Servio de Apoio s Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG) promovem, nesta quinta-feira (14), em Contagem, a abertura da 5 edio do Gesto & Competitividade, que segue com programao de atividades at o ms de setembro.

    O evento contar com palestras de profissionais nacionalmente reconhecidos, como Menegatti, Dado Schneider, Eduardo Shinyashiki e o professor Marins, que abrir a agenda de programao da edio 2012 do projeto. Ele ir falar sobre o poder do entusiasmo e a fora da paixo para vencer os desafios do mercado. O incio da palestra est programado para s 8:30, no Actuall Hotel, em Contagem.

    Alm do ciclo de palestras, o Gesto & Competitividade contar ainda com uma agenda de cursos, que iro destacar temas como motivao, vendas, liderana e inovao, capazes de estimular e impulsionar as organizaes e os empreendedores mineiros. A programao completa da 5 edio do Gesto & Competitividade pode ser conferida no site www.fiemg.com.br/gestaoecompetitividade. Outras informaes podem ser obtidas pelos telefones (31) 3227-7342 ou 3227-7469.

    Abertura da 5 edio do Gesto e Competitividade, com a palestra do prof. Marins Data: 14/06 Horrio: 08:00 Local: Actuall Hotel Rodovia Ferno Dias, 3443, Jardim


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2012

    Novidade


    Segurana Pblica
    PROJETO QUE PROBE SERPENTINAS EST PRONTO PARA PLENRIO

    Dalmo Ribeiro Silva, relator, argumenta que risco trazido por serpentinas metalizadas justifica edio de lei para regulamentar o uso desse material
    Veja Galeria de Fotos
    O Projeto de Lei (PL) 1.545/11, que que probe a comercializao, a distribuio, a produo e a utilizao de serpentinas metalizadas e produtos similares no Estado, recebeu parecer de 2 turno favorvel na reunio desta tera-feira (12/6/12) da Comisso de Segurana Pblica da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O relator da matria, deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), opinou pela aprovao do projeto na forma do vencido em 1 turno. O projeto segue agora para anlise do Plenrio, em 2 turno.

    A proposio, de autoria do deputado Bruno Siqueira (PMDB), determina a proibio somente dos produtos destinados a festejos e que possam representar perigo de acidentes envolvendo energia eltrica. Em caso de descumprimento da norma, o infrator ficar sujeito s penalidades previstas no Cdigo de Defesa do Consumidor.

    O projeto teve grande apelo popular, aps o acidente envolvendo serpentina metlica que matou 16 pessoas e feriu 55, no municpio de Bandeira do Sul (Sul de Minas), no Carnaval de 2011. A tragdia exps no s a falta de informaes relativas aos riscos de acidentes que aqueles produtos poderiam causar quando utilizados prximos rede eltrica, como tambm a potencialidade lesiva quando em contato com a rede, afirmou Dalmo Ribeiro Silva. De acordo com o parecer, a comprovao de riscos justifica "a convenincia e a necessidade da edio de norma que regulamente a matria e busque prevenir acidentes.

    Proposio exige colocao de grades protetoras em piscinas

    Tambm foi aprovado parecer de 1 turno favorvel ao PL 2.128/11, do deputado Delvito Alves (PTB), que dispe sobre a exigncia de colocao de grades protetoras ao redor de piscinas. A relatora, deputada Maria Tereza Lara (PT), opinou pela aprovao da matria na forma do substitutivo n1, da Comisso de Constituio e Justia (CCJ).

    Em sua forma original, a proposio obriga o uso de grades em torno de piscinas localizadas em clubes, sociedades recreativas, associaes, hotis, condomnios, colgios, edifcios, residncias e em outros locais pblicos ou privados. Pretende-se, tambm, condicionar a aprovao de plantas de edificaes e a concesso de alvar de construo ao cumprimento das exigncias impostas pela proposta.

    O substitutivo n 1, da CCJ, restringiu a obrigatoriedade de instalao de grades protetoras s piscinas de uso comum, citadas acima, excluindo as piscinas privativas ou domsticas. O substitutivo tambm excluiu o dispositivo que condicionava a aprovao de plantas de edificaes e a concesso de alvar de construo ao gradeamento das piscinas.

    Para a deputada Maria Tereza Lara, a edio da norma necessria, uma vez que o afogamento ainda um dos principais causadores de morte de crianas. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Salvamento Aqutico (Sobrasa), apesar de o ndice de mortes por afogamento no Brasil ter diminudo 33% entre 1979 e 2007, ainda assim o afogamento a segunda causa de morte de crianas com idade entre 5 e 9 anos, a terceira causa de morte de crianas com idade entre 1 e 4 anos e de adolescentes entre 10 e 19 anos e a quinta causa de morte de adultos na faixa entre 20 e 29 anos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2012

    DIRETO DE BRASLIA. Aprovado por UNANIMIDADE na Comisso de Constituio da Cmara Federal projeto do senador Jos Pimentel do PT do Cear que prev at 2% das receitas lquidas dos Estados para as Dfensorias Pblicas.

    O projeto vai nesta quarta-feira para a Comisso de Assuntos Oramentrios e financeiros. Depois vai a plenrio.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2012

    Encontro com Ftima Bernardes - estria dia 25. Nota pinada do twitter do O Globo

    RIO - Em entrevista coletiva realizada na manh desta tera-feira, a jornalista Ftima Bernardes apresentou imprensa seu novo programa. Encontro com Ftima Bernardes estreia no prximo dia 25, uma segunda-feira, logo aps o matinal Bem estar.

    Com uma plateia formada por 60 pessoas, a ideia da atrao contar histrias de pessoas comuns, unindo temas como comportamento, prestao de servio, informao, msica, entretenimento e diverso. A interatividade com o pblico nas ruas, em casa e na plateia tambm ser uma marca do programa, que trar Ftima com uma pegada mais informal.

    Depois de sair do Jornal Nacional, Ftima e uma equipe formada por nomes como Geneton Moraes Neto, Carlos Jardim, Ana Paula Brasil, Guel Arraes e Claudio Manoel passaram oito meses concebendo o programa. A direo de ncleo de Mauricio Farias.

    Durante a coletiva, Ftima brincou e disse que no havia nem um segredo de Ftima, tampouco um mistrio de Ftima.

    Era s uma estratgia para a gente trabalhar e formar uma equipe. Tivemos que chegar a montar um programa inteiro, desde o incio e da contratao de pessoas conta a jornalista.

    A atrao vai ocupar 70 minutos dirios de produo nas manhs da Globo. A grande estrela ser o bate-papo: Ftima conduzir conversas voltadas para todo tipo de pblico. Durante o encontro com os jornalistas, ela ainda disse que o programa no um talk show e nem foi inspirado em nenhuma outra atrao j existente, como a de Oprah Winfrey.

    A ideia do programa sempre foi misturar jornalismo, de uma forma diferente, com entretenimento. E este sempre foi um desejo da emissora, misturar estas duas reas diz Ftima.

    Os programas teros empre conversas ligadas a temas atuais e a proposta que as pessoas da plateia participem ativamente, respondendo a perguntas ou elaborando questes. O pblico no estdio ser escolhido de acordo com o assunto do dia. O jornalismo estar presente: flashes de notcias relevantes sero inseridos ao vivo.
    A estrutura do programa ter, ainda, VTs que sero exibidos ao pblico. Aps os vdeos, os assuntos sero debatidos. Alguns temas podero ocupar o espao da atrao durante toda a semana.

    um exerccio dirio encontrar uma forma de abordar estes temas, mas vamos poder falar de tudo, de meio-ambiente, de oportunidades de emprego ou de moda. Tambm vamos prestar servios explica Ftima.


    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/revista-da-tv/fim-do-misterio-fatima-bernardes-apresenta-novo-programa-imprensa-5179569#ixzz1xbWs9Ney
    1996 - 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicao e Participaes S.A. Este material no pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribudo sem autorizao.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2012

    Ladainha

    Setor ganha Plo Tecnolgico para Cachaa

    A UFMG e a Associao de Produtores de Cachaa de Ladainha (Aprocamil), desenvolvem o projeto de criao do Plo de Inovao Tecnolgica da Cadeia Produtiva da Cachaa de Alambique, no municpio de Ladainha, Vale do Mucuri.

    O projeto, j aprovado pela Fapemig, foi um esforo conjunto da diretoria da Aprocamil, a prefeitura de Ladainha e o empenho pessoal do secretrio municipal da Agricultura, Celso Lagoas, alm da atuao firme do empresrio Constantino Colen,produtor da Cachaa Ladainha.

    Segundo Hilton Manoel Ribeiro, da Secretaria Estadual de Cincias e Tecnologia (Sectes), os recursos para implementar o projeto, na ordem de R$ 300 mil, esto garantidos pela Fundao de Amparo a Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig).

    Apoiando o Projeto do Plo, a Associao dos Produtores de Cachaa de Qualidade (AMPAQ), atravs de cooperao mtua com a Aprocamil, atuar na capacitao tcnica, organizacional e operacional dos produtores da regio, cerca de 50 pequenos fabricantes de cachaa, alm da realizao de consultoria tcnica especializada em transferncia de tecnologia de gesto, produtos e processos. O Projeto ser inserido no Programa Estruturante da SECTES Plo de Inovao e ser coordenado pela UFMG atravs do professor Gecenir Colen.
    Fonte : Ampaq Tel: (31) 3421-4040


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 12, 2012

    A Rio+20 na tica do senador Acio Neves em artigo para a Folha de SP

    Mais uma vez o Brasil est no centro do desafio ambiental que mobiliza o mundo. Com a Rio+20, a comunidade internacional rene as suas melhores esperanas para fazer avanar uma agenda comum e novas metas mobilizadoras para o desenvolvimento sustentvel, que alcana tambm as questes econmicas e sociais.

    Na condio de anfitries da conferncia global, hora de nos posicionarmos com a convico de quem, como eu disse antes aqui, pode se tornar o primeiro pas desenvolvido com economia de baixo carbono, ampla participao de energias renovveis e prticas industriais, comerciais e agrcolas sustentveis. No podemos perder a oportunidade de contribuir para a fundao de um novo modelo de desenvolvimento -justo e solidrio- que possa servir de referncia.

    Poucos pases podem faz-lo como o Brasil. Afinal, reunimos uma das matrizes energticas mais limpas do planeta; extensas reas agricultveis; o maior programa de biocombustveis do mundo; um consolidado regime democrtico, vivendo nossa era de bnus demogrfico e uma exitosa experincia de reduo da pobreza, construda nas duas ltimas dcadas.

    Se a sustentabilidade global s ser alcanada com os urgentes acordos e tratados internacionais de cooperao e novos mecanismos de financiamento, tambm preciso que cada pas enfrente com coragem os seus problemas e desafios locais.

    Do Brasil se espera o exemplo. Avanamos, mas ainda convivemos com dficits vergonhosos. A destruio da vegetao natural -em especial, o desmatamento na Amaznia e as queimadas no cerrado- responde por mais da metade das emisses brasileiras de CO2 e coloca o Brasil entre os dez maiores emissores de gases de efeito estufa.

    Ainda temos cerca de 40% dos domiclios inadequados para moradia. Nossas instituies pblicas so obsoletas e burocratizadas, travando a competitividade do pas. Cada um desses indicadores rene nossos deveres e novas oportunidades para a economia e a sociedade. A construo do modelo de desenvolvimento sustentvel, com novos padres de produo e de consumo, se constitui na maior oportunidade de mudanas sociais e econmicas do sculo 21.

    No se trata mais de saber quanto custaro os ajustes necessrios na era ps-petrleo que se aproxima, mas de como o nosso senso tico coletivo atender a demanda por energia, gua potvel, comida e outros insumos, exigidos pela incluso de bilhes de pessoas em todo o planeta.

    Que os frutos da Rio+20 reforcem nossos laos com as geraes futuras e sejam capazes de alimentar um novo modelo de desenvolvimento, com lucidez, coragem e a urgncia do presente que o futuro exige.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 11, 2012

    Uberlndia. Defensora Pblica Geral de Minas, Andra Tonet, prestigiou evento no Tringulo.

    ENCONTRO REGIONAL DA DEFENSORIA PBLICA EM UBERLNDIA CONTA COM A PARTICIPAO DE CERCA DE 600 ESTUDANTES

    A Defensoria Pblica de Uberlndia realizou, na quarta-feira (30), o III Encontro Regional da Defensoria Pblica. O evento, que marcou o encerramento das atividades comemorativas da Semana da Defensoria Pblica na cidade, contou com a participao de cerca de 600 estudantes de faculdades de Direito de Uberlndia.

    A primeira palestra foi do presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Famlia, Rodrigo da Cunha Pereira, com o tema "O novo sistema de divrcio e as novas famlias". Em seguida, a Defensora Pblica-Geral de Minas Gerais, Andra Tonet, apresentou o tema "O Defensor Pblico como agente de transformao social".

     

    uberlandia1

    Antecipando as palestras, foi dada a palavra para os representantes do poder pblico local. Todos elogiaram a dedicao e o compromisso dos Defensores Pblicos de Uberlndia no cumprimento de suas misses e tambm a iniciativa da Defensoria Pblica em realizar o  Mutiro Direito a Ter Pai, trabalho indito no Estado, que j se encontra na terceira edio no municpio

    Novas famlias

    Iniciando sua palestra, Rodrigo da Cunha Pereira apresentou um vdeo sobre as mudanas no conceito de famlia e a importncia de uma reviso na legislao brasileira que seja capaz de reconhecer, e traduzir em leis, as novas e reais necessidades destas novas famlias. " preciso que o Brasil se adapte s novas formas de unio que esto por vir futuramente para que a sociedade viva melhor e sem preconceitos", afirmou.

    Rodrigo da Cunha explicou que a concepo de famlia vem mudando de uns tempos pra c, desconstruindo os velhos conceitos patriarcais pai, me e filhos".

    Segundo ele, estas mudanas tiveram avano com a promulgao da lei do divrcio no Brasil, em 1977, acabando com a idia de indissolubilidade do casamento, e em 2010, com a aprovao da Emenda Constitucional 66, que extinguiu a separao judicial. "Se para casar no se precisa do requisito temporal, por que exigi-lo quando o casamento termina? Esta lei, ao contrrio do que muitos pensam, veio para facilitar a vida dos casais, pois uma maneira de diminuir os conflitos entre eles", sustenta.

    O presidente do Ibdfam afirmou que uma famlia feliz , em sua opinio, aquela que est estruturada com base em afeto e carinho, independente da forma como composta. "Todas as questes familiares passam, tambm, pelas questes ticas e religiosas. preciso repensar novas estruturas parentais, distinguindo-as das funes sociais", finalizou.

     

    uberlandia2

    O pblico estudantil lotou o auditrio da Faculdade Pitgoras para acompanhar as palestras do III Encontro Regional da Defensoria Pblica


    O papel que o Defensor desempenha como agente transformador

    A Defensora Pblica-Geral, Andra Tonet, agradeceu a oportunidade de falar para o pblico estudantil. Ela comeou sua palestra mostrando a diferena entre o Defensor Pblico e o advogado. "O Defensor Pblico no advogado. uma carreira de Estado assim como as demais, prevista constitucionalmente, com prerrogativas, diretrizes, garantias e corregedoria prpria", afirmou.

    Andra Tonet explicou que as funes do Defensor Pblico vo alm da prestao judicial. "O artigo 134 da Constituio Federal diz que a Defensoria Pblica responsvel por garantir a assistncia jurdica e a defesa do vulnervel em todos os graus. Portanto, nossas atribuies vo muito alm da advocacia, das peties judiciais", completou.

    Segundo a DPG, o Defensor Pblico agente de transformao social porque capaz de modificar a realidade do indivduo vulnervel. "Atualmente, o indivduo pobre est, praticamente, excludo de todas as iniciativas inclusivas como sade, educao, lazer e justia." " medida que a pobreza exclui continuou ela a Defensoria Pblica surge com as funes constitucionais de incluso".

    Para exemplificar o papel transformador da Defensoria Pblica, a DPG apresentou atuaes da Instituio, como o mutiro para reconhecimento da paternidade realizado no dia 18 de maio em Uberlndia que garante s crianas e adolescentes o direito do reconhecimento de sua ascendncia, e o projeto Leitura no Beco, realizado no Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte, que leva para dentro do ambiente da criana alegria, educao em direitos e cidadania.

    Andra Tonet explicou que durante muito tempo a populao excluda s conhecia o poder repressor do Estado, porque este s se manifestava quando as situaes chegavam aos seus extremos. Segundo ela, hoje o Estado moderno trabalha com a preveno das situaes e a Defensoria Pblica quem estabelece o dilogo entre o Estado e o cidado pobre. "Somos a mo boa do Estado. A mo que garante e defende os direitos dos vulnerveis em todos os graus", concluiu.

     

    uberlandia3

    "Para ser Defensor Pblico preciso gostar de ser humano, de se envolver com as questes que so humanas", ressaltou a DPG, Andra Tonet, ao pblico acadmico de Uberlndia

    Fonte: Ascom/DPMG (11/06/2012)

     

    SEDS E DEFENSORIA PBLICA FORMALIZAM CESSO DE USO DE IMVEL

    A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e a Defensoria Pblica assinaram, na segunda-feira (28/05), Termo de Cesso de Uso de Imvel para utilizao, por parte da Defensoria Pblica, da casa nmero 14 do Complexo Penitencirio Jos Maria Alkimim, em Ribeiro das Neves.
    O imvel ser utilizado para o atendimento dos Defensores Pblicos que atuam na Execuo Penal no Municpio.

    convenio_sedsjpg

    Defensora Pblica-Geral, Andra Tonet, e secretrio de Defesa Social, Rmulo Ferraz assinam Termo de Cesso de Uso de Imvel

    Fonte: Ascom/DPMG (11/06/2012)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 11, 2012

    Receita de Mestres recebe vice da Fiat dia19 no Museu Inim de Paula. Promoo Jornal da Cidade - de Humberto Alves Pereira - ECX Card e Sincodiv Minas.








    Valentino Rizzioli, vice-presidente executivo da Fiat do Brasil, o convidado do "Receita de Mestres" na prxima tera-feira, dia 19 de junho   A 15 edio do "Receita de Mestres" ter o vice-presidente da Fiat do Brasil e presidente da Case New Holland como convidado para falar sobre a "Case New Holland: tradio e viso de futuro como fator de evoluo e liderana de mercado". O evento ser para convidados no Museu Inim de Paula na prxima tera-feira, dia 19 de junho, a partir das 19h30 com um Welcome Coffee, seguido de palestra e aps o encerramento ser oferecido um coquetel aos participantes.  

    O "Receita de Mestres" promovido pelo Jornal da Cidade, ECX Card e Sindicato dos Concessionrios e Distribuidores de Veculos de Minas Gerais (Sincodiv-MG). E, especialmente, nesta 15 edio a AC Minas Jovem ser par ceira do evento.  

    O "Receita de Mestres", que acontece desde 2010, j faz parte do calendrio dos eventos empresariais de Belo Horizonte e tem como proposta mostrar cases bem-sucedidos de personalidades do mundo empresarial de Minas e do Brasil.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 11, 2012

    Dia dos Namorados: pea o cupom fiscal. Voc corre o risco de ganhar at meio milho de reais.

    No Dia dos Namorados, pea o cupom fiscal e concorra a prmios de at meio milho de reais
    Alm de contribuir para o recolhimento dos tributos, documento fiscal representa ao consumidor uma srie de benefcios

    No prximo dia 12 de junho comemorado o Dia dos Namorados e, de acordo com a Cmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte, a data deve movimentar cerca de R$ 2,15 bilhes no setor de comrcio e servios de Belo Horizonte. O valor entre 3,5% e 6% maior em relao ao mesmo perodo de 2011 nas vendas para a data. Alguns dos fatores que contriburam para este crescimento so a evoluo positiva do emprego, da renda e do crdito que tm estimulado o consumo.

    O preo dos presentes, segundo 39,71% dos empresrios, deve ficar entre R$ 50 e R$ 100, de acordo com uma pesquisa da CDL. Em seguida, esto 36,76% dos entrevistados, que esperam vendas at R$ 50. Lojistas que esperam vender presentes entre R$ 100 e R$ 250, respondem por 19,12% dos entrevistados. Outros 41% dos entrevistados afirmaram que o ticket mdio deve ficar entre R$ 250 e R$ 500. J a forma de pagamento que prevalecer nas vendas para o Dia dos Namorados segundo 85,29% dos empresrios entrevistados o valor parcelado no carto de crdito. Em seguida, vendas vista no carto (de acordo com 7,35% dos lojistas), carto de dbito (2,94%), dinheiro (1,47%), parcelado no cheque (1,47%) e parcelado no carn ou credirio (1,47%).

    Importncia e benefcios do documento fiscal

    A orientao da Secretaria de Estado de Fazenda de que os consumidores peam sempre o seu cupom fiscal na hora de comprar o presente do namorado ou namorada. Alm de contribuir para o recolhimento dos tributos, que j esto embutidos nos preos de todas as mercadorias e servios ofertados pelo comrcio, o documento fiscal oferece ao consumidor a garantia e o direito da troca do produto adquirido. Alm disso, o consumidor pode participar do Torpedo Minas Legal e concorrer a prmios dirios, semanais, mensais e trimestrais, em dinheiro.

    Grande parte da sociedade ainda desconhece que uma parcela do valor pago em tudo aquilo que ela consome corresponde ao Imposto sobre Circulao de Mercadorias e Prestao de Servios (ICMS). No preo das mercadorias e servios, esse imposto cobrado do consumidor e deve ser recolhido aos cofres pblicos pelas empresas que venderam os bens. Sem a emisso do documento, o dinheiro correspondente ao ICMS no chega ao errio, diminuindo a capacidade do Governo de promover investimentos em seus programas de sade, educao e segurana pblica.

    A Secretaria de Estado de Fazenda salienta ainda que nem todos os documentos emitidos pelo comrcio tm validade fiscal. Se no documento houver termos como pedido, controle interno, oramento ou nota de controle, o consumidor no estar recebendo um documento fiscal.

    Atualmente, vrios estabelecimentos comerciais utilizam o Emissor de Cupom Fiscal (ECF). Se a empresa no possuir o ECF, o consumidor deve solicitar a nota fiscal. A recusa no fornecimento do documento fiscal incorre em falta grave, possibilitando autuao do lojista ou prestador de servios pela Receita Estadual.

    Torpedo Minas Legal

    O Torpedo Minas Legal um programa do Governo de Minas que premia os consumidores com prmios em dinheiro e que tem como objetivo incentivar o ato cidado de exigir os cupons fiscais.

    Para participar do Torpedo Minas Legal, basta que o consumidor, ao efetuar as suas compras, exija o cupom fiscal e envie uma mensagem via celular para o numero 97531, informando o CNPJ constante no cupom, data e valor da compra. Em seguida, ele recebe uma mensagem informando o nmero com o qual ele estar concorrendo aos prmios. Ao realizar essa operao, seja qual for o valor da compra, o cidado estar automaticamente concorrendo ao sorteio de prmios dirios, semanais, mensais e trimestrais. O custo do torpedo de R$ 0,31 + impostos.

    O consumidor cadastrado no Torpedo Minas Legal concorre diariamente a cinco prmios no valor de 500 reais, 30 mil reais em prmios semanais e 100 mil reais em sorteios mensais. A cada trimestre, os cadastrados concorrem ainda a um prmio em dinheiro no valor de meio milho de reais.

    Para receber os prmios, o consumidor ter que apresentar o cupom fiscal, alm de comprovar a posse ou a propriedade do celular utilizado no envio da mensagem. Outras informaes sobre a campanha esto no site www.torpedominaslegal@mg.gov.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 11, 2012

    Gs Natural

    Presidente da Gasmig assina ordem de servio para implantao de rede de gs natural para residncias
    Santo Agostinho ser o primeiro bairro a contar com infraestrutura de gs natural para residncias em Belo Horizonte

    GALERIA DE IMAGENS
    Gasmig / Divulgao

    Ordem de servio para implantao da rede de gs natural em BH ser assinada por Fuad Noman
    O presidente da Companhia de Gs de Minas Gerais (Gasmig), Fuad Noman, assina nesta segunda-feira (11), s 10h, na sede da empresa, em Belo Horizonte, ordem de servio para o incio da implantao da rede de gs natural que ir abastecer as primeiras residncias na capital. Na oportunidade, ser assinado o primeiro contrato de fornecimento de gs natural para residncias na capital, cujo cliente o Edifcio Chamonix, localizado Rua Paracatu.

    Na primeira fase do projeto, circunscrita aos bairros Santo Agostinho e Lourdes, na capital, sero investidos R$ 5,65 milhes para a construo da linha-tronco de ao de dois quilmetros de extenso, que consiste na derivao do gasoduto j existente sob a Avenida Amazonas, e da rede de adensamento em polietileno (PEAD), de aproximadamente 12 quilmetros, que passar sob as ruas dos bairros. O empreendimento, submetido licitao pblica, ser executado pela empresa Elecnor do Brasil, especializada neste tipo de obra, que empregar o mtodo no-destrutivo de instalao de dutos.

    O incio das obras est previsto para a segunda quinzena de julho, aps a liberao do alvar da prefeitura e da licena ambiental. As obras devem ser concludas em fevereiro de 2013, mas os primeiros clientes j comeam a receber o gs natural em novembro. Cento e quatorze prdios e cinquenta e sete estabelecimentos comerciais foram mapeados na regio como possveis consumidores e j esto sendo abordados pela Gasmig. A expectativa da Companhia captar 1.900 clientes na regio, at 2014.

    Servio: Assinatura de ordem de servio para o residencial

    Data: Segunda-feira, 11 de junho

    Horrio: 10h

    Local: Sede da Gasmig, Av. do Contorno, 6594, 10 andar, sala 03, Bairro de Lourdes


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 9, 2012

    Coloque na agenda

    Ciemg recebe dois cursos na prxima semana
    Atestado mdico e imposto de renda so temas das capacitaes empresariais

    O Ciemg realiza dois cursos na prxima semana: Atestado mdico: saiba como proceder, no dia 12, e Declarao Receita Federal novidades, cruzamentos e prevenes, no dia 13. As inscries esto abertas.

    O curso Atestado mdico: saiba como proceder voltado para gestores de recursos humanos, administradores, gestores, fiscais de obra e controllers. A capacitao ser de 13h30 s 17h, na sede do Ciemg, em Contagem. O palestrante, advogado Jove Bernardes, vai apresentar as bases legais e jurisprudenciais de atestados mdicos e de sua validade para abonar faltas. Ele ir mostrar os casos mais comuns e os abusos que ocorrem por parte de empregadores e trabalhadores.

    O curso Declarao Receita Federal novidades, cruzamentos e prevenes acontece na quarta-feira, de 8h s 12h, tambm na sede do Ciemg, em Contagem. Os palestrantes, os advogado Julian Carlo Simes de Matos e Luciano Alves da Costa, iro falar sobre as novidades na declarao de 2012 para empresas de lucro real, arbitrado ou presumido.

    O custo de cada um dos cursos de R$ 90 para associados ao Ciemg e sindicatos filiados Fiemg. Para os demais, o valor de R$ 140. Para inscries e mais informaes: (31) 3362-5666 ou www.fiemg.com.br/ciemg.

    A sede do Ciemg, onde acontecem os cursos, fica na Avenida Babita Camargos, 766, Cidade Industrial, em Contagem.

    Alisson Coutinhol Imprensa
    Sistema FIEMG - Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais
    Tel. (31) 3263-4385 I Cel. (31) 8844-8071
    alisson.junior@fiemg.com.br I www.fiemg.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 9, 2012

    Ns da Abrajet estamos de luto. Lamento a morte de nossa colega SILVINHA OLIVEIRA. da Abrajet de Sergipe. Conhec Silvinha durante a reunio da Executiva Nacional da Abrajet em Pernambuco. Dinmica, simptica e alegre e uma profissional competente, foram as imagens dela que ficaro em minha memria. E como forma de homenagear nossa colega, publico texto do presidente da Abrajet da Paraba, Rogrio Almeida, que reflete com exatido, o sentimento de perda de todos ns, abrajetianos.

    Nestes 20 anos como jornalista de turismo tenho feito grandes amizades pelo Brasil inteiro e exterior. Uma delas foi com uma pessoa que se tornou muito querida e que todas as vezes que me lembro de Sergipe, me vem mente o nome dela.Trata-se da Silvinha Oliveira.

    Esta sexta-feira (08) amanheceu mais triste quando soube que a minha amiga partiu. Silvinha passou mal na noite desta quinta-feira (07) em Aracaju e foi internada s pressas no Hospital Primavera, na Zona Sul da capital sergipava. Lutava contra cncer h vrios anos e na ltima vez que me encontrei com ela estava trabalhando na BNTM em So Lus do Maranho onde estava divulgando a cidade de Canind de So Francisco, onde era secretria de turismo.

    Silvinha me falou que estava com metstase e que havia se expandido, mas que confiava em Deus e como das outras vezes venceria mais esta batalha. Desta vez no deu, mas ficar sempre em minha mente quando eu me lembrar de Sergipe, a alegria, o carinho de uma pessoa do bem, amiga e que se realiza com o sucesso dos amigos.

    Silvinha estava tentando reativar a Abrajet de Sergipe, de onde foi presidente e lamentava no ter podido vir para a minha posse na presidncia da Abrajet-Paraba em virtude de estar recebendo um grupo de jornalistas em sua Canind de So Francisco e que inclua um tour no Cnion de Xing, que ficou conhecido nacionalmente atravs do trabalho dela que chegou a emplacar at a vinda da novela Cordel Encantado, exibida pela Rede Globo.

    Jornalista de turismo do Jornal da Cidade, membro do conselho administrativo da Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur), Silvinha era uma verdadeira Embaixadora do Turismo do Sergipe. Silvinha Oliveira deixa marido, reprter de TV e uma filhinha. Silvinha repousa no Colina da Saudade, na Zona Sul de Aracaju.

    E finalizo com a mensagem da direo da Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur): com muito pesar que informamos o falecimento da nossa colega Silvinha Oliveira. Uma grande e guerreira mulher, que dedicou os anos de sua vida para que o turismo em Sergipe despontasse no cenrio nacional, em especial, o de Canind de So Francisco, cidade que adotou e amou como se fosse sua.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 8, 2012

    BDMG vai colocar 450 milhes de reais em debntures no mercado

    Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais
    estrutura emisso de debntures da MGI

    Atuao faz parte da estratgia do Banco de apoiar a formatao de operaes financeiras

    Belo Horizonte, junho de 2012 O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) atua como estruturador da emisso de oferta pblica de R$ 400 milhes em debntures da Minas Gerais Participaes (MGI). Sero emitidas at 40 mil debntures, em srie nica. O prazo de colocao dos papis em oferta de at seis meses.

    A estruturao faz parte da estratgia do Banco de apoiar a implementao de projetos e polticas pblicas, bem como a formatao de operaes estruturadas, parcerias pblico-privada e concesses, dentre outras atuaes.

    Temos prestado consultorias para empresas e governos que buscam o acesso ao mercado de capitais, tanto nacional quanto internacional. Com isso, buscamos contribuir para a atrao de grandes investimentos e para o desenvolvimento socioeconmico do Estado, explica o diretor de Inovao e Sustentabilidade do BDMG, Bernardo Tavares.

    Criada em 1976, a MGI controlada pelo Governo Estadual e vinculada Secretaria de Estado da Fazenda. A MGI tem como objetivo investir em participao acionria em empresas privadas, em Minas Gerais, em fase de instalao ou expanso.

    Ao longo de sua histria, o BDMG tem acumulado experincia em apoio tcnico a instituies municipais e ao governo estadual na estruturao financeira de projetos e na consolidao de mecanismos que garantam boa governana de polticas pblicas.

    Em 2008, o Banco participou da oferta pblica de distribuio secundria de aes ordinrias de emisso da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), na qualidade de estruturador da oferta brasileira. J em 2011, participou da estruturao do Fundo de Investimento em Direitos Creditrios (FIDC) Cadeias Produtivas de Minas Gerais com a Fiat Automveis como o primeiro sacado da operao.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 7, 2012

    Artigo Especial

    ​ Europa Vazia

    ​*Jos Maria Couto Moreira

    ​Para o visitante que refaz uma viagem a Europa, recomenda-se munir-se de bons recursos, tal o despropsito dos preos l praticados, especialmente em Frana e na Itlia. Algo est errado na economia europia, ou mesmo na mundial, visto que as maiores economias se aglutinam na Europa Central. E no s o viajante que reclama, mas os prprios nacionais de cada pas, alguns j tratando de mudana de domicilio para a Flrida (ainda o eldorado), ou at mesmo para o Brasil, anunciam alguns.

    Queixam-se amargamente os prestadores de servios. O euro, esta moeda forte diante da qual se renderam os pases europeus (tirante a sbia Inglaterra), est sacrificando os povos, se bem que quase em cada pas membro da CEE se realizaram obras aero-porturias, rodo-ferrovirias e outras de infra-estrutura e de servios que, para um comentrio rpido e menos responsvel, muitos pases esto com suas cidades e equipamentos comunitrios absolutamente prontos e acabados, o que, se no os tornam menos vulnerveis a uma crise, no carecem de maiores intervenes para uma vida de qualidade.

    ​Uma observao, contudo, manifestada, e at a pranteiam: sumiram os japoneses, que constituam presena intensa naquele continente. Esta ausncia inquietante, que reduziu o consumo e a aterrissagem de euros, deve-se em linha de conta que, ou os orientais esto solidrios com o pas, que se reergue de tragdias recentes, ou esto tambm vitimados pela escassez de ganhos em seu pas. O japons, antes presena macia nas excurses ao velho continente, termmetro confivel para a anlise do fenmeno.

    Outra observao, quase uma perplexidade, a constatao da presena de brasileiros na Europa, que aumentou significativamente. Diro alguns, at com razo, que a expanso do crdito os teria favorecido. Mas, e as compras, atrados todos pelas novidades e pelo gosto de levar lembranas ? E os restaurantes e ofertas culturais em que se nota a presena e o interesse de nossos patrcios, a maioria viajando pela primeira vez ? Decididamente, h algo de novo que desafia a nossa v filosofia.

    ​A Europa est se caldeando na etnia. Os arrivistas, antes africanos, que assumiram a economia informal, cederam a vez aos indianos, que instalaram-se com desenvoltura em toda a Pennsula Ibrica, acentuadamente na Espanha e Frana. H forte presena de indianos inseridos formalmente na economia e, tambm, nmero notvel deles em vilegiatura, antes inexistentes, caractersticas estas representativas de poder financeiro que est migrando de suas origens.

    ​Tudo prova que o mundo est se globalizando velozmente. A comunicao oral, que hoje se exercita por meio magntico, instantneo, junto segurana e a multiplicao dos transportes (j se fala em turismo csmico), so agentes da aproximao entre os homens e as naes, que far de todos ns habitantes de uma aldeia global, como previu o filsofo McLuhan, h mais de trinta anos.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 6, 2012

    Rio+20. BIG IDEIA:"A gente colhe o que planta".

    Big Ideias assina campanha

    da Embrapa para a Rio+20

    A Big Ideias assina a campanha que a Embrapa colocar no ar na prxima sexta, dia 8, para informar aos participantes da Rio+20 e a sociedade em geral sobre a sustentabilidade na agropecuria, dando visibilidade s solues da pesquisa brasileira. A campanha estar na tev, rdio, revistas de circulao nacional, internet, revistas de bordo e mdia exterior em aeroportos e centros comerciais do Rio de Janeiro.

    Com o mote A gente colhe o que planta. Agricultura sustentvel: atendendo o presente para garantir o futuro, a campanha quer esclarecer ao pblico que o mundo deve continuar produzindo sem comprometer os recursos naturais, j escassos, e que a agropecuria uma das atividades chave na construo de uma economia cada vez mais verde.

    A campanha tambm estimula as pessoas a buscarem esclarecimentos e informaes sobre o assunto, levando a uma mudana de comportamento: uma das peas, um adesivo para carrinhos de bagagem de aeroportos tem o seguinte apelo: Aumente sua bagagem sobre agropecuria sustentvel. Embarque aqui: www.agrosustentavel.com.br. Todas as peas trazem o comando: Informe-se, entenda, compartilhe. Quem colhe os bons frutos o planeta.

    Protagonismo na economia verde

    No endereo da hotpage acima, a Embrapa apresenta as solues da pesquisa brasileira para uma agropecuria sustentvel. O objetivo sensibilizar os interlocutores da empresa e a sociedade para o papel de protagonismo que o setor agropecurio pode assumir na construo da sustentabilidade.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 6, 2012

    Artigo Especial: MEIA NOITE EM BRASLIA

    Texto: Wagner Gomes

    Pego carona no gnio de Woody Allen, no filme Meia-Noite em Paris, onde Gil, seu principal personagem, adora estar na Cidade Luz e alimentar o seu sonho de viver nos anos de 1920, em priplos pelos atelis e cafs da cidade.

    Diante daquele cenrio nonsense, Allen nos sugere como seriam possveis encontros entre os grandes artistas da histria da literatura, das artes plsticas e da msica, em plena Paris da dcada de 20. O paralelo que tento estabelecer advm da mediocridade poltica em que vivemos, onde o surrealismo se faz presente atravs da edio, j contestada, da Lei de Ficha Limpa que tenta, aos trancos e barrancos, afastar da vida pblica os fora-da-lei travestidos de inocentes.

    D uma vontade danada, a exemplo do personagem de Allen, de estar no Rio de Janeiro nas dcadas de 40, 50, e em Braslia, no incio da dcada de 60, para reencontrar os grandes tribunos e tambm os grandes jornalistas brasileiros de ento, e apresentar-lhes a situao que hoje vivenciamos, imaginando os grandes debates que poderiam motivar uma mudana de rota.

    Aliomar Baleeiro, Carlos Lacerda, San Tiago Dantas, Ulysses Guimares, Tancredo Neves, Juscelino Kubitschek, Darcy Ribeiro, Carlos Castelo Branco, Paulo Francis, Jos Maria Alkimim, David Nasser, Magalhes Pinto, Franco Montoro, Leonel Brizola, Roberto Campos, Afonso Arinos, Milton Campos, Mrio Covas e tantos outros que nos ajudaram a escrever nossa histria republicana. Certamente ficariam corados com tanta desfaatez.

    O episdio recente do deputado Cndido Vaccarezza mandando mensagem de apoio ao governador do Rio de Janeiro, Srgio Cabral (PMDB), durante a sesso da Comisso Parlamentar de Inqurito Mista de Cachoeira, de 17 de maio, foi uma cena deprimente.

    Com imagens registradas por um cinegrafista do SBT, o petista aparece mandando SMS ao governador do Rio: "A relao com o PMDB vai azedar na CPI, mas no se preocupe, voc nosso e ns somos teu". Eu ainda defendo, com melancolia, que no se deva abdicar da poltica maiscula em troca de conchavos rasteiros, nos quais o interesse da nao sempre posto de lado. Hoje, no Brasil, o cenrio nonsense normal.

    A CPI tem diante de si uma disjuntiva: ou adere ao aliciamento dos panos quentes ou se destaca, rompendo a empatia com os efeitos especiais da poltica fcil, questionando a postura embevecida e submissa, tentando dela se distanciar.

    As surpresas que chegam, nos restos do tsunami formado por cascatas e cachoeiras, trazem muitas dvidas e minam a movimentao de deputados e senadores do PMDB e do PT, que do todas as cartas na CPI da viva Porcina, aquela que era sem nunca ter sido.

    Todas as CPIs j concludas em nosso pas ampliaram, e no restringiram, como essa, o foco da sua atuao. Pelo que se infere, o senador, ex-vestal, est ameaando detonar uma bomba, cujo rastilho passa por sinuosos caminhos que escondem interesses diversos e difusos.

    Paralelamente, instala-se a louvvel Comisso da Verdade visando resgatar um passado que no se quer calar, permeada por um simbolismo, comovente e fantstico, que se mostra ameaado por tanta mentira que nos ronda atualmente.

    Alm de tudo isso, bom ter em mente que o julgamento do mensalo abrir um nervoso segundo semestre. Ao desejar revisitar o passado em busca de uma tica poltica perdida, encontro no incio de uma crnica de Carlos Drummond de Andrade, publicada no Jornal do Brasil de 20/10/1979, uma mensagem bem adequada aos dias atuais: "Pensei em compor um rquiem potico em memria da Arena e do MDB, mas a pena no acorre ao gesto meu."
    Wagner Gomes,
    administrador de empresas


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2012

    Turismo. Vem a a EXPOCACHAA. De 7 a 10 de junho no Expominas em BH

    SETUR MG MARCA PRESENA NA EXPOCACHAA

    O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Minas Gerais, participa da 20 edio da Expocachaa, que acontece entre os dias 07 e 10 de junho, no Expominas, em Belo Horizonte. Considerado o maior evento do setor tem o objetivo de promover a cachaa como bebida nacional, consolidar consrcios e cooperativas brasileiras de produtores de cachaa, alm de fomentar o mercado.

    Este ano, a feira, que acontece dentro da Superagro Minas 2012, traz novidades e surpresas para o pblico. Ser inaugurado o espao Brasil Bier, com cervejas brasileiras especiais, alm do Festival de Caipirinhas. Haver tambm eleio da melhor combinao feita com a cachaa, a melhor cachaa e o melhor bartender.

    A programao cultural promete agitar os visitantes com shows country, sertanejo e pop. Uma das atraes sero show do cantor Renato Teixeira, que se apresenta na quinta-feira (07/06), s 22h00, dentro do Projeto Causos e Violas.

    CACHAA - Responsvel por 86% do mercado brasileiro de destilados, o 3 destilado mais consumido no mundo. Apenas Minas Gerais garante 60% da produo nacional, com mais de 9 mil alambiques. Essa fatia do mercado movimenta a economia do estado, com a manuteno de 116 mil empregos diretos e gerao de renda de 1,4 bilho ao ano.

    O Estado produz, anualmente, 240 milhes de litros de cachaa. Mais informaes: www.expocachaca.com.br ou www.superagro2012.

    Outras notcias

    TV ITALIANA RAI FAZ COBERTURA DO DESTINO TURSTICO MINAS GERAIS Dois jornalistas da Televiso Italiana RAI esto em Minas Gerais, desde a ltima sexta feira (01/06), para viagem de familiarizao e cobertura jornalstica de alguns dos principais atrativos tursticos do Estado. No ultimo fim de semana, os jornalistas estiveram em Ouro Preto Patrimnio Cultural da Humanidade onde conheceram a arquitetura colonial do lugar, realizaram o tradicional passeio de Maria Fumaa, visitaram antigas minas de ouro desativadas e tambm alambiques de cachaa.

    6 OUTONO NA SERRA VAI AT DIA 9 DE JUNHO, NA SERRA DO CIP Alm das semanas temticas, com shows e atraes na Praa, a gastronomia ser um prato cheio, com Festins de chefs renomados e degustaes de vinhos nacionais, importados e espumantes. A programao, bem variada, inclui ainda exposies de arte, apresentaes artstico-culturais, grupos regionais, noites temticas e jantares romnticos em homenagem aos namorados, no ltimo fim de semana.

    ARRAIAL DE BEL 2012 Realizado h 34 anos, o Arraial de Bel uma das maiores festas populares do pas, reunindo cerca de 40 grupos com 1.000 integrantes que levam diverso para milhares de moradores e turistas, reforando as tradies culturais e a identidade do povo mineiro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2012

    Obras do Mineiro na boca do gol. Confira tudo, mas tudo mesmo sobre a obra!!!

    Governador Antonio Anastasia
    visita o Mineiro a 200 dias da entrega das obras


    Estdio ser a primeira arena construda
    para a Copa das Confederaes
    e Copa do Mundo a ser concluda




    Lucia Sebe / Imprensa MG

    Dos 12 estdios previstos para sediar jogos da Copa de 2014, o Mineiro ser o primeiro a ficar pronto

    Dos 12 estdios previstos
    para sediar jogos da Copa de 2014,
    o Mineiro ser o primeiro a ficar pronto
    O governador Antonio Anastasia participou, nesta segunda-feira (04), no Estdio Governador Magalhes Pinto, o Mineiro, de evento que marcou a contagem regressiva de 200 dias para a concluso das obras da arena. Durante o evento, foi feito o iamento de uma das 88 hastes de sustentao da nova cobertura e inaugurada a maquete do Novo Mineiro.

    "Ns temos o estdio que ser certamente o mais moderno do Brasil, que est numa localizao, que a mais bonita. Sero 64 mil lugares, um estdio ecolgico, sustentvel. Estamos muito felizes porque estamos cumprindo os prazos,  no s do Mineiro como das demais obras de infraestrutura que esto sendo realizadas. Elas deixaro um legado importante no s na realizao da Copa, mas tambm no ps-copa em termos de melhorias da regio metropolitana", disse o governador Anastasia, lembrando que o espao ser utilizado tambm para outros eventos culturais, esportivos e de lazer.

    A empresa Minas Arena, responsvel pelas obras e operao do estdio, trabalha atualmente com 2.200 operrios. At o momento, 47% da arquibancada inferior j foi concluda e 90% das peas de pr-moldados da esplanada instaladas. Tambm esto em andamento intervenes como a execuo do piso do estacionamento coberto e da rea da esplanada, alm de obras de infraestrutura eltrica, instalaes hidrulicas e drenagem. A estimativa de que 62% das intervenes j foram realizadas.

    A contagem regressiva de entrega das obras do estdio tambm foi marcada pela apresentao de um coral formado por 200 alunos das escolas estaduais Canto de Minas e Cantinho de Minas, de Belo Horizonte, e Municipal Nhazinha de Carvalho, de Pedro Leopoldo. Os cantores e compositores Marcus Viana e Srgio Perer fizeram participao especial.

    Novo Mineiro
    Iniciado em outubro de 2011, o trabalho de reforo da estrutura deu incio preparao para instalao da nova cobertura. Nessa etapa, foi reforada a estrutura que hoje recebe cabos de ao tensionados a uma fora equivalente ao peso 150 toneladas que aumentam a capacidade de suporte da estrutura. Foi necessrio, inclusive, fazer um reforo na fundao do estdio. O trabalho ser executado por cerca de 100 operrios especializados. Ser uma cobertura feita com estruturas mais leves e material com alto desempenho.



    A nova cobertura ser um prolongamento de 26 metros da estrutura j existente, fazendo com que todos os assentos fiquem cobertos. A cobertura contar ainda com uma pelcula auto-limpante, que permite a passagem de luz, o que essencial para o gramado, alm de dissipar o calor no interior do estdio.

    A estrutura ser, ainda, um exemplo de sustentabilidade. Calhas coletaro gua da chuva para reutilizao no prprio Mineiro. A cobertura do Mineiro tambm ser transformada em uma usina solar. Essa usina ter potncia aproximada de 1,5 MW e ser composta por placas fotovolticas, montadas sobre a cobertura de concreto do estdio.

    A energia gerada ser capaz de atender 1.200 consumidores com consumo mdio mensal de 150 kWh. Essa energia ser injetada na rede de distribuio da Cemig, podendo abastecer o prprio Mineiro ou ser comercializada com clientes livres. O Mineiro aplicar o mesmo tipo de tecnologia usada pelos mais bem conceituados estdios do mundo como o Wankdorf, em Berna (Sua), o Badenova, em Freiburg (Alemanha) ou o Werder Bremen, em Bremen (Alemanha).

    Tambm participaram do evento o senador Acio Neves, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, o secretrio de Estado Extraordinrio para a Copa do Mundo, Srgio Barroso, o secretrio de Estado de Esportes e Juventude, Brulio Braz, o presidente da Cemig, Djalma Bastos, o presidente da empresa Minas Arena, Ricardo Barra, o diretor de operaes do Comit Organizador Local (COL) da Copa, Ricardo Trade, dentre outras autoridades.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2012

    Pinado do blogdogio.com - diretor de marketing do Victory Business Hotel em Juiz de Fora






    Fabiano Guerra, diretor executivo do jornal O Tempo, Fernando Pacheco, renomado artista plstico, Nina Pacheco, sua esposa e empresria, Cida Amaral com o marido, o jornalista Joo Carlos Amaral. (Foto: Janice Paulino)


    Por Janice Paulino, diretamente de JDF: Um sucesso inconteste, de pblico e crtica, a mega Feijoada promovida anualmente pelo colunista Csar Romero, de Juiz de Fora (MG).
    Foi a 20 Feijoada. E novamente bateu recordes de pblico ao ultrapassar 2300 pessoas, que lotaram o centro de convenes La Rocca um dos mais bem equipados da zona da mata mineira.
    O prestigio do colunista Csar Romero fruto de muito trabalho ao longo de seus 33 anos ininterruptos de colunista social em JDF e regio.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2012

    Cenas da Feijoada do Cabelim em Juiz de Fora. Mais de duas mil pessoas curtiram a mega festa no La Rocca.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 5, 2012

    Novo ngulo

    Desindustrializao
    debatida entre polticos







    O presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., falou a representantes polticos e sindicais de Minas Gerais sobre o processo de desindutrializao. Ele participou de um seminrio, na manh desta segunda-feira (4), sobre o assunto. O evento fez parte da solenidade de posse do PSD Mulher, em Belo Horizonte, no Grandarrel Minas Hotel.

    "Talvez j seja o caso de debatermos um processo de 're-industrializao'", iniciou o presidente da Fiemg. Para ele, o Brasil precisa dar o passo seguinte desindustrializao, para reerguer o setor. Machado Junior ponderou que o momento pode ser positivo para o pas, com dlar cotado prximo de R$ 2 e taxa de juros descendente.

    O chamado por uma "re-industrializao" significa apostar em maior agregao de valor aos produtos industrializados, com investimento em pesquisa, inovao e tecnologia. "Isso gera empregos de qualidade, para trabalhadores qualificados, alm de renda e riqueza para o Brasil", aposta Machado Junior.

    O economista da Fiemg, Paulo Casaca, explicou que a desindustrializao o processo de perda de participao da indstria no Produto Interno Bruto (PIB) e no total de empregos. No Brasil, a reduo do setor no PIB comea em 1986 e, em 2011, atinge o nvel mais baixo desde 1956. No auge, chegou a 32,2% do total. Hoje, est em 14,6%. Nos postos de trabalho a queda menor. De 15,52%, em 1990, para 12,68%, em 2009.

    " preciso avaliar como isso negativo para o pas", ponderou Casaca. Ele explicou que a reduo da indstria no PIB j aconteceu



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2012

    Destrinchando o MERCADO FINANCEIRO. Iniciativa campe da Corretora H.Picchioni - pilotada por Celso PIcchioni



                                              

    Palestras gratuitas para entender o mercado financeiro   Para quem sempre quis saber um pouco mais do mercado de aes esta uma oportunidade nica.

    A Picchioni Corretora de Cmbio e Valores Mobilirios est com as inscries abertas para as palestras que iro acontecer nos dias 26, 27 e 28 de junho, na sede da empresa, em Belo Horizonte.

    O administrador de empresas com MBA em Gesto de Negcios, Celso Machado Escobar, ser o palestrante que ir abordar os temas "Educao Financeira e Investimentos com nfase no Tesouro Direto"; "Conhea a plataforma SpeedTrade-Negociando em Tempo Real" e "Introduo ao Mercado de Aes".

    Na palestra "Introduo ao Mercado de Aes" as pessoas vo aprender o passo a passo para comprar e vender aes; as formas de investir; os custos e muito mais.

    No tema "Educao Financeira" o palestrante ir ensinar como as pessoas podem controlar as suas finanas e da famlia, alm de oferecer uma viso geral sobre as opes de investimentos disponveis no Mercado Financeiro.

    Os interessados podem se inscrever pelo telefone (31) 3238-7126 ou pelo e-mail nedina@picchioni.com.br.
    As vagas so limitadas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2012

    ECONOMIA. Artigo Especial enviado ao nosso BLOG pelo economista mineiro Srgio Birchal.

                                                   

    As recentes medidas adotadas pelo governo brasileiro para reanimar a economia podem intensificar ainda mais os gargalos da economia brasileira no mdio prazo e podem inflar ainda mais algumas bolhas que vem se formando na economia, principalmente, no setor imobilirio e automotivo.

    Alm disso, podem fazer com que o setor bancrio fique cada vez mais exposto a um estoque de dvidas que no tero como ser saldadas, colocando o sistema financeiro numa situao mais vulnervel, principalmente, levando-se em conta um possvel recrudescimento da crise financeira europeia, que pode ter como consequncia um congelamento dos emprstimos os interbancrios.

    O melhor seria que o governo avanasse na soluo de problemas mais estruturais de mdio e longo prazo, que possibilitariam uma recuperao mais rpida e mais sustentada da economia em face de uma economia mundial beira do precipcio.

    As chances de que uma nova crise mundial ainda maior do que a de 2008 ir ocorrer no curto prazo so cada vez maiores e mais evidentes. Todas as grandes economias do mundo como os EUA, a Unio Europeia e o Japo, ou esto em recesso ou esto com crescimento em declnio. o que agrava o frgil equilbrio ps 2008.

    As principais economias emergentes, que deram sustentao ao crescimento mundial de 2009 at ento, como China, ndia, Austrlia, frica do Sul, alm do prprio Brasil, esto em franca desacelerao. Ademais, as medidas de incentivo ao consumo adotadas pelo governo esto baseadas nas medidas adotadas em 2008, quando o potencial de crescimento da demanda interna era muito maior, o nvel de endividamento das famlias muito menor e o mundo emergente superou a crise com muita rapidez.

    Obviamente que a queda das taxas de juros diminui o fardo das dvidas j contradas, mas elas podem ser (e devero ser) anuladas pelo aumento da inflao e dos impostos sobre outros produtos de consumo, sobretudo bens de consumo no-durveis, como bebidas, por exemplo.

    Este aumento da carga tributria sobre produtos de consumo dirio das famlias, somado a uma inflao em elevao ou em patamares elevados como os de hoje, retira parte dos ganhos obtidos com taxas de juros menores.

    O governo tambm aposta que o emprego ir continuar elevado, o que, em tese, garantiria renda das famlias em elevao e maior capacidade de consumo. Tudo isto muito arriscado, pois a economia brasileira deve crescer menos em 2012 do que em 2011 e se a crise mundial se recrudescer (o que tudo indica que ir acontecer e o prprio governo brasileiro trabalha com esta hiptese) o crescimento em 2013 pode ser ainda menor.

    J h sinais disto. As taxas de inadimplncia das pessoas e das empresas vm aumentando, o PIB cresceu muito pouco nos ltimos trs meses e as exportaes vm caindo em volume, assim como os preos de nossos principais itens de exportao vm caindo no mercado externo. Por outro lado, os investimentos externos vm diminuindo e devero ficar ainda mais escassos, mantidas as perspectivas para o cenrio externo.

    A fuga de capitais para ativos considerados mais seguros j se reflete no nosso cmbio, o que trar presses para a inflao brasileira. Os investimentos externos tambm esto sendo afetado pela reverso da percepo do pas no exterior. O at por que o Brasil deixou de ser o "queridinho" do mercado financeiro internacional, pois estamos com a menor taxa de crescimento entre as economias emergentes (China, ndia, Rssia e at mesmo frica do Sul).

    Finalmente, muito difcil mensurar com exatido o tamanho do endividamento das famlias, pois este um processo dinmico, tal qual uma bola de neve.

    Quando as famlias passam, e muito, da sua capacidade de endividamento elas no iro consumir na mesma intensidade, o que far com que as empresas vendam menos, invistam menos, levando a uma menor propenso de novas contrataes, e, at mesmo, a uma elevao do nvel de desemprego.

    Com o desemprego em alta cai o rendimento mdio do trabalhador e o consumo diminui ainda mais, levando a mais demisses, a uma maior inadimplncia e a uma postura ainda mais restritiva por parte dos bancos na concesso de novos emprstimos.

    Cria-se, ento um crculo vicioso. O mximo que conseguimos prever deste processo so os sintomas de curtssimo prazo, como uma fotografia do momento.

    No conseguimos fazer um filme que anteveja o futuro (mesmo que prximo) e quando a bolha estoura toda a cadeia de produo, financiamento e consumo, desaba como um monte de domins.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2012

    Sade itinerante


    Caravana da Sade chega ao Centro-Oeste mineiro

    A Caravana da Sade, coordenada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), esteve nesta segunda-feira (04/06), no Centro-Oeste do estado. O objetivo foi mobilizar a regio sobre a importncia da campanha Assine + Sade. Vrios parlamentares, autoridades polticas e religiosas, e estudantes de escolas pblicas participaram do encontro, que ocorreu em Itana.

    A mobilizao pretende reunir 1,5 milho de assinaturas para apresentao Cmara dos Deputados de projeto de lei, de iniciativa popular, que determina a aplicao mnima de 10% da receita corrente bruta da Unio na sade pblica. A recente regulamentao da Emenda Constitucional 29 (EC-29) fixou para os estados um percentual de 12% e para os municpios, 15%. O governo federal ficou apenas com a variao do PIB.

    Segundo o presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), a Unio detm 70% da carga tributria e o ente federado que menos investe em sade. O governo federal precisa ser mais solidrio com o povo brasileiro. Somente os municpios gastam entre 25% e 30% no setor. Sade questo de necessidade pblica, disse o presidente.

    O autor da EC-29 em sua forma original, deputado Carlos Mosconi (PSDB), afirmou que o Brasil possui capacidade profissional para melhorar a sade, mas necessrio investimento. Temos projetos pontuais que demonstram que a sade brasileira pode dar certo, como a campanha de vacinao e a queda da taxa de mortalidade. Mas no podemos permitir que os municpios e os estados arquem sozinhos com a sade. necessrio que a Unio tambm invista. Se todos fizerem a sua parte, teremos uma sade de melhor qualidade, informou Mosconi, que tambm o presidente da Comisso de Sade da ALMG.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2012

    Responsabilidade ambiental em alta


    Correios apresenta prticas ambientalmente sustentveis

    Na semana em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, os Correios realizaro em todo Pas aes como plantio de mudas, exibio de filmes, palestras, entre outras. Um dos eventos ser a solenidade de lanamento dos selos da Rio+20, na tera-feira (5), no Palcio do Planalto, com a presena da presidenta Dilma Rousseff.

    Em 2011, os Correios desenvolveram diversas prticas sustentveis, entre as quais coleta seletiva solidria, coleta e descarte adequado de malotes e lmpadas, uniformes, palets de madeira, toners, cartuchos, baterias de celular, pneus e pilhas, dentre outros.
    S no ano passado, as aes sustentveis dos Correios resultaram no plantio de quase 70 mil mudas em todo Brasil e na reciclagem de mais de 546 toneladas de plstico.

    Nos ltimos trs anos, cerca de 20 mil pessoas foram beneficiadas pelo EcoPostal programa dos Correios que possibilita a entidades sem fins lucrativos reutilizarem uniformes, malas e malotes postais sem condies de uso para confeco de bolsas, sandlias, mochilas e roupas infantis.

    Essas e outras iniciativas dos Correios na rea da sustentabilidade estaro expostas durante a Conferncia das Naes Unidas sobre Desenvolvimento Sustentvel, a Rio +20, que ser realizada de 13 a 22 de junho, no Rio de Janeiro. Como patrocinadores do evento, os Correios estaro presentes em todos os espaos da conferncia, com exposio de prticas socioambientais da empresa. Alm disso, haver duas agncias de Correios para atendimento ao pblico.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 4, 2012

    Parceria

    Governador destaca trabalho integrado 
    entre Governo e agentes econmicos e sociais para desenvolvimento do Estado

    Antonio Anastasia participou de encontro semestral de administradores do Banco do Brasil, 
    que traa metas e define estratgias de ao da instituio

    GALERIA DE IMAGENS

    Governador no encontro de Administradores do Banco do Brasil, em Caet

    O governador Antonio Anastasia participou, nesta sexta-feira (1), da abertura do ltimo dia do Encontro de Administradores do Banco do Brasil (BB), em Caet, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte. O encontro, realizado semestralmente, rene 550 gerentes das agncias em atividade em Minas Gerais e representantes do Conselho Diretor do Banco para traar metas e alinhar a estratgia de ao em relao a produtos e servios oferecidos pela instituio.

    Ao lado do superintendente regional do Banco do Brasil, Jos Roberto Sardelari, Antonio Anastasia destacou, em seu pronunciamento, a participao de agentes econmicos e sociais, como o Banco, no processo de desenvolvimento do Estado.

    O Banco do Brasil tem acompanhado ao longo desses anos a grande metamorfose econmica, social e produtiva de Minas Gerais. Desde 2003, trabalhamos muito em nosso estado, de um lado s da mesma mesa, para conseguirmos apresentar aos mineiros resultados bons e efetivos, fazendo com as pessoas sentissem a ao do Governo. A partir de um trabalho integrado e coletivo, no s do Governo, mas realizado por todos agentes econmicos e sociais de nosso Estado, empresrios, trabalhadores, universidades, sociedade civil organizada, conseguimos apresentar excelentes resultados. Neste contexto o Banco do Brasil teve um papel de grande destaque, disse.

    O governador mencionou os nmeros do Banco do Brasil em todas as reas, ressaltando sua contribuio na prosperidade do agronegcio mineiro, com financiamento e crdito. Ele falou dos incentivos do Banco viabilizao dos parques tecnolgicos, capazes colocar no mercado novas empresas que contribuem com o grande esforo do Governo em gerar empregos de qualidade e agregar valor aos produtos mineiros.

    O Banco do Brasil o orgulho do pas, mas ouso dizer, o orgulho especial dos mineiros. o banco responsvel pelos excelentes nmeros do nosso agronegcio, por projetos sociais importantes que o Estado desenvolve, mas, fundamentalmente, por este momento feliz da nossa economia mineira. A presena do Banco do Brasil em tantos municpios com seu crdito, com sua ao sempre to ativa, mas, em especial, com a qualidade dos seus servidores, corpo tcnico de altssima qualificao tem permitido a Minas Gerais avanar muito, destacou.

    O BB o banco que mais apoia o agronegcio mineiro, com R$ 9,2 bilhes em recursos aplicados no crdito rural, incluindo custeio, investimento e comercializao. No Pronaf so mais de 211 mil contratos, que totalizam R$ 3,3 bilhes.

    Na safra 2011/2012, o estoque de operaes para a agricultura empresarial de Minas chegou a R$ 2,8 bilhes em recursos aplicados. Para a agricultura familiar, o estoque foi de R$ 1,1 milho em recursos aplicados. Ao todo, Minas possui R$ 4 bilhes em recursos aplicados, contra R$ 36 bilhes no Pas. No crdito agrcola, os valores liberados pela rede de varejo representam 83,21% do total aplicado pelo Banco em Minas.

    Mais cultura

    Entre os investimento do banco em Minas, est o Centro Cultural Banco do Brasil/BH (CCBB-BH) que integrar o Circuito Cultural Praa da Liberdade, um dos mais importantes projetos culturais do Governo de Minas implantando por meio de parceriais. O CCBB-BH dever ser aberto ao pblico no segundo semestre deste ano.

    O espao ter teatro com 300 lugares, loja de produtos culturais, seis salas de exposio, cafeteria, sala de programa educativo, sala multimeios e rea administrativa. So mais de 12 mil metros quadrados de rea construda, o que coloca o CCBB-BH entre os maiores do pas.

    Banco do Brasil em Minas

    As agncias do BB em Minas integram a maior superintendncia estadual do conglomerado no pas. O Banco possui uma rede de 507 agncias em Minas, sendo 473 agncias varejo. O total de pontos de atendimento chega a 2.600. Aps a parceria com o Banco Postal, a marca BB est presente em todos os municpios.

    Para este ano, esto previstos investimentos na ampliao e modernizao da rede de agncias em todo o Estado. Sero instaladas 23 agncias varejo, 14 agncias Estilo, 25 agncias complementares e 18 agncias simplificadas. Outras 51 agncias sero relocalizadas e modernizadas. Em Minas, o Banco conta 10,5 mil funcionrios, 3,5 milhes de clientes pessoas fsicas e mais de 230 mil clientes pessoas jurdicas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 2, 2012

    Palcio Tiradentes. Governo de Minas negocia emprstimo com o BIRD de 450 milhes de dlares

    Governo est negociando com o Bird
    aporte de recursos para melhorias na rea de incluso econmica e social

    Minas negocia com o banco financiamento de US$ 450 mi
    para programa de desenvolvimento do

    O governador Antonio Anastasia recebeu no Palcio Tiradentes, em Belo Horizonte, a nova diretora do Banco Mundial (Bird) para o Brasil, Deborah Wetzel. O Governo de Minas est finalizando negociao com o banco para financiamento de US$ 450 milhes para o Programa para o Desenvolvimento de Minas Gerais III.

    As negociaes com os bancos de fomento esto adiantadas e vo possibilitar o aporte de investimentos importantes para que Minas continue trilhando a rota do desenvolvimento. A parceria com o Banco Mundial importante e exemplifica bem o respeito e o respaldo que Minas alcanou no mbito internacional, afirmou o governador.

    O objetivo do programa promover o desenvolvimento sustentvel em termos fiscal, ambiental e social em Minas, por meio de uma terceira gerao de reformas do setor pblico, reduo das desigualdades regionais e desenvolvimento sustentvel. Pelas negociaes em curso, o financiamento ser desembolsado mediante o cumprimento de polticas nas reas de gesto pblica e fiscal, meio ambiente, educao, incluso social e gesto metropolitana, que Minas Gerais vem cumprindo rigorosamente ao longo dos ltimos anos.

    A nova negociao comeou em 2011. O Banco Mundial uma agncia do sistema das Naes Unidas. Sua principal misso a luta contra a pobreza por meio de financiamento e emprstimos aos pases em desenvolvimento. Seu funcionamento garantido por quotizaes definidas e reguladas pelos 184 pases membros.

    Ao longo dos ltimos anos, o Governo do Estado vem conseguindo aportes de recursos junto a rgos internacionais graas ao modelo de gesto implantado em Minas Gerais, sob a coordenao do governador Antonio Anastasia, que fez do Estado referncia para outras naes e unidades subnacionais que buscam financiamento junto ao Bird. As operaes de crdito precisam ser aprovadas pela Unio e contam com a aprovao da Assembleia Legislativa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2012

    Mais um benefcio do chocolate: prevenir infartos - diz nota pinada na internet

    SYDNEY - Um estudo feito na Austrlia confirmou que comer 100 gramas dirias de chocolate escuro ajuda a prevenir infartos.

    Realizado pela Universidade Monash, de Melbourne, e publicado esta semana no British Medical Journal, este estudo insiste nos efeitos positivos "significativos" do chocolate com alta concentrao de cacau.

    Concretamente, um consumo dirio de 100 gramas de chocolate com 70% de cacau poderia evitar 70 ataques cardacos mortais e 15 de menor intensidade em cada 10 mil pessoas com risco de sofr-los.

    "Nossas concluses indicam que o chocolate escuro poderia ser uma alternativa ou um complemento aos tratamentos mdicos das pessoas que tm alto risco de sofrer doena cardiovascular", afirmou Ella Zomer, encarregada do estudo.

    As concluses deste teste mdico se unem s de outros estudos que j mencionaram os efeitos positivos do chocolate escuro para a sade.

    O chocolate rico em flavonides, poderosos antioxidantes naturais que limitam o estresse e diminuem o risco de doenas cardiovasculares, cnceres e outras doenas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2012

    Amanh, dia 2, sbado a realizao da famosa FEIJOADA DO CABELIN no Espao La Rocca, em Juiz de Fora. L estaremos mais uma vez. Vamos ficar hospedados: eu, minha mulher, a decoradora Cida Amaral e o casal, advogada Juliany Amaral e o analista de sitemas da Oi em Minas, Jlio Csar Amaral. Ficaremos hospedados no elegante VICTORY BUSINESS HOTEL, a convite do diretor financeiro, meu amigo GIO AHMAD - que vem fazendo h mais de dois anos um excelente trabalho no Victory.


    Csar Romero, o famoso Cabelim,
    promotor da Feijoada h 20 anos
    e o gerente do Victory,
    Gio Ahmad.



    Conhea o VICTORY
    onde ficaremos hospedados

     Imagem do hotel






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2012

    A operadora CLARO tem novo diretor nacional de Relacionamento com o Cliente. o executivo ALTIVO OLIVEIRA, mineiro de Ub. Ele foi diretor regional da Embratel em Minas, durante cerca de 3 anos. Foi convidado e aceitou a misso de atuar na consolidao nacional da CLARO, que pertence ao mesmo grupo da Embratel - do mexicano Carlos Slim - um dos homens mais ricos do planeta. Altivo, de quem tenho a honra de privar da amizade, merece o destaque: ntegro, inteligente, eficiente e discreto como ns, mineiros, gostamos. Desejo sucesso na nova misso na CLARO. OUTRA COISA: este ano - por causa de compromisso familiares - ele no poder (como faz todo ano), comparecer tradicional FEIJOADA DO CABELIN em Juiz de Fora, que acontece neste sbado, dia 2, no La Rocca.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2012

    Amanh, sbado, o DIA NACIONAL DE COMABATE A CEFALIA.

    CONTRA A DOR DE CABEA

    No prximo dia 2 de junho (sbado), a Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBCe) celebra o Dia Nacional de Combate Cefaleia, com inmeras aes pelo Pas para orientar e esclarecer dvidas da populao. A iniciativa tem apoio da Farmcias Pague Menos, que distribuir folhetos informativos de como diagnosticar e tratar o problema nas mais de 520 lojas espalhadas por 200 municpios de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal.

    Haver pontos de atendimento da SBCe nos seguintes municpios: Barbacena/MG, Belo Horizonte/MG, Campina Grande/PB, Curitiba/PR, Fortaleza/CE, Recife/PE, Ribeiro Preto/ SP, Salvador/BA, So Paulo/SP, Terespolis/RJ, Valena/BA e Vitria/ES. Para mais informaes, acesse: www.sbce.med.br e www.paguemenos.com.br.

    Sobre a Farmcias Pague Menos

    A Farmcias Pague Menos a nica varejista presente nos 26 estados da Federao e no Distrito Federal. A rede mantm um crescimento mdio anual (CAGR) de 25% nos ltimos 10 anos, um dos maiores ndices contnuos do Brasil. Conta hoje com mais de 520 lojas e 14 mil colaboradores que atuam em cerca de 200 municpios. Com sede na capital cearense, a empresa tem um dos maiores centros de distribuio do pas, com 110 mil m de rea,sendo 50 mil m de rea construda,e capacidade para atender 1 mil pontos de venda. A rede desponta tambm como a primeira do varejo farmacutico nacional nos principais rankings de empresas: Melhores & Maiores - As 1000 Maiores Empresas do Brasil (213 posio) da revista Exame.

    Acesse www.paguemenos.com.br

    S c r i t t a
    Jornalista responsvel: Paulo Piratininga


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 1, 2012

    PIS/Cofins

    Governo estuda mudanas
    na cobrana de PIS e Cofins

    A presidente Dilma Rousseff deu o aval para que a rea econmica aprofunde os estudos para unificao da Contribuio para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da Contribuio para o Programa de Integrao Social (PIS). Sem condies de aprovar uma ampla reforma tributria, o governo federal tem dado prioridade a mudanas pontuais no sistema tributrio brasileiro para simplificar a cobrana do tributo das empresas.

    Na ltima sexta-feira, a simplificao da PIS/Cofins foi tema de uma reunio entre a presidente e os secretrios Nelson Barbosa (executivo do Ministrio da Fazenda) e Carlos Alberto Barreto (Receita Federal).

    A discusso sobre mudanas no PIS e na Cofins j fazia parte dos estudos preliminares da Receita Federal, mas no havia orientao de governo para que ganhassem prioridade. Em novembro do ano passado, o secretrio da Receita Federal afirmou que a nova configurao do PIS e da Cofins estava na agenda do rgo, que esperava reduzir as disputas judiciais envolvendo a complexa legislao dos dois tributos, cujo recolhimento pode gerar crdito tributrio.

    A simplificao do PIS/Cofins entra na mesma discusso de reforma tributria "fatiada" que o governo implementa desde o ano passado. O primeiro passo foi a desonerao da folha de pagamento de alguns setores da economia, que passaram a recolher a contribuio previdenciria sobre o faturamento bruto. H estudos que envolvem a simplificao do PIS/Cofins e a desonerao do custo de energia eltrica aos consumidores. As duas, consideradas alteraes profundas, mas pontuais, devem ser tomadas pela presidente Dilma Rousseff ainda neste ano.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail