Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16267)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019



    _______________________________________________________________
    .

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 30, 2006

    De olho no DIA V, marcado para o dia 3 de dezembro, prximo domingo.






    Praa Solidria mobiliza centenas de voluntrios no DIA V

    SICEPOT-MG, Carrefour e Minas Tnis Clube realizam evento no Parque JK



     

    Para celebrar o Dia V 2006, o SICEPOT-MG Sindicato da Indstria da Construo Pesada no Estado de Minas Gerais, em parceria com o Minas Tnis Clube e Carrefour, realiza o Praa Solidria, no prximo dia 3 de dezembro, domingo, das 9 s 13 horas, no Parque JK Avenida Bandeirante com  Avenida Uruguai.


    O objetivo do projeto desenvolver um evento no Parque JK, mobilizando voluntrios, para beneficiar a comunidade local, principalmente da Vila Acaba Mundo, celebrando o esprito de solidariedade e cidadania. As atividades so direcionadas a crianas e jovens das entidades e creches da Vila Acaba Mundo, adultos indicados pelo lder comunitrio e, tambm, a freqentadores e moradores do entorno do Parque JK.



    N
    o local, sero armadas seis tendas (uma grande, quatro mdias e uma pequena), tablado, mesas e cadeiras, sonorizao, brinquedos para atividades recreativas e equipamentos de ginstica e sade. Alm disso, o evento contar com mestre de cerimnias, transporte e instalao, lanche para pessoal de apoio, transporte de apoio para doaes, banheiros qumicos e gua tratada pela Copasa. Para completar a festa, est programada a chegada do Papai Noel de helicptero.



     
    PROGRAMAO

    9.00 h Incio das Atividades: Clnicas de esporte e sade, Oficinas Faa e Venda (pirulito biscoito, bijuteria,      bordado, pintura), Oficina de Meio Ambiente (fiao de garrafa pet e croch    em sacola plstica), Campeonato de futebol, Balo pula-pula, cama elstica, recreao infantil etc. Recepo de doaes, Clnica de Sade (presso arterial, massa corporal, mama amiga, escovao dentria).

    10.00 h     Apresentaes: coral Pedro Aleixo, Musicalizao Infantil MTC

    10.30 h     Presena dos atletas do MTC para autgrafos

    11.00 h     Apresentao da equipe de ginstica olmpica do MTC Minas Loucos

    11.30 h     Entrega pelo Presidente do Minas  e do SICEPOT-MG das medalhas aos  times vencedores das doaes s entidades  pelo representante do CARREFOUR BAIRRO

    12.30h     Apresentao (a confirmar) Querubins/ afro reggae

    12.30h     Chegada do Papai Noel

    13.00h     Trmino do Evento



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 30, 2006

    BARBACENA. Assume novo comandante da 13 Companhia da Polcia Militar. o major Cludio Trevisani. A cobertura do portal www.barbacenaonline.com.br









    O Major PM Cludio Csar Trevisani assumiu o Comando da 13 Cia PM Independente de Meio Ambiente e Trnsito em Barbacena, na manh de quarta-feira.
    Na solenidade estiveram presentes o secretrio Geral da Governadoria, Coronel Davi Mendes Saldanha que representou o Exm prefeito municipal de Barbacena, Martim Andrada; o diretor de Meio Ambiente e Trnsito da Polcia Militar, Coronel PM Reinaldo Martins; o Tenente-Coronel Hlio Pedro da Silva, que est respondendo pelo Comando da 13 Regio da Polcia Militar.

    Divulgao









    Centro Coronel Reinaldo, a sua direita, Ten-Cel Hlio Pedro e a sua esquerda Major Trevisani





    No discurso, Major Trevisani declarou que "os desafios do processo de instalao de uma nova unidade exigem do comandante, principalmente, habilidade na conduo de pessoas. Tal habilidade encontra-se intimamente relacionada ao exerccio da autoridade, cujo conceito se refere arte de persuadir pelo exemplo de estar presente, de comprometer-se e, finalmente, de servir. exatamente assim que gostaria de ser visto pelos comandados".



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 30, 2006

    WILLER PS na Argentina.

                       


    Da esquerda para direita: Celso Castilho, o dr. Willer Ps, da ANGLOGOLD ASHANTI - que est a trabalho hoje na Argentina-  o empresrio Henrique Bertolino e este Blogueiro no Alta Vila, em BH.

                         O diretor de Meio Ambiente para a Amrica Latina, nosso amigo Willer Ps, da ANGLOGOLD ASHANTI est a trabalho na Argentina. Volta amanh, sexta-feira. Ele nos enviou E-mail. S no falou sobre os timos Malbec que deve estar degustando, depois de um dia de trabalho pesado nas minas de ouro da Anglo na Terra do Tango.
     
                         Willer, sem nenhum favor, um dos mais completos e competentes engenheiros da rea ambiental de sua gerao. Foi diretor-geral do IGAM no governo Itamar Franco e presidente da Feam, tambm no na mesma administrao, que reuniu a competncia comprovada do ex-ministro Paulino Ccero e do economista Celso Castilho.

                         Hoje Celso Castilho presidente do Consrcio Capim Branco Energia, onde pilota a construo de duas Usinas Hidreltricas em Araguar. A primeira, a Capim Branco 1, est pronta e gerando 240 megawatts.
                         E a segunda, a Capim Branco 2, tambm est concluda e ser inaugurada pelo governador Acio Neves e o Ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, dia 5 de dezembro, s 11horas da manh, em Araguar. Vai gerar 210 megawatts.

                          O complexo energtico - formado pela Usina de Capim Branco 1 e 2 - tem capacidade de gerao de 450 megawatts. Um investimento total de cerca de 840 milhes de reais. As Usinas beneficiam com royaties os muncpios de Indianpolis, Araguar e Uberlndia no Tringulo Mineiro. Parabns ao presidente do CCBE Celso Castilho e sua competente equipe.

                          E nossos cumprimentos tambm ao ex-presidente do CCBE, Henrique Di Lello Filho, que pilotou a construo da Usina Capim Branco 1, iniciou a Capim Branco 2, antes de aceitar o convite para ocupar o cargo de Gerente Geral de Energia da Cia. Vale do Riodoce.
     
                          Em tempo: O engenheiro Henrique Di Lello Filho chegou recentemente da CHINA, aonde esteve a trabalho pela Vale do Riodoce. Sobre as impresses, que ele trouxe da China, vamos pedir que ele nos faa um relato. Uma entrevista para o nosso BLOG. Aguardem!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 30, 2006

    Aes do ministro das Comunicaes, HLIO COSTA. Nesta quinta-feira est em UBERLNDIA, Tringulo Mineiro. Confira!

    Brasil e Coria elaboram acordo para desenvolvimento tecnolgico


     
    Ministro Hlio Costa encaminha proposta de acordo internacional que amplia investimentos no setor tecnolgico

    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participar nesta quinta-feira (30/11), em Uberlndia (MG), de reunies com empresas e institutos de pesquisas para definir os detalhes finais do acordo de cooperao tecnolgica entre Brasil e Coria do Sul. A assinatura do convnio dever ser feita na prxima semana.

    Sero investidos cerca de US$ 1,5 milho, nos prximos dois anos, para iniciar os trabalhos no centro de pesquisa de tecnologia de informao e comunicao.

    A Universidade Federal de Uberlndia (UFU) dever liderar o desenvolvimento do centro e das pesquisas, em consrcio com outras instituies pblicas de cincia e tecnologia que atuam na rea de microeletrnica (projeto de circuitos integrados). O desenvolvimento na UFU ser concentrado na rea de software (aplicaes de rastreamento para agronegcio e logstica).

    "Esse acordo vai permitir ao Brasil avanar mais ainda nas pesquisas e no desenvolvimento tecnolgico. O pas que no investe em pesquisa ficar para trs no competitivo mercado mundial das telecomunicaes. Atualmente, o Brasil est se destacando no desenvolvimento dos produtos de tecnologia de ponta", afirmou o ministro Hlio Costa.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 30, 2006

    HOJE, quinta-feira, o deputado VITORIO MEDIOLI ser o mais novo CIDADO MINEIRO.





    Deputado federal VITORIO MEDIOLI, nascido em Palma, Itlia, ser cidado de Minas. Ttulo ser entregue pela Assemblia, quinta-feira, 30 de novembro, s 20 horas. O autor da homenagem o deputado estadual, Dalmo Ribeiro Silva, do PSDB.






     A Assemblia Legislativa de Minas Gerais vai realizar HOJE quinta-feira (30/11/06), s 20 horas, uma Reunio Especial de Plenrio para a entrega do ttulo de cidado honorrio ao empresrio e deputado federal Vittorio Medioli (PV-MG). O ttulo foi concedido pelo governador atravs de decreto publicado no dia 10 de novembro de 2005 e solicitado pelo deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB). De acordo com o deputado, a homenagem um reconhecimento aos servios prestados por Vittorio Medioli sociedade.

    Nascido em Parma, na Itlia, em de maio de 1951, Vittorio adotou o Brasil como sua nova ptria, naturalizando-se brasileiro em 1981. fundador do Grupo Sada, onde emprega diretamente mais de 5 mil funcionrios, nos segmentos de transporte rodovirio de cargas, siderurgia, fabricao de autopeas, concessionrias, imobilirias, agroindustrial e reflorestamento. proprietrio tambm dos jornais O Tempo, Super Notcia, Pampulha, O Tempo Betim, O Tempo Contagem e O Tempo Uberlndia. O mais novo empreendimento do grupo, a usina de lcool e biodiesel Sada Bioenergia, em construo no Norte de Minas, gerar cerca de 4 mil empregos diretos e mais de 10 mil indiretos.

    Em 1990 foi eleito deputado federal pelo PSDB, reelegendo-se para o exerccio de mais trs mandatos. O empresrio tambm presidente da Fundao Medioli, que d assistncia a crianas, idosos e deficientes fsicos, atravs da construo e manuteno de creches e Apaes em todo o Estado.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 30, 2006

    Recomendo o Progaram Mundo Poltico da TV Assemblia.











    Mundo Poltico

    Carlo Menezes entrevista no programa desta quarta, o vereador Dlio Mlheiros (foto), membro da executiva do PV. Ele fala sobre a crise do PV, que est sob interveno em Minas desde a ltima sexta. Outro convidado o deputado Arlen Santiago, que fala da crise do PTB. O Mundo Poltico vai ao ar  s 8h e s 13h15, desta quinta-feira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    BARBACENA EM FOCO no setor Empresarial. Vale conferir no site www.barbacenaonline.com.br A festa ser na Estalagem das Minas Gerais, em Ouro Preto, dia 1 de dezembro, ou seja, sexta-feria.








    Federaminas homenageia empresrios de destaque







    DIVULGAO
    Editoria Minas - 29/11 - 17h59











    Empresrios que se destacam nos cenrios nacional, estadual e municipais recebem homenagem especial da Federaminas na solenidade do "Mrito Empresarial 2006", que a entidade promove no dia 1 de dezembro, sexta-feira, s 20 horas, no Centro de Convenes da Estalagem das Minas Gerais, em Ouro Preto. O evento, que deve ser prestigiado por mais de 1,5 mil pessoas, ser antecedido pelo IX Congresso das Associaes Comerciais de Minas Gerais, que se realiza durante todo o dia no mesmo local.

    Michelle Barbosa









    O barbacenense Sebastio Pereira de Assis
    est entre os agraciados






    Dentre os agraciados est o empresrio barbacenense Sebastio Pereira de Assis. Na solenidade, sero outorgadas as seguintes medalhas:
    Grande Mrito Empresarial - Jos Alencar Gomes da Silva, fundador da Coteminas e de outras empresas de mbito nacional;
    Empresrio Nacional Geraldo Eduardo da Silva Caixeta, presidente da Associao Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD);
    Empresrio de Minas Gerais Renato Rossi, presidente da Fecomrcio/MG e da Haro Representao;
    Jovem Liderana Empreendedora Carlos Alberto Tamm, scio-fundador da Mastermaq Informica;
    Empresa Padro de Qualidade Drogaria Arajo;
    Empresas Mineiras de Expresso Interestadual Centauro Esportes e Srgio Calados;
    Responsabilidade Social Almyr Vargas de Paula, presidente da Fundao Percival Farquhar, mantenedora da Univale.
    Sero, tambm, homenageados os Empresrios do Ano indicados pelas Associaes Comerciais mineiras. So os seguintes:
    Abaet Carlos Ribeiro Campos, Alm Paraba Lafayette Marcos Luiz da Cunha, Almenara Ailson Gonalves Dias Jnior, Alvinpolis Ana Maria Viana Gomes Magalhes, Andradas Paulo Roberto Giordane, Araguari Marcos Coelho, Bambu Haroldo Medeiros da Cunha, Barbacena - Sebastio Pereira de Assis, Barroso Ronaldo do Nascimento Ferreira, Bela Vista de Minas Jane Mary Leles Caldeira, Belo Horizonte Modesto Carvalho de Arajo Neto, Bicas Sebastio Costa Faria, Bonfinpolis de Minas Adelino Mendes Leite, Caet Cristvo Rodrigues de Aquino Filho, Cambu - Jos Benedito Tovazzi, Carangola Janice Melo Vilela Gomes, Caratinga Rafael Jos de Lima Jnior, Carmo da Mata Marco Tlio Tormin, Carmpolis de Minas Cleber Jardim, Cssia Jos Eurpedes Ferreira dos Santos, Cataguases Gilmar Abranches de Morais e Mrio Lcio Abranches de Morais, Caxambu Robson Esterque Menezes, Conceio do Mato Dentro Nivaldo das Graas de Moura, Conselheiro Lafaiete Jos Antnio de Souza, Contagem Hlio dos Santos Pires Jnior, Coronel Fabriciano Ivair de Andrade, Diamantina Arinos Damio da Cruz, Divinpolis Juarez Guimares do Amaral, Dores de Campos Vander Sebastio dos Santos, Dores do Indai Eurides Slvio Matias, Espera Feliz Renato Amorim Ribeiro, Formiga Guilherme Cassini Praa.
    Mais: Gouveia Sandra Gonalves Brando e Antnio Wilson Gonalves, Governador Valadares Almyr Vargas de Paula, Guanhes Antnio Joo Pimenta Lopes, Guaxup Giovanni Pasqua, Ipatinga Antnio Pessoa Magalhes, Itabira Fernando Csar Leite Leal, Itabirito Zilda Antunes Santos, Itajub Cibele Maglioni Vilela Santos, Itamarandiba Erildo do Esprito Santo Gomes, Ituiutaba Srgio Ferreira da Silva, Jacutinga Antnio Rogrio Sartori, Joo Monlevade Marcos Vencius Gervsio, Joo Pinheiro Hebert Lever Jos do Couto, Juruaia Maria Aparecida Miranda Piza, Lagoa Dourada Fausto Reis de Resende Jnior, Lambari Jos Tadeu Pereira, Luz Lucimar Arajo Santos, Manhumirim Jair Coser, Mariana Rmulo Geraldo Passos, Mata Verde Luiz Santos Vargas, Mateus Leme Roberto Mrcio do Bom Conselho, Matozinhos Nilo Gonalves Cota, Monte Carmelo Ozaina Toms Oliveira, Monte Santo de Minas Joo Saulo Fernandes, Montes Claros Ronan de Freitas Pereira, Muria Isa Maria Machado Soares, Nanuque Jos Salim Amaro, Nova Era Ana Maria Lage de Arajo, Nova Lima Carlos Artur Alves de Alencar, Oliveira Lucimar dos Santos, Ouro Branco Roberto Ferreira da Costa, Ouro Preto Aroldo Rodrigues Pereira, Par de Minas Avelino Augusto dos Santos.
    E, ainda: Paracatu Hiran Costa Rabelo, Passos Guilherme Dutra, Patrocnio Rogrio Machado Arantes, Pirapora Nelson Sandro de Azevedo, Poos de Caldas Maria Jos Geraldi de Rezende, Ponte Nova Santos Milbratz, Rio Piracicaba Mnica Sausmikat Pinto Coelho, Sacramento Romeu Srgio de Oliveira, Santa Brbara Jos Cndido Caldeira Xavier, Santa Rita do Sapuca Maria de Lourdes Seda, Santa Vitria Gilvan Carlos Miranda, Santos Dumont Maurcio Leonel Lopes, So Domingos do Prata Joo Clio de Carvalho, So Gonalo do Rio Abaixo Agostinho da Mota Macieira, So Joo del-Rei, Agostinho Gomes Ferreira, So Loureno Maurcio de Sousa Marais, So Sebastio do Paraso Guilherme de Pdua Maia, Senador Modestino Gonalves Maria da Conceio Vieira, Sete Lagoas Eduardo Rocholi, Simonsia Evander Pedro de Paula, Tefilo Otoni Joel Ferreira da Silva, Timteo Everaldo Silveira de Almeida, Trs Coraes Marco Tlio Cupolillo, Trs Marias Willian Rodrigues de Souza, Trs Pontas Michel Renan Simo Castro, Ub Ismael Reis, Uberaba Joo Roberto Finholdt Valim, Uberlndia Fbio Tlio Felippe e Felipe Calixto Netto, Una Ivo de Moura e Cleuza Braz da Silva Moura, Varginha Elinor Mdes, Viosa Antnio Lelis Milagres.
    A solenidade ser encerrada com entrega da comenda "Guilherme Albino", pela AC de Conselheiro Lafaiete, e pronunciamento do Empresrio Nacional, Geraldo Caixeta, em nome dos homenageados.
    IX Congresso Os trabalhos do congresso consistiro de palestras e debates sobre temas relevantes para os empresrios, como a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, a ser exposta pelo gerente da Unidade de Polticas Pblicas do Sebrae Nacional, Bruno Quick Loureno de Lima, e a Reforma Tributria, a ser avaliada pelo 1 vice-presidente da Fecomrcio/MG, Hiram Reis Corra.
    Haver, tambm, entrega da Medalha Avvocato Giovanni Agnelli, nas seguintes categorias: Personalidade Nacional presidente da Fiat, Cledorvino Belini, Personalidade do Exterior Vittorio Medioli, e Mrito pelo Trabalho Jos Eduardo de Lima Pereira.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    DIA V: sucesso patrocinado pela Fiemg, est no Programa Economia e Negcios, desta quinta-feira s 13:00 horas, que apresentamos na REDE MINAS.












    Fiemg divulga programao do Dia V, na Praa da Estao

    O palco do Dia V 2006, Dia de ser Voluntrio, promovido pelo Sistema Fiemg, no prximo domingo (03), ser a Praa da Estao, no Centro de Belo Horizonte. Desde 2001 o evento era realizado na Praa da Liberdade. Com a mudana, a Fiemg espera tornar o evento itinerante e atrair u m pblico cada vez mais diversificado.

    No ano passado mais de 47 m il voluntrios participaram de cerca de trs mil aes, e m todo o Estado, que contriburam para melhorar a vida de milhares de pessoas e instituies. Mas, que m for Praa vai poder assistir a apresentaes culturais, participar do Circuito Sade ou de oficinas de arte ou profissionalizantes.


    A festa da solidariedade na Praa comea a partir das 9 horas, simultaneamente com as aes voluntrias que estaro acontecendo em escolas, hospitais, casas de idosos e em outras instituies mineiras.


    Entre 9 e 14 horas, adultos e crianas vo assistir a apresentaes da Banda do Corpo de Bo mbeiros e da Euterpe de Santa Luzia, do Circo de Todo Mundo e do Show do Projeto Ora Pro Nobis.

    No Circuito Sade, o pblico vai receber orientaes sobre aleitamento materno, sade da gestante, nutrio infantil, gravidez precoce, preveno ao cncer de m ama e de pele, preveno de DSTs e HIV, program a Odontovida, alm de poder medir a presso arterial, glicose e IMC.


    Durante toda a manh, voluntrios vo ministrar oficinas pedaggicas e profissionalizantes, entre elas a de circo, jogos educativos, Jud e Taekwondo infantil, pintura de cartes e mosaico de materiais reciclveis, pipas, fantoches, xilogravura, tric solidrio, pintura e m pano de prato e bijuterias.

    Tambm esto programadas atividades como Rua de lazer e Brinquedoteca da AME, Biblioteca Infantil, Espao Criana Esperana, Pastoral da Criana, Projeto Natal Sem Fome, Mini-Cursos de alimentao saudvel, programa de Combate s Drogas, Programa de massoterapia, Pintura Facial, adoo de animais, Juizado de Conciliao, alm da presena do Boneco Sesinho.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    Governador Acio Neves vence mais uma etapa do pedido de Delegao de poder Assemblia de Minas, para fazer o CHOQUE de GESTO 2.0

     
    CCJ aprova mensagem sobre lei delegada, que segue tramitao
     A Comisso de Constituio e Justia da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou, nesta quarta-feira (29/11/06), a Mensagem 692/06, do governador, que tramita em turno nico e solicita autorizao do Legislativo para elaborar leis delegadas sobre a organizao administrativa do Estado. Com a aprovao da mensagem, a CCJ apresentou um projeto de resoluo sobre a matria, que ser agora recebido pelo Plenrio, para tramitar em dois turnos. Ainda na reunio desta quarta, a CCJ aprovou pareceres sobre os PLs 3.741/06, que trata da concesso de terras pblicas e devolutas rurais; 3.695/06, que trata da Imprensa Oficial, entre outros.

    Na reunio de tera-feira (28), a votao da Mensagem 692/06 havia sido adiada em funo de pedido de vista ao parecer feito pelo deputado Gilberto Abramo (PMDB). No parecer, o relator da matria e presidente da CCJ, deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), considerou que as matrias constantes da solicitao do governador so passveis de delegao e visam aprofundar o choque de gesto e viabilizar a implementao do programa de governo. Para isso, a CCJ apresentou projeto de resoluo (PRE), que delimita o contedo e os termos do exerccio da delegao. Aps ser recebido em Plenrio e numerado, esse PRE tramitar em dois turnos, nas comisses e no prprio Plenrio.

    Aprovado parecer sobre terras devolutas

    Aprovado parecer sobre terras devolutas

    Na reunio, a CCJ considerou constitucional o Projeto de Lei (PL) 3.741/06, do deputado Sebastio Costa (PPS), que dispe sobre concesso de terras pblicas e devolutas rurais, e que tambm foi relatado pelo deputado Dalmo Ribeiro Silva. O dispositivo previsto no projeto disciplinado pelo pargrafo 10 do artigo 247 da Constituio, que est sendo mudado pela Proposta de Emenda Constituio (PEC) 75/04. A PEC est em tramitao e j passou pela comisso especial criada para analis-la. Substitutivo apresentado por essa comisso permite acordos para legitimao de terras devolutas rurais referentes a reas remanescentes de projetos florestais incentivados e declaradas imprprias para fins de reforma agrria e de proteo de ecossistemas naturais, at o limite de 2,5 mil hectares e para fins de desenvolvimento de atividade agrossilvopastoril.

    J o PL 3.741/06, que foi analisado pela CCJ, prev que o Instituto de Terras do Estado (Iter) promover a identificao tcnica, a licitao e a concesso dessas terras, a partir de processos com pareceres tcnicos que comprovem a ausncia de finalidade para reforma agrria e proteo de ecossistemas, alm do edital da licitao e documentos afins. Com base nessa documentao, cada concesso dever ser autorizada previamente pela ALMG, garantindo a efetiva participao da representao popular na destinao de terras pertencentes ao patrimnio pblico.

    Ainda pelo projeto, a concesso ocorrer por meio de contrato, para a atividade agrossilvopastoril, pelo prazo de at 30 anos, aps o qual a posse ser retornada ao Estado. O projeto determina ainda como ser calculado o preo da terra. No parecer, o relator ressalta que a flexibilizao constituio sobre as terras pblicas - com as devidas ressalvas - ser usada para reutilizar terras localizadas no Norte de Minas que haviam sido arrendadas e voltaram para o controle do Estado, por meio de aes judiciais.

    Emenda - A CCJ apresentou ao PL 3.741 a emenda n 1, que suprime o artigo 9, que prev a regulamentao da norma. Isso porque cabe privativamente ao governador expedir decretos e regulamentos para a regulamentao de normas. A CCJ apresentou ao PL 3.741 a emenda n 1, que suprime o artigo 9, que prev a regulamentao da norma. Isso porque cabe privativamente ao governador expedir decretos e regulamentos para a regulamentao de normas.

    Projeto trata de servidores da Imprensa Oficial

    Projeto trata de servidores da Imprensa Oficial

    Emenda - A CCJ apresentou ao PL 3.741 a emenda n 1, que suprime o artigo 9, que prev a regulamentao da norma. Isso porque cabe privativamente ao governador expedir decretos e regulamentos para a regulamentao de normas. A CCJ apresentou ao PL 3.741 a emenda n 1, que suprime o artigo 9, que prev a regulamentao da norma. Isso porque cabe privativamente ao governador expedir decretos e regulamentos para a regulamentao de normas.

    Projeto trata de servidores da Imprensa Oficial

    Projeto trata de servidores da Imprensa Oficial

    Emenda - A CCJ apresentou ao PL 3.741 a emenda n 1, que suprime o artigo 9, que prev a regulamentao da norma. Isso porque cabe privativamente ao governador expedir decretos e regulamentos para a regulamentao de normas. A CCJ apresentou ao PL 3.741 a emenda n 1, que suprime o artigo 9, que prev a regulamentao da norma. Isso porque cabe privativamente ao governador expedir decretos e regulamentos para a regulamentao de normas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    Em TIRADENTES, o genial pianista mineiro, Nelson Freire rene o nata da eleite cultural, empresarial e poltica do Pas. Confira na cobertura exclusiva de www.marciobertola.com.br







































    TIRADENTES Como antecipamos, o Jornal Nacional veiculou ao vivo de Tiradentes momentos do concerto de Nelson Freire, comemorando os 9 anos do projeto Msica no Museu, criado por Srgio da Costa e Silva. Foi sim o maior evento cultural do ano em MG. O pianista foi ovacionado por um pblico vip e elegante. A cidade fervilhou entre recepes, jantares e encontros de celebridades. Para propiciar espao para fotos de Edward William e deste reprter, impossvel descrever o inesquecvel fim de semana que passamos em Tiradentes. Entre mais de 100 fotos, selecionamos algumas.












    Srgio da Costa e Silva e Nelson Freire no ensaio fechadssimo, pela manh, na Matriz de Tiradentes












    Regina Rique: Trincando e arrasando












    Mrio e Lcia Pires do Amaral












    Casal Roberto Irineu e Karen Marinho












    Roberto DAvilla e Milu Vilella












    Letcia Nelson de Senna, John e Anna Maria Parsons e Ildeu Koscky da Mata












    Olavo Setubal Filho e Senhora












    Breno de Almeida Neves












    Maria Teresa Jardim de Morais, Maria Elvira, Igns da Costa e Silva e Djalma Bastos Morais












    Milu Vilella e Zenilka de Navarro












    Mrio e Cllia Mendona e Stella Maris Mendona












    Ricardo Cravo Albin e Regina Rique












    Marco Antnio Pereira da Silva e Edson Puiati












    Yara Tupynamb, Cacilda Bonfante e Beth Pinheiro












    Edson Puiati, Ralph Justino e Cidinha Nascimento












    Luis Andr Rico Vicente











                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    Deputados querem informaes do governo de Minas sobre aes da Copasa na Bolsa de Valores.

    A Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou nesta quarta-feira (29/11/06) requerimento de autoria dos deputados Adalclever Lopes (PMDB), Antnio Jlio (PMDB) e Svio Souza Cruz (PMDB), solicitando informaes Copasa e ao governador do Estado sobre o critrio de escolha da corretora responsvel pelo lanamento das aes da empresa na bolsa de valores, em fevereiro de 2006.

    Os parlamentares tambm querem saber se a taxa de corretagem est dentro dos padres de mercado, qual a composio do capital votante da Copasa e o valor da comisso paga pela empresa e pelo Estado. O requerimento solicita ainda que seja encaminhada Assemblia a evoluo da participao do Estado na composio acionria da Copasa desde o ano de 1999.

    Foi aprovado ainda requerimento de autoria do deputado Ricardo Duarte (PT), pedindo o adiamento de votao do Projeto de Lei (PL) 3.380/06, de autoria dos deputados Rogrio Correia (PT) e Padre Joo (PT), em 1 turno, que trata da iseno de pagamento de energia eltrica para consumo de at 100 kw-h/ms. A comisso tambm deu parecer favorvel a 13 projetos de lei que dispensam a apreciao do Plenrio.

    Presenas - Deputados Jayro Lessa (PFL), vice-presidente; Dilzon Melo (PTB), Luiz Humberto Carneiro (PSDB), Sebastio Helvcio (PDT), Ricardo Duarte (PT), Antnio Jlio (PMDB), Adalclever Lopes (PMDB) e Svio Souza Cruz (PMDB).Deputados Jayro Lessa (PFL), vice-presidente; Dilzon Melo (PTB), Luiz Humberto Carneiro (PSDB), Sebastio Helvcio (PDT), Ricardo Duarte (PT), Antnio Jlio (PMDB), Adalclever Lopes (PMDB) e Svio Souza Cruz (PMDB).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    De olho no Plenrio: aprovado projeto do governador Acio Neves de suplementao de verba para o Ministrio Pblico: valor 17,4 milhes. Mais 10 projetos foram aprovados, hoje pela manh, na Reunio Extraordinria. Confira!

     Na Reunio Extraordinria do Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais na manh desta quarta-feira (29/11/06), os deputados aprovaram 11 projetos de lei, entre eles o que institui a coleta seletiva de lixo reciclado nas escolas pblicas; e o PL 3.670/06, do governador do Estado, que autoriza a abertura de crdito suplementar de R$ 17,4 milhes para o Ministrio Pblico, sendo R$ 15 milhes para custeio de pessoal e encargos sociais e R$ 2,4 milhes para custeio de outras despesas correntes. A fonte dos recursos a anulao de dotao oramentria do prprio Ministrio Pblico.

    O PL 2.562/05, do deputado Carlos Gomes (PT), foi aprovado em 1 turno, na forma do substitutivo n 2, da Comisso de Meio Ambiente e Recursos Naturais, e mantm a idia original do projeto, mas retira artigos que interferiam na autonomia didtica e administrativa das escolas da rede pblica e outros que tratavam de criao de conselho, que matria privativa do governador.

    O substitutivo n 2 tambm amplia o alcance da proposta, devido anexao, ao PL 2.562/05, do PL 2.914/05, do deputado Laudelino Augusto (PT), que pretendia instituir a coleta seletiva de lixo nas secretarias e nos rgos da estrutura do Estado. O substitutivo n 2, portanto, altera as leis 13.766, de 2000, que dispe sobre a poltica estadual de apoio e incentivo coletiva seletiva de lixo; e 15.441, de 2005, que regulamenta dispositivo da Constituio do Estado e trata da educao ambiental.

    As alteraes determinam que os rgos e as entidades da administrao pblica direta e indireta instituiro coleta seletiva de lixo reciclvel de acordo com o disposto na futura lei, na hiptese de inexistncia de legislao municipal pertinente, obedecidos os seguintes critrios: as atividades de coleta seletiva de materiais descartveis, tais como papel, papelo, plstico, metal e vidro, devero integrar iniciativas voltadas para a educao ambiental; os recipientes para a coleta sero dispostos em local de fcil acesso e identificados por meio de cores padronizadas para cada tipo de material reciclvel, conforme parmetros a serem definidos pelo Conselho Estadual de Poltica Ambiental (Copam); podero ser feitas parcerias com empresas e instituies da iniciativa privada para receber em doao os recipientes de coleta e cesso instituio doadora, nos termos do contrato de parceria, at um oitavo da rea dos recipientes, pelo perodo mximo de seis meses, para propaganda; o material coletado ser doado para associaes e cooperativas de catadores de lixo e, na falta destas, para instituies congneres.

    E ainda: determina que as atividades de educao ambiental na rede pblica de ensino incluiro, sob orientao do colegiado escolar, a implantao de Sistema de Recolhimento Seletivo de Resduos Reciclveis. Na implantao do sistema, sero observados os mesmos critrios para disposio dos recipientes, parcerias com instituies da iniciativa privada e doao do material coletado.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    MISSA DE NATAL. Convite que este Blogueiro recebeu e agradece ao emprersrio Srgio Cavalieri, presidente da ONG ADCE - Associao de Dirigentes Cristos de Empresas.

    Encaminhamos o convite para nossa tradicional Missa de Natal da ADCE - Associao de Dirigentes Cristos de Empresas .

    Que ser realizada hoje, quarta feira, 29 de novembro, as 19:30 horas. Contamos com sua presena e de sua famlia.

    Pedimos confirmar sua participao com Simone, nos telefones abaixo.Espero rev-lo. Receba meu cordial abrao, Srgio Cavalieri
    Presidente da ADCE/MG.
    Associao de Dirigentes Cristos de Empresas
    Regional Minas Gerais   


    Tel.: (31) 3281-0710 / Cel.: (31) 9998-6936


    R. Levindo Lopes, 333 - Sala 801 - Savassi
    Belo Horizonte/MG - adcemg@adcemg.org.br







                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS.





    ORLA BARDOT AVEC JK em BZIOS








                                             Que maravilha para os olhos e para o esprito, visitar a lendria Bzios, principalmente noite. L estava,  e sempre surpreende, a atriz francesa Brigitte Bardot, imortalizada na forma de uma esttua, sentada numa mala, como se estivesse espera do prximo iate. E no passeio, em vrias lnguas, muitos comentavam ao passar pela esttua, que aquela al, a Brigitte Bardot, adorava Bzios, conhecida em todo o mundo atravs dela. A maior Relaes Pblicas da bela Bzios, com suas praias paradisacas, destaque para a Ferradura...

                                             Fiquei feliz tambm de ver, logo a seguir na mesma Orla Bardot, outra personalidade amante de Bzios:  o nosso JK, este brasileiro, que antes de Bardot j  frequentava a cidade nas frias com a famlia nas dcadas de 50, 60 e 70. A esttua de JK,criada pelo artista plstico Hildebrando Lima, fica bem em frente ao Solar do Peixe Vivo, onde JK,dona Sarah e as filhas passavam a temporada de vero na caliente e charmosa Armao de Bzios.

                                             Em tempo: a esttua de JK foi doada ao municpio de Bzios por Paulo e sis Penido, amigos de JK.

     

                                              A propsito de mineiros e mineiras ilustres, que elegeram Bzios como refgio na atualidade, est a nova secretria de Turismo de Minas, a ex-deputada Maria Elvira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    ARISTEU , definitivamente, O CARA. Confira!





    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Recorte de jornal que receb do meu amigo Antonio Baggio, presidente do Sindicato da Indstria de Papel e Papelo, filiado Fiemg. . Aristeu mesmo O CARA. Vai ser empreendedor e ousado assim l na minha empresa, s! Veja com calma. Cada detalhe. Bom proveito!








                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    Da Srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Da esquerda para a direita, em p, Katiana, o ex-ministro Paulino Ccero, o economista Celso Castilho, presidente do Consrcio Capim Branco Energia e Willer Ps, diretor de Meio Ambiente para a Amrica Latina da Anglogold Ashanti. Sentados Ricardo Castilho, da Cia. Vale do Rio Doce e sua mulher Ngila. Em NOITE DE FESTA no Provncia de Salerno, aqui em BH.

     

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    Matria enviada pelo jornalista e escritor barbacenense, Marcus Tafuri, colaborador deste BLOG.






    Saiu no Jornal de Sbado, de Barbacena: Bituca - Universidade de Msica Popular oferecer 100 vagas para o ano de 2007







    PAULO EMLIO GONALVES
    Editoria Cultura - 28/11 - 15h19









    A Bituca: Universidade de Msica Popular, que funciona em Barbacena desde 2004 e est instalada num dos prdios da Sericcola, oferecer 100 vagas para a prtica de nove instrumentos e canto para o ano de 2007.
    No exigido dos candidatos nenhum grau de escolaridade especfico, apenas talento. No entanto, a escola direcionada para quem quer profissionalizar-se e no para aqueles que tm a msica como um hobby. No h limite de idade e o ensino gratuito.

    Divulgao









    Bituca: Universidade de Msica Popular






    A universidade s admitir iniciantes nos cursos de flauta doce, bateria e percusso. Os aprendizes sero selecionados entre todos os inscritos numa audio, na qual o candidato apresentar suas aptides. Se for iniciante, far um teste preparado pela coordenao da escola. Todos os inscritos sero avaliados pelos mestres e pelo Ponto de Partida, no perodo de fevereiro de 2007, em Barbacena. A partir do dia 1 de fevereiro os candidatos devero acessar o site www. grupopontodepartida.com.br para confirmar o dia e a hora de sua seleo.

    As inscries podero ser feitas de 1 a 21 de dezembro na sede do Ponto de Partida e na Bituca: Universidade de Msica Popular, e os candidatos devero levar duas fotos trs por quatro. Pela Internet, no site www.grupopontode partida.com.br, os candidatos podero preencher a ficha de inscrio, imprimi-la e envi-la pelo correio, juntamente com duas fotos trs por quatro, em carta com A.R. para o grupo Ponto de Partida, rua General Cmara, 11, Barbacena-MG. CEP 36200-102. O A.R. assinado e autenticado pelos Correios ser o comprovante da sua inscrio. S sero aceitas as inscries com data de postagem at o dia 21 de dezembro.

    A Bituca: Universidade de Msica Popular uma escola livre, gratuita, que faz formao com carter profissionalizante. Os alunos trabalham com o processo de formao integral e construo coletiva, mtodo h 26 anos usado pelo Ponto de Partida com enorme sucesso. Assim como nas corporaes medievais, os alunos aprendem observando e trabalhando com seu mestre, refletindo-se nele. Por isso, ao invs de professores acadmicos, temos msicos em plena atividade profissional dividindo com os jovens artistas a sua experincia.

    A Bituca trabalha com um repertrio comum, como nas escolas de msica erudita, que voltado para a msica brasileira: seus ritmos e seus compositores.
    Para possibilitar o acesso dos alunos que vm de vrias cidades, as aulas so semanais: numa semana prtica do instrumento e na outra formao complementar. A freqncia obrigatria.
    NOTA:
    Matria publicada no Jornal de Sbado, edio de 25 de novembro.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 29, 2006

    LUTA CONTRA O PRECONCEITO. Os 311 anos da morte de ZUMB dos Palmares e O Dia da Conscincia Negra tiveram reunio especial na Assemblia de Minas.

     Dia da Conscincia Negra levanta debate sobre preconceito.  A discusso sobre o preconceito racial no Pas marcou a celebrao dos 35 anos do Dia Nacional da Conscincia Negra na Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Em Reunio Especial de Plenrio realizada nesta segunda-feira (27/11/06) a pedido das deputadas Elisa Costa e Maria Tereza Lara, ambas do PT, representantes do poder pblico e da sociedade civil organizada comemoraram ainda os 311 anos da morte de Zumbi dos Palmares.

    A deputada Elisa Costa, membro da Frente Parlamentar pela Igualdade Racial, abriu o evento salientando a importncia da luta concreta do movimento negro contra o preconceito racial ainda presente na sociedade brasileira. "Temos uma nao com uma grande proporo de famlias negras e esse mais um motivo para que o Brasil caminhe para a conquista de uma democracia que garanta a igualdade", lembrou.

    A deputada Maria Teresa Lara fez coro a Elisa Costa e lembrou a necessidade de reivindicar junto Cmara dos Deputados a votao imediata do Estatuto da Igualdade Racial. "Esta uma luta de combate ao preconceito que travamos h muitos anos. Mesmo que haja dificuldades, uma luta deste Parlamento e dos movimentos sociais. Contamos, para isso, com o apoio da Secretaria Especial da Poltica de Promoo da Igualdade Racial (Seppir), na esfera federal, para a viabilizao desta conquista", pediu.

    Segundo a secretria adjunta especial de Polticas de Promoo da Igualdade Racial, Maria do Carmo Ferreira da Silva, o trabalho da secretaria vem colhendo frutos. De acordo com ela, mais de 40 municpios j aderiram ao Frum Intergovernamental de Promoo da Igualdade Racial (Fipir), 16 estados brasileiros possuem planos de Promoo da Igualdade Racial e 38 universidades j implantaram o sistema de cotas. "Em nvel internacional, considerando-se no somente a Amrica, a Europa e o Reino Unido, existem diversos organismos internacionais semelhantes Seppir. Porm, no mundo inteiro, a nica com status de ministrio a do Brasil", disse.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 28, 2006

    UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Dois barbacenenses na CHAPADA DOS GUIMARES, Mato Grosso. Foto da coluna do JAL, no www.barbcenaonline.com.br


    Ricardo Lopes, (filho nosso amigo, o jornalista  Jos Antonio Lopes),
    com o amigo Peninha, na Chapada dos Guimares, Mato Grosso.
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 28, 2006

    CENTRO inaugurado, nesta tera-feira, pela Assemblia Legislativa vai beneficiar as Cmaras de todos os 853 municpios de Minas.

    Centro de Apoio foi inaugurado hoje pela manh.  A Assemblia Legislativa de Minas Gerais vai ficar ainda mais prxima das 853 cmaras municipais do Estado. Hoje (28/11/06), s 9 horas, no Plenrio, foi inaugurado o Centro de Apoio s Cmaras (Ceac), que vai disponibilizar, em um local exclusivo, os servios e informaes de interesse das cmaras municipais oferecidos pela Assemblia, alm de atuar como espao de troca de experincias entre as casas legislativas de Minas Gerais. A solenidadeseguida da palestra "A reforma tributria e o municpio", do deputado federal Virglio Guimares (PT-MG), relator da Proposta de Emenda Constituio (PEC) 285/04, que trata da reforma tributria e ainda tramita no Congresso.

    O centro tem entre suas prioridades o estmulo integrao da Assemblia Legislativa com as cmaras municipais. "Ele tambm ser uma forma de sistematizar o conhecimento relativo s cmaras e subsidiar as aes da Assemblia no interior do Estado", afirma a responsvel pelo Ceac, Daniela Santiago. O Ceac tem um link especfico no site da Assemblia (www.almg.gov.br/ceac). Por meio dele, vereadores e servidores das cmaras municipais podero fazer consultas sobre processo legislativo, estrutura e funcionamento da ALMG, legislao bsica e jurisprudncia sobre temas de interesse dos municpios. "Sempre existiu uma enorme demanda das cmaras municipais em relao Assemblia, porm, recebida de forma dispersa. O Ceac tem a importante misso de concentrar esse atendimento, alm de estimular a integrao da Assemblia com os legislativos municipais", argumenta o diretor de Comunicao Institucional, Ramiro Batista.

    Por meio de parceria com a Escola do Legislativo, o centro tambm dever promover cursos e eventos para qualificao de vereadores e tcnicos municipais. No futuro, alguns dos cursos devero ser oferecidos na modalidade de Educao Distncia. O Ceac funcionar na rua Dias Adorno, 300, ao lado da ALMG, de segunda a sexta-feira, de 8 s 17 horas.










                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 28, 2006

    "GOLFINHO DE OURO".





    Prmio GOLFINHO de OURO, movimenta setor artstico e cultural do Pas, hoje, no Rio de Janeiro.





                          A entrega do maior prmio da cultura brasileira ser no Teatro Vila Lobos, em  Copacabana. Criado pelo governo do Estado do Rio, h mais de 50 anos, o Golfinho de Ouro vai premiar o talento de Marlia Pera, (categoria atriz) Mrio Mendona (artes plsticas), Oscar Niemayer ( arquitetura) e Srgio da Costa e Silva (produtor cultural), s para citar algumas das personalidades. O  Golfinho de Ouro, segundo o jornalista barbacenense Mrcio Bertola, que estar cobrindo o evento no Rio, um termmetro cultural do Pas. 


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 28, 2006

    O GENIAL Pianista NELSON FREIRE encanta Tiradentes. Leia a viso do jornalista Mrio Bertola sobre o concerto VIP que Freire fez na histrica e rica Igreja de Santo Antnio, com direito a horrio nobre no Jornal Nacional da Rede Globo.

                                                   





        Foto: exclusiva Edward William do site www.marciobertola.com.br












                         Nelson Freire comove e pblico o ovacionou em Tiradentes
                         by Mrcio Bertola.

                    O genial pianista mineiro Nelson Freire de despediu das salas de concerto no Brasil debaixo de uma longa e calorosa ovao por parte de um pblico que ficou comovido com sua apresentao na sexta feira, na Igreja Matriz de Santo Antnio, em Tiradentes, um templo coberto por arte barroca e que abriga mais de 700 quilos de ouro em seu interior.
                     O pianista, que segunda a crtica inglesa pode ser considerado o maior do mundo entre o elenco contemporneo de msicos eruditos, cumpriu um programa com tendncia mais popular, principalmente ao encerrar com a muito conhecida Polonaise de Chopin e a Valse legante, do brasileiro Francisco Mignone, mas cresceu quando tocou Csar Franck e Bach, passando por Beethoven. Poderia ter executado um repertrio mais sofisticado, sobretudo com peas significantes de Chopin, que ele interpreta de maneira genial, sendo visto como o sucessor de Arthur Rubinstein.
                     Independente do repertrio notvel o talento de Nelson Freire, que dispensa a consulta de partituras para se apresentar. Tem uma energia iluminada, algo que s os gnios so capazes. Tranquilo e feliz, na manh de sexta feira ele passou cerca de cinco horas ensaiando na igreja, e tivemos o privilgio de o ver tocando a uma distncia de um metro, quase a seu lado. Ele disse que tocar piano sua realizao profissional e que no pretende parar nunca: "s quando eu morrer, espero que seja assim". Mencionou sua ligao com o piano como "uma entidade" e disse que no h explicao para o fato de tocar desde os cinco anos de idade: "Meus pais compraram um piano importado, carssimo, mas eles no tocavam, minha me gostava de ter o piano em casa.
                    Talvez, se no fosse por este motivo, de ter um piano em casa, eu acabaria sendo um fazendeiro, uma outra coisa qualquer". Aps descansar em Tiradentes ele seguiu para Londres, onde se apresenta nos prximos dias, inaugurando uma turn pelo mundo que o deixar longe do Brasil por todo o ano 2007. Na cidade ele andou de charrete, de Maria Fumaa, caminhou annimo pelas ruelas antigas e sentia-se encantado pela singeleza da cidade histrica.
                    noite, seu concerto reuniu nomes dos mais expressivos da sociedade brasileira (vejam fotos exclusivas na coluna Poltica, de Mrcio Bertola, nesta edio), e foi valorizado por um fato raro, com o Jornal Nacional, da Rede Globo de Televiso, mostrando ao vivo fragmentos de seu concerto, o que atingiu todo o Brasil e muitos pases, pois a Globo News tambm cobriu este que foi o maior evento cultural de Minas Gerais neste ano, possvel pelo esforo hercleo do criador e diretor do projeto Msica no Museu, Srgio da Costa e Silva, que comemorou em noite de gala os 9 anos do projeto que atinge grande parte do Brasil. 
                     Na platia, bem de frente para Nelson Freire, em lugar de destaque, estava a pianista barbacenense Lcia Pires do Amaral, que foi colega de Freire quando ambos, no Rio de Janeiro, foram alunos da mesma mestre, Nize Obino. Os dois se abraaram e conversaram muito aps o concerto.
                     A noite se estendeu na Cave da Pousada Brisa da Serra, onde o casal Srgio e Ignez da Costa e Silva recebeu convidados vips para um jantar, que teve apoio da equipe do Hotel Senac Grogot, e os prprios gerentes, Marco Antnio Pereira de Souza e Edson Puiati supervisionaram tudo de perto. Foi uma noite inesquecvel.
                     Na foto, absolutamente exclusiva, Nelson Freire durante seu ensaio pela manh. Somente a Rede Globo, este reprter e o fotgrafo Edward William tiveram acesso livre ao ensaio do grande gnio que saiu de Boa Esperana, em Minas Gerais, para conquistar o primeiro mundo.
    (Mrcio Bertola) jornalistra barbacenense do site www.marciobertola.com.br).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Prefeito ngelo Osvaldo ponto de convergncia entre duas cidades histricas de nossa Minas Gerais - Ouro Preto e Barbacena.

                                                              





    Prefeito de Ouro Preto o mais novo Cidado Barbacenense. As informaes so do site www.barbacenaonline.com.br










                                                                       

    Numa concorrida cerimnia, a Cmara Municipal de Barbacena homenageou o ex-Ministro e atual Prefeito de Ouro Preto ngelo Oswaldo com o ttulo de Cidado Honorrio. A iniciativa foi do vereador e presidente da Cmara, Amarlio Andrade e teve como orador oficial do Prefeito Martim Andrada. Na oportunidade, tambm usou da palavra, o senador e Ministro das Comunicaes, Hlio Costa. O Ministro falou do trabalho de ngelo Oswaldo em prol de Barbacena, quando Ministro, como Secretrio de Estado e como um homem de viso em prol da cultura. Enumerou obras, entre as quais a recuperao do Stio Santana, atual Parque Emeric Marcier e na oportunidade disse em tom de apreo: "Angelo, j fez por merecer, mas como todo bom filho, h de corresponder s expectativas de sua nova terra, Barbacena".


    O Prefeito Martim Andrada, o vereador Amarlio Andrade, o homenageado e o Ministro
    das Comunicaes, Hlio Costa. Foto: FotoDisney





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    A volta do Trem Turstico no trecho Matias Barbosa - Barbacena. Juiz de Fora na Zona da Mata vai sediar debate sobre o assunto, quinta-feira, dia 30. So esperadas as presenas do prefeito de JF, Alberto Bejani, o diretor de Logstica da Vale do Rio Doce, Guilherme Larger e o presidente da Associao dos AMIGOS DO TREM, Paulo Henrique do Nascimento. Confira!

     A Comisso de Turismo, Indstria, Comrcio e Cooperativismo da Assemblia Legislativa de Minas Gerais estar em Juiz de Fora, na Zona da Mata, nesta quinta-feira (30/11/06), para discutir o restabelecimento do transporte ferrovirio de passageiros e trens tursticos no trecho Matias Barbosa-Barbacena. A viagem acontece a requerimento do deputado Carlos Gomes (PT), vice-presidente da comisso. Os debates tero incio s 10 horas, na Cmara Municipal.

    So convidados o prefeito e o presidente da Cmara, Alberto Bejani e Vicente de Paula Oliveira; o diretor de Relaes Institucionais do Ministrio dos Transportes, Afonso Carneiro Filho; o diretor-executivo de Logstica da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), Guilherme Lager; e o presidente da Associao dos Amigos do Trem, Paulo Henrique do Nascimento.

    O parlamentar pretende avaliar o estado das estradas de ferro locais e o potencial turstico dessa modalidade de transporte. A inteno apresentar propostas de resgate do trem como potencializador de atividades tursticas, articulando atores polticos e sociais para promover o desenvolvimento regional de forma ecologicamente sustentvel, "por meio da gerao de empregos, distribuio de renda e preservao do patrimnio histrico", informa o requerimento. Para Carlos Gomes, o restabelecimento da comunicao ferroviria trar impactos favorveis, a exemplo do que ocorreu aps a inaugurao do trem turstico que liga Mariana a Ouro Preto.

    Em julho deste ano, a Comisso de Turismo esteve em Ponte Nova, tambm na Zona da Mata, para discutir a volta do transporte ferrovirio, a requerimento do mesmo deputado. A populao da cidade demonstrou interesse pelo tema. Naquele evento, a secretria municipal de Governo de Mariana, Maria do Carmo Santos, ressaltou que a integrao poltica e dos empresrios fundamental para conseguir a revitalizao desse tipo de transporte.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    Espetculo da Natureza na Serra da Conceio em Desterro do Melo. Lindssimo!!!

                         A foto est no site www.nossocho.com.br, que a pgina da Prefeitura de Desterro do Melo na internet, sob a responsabilidade do talentoso jornalista melense Hugo Amaral, nosso parente. Parabns! 







    Belezas da Nossa Serra
    O Vale, nos primeiros raios da manh... ( foto de Fbio Junior dos Santos)

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    Novidade sobre a Estrada de Barbacena a Desterro do Melo ( cidade que fica a 32 kms de Barbacena e 200 kms de Belo Horizonte, no Caminho do Meio da Estrada Real). O trecho que vai de Barbacena ao distrito de Senhora das Dres ser todo recapeado. J no trecho de Senhora das Dres a Desterro do Melo, s faltam 500 metros para que o asfaltamento seja concludo pela construtora CADAR Engenharia do meu amigo e cliente no curso " Socorro, Estou na TV", empresrio Emir Cadar.


    FAZENDO BEM FEITO

     Desde o incio do ms de outubro, operrios da Construtora Marins esto trabalhando na recuperao dos 18 quilmetros de asfalto da rodovia MGT - 265, trecho Senhora das Dores - Barbacena.
    Alm de tapar os inmeros buracos, as obras englobam ainda a construo de sistemas de drenagem e canaletas para escoamento das guas pluviais - at ento inexistes.
    Aps todos esses reparos, todo o trecho ser "recapeado", recebendo uma camada de asfalto que nivelar toda a pista - nos informaram os operrios.
    Com investimentos da ordem de R$ 150 milhes, o governo de Minas est recuperando, somente neste ano, mais de 5 mil quilmetros de rodovias da malha estadual. At o final deste ano, o governo, por meio da Secretaria de Transportes e Obras Pblicas (Setop), completar a melhoria de 75% das rodovias sob responsabilidade do Estado. Os recursos do Pro-MG so provenientes do Tesouro estadual e da Cide, o imposto do combustvel.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    A VEZ DO INTERIOR: Assemblia de Minas cria CENTRO DE APOIO s Cmara Municpais. Mais detalhes no site www.almg.gov.br






    Ceac
    Centro de Apoio s Cmaras ser inaugurado amanh (28)

    A Assemblia vai ficar ainda mais prxima das 853 cmaras municipais do Estado. Amanh (28), s 9 horas, no Plenrio, ser inaugurado o CEAC que vai tornar disponveis, em um local exclusivo, todos os servios e informaes de interesse das cmaras municipais oferecidos pela ALMG, alm de atuar como espao de troca de experincias entre as casas legislativas de Minas Gerais. A solenidade ser seguida da palestra A reforma tributria e o municpio, do deputado federal Virglio Guimares (PT-MG), relator da PEC 285/04, que trata da reforma tributria e ainda tramita no Congresso.CEAC que vai tornar disponveis, em um local exclusivo, todos os servios e informaes de interesse das cmaras municipais oferecidos pela ALMG, alm de atuar como espao de troca de experincias entre as casas legislativas de Minas Gerais. A solenidade ser seguida da palestra A reforma tributria e o municpio, do deputado federal Virglio Guimares (PT-MG), relator da PEC 285/04, que trata da reforma tributria e ainda tramita no Congresso.CEAC que vai tornar disponveis, em um local exclusivo, todos os servios e informaes de interesse das cmaras municipais oferecidos pela ALMG, alm de atuar como espao de troca de experincias entre as casas legislativas de Minas Gerais. A solenidade ser seguida da palestra A reforma tributria e o municpio, do deputado federal Virglio Guimares (PT-MG), relator da PEC 285/04, que trata da reforma tributria e ainda tramita no Congresso.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    Prmio GOLFINHO de OURO, movimenta setor artstico e cultural do Pas, amanh, no Rio de Janeiro.

                          A entrega do maior prmio da cultura brasileira ser no Teatro Vila Lobos, em  Copacabana. Criado pelo governo do Estado do Rio, h mais de 50 anos, o Golfinho de Ouro vai premiar o talento de Marlia Pera, (categoria atriz) Mrio Mendona (artes plsticas), Oscar Niemayer ( arquitetura) e Srgio da Costa e Silva (produtor cultural), s para citar algumas das personalidades. O  Golfinho de Ouro, segundo o jornalista barbacenense Mrcio Bertola, que estar cobrindo o evento no Rio, um termmetro cultural do Pas. 

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    Hoje, segunda-feira, ser lanado no Palcio das Artes, aqui em Belo Horizonte, o livro YVES ALVES - O TIRANO DO BEM, do publicitrio Carlos Morici. Ser s 20 horas. A obra foi lanada, na ltima sexta-feira, no Centro Cultural Yves Alves, em Tiradentes, com grande sucesso! As fotos so de Edward William. Na primeira foto: o autor do livro, Carlos Morici e Dalma Alves. Leia agora a Entrevista Exclusiva que Carlos Morici deu ao nosso BLOG. Saiba detalhes da obra.








    Os artistas plsticos mineiros, Carlos e Fani Bracher e o jornalista Mrcio Bertola.






    Ronaldo Alves Ferreira ( irmo de Yves) e Dalma Alves, viva do saudoso diretor regional da Rede Globo Minas, Yves Alves.





    Na foto (de Edward William), o publicitrio e escritor Carlos Morici autografa para Srgio da Costa e Silva - criador do projeto Msica no Museu - o livro "Yves  Alves - o Tirano do Bem". O lanamento foi na ltima sexta-feira no Centro Cultural Yves Alves, em Tiradentes. Confira detalhes da obra na Entrevista Exclusiva abaixo.

    Entrevista Exclusiva do autor CARLOS MORICI ao nosso BLOG.

    Joo Carlos Amaral: Porque o nome Yves, a tirania do Bem para seu livro?
    Carlos Morici: Porque o Bem precisa, s vezes, de usar a mesma fora que o Mal tem, para poder prevalecer. E s um tirano do Bem, como foi Yves Alves, para fazer, com determinao, fora e estilo, o Bem se disseminar entre as pessoas, entre os coraes.
     
    Joo Carlos Amaral: O livro fala de qu?
    Carlos Morici: O livro traz um corte transversal na vida de Yves, durante os nove anos em que convivemos profissionalmente, na Rede Globo Minas. Traz histrias, situaes engraadas, observaes, distila um pouco da marcante sabedoria de Yves, revela aspectos dos bastidores, um pouco do dia a dia do trabalho num veculo de comunicao do porte da Globo. Yves era um homem diferente, dono de um carisma impressionante, que oferecia naturalmente a quem dele se aproximasse.
     
    Joo Carlos Amaral: Qual o legado de Yves Alves para Minas?
    Carlos Morici: Yves dava mais valor a Minas do que qualquer mineiro de boa origem. Tanto que escolheu ser mineiro. Tancredo, a respeito disso, dizia que Yves era mais mineiro do que qualquer um de ns, por ter escolhido Minas como bero, sustento e morada. Yves queria que Minas ultrapassasse suas prprias fronteiras, atravs das obras e aes dos mineiros. Via em Minas um potencial impressionante, mltiplo, que se manifestava em diversas direes. Afinal, acreditava na frase de Guimares, que dizia que Minas so muitas. Como professor de histria, apaixonado pela dimenso pouco valorizada do heri nacional Tiradentes e historiador, conhecia profundamente nossas peculiaridades. E se encantava com a mineiridade. Por isso, a quantidade de aes em prol de nossa histria, de nosso patrimnio, de nossas artes e cultura que desenvolveu.

    Joo Carlos Amaral: E a cidade de Tiradentes?
    Carlos Morici: L, Yves construiu aquilo que chamava de 'laboratrio da mineiridade". Eu conto no livro como ele conheceu a cidade, quase despedaada, sem um nico lugar para se fazer sequer um lanche mais qualificado. Isso, pelos idos de 1967, ou seja, a transformao de Tiradentes e o seu, digamos, vocacionamento, foi coisa recente, pelas mos de Yves e de alguns abnegados que se juntaram a ele, ao perceber a potencialidade turstica do lugar. Yves salvava imveis comprando-os, dando-lhes destino estratgico, realmente dirigindo, com mos e olhos zelosos, o destino futuro daquilo que quase se perdeu no abandono. Hoje a cidade o que , uma verdadeira jia da coroa, mudando o antigo eixo do turismo pedra sabo que havia at ento, por causa desse zelo proativo. Proteger pela presena. Como no texto do Antonio Ccero, guardar no tirar dos olhos, mas oferecer aos olhos.

    Joo Carlos Amaral: O livro demorou quanto tempo para ser escrito?
    Carlos Morici: Pedi autorizao famlia, minha comadre Dalma, j que ela e Yves eram padrinhos de minha filha caula Rafaella, no meio do ms de maio ltimo. Da foi um jorro de escrita, apenas nos intervalos de meu trabalho como diretor comercial do Instituto Nexus de pesquisas. E em algumas pontas de horrio, no final do dia. No escrevi uma linha sequer num final de semana. Parece que as idias e lembranas iam se avolumando e se peparando para sair, quando chegava o sbado, aguardando a segunda feira que apontava. Tambm no deixei de atender a um cliente sequer, enquanto escrevi. Deu certo e foi tudo muito rpido. Tanto que hoje fazem seis meses da idia ao livro pronto, entregue ao mercado pela Editora Globo. Acredito que a pressa no tenha comprometido o contedo, at porque digitava super rpido e as idias chegavam prontas. Como tenho convico esprita, entendo que recebi timos eflvios de meus amparadores espirituais, sendo apenas um veculo dcil para o trabalho que queriam que eu fizesse e honrasse.
     
    Joo Carlos Amaral: O que voc espera do livro?
    Carlos Morici: Na verdade, nem sabia que iria escrever este livro, se voc me perguntasse isso no dia 10 de maio ltimo. Tinha apenas uma grande saudade do amigo Yves, do tempo que compartilhamos, da convivncia rica e orientadora, da amizade dele, de suas boas falas. Para o livro, algo estalou dentro de mim para fazer, principalmente a facilidade que tenho para escrever e o prazer que isso me causa. Mas no tinha propsitos delineados para isso, no. Portanto, como arqueiro, - como diria aquele maravilhoso texto do Gibran em relao aos filhos - apenas apontei o arco e liberei a flecha. Onde ela cair, est posto. E ser aceito.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    Justssima homenagem da Assemblia de Minas AURA.





    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O Parlamento Mineiro reconheceu o trabalho social desenvolvido, desde 88, pela AURA - Associao Unificada de Recuperao e Apoio. Entidade que atende mais de 500 crianas com cncer, em BH. A AURA foi homenageada numa Reunio Especial no plenrio presidente JK, numa iniciativa do deputado Gustavo Valadares, lder da bancada do PFL. Confira!






     
     
     




     
     
     
     
     
     
     
     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 27, 2006

    A IMIGRAO ITALIANA em BARBACENA. O Livro, de autoria do ex-deputado e atual Conselheiro do Tribunal de Contas de Minas, Antnio Carlos Andrada, foi lanado no final de semana nos sales do Hotel Master Plaza, em Barbacena. A cobertura jornalstica do www.marciobertola.com.br





    Em 1988, marcando um sculo da imigrao italiana em Barbacena, Antonio Carlos Andrada, nesta poca vereador na cidade, publicou interessante estudo analisando a Itlia no sculo XIX, a superpopulao, as epidemias, a fome e a misria que foraram os italianos a deixarem seu pas, causando assim as imigraes. Aps analisar as dificuldades enfrentadas pelos italianos, o autor passa a mostrar como foi o avano desta imigrao, com dados estatsticos que revelam a evoluo numrica da presena de italianos no Brasil. Ao investigar o destino destes imigrantes no Brasil, Andrada revela que Minas Gerais foi o terceiro estado mais procurado pelos italianos, e passa sua narrativa exclusivamente para Barbacena, mostrando os imigrantes na comunidade barbacenense, o bom relacionamento exercido entre o homem da terra e o amigo estrangeiro, analisa aspectos econmicos e a famlia italiana em Barbacena. um panorama de agradvel leitura e uma documentao histrica nica na cidade a tecer detalhamentos sobre o assunto imigratrio. Aps 18 anos da edio pioneira, hoje esgotada, uma segunda edio tem sido reclamada pela colnia italiana e por estudiosos e pesquisadores. A Fundao Municipal de Cultura Fundac tomou a boa iniciativa de reeditar A Imigrao Italiana em Barbacena".

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 26, 2006

    Abrajet recebida pelo dr. Ricardo Guimares para almoo no restaurante do HOSPITAL DE OLHOS. cONFIRA AS FOTOS.
















                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 26, 2006

    Em Barbacena, o restaurante Ginos IL CANDELABRO, vai fazer 50 anos. Seu proprietrio, Giacinto Calvi, o simptico GINO, que nasceu perto de Bari na Itlia, nos recebeu - este blogueiro e o consultor da ONU, Carlos Alberto Pena - para o almoo dominical. Com ele conversamos sobre seu tempo de menino, durante o governo fascista de Benito Mussolini. Gino nos disse que Mussolini investiu na juventude, preprando-a para guerra. Toda manh, ele e seus colegas de escola tinham que cantar o Hino Nacional Italiano, recebiam um nutritivo sanduiche e faziam ginstica. Fazia parte da dieta dele e de todo jovem italiano uma colher de leo de bacalhau, de gosto horrvel, mas repleto de sais minerais. DETALHE: lembrei-me da propaganda, aqui no Brasil, do leo de fgado de bacalhau, que meu pai, o Nenzinho da Volta da Ferradura, me dava. S conseguia tom-lo apertando o nariz, como Gino fazia l Itlia. Eu tinha pavor da imagem do homem usado na propaganda com um enorme peixe(um anorme bacalhau) s costas. Bem, o Gino Calvi nos afirmou que poca de Mussolini a propaganda fascista dizia que eles eram os maiorais do Mundo. Ele s ficou sabendo da enganao s mais tarde, quando a Itlia perdeu a Guerra paras os aliados. Sobre a vinda para o Brasil, em 1952, para se casar com dona ELGE PIACESI, foi uma verdadeira epopia. To interessante, que o jornal O GLOBO colocou o casal na primeira pgina, com matria completa em seu interior.O fax-smile do jornal est pendurado na parede do restaurante. Eu v. Gostei tanto da estria de Gino Calvi, que props ele, escrever um livro onde ele vai contar sua rica experincia, desde que saiu da Itlia, em 1952, chegou ao Rio de Janeiro e veio para Barbacena, onde montou seu Restaurante, referncia da comida da cozinha italiana, farta e saborosa. Nas fotos esto Gino Calvi e sua mulher,Elge Piacesi, a filha Marilda, suas duas filhas e o marido Maurcio, pioneiro na implantao em Barbacena do portal www.netrosas ( nosso parceiro no BLOG), e o consultor da ONU, Carlos Alberto Penna. Confira!






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 26, 2006

    EM JUIZ DE FORA, uma belssima paisagem da Represa Dr. Joo Penido. Estou me referindo Granja do adovogado Jos Lcio Fernandes, aonde estivemos no ltimo final de semana. Z Lcio comemorou e agradeceu aos 710 advogados e advogadas,que votaram na chapa de oposio encabeada por ele nas eleies para a presidncia da OAB-Regional de JF. Ele no foi eleito ( quem ganhou foi o advogado Wagner Parrot da chapa de situao, que recebeu 970 votos, 57,77% dos que foram s urnas dia 18), mas Z Lcio considerou altamente representativa a votao que recebeu: 42,23% dos cerca de 1680 votantes. Bem, no churrasco estavam personalidades importantes do meio social e profissional de JF em torno de uma gostosa costela ao fogo de cho, feita por um autntico gacho. Ele nascido perto de Erexim no Rio Grande do Sul. Chama-se OSMAR KIRCHNER. primo do atual presidente da Argentina, Nstor Kirchner. Nunca havia comido uma costela to macia. O churrasco foi animado pelo grupo de pagode de Juiz de Fora, Grupo Famlia, uma verdadeiro achado musical, com cantora Cristina, com a voz idntica de Alcione, "a Marron". Tarde de sol, bela piscina, aos nossos ps a represa dr. Joo Penido, que tem at praias de gua doce e ao fundo a Serra da Mantiqueira, um cenrio cinematogrfico.O Casal Z Lcio Fernades, a mulher dele Josefina Vaccarini Fernandes e a filha Daniele Vaccarini Fernandes, receberam em grande estilo este blogueiro, acompanhado do diplomata de carreira da ONU, Carlos Alberto Penna, o delegado regional de Juiz de Fora, dr. Domingos Cristino Ribeiro e sua filha Cristina, alm de jovens advogados do Escritrio, que Z Lcio tem em JF h 30 anos, e muita gente bonita. Enfim, as fotos falam por si, valem por mil palavras. CLICK na foto!















                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 26, 2006

    CENAS DE UM CASAMENTO no Morro do Cristo em Juiz de Fora. Foi de DANI VIEIRA e OTVIO FAGUNDES Jr. O noivo filho de Otvio Fagundes, que foi meu diretor nos tempos em que trabalhei na Rede Globo de Juiz de Fora. O registro, que merece ser publicado aqui no nosso BLOG, da coluna do meu amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de JF. Desejamos FELICIDADES ao novo casal!







     






    Os noivos Dani Vieira e Octvio Fagundes

    As irms Mnica Baldi Carnicelli 
    e Beatriz Baldi Campos

    Dani Vieira e Octvio Fagundes
    ladeados pelos familiares

    Alessandro (Piau)
    Debortoli e Aline Barra

    Rosa Girardi com as filhas
    Elisa e Ana Paula

    Dani Vieira e Octvio Fagundes
    com Letcia e Marcelo Ribeiro Machado

    As futuras mames Dani Vieira
    e Cludia Vianna Alves Simo

    Amanda Chang e Octvio

    Carol Novy e Yuri Girardi,
    Yeda Mello Lemos com o filho
    Mrcio e Jos Luiz Sanso

    Rafael Leite Matos e Carolina Ferreira Conti, Vnia De Landa e Celso Noronha

    Aline e Bruno Cruz entre os noivos


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 26, 2006

    ESPECIAL e Inteligente. A COLUNA DA PAULA. Vale conferir: a nova coluna da jornalista barbacenense PAULA de OLIVEIRA ANDRADA do site www.marciobertola.com.br






    BANDEIRANTE METROPOLITANO
    by Paula Andrada - jornalista.

     No incomum escutarmos a todo momento queixas e desabores sobre a modernidade e a vida exigente e atormentada das metrpoles e grandes cidades. Realmente no faltam motivos para tal. Trnsito catico, desorganizao geral, violncia, transportes pblicos abarrotados, poluio sonora, visual e ambiental so apenas alguns itens de uma lista interminvel de reclamaes. Em contrapartida, preciso ressaltar que tais cidades tambm possuem seus amantes, que vem nelas um outro lado, despercebido por muitos. por isso que convido o leitor a um desafio: o de desvendar este universo oculto dos grandes centros urbanos, onde possvel se viver de uma forma mais saudvel, especial e curiosa.

     O advento da modernidade, caracterizado pelo surgimento das cidades, das industrias e, fundamentalmente, do sistema capitalista, tornou a vida e as relaes mais complexas. Estamos inseridos num sistema que nos coloca sempre a frente de decises a tomar, renncias a fazer. A decadncia da tradio, bem como a possibilidade de interveno humana em aspectos antes determinados pela natureza, nos confere mais autonomia, mas gera tambm a responsabilidade.

     Anthony Giddens, socilogo americano e autor do livro "O sentido da modernidade", ressalta que com a modernidade, o homem passa a operar mais o seu presente, mas torna-se mais responsvel pelo seu futuro. Para o autor, esse dinamismo vem em detrimento do determinismo a que o homem estava submetido e traz consigo a noo dos riscos oferecidos. Se antes analisava-se o perigo como fado, hoje o conhecimento permite ao homem controlar o acaso e reconhecer suas limitaes quanto ao que no pode ser calculado. Os homens hoje no agem mais por imposies de uma cultura, baseando-se nas tradies familiares ou crendo estar submetido a uma vontade divina. O homem tem cincia de suas aes e de sua responsabilidade sobre o prprio futuro, adquirindo novos hbitos, regulando sua conduta, analisando mais as suas atitudes e possveis conseqncias, prevenindo-se e programando-se.

     Somos seres inacabados, em constante transformao, lapidados e modificados pela modernidade. A cidade o cenrio onde melhor visualiza-se este estado de mutao social, o espao fsico onde a multiplicidade de estilos, culturas, posturas e crenas convivem. A cidade o palco das diferenas.

     A primeira das cidades grandes como a gente conhece foi a Paris do sculo 19. No lugar das ruelas medievais foram construdos imensos bulevares e embora ainda no existissem carros, as ruas j eram dos motoristas e suas carruagens. Anos depois, com a chegada do automvel, as cidades passaram a ser vistas como mquinas: para dar certo, todas as partes precisavam funcionar em harmonia. Hoje, com o crescimento populacional e urbano desordenado, as cidades explodiram, resultando na baguna que voc j conhece. Organizadas ou desfaceladas, as cidades importam mesmo pelo que somos, pelo nosso olhar, pelo que fazemos nas suas ruas e o que vivemos nas esquinas. O socilogo e urbanista colombiano Hernando Gmez Serrano afirma que as pessoas seguem amando cidades desordenadas porque esto apaixonadas e porque viveram situaes ricas ali. Acredite, possvel ter uma vida mais genuna, equilibrada, gentil e prazerosa no lugar agitado e cheio de prdios onde voc vive.

     A escolha do modo de vida deve definir, primeiramente, o lugar onde morar. Uma rua tranqila ou cheia de carros e comrcio variado? Cada morador deve definir o seu ideal de qualidade de vida. Dependendo da sua opo, d para ter um pouco da vida de casinha de campo a alguns quarteires da Savassi ou uma cara de estncia gacha no Rio de Janeiro. Trazer o interior para a cidade grande tambm um caminho interessante. Uma boa tcnica prosear com os vizinhos e com os comerciantes mais prximos, podendo at mesmo praticar a velha mxima de pedir uma xcara de acar, tornando as relaes menos superficiais. Ter uma pequena horta, um jardim, pintar uma cadeira velha e o porto enferrujado ou construir um fogo a lenha, tambm so meios para trazer a paz do campo para a cidade.

     Uma dica essencial fazer da sua casa uma minicidade tranqila, organizada e tratada com carinho, podendo assim ser um verdadeiro refgio do caos urbano que se encontra l fora, a alguns metros da sua janela. Outra sugesto interessante colocar o corpo em movimento aproveitando os parques e reas onde possvel fazer uma excelente e vital caminhada, seja bem no comeo da manh ou naquele belo fim de tarde. Com certeza essa uma tima receita para diminuir o estresse e aumentar a sua afinidade com lugares da cidade. Locais escondidos e no aparentemente badalados tambm podem se tornar excelentes refgios para uma leitura ou reflexo quando tiver um tempinho livre. Pode ser uma escadaria com rvores, um jardim de uma igreja ou o banco de uma pracinha de um bairro simples e discreto. Encontrar as pessoas e as atividades com as quais se tenha afinidade pode parecer uma tarefa difcil, mas torna-se mais fcil se o caminho a seguir for atravs das coisas de que voc gosta. Um determinado tipo de msica pode lev-lo a bares e eventos especficos, o gosto por algum tipo de esporte ou de hobby tambm. Os detalhes e peculiaridades da vida urbana podem ser percebidos ao andar a p por a ou ao pegar um nibus rumo a ruas desconhecidas. Hernando Gmez diz no conseguir imaginar a vida em uma cidade sem o ato de caminhar por ela. Tentar horrios alternativos para driblar o trnsito, visitar mercados municipais, lojas de rua, feiras ao ar livre ou perambular por antiqurios e brechs podem ser opes fantsticas para superar o sufoco da vida pronta e empacotada sugerida pela mdia no dia-a-dia.

     Somos, inevitavelmente, integrantes de uma sociedade moderna, que nos exige comportamentos, relacionamentos e atitudes constantes. Cada um com seu estilo, com seus gostos, preferncias... As cidades no determinam o comportamento de ningum. A sua postura diante da urbanidade que vai delinear a sua qualidade de vida e o seu bem-estar, podendo at mesmo transform-lo em um "bandeirante metropolitano", capaz de desbravar o diferente, o inusitado. E justamente a sensao do descobrir que torna as grandes cidades lugares interessantes, incomuns, onde tudo pode acontecer.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 26, 2006

    HELP!!!





    Apelo que receb pela preservao de nossa profisso de JORNALISTA. Assino embaixo. Conto com voc que acessa nosso BLOG. Mande E-mails para os ministros do STF, relacionados abaixo. Obrigado pelo apoio!






    Caros amigos,

    Vocs devem ter tomado cincia do fato abaixo, que
    acaba com a obrigatoriedade do diploma de jornalista.

    Ainda no deciso final! Veja a notcia:

    Jornalistas protestam contra deciso do STF e
    deflagram nova campanha em defesa da regulamentao
    22 de novembro de 2006

    O Supremo Tribunal Federal confirmou a liminar que
    permite o exerccio do jornalismo por precrios que
    vinham trabalhando apesar da deciso do TRF-3 Regio
    que, em outubro de 2005, resgatou a obrigatoriedade da
    formao para o registro profissional de jornalista. A
    deciso da Segunda Turma do STF foi anunciada na noite
    desta tera-feira e imediatamente, a FENAJ e os
    Sindicatos de Jornalistas deflagraram a nova campanha
    que estavam preparando em defesa da regulamentao
    profissional, que tem a obrigatoriedade do diploma
    como um dos seus principais pilares. A FENAJ e os
    Sindicatos orientam os profissionais, professores e
    estudantes de jornalismo a enviarem mensagens aos
    ministros do STF. As mensagens protestam contra a
    deciso e j reivindicam a revogao da Ao Cautelar
    que tem efeito liminar.


    Por isso, se puderem, colaborem enviando o texto
    abaixo para os ministros (os e-mails esto abaixo da
    mensagem).

    Um abrao e obrigado pelo apoio,

    Mauro de Oliveira


    "Sr. Ministro:
    Ns, jornalistas, professores e estudantes de
    jornalismo e cidados brasileiros, preocupados com a
    qualidade, a responsabilidade e a tica da informao,
    manifestamos nosso protesto contra a deciso a deciso
    da Segunda Turma do STF que referendou a liminar
    concedida na Ao Cautelar (AC) 1406. Esta cautelar
    permite o exerccio do jornalismo por pessoas sem a
    habilitao necessria, trazendo srios prejuzos
    organizao de uma categoria profissional integrada
    por mais de 60 mil jornalistas e representa uma sria
    ameaa qualidade da informao levada diariamente
    sociedade brasileira. Em defesa da liberdade de
    expresso, da liberdade de imprensa e por um
    jornalismo tico, qualificado e ciente de suas
    responsabilidades sociais, reivindicamos a imediata
    revogao desta liminar em coerncia com outras
    decises de vrias instncias que reafirmam a
    constitucionalidade da exigncia do diploma e da
    formao especfica para o exerccio da profisso de
    jornalista. "

    Assinatura, profisso/atividade
    E-mails dos ministros:

    Ministro Celso de Mello
    mcelso@stf.gov.br

    Ministro Czar Peluso
    carlak@stf.gov.br
    (e-mail da chefe de gabinete)

    Ministro Joaquim Barbosa
    gabminjoaquim@stf.gov.br

    Ministro Eros Grau
    gaberosgrau@stf.gov.br

    Ministro Gilmar Mendes
    mgilmar@stf.gov.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 26, 2006

    Vem a, dia 28, no Minascentro o Encontro da Hotelaria Mineira.









     






    Prezado Senhor

    Joo Carlos Amaral






    O presidente do SINDHORB - Sindicato de Hotis, Restaurantes, Bares e Similares de Belo Horizonte e Regio Metropolitana, Sr. Paulo Cesar Marcondes Pedrosa, tm a honra de convid-lo(a) para solenidade de abertura do ENCONTRO DA HOTELARIA MINEIRA, seguida de palestra do Sr. Alexandre Sampaio Abreu, presidente do SINDRIO - Sindicato de Hotis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio de Janeiro, s 18h30 do dia 28 de Novembro, no Minascentro - Rua Guajajaras, 1022 - Centro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Novembro 25, 2006

    NOITE DE GALA. Estamos, eu e o diplomata da ONU, Carlos Alberto Penna em Juiz de Fora, aonde estaremos na megafesta que o jornalista CSAR ROMERO preparou para comemorar em grande estilo seus 30 anos de colunismo. Abaixo um flash da influente coluna de Csar Romero no jornal Tribuna de Minas, de Juiz de Fora.








    CESAR ROMERO
    30 anos de colunismo
    O tradicional Clube Bom Pastor, com decorao suntuosa de Toninho Aleixo, o cenrio da festa do ano. A elegante Noite de Gala, que marca os 30 anos desta coluna, tem o apoio da Tribuna, MRS Logstica, Belgo Arcelor, Pangea, Sol e Emprio Bahamas.

    Joo Jorge e Selma
    Ferreira, presenas elegantes
    hoje, na Noite de Gala

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 24, 2006

    Prefeito de OURO PRETO, ngelo Osvaldo, recebe hoje em Barbacena o Ttulo de Cidado Honorrio. A solenidade ser altamente prestigiada. O orador ser o prefeito de Barbacena, Martim Andrada.





    Ministro das Comunicaes Hlio Costa em Barbacena, hoje,sexta-feira. Vai prestigiar seu amigo o prefeito de Ouro Preto, ngelo Osvaldo, que vai receber o Ttulo de Cidado Barbacenense, atravs da iniciativa do vereador Amarlio Augusto de Andrade, presidente da Cmara de Barbacena. A solenidade no Palcio da Revoluo Liberal ser muito concorrida. Parabns ao prefeito ngelo Osvaldo de quem nos consideramos amigo e admirador de sua inteligncia e criatividade em favor da preservao da nossa histria a partir de sua cidade Ouro Preto, Patrimnio Cultural da Humanidade.






    Hlio Costa participa
     de
    homenagem ao prefeito de Ouro
    Preto,
     em Barbacena. 

    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participar nesta sexta-feira (24/11) da Sesso Solene na Cmara Municipal de Barbacena em homenagem ao Prefeito de Ouro Preto, ngelo Oswaldo de Arajo Santos, que receber o ttulo de cidado honorrio. A solenidade est marcada para as 19h30, no Palcio da Revoluo Liberal.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 24, 2006

    Daqui a pouco, s 5 da tarde, no Centro Cultural Yves Alves, em Tiradentes, ser lanado o livro "YVES ALVES - A TIRANIA DO BEM." A obra foi escrita pelo publicitrio Carlos Morici, que foi assessor especial de Yves na direo regional da Rede Globo Minas, aqui em BH. Leia a entrevista exclusiva, que Morici deu a este Blogueiro.

    Lanamento do livro " YVES ALVES - A TIRANIA DO BEM."
    Entrevista Exclusiva do autor CARLOS MORICI ao nosso BLOG.

    Joo Carlos Amaral: Porque o nome Yves, a tirania do Bem para seu livro?
    Carlos Morici: Porque o Bem precisa, s vezes, de usar a mesma fora que o Mal tem, para poder prevalecer. E s um tirano do Bem, como foi Yves Alves, para fazer, com determinao, fora e estilo, o Bem se disseminar entre as pessoas, entre os coraes.
     
    Joo Carlos Amaral: O livro fala de qu?
    Carlos Morici: O livro traz um corte transversal na vida de Yves, durante os nove anos em que convivemos profissionalmente, na Rede Globo Minas. Traz histrias, situaes engraadas, observaes, distila um pouco da marcante sabedoria de Yves, revela aspectos dos bastidores, um pouco do dia a dia do trabalho num veculo de comunicao do porte da Globo. Yves era um homem diferente, dono de um carisma impressionante, que oferecia naturalmente a quem dele se aproximasse.
     
    Joo Carlos Amaral: Qual o legado de Yves Alves para Minas?
    Carlos Morici: Yves dava mais valor a Minas do que qualquer mineiro de boa origem. Tanto que escolheu ser mineiro. Tancredo, a respeito disso, dizia que Yves era mais mineiro do que qualquer um de ns, por ter escolhido Minas como bero, sustento e morada. Yves queria que Minas ultrapassasse suas prprias fronteiras, atravs das obras e aes dos mineiros. Via em Minas um potencial impressionante, mltiplo, que se manifestava em diversas direes. Afinal, acreditava na frase de Guimares, que dizia que Minas so muitas. Como professor de histria, apaixonado pela dimenso pouco valorizada do heri nacional Tiradentes e historiador, conhecia profundamente nossas peculiaridades. E se encantava com a mineiridade. Por isso, a quantidade de aes em prol de nossa histria, de nosso patrimnio, de nossas artes e cultura que desenvolveu.

    Joo Carlos Amaral: E a cidade de Tiradentes?
    Carlos Morici: L, Yves construiu aquilo que chamava de 'laboratrio da mineiridade". Eu conto no livro como ele conheceu a cidade, quase despedaada, sem um nico lugar para se fazer sequer um lanche mais qualificado. Isso, pelos idos de 1967, ou seja, a transformao de Tiradentes e o seu, digamos, vocacionamento, foi coisa recente, pelas mos de Yves e de alguns abnegados que se juntaram a ele, ao perceber a potencialidade turstica do lugar. Yves salvava imveis comprando-os, dando-lhes destino estratgico, realmente dirigindo, com mos e olhos zelosos, o destino futuro daquilo que quase se perdeu no abandono. Hoje a cidade o que , uma verdadeira jia da coroa, mudando o antigo eixo do turismo pedra sabo que havia at ento, por causa desse zelo proativo. Proteger pela presena. Como no texto do Antonio Ccero, guardar no tirar dos olhos, mas oferecer aos olhos.

    Joo Carlos Amaral: O livro demorou quanto tempo para ser escrito?
    Carlos Morici: Pedi autorizao famlia, minha comadre Dalma, j que ela e Yves eram padrinhos de minha filha caula Rafaella, no meio do ms de maio ltimo. Da foi um jorro de escrita, apenas nos intervalos de meu trabalho como diretor comercial do Instituto Nexus de pesquisas. E em algumas pontas de horrio, no final do dia. No escrevi uma linha sequer num final de semana. Parece que as idias e lembranas iam se avolumando e se peparando para sair, quando chegava o sbado, aguardando a segunda feira que apontava. Tambm no deixei de atender a um cliente sequer, enquanto escrevi. Deu certo e foi tudo muito rpido. Tanto que hoje fazem seis meses da idia ao livro pronto, entregue ao mercado pela Editora Globo. Acredito que a pressa no tenha comprometido o contedo, at porque digitava super rpido e as idias chegavam prontas. Como tenho convico esprita, entendo que recebi timos eflvios de meus amparadores espirituais, sendo apenas um veculo dcil para o trabalho que queriam que eu fizesse e honrasse.
     
    Joo Carlos Amaral: O que voc espera do livro?
    Carlos Morici: Na verdade, nem sabia que iria escrever este livro, se voc me perguntasse isso no dia 10 de maio ltimo. Tinha apenas uma grande saudade do amigo Yves, do tempo que compartilhamos, da convivncia rica e orientadora, da amizade dele, de suas boas falas. Para o livro, algo estalou dentro de mim para fazer, principalmente a facilidade que tenho para escrever e o prazer que isso me causa. Mas no tinha propsitos delineados para isso, no. Portanto, como arqueiro, - como diria aquele maravilhoso texto do Gibran em relao aos filhos - apenas apontei o arco e liberei a flecha. Onde ela cair, est posto. E ser aceito.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 24, 2006

    Em Juiz de Fora amanh, o grande evento ser a Noite de Gala, para comemorar os 30 anos de colunismo de Csar Romero do jornal Tribuna de Minas. L estaremos, junto com o diplomata da ONU, Carlos Alberto Penna, para abraar meu amigo Csar Romero. Vamos chegar Juiz de Fora por volta do meio dia, para participar de um churrasco base de costela no bafo no stio de nosso amigo, o advogado Jos Lcio Fernandes. O Churrasco ser no stio de Z Lcio na barragem dr. Joo Penido. noite iremos Noite de Gala no Clube Bom Pastor. Um fim de semana em Juiz de Fora, que promete.

    Prmios na Noite de Gala
    Um dos pontos altos da festa de amanh, que vai comemorar os 30 anos da coluna, o sorteio dos prmios oferecidos pela TAM, Fama Viagens e Foto Ferreira Digital.
    Uma passagem (com acompanhante) para Recife e hospedagem em Porto de Galinhas, um final de semana em uma sofisticada pousada de Bzios e o mais recente lanamento da Kodak em cmera digital com 7.1 mega pixels.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 24, 2006

    Na Tela a regularizao das terras das Reservas Ambientais. Sero necessrios cerca de 500 milhes de reais. Assunto est em discusso no CICLO DE DEBATES, que termina hoje no final da tarde no plenrio da Assemblia Legislativa. Sugiro ligar na TV ASSEMBLIA no canal 11, a cabo, em BH e no UHF no Interior.

     A destinao anual de pelo menos R$ 40 milhes no Oramento do Estado para serem usados exclusivamente na regularizao fundiria das unidades de conservao (UCs) foi defendida pelo diretor de Pesca e Biodiversidade do Instituto Estadual de Florestas (IEF), professor Clio Valle, nesta quinta-feira (23/11/06), durante palestra de abertura do Ciclo de Debates "Regularizao fundiria das unidades de conservao", na Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Para Valle, essa rotina a bandeira mais importante para os ambientalistas. "Esses recursos no podem ser contingenciados. O resto a legislao segura", frisou.

    Ambientalista apaixonado, Valle exemplifica que o parque em fase de criao em Gro Mogol, no Norte de Minas, abriga um tipo de cactus aparentemente intil, mas que no existe em nenhum outro lugar do planeta. "A penicilina veio de uma planta. E a evoluo ainda no terminou. Quem me garante que uma capivara no ser essencial no futuro? Eu tenho o direito de destruir isso? Somos ligados de maneira fsica a plantas e bichos, e isso no poesia. A natureza protegida condio para que o homem viva", afirmou.

    Para Valle, grandes reas protegidas so a soluo para plantas e bichos. Fazendo um paralelo com uma rede, ele argumenta que as UCs so os ns que sustentam a rede, enquanto as pessoas habitam os vazios. Segundo o diretor do IEF, se o homem acreditar que importante resolver o problema da propriedade da terra para animais e plantas, tomar a deciso de investir, deciso essa a cargo dos poderes pblicos. "O meu oramento diz onde est meu corao. Essa reunio de hoje talvez seja histrica. Espero ver, todo ano, uma verba aprovada por essa Casa para as unidades de conservao", defendeu.

    UCs representam menos de 10% da rea explorada pela agricultura

    UCs representam menos de 10% da rea explorada pela agricultura

    Informaes do IEF apontam que as unidades de conservao de Minas Gerais, inseridas no grupo de proteo integral (estao ecolgica, reserva biolgica, parque, monumento natural e refgio da vida silvestre) ocupam 375 mil hectares, demandando quase R$ 417 milhes para a regularizao fundiria. J a rea do Estado efetivamente explorada com reflorestamento, agricultura e pastagem soma quase 38 milhes de hectares.

    Clio Valle argumenta que a rea protegida parece grande, mas est longe de chegar, por exemplo, aos 727 mil hectares de lmina d'gua das hidreltricas mineiras. "Uma ona precisa de 50 mil m2 para viver", completa. O professor faz comparaes tambm com recursos destinados a outras causas no Estado. Segundo ele, a Usina de Irap demandou R$ 1 bilho, enquanto cada quilmetro de estrada asfaltado no programa Pr-Acesso custa R$ 300 mil. "Ser que nossos filhos e netos no merecem receber uma natureza protegida?", pondera.

    Questo social permeia regularizao das unidades

    Questo social permeia regularizao das unidades

    Falando para a platia composta, inclusive, por proprietrios de terras transformadas em parques, que convivem com as incertezas do processo de regularizao fundiria, o professor Clio Valle defendeu que as pessoas recebam um valor justo pela terra e que sejam levadas para um lugar melhor. De outra forma, segundo ele, seria uma injustia tir-las da terra para deixar o lugar para plantas e bichos. "Enquanto a unidade de conservao for considerada um invasor, impossvel defend-la. Isso s se resolve comprando a terra e pagando corretamente. Com dinheiro, possvel fazer", afirmou.

    Debate - Na fase de debates, representantes de ONGs e associaes de moradores se manifestaram, preocupados com a questo. Um deles, Jesuilton Jos Gonalves, presidente de uma associao de quilombolas de Matias Cardoso, no Norte do Estado, viajou cerca de 700 quilmetros para relatar, no Plenrio da Assemblia, a situao de sua comunidade, que faz fronteira com um parque. "Querem comprar metade das terras e inundar outra parte. Ento por que no compram tudo?", questionou. Na fase de debates, representantes de ONGs e associaes de moradores se manifestaram, preocupados com a questo. Um deles, Jesuilton Jos Gonalves, presidente de uma associao de quilombolas de Matias Cardoso, no Norte do Estado, viajou cerca de 700 quilmetros para relatar, no Plenrio da Assemblia, a situao de sua comunidade, que faz fronteira com um parque. "Querem comprar metade das terras e inundar outra parte. Ento por que no compram tudo?", questionou.

    Debate - Na fase de debates, representantes de ONGs e associaes de moradores se manifestaram, preocupados com a questo. Um deles, Jesuilton Jos Gonalves, presidente de uma associao de quilombolas de Matias Cardoso, no Norte do Estado, viajou cerca de 700 quilmetros para relatar, no Plenrio da Assemblia, a situao de sua comunidade, que faz fronteira com um parque. "Querem comprar metade das terras e inundar outra parte. Ento por que no compram tudo?", questionou. Na fase de debates, representantes de ONGs e associaes de moradores se manifestaram, preocupados com a questo. Um deles, Jesuilton Jos Gonalves, presidente de uma associao de quilombolas de Matias Cardoso, no Norte do Estado, viajou cerca de 700 quilmetros para relatar, no Plenrio da Assemblia, a situao de sua comunidade, que faz fronteira com um parque. "Querem comprar metade das terras e inundar outra parte. Ento por que no compram tudo?", questionou.

    O procurador Afonso Henrique de Miranda Teixeira, coordenador da Procuradoria de Conflitos Agrrios do Ministrio Pblico, observou que se a criao de UCs gerar excluso social, a problema da conservao permanece. "O motor da excluso social o mesmo da degradao ambiental", concordou o secretrio de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Jos Carlos Carvalho. J o deputado Laudelino Augusto (PT), autor do requerimento para a realizao do ciclo de debates, lembrou que os quilombos tm legislao especial no Pas.

    Moradores de Gro Mogol, cidade cujo parque foi criado em 1998 mas ainda no efetivado, tambm reclamaram da excluso de 150 famlias, assim como agricultores da regio dos parques Sete Sales e Serra do Papagaio. Para este ltimo, localizado no Sul de Minas, os proprietrios de terra sugeriram a criao de Reservas Particulares do Patrimnio Natural como forma de permanecerem no local. "O maior problema o de comunicao entre o poder pblico e os moradores", afirmou Fbio Costa, do Instituto Alma da Terra. "Cuidamos de um lugar onde o Estado no est presente e somos tratados como inimigos", reforou Guilherme Figueiredo, proprietrio de uma pousada que chegou a ser fechada no ano passado.

    Laudelino Augusto lembrou que a audincia pblica sobre o Parque Estadual da Serra do Papagaio, realizada pela Comisso de Meio Ambiente e Recursos Naturais em maio deste ano, foi justamente o ponto de partida para a realizao do ciclo de debates. "Os depoimentos confirmam a urgncia dessa discusso", avaliou.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 24, 2006

    Ao do senador Aelton Freitas, do PL mimeiro.

    Subcomisso investiga demora na liquidao extrajudicial de bancos

    Presidente, Senador  Aelton Freitas  promete relatrio conclusivo at o final do ano

    Imagem (metarquivo)

    A Subcomisso Temporria da Liquidao de Instituies Financeiras questionou, em audincia pblica com representantes do Banco Central (BC) realizada nesta quarta-feira (22), a demora na liquidao da massa falida de diversos bancos. O presidente da Subcomisso, senador Aelton Freitas (PL-MG), perguntou ao procurador-geral do BC, Francisco Jos de Siqueira,por que a procuradoria-geral sempre autoriza o Departamento de Liquidaes Extrajudiciais do BC a realizar alteraes contbeis nos demonstrativos das massas falidas, o que acabaria por atrasar os processos de liquidao, alm de representar um alto custo para os cofres pblicos. O procurador-geral, entretanto, negou que as autorizaes para alteraes contbeis ocorram de forma generalizada.

    Alm do procurador-geral do Banco Central, esteve presente o ex-diretor do departamento de liquidaes extrajudiciais dessa instituio Carlos Eduardo de Freitas. Ambos fizeram explanaes sobre os processos de liquidao, a legislao pertinente e o Programa de Estmulo Reestruturao a ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional (Proer), este ltimo criado durante o governo Fernando Henrique Cardoso.

    Durante o processo de liquidao extrajudicial, o Banco Central aponta um liquidante - no raro um ex-funcionrio do prprio BC - para gerir a massa falida do banco at que suas dvidas sejam quitadas. Os senadores da Subcomisso - subordinada Comisso de Assuntos Econmicos (CAE) - questionam se esses processos esto sendo postergados propositalmente.

    Um dos exemplos seria o do Banco Mercantil de Pernambuco, que est sob interveno do Banco Central desde 1995. De acordo com a subcomisso, a massa falida dessa instituio possua ttulos pblicos corrigidos pela variao cambial que, com a forte desvalorizao do real ocorrida no incio de 1999, praticamente dobraram de valor na poca. Mas, segundo a subcomisso, a contabilidade foi refeita pelo BC de modo a no computar a variao cambial - e uma das conseqncias desse procedimento seria o atraso do processo de liquidao.

    Proposta

    Para evitar eventuais distores provocados pela demora nas liquidaes, o senador Aelton Freitas pretende apresentar uma proposta segundo a qual esses processos extrajudiciais no possam durar mais que 36 meses; aps esse prazo, a responsabilidade pela administrao da massa falida seria transferida para a Justia.

    O parlamentar tambm afirmou que a Subcomisso Temporria da Liquidao de Instituies Financeiras est prxima de encerrar suas atividades, e que poder apresentar seu relatrio at o final deste ano.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 24, 2006

    Deu no site www.barbacenaonline.com.br (de minha cidade). Que beleza!










    Nos dias 1 e 2 de dezembro, a Rainha das Rosas 2006, Katiusci Saiyuri Takahashi, vai representar Barbacena, oficialmente, no Concurso Miss Minas Gerais, em Divinpolis. Como este ano no houve a eleio da Miss Barbacena, Katiusci foi indicada pela Cenatur para participar do evento. Se for eleita Miss Minas Gerais, Katiusci representar o estado no Miss Brasil 2007. Este ltimo concurso, promovido pela TV Bandeirantes, acontece no incio do ano que vem.

    Foto Disney









    A Rainha das Rosas 2006,
    Katiusci Saiyuri Takahashi


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 24, 2006

    Concerto de Nelson Freire em Tiradentes hoje, rene meio mundo poltico, intelectual e social. Veja o que escreveu meu amigo, o jornalista barbacenense www.marciobertola.com.br Vale apena reproduzir aqui no nosso BLOG o que ele diz.













    Ao vivo no Jornal Nacional
    Direto de Tiradentes o Jornal Nacional transmite ao vivo imagens do concerto de Nelson Freire desta sexta. No s a Rede Globo que envia enorme equipe de profissionais. Revistas, o JB, O Globo e outras emissoras de televiso daro ampla cobertura ao maior evento cultural deste ano em Minas Gerais. Merece a Medalha da Inconfidncia o empresrio cultural e criador do projeto Msica no Museu, Srgio da Costa e Silva por sua audaciosa e requintada promoo que divulgar Minas Gerais nacionalmente, e sem um centavo de gastos publicitrios. Amanh, sexta, o Estado de Minas publica matria em Cultura.

    Subindo escadarias seculares
    O piano imenso que Nelson Freire vai usar sobe hoje cedo as escadarias da Matriz de Santo Antnio. Chega do Palcio das Artes, resguardado por seguros, amparado por uma comitiva tcnica e por todo cuidado necessrio. Ser uma cena bonita e Cludio Campos fotografar este solene momento. Afinal, aps sofrer as afinaes necessrias, pois a viagem sempre altera a afinao, o instrumento vai reinar nas mos do grande gnio, o sucessor de Rubistain.

    Jatinhos e helicpteros
    O aeroporto de So Joo del Rey ficar movimentado por jatinhos de celebridades, de grandes nomes da vida nacional que chegam exclusivamente para as comemoraes dos 9 anos do Msica no Museu. Um destes jatinhos transportar o herdeiro da Rede Globo, Roberto Irineu Marinho, sua famlia e trs diretores da Globo. Ele hiper-discreto, no gosta de badalaes. Raramente aparece em eventos sociais e culturais. Mas abre mo de sua privacidade para aplaudir Nelson Freire e abraar Srgio da Costa e Silva. E ainda mais: curtir a inigualvel Tiradentes.
    Tic Tac
    A pontualidade ser rigorosa. Oito horas em ponto Nelson Freire abre seu concerto executando Bach. Termina em grande estilo, nos brindando com Chopin.
    Para todos
    Evidentemente, pelo espao limitado do local, no possvel que todos assistam do interior da Matriz, que estar restrito a 350 convidados vips que chegam de variadas cidades brasileiras. Mas todos podero assistir em teles e com som perfeito, do adro da Igreja. Para manter a parte eltrica distante de qualquer casualidade, o nosso presidente da Cemig, Djalma Bastos Morais mandou geradores e engenheiros para um planto.










    Srgio da Costa e Silva: sonho realizado com Nelson Freire em Tiradentes

    Hoje noite
    Uma prvia do clima que toma conta de Tiradentes acontece hoje, quando o casal Mrio e Cllia Mendona recebe em sua casa-museu o casal Srgio e Ignez da Costa e Silva. Encontro mais fechado, para poucos amigos. J no sbado, novamente o casal Mendona abrir a cinematogrfica casa do Largo das Mercs com uma recepo bem maior. saudvel lembrar que a adega de Mrio Mendona est entre as melhores, algo de fazer cair o queixo. Em tempo: Mrio Mendona, em artes plsticas, e Srgio da Costa e Silva, em promoo cultural, so detentores do maior prmio cultural brasileiro, o Golfinho de Ouro 2006. Estaremos no Rio de Janeiro cobrindo a festa de premiao.

    Barbacena presente
    Barbacena, evidentemente estar presente no evento que ser inesquecvel. Foram convidados o casal conselheiro Antnio Carlos e Paula Andrada, o casal deputado Lafayette e Luciana Andrada, a pianista Lcia Pires do Amaral, este reprter e Edward William. Tambm o ministro Hlio Costa est entre os convidados. Estaremos cobrindo para o Correio da Serra, para este site, e para a revista Encontro.
    Brisa da Serra
    Logo aps o concerto Srgio e Ignez da Costa e Silva recebem seus convidados para alinhado jantar na Cave da Brisa da Serra. Ser a oportunidade para umas palavrinhas com Nelson Freire. Levarei um CD para que o gnio mineiro me deixe seu honroso autgrafo.
    Cultura com seriedade
    O projeto Msica no Museu, em seus nove anos, promoveu mais de 1.500 concertos em diversas cidades do Brasil, com a participao de cerca de 2.500 msicos profissionais. Atingiu mais de 170 mil pessoas que nada pagaram, o que confirma a seriedade de seu criador, Srgio da Costa e Silva, que prova com isso que a msica clssica tem pblico e continua ocupando seu espao. Mesmo sendo um Brasil um pas que despreza o assunto, quando se encontra um homem com viso e carinho, que enfrenta todos os incontveis desafios, a vitria certa. Por isso, a noite de Nelson Freire ser o coroamento de Srgio da Costa e Silva e de sua vitoriosa trajetria de amante das artes. Ele recebe nos prximos dias o prmio mais importante da cultura brasileira, o Golfinho de Ouro.












    O convite para o concerto de amanha: ilustrado por Carlos Bracher












    O programa do concerto em Tiradentes












    Convite para o jantar com Nelson Freire


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    Deputado federal VITORIO MEDIOLI, nascido em Palma, Itlia, ser cidado de Minas. Ttulo ser entregue pela Assemblia, quinta-feira, 30 de novembro, s 20 horas. O autor da homenagem o deputado estadual, Dalmo Ribeiro Silva, do PSDB.

     A Assemblia Legislativa de Minas Gerais vai realizar na prxima quinta-feira (30/11/06), s 20 horas, uma Reunio Especial de Plenrio para a entrega do ttulo de cidado honorrio ao empresrio e deputado federal Vittorio Medioli (PV-MG). O ttulo foi concedido pelo governador atravs de decreto publicado no dia 10 de novembro de 2005 e solicitado pelo deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB). De acordo com o deputado, a homenagem um reconhecimento aos servios prestados por Vittorio Medioli sociedade.

    Nascido em Palma, na Itlia, em de maio de 1951, Vittorio adotou o Brasil como sua nova ptria, naturalizando-se brasileiro em 1981. fundador do Grupo Sada, onde emprega diretamente mais de 5 mil funcionrios, nos segmentos de transporte rodovirio de cargas, siderurgia, fabricao de autopeas, concessionrias, imobilirias, agroindustrial e reflorestamento. proprietrio tambm dos jornais O Tempo, Super Notcia, Pampulha, O Tempo Betim, O Tempo Contagem e O Tempo Uberlndia. O mais novo empreendimento do grupo, a usina de lcool e biodiesel Sada Bioenergia, em construo no Norte de Minas, gerar cerca de 4 mil empregos diretos e mais de 10 mil indiretos.

    Em 1990 foi eleito deputado federal pelo PSDB, reelegendo-se para o exerccio de mais trs mandatos. O empresrio tambm presidente da Fundao Medioli, que d assistncia a crianas, idosos e deficientes fsicos, atravs da construo e manuteno de creches e Apaes em todo o Estado.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    FIEMG ajuda a entender Lei das MICRO. Confira!






    Fiemg Informao Estratgica orienta empresrios sobre a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa

    A Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, aprovada ontem (22) pela Cmara dos Deputados, pautou a terceira edio do Programa Fiemg Informao Estratgica, realizado no dia 23 de novembro. O assunto foi debatido pela gerente de Assuntos Tributrios, Luciana Mundim, a gerente de Relaes Trabalhistas, Vernica Flexa de Lima, e o advogado da Comisso de Assuntos Legislativos (Coal), Andr Chaves de Andrade, com transmisso simultnea para todas as regionais no interior.
    A lei institui o Supersimples, que alm dos seis tributos unificados pelo Simples (Imposto de Renda, Contribuio Previdenciria, Cofins, PIS, IPI e CSLL), substitui o ICMS, estadual, e o ISS, municipal. O imposto valer para as empresas com renda bruta anual de at R$ 2,4 milhes, o mesmo teto do Simples.
    Cria tambm o Sistema Integrado de Gesto de Informaes Fiscais. Os dados desse sistema iro constituir o Cadastro nico Nacional, que unificar os tributos e contribuies em uma s guia de recolhimento.
    Prev, ainda, a simplificao do processo de abertura e fechamento de empresas, e dispensa a apresentao do Perfil Profissiogrfico Previdencirio para empresas que no exeram atividades prejudiciais sade do trabalhador.
    Na opinio de Mundim, o Supersimples pode tirar um fator de competitividade importante das empresas mineiras, que a possibilidade de repassar os crditos de ICMS. "Empresas enquadradas no Simples nacional no podero mais se apropriar ou repassar crditos desse imposto", explicou ela.
    Na rea trabalhista, a gerente Vernica Lima enfatizou que as mudanas foram insignificantes. "Os dispositivos legais que oneram as empresas esto previstos na Constituio Federal, que s pode ser modificada por Emenda Constitucional", salientou.
    Segundo ela, entre as mudanas institudas pela Lei Geral esto, por exemplo, a dispensa de fixao do quadro de trabalho, da anotao de frias nos livros da empresa e da obrigatoriedade de empregar menores aprendizes.
    A empresa fica isenta, ainda, da posse do livro de inspeo do trabalho, e de comunicar ao Ministrio do Trabalho a concesso de frias coletivas a seus empregados.
    Pequena flexibilizao em relao s negociaes coletivas tambm est prevista. A Lei segue agora para a sano do presidente Luiz Incio Lula da Silva, e deve entrar em vigor no dia 1 de julho de 2007.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    Ministro das Comunicaes Hlio Costa em Barbacena, amanh, sexta-feira. Vai prestigiar seu amigo o prefeito de Ouro Preto, ngelo Osvaldo, que vai receber o Ttulo de Cidado Barbacenense, atravs da iniciativa do vereador Amarlio Augusto de Andrade, presidente da Cmara de Barbacena. A solenidade no Palcio da Revoluo Liberal ser muito concorrida. Parabns ao prefeito ngelo Osvaldo de quem nos consideramos amigo e admirador de sua inteligncia e criatividade em favor da preservao da nossa histria a partir de sua cidade Ouro Preto, Patrimnio Cultural da Humanidade.

    Hlio Costa participa
     de
    homenagem ao prefeito de Ouro
    Preto,
     em Barbacena. 

    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participar nesta sexta-feira (24/11) da Sesso Solene na Cmara Municipal de Barbacena em homenagem ao Prefeito de Ouro Preto, ngelo Oswaldo de Arajo Santos, que receber o ttulo de cidado honorrio. A solenidade est marcada para as 19h30, no Palcio da Revoluo Liberal.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    REDE MINAS de TELEVISO ganha, merecidamente, o Prmio Destaque Nacional da ABERJE. O presidente da Rede Minas, ANTNIO ACHILIS, nosso amigo de Rede Globo - dos tempos do Lauro Diniz e Alberico Souza Cruz - vai a So Paulo dia 7 de dezembro receber o prmio, concedido pela PRIMEIRA VEZ a uma emissora regional. Parabns ao Achilis e sua competente, criativa e empenhada equipe. Posso falar de cadeira, j que nos ltimos dois anos vou Rede Minas, toda semana, junto com o editor-geral Ney Doyle, fazer o programa da Fiemg, "Economia e Negcios", que hoje caracateriza a participao pioneira do setor empresarial na grade de programao da Rede Minas, que chega a todos os 853 municpios de Minas.

    REDE MINAS GANHA O DESTAQUE TV NACIONAL !
    A Rede Minas, eleita pelos associados do captulo Aberje-MG como
    a TV Destaque de 2006 em Minas Gerais, acaba de ser escolhida como a TV
    Destaque Nacional pela Aberje Brasil. a primeira vez que uma TV regional
    recebe tamanha distino. O prmio ser entregue ao presidente da emissora,
    Antonio Achilis, no grande evento da premiao nacional, marcado para o dia
    7 de dezembro, em So Paulo, no Hotel Unique (Av. Brigadeiro Luis Antonio,
    4700).

    Ao receber a notcia, o pessoal da Rede Minas entrou em clima de
    festa permanente, porque este foi o segundo importante prmio recebido pela
    emissora em poucos dias: eles ainda comemoravam o Prmio Experincias em
    Inovao Social na Amrica Latina e Caribe, concedido pela Cepal-ONU, com
    apoio da Fundao Kellogg, com o programa Rede Jovem Cidadania, produzido
    pela Associao Imagem Comunitria.

    "Este um importante reconhecimento ao nosso trabalho e uma mensagem de
    respeito e ateno aos nossos telespectadores", disse Antonio Achilis, da
    Rede Minas, que ainda continua na expectativa: "
    O programa Rede Jovem
    Cidadania uma entre duas iniciativas selecionadas para o Prmio
    Internacional de Dubai s Boas Prticas para Melhorar as Condies de Vida,
    concedido pelo programa nas Naes Unidas para os Assentamentos Humanos
    (UN-Habitat) e pelo governo de Dubai.
    Parabns Rede Minas!

    Os destaques nacionais so escolhidos pelo Conselho Deliberativo
    da Aberje que, alm da Rede Minas, apontou:
    Melhor jornal: O Estado de So Paulo
    Melhor revista: Revista Imprensa
    Melhor mdia segmentada: Meio & Mensagem
    Melhor rdio: CBN (tambm premiada em Minas pela votao dos scios locais
    da Aberje)
    Convergncia de Mdias: AllTV


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    COISA RARA: gasolina mais barata em BH. Confira!












    Preos mdios do lcool e da gasolina caem em BH


    O Procon Assemblia pesquisou, entre os dias 12 e 14 de novembro, os preos do lcool, diesel comum e gasolina comum praticados em 49 estabelecimentos de Belo Horizonte. Em comparao com a pesquisa feita entre os dias 25 e 27 de setembro, foi constatada uma reduo nos preos mdios do lcool e da gasolina de, respectivamente, 2,75% e 1,21%. O diesel teve aumento mdio de 0,88%.

    O menor preo encontrado para o lcool foi de R$ 1,459 e o maior, R$ 1,999. Para a gasolina, o menor preo foi de R$ 2,177 e o maior, R$ 2,499. O preo do diesel variou de R$ 1,699 a R$ 1,899. Confira a pesquisa completa.

    A ltima coluna da tabela de pesquisa apresenta a relao percentual entre o preo do lcool e da gasolina. Se o preo do litro do lcool for de at 70% do preo do litro da gasolina, o consumo economicamente vivel. Apenas 16 estabelecimentos apresentaram essa relao. Confira a pesquisa.Procon Assemblia pesquisou, entre os dias 12 e 14 de novembro, os preos do lcool, diesel comum e gasolina comum praticados em 49 estabelecimentos de Belo Horizonte. Em comparao com a pesquisa feita entre os dias 25 e 27 de setembro, foi constatada uma reduo nos preos mdios do lcool e da gasolina de, respectivamente, 2,75% e 1,21%. O diesel teve aumento mdio de 0,88%.

    O menor preo encontrado para o lcool foi de R$ 1,459 e o maior, R$ 1,999. Para a gasolina, o menor preo foi de R$ 2,177 e o maior, R$ 2,499. O preo do diesel variou de R$ 1,699 a R$ 1,899. Confira a pesquisa completa.

    A ltima coluna da tabela de pesquisa apresenta a relao percentual entre o preo do lcool e da gasolina. Se o preo do litro do lcool for de at 70% do preo do litro da gasolina, o consumo economicamente vivel. Apenas 16 estabelecimentos apresentaram essa relao. Confira a pesquisa.pesquisa completa.

    A ltima coluna da tabela de pesquisa apresenta a relao percentual entre o preo do lcool e da gasolina. Se o preo do litro do lcool for de at 70% do preo do litro da gasolina, o consumo economicamente vivel. Apenas 16 estabelecimentos apresentaram essa relao. Confira a pesquisa.pesquisa.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    A Faculdade Estcio de S, em BH, e o Escritrio de advocacia empresarial Dcio Freire & Associados se uniram para fazer, hoje noite, um Seminrio sobre "CRDITO DE CARBONO".

                         Ser s 19 horas no Auditrio da Estcio de S, na rua Er, no bairro do Prado, aqui na capital. A abertura ser feita pelo advogado Dcio Freire e pelo diretor-geral da Estcio, o economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira. Depois comeam as palestras pelos especialistas: Marco Antnio Fujiahara, Virglio Gibbon e Thiago Pastor. Detalhes: www.deciofreire.com.br 
    Desejamos sucesso!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    Hoje noite comea Ciclo de Debates na Assemblia de Minas, iniciativa do deputado Laudelino Augusto do PT. Na tela: a questo das Unidades de Conservao Ambiental no Estado. Ser s 19 horas com transmisso da TV Assemblia. Canal 11 no cabo e no Interior pelo UHF. Programao completa no site www.almg.gov.br







    ALMG abre ciclo de debates sobre regularizao fundiria

    A regularizao fundiria das unidades de conservao do Estado de Minas Gerais ser tema do Ciclo de Debates que a Assemblia abre hoje (23), s 19 horas, no Plenrio. O evento ter a participao de representantes do Poder Judicirio, Ministrio Pblico, rgos ambientais do Executivo e organizaes da sociedade civil organizada. No necessrio fazer inscrio para participar.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    Nelson Freire VIP in Concert na bela e histrica Tiradentes. Texto e fotos do jornalista barbacenense marciobertola.com.br







    Gnio do piano, Nelson Freire se apresenta em Tiradentes amanh


     

    Mrcio Bertola


     

    Oito horas em ponto Nelson Freire inicia com Bach um concerto que terminar com Chopin. Passar por Beethoven, Csar Franck e Francisco Mignone.

    Na platia 350 convidados vips de diversos estados brasileiros. O cenrio no poderia ser mais solene e litrgico: o interior da Igreja Matriz de Santo Antnio, em Tiradentes, com seus mais de 700 quilos de ouro adornando obras esculturais do barroco brasileiro.


     

    Mineiro de Boa Esperana, o pianista considerado o maior do mundo na msica clssica contempornea, no conhece Tiradentes e foi ele quem pediu ao criador do projeto Msica no Museu, o carioca Srgio da Costa e Silva, para se apresentar em Tiradentes, onde chegou ontem, vindo do Rio de Janeiro. Nelson Freire passar 3 ou 4 dias na cidade histrica mineira descansando, e depois segue para a Frana e Alemanha, onde se apresentar nos prximos dias. Sua agenda para 2007 e 2008 est completamente tomada por concertos na Europa e nos Estados Unidos.


     

    O sucessor de Rubistein


     
    Maior intrprete de Chopin na atualidade, o pianista j ostenta o ttulo de sucessor do genial Arthur Rubistein. Menino prodgio, aos 4 anos Freire j tocava sonatas de Mozart e aos 5 anos se apresentou ao pblico pela primeira vez. Aos 13 anos vence um concurso que lhe premia com bolsa de estudos em Viena. Da para frente passa a encantar o mundo, torna-se to respeitado que tem pblico garantido nos mais austeros teatros da Europa. Conquista tambm os Estados Unidos onde seus concertos causam o esgotamento das reservas com grande antecedncia. Hoje, afirma a crtica especializada, Nelson Freire o maior pianista contemporneo do mundo e o pblico se curva o ovacionando  por onde se apresenta.


     

    Msica no Museu


     

    Percebendo o sucesso de um projeto que existe na Europa e nos Estados Unidos, em que a msica vai aos museus, o empresrio e promotor cultural Srgio da Costa e Silva - vencedor do Golfinho de Ouro 2006, o maior prmio cultural do pas - criou e dirige o projeto Msica no Museu, e fez melhor que no exterior, pois no Brasil o acesso livre, no se cobra ingresso algum. Para comemorar os 9 anos deste evento que s neste ano atingir a marca de 400 concertos, envolvendo 2.500 msicos que se apresentam em quase todo o Brasil, Srgio da Costa e Silva convidou Nelson Freire, o que o coroamento do vitorioso projeto, que em 9 anos nunca registrou o cancelamento de um concerto, ou sequer um nico atraso. Mais de 170 mil pessoas j assistiram aos mais de 1.500 concertos gratuitos realizados pelo pas.

    Em Tiradentes, quem no teve o privilgio de um convite para assistir o concerto no interior da Matriz, contar com a instalao de teles e um perfeito sistema de som que atingir todo o adro da igreja setecentista. Ser o maior evento cultural do ano em Minas Gerais. Relembrando: Nesta sexta, 24, s 20 horas, na Igreja Matriz de Santo Antnio - Tiradentes - MG.

      A magnfica Matriz de Santo Antnio recebe 350 convidados vips para a noite
    de amanh, com Nelson Freire

    Foto: Mrcio Bertola





    O diretor da Carpex Empreendimentos e Promoes, que criou o Msica no Museu
    no Brasil, Srgio da Costa e Silva.







                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    Tudo pronto para a NOITE DE GALA, a Megafesta, que vai celebrar os 30 anos de colunismo de Csar Romero do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora. L estaremos no sbado para abraar nosso amigo, do qual fui interino na coluna nos tempos do extinto Dirio Mercantil dos Dirios Associados em JF. Bons tempos!

    Da equerda para a direita: Csar Romero, em BH, no Alta Vila, ao lado do governador Acio Neves e sua irm, Andra Neves, presidente do SERVAS.

    Detalhes da megafesta NOITE DE GALA. Confira!
    Um dos acontecimentos mais esperados do ano, a Noite de Gala prima em sua montagem pelos detalhes de elegncia e sofisticao.
    A grande festa de sbado ter incio com finssimo 'coq', pontualmente, s 22h30, na rea externa do Clube Bom Pastor. Tudo ao som do Jota Trio, com repertrio especial montado por Joozinho da Percusso.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 23, 2006

    Tudo sobre o livro YVES ALVES - A TIRANIA DO BEM - na tica do autor da obra, Carlos Morici. Livro ser lanado amanh, sexta-feira, no Centro Cultural Yves Alves, em Tiradentes s 17 horas. Imperdvel!





    ENTREVISTA EXCLUSIVA com o publicitrio CARLOS MORICI, meu amigo de Rede Globo - dos tempos do Yves Alves e Lauro Diniz - lana nesta sexta-feira, dia 24, o livro YVES - A TIRANIA DO BEM. Ser um lanamento duplo. L em Tiradentes, que muito deve ao saudodo YVES Alves, ser dia 24, sexta-feira, s 17 horas no Centro Cultural Yves Alves. E aqui em BH no Palcio das Artes, s 20 horas, s que dia 27 de novembro. Parabns ao Carlos Morici por resgatar a memria de um dos maiores executivos de todos os tempos que a Rede Globo teve. E o maior Mecenas dos tempos modernos da histrica Tiradentes. EM TEMPO: para quem no sabe, CARLOS MORICI foi assessor direto de Yves Alves por quase uma dcada, quando Yves era diretor da Rede Globo Minas.Confira a ENTREVISTA!






                       Carlos Morici

    Lanamento do livro " YVES ALVES - A TIRANIA DO BEM."
    Entrevista ao exclusiva do autor CARLOS MORICI ao nosso BLOG.

    Joo Carlos Amaral: Porque o nome Yves, a tirania do Bem para seu livro?
    Carlos Morici: Porque o Bem precisa, s vezes, de usar a mesma fora que o Mal tem, para poder prevalecer. E s um tirano do Bem, como foi Yves Alves, para fazer, com determinao, fora e estilo, o Bem se disseminar entre as pessoas, entre os coraes.
     
    Joo Carlos Amaral: O livro fala de qu?
    Carlos Morici: O livro traz um corte transversal na vida de Yves, durante os nove anos em que convivemos profissionalmente, na Rede Globo Minas. Traz histrias, situaes engraadas, observaes, distila um pouco da marcante sabedoria de Yves, revela aspectos dos bastidores, um pouco do dia a dia do trabalho num veculo de comunicao do porte da Globo. Yves era um homem diferente, dono de um carisma impressionante, que oferecia naturalmente a quem dele se aproximasse.
     
    Joo Carlos Amaral: Qual o legado de Yves Alves para Minas?
    Carlos Morici: Yves dava mais valor a Minas do que qualquer mineiro de boa origem. Tanto que escolheu ser mineiro. Tancredo, a respeito disso, dizia que Yves era mais mineiro do que qualquer um de ns, por ter escolhido Minas como bero, sustento e morada. Yves queria que Minas ultrapassasse suas prprias fronteiras, atravs das obras e aes dos mineiros. Via em Minas um potencial impressionante, mltiplo, que se manifestava em diversas direes. Afinal, acreditava na frase de Guimares, que dizia que Minas so muitas. Como professor de histria, apaixonado pela dimenso pouco valorizada do heri nacional Tiradentes e historiador, conhecia profundamente nossas peculiaridades. E se encantava com a mineiridade. Por isso, a quantidade de aes em prol de nossa histria, de nosso patrimnio, de nossas artes e cultura que desenvolveu.

    Joo Carlos Amaral: E a cidade de Tiradentes?
    Carlos Morici: L, Yves construiu aquilo que chamava de 'laboratrio da mineiridade". Eu conto no livro como ele conheceu a cidade, quase despedaada, sem um nico lugar para se fazer sequer um lanche mais qualificado. Isso, pelos idos de 1967, ou seja, a transformao de Tiradentes e o seu, digamos, vocacionamento, foi coisa recente, pelas mos de Yves e de alguns abnegados que se juntaram a ele, ao perceber a potencialidade turstica do lugar. Yves salvava imveis comprando-os, dando-lhes destino estratgico, realmente dirigindo, com mos e olhos zelosos, o destino futuro daquilo que quase se perdeu no abandono. Hoje a cidade o que , uma verdadeira jia da coroa, mudando o antigo eixo do turismo pedra sabo que havia at ento, por causa desse zelo proativo. Proteger pela presena. Como no texto do Antonio Ccero, guardar no tirar dos olhos, mas oferecer aos olhos.

    Joo Carlos Amaral: O livro demorou quanto tempo para ser escrito?
    Carlos Morici: Pedi autorizao famlia, minha comadre Dalma, j que ela e Yves eram padrinhos de minha filha caula Rafaella, no meio do ms de maio ltimo. Da foi um jorro de escrita, apenas nos intervalos de meu trabalho como diretor comercial do Instituto Nexus de pesquisas. E em algumas pontas de horrio, no final do dia. No escrevi uma linha sequer num final de semana. Parece que as idias e lembranas iam se avolumando e se peparando para sair, quando chegava o sbado, aguardando a segunda feira que apontava. Tambm no deixei de atender a um cliente sequer, enquanto escrevi. Deu certo e foi tudo muito rpido. Tanto que hoje fazem seis meses da idia ao livro pronto, entregue ao mercado pela Editora Globo. Acredito que a pressa no tenha comprometido o contedo, at porque digitava super rpido e as idias chegavam prontas. Como tenho convico esprita, entendo que recebi timos eflvios de meus amparadores espirituais, sendo apenas um veculo dcil para o trabalho que queriam que eu fizesse e honrasse.
     
    Joo Carlos Amaral: O que voc espera do livro?
    Carlos Morici: Na verdade, nem sabia que iria escrever este livro, se voc me perguntasse isso no dia 10 de maio ltimo. Tinha apenas uma grande saudade do amigo Yves, do tempo que compartilhamos, da convivncia rica e orientadora, da amizade dele, de suas boas falas. Para o livro, algo estalou dentro de mim para fazer, principalmente a facilidade que tenho para escrever e o prazer que isso me causa. Mas no tinha propsitos delineados para isso, no. Portanto, como arqueiro, - como diria aquele maravilhoso texto do Gibran em relao aos filhos - apenas apontei o arco e liberei a flecha. Onde ela cair, est posto. E ser aceito.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 22, 2006

    Governador Acio Neves vai amanh a Pouso Alegre para reunio de Cidades-Polo do Estado. Quem deu a notcia foi o deputado Daldo Ribeiro Silva, do PSDB de Ouro Fino.

                                Para o deputado a reunio ser fundamental para uma reflexo sobre as demandas dos prefeitos das cidades-polo. Do ltimo encontro de prefeitos saiu a semente, que se tornou realidade em forma de projeto e depois lei chamada de Promquinas. A sugesto poca, foi do prefeito de Poos de Caldas, o ex-deputado Sebastio Navarro Vieira. Hoje as prefeituras tm recursos do BDMG para adquirir mquinas e caminhes para obras em seus municpios. Em relao ao Encontro de amanh, em Pouso Alegre, a expectativa, segundo o deputado Dalmo Ribeiro Silva grande em termos de obras de asfaltamento e de infraestrutura.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 22, 2006

    De olho no senador mineiro AELTON FREITAS, do PL, que em fevereiro de 2007 deixa o senado para assumir cadeira de deputado federal.


    Em seu primeiro pronunciamento no Plenrio aps a reeleio de Lula e Jos Alencar para continuarem governando o Brasil nos prximos quatro anos, Aelton Freitas destacou que o grande desafio do 2 mandato da dupla ser justamente fazer com que o pas volte a crescer em um ritmo que lhe permita uma aproximao mais rpida dos pases desenvolvidos.  

    Para Aelton, a retomada de um crescimento econmico vigoroso depender bastante de um bom entendimento entre Governo e oposio, para que o pas no inicie 2007 em um clima de terceiro turno, que em nada iria lhe favorecer.  "As eleies terminaram e agora ser preciso que eleitos e vencidos voltem seus olhos para a maneira como cada um pode contribuir para a melhoria do Brasil. Uma oposio crtica, inteligente e tica algo salutar para qualquer governante, desde que haja sempre espao preservado para negociao", ressaltou.

    Relacionamento Governo / Agronegcio

    O senador tambm recomendou ao Governo Federal a melhora do dilogo com os representantes do agronegcio, uma atividade que h muitos anos sustenta a economia nacional , mas foi vtima de muitas restries impostas pela equipe econmica no 1 mandato. "Como representante deste setor e apoiador da reeleio do presidente Lula, continuarei buscando, naquilo que estiver ao meu alcance, construir pontes entre as partes, pois tenho a certeza de que o bom entendimento entre elas fundamental para que o pas se desenvolva com mais agilidade", afirmou Aelton.

    Alencar fundamental
            Falando em nome do povo mineiro, Aelton manifestou a satisfao pela permanncia do vice-presidente Jos Alencar em seu posto, pois trata-se de uma das maiores reservas morais do atual Governo, capaz de trabalhar com lealdade e esprito crtico, alm de ser um importante elo entre o executivo estadual e federal. "Tenho certeza que Alencar ir recuperar plenamente suas energias e estar firme e forte em seu posto, nos prximos quatro anos, ajudando a construir um pas melhor e mais justo. A eleio de Jos Alencar representa ainda, na economia, a certeza de que continuar havendo dentro do Governo uma voz firme e de peso em defesa da reduo da taxa de juros, to necessria para que o pas volte a crescer e abrigar investimentos arrojados da iniciativa privada, que venham gerar mais emprego e renda para a nossa populao.", afirmou Aelton.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 22, 2006

    OURO PRETO GANHA HOJE CANAL DA TV ASSEMBLIA. Com isso a TVA passa chegar a 226 municpios mineiros. Confira tudo sobre a TV Legislativa.

     TV Assemblia A TV Assemblia vai inaugurar hoje, s 17 horas, mais um sinal de transmisso no interior do Estado. Desta vez ser na cidade de Ouro Preto, patrimnio histrico da humanidade, situada a 89 quilmetros de Belo Horizonte. Agora so ao todo 226 municpios que acompanham todos os trabalhos, debates e projetos em discusso na Assemblia Legislativa. So em mdia 19 horas de programao, com coberturas ao vivo de reunies, mesas-redondas, debates, seminrios, entrevistas e reportagens. A solenidade de inaugurao ser s 17 horas, na Cmara Municipal, na Praa Tiradentes, n 41. Em Ouro Preto, quem quiser assistir TV Assemblia deve sintonizar o canal 55 ou 58 UHF.

    Histria - Com o objetivo de facilitar o acompanhamento dos trabalhos da Assemblia Legislativa pelos cidados, a TV Assemblia foi a primeira emissora legislativa criada aps a publicao da Lei 8.977, de 1995, que regulamenta o servio de TV a cabo no Brasil. No dia 30 de novembro de 1995, entrava em operao o canal 40, em Belo Horizonte, hoje canal 11. Eram duas horas e meia de programao, contendo basicamente reprises de reunies do Plenrio. Com o objetivo de facilitar o acompanhamento dos trabalhos da Assemblia Legislativa pelos cidados, a TV Assemblia foi a primeira emissora legislativa criada aps a publicao da Lei 8.977, de 1995, que regulamenta o servio de TV a cabo no Brasil. No dia 30 de novembro de 1995, entrava em operao o canal 40, em Belo Horizonte, hoje canal 11. Eram duas horas e meia de programao, contendo basicamente reprises de reunies do Plenrio.

    A partir de 1996, a TV Assemblia experimenta um grande crescimento, atingindo 12 horas de programao, apresentando os primeiros programas gravados e editados. Essa tendncia se confirmou em 1997, quando passou a ter uma grade bsica de programas, muitos dos quais produzidos em estdio, como os debates e entrevistas especiais.

    J em 1998, a TV Assemblia chega ao satlite Brasilsat B3, o que lhe permite alcanar todas as regies do Estado. Passa a transmitir 17 horas de programao, incluindo documentrios e programas especializados nas reas do Direito, poltica e cultura. Naquele ano, faz sua primeira grande cobertura das eleies, iniciando um projeto que a transforma em referncia no jornalismo poltico. Em 1999, diversifica ainda mais a sua grade de programas, agora com 18 horas dirias, e consolida o processo de expanso para o interior do Estado.

    A partir de 2000, a TV Assemblia se firma como a emissora do Parlamento, da poltica e das eleies. Faz uma cobertura histrica do pleito municipal daquele ano e, em seguida, das eleies de 2002, marcando sua presena em mais de 180 municpios mineiros.

    Os programas da TV Assemblia

    Reprter Assemblia - Telejornal de 30 minutos, exibido de segunda a sexta-feira, com duas edies ao vivo, s 13h45 e s 19h30. Mostra todo o trabalho parlamentar nas comisses e no Plenrio, alm das audincias pblicas realizadas no interior do Estado. Traz, ainda, os destaques da poltica no Estado e no Pas. - Telejornal de 30 minutos, exibido de segunda a sexta-feira, com duas edies ao vivo, s 13h45 e s 19h30. Mostra todo o trabalho parlamentar nas comisses e no Plenrio, alm das audincias pblicas realizadas no interior do Estado. Traz, ainda, os destaques da poltica no Estado e no Pas.

    Panorama - Revista eletrnica, ao vivo, com debate sobre temas especficos em pauta na Assemblia com convidados em estdio e reportagens especiais, de tera a quinta-feira, s 8h30, ao vivo. s sextas vai ao ar a resenha da semana, com reprise das melhores entrevistas.- Revista eletrnica, ao vivo, com debate sobre temas especficos em pauta na Assemblia com convidados em estdio e reportagens especiais, de tera a quinta-feira, s 8h30, ao vivo. s sextas vai ao ar a resenha da semana, com reprise das melhores entrevistas.

    Mundo Poltico - Programa dirio de entrevistas e comentrios sobre poltica e eleies, de segunda a sexta-feira, s 22h30. Discute os principais fatos do dia e antecipa as manchetes dos jornais do dia seguinte. s sextas-feiras, apresenta um resumo semanal. - Programa dirio de entrevistas e comentrios sobre poltica e eleies, de segunda a sexta-feira, s 22h30. Discute os principais fatos do dia e antecipa as manchetes dos jornais do dia seguinte. s sextas-feiras, apresenta um resumo semanal.

    Assemblia Debate - Programa de debates com polticos e especialistas sobre os grandes temas de interesse do Estado e do cidado. Toda tera-feira, s 21h30.Programa de debates com polticos e especialistas sobre os grandes temas de interesse do Estado e do cidado. Toda tera-feira, s 21h30.

    Sala de Imprensa - Programa de entrevistas em que uma autoridade ou especialista sabatinado por jornalistas, s quintas-feiras, 21 horas. - Programa de entrevistas em que uma autoridade ou especialista sabatinado por jornalistas, s quintas-feiras, 21 horas.

    Viso Parlamentar - Programa de entrevistas com deputados, ao vivo, sempre antes do incio de cada Reunio Ordinria de Plenrio ou nos seus intervalos, de tera a quinta-feira, s 14 horas. Aborda com os parlamentares os principais temas em discusso no LegislativoPrograma de entrevistas com deputados, ao vivo, sempre antes do incio de cada Reunio Ordinria de Plenrio ou nos seus intervalos, de tera a quinta-feira, s 14 horas. Aborda com os parlamentares os principais temas em discusso no Legislativo

    Memria e Poder - Coleo de depoimentos de personalidades de destaque na sociedade, poltica e cultura do Pas . Enfatiza a trajetria pessoal e profissional do entrevistado, relacionando-a com as estruturas de poder da poca. Segunda-feira, s 23 horas. - Coleo de depoimentos de personalidades de destaque na sociedade, poltica e cultura do Pas . Enfatiza a trajetria pessoal e profissional do entrevistado, relacionando-a com as estruturas de poder da poca. Segunda-feira, s 23 horas.

    Via Justia - Debate semanal com a participao de juzes, parlamentares e juristas sobre a Justia e os direitos do cidado. O programa esclarece as principais dvidas e aponta as mais recentes decises nas diferentes reas do Direito. s sextas-feiras, 23 horas.Debate semanal com a participao de juzes, parlamentares e juristas sobre a Justia e os direitos do cidado. O programa esclarece as principais dvidas e aponta as mais recentes decises nas diferentes reas do Direito. s sextas-feiras, 23 horas.

    Outros horrios da programao podem ser consultados atravs do site da Assemblia: www.almg.gov.br.

    Transmisso - A TV Assemblia transmite para todo o Estado, via satlite, a programao do Legislativo mineiro atravs das transmisses convencionais VHF, UHF ou a cabo, e tambm por meio de antena parablica. Em caso de dvida, pode-se entrar em contato com a rea tcnica da TV Assemblia pelo telefone 0800-707-1779. A TV Assemblia transmite para todo o Estado, via satlite, a programao do Legislativo mineiro atravs das transmisses convencionais VHF, UHF ou a cabo, e tambm por meio de antena parablica. Em caso de dvida, pode-se entrar em contato com a rea tcnica da TV Assemblia pelo telefone 0800-707-1779.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 22, 2006

    COISA DE ADULTO.

    A Guerra dos Videogames

    J foi o tempo que videogame era coisa de criana. Digamos que a brincadeira j comeou sria, l no incio dos anos 80, quando foi lanado o Atari. Na poca, no podia deixar de ter um Atari na sacola do Papai Noel. A verdade que aqueles meninos cresceram e muito deles, mesmo depois de crescidos, ainda gostam de videogame. verdade. Hoje comum voc ver empresrios, homens feitos, jogando videogame. Nas concentraes da Seleo Brasileira, na Copa, por exemplo, boa parte dos jogadores jogavam videogame. a febre que no quer passar.


    O Atari, por fim, saiu da guerra. Deu espao pro Sega e, depois, veio o Nintendo que, por sua vez, perdeu o jogo para a Sony, com o seu Play Station. A guerra realmente sria, coisa de gente grande. Algo que movimenta, em todo mundo, cerca de 30 bilhes de dlares por ano. E esse ano a batalha promete: a Microsoft lanou o seu Xbox, um console mais barato, mas que compete, seriamente, contra a hegemonia do Play Station. Pelas beiradas, corre a Nintendo, com um preo mais em conta: duzentos dlares, ao passo que o Xbox custa em mdia quatrocentos dlares e o PS3 cerca de 600 dlares.


    Enfim. A batalha s comeou. Um crtico de videogames do New York Times, nessa semana, desbancou o PS3 e colocou o Xbox l em cima. As filas para a compra do PS3, que acaba de ser lanado, no entanto, esto quilomtricas e h quem diga que no haver videogame que chegue para o Natal dos americanos.


    E no Brasil? Bom, para os brasileiros h uma notcia no muito boa. Ou seja, por aqui, os usurios, em sua maioria, usam jogos pirateados, j que os originais tm preos proibitivos. Especula-se que a Sony desenvolveu uma tecnologia que cobe, definitivamente, a pirataria. pagar - e esperar - para ver.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 22, 2006

    CRIADO NOVO PARTIDO POLTICO. o MD - Mobilizao Democrtica formado pelo PPS, PMN e PHS. E o vice-presidente do MD de Minas: deputado Miguel Martini, eleito deputado federal pelo PHS.

                                A deciso de formar a nova sigla foi tomada para superar a chamada clusula de barreira - exige votao do partido em 5% dos Estados - e que se no fosse feita a fuso, o PPS, o PMN e o PHS seriam prejudicados em termos de verba partidria, formao de bancada e lidernaa na Assemblia de Minas e no Congreso Nacional, em Braslia. O novo partido MD tem dois governadores, 25 deputados federais e 7 estaduais. E segundo seu vice-presidente deputado federal Miguel Martini a posio do partido na Cmara dos deputados ser de oposio moderada ao governo Lula e de apoio, aqui em Minas, ao governador Acio Neves. Posio confirmada tambm por outro parlamentar do MD, Neider Moreira.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 22, 2006

    Projetos que aumentam o efetivo da PM e pessoal do Tribunal de Justia RECEBEM PARECER NA aSSEMBLIA DE mINAS.






    PROJETOS FORAM ANALISADOS NESTA QUARTA-FEIRA PELA MANH.

    Esto prontos para serem apreciados pelo Plenrio, em 1 turno, os PLs 3.467/06, do governador, que fixa o efetivo da Polcia Militar, e 3.476/06, do Tribunal de Justia, que contm os quadros de pessoal da Secretaria do Tribunal. Os projetos foram analisados na manh de hoje (22) pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria e tiveram como relator o deputado Sebastio Helvcio (PDT).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 21, 2006

    Deputado Joo Leite do PSDB lamenta morte de missionrio mineiro no Timor Leste.

     O deputado Joo Leite (PSDB) lamentou a morte violenta do mineiro Aurlio Edgard Gonalves Brito, assassinado no ltimo domingo (19) no Timor Leste. Na Reunio Ordinria de Plenrio desta tera-feira (21/11/06), o parlamentar solicitou Presidncia da ALMG que a Casa manifeste oficialmente aos familiares o pesar pela morte do missionrio da Assemblia de Deus. "Ele deu a prpria vida a um povo sofrido de um pas pobre e em guerra. Desenvolvia um trabalho muito bonito, de f, alfabetizando crianas", lembrou Joo Leite.

    Tambm no Plenrio, o deputado Durval ngelo (PT) lembrou o drama das famlias que ocupam o acampamento Terra Prometida, na cidade de Felisburgo, no Vale do Jequitinhonha. Ele reclamou da omisso dos governos federal e estadual em relao ao caso. "O 20 de novembro entrou para a Histria no apenas por ser o Dia da Conscincia Negra, mas por marcar o massacre do latifndio a trabalhadores rurais indefesos".

    O deputado Rogrio Correia (PT) apoiou seu colega de partido. "A situao grave, e os camponeses continuam a sofrer ameaas. A Assemblia deve acompanhar de perto esse problema". Segundo ele, as famlias continuam sem qualquer indenizao, no h perspectiva de desapropriao da rea em disputa, enquanto os militantes sem-terra permanecem em situao precria, sofrendo agresses e ameaas de assassinato pelos prprios suspeitos de participao no massacre.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 21, 2006

    Aes da Arquidiocese de Beag.









     











     

    COMEMORAES NA SEMANA DA CONSCINCIA NEGRA


    Os Guardies e o Trono Coroado da Ordem Templria da Cruz de Santo Antnio de Pdua realizam solenidades religiosas em honra de Nossa Senhora das Graas e So Benedito na Pampulha Velha, encerrando as comemoraes oficiais da Semana da Conscincia Negra, em Belo Horizonte.

    Programao
    Dia 25 de novembro
    19 horas - Ofcio e Ladainha de Nossa Senhora cantados em Latim, em seguida sada do Bloco do Boi-da-Manta com o primeiro Boi Eltrico do Brasil, terminando com o levantamento das Bandeiras Festeiras.

    Dia 26 de novembro - Dia da Grande Festa
    09 horas - Chegada e Embaixadas ritualsticas da Irmandade do Rosrio com as Guardas de Congo e Moambique da capital e interior;
    13 horas Rituais Templrios: renovao de Votos dos Guardies e Coroaes dos Reis e Mordomos para o Jubileu da Catedral de Nossa Senhora da Boa Viagem em 2007;
    16 horas - Missa Solene do Congo, presidida pelo cardeal dom Serafim Fernandes de Arajo, com a participao do Padre Jurandyr Azevedo, presidente da Pastoral Afro da CNBB e outros Padres da Arquidiocese de Belo Horizonte;
    18 horas Cortejo Real de Nossa Senhora das Graas pelas ruas do bairro;
    20 horas - Lanche comunitrio com a Mesa de doces de So Benedito;
    22 horas - Encerramento Oficial das Solenidades.

    Local das solenidades
    Capela de Nossa Senhora do Rosrio dos Homens Livres
    Chcara Maria dos Reis - R. Boa Ventura, 2118 - Jaragu BH/MG
    nibus 9501 descer no ponto final


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 21, 2006

    Da srie:UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Deu na coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. O casamento de Dani Vieira e Octvio Fagundes, empresrio da casa noturna mais sofisticada de Juiz de Fora e de Bzios - o Privllege.







     







    A felicidade dos noivos
    Dani Vieira e Octvio Fagundes
    na festa que agitou o
    Morro do Imperador


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 21, 2006

    A fora do BLOG. Leitora manda comentrio sobre a homenagem que a Assemblia de Minas prestou AURA - Associao Unificada de Recuperao e Assistncia a crianas com cncer. Fundada em 1988 por Eliane Fernandes Dantas, sua atual gestora, a AURA foi homenageada atravs de iniciativa do deputado Gustavo Valadares, lder da bancada do PFL.







    Comentrios

    #1. Tania Costa - (taniacostabh@gmail.com)
    Um projeto encantador,edificador, muito srio,e muito bom saber que ainda existem pessoas que trabalham com seriedade e amor o que e mais importante. Foi uma homennagem merecida. meus parabns a todoa a equipe da Aura em especial as crianas assistidas por esta iniciativa grandiosa. prabens Ply, voc tambm faz parte dessa aura.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 21, 2006

    Preparao do 6 FORUM DAS GUAS para 2007 no Parlamento Mineiro.

     J comearam os trabalhos preparatrios para o VI Frum das guas, que ser realizado nos dias 21, 22 e 23 de maro de 2007. Nesta segunda-feira (20/11/06), ocorreu a primeira reunio com a participao de entidades para a apresentao da proposta de realizao do evento. A Assemblia Legislativa de Minas Gerais sediar pela terceira vez o Frum das guas e atua como parceira junto s demais entidades realizadoras. So elas: Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Instituto Mineiro de Gesto das guas (Igam), Frum Mineiro de Comits de Bacias Hidrogrficas e Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG). O Instituto Ekos ser o responsvel pela execuo do evento. A prxima reunio est marcada para o dia 1 de dezembro, s 9 horas, no Plenarinho IV da ALMG. Na ocasio, dever ser definido o tema geral do evento em 2007.

    Presenas - O Igam foi representado por seu diretor, Adolfo Portela, e funcionrios da rea de comunicao do instituto. Participaram, ainda, assessores dos deputados Joo Leite (PSDB) e Elisa Costa (PT), representantes da Amda, do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, da Fiemg, do Instituto Ekos, da Associao dos Profissionais Liberais de Engenharia, Arquitetura, Agrimensura e Agronomia da PBH (Aplena/PBH), e da sociedade civil ligada aos comits de bacias hidrogrficas, alm de servidores da ALMG das gerncias de Projetos Institucionais e de Divulgao. - O Igam foi representado por seu diretor, Adolfo Portela, e funcionrios da rea de comunicao do instituto. Participaram, ainda, assessores dos deputados Joo Leite (PSDB) e Elisa Costa (PT), representantes da Amda, do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, da Fiemg, do Instituto Ekos, da Associao dos Profissionais Liberais de Engenharia, Arquitetura, Agrimensura e Agronomia da PBH (Aplena/PBH), e da sociedade civil ligada aos comits de bacias hidrogrficas, alm de servidores da ALMG das gerncias de Projetos Institucionais e de Divulgao.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 21, 2006

    Uma boa notcia para os hospitais mineiros: para 2007 o Pro-Hosp receber 104 milhes de reais.Anncio foi feito pela coordenadora do Pro-Hosp na Comisso de Sade da Assemblia Legislativa.

    A utilizao dos recursos do Pro-Hosp ser redistribuda. A partir de 2007, os hospitais beneficiados pelo programa devero destinar 50% dos recursos recebidos para "livre vinculao", que podem ser revertidos para o custeio dos hospitais; 40% para investimentos e 10% para melhorias na gesto. As informaes so da coordenadora do programa, Marilene Fabri Lima, que est sendo ouvida hoje (21) pela Comisso de Sade. Ela disse que em 2007 o Pro-Hosp receber R$ 104 milhes. Em 2006, foram R$ 93 milhes. O programa atende 124 hospitais, entre pblicos e filantrpicos.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 21, 2006

    Da srie: UMA FOTO VALE MAIS QUE MIL PALAVRAS.

    O advogado Expedito Euzbio da Silva e sua mulher Katia. Ele coordenou o Almoo de Confraternizao da dos 35 anos de formatura na Faculdade de Direito da UFMG da turma "Ministro Slvio de Figueiredo Teixeira". Ela  fez as fotos digitais para o nosso BLOG. Quer ver? s rolar a barra com seu mouse! Confira! 

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 21, 2006

    Abertas inscries para quem quer mostrar seu talento no TEATRO DA ASSEMBLIA LEGISLATIVA DE MINAS, em 2007. Fique de olho!

     O Teatro da Assemblia est selecionando espetculos para sua ocupao no primeiro semestre de 2007. Podero participar projetos de dana, msica e teatro para crianas e adultos. As propostas devem ser enviadas at o dia 4 de dezembro, para o Espao Poltico-Cultural da Assemblia. S sero aceitos os projetos que atenderem s normas abaixo discriminadas e forem acompanhados dos itens especificados:


    Teatro - ficha tcnica (aprovada pelo Sated - MG); currculos dos participantes; release; cpia do texto; desenho, foto ou croqui de cenrios e figurinos (as dimenses do cenrio devem ser rigorosamente especificadas); plano de divulgao e mdia; liberao da Sbat.- ficha tcnica (aprovada pelo Sated - MG); currculos dos participantes; release; cpia do texto; desenho, foto ou croqui de cenrios e figurinos (as dimenses do cenrio devem ser rigorosamente especificadas); plano de divulgao e mdia; liberao da Sbat.

    Dana - todos os participantes devem ser profissionais habilitados, com ficha tcnica aprovada pelo Sated-MG; currculos dos participantes; release; desenho, foto ou croqui de cenrios e figurinos (as dimenses do cenrio devem ser rigorosamente especificadas); liberao da Sbat; plano de divulgao e mdia.todos os participantes devem ser profissionais habilitados, com ficha tcnica aprovada pelo Sated-MG; currculos dos participantes; release; desenho, foto ou croqui de cenrios e figurinos (as dimenses do cenrio devem ser rigorosamente especificadas); liberao da Sbat; plano de divulgao e mdia.

    Msica - ficha tcnica aprovada pela Ordem dos Msicos, ou xerox da carteira; currculos dos participantes; release; fita gravada ou CD; plano de divulgao e mdia.- ficha tcnica aprovada pela Ordem dos Msicos, ou xerox da carteira; currculos dos participantes; release; fita gravada ou CD; plano de divulgao e mdia.

    As propostas devem ser enviadas em envelopes lacrados com o seguinte destinatrio:

    Espao Poltico-Cultural Gustavo Capanema
    Itlia Fausta Machado de Grisolia
    A/C de Cludia Bento V.
    Rua Rodrigues Caldas, 30 - Bairro Santo Agostinho

    Belo Horizonte - Minas Gerais



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 20, 2006

    A vez do Interior de Minas: Cmaras de Vereadores recebem apoio do Parlamento Mineiro.Foi criado o CENTRO DE APOIO S CMARAS. A inaugurao est marcada para dia 28 de novembro.A solenidade ser no plenrio presidente JK com transmisso ao vivo pela TV Assemblia, canal 11 a cabo, em BH. E pelo UHF no Interior.

     Assemblia inaugura Centro de Apoio s Cmaras Municipais.

    Um debate sobre a reforma tributria, com a participao do deputado federal Virglio Guimares (PT), ir marcar a inaugurao do Centro de Apoio s Cmaras (Ceac), rgo que est sendo criado pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais para fortalecer sua relao com as 853 cmaras municipais do Estado. A solenidade acontecer na tera-feira (28/11/06), no Plenrio da Assemblia, a partir de 9 horas. O evento ser aberto pelo presidente do Legislativo mineiro, deputado Mauri Torres (PSDB), com a participao do diretor-geral da Casa, Lus Antnio Prazeres Lopes, o secretrio-geral da Mesa, Eduardo Moreira, e o diretor de Comunicao, Ramiro Batista Abreu. s 10 horas, est programada a palestra do deputado Virglio Guimares, que relator da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 285/2004, que trata da reforma tributria, e ainda tramita no Congresso.

    A troca de experincias, tcnicas e servios entre os legislativos do Estado e dos municpios ser o objetivo do Ceac, que ter um link especfico dentro da pgina da Assemblia na internet, que poder ser acessado aps sua inaugurao. Por meio do site, vereadores e servidores das cmaras municipais podero fazer consultas a respeito de processo legislativo, estrutura e funcionamento da Assemblia mineira, legislao bsica e jurisprudncia sobre temas de interesse dos municpios. Tambm ter acesso a publicaes e links eletrnicos sobre esses temas. Boa parte desse contedo estar disponvel na internet, facilitando a consulta de qualquer interessado.

    Qualificao - O Ceac funcionar na rua Dias Adorno, n 300, ao lado da Assemblia Legislativa. O atendimento ser prestado de segunda a sexta-feira, das 8 s 17 horas. Por meio de uma parceria com a Escola do Legislativo, o Centro de Apoio s Cmaras tambm dever promover cursos e eventos para qualificao de vereadores e tcnicos municipais. No futuro, alguns desses cursos devero ser oferecidos na modalidade de Educao a Distncia.O Ceac funcionar na rua Dias Adorno, n 300, ao lado da Assemblia Legislativa. O atendimento ser prestado de segunda a sexta-feira, das 8 s 17 horas. Por meio de uma parceria com a Escola do Legislativo, o Centro de Apoio s Cmaras tambm dever promover cursos e eventos para qualificao de vereadores e tcnicos municipais. No futuro, alguns desses cursos devero ser oferecidos na modalidade de Educao a Distncia.

    Qualificao - O Ceac funcionar na rua Dias Adorno, n 300, ao lado da Assemblia Legislativa. O atendimento ser prestado de segunda a sexta-feira, das 8 s 17 horas. Por meio de uma parceria com a Escola do Legislativo, o Centro de Apoio s Cmaras tambm dever promover cursos e eventos para qualificao de vereadores e tcnicos municipais. No futuro, alguns desses cursos devero ser oferecidos na modalidade de Educao a Distncia.O Ceac funcionar na rua Dias Adorno, n 300, ao lado da Assemblia Legislativa. O atendimento ser prestado de segunda a sexta-feira, das 8 s 17 horas. Por meio de uma parceria com a Escola do Legislativo, o Centro de Apoio s Cmaras tambm dever promover cursos e eventos para qualificao de vereadores e tcnicos municipais. No futuro, alguns desses cursos devero ser oferecidos na modalidade de Educao a Distncia.

    Outro objetivo do Ceac divulgar prticas inovadoras dos legislativos municipais, especialmente aquelas que permitam maior interao com a sociedade, a transparncia e melhor aplicao de recursos pblicos, socializao de informaes e aperfeioamento da atividade legislativa e fiscalizadora. Experincias que estejam em funcionamento h pelo menos seis meses sero divulgadas pelo Ceac na internet. O endereo www.almg.gov.br/ceac.

    O vereador ou servidor de cmara que tiver interesse em obter informaes que afetem seu mandato ou seu trabalho, poder se cadastrar para receber semanalmente, por e-mail, o boletim eletrnico do Ceac. A publicao incluir uma agenda de eventos institucionais das cmaras e da Assemblia, decises judiciais recentes de interesse dos legislativos municipais e outras informaes pertinentes.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 20, 2006

    Presidente da Assemblia de Minas, deputado MAUR TORRES do PSDB, recebeu nesta segunda-feira, representantes do Funcionalismo Estadual. O deputado acertou com os lderes da categoria, que em nome do Parlamento Mineiro, vai intermediar as negociaes entre o governo Acio Neves e os servidores. Mais detalhes: www.almg.gov.br







    Presidente da ALMG recebeu representantes do funcionalismo estadual.

    O presidente da Assemblia, deputado Mauri Torres (PSDB), recebeu na manh desta segunda-feira (20), no Salo Nobre, representantes dos servidores pblicos do Estado. Eles afirmam que o PL 3.669/06, do governador, que estabelece a poltica remuneratria da categoria, no atende s reivindicaes do funcionalismo. Entre elas, esto a definio de data-base, correo anual e aplicao da recomposio salarial. Mauri Torres defendeu o dilogo e disse que a matria no ser colocada em votao sem o consenso da categoria e da bancada de oposio da ALMG. Ele afirmou ainda que a ALMG intermediar a negociao entre o Executivo e os servidores na busca de um entendimento.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 20, 2006

    Roselanche, em Barbacena, point de personalidades em trnsito pela BR-040 no trecho BH-Rio.





    Estivemos na Roselanche no sbado e ontem, domingo. L parada de personalidades que esto indo ou vindo do Rio de Janeiro. Estivemos com nosso amigo o radialista Jos Antonio Lopes, um dos mais influentes reprteres polticos de Barabacena. Ele que vai Roselanche todos os dias se encontra com muita gente importante. A esto dois flagrantes que Z Antonio deu na coluna dele no site www.barbacenaonline.com.br Confira!






    Na Roselanche
    O final de semana foi muito proveitoso para o cronista l na churrascaria Roselanche. Primeiro foi a passagem do ator Jonas Bloch com sua esposa, quando foi reconhecido pelos fs. Autgrafos, conversas, explicaes sobre sua prxima apario na telinha da Globo, enfim, foi um momento de muita movimentao.
    O pai do governador
    Passados os momentos de Bloch na Roselanche, foi a vez de meu amigo, ex-deputado Acio Cunha passar por l com destino ao Rio de Janeiro. Acio, amigo deste cronista, ao ser reconhecido com seus cabelos brancos, foi interpelado e ficou muito feliz por ter encontrado comigo. Somos amigos desde 1975, quando saamos em BH para almoos, jantares e muitas conversas sobre o momento poltico da poca. Alm de deputado federal, Acio Cunha era vice-presidente do Cruzeiro na era Felcio Brandi. Rapidamente relembramos alguns momentos daquela poca. Acio Cunha confidenciou-me a grande alegria que est tendo com seu filho, o Aecinho, governador de Minas Gerais. Perguntou pelo Biazinho e pela Cla e seguiu viagem para a bela cap.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 20, 2006

    A AURA - Associao Unificada de Recuperao e Apoio - fundada em fevereiro de 1988, tem seu trabalho social reconhecido pela Assemblia Legislativa. A entidade ser homenageada nesta segunda-feira numa Reunio Especial da Assemblia Mineira, com transmisso ao VIVO pela TV Assemblia, a partir de 8 da noite.

                         A homenagem atravs do deputado Gustavo Valadares, lder da bancada do PFL, que teve seu requerimento pedindo a homeanagem AURA, aprovado por unanimidade pelos seus pares.  Reunio Especial com transmisso ao vivo pela TV Assemblia, a partir de 8 da noite. Conhea um pouco da AURA, que tem como idealizadora e superintendente, Eliana Dantas.







    UMA INICIATIVA TRANSFORMADORA

    No Dicionrio, AURA significa vento brando, sopro, brisa. No nosso Hospital, sopro de vida. Porque foi a AURA - Associao Unificada de Recuperao e Apoio - que despertou para esta iniciativa to importante, to essencial e urgente.

    Para quem ainda no a conhece, A Associao Unificada de Recuperao e Apoio AURA, fundada em 02 de fevereiro de 1998 uma entidade sem fins lucrativos que oferece, assistncia, apoio emocional e social a pessoas portadoras de doenas e/ou crnico-evolutivas em geral, em processos de perdas, crises, sofrimentos e dor.

    Em agosto de 1998 aconteceu o lanamento do Projeto Viva Criana, cujo objetivo de prestar assistncia e recuperao criana com cncer , bem como famlia, visando manter a integridade fsica, emocional, psquica e social da criana. Atualmente, so atendidas aproximadamente 200 crianas por ms.

    Em outubro de 1999 foi lanada a campanha para construo do Primeiro Hospital do Cncer Infantil de Minas Gerais.

    Devida a necessidade de se implantar um centro de preveno e diagnstico precoce do cncer infantil, foi inaugurada a Primeira Unidade do Hospital do Cncer Infantil Casa de Apoio, em maio de 2000. A Casa de Apoio conta com 20 leitos para hospedar crianas com cncer com um acompanhante cada, alm de toda uma infra-estrutura para seu bom funcionamento.

    A AURA se prope a um trabalho de ao social, prestando assistncia a pacientes carentes que, aps uma internao, por exemplo, se sentem desamparados, necessitando de conforto e de trabalhos teraputicos que venham a complementar a sua recuperao fsica, resgatando a sua integridade psicolgica.

    E foi assim que nasceu a idia - permeada de necessidade - de um hospital especializado no atendimento a crianas com cncer. Pois o cncer tem cura, mas essa cura precisa de espao, estrutura e condies para acontecer. Precisa, sobretudo, de um lugar como o Hospital do Cncer Infantil de Minas Gerais.














    "Comece fazendo o necessrio, depois o possvel.
    E voc acaba fazendo o impossvel"













     
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 20, 2006

    Trinta e cinco anos de formatura! E a "Turma de DIREITO ministro Slvio de Figueiredo Teixeira" movimentou o sbado com um Almoo de Confraternizao na churrascaria Ambrsio's na Savassi, aqui em Belo Horizonte. O Encontro anual foi coordenado pelo advogado EXPEDITO EUZBIO DA SILVA. A Turma de advogados e advogadas, formada pela Faculdade de Direito da UFMG em 1971. No almoo estavam juzes, desembargadores,empresrios, jornalistas, o ministro Slvio de Figueiredo Teixeira ( foi professor da turma e agora, por iniciativa do prefeito Ruy Fernandes empresta seu nome turma); o juiz do Tribunal Regional do Trabalho, Antnio lvares da Silva, que foi professor da turma ( e fez um belo discurso filosfico sobre o sentido da existncia do ser humano no planeta);o editor da Livraria Del Rey, Arnaldo Oliveira( que no formado na turma,mas vendia livros jurdicos aos estudantes da turma de 71, comeando brilhante carreira de empresrio da rea de livros jurdicos); os prefeitos de Ouro Preto, ngelo Osvaldo e de Desterro do Melo, Ruy Fernandes, os jornalistas Luiz Carlos Bernardes ( O Peninha); Durval Guimares, diretor da Gazeta Mercantil; Fernando Soares Rodrigues, da Editoria de Economia do jornal Estado de Minas e o jornalista e escritor Lindolfo Paoliello, s para citar algumas das personalidades formadas na Turma de 71 da Faculdade de Direito da UFMG. As fotos so de autoria da dra. Katia, mulher do coordenador da festa, o advogado Expedito Euzbio. s CLICAR na foto que ela fica ampliada. Confira!

































                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 20, 2006

    Os desafios dos novos governantes. No Programa "Assemblia Debate" da TV ASSEMBLIA . Cabo em BH, canal 11. No interior UHF.











    Assemblia Debate

    Para incrementar o desenvolvimento econmico em 2007, os novos governantes tm grandes desafios pela frente. Um deles a infra-estrutura do pas. Para discutir o assunto convidamos o representante do conselho estadual de economia da Fiemg, Carlos Cavalieri e os deputados Roberto Carvalho (PT) e Jos Henrique (PMDB) O Assemblia Debate vai ao ar nesta segunda-feira, dia 20, s 23 horas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 19, 2006

    BARBACENA, EU ME LEMBRO... coluna de Arthur Bernardes do www.barbacenaonline.com.br







    ... de minhas "fugas" de casa para os mais diversos prazeres: os diurnos, como jogar sinuca no Salo Brasil; descer para a RMV (Ruim Mas Vai), ver o trem virar; furtar laranjas no pomar do alemo Guilherme, e os noturnos, como atrair e matar centenas de morcegos s para assombrar a polcia na manh seguinte ou, ento, nas madrugadas, atirar esferas de rolim contra o sino da Igreja da Boa Morte, para assustar as "rezadeiras" do bairro..
    Aos 16 anos, "descobri" a gafieira e, por via de conseqncias, as mulatas, o samba e a cachaa. Nas noites de sbado para domingo, comecei a chegar em casa de madrugada, "feliz da vida". E no que certa manh de domingo, acordei com a me Totoca cheirando minhas roupas?
    Na hora do almoo, enfrentei a inevitvel pergunta: "Arthurzinho, voc andou nas gafieiras, no Pontilho?"
    Olhei para o rosto enrgico do "seu" Coutinho e julguei perceber um tpico sorriso, misto de censura e de ironia (ou ter sido de satisfao?), marca registrada do meu velho. O prazer das gafieiras estava justamente na excepcional qualidade do "produto" que ali encontrvamos: as melhores mulatas e negras de Barbacena, inigualveis na dana e no gingado corporal.
    E o cheiro? Ah, o cheiro! Inconfundvel, incomparvel, afrodisaco, que impregnava o corpo e as roupas e que levvamos prazerosamente para casa nas madrugadas, ao fim dos bailes.
    Barbacena, eu me lembro, a gafieira e suas mulatas por muito tempo foram parte inseparvel da minha juventude e "a turma da Boa Morte" por anos e anos me brindou com apelidos tais como "cinzeiro", ou o mais comum, "Navio Negreiro".

    Mande tambm a sua colaborao para o e-mail ricardo@barbacenaonline.com.br.







    ... da famosa roda de capoeira aos domingos, depois da missa das 19h30, na praa da Matriz da Piedade, e o grande movimento no Pizzanostra.
    (Ademir Barbosa-Barbacena)


    ... da Boite Sarcfago, nos anos 70, quando era menino e morava bem ao lado dela e dormia ouvindo as msicas e o barulho das confuses. No dia seguinte acordava e ficava sabendo que s vezes eram meus irmos os briges. Ao contrrio de alguns vizinhos mau-humorados, gostvamos do som ambiente gratuito que tnhamos na Av. Bias Fortes.
    (Jose Eugenio Dutra Cmara Filho - Barbacena)


    ... dos bons tempos de Colgio Estadual, quando para entrar era necessrio passar no exame de seleo (era quase um vestibular). Dos desfiles de 7 de Setembro, onde todos aguardavam o Estadual, o ltimo a desfilar!!!!!!
    (Jlio Csar Martins)


    ... do supermercado que tinha dentro da Epcar, lembro tambm da biblioteca da Epcar, que era aberta para ao povo da cidade. Lembro-me do grupo de jovens EMAS, da igreja da BOA MORTE, onde os jovens se encontravam no sbado noite.
    (Maria de Ftima Martins)


    ... que nunca se soube se verdadeiramente o lema do Colgio Imaculada fosse mesmo "Caritas Bonitas" , ou seja Caridade e Bondade. (A pronncia correta em latim, segundo ensinava nosso inesquecvel mestre Professor Jorge Alves Possas, Critas Bnitas). O lema do Colgio Estadual era e ainda "Perge Juventus", Caminha Juventude e a turma do Ginsio fazia questo de afirmar, tanto nos Jornais estudantis, nos cinemas, nos bailes, ou onde houvesse oportunidade, que a traduo do "Caritas Bonitas" era mesmo Caritas Bonitas, ou seja, lindas feies, correspondentes s lindas meninas que l estudavam, hoje simpticas vovs.
    (Ari Gomes Rezende Barbacena)


    .. de ficar interno na Agrotcnica, na dcada de 50, a semana inteira, esperando o sbado e domingo para sair e curtir a cidade, desde que no tivesse cometido nenhum ato de indisciplina; e como era bom!
    (Francisco Augusto de Souza Ferreira)


    ... das horas danantes no Clube Barbacena que comeavam cedo (20:30h) com o conjunto os Intocveis, no final da dcada de 60 e inicio de 70.
    (Ramon Tellado Braslia/DF)


    ... da Izabelinha, do Botina, da praa dos macacos com a fonte toda iluminada. Das missas na matriz nos domingos, da feira dos domingo, do Sovons (meu primero hamburguer).
    (Maria Imaculada Fonseca)


    ... do clube Vago, Barbacenense, Meia Lua, Sovons e das reunies na praa do Rosrio agora e s chorar e lembrar o tempo que passou.
    (Paulo Rogrio Santana - Santos Dumont/mg)


    ... no final da dcada de 70, no intervalo do almoo, na Escola Agrotcnica, ouvamos msica popular brasileira de qualidade. Aguardando o caminho que levava os alunos para as aulas no campo.
    (Mrcio SantAna -Lavras MG)



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 19, 2006

    Tudo depende da ESTRATGIA. O "case" nos foi enviado pelo nosso amigo o advogado Expedito Euzbio da Silva. Confira!

    Pai - Filho, quero que voc se case com uma moa que eu escolhi.



    Filho - Mas pai, eu quero escolher a minha mulher.



    Pai - Meu filho, ela filha do Bill Gates.



    Filho - Bem neste caso eu aceito.



    Ento o pai negociador vai encontrar o Bill Gates.



    Pai - Bill, eu tenho o marido para sua filha.



    Bill Gates - Mas a minha filha muito jovem para casar.



    Pai - Mas esse jovem vice-presidente do Banco Mundial.



    Bill Gates - Neste caso tudo bem.



    Finalmente o pai negociador vai ao Presidente do Banco Mundial.



    Pai - Sr. presidente, eu tenho um jovem que recomendado para ser



    vice-presidente do Banco Mundial.



    Pres Banco Mundial - Mas eu j tenho muitos vice-presidentes, inclusive mais



    do que o necessrio.



    Pai - Mas Sr, este jovem genro do Bill Gates.



    Pres Banco Mundial - Neste caso ele est contratado.



    No existe negociao difcil, perdida nem impossvel !



     Tudo depende da ESTRATGIA...





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 19, 2006

    O advogado Wagner Parrot, da chapa de situao, o novo presidente da OAB Regional de Juiz de Fora. Foi uma eleio emocionante e onde o que no faltou foi adrenalina.

                         O novo presidente Wagner Parrot, obteve 970 votos. Seu adversrio, da oposio, o advogado Jos Lucio Fernandes obteve 710 votos. Uma disputa que valorizou a democracia e o posicionamento dos advogados de Juiz de Fora. Z Lcio nos passou mensagem, via celular, afirmando que ficou satisfeito com a votao que conseguiu, porque tinha uma equipe unida, corajosa e pesistente, que lutou at o ltimo momento em busca de apoios. Z Lcio considerou expressiva e significativa sua performance conseguindo 710 votos da categoria, num trabalho desafiante e difcil, j que era candidato de oposio. Lutei o bom combate, disse Z Lcio. Nosso compromisso continua sendo com quem entendeu e abraou nossa bandeira de luta - os 710 colegas de profisso que marcaram nosso nome e da chapa Tabalho e Resultado na votao de sbado - concluiu.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 19, 2006

    Assunto polmico na Assemblia Legislativa. Audincia Pblica marcada para quarta-feira, dia 22.

     

     Repasse de dinheiro a permissionrios de nibus tema de audincia

    O atraso no repasse do dinheiro da bilhetagem eletrnica aos permissionrios de nibus suplementares ser tema de nova audincia pblica da Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assemblia Legislativa de Minas Gerais nesta quarta-feira (22/11/06). A reunio, solicitada pelo deputado Joo Leite e pelas deputadas Lcia Pacfico e Maria Olvia, todos do PSDB, est marcada para as 14h30, no Plenarinho II. O assunto j foi debatido pela comisso em 20 de setembro, quando os deputados verificaram a necessidade de voltar a tratar do tema com a presena do Ministrio Pblico e ainda saber sobre a relao da Prefeitura de Belo Horizonte com o sistema de transporte pblico, e qual a dvida hoje existente. Nessa primeira reunio, os parlamentares aprovaram tambm requerimento pedindo cpias dos contratos da Coopervans com a Transfcil, com anexos e alteraes.

    A princpio a audincia foi marcada para 25 de outubro, mas diante da impossibilidade de o representante do MP comparecer, ela foi adiada para esta quarta-feira (22). Foram convidados o promotor de Justia de Defesa do Consumidor, Jos Antnio Baeta de Mello Canado; o presidente da BHTrans, Ricardo Medanha; o presidente do Sindicato dos Permissionrios Autnomos do Transporte Suplementar de Passageiros (Sindpautras), Edson Cleiton Dornelas; o diretor-presidente da Transfcil, Roberto Jos de Carvalho; e o presidente da Coopervans, Alceu Alves de Santana.

    O Sistema de Bilhetagem Eletrnica funciona da seguinte maneira: no final do dia, a fria eletrnica recolhida em forma de log (arquivo eletrnico que registra informaes transferidas) por um palmtop (computador de mo), e enviada Coopervans (cooperativa que representa os permissionrios). Esta, por sua vez, totaliza os logs das 286 linhas e os envia Transfcil (operadora do sistema), que deduz os impostos (PIS e Cofins) e sua taxa de administrao, e repassa os valores Coopervans, num prazo contratual mximo de nove dias. A cooperativa retira 3,5% de taxa de administrao e credita aos permissionrios o saldo, num prazo que teria que ser de trs dias. No entanto, na reunio de setembro, os permissionrios queixaram que o atraso desse repasse chegou a ser de 42 dias. Em mdia, de uma passagem de R$ 1,85, o permissionrio recebe R$ 1,38.

    Os deputados da comisso entendem que o sistema acaba sendo mais interessante para a Transfcil, que recebe vista e demora a repassar os valores. Outras queixas apresentadas pelos sindicalistas que representam os permissionrios referem-se taxa de administrao paga Coopervans. Segundo afirmaram Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte, apesar da taxa ter sofrido reajuste em maro deste ano, a Coopervans continuaria cobrando por cabos e relatrios. A dificuldade do prprio conselho fiscal da Coopervans em conseguir informaes da diretoria da cooperativa foi tambm alvo de crticas. De acordo com sindicalistas que tambm fazem parte do conselho fiscal, as prestaes de contas previstas no contrato no esto sendo feitas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 17, 2006

    Superlotao Carcerria, O DESAFIO. o tema do Programa SALA DE IMPRENSA da TV Assemblia nesta sexta, sbado e domingo. Aqui em BH: canal 11 a cabo. Nas demais 300 cidades do interior de Minas canais UHF. Confira!










     Sala de Imprensa



    Embora o nmero de presdios no Brasil tenha dobrado nos ltimos dez anos, a superlotao carcerria segue sendo um desafio. Alm da falta de vagas so necessrias polticas de reintegrao social dos detentos. Participam do programa, o promotor de justia Joaquim Jos Miranda Jnior, e os jornalistas, Ricardo Plotek, e Neuber Soares. O Sala de Imprensa vai ao nesta sexta, 0h10, sbado, s 21h, e domingo, s 18h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 17, 2006

    Eleio pela presidncia da OAB Regional de Juiz de Fora entra na reta final com muita adrenalina. A disputa voto a voto. E o candidato de oposio, Z Lcio Fernandes, da chapa Trabalho e Resultado, est confiante. A disputa est voto a voto com a chapa de situao encabeada pelo advogado Wagner Parrot, apoiado pela situao. a beleza da democracia, exercida pelo VOTO.

                         Falei pelo celular com o candidato de oposio, o advogado Jos Lcio Fernandes, que naquele momento -  s11h50m da manh - estava fazendo visita Caixa Econmica Federal cabalando votos para sua eleio presidncia da OAB Regional de Juiz de Fora. Da Caixa Z Lcio estava a caminho da filial do Escritrio Barroca & Lucas Pereira, dos meus amigos Cssio Lucas Pereira e Tasso Barroca em busca de votos. Z Lcio est seguindo risca a estratgia que sempre funciona: gastar os trs Ss - Sapato, Saliva e Simpatia. E nesta reta final - a eleio amanh, dia 18 - haja adrenalina!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 17, 2006

    MOMENTO CULTURAL: Museu que ser inaugurado em 2007, pelo artista plstico e mecenas Mauro Mendona, em Tiradentes, ter obra de BENINI. A informao, em primeira mo, do meu amigo o combativo colunista barbacenense Mrcio Bertola do site www.marciobertola.com.br Vale apena conferir!










    Benini: entre os maiores

     Obra de Museu

    Texto do jornalista Mrcio Bertola:

    "A justia tarda, mas acaba por vir. Serio Benini, artista italiano radicado em Barbacena e falecido em novembro de 98 deixou uma obra indiscutivelmente superior de Marcier. Benini foi um artista muito frente de seu tempo, dentro de 100 anos ele ser ainda muito atual. Marcier foi um grande artista, mas limitado escola da pintura acadmica sacra, onde quase tudo repetio dos grandes mestres. Ele se dizia um surrealista. No fim da vida deu uma avanada mnima, buscando o moderno, mas no levava jeito, tanto que estes trabalhos hoje esto avaliados em galerias, como a de Soraia Cals,no Rio, a preos irrisrios. Mas Marcier teve um pistolo judeu a lhe abrir caminhos, o poderoso Adolph Bloch lhe abriu as portas e Chateaubriand lhe deu a revista O Cruzeiro (a Veja da poca) onde ele assinava ilustraes. Logo ficou rico e famoso.

    Por outro lado, Benini no teve esta sorte, o mximo que conseguiu foi o apoio de um inexpressivo Mrcio Bertola, que o divulgou dentro de suas limitaes e lhe abriu alguns espaos.

    Quinta passada, almoando com o artista e mecenas Mrio Mendona, em sua casa de Tiradentes, ele decidiu por incluir uma obra excepcional de Benini em seu museu, a ser inaugurado em 2007. Com isso, estaro no mesmo espao, Benini, Marcier, e os grandes artistas. Estaro ainda com foto da obra e verbete no super-livro que ser editado, catalogando todas as obras do museu.

    Foi uma grande vitria e Barbacena fica devendo a Mrio Mendona pela iniciativa to justa e cara nossa cultura." - concluiu Mrcio Bertola.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 17, 2006

    DE OLHO NA FIEMG.












    Exportaes mineiras devem fechar o ano em US$ 15,5 bi, prev a FIEMG

    As exportaes mineiras se mantiveram estveis, segundo revela as estatsticas do Comrcio exterior, divulgada pelo Centro Internacional de Negcios, da Fiemg. As vendas externas somaram US$ 1,376 bilho no ms passado, contra U$ 1,125 bilho em outubro de 2005, resultando em aumento de 22,3%. Em relao a setembro de 2006, tiveram queda de 5,1%.

    No acumulado do ano, Minas Gerais se igualou mdia nacional. Em dez meses, as vendas mineiras atingiram US$ 12,84 bilhes, 17,6% superior ao ano passado, contra 17,3% do Brasil. O Estado participou com 10,87% do total exportado pelo pas em outubro e 11,33% no acumulado.

    A previso da Fiemg de que o Estado feche o ano com exportaes em torno de US$ 15,5 bilhes. Nos doze ltimos meses encerrados em outubro, a exportao somou US$ 15,423 bilhes. "O resultado do ano ser positivo, com Minas se consolidando como segundo maior Estado exportador", avalia o consultor da FIEMG, Alexandre Britto.

    As exportaes brasileiras totalizaram, em outubro de 2006, US$ 12,661 bilhes, o que significou crescimento de 27,84% sobre o mesmo ms de 2005 e aumento de 0,9%, levando-se em conta o ms de setembro do ano passado. "A pauta exportadora brasileira ainda est concentrada nos produtos bsicos e nos manufaturados de menor valor agregado, como o lcool etlico (199%)", alerta Brito.

    Os produtos bsicos mais exportados foram minrio de ferro, petrleo e soja em gro. Na pauta de semimanufaturados destacam-se acar, ao bruto e celulose. E nos manufaturados, automveis, aparelhos transmissores e receptores e acar refinado.   



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 17, 2006

    Para PENSAR! As vrias Minas de Guimares Rosa, que nos anos 30 morou em Barbacena, esto em edio comemorativa dos 50 anos de publicao de GRANDE SERTO VEREDAS. O lanamento da Editora Nova Fronteira.

    Cultura e Arte

    50 anos de Grande Serto: Veredas

    A editora Nova Fronteira acaba de lanar a edio comemorativa dos cinqenta anos de publicao do clssico Grande Serto: Veredas, do mineiro Joo Guimares Rosa. Trata-se de uma caixa em dois volumes. O primeiro traz a edio do clssico. J o segundo volume trata-se do catlogo da instalao de Bia Lessa, que est em exposio no Museu da Lngua Portuguesa, que fica na Estao da Luz, em So Paulo. Detalhe: para "amarrar" os dois volumes, foi criado um cordo tingido, que imita o barbante que prendia o lpis s famosas cadernetas que Rosa usava em suas viagens ao serto para anotar nomes de pssaros, rios, rvores etc. A tiragem nica de dez mil exemplares, numerada mo. O preo sugerido de R$ 165,00.


    Em tempo: Nos anos trinta, Joo Guimares Rosa chegou a morar em Barbacena, na  qualidade de Oficial Mdico do 9 Batalho de Infantaria.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 17, 2006

    Nosso BLOG lido diariamente pelo mais influente colunista de Juiz de Fora, Csar Romero. Ele, que prepara a Mega Festa Noite de Gala, para celebrar 30 anos de colunismo, nos enviou o comentrio abaixo. Agradeo e me comprometo a manter o nvel de informao do nosso BLOG, que tem um objetivo claro: INFORMAR E FAZER PENSAR!







    Comentrios

    #1. Cesar Romero - (cesaromero@terra.com.br)
    Meu caro Joo Carlos, como leitor dirio de seu blog, quero cumpriment-lo pelo show de informao nas reas poltica e empresarial. Agradeo, mais uma vez, sua permanente demonstrao de amizade em divulgar a Noite de Gala, que ficar mais prestigiada com sua presena.
    Forte abrao do amigo,
    CR


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    O Mundo Ideal. Texto de nosso colaborador, o jornalista e escritor Marcus Tafuri.

    Brasil Informatizado


    Iseno de impostos e dlar baixo fizeram mercado crescer 45% no ano; empresas brasileiras dominam 70% do mercado legal





    2006: ano de Copa do Mundo. Como sempre, explodem a venda de aparelhos de televiso. Quer dizer, nem sempre. Nesse ano, a vedete foi outra. Ou melhor, foi outro: o computador. A previso que se venda, s neste ano, cerca de seis milhes de computadores. Um recorde. O milagre tem receita: iseno de impostos e dlar baixo. Com isso, aconteceu outro milagre: o crescimento do mercado formal, quase jogando para o escanteio o "mercado cinza"; ou seja, aquele seu conhecido que montava um computador e te vendia baratinho. Hoje, pelo mesmo preo, voc consegue comprar um bom computador, com nota fiscal e melhor: com garantia de fbrica. Fora isso, o mercado passou a oferecer crdito especial para compra das mquinas. O consumidor agradece.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    CUIDADO! VRUS! Alerta veio de nosso amigo Paulo Ely, um ilustre barbacenense que mora em Juiz de Fora. Confira!

    U_R_G_E_N_T__S_S_ I_M_O_-_vrus!!!!!!!!!!
    Durante as prximas semanas estar atento e no abrir nenhuma
    mensagem que receba cujo ttulo seja: ??A Bblia dos Monges??
    independentemente de quem lhe enviou o mail, PORQUE VIR DE ALGUM
    DA SUA L ISTA... POR FAVOR FAA CIRCULAR ISTO ENTRE TODA SUA
    FAMILIA E AMIGOS. NO ABRIR a Bblia dos Monges??.
    um vrus que pode apagar todo o disco rgido C: LEMBRE: Este
    vrus vem de uma pessoa conhecida da sua lista de endereos. Por
    favor, envie este e-mail a todos seus contactos. prefervel
    receber 25 vezes esta mensagem q ue perder tudo. Se receber um
    correio chamado
    Los Monjes.Com?? , no abra e apague-o
    imediatamente! Este vrus suprime os arquivos inteiros de seu
    computador.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    Momento de descontrao para aliviar as presses do dia-a dia. Este Blogueiro, o diretor de Meio Ambiente da Anglogold Ashanti para a Amrica Latina, Willer Ps, o ex-ministro Paulino Ccero e o economista Celso Castilho, presidente do Consrcio Capim Branco Energia.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    O reservatrio da Usina Hidreltrica Capim Branco 2 - divisa de Araguar e Uberlndia - est pronto. O enchimento foi concludo, nesta quinta-feira, s 9 da manh. Tudo dentro do cronograma seguido risca pelo presidente do Consrcio Capim Branco Energia, economista CELSO CASTILHO e sua eficiente equipe. Com isso, a previso do incio de gerao de energia eltrica - so 240 mil megawatts - est prevista para 15 de dezembro. Daqui a um ms.

    CONCLUDA A FORMAO DO RESERVATRIO DE CAPIM BRANCO II

    O reservatrio da Usina Hidreltrica de Capim Branco II est totalmente formado. O enchimento foi concludo s 9 horas da manh de hoje, quando o nvel da gua do reservatrio atingiu a cota de 565 metros, 46 metros acima da cota inicial. A formao do reservatrio durou 53 dias.   

    Capim Branco II ter capacidade instalada de 210 Megawatts, distribudos em suas trs unidades geradoras. Sua construo foi iniciada em maro de 2004. Hoje 88% das obras esto concludas, restando servios de acabamento na Casa de Fora e de montagem eletromecnica.   O incio da gerao de energia est previsto para 15 de dezembro, com a operao da primeira unidade geradora.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    Rdio Sucesso FM fundada pelo jornalista Hlio Costa, faz 21 anos, em Barbacena. Parabns. A notcia vem do www.barbacenaonline.com.br













    A Sucesso FM completa hoje, tera-feira, 21 anos de sucesso absoluto em toda regio. Fundada em 14 de novembro de 1985 pelo jornalista Hlio Costa, hoje Senador e Ministro das Comunicaes, a Sucesso FM uma emissora modelo para toda regio. Com o objetivo de informar, divertir e servir a sociedade, a Rdio Sucesso consagrou-se companheira fiel e ideal em todos os momentos.

    Divulgao









    Jos Rubens e Rogrio Barbosa recebem nos estdios a ouvinte Cristina Moreira Furtado, que tambm completa 21 anos nesta tera-feira, 14 de novembro






    Com uma programao alegre e informativa, a Sucesso FM marca liderana incontestvel em todas as classes sociais. Para comemorar mais este aniversrio, a equipe de promoes da 101,7, liderada por Jos Rubens e Rogrio Barbosa, preparou uma programao recheada de msicas que marcaram estes 21 anos. Haver tambm, ao longo do dia, sorteio de brindes, aparelhos de DVD, micro-system, walkman e prmios diversos. Ainda como parte das atividades a equipe da Sucesso realiza o Bike Night, passeio ciclstico noturno, sexta-feira, dia 17, a partir das 20h. A largada ser na praa do Rosrio e o trajeto abrange vrias ruas da cidade. No sbado, dia 18, acontece a festa Celebration Night, 22h na Loft, uma oportunidade para recordar todos os hits que fizeram a histria destes 21 anos de sucesso.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    Recomendo: ler a entrevista exclusiva dada pelo governador Acio Neves ao jornalista Josias de Souza, da Folha de SP. Detalhes: acesse www.folha.com.br e clique no BLOG do Josias. Vai valer a pena!

                                A entrevista traa um perfil do que ser a Eleio de 2010, que na verdade j comeou agora, em 2006. Com lucidez o governador Acio Neves deixa claro que no ir disputar, se no houver consenso em torno do candidato do PSDB presidncia da Repblica, daqui a quatro anos. O governador de Minas demonstra muita tranquilidade, montado em mais de 70% dos votos do segundo maior colgio eleitoral do Pas, para falar sobre a sucesso do presidente Lula. claro que Acio Neves potencialmente candidato a candidato Presidncia em 2010 e tem a seu favor o maior tesouro que o ser humano pode ter - o tempo. Que como se diz" o tempo o senhor da razo". E mais, como disse Carlos Drumond de Andrade: "Os segredos de Minas s os mineiros sabem. Mas no contam pr ningum". O recado bem apropriado para os tucanos paulistas!
    s!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    A mega festa dos 30 anos de colunismo social de Csar Romero da Tribuna de Minas, vai movimentar Juiz de Fora dia 25. Este blogueiro, que j foi interino da coluna, vai comparecer. De BH mais personalidades j confirmaram presena na NOITE DE GALA, em JF.

     Noite de Gala
    Mariane e o advogado Dcio Freire viro de Belo Horizonte para prestigiar a Noite de Gala, que ter decorao apotetica de Toninho Aleixo.
    A elegante festa do dia 25, no Clube Bom Pastor, contar com servio do Ftima Buffet, e participao do Japinha Express e Vincola Salton


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    OURO PRTETO vai ficar de olho na TV Assemblia a partir do dia 22, nos canais 55 ou 58 UHF. Confira!

     

    Ouro Preto vai ganhar sinal da TV Assemblia

    A TV Assemblia vai inaugurar na prxima quarta-feira (22/11/06) mais um sinal de transmisso no interior do Estado. Desta vez ser na cidade de Ouro Preto, patrimnio histrico da humanidade, situada a 89 quilmetros de Belo Horizonte. Agora so ao todo 226 municpios que acompanham todos os trabalhos, debates e projetos em discusso na Assemblia Legislativa. So em mdia 19 horas de programao, com coberturas ao vivo de reunies, mesas-redondas, debates, seminrios, entrevistas e reportagens. A solenidade de inaugurao ser s 17 horas, na Cmara Municipal, na Praa Tiradentes, n 41. Em Ouro Preto, quem quiser assistir TV Assemblia deve sintonizar o canal 55 ou 58 UHF.

    Histria - Com o objetivo de facilitar o acompanhamento dos trabalhos da Assemblia Legislativa pelos cidados, a TV Assemblia foi a primeira emissora legislativa criada aps a publicao da Lei 8.977, de 1995, que regulamenta o servio de TV a cabo no Brasil. No dia 30 de novembro de 1995, entrava em operao o canal 40, em Belo Horizonte, hoje canal 11. Eram duas horas e meia de programao, contendo basicamente reprises de reunies do Plenrio. Com o objetivo de facilitar o acompanhamento dos trabalhos da Assemblia Legislativa pelos cidados, a TV Assemblia foi a primeira emissora legislativa criada aps a publicao da Lei 8.977, de 1995, que regulamenta o servio de TV a cabo no Brasil. No dia 30 de novembro de 1995, entrava em operao o canal 40, em Belo Horizonte, hoje canal 11. Eram duas horas e meia de programao, contendo basicamente reprises de reunies do Plenrio.

    A partir de 1996, a TV Assemblia experimenta um grande crescimento, atingindo 12 horas de programao, apresentando os primeiros programas gravados e editados. Essa tendncia se confirmou em 1997, quando passou a ter uma grade bsica de programas, muitos dos quais produzidos em estdio, como os debates e entrevistas especiais.

    J em 1998, a TV Assemblia chega ao satlite Brasilsat B3, o que lhe permite alcanar todas as regies do Estado. Passa a transmitir 17 horas de programao, incluindo documentrios e programas especializados nas reas do Direito, poltica e cultura. Naquele ano, faz sua primeira grande cobertura das eleies, iniciando um projeto que a transforma em referncia no jornalismo poltico. Em 1999, diversifica ainda mais a sua grade de programas, agora com 18 horas dirias, e consolida o processo de expanso para o interior do Estado.

    A partir de 2000, a TV Assemblia se firma como a emissora do Parlamento, da poltica e das eleies. Faz uma cobertura histrica do pleito municipal daquele ano e, em seguida, das eleies de 2002, marcando sua presena em mais de 180 municpios mineiros.

    Os programas da TV Assemblia

    Reprter Assemblia - Telejornal de 30 minutos, exibido de segunda a sexta-feira, com duas edies ao vivo, s 13h45 e s 19h30. Mostra todo o trabalho parlamentar nas comisses e no Plenrio, alm das audincias pblicas realizadas no interior do Estado. Traz, ainda, os destaques da poltica no Estado e no Pas. - Telejornal de 30 minutos, exibido de segunda a sexta-feira, com duas edies ao vivo, s 13h45 e s 19h30. Mostra todo o trabalho parlamentar nas comisses e no Plenrio, alm das audincias pblicas realizadas no interior do Estado. Traz, ainda, os destaques da poltica no Estado e no Pas.

    Panorama - Revista eletrnica, ao vivo, com debate sobre temas especficos em pauta na Assemblia com convidados em estdio e reportagens especiais, de tera a quinta-feira, s 8h30, ao vivo. s sextas vai ao ar a resenha da semana, com reprise das melhores entrevistas.- Revista eletrnica, ao vivo, com debate sobre temas especficos em pauta na Assemblia com convidados em estdio e reportagens especiais, de tera a quinta-feira, s 8h30, ao vivo. s sextas vai ao ar a resenha da semana, com reprise das melhores entrevistas.

    Mundo Poltico - Programa dirio de entrevistas e comentrios sobre poltica e eleies, de segunda a sexta-feira, s 22h30. Discute os principais fatos do dia e antecipa as manchetes dos jornais do dia seguinte. s sextas-feiras, apresenta um resumo semanal. - Programa dirio de entrevistas e comentrios sobre poltica e eleies, de segunda a sexta-feira, s 22h30. Discute os principais fatos do dia e antecipa as manchetes dos jornais do dia seguinte. s sextas-feiras, apresenta um resumo semanal.

    Assemblia Debate - Programa de debates com polticos e especialistas sobre os grandes temas de interesse do Estado e do cidado. Toda tera-feira, s 21h30.Programa de debates com polticos e especialistas sobre os grandes temas de interesse do Estado e do cidado. Toda tera-feira, s 21h30.

    Sala de Imprensa - Programa de entrevistas em que uma autoridade ou especialista sabatinado por jornalistas, s quintas-feiras, 21 horas. - Programa de entrevistas em que uma autoridade ou especialista sabatinado por jornalistas, s quintas-feiras, 21 horas.

    Viso Parlamentar - Programa de entrevistas com deputados, ao vivo, sempre antes do incio de cada Reunio Ordinria de Plenrio ou nos seus intervalos, de tera a quinta-feira, s 14 horas. Aborda com os parlamentares os principais temas em discusso no LegislativoPrograma de entrevistas com deputados, ao vivo, sempre antes do incio de cada Reunio Ordinria de Plenrio ou nos seus intervalos, de tera a quinta-feira, s 14 horas. Aborda com os parlamentares os principais temas em discusso no Legislativo

    Memria e Poder - Coleo de depoimentos de personalidades de destaque na sociedade, poltica e cultura do Pas . Enfatiza a trajetria pessoal e profissional do entrevistado, relacionando-a com as estruturas de poder da poca. Segunda-feira, s 23 horas. - Coleo de depoimentos de personalidades de destaque na sociedade, poltica e cultura do Pas . Enfatiza a trajetria pessoal e profissional do entrevistado, relacionando-a com as estruturas de poder da poca. Segunda-feira, s 23 horas.

    Via Justia - Debate semanal com a participao de juzes, parlamentares e juristas sobre a Justia e os direitos do cidado. O programa esclarece as principais dvidas e aponta as mais recentes decises nas diferentes reas do Direito. s sextas-feiras, 23 horas.Debate semanal com a participao de juzes, parlamentares e juristas sobre a Justia e os direitos do cidado. O programa esclarece as principais dvidas e aponta as mais recentes decises nas diferentes reas do Direito. s sextas-feiras, 23 horas.

    Outros horrios da programao podem ser consultados atravs do site da Assemblia: www.almg.gov.br.

    Transmisso - A TV Assemblia transmite para todo o Estado, via satlite, a programao do Legislativo mineiro atravs das transmisses convencionais VHF, UHF ou a cabo, e tambm por meio de antena parablica. Em caso de dvida, pode-se entrar em contato com a rea tcnica da TV Assemblia pelo telefone 0800-707-1779. A TV Assemblia transmite para todo o Estado, via satlite, a programao do Legislativo mineiro atravs das transmisses convencionais VHF, UHF ou a cabo, e tambm por meio de antena parablica. Em caso de dvida, pode-se entrar em contato com a rea tcnica da TV Assemblia pelo telefone 0800-707-1779.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 16, 2006

    O estrago causado no setor de calados de Nova Serrana. Empresrios e deputados estaduais se mobilizam em Audincia Pblica. Confira!

     Nova Serrana se defende contra invaso de produtos chineses

    A Comisso Especial contra a Invaso de Produtos Chineses da Assemblia Legislativa de Minas Gerais realizou ontem (13/11) audincia pblica em Nova Serrana para debater o futuro da indstria caladista mineira. Participaram do encontro representantes de sindicatos caladistas do Estado, representantes da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais, deputados estaduais e representantes de sindicatos trabalhistas. Mais de 350 pessoas compareceram audincia, que lotou o auditrio da Cooperativa de Crdito do plo Credinova.

    Os participantes reclamaram da concorrncia desleal com a China e sugeriram a criao de uma frente para pressionar o governo federal a mudar a poltica para o setor. " com enorme preocupao que relatamos as severas dificuldades enfrentadas pelo setor caladista mineiro, que tem sofrido reduo em sua produo devido importao de produtos chineses pela economia brasileira", disse o presidente do Sindinova Sindicato Intermunicipal da Indstria do calado de Nova Serrana -, Jnior Csar Silva. Segundo ele, em 2004 os produtos fabricados no plo concorriam com os chineses US$ 6,00 contra US$ 5,5, respectivamente. "Em 2006 a situao muito pior. Nossos produtos so exportados a US$ 9,00, contra os mesmos US$ 5,5 dos produtos chineses, levando nossa competitividade a zero no mercado externo. Sem mencionarmos o comrcio mundialmente conhecido dos produtos sub-faturados, que invadem os portos e derrubam produes e postos de trabalho", protestou o presidente do Sindinova ao entregar documento oficial com os nmeros do setor mineiro ao presidente da Comisso Especial, deputado Dalmo Ribeiro.

    Entre as reivindicaes apresentadas pelo presidente do Sindinova esto maior fiscalizao na entrada de produtos oriundos da sia, estabelecimento de preos mnimos para a taxao de calados chineses (impedindo a entrada de produtos sub-faturados), estabelecimento de cotas com quantidades pr-definidas e exigncia de requisitos tcnicos que definam padres mnimos de qualidade para produtos importados.

    Segundo o presidente da Comisso Especial, sero cobradas medidas do governo federal sob pena de diminuio dos empregos no setor. "Nosso objetivo preservar a economia de nossos centros produtores, preservando nossos empregos e produo, alm de garantir o equilbrio de nossa balana comercial".


    Assessoria de comunicao do Sindinova

    Jornalista responsvel: Juliana Lorenzato

    (031) 9104-9895

    juliansindinova@yahoo.es

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 14, 2006

    DOIDOS POR ARTE no gostoso Chez Lichea, em Barbacena. Exposio ser aberta hoje, s 8 da noite.Confira! Notcia vinda do www.barbacenaonline.com.br










    Nesta tera-feira, 14, o grupo Doidos por Arte abrir mais uma exposio no Restaurante Chez Lichea. Ser a partir das 20h e, desta vez, apresentando trabalhos dos artistas plsticos Dalva de Borja, Delliane Coutinho, Maria Ignez Pereira, Marisa Picinin, Rodrigo Franklin e Terezinha Chaves.

    O evento ter a participao do Grupo do Choro de Barbacena, que far uma apresentao para o abrir a exposio. Os trabalhos podero ser visitados at o dia 10 de dezembro, sempre no horrio de funcionamento do restaurante.

    Arquivo









    Dalva de Borja faz parte do Grupo Doidos por Arte e estar expondo seus trabalhos no Restaurante Chez Lichea a partir desta tera






    O grupo est com exposies tambm no restaurante do Master Plaza Hotel, at o final deste ms e na Galeria Virtual do Portal de Notcias Barbacena On Line, durante o ms de novembro.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 14, 2006

    Filosofia em ALTA!

    Para pensar...


    "Prazer no ter nada para fazer; ter muito e no fazer nada." Martha Haston - escritora.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 14, 2006

    Notcia importante para os prefeitos, vinda do Ministrio das Comunicaes, dirigido pelo nosso amigo o senador Hlio Costa. Confira!

    Prefeituras tm at 30 de novembro para solicitar a instalao de telecentros em seus municpios




     

    Para participarem da seleo, as prefeituras devem cadastrar-se por meio do stio do Ministrio das Comunicaes (www.mc.gov.br)



     

    Braslia Desde o dia 1 de novembro, o Ministrio das Comunicaes est com Chamada Pblica aberta a todas as prefeituras. O objetivo cadastrar municpios interessados em participar da execuo descentralizada do Programa de Incluso Digital, por meio da instalao de telecentros. A inteno atender ao maior nmero possvel de cidades. O Edital n 1/2006 estabelece o dia 30 de novembro como limite para a inscrio.



     

    Os municpios selecionados recebero mveis e computadores, alm de provimento de infra-estrutura de rede lgica e de sistemas, instalao de softwares livres e de programas informatizados de gesto do telecentro. Em contrapartida, as prefeituras devem oferecer local adequado, com acesso internet, luz, gua potvel, sanitrios, linha telefnica e acessibilidade s pessoas portadoras de necessidades especiais.



     

    Para concorrerem, as prefeituras devem se cadastrar por meio da pgina eletrnica do ministrio (www.mc.gov.br) e encaminhar o formulrio preenchido e assinado at 30 de novembro para o seguinte endereo: Ministrio das Comunicaes, Coordenao-Geral de Acompanhamento de Projetos Especiais (CGPE), Esplanada dos Ministrios, Bloco R, Sala 832, 8 Andar, CEP: 70044.900 - Braslia - DF.



     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 14, 2006

    Prefeitura de Barbacena ter lugar para pneus velhos. Notcia veio da Assessoria de Comunicao.

    Um convnio assinado no ltimo dia 1, entre o Governo Municipal, atravs do Demasa, com a Associao Nacional da Indstria de Pneumticos (ANIP) vai proporcionar um destino correto aos pneus inservveis. Esta mais uma ao do municpio na preservao do meio ambiente que, conseqentemente, vai proporcionar mais qualidade de vida.
    Um Ecoponto, local todo coberto, onde ser armazenado o material, funcionar no aterro controlado do municpio, em horrio comercial. Os pneus que no servem mais para serem utilizados devem ser levados para o Ecoponto pelos seus responsveis, como borracharias, recauchutadoras e os prprios proprietrios dos automveis.
    A ANIP far a coleta no Ecoponto em dias programados pelo Demasa e levar os pneus para serem reciclados, evitando, assim, danos ao meio ambiente. Com este trabalho, em relao questo ambiental, o municpio est dando um grande passo ao oferecer um espao ambientalmente correto para os pneumticos, comentou o superintendente de Meio Ambiente, Nelson Roberto Loureiro Fontes.
    Por meio deste convnio, Barbacena passa a ser uma das 47 cidade do Estado de Minas a estar ligada ANIP e a possuir um Ecoponto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 14, 2006

    Parceria do Sistema FIEMG d frutos em Santo Antnio do Monte. Confira!






    Santo Antnio do Monte ganha Centro de Memria da Indstria de Fogos de Artifcio

    Um espao dedicado preservao da histria e da cultura do maior plo de produo de fogos de artifcio da Amrica Latina. A cidade de Santo Antnio do Monte ganhou um Centro de Memria da Indstria de Fogos de Artifcio, no ltimo dia 26. Esse um dos mais recentes projetos do Arranjo Produtivo Local (APL), realizado em parceria pelo Sindicato das Indstrias de Explosivos no Estado de Minas Gerais (SINDIEMG) e Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), por intermdio do Servio Social da Indstria (SESI), Servio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-Minas).

    O Centro de Memria deve atuar como um espao pblico de reflexes e apresentao do setor de fogos da regio guardando documentos da identidade cultural e econmica da indstria de fogos.

    Tambm tem como objetivo se tornar um espao cultural de educao, pesquisa, atrao turstica e um lugar para se realizar exposies, reunies, palestras e exibio de filmes.

     No evento, a Orquestra de Cmara do SESI Minas fez uma bela apresentao na sede do Glria Clube, sob a regncia do maestro Marco Antnio Maia Drumond e exibiu repertrio variado, incluindo clssicos nacionais e internacionais de Beethoven, Sebastian Bach, Pixinguinha, Tom Jobim e Vincius de Moraes. Contou com a presena de representantes de diversos segmentos, como Ministrio da Cultura, SESI Nacional, SENAI, IEPHA, Secretaria Municipal de Cultura, empresrios das indstrias de fogos, entre outros.


     






    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 12, 2006

    Mestre da Cirurgia Plstica, IVO PITANGUY em Juiz de Fora. Na foto o colunista Csar Romero da Tribuna de Minas, Gisele Toscano Moreira, que preparou o finssimo jantar e que mereceu muitos elogios do professor Pitanguy.


    Jantar para o professor Pitanguy
    Aps falar sobre "A importncia social da cirurgia plstica", na abertura da 2 Jornada Mdica da Faculdade Suprema, o renomado professor Ivo Pitanguy foi homenageado com um jantar, na belssima casa de Cludia e Jos Mariano Moraes, no Parque Imperial. O encontro reuniu apenas os diretores da Suprema e do Hospital Monte Sinai e alguns convidados especiais, entre eles a filha do homenageado Gisela Pitanguy e seu filho Antnio Paulo - aluno de medicina da Suprema - em noite extremamente agradvel e descontrada. Muito simptico, o professor Pitanguy evidenciou seu bom papo e, ao saber que sua anfitri era neta do saudoso empresrio Jos Mendes Jnior, lembrou dos tempos que integrava a equipe de natao do Minas Tnis Clube, ao lado de Snzio e Marcos Mendes tios de Cludia.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 12, 2006

    Um Almoo das Mil e Uma Noites, em Juiz de Fora. frente meu velho amigo, o boa praa , empresrio Ibrahim Kalil El koury. Os detalhes so do meu amigo o influente colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de JF. Confira!







     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 12, 2006

    Repercute Almoo da Turma "Ministro Slvio de Figueiredo Teixeira". A turma da Faculdade de Direito da UFMG, 1971, movimentou o sbado em BH. O advogado Sandro Starling, irmo da ex-deputada Sandra Startling nos enviou um comentrio. Confira!







    Comentrios

    #1. Sandro Starling - (sbstarling@globo.com)
    Caro Joo, realmente foi uma manh/tarde inesquecvel. Honra me sobremaneira ser uma dos componentes da formidvel turma "Min.Salvio de F.Teixeira". Justssima a homenagem que, alis, s poderia ter despontado da cabea de um Rui, no? Abo.e bom domingo. Sandro.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 12, 2006

    Almoo de Confraternizao na Churrascaria Ambrsios, pelos 35 anos de formatura da turma da Faculdade de Direito da UFMG, movimentou o sbado na capital mineira. Foi uma bela e comovente festa, coordenada pelo advogado Expedito Euzbio da Silva. As FOTOS publicaremos aqui no nosso blog durante a semana.

                         Um dos momentos de maior emoo e de destaque foi o encabeado pelo advogado Ruy Barbosa Amaral Fernandes, prefeito de Desterro do Melo. Ruy batizou a turma de formandos da Faculdade de Direito da UFMG, como "Turma Ministro Slvio de Figueiredo Teixeira". Presente ao almoo na churrascaria Ambrsios o ministro disse emocionado e grato " que jamais tinha recebido tal homenagem".  E olha que ele j foi professor e at paraninfo de vrias turmas de formandos em Direito.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 12, 2006

    TRIBUTO MEMRIA DO EMPRESRIO URIAS BARBOSA DE CASTRO. Juntamos-nos ao colunista Jos Antonio Lopes na homenagem. O texto do radialista e colunista do site www.barbacenaonline.com.br vem cheio de emoo e retrata como ningum quem foi Urias para Barbacena e regio. Confira!





    Tomba um Jacarand








    Urias e sua esposa Suria

    "A morte do empresrio e meu amigo Urias Barbosa de Castro deixou nossa Barbacena e regio mais pobres. Perdemos um de seus mais importantes filhos. Urias, com sua sempre guardi D. Suria e o filho Antnio escolheram Barbacena para ser a sua terra, em 1949, pois nasceram em Mercs. Aqui, Urias e D. Suria ganharam mais 9 filhos: Maria das Graas, casada com o engenheiro e empresrio Maurcio Dani; Maria de Ftima, casada com o mdico Fauzi Haddad; Suria Maria; Maria Amrica (Memeca); Maria das Mercs, casada com o engenheiro agrnomo Marco Aurlio Ferreira; Maria ngela; Uriazinho; Maria Heloisa e Maria da Glria (Gogia), que casada com o empresrio Oswaldo Pereira Jnior.
    Ao chegar em Barbacena, Urias se instalou no antigo Caf Apollo".

    "Da para frente foi desenvolvendo seu trabalho na montagem das diversas empresas que constituiu no maior imprio da regio na produo de artigos do ramo bovino, avirio e suno. Suas empresas congregam hoje cerca de 600 empregos diretos e mais de 2000 indiretos".


    Urias com sua famlia

    "O seu velrio, ocorrido na sede do Rotary, que ele presidiu, atraiu centenas e centenas de amigos e familiares que, tambm no cemitrio da Boa Morte foram levar-lhe a ltima homenagem. Em nome dos companheiros de Rotary, fazendeiros e amigos, falaram o ex-prefeito Jos Eugnio e o deputado federal Bonifcio Andrada.
    Pela sua vida, seu trabalho, Urias recebeu algumas homenagens como o ttulo de Cidado Barbacenense, a medalha desembargador Hlio Costa, a maior condecorao do judicirio mineiro e ainda como empresrio do ano da Federao das Indstrias de Minas Gerais. Em 1982 colocou o seu nome disposio do PDS e disputou a prefeitura de Barbacena por uma de suas sublegendas.

    Em suma, o nosso conterrneo Urias Barbosa de Castro honrou as tradies de Barbacena, terra que ele adotou como sua. Ele foi realmente um grande homem. Est aqui, estampadas algumas fotos importantes do grande empresrio que perdemos.

    Tombou, realmente, um dos grandes Jacarands da Mantiqueira". ( escreveu Jos Antonio Lopes).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 12, 2006

    Nota na coluna ( www.barbacenaonline.com.br) do meu amigo dos tempos que trabalhei com ele na Rdio Barbacena, Jos Antonio Lopes, com que me encontro l Roselanche, sempre que vou Barbacena, merece destaque, aqui no nosso BLOG, pelo fino humor do senador Hlio Costa, ministro das Comunicaes. Foi pelo feito ministro no Aeroporto Charles De Gaulle, em Paris, espera de conexo para Istambul, Turquia, onde se encontra a servio do governo brasileiro. Confira!

     Barbacena em Paris
    H dias atrs, em Paris, encontraram-se no aeroporto Charles De Gaulle os barbacenenses Flvio Dani Franco com sua esposa Valria e Giancarlo Motta com a esposa, que faziam um giro pela Europa. Aguardavam o vo de retorno ao Brasil, o advogado Jos Artur Filardi com sua Patrcia e o senador Hlio Costa com Ana Catarina, estes em conexo para Stambul, onde ainda se encontram. Conversaram por algum tempo e o ministro Hlio Costa fez a seguinte brincadeira: "Neste momento no aeroporto Charles De Gaulle, o maior nmero de pessoas de Barbacena". L estavam oito pessoas daqui.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Novembro 11, 2006

    Ser hoje o Almoo de Congressamento da turma formada em 1971 pela Faculdade de Direito da UFMG. Dos 250 formandos, cerca de 60 j confirmaram presena hoje na Churrascaria Ambrsios. A informao do coordenador do almoo o advogado Expedito Euzbio da Silva. Confira!

     Meu prezado JOO CARLOS:

    Mais de 60 colegas  comparecero festa de  congraamento de aniversrio de formatura da turma de 1971 da Faculdade de Direito da UFMG, neste sbado,  11 de novembro,  s 12 horas, na Churrascaria Ambrsios.

    Dentre outros, l estaro o prefeito de Ouro Preto, ANGELO OSWALDO,   e  o Auditor do Tribunal de Contas do Mato Grosso do Sul, ALBERTO MANNA.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    De olho na agenda do prefeito de Barbacena, Martim Andrada.

    Prefeito rene-se com vereadores



    O prefeito Martim Andrada reuniu-se com os vereadores na tarde de tera-feira, dia 7, em seu gabinete, na Prefeitura Municipal. Os principais assuntos abordados foram, alm do apoio poltico do Poder Legislativo aos atos administrativos do Executivo, obras realizadas na cidade.






    Participaram da reunio os vereadores Amarlio Augusto de Andrade, Flvio Barbosa da Silva, Flvio Maluf, Jair da Fonseca Pinto, Joo Bosco de Abreu, Joo Evandro da Silva, Joo Filardi Pinto, Johnson Oliveira Maral, Jos Higino Ferreira, Pedro Francisco do Vale e Sebastio Alvim da Silva.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    DE VOLTA TERRA NATAL: barbacenense assume o comando do "Sentinela da Mantiqueira" em Barbacena. o Tenente-coronel JOS EDUARDO DA SILVA. Parabns! A informao vem do www.barbacenaonline.com.br









    Aps 26 anos de ausncia de sua terra natal, de onde saiu aos 16 anos para ingressar no Curso de Formao de Oficiais (CFO) da PMMG, o Tenente Coronel Jos Eduardo da Silva retorna a Barbacena para assumir o Comando do 9 BPM - Sentinela da Mantiqueira.
    O Ten Cel Jos Eduardo possui um currculo vasto de trabalhos importantes em prol da segurana pblica e, certamente, no chega para somar, mas para multiplicar junto aos que labutam no 9 BPM em constante busca da paz social.

    Divulgao









    O Tenente Coronel Jos Eduardo





    O novo Comandante traz em sua bagagem profissional muita experincia acumulada ao longo de sua vida de caserna, tais como o comando da 6a Companhia Independente da Polcia Militar (hoje 36o Batalho), chefia da Assessoria de Contra-inteligncia da Agncia Central de Inteligncia da Polcia Militar, Chefia da Agncia Central de Inteligncia e da Segunda Seo do Estado Maior da Polcia Militar, alm de muitos projetos e disposio para exercer com maestria suas funes.
    O Ten Cel enfatiza que o seu trabalho ser direcionado para o campo preventivo, utilizando a filosofia de Polcia Comunitria, sempre com respeito s doutrinas de direitos humanos. Ele conta ainda com o apoio dos diversos rgos que compem o Sistema de Defesa Social, sociedade organizada e principalmente da imprensa.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Boa opo pra quem gosta de se divertir e pensar: " A CORDA E O LIVRO" no Teatro Alterosa, aqui em BH, de hoje at domingo. Confira!

    Cultura & Arte

    Teatro Alterosa apresenta, neste fim de semana, o novo espetculo do nosso amigo e mdico neurocirurgio Jair Raso. Confira a seguir informaes sobre o espetculo.


     A Corda e o Livro

    O encontro de um jovem e um catador de papel o pano de fundo para a pea A Corda e o Livro abordar questes como os valores contemporneos da nossa sociedade e da vida. A partir da leitura de trechos de um livro de Espinosa, encontrado por acaso jogado no lixo, o mendigo negro mostra sua sabedoria para valorizar a vida de um jovem de classe mdia. Criado em 2004 pelo teatrlogo Jair Raso, o espetculo tem direo do prprio autor e um alerta contra os preconceitos e esteretipos e uma reflexo sobre os valores sociais e contemporneos no Brasil.

    Sinopse

    Numa rua deserta de uma grande cidade o encontro de um jovem que tudo quer, inclusive a morte, e um catador de papel que nada quer alm de viver. Nesse cenrio a tragdia se transforma em comdia, num espetculo divertido e comovente.
    O diretor

    Em 30 anos dedicados ao estudo e tambm atuao nas artes cnicas, Jair Raso acumulou experincia atuando como escritor, diretor, ator, iluminador e tambm produtor de diversas montagens em Belo Horizonte e no interior do estado.


    Ficha tcnica e Artstica:

    Atores:
    Jos Maria Amorim - Mendigo

    Rafael Mazzi - Jovem
    Assistente de Direo: Wilma Henriques
    Preparao Vocal: Bueno Rodrigues
    Preparao Corporal: Vanessa Machado
    Produo Executiva: Reis
    Cenrios: Felcio Alves
    Figurinos: Reis
    Fotos: Srgio Falci
    Cenografia: Felcio Alves
    Programao Visual: Reis
    Divulgao: Grupo Cara de Palco
    Assistente de produo: Fernando Freitas
    Contra Regra: Marcelo Silva
    Chefe de Palco: Mrcio Carvalho
    Texto e direo: Jair Raso


    O espetculo fica em cartaz de sexta, 10, a domingo, 12.

    Sextas e Sbados: 21hs.

    Domingos: 20 hs.


    Teatro Alterosa
    Av. Assis Chateaubriand, 499.
    Telefone: (31) 3237-6611


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    NOVIDADES! Festa de Confraternizao da turma de Direito de 1971 na Churrascaria Ambrsios, aqui em BH, neste sbado: trs desembargadores, uma procuradora de Justia do Conselho Nacional de Justia e dois juzes do TRT-MG confirmaram presena. Confira!

                          A informao nos foi passada agora a pouco pelo advogado Expedito Euzbio da Silva, coordenador do Almoo na Churrascaria Ambrsios. Confirmaram presena amanh na festa, os desembargadores do Tribunal de Justia de Minas, Antnio de Pdua Oliveira, Alvimar de vila e Geraldo Jos Duarte de Paula. E a Procuradora de Justia, Ruth Lies Scholte de Carvalho, que membro do Conselho Nacional de Justia, em Braslia.
                         Do Tribunal Regional do Trabalho em Minas, confirmaram presena os juzes Manuel Cndido Rodrigues e a vice-presidente do TRT-MG, Maria Laura Franco Lima de Faria.
     
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Governador de Minas Acio Neves inicia articulaes para obter recursos do governo Lula. Na madrugada assist pela Globo News a entrevista que ele gravou com Mriam Leito. Estava bem articulado, expressivo e passando muita credibilidade. Gostei quando no encerramento da entrevista ( exibida s 2 da madrugada), a excelente Mriam Leito disse: como afirmou Carlos Drumond de Andrade " Nigum sabe o que Minas. S os mineiros. E eles no contam pr ningum. "


     Governador ACIO NEVES articula reivindicaes dos Estados durante reunio com o governador eleito do Rio, Srgio Cabral, no Palcio das Mangabeiras (foto Oswaldo Afonso/Secom)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Amanh o dia D do Encontro de Confraternizao da Turma de advogados formados na UFMG em 1971. Na Churrascaria AMBRSIOS, avenida Getlio Vargas, 880, aqui em BH.





    Agenda VIP:  neste sbado, dia 11 de novembro, Almoo de Congraamento da turma de 1971 da Faculdade de Direito da UFMG. Ser ao meio dia na Churrascaria Ambrsios na Savassi, aqui em Belo Horizonte. frente o competente advogado dr. EXPEDITO EUZBIO DA SILVA, um Capixaba que j virou autntico mineiro. Ser uma reunio com o metro quadrado mais VIP de Minas, dada a projeo de vrios dos formandos da turma de 1971, que hoje, 35 anos depois, ocupam altos cargos na Justia, na Poltica, no setor Empresarial, no Jornalismo, no meio Acadmico Universitrio e na Diplomacia, aqui no Brasil e no Exterior. Confira a lista, com ATENO!






     Na foto: da esquerda para a direita esto o prefeito de Desterro do Mello, Ruy Fernandes,o jornalista e escritor Lindolfo Paoliello e Patrcia e o organizador do Almoo  dr. Expedito Euzbio. Ruy, Lindolfo e Expedito so trs dos 250, que formaram em Direito h 35 anos.

                        A Turma de Direito de 1971 promover um almoo de congraamento pelos 35 anos de formatura, na Churrascaria Ambrsios, Avenida Getlio Vargas, 880, Belo Horizonte.


    O encontro coordenado pelo advogado  e magistrado aposentado Expedito Euzbio da Silva - telefone (31) 3261-4210.


    Essa turma, com quase 250 formandos, rene-se todos os anos. Dela fazem parte figuras de destaque nos meios jurdicos, na diplomacia, na poltica, na imprensa, nas empresas e nas universidades.


    Podemos citar, dentre tantos outros: ANTNIO AUGUSTO CANADO TRINDADE, Ex-Presidente e Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos e Membro da Academia de Direito Internacional da Haia;


    Os Embaixadores PEDRO MOTTA PINTO COELHO e JOO BATISTA DA CRUZ (Embaixador do Brasil na Guin Bissau);


    A Procuradora de Justia RUTH LIES SCHOLTE CARVALHO, Membro do Conselho Nacional de Justia; 


    Os Desembargadores GERALDO JOS DUARTE DE PAULA, ALVIMAR DE VILA e ANTNIO DE PDUA OLIVEIRA, do Tribunal de Justia de Minas Gerais;


    Os Juzes do TRT/MG MARIA LAURA FRANCO LIMA DE FARIA e MANUEL CNDIDO RODRIGUES;


    Os Juzes REN COULAUD DA COSTA CRUZ, NGELA MARIA CATO ALVES, ANTNIO FRANCISCO PEREIRA, ANTNIO DE PAULA OLIVEIRA e JOS NASSIF ANTUNES;


    Os Procuradores de Justia MRCIO DECAT DE MOURA e ADAIR SALLES BARROZO;


    O Procurador da Repblica JOO BOSCO GIARDINI;


    Os Procuradores do Estado MARINA SANTOS GEO e BENEDICTO FELIPE DA SILVA FILHO;


    Os escritores LINDOLFO PAOLIELLO (que tambm Vice-Presidente da Associao Comercial de Minas Gerais, Consultor Empresarial e Jornalista), ADO VENTURA, MARCO AURLIO SILVA VIANA, JAIME PRADO GOUVEIA, ELMO ROMAGNOLI DE ABREU ROSA e LUIZ CARLOS SANTOS NEVES;


    Os ex-Deputados EDWARD LVARES DE CAMPOS ABREU, MARCELO CAETANO e ANTNIO MILTON SALES;


    Os jornalistas DURVAL GUIMARES, LUIZ CARLOS DE ASSIS BERNARDES e FERNANDO SOARES RODRIGUES;


    Os Prefeitos RUY BARBOSA FERNANDES, de Desterro do Melo, e NGELO OSWALDO DE ARAJO SANTOS, de Ouro Preto; 


    Os Professores MARIA HELENA DAMASCENO MEGALE, MARIA DE NAZARETH SERPA, EDUARDO GREBLER, ANTNIO DUARTE GUEDES NETO e JOS ROBERTO FRANCO DE TAVARES PAES;


    Os empresrios ELIANA GUIMARES DE QUEIROZ, MARIA APARECIDA CANADO, BOB TOSTES, FERNANDO CELSO GONALVES, ADAUTO DE SOUSA, JANDIR VIEIRA DE SIQUEIRA, ALBERTO LEONEL DE PAULA E MANNA (tambm Auditor do Tribunal de Contas do Mato Grosso do Sul).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Um colrio para os olhos nesta sexta-feira. Paisagem da Serra da Conceio em Destero do Melo. Beleza de graa. Desterro do Melo boa opo de turismo. Fica a 200 kms de BH e a 32 de Barbacena, no caminho do meio da Estrada Real. Por ela passou muitas vezes Joaquim Jos da Silva Xavier, o nosso heri TIRADENTES e certamente apreciou e muito esta Paisagem abaixo.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Nosso BLOG atinge hoje a marca de mais de 26 mil acessos. Obrigado pela preferncia!



























    Posts:
     731

    Rascunhos:
     0

    Comentrios:
     6780

    Visitas nicas:
     26116

    Pageviews:
     28309
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    De olho no trabalho do senador mineiro Aelton Freitas do PL.

    Subcomisso vai propor mudanas na Lei de Liquidaes, diz Aelton Freitas

    Imagem (metarquivo)
            O presidente da Subcomisso Temporria da Liquidao de Instituies Financeiras, senador Aelton Freitas (PL-MG), anunciou que pretende propor modificaes na Lei de Liquidaes (Lei 6.024/74) nos prximos dias. Um dos objetivos reduzir os gargalos que hoje dificultam o encerramento de liquidaes extrajudiciais do Banco Central (BC), algumas das quais j duram quase 20 anos.
            A subcomisso deve encerrar seus trabalhos na primeira quinzena de dezembro, depois de ter ouvido nos ltimos anos reclamaes e sugestes de ex-controladores de bancos sob liquidao e funcionrios do Banco Central. A subcomisso faz parte da Comisso de Assuntos Econmicos do Senado.
            "O processo de liquidao precisa ser mais transparente, pois hoje a impresso que se passa para a sociedade de que existe uma protelao indevida da concluso de cada caso. Vamos propor adequaes na legislao, de maneira que fique bem definido um s peso e uma s medida a ser aplicada pelo Banco Central nos clculos de todos os processos. Queremos criar condies para que os processos  cheguem ao fim e deixem de consumir tantos recursos pblicos do Tesouro Nacional", explicou Aelton.  
            Nesta tera-feira (7), a subcomisso ouviu o diretor de Liquidaes e Desestatizao do Banco Central, Antnio Gustavo Matos do Vale, e o chefe do Departamento de Liquidaes do BC, Jos Irenaldo Leite de Atade. Antnio Gustavo apontou os constantes recursos judiciais, apresentados por ex-controladores, pelos atrasos nas liquidaes. Informou que existem hoje no BC 69 processos de liquidaes, entre eles cerca de 40 de consrcios. No foi encerrada nenhuma das liquidaes com base no Programa desestimulo Reestruturao e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional (Proer), do governo Fernando Henrique Cardoso. A liquidao mais adiantada, informou Antnio Gustavo do Vale, a do Banorte.
            Durante os debates, o senador Edison Lobo (PFL-MA) perguntou o que falta para o fim da liquidao do Banco Nacional. O diretor do Banco Central observou que, autorizado pelo Proer, o Banco Central pagou os aplicadores que tinham dinheiro nos bancos que no suportaram o fim da inflao. Agora, o BC quer receber dos liquidados o que investiu, "com os devidos juros". Disse que o processo demorado porque existem milhares de operaes dos bancos sob liquidao, a maior parte com a Caixa Econmica Federal referentes ao Fundo de Variao de Compensao Salarial (emprstimos habitacionais).
            A Subcomisso Temporria da Liquidao de Instituies Financeiras ainda ouvir nos prximos dias ex-diretores e o procurador do Banco Central.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Prefeito de Barbacena, Martim Andrada, amplia plano de obras em Barbacena. Agora a vez da rodovia que liga Barbacena Campolide. O texto de Mrcio Bertola, de olho na cidade. Site www.marciobertola.com.br

     MQUINAS RETORNAM PISTA


    Os moradores da Colnia Rodrigo Silva, Campolide, Ibertioga e diversas cidades regionais que usam a rodovia que liga Barbacena Campolide foram surpreendidos com o retorno das mquinas que abrem pistas e preparam o solo para a nova pavimentao em asfalto. Aps contatos com o governador Acio Neves, com a Cemig e o DER, o prefeito Martim Andrada determinou o retorno imediato das obras e adianta que a estrada passar por todos os processos tcnicos necessrios para finalmente receber o novo asfalto. A notcia e o prprio fato, com mquinas trabalhando com agilidade, agradaram a todos que transitam na rodovia, que recebeu ainda iluminao e vai se tornando uma das mais modernas da regio, o que causar segurana, conforto e muita funcionalidade. O tempo marcado por chuvas quase que dirias deve ser considerado, pois debaixo de chuvas fortes necessrio dar uma pausa no canteiro de obras, visando sobre tudo boa qualidade do servio. Alm das diversas mquinas observa-se no trecho em obras a presena de tcnicos, engenheiros e muitos trabalhadores. Por iniciativa do prefeito Martim Andrada o setor de Obras da PMB acompanha de perto as operaes, fiscalizando todos os detalhes. O prefeito no disse quando pretende inaugurar a nova rodovia por que depende muito das condies climticas, mas o ritmo intenso e as empreiteiras atuam da melhor forma, o que possibilitar um prazo mais curto para seu trmino. Na foto, o trator abre espaos enquanto os tcnicos e engenheiros acompanham de perto o trabalho.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Deu na coluna do meu amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

    Homenagem em BH
    O reitor da UFJF, Henrique Duque (acompanhado do diretor da comisso permanente de seleo Flvio Takakura e do secretrio-geral Basileu Tavares) esteve na UFMG, em Belo Horizonte, prestigiando o Frum dos Dirigentes das Instituies Pblicas de Ensino Superior de Minas.
    Foram homenageados o ministro da Educao, Fernando Haddad, o secretrio de Educao Superior do MEC, Nelson Maculan Filho e o subsecretrio de Planejamento e Oramento do MEC, Paulo Eduardo Nunes de Moura Rocha.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Cresce o cl Andrada. Nota vem do site do meu amigo Mrcio Bertola, de Barbacena. www.marciobertola.com.br




    Sbado passado o casal prefeito Martim (Ondina) Andrada recebeu na Borda do Campo, parentes e amigos mais prximos para o batizado da filha Luza Amlia. Aps a cerimnia religiosa, na igrejinha onde nasceu Barbacena, uma simptica recepo que marcou uma novidade: Ondina, criativa, pediu que decorassem a senzala e a cozinha externa da tri-secular fazenda, e l recebeu em grande estilo. O que tinha de Andrada no est no gibi.
    Na foto: O casal Prefeito Martim Andrada e sua mulher Ondina, agora mame da pequena Luza Amlia, ladeando o conterneo, ex-presidente da Assemblia Joo Carlos Ribeiro de Navarro na festa do 80 anos de Navarro, comemorados na Casa Bernardi, em setembro, na capital de Minas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Novembro 10, 2006

    Os estragos da concorrncia Chinesa!. Deputados mineiros se unem a empresrios e buscam soluo. Reunio, segunda-feira em Nova Serrana. Confira!

     A Comisso Especial contra a Invaso de Produtos Chineses da Assemblia Legislativa de Minas Gerais vai ao municpio de Nova Serrana nesta segunda-feira (13/11/06) debater em audincia pblica a situao do setor caladista e de fogos de artifcio da regio. Criada em 18 de julho, a comisso aprovou na ltima tera-feira (7) um requerimento do relator, deputado Paulo Cesar (PDT), para que seja prorrogado seu prazo por mais 30 dias. O mesmo requerimento foi aprovado pelo Plenrio na Reunio Ordinria da ltima quarta-feira (8). A audincia pblica de Nova Serrana ser s 19 horas, no auditrio da Credinova, na Rua So Jos, 40.

    A primeira audincia pblica da comisso aconteceu em outubro e recebeu representantes dos setores txtil e caladista. Os participantes reclamaram da concorrncia desleal com a China e sugeriram a criao de uma frente multipartidria para pressionar o governo federal a mudar a poltica para o setor. O setor txtil o mais afetado, segundo estudo da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), que analisou o impacto em todo o Pas. O segmento de vesturio apresentou um aumento de 400% nas importaes dos produtos chineses em 2006 em comparao com 2003, enquanto a produo nacional cresceu apenas 25% neste perodo.

    O setor ptico concorre com produtos chineses at 90% mais baratos que os nacionais, o que levou ao encolhimento do segmento, que tinha 300 fbricas e hoje tem apenas 35. Enquanto foram importados 45 milhes de culos no ano passado, a indstria nacional produziu apenas 3 milhes de unidades. Os empresrios sugeriram medidas imediatas ao alcance do governo do Estado, como a reduo da carga tributria.

    O setor de mquinas enfrenta ociosidade de produo com a concorrncia dos produtos chineses, at 50% mais baratos, e com aumento de at 50 vezes nas importaes chinesas. O comrcio de Minas Gerais com a China, neste segmento, mostra o desequilbrio: em seis anos, as importaes aumentaram 4.072%, enquanto o crescimento das exportaes (para pases diversos) no passou de 85%. J o de brinquedos apresenta recuperao este ano, devido a acordo de cotas com a China. Os dois segmentos reconhecem a competncia industrial e comercial do pas asitico e criticam a poltica brasileira nesta rea.

    Foram convidados para a reunio os presidentes das seguintes entidades: Sindicato Intermunicipal da Indstria do Calado de Nova Serrana, Jnior Csar Silva; Sindicato das Indstrias de Explosivos de Minas Gerais, Sidnio Fernandes do Couto Patusco; Cmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Nova Serrana, Drio Antnio Faria Filho; CDL de Divinpolis, Vitor Gomes Gontijo; Sindicato das Indstrias do Vesturio de Divinpolis, Antnio de Arajo Rodrigues Filho; Sindicato das Indstrias de Calados do Estado de Minas Gerais, Luiz Raul Aleixo Barcelos; Sindicato das Indstrias de Bolsas e Cintos de Minas Gerais, Gtlio Vargas lvares Guimares; e Sindicato dos Trabalhadores nas Indstrias de Calados em Geral e Complementos de Belo Horizonte e Regio, Rogrio Jorge de Aquiino. Tambm sero convidados os prefeitos das cidades de Divinpolis, Demetrius Arantes Pereira; de Nova Serrana, Joel Pinto Martins; de Perdigo, Gilmar Teodoro de So Jos; e de So Gonalo do Par, ngelo Jos Ricalli de Freitas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Novembro 9, 2006

    Assemblia de Minas manteve hoje dois vetos do governador Acio Neves. Detalhes no www.almg.gov.br

    Os deputados presentes Reunio Extraordinria da manh desta quinta-feira votaram pela manuteno do Veto Total Proposio de Lei 17.099, que trata da fixao de limite de idade para ingresso no servio pblico estadual. Tambm foi mantido o Veto Total Proposio de Lei 17.100, que dispe sobre a inscrio de informaes de interesse mdico nas carteiras de identidade. Os deputados aprovaram, ainda, outros cinco projetos de lei, inclusive o PL 3.335/06, do Tribunal de Contas, que cria os cargos de auditor e de procurador do Ministrio Pblico junto ao Tribunal de Contas e fixa subsdios.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 8, 2006

    Secretrio Antonio Anastasia fala do Oramento do Estado para 2007 em Audincia Pblica no plenrio da Assemblia de Minas. Confira os detalhes!

     Anastasia apresenta indicadores em discusso sobre PPAG e Oramento

    A melhoria da mquina arrecadatria do Estado, sem aumento da alquota do ICMS mas com maior combate sonegao, um dos indicadores positivos na administrao estadual. Foi o que destacou o secretrio de Estado de Planejamento e Gesto e vice-governador eleito, Antnio Anastasia, na manh desta quarta-feira (8/11/06), no Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Anastasia citou dados do Conselho Nacional de Poltica Fazendria que indicam que, de 2003 a 2005, Minas Gerais obteve ndices de aumento na arrecadao do ICMS maior que a mdia do Sudeste e do Brasil.

    O secretrio participou da abertura da audincia pblica das Comisses de Fiscalizao Financeira e Oramentria e de Participao Popular para discutir com a populao o Oramento para 2007 e o Plano Plurianual de Ao Governamental (PPAG) 2006/2007. Antes, na tera-feira (7), o Plenrio havia discutido a proposta oramentria da Unio para 2007, em audincia regional feita pela Comisso Mista do Oramento do Congresso Nacional.

    Na abertura da reunio, Anastasia enfocou o empenho da administrao estadual em elaborar as peas oramentrias inspiradas no novo modelo de planejamento adotado pelo governo, desde 2003. Segundo o secretrio, mesmo sem os recursos necessrios e suficientes para atender a universalizao das demandas da populao mineira, o Estado obteve nos ltimos quatro anos resultados positivos em todos os seus indicadores. Para ele, com as novas diretrizes, a pea oramentria deixou de ser apenas retrica e passou a ser realista, sem promessas miraculosas e compromissos inexeqveis, e obedecendo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O estreitamento da discusso com a ALMG, para aprimoramento dos projetos mais relevantes para Minas Gerais, tambm foi destacado por ele.

    Entre os resultados positivos alcanados desde 2003, Anastasia citou a melhoria do ndice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado nas esferas de gesto pblica, desenvolvimento social, desenvolvimento econmico e infra-estrutura e meio ambiente. "Minas Gerais a sntese da federao e tem grandes desigualdades internas, o que levam o IDH a no ser o ideal", ponderou. Mesmo assim, ele lembrou que, alm do equilbrio das contas pblicas, atingido em 2004, o Estado reduziu os gastos com despesas de pessoal estabelecido pela LRF (no Executivo, esse ndice caiu de 61,7%, em 2002, para 43,5%, em 2005) e, de 2003 a agosto deste ano, gerou uma economia de R$ 564 milhes com a adoo de prego nas compras governamentais.

    "O dficit zero aumentou a capacidade de investimento do Estado em 394% a partir de 2003. Ao final de 2006, podemos dizer que vamos ultrapassar com folga o valor de R$ 2 bilhes em investimentos no Estado", informou Anastasia. Esse nmero, explicou, dez vezes maior que o de 2003, considerando-se somente recursos de fontes ordinrias do Tesouro Estadual. Ainda de acordo com o vice-governador eleito, a evoluo oramentria em 2005 e 2006 registra aumento em todos os segmentos, principalmente no que se refere aos projetos estruturadores previstos no PPAG como prioridades.

    Discusso das propostas est fortalecida

    A busca da discusso com a sociedade sobre o planejamento das aes governamentais e do oramento fiscal do Estado acontece pelo quarto ano consecutivo na Assemblia. Para o presidente da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria, deputado Domingos Svio (PSDB), a discusso das propostas est cada vez se fortalecendo mais em qualidade e quantidade de participao de cidados e lideranas da sociedade civil, ao contrrio do passado, quando o oramento era tratado como pea burocrtica e fictcia.

    A reunio prosseguiu com a exposio do subsecretrio de Planejamento e Oramento, Tadeu Barreto Guimares, e diversos deputados, alm da participao do pblico.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 8, 2006

    Adrienne Barbosa de Andrade acaba de ter seu nome aprovado para conselheira do Tribunal de Contas de Minas. Foram 37 votos sim, 11 no.

                                A votao secreta foi concluda s 20h24m no plenrio presidente JK da Assemblia Legislativa. Com seu nome aprovado pelo Parlamento Mineiro, a ex-prefeita de Trs Pontas no sul de Minas e ex-presidente da AMM - Associao Mineira dos Municpios, Adrienne Barbosa de Andrade, mulher do vice-governador Clsio Andrade se torna a primeira mulher a chegar ao cargo de conselheira do Tribunal de Contas. A indicao foi do governador Acio Neves, na quota destinada constitucionalmente ao Executivo. A nova conselheira vai para vaga aberta com a aposentadoria do conselheiro Sylo Costa.A posse depende agora de marcao pelo presidente do Tribunal de Contas, Eduardo Carone.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 8, 2006

    Casamento VIP, sexta-feira, aqui em BH. O noivo o prefeito de Uberaba, o ex-ministro dos Transportes e ex-presidente da Assemblia Legislativa de Minas, Anderson Adauto. Ele vai se casar com Angela Mayrink assessora do senador Aelton Freitas, do PL de Minas.

                                O casamento ser na Baslica de Lourdes, aqui na captal mineira, nesta sexta-feira, dia 10, s 20 horas e vai movimentar o meio poltico e empresarial de Uberaba e de Belo Horizonte, onde o prefeito de Uberaba Anderson Adauto atuou intensamente nos vrios mandatos como deputado estadual, tendo exercido a presidncia do Legislativo. Estaremos l, j que temos uma longa amizade com o prefeito, construda ao longo dos ltimos 20 anos. Eu, primeiro como reprter poltico da Rede Globo e depois ncora da TV Assemblia e ele como parlamentar e ministro de Estado dos Transportes nos dois primeiros anos do governo do presidente Lula.
                                Tambm tenho amizade com a noiva, Angela Mayrink que presta servio de assessoria parlamentar da melhor qualidade e competncia profissional ao senador Aelton Freitas, agora eleito deputado federal com cerca de 83 mil votos. 
    Parabns aos noivos Anderson Adauto e ngela e toda a felicidade do mundo. Eles merecem!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 8, 2006

    A Editora mineira Del Rey, referncia na edio de obras jurdicas no Pas, lana hoje na PUC-Rio coleo indita.

                          Conversei  pelo celular, pouco depois do meio dia de hoje, com o diretor-presidente da Editora Del Rey, nosso amigo Arnaldo Oliveira sobre essa obra indita. Arnaldo estava indo de carro para o Rio, acompanhando pelo professor Luiz Moreira, coordenador da Coleo Del Rey Internacional. No momento do telefonema Arnaldo e o professor estavam na BR-040, passando por Babarcena, com direito a uma parada na tradicional e gostosa Roselanche.
                         J o coordenador da coleo Del Rey Internacional, prof. Luiz Moreira - que professor de Direito Constitucional da Escola Dom Hlder Cmara e pesquisador associado de Filosofia do Direito da Universidade de Tubingen na Alemanha -  nos informou que a Coleo Del Rey Internacional, que ser lanada noite na PUC-Rio rene os primeiros dez volumes da obra que trata de Direito Constitucional, Direito Penal e Introduo ao Estudo do Direito.
                          Parabns ao Arnaldo Oliveira pela iniciativa editorial, que marca a globalizao da Editora Del Rey - a Del Rey Internacional.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 8, 2006

    Nosso BLOG hoje homenageia todos os atleticanos. O texto do colaborador Marcus Tafuri. A homenagem dedicada ao presidente do Consrcio Capim Branco Energia, Celso Castilho e a seu filho o tambm meu amigo, Ricardo Castilho da Cia. Vale do Riodoce.

    Atltico goleia So Raimundo por quatro a zero, no Mineiro, e agora s uma questo de dias a sua volta elite do futebol brasileiro. Aqui neste blog, prestamos homenagem a todos os atleticanos. Sob a batuta do competente Levir Culpi (que hoje completou 150 jogos dirigindo o Galo), o time soube dar a volta a por cima. Sem necessidade de apelar para o tapeto, o Galo, com competncia e profissionalismo, galgou, com pacincia, os degraus para voltar Primeira Diviso do Brasileiro. A festa, que aconteceu, nesta tera, no Mineiro, mais do que merecida. Em tempo: matematicamente, o Atltico ainda no garantiu o acesso do time, mas a perda da classificao quase impossvel. O Galo lidera a competio com 64 pontos. O quinto colocado, primeiro fora da zona de acesso, tem nove pontos a menos, e restam justamente nove pontos em disputa.










    #1. Ricardo Castilho - (ricardocastilho@click21.com.br) [ Deletar ]
    Joo Carlos,

    Muito Obrigado pela Homenagem feita a mim a  ao meu Pai, tenho certeza que todos os Atleticanos acordaram hoje impossibilitados de esconder o sorriso no rosto. Este ano no foi um ano fcil, mas no final tudo aconteceu como toda torcida do galo acreditou. O galo voltou ao lugar de onde nunca deveria ter sado! Obrigado Galo, Levir e Nao atleticana!

    Saudaes alvinegras!



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 8, 2006

    De olho no Oramento do Estado para 2007. O secretrio Antonio Augusto Anastasia est agora ( 11 horas) no Plenrio discutindo com a sociedade e os parlamentares - deputados e deputadas - os rumos do Oramento e do PPAG. Confira pela TV Assemblia, cabo canal 11, e pelo UHF no interior. Mais detalhes www.almg.gov.br







    Representantes da sociedade civil lotam Plenrio da ALMG para audincia pblica sobre oramento do Estado e PPAG.

    Representantes da sociedade civil j ocupam o Plenrio da ALMG para participar da audincia pblica das comisses de Fiscalizao Financeira e de Participao Popular. O secretrio de Estado de Planejamento e Gesto, Antnio Anastasia, e o subsecretrio de Planejamento e Oramento, Tadeu Barreto Guimares, vo apresentar o oramento para 2007 e fazer uma avaliao do PPAG. As entidades podem apresentar propostas de emendas ao PPAG at sexta-feira audincia pblica das comisses de Fiscalizao Financeira e de Participao Popular. O secretrio de Estado de Planejamento e Gesto, Antnio Anastasia, e o subsecretrio de Planejamento e Oramento, Tadeu Barreto Guimares, vo apresentar o oramento para 2007 e fazer uma avaliao do PPAG. As entidades podem apresentar propostas de emendas ao PPAG at sexta-feira audincia pblica das comisses de Fiscalizao Financeira e de Participao Popular. O secretrio de Estado de Planejamento e Gesto, Antnio Anastasia, e o subsecretrio de Planejamento e Oramento, Tadeu Barreto Guimares, vo apresentar o oramento para 2007 e fazer uma avaliao do PPAG. As entidades podem apresentar propostas de emendas ao PPAG at sexta-feira audincia pblica das comisses de Fiscalizao Financeira e de Participao Popular. O secretrio de Estado de Planejamento e Gesto, Antnio Anastasia, e o subsecretrio de Planejamento e Oramento, Tadeu Barreto Guimares, vo apresentar o oramento para 2007 e fazer uma avaliao do PPAG. As entidades podem apresentar propostas de emendas ao PPAG at sexta-feira



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 8, 2006

    FESTA DA BANANA, em Santa Brbara do Tugrio, municpio perto de Barbacena na Zona da Mata Mineira. Confira!

     Comea amanh, quinta-feira e vai at domingo, em Santa Brbara do Tugrio a XXIII Festa da Banana. Artesanatos, desfiles para escolha da rainha, corrida, desfiles de carros alegricos, shows. Tudo isso voc vai poder presenciar na festa, sem contar com a degustao de diversos pratos feitos com a estrela da festa, a Banana. Confira a programao:

    Dia 09/11 - quinta-feira
    19h30- missa campal do Bananicultor com abertura oficial da festa
    Show pirotcnico
    21h show com a Banda 4 Dimenso

    Dia 10/11 sexta-feira
    18h Abertura dos Stands de artesanato e exposio de panelas de pedra
    20h desfile e eleio da Rainha da festa
    22h - show sertanejo com Marcelo Rezende e banda
    00h- show com a banda 4 Dimenso

    Dia 11/11 sbado
    9h corrida rstica
    Trajeto: Bom Retiro - Santa Brbara
    16h30 - concurso de culinria com pratos derivados de banana
    22h- show com Roberta Miranda e banda
    00h show com a banda Alta Dimenso

    Dia 12/11 domingo
    14h desfile de carros alegricos
    15h30 - Clio e Marcos e banda
    18h- entrega de trofus e encerramento
    20h show com a banda Alta Dimenso


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 8, 2006

    Por dentro da Arquidiocese de BH.

     











     

    II ENCONTRO DE COMUNICADORES DA REGIO CONCEIO


    A Regio Episcopal Nossa Senhora da Conceio (RENSC) vai realizar, no dia 18 de novembro, das 14 s 17 horas, o segundo Encontro com comunicadores das parquias de todas as suas foranias.

    Comunicar para gerar Comunho o tema central do Encontro que visa a preparao para a escolha de representantes da equipe fornea de Comunicao.

    No Encontro, profissionais da Comunicao vo falar sobre conceitos de comunicao (interpessoal, entre grupos, pblico externo, mobilizao, etc.); comunicao e evangelizao; os meios de comunicao no projeto da Igreja, papel do comunicador etc.

    Mais informaes na secretaria da RENSC pelo telefone (31) 3422-3537.


    Assessoria de Comunicao
    Arquidiocese de Belo Horizonte
    http://www.arquidiocesebh.org.br



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O jovem prefeito de Barbacena, Martim Andrada de olho no futuro!










    O prefeito Martim Andrada tomando cafezinho com o professor e vice-governador eleito de Minas Antnio Anastasia, na praa dos Andradas, em Barbacena, na recente campanha eleitoral. No centro da foto o professor Jos Augusto Penna Naves, secretrio de Governo e Ao Estratgica da Prefeitura de Barbacena.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O bem articulado e competente advogado Dcio Freire homenageia, nesta quarta-feira, dia 8, o ministro CARLOS ALBERTO REIS DE PAULA do Tribunal Superior do Trabalho na criativa srie "AQUELES QUE FAZEM POR MINAS". Ser s 19h30m no Nacional Clube de Belo Horizonte na Cidade Jardim. Um detalhe: na foto abaixo, Dcio Freire, no dia 31 de julho, quando seu escritrio Dcio Freire & Associados prestou homenagem no Automvel Clube ao ex-presidente do STF, o mineiro Carlos Mrio Veloso.









                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    O editor Arnaldo Oliveira, da Editora Jurdica Del Rey, confirmou presena no almoo na churrascaria Ambrsios (ser sbado, dia 11), para comemorar os 35 anos da turma da Faculdade de Direito da UFMG. Arnaldo Oliveira, segundo o dr. Expedito, velho e querido amigo dele e de sua turma. Na poca, anos 70, lembrou-nos o dr. Expedito, Arnaldo Oliveira estava comeando sua vitoriosa carreira de editor. Ele vendia livros jurdicos para turma, depois montou uma banca e hoje um dos mais bem sucedidos editores jurdicos do Pas. Sbado, 35 anos depois da formatura da turma de Direito, Arnaldo ser muito bem recebido para relembrar que, como diz a letra da msica de Milton Nascimento, "amigo coisa pr se guardar do lado esquerdo do peito".

     Da esquerda para a direita: o editor Arnaldo Oliveira, a mulher dele urea Oliveira e o advogado Expedito Euzbio da Silva.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    Os 30 ANOS da Coluna CSAR ROMERO, do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora, sero comemorados com grande festa dia 25 no Clube Bom Pastor em JF. A na foto o influente colunista, meu amigo Csar Romero, ao lado da presidente do Serva, Adria Neves e do governador Acio Neves no jantar de adeso do empresariado mineiro ao governador no Alta Vila, em setembro. Parabns ao Csar Romero!

     
    Noite de Gala
    Mais e mais nomes do circuito social aderindo a Noite de Gala, que dia 25 deste ms estar comemorando os 30 anos desta coluna.
    A elegante festa no Clube Bom Pastor conta com o apoio da Tribuna, MRS Logstica e Emprio Bahamas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    Os 10 anos da Imballaggio do competente empresrio, meu amigo, Antonio Eduardo Baggio, sero comemorados amanh, dia 8. Baggio, grande figura humana, preside o SINPAPEL, filiado FIEMG.

     A Imballaggio  comemorar no prximo dia 08 de Novembro 10 anos de atividades em Minas Gerais e 113 anos de existncia como  herdeirada Fbrica de Sacos So Jos/J.F.Camargo.  Neste dia s 14:00h ser celebrada uma missa em nossas dependncias  para agradecermos a vocs e memria de todos os que um dia ombraramconosco na construo da empresa e em especial a Deus por ter nos provido  os meios e as capacidades que permitiram-nos faz-la se destacar no cenrio  da sua atividade, e atingir um grau de maturidade e excelncia no atendimento  aos seus clientes e no relacionamento e respeito aos seuscolaboradores e fornecedores, ajudando-a a compor o ideal de empresa digna,  solidria, tica,competente, responsvel e inovadora.

    Esperamos contar com a sua presena, que muito importante para toda a famlia  Imballaggio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    ALERTA: cuidado ao trafegar pela BR-O40, perto de Juiz de Fora no sentido BH-Rio. A notcia destque de hoje no jornal Tribuna de Minas. www.tribunademinas.com.br

    TRECHO PERIGOSO
    'Viaduto da morte' j matou sete este ano
    Sete pessoas j morreram este ano no Viaduto do Tnel, no km 756 da BR-040, trecho que est sendo considerado um dos mais perigosos do pas. Das 17 mortes ocorridas durante o feriado prolongado em 254 acidentes nas estradas federais que cruzam Minas, cinco aconteceram neste ponto, que est sendo chamado de "viaduto da morte".

    Henrique Viard 06/11/06


    Do incio do ano at agora, 15 acidentes foram registrados no Viaduto do Tnel, em Ewbank da Cmara; por l passam cerca de 7 mil carros/dia


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    Em Barbacena, projeto TIM movimenta esta tera-feira. O espetculo de teatro " O Ciclo da rvore", produzido pelo artsita plstico barbacenense, radicado em Juiz de Fora, Mrio Carvalho ser encenado no Cinema da EPCAR. A inforamo est no site do meu amigo www.marciobertola.com.br

    TIM ARTEEDUCAO: MOSTRA ARTSTICA 2006
    Projeto Tim Arteducao apresenta a 6 Mostra Artstica 2006 que ser realizada no cinema da EPCar, no prximo dia 07 de novembro, s 19h30, com o tema: O Ciclo da rvore. Sero apresentados oficinas de capoeira, bal, reciclagem e canto-coral. O tema da mostra visa educar os jovens para a cidadania e conscientiz-los sobre as questes ecolgicas que so responsabilidades de cada um de ns. Em Barbacena, o Tim Arteducao atende cerca de 250 alunos que freqentam oficinas de dana, papel reciclado, capoeira e canto. A Tim tem um compromisso com o povo barbacenense, e por isto traz nossa cidade projetos importantes, como no caso do Programa Tim Arteducao, realizando esforos grandiosos junto ao Governo Municipal. Uma iniciativa voltada para a educao e o resgate da cidadania; um programa que possibilita a alunos da rede pblica de ensino um contato importante com linguagens artsticas, valorizando e instrumentalizando esses jovens para a vida. O Tim Arteducao uma iniciativa da Tim em parceria com o governo do Estado, atravs da Lei Estadual de Incentivo Cultura, e Prefeitura Municipal de Barbacena atravs da FUNDAC . Assessoria de Imprensa - FUNDAC


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    No Programa Mundo Poltico de hoje na TV Assemblia: o presidente do PMDB de Minas, deputado federal Saraiva Felipe o entrevistado. Confira!








    Mundo Poltico


    Carlo Menezes entrevista no programa desta tera-feira, o deputado federal Saraiva Felipe, presidente do PMDB/ MG e secretrio nacional do partido. Ele fala sobre as pretenses do PMDB no segundo mandato de Lula. O Mundo Poltico vai ao ar hoje, s 8h e s 13h20.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    Festa dos 35 anos de formatura da Turma da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais vai movimentar a churrascaria Ambrsio's sbado dia 11, em BH. Entre os destaques que confirmaram presena o ilustre jurista Antonio Augusto Canado Trindade, ex-presidente da Corte Internacional de Direitos Humanos. frente do almoo congraamento o ilustre advogado Expedito Eusbio da Silva. Confira!









      O diplomata Carlos Alberto Penna entre o casal Katia e Expedito Euzbio da Silva.  Detalhe: o advogado Expedito Euzbio quem est coordenando o Almoo dia 11 no Ambrsios, em BH.

    Figura de peso:
    Est sendo aguardado em Belo Horizonte , o ilustre jurista  Doutor Antnio Augusto Canado Trindade, ex-Presidente e  Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, Professor da Universidade de Braslia e do Instituto Rio Branco e Professor  visitante em vrias Universidades dos continentes americano e europeu, dentre elas a Universidadede Los Andes (Mrida, Venezuela), Universidade de Ferrara (Itlia), Universidade de Lisboa (Portugal), Universidade de Washigton (Estados Unidos).
    Um dos mais geniais alunos da Faculdade de Direito da UFMG, turma de 1971, ele vir para o almoo comemorativo de 35 anos de formatura na Faculdade de Direito, que ser realizado no prximo sbado, dia 11 de novembro, na Churrascaria Ambrsios, sob a  coordenao  do advogado Expedito Euzbio da Silva, telefone (31) 3261-4210.

    Antonio Augusto Canado Trindade:

    Ph.D. pela Universidade de Cambridge,  Inglaterra,  e  autor de mais de 30 livros na rea do Direito Internacional, o Professor CANADO TRINDADE acaba de ser indicado para Juiz da Corte Internacional de Justia de Haia, na Holanda. Por isso, a Associao Nacional de Magistradas est solicitando o apoio da sociedade indicao  do notvel internacionalista   para a Corte. Quem quiser aderir s entrar no site do Tribunal de Justia de Mato Grosso ( tj.mt.gov.br ).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    De olho na Assemblia Legislativa de Minas. Hoje e amanh: discusso dos oramentos - do Governo Lula e do governo Acio Neves.






     Oramentos da Unio e do Estado sero discutidos hoje na ALMG.

    A Assemblia sedia hoje (7) o Seminrio da Regio Sudeste da Comisso Mista de Oramento do Congresso Nacional. A abertura ser s 10 horas, no Plenrio. O objetivo apresentar os investimentos previstos no projeto da Lei Oramentria Anual de 2007.
                         Amanh,quarta-feira (8), as comisses de Fiscalizao Financeira e de Participao Popular da ALMG promovem
    audincia pblica para debater o oramento do Estado e avaliar as perspectivas do Plano Plurianual de Ao Governamental (PPAG) 2006/2007. Leia mais, consulte a tramitao do PL 3.645/06, que contm o oramento do Estado, e faa o download da proposta oramentria.Seminrio da Regio Sudeste da Comisso Mista de Oramento do Congresso Nacional. A abertura ser s 10 horas, no Plenrio. O objetivo apresentar os investimentos previstos no projeto da Lei Oramentria Anual de 2007.
                         Amanh,quarta-feira (8), as comisses de Fiscalizao Financeira e de Participao Popular da ALMG promovem
    audincia pblica para debater o oramento do Estado e avaliar as perspectivas do Plano Plurianual de Ao Governamental (PPAG) 2006/2007. Leia mais, consulte a tramitao do PL 3.645/06, que contm o oramento do Estado, e faa o download da proposta oramentria.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Novembro 7, 2006

    Senador mineiro, Aelton Freitas, do PL, faz audincia Pblica para apurar acidente com Boeing da GOL. Ser hoje, 11 da manh, na Comisso de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalizao e Controle do Senado.









    A Comisso de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalizao e Controle (CMA) far, em atendimento a requerimento de autoria do Senador Aelton Freitas (PL-MG), audincia pblica nesta tera-feira (7 de Novembro), a partir das 11h, sobre as apuraes que vm sendo realizadas a respeito do acidente areo com o Boeing 737-800 da Gol e o jato Legacy, no dia 29 de setembro, que resultou na morte de 154 pessoas. A proposio de fiscalizao e controle apresentada por Aelton e aprovada pela CMA no ltimo dia 10 de Outubro prev o acompanhamento, pela comisso, das investigaes.

    O presidente da Gol Transportes Areos, Constantino Jnior, a representante dos familiares das vtimas do acidente, Eullia Machado de Carvalho, e o especialista em aviao civil Jorge Amaury Maia Nunes foram convidados pelo presidente da comisso, senador Leomar Quintanilha (PCdoB-TO), para o debate.

    Segundo o senador Aelton Freitas (PL-MG), o objetivo do debate inserir o Senado no processo de apurao das causas do acidente e oferecer contribuio da comisso aos procedimentos que j vm sendo adotados. "Nossa proposta visa promover uma consolidao de todas as apuraes, para dar sociedade brasileira e internacional a mais ampola transparncia sobre as causas do acidente, bem como, propor medidas que venham a contribuir para que se evite outros tantos sinistros de natureza semelhante", esclarece Aelton.

    As investigaes vm sendo conduzidas por vrios rgos, entre eles a Agncia Nacional de Aviao Civil (Anac), a Polcia Federal e a Polcia Civil. O Ministrio da Defesa informou que o sigilo das investigaes da Anac garantido pela Conveno de Aviao Civil Internacional, conhecida como Conveno de Chicago.

    Controladores

    Atrasos e cancelamentos de vos nos principais aeroportos do pas, a partir do dia 30 de outubro, foram atribudos pelo ministro da Defesa, Waldir Pires, situao vivida pelos controladores de vo depois do acidente. O Ministrio da Defesa tambm informou sobre o afastamento temporrio dos oito controladores de trfego areo que estavam de servio no dia do acidente com o vo 1907, conforme as normas da Organizao de Aviao Civil Internacional.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 6, 2006

    Pela PAZ. Confira as informaes do jornalista Pedro Paulo Taucci, com quem trabalhei em Juiz de Fora nos Dirios Associados.









     











     

    ENCONTRO DE MONGES E MONJAS REFLETE SOBRE A PAZ


    Comeou hoje, 06 de novembro, s 19 horas, o X Encontro Monstico Latino-Americano, na Casa de Retiro So Jos, bairro dom Cabral, em Belo Horizonte.

    O bispo auxiliar, dom Alosio Vitral, deu, s 19h30min, uma beno especial ao Encontro que tem como tema A Paz Beneditina, Dom e Desafio no Contexto Latino-americano.


    De acordo com o a irm Estefnia Vieira, abadessa do Mosteiro de Nossa Senhora das Graas, "toda a Arquidiocese est convidada a se unir em preces, aos beneditinos, para um feliz xito do Encontro."

    Como ato concreto, ser realizada uma viglia de orao, presidida pelo arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo, no dia 11 de novembro, s 20 horas, na Igreja So Jos.


    Assessoria de Comunicao
    Arquidiocese de Belo Horizonte
    http://www.arquidiocesebh.org.br





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 6, 2006

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O jantar, aqui em Belo Horizonte, da famlia do ex-presidente da Repblica AFFONSO PENNA. Confira, em primeira mo, as decises tomadas pelos Penna.





    Reunio da FAMLIA PENNA. Daqui a 09 dias ser o Grande Dia das comemoraes do centenrio de eleio e posse do conselheiro Affonso Penna, como Presidente da Repblica. A festa ser dia 15 de novembro na cidade natal de Affonso Penna, Santa Brbara. No jantar da famlia ficou decidido que ser iniciado um grande movimento visando a transladao dos restos mortais do presidente Affonso Penna do jazigo perptuo do cemitrio So Joo Batista no Rio de Janeiro para o memorial Affonso Penna, em Santa Brbara, em Minas. Confira as fotos e as presenas no Jantar ntimo no belssimo flat , na Savassi, da senhora Maria Helena Mendes Moreira Penna, me do desembargador Jos Edgard Penna Amorim Pereira.






     
     









    Presenas no Jantar, histrico, da famlia Penna:
    - Senhora Maria Helena Mendes Moreira Penna, me do desembargador Jos Edgard Penna Amorim Pereira, grande anfitri da famlia Penna, sobrinha-bisneta do presidente Affonso Penna.
    - Desembargador Jos Edgard Penna Amorim Pereira, sobrinho-trineto do presidente Affonso Penna.
    - Engenheiro Affonso Augusto Moreira Penna, bisneto do presidente Affonso Penna, residente em So Paulo. Ex-diretor da Cia. Siderrgica Nacional.
    - Engenheiro Joo Carlos Moreira Penna, bisneto do pres. Affonso Penna, residente no Rio de Janeiro.
    - Senhora Eliana Moreira Penna, esposa do engenheiro Joo Carlos Moreira Penna e sobrinha-bisneta de Affonso Penna.
    - Diplomata Carlos Alberto Penna, sobrinho-bisneto do pres. Affonso Penna.
    -Advogada Cludia Helena Mendes dos Santos, esposa do desembargador Jos Edgard Amorin, filha do empresrio Henrique Bertolino.
    - Advogado Jos Anchieta da Silva, presidente do Instituto dos Advogados  de Minas Gerais. Amigo da famlia Penna, considerado "Membro Honorrio" da famlia, alis, queridssimo da famlia Penna. Anchieta foi o grande organizador das comemoraes do Centenrio de posse do conselheiro Affonso Penna na presidncia da Repblica.
    - Mdico Jos Guilherme Moreira dos Santos, sobrinho-bisneto de Affonso Penna, vice-prefeito de Santa Brbara, terra natal de Affonso Penna.
    - Professora Beatriz Maria  Costa Penna, sobrinha-bisneta de Affonso Penna.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 6, 2006

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS.

    Momento de descontrao. Da esquerda para a direita: o ex-ministro e ex-secretrio da Agricultura do governo Itamar Franco em Minas, Paulino Ccero;o presidente do Consrcio Capim Branco Energia, Celso Castilho, ex-secretrio de Meio Ambiente de Itamar Franco e o diretor de Meio Ambiente para a Amrica Latina da Anglogold Ashanti, engenheiro qumico ambiental, Willer Ps. Grandes amigos deste blogueiro.








     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Novembro 6, 2006

    Destaque para os 10 anos da IMBALLAGGIO do meu amigo o competente empresrio Antonio Eduardo Baggio, que preside o SINPAPEL - Sindicato da Indstria do Papel e Papelo de Minas, filiado FIEMG. Parabns ao Baggio. Sucesso!!!





    A Imballaggio  comemorar no prximo dia 08 de Novembro 10 anosde atividades em Minas Gerais e 113 anos de existncia como  herdeirada Fbrica de Sacos So Jos/J.F.Camargo.  Neste dia s 14:00h ser celebrada uma missa em nossas dependncias  para agradecermos a vocs e memria de todos os que um dia ombraramconosco na construo da empresa e em especial a Deus por ter nos provido  os meios e as capacidades que permitiram-nos faz-la se destacar no cenrio  da sua atividade, e atingir um grau de maturidade e excelncia no atendimento  aos seus clientes e no relacionamento e respeito aos seuscolaboradores e fornecedores, ajudando-a a compor o ideal de empresa digna,  solidria, tica,competente, responsvel e inovadora.

    Esperamos contar com a sua presena, que muito importante para toda a famlia  Imballaggio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 5, 2006

    LAMENTAMOS aqui a morte, aos 82 anos, do empresrio Urias Barbosa de Castro. Ele nasceu em Mercs na Zona da Mata e foi para Barbacena ainda jovem. Foi amigo de meu pai, o s Nenzinho da Volta da Ferradura, que fica na estrada de Barbacena para Desterro do Melo. Conhec o empresrio, quando eu ainda era ainda menino, junto com meu pai. Urias, um verdadeiro self made man, sempre nos incentivou a estudar o que muito marcou minha vida, numa fase de buscas e descobertas. Com ele me encontrei algumas vezes na praia em Cabo Frio, onde ele tinha uma casa. Urias, simptico, perguntava-me sempre: " voc ainda desenha, Joo? Voc fazia o caminho do Caf Cmara, que passava l na Venda ( um tipo de comrcio muito comum no interior de Minas, av do Supermercado) de seu pai o Nenzinho. Ficava igualzinho". E conclua sempre generoso: voc era uma menino muito inteligente". Foi o que me ficou na lembrana do empresrio Urias Barbosa de Castro. Um grande homem, exemplo de trabalho, determinao e coragem de ousar nos negcios, cujo segredo, segundo ele, era pagar os fornecedores sempre em dia. Aqui neste BLOG reproduzimos o texto do meu amigo o colunista Idinando Borges com a colaborao de outro amigo meu dos tempos da Rdio Barbacena, o radialista e advogado Jos Antonio Lopes do site www.barbacenaonline.com.br



    "De origem humilde, Urias nasceu em Mercs e veio para Barbacena ainda jovem. Era o fim dos anos 40 e a cidade dispunha de poucas atividades no agronegcio. Empreendedor, ele e seus irmos iniciaram diversas atividades voltadas para o agronegcio, a semente de suas rentveis empresas. Na trajetria de vida, conquistou ganhos e tornou-se um empresrio realizado. Fez de sua vida um exemplo para os filhos, os netos e o bisneto como benfeitor de diversas obras assistncias na cidade, inclusive a Santa Casa de Misericrdia. O terreno onde est instalado o Hospital Ibiapaba, a sua ltima morada, foi doao sua, o terreno em frente ao mesmo hospital foi doado Prefeitura para fins culturais, desde o loteamento do Bairro das Manses. Foi um grande parceiro do Padre Hilrio da Mota Barros na construo da Baslica de So Jos Operrio e benfeitor de todas as parquias. Amigo dos amigos, como avalista, provendo financeiramente negcios ou abrindo as portas de suas empresas para os mais humildes, e gostava de dizer: "trabalho d dignidade ao ser humano". Nos incio dos anos 80, disputou a prefeitura pelo PDS, no logrando xito. Reservado, no gostava de badalaes quanto aos seus feitos, e muitos desses feitos, nem mesmo os filhos sabiam, apenas a companheira de mais de 50 anos, dona Suria Bittar de Castro. Muitos, na hora do "adeus", no tendo recursos para levar o familiar sepultura, recorriam ao bondoso Urias Barbosa de Castro. E, foram muitas histrias de acolhimento, fraternidade e amor ao prximo."


    O ltimo "adeus" ao empresrio Urias Barbosa de Castro
    "Foi celebrada uma missa de corpo-presente na igreja de Nossa Senhora da Boa Morte por seis sacerdotes, ministros e diconos e todos falaram com sabedoria dos feitos do empresrio, da certeza da misso cumprida e a glria da ressurreio. Centenas de pessoas compareceram igreja. O Prefeito Martim Andrada, o representante do Ministro Hlio Costa - que est no exterior, Fernando Lopes, o deputado federal Bonifcio Andrada, o deputado eleito Lafayette Andrada. Tambm presentes, o ex-deputado Crispim Jacques Bias Fortes, a ex-vereadora Danuza Bias Fortes Carneiro e o vice-presidente da Cmara, Sebastio Alvim, que representou o Presidente. Representante de diversas entidades e seus companheiros do Rotary Clube assistiram emocionados o ofcio religioso. Mas em meio a todas as personalidades, l estavam: gente simples, rude, do campo, seus funcionrios que diziam: "perdemos um pai!"
    Neste momento de emoo, sinto no dever de assim retratar o "adeus" ao empresrio. Ele, como todos que j foram, no escolheu o dia e a hora. Mas, o seu dia foi o Dia dos Mortos. Com certeza, o Criador em sua infinita bondade, abriu lhe a porta, pois enquanto viveu, soube como ningum, abrir portas para amenizar as dores de seus semelhantes. V com Deus!"

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------
    O empresrio Urias Barbosa de Castro faleceu no incio da tarde de quinta-feira, dia 2. Ele estava internado no Hospital Ibiapaba. O velrio
    aconteceu na sede do Rotary Clube, prximo Caixa Econmica Federal e o
    sepultamento foi sexta-feira, s 10h, no cemitrio da Boa Morte. Nascido em Mercs, Urias veio para Barbacena em 1949. Deixa mulher e dez filhos.
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------

    HOMENAGEM  MEMRIA DE URIAS:
    Publicamos novamente aqui a foto abaixo (que saiu aqui no Blog dia 21 de outubro), feita pelo colunista Idinando Borges. Com a foto prestamos agora nossa ltima homenagem  memria de Urias Barbosa de Castro. Nossas condolncias sua viva dona Suria e a seus dez filhos.

    Suria Bittar, Maria da Glria Bittar de Castro Pereira e o saudoso Urias Barbosa de Castro.







    Comentrios

    #1. Edson Brando - (edson.brandao@ibiapaba.com.br)
    Caro Joo,
    Ao registrar em seu espao nobre o passamento de nosso benemrito Urias Barbosa de Castro, a Direo, Corpo Clnico e colaboradores do Hospital Ibiapaba, entendem tal gesto como uma merecida homenagem a este ilustre barbacenense de corao. Por meio de seu prestigiado espao jornalstico, toda Minas Gerais tem a oportunidade de compartilhar este momento de tristeza mas tambm de reconhecimento a este homem que fez de sua vida uma lio de trabalho, habilidade de gesto e sucesso sem perder a capacidade de ser generoso e solidrio.Enfim, um grande mineiro.
    Edson Brando
    Coordenador de Comunicao Social do Hospital Ibiapaba S.A.








    Comentrios

    #1. Edson Brando - (edson.brandao@ibiapaba.com.br)
    Caro Joo,
    Ao registrar em seu espao nobre o passamento de nosso benemrito Urias Barbosa de Castro, a Direo, Corpo Clnico e colaboradores do Hospital Ibiapaba, entendem tal gesto como uma merecida homenagem a este ilustre barbacenense de corao. Por meio de seu prestigiado espao jornalstico, toda Minas Gerais tem a oportunidade de compartilhar este momento de tristeza mas tambm de reconhecimento a este homem que fez de sua vida uma lio de trabalho, habilidade de gesto e sucesso sem perder a capacidade de ser generoso e solidrio.Enfim, um grande mineiro.
    Edson Brando
    Coordenador de Comunicao Social do Hospital Ibiapaba S.A.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 5, 2006

    Belgo de Juiz de Fora ganha prmio. Destaque est na coluna do meu amigo Csar Romero do jornal Tribuna de Minas de JF. Confira!

    Prmio Ibero-Americano
    Toda a diretoria da Belgo-Arcelor Brasil /JF est em Montevidu, onde hoje, em solenidade oficial durante a XVI Cpula Ibero-Americana de Chefes de Estados e Governos, a empresa recebe o Prmio Ibero-Americano da Qualidade.
    A premiao um marco de excelncia empresarial no mbito dos pases da Amrica Latina e ainda Portugal e Espanha.
    Para concorrer ao Prmio Ibero-Americano, a empresa deve primeiro obter o prmio nacional em seu pas de origem, feito que a Belgo-Arcelor alcanou em 2004, ao conquistar o PNQ.
    Dois anos depois, a Belgo projeta-se no mercado internacional, como empresa Classe Mundial, diante dos 21 pases que compem a cpula Ibero-Americana. O diretor Cludio Horta Mendes receber o prmio das mos do presidente Luis Incio Lula da Silva.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 5, 2006

    J est nas bancas a edio de NOVEMBRO - so 50 mil exemplares de tiragem - a moderna e bem cuidada Revista ENCONTRO do competente jornalista mineiro Paulo Csar de Oliveira. Recomendo!




















      PRONTAS PARA
    O VERO
     
      REPORTAGEM DA CAPA  






     





      Comea a corrida por novidades em academias
    e clnicas de esttica para se chegar com tudo em
    cima na estao mais quente e sensual do ano
     
     






      As irms Lusa e Nora Lapertosa: experimentando
    novos aparelhos de ginstica,
    como o Power Plate, para fazer bonito na estao do sol
     











      ARTE & CULTURA









      Maria Helena Andrs:
    As cores do mundo em sua arte
     






       ENTREVISTA









      Thereza Waisberg
    A psicloga coloca o eleitor no div!
     











       ESPECIAL









      Ilhas e Iates
    Para alugar e passar dias inesquecveis

     






       EVENTO









      Os melhores
    Sai a lista dos 19 melhores de hoje. Confira!
     











       REPORTAGEM









      Jovens e bebida:
    Relao que se inicia cada vez mais cedo
     






        REQUINTE









      Maior concurso de design de jias
    da Amrica Latina ser em BH
     
















                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Novembro 5, 2006

    Ministrio comandado pelo senador mineiro Hlio Costa investe, com sucesso, na transmisso de voz pela Internet.

    Programa de incluso digital registra aumento de 3 000 % na transmisso de voz pela internet.

    Ministrio das Comunicaes intensificou capacitaes e distribuio de telefones IP nos pontos de presena.

                         Entre dezembro de 2005 e outubro deste ano, a transmisso de voz pela internet por meio dos terminais do Programa Governo Eletrnico Servio de Atendimento ao Cidado (Gesac), coordenado pelo Ministrio das Comunicaes, aumentou, em minutos, de 2.131 para 66.865, ou seja, crescimento superior a 3 mil %.Os usurios dos mais de 3,2 mil pontos de presena do programa, em 1,9 mil municpios do Pas, podem dispor gratuitamente dos computadores para fazerem as ligaes.

     O maior uso do recurso de transmisso de voz sobre protocolo de internet, ou VoIP, tem a ver com o trabalho de capacitao no uso da tecnologia e, tambm, com a distribuio de telefones IP aos pontos de presena do Gesac. At setembro, foram entregues 268 aparelhos e a previso de que, at o final de 2006, mais 482 fiquem disposio dos usurios. As chamadas, com tempo mdio de 8,4 minutos, foram, na maioria, para destinos de fora da rede Gesac, por exemplo, residncias, rgos pblicos e instituies privadas.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Novembro 1, 2006

    Daqui a pouco a ex-prefeita de Trs Pontas, Adrienne Barbosa Andrade, mulher do vice-governador Clsio Andrade, ser sabatinada na Comisso Especial da Assemblia de Minas.

    A ex-prefeita de Trs Pontas e ex-presidente da Associao Mineira de Municpios (AMM) Adriene Andrade, indicada pelo governador para o cargo de Conselheira do Tribunal de Contas, ser sabatinada hoje (1) pela Comisso Especial criada para emitir parecer sobre a indicao. A reunio ser s 16 horas, no Plenarinho IV. Ela disputa a vaga aberta pela aposentadoria do conselheiro Sylo Costa. Depois de aprovado o parecer, a indicao ser votada pelo Plenrio da Assemblia.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail